1969:Estado da Guanabara IECAC Comunicação Inter-Ventricular com Hipertensão Pulmonar-13/08/1969

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1969:Estado da Guanabara IECAC Comunicação Inter-Ventricular com Hipertensão Pulmonar-13/08/1969"

Transcrição

1 1969:Estado da Guanabara IECAC Comunicação Inter-Ventricular com Hipertensão Pulmonar-13/08/1969

2 1969:Estado da Guanabara IECAC Insuficiência Coronária

3 1969:Certificado - Associação Médica Fluminense

4 1969:Certificado - X Congresso Médico Fluminense Tema Co-Autor do Trabalho Análise de 183 Coronariografias no IECAC GB-16/08/1969

5 1969:Certificado - X Congresso Médico Fluminense Tema Co-Autor do Trabalho Estudo Cineangiocardiográfico dos Aneurismas Ventriculos-16/08/1969

6 1969:Certificado X Congresso Médico Fluminense Tema Co-Autor do Trabalho Indicações, Técnicas e Pós-Operatórias em 20 Cirurgias-16/081969

7 1969:Estado da Guanabara IECAC Moderador da Seção Anatomo-Clinica

8 1969:Estado da Guanabara IECAC Hipertensão Arterial

9 1969:Estado da Guanabara IECAC Insuficiência Aórtica

10 1969:Estado da Guanabara IECAC Hipertensão Reno Vascular, Apresentação de nove casos, Comentários Clínicos e Avaliação do Tratamento Cirúrgico 28/08/1969

11 1969:Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro

12 1969:Estado da Guanabara IECAC Trilogia de Fallot-17/09/1969

13 1969:Estado da Guanabara IECAC Comunicação Inter-Auricular e Estenose Pulmonar-24/09/1969

14 1969:Estado da Guanabara IECAC Síndrome de Takayassu 01/10/1969

15 1969:Estado da Guanabara IECAC Insuficiência Coronária e Aneurisma de Ventrículo Esquerdo

16 1969:Estado da Guanabara IECAC Insuficiência Coronária e Aneurisma de Ventrículo Esquerdo

17 1969:Diploma Institvto.n.de Cardiologia México Membro

18 1969:Estado da Guanabara IECAC Fístula Artério-Venosa de Artéria Ilíaca Esquerda22/10/1969

19 1969:Estenose mitral com Hipertensão Pulmonar Severa-22/10/1969

20 1969:Certificado IPASE Hospital dos Servidores do Estado Participação na XVII Assembleia Médica-25/10/1969

21 1969:Estado da Guanabara IECAC Insuficiência Coronária

22 1969:Estado da Guanabara IECAC Miocardiopatia

23 1969:Certificado - I Congresso Médico Norte Fluminense Angiocardiografia em Cardiopatias Congênitas 08/11/1969

24 1969:Certificado - I Congresso Médico Norte Fluminense Coronariografias no instituto Estadual de Cardiologia-08/11/1969

25 1969:Estado da Guanabara IECAC Comunicação Inter-Ventricular 12/11/1969

26 1969:Estado da Guanabara IECAC Comunicação Interauricular 26/11/1969

27 1973

28 1970:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Ateroesclerose Coronária Organizador-28/01/1970

29 1970: Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Insuficiência Coronária em Jovem. Metabolismo cardíaco na insuficiência coronária e miocardiopatia

30 1971:Certificado Escola de Serviço Público do Estado da Guanabara Verso16/02/1970

31 1970:Certificado Escola de Serviço Público do Estado da Guanabara Frente 02/04/1970

32 1970:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Insuficiência Coronária em Jovens-07/04/1970

33 1970:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Angio e Cineangio nas Cardiopatias Congênitas-10/04/1970

34 1970:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Organizador do Curso de Hemodinâmica e Angiocardiografia-16/04/1970

35 1970:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Análise e Gêneses das Curvas de Pressão-16/04/1970

36 1970:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Cinecoronariografia-18/04/1970

37 1970:Diploma Hospital de Clínicas da Faculdade de Ciências Médicas Tratamento da Insuficiência Coronária Indicação Cirurgica na Angina do Peito.-05/1970

38 1970: Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Organizador do Simpósio Internacional de Doença Coronária-30/06/1970

39 1970:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Resultados com BY-PASS no Tratamento da Insuficiência Coronariana-30/06/1970

40 1970:Certificado Centro de Estudos do Hospital dos Servidores do Estado Tema Cinecoronariografia e Ventriartografia 17/07/1970

41 1970:Certificado Hospital de Clínicas da faculdade de Ciências Médicas Recentes Processos em Coronariopatias- 08/08/1970

42 1970:Certificado Centro de Estudos do Hospital da Lagoa Insuficiência Coronariana21/08/1970

43 1970:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Insuficiência Coronária-12/10/1970

44 1970:Certificado - XI Congresso Médico Fluminense Janela AortoPulmonar-18/10/1970

45 1970:Certificado - XI Congresso Médico Fluminense Resultados Obtidos em cardiopatias Congênitas em 1200 Cateterismos Cardíacos Realizados no Instituto Estadual de Cardiologia18/10/1970

46 1970:Certificado -XI Congresso Médico Fluminense - Co-Autor do Trabalho Endomiocardiopatia Estudo Angiocardiográfico-18/10/1970

47 1970:Certificado -XI Congresso Médico Fluminense - Co-Autor do Trabalho - Dois Irmãos com Estenose Aórtica Congênita-18/10/1970

48 1970:Certificado -XI Congresso Médico Fluminense - Co-Autor do Trabalho Ferida de Miocárdio por Projétil de Fogo com Migração para Artéria Cerebral Média Direita-18/10/1970

49 1970:Certificado -XI Congresso Médico Fluminense - Coautor do Trabalho Síndrome da Aorta Média-18/10/1970

50 1970:Certificado IPASE Hospital dos Servidores do Estado Revascularização Cardíaca 22/10/1970

51 1971

52 1971:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Análise e Gênese das Curvas de Pressão 25/03/1971

53 1971:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Aula Angio e Cineangio nas Cardiopatias Congênitas-25/03/1971

54 1971:Certificado Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Aula Cinecoronariografia Indicação de Tratamento Cirúrgico. Angio e Cineangio Pós-Cirúrgico de By-Pass Em Cirurgia Coronária

55 1971:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Organizador do VI Curso de Hemodinâmica

56 1971:Diploma Academia Brasileira de Medicina Aula Noções de Angiocardiografia e Cineangiocardiografia. Cinecoronariografia. Indicação Cirurgica da Insuficiência Coronária-15/06/1971

57 1971:Certificado Ministério da Aeronáutica Hospital Central da Aeronáutica Tema Cinecoronariografia-17/06/1971

58 1971:Diploma 27º Congresso Brasileiro de Cardiologia Cirurgia Conservadora da Válvula Mitral-17/07/1971

59 1971:Diploma 27º Congresso Brasileiro de Cardiologia Ressecção do Aneurisma Ventricular e Revascularização Simultânea com Ponte de Safena, Como Coautor-17/07/1971

