ORIENTAÇÃO DE ESTUDO PARA O TESTE DO DIA 13/05/2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ORIENTAÇÃO DE ESTUDO PARA O TESTE DO DIA 13/05/2014"

Transcrição

1 ORIENTAÇÃO DE ESTUDO PARA O TESTE DO DIA 13/05/ Migração, perseguição, fuga, lutas, cativeiro, dispersão fazem parte da história do povo: a) Maia b) persa c) fenício d) hebreu e) judeu 2. Na fase nômade os hebreus estavam organizados em comunidades tribais, dedicando-se à criação de reses. Os bens produzidos pertenciam à comunidade. Os hebreus eram comandados por chefes denominados: a) patriarca b) Juízes c) reis d) mulçumanos e) líder comunitários 3. Os povos fenícios dedicavam-se: a) à agricultura b) à pecuária c) à navegação marítima d) à ciência e) à pesca 4. São cidades fenícias, exceto: a) Larsa b) Biblos c) Sidon d) Tiro e) Ugarit 5. No reinado de Dário o império persa atingiu sua extensão marítima. Para cuidar dos domínios, foi criada uma complexa organização administrativa. O império foi dividido em províncias, chamadas: a) sátrapas b) Cambises c) Biblos d) Chipres e) Sidons 6. Sobre o Império Persa, é correto afirmar: I. A religião persa era o Zoroastrismo, que pregava a existência do bem e do mal, saindo vencedor o bem, no dia do juízo final. II. Sua expansão territorial deveu-se à existência de boas estradas e de um forte exército. III. Os povos vencidos pelos persas eram obrigados a pagar tributos, pois os persas não interferiam na cultura dos subjugados. A(s) afirmação(ões) verdadeira(s) é(são): a) apenas I e II b) apenas II c) apenas III d) apenas I e III e) I, II e III. Gabarito 1.d 2.a 3.c 4.a 5.a 6.E 1 Em relação aos povos da Antiguidade, é correto afirmar que: a) os assírios foram submetidos por Nabucodonosor, originando o episódio conhecido como o Cativeiro da Babilônia. b) os fenícios foram os criadores do alfabeto, posteriormente aperfeiçoado pelos gregos e latinos. c) os hebreus criaram um quadro religioso caracterizado pelo politeísmo e a mumificação. d) os egípcios estabeleceram, em 300 a.c., o importante Código de Hamurabi, um dos primeiros códigos jurídicos escritos. e) os persas, após derrotarem as tropas de Alexandre, conseguiram anexar o território grego ao seu império. 2 Relacione a coluna II, que apresenta afirmações relativas a povos da Antiguidade, com a coluna I, que identifica os mesmos. COLUNA I

2 ( 1 ) Fenícios ( 2 ) Hebreus ( 3 ) Babilônios ( 4 ) Egípcios ( 5 ) Persas COLUNA II ( ) Os sinais de sua escrita sagrada são conhecidas como hieróglifos. ( ) Buscavam e levavam mercadorias por toda a bacia do Mediterrâneo. ( ) Seu império era controlado pelo sistema de satrapias. ( ) Os invasores de seu território provocaram a diáspora. ( ) Hamurábi unificou o império, desde a Assíria até a Caldéia. A sequência numérica correta, de cima para baixo, na coluna II, é: a) b) c) d) e) A respeito da sociedade fenícia podemos afirmar corretamente que: a) a Fenícia desconhecia centralização do poder, pois era formada por cidades-estados que tinham ampla autonomia política, econômica, religiosa e administrativa. b) a independência política das cidades-estados fenícias foi possível, durante séculos, pelas alianças estabelecidas com os romanos que, por sua vez, faziam frente à expansão persa. c) os extensos vales situados entre as montanhas e o mediterrâneo possibilitaram o grande desenvolvimento da agricultura e do pastoreio e, conseqüentemente, do comércio. d) de todas as criações fenícias, a mais importante foi a caravela, posteriormente aperfeiçoada pelos gregos. e) a grande e original contribuição dos fenícios para a história da civilização foi a introdução das vogais no alfabeto criado pelos gregos e romanos, o que veio tornar a comunicação mais fácil e rápida. 4 Os hebreus desenvolveram sua civilização no primeiro milênio antes de Cristo. A respeito dela podemos afirmar, corretamente que: a) a importância da história da civilização hebraica se expressa, especialmente, através da formação de um Estado centralizado. b) a civilização hebraica apresenta traços específicos que decorrem do seu distanciamento frente às demais culturas do Oriente Próximo. c) a importância do estudo dos hebreus se justifica pelo monoteísmo ético que surge e se desenvolve entre eles, constituindo-se um ponto de partida para o cristianismo e o islamismo. d) os antigos hebreus têm como livro sagrado o Novo Testamento, que compreende vários outros livros, dentre os quais está o Gênesis, que trata da Criação. e) a antecedência da civilização hebraica à sumeriana explica a presença de mitos semelhantes nas duas culturas. 5 Na região onde atualmente se encontra o Líbano, instalou-se, no III milênio a.c., um povo semita, que passou a ocupar a estreita faixa de terra, com cerca de 200 quilômetros de comprimento, apertada entre o mar e as montanhas. Várias razões os levaram ao comércio marítimo, merecendo destaque sua proximidade geográfica com o Egito; a costa, que oferecia lugares para bons portos; e os cedros, principal riqueza, usados na construção de navios. O contido nesse parágrafo refere-se ao povo: a) fenício. b) hebreu. c) sumério. d) hitita. e) assírio. 6 Na Antigüidade, durante o reinado de Ciro I ( a. C.), os persas construíram um vasto império e governaram diferentes povos, adotando uma política que respeitava as diferenças culturais e religiosas. Esse modo de proceder está exemplificado no fato de: a) incorporarem a cultura sumeriana, especialmente os registros da nova língua semítica em caracteres cuneiformes. b) arregimentarem entre os caldeus, após a conquista da Babilônia, os sátrapas, administradores encarregados das províncias imperiais. c) libertarem os judeus cativos na Babilônia, que retornaram à Palestina e reconstruíram o templo de Salomão e o culto a Iavé. d) difundirem no Egito o culto de Ahura-Mazda, que, integrando-se às idéias religiosas egípcias, deu origem ao maniqueísmo.

3 7 Os hebreus construíram uma forte identidade cultural através da sua religião, desde os tempos das suas histórias mais remotas. Em certo período, observa-se uma maior preocupação com a ética e as críticas às desigualdades sociais, por parte dos profetas Oséias, Amós, Isaías e Miquéias. Estamos nos referindo: ( ) ao período em que Moisés tinha grande liderança política, livrando os hebreus da dominação egípcia. ( ) à época em que os hebreus estiveram dominados pelos caldeus e construíram o início do culto a Iavé. ( ) ao período histórico em que a religião hebraica seguiu os rituais semelhantes aos da religião persa, cultuando o deus Mazda. ( ) ao crescimento do significado político da religião, quando ela ajudou os imperadores hebreus a construírem seus impérios. ( ) ao período em que Iavé tornou-se Deus de todos os homens, e a religião ganhou um conteúdo ético importante. 8 Dentre os povos da Antigüidade Oriental, um se destacou como de exímios navegadores e excelentes comerciantes. Eram os fenícios, cuja principal contribuição legada às civilizações posteriores foi o (a): a) alfabeto fonético. b) organização estatal centralizada. c) formação de um exército e de uma marinha de guerra profissionais. d) religião monoteísta. e) organização política democrática. 9 Entre as principais características da Civilização Hebraica, merecem destaque especial: a) A religião politeísta em que as figuras mitológicas de Abraão, Isaac e Jacó formavam uma tríade divina. b) A criação de uma federação de cidades autônomas e independentes (cidades-estado) controladas por uma elite mercantil. c) A criação de um alfabeto (aramaico) que seria incorporado e aperfeiçoado pelos egípcios, tornando-se conhecido como escrita hieroglífica. d) As práticas religiosas caracterizadas pela crença na existência de um único Deus (monoteísmo) e no messianismo, pois acreditavam na vinda de um messias libertador do povo hebreu. e) As inovações tecnológicas desenvolvidas na agricultura, possibilitando grande crescimento da produtividade agrícola na região palestina. 10 Entre os povos do oriente médio, os hebreus foram os que mais influenciaram a cultura da civilização ocidental, uma vez que o cristianismo é considerado como uma continuação das tradições religiosas hebraicas. A partir do texto anterior, assinale a alternativa incorreta: a) Originários da Arábia, os hebreus constituíram dois reinos: o de Judá e o de Israel na Palestina. b) As guerras geraram a unidade política dos hebreus. Esta unidade se firmou primeiro em torno de juízes e, depois em volta dos reis. c) Os profetas surgiram na Palestina por volta dos séculos VIII e VII ac., quando ocorreu uma onda de protestos dos trabalhadores contra os comerciantes. d) A religião hebraica passou por diversas fases, evoluindo do politeísmo ao monoteísmo difundido pelos profetas. e) Os hebreus se organizaram social e economicamente com base na propriedade da terra, o que deu início à Diáspora. 11 "... essencialmente mercadores, exportavam pescado, vinhos, ouro e prata, armas, praticavam a pirataria, e desenvolviam um intenso comércio de escravos no Mediterrâneo..." O texto refere-se a características que identificam, na Antiguidade Oriental, os: a) fenícios. b) hebreus. c) caldeus. d) egípcios. e) persas. 12 O soberano dividiu o seu império em províncias, chamadas satrapias, sendo a terra considerada como propriedade real e trabalhada pelas comunidades. Estas características identificam o: a) império dos persas durante o reinado de Dario. b) império babilônico durante o governo de Hamurabi. c) antigo império egípcio durante a dinastia de Quéops. d) reino de Israel sob o comando de Davi. e) estado espartano durante a vigência das leis de Dracon. Gabarito: 1-B; 2-C; 3-A; 4-C; 5-A; 6-C: 7- F-F-F-F-V; 8-A; 9-D; 10-E; 11-A; 12-A. 01. (UFAC) Quantos aos hebreus, é correta a afirmação que:

