Queridas Chaverot. Presidentes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Queridas Chaverot. Presidentes"

Transcrição

1

2

3 03 A Na amat RS é uma organização feminina da comunidade judaica, preocupada em dar condições para elevar o status da mulher e também em ver nosso ishuv cada vez mais unido e atuante. Assim, nosso trabalho, em 2010 e 2011, tem contado, para a realização conjunta de vários eventos, comemorações ou palestras, com parcerias de diversas instituições, como Wizo, Colégio Israelita Brasileiro, Club Campestre Macabi, Hebraica-RS, Centro Israelita Porto-Alegrense e outras entidades com as quais estamos estabelecendo contatos para tarefas futuras. Dentro de nosso dinamismo e atuação, tivemos muitas atividades sociais, culturais, excursões, apresentações do Coral Zemer, palestras e a Mostra de Cinema Judaico que, em agosto, em parceria com o clube A Hebraica de São Paulo, realizará sua VI edição. Também temos um atuante departamento Dor Hemshech (Geração Continuidade), com o objetivo de formar novos grupos e dar apoio àqueles que já estão atuando. A Revista do Bazar deste ano tem um tema intrínseco à Na amat: a criança, como esperança de um caminho melhor para a sociedade. Desde que foi criada, há exatamente 90 anos, uma das primeiras preocupações da Na amat Israel foi dar condições para que as mulheres pudessem trabalhar, lado a lado com os homens, na formação do Estado de Israel. Criaram-se creches, para que as crianças fossem atendidas e educadas dentro dos princípios da tzedaká (justiça social). Por esse motivo, prestamos a nossa carinhosa homenagem para a NA AMAT, a maior entidade feminina de Israel, pelos seus 90 anos de fundação. O 52º Bazar, nosso maior evento, homenageia todas as crianças do mundo, que, de uma forma ou outra, são a nossa expectativa de um mundo de paz e prosperidade. Convidamos o público para que, no dia 10 de julho, possamos nos encontrar na sede da Hebraica-RS, para a grande festa que está sendo preparada com muito empenho, dedicação e carinho pelas chaverot de todos os grupos de nossa organização: o 52º Bazar Anual. Não vão faltar shows, almoço, chá da tarde, leilão de arte e muitas barracas com os mais variados artigos e comidas típicas judaicas. Queridas Chaverot Na amat Pioneiras comemora, neste ano de 2011, 90 anos da sua fundação em Israel. Somos o maior movimento feminino organizado em Israel, e, no Brasil, estamos presentes nas grandes capitais. Contribuir para o desenvolvimento e a valorização da mulher e preservar as tradições e a identidade judaico-sionista. Essa é a nossa Missão, que chaverot comprometidas e batalhadoras cumprem todos os dias, engajadas nas causas sociais, lutando para minimizar as injustiças e buscando elevar o status da mulher na sociedade em geral. Com muito orgulho, participamos dessa trajetória de 90 anos, somos agentes de mudanças na Organização e no mundo em que vivemos. Antes ligada ao Avodá, com caráter político, Na amat tornou-se uma ONG há cinco anos. São muitas mudanças, muitas histórias e muitas vivências, das quais todas nós, chaverot, fazemos parte. Grande exemplo de fazer parte é o nosso 52º Bazar em Porto Alegre. O tradicional evento anual é o resultado da união de esforços, dedicação e carinho das chaverot. No Bazar, vemos o trabalho que a Organização realiza, nos deliciamos com a culinária apresentada, assistimos com prazer a shows de música e dança, participamos ativamente da preservação de nossa cultura e tradição judaicas. A temática do Bazar deste ano apresenta um dos pontoschaves de todo o trabalho da Na amat: a criança. É através da educação, do carinho e do cuidado com a criança que podemos formar a base de uma sociedade forte, saudável, ética e consciente, o que contribuirá para um mundo com menos desigualdade, melhores condições e maior justiça. Chaverot, parabéns pelo engajamento. Os 90 anos da Na amat não existem por acaso: são resultado do trabalho e da relevância de cada chaverá e de sua dedicação. Nós fazemos essa história! Parabéns ao Centro Porto Alegre por mais um Bazar, com certeza garantia de um domingo repleto de felicidade! Celi Maltz Raskin - Presidente Centro Porto Alegre Céres Maltz Bin - Presidente Executivo Nacional Presidentes

4

5 05 90 Anos Fundação Na amat Israel de Israel, e sua prioridade continua sendo a promoção e o fortalecimento do status da mulher na família, no trabalho e na sociedade, não só em Israel, como nos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, França, Bélgica, Austrália, Argentina, Chile, México, Espanha Peru, Uruguai e Brasil. Além disso, e porque as mães precisam de tranquilidade para trabalhar, Na amat preocupa-se com o bem-estar de 20 mil crianças, construindo e mantendo creches, onde elas recebem atendimento integral. Através do Centro Glickman, referência mundial na área, acolhe mulheres que sofrem violência na família e se encontram em situação de risco. Além de manter escolas agrícolas para jovens, Na amat proporciona cursos profissiona- lizantes para que mulheres judias e não judias, inclusive presidiárias, possam ser inseridas no mercado de trabalho. Na amat também conta com um Departamento Jurídico muito atuante, principalmente na área do Direito de Família. À Na amat Israel, nos seus 90 anos de fundação, fonte de inspiração e orgulho, o nosso mais profundo reconhecimento pela importância de seu trabalho em prol das mulheres não só de Israel, mas de todo o mundo. A história da luta da mulher pelos seus direitos sociais e igualdade de oportunidades certamente é antiga. Talvez pensemos que começou com Betty Friedan. Poderíamos também imaginar que começou com Sara, Rebeca, Raquel, Lea, Miriam, Ruth. Mas a nossa história, a história de Na amat, pode ser contada a partir das chalutzot que participaram das três primeiras aliot, entre 1886 e Em 1921, inspiradas na frase de Theodor Herzl uma nação que luta para ser reconhecida como igual entre outras nações tem de aceitar as mulheres como iguais entre os homens, aquelas mulheres pioneiras que partiam da Europa, principalmente, para trabalhar na agricultura porque queriam criar o Estado ao lado do homem fundaram a MOETZET HAPOALOT, o departamento feminino da Histadrut (Confederação dos Sindicatos dos Trabalhadores). Após sua criação, diversos grupos de mulheres trabalhadoras se uniram com o propósito de treinar outras mulheres para trabalhar, efetivamente, no desenvolvimento de uma sociedade pioneira. Em 1978, a Moetzet Hapoalot adotou a denominação universal de NA AMAT sigla que, em hebraico, significa Mulheres Trabalhadoras e Voluntárias. Na amat é o maior e mais importante movimento feminino Agradecimento Marili Scliar Buchalter NA AMAT PIONEIRAS, na passagem de seu 52º Bazar, homenageia e agradece a todos os seus colaboradores e companheiras que a apoiaram em sua trajetória. Pela compreensão dedicada aos nossos ideais, pela perseverança e seriedade no cumprimento das metas estabelecidas e em prol do engrandecimento da Organização, o reconhecimento da Na amat aos grupos Any Scliar Rerin, Avodá, Berta Siminovich, Chai, Clarinha Milman, Coach Neurim, Elisheva Kaplan, Hatikva, Iachad, Kidma, Kineret, Morashá, Paulina Cuperstein, Prachim, Sara Barkait e Shemesh. Na amat 52º BAZAR 10/Julho Homenageados: Atrações: Carlos Urbim Lizete Wolkind Almoço com comidas típicas judaicas; Galeria e Leilão de Arte; Chá da Tarde com tortas; Apresentação de grupos musicais e de dança; Mezanino com muitas novidades Criança, o caminho para o futuro Beneficiando as Entidades: Associação Israelita Damas de Caridade Instituto do Câncer Infantil do Rio Grande do Sul Lar da Criança Anne Frank Sociedade Humanitária Padre Cacique - Asilo Padre Cacique Barracas com: Hering, Beigalech, Strudel e outras delícias; Artigos de Israel; Artigos de Cozinha, Mesa, Artesanato e Vestuário; Espaço Infantil

6 06 Educação Por um sólido futuro às nossas crianças Mônica Timm de Carvalho Mônica Timm de Carvalho é diretora geral do Colégio Israelita Brasileiro e integrante da diretoria do SINEPE/RS. Graduada em Letras pela UFRGS, especialista em Gestão Empresarial também pela UFRGS, integra o quadro profissional do Israelita desde inicialmente, como coordenadora pedagógica e, há 12 anos, na direção do Colégio. Em época nem tão distante, os relacionamentos entre as pessoas teciam uma rede de segurança digna de um amplo e contínuo investimento de tempo e esforço. Palavras como carreira, progresso e maturação faziam parte do vocabulário corrente. Hoje, contudo, vemos comunidades destituídas de substância. São grupos urdidos por laços humanos frágeis e temporários, cuja maior virtude passa a ser a da prontidão para mudar rapidamente de tática e estilo. A fidelidade às regras e aos compromissos de maior fôlego passou ao campo da obsolescência. Por conta de toda essa efemeridade, constata-se o perigoso rompimento com projetos existenciais de longo prazo. Vivemos tempos líquidos. A vida flui ou se arrasta de um episódio para outro, em orientações mais laterais do que verticais, o que torna nebulosas a expectativa e a visão do 1 futuro. Saímos da fase sólida da modernidade, com suas estruturas robustas e mais permanentes, para sua fase líquida, em que as organizações sociais já não podem mais manter sua forma: elas se dissolvem mais rápido do que o tempo leva para moldá-las. Nesse difícil contexto, espera-se da educação um papel de relevância na vida em sociedade. Por definição, ela está comprometida com a continuidade do projeto civilizatório, nutrindo-se do passado para impulsionar as novas gerações à construção do futuro. Para dar cabo a sua tarefa, a educação se estabelece na tênue fronteira entre a permanência e a mudança, entre a memória e a inovação. Educar nunca foi empreendimento fácil, posto que feito de extremos, mas, a bem da verdade, jamais foi tarefa tão complexa de ser realizada como nos dias atuais. Carpe Diem: aproveite agora, pague depois, máxima da modernidade líquida. Vive-se de crédito porque já não é mais possível retardar a satisfação. São tantas e tão rápidas as mudanças, que é mesmo improvável prever, como aponta Bauman, se os sacrifícios feitos no presente serão honrados no futuro. Planejar e comprometer-se com uma visão parecem, especialmente aos olhos das novas gerações, mera especulação fadada ao erro. Haveria finalidade para a renúncia das gratificações imediatas? A proposição de um futuro para nossas crianças implica uma posição de resistência ao efêmero. Fidelidade à memória e aos vínculos é condição básica para o avanço de qualquer projeto de vida. Um futuro promissor para nossas crianças passa também por elas serem educadas para a civilidade. Que aprendam a exercer a virtude da polidez e dediquem seu tempo a também dizer por favor, com licença, desculpe e muito obrigado. Esses rituais, ainda que primeiramente apenas imitados, serão a base para virtudes de maior relevância, como a generosidade, a tolerância e a doçura. Que nossas crianças sejam encorajadas a visualizar e perseguir seus sonhos com criatividade e disciplina. Que no percurso tenham a ousadia para testar novos caminhos, mas também prudência para não colocarem a si e aos outros em situações de risco. Que nossos pequenos vivam com leveza e alegria, jamais com superficialidade. Que possam usufruir dos recursos naturais, sentindo-se comprometidos não apenas com seu próprio futuro, mas também com o das gerações seguintes. Que, mais do que esperanças, tenham vontade e determinação para realizar. Por certo, o futuro das novas gerações depende sobremaneira de nosso empenho. É preciso que nós, adultos, os apresentemos à riqueza dos vínculos humanos, à beleza do conhecimento, à fidelidade à memória. Assim, nossas crianças se diferenciarão na liquidez do mundo por virem a ser pessoas virtuosas, capazes de criar, transformar e atingir suas metas, mas também de acolher, cuidar e sempre considerar o outro nos seus projetos de vida. Mônica Timm de Carvalho 1 BAUMAN, Zigmunt. Medo Líquido. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.