60 1971:Diploma 27º Congresso Brasileiro de Cardiologia Revascularização Cirúrgica do Miocárdio com Ponte de Safena Resultados em Pacientes Operados Há mais de Um Ano, como coautor -17/07/1971

61 1971:Diploma 27º Congresso Brasileiro de Cardiologia Revascularização Cirúrgica do Miocárdio, como coautor-17/07/1971

62 1971:J.N.P.S II Congresso Médico do Hospital de Bonsucesso Cineangiografia-11/11/1971

63 1971:Certificado Fundação Universitária de Cardiologia IV Jornada de Atualização em Cardiologia Indicação e Valorização Frente-04/12/1971

64 1971:Certificado Fundação Universitária de Cardiologia IV Jornada de Atualização em Cardiologia Indicação e Valorização Verso 04/12/1971

65 1971:Diploma- República dos Estados Unidos do Brasil Academia Brasileira de Medicina Militar-8/12/1971

66 1971:Certificado - Estado da Guanabara Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro Progressos da Terapêutica Cardiológica-16/12/1971

67 1971:Certificado Sociedade Espírito Santense de Cardiologia Curso de Temas de Angiocardiografia-16 e 17/12/1971

68 1971:Certificado Sociedade Espírito Santense de Cardiologia Relator de Cardiopatia Isquêmica Cinecoronariografia e Ventriculografia-16 e 17/12/1971

69 1971:Certificado Sociedade Espírito Santense de Cardiologia- Relator de Cardiopatias Congênitas Mais Comuns - Angiocardiografia -16 e 17/12/1971

70 1972

71 1971:Certificado III Congresso Médico de Carangola Hipertensão Arterial, Rotina Clínica e Diagnóstico Etiológico-12 a 16/01/1972

72 1971:Certificado III Congresso Médico de Carangola Hipertensão Renovascular-12 a 16/01/1972

73 1971:1º Encontro Rio-São Paulo de Cardiologia Insuficiência Coronária 20/05/1972

74 1971:Certificado Ministério da Aeronáutica Diretoria de Saúde Cineangiocoronariografia-24/05/1972

75 1971:Diploma XXVIII Congresso Brasileiro de Cardiologia Sociedade Brasileira de Cardiologia Estudo Experimental de Revascularização Miocárdica-15/07/1972

76 1971:Certificado II Simpósio Nacional sobre Aterosclerose Coronária Importância do Cateterismo do Seio Coronário no Diagnóstico da Insuficiência Coronária-04/11/1972

77 1971:Certificado II Encontro Internacional sobre Doença Torácicas O Cateterismo do Seio Coronário no Diagnóstico da Insuficiência-08/11/1972

78 1971:Certificado II Encontro Internacional sobre Doença Torácicas Participante-08/11/1972

79 1973

80 1973:Título de Professor Efetivo Escola de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas - 30/05/1973

81 1973:Certificado Centro de Estudos Alcides Figueiredo I Semana de Cardiologia 06/1973

82 1973:Certificado XXIX Congresso Brasileiro de Cardiologia-14/07/1973

83 1973:Diploma Colégio Brasileiro de Cirurgiões-Infarto do Miocárdio Experimental Revascularização-20/07/1973

84 1974:Certificado Estado da Guanabara IECAC Insuficiência Coronária na Jornada Cardiologia de Médicos Residentes -14/09/1973

85 1973:Diploma de Bons Serviços Estado da Guanabara-28/10/1973

86 1973:Certificado - Universidade de Clínicas Cardeira de Cardiologia-Metabolismo Cardíaco e Circulação Coronariano-12/11/1973

87 1973:Certificado 1ª. Semana de Atualização em Cardiologia Cinecoronariografia Normal com Eletrocardiograma Anormal

88 1973:Certificado 1ª. Semana de Atualização em Cardiologia Circulação Assistida Coronária Seletiva

89 1973:Certificado - Universidade de Clínicas Cardeira de Cardiologia

90 1973:Certificado 1ª. Semana de Atualização em Cardiologia Cardiopatia Isquêmica

91 1973:Certificado INPS Centro de Estudo do Hospital da Lagoa VI Jornada Médica -22/11/1973

92 1973:Certificado 1ª. Semana de Atualização em Cardiologia Congressista

93 1973:Certificado 1ª. Semana de Atualização em Cardiologia Organizador

94 1973:Certificado Escola de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas Curso 1ª Semana de Atualização em cardiologia-23/11/1973

1973:Certificado Escola de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas Curso 1ª Semana de Atualização em cardiologia-23/11/1973

1973:Certificado Escola de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas Curso 1ª Semana de Atualização em cardiologia-23/11/1973 1973:Certificado Escola de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas Curso 1ª Semana de Atualização em cardiologia-23/11/1973 1973:Certificado de Frequência Centro de Estudos do Hospital da Lagoa INPS23/11/1973

Leia mais

Curriculum III B: CERTIFICADOS E DIPLOMAS CERTIFICADOS E DIPLOMAS CONQUISTADOS PELO DOUTOR STANS MURAD NETTO. De 1972 até 2015

Curriculum III B: CERTIFICADOS E DIPLOMAS CERTIFICADOS E DIPLOMAS CONQUISTADOS PELO DOUTOR STANS MURAD NETTO. De 1972 até 2015 Curriculum III B: CERTIFICADOS E DIPLOMAS CERTIFICADOS E DIPLOMAS CONQUISTADOS PELO DOUTOR STANS MURAD NETTO. De 1972 até 2015 1972 1972: Participou do 1º Encontro Rio-São Paulo de Cardiologia Sociedade

Leia mais

1975: Proferiu a Palestra: Cardiopatia Isquêmica: Seleção dos Pacientes para Tratamento Clínico e Cirúrgico Centro de Estudos do PRONTOCOR

1975: Proferiu a Palestra: Cardiopatia Isquêmica: Seleção dos Pacientes para Tratamento Clínico e Cirúrgico Centro de Estudos do PRONTOCOR 1975: Proferiu a Palestra: Cardiopatia Isquêmica: Seleção dos Pacientes para Tratamento Clínico e Cirúrgico Centro de Estudos do PRONTOCOR 1975: História Natural da Arterioesclerose Coronária E Suas Implicações

Leia mais

CURRICULUM VITAE STANS MURAD NETTO PARTE I

CURRICULUM VITAE STANS MURAD NETTO PARTE I CURRICULUM VITAE STANS MURAD NETTO PARTE I 1954-1971 CURRICULUM COM DADOS, TÍTULOS APRESENTADOS E COMPROVADOS PELA BANCA EXAMINADORA DO CONCURSO PARA LIVRE DOCÊNCIA EM CARDIOLOGIA DA UFRJ EM 12 DE AGOSTO

Leia mais

Síndrome Coronariana Aguda no pós-operatório imediato de Cirurgia de Revascularização Miocárdica. Renato Sanchez Antonio