4 a) foram o primeiro povo a elaborar uma religião monoteísta. b) sua religião sempre foi politeísta. c) durante toda a sua história tiveram uma religião monoteísta. d) foram um dos únicos povos da chamada Antigüidade Oriental que, durante a maior parte de sua história, teve uma religião monoteísta. e) adotaram facilmente a religião politeísta dos romanos. 02. (Fatec-SP) Dario I, célebre imperador da Pérsia, tem seu nome ligado à: a) conquista do Reino da Média e à fundação do Império Persa. b) elaboração da religião dualista persa, cujos fundamentos se encontram no livro sagrado Zend Avesta. c) conquista do Antigo Egito, em 525 a.c., na famosa batalha de Pelusa. d) derrota dos persas frente às cidades-estado gregas na terceira das Guerras Médicas. e) organização político-administrativa do Império Persa, com a criação das satrápias, das estradas reais e do dárico. 03. (UEL-PR) "...essencialmente mercadores, exportavam pescado, vinhos, ouro e prata, armas praticavam a pirataria, e desenvolveram um intenso comércio de escravos no Mediterrâneo..." O texto refere-se à característica que identifica, na Antigüidade Oriental, os a) fenícios. b) hebreus. c) caldeus. d) egípcios. e) persas. 04. (Osec-SP) Os fenícios dedicavam-se, primordialmente, ao comércio marítimo porque: a) era grande seu excedente agrícola. b) sua organização militar lhes garantia o domínio dos mares. c) sua localização geográfica os induzia a isso. d) sua organização política era fortemente centralizada. e) sua atividade militar lhes proporcionava numerosos escravos para atuar nas galeras como remadores. 05. (UMC-SP) Dentre as importantes contribuições deixadas pelos fenícios, para a civilização ocidental, destacamos a) o desenvolvimento do alfabeto fonético e técnicas de navegação. b) a construção de gigantescas obras hidráulicas para a prática da agricultura. c) a criação de um governo democrático. d) a prática do monoteísmo e ideais filosóficos. e) a criação do primeiro sistema jurídico. 06. (UCS-RS) Na Antigüidade, podemos observar características específicas a cada povo. Assinale a alternativa cuja seqüência relaciona corretamente os povos desse período com sua principal característica religiosa. (1) Egípcios (2) Mesopotâmicos (3) Fenícios (4) Cretenses (5) Hebreus ( ) Acreditavam na imortalidade da alma, a qual se separa do corpo após a morte, mas vinha procurá-lo no seu túmulo, depois de passar pelo julgamento de Osíris. ( ) Os profetas desempenharam um papel importante na preservação da pureza da religião, frente à influência dos deuses estrangeiros. ( ) Adoravam a Grande Mãe, deusa da terra e da fertilidade, representada por uma pomba e uma serpente. ( ) Preservavam rituais sangrentos, até com sacrifícios humanos, durante muito tempo. ( ) Acreditavam na magia, na adivinhação e na astrologia, meios que usavam para descobrir a vontade dos deuses. a) 4, 5, 1, 3, 2 b) 1, 2, 4, 3, 5 c) 2, 5, 4, 3, 1 d) 2, 5, 3, 4, 1 e) 1, 5, 4, 3, (PUC-SP) Diáspora é o tempo que designa a dispersão dos hebreus por várias regiões do mundo, após serem expulsos de seu território no século II. Somente depois de 1948, com a criação do Estado de Israel, esse povo pôde voltar a se reunir num mesmo país. Entretanto, essa reconquista vem sendo, há quase meio século, motivo de contendas entre os israelenses e o povo ocupante daquela região. O ano de 1995, talvez seja o marco do apaziguamento desses conflitos, uma vez que acordos têm sido realizados por seus líderes, sob a chancela da diplomacia internacional - o que, infelizmente, não impediu o assassinato do primeiro ministro de Israel.

5 O povo que provocou a dispersão dos hebreus no século II e o povo que manteve o confronto com os israelenses desde 1948 são, respectivamente: a) os egípcios e os iranianos. b) os romanos e os palestinos. c) os palestinos e os egípcios. d) os romanos e os iranianos. e) os egípcios e os palestinos. 08. (UEL-PR) A Páscoa, na cultura do povo hebreu, está relacionada com a) a conquista de Canaã, a Terra Prometida, após o cativeiro dos hebreus na Babilônia. b) a unificação do reino de Israel, após o conturbado período gerado pelo Cisma das 12 tribos hebraicas. c) o êxodo, inicialmente liderado por Moisés, após a permanência de mais de 400 anos dos hebreus no Egito. d) a sucessão de Davi, como rei dos hebreus, após a conquista de Jerusalém aos cananeus. e) a resistência oposta pelos judeus, após a anexação da Judéia por Roma. 10. (UFRN) "Resolvi: transferir-vos-ei da opressão do Egito para a terra dos cananeus, heteus, amorreus, farezeus, haveus e jebuzeus, para a terra que mana leite e mel..." O texto bíblico está relacionado: a) ao Cisma. b) à Diáspora. c) ao Êxodo. d) à "nica". e) ao Cativeiro da Babilônia. 11. (UFRN) Na Antiga Pérsia, ao instituir o "dárico", o soberano Dario: a) tornou estáveis as relações comerciais. b) dificultou o comércio. c) estimulou a procura do ouro. d) descentralizou o poder. e) desencadeou as guerras greco-pérsicas. 12. (UFRN) Na Antigüidade Oriental, o povo hebreu constituiu-se em exceção pelo: a) desenvolvimento da arte náutica. b) uso do ferro. c) desenho em baixo relevo. d) monoteísmo. e) panteísmo Gabarito do seu teste Resposta 01: letra d Resposta 02: letra e Resposta 03: letra a Resposta 04: letra c Resposta 05: letra a Resposta 06: letra e Resposta 07: letra b Resposta 08: letra c Resposta 10: letra c Resposta 11: letra a Resposta 12: letra d Questão 1: A cultura hebraica (marcada por um profundo senso de religiosidade que perpassou sua arte e sua literatura) deixou raízes profundas em toda a Europa e, por extensão, na civilização ocidental, porque foi responsável pelo desenvolvimento do: A - Ateísmo B - Cristianismo C - Judaísmo D - Budismo E - Maometismo Questão 2: O grande patriarca da Bíblia Hebraica é também o antepassado espiritual do Novo Testamento e o grande arquiteto sagrado do Alcorão. Abraão é o ancestral comum do judaísmo, do cristianismo e do islamismo. É a chave do conflito árabeisraelense. É a peça central da batalha entre o Ocidente e os extremistas islâmicos. É o pai e, em muitos casos, o suposto pai

6 biológico de doze milhões de judeus, dois bilhões de cristãos e um bilhão de muçulmanos em todo o mundo. É o primeiro monoteísta da história. FEILER, Bruce. Abraão. Rio de Janeiro: Sextante, p. 19. Assinale a(s) proposição(ões) correta(s) com base no texto e nos seus conhecimentos sobre os assuntos a que ele se refere: 1 - O judaísmo, o cristianismo e o islamismo são religiões monoteístas que nasceram na mesma região do mundo, o Oriente Médio. 2 - Embora os judeus e os cristãos encontrem na Bíblia muitas das suas crenças, o Alcorão é o livro sagrado comum ao judaísmo, ao cristianismo e ao islamismo. 4 - O judaísmo, o cristianismo e o islamismo possuem elementos comuns em sua tradição. 8 - Podemos encontrar, entre as muitas causas do conflito árabe-israelense, elementos relacionados à religião, como, por exemplo, a disputa por Jerusalém, cidade sagrada para judeus, muçulmanos e cristãos A História registra uma convivência pacífica e a tolerância entre judeus, muçulmanos e cristãos, até a criação do Estado de Israel no século XX. 3: Os fenícios, povo de origem semita que se fixou e desenvolveu as suas cidades, numa faixa de 200 quilômetros situada entre o mar Mediterrâneo e as montanhas do atual Líbano, conheceram o apogeu da sua influência a partir de 1400 a.c. (destruição de Cnossos em Creta). Entre as afirmações que se seguem, escolha aquela que caracteriza de maneira correta esse povo: A - Viviam num sistema político teocrático. B - Suas principais atividades econômicas eram agrícolas. C - Praticavam uma religião maniqueísta. D - Eram especializados no comércio marítimo. E - Seu alfabeto foi elaborado a partir do alfabeto grego. Questão 4: Ao estudarmos os povos antigos, aprendemos acerca da sua cultura, das suas práticas sociais e políticas e da sua atividade econômica. Os fenícios, por exemplo, se destacaram pela atividade comercial e pela criação do alfabeto. A - A criação do alfabeto entre os fenícios está relacionada à atividade religiosa. Esses povos nos legaram muitos documentos religiosos que comprovam a estreita relação entre a escrita e a religião. B - O comércio desenvolvido pelos fenícios era terrestre. Além do mais, a insegurança das embarcações antigas fazia com que eles privilegiassem as curtas viagens em que os riscos eram reduzidos. C - Os fenícios foram considerados os maiores navegadores da Antiguidade, em razão do intenso comércio marítimo que desenvolveram. Esta prática econômica possibilitou que dominassem amplamente a navegação de longa distância. D - O alfabeto fenício, em razão de ser voltado para a atividade comercial, não teve qualquer influência entre os povos da Antiguidade. Era formado de caracteres próprios, impossíveis de serem utilizados para as atividades cotidianas. E - A criação do alfabeto pelos fenícios está relacionada à atividade comercial. A necessidade de registrar as atividades comerciais com os diferentes povos fez com que a escrita deixasse de ser uma atividade de especialistas, como no Egito Antigo. Questão 5: Entre os povos que se destacaram na Antigüidade Oriental, os hebreus são considerados os únicos que sobreviveram ao desmoronamento de milenares impérios da história da humanidade. Sobre a sociedade hebraica na época antiga, é incorreto afirmar que: A - havia escravidão, porém o escravo poderia alcançar sua liberdade, caso o patrão, castigando-o, inutilizasse seu olho ou lhe arrancasse um dente; B - durante o governo de Salomão, o reino conheceu seu apogeu, transformando-se numa das grandes monarquias orientais, empreendendo, inclusive, a construção do Templo de Jerusalém; C - é no Antigo Testamento que se encontra sua história, especialmente a fase da escravidão no Egito, narrada pelos livros dos Números e do Deuteronômio; D - houve a presença de mulheres como dirigentes militares na época dos Juízes, cuja autoridade era fundamentada na ideologia religiosa; E - durante muitos séculos, utilizou a língua hebraica, mas a substituiu pelo aramaico, língua semita do ramo ocidental, tomada oficial na época do domínio persa. Questão 6: Os fenícios, na Antiguidade, foram conhecidos, sobretudo, por suas atividades ligadas: A - à propagação do monoteísmo; B - ao comércio marítimo; C - ao expansionismo militarista; D - à criatividade científica; E - à agricultura intensiva. Questão 7: Os fenícios dedicavam-se, primordialmente, ao comércio marítimo porque: A - era grande seu excedente agrícola. B - sua organização militar garantia o domínio dos mares. C - sua localização geográfica os induzia a isso. D - sua organização política era fortemente centralizada. E - sua atividade militar lhes proporcionava numerosos escravos para atuar nas galeras como remadores.