7 07 Ensinando Integridade Tania Zagury Tania Zagury é filósofa, professora adjunta da UFRJ, conferencista e escritora, autora de Filhos, Manual de Instruções, Limites sem Trauma e Educar sem Culpa, entre outros. Leitura essencial aos pais, seu último livro, Filhos: Manual de Instruções, é fundamental para as crianças crescerem éticas, responsáveis, mentalmente saudáveis e felizes. Não faz muito tempo, ser um bom menino significava, consumismo exacerbado, ao suicídio, à marginalidade e às como dizia o palhaço Carequinha, não fazer pipi na cama nem drogas. Em contrapartida, a convicção num caminho produtivo a fazer má-criação, concluir o trabalho de casa com capricho, deixar ser trilhado e o desejo de contribuir fazem com que os jovens o quarto mais ou menos arrumado, não falar palavrão, dirigir-se progridam, criem, estudem e realizem. E para ter essa confiança respeitosamente aos mais velhos; tarefas, enfim, razoavelmente eles precisam conviver com pessoas que não apenas vivam de simples de serem aprendidas, porque valores como honestidade e acordo com esse modelo, mas também que não se deixem abalar integridade não estavam ainda em discussão. pelas notícias negativas que saem diariamente na mídia. Existe Ser um bom menino hoje significa não apenas saber o sim gente desonesta, o que não significa que muitos outros que é certo ou errado, mas também conseguir se opor a atitudes muitos mais não sejam dignos, trabalhadores e corretos. (bem frequentes) que contrariam os princípios norteadores da Precisamos lutar vigorosamente para que nossos filhos percebam sociedade o que não é fácil para adultos, quanto mais para que quem leva o Brasil adiante é a maioria silenciosa, aquela crianças e jovens. que é formada por pessoas honestas e Opor-se ao grupo e fazer escolhas trabalhadoras, e que, por isso mesmo, não adequadas demandam forte grau de constituem notícia, nem, portanto, segurança. Mais ainda: significam que nossos aparecem nos jornais e na TV. filhos têm que estar convictos, em primeiro Os pais têm papel primordial na lugar, de que solidariedade, justiça e estruturação do caráter dos filhos. Resgatar honestidade, por exemplo, não estão fora de a ética é hoje questão de sobrevivência. Que moda. Precisam, acima de tudo, acreditar jovem poderá resistir às pressões negativas que, mesmo quando parte dos homens não de uma sociedade em crise, se não aquele respeita esses princípios, não há a mínima que tenha internalizado o respeito por si condição de vivermos com segurança sem próprio e pelo outro? Para isso é preciso, em eles. Como convencê-los, no entanto, se a TV, primeiro lugar, que se reconheçam num as novelas, as atitudes de muitos adultos, os modelo - isto é, que saibam quem são, que jornais, alguns programas humorísticos e até façam identificações adequadas. Muita certas músicas os bombardeiam com gente acha que ensinar integridade é mensagens antiéticas? Como convencê-los, se impossível nos tempos modernos o que se parte dos colegas, com os quais convivem, faz basicamente através de exemplos quebram vidraças, desrespeitam os mais concretos de vida. Se os pais, sem muito velhos, picham muros, destroem o mobiliário discurso, vivem de acordo com princípios, das escolas, dirigem sem carteira aos estarão encorajando os filhos a seguirem dezesseis anos ou falsificam documentos Tania Zagury seus passos, mesmo sem perceber. Quer para poder entrar nas boates antes da idade dizer, não mentindo, não aceitando uma conta errada no permitida em lei, por vezes, com a anuência dos responsáveis? restaurante, chegando à hora combinada aos encontros, respei- Criar adultos dignos depende basicamente de duas tando a lei, não mudando ou querendo mudar as regras do jogo de coisas: da maneira pela qual nós, pais, vivemos o dia a dia e da acordo com as conveniências do momento, e, especialmente, não confiança que temos nos valores que guiam nossas ações. Ou seja, disseminando amargura e descrença, simplesmente, porque nem é necessário não só sermos íntegros, mas também não duvidar- todos agem de maneira honesta. Na grande maioria dos casos, mos da força dos nossos princípios. Quando crianças e jovens essa forma de viver será suficiente para que seus filhos acreditem percebem, nos seus mais fortes modelos (nós, seus pais!), nos valores... Afinal, não podem contestar estão vendo! vocês segurança inabalável na retidão, na cooperação, na honra vivem de acordo com o que defendem! independente do que estejam fazendo os vizinhos, parentes e Por fim, é bom lembrar que, especialmente, quando nosamigos, eles, muito provavelmente, também acreditarão. Se, ao sos filhos chegam à adolescência, quase com certeza, irão opor contrário, já que há tanta corrupção e impunidade, os próprios alguma (ou bastante) resistência ao que defendemos. Não nos deipais começam a lassear seus conceitos ou a repetir diariamente xemos iludir pelas aparências especialmente não desanimemos! que o Brasil não tem jeito, em que irão seus filhos acreditar? Mesmo quando parece que não nos ouvem nem veem, é a nossa O perigo maior para um jovem não são as drogas é não integridade que serve de fundamento para nossos filhos, hoje e crer no futuro e na sociedade em que vive. A falta de esperança, sempre. essa sim, é que pode levar à depressão, ao individualismo, ao Educação

8 08 Psicologia A Qualidade de Vida e as Interações Daniela Maltz Raskin Daniela Maltz Raskin é psicóloga formada pela PUCRS. Especialista em psicoterapia da infância e adolescência pelo CEAPIA, Daniela é membro do Comitê de Bebês da Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul. mundo, das atividades intelectuais como o estudo, mas sem deixar de lado a importante tarefa de brincar, e sem nos esquecermos de quem cuida e dos limites que vêm de fora. A qualidade de vida emocional de uma criança, que irá depois tornar-se adulta, está intimamente ligada aos tipos de vínculos que ela estabelece, no início de sua vida, com aqueles que são seus modelos (mãe, pai e/ou cuidado- res). As crianças não vivem em um mundo isolado, à parte da realida- de dos adultos. Quem apresenta o mundo serve de exemplo, transmite valores, interfere no ambiente da criança. As relações são mantidas por reciprocidade, é uma troca constante, não existe um doador e um receptor de atenção, carinho, amor. As trocas desses papéis se alteram. É como se as vidas se entrecruzassem. Como foi dito anteriormente, este é um conceito abstrato. Cada pessoa tem uma maneira de perceber o que é qualidade de vida, inclusive, as crianças. Em uma brincadeira com as palavras, podemos pensar em vida com qualidade, na alegria de viver. Essa alegria está ligada às relações e às trocas estabelecidas entre o cuidador e o objeto desse cuidado. Quando convidada para escrever sobre qualidade de vida na infância, deparei-me refletindo sobre o que seria, de fato, este conceito. Volta e meia, em nosso cotidiano, falamos sobre ele e, inseridos nele, encontramos vários vieses. Qualidade de vida é um conceito abstrato, subjetivo. Ele está relacionado com a autoestima, o bem-estar pessoal, estado emocional, interação social, atividade intelectual, cuidado, suporte emocional, estado de saúde, valores culturais, religiosos, estilo de vida, ambiente em que se vive. Esses são alguns pontos de que me recordei e, com certeza, cada um irá se lembrar de mais alguma coisa a ser acrescentada nesta lista. Como pensar este conceito dentro de uma faixa etária, que, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, engloba pessoas de zero a 12 anos Daniela Maltz Raskin incompletos? Refletindo sobre os pontos levantados acima, acredito que, independente da ampla faixa etária que o termo infância abrange, e em questões de desenvolvimento humano, algumas coisas são universais. Para qualquer criança, a qualidade de vida está diretamente relacionada com os cuidados que despendemos a elas e ao afeto ligado a estes cuidados. Das relações que se estabelecem, da liberdade de exploração do

