Contrato de arrendamento rural. Edição de bolso

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Contrato de arrendamento rural. Edição de bolso"

Transcrição

1 04 Contrato de arrendamento rural Edição de bolso

2 A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE-SP nas seguintes áreas: Organização Empresarial Finanças Marketing Produção Informática Jurídica Comércio Exterior SEBRAE SP Conselho Deliberativo Presidente Alencar Burti (ACSP) ACSP Associação Comercial de São Paulo ANPEI Associação Nacional de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia das Empresas Inovadoras Nossa Caixa Agência de Fomento do Estado de São Paulo FAESP Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo FIESP Federação das Indústrias do Estado de São Paulo FECOMERCIO Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo ParqTec Fundação Parque Tecnológico de São Carlos IPT Instituto de Pesquisas Tecnológicas Secretaria do Estado de Desenvolvimento SEBRAE Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas SINDIBANCOS Sindicato dos Bancos do Estado de São Paulo CEF Superintendência Estadual da Caixa Econômica Federal BB Diretoria de Distribuição São Paulo DISAP Diretor-Superintendente Bruno Caetano Diretor Administrativo Financeiro Pedro Jehá Diretor Técnico Ivan Hussni Autor Bóris Hermanson Modelos da capa Fernando Ogawa Priscila Callegari Atualização maio de 2012 Agenor Viana de Santana Projeto gráfico e apoio técnico Marcelo Costa Barros Patrícia de Mattos Marcelino Diagramação, ilustração e revisão Marin & Kromberg Impressão Equipe de coordenação Lilian Fusco Rodrigues Eduardo Santilli Calvo Sandra Regina Bruno Fiorentini

3 CONTRATO DE ARRENDAMENTO RURAL Uma das grandes dificuldades no meio rural, especialmente para os pequenos produtores, é conseguir recursos para efetuar a exploração de suas terras. Muitas vezes os recursos financeiros necessários para a aquisição de equipamentos, pagamento da mãode-obra e compra de insumos, defensivos e sementes inviabilizam a exploração da propriedade rural pelo próprio proprietário. Nessa situação, uma das soluções possíveis é permitir a terceiros, que possuam condições econômicas, a exploração do referido imóvel rural. Isto é possível através do arrendamento rural. Arrendamento rural é um sistema pelo qual o proprietário de um imóvel rural aluga, por assim dizer, sua propriedade para que um terceiro interessado a explore, seja no plantio de culturas, na criação de animais ou mesmo em atividades florestais, de forma temporária, mediante o pagamento de um aluguel que pode ser convencionado em moeda ou seu equivalente em produtos rurais. No caso do arrendamento não existe participação do proprietário do imóvel no risco do empreendimento, ou seja, o proprietário (denominado arrendador) receberá o valor combinado pela exploração de suas terras mesmo que o arrendatário (pessoa que locou o imóvel rural) não tenha êxito na exploração do imóvel arrendado. 3

4 Esse tipo de atividade é regulamentada pelo Estatuto da Terra (Lei nº /64 e Dec. nº /66) e deve ser firmada mediante contrato. O Contrato de Arrendamento Rural é o documento que regula os direitos e deveres entre o proprietário (arrendador) do imóvel rural e o arrendatário (o terceiro interessado na exploração econômica do imóvel rural). Apesar de o arrendamento poder ser estabelecido por acordo verbal, aconselhamos sempre que ele seja escrito, de forma a evitar futuros problemas de interpretação da vontade das partes e também para facilitação da prova de sua existência. 4

5 O Contrato de Arrendamento Rural deverá prever os seguintes itens, considerados obrigatórios pela lei (art. 95 da Lei nº /66): a) Prazo de duração não inferior a três anos, variando conforme o ciclo da cultura que pretenda explorar. Caso ocorra o término do prazo contratual antes da colheita da lavoura explorada pelo arrendatário este deverá definir com o proprietário do imóvel a participação que caberá a cada um sobre o resultado da referida colheita. De acordo com o Dec /66, o prazo de duração do contrato de arrendamento deverá obedecer à seguinte escala, quando se tratar da exploração de lavouras: 5

6 I. Prazo de 3 anos no caso de exploração de lavouras temporárias; II. Prazo de 5 anos no caso de exploração de lavouras permanentes, e; III. Prazo de 7 anos no caso de exploração de atividades florestais. b) As condições para renovação do contrato, que garantam o direito de preferência do arrendatário para elaboração de novo contrato de parceria e mesmo para eventual aquisição do imóvel rural, sempre que sua oferta estiver em igualdade de condições com a oferta de terceiros; c) A fixação do valor do contrato de arrendamento, ou seja, o valor a ser pago pelo arrendatário ao proprietário do imóvel rural arrendado não poderá ser superior a 15% do valor cadastral do imóvel (este valor é aquele informado ao INCRA), e as partes convencionaram se este pagamento será mensal, semestral ou anual, em moeda ou seu equivalente em produtos rurais. De acordo ainda com a lei, o proprietário do imóvel ficará responsável pelo recolhimento de todos os tributos que incidam sobre este imóvel (especialmente o ITR); 6

7 d) Os direitos e obrigações quanto às indenizações pelas benfeitorias (benfeitorias são as melhorias realizadas no imóvel rural) e também em relação aos danos causados pelo arrendatário, por práticas predatórias na área de exploração ou nas benfeitorias, nos equipamentos, ferramentas e implementos agrícolas a ele cedidos. Neste requisito é sempre bom estabelecer a obrigatoriedade de respeito à legislação ambiental vigente. Além dos requisitos legais, é aconselhável a previsão no contrato da figura de um fiador, que irá garantir, com seu patrimônio pessoal, o pagamento dos aluguéis estabelecidos caso o arrendatário não o faça. 7