7 Questão 8: As condições geográficas da Fenícia, região mediterrânea, determinaram a dupla vocação dos fenícios de: A - comerciantes e industriais; B - mercadores e navegantes; C - agricultores e comerciantes; D - mercadores e agricultores; E - comerciantes e artesãos. Questão 9: I. A cultura hebraica sofreu influência dos povos do Egito e da Mesopotâmia. II. A religião hebraica evoluiu do politeísmo para o monoteísmo. III. Liderado por Moisés, o povo hebreu realizou a Diáspora, saindo do Egito para retornar à Palestina. IV. Na Palestina, a sociedade criada pelos hebreus desenvolveu precocemente a propriedade privada da terra. Estão corretas: A - apenas I, II e III; B - apenas I, II e IV; C - apenas I, III e IV; D - apenas II, III e IV; E - todas as alternativas. Questão 10: Quanto à História dos hebreus, é válido afirmar: 1 - o povo hebreu teve sua origem na Mesopotâmia; 2 - Moisés liderou o Êxodo; 4 - o Cisma Hebraico foi a divisão da monarquia em dois reinos; 8 - a Diáspora ocorreu no governo de Adriano; 16 - o judaísmo é uma religião monoteísta. GABARITO: questão 1: C - questão 2: 13 - questão 3: D - questão 4: C, E - questão 5: C - questão 6: B - questão 7: C - questão 8: B questão 9: B - questão 10: 31 Questão 1: Em 2001, a cidade de São Paulo foi palco da exposição pioneira "A Arte no Egito no Tempo dos Faraós". Pela primeira vez foram expostas no Brasil 56 peças da milenar civilização do Egito Antigo, trazidas diretamente do acervo do Museu do Louvre, de Paris. Assim, os brasileiros tiveram oportunidade de visualizar um panorama de anos de arte de uma das primeiras civilizações da história. Considere as seguintes afirmativas sobre o Egito Antigo, sua história e sua religião. I. Inserido no contexto do Modo de Produção Asiático, o Egito antigo conviveu com as outras civilizações localizadas nas proximidades do Mediterrâneo Oriental consideradas as primeiras da história, como as que se desenvolveram na Mesopotâmia e na Palestina, além de fenícios e persas. II. A religião egípcia, como todas as outras religiões antigas, caracteriza-se pelo monoteísmo, apresentando Deus como um ser com os vícios e virtudes dos homens, porém muito mais sábio e com a magia que o torna muito mais poderoso. III. O estudo da história egípcia nos tempos modernos começou com a descoberta da pedra de Rosetta e a interpretação dos hieróglifos pelo historiador francês Jean François Champollion ( ), que em 1826 pediu ao rei Carlos X, da França, para começar uma coleção de antiguidades egípcias no Louvre, que hoje conta com mais de 60 mil itens. Das afirmativas acima, pode-se dizer que A - apenas I está correta. B - apenas II está correta. C - apenas III está correta. D - I e III estão corretas. E - I, II e III estão corretas. Questão 2: O Antigo Egito é conhecido pela grandeza de sua arte e arquitetura representadas pelas pirâmides. Sua religião é estudada por historiadores, arqueólogos, antropólogos, místicos entre muitos outros. Sobre a religião egípcia podemos afirmar: A - O rei era definido como o centro de todas as coisas, no Egito; somente, durante o reinado de Amenófis IV, a nação viveu sob o politeísmo. B - O rei se definia literalmente como o centro de todas as coisas, inclusive, dos países estrangeiros; somente, durante o reinado de Amenófis III, o Egito viveu sob o monoteísmo. C - O rei se definia literalmente como o centro de todas as coisas, inclusive, dos países estrangeiros; somente, durante o reinado de Amenófis IV, o Egito viveu sob o monoteísmo. D - O rei se posicionava como centro do mundo natural, inclusive dos países estrangeiros, mas, durante o reinado de Amenófis IV, o Egito laicizou-se o Estado. E - O rei se definia literalmente apenas como dirigente de todas as coisas, inclusive dos países estrangeiros, devidamente escolhido por seus súditos, somente, durante o reinado de Amenófis IV, o Egito viveu sob o politeísmo.

8 Questão 3: O Tribunal de Osíris Tu choraste em presença da morte? Na presença da morte choraste? Não descende o cobarte do forte; Pois choraste, meu filho não és! A morte sempre esteve no contexto das representações dos povos desde a antiguidade até a Idade Contemporânea. As visões e atitudes diante a morte podem ser percebidas pelo homem, em cada momento da história. Nesse sentido, pode-se afirmar que A - quando um faraó egípcio morria, ele não era julgado no Tribunal de Osiris. Pelo poder acumulado, estes faraós já tinham entrada garantida no reino dos céus ou no reino do além. B - eram comuns, tanto no Egito como na Europa medieval, as práticas de embalsamamento dos corpos dos Faraós e sacerdotes. C - segundo a religião do Egito, quando alguém morria era julgado pelo tribunal de Osiris. Lá, seu coração era colocado em uma parte da balança e, na outra, uma pluma de avestruz de Maát, representando a justiça. A pesagem era registrada pelo escriba dos deuses, o deus Thot. Se a balança se equilibrasse, o morto era conduzido, por Osíris, para o além. D - Na Idade Média tratou-se da morte não como um rito de passagem para a morada definitiva da alma, a derradeira peregrinação do homem-viajante medieval, mas como o momento de ressurreição para a vida eterna. Questão 4: Aos egípcios devemos uma herança rica em cultura, ciência e religiosidade: eram habilidosos cirurgiões e sabiam relacionar as doenças com as causa naturais; criaram as operações aritméticas e inventaram o sistema decimal e o ábaco. Sobre os egípcios, é correto afirmar também que: A - foram conhecidos pelas construções de navios, que os levaram a conquistar as rotas comerciais para o Ocidente, devido a sua posição geográfica, perto do mar Mediterrâneo. B - deixaram, além dos hieróglifos, outros dois sistemas de escrita: o hierático, empregado para fins práticos, e o demótico, uma forma simplificada e popular do hierático. C - praticaram o sacrifício humano como forma de obter chuvas e boas colheitas, haja vista o território onde se desenvolveram ser desértico. D - fizeram o uso da escrita cuneiforme, que inicialmente foi utilizada para designar objetos concretos e depois ganhou maior complexidade. E - usaram as pirâmides para fins práticos, como, por exemplo, a observação astronômica. Questão 5: Analise a imagem. É correto afirmar que a imagem representa: A - uma cena do cotidiano dos hititas, na pesagem de mercadorias comercializadas com o povo egípcio. B - acontecimentos do sonho de Moisés, de libertação do povo hebreu, quando era prisioneiro do faraó egípcio. C - o início do mundo para os antigos egípcios, quando Nut, deusa do céu e das estrelas, anuncia sua vitória diante de Chu, deus do Ar. D - o livro dos mortos dos egípcios, com Osíris à direita e Anúbis ao centro, pesando o coração de um morto para avaliar sua vida. E - o livro dos mortos dos egípcios, com Osíris à direita e Anúbis ao centro, pesando o coração de um morto para avaliar sua vida. Questão 6:

9 A pintura egípcia pode ser caracterizada como uma arte que: A - definiu os valores passageiros e transitórios como forma de representação privilegiada. B - elegeu os valores eternos, presentes nos monumentos funerários, como objeto de representação. C - adornou os palácios como forma de representação pública do poder político. D - valorizou a originalidade na criação artística como possibilidade de experimentação de novos estilos. E - concebeu as imagens como modelo de conduta, utilizando-as em rituais profanos. Questão 7:... Quéops forçou todos os egípcios a trabalhar para ele... Grupos de cem mil homens trabalhavam continuamente, cada grupo durante três meses. Foram necessários dez anos de opressão do povo para a construção da estrada por onde os blocos de pedras eram arrastados... Nas obras da própria pirâmide foram consumidos vinte anos.... (Hérodoto. História. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1988, p. 128) Sobre a organização econômica e social no Egito Antigo, assinale a alternativa Incorreta: A - O Egito faraônico, salvo nos períodos de anarquia e divisão, era um reino centralizado, no qual o Estado exercia estreito controle sobre a economia do país. B - Os camponeses organizados em comunidades aldeias recebiam terras para o cultivo, pagando em tributos e em trabalho. Os excedentes recolhidos eram depositados em armazéns pertecentes ao Estado. A distribuição não era igualitária. A fatia maior cabia aos altos funcionários, sacerdotes, escribas, militares, artesãos qualificados e outros. Por último, era distribuída a ração para os trabalhadores braçais. C - Graças às guerras de conquistas, predominou o trabalho escravo, especialmente na construção das grandes obras públicas como templos e pirâmides. D - A mulher egípcia tinha personalidade jurídica. Agia sob sua própria responsabilidade, sem consentimento de um terceiro e, assim, ela podia livremente fazer um acordo com um interlocutor, fosse homem ou mulher. Quando ocorria um delito, a mulher era perseguida judicialmente pela autoridade pública, sem o intermédio de qualquer tutela. E - Na maioria dos textos, a vida cotidiana do camponês era difícil. Trabalho árduo e incessante, necessidades, miséria, fome e pesados impostos. Sofria muito e vivia pouco. Questão 8: Sobre a arte egípcia, é incorreto afirmar: A - As grandes manifestações da arquitetura egípcia foram os magníficos templos religiosos, as pirâmides, os hipogeus e as mastabas. B - Na pintura, as figuras eram representadas com os olhos e os ombros em perfil, embora com restante do corpo de frente. C - A escultura egípcia obedecia a uma orientação predominantemente religiosa. Eram numerosas as estátuas esculpidas com a finalidade de ficar dentro de túmulos. A escultura egípcia atingiu seu desenvolvimento máximo com os sarcófagos, esculpidos em pedra ou madeira. D - A cultura egípcia foi profundamente marcada pela religião e pela supremacia política do faraó. Esses dois elementos exerceram grande influência nas artes (arquitetura, escultura, pintura, literatura) e na atividade científica. E - A gradação, a mistura de tonalidades, o claro-escuro não eram utilizados. Questão 9: Sobre o Antigo Egito, assinale a(s) alternativa(s) correta(s): 1 - A religiosidade egípcia tinha, como sua principal característica, o monoteísmo antropozoomórfico. 2 - A formação da sociedade e a economia egípcia estavam intimamente vinculados às cheias e vazantes periódicas dos rios Tigre e Eufrates. 4 - A produção artística era predominantemente de inspiração religiosa. 8 - A preocupação com os mortos fez com que os egípcios construíssem túmulos duradouros como as Mastabas e os Hipogeus, lugares onde eram sepultados nobres e sacerdotes ilustres A economia era controlada pelo faraó, dono nominal da maioria das terras, sendo a agricultura a principal atividade econômica que, de modo geral, estava voltada para suprir as necessidades da população.