9 09 Mãe e pai Celso Gutfreind Celso Gutfreind nasceu em Porto Alegre, em É escritor e médico. Como escritor, é autor consagrado pela crítica. Possui cerca de 20 livros publicados, entre poemas, contos infanto-juvenis e ensaios. Participou de várias antologias no Brasil e no exterior (França, Argentina, Luxemburgo, Canadá), e sua obra é traduzida para francês, inglês e espanhol. Recebeu importantes premiações, entre as quais se destaca o Prêmio Nacional de Poesia Mario Quintana (1985) e os prêmios Açorianos, Henrique Bertaso para melhor livro de poemas publicado no RS em 1993 e Livro do Ano, da Associação Gaúcha de Escritores, nos anos de 2002 e de Participou do projeto Autor Presente do Instituto Estadual do Livro (IEL). Como médico, Celso realizou especialização em Medicina Geral Comunitária e, posteriormente, em Psiquiatria e Psiquiatria Infantil. Fez doutorado e pós-doutorado em Paris, nessa área, tendo como tema de pesquisa a utilização terapêutica do conto. Atualmente, é professor na Unisinos e na Fundação Universitária Mário Martins. invasão, atropelamento. Mãe e pai precisam pensar por si mesmos e acreditar em suas próprias capacidades, por menores ou mais lentas que elas sejam. Ninguém é tanto assim. Pai e mãe precisam buscar de dentro para fora a intuição para ver se menos- prezaram um sentimento de filho. Ou hipervalorizaram. Se foram rígidos ou frouxos, deixaram muito, toleraram pouco. Em sua linguagem metafórica, a Bíblia não se manifestou diretamente a respeito. Mas a psicologia não hesitou em dizer que, no fundo, ser mãe e pai é impossível. Não sejamos tão radicais: se tem amor, metade do copo está cheia. É baixar a bola, que a outra metade também, e mesmo a garrafa. Haverá sempre uma dose de acertos, outra de erros, e amor de mãe e pai precisa ser apoiado e elogiado para pensar que os acertos serão sempre maiores, e os erros podem ser reconhecidos, por mais que doa na costela. É dizer a esta que dá para melhorar, e ela volta a ficar durinha. E o narcisismo, molinho. Também há quem nunca duvide de si. Ache que, em caso de mãe e pai, tudo é acerto. Aqui a besteira é tamanha, mas pode-se chamar o Mandela, trazer a comunidade e mostrar a uma criança que a vida é mesmo imperfeita e, ainda assim, vale a pena. Mãe e pai fazem muita besteira com seus filhos. E não é de vez em quando. É todos os dias, já começa de manhã. Isto é natural, como o sol (mas aí parece chuva): os filhos vieram de dentro da mulher, que veio da costela do homem, segundo a Bíblia. Ou do mais profundo narcisismo e desejo egoísta de imortalidade dos pais, segundo a psicologia. De uma ou outra, não poderia dar boa coisa, embora dê, especialmente, se o nível de exigência baixe a bola. Bola é para filho brincar. Ser mãe e pai, aliás, é este jogo e luta para melhorar. Tentar sair da própria costela, do próprio narcisismo e chegar ao outro no que ele realmente é. E não o que pai e mãe desejam que ele seja desde que sonharam a imortalidade ou, pelo menos, outra vida (a dos filhos) para realizar tudo aquilo que não puderam com a sua. Toda luta Celso Gutfreind é feita de batalhas perdidas. É como na guerra, só que é uma história de amor, e histórias de amor são ainda mais difíceis, porque é mais fácil destruir do que construir. Pai e mãe, enfim, fazem muita bobagem, desde o começo. Mas não pode alguém de fora deste imbróglio dar palpite, medir competência, criticar. Foi o Mandela quem disse que não bastam pai e mãe para criar um filho, é preciso uma comunidade inteira. Concordo, mas não se pode confundir isto com palpite, interferência, Psicanálise

10 10 Endocrinologia Prevenção do excesso de peso e obesidade: uma necessidade no século 21 Airton Golbert Airton Golbert é presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia Biênio no , professor da disciplina de Endocrinologia da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre e mestre em Clínica Médica pela UFRGS. O médico endocrinologista trabalha no complexo Hospitalar Santa Casa de Porto Alegre e no Hospital Nossa Senhora da Conceição. No Brasil, temos visto nos últimos anos uma transição sobrepeso ou obesidade, é fundamental avaliar as causas que nutricional: da desnutrição para o excesso de peso e obesidade. levaram ao excesso de peso, bem como investigar possíveis A obesidade definida como um excesso de gordura morbidades associadas. corporal relacionado à massa magra, e o sobrepeso como uma O ambiente moderno é um potente estímulo para a proporção relativa de peso maior que o desejável para a altura são obesidade. A diminuição dos níveis de atividade física e o aumento condições de etiologia multifatorial, cujo desenvolvimento sofre da ingestão calórica são fatores determinantes ambientais mais influência de fatores biológicos, psicológicos e socioeconômicos. A fortes. obesidade é um fator de risco importante para diabetes mellitus, É altamente provável a herança poligênica como determidoenças cardiovasculares, problemas osteoarticulares e vários nante da obesidade. O risco de obesidade, quando nenhum dos tipos de câncer. pais é obeso, é de 9%, enquanto, quando um dos genitores é obeso, Existe uma grande variabilidade biológica entre os eleva-se a 50%, atingindo 80% quando ambos são obesos. O fato de indivíduos em relação ao armazenamento do excesso de energia haver forte influência genética na obesidade não indica que essa ingerida. Os fatores genéticos têm ação permissiva para que os seja inevitável, devendo-se pôr em prática todos os esforços para fatores ambientais possam atuar, como se criassem ambiente tentar adequar o peso dessas crianças e realizar, assim, um interno favorável à produção do ganho excessivo de peso importante trabalho preventivo, numa condição ligada a tantos (sobrepeso e obesidade), e vários estudos apontam para o papel de efeitos deletérios em curto, médio e longo prazos. fatores biológicos no seu desenvolvimento. As preferências Vários medicamentos podem ter efeito no aumento do alimentares das crianças, assim como a realização de atividades peso corporal por influenciarem tanto a ingesta alimentar quanto o físicas, são práticas influenciadas diretamente pelos hábitos dos gasto calórico/energético. Como exemplo desses, temos: benzodipais, que persistem frequentemente na vida adulta, o que reforça a azepínicos, corticosteroides, antipsicóticos, antidepressivos, hipótese de que os fatores ambientais são decisivos na manutenção antiepiléticos e alguns antidiabéticos orais. ou não do peso saudável. A maior taxa de obesidade ocorre em populações com A obesidade e o sobrepeso apresentam caráter epidêmico e maior grau de pobreza e menor nível educacional. Pode-se prevalência crescente nos países desenvolvidos e em desenvolvi- explicar essa associação pela maior palatabilidade e pelo baixo mento como o Brasil, que tentam ser explicados, pelos sociólogos e custo de alimentos de grande densidade energética, como açúcar e nutrólogos, por fatores nutricionais inadequados consequentes a gorduras. um aumento exagerado do consumo de alimentos ricos em Várias fases da vida, como a infância precoce e adolescêngordura e com alto valor calórico. A esses são associados o cia, podem influenciar o ganho de peso, como a fase intrauterina, o excessivo sedentarismo condicionado por redução na prática de peso de nascimento, a amamentação, a fase de rebote do peso no atividade física e o incremento de hábitos que não geram gasto período de aumento do peso que ocorre entre os 05 e 07 anos de calórico como assistir à TV, uso idade e a fase puberal. Existem indícios de que, a cada parto de videogames e computado- sucessivo, há aumento de cerca de um quilo acima do peso res entre outros. A influência normalmente adquirido com o incremento da idade. Ganho de do micro e macroambiente no peso excessivo durante a gestação e falta de perda de peso após o desenvolvimento do ganho parto são importantes preditores de obesidade a longo prazo. excessivo de peso em crianças Um estudo sobre tabagismo e ganho de peso demonstrou de 05 a 09 anos de idade foi que, em média, os indivíduos que abandonam o tabagismo confirmada em estudo que ganham de cinco a seis quilos. demonstrou ser a prevalência O tratamento dietético deve focar-se na adequação da de sobrepeso mais que o dobro ingestão calórica ao suprimento das necessidades nutricionais em alunos matriculados na para a idade. Do total de calorias da dieta, 15% devem provir de rede de ensino privado proteínas, 50% a 55% de carboidratos e 30% de gorduras. (13,4%) quando comparados O tratamento medicamentoso da obesidade é muito aos da rede de ensino público restrito e discutível, apesar de a obesidade já estar estabelecida (6,5%), e de obesidade quase o como uma doença crônica, assim como diabetes e hipertensão, e triplo (7,0% vs 2,7%). estimar-se que, no futuro, existirão drogas que deverão ser Durante a avaliação de utilizadas por toda a vida para a manutenção do peso ideal e a Airton Golbert um indivíduo que apresente prevenção da obesidade.