Síndrome Coronariana Aguda no pós-operatório imediato de Cirurgia de Revascularização Miocárdica. Renato Sanchez Antonio Síndrome Coronariana Aguda no pós-operatório imediato de Cirurgia de Revascularização Miocárdica Renato Sanchez Antonio Objetivo Isquemia perioperatória e infarto após CRM estão associados ao aumento

Leia mais

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde PORTARIA Nº 505, DE 28 DE SETEMBRO DE 2010

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde PORTARIA Nº 505, DE 28 DE SETEMBRO DE 2010 Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde PORTARIA Nº 505, DE 28 DE SETEMBRO DE 2010 O Secretário de Atenção à Saúde, no uso de suas atribuições, Considerando a Portaria nº 2.848/GM, de 06 de novembro

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES OCUPACIONAIS

CLASSIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES OCUPACIONAIS DAS ATIDADES OCUPACIONAIS (existe analogia entre esta classificação e a das atividades recreativas) TRABALHO MUITO PESADO atividades que gastam 6 a 7 cal/min ou um pouco mais. Ex.: levantar objetos com

Leia mais

Simpósio Coração da Mulher: Antigo Desafio, Novos Conhecimentos. Anticoncepção. Nilson Roberto de Melo

Simpósio Coração da Mulher: Antigo Desafio, Novos Conhecimentos. Anticoncepção. Nilson Roberto de Melo Simpósio Coração da Mulher: Antigo Desafio, Novos Conhecimentos Anticoncepção Nilson Roberto de Melo Critérios Médicos de Elegibilidade para Métodos Anticoncepcionais (OMS) 3 4 Condição sem restrição para

Leia mais

CONTEÚDO DO CURSO TEÓRICO DE CARDIOLOGIA DA SMC PARA RESIDENTES E ESPECIALIZANDOS 2º SEMESTRE 2016

CONTEÚDO DO CURSO TEÓRICO DE CARDIOLOGIA DA SMC PARA RESIDENTES E ESPECIALIZANDOS 2º SEMESTRE 2016 CONTEÚDO DO CURSO TEÓRICO DE CARDIOLOGIA DA SMC PARA RESIDENTES E ESPECIALIZANDOS 2º SEMESTRE 2016 DURAÇÃO DO CURSO: UM SEMESTRE LOCAL: Centro de Treinamento da Sociedade Mineira de Cardiologia Rua Rio

Leia mais

CRONOGRAMA TEÓRICO DATA HORÁRIO PROFESSORES TITULAÇÃO C/H RECEPÇÃO 25/04/ :00h Assistente adm. ABERTURA 25/04/ :30h Diretoria e coord.

CRONOGRAMA TEÓRICO DATA HORÁRIO PROFESSORES TITULAÇÃO C/H RECEPÇÃO 25/04/ :00h Assistente adm. ABERTURA 25/04/ :30h Diretoria e coord. CRONOGRAMA TEÓRICO DATA HORÁRIO PROFESSORES TITULAÇÃO C/H RECEPÇÃO 25/04/2014 19:00h Assistente adm. ABERTURA 25/04/2014 19:30h Diretoria e coord. 6h PALESTRA INTELIGÊNCIA MOTIVACIONAL 25/04/2014 20:00h

Leia mais

CONTEÚDO DO CURSO TEÓRICO DE CARDIOLOGIA DA SMC PARA RESIDENTES E ESPECIALIZANDOS

CONTEÚDO DO CURSO TEÓRICO DE CARDIOLOGIA DA SMC PARA RESIDENTES E ESPECIALIZANDOS CONTEÚDO DO CURSO TEÓRICO DE CARDIOLOGIA DA SMC PARA RESIDENTES E ESPECIALIZANDOS DURAÇÃO DO CURSO: DOIS MÓDULOS - UM SEMESTRE CADA MÓDULO LOCAL: ASSOCIAÇÃO MÉDICA DE MINAS GERAIS ESTRUTURA DAS AULAS:

Leia mais

Lesões de Tronco de Coronária Esquerda

Lesões de Tronco de Coronária Esquerda Lesões de Tronco de Coronária Esquerda Enfª Luanna Vivian Vieira Melo Coordenadora do Centro Especializado em Cardiologia Intervencionista de Campinas Centro Médico de Campinas SP NÃO HÁ CONFLITOS DE INTERESSE

Leia mais

Índice Remissivo do Volume Por Assunto

Índice Remissivo do Volume Por Assunto Índice Remissivo do Volume 85-2005 Por Assunto 446 A Ablação por cateter - Ablação por cateter da fibrilação atrial... 295 Acidente vascular cerebral Acidente vascular encefálico - A MAPA é indicada para

Leia mais

CONGRESSO DE CASOS CLÍNICOS EM CARDIOLOGIA

CONGRESSO DE CASOS CLÍNICOS EM CARDIOLOGIA 27 e 28 de fevereiro 2015 PROGRAMA Dia 27 14h00 Sessão de abertura Manuel de Sousa Almeida José Ferreira Santos 14h10 Sessão I Casos clínicos Moderadores: João Sá Miguel Mendes CC1 Taquicardia de complexos

Leia mais

Dilemas Éticos em Ecocardiografia Fetal

Dilemas Éticos em Ecocardiografia Fetal Dilemas Éticos em Ecocardiografia Fetal JOSÉ MONTERROSO CARDIOLOGIA PEDIÁTRICA PORTO Dilemas 2 Problemas sem solução consensual Todas as alternativas têm argumentos a favor e contra Deve-se escolher o

Leia mais

Estenose Aórtica. Ivanise Gomes

Estenose Aórtica. Ivanise Gomes Estenose Aórtica Ivanise Gomes Estenose Valvar Aórtica A estenose valvar aórtica é definida como uma abertura incompleta da valva aórtica, gerando um gradiente pressórico sistólico entre o ventrículo esquerdo

Leia mais

Curso de Reciclagem em Cardiologia ESTENOSE VALVAR AÓRTICA

Curso de Reciclagem em Cardiologia ESTENOSE VALVAR AÓRTICA Curso de Reciclagem em Cardiologia SBC- Florianópolis 2006 ESTENOSE VALVAR AÓRTICA Miguel De Patta ESTENOSE AÓRTICA- ETIOLOGIA Em todo o mundo : DR USA/ Europa Válvula aórtica tricúspide calcificada: senil

Leia mais

DELIBERAÇÃO CIB-RJ Nº 3534 DE 18 DE SETEMBRO DE 2015 AGREGA PROCEDIMENTOS ESTRATÉGICOS A SEREM REGULADO EXCLUSIVAMENTE PELA REUNI/RJ.

DELIBERAÇÃO CIB-RJ Nº 3534 DE 18 DE SETEMBRO DE 2015 AGREGA PROCEDIMENTOS ESTRATÉGICOS A SEREM REGULADO EXCLUSIVAMENTE PELA REUNI/RJ. DELIBERAÇÃO CIB-RJ Nº 3534 DE 18 DE SETEMBRO DE 2015 AGREGA PROCEDIMENTOS ESTRATÉGICOS A SEREM REGULADO EXCLUSIVAMENTE PELA REUNI/RJ. O PRESIDENTE DA COMISSÃO INTERGESTORES BIPARTITE, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Paulo Donato, Henrique Rodrigues

Paulo Donato, Henrique Rodrigues Paulo Donato, Henrique Rodrigues Serviço o de Imagiologia Hospitais da Universidade de Coimbra Director: Professor Doutor Filipe Caseiro Alves Janeiro 2007 1ª linha Doença cardíaca congénita Grandes vasos

Leia mais

Desafios clínicos cardiológicos: Um doente com hipoxémia

Desafios clínicos cardiológicos: Um doente com hipoxémia Desafios clínicos cardiológicos: Um doente com hipoxémia Mariana Faustino 30 de Abril de 2013 Hospital Fernando Fonseca Serviço de Cardiologia Director: Prof. Doutor Victor Gil Caso clínico 75 anos, sexo

Leia mais

AUSCULTAÇÃO CARDÍACA. Estetoscópio de René Laennec. Faculdade de Medicina do Porto Serviço de Fisiologia

AUSCULTAÇÃO CARDÍACA. Estetoscópio de René Laennec. Faculdade de Medicina do Porto Serviço de Fisiologia Faculdade de Medicina do Porto Serviço de Fisiologia AUSCULTAÇÃO CARDÍACA Estetoscópio de René Laennec Fotografia do Estetoscópio de Laennec existente no Museu Massimiano Lemos da FMUP 1 Estetoscópio Etimologia:

Leia mais

19/11/2015 (quinta-feira)

19/11/2015 (quinta-feira) 19/11/2015 (quinta-feira) 08:00-08:30 Abertura do Encontro 08:30-09:00 Aplicação da Telemedicina no Escore de Derivação de Cardiopatias Fetais 09:00-09:30 Cavidades Cardíacas Assimétricas na Vida Fetal

Leia mais

Correção dos Aneurismas da Aorta Torácica e Toracoabdominal - Técnica de Canulação Central

Correção dos Aneurismas da Aorta Torácica e Toracoabdominal - Técnica de Canulação Central Correção dos Aneurismas da Aorta Torácica e Toracoabdominal - Técnica de Canulação Central Salomón S. O. Rojas, Januário M. de Souza, Viviane C. Veiga, Marcos F. Berlinck, Reinaldo W. Vieira, Domingo M.

Leia mais

Cardiologia. Prof. Claudia Witzel

Cardiologia. Prof. Claudia Witzel Cardiologia Introdução Disfunções circulatórias levam as pessoas a adoecerem. Origem congênita ( já nasce com a doença, como a deficiência na formação de válvulas cardíacas) Origem infecciosa ( bactérias

Leia mais

DOENÇAS GRAVES 1. OBJETIVO DA COBERTURA

DOENÇAS GRAVES 1. OBJETIVO DA COBERTURA DOENÇAS GRAVES 1. OBJETIVO DA COBERTURA Mediante a contratação da presente cobertura, a Seguradora obriga-se a garantir o pagamento ao Segurado de uma indenização no valor estabelecido na especificação

Leia mais

FISIOTERAPIA NAS DISFUNÇÕES CARDIOVASCULARES

FISIOTERAPIA NAS DISFUNÇÕES CARDIOVASCULARES FISIOTERAPIA NAS DISFUNÇÕES CARDIOVASCULARES 6º período 40 h/semestre 2 h/a semana 2ª feira 20h20 às 22h EMENTA A disciplina constitui-se em introduzir, fundamentar e desenvolver conhecimentos fisiopatológicos,

Leia mais

Faculdade Campo Limpo Paulista. Pós-Graduação Lato Sensu. Enfermagem em Cardiologia

Faculdade Campo Limpo Paulista. Pós-Graduação Lato Sensu. Enfermagem em Cardiologia 1 Faculdade Campo Limpo Paulista Pós-Graduação Lato Sensu Enfermagem em Cardiologia 2 Sumário: 1. Público Alvo...3 2. Vagas e Quantidade Mínima de Inscritos...3 3. Duração...3 4. Modalidade de Oferecimento...3

Leia mais

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Início 28 de Fevereiro

Leia mais

Centro Hospitalar de Hospital São João, EPE. João Rocha Neves Faculdade de Medicina da UP CH - Hospital São João EPE

Centro Hospitalar de Hospital São João, EPE. João Rocha Neves Faculdade de Medicina da UP CH - Hospital São João EPE Centro Hospitalar de Hospital São João, EPE João Rocha Neves Faculdade de Medicina da UP CH - Hospital São João EPE Doença carotídea Doença arterial periférica Isquemia aguda Estenose da artéria renal

Leia mais

Respostas cardiovasculares ao esforço físico

Respostas cardiovasculares ao esforço físico Respostas cardiovasculares ao esforço físico Prof. Gabriel Dias Rodrigues Doutorando em Fisiologia UFF Laboratório de Fisiologia do Exercício Experimental e Aplicada Objetivos da aula 1. Fornecer uma visão

Leia mais

ARTERIAL PULMONAR XXXIV CONGRESSO DA SBHCI Roberto Max Lopes Belo Horizonte MG

ARTERIAL PULMONAR XXXIV CONGRESSO DA SBHCI Roberto Max Lopes Belo Horizonte MG CATETERISMO CARDÍACO NO MANEJO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONAR XXXIV CONGRESSO DA SBHCI 2012 Roberto Max Lopes Belo Horizonte MG Hipertensão pulmonar HP é um estado patofisiológico e hemodinâmico caracterizado

Leia mais

VIII Curso Básico de Ecocardiografia Transesofágica no Intraoperatório MÓDULO I. Sociedade Brasileira de Anestesiologia/SBA Objetivo do Módulo I

VIII Curso Básico de Ecocardiografia Transesofágica no Intraoperatório MÓDULO I. Sociedade Brasileira de Anestesiologia/SBA Objetivo do Módulo I MÓDULO I Sociedade Brasileira de Anestesiologia/SBA Objetivo do Módulo I Este programa tem como objetivo, definir os princípios e aplicações do ETI. Este curso será composto por aulas expositivas, casos

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CARDIOLOGIA

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CARDIOLOGIA 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CARDIOLOGIA 21. Homem de 28 anos de idade, natural da zona rural da Bahia, iniciou quadro de palpitações, tendo procurado atendimento ambulatorial, quando foi identificado

Leia mais

Prova de Título de Especialista em Fisioterapia Respiratória

Prova de Título de Especialista em Fisioterapia Respiratória Prova de Título de Especialista em Fisioterapia Respiratória 1. Anatomia e fisiologia do sistema cardiorrespiratório Egan. 1 ed. São Paulo: Manole, 2000. (Seção 3, caps.7 e 8) WEST, J.B. Fisiologia respiratória

Leia mais

ANTECEDENTES CLÍNICOS DOS PACIENTES SUBMETIDOS À ANGIOPLASTIA CORONARIANA

ANTECEDENTES CLÍNICOS DOS PACIENTES SUBMETIDOS À ANGIOPLASTIA CORONARIANA 26 a 29 de outubro de 2010 ISBN 978-85-61091-69-9 ANTECEDENTES CLÍNICOS DOS PACIENTES SUBMETIDOS À ANGIOPLASTIA CORONARIANA Gisele Escudeiro 1 ; Wilian Augusto Mello 2 RESUMO: A doença arterial coronariana

Leia mais

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA COM FUNÇÃO VENTRICULAR PRESERVADA. Dr. José Maria Peixoto

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA COM FUNÇÃO VENTRICULAR PRESERVADA. Dr. José Maria Peixoto INSUFICIÊNCIA CARDÍACA COM FUNÇÃO VENTRICULAR PRESERVADA Dr. José Maria Peixoto Introdução A síndrome da IC poder ocorrer na presença da função ventricular preservada ou não. Cerca de 20% a 50 % dos pacientes

Leia mais

HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016

HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016 HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Início 2 de Fevereiro

Leia mais

Avaliação inicial da criança com suspeita de cardiopatia. Prof. Dr. Rossano César Bonatto Disciplina de Cardiologia Pediátrica - FMB - UNESP

Avaliação inicial da criança com suspeita de cardiopatia. Prof. Dr. Rossano César Bonatto Disciplina de Cardiologia Pediátrica - FMB - UNESP Avaliação inicial da criança com suspeita de cardiopatia Prof. Dr. Rossano César Bonatto Disciplina de Cardiologia Pediátrica - FMB - UNESP Introdução Malformações cardíacas Suspeita de cardiopatia Responsáveis

Leia mais

HIPERTENSÃO ARTERIAL

HIPERTENSÃO ARTERIAL HIPERTENSÃO ARTERIAL HIPERTENSÃO ARTERIAL A pressão arterial VARIA de batimento a batimento do coração, ajustando-se às atividades desenvolvidas ao longo do dia. Tais variações são fisiológicas e imperceptíveis,

Leia mais

Hospital Distrital da Figueira da Foz, EPE

Hospital Distrital da Figueira da Foz, EPE Histórico do rating Hospital Distrital da Figueira da Foz, EPE Dimensão Excelência Clínica Set 2010 Jan Jul Ago Abr 2015 22/02/2016 01/08/2016 Área de Ortopedia Artroplastias da Anca e Joelho e Fraturas

Leia mais

Cardiologia CADERNO DO PROGRAMA

Cardiologia CADERNO DO PROGRAMA RESIDÊNCIA MÉDICA Cardiologia CADERNO DO PROGRAMA Reprodução autorizada pelo autor somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino, não sendo autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos.

Leia mais

Cuidados da prescrição da fisioterapia em pacientes cardiopatas. João Carlos Moreno de Azevedo

Cuidados da prescrição da fisioterapia em pacientes cardiopatas. João Carlos Moreno de Azevedo Cuidados da prescrição da fisioterapia em pacientes cardiopatas. João Carlos Moreno de Azevedo Tipos: Cardiopatias Isquêmicas Cardiopatias Valvulares Cardiomiopatias Dilatadas Anamnese Queixa Principal

Leia mais

2. HIPERTENSÃO ARTERIAL

2. HIPERTENSÃO ARTERIAL TESTE ERGOMETRICO O teste ergométrico serve para a avaliação ampla do funcionamento cardiovascular, quando submetido a esforço físico gradualmente crescente, em esteira rolante. São observados os sintomas,

Leia mais

FAMERV Faculdade de Medicina de Rio Verde Fazenda Fontes do Saber Campus Universitário Rio Verde - Goiás

FAMERV Faculdade de Medicina de Rio Verde Fazenda Fontes do Saber Campus Universitário Rio Verde - Goiás FAMERV Faculdade de Medicina de Rio Verde Fazenda Fontes do Saber Campus Universitário Rio Verde - Goiás Fone: (64) 3321-2439 (64)3321-2440 e-mail: medicina@fesurv.br PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina:

Leia mais

Sessão Interativa. Atualizações do Protocolo de Dor Torácica

Sessão Interativa. Atualizações do Protocolo de Dor Torácica Sessão Interativa Atualizações do Protocolo de Dor Torácica Paciente J.D.M., masculino, 57 anos, deu entrada no Pronto Atendimento com queixa de dor torácica com irradiação para braço esquerdo e mandíbula,

Leia mais

INFORMAÇÃO PESSOAL FIRMINO, Cristiana Isabel da Cruz Furtado. Desde Setembro de 2015 (presente):

INFORMAÇÃO PESSOAL FIRMINO, Cristiana Isabel da Cruz Furtado. Desde Setembro de 2015 (presente): MODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Correio electrónico Nacionalidade FIRMINO, Cristiana Isabel da Cruz Furtado c.firmino@uatlantica.pt Portuguesa EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Desde

Leia mais

CAPITULOS ESCRITOS EM LIVRO

CAPITULOS ESCRITOS EM LIVRO CAPITULOS ESCRITOS EM LIVRO 1. COMA TRATAMENTO - ED. PRADO, F.C., RAMOS,J., VALLE, J.R. EDITORA ARTES MEDICAS - 1993 - SAO PAULO - PAG. 1110-12 2. MOLESTIA HIPERTENSIVA ESPECIFICA DA GRAVIDEZ ( MHEG )

Leia mais

Secretaria Municipal da Saúde Coordenação de Integração e Regulação do Sistema PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA GRUPO 31

Secretaria Municipal da Saúde Coordenação de Integração e Regulação do Sistema PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA GRUPO 31 PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA GRUPO 31 JULHO 2007 Contra-Indicações absolutas: pacientes portadores de marca-passo cardíacos, clipes de aneurisma cerebral, fragmentos metálicos

Leia mais

28 a 30/11/2013 PROGRAMA PRELIMINAR: 14:00 às 15:30 Mesa p/pacientes: Quem vê cara, não vê coração. A importância do check up cardiovascular.

28 a 30/11/2013 PROGRAMA PRELIMINAR: 14:00 às 15:30 Mesa p/pacientes: Quem vê cara, não vê coração. A importância do check up cardiovascular. Quinta-feira, 28/11/13 (Programação conjunta para todas as especialidades) 28 a 30/11/2013 PROGRAMA PRELIMINAR: 14:00 às 15:30 Mesa p/pacientes: Quem vê cara, não vê coração. A importância do check up

Leia mais

DOR TORÁCICA AGUDA / PROTOCOLO PS - HUOP

DOR TORÁCICA AGUDA / PROTOCOLO PS - HUOP DOR TORÁCICA AGUDA / PROTOCOLO PS - HUOP Erwin Soliva Junior Diego Henrique Andrade de Oliveira Fernando Spencer Netto - A queixa de dor torácica na sala de emergência representa um grande desafio para

Leia mais

CH Setúbal, EPE - Hospital de S. Bernardo

CH Setúbal, EPE - Hospital de S. Bernardo Histórico do rating CH Setúbal, EPE - Hospital de S. Bernardo Dimensão Excelência Clínica Área de Ortopedia Artroplastias da Anca e Joelho e Fraturas proximais do fémur Alteração de apresentação da área

Leia mais

CARDIOLOGIA ÁREAS DE ATUAÇÃO PROGRAMA: ELETROFISIOLOGIA CLÍNICA INVASIVA (CÓD. 1717)

CARDIOLOGIA ÁREAS DE ATUAÇÃO PROGRAMA: ELETROFISIOLOGIA CLÍNICA INVASIVA (CÓD. 1717) CONFIRA O SEU CADERNO SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO 01. Este caderno de provas contém 35 questões de múltipla escolha com 5 alternativas dispostas em ordem numérica, com

Leia mais

TROMBOEMBOLISMO PULMONAR EMERGÊNCIAS AÓRTICAS. Leonardo Oliveira Moura

TROMBOEMBOLISMO PULMONAR EMERGÊNCIAS AÓRTICAS. Leonardo Oliveira Moura TROMBOEMBOLISMO PULMONAR EMERGÊNCIAS AÓRTICAS Leonardo Oliveira Moura Dissecção da Aorta Emergência aórtica mais comum Pode ser aguda ou crônica, quando os sintomas duram mais que 2 semanas Cerca de 75%

Leia mais

COORDENADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR

COORDENADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR PROCAPE / - CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA ANO: 0 HORÁRIO: 07:30 HS. ( em ponto) COORNADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR 07.0 ª A ANAMNESE EM CARDIOLOGIA SINTOMAS Dr.Luiz

Leia mais

Desmistificando a ecocardiografia

Desmistificando a ecocardiografia Desmistificando a ecocardiografia O que fazer quando o ecocardiograma diz que o meu doente tem um achado cujo significado desconheço? - setembro de 2016 - Liliana Marta Serviço de Cardiologia, Hospital

Leia mais

Solicitações de exames cardiológicos não invasivos: necessidades de saúde ou medicina defensiva?

Solicitações de exames cardiológicos não invasivos: necessidades de saúde ou medicina defensiva? 12º Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade Belém PA Solicitações de exames cardiológicos não invasivos: necessidades de saúde ou medicina defensiva? Dr. Roberto Morán Médico de Família

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Prof. Jair

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Prof. Jair SISTEMA CARDIOVASCULAR Prof. Jair FUNÇÕES Transporte de gases dos pulmões aos tecidos e dos tecidos aos pulmões Transporte dos nutrientes das vias digestivas aos tecidos Transporte de toxinas Distribuição

Leia mais

Curso Preparatório para Concursos- Enfermeiro 2012 Infarto Agudo do Miocárdio

Curso Preparatório para Concursos- Enfermeiro 2012 Infarto Agudo do Miocárdio Curso Preparatório para Concursos- Enfermeiro 2012 Infarto Agudo do Miocárdio Prof. Fernando Ramos-Msc IAM: definição É a necrose da célula miocárdica resultante da oferta inadequada de oxigênio ao músculo

Leia mais

Sistema Cardiovascular. Prof. Dr. Leonardo Crema

Sistema Cardiovascular. Prof. Dr. Leonardo Crema Sistema Cardiovascular Prof. Dr. Leonardo Crema Visão Geral do Sistema Circulatório: A função da circulação é atender as necessidades dos tecidos. Sistema Circulartório= Sistema Cardiovascular É uma série

Leia mais

As principais valvulopatias cardíacas cirúrgicas são representadas principalmente pelas alterações patológicas das válvulas Mitral, Tricúspide e

As principais valvulopatias cardíacas cirúrgicas são representadas principalmente pelas alterações patológicas das válvulas Mitral, Tricúspide e Valvulopatias Cardíacas I Visão cirúrgica Valvulopatias Mitrais As principais valvulopatias cardíacas cirúrgicas são representadas principalmente pelas alterações patológicas das válvulas Mitral, Tricúspide

Leia mais

Licenciada em Medicina y Cirurgía pela Universidade de Santiago de Compostela (USC)

Licenciada em Medicina y Cirurgía pela Universidade de Santiago de Compostela (USC) Pilar Barral, Dr.ª Formação Académica Licenciada em Medicina y Cirurgía pela Universidade de Santiago de Compostela (USC) Formação Especializada 2010: Médico especialista em Medicina Interna. Experiência

Leia mais

Utilização de diretrizes clínicas e resultados na atenção básica b

Utilização de diretrizes clínicas e resultados na atenção básica b Utilização de diretrizes clínicas e resultados na atenção básica b à hipertensão arterial Construindo Estratégias e Avaliando a Implementação de Diretrizes Clínicas no SUS Edital 37/2004 CNPq ENSP/FIOCRUZ

Leia mais

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPOS GURUJÁ. Intervenção Fisioterapêutica na Cardiopatia Congênita

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPOS GURUJÁ. Intervenção Fisioterapêutica na Cardiopatia Congênita SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPOS GURUJÁ Intervenção Fisioterapêutica na Cardiopatia Congênita Elaine de Fátima da Silva Graduando do curso de fisioterapia UNAERP

Leia mais

Como abordar um cardiopata

Como abordar um cardiopata Como abordar um cardiopata Ivan C. Barros Pedro Gemal DESAFIO!!??????? Considerações gerais Doença mais prevalente dos países industrializados 35% de todas as mortes 1 milhão de mortes por ano 25% súbitas

Leia mais

BIOFÍSICA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR

BIOFÍSICA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL Curso de Medicina Veterinária Disciplina de Biofísica BIOFÍSICA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR Prof. MSc.

Leia mais

Sumário. 1. Visão geral da enfermagem materna Famílias e comunidades Investigação de saúde do paciente recém nascido...

Sumário. 1. Visão geral da enfermagem materna Famílias e comunidades Investigação de saúde do paciente recém nascido... Sumário Parte I Papéis e relacionamentos 1. Visão geral da enfermagem materna...23 O processo de enfermagem...25 Planejamento familiar...26 Gestação na infância ou na adolescência...26 Gestação após os

Leia mais

AFECÇÕES CARDIOVASCULARES

AFECÇÕES CARDIOVASCULARES AFECÇÕES CARDIOVASCULARES Enf. Alberto César ARTERIOSCLEROSE X ATEROSCLEROSE MÓDULO 06 - CARDIOLOGIA CLÍNICA 1 ARTERIOSCLEROSE A arteriosclerose é uma doença da parede arterial que perde a elasticidade

Leia mais

OBS: o sangue (tecido sanguíneo) é o líquido impulsionado por este sistema.

OBS: o sangue (tecido sanguíneo) é o líquido impulsionado por este sistema. Coração ( bomba ); Vasos sanguíneos ( tubos ); OBS: o sangue (tecido sanguíneo) é o líquido impulsionado por este sistema. Transporte de substâncias (O 2, CO 2, nutrientes, hormônios, metabólitos, etc.);

Leia mais

ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO CARDIOVASCULAR

ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO CARDIOVASCULAR ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO CARDIOVASCULAR Março de 2016 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DADOS EPIDEMIOLÓGICOS... 3 3. ESTRATIFICAÇÃO INDIVIDUAL DE RISCO CARDIOVASCULAR... 4 4. CALCULE O SEU RISCO E DE SEUS

Leia mais

CATETERISMO CARDÍACO. Prof. Claudia Witzel

CATETERISMO CARDÍACO. Prof. Claudia Witzel CATETERISMO CARDÍACO CATETERISMO CARDÍACO Método diagnóstico invasivo É avaliada a presença ou não de estreitamentos nas artérias coronárias secundário às "placas de gordura" além do funcionamento das

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃOPAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA

UNIVERSIDADE DE SÃOPAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA UNIVERSIDADE DE SÃOPAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA RFI-5776 Controle das Funções Neurovegetativas e Endócrinas PRÁTICA CIRCULAÇÃO E HEMODINÂMICA I. Pressões Cardíacas

Leia mais

Bombear e forçar o sangue através dos vasos sanguíneos do corpo, fornecendo a cada célula do corpo nutrientes e oxigénio.

Bombear e forçar o sangue através dos vasos sanguíneos do corpo, fornecendo a cada célula do corpo nutrientes e oxigénio. Função : Bombear e forçar o sangue através dos vasos sanguíneos do corpo, fornecendo a cada célula do corpo nutrientes e oxigénio. Dimensão, forma e localização: Tamanho de um punho fechado; Forma de um

Leia mais

Aterosclerose. Aterosclerose

Aterosclerose. Aterosclerose ATEROSCLEROSE TROMBOSE EMBOLIA Disciplinas ERM 0207/0212 Patologia Aplicada à Enfermagem Profa. Dra. Milena Flória-Santos Aterosclerose Departamento de Enfermagem Materno-Infantil e Saúde Pública Escola

Leia mais

Identificação: Mulher, 68 anos, caucasiana, casada, do lar, natural e residente de Campos dos Goytacazes.

Identificação: Mulher, 68 anos, caucasiana, casada, do lar, natural e residente de Campos dos Goytacazes. Serviço e Disciplina de Clínica Médica Sessão Clínica- 08/08/2016 Auditório Honor de Lemos Sobral- Hospital Escola Álvaro Alvim Orientador: Dra. Mirelli Defanti Relatora: Beatriz Assed Estefan Mósso Vieira

Leia mais

Sistema Circulatório. Aparelho Circulatório Aparelho cárdio-vascular. Sistema Vascular Sistema Cárdio-Vascular. Angiologia

Sistema Circulatório. Aparelho Circulatório Aparelho cárdio-vascular. Sistema Vascular Sistema Cárdio-Vascular. Angiologia Sistema Circulatório Aparelho Circulatório Aparelho cárdio-vascular Sistema Vascular Sistema Cárdio-Vascular Angiologia Sistema Circulatório Funções Meio de transporte Ligação metabólica entre diferentes

Leia mais

PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 TÍTULO

PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 TÍTULO 1 PÔSTERES DIA 13/11/2015-08:00 ÀS 12:00 A CIRCULAÇÃO EXTRACORPOREA NA CIRURGIA CARDÍACA BRASILEIRA: HISTÓRICO, AVANÇOS E DESAFIOS. 2 A DISSECÇÃO AÓRTICA E O TRATAMENTO ENDOVASCULAR 3 A IMPORTÂNCIA DA

Leia mais

REVASCULARIZAÇÃO FEMORO POPLITEA: COD Revascularização de Tronco Supra Aórtico

REVASCULARIZAÇÃO FEMORO POPLITEA: COD Revascularização de Tronco Supra Aórtico 2ª edição - 2015 REVASCULARIZAÇÃO DE TRONCO SUPRA AÓRTICO: R$5.500,00 REVASCULARIZAÇÃO AORTO BI ILÍACA: R$ 5.115,00 COD. 30906237 - Revascularização Aorto Bi Ilica REVASCULARIZAÇÃO AORTO ILÍACA: COD. 30906253

Leia mais

RESULTADOS DOS TEMAS LIVRES CARDIO PERNAMBUCO 2016 APRESENTAÇÃO PÔSTER

RESULTADOS DOS TEMAS LIVRES CARDIO PERNAMBUCO 2016 APRESENTAÇÃO PÔSTER RESULTADOS DOS TEMAS LIVRES CARDIO PERNAMBUCO 2016 APRESENTAÇÃO PÔSTER ID TÍTULO Relação entre manifestação de doença aterosclerótica e índice tornozelo-braquial 44429 alterado em população com hipertensão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA TELEDIAGNÓSTICO (TELE-ECG)

TERMO DE REFERÊNCIA PARA TELEDIAGNÓSTICO (TELE-ECG) TERMO DE REFERÊNCIA PARA TELEDIAGNÓSTICO (TELE-ECG) 1. Objeto Aquisição de unidades de eletrocardiógrafo digital, em especial os requisitos abaixo. 2. Justificativa Os equipamentos sugeridos serão utilizados

Leia mais

DSTC DEFINITIVE SURGICAL TRAUMA CARE COURSE CUIDADOS DEFINITIVOS NA CIRURGIA DE TRAUMA

DSTC DEFINITIVE SURGICAL TRAUMA CARE COURSE CUIDADOS DEFINITIVOS NA CIRURGIA DE TRAUMA DSTC DEFINITIVE SURGICAL TRAUMA CARE COURSE CUIDADOS DEFINITIVOS NA CIRURGIA DE TRAUMA Course Director Carlos Mesquita International Course Faculty Carlos Mesquita Sandro Rizoli Local Course Faculty Tércio

Leia mais

Boletim Científico SBCCV

Boletim Científico SBCCV 1 2 Boletim Científico SBCCV 3 2014 Resultados de 1 ano do estudo ADSORB avaliam o remodelamento aórtico após implante de endoprótese (TEVAR), em casos de dissecção não complicada tipo B. Endovascular

Leia mais

Ariadne Basseti Soares Hilel

Ariadne Basseti Soares Hilel Ariadne Basseti Soares Hilel I IDENTIFICAÇÃO Nome: Ariadne Bassetti Soares Hilel Nasc: 23/03/1961 Sta. Tereza ES Graduação: Universidade Federal do Esp. Santo Vitória Setembro/1985 CRM: 3463 ES Identidade:

Leia mais

Certificação Joint Commission no Programa de Dor Torácica.

Certificação Joint Commission no Programa de Dor Torácica. Certificação Joint Commission no Programa de Dor Torácica. Enf. Ana Paula de Mattos Coelho Hemodinâmica - Hospital TotalCor E-mail: acoelho@totalcor.com.br Joint Commission Acreditação do atendimento hospitalar;

Leia mais

Profile of Patients Undergoing Percutaneous Coronary Intervention in the Hemodynamics Service of University Hospital South Fluminense, Vassouras - RJ

Profile of Patients Undergoing Percutaneous Coronary Intervention in the Hemodynamics Service of University Hospital South Fluminense, Vassouras - RJ Perfil dos Pacientes Submetidos à Intervenção Coronariana Percutânea no Serviço de Hemodinâmica do Hospital Universitário Sul Fluminense, Vassouras - RJ Alan Marcelo Oliveira São Leão Discente do curso

Leia mais

Domingo, 20 de Setembro de 2015

Domingo, 20 de Setembro de 2015 Domingo, 20 de Setembro de 2015 (18984) Sessão Especial Sessão Especial Auditório 1 (Capacidade 500) 08:30 10:00 Abordagem de Indivíduos Saudáveis: A Saga Continua 08:30 08:45 Programas de Rastreamento

Leia mais

Índice Remissivo do Volume 106

Índice Remissivo do Volume 106 Por assunto Palavra-chave Nome e página do artigo A Ablação por Cateter Ablação da Fibrilação Atrial na Atualidade, 354 Acidente Vascular Cerebral Fatores na Decisão entre os Novos e os Tradicionais, 1

Leia mais

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida Colesterol O que é Isso? X O que é o Colesterol? Colesterol é uma gordura encontrada apenas nos animais Importante para a vida: Estrutura do corpo humano (células) Crescimento Reprodução Produção de vit

Leia mais

Turmas 1 e 2 2T Aula introdutória. 13:30 às 15:10 29/02/2012 Prático: Turmas 1 e 2 2P Organização de grupos para seminários

Turmas 1 e 2 2T Aula introdutória. 13:30 às 15:10 29/02/2012 Prático: Turmas 1 e 2 2P Organização de grupos para seminários Estrutura e Função de Tecidos e Órgãos II (CBI 706) Cronograma do módulo Fisiologia do Sistema Cardiovascular Medicina 2012 Prof. Dr. Mauro César Isoldi Primeira semana 2T Aula introdutória 29/02/2012

Leia mais

Programação Preliminar do 71º Congresso Brasileiro de Cardiologia

Programação Preliminar do 71º Congresso Brasileiro de Cardiologia Programação Preliminar do 71º Congresso Brasileiro de Cardiologia Sábado, 24 de Setembro de 2016 Auditório 01 (Capacidade 250) (21377) Mesa Redonda Cardiologia Clínica, Anticoagulação e Trombose, Cirurgia

Leia mais

41 ANOS DE EXISTÊNCIA. 942 Médicos Cooperados 71 mil clientes. 1ª Sede Praça Carlos de Campos

41 ANOS DE EXISTÊNCIA. 942 Médicos Cooperados 71 mil clientes. 1ª Sede Praça Carlos de Campos 41 ANOS DE EXISTÊNCIA 942 Médicos Cooperados 71 mil clientes 1ª Sede Praça Carlos de Campos UNIDADES DE NEGÓCIOS PROGRAMA DR. SAUDÁVEL EQUIPE MEDICINA PREVENTIVA 04 Cooperados Coordenador Médico Supervisor

Leia mais

SEÇÃO 1 IMPORTÂNCIA DO ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL E DE SUA PREVENÇÃO

SEÇÃO 1 IMPORTÂNCIA DO ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL E DE SUA PREVENÇÃO SEÇÃO 1 Capítulo 1 IMPORTÂNCIA DO ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL E DE SUA PREVENÇÃO 1 Epidemiologia da prevenção do acidente vascular cerebral e urgência do tratamento 2 Introdução / 2 Incidência e prevalência

Leia mais

Acidente Vascular Cerebral. Prof. Gustavo Emídio dos Santos

Acidente Vascular Cerebral. Prof. Gustavo Emídio dos Santos Acidente Vascular Cerebral Prof. Gustavo Emídio dos Santos Qual a melhor nomenclatura? Acidente Vascular Cerebral ou Acidente Vascular Encefálico? AVC Grupo de doenças com início abrupto que provocam danos

Leia mais

ESTUDO DO PERFIL LIPÍDICO DE INDIVÍDUOS DO MUNICÍPIO DE MIRANDOPOLIS/SP

ESTUDO DO PERFIL LIPÍDICO DE INDIVÍDUOS DO MUNICÍPIO DE MIRANDOPOLIS/SP PALAVRAS-CHAVE Lipídios, Dislipidemias, Lipidograma CONEXÃO ESTUDO DO PERFIL LIPÍDICO DE INDIVÍDUOS DO MUNICÍPIO DE MIRANDOPOLIS/SP Alyne Maia Silva 1 Jéssica Fontoura Junqueira 1 Tatiane Kelly Correa

Leia mais

Transporte de nutrientes e oxigénio até às células

Transporte de nutrientes e oxigénio até às células Transporte de nutrientes e oxigénio até às células Sistema Circulatório Apresentação feita por Prof. Mónica Moreira Conceito e função do sistema circulatório O sistema circulatório é responsável pela circulação

Leia mais

Índice de Risco: NÃO FUME: CIGARRO MATA! Valores de referência para Glicemia. Classificação. Glicose (mg/dl)

Índice de Risco: NÃO FUME: CIGARRO MATA! Valores de referência para Glicemia. Classificação. Glicose (mg/dl) Valores de referência para adultos > 20 anos Instituto Nacional de Saúde dos EUA Nível (mg/dl) Lípides e Frações Desejável Limítrofe Elevado Colesterol < 200 200-239 240 LDL-colesterol < 130 130-159 160

Leia mais

Insuficiência Cardíaca Congestiva ICC

Insuficiência Cardíaca Congestiva ICC Insuficiência Cardíaca Congestiva ICC Insuficiência Cardíaca: desempenho do coração inadequado para atender as necessidades metabólicas periféricas, no esforço ou no repouso, o coração torna-se incapaz

Leia mais

Plano de ensino. 1) Identificação Curso

Plano de ensino. 1) Identificação Curso Plano de ensino 1) Identificação Curso Nutrição Disciplina Fisiopatologia e Dietoterapia II Carga horária 136h Semestre letivo 1 /2012 Professores Cristina M. Bragança de Moraes (Anne y Castro) e Thiago

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ALCIDES CARNEIRO DIA - 20/12/2009 CARGO: CARDIOLOGISTA PEDIÁTRICO C O N C U R S O P Ú B L I C O - H U A C / 2 0 0 9 Comissão

Leia mais

Reconhecendo a criança cardiopata. Ney Boa Sorte

Reconhecendo a criança cardiopata. Ney Boa Sorte Reconhecendo a criança cardiopata Ney Boa Sorte Reconhecendo a criança cardiopata Este bebê nasceu há 7 dias, de parto natural, e é o 3 o filho da dona Maria das Graças. Pesou 3,200 gramas e mediu 49 centímetros.

Leia mais