10 Questão 10: Os rios sempre foram de vital importância para a vida do homem e, desde as primeiras civilizações, foram disputados por povos das diversas partes do planeta. Com base nessa afirmativa e nos conhecimentos sobre a influência dos rios na história da humanidade, pode-se afirmar: A - Os rios Tigre e Eufrates foram disputados, na Antigüidade, por povos de diversas etnias e nas suas margens surgiram as chamadas civilizações clássicas. B - A navegação pelo rio Nilo colocou os antigos egípcios em contato com outras civilizações do Oriente, sendo esse contato responsável pela formação de uma cultura multinacional que sofreu grande influência das culturas vizinhas. C - O rio Jordão, na Palestina, objeto de conflito entre Israel e os Estados Árabes é importante para o islamismo, pois, segundo essa religião, suas águas purificam os pecadores. D - As terras banhadas pelo rio Paraíba, no Brasil, possibilitaram o desenvolvimento da cafeicultura na província de São Paulo, tornando-a, a partir do século XIX, a província mais importante economicamente, no Segundo Reinado. E - A disputa pela estratégica região do rio Prata gerou, no século XIX, um grande conflito entre o Brasil e governo da Argentina que, com sua tendência expansionista, ordenou a invasão da província de Mato Grosso através do rio Paraguai. Questão 11: Sobre o Egito Antigo, é correto afirmar que: 1 - a construção das pirâmides atendia às necessidades da vida após a morte dos faraós. Esse tipo de construção foi característica da arquitetura funerária durante todo o período do Egito Antigo e só foi possível graças à enorme mão-de-obra escrava existente desde o Antigo Reino; 2 - o Rio Nilo foi de suma importância em vários aspectos da vida dos antigos egípcios. Não só a agricultura foi possível devido ao seu ciclo de cheias, como também a noção de tempo cíclico, base do pensamento egípcio, levou à crença na vida após a morte; 4 - a despeito da influência islâmica, o Egito atual mantém as mesmas crenças religiosas do Egito Antigo; 8 - os egípcios antigos acreditavam em vários deuses que se relacionavam entre si e formavam seu sistema mitológico. Questão 12: A respeito da sociedade egípcia da Antiguidade Oriental, é correto afirmar que: A - a formação dos nomos, as reuniões de comunidades de aldeias, ocorreu após a formação do Estado, o qual emergiu entre 4000 e 3000 a.c; B - o Estado egípcio era uma Monarquia Despótica, isto é, uma monarquia em que o soberano era ao mesmo tempo um governante e um deus; C - o faraó governava por meio de um aparelho burocrático bastante simples e eficiente, constituído basicamente por alguns escribas e soldados; D - o exército egípcio era pequeno, não-profissionalizado e empregado apenas na defesa do faraó e de sua família; E - a escravidão coletiva foi o regime de produção dominante na época. Questão 13: A arquitetura dos templos do Antigo Egito apresentava entre suas características: A - a utilização de tijolos de argila queimada na construção de colunas e paredes; B - o seu reduzido tamanho, por serem apenas moradia da divindade; C - a inexistência de telhados, uma vez que quase não ocorriam chuvas durante todo o ano; D - a ausência de esculturas, uma vez que os preceitos religiosos de então não permitiam a representação da figura humana; E - a excessiva grandeza em suas dimensões e solidez na construção, com emprego intensivo de pedra como matéria-prima. Questão 14: As manifestações religiosas da cultura egípcia caracterizaram-se por uma estreita relação com a natureza. Por isso: A - os deuses assumiram formas de animais ou de forças da natureza; B - os templos obedeciam às linhas ditadas pelas formas naturais, impedindo a criatividade dos artistas; C - todos os mortos eram colocados em sarcófagos e guardados nas pirâmides para serem protegidos contra a ira divina da natureza; D - as esculturas humanas não possuíam feições definidas pelo temor de ofender aos deuses da natureza; E - a astronomia foi pouco desenvolvida em virtude do misticismo que cercava os estudos dos astros. Questão 15: Com relação ao Antigo Egito, assinale a alternativa verdadeira: A - Os antigos egípcios não acreditavam na existência da alma. B - O faraó Amenóphis IV tentou implantar o culto politeísta. C - As mastabas, as pirâmides e os hipogeus eram câmaras funerárias. D - Os egípcios desenvolveram a química e a matemática. E - A pintura e a escultura tiveram artes em desenvolvimento limitado. Questão 16: Os Estados Teocráticos da Mesopotâmia e do Egito evoluíram acumulando características comuns e peculiares culturais. Os egípcios desenvolveram a prática de embalsamar o corpo humano porque: A - se opunham ao politeísmo dominante na época; B - os seus deuses, sempre prontos para castigar os pecadores, desencadeavam o dilúvio; C - depois da morte, a alma podia voltar ao corpo mumificado; D - havia necessidade de construção de túmulos em forma de pirâmides, erigidos para a eternidade; E - somente haveria possibilidade de salvação para os camponeses.

11 Questão 17: A literatura era consumida apenas pela aristocracia. As obras eram impregnadas de idéias religiosas e morais: entre elas podemos citar o Livro dos Mortos, o Discurso do Camponês Eloqüente. A arquitetura era sólida, de proporções colossais, tentando representar toda a força e o poder da monarquia; entre os exemplos podemos citar os templos de Lúxor e Karnac. A escultura caracterizou-se pelo convencionalismo e a rigidez, explicados pelas concepções religiosas. Textos extraídos de Aquino. História das Sociedades. SP Os aspectos artísticos e literários expressam a personalidade de um povo. Analisando os quadros acima, concluímos que se referem aos: A - sumérios; B - persas; C - hebreus; D - assírios; E - egípcios. Questão 18: Sobre a sociedade egípcia, assinalar as alternativas corretas: 1 - Na parte superior da sociedade estava o faraó, um verdadeiro deus vivo. 2 - Abaixo do faraó vinham os membros da nobreza, constituída pelos parentes do faraó, pelos altos funcionários e pelos sacerdotes. 4 - Os sacerdotes em geral formavam um grupo à parte e gozavam de muito prestígio, devido às funções que exerciam. 8 - Os escribas preenchiam os cargos administrativos; a maioria da população era formada por camponeses Os camponeses, artesãos e escravos em geral tinham um bom nível de vida. Questão 19: A vida política do Antigo Império do Egito possuía alguns traços peculiares, como o fato de que: A - a separação entre o Estado e a religião era total, pois não havia uma religião oficial; B - os governantes dos nomos eram diretamente eleitos pelo povo, ainda que subordinados pelo faraó; C - a monarquia, a fim de evitar o despotismo, não tinha caráter hereditário; D - o faraó exercia o poder como Deus; assim, era mais uma teocracia que autocracia; E - os poderes executivo e judiciário confundiam-se, sendo o faraó o juiz supremo, salvo nos casos que envolvessem crime político. Questão 20: Assinale a alternativa correta. O Egito, presente do Nilo. Desta frase do historiador grego Heródoto, podemos afirmar que: A - o sistema econômico dos egípcios repousava, principalmente, numa base agrária alimentada em função do Nilo; B - o Nilo propiciava excelente meio de transporte para mercadorias que alimentavam um grande comércio; C - as indústrias das aldeias no curso do Nilo eram incentivadas à produção pela facilidade oferecida pelo transporte fluvial; D - as obras monumentais, muitas existentes até hoje, eram adornadas pelo ouro de lavagem, oferecido pelo rio; E - todas as alternativas estão corretas. Questão 21: Acerca do aspecto social do Egito na Antiguidade, assinale a alternativa correta. Era uma sociedade: A - móvel e hierárquica; B - imóvel e econômica; C - imóvel e hierárquica; D - móvel e econômica; E - móvel e privilegiada. Questão 22: Sobre a civilização egípcia, é correto afirmar que: I. Tínis e Mênfis foram capitais do Antigo Império, caracterizado no geral pela paz, teocracia nas primeiras dinastias e construção das grandes pirâmides de Gizé, das quais a de Quéops é o maior destaque. II. A civilização egípcia pôde desenvolver-se no Nordeste africano graças ao Rio Nilo, que proporciona inundações anuais. A dependência da vida do Egito para com o grande rio foi resumida por Heródoto, Pai da História, na frase: O Egito é um dom do Nilo ou O Egito é uma dádiva do Nilo. III. A religião foi elemento cultural que mais atuou na vida do povo egípcio, embora fosse politeísta, exceto no período do Novo Império, quando ocorreu a revolução ou reforma de Amenófis IV. Este faraó estabeleceu o culto monoteísta de Aton, simbolizado pelo disco solar. IV. Tendo longa duração, cerca de 40 séculos, a civilização egípcia somente desapareceu com a Queda de Constantinopla, em Estão corretas: A - apenas as opções I e II; B - apenas as opções II e III; C - apenas as opções I, II e III; D - apenas as opções I, III e IV; E - todas as opções estão corretas.