8 Aconselhamos também que o contrato de arrendamento rural seja registrado (averbado) junto ao Cartório de Registro de Imóveis onde o imóvel rural tenha sido registrado. Esta providência é importante, especialmente para o arrendatário obter a sua inscrição como produtor rural junto à Secretária da Fazenda do Estado de São Paulo. Através dessa inscrição o parceiro obterá autorização para emissão das Notas Fiscais de Produtor Rural, possibilitando assim a comercialização e transporte dos frutos (colheita) do arrendamento contratado. Elaboramos, a título de exemplo, um modelo de Contrato de Arrendamento Rural: 8

9 Modelo de Contrato de Arrendamento Rural Por este instrumento particular de contrato de arrendamento rural... (qualificação completa do proprietário do imóvel)..., denominado proprietário, e... (qualificação completa do parceiro)..., denominado parceiro, estabelecem o presente contrato de arrendamento rural, conforme as seguintes cláusulas: Observação: Na qualificação das partes, deverá ser mencionado nome completo, estado civil, nacionalidade, profissão, número do RG (Cédula de Identidade) e do CPF (inscrição de pessoa física junto à Secretária da Receita Federal), e endereço atual. 1ª - O proprietário cede ao arrendatário uma gleba de terra, com as seguintes especificações... (especificações completas do imóvel rural)... demarcadas de comum acordo pelos contratantes, imóvel este com matrícula n...., registrada no... Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de..., Estado de..., a fim de que nela o arrendatário explore a cultura de... Observação: A especificação da área é muito importante e deverá sempre respeitar os limites topográficos estabelecidos na matrícula do imóvel junto ao Cartório de Registro de Imóveis, evitandose, desta forma, que sejam utilizadas terras de terceiros no arrendamento. 9

10 10 2ª - O arrendatário pagará... (mensal, semestral ou anualmente) ao proprietário o valor de R$... (ou, ainda o equivalente, em moeda corrente, a... sacas de... produto rural explorada na área arrendada). 3ª - Para garantia do efetivo cumprimento do contrato, o arrendatário indica como fiador... (qualificação completa) que, desde já, renuncia expressamente o privilégio previsto no artigo 827 do Código Civil. 4ª - O proprietário entrega ao arrendatário a terra... (especificar em que estado a terra será entregue, bem como quais as demais condições oferecidas pelo proprietário ao parceiro, tais como benfeitorias, equipamentos, defensivos, sementes etc.), devendo este devolvê-la, findo o presente contrato, no mesmo estado. 5ª - O arrendatário não pode transferir os direitos referentes a este contrato, nem ceder ou emprestar o imóvel ou parte deste, sem prévio e expresso consentimento do proprietário, bem como não poderá modificar a destinação do imóvel expressa neste contrato. Qualquer violação das cláusulas deste contrato implicará a sua rescisão e no despejo do imóvel; 6ª - O presente contrato vale pelo prazo de... anos, contado a partir de sua assinatura pelas partes, terminando, de pleno direito, em..., assim que estiver totalmente terminado o trabalho de colheita, podendo ser renovado se assim o desejarem as partes;

11 Observação: O prazo de duração do contrato de arrendamento rural deverá respeitar os limites mínimos apresentados neste trabalho. 7ª - Fica eleito o foro de... (cidade e estado)... para resolver qualquer pendência decorrente deste contrato. Observação: Foro é o local, no caso cidade e estado, onde as partes discutirão judicialmente quaisquer dúvidas ou conflitos resultantes do contrato de arrendamento. E por assim estarem justos e acordados, assinam o presente instrumento os contratantes, em três vias de idêntico teor, no que são seguidos por duas testemunhas idôneas, a tudo presentes e cientes dos termos da convenção. Local e data. Assinatura das partes, do fiador e das testemunhas. 11

12 Lembramos, por fim, que o contrato de arrendamento rural deverá ser assinado por, pelo menos, duas testemunhas e registrado no Cartório de Registro de Imóveis onde esteja registrado o imóvel rural dado em arrendamento. Esclarecemos ainda que normalmente os custos com o registro (denominado averbação) correm por conta do arrendatário. 12

13 Tome nota: 13

14 14 Tome nota:

15

16 Publicação gratuita. Não pode ser vendida.

Controles financeiros Edição de bolso

Controles financeiros Edição de bolso 03 Controles financeiros Edição de bolso A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE-SP nas seguintes áreas: Organização Empresarial Finanças Marketing

Leia mais

Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso

Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso 01 Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE-SP nas seguintes áreas: Organização Empresarial Finanças

Leia mais

Vis o Geral. Edição o de de bolso

Vis o Geral. Edição o de de bolso Atendimento Gestão de Estoques ao Clinte Vis o Geral Edição o de de bolso 01 SEBRAE SP Conselho Deliberativo Presidente Alencar Burti (ACSP) ACSP Associação Comercial de São Paulo ANPEI Associação Nacional

Leia mais

CONTRATO DE ARRENDAMENTO RURAL 38

CONTRATO DE ARRENDAMENTO RURAL 38 38 CONTRATO DE O T N E M A D N E R R A RURAL A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE nas mais diversas áreas: organização empresarial, finanças, marketing,

Leia mais

COMO ADMINISTR OS CUSTOS DE SUA EMPRESA

COMO ADMINISTR OS CUSTOS DE SUA EMPRESA 45 AR COMO ADMINISTR OS CUSTOS DE SUA EMPRESA 1 A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE nas mais diversas áreas: organização empresarial, finanças,

Leia mais

5 dicas para fazer o planejamento de vendas da sua empresa

5 dicas para fazer o planejamento de vendas da sua empresa Publicação gratuita. Não pode ser vendida. Planejamento 01 5 dicas para fazer o planejamento de vendas da sua empresa Sebrae-SP Conselho Deliberativo Presidente: Alencar Burti (ACSP) ACSP Associação Comercial

Leia mais

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO 04 APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE nas mais diversas áreas: organização empresarial, finanças, marketing,

Leia mais

EI, você aí! Passo a passo para as declarações de renda do Empreendedor Individual

EI, você aí! Passo a passo para as declarações de renda do Empreendedor Individual EI, você aí! Passo a passo para as declarações de renda do Empreendedor Individual SEBRAE-SP Conselho Deliberativo Presidente: Alencar Burti (ACSP) ACSP Associação Comercial de São Paulo ANPEI Associação

Leia mais

PORTARIA Nº 144 DE 07 DE NOVEMBRO DE 2007.