11 11 ACADEMIA/TERAPIA OCUPACIONAL/FISIOTERAPIA F I S I C O R - MEDICINA DO EXERCÍCIO Condicionamento Físico com Supervisão Médica Lucas de Oliveira, Fone: MERGULHINHO - ESCOLA DE NATAÇÃO E HIDROGINÁSTICA DO BEBÊ AO ADULTO Lucas de Oliveira, Fone: S&C Studio de PILATES Andradas, 1284, sl Fone: ADVOGADOS DR. CARLOS ALBERTO FITERMAN MOLINARI - OAB Direito Civil e Trabalhista Eça de Queiroz, Porto Alegre Fones: (51) / / DR. JAYME SALTZ Corte Real, 95 - ap Fone: DR. LUIZ BERNARDO SPUNBERG Borges de Medeiros, 659 sala Fone: DR. MARCO FETER Fernandes Vieira, Fone: DR. JAYME HENKIN - DR. GHEDALE SAITOVITCH Direito civil, comercial e trabalhista Venâncio Aires, 1191 cj Fones : / DRA. ELISA HERZ BERDICHEVSKI OAB/RS Direito Civil, Família e Sucessões Fones: (51) ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS DRA. LILIAN B. RASKIN Francisco Ferrer, 453 cj Rio Branco Fone: (51) ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA, Direito civil, de família, do trabalho e empresarial DR. JAIME LÉO CARANGACHE DR. FÁBIO BERGER CARANGACHE Felipe Camarão, 751 cj Fones: / AGRONOMIA Advocacia Criminal, Tributária e Cível Rua General Câmara, 243/501 - Centro Fones: / / DRA. VIVIAN FISCHER Fernandes Vieira, and. - Fone: ANÁLISES CLÍNICAS LABORATÓRIO ANDRADAS - Análises Clínicas São Manoel, 638, estacionamento fácil - Fone: e Fax: Andradas, Fones: e LABORATÓRIO LAFONT - Análises Clínicas Presidente Roosevelt, Fones: e METANALYSIS - Centro de Diagnósticos Médicos Análises Clínicas, Biologia Molecular, Imunologia, Microscopia Capilar Carlos Gomes, cj Fone: anos no coração do Bom Fim onde os seus imóveis rendem mais. Av. Osvaldo Aranha, Fone Atende ao meio-dia CRECI 266

12 12 ARQUITETOS ARQUITETOS GUILHERME E YEDA CARNOS José Bonifácio, cj Fone: Fax: Arq. Lilian Silveira Warszawsky Projetos de paisagismo, comerciais e residenciais. Idéias para tornar mais charmosos os ambientes mais íntimos da sua casa. BIJUTERIAS NEW BIJOUX - BIJUTERIAS Praia de Belas Shopping - Loja Térreo - Fone: Shopping Iguatemi - Loja Nível JW - F: Bourbon Shopping Ipiranga - Fone: BarraShoppingSul - Loja Fone: Shopping Total - Loja Fone: BRINQUEDOS CENTRO DE ESTÉTICA/SALÃO DE BELEZA/ CABELEIREIROS ESTÉTICA GRENOBLE Instituto de Beleza da cabeça aos pés Protásio Alves, Fone: Michel Cabeleireiro Eudoro Berlink, Fones: / PROJETOS, ARQUITETURA DE INTERIORES E PAISAGISMO MOYYA - CABELOS E ESTÉTICA (Sílvia e Sandra) - José Bonifácio, Fone: Liberty P.L.J - Projetos, Decorações Limitada. Av. Viena, Fone: (51) Fax: (51) Porto Alegre - RS ASSESSORIA A EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL BLOCHTEIN ASSESSORIA CONTÁBIL E FISCAL - David Blochtein, contador Osvaldo Aranha, cj. 2 e 3 - Fone: ASSESSORIA DE COBRANÇAS GADOL ASSESSORIA DE COBRANÇAS - Prestação de serviços de cobrança Renato Stifelman, Carlos Eduardo Aguirre da Silva e Bruno Anzanello Stifelman Sete de Setembro, 745-5º andar Fone/Fax: AVALIADORES MACADAR ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES 10 anos em Avaliações de Empresas, Marcas, Imóveis e Máquinas Industriais Rua Carazinho 652, sala Porto Alegre - RS Fone: / CONFEITARIAS/SORVETES/CHOCOLATES/ PADARIAS CONFEITARIA BARCELONA Henrique Dias, 94 - Fone: ADVOGADOS Confeitaria e Padaria DOLCI NOVITÀ - Pães, Chalás, Doces e Salgados Mariante, Fone: CONFEITARIA MAX Coronel Bordini, Fone: DO CÉU - BROWNIES & OUTRAS DELÍCIAS Brownies, mini brownies, mini apple pies Cassatas e Trufas - Ângela Stein - Fones: /

13 CURSOS/CRECHE ENGLISH TEACHING Conversation; Exams (IELTS, TOEFL, UFRGS); School; Business DECORAÇÕES ILANA KAUFMAN MESTER Cel: Aulas individuais ou em grupo em casa ou no trabalho - Aulas para Terceira idade ESCOLA DE EDUCAÇÃO CHAMEGUINHO DE 0 A 6 ANOS Onde se convive com criatividade e dedicação Horário integral e turnos manhã e tarde, das 7h30 às 19h Elizabeth Schotkis Renkovski, Rosane Schotkis Nudelman Francisco Ferrer, 456 Fone: MIRIAN BLIACHERIS Tradicional Comida Judaica Strudel, Fluden, Blintzes, Varenikes, Bolinhos de Peixe, Hering. Fones: / SABRA DELICATESSEN Rosane Brodacz Especialidades da comida judaica Fernandes Vieira, Fones: e DENTISTAS CLÍNICA DENTÁRIA RASKIN DRA. CELI MALTZ RASKIN - Cirurgiã-Dentista DR. SÉRGIO RASKIN - Cirurgião-Dentista Francisco Ferrer, 453 / Fones: e DR. CHUNE AVRUCH JANOVICH José do Patrocínio, 287 sl Fone: DR. CRISTIANO AGUIAR ZINGANO Cirurgião-dentista - CRO-RS José de Alencar, sala Fone: DR. JULIO NHUCH - Cirurgião-Dentista - CRO Especialista em Prótese Dentária Member ITI - International Team for Implantology DRA. BETHANIA MÖBUS - CRO Especialista em Endodontia Francisco Ferrer, cj. 301 Fones: / DELICATESSEN/ESPECIARIAS Cozinha de Afrodite Café, Lanches e Happy Hour João Telles esquina Henrique Dias Fone: BANCA 43 - Mais de 50 anos - Tradição em Qualidade Especiarias, Frios, Queijos e Bebidas Nacionais e Estrangeiras Mercado Público Banca 43 Fone: e Fax: Empório Azulay Contato: Deleuse Hónek Leikach, produtos integrais, bolinhos de diversos sabores. DR. RAFAEL DE LIZ POCZTARUK - CRO Especialista e Mestre em Prótese Dentária DRA. CLAUDIA MEZZOMO - CRO Espedialista e mestre em Ortodontia e Ortopedia Facial Francisco Ferrer, 453/301 - Fone: Cel: DR. STEFAN CARDON Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial Protásio Alves, 74, cj Fone: DR. WILSON PIRILLO TAVARES - Prótese em porcelana DR. WILSON PIRILLO TAVARES FILHO - Cirurgião-dentista Santos Neto, 1 - Fones: e DRA. ALESSANDRA N. RINALDI MALISKA - Especialista e Mestre em Periodontia Mariland, Fone:

14 DRA. CLAUDIA ROITMAN - CRO 7879 Praça Dom Feliciano, 39 sl Fone: EQUIPAMENTOS MÉDICO-HOSPITALARES DRA. IONE SUSLIK BARON - Cirurgiã-dentista Protásio Alves, cj Fone: DRA. MÁRCIA SIBEMBERG TURIK Cirurgiã-dentista Odontologia Estética e Dentística Reparadora. Cel.Lucas de Oliveira,1841- cj Fone: DRA. MARLIZE FRIEDMAN - Periodontia Padre Chagas, cj Fone: Gulko Consultório de Odontologia Estética Dra. Eliane Gulko Caraver Cirurgiã-Dentista Cel. Bordini, 675, cj. 302 Fones: ENGENHARIA/PROJETOS/CONSTRUÇÕES/ INSTALAÇÕES BARIL EMPREENDIMENTOS Hilário Ribeiros, 202 cj Fones: CHWARTZMANN CONSTRUÇÕES E INCORPORAÇÕES Maranguape, 97 - Fone: FARMÁCIAS Phonak do Brasil - Sistemas Audiológicos Ltda Av. Independência, 522 Independência - Porto Alegre - RS CEP Fone: Phonak do Brasil - Sistemas Audiológicos Ltda Av. Assis Brasil, 3714 Jardim Lindóia - Porto Alegre - RS CEP Fone: Phonak do Brasil - Sistemas Audiológicos Ltda Rua dos Andradas, Andar Centro - Porto Alegre - RS CEP Fone: CALÊNDULA - Homeopatia, Dermatologia, Cosmética, Manipulação de Fórmulas Bom Fim: Henrique Dias, Fones: / Tristeza: Dr. Mário Totta, 625, Loja Fone: DR. JARBAS MILITITSKY Amélia Teles, 90 - cj Fones: e KNIJNIK ENGENHARIA S/C LTDA. Luiz Manoel Gonzaga, 351 sl Fone: Telefone: (51) anos de Tradição e Qualidade! 30 anos Manipulação de Medicamentos, Cosméticos, Homeopatia, Florais e Fórmulas Veterinárias. Protásio Alves, Fone: Fone/Fax: FABRICAÇÃO E MONTAGEM: ALOJAMENTOS PARA TRANSFORMADORES CENTRO DE CONTROLE DE MOTORES QUADROS GERAIS DE BAIXA TENSÃO PAINÉIS DE MEDIDORES MESAS DE COMANDO CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA DUTOS DE BARRAMENTO ELÉTRICO PROJETOS E MONTAGEM ELÉTRICAS INDUSTRIAIS CONFIRA O NOSSO SITE FONE: 0(XX) Loja 1: Vasco da Gama, Fone/fax: (51) Loja 2: Rua Antenor Lemos, 36 - Fone/fax: (51)

15 15 DROGAMASTER - Farmácia de Manipulação Osvaldo Aranha, Fone/Fax: Tele-entrega - Sedex para todo o estado FUNERÁRIA - - Farmácia Biocronos Drogaria e Farmácia de Manipulação Medicamentos, Manipulação de Fórmulas, Serviço Ambulatorial e Atenção Farmacêutica. Farmácia Popular FERRAGENS Rua Henrique Dias, Fone/Fax: Tele-entrega - sedex para todo o estado Tintas; Material Elétrico; Material Hidráulico; Ventiladores de Teto; Materiais de Construção; Metais e Acessórios Synteko e Resina para Assoalhos Luminárias Protásio Alves, 46; Tele-entrega: Assis Brasil, 1756; Tele-entrega: Osvaldo Aranha, Fone: FERRAGEM FELIPE CAMARÃO Aberto sábados até às 16h Felipe Camarão, Fone: FLORICULTURA KzaVerde.com Floricultura, Arranjos Florais, Cestas de Presente e Decoração Brinquedos esportivos, ioiôs, pipas e bumerangues. Informática: Tele-entrega: Felipe Camarão, 630 Tele-entrega: Tomás Flores, 141 FILMES/FOTOGRAFIAS/LABORATÓRIO/ ÁUDIO E VÍDEO HOTÉIS E POUSADAS GRUPO MASTER DE HOTÉIS Senhor dos Passos, Fone: HOTEL CARIBE A tranquilidade de suas férias em Capão da Canoa. Av. Venâncio Aires, Fones: 0xx / Capão da Canoa RS PLAZA SÃO RAFAEL HOTEL E CENTRO DE EVENTOS Av. Alberto Bins, Centro Histórico - Porto Alegre - RS Tel. (51) PLAZA PORTO ALEGRE HOTEL Rua Senhor dos Passos, Centro Histórico - Porto Alegre - RS Tel. (51) PLAZA BLUMENAU HOTEL Rua 7 de setembro, Blumenau - SC - Tel. (47) PLAZA ITAPEMA RESORT & SPA BR 101, km Itapema - SC - Tel. (47) ITAPEMA, VIVA ESTA CIDADE PLAZA CALDAS DA IMPERATRIZ RESORT & SPA Rodovia Princesa Leopoldina, Sto. Amaro da Imperatriz - SC Tel. (48) BAHIA PLAZA RESORT Estrada do Coco, km 8 - Praia Busca-Vida - Camaçari - BA Tel. (71) Reservas: PLAZA Consulte seu agente de viagens. HSul