12 Questão 23: Salve, ó Nilo... Regas a terra em toda parte, ó deus dos grãos, senhor dos peixes, produtor do trigo e da cevada... Logo que tuas águas se erguem, a terra se agita de alegria... O Rio Nilo era a força que movimentava a economia da sociedade que, na região, se organizou. As características do sistema econômico lá implantado foram: I. atividade econômica dirigida pelo poder central, como resultante da estrutura geográfica; II. a economia se organizou segundo o modo de produção asiático; III. a presença marcante da propriedade privada do solo, permitindo, então, um bom progresso técnico; IV. uma produção voltada para o mercado, superando a economia natural. Estão corretas: A - I, II, III e IV; B - I, II e III; C - I e II; D - III e IV; E - I, III e IV. Questão 24: Durante o Novo Império Egípcio, ocorreu a reforma religiosa. Assinale abaixo a alternativa que contenha os elementos desta reforma: A - instalação de um culto monoteísta liderado por Amenófis IV; B - separação radical entre religião e Estado, em nome da república; C - extinção do caráter hereditário do processo político; D - ascensão da crença em Amon-Rá, principal deus dos egípcios; E - No Egito, muitos animais gozavam de um culto todo especial. Houve maior intensidade desta mentalidade com a reforma. Questão 25: No Novo Império, a revolução religiosa, promovida por Amenófis IV, teve grande significado porque se constituiu na: A - expulsão dos hicsos, povos semitas que dominaram o Egito desde o Antigo Império; B - unificação das diferentes províncias nomos evitando, assim, a fragmentação do Estado; C - introdução do monoteísmo religioso, a fim de barrar o crescimento político do clero; D - realização de modificações na estrutura social do Egito para eliminar as oligarquias agrárias; E - promoção de uma ampla e irrestrita reforma agrária, visando diminuir as diferenças sociais. Questão 26: O faraó egípcio personificava todos os grandes poderes do Estado, sendo um deus vivo. Essa atribuição resultava numa autoridade de característica: A - materialista; B - teocêntrica; C - antropocêntrica; D - racional; E - democrática. Questão 27: A religião teve uma presença marcante na história dos povos antigos. Entre estes, os egípcios se destacam, pois a atividade religiosa exercia grande influência em todos os aspectos de sua vida. Sobre este tema, podemos afirmar que: A - cerimônias religiosas eram realizadas pelos sacerdotes a cada ano, para garantir a chegada da inundação, e o faraó agradecia a colheita solenemente às diversas divindades; B - a religião tinha um significado fundamental na vida pública, mas a vida privada dependia dos Oráculos. Quando os homens do povo tomavam uma decisão importante, consultavam o oráculo da sua família; C - a religião penetrava intimamente a vida pública. A vida privada era independente da religião do Estado, e as mulheres, por serem as maiores responsáveis pela atividade agrícola, cuidavam da religião doméstica; D - os Oráculos dos deuses desempenhavam um papel importante na solução de problemas políticos e burocráticos; E - a importância da religião na vida do povo egípcio pode ser avaliada pela prática de as mulheres sem filhos se desnudarem diante de touros ou carneiros sagrados, esperando mudar a condição de esterilidade por sua exposição a tais símbolos de fertilidade. Questão 28: Considerando a escrita egípcia, é correto afirmar que: A - a utilização de recursos decorativos favoreceu a escrita em virtude de facilitar a compreensão popular; B - os sinais apresentados constituíam um aperfeiçoamento da arte profana como forma de expressão; C - a diversidade de sinais utilizados tornava complexa a representação do que se queria exprimir; D - a diversidade de sinais utilizados na escrita resultou de uma imposição religiosa; E - os desenhos elaborados representavam uma simplificação da escrita hierática. Questão 29: A atuação do Estado na vida econômica dos povos da Antigüidade Oriental, principalmente em relação à agricultura, foi bastante acentuada, sendo justificada por eles como: a) forma de garantir a produção de gêneros de primeira necessidade sem excedentes lucrativos;

13 b) necessária para assegurar as provisões para consumo do Exército; c) decorrente da necessidade de controlar a produção em tempo de guerra; d) única maneira de garantir a distribuição eqüitativa da riqueza entre os súditos; e) responsabilidade atribuída aos governantes para zelarem pelo bem comum. Questão 30: Os Estados teocráticos da Mesopotâmia e do Egito evoluíram acumulando características comuns e peculiaridades culturais. Os egípcios desenvolveram a prática de embalsamar o corpo humano porque: a) se opunham ao politeísmo dominante na época; b) seus deuses, sempre prontos a castigar os pecadores, desencadearam o Dilúvio; c) depois da morte, a alma podia voltar ao corpo mumificado; d) construíram túmulos em forma de pirâmides truncadas, erigidos para a eternidade; e) os camponeses constituíam a categoria social inferior. GABARITO: questão 1: D - questão 2: C - questão 3: C - questão 4: B - questão 5: D - questão 6: E - questão 7: C - questão 8: B - questão 9: 28 - questão 10: D - questão 11: 10 - questão 12: B - questão 13: E - questão 14: A - questão 15: C - questão 16: C - questão 17: E - questão 18: 15 - questão 19: D - questão 20: A - questão 21: C - questão 22: C - questão 23: C - questão 24: A - questão 25: C - questão 26: B - questão 27: A, D, E - questão 28: C - Questão 29: E - Questão 30: C

A Antiguidade Oriental Hebreus

A Antiguidade Oriental Hebreus A Antiguidade Oriental Hebreus (Monoteísmo e judaísmo) Mar Mediterrâneo Delta do Nilo Egito NASA Photo EBibleTeacher.com Península nsula do Sinai Mt. Sinai Mar Vermelho Canaã Tradicional Rota do Êxodo

Leia mais

Antiguidade Oriental. Prof. Helder Carneiro

Antiguidade Oriental. Prof. Helder Carneiro Antiguidade Oriental Prof. Helder Carneiro Impérios Teocráticos de Regadio Desenvolveram-se próximos de grandes rios; Teocracia = Governo de Deus; Obras Hidráulicas; Modo de Produção Asiático: O Estado

Leia mais

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental Aulas 6 e 7 A Antiguidade Oriental Hebreus (Monoteísmo e judaísmo) III- I- Local: Economia: região da agricultura, Palestina pastoreio ( Canaã (rio ou Jordão) terra prometida ). e comércio Atualmente:

Leia mais

Pérsia, fenícia e palestina

Pérsia, fenícia e palestina Pérsia, fenícia e palestina Região desértica Atuais estados de Israel e Palestina Vários povos (semitas) estabelecidos no curso do Rio Jordão Palestina Hebreus (Palestina) Um dos povos semitas (cananeus,

Leia mais

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - História - 2º Bimestre

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - História - 2º Bimestre Capítulo 5 1) O que se entende por Crescente Fértil? E quais regiões correspondiam? 2) Qual a importância dos rios para a história da humanidade? 3) Leia as afirmações abaixo: I Civilização é o estágio

Leia mais

Você acredita que a opinião de Heródoto é acertada, em relação ao Rio Nilo? Explique. R.:

Você acredita que a opinião de Heródoto é acertada, em relação ao Rio Nilo? Explique. R.: PROFESSOR: EQUIPE DE HISTÓRIA BANCO DE QUESTÕES - HISTÓRIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- Os fundamentos

Leia mais

História Geral. 3ª Edição - 2007

História Geral. 3ª Edição - 2007 História Geral 3ª Edição - 2007 Os Hebreus Localizado a leste da Mesopotâmia, constituía de um vasto planalto desértico rodeado de montanhas, entre a Mesopotâmia e a Índia. O Império Persa constituiu um

Leia mais

O povo da Bíblia HEBREUS

O povo da Bíblia HEBREUS O povo da Bíblia HEBREUS A FORMAÇÃO HEBRAICA Os hebreus eram pastores nômades que se organizavam em tribos lideradas por chefes de família denominado patriarca. Principais patriarcas: Abraão, Jacó e Isaac.

Leia mais

MESOPOTÂMIA. TERRA ENTRE RIOS Prof. Ive

MESOPOTÂMIA. TERRA ENTRE RIOS Prof. Ive MESOPOTÂMIA TERRA ENTRE RIOS Prof. Ive ASPECTOS FÍSICOS Os dois rios mais importantes são o Tigre e o Eufrates. Localiza-se, predominantemente, no Crescente Fértil, onde hoje está o Iraque. Possui precárias

Leia mais

ANTIGUIDADE ORIENTAL MÓDULO 01 PG 657 OLI

ANTIGUIDADE ORIENTAL MÓDULO 01 PG 657 OLI ANTIGUIDADE ORIENTAL MÓDULO 01 PG 657 OLI LOCALIZAÇÃO NORDESTE DA ÁFRICA RIO NILO HERÓDOTO O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO EVOLUÇÃO POLÍTICA FASES ANTIGO IMPÉRIO MÉDIO IMPÉRIO NOVO IMPÉRIO PERÍODO

Leia mais

- Obrigações básicas: pagamento de impostos, serviço militar e produção; Recursos agrícolas distribuídos pelo Estado.

- Obrigações básicas: pagamento de impostos, serviço militar e produção; Recursos agrícolas distribuídos pelo Estado. 1 - O CRESCENTE FÉRTIL: Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis. 2 EGITO E MESOPOTÂMIA: Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus ou representante dele;

Leia mais

MESOPOTÂMIA, FENÍCIA, EGITO, ÍNDIA E CHINA

MESOPOTÂMIA, FENÍCIA, EGITO, ÍNDIA E CHINA MESOPOTÂMIA, FENÍCIA, EGITO, ÍNDIA E CHINA Um oásis em meio ao deserto Local em que teria ocorrido o processo de sedentarização do homem Período neolítico Formação das primeiras cidades Na Idade dos Metais

Leia mais

Antiguidade Oriental Egito Mesopotâmia Palestina Hebreus. Pérsia. Profª.. Auxiliadora

Antiguidade Oriental Egito Mesopotâmia Palestina Hebreus. Pérsia. Profª.. Auxiliadora Antiguidade Oriental Egito Mesopotâmia Palestina Hebreus Fenícios Pérsia Profª.. Auxiliadora Crescente Fértil F Impérios Teocráticos de Regadio ANTIGÜIDADE IDADE ORIENTAL EGITO Período Pré-Din Dinástico

Leia mais

Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano

Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano A Bíblia, na parte denominada Antigo Testamento (Torá), é o principal documento da história dos hebreus. Foi escrita ao longo

Leia mais

As Civilizações Antigas do Oriente II

As Civilizações Antigas do Oriente II As Civilizações Antigas do Oriente II PERSAS, HEBREUS E FENÍCIOS Prof. Alan Carlos Ghedini Os Persas ENTRE CIRO, DARIO E XERXES A Origem Persas e Medos, um povo de origem indo-europeia (árias), estabeleceram-se

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA PARCIAL DE HISTÓRIA Aluno(a): Nº Ano: 1º Turma: Data: 26/03/2011 Nota: Professora: Élida Valor da Prova: 40 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO

O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO CIVILIZAÇÃO EGÍPCIA PARA O HISTORIADOR GREGO HERÓDOTO: O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO DÁDIVA = PRESENTE SIGNIFICADO = Sem as cheias do Nilo, o Egito seria um grande deserto PARA O HISTORIADOR FRANCÊS JEAN

Leia mais

Outra grande civilização da Antiguidade oriental, em que o Estado possui grande poder e controle sobre tudo foi a Mesopotâmia.

Outra grande civilização da Antiguidade oriental, em que o Estado possui grande poder e controle sobre tudo foi a Mesopotâmia. Mesopotâmia Antiga Outra grande civilização da Antiguidade oriental, em que o Estado possui grande poder e controle sobre tudo foi a Mesopotâmia. Diferente do Egito, a Mesopotâmia nunca se preocupou com

Leia mais

A Palestina também foi ocupada por outros povos na Antiguidade, contudo, os hebreus foram predominantes.

A Palestina também foi ocupada por outros povos na Antiguidade, contudo, os hebreus foram predominantes. Os Hebreus Embora não tenham sido tão poderosos quanto os egípcios e as civilizações mesopotâmicas, os hebreus também foram importantes para a Antiguidade Oriental, com significativas realizações. A história

Leia mais

1-Em janeiro de 2011, os jornais noticiaram que os protestos contra o governo do Egito poderiam ter um efeito colateral muito sério: a destruição ou

1-Em janeiro de 2011, os jornais noticiaram que os protestos contra o governo do Egito poderiam ter um efeito colateral muito sério: a destruição ou 1-Em janeiro de 2011, os jornais noticiaram que os protestos contra o governo do Egito poderiam ter um efeito colateral muito sério: a destruição ou dano de várias relíquias, obras e sítios arqueológicos

Leia mais

Antiguidade Oriental I. História A Prof. Thiago

Antiguidade Oriental I. História A Prof. Thiago Antiguidade Oriental I História A Prof. Thiago Modo de Produção Asiático Sociedades ditas Hidráulicas ou de Regadio; Estado proprietário da terra (posse comunitária); Base social aldeã; Intervenção estatal

Leia mais

CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS

CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS 25 MESOPOTÂMIA: REGIÃO ENTRE DOIS RIOS (GREGO) 1. Sumérios e Acádios (antes de 2000 a. C) - Cidades Estados - Religião politeísta cada cidade possuía um Deus principal - A terra era dos deuses - Trabalhavam

Leia mais

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA Teerã - capital EGITO FENÍCIOS ISRAEL IRAQUE Mesopotâmia REINO DA PÉRSIA IRÃ A PÉRSIA, ATUAL IRÃ, LOCALIZAVA-SE A LESTE DA MESOPOTÂMIA, Á MARGEM DO CRESCENTE FÉRTIL Reino da Média

Leia mais

CAPÍTULO 06 - MESOPOTÂMIA. A palavra Mesopotâmia vem do grego e significa entre rios.

CAPÍTULO 06 - MESOPOTÂMIA. A palavra Mesopotâmia vem do grego e significa entre rios. CAPÍTULO 06 - MESOPOTÂMIA A palavra Mesopotâmia vem do grego e significa entre rios. INTRODUÇÃO É uma faixa de terra cortada por dois grandes rios: o Tigre e o Eufrates; Fica situada entre a Europa, a

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA Ano: 1º Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José de Montes Claros - MG

Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José de Montes Claros - MG Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José de Montes Claros - MG MESOPOTÂMIA As primeiras cidades se formaram justamente na região onde a agricultura começou a se desenvolver: no Oriente

Leia mais

Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA

Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2013 Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA Série: 1ª Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Barros Antônio Guimarães Dutra Série: 3ª.

Aluno(a): Nº. Professor: Barros Antônio Guimarães Dutra Série: 3ª. Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Barros Antônio Guimarães Dutra Série: 3ª. Disciplina: História (p2,1ª,chamada, 1º. Bimestre) Data da prova: 05/04/2014 01.(FAAP)

Leia mais

MESOPOTÂMIA ORIENTE MÉDIO FENÍCIA ISRAEL EGITO PÉRSIA. ORIENTE MÉDIO origem das primeiras civilizações

MESOPOTÂMIA ORIENTE MÉDIO FENÍCIA ISRAEL EGITO PÉRSIA. ORIENTE MÉDIO origem das primeiras civilizações MESOPOTÂMIA FENÍCIA ISRAEL EGITO ORIENTE MÉDIO PÉRSIA ORIENTE MÉDIO origem das primeiras civilizações CIVILIZAÇÕES DA ANTIGUIDADE ORIENTAL Mesopotâmia - Iraque Egito Hebreus Israel Fenícios Líbano Pérsia

Leia mais

Aula 06 - Os Persas Prof. Dawison Sampaio

Aula 06 - Os Persas Prof. Dawison Sampaio FB MED, M3, 3 ANO, ANUAL, INTENSIVO Aula 06 - Os Persas Prof. Dawison Sampaio Mosaico representando os exércitos persas. Características gerais 1. Origem: Planalto Iraniano (o nome Irã originou-se de Aryanam

Leia mais

História Fascículo 08 Cinília Tadeu Gisondi Omaki Maria Odette Simão Brancatelli

História Fascículo 08 Cinília Tadeu Gisondi Omaki Maria Odette Simão Brancatelli História Fascículo 08 Cinília Tadeu Gisondi Omaki Maria Odette Simão Brancatelli Índice História Geral Idade Antiga: as civilizações hidráulicas...1 Exercícios...4 Gabarito...5 História Geral Idade Antiga:

Leia mais

OS HEBREUS: Atual ISRAEL ou PALESTINA; Agricultores e pastores (Rio Jordão); Principal fonte de estudo: Bíblia (Antigo Testamento); Patriarcas:

OS HEBREUS: Atual ISRAEL ou PALESTINA; Agricultores e pastores (Rio Jordão); Principal fonte de estudo: Bíblia (Antigo Testamento); Patriarcas: OS HEBREUS: Atual ISRAEL ou PALESTINA; Agricultores e pastores (Rio Jordão); Principal fonte de estudo: Bíblia (Antigo Testamento); Patriarcas: Abraão condução dos hebreus para Canaã (Monoteísmo Iavé);

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek

Centro Educacional Juscelino Kubitschek Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / / ENSINO: ( x ) Fundamental ( ) Médio SÉRIE: _5ª_ TURMA: TURNO: DISCIPLINA: HISTÓRIA PROFESSOR(A): Equipe de História Roteiro e Lista de recuperação

Leia mais

1 - O CRESCENTE FÉRTIL:

1 - O CRESCENTE FÉRTIL: 1 - O CRESCENTE FÉRTIL: Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis. 2 EGITO E MESOPOTÂMIA: Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus ou representante dele;

Leia mais

CARDOSO, Ciro Flamarion S. Sociedades do antigo Oriente Próximo. São Paulo: Ática, 1986. p. 56.

CARDOSO, Ciro Flamarion S. Sociedades do antigo Oriente Próximo. São Paulo: Ática, 1986. p. 56. Disciplina: HISTÓRIA Nome: Nº: Ensino Fundamental 2 Prova: P - TARDE Código da Prova: 1206205770 Data: / /2012 Ano: 6º Bimestre: 2º NOTA: Algumas dicas para fazer uma boa prova: 1 - Leia a prova na íntegra

Leia mais

História Prof. Iair Grinschpun - iair@pop.com.br

História Prof. Iair Grinschpun - iair@pop.com.br ANTIGÜIDADE ORIENTAL 1 - O CRESCENTE FÉRTIL: Berço das primeiras civilizações; Atual Iraque até Egito; Grandes rios; Terras férteis. 2 EGITO E MESOPOTÂMIA: Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus

Leia mais

Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio

Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio FB MED, M3, 3 ANO, ANUAL, INTENSIVO Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio Todavia, eu sou o SENHOR teu Deus desde a terra do Egito; portanto não reconhecerás outro deus além de mim, porque não há Salvador

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1º PROVA SUBSTITUTIVA DE HISTÓRIA Aluno(a): Nº Ano: 1º Turma: Data: Nota: Professor(a): Élida Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1) Número de

Leia mais

ARTE 1ª série Prof. Alysson

ARTE 1ª série Prof. Alysson ARTE 1ª série Prof. Alysson História contada a partir das Dinastias. Uma das formas mais estáveis de civilização A religiosidade integra toda a vida egípcia, interpretando o universo, justificando sua

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 33 A FORMAÇÃO DAS SOCIEDADES ORIENTAIS

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 33 A FORMAÇÃO DAS SOCIEDADES ORIENTAIS HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 33 A FORMAÇÃO DAS SOCIEDADES ORIENTAIS Fixação F 1) Leia os itens abaixo, que contém possíveis condições para o surgimento do Estado nas 2 sociedades da Antigui-dade. I)

Leia mais

MÓDULO DE RECUPERAÇÃO

MÓDULO DE RECUPERAÇÃO DISCIPLINA História 6º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II MÓDULO DE RECUPERAÇÃO ALUNO(A) Nº TURMA TURNO Manhã 1º SEMESTRE DATA / / 1) A função da História é investigar os fatos ocorridos, levando em consideração

Leia mais

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

Na Mesopotâmia: nossas raízes

Na Mesopotâmia: nossas raízes A U A UL LA Na Mesopotâmia: nossas raízes Você já leu algum horóscopo, desses que são publicados em jornais e revistas? Esse costume de consultar os astros é muito antigo e surgiu na Mesopotâmia - a chamada

Leia mais

As famílias no Antigo Egipto; As famílias no Império romano.

As famílias no Antigo Egipto; As famílias no Império romano. Trabalho realizado por: Luís Bernardo nº 100 8ºC Gonçalo Baptista nº 275 8ºC Luís Guilherme nº 358 8ºC Miguel Joaquim nº 436 8ºC Índice; Introdução; As famílias no Antigo Egipto; As famílias no Império

Leia mais

A História da Grécia Antiga se estende do século XX a.c. até o século II a.c. quando a região foi conquistada pelos romanos.

A História da Grécia Antiga se estende do século XX a.c. até o século II a.c. quando a região foi conquistada pelos romanos. HISTÓRIA ANTIGA Grécia I - formação Situada no sul da Europa (Península balcânica), numa região de relevo acidentado e um arquipélago no Mar Egeu, a Grécia foi palco de uma civilização que se desenvolveu

Leia mais

Lista de exercícios para pra final de História. 5ª série

Lista de exercícios para pra final de História. 5ª série Lista de exer PROVÍNCIA BRASILEIRA DA CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS FILHAS DA CARIDADE DE SÃO VICENTE DE PAULO COLÉGIO VICENTINO SÃO JOSÉ Rua Pe. José Joaquim Goral, 182 Abranches Curitiba Fone (041) 3355-2200

Leia mais

Capítulo 3 A Mesopotâmia

Capítulo 3 A Mesopotâmia Capítulo 3 A Mesopotâmia Conceitos: sociedade, Estado, trabalho, desigualdade social, urbanização, escravidão, politeísmo e patriarcalismo. Professora: Marcela Guerra Durante o Neolítico: Agricultura e

Leia mais

- Trecho da Carta de Pero Vaz de Caminha sobre o Descobrimento do Brasil. - Fotografias da posse do presidente do Brasil

- Trecho da Carta de Pero Vaz de Caminha sobre o Descobrimento do Brasil. - Fotografias da posse do presidente do Brasil MATERIAL DE REVISÃO PARA RECUPERAÇÃO FINAL 6 ANO 1) Classifique as fontes listadas abaixo em primarias e secundárias: - Vídeo do atentado terrorista ao World Trade Center em 2001 - Trecho da Carta de Pero

Leia mais

EGITO PA P SSADO E PR P ESENT N E T

EGITO PA P SSADO E PR P ESENT N E T EGITO PASSADO E PRESENTE VOCÊ SABE ONDE ESTÁ O EGITO? ÁFRICA O EGITO É UM PAÍS DO CONTINENTE AFRICANO NO PASSADO O EGITO ERA ASSIM... ATUALMENTE, O EGITO CHAMA-SE REPÚBLICA ÁRABE DO EGITO. SUA CAPITAL

Leia mais

O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente.