PORTARIA Nº 144 DE 07 DE NOVEMBRO DE 2007. PORTARIA Nº 144 DE 07 DE NOVEMBRO DE 2007. Institui o modelo do Termo de Compromisso previsto no art. 129 da Lei no 10.431, de 20 de dezembro de 2006, e dá outras providências. O SECRETÁRIO DO MEIO AMBIENTE

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA CADASTRAMENTO DE CONVÊNIO

ORIENTAÇÕES PARA CADASTRAMENTO DE CONVÊNIO ORIENTAÇÕES PARA CADASTRAMENTO DE CONVÊNIO Prezado parceiro, Agradecemos o seu interesse em se tornar uma empresa conveniada à Universidade Castelo Branco. Para prosseguirmos com o cadastramento, serão

Leia mais

3) CONTRATO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEL RURAL PARA PLANTIO. Pelo presente instrumento particular de um. lado..., brasileiro, casado, produtor rural,

3) CONTRATO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEL RURAL PARA PLANTIO. Pelo presente instrumento particular de um. lado..., brasileiro, casado, produtor rural, 3) CONTRATO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEL RURAL PARA PLANTIO DE LAVOURA DE SOJA Pelo presente instrumento particular de um lado..., brasileiro, casado, produtor rural, inscrito no CPF sob o n.... e no RG sob

Leia mais

CONTROLES FINANCEIROS

CONTROLES FINANCEIROS 40 CONTROLES FINANCEIROS 1 A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE nas mais diversas áreas: organização empresarial, finanças, marketing, produção,

Leia mais

ELABORAÇÃO DE CONTRATO ESCRIT NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

ELABORAÇÃO DE CONTRATO ESCRIT NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 46 ELABORAÇÃO DE O CONTRATO ESCRIT NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1 A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE nas mais diversas áreas: organização empresarial,

Leia mais

EI, você aí! Conheça os tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do Empreendedor Individual

EI, você aí! Conheça os tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do Empreendedor Individual EI, você aí! Conheça os tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do Empreendedor Individual SEBRAE-SP Conselho Deliberativo Presidente: Alencar Burti (ACSP) ACSP Associação Comercial de São

Leia mais

EI, VOCÊ AÍ! Tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do MEI - Microempreendedor Individual

EI, VOCÊ AÍ! Tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do MEI - Microempreendedor Individual EI, VOCÊ AÍ! Regularize a situação da sua empresa com as dicas do Sebrae-SP e aproveite todos os benefícios da formalização. Tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do MEI - Microempreendedor

Leia mais

EI, VOCÊ AÍ! Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual 2014

EI, VOCÊ AÍ! Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual 2014 EI, VOCÊ AÍ! Regularize a situação da sua empresa com as dicas do Sebrae-SP e aproveite todos os benefícios da formalização. Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual

Leia mais

CONTRATO DE PARCERIA RURAL

CONTRATO DE PARCERIA RURAL 43 CONTRATO DE PARCERIA RURAL 1 A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE nas mais diversas áreas: organização empresarial, finanças, marketing, produção,

Leia mais

VALECARDLOGÍSTICA. Contrato para Geração Gratuita do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT

VALECARDLOGÍSTICA. Contrato para Geração Gratuita do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT VALECARDLOGÍSTICA Contrato para Geração Gratuita do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT Por este instrumento particular, as PARTES, de um lado como CONTRATADA, a Empresa autorizada a utilizar

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº:

CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº: CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS EM IMÓVEL COMERCIAL Nº: LOCADOR: Salão de Beleza ou (Estética), situado na Rua, Bairro, CEP, Cidade, Estado, inscrito no CNPJ sob o número, Alvará Municipal

Leia mais

INSCRIÇÃO PARA FIES 2015/1

INSCRIÇÃO PARA FIES 2015/1 INSCRIÇÃO PARA FIES 2015/1 ADMINISTRAÇÃO ENFERMAGEM ENGENHARIA CIVIL A inscrição para adquirir o FIES 2015/1 para os cursos de Administração, Enfermagem e Engenharia Civil será feita exclusivamente pelo

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA CÁLCULO DE RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA E DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA. Conceitos

PROCEDIMENTO PARA CÁLCULO DE RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA E DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA. Conceitos PROCEDIMENTO PARA CÁLCULO DE RENDA FAMILIAR BRUTA MENSAL PER CAPITA E DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA Conceitos De acordo com a Portaria Normativa do Ministério da Educação de n 18, de 11 de outubro de 2012, que

Leia mais

EI, VOCÊ AÍ! Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual 2015

EI, VOCÊ AÍ! Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual 2015 EI, VOCÊ AÍ! Regularize a situação da sua empresa com as dicas do Sebrae-SP e aproveite todos os benefícios da formalização. Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual

Leia mais

CARTA DE ACORDO Nº I - DO OBJETO

CARTA DE ACORDO Nº I - DO OBJETO CARTA DE ACORDO Nº Pelo presente instrumento, sob a égide do Acordo Básico de Assistência Técnica firmado entre a República Federativa do Brasil e a Organização das Naçõe Unidas, suas Agências Especializadas