16 16 IMOBILIÁRIAS IMOBILIÁRIA FLÁVIO BARIL LERMANN Felipe Camarão, 751-3º andar Fones: e IMOBILIÁRIA AMIEL Rua Acampamento, 159/14 - Santa Maria Fone: 00xx ; 00xx BARCELLOS ASSESSORIA IMOBILIÁRIA Aqui seu patrimônio é levado a sério Senhor dos Passos, and. Central de Atendimento: Fax: Matriz: Uruguai, Fone: Filial: Florêncio Ygartua, Fone: Agência Zona Sul : Wenceslau Escobar, F: / Agência : Protásio Alves, 585 Loja 9 - F: / Rua Andira, 498 Av. do Forte

17

18 18 Entrevista Ministra da Secretaria de Direitos Maria do Maria do Rosário Nunes é natural de Veranópolis (RS), tem 44 anos, é casada e mãe de uma filha. Professora da rede pública, pedagoga formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e mestre em Educação e Violência Infantil pela mesma universidade. Iniciou sua militância no movimento estudantil secundarista e no Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul (CPERS/Sindicato). Foi vereadora de Porto Alegre (RS) por dois mandatos, tendo presidido as comissões de Educação e de Direitos Humanos. Como deputada estadual, foi presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos e vice-presidente da Assembleia Legislativa gaúcha por dois anos. Em 2002, Maria do Rosário foi eleita deputada federal, sendo reeleita em 2006 e 2010, sempre com expressivas votações. No Congresso Nacional, foi relatora da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito, que investigou as redes de exploração sexual de crianças e adolescentes. Representou a Câmara na Comissão sobre Mortos e Foto: Fabio Rodrigues Desaparecidos Políticos durante a Ditadura Militar e foi presidente da Comissão Especial da Lei Nacional da Adoção. Desde 2003, coordena a Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. Foi vice-presidente das Comissões de Direitos Humanos e Minorias e Educação e Cultura. Em 2009, presidiu a Comissão de Educação e Cultura da Câmara Federal, tendo se destacado, entre tantos temas, por organizar uma série de debates em todo o Brasil sobre o novo Plano Nacional de Educação (PNE ). Nas eleições de 2010, coordenou o Programa de Governo da então candidata Dilma Rousseff nas áreas de Direitos Humanos, Educação e Políticas para as Mulheres. No dia 1º de janeiro de 2011, foi empossada pela presidenta Dilma Rousseff como ministra-chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. - Criança, caminho para o futuro? sociedade como um todo sobre os problemas vividos e as Ministra: Precisamos entender que não haverá formas de enfrentá-los. Temas como educação, oportunidafuturo se não garantirmos um presente digno. Então, eu de profissional, violência e drogadição, por exemplo, são afirmo que a criança exige um compromisso e dedicação preocupações permanentes da nossa juventude. E quem hoje, pois é no presente que ela está crescendo, que seu melhor para falar com eles do que eles mesmos? corpo e mente estão em formação e que seus direitos Precisamos, portanto, plantar essa semente e formarmos precisam ser garantidos. O Estatuto da Criança e do uma rede de multiplicadores dos direitos da infância e Adolescente (ECA) estabelece que é prioridade juventude no nosso país. absoluta da família, da sociedade e do Estado - Qual a importância do protagonismo Tenho zelar pelos direitos da criança e do adolescen- feminino na Secretaria de Direitos orgulho de ser a te; essa prioridade não pode esperar. Humanos? - Como a senhora avalia a atuação primeira ministra de Ministra: A participação das dos jovens nos dias de hoje? Há espaço Direitos Humanos do Brasil, mulheres nos espaços de decisão é algo para uma juventude atuante na sociedade? justamente no governo da fundamental para o governo brasileiro. Ministra: A rapidez com que a primeira presidenta Tenho orgulho de ser a primeira ministra de informação se espalha hoje em dia faz a nossa da República. Direitos Humanos do Brasil, justamente, no juventude cada vez mais atenta e interessada. O governo da primeira presidenta da República. que precisamos incentivar é que os jovens recebam Estamos trabalhando com muita determinação para boas informações e sejam incentivados a ter uma participa- garantir o empoderamento das mulheres e a superação de ção ativa na sociedade. Sou uma entusiasta do protagonis- todas as barreiras de preconceitos ainda existentes na nossa mo juvenil, de capacitar jovens que dialoguem com a sociedade. Já conquistamos muitos avanços e ainda temos

19 19 Humanos da Presidência da República Rosário muitas barreiras a superar, mas com certeza o fato das nosso país. Trabalhamos com diversos segmentos, mas eu mulheres estarem ocupando cada vez mais espaços de gostaria de destacar três que são de fundamental importânpoder e decisão incentiva todas as brasileiras e sonharem e cia para nós: crianças e adolescentes, idosos e pessoas com lutarem pelos seus direitos. deficiência. Estamos trabalhando diariamente para - Como se encontra o trabalho escravo infantil no construir políticas que garantam os direitos de todas essas Brasil? pessoas, para que a nossa sociedade conviva em paz e com Ministra: O Censo de 2010, recém divulgado pelo igualdade. Também quero aproveitar para destacar que IBGE, trouxe um dado alarmante. Segundo o levantamen- estamos propondo um diálogo sobre liberdade religiosa, to, 132 mil crianças e adolescentes, entre dez e 14 anos, são em que todas as religiosidades sejam chamadas para os principais responsáveis pela renda da sua família. Isso é discutir um projeto de paz no país e de enfrentamento das um sinal claro do trabalho infantil no nosso país, algo que discriminações e violência, em especial, aquelas motivadas precisa ser enfrentado. A Organização Internacional do pelo ódio e a intolerância, algo que não pode mais ser aceito Trabalho (OIT) considera o trabalho infantil como uma das em um país democrático e tão diversificado como o nosso piores formas de exploração da infância. Onde entra o Brasil. trabalho, sai a educação e a possibilidade de a criança - Qual sua percepção de mundo sendo mulher, crescer com dignidade e com seus direitos preservados. esposa, mãe, política e tendo o cargo de Secretária de Quero destacar aqui uma situação muito peculiar que é Direitos Humanos? o trabalho infantil doméstico, quando as meninas Ministra: Acredito que nós, mulheres, são levadas a trabalhar em uma casa de família O trabalho temos uma visão diferenciada de mundo. Não que acredita estar ajudando-a, mas, na infantil destrói a que ela seja pior ou melhor que a dos homens, verdade, não está. O trabalho infantil destrói a infância e precisa ser mas é diferente. Eu, particularmente, quando infância e precisa ser enfrentado. Lugar de enfrentado. Lugar vejo que estamos conseguindo ampliar criança é na escola! de criança é direitos, promover a inclusão social de milhões - Porto Alegre aprovou, no final do ano na escola. de pessoas, melhorar o acesso à educação e a passado, uma lei que assegura o ensino do direitos básicos que foram historicamente Holocausto na rede pública municipal de escolas. negados a nossa gente, renovo a minha esperança de Qual a sua opinião sobre esse projeto de lei? É viável um Brasil e de um mundo cada vez melhores e mais estendê-lo para outros municípios do país? humanos. É um longo processo a ser percorrido, mas tenho Ministra: Trata-se de uma brilhante iniciativa, que muita fé em que alcançaremos um padrão de convivência vai levar para o ambiente escolar um debate sobre uma baseado na paz e no respeito aos direitos de todas as terrível prática que ocorreu na história mundial e que pessoas. Esse é o meu sonho e é para isso que trabalhamos resultou na perseguição e morte de milhões de pessoas, em aqui no governo federal. especial judeus, motivadas pelo racismo. Esse é um tema de - Qual a mensagem que a senhora deixa para uma fundamental importância para ser ensinado e discutido. ONG feminina, como a Na amat Pioneiras, que atua com Somente a partir do conhecimento da totalidade da nossa o objetivo de elevar o status da mulher na sociedade? história é que conseguiremos enfrentar os preconceitos e Ministra: Olha, a minha mensagem é de um grande garantir que práticas como essa nunca mais ocorram em reconhecimento pelo trabalho que vocês desenvolvem no nenhum lugar do planeta. debate de temas tão importantes da nossa sociedade e para - Como está seu cronograma de trabalho à frente da o empoderamento das mulheres. Quero agradecer publica- Secretaria de Direitos Humanos? Seus projetos? Planos? mente pela atuação de vocês para garantir uma sociedade Ministra: Sinto-me muito honrada e com uma cada vez mais engajada na defesa dos seus direitos. E enorme responsabilidade de coordenar a política de aproveito para reafirmar meu respeito por toda a comuni- Direitos Humanos do governo da presidenta Dilma dade judaica do Rio Grande do Sul e do Brasil, cuja missão Rousseff. Aqui na SDH, temos o desafio de elaborar maior é a paz e a harmonia entre todos os povos. Obrigada programas que garantam e ampliem os direitos de cada pela oportunidade e parabéns pelo trabalho de vocês! brasileiro e cada brasileira, dentro do contexto de um governo determinado a enfrentar a pobreza extrema no Entrevista concedida à Marili Scliar Buchalter Entrevista