O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente. EXERCÍCIOS DE REVISÃO COM RESPOSTAS PARA O EXAME FINAL HISTÓRIA 5ª SÉRIE O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente. Existem muitas fontes

Leia mais

Fichamento Ciências Humanas

Fichamento Ciências Humanas Fichamento Ciências Humanas Ensino Médio - 1 0 Ano (2º Bimestre P1) Data de Entrega: 22/05/2015 Disciplina: História Professor: Juliano Questão 01 - (UNESP SP) MAPA ECONÔMICO DO BRASIL DO SÉCULO XVIII.

Leia mais

COLÉGIO SANTO ANDRÉ. EXERCÍCIOS DE HISTÓRIA 6º Ano - 1º TRIMESTRE. PROFª Ms ROSANE T. PETRORÓSSI DE FIGUEIREDO

COLÉGIO SANTO ANDRÉ. EXERCÍCIOS DE HISTÓRIA 6º Ano - 1º TRIMESTRE. PROFª Ms ROSANE T. PETRORÓSSI DE FIGUEIREDO COLÉGIO SANTO ANDRÉ EXERCÍCIOS DE HISTÓRIA 6º Ano - 1º TRIMESTRE PROFª Ms ROSANE T. PETRORÓSSI DE FIGUEIREDO REFLITA A PARTIR DE ESTUDOS EM SALA DE AULA E TAREFAS DIRIGIDAS E RESPONDA ÀS SEGUINTES QUESTÕES

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 2

LISTA DE EXERCÍCIOS 2 LISTA DE EXERCÍCIOS 2 Disciplina: História Professor: Glédio Série: 1ª Ensino Médio Aulas 5 a 11 Civilizações da Antiguidade Oriental 31. (UNESP/SP) A religião egípcia, orientadora das instituições, foi

Leia mais

Roma Antiga. O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império;

Roma Antiga. O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império; ROMA Roma Antiga O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império; Sua queda, em 476, marca o início da Idade Média. O mito

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 01

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 LISTA DE EXERCÍCIOS 01 01 - (Unicamp 2014) Desde o período neolítico, os povos de distintas partes do mundo desenvolveram sistemas agrários próprios aproveitando as condições naturais de seus habitats

Leia mais

HISTÓRIA REVISAO 1 REVISAO 2. Vídeo - Moisés Príncipe do Egito.

HISTÓRIA REVISAO 1 REVISAO 2. Vídeo - Moisés Príncipe do Egito. Vídeo - Moisés Príncipe do Egito. Os hebreus Foram os primeiros povos monoteístas da história. Seus reis mais famosos foram Davi e Salomão. A Bíblia é uma fonte importante para o conhecimento sobre a história

Leia mais

Conteúdo: Mesopotâmia: região entre rios Dois rios, muitos povos Dois grandes impérios Como viviam os mesopotâmicos Alguns aspectos culturais

Conteúdo: Mesopotâmia: região entre rios Dois rios, muitos povos Dois grandes impérios Como viviam os mesopotâmicos Alguns aspectos culturais CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA INTERATIVA I Conteúdo: Mesopotâmia: região entre rios Dois rios, muitos povos Dois grandes impérios Como viviam os mesopotâmicos Alguns aspectos culturais CONTEÚDO

Leia mais

NOME DO ALUNO: Nº: DISCIPLINA: HISTÓRIA ANO: 6º TURMA: PROFESSORA: LUISA DATA: / / 2013 NOTA: ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE

NOME DO ALUNO: Nº: DISCIPLINA: HISTÓRIA ANO: 6º TURMA: PROFESSORA: LUISA DATA: / / 2013 NOTA: ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE NOME DO ALUNO: Nº: DISCIPLINA: HISTÓRIA ANO: 6º TURMA: PROFESSORA: LUISA DATA: / / 2013 NOTA: ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE Querido(a) aluno(a), Estas atividades são para auxiliar e organizar o seu estudo.

Leia mais

DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO 6ª 3 P2 REVISÃO

DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO 6ª 3 P2 REVISÃO DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO História CONTEÚDO: CAP 3 - Islã CAP 4 Francos e Carolíngios 6ª 3 P2 REVISÃO 1. Na Arábia pré-islâmica, uma cidade em especial se transformou num ponto de encontro,

Leia mais

O Mistério dos Maias. O que aconteceu com os Maias?

O Mistério dos Maias. O que aconteceu com os Maias? O Mistério dos Maias O que aconteceu com os Maias? O que aconteceu com os Maias? A cultura dos Maias do Período Clássico era muito avançada. A sociedade Maia era muito estável. Eles desenvolveram arte,

Leia mais

O NASCIMENTO DA CIVILIZAÇÃO

O NASCIMENTO DA CIVILIZAÇÃO O NASCIMENTO DA CIVILIZAÇÃO Revolução Neolítica Aparecimento de classes sociais - surgem ricos e pobres, exploradores e explorados, senhores e escravos. Formação do Estado - organiza-se um governo que

Leia mais

Geografia da Terra Prometida De Davi até Joaquim. Grupo de Estudos Bíblicos Nova Serrana Reginaldo Silva

Geografia da Terra Prometida De Davi até Joaquim. Grupo de Estudos Bíblicos Nova Serrana Reginaldo Silva Geografia da Terra Prometida De Davi até Joaquim Grupo de Estudos Bíblicos Nova Serrana Reginaldo Silva Império de Davi A Bíblia refere-se ao poderoso Reino de David no século 10 AC, segundo rei de Israel,

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 6 o ano 2 o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o : 1. Observe a imagem. SHUTTERSTOCK Margem do rio Nilo no Egito Nas civilizações da Antiguidade, a presença dos rios é importante

Leia mais

caderno História Ciências Humanas e suas Tecnologias ELABORAÇÃO DE ORIGINAIS

caderno História Ciências Humanas e suas Tecnologias ELABORAÇÃO DE ORIGINAIS História Ciências Humanas e suas Tecnologias caderno de ELABORAÇÃO DE ORIGINAIS ADRIANA DE BORTOLI GENTIL Graduada em história pelo Centro Universitário Barão de Mauá de Ribeirão Preto-SP e mestra em educação

Leia mais

escrita cuneiformes SUMÉRIOS

escrita cuneiformes SUMÉRIOS MESOPOTÂMIA A Mesopotâmia era uma região que se localizava entre os rios Tigre e Eufrates no continente asiático, onde atualmente encontra-se o Iraque. Este fato deu origem ao seu nome, que significa terra

Leia mais

EXPANSÃO EUROPÉIA E CONQUISTA DA AMÉRICA

EXPANSÃO EUROPÉIA E CONQUISTA DA AMÉRICA EXPANSÃO EUROPÉIA E CONQUISTA DA AMÉRICA EXPANSÃO EUROPEIA E CONQUISTA DA AMÉRICA Nos séculos XV e XVI, Portugal e Espanha tomaram a dianteira marítima e comercial europeia, figurando entre as grandes

Leia mais

História/15 6º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 6º ano

História/15 6º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 6º ano História/15 6º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / 6ºhis302r RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 6º ano Aluno(a), Seguem os conteúdos trabalhados no 2º trimestre. Como base neles você deverá iniciar seus

Leia mais

Reinos da África Ocidental

Reinos da África Ocidental Reinos da África Ocidental A África é um continente imenso e com muita diversidade. As rotas comerciais adentraram a região oeste em busca de ouro. Com isso, as aldeias que serviam de ponto de intermediação

Leia mais

Planificação Anual ANO LECTIVO - 2010/ 2011 COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS TEMA(S) / CONTEÚDOS AVALIAÇÃO CALENDARIZAÇÃO

Planificação Anual ANO LECTIVO - 2010/ 2011 COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS TEMA(S) / CONTEÚDOS AVALIAÇÃO CALENDARIZAÇÃO ANO LECTIVO - 010/ 011 ÁREA DISCIPLINAR DE HISTÓRIA HISTÓRIA 7º ANO COMPETÊNCIAS GERAIS 1. Tratamento de informação; utilização de fontes;. Compreensão histórica:.1. Temporalidade.. Espacialidade.3. Contextualização

Leia mais

Linha do tempo. A História é a grande mestra. Aprendamos dela! Importa saber ler

Linha do tempo. A História é a grande mestra. Aprendamos dela! Importa saber ler Linha do tempo A História é a grande mestra Aprendamos dela! Importa saber ler 1 Como ler a História Linha reta: tudo já está determinado. Não há participação, nem liberdade Círculo: tudo se repete. O

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 6 o ano 4 o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o : Observe a imagem e responda às questões 1 e 2. REPRODUÇÃO 1. Cite dois elementos presentes na imagem que representam a Igreja católica.

Leia mais

O CÂNON Sagrado compreende 46 Livros no ANTIGO TESTAMENTO e 27 Livros no NOVO TESTAMENTO.

O CÂNON Sagrado compreende 46 Livros no ANTIGO TESTAMENTO e 27 Livros no NOVO TESTAMENTO. Ao contrário do que parece à primeira vista, a Bíblia não é um livro único e independente, mas uma coleção de 73 livros, uma mini biblioteca que destaca o a aliança e plano de salvação de Deus para com

Leia mais

Discurso pronunciado pelo Deputado João Mendes de Jesus (PSL-RJ), em / /2005. Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, Demais Presentes,

Discurso pronunciado pelo Deputado João Mendes de Jesus (PSL-RJ), em / /2005. Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, Demais Presentes, 1 Discurso pronunciado pelo Deputado João Mendes de Jesus (PSL-RJ), em / /2005. Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, Demais Presentes, É com muita emoção que ocupo esta importante Tribuna

Leia mais

História 1 aula 1 COMENTÁRIOS ATIVIDADES PARA SALA COMENTÁRIOS ATIVIDADES PROPOSTAS

História 1 aula 1 COMENTÁRIOS ATIVIDADES PARA SALA COMENTÁRIOS ATIVIDADES PROPOSTAS História 1 aula 1 1. No período Paleolítico, os homens viviam da caça, da pesca e da coleta de frutos, grãos e raízes, eram nômades e viviam em bandos. 2. Na fase da História denominada de Pré-História,

Leia mais

NOME: N CAD. DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA 1 ANO EM TURMA 212 PROFª MARIA FERNANDA 1º BIMESTRE

NOME: N CAD. DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA 1 ANO EM TURMA 212 PROFª MARIA FERNANDA 1º BIMESTRE 1925 *** COLÉGIO MALLET SOARES *** 2016 91 ANOS DE TRADIÇÃO, RENOVAÇÃO E QUALIDADE DEPARTAMENTO DE ENSINO DATA: / / NOTA: NOME: N CAD. DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA 1 ANO EM TURMA 212 PROFª MARIA FERNANDA

Leia mais

E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766

E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766 E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766 Lançamento: 29 de abril de 1968 (2h21min) Dirigido por Stanley Kubrick Com Keir Dullea, Gary Lockwood, William Sylvester mais Gênero: Ficção científica

Leia mais

OS EUROPEUS CHEGAM À AMÉRICA. Profª Regina Brito Fonseca

OS EUROPEUS CHEGAM À AMÉRICA. Profª Regina Brito Fonseca OS EUROPEUS CHEGAM À AMÉRICA Profª Regina Brito Fonseca Quando os europeus chegaram ao Continente Americano, no final do século XV, já o encontraram ocupado por vários povos. Alguns deles desenvolveram

Leia mais

HISTÓRIA 7 O ANO FUNDAMENTAL. PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA

HISTÓRIA 7 O ANO FUNDAMENTAL. PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA 7 O ANO FUNDAMENTAL PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA Unidade III Cidadania e Movimentos Sociais Aula 14.2 Conteúdos Os maias Os incas 2 Habilidades Conhecer as principais características

Leia mais

ANTIGUIDADE ORIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS

ANTIGUIDADE ORIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 1. (Ueg 2012) Artigo 200: Se um homem arrancou um dente de um outro homem livre igual a ele, arrancarão o seu dente. Artigo 201: Se ele arrancou o dente de um homem vulgar pagará um terço de uma mina de

Leia mais

Lista de Exercícios:

Lista de Exercícios: PROFESSOR(A): Ero AVALIAÇÃO RECUPERAÇÃO DATA DA REALIZAÇÃO ROTEIRO DA AVALIAÇÃO 2ª ETAPA AVALIAÇÃO RECUPERAÇÃO DISCIPLINA: HISTÓRIA ANO: 6º CONTÉUDOS ABORDADOS Cap. 4: o mundo grego todos os temas Cap

Leia mais

CURSO DE HISTÓRIA ANTIGA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG

CURSO DE HISTÓRIA ANTIGA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG CURSO DE HISTÓRIA ANTIGA Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG POVOS PRÉ-COLOMBIANOS ASTECAS MAIAS INCAS Principais fontes para estudo dos povos americanos: 1º Fontes

Leia mais

História da Arte. Exercícios de Sala de Aula

História da Arte. Exercícios de Sala de Aula História da Arte Exercícios de Sala de Aula A arte é um conjunto de procedimentos que são utilizados para realizar obras, e no qual aplicamos nossos conhecimentos. Apresenta-se sob variadas formas como:

Leia mais

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo.

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo. HISTÓRIA 37 Associe as civilizações da Antigüidade Oriental, listadas na Coluna A, às características políticas que as identificam, indicadas na Coluna B. 1 2 3 4 COLUNA A Mesopotâmica Fenícia Egípcia

Leia mais

História MARCOS ROBERTO

História MARCOS ROBERTO História MARCOS ROBERTO Persas, fenícios e hebreus Objetivos - Identificar aspectos políticos, sociais e culturais dos povos: - persas - fenícios - hebreus 1. O império persa - Localização: planalto do

Leia mais

ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA

ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA GEOGRAFIA Aula 1 Pr. Erivelton Rodrigues Nunes Através da Geografia Bíblica... Podemos localizar os relatos no espaço e no tempo Compreender as regiões nas quais ocorreram

Leia mais

Capítulo 5 O Egito Antigo. Prof.ª Marilia C. Camillo Coltri 6.º ano História Colégio Ser! Sorocaba

Capítulo 5 O Egito Antigo. Prof.ª Marilia C. Camillo Coltri 6.º ano História Colégio Ser! Sorocaba Capítulo 5 O Egito Antigo Prof.ª Marilia C. Camillo Coltri 6.º ano História Colégio Ser! Sorocaba Egito atual O Egito Antigo 5.000 a.c. O Rio Nilo atraiu populações às suas margens em busca de água, vegetação

Leia mais

Jörg Garbers Ms. de Teologia

Jörg Garbers Ms. de Teologia Introdução e visão geral da História de Israel O ESTADO DE JUDÁ Jörg Garbers Ms. de Teologia Textos 1Rs 12 2Cr 10 Data ~ 931 a.c. As narrativas bíblicas situam aqui o cisma entre as 12 tribos (10 Israel

Leia mais

A Baixa Mesopotâmia e o Egito.

A Baixa Mesopotâmia e o Egito. A Baixa Mesopotâmia e o Egito. Em meados do século 70 antes de Cristo, o mundo oriental já servia de habitação pra povos que deixaram a vida nômade e passaram a ser sedentários, povos que não mais buscavam

Leia mais

A arte na Grécia. Capítulo 3

A arte na Grécia. Capítulo 3 A arte na Grécia Capítulo 3 Por volta do século X a. C, os habitantes da Grécia continental e das ilhas do mar Egeu formavam pequenas comunidades, distantes umas das outras, e falavam diversos dialetos.

Leia mais

OS LEVITAS Dicionário Internacional de Teologia Novo Testamento,

OS LEVITAS Dicionário Internacional de Teologia Novo Testamento, OS LEVITAS Vamos ao um breve estudo sobre os levitas, que há muito tempo, nas igrejas evangélicas e até mesmo nos templos católicos, é um título dado aos instrumentistas e cantores. Biblicamente falando,

Leia mais

MATÉRIA. Magela. Troca-se. Vendem-se. Pedaços de ruínas do Império romano, do ano de 302, ou seja, século

MATÉRIA. Magela. Troca-se. Vendem-se. Pedaços de ruínas do Império romano, do ano de 302, ou seja, século Valores eternos. TD Recuperação ALUNO(A) MATÉRIA História PROFESSOR(A) Magela ANO SEMESTRE DATA 6º 1º Julho/2013 TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS ---- ---- 1. O trabalho do historiador é semelhante ao

Leia mais

LEGADOS / CONTRIBUIÇÕES. Democracia Cidadão democracia direta Olimpíadas Ideal de beleza Filosofia História Matemática

LEGADOS / CONTRIBUIÇÕES. Democracia Cidadão democracia direta Olimpíadas Ideal de beleza Filosofia História Matemática LEGADOS / CONTRIBUIÇÕES Democracia Cidadão democracia direta Olimpíadas Ideal de beleza Filosofia História Matemática GEOGRAFIA, ECONOMIA E POLÍTICA Terreno montanhoso Comércio marítimo Cidades-estado

Leia mais

Na América, antes da chegada dos europeus, encontravam-se duas principais formas de organização social:

Na América, antes da chegada dos europeus, encontravam-se duas principais formas de organização social: HISTÓRIA DA AMÉRICA América Pré-colonial Na América, antes da chegada dos europeus, encontravam-se duas principais formas de organização social: - Sociedades sem Estado: Encontravam-se sem diferenciação

Leia mais

A CIVILIZAÇÃO CLÁSSICA: GRÉCIA. Profº Alexandre Goicochea História

A CIVILIZAÇÃO CLÁSSICA: GRÉCIA. Profº Alexandre Goicochea História A CIVILIZAÇÃO CLÁSSICA: GRÉCIA Profº Alexandre Goicochea História ORIGENS O mundo grego antigo ocupava além da Grécia, a parte sul da península Balcânica, as ilhas do mar Egeu, a costa da Ásia Menor, o

Leia mais

LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49

LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49 Reinos Vindouros LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49 II. Daniel Interpreta o Sonho de Nabucodonosor sobre os Reinos Vindouros, 2:1-49 A. O sonho e o decreto de Nabucodonosor, 2:1-16 1. Nabucodonosor pede aos sábios

Leia mais

HISTÓRIA 6ºano 2º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

HISTÓRIA 6ºano 2º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES HISTÓRIA 6ºano 2º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES A civilização egípcia 1. A vida econômica egípcia era bastante movimentada, apesar do deserto, a agricultura, a pecuária e o comércio

Leia mais

Coleguium -3ºEM 1ª etapa

Coleguium -3ºEM 1ª etapa Coleguium -3ºEM 1ª etapa CIVILIZAÇÃO EGÍPCIA: - Desenvolvida às margens do Nilo, na África; - Organização social complexa e rica em realizações culturais; - Escrita bem estruturada; Hieróglifos na parede

Leia mais

CURSINHO PRÓ-ENEM 2015. E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766

CURSINHO PRÓ-ENEM 2015. E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766 CURSINHO PRÓ-ENEM 2015 E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766 Origens A história grega pode ser dividida em quatro grandes períodos: Homérico (séculos XII a VIII a.c.), Arcaico (séculos

Leia mais

AULAS 5 e 6. Colégio Tiradentes 2013 Prof. Kadú A ANTIGUIDADE ORIENTAL: A Mesopotâmia

AULAS 5 e 6. Colégio Tiradentes 2013 Prof. Kadú A ANTIGUIDADE ORIENTAL: A Mesopotâmia AULAS 5 e 6 Colégio Tiradentes 2013 Prof. Kadú A ANTIGUIDADE ORIENTAL: A Mesopotâmia Vídeo: Grande Civilizações Mesopotâmia (Parte 1) (11:03) PONTOS PRINCIPAIS DA MESOPOTÂMIA EM PROVAS - A Mesopotâmia

Leia mais

HISTÓRIA GERAL 2010. esquema básico das aulas. orientação e organização: renato santos

HISTÓRIA GERAL 2010. esquema básico das aulas. orientação e organização: renato santos HISTÓRIA GERAL 2010 esquema básico das aulas orientação e organização: renato santos Evolução Humana Primatas pongidaes: grandes macacos atuais australopithecus hominídeos erectus homo neanderthal sapiens

Leia mais