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS LIVRE TELECOM COM. E SERV. EM TELECOMUNICAÇÕES LTDA., sociedade regularmente constituída com sede na Av. Cásper Líbero, 383 8 andar

Leia mais

PROPOSTA DE MÓDULO DE FINANCIAMENTO, CONTRATOS, COMERCIALIZAÇÃO E ASSOCIATIVISMO PARA O SNPA

PROPOSTA DE MÓDULO DE FINANCIAMENTO, CONTRATOS, COMERCIALIZAÇÃO E ASSOCIATIVISMO PARA O SNPA Diretoria de Pesquisas Coordenação de Agropecuária PROPOSTA DE MÓDULO DE FINANCIAMENTO, CONTRATOS, COMERCIALIZAÇÃO E ASSOCIATIVISMO PARA O SNPA (Coordenação de Agropecuária) E DA GEPAD (Gerência de Planejamento,

Leia mais

CONTRATO DE COMODATO DE IMÓVEL

CONTRATO DE COMODATO DE IMÓVEL 1/5 CONTRATO DE COMODATO DE IMÓVEL Pelo presente instrumento particular de contrato, que tem de um lado FUNDAÇÃO FACULDADE DE MEDICINA, pessoa jurídica de direito privado, de fins não lucrativos, reconhecida

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE ALTERAÇÃO E CONTRATUAL DE UMA SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA NOME DA EMPRESA. CNPJ...

INSTRUMENTO PARTICULAR DE ALTERAÇÃO E CONTRATUAL DE UMA SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA NOME DA EMPRESA. CNPJ... INSTRUMENTO PARTICULAR DE ALTERAÇÃO E CONTRATUAL DE UMA SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA NOME DA EMPRESA. CNPJ... Por este instrumento particular e na melhor forma de direito, FULANO DE TAL, brasileiro, natural

Leia mais

Bairro Cidade CEP UF. Agência Nome da Agência Operação Conta Dígito. Bairro Cidade CEP UF. Bairro Cidade CEP UF

Bairro Cidade CEP UF. Agência Nome da Agência Operação Conta Dígito. Bairro Cidade CEP UF. Bairro Cidade CEP UF SACADO ELETRÔNICO ADESÃO EXCLUSÃO Nome ou Razão Social Agência Nome da Agência Operação Conta Dígito AGREGADOS Nome ou Razão Social (I) Nome ou Razão Social (II) 1 Pelo presente instrumento, a CAIXA ECONÔMICA

Leia mais

Documentos para o processo seletivo ProUni 200902

Documentos para o processo seletivo ProUni 200902 Documentos para o processo seletivo ProUni 200902 Os alunos pré-selecionados deverão marcar horário para entrevista através do telefone (51)3586.89.01, ficando ciente que a documentação abaixo deverá ser

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO DO EMPREENDIMENTO SPOT IPIRANGA "Comprou, Ganhou

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO DO EMPREENDIMENTO SPOT IPIRANGA Comprou, Ganhou REGULAMENTO DA PROMOÇÃO DO EMPREENDIMENTO SPOT IPIRANGA "Comprou, Ganhou REGULAMENTO EMPREENDIMENTO SPOT IPIRANGA ( Empreendimento Participante ) 1. A presente promoção ( Promoção ) é uma iniciativa da

Leia mais

Dispõe sobre a Autorização Prévia à Análise Técnica de Plano de Manejo Florestal Sustentável- APAT, e dá outras providências

Dispõe sobre a Autorização Prévia à Análise Técnica de Plano de Manejo Florestal Sustentável- APAT, e dá outras providências INSTRUÇÃO NORMATIVA MMA Nº 4, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2006 Dispõe sobre a Autorização Prévia à Análise Técnica de Plano de Manejo Florestal Sustentável- APAT, e dá outras providências A MINISTRA DE ESTADO

Leia mais

TERMO DE DOAÇÃO. Considerando:

TERMO DE DOAÇÃO. Considerando: TERMO DE DOAÇÃO Pelo presente instrumento de doação, por esta e na melhor forma de direito, com fundamento no artigo 538 do Código Civil Brasileiro, a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Leia mais

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação!

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada abaixo e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada

Leia mais

ANEXO 5 TERMO DE CONSTITUIÇÃO DE CONSÓRCIO

ANEXO 5 TERMO DE CONSTITUIÇÃO DE CONSÓRCIO ANEXO 5 TERMO DE CONSTITUIÇÃO DE CONSÓRCIO Termo de Constituição de Consórcio 1 As Partes: A empresa (Nome da Empresa)..., com sede na cidade de..., (Endereço)..., com CNPJ n o..., Inscrição Estadual...,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE LOGÍSTICA DA AMAZÔNIA

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE LOGÍSTICA DA AMAZÔNIA ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE LOGÍSTICA DA AMAZÔNIA CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PESSOA JURÍDICA Categoria A Mais de 300 Colaboradores Pelo presente instrumento particular, as partes

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: Obra24horas Soluções Web para Engenharia Ltda., com sede na Rua Formosa, 75 1º andar

Leia mais

Informações! Residênciais e Comerciais;

Informações! Residênciais e Comerciais; Informações! Segue abaixo algumas informações importantes, para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada para

Leia mais

Instruções Aditamento ao Contrato de Arrendamento Mercantil

Instruções Aditamento ao Contrato de Arrendamento Mercantil Instruções Aditamento ao Contrato de Arrendamento Mercantil Preparamos para você o passo a passo sobre o processo de rescisão contratual. Veja quais ações você precisará tomar para obter a liberação do

Leia mais

O presente CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ajusta-se mediante cláusulas e condições alinhadas adiante.

O presente CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ajusta-se mediante cláusulas e condições alinhadas adiante. PROCESSO Nº 2425-2014 Contrato n.º 058/2014 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N 058/2014 QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE CHAPADÃO DO CÉU, ESTADO DE GOIÁS E A EMPRESA BRUNO MARTINS SANTOS.

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO CANDIDATOS AO PROUNI

DOCUMENTAÇÃO CANDIDATOS AO PROUNI DOCUMENTAÇÃO CANDIDATOS AO PROUNI * Organizar os documentos em blocos de cada membro do grupo familiar. A decisão quanto ao(s) documento(s) a ser(em) apresentado(s) cabe ao coordenador do Prouni, o qual

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA DE USO

CONTRATO DE LICENÇA DE USO CONTRATO DE LICENÇA DE USO *Atenção: ISTO É UMA LICENÇA, NÃO UMA VENDA. Este contrato de licença de uso de um sistema representa a prova de licença e deve ser tratado como propriedade valiosa, fundamentado

Leia mais

CONTRATO Nº 104/2014

CONTRATO Nº 104/2014 CONTRATO Nº 104/2014 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE CELEBRAM O MUNICÍPIO DE SANTANA DA BOA VISTA/RS E A EMPRESA POLYTEK COMERCIO E SERVIÇOS DE INFORMATICA LTDA. O MUNICÍPIO DE SANTANA

Leia mais

CONTRATO DE ASSOCIAÇÃO. ASSOCIADA Nome do Advogado

CONTRATO DE ASSOCIAÇÃO. ASSOCIADA Nome do Advogado CONTRATO DE ASSOCIAÇÃO ASSOCIADA Nome do Advogado Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, NOME DA SOCIEDADE, sociedade inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil - Secção de

Leia mais

INDICADORES FINANCEIROS 1

INDICADORES FINANCEIROS 1 42 INDICADORES FINANCEIROS 1 A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE nas mais diversas áreas: organização empresarial, finanças, marketing, produção,

Leia mais

CONTAJURIS ASSESSORIA EMPRESARIAL S/C LTDA

CONTAJURIS ASSESSORIA EMPRESARIAL S/C LTDA CONTAJURIS ASSESSORIA EMPRESARIAL S/C LTDA Rua Sady de Marco, 52-D Bairro Jardim Itália Chapecó SC www.contajuris.com.br - Fone: 49 3323-1573 / 3323-0388 Assunto: Arrendamento Mercantil de Bens Aspectos

Leia mais

PROPOSTA GERAL DE ASSOCIAÇÃO (PE/PB)

PROPOSTA GERAL DE ASSOCIAÇÃO (PE/PB) PROPOSTA GERAL DE ASSOCIAÇÃO (PE/PB) A Delegação Pernambuco e Paraíba, representada pela Carbone & Vicenzi Consulting, é um ponto de assistência oficia da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria

Leia mais

DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA

DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA A Ficha Socioeconômica deve ser preenchida, sem rasuras, assinada pelo (a) candidato(a) ou pelo(a) pai, mãe e/ou responsável legal e, apresentada

Leia mais

Declaração para Cadastro de Imóveis Rurais. Manual de Orientação para Preenchimento da

Declaração para Cadastro de Imóveis Rurais. Manual de Orientação para Preenchimento da Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA SISTEMA NACIONAL DE CADASTRO RURAL - SNCR Manual de Orientação para Preenchimento da Declaração para

Leia mais

Pesquisa sobre o Perfil dos Empreendedores e das Empresas Sul Mineiras

Pesquisa sobre o Perfil dos Empreendedores e das Empresas Sul Mineiras Pesquisa sobre o Perfil dos Empreendedores e das Empresas Sul Mineiras 2012 2 Sumário Apresentação... 3 A Pesquisa Perfil dos Empreendedores Sul Mineiros Sexo. 4 Estado Civil.. 5 Faixa Etária.. 6 Perfil

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA COMPROU, GANHOU

REGULAMENTO DA CAMPANHA COMPROU, GANHOU REGULAMENTO DA CAMPANHA COMPROU, GANHOU 1. DAS EMPRESAS PROMOTORAS ATUA PROJETO IMOBILIÁRIO 21 LTDA., com sede na Capital do Estado de São Paulo, à Rua Olimpíadas, 66, 11º andar, sala 22-B, Vila Olímpia,

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

D O N D O M Ê N I C O

D O N D O M Ê N I C O FACULDADE DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS E LETRAS DON DOMÊNICO. REGULAMENTO PARA CONCESSÃO E RENOVAÇÃO DE BOLSAS 2014-1 Art. 1º - Fica instituído o Regulamento para concessão de bolsas de estudo aos alunos da Don

Leia mais

Relação de Documentos OBRIGATÓRIOS a ser encaminhado pela UTE ao Agente Financeiro UTE CÓDIGO DA PROPOSTA - -

Relação de Documentos OBRIGATÓRIOS a ser encaminhado pela UTE ao Agente Financeiro UTE CÓDIGO DA PROPOSTA - - UTE INFORMAÇÕES PARA CONTATO: NOME: TELEFONE: ( ) EMAIL: AGENTE FINANCEIRO DE ENCAMINHAMENTO DA PROPOSTA: ( ) BANCO DO BRASIL ( ) BANCO DO NORDESTE ( ) CAIXA ECONÔMICA FEDERAL LINHA DE FINANCIAMENTO: (

Leia mais

Crédito Rural Safra 2014/2015 FINAME AGRÍCOLA. Produtores rurais Pessoas Jurídicas e Cooperativas Agropecuárias:

Crédito Rural Safra 2014/2015 FINAME AGRÍCOLA. Produtores rurais Pessoas Jurídicas e Cooperativas Agropecuárias: Linha PSI RURAL Produtores rurais Pessoas Jurídicas e Cooperativas Agropecuárias: a) Aquisição de máquinas e equipamentos; b) Aquisição de implementos agrícolas, tratores, colheitadeiras e similares; Produtores

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO REGULAMENTO DA PROMOÇÃO A CONSTRUTORA Massai, empresa inscrita no CNPJ/MF sob o nº 01.295.921/0001-91, com sede na Av. Monteiro da Franca, Nº 1092, CEP 58038-20 - bairro Manaíra, em JOÃO PESSOA /PB, realizará

Leia mais

Instruções Liquidação de Contrato de Arrendamento Mercantil

Instruções Liquidação de Contrato de Arrendamento Mercantil Instruções Liquidação de Contrato de Arrendamento Mercantil Preparamos para você o passo a passo sobre o processo de liquidação contratual. Veja quais ações você precisará tomar para obter a liberação

Leia mais

CONVÊNIO Nº 004/2011-TJAP

CONVÊNIO Nº 004/2011-TJAP CONVÊNIO Nº 004/2011-TJAP CONVÊNIO DE PARCERIA PARA CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTO QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ E O BANCO GERADOR S.A. O, com sede em Macapá, Capital

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DO CANDIDATO

DOCUMENTAÇÃO DO CANDIDATO DOCUMENTAÇÃO DO CANDIDATO Cópia da identidade Cópia CPF Comprovante de ensino médio (histórico original e cópia) Se cursou todo ou parte do ensino médio na rede privada, apresentar documento fornecido

Leia mais

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo:

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo: LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE JARAGUÁ DO SUL

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE JARAGUÁ DO SUL D E C R E T O Nº 9.782/2014 Regulamenta o Programa Incubadora do Empreendedor e dá outras providências. atribuições; e O PREFEITO MUNICIPAL DE JARAGUÁ DO SUL, no uso de suas CONSIDERANDO os termos da Lei

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE DADOS DO CANDIDATO, DO FIADOR E DOS MEMBROS DO GRUPO FAMILIAR.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE DADOS DO CANDIDATO, DO FIADOR E DOS MEMBROS DO GRUPO FAMILIAR. RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA COMPROVAÇÃO DE DADOS DO CANDIDATO, DO FIADOR E DOS MEMBROS DO GRUPO FAMILIAR. Documentos de Identificação: - Carteira de Identidade ou Carteira Nacional de Habilitação, no prazo

Leia mais

ANEXO II. MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar

ANEXO II. MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar ANEXO II MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar O MUNICÍPIO DE Caçapava do Sul, pessoa jurídica de direito público, inscrito

Leia mais

CONTRATO DE REVENDA WINCONNECTION

CONTRATO DE REVENDA WINCONNECTION CONTRATO DE REVENDA WINCONNECTION Pelo presente instrumento particular, de um lado: Winco Sistemas Ltda., pessoa jurídica de direito privado, com sede estabelecida à Rua Amazonas, 669 sala 37, Centro da

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA COMPROU, GANHOU

REGULAMENTO DA CAMPANHA COMPROU, GANHOU REGULAMENTO DA CAMPANHA COMPROU, GANHOU 1. DAS EMPRESAS PROMOTORAS PROJETO IMOBILIÁRIO C 9 LTDA., com sede na Capital do Estado de São Paulo, à Rua Olimpíadas, 66, 5º andar, sala 17-A, Vila Olímpia, CEP

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. IDENTIFICAÇÃO Coordenação: Profª. Ingrid Eleonora Schreiber Jansch Pôrto Centro de Empreendimentos em Informática da

Leia mais

Parágrafo Primeiro - O suporte técnico organizacional e gerencial consistirá em: 1. Oferecer apoio operacional ao funcionamento da EMPRESA;

Parágrafo Primeiro - O suporte técnico organizacional e gerencial consistirá em: 1. Oferecer apoio operacional ao funcionamento da EMPRESA; CONVÊNIO DE ASSOCIAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E A PARA DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO, DE ACORDO COM A SELEÇAO PÚBLICA REALIZADA ATRAVÉS DO EDITAL 01/2011 DA INCUBADORA

Leia mais

CONTRATO PRELIMINAR DE LOCAÇÃO COM CLÁUSULA RESOLUTIVA

CONTRATO PRELIMINAR DE LOCAÇÃO COM CLÁUSULA RESOLUTIVA PROCESSO DEJUR Nº /2006 CONTRATO DAF Nº /2006 CONTRATO PRELIMINAR DE LOCAÇÃO COM CLÁUSULA RESOLUTIVA IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADORA: EMPRESA DE TURISMO DA BAHIA S/A - BAHIATURSA, com sede

Leia mais

1) Para vender pela internet (ter uma loja virtual) preciso ter um CNPJ obrigatoriamente? 2) Quais os impostos que incidem sobre uma loja virtual?

1) Para vender pela internet (ter uma loja virtual) preciso ter um CNPJ obrigatoriamente? 2) Quais os impostos que incidem sobre uma loja virtual? Caro leitor, Todos os dias recebemos milhares de pessoas, em nosso programa de consultorias do ShoppingSeguro.com.br, muitas dúvidas sobre os aspectos contábeis da abertura de uma loja virtual para nossos

Leia mais

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária:

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária: LEI Nº 3570/2014, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO À ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO BAIRRO SÃO CRISTÓVÃO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PESSOA JURÍDICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PESSOA JURÍDICA RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PESSOA JURÍDICA Para a liberação de acesso ao Cadastro NIS pela internet, o empregador deverá entregar na Agência onde será concedida a autorização, cópia e original de documentação

Leia mais

CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO MÚTUA ENTRE A EMPRESA XXXXXXX E ASSOCIAÇÃO RECICLANIP

CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO MÚTUA ENTRE A EMPRESA XXXXXXX E ASSOCIAÇÃO RECICLANIP CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO MÚTUA ENTRE A EMPRESA XXXXXXX E ASSOCIAÇÃO RECICLANIP A EMPRESA xxxxxxxx, pessoa jurídica, com sede administrativa na Rua xxxxxxx, nº xxx, inscrita no CNPJ sob n. º xx. xxxxxx/xxxx-xx,

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

Pelo presente Termo de Autorização para Uso de Imagem, Sem Fins Comerciais, de um lado,

Pelo presente Termo de Autorização para Uso de Imagem, Sem Fins Comerciais, de um lado, AUTORIZAÇÃO DE USO DE IMAGEM (SEM FIM COMERCIAL) TERMO DE AUTORIZAÇÃO DE USO DE IMAGEM, SEM FINS COMERCIAIS Pelo presente Termo de Autorização para Uso de Imagem, Sem Fins Comerciais, de um lado,,,, (nacionalidade)

Leia mais

SUA EMPRESA CONVÊNIADA COM A UNICAMPO

SUA EMPRESA CONVÊNIADA COM A UNICAMPO SUA EMPRESA CONVÊNIADA COM A UNICAMPO Objetivo: Incentivar a busca do ensino superior através de descontos ofertados pelo convênio estudantil UNICAMPO, que objetiva conveniar empresas, independente de

Leia mais

CONTRATO PLANO DE SAÚDE ANIMAL

CONTRATO PLANO DE SAÚDE ANIMAL CONTRATO PLANO DE SAÚDE ANIMAL Contrato de cobertura de custos dos procedimentos de assistência medica e hospitalar veterinária, que entre si fazem, de um lado ANIMED PLANOS DE SAÚDE VETERINÁRIOS LTDA,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 24, DE 17 DE SETEMBRO DE 2007

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 24, DE 17 DE SETEMBRO DE 2007 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 24, DE 17 DE SETEMBRO DE 2007 Publicada no DOE(Pa) de 19.09.07. Retificação no DOE(Pa) de 25.09.07. Institui a Declaração de Bens e Direitos, relativa ao Imposto sobre Transmissão

Leia mais

PORTAL DE SERVIÇOS AUTOMATIZADOS À PREFEITURA

PORTAL DE SERVIÇOS AUTOMATIZADOS À PREFEITURA O Portal de Serviços Automatizados à Prefeitura disponibiliza ao contribuinte a emissão de faturas referente os débitos do IPTU, ISSQN e DÍVIDAS DIVERSAS, do exercício e dívida ativa, tanto negociada (parcelamentos)

Leia mais

Regulamento da Promoção TEST LIFE EVEN

Regulamento da Promoção TEST LIFE EVEN Regulamento da Promoção TEST LIFE EVEN A) DO TEST LIFE 1. A presente promoção é realizada pela EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S/A, por si e pelas empresas de seu grupo econômico, doravante GRUPO EVEN,

Leia mais

3) RELAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA DE TODOS OS MEMBROS DA FAMÍLIA:

3) RELAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA DE TODOS OS MEMBROS DA FAMÍLIA: 1) DA CONCESSÃO: a) Para a CONCESSÃO da Bolsa de Estudo Social será considerado como grupo familiar, além do próprio candidato, o conjunto de pessoas residindo na mesma moradia do candidato; b) O candidato

Leia mais

Os Promotores e ou Afiliados podem incentivar outras pessoas a Divulgarem e comercializarem os serviços, tornando-se seus patrocinadores.

Os Promotores e ou Afiliados podem incentivar outras pessoas a Divulgarem e comercializarem os serviços, tornando-se seus patrocinadores. Liquida Net Rogério Richard - ME. Atua na área de Assinaturas de Lojas, e utiliza um plano de marketing que incentiva e apoia o uso e a divulgação de seus serviços através de uma Rede de Promotores autônomos

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA CNPJ. nº 63.656.516/0001-09 CEP. 69.200-000 PROJETO BÁSICO

ESTADO DO AMAZONAS CÂMARA MUNICIPAL DE BORBA CNPJ. nº 63.656.516/0001-09 CEP. 69.200-000 PROJETO BÁSICO PROJETO BÁSICO I - OBJETO: - Aluguel do imóvel que servirá como garagem dos carros da Câmara Municipal de Borba II - JUSTIFICATIVA A Camara Municipal de Borba situada na Av. Silvério Nery,256, Centro,

Leia mais

PROCURAÇÃO "AD-JUDICIA"

PROCURAÇÃO AD-JUDICIA CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS CONTRATADA: A Sociedade de Advogados MARTUCCI MELILLO ADVOGADOS ASSOCIADOS, registrada na OAB/SP sob o n. 9237, inscrita no CNPJ n. 07.697.074/0001-78,

Leia mais

Modelo de Contrato de Prestação de Serviços de Consultoria

Modelo de Contrato de Prestação de Serviços de Consultoria Modelo de Contrato de Prestação de Serviços de Consultoria Contrato de locação de serviços que entre si fazem (nome e qualificação de quem está contratando: natureza ou profissão, endereço e dados como

Leia mais

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE 1. DAS INFORMAÇÕES GERAIS REGULAMENTO 1.1 - O presente regulamento objetiva a concessão de Crédito Educativo para estudantes devidamente Matriculados nos cursos

Leia mais

Documentação Live TIM Dedicado

Documentação Live TIM Dedicado Documentação Live TIM Dedicado . PROPOSTA APROVADA SISTEMA ANÁLISE LISTA 1. Documentos básicos necessários por tipo de empresa: Sociedades Limitadas Validação Documentação Última Alteração Contratual arquivada

Leia mais

LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011

LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011 LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011 "AUTORIZA ASSINATURA DE CONVÊNIO E CONCEDE CONTRIBUIÇÃO CORRENTE ESPECIAL À ASSOCIAÇÃO DESENVOLVIMENTO DAS BANDEIRINHAS & DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS" A Câmara Municipal

Leia mais

MODELOS REFERIDOS NO ROTEIRO

MODELOS REFERIDOS NO ROTEIRO MODELOS REFERIDOS NO ROTEIRO 1 MODELO 01 (matrícula imprópria para o registro de loteamento por ferir o princípio da especialidade subjetiva e objetiva) Obs. Deverá o imóvel estar perfeitamente descrito

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS DAS DÚVIDAS MAIS FREQUENTES SOBRE O CNIS - SEGURADO ESPECIAL

PERGUNTAS E RESPOSTAS DAS DÚVIDAS MAIS FREQUENTES SOBRE O CNIS - SEGURADO ESPECIAL PERGUNTAS E RESPOSTAS DAS DÚVIDAS MAIS FREQUENTES SOBRE O CNIS - SEGURADO ESPECIAL 1. Quando o sindicato pode começar a fazer o cadastro do segurado especial? Para fazer o cadastro, o sindicato precisa

Leia mais

PROMOÇÃO DESCONTO INDIQUE UM AMIGO

PROMOÇÃO DESCONTO INDIQUE UM AMIGO PROMOÇÃO DESCONTO INDIQUE UM A presente oferta promocional Indique um Amigo é instituída pela KARVAS GRM EQUILIBRIUM INCORPORADORA SPE LTDA, com sede na Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 1230, cj 93,

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO LOCADOR:-

CONTRATO DE LOCAÇÃO LOCADOR:- CONTRATO DE LOCAÇÃO Pelo presente instrumento, as pessoas abaixo nomeadas e qualificadas contratam a locação do bem imóvel descrito e caracterizado, adiante designado simplesmente Objeto, com a finalidade,

Leia mais

ANEXO 10-A MINUTA DE TERMO DE DAÇÃO EM PAGAMENTO DO IMÓVEL

ANEXO 10-A MINUTA DE TERMO DE DAÇÃO EM PAGAMENTO DO IMÓVEL ANEXO 10-A MINUTA DE TERMO DE DAÇÃO EM PAGAMENTO DO IMÓVEL Pelo presente instrumento, o ESTADO DO CEARÁ, representado pela SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA DO ESTADO DO CEARÁ SEINFRA, pessoa jurídica de Direito

Leia mais

Termo de Uso A AGENDA SUSTENTABILIDADE única e exclusiva proprietária do domínio www.agenda SUSTENTABILIDADE.com.br, doravante denominado AGENDA SUSTENTABILIDADE, estabelece o presente TERMO DE USO para

Leia mais

JOSÉ AFRÂNIO MARQUES DE MELO

JOSÉ AFRÂNIO MARQUES DE MELO CONTRATO LOCAÇÃO Nº 07/2015 Pelo presente instrumento particular de contrato de locação que entre si celebram, de um lado a Câmara Municipal de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, pessoa jurídica de

Leia mais

Caro aluno preencha TODO o formulário e APRESENTE A DOCUMENTAÇÃO solicitada, para que não haja prejuízo na avaliação de seu pedido.

Caro aluno preencha TODO o formulário e APRESENTE A DOCUMENTAÇÃO solicitada, para que não haja prejuízo na avaliação de seu pedido. FOTO 3X4 CAMPUS SOUSA COORDENAÇÃO GERAL DE ASSISTÊNCIA AO EDUCANDO/SERVIÇO SOCIAL QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO Caro aluno preencha TODO o formulário e APRESENTE A DOCUMENTAÇÃO solicitada, para que não haja

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO

TERMO DE COMPROMISSO TERMO DE COMPROMISSO O INSTITUTO DE PÓS-GRADUAÇÃO LTDA. IPOG FIRMA O PRESENTE TERMO DE COMPROMISSO COM O ESTADO DE GOIÁS E A SECRETARIA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA SECTEC. O Instituto de Pós-Graduação Ltda.

Leia mais

REGULAMENTO DE PREMIAÇÃO

REGULAMENTO DE PREMIAÇÃO A Odebrecht Realizações Imobiliárias e Participações S/A, estabelecida na Avenida A, número 4165, sala 101 Torre 4, no bairro da Praia do Paiva, Cabo de Santo Agostinho-PE, CEP 54.522-005, inscrita no

Leia mais

Contrato de Parceria FAPAN- Faculdade do Pantanal e Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

Contrato de Parceria FAPAN- Faculdade do Pantanal e Sindicato dos Servidores Públicos Municipais. Contrato de Parceria FAPAN- Faculdade do Pantanal e Sindicato dos Servidores Públicos Municipais. São Partes no presente instrumento Particular: I - FACULDADE DO PANTANAL FAPAN, regularmente inscrita no

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO

SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO FICHA PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO 2016 Informações Pessoais do Candidato Nome do Candidato: Data de Nasc: Naturalidade: CPF: RG: Período: Grupo/Ano: Frequenta outro curso? Descreva Qual: Valor

Leia mais

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO 1/8 1) DOS OBJETIVOS: 1.1) Disciplinar e normatizar os procedimentos operacionais na administração de recursos humanos; 1.2) Garantir maior segurança na admissão e exoneração de pessoal; 1.3) Manter atualizado

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA COMPROU, GANHOU

REGULAMENTO DA CAMPANHA COMPROU, GANHOU REGULAMENTO DA CAMPANHA COMPROU, GANHOU 1. DAS EMPRESAS PROMOTORAS ATUA SPE-1 PARTICIPAÇÕES LTDA., com sede na Capital do Estado de São Paulo, à Rua Fidêncio Ramos, 213, 7º andar, conj. 71, sala 1, Vila

Leia mais