20 Na amat Pioneiras 51º Bazar Anual Departamento Cultural - Curso de Culinária Departamento de Turismo - Excursão a Riveira Doação Grupo Coach Neurim para o Amparo Santa Cruz Prêmio SIBRA para Celi Maltz Raskin Apresentação do Coral Zemer em Tramandaí Doação 51º Bazar Visita ao Lar Mauricio Seligman Seminário Cultural Doação Na amat e Wizo para comunidades das Ilhas do Guaiba Mostra Cinema Judaico Confraternização Final Ano Quinta da Estância Grande 150 Anos de Theodor Herzl - Na amat e Wizo Grupo Morashá - Pizza da Primavera Posse da Nova Diretoria Centro Porto Alegre 20 Grupo Avodá - 80 anos Paulina Knijnik Grupo Morashá - Doação de Brinquedos Festa de Chanucá - Centro Israelita

21 Julho 2010 a Junho 2011 Grupo Paulina Cuperstein Festa de Purim Departamento Cultural - Painel em Homenagema Moacyr Scliar Grupo Prachim - Encontro do Verão 2011 Exposição Mesas Pessach Grupo Sara Barkait- Chá do Dia das Mães Grupo Any Rerin e Grupo Koach (Wizo) - Leilão de Artes Grupo Elisheva Kaplan - 80 Anos Fani Ratinecas Departamento Cultural - Palestra da Professora Helena Lewin - Clientelshik Palestra Céres Maltz Bin - Presidente Executivo Nacional Visita ao Lar Mauricio Seligman Festa da Rua - 63º Anos do Estado de Israel Abertura Trabalhos 2011 Departamento Turismo - Passeio Veranópolis e Termas Do Prata Dia Na amat

Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro

Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro A Campanha Nacional pela Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma colheita para o futuro, é uma ação estratégica do Movimento Sindical de Trabalhadores

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social DISCURSO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, HENRIQUE PAIM Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Hoje é um dia muito especial para mim. É um dia marcante em uma trajetória dedicada à gestão pública ao longo de vários

Leia mais

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Seção: Entrevista Pág.: www.catho.com.br SABIN: A MELHOR EMPRESA DO BRASIL PARA MULHERES Viviane Macedo Uma empresa feita sob medida para mulheres. Assim

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

Educação Financeira: Uma questão de Valores? Ricardo Nogueira Patrícia Otero

Educação Financeira: Uma questão de Valores? Ricardo Nogueira Patrícia Otero Educação Financeira: Uma questão de Valores? Ricardo Nogueira Patrícia Otero Eixo Temático: Educação Financeira Histórico 1. Encontro com os professores para discussão dos conceitos ligados a Educação

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Vocês acham possam a coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - cer d o t t o a r que ga cr ia n y ç a s s? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES

FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES Fundação Carlos Chagas Difusão de Idéias dezembro/2006 página 1 FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES Bernardete Gatti: o país enfrenta uma grande crise na formação de seus professores em especial, de alfabetizadores.

Leia mais

CANDIDATOS DA MICRORREGIÃO 1

CANDIDATOS DA MICRORREGIÃO 1 CANDIDATOS DA MICRORREGIÃO 1 Nome de urna: Ana Reni Número: 1442 - Conselheira tutelar gestão 1995/ 1998 e 2008/2011 - Educadora social, com formação FUNDAR,( Fundação Darci Ribeiro) - Promotora Legal

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 17 Discurso após a cerimónia de assinatura

Leia mais

Perguntaram à teóloga alemã. Dorothee Sölle: Como a senhora explicaria a um menino o que é felicidade?

Perguntaram à teóloga alemã. Dorothee Sölle: Como a senhora explicaria a um menino o que é felicidade? Perguntaram à teóloga alemã Dorothee Sölle: Como a senhora explicaria a um menino o que é felicidade? Não explicaria, Daria uma bola para que ele jogasse... ESPORTE EDUCAÇÃO CULTURA QUALIFICAÇÃO PLACAR

Leia mais

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra. Senhor Representante de Sua Excelência o Presidente da República, General Rocha Viera, Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende *

Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende * Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende * Voluntariado é a expressão da participação da sociedade na vida pública mais significativa da atualidade. Os movimentos de participação

Leia mais

Rua Antônia Lara de Resende, 325 Centro CEP: 36.350-000 Fone: (0xx32) 3376.1438/ 2151 Fax: (0xx32) 3376.1503 pmstsaude@portalvertentes.com.

Rua Antônia Lara de Resende, 325 Centro CEP: 36.350-000 Fone: (0xx32) 3376.1438/ 2151 Fax: (0xx32) 3376.1503 pmstsaude@portalvertentes.com. - SECRETARIA DE SAÚDE - SÃO TIAGO MINAS GERAIS PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E INCENTIVO À ATIVIDADE FÍSICA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE 04 A 19 ANOS 1 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E INCENTIVO À ATIVIDADE

Leia mais

Como aconteceu essa escuta?

Como aconteceu essa escuta? No mês de aniversário do ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente, nada melhor que ouvir o que acham as crianças sobre a atuação em Educação Integral realizada pela Fundação Gol de Letra!! Conheça um

Leia mais

Discurso de Luiz Inácio Lula da Silva Seminário do Prêmio Global de Alimentação Des Moines, Estados Unidos 14 de outubro de 2011

Discurso de Luiz Inácio Lula da Silva Seminário do Prêmio Global de Alimentação Des Moines, Estados Unidos 14 de outubro de 2011 Discurso de Luiz Inácio Lula da Silva Seminário do Prêmio Global de Alimentação Des Moines, Estados Unidos 14 de outubro de 2011 Estou muito honrado com o convite para participar deste encontro, que conta

Leia mais

20 Anos de Tradição Carinho, Amor e Educação.

20 Anos de Tradição Carinho, Amor e Educação. Colégio Tutto Amore Colégio Sapience Carinho, Amor e Educação. Trabalhamos com meio-período e integral em todos os níveis de ensino. www.tuttoamore.com.br Nossa História No ano de 1993 deu-se o ponto de

Leia mais

FORMAR-SE. Há em muitas de nossas falas, quando terminamos um ciclo, algo que ocorre muito

FORMAR-SE. Há em muitas de nossas falas, quando terminamos um ciclo, algo que ocorre muito FORMAR-SE Senhoras e senhores, Há em muitas de nossas falas, quando terminamos um ciclo, algo que ocorre muito na cultura, algo que tem a profunda marca antropológica dos rituais: a celebração de uma passagem,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

Agradeço aos conselheiros que representam todos os Associados do Estado, o que faço na pessoa do Conselheiro Decano, João Álfaro Soto.

Agradeço aos conselheiros que representam todos os Associados do Estado, o que faço na pessoa do Conselheiro Decano, João Álfaro Soto. Agradecimentos: Cumpre-me inicialmente agradecer a toda Diretoria Executiva, especialmente ao Teruo, por confiarem no meu trabalho e me darem toda a autonomia necessária para fazer o melhor que fui capaz

Leia mais

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Brasília, 02 de janeiro de 2015. Ministra Miriam Belchior, demais autoridades, parentes e amigos aqui presentes.

Leia mais

Carta Internacional da Educação Física e do Esporte da UNESCO

Carta Internacional da Educação Física e do Esporte da UNESCO Carta Internacional da Educação Física e do Esporte da UNESCO 21 de novembro de 1978 SHS/2012/PI/H/1 Preâmbulo A Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura,

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

Recife 08/12- Bazar Anual com Festa de Chanucá no Centro Israelita de Pernambuco - das 10:00 às 18:00.

Recife 08/12- Bazar Anual com Festa de Chanucá no Centro Israelita de Pernambuco - das 10:00 às 18:00. Edição N 26-01/12/2009 Recife 08/12- Bazar Anual com Festa de Chanucá no Centro Israelita de Pernambuco - das 10:00 às 18:00. Rio de Janeiro 15/12 - Encerramento, Posse da presidente e sua Diretoria e

Leia mais

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Guia do Educador CARO EDUCADOR ORIENTADOR Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 2. PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Objetivo GERAL 5 METODOLOGIA 5 A QUEM SE DESTINA? 6 O QUE

Leia mais

O papel da mulher na construção de uma sociedade sustentável

O papel da mulher na construção de uma sociedade sustentável O papel da mulher na construção de uma sociedade sustentável Sustentabilidade Socioambiental Resistência à pobreza Desenvolvimento Saúde/Segurança alimentar Saneamento básico Educação Habitação Lazer Trabalho/

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto?

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto? Projetos Sociais da Faculdade Campo Real A promoção da cidadania é qualidade de toda instituição de ensino consciente de sua relevância e capacidade de atuação social. Considerando a importância da Faculdade

Leia mais

http://www.youtube.com/watch?v=h54vsr wwueo

http://www.youtube.com/watch?v=h54vsr wwueo http://www.youtube.com/watch?v=h54vsr wwueo Site:http://www.ccnma.org.br Coordenador: Carlos Sérgio Ferreira (coordenação cultura e identidade Afro brasileira) O Centro de Cultura Negra do Maranhão é uma

Leia mais

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning)

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) DISCURSOS 1, 2, 3 e 4 sem mensagem de raça ou classe (o texto do discurso é para ser lido duas vezes por cada ator,

Leia mais

PROTEÇÃO E ASSISTÊNCIA EM SÃO PAULO

PROTEÇÃO E ASSISTÊNCIA EM SÃO PAULO PROTEÇÃO E ASSISTÊNCIA EM SÃO PAULO UNHCR ACNUR QUEM SOMOS ACNUR O ACNUR foi criado para proteger e assistir às vítimas de perseguição, da violência e da intolerância. Desde então, já ajudou mais de 50

Leia mais

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Palestra tudo O QUE VOCE sobre precisa entender Abundância & Poder Pessoal EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Como aprendemos hoje na palestra: a Lei da Atração, na verdade é a Lei da Vibracao. A frequência

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios LEI N. 1.343, DE 21 DE JULHO DE 2000 Institui a Política Estadual do Idoso - PEI e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que a Assembléia Legislativa do Estado

Leia mais

PROJETO interação FAMÍLIA x ESCOLA: UMA relação necessária

PROJETO interação FAMÍLIA x ESCOLA: UMA relação necessária PROJETO interação FAMÍLIA x ESCOLA: UMA relação necessária Apoio: Secretária municipal de educação de santo Afonso PROJETO INTERAÇÃO FAMÍLIA X ESCOLA: UMA RELAÇÃO NECESSÁRIA. É imperioso que dois dos principais

Leia mais

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO Página 1 CONVERSA DE PSICÓLOGO Volume 03 - Edição 01 Agosto - 2013 Entrevistada: Renata Trovarelli Entrevistadora: Cintia C. B. M. da Rocha TEMA: RELACIOMENTO AMOROSO Psicóloga Comportamental, atualmente

Leia mais

Gtp+ PROGRAMAS E PROJETOS Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) Fundação em 2000, Recife-PE O Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo é a única ONG da Região Nordeste do Brasil coordenada

Leia mais

Art. 2º - São diretrizes da Política Municipal de Educação Alimentar e Combate à Obesidade:

Art. 2º - São diretrizes da Política Municipal de Educação Alimentar e Combate à Obesidade: PROJETO DE LEI N. 426/2013 ESTADO DO AMAZONAS ESTABELECE diretrizes para a Política Municipal de Educação Alimentar Escolar e Combate à Obesidade, e dá outras providências. Art.1º - O Poder Público Municipal,

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará ações de cidadania Onde o sol nasce ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará O triste cenário já é um velho conhecido por

Leia mais

Mensagem do senhor presidente da República para a 3ª Fispal Latino e ao 28º Congresso Hemisférico das Câmaras do Comércio e Indústrias Latinas:

Mensagem do senhor presidente da República para a 3ª Fispal Latino e ao 28º Congresso Hemisférico das Câmaras do Comércio e Indústrias Latinas: Íntegras da mensagem do Presidente Lula e do discurso da ministra Marta Suplicy no encerramento do XXVIII Congresso Hemisférico de Câmaras de Comércio e Indústrias Latinas Miami 02/06/2007. Antes de tudo,

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Site Revista Making Of Data: 20/08/2009 Seção: Marketing Pág.: www.revistamakingof.com.br Assunto:

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 65 Discurso na solenidade do Dia

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca ANUNCIO DE MUDANÇAS NO SISTEMA FINANCEIRO

Leia mais

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Brasília, 02/01/2011 (Saudações e agradecimentos)... Senhoras e senhores,

Leia mais

PROMETO, DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO

PROMETO, DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS PROMETO, DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

EMPRESAS, GOVERNO E SOCIEDADE CIVIL TRABALHANDO JUNTOS PARA O BEM COMUM

EMPRESAS, GOVERNO E SOCIEDADE CIVIL TRABALHANDO JUNTOS PARA O BEM COMUM EMPRESAS, GOVERNO E SOCIEDADE CIVIL TRABALHANDO JUNTOS PARA O BEM COMUM XXV CONGRESSO MUNDIAL UNIAPAC 10º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE SUSTENTABILIDADE 30 DE SETEMBRO 1º E 2 DE OUTUBRO BEM COMUM Conjunto

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

PROJETO ESCOLA E CIDADANIA

PROJETO ESCOLA E CIDADANIA PROJETO DE AQUISIÇÃO DE KIT ESCOLAR PROJETO ESCOLA E CIDADANIA 1. HISTÓRICO A preocupação com a causa da criança e do adolescente em situação de risco, faz nascer instituições proféticas espalhadas pelo

Leia mais

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Entrevista com Ricardo de Paiva e Souza. Por Flávia Gomes. 2 Flávia Gomes Você acha importante o uso de meios de comunicação na escola? RICARDO

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 21 Discurso na cerimónia de instalação

Leia mais

]ÉÜÇtÄ wt XávÉÄt. Nossas ações durante o ano de 2013. Informativo Anual das ações da ESCOLA MUNICIPAL DR. ANTÔNIO RIBEIRO. Leitura livre.

]ÉÜÇtÄ wt XávÉÄt. Nossas ações durante o ano de 2013. Informativo Anual das ações da ESCOLA MUNICIPAL DR. ANTÔNIO RIBEIRO. Leitura livre. ]ÉÜÇtÄ wt XávÉÄt Informativo Anual das ações da ESCOLA MUNICIPAL DR. ANTÔNIO RIBEIRO. ANO 2013-1ª EDIÇÃO A equipe gestora está sempre preocupada com o desempenho dos alunos e dos educadores, evidenciando

Leia mais

Díli Terça-feira, 26 de Novembro

Díli Terça-feira, 26 de Novembro ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE, KAY RALA XANANA GUSMÃO, POR OCASIÃO DO SEMINÁRIO INTERNACIONAL PARA DENTISTAS E ENFERMEIROS ODONTOLÓGICOS SOBRE O

Leia mais

COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO?

COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO? COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO? Apresentação Ir para a escola, passar um tempo com a família e amigos, acompanhar as últimas novidades do mundo virtual, fazer um curso de inglês e praticar um esporte são

Leia mais

APRESENTA II AÇÃO SOCIAL FAP X PASTORAL DA CRIANÇA PROJETO: SOLIDARIEDADE: UM ATO DE AMOR

APRESENTA II AÇÃO SOCIAL FAP X PASTORAL DA CRIANÇA PROJETO: SOLIDARIEDADE: UM ATO DE AMOR APRESENTA II AÇÃO SOCIAL FAP X PASTORAL DA CRIANÇA PROJETO: SOLIDARIEDADE: UM ATO DE AMOR DATA: 13/10/2012 Comemoração do Dia da Criança HORÁRIO: 8:00 horas as 11 horas LOCAL: Estacionamento da FAP PARTICIPAÇÃO:

Leia mais

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Proppex Supervisão de Extensão

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Proppex Supervisão de Extensão Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Proppex Supervisão de Extensão FORMULÁRIO DE AÇÃO DE EXTENSÃO 1. IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM 1.1. TÍTULO: CAPACITAÇÃO PARA EDUCADORES DA PRIMEIRA INFÂNCIA,

Leia mais

PROGRAMA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTO ATIVO E SAUDÁVEL

PROGRAMA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTO ATIVO E SAUDÁVEL PROGRAMA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTO ATIVO E SAUDÁVEL ENQUADRAMENTO O tema «envelhecimento» tem sido alvo de estudos de pesquisadores e profissionais e vem desencadeando a produção de conhecimentos

Leia mais

CANDIDATOS DA MICRORREGIÃO 2

CANDIDATOS DA MICRORREGIÃO 2 CANDIDATOS DA MICRORREGIÃO 2 Nome de urna: Elda Clavé Número: 2413 - Exerceu o cargo de Conselheira Tutelar Substituta; - Membro da Rede de Leitura para Crianças em Bibliotecas Comunitárias; - Serviço

Leia mais

difusão de idéias EDUCAÇÃO INFANTIL SEGMENTO QUE DEVE SER VALORIZADO

difusão de idéias EDUCAÇÃO INFANTIL SEGMENTO QUE DEVE SER VALORIZADO Fundação Carlos Chagas Difusão de Idéias outubro/2007 página 1 EDUCAÇÃO INFANTIL SEGMENTO QUE DEVE SER VALORIZADO Moysés Kuhlmann :A educação da criança pequena também deve ser pensada na perspectiva de

Leia mais

Blumenau, 24 de junho de 2015. Ilustríssimo(a) Senhor(a) Vereador(a).

Blumenau, 24 de junho de 2015. Ilustríssimo(a) Senhor(a) Vereador(a). 1 Ofício nº 01/2015 - CDS - OAB/BLUMENAU Aos(as) Excelentíssimos(as) Vereadores(as) de Blumenau. Blumenau, 24 de junho de 2015. Ilustríssimo(a) Senhor(a) Vereador(a). Conforme se denota do sítio eletrônico,

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Daniel Nunes Pereira

Daniel Nunes Pereira -Excelentíssimos vereadores e vereadoras -Excelentíssimos comendadores e comendadeiras -Excelentíssimos secretários e demais autoridades presentes -Imprensa que democraticamente acompanha diariamente os

Leia mais

O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas.

O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas. O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas. Quando o campo se expande, mais profissionais chegam ao mercado, mais áreas de atuação se formam e a categoria conquista mais visibilidade.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 13 Discurso na solenidade de abertura

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

POLÍTICAS PÚBLICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 POLÍTICAS PÚBLICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL Erika Cristina Pereira Guimarães (Pibid-UFT- Tocantinópolis) Anna Thércia José Carvalho de Amorim (UFT- Tocantinópolis) O presente artigo discute a realidade das

Leia mais

MÓDULO 5 O SENSO COMUM

MÓDULO 5 O SENSO COMUM MÓDULO 5 O SENSO COMUM Uma das principais metas de alguém que quer escrever boas redações é fugir do senso comum. Basicamente, o senso comum é um julgamento feito com base em ideias simples, ingênuas e,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES Projeto de Lei n 340/99 464 LEI N 4.864 DE 12 DE MARÇO DE 1999 Dispõe sobre a Política Municipal do Idoso, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES; FAÇO SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO Design & Saúde Financeira para maiores de 50 anos Vera Damazio Laboratório Design Memória Emoção :) labmemo (: O que Design tem a ver com Saúde Financeira para maiores de 50 anos? E o que faz um Laboratório

Leia mais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Estatuto da Criança e do Adolescente: 18 anos, 18 Compromissos A criança e o adolescente no centro da gestão municipal O Estatuto

Leia mais

(UNIDADE CEBRAC BOTUCATU)

(UNIDADE CEBRAC BOTUCATU) CAMPANHA MAIS CIDADÃO (UNIDADE CEBRAC BOTUCATU) APRESENTAÇÃO Nossa Missão: Desenvolver o potencial das pessoas e formar o cidadão profissional para atuar com brilhantismo no mercado de trabalho Estar sintonizados

Leia mais

FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO

FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO MOMENTO DE DERRUBAR TABUS As razões podem ser bem diferentes, porém muito mais gente do que se imagina já teve uma intenção em comum. Segundo estudo realizado pela Unicamp,

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

CANDIDATOS DA MICRORREGIÃO 9

CANDIDATOS DA MICRORREGIÃO 9 CANDIDATOS DA MICRORREGIÃO 9 Nome de urna: Jacque Pache Número: 9011 Experiência na Área da Infância: - conselheira tutelar 2008/2011. - assistente direção: fundação de proteção especial RS. FPE - Coordenadora

Leia mais

POLÍTICAS SOCIAIS APOIO À NATALIDADE, À TERCEIRA IDADE, IGUALDADE E INCLUSÃO SOCIAL

POLÍTICAS SOCIAIS APOIO À NATALIDADE, À TERCEIRA IDADE, IGUALDADE E INCLUSÃO SOCIAL 1 POLÍTICAS SOCIAIS APOIO À NATALIDADE, À TERCEIRA IDADE, IGUALDADE E INCLUSÃO SOCIAL Senhora Presidente da Assembleia Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente do Governo Senhora e Senhores Membros

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 1 Ser Voluntário

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 1 Ser Voluntário Organizando Voluntariado na Escola Aula 1 Ser Voluntário Objetivos 1 Entender o que é ser voluntário. 2 Conhecer os benefícios de ajudar. 3 Perceber as oportunidades proporcionadas pelo voluntariado. 4

Leia mais

Uma Experiência Empreendedora da Educação Cooperativa

Uma Experiência Empreendedora da Educação Cooperativa Uma Experiência Empreendedora da Educação Cooperativa Prá colher, temos que plantar, compadre, temos que pensar no futuro. José Dionízio Leite É TICA L IDERANÇA L IBERDADE O RGANIZAÇÃO S OLIDARIEDADE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Especial EDUCAÇÃO INCLUSIVA A FAMÍLIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Especial EDUCAÇÃO INCLUSIVA A FAMÍLIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Especial EDUCAÇÃO INCLUSIVA A FAMÍLIA Brasília - 2004 Série: EDUCAÇÃO INCLUSIVA 1. A Fundamentação Filosófica 2. O Município 3 A Escola 4 A Família FICHA TÉCNICA

Leia mais

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade?

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Texto divulgado na forma de um caderno, editorado, para a comunidade, profissionais de saúde e mídia SBMFC - 2006 Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Não? Então, convidamos você a conhecer

Leia mais

Marco Legal da Primeira Infância é um passo importante para o avanço nas políticas públicas de proteção à criança

Marco Legal da Primeira Infância é um passo importante para o avanço nas políticas públicas de proteção à criança Marco Legal da Primeira Infância é um passo importante para o avanço nas políticas públicas de proteção à criança Recurso apresentado contra Projeto aprovado em Comissão Especial da Câmara dos Deputados

Leia mais

Declaração de Pequim adotada pela Quarta Conferência Mundial sobre as Mulheres: Ação para Igualdade, Desenvolvimento e Paz (1995)

Declaração de Pequim adotada pela Quarta Conferência Mundial sobre as Mulheres: Ação para Igualdade, Desenvolvimento e Paz (1995) Declaração de Pequim adotada pela Quarta Conferência Mundial sobre as Mulheres: Ação para Igualdade, Desenvolvimento e Paz (1995) 1. Nós, os Governos, participante da Quarta Conferência Mundial sobre as

Leia mais

LÍDER: compromisso em comunicar, anunciar e fazer o bem.

LÍDER: compromisso em comunicar, anunciar e fazer o bem. ESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati Paranavaí / / "Quanto mais Deus lhe dá, mais responsável ele espera que seja." (Rick Warren) LÍDER:

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE DISCURSO DE AGRADECIMENTO E DESPEDIDA DO CHEFE DO ESTADO EM PRESIDÊNCIA ABERTA E INCLUSIVA 2014 Compatriotas! Caminhamos para o fim do meu mandato de governação como Presidente

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL ERNESTO SOLON BORGES PREVENÇÃO E QUALIDADE DE VIDA - ALCOOLISMO

ESCOLA ESTADUAL ERNESTO SOLON BORGES PREVENÇÃO E QUALIDADE DE VIDA - ALCOOLISMO ESCOLA ESTADUAL ERNESTO SOLON BORGES PREVENÇÃO E QUALIDADE DE VIDA - ALCOOLISMO BANDEIRANTES MS SETEMBRO/2012 ESCOLA ESTADUAL ERNESTO SOLON BORGES PREVENÇÃO E QUALIDADE DE VIDA - ALCOOLISMO DIRETOR: AFONSO

Leia mais

MEIO AMBIENTE E VIDA TEXTO PARA A CAMINHADA DE CORPUS CRISTI A VIDA AMEAÇADA...

MEIO AMBIENTE E VIDA TEXTO PARA A CAMINHADA DE CORPUS CRISTI A VIDA AMEAÇADA... MEIO AMBIENTE E VIDA TEXTO PARA A CAMINHADA DE CORPUS CRISTI Daniel Cenci A VIDA AMEAÇADA... A vida é sempre feita de escolhas. A qualidade de vida resulta das escolhas que fazemos a cada dia. É assim

Leia mais

PROJETO MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA: CONVIVÊNCIA, CIDADANIA, SAÚDE E LAZER

PROJETO MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA: CONVIVÊNCIA, CIDADANIA, SAÚDE E LAZER SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA AGROTÉCNICA FEDERAL DE UBERLÂNDIA Fazenda Sobradinho, s/ nº, Município de Uberlândia, CEP: 38.400-974, telefone: (34) 3233-8800 Fax: (34) 3233-8833,

Leia mais

1» A revolução educacional e a educação em valores 11

1» A revolução educacional e a educação em valores 11 Sumário Introdução 9 1» A revolução educacional e a educação em valores 11 Introdução 12 As causas da revolução educacional 12 O triplo desafio pedagógico 14 Da transmissão à educação 15 O que pretende

Leia mais

DISCURSO DE POSSE DA VICE-REITORA DA UNEB, ADRIANA DOS SANTOS MARMORI LIMA

DISCURSO DE POSSE DA VICE-REITORA DA UNEB, ADRIANA DOS SANTOS MARMORI LIMA DISCURSO DE POSSE DA VICE-REITORA DA UNEB, ADRIANA DOS SANTOS MARMORI LIMA Familiares, amigos, técnicos administrativos, estudantes, professores, grupo gestor da UNEB, autoridades civis, militares, políticas

Leia mais

FORMAÇÃO DOCENTE: ASPECTOS PESSOAIS, PROFISSIONAIS E INSTITUCIONAIS

FORMAÇÃO DOCENTE: ASPECTOS PESSOAIS, PROFISSIONAIS E INSTITUCIONAIS FORMAÇÃO DOCENTE: ASPECTOS PESSOAIS, PROFISSIONAIS E INSTITUCIONAIS Daniel Silveira 1 Resumo: O objetivo desse trabalho é apresentar alguns aspectos considerados fundamentais para a formação docente, ou

Leia mais

Balanço Social UNINORTE 2015

Balanço Social UNINORTE 2015 Balanço Social UNINORTE 2015 Diretora Acadêmica Vanessa Voglio Igami Diretora Administra va Ká a Cris na Do o Gasparini Diretora Comercial Indira Maria Kitamura Diretor Financeiro Fábio Ricardo Leite Secretária

Leia mais

O ENVELHECIMENTO SOB A ÓTICA MASCULINA

O ENVELHECIMENTO SOB A ÓTICA MASCULINA O ENVELHECIMENTO SOB A ÓTICA MASCULINA Por: DANIELA NASCIMENTO AUGUSTO (Técnica em Gerontologia e Terapeuta Ocupacional) DIEGO MIGUEL (Artista Plástico, Técnico em Gerontologia e Coordenador do NCI Jova

Leia mais

UNESCO Brasilia Office Representação no Brasil Declaração sobre as Responsabilidades das Gerações Presentes em Relação às Gerações Futuras

UNESCO Brasilia Office Representação no Brasil Declaração sobre as Responsabilidades das Gerações Presentes em Relação às Gerações Futuras UNESCO Brasilia Office Representação no Brasil Declaração sobre as Responsabilidades das Gerações Presentes em Relação às Gerações Futuras adotada em 12 de novembro de 1997 pela Conferência Geral da UNESCO

Leia mais

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE Mesmo não acreditando na Educação Criativa, o professor pode fazer uma experiência para ver o resultado. É o caso da professora deste relato. Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

Leia mais

25 de Abril de 2015 Comemoração dos 41 anos da Revolução dos Cravos

25 de Abril de 2015 Comemoração dos 41 anos da Revolução dos Cravos 25 de Abril de 2015 Comemoração dos 41 anos da Revolução dos Cravos Intervenção da Deputada Municipal do PSD Célia Sousa Martins Senhora Presidente da Assembleia Municipal, Senhor Presidente da Câmara

Leia mais

A Família e o Movimento pela Inclusão

A Família e o Movimento pela Inclusão A Família e o Movimento pela Inclusão (Mônica Pereira dos Santos) 1 Já sabemos que a luta pelos direitos dos portadores de deficiência não é recente. No Brasil, se traçarmos uma demarcação temporal, podemos

Leia mais

Belo Horizonte 25/10 - Almoço com pratos típicos da culinária judaica com bingo.

Belo Horizonte 25/10 - Almoço com pratos típicos da culinária judaica com bingo. Edição N 21-06/10/2009 Belo Horizonte 25/10 - Almoço com pratos típicos da culinária judaica com bingo. Rio de Janeiro 14/10 - Evento da Cabana Modas, às 15h, no Shopping Leblon- Realização: Grupo Dafna

Leia mais

Educação para a Cidadania linhas orientadoras

Educação para a Cidadania linhas orientadoras Educação para a Cidadania linhas orientadoras A prática da cidadania constitui um processo participado, individual e coletivo, que apela à reflexão e à ação sobre os problemas sentidos por cada um e pela

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 30 Discurso na inauguração da nova

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 38 Discurso na cerimónia do V Encontro

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais