DOUTRINA BATISTA LIVRE. Lição Doze: O que Cremos Sobre a Escatologia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DOUTRINA BATISTA LIVRE. Lição Doze: O que Cremos Sobre a Escatologia"

Transcrição

1 DOUTRINA BATISTA LIVRE Robert E. Picirilli 1 Lição Doze: O que Cremos Sobre a Escatologia Nesta última lição de nosso estudo, mudamos de eclesiologia (a doutrina da igreja) para escatologia, a doutrina das últimas coisas ou do futuro. Os últimos quatro capítulos do Manual tratam brevemente destas questões. Alguns dizem respeito à escatologia individual: morte, ressurreição, julgamento e retribuição. Um deles diz respeito à escatologia histórica: a Segunda vinda de Cristo no final dos tempos apesar de que alguns aspectos dos outros três também estão envolvidos nos acontecimentos ligados ao retorno de Cristo. Vou tratar com estes quatro capítulos, mas fora da ordem em que aparecem no Manual, tratando primeiramente com os três relacionados à escatologia individual e, por último, a Segunda Vinda de Cristo. I. A morte CAPÍTULO XIX: A MORTE Como resultado do pecado, toda a humanidade ficou sujeita à morte do corpo. A alma não morre com o corpo, mas, imediatamente após a morte física, entra em um estado consciente de felicidade ou desgraça, em conformidade com o caráter possuído nesta vida. Não me parece necessário entrar em muito detalhe na análise desta afirmação. Vou escolher dois pontos para reforçar. A. A morte pessoal, antes do final dos tempos, representa a separação da alma e do corpo. Anteriormente, na lição três, me referi à visão de dicotomia do ser humano (como corpo e alma) em contraste com a visão tricotomista (como corpo, alma e espírito). Não tenho intenção de voltar a esta discussão aqui. Independentemente da posição que se tenha, o Manual se refere à morte do corpo, mas não da alma, usando este último para representar a natureza superior do ser humano, seja chamado de alma ou espírito. 1 Autor: Robert E. Picirilli (PhD) é professor emérito de Welch College (anteriormente Free Will Baptist Bible College), autor de Discipleship: The Expression of Saving Faith (Discipulado: A Expressão da Fé Salvadora),Randall House, 2013; Grace, Faith & Free Will: Contrasting Views of Salvation Calvinism and Arminianism (Graça, Fé e o Livre Arbítrio: Visões Contrastantes da Salvação Calvinismo e Arminianismo), Randall House, 2002), Teacher, Leader, Shepherd: The New Testament Pastor (Professor, Líder e Pastor: o Pastor do Novo Testamento, Randall House, 2007) e Paul, the Apostle (Paulo, o Apóstolo, Moody, 1986). Tradutor: Pastor Kenneth Eagleton, Jr.

2 2 Esta é a morte física. A alma ou espírito (portanto, a natureza superior) vivencia uma continuação da existência consciente. Isto se sucederá seja na felicidade ou na miséria paraíso ou inferno. No entanto, esta não é uma separação eterna. Na ressurreição (veja mais adiante) o corpo voltará a ter vida e será reunido à alma ou espírito. B. Há uma consciência continua e imediata após a morte física. Declaro isto porque há alguns grupos (que não são cristãos bíblicos tradicionais) que creem no que chamam de sono da alma, isto é, a consciência cessa a partir da morte física até à ressurreição. No entanto, Paulo diz que estar ausente do corpo é estar presente com Cristo (2 Co. 5:9) e é nisto que cremos. Muitas vezes se discute sobre se há um corpo temporário durante este estado intermediário entre a morte física e a ressurreição. Alguns teólogos cristãos sugerem que sim, mas é impossível sabe-lo com certeza. Isto está além daquilo que Deus revelou claramente em Sua Palavra. De qualquer forma, com exceção daqueles que estiverem vivos na Segunda Vinda (1 Co. 15:51-52 e 1 Ts. 4:17) todas as pessoas estão destinadas a morrer (Hb. 9:27), deixar o seu corpo se decompor em um túmulo (ou outra forma de dissolução da matéria), enquanto continuam uma existência consciente nos céus ou no inferno. II. A Ressurreição CAPÍTULO XXI: A RESSURREIÇÃO As Escrituras ensinam a ressurreição dos corpos de todos os homens, cada um em sua própria ordem; aqueles que tiverem praticado o bem irão para a ressurreição da vida e aqueles que tiverem praticado o mal, para a ressurreição da condenação. Este capítulo tem consequências tanto para a escatologia individual quanto para a histórica. Visto principalmente como um fato, enfatizamos o aspecto individual: a ressurreição é a reversão da morte para todas as pessoas. Visto pela perspectiva do tempo, enfatizamos o aspecto histórico, visto que a ressurreição (ou as ressurreições, segundo o ponto de vista de alguns) ocorrerá em alguma relação específica com a Segunda Vinda de Cristo. Aqui vou lidar principalmente com as consequências individuais, guardando as consequências que tem para o final dos tempos para a discussão mais adiante sobre a Segunda Vinda.

3 3 Já mencionei que a separação entre corpo e espírito (ou alma) que ocorre na morte não é permanente e nem final. A doutrina da ressurreição individual assegura a ressurreição do corpo e, portanto, a reunificação da pessoa como um todo para uma existência consciente e eterna. A. A cronologia da ressurreição. Há diferentes pontos de vista sobre isto por haver diferentes pontos de vista quanto à cronologia da Segunda Vinda de Cristo. Falarei mais detalhadamente sobre isto mais adiante, mas por enquanto é suficiente observar que a ressurreição (seja de uma só vez ou em fases) ocorrerá ligada à Segunda Vinda e ao final dos tempos. B. A universalidade da ressurreição. Alguns teólogos cristãos falam de uma ressurreição geral. Todos podem concordar com esta terminologia se geral for entendido como universal; isto é, todos serão ressurretos da morte física. Se, no entanto, significar que todos serão ressurretos ao mesmo tempo, nisto não há concordância e será discutido mais adiante no estudo da Segunda Vinda. De qualquer forma, independentemente do tempo da ressurreição, a ensino bíblico é de que todos os seres humanos ressurgirão da morte física. Isto inclui, como deixa claro o Manual, os justos e os ímpios. A frase cada um em sua própria ordem vem de 1Coríntios 15:23. Isto permite (porém não obriga) que a ressurreição dos justos e dos ímpios seja em momentos diferentes. A experiência de todos de ressurreição é uma questão de escatologia individual. O Manual cita com razão as palavras de nosso Senhor em João 5:28-29 que garantem isto. C. A natureza da ressurreição. É uma ressurreição corporal. 1 Coríntios 15:35-50 é o ensino bíblico mais claro sobre o assunto, apesar de que o que é dito ali somente é inteiramente verdadeiro para os que creem. O descrente, apesar de ter seu corpo restaurado à vida e reunido à sua alma ou espírito, não pode esperar a bênção implícita pela descrição desta passagem. Para os que creem, a ressurreição será uma transformação ou metamorfose, representando uma mudança de corrupção para incorruptibilidade, de mortalidade (estar sujeito à morte) para imortalidade, de um corpo natural para um corpo espiritual (mais bem adaptado ao homem espiritual) e da imagem ou semelhança do que é terreno para o que é celestial. Em realidade, seria melhor resumi-lo dizendo que a o corpo ressurreto do cristão será como o corpo ressurreto de Cristo!

4 4 D. A garantia da ressurreição. De acordo com 1 Coríntios 15:22, a ressurreição de Cristo é a garantia da nossa e é, portanto, um fato garantido. III. O Julgamento e a Retribuição CAPÍTULO XXII: O JULGAMENTO E A RETRIBUIÇÃO 1. O Julgamento. Haverá um julgamento, quando o tempo e a provação humana se encerrarão para sempre e, então, todos os homens serão julgados em conformidade com as suas obras. 2. A Retribuição. Imediatamente após o julgamento, os justos entrarão na vida eterna, e os ímpios irão para um estado de punição interminável. Como no capítulo anterior sobre a ressurreição, este capítulo também lida com questões relacionadas às escatologias individual e histórica. Como mero fato (que se aplica ao indivíduo) o julgamento e a retribuição são individuais. Mas quando se considera a cronologia do julgamento e sua consequente retribuição, isto é histórico e está intimamente relacionado à Segunda Vinda de Cristo e ao final dos tempos. Aqui vou tratar principalmente dos aspectos pessoais, deixando os aspectos históricos para a discussão sobre a Segunda Vinda mais adiante. A. A cronologia do julgamento. Como é o caso com a ressurreição, existem também diferentes pontos de vista relacionados com a escatologia histórica, que discutirei mais adiante, mas todos os teólogos cristãos concordam que todos os seres humanos serão julgados. Novamente, julgamento geral pode ser usado como expiação geral, enfatizando sua universalidade. No entanto, alguns usam o termo julgamento geral com o sentido de que todos serão julgados ao mesmo tempo e esta é uma área de desacordo. Outros creem que os justos e os ímpios serão julgados em dois momentos distintos. B. A universalidade do julgamento Como acabamos de ver, tanto os santos quanto os pecadores serão julgados. Discute-se o momento em que este julgamento é realizado, mas este não é o ponto mais importante.

5 5 1. Os cristãos serão julgados por questões que não concernem sua salvação. Isto está associado com o que a Bíblia chama de tribunal de Cristo (2 Co. 5:10 e Rm. 14:10). Este aspecto do julgamento está relacionado às obras e ao serviço. Aparentemente é a isto que se refere 1 Coríntios 3:12-15 quando fala daqueles que são salvos apesar de suas obras serem queimadas. 2. Aparentemente os descrentes também serão julgados por questões que não concernem sua perdição. Em Apocalipse 20:12 parece haver uma diferença entre os livros e outro livro, o Livro da Vida. Este também parece ser um julgamento quanto às obras de acordo com o que estava registrado nos livros. Portanto, o Manual indica que todos serão julgados segundo suas obras. C. Retribuição. Retribuição significa recompensa e segue o julgamento. Novamente, isto diz respeito a todos. Para os justos, há a recompensa da vida eterna. Para os ímpios, a recompensa da punição interminável. Geralmente surgem duas perguntas relacionadas a isto. 1. Há alguma diferença nas recompensas? Não há uma resposta unânime entre os Batistas Livres quanto a isto, mas a ideia de um julgamento de obras parece sugerir que haja uma diferença. Caso contrário, porque haveria um julgamento? Porém, se há uma diferença, não há muita informação bíblica para definir qual seria esta diferença. Quanto aos ímpios, Jesus falou de uma retribuição que seria mais tolerável para alguns do que para outros (Mt. 10:14-15 e 11:20-24), o que sugere diferenças de algum tipo no nível de castigo. Quanto aos justos, Paulo liga seu julgamento e o de outros com a expectativa de que então teremos o louvor que merecemos. Isto já resultaria aparentemente em uma diferença de algum tipo. Além destes indícios, hesito em dizer mais a respeito das diferenças em retribuição que vão além de vida eterna e punição interminável. 2. Tanto o justo quanto o ímpio estão sujeitos à vida ou à punição por toda a eternidade (conforme o caso)? A resposta bíblica é sim e o Manual o reafirma. Ultimamente, alguns que se professam evangélicos em doutrina estão sugerindo que apesar da existência dos salvos ser eterna, a existência dos perdidos não o é. Esta moda não tem sido adotada pelos Batistas Livres que a consideram contrária ao ensino da Bíblia.

6 6 Para os salvos, a vida é eterna. Para os perdidos, a punição é interminável. Estes últimos não vivenciam a vida eterna, mas a morte eterna morte com o sentido de separação de Deus, que é a fonte da vida. A retribuição do perdido é uma eternidade sem esperança em um inferno de fogo. Deve-se notar que não há lugar para um purgatório nesta doutrina ou na Bíblia, da mesma forma que não há lugar para a aniquilação dos ímpios. IV. A Segunda Vinda de Cristo (Escatologia Histórica) CAPÍTULO XX: A SEGUNDA VINDA DE CRISTO O Senhor Jesus, que ascendeu às alturas e está assentado à direita de Deus, voltará no término da dispensação do evangelho, para glorificar Seus santos e julgar o mundo. A. O fato da vinda de Cristo para trazer um fim a esta era. Estas três verdades tornam o fato certo: 1. O próprio Jesus o prometeu (João 14:1-6). 2. Os anjos o afirmaram (Atos 1:10-11). 3. Os apóstolos o confirmaram em seus escritos (1 Ts. 4:13-18). B. A natureza da vinda de Cristo. Estas verdades descrevem como Ele vai voltar: 1. Ele virá corporalmente. Isto está certamente implícito no que os anjos disseram em Atos 1:10-11: virá do modo como o vistes subir. 2. Ele virá em glória triunfante. Quando Jesus voltar, não será no estado de humilhação que o caracterizou quando estava por aqui antes. Ao contrário, será no estado de glorificação que o caracteriza desde Sua ressurreição e ascensão. A Transfiguração foi um antegosto disto (Marcos 9:2-8 comparar com 2 Pedro 1: Veja também 1 João 3:2).

7 7 C. O propósito da vinda de Cristo. Quero enfatizar três coisas que Jesus vai realizar com o seu retorno: 1. Ele virá ressuscitar os mortos, especialmente os que creem (1 Ts. 4:13-18). 2. Ele virá redimir o mundo; isto é, completar a obra de redenção que Ele iniciou durante o período de sua humilhação, especialmente na cruz. Romanos 8:18-23 deixa claro que mesmo o universo físico aguarda ansiosamente a redenção. 3. Ele virá receber os Seus para junto de Si e do Pai (João 14:1-6). D. A cronologia da vinda de Cristo em relação aos outros eventos escatológicos. Não há posição oficial ou unânime entre os Batistas Livres quanto à questão da cronologia da vinda de Cristo. Todos concordam que Ele virá pessoal e corporalmente e em glória. Todos concordam que Sua vinda deve ser considerada iminente (a qualquer momento). Além destas áreas de concordância, há diferentes pontos de vista em nosso meio. Sem tentar tornar um ponto de vista mais atrativo do que o outro, vou definir as várias posições na próxima seção. Pontos de Vista Escatológicos Em Apocalipse 20:1-7 há seis referências a um período de mil anos. Os três principais pontos de vista diferem em como a Segunda Vinda de Cristo se relaciona a este período de mil anos. Mil anos é um milênio, portanto, esta palavra aparece como parte do nome dos três pontos de vista. 1. Amilenismo. Esta palavra significa literalmente não milênio. A posição escatológica defende que não há um milênio futuro que deve ser esperado em conexão com o retorno de Cristo. Os mil anos de Apocalipse 20 seriam uma referência à presente era de pregação do evangelho e da existência da Igreja. Nesta visão, o Reino de Deus não é um reinado de Cristo deste mundo no futuro com um trono literal em Jerusalém após o seu retorno. O Reino de Deus seria uma realidade presente representando o domínio de Deus (ou o Seu reinado) sobre o Seu povo. A paz está nos corações do seu povo. O leão e o cordeiro que deitam juntos (Is. 11:6-9) seria poético ou expressões figurativas de verdades espirituais, da paz dos que são justificados pela fé.

8 8 Consequentemente, de acordo com os amilenistas, quando Jesus voltar e isto pode ser a qualquer momento todos os mortos ressuscitarão e serão julgados na mesma ocasião e depois seguirão para o seu estado eterno. Nota: muitos amilenistas creem que haverá um tempo de tribulação e um anticristo será destruído quando Jesus voltar, seguindo o que diz 2 Tessalonicenses capítulo 2. No entanto, nem todos dão esta ênfase ou explicam a sequência da mesma maneira. 2. Pré-milenismo. Esta palavra significa literalmente antes do milênio. Este ponto de vista defende que Jesus voltará à terra no final desta era e estabelecerá um reinado de mil anos sobre a terra os mil anos de Apocalipse 20. De acordo com este ponto de vista, durante o milênio (reino milenar) haverá paz e justiça mundial e Satanás ficará preso. No final deste período, Satanás será solto e finalmente derrotado. Em seguida haverá o estado eterno descrito em Apocalipse capítulos 21 e 22. Aqueles que defendem este ponto de vista creem que aqueles que morreram previamente como crentes serão ressurretos da morte e se unirão com os crentes vivos que também serão transformados como os que ressuscitaram. Todos estes ficarão diante do trono de Cristo e reinarão com Ele durante o milênio sobre todas as nações que estavam vivas na vinda de Cristo e entraram no reino milenar. Há algumas variedades no pré-milenismo, como era de se esperar. As diferenças estão relacionadas à cronologia da tribulação na terra antes da vinda de Cristo com o estabelecimento do Seu reinado milenar. Farei uma descrição breve: (1) Alguns creem que a Segunda Vinda se dará em duas fases com o arrebatamento descrito em 1 Tessalonicenses 4:13-18 precedendo a chegada de Cristo na terra por um período de anos (geralmente sete) durante o qual há uma grande tribulação na terra. Este ponto de vista é denominado de pré-milenismo pré-tribulacionista. (2) Outros dizem essencialmente a mesma coisa com a diferença de que o arrebatamento ocorre na metade da Grande Tribulação. Este ponto de vista é denominado de pré-milenismo meso-tribulacionista. (3) Outros não separam a Segunda Vinda em duas fases e creem que muitos cristãos estarão na terra durante todo o período da tribulação. Para eles, a cena de 1 Tessalonicenses 4:13-18 é a Segunda Vinda à terra e os santos arrebatados encontrarão com Ele a caminho da terra para estabelecer o Seu reinado milenar. Esta visão é denominada de prémilenismo pós-tribulacionista. Todas as variedades de pré-milenismo ensinam que a ressurreição e o julgamento dos crentes ocorrerá em um tempo diferente daquele dos descrentes.

9 9 3. Pós-milenismo. Esta palavra significa literalmente após o milênio. Este é o ponto de vista de que o milênio se refere a uma era futura (não necessariamente os mil anos exatos e é possível que já tenha se iniciado) de paz e justiça mundial que será introduzida pelo sucesso do evangelho e a eficácia da obra da igreja cristã. Jesus somente virá pessoalmente à terra no final desta era. Algumas observações resumidas: (1) não são muitos os Batistas Livres que creem no pósmilenismo (talvez nenhum); (2) muitos creem no Amilenismo e (3) muitos creem em uma ou outra variedade do pré-milenismo. Poderia se apresentar estas diferenças de outra maneira: (1) alguns (pré-milenistas pré e meso-tribulacionistas, às vezes denominados de pré-milenistas dispensacionalistas ) creem que a Segunda Vinda será em duas fases: o arrebatamento, seguido da Grande Tribulação e depois da revelação de Cristo na terra; (2) outros creem que a Segunda Vinda será em apenas uma fase. Este último grupo inclui os pré-milenistas pós-tribulacionistas, que creem que haverá um reinado milenar de Cristo na terra depois que Ele voltar e antes do estado eterno, e os amilenistas, que creem que o estado eterno segue imediatamente após a Segunda vinda. Talvez seja mais importante apontar para os pontos em que todos concordam: 1. Jesus voltará novamente de forma corporal. 2. Sua vinda deve ser vista como iminente. O Dia do Senhor pode vir logo e sem aviso. Devemos estar sempre preparados. 3. Tanto os cristãos quanto os descrentes (seja ao mesmo tempo ou em momentos separados) serão ressurretos e julgados e em seguida passarão a eternidade no céu ou no inferno. 4. O Reino de Deus é tanto presente quanto futuro e Jesus é o Rei. Este reino existe atualmente com o Seu domínio sobre o Seu povo, reinando em seus corações. O reino espera o seu auge final e permanente que somente acontecerá no final desta era com o retorno de Cristo. 5. O Reino de Deus finalmente irá deslocar todos os reinos desta terra (Daniel 2:44; Apocalipse 11:15). Com tantos pontos de concordância, podemos respeitar os pontos de vista um do outro e enfatizar a necessidade de se estar pronto para a vinda de Cristo. Aquele que tem esta bendita esperança irá se purificar e aguardar ansiosamente pelo dia do Senhor quando Ele endireitará todas as coisas.

A Volta de Jesus Subsídio para a conversa teológica (os livros da IBC estão à disposição para pesquisa) Scanner da matéria A Volta de Cristo da Teologia Sistemática de Wayne Grudem e ao final um esquema

Leia mais

DOUTRINA BATISTA LIVRE

DOUTRINA BATISTA LIVRE DOUTRINA BATISTA LIVRE Robert E. Picirilli 1 Lição Quatro: O Que Cremos Sobre a Pessoa de Cristo CAPÍTULO V: CRISTO SEÇÃO I: Sua Divindade Jesus Cristo, o Filho de Deus, possui todas as divinas perfeições.

Leia mais

A volta de Jesus é iminente, pois pode acontecer a qualquer momento.

A volta de Jesus é iminente, pois pode acontecer a qualquer momento. LIÇÃO 12 - A VOLTA DE JESUS Texto Bíblico: Apocalipse 19.11-16 Objetivos: Compreender as implicações sobre a segunda vinda de Cristo. Resgatar em sua vida cristã a bendita expectativa da volta de Cristo.

Leia mais

A SEGUNDA VOLTA DE CRISTO

A SEGUNDA VOLTA DE CRISTO A SEGUNDA VOLTA DE CRISTO 1 - Só existirá uma nova vinda de Cristo. Esta segunda vinda será um evento pessoal e físico, Jesus voltará fisicamente à terra, a mesma pessoa que deixou os apóstolos na ascensão

Leia mais

SÓ EXISTIRÁ UMA NOVA VINDA DE CRISTO, QUE SERÁ VISÍVEL POR TODA HUMANIDADE

SÓ EXISTIRÁ UMA NOVA VINDA DE CRISTO, QUE SERÁ VISÍVEL POR TODA HUMANIDADE vivendopelapalavra.com Por: Helio Clemente SÓ EXISTIRÁ UMA NOVA VINDA DE CRISTO, QUE SERÁ VISÍVEL POR TODA HUMANIDADE A segunda vinda de Cristo será um evento pessoal e físico, Jesus voltará fisicamente

Leia mais

PANORAMA ESCATOLÓGICO PRÉ-TRIBULACIONISTA INTRODUÇÃO

PANORAMA ESCATOLÓGICO PRÉ-TRIBULACIONISTA INTRODUÇÃO PANORAMA ESCATOLÓGICO PRÉ-TRIBULACIONISTA INTRODUÇÃO DEFININDO ESCATOLOGIA O Estudo das últimas coisas O futuro em termos pessoais e cósmicos Tem a ver com a Igreja Israel as Nações VOCÊ! Temas e Termos

Leia mais

LIÇÃO 3 A SEGUNDA VINDA DE CRISTO O ARREBATAMENTO DA IGREJA. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 3 A SEGUNDA VINDA DE CRISTO O ARREBATAMENTO DA IGREJA. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 3 A SEGUNDA VINDA DE CRISTO O ARREBATAMENTO DA IGREJA Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O ARREBATAMENTO DA IGREJA O arrebatamento da igreja do Senhor Jesus, será o mais extraordinário

Leia mais

Os apóstolos serão juízes sobre as 12 tribos de Israel; Mateus 19:28

Os apóstolos serão juízes sobre as 12 tribos de Israel; Mateus 19:28 12. O Reino milenar de Cristo ( Apocalipse 20:1~10) #112r O cap.20 de Apocalipse que estamos estudando, cita no início e no final os mil anos de duração do período do Milênio, todavia não os descreve;

Leia mais

LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS Prof. Lucas Neto INTRODUÇÃO O FIM DA HUMANIDADE O fim da humanidade na terra será marcada pela gloriosa volta de Jesus e nos desdobramentos dos acontecimentos,

Leia mais

Analisando Daniel 9:25, 26 e 27. Qual o objetivo das Setenta Semanas? Daniel 9:24: "Setenta Semanas são determinadas sobre o teu povo...

Analisando Daniel 9:25, 26 e 27. Qual o objetivo das Setenta Semanas? Daniel 9:24: Setenta Semanas são determinadas sobre o teu povo... Analisando Daniel 9:25, 26 e 27 Qual o objetivo das Setenta Semanas? Daniel 9:24: "Setenta Semanas são determinadas sobre o teu povo..." As semanas são semanas de anos: 1 semana = 7 anos e de acordo com

Leia mais

O 13. Na segunda vinda de Cristo, em

O 13. Na segunda vinda de Cristo, em ( ) O 13. Na segunda vinda de Cristo, em duas fases distintas: a primeira, invisível ao mundo, para arrebatar a Sua Igreja antes da Grande Tribulação; a segunda visível e corporal, com a Sua Igreja glorificada,

Leia mais

autoridade sobre as nações, porque me foram dados e posso dá-los a quem eu quiser (Lc 4.6). Embora Deus seja soberano e Satanás não possa fazer nada

autoridade sobre as nações, porque me foram dados e posso dá-los a quem eu quiser (Lc 4.6). Embora Deus seja soberano e Satanás não possa fazer nada Introdução No cerne da verdade redentora bíblica está a esperança abençoada do glorioso segundo advento pessoal de Jesus Cristo. A salvação tem que ver com a redenção dos homens como indivíduos e como

Leia mais

COMO ENTENDER A DIVISÃO DO LIVRO DE APOCALIPSE

COMO ENTENDER A DIVISÃO DO LIVRO DE APOCALIPSE COMO ENTENDER A DIVISÃO DO LIVRO DE APOCALIPSE A corrente Pós-Milenista Crê que o mundo vai ser cristianizado e que teremos um grande e poderoso reavivamento e o crescimento espantoso da igreja ao ponto

Leia mais

LIÇÃO 13 - O MILÊNIO E A NOVA JERUSALÉM. Texto bíblico: Apocalipse Motivação

LIÇÃO 13 - O MILÊNIO E A NOVA JERUSALÉM. Texto bíblico: Apocalipse Motivação LIÇÃO 13 - O MILÊNIO E A NOVA JERUSALÉM Texto bíblico: Apocalipse 20.1-6 Motivação Esta é a última lição. Com ela encerramos o maior repertório de revelações bíblicas sobre o céu e o final dos tempos.

Leia mais

Bp. Luis Fernando Hammes

Bp. Luis Fernando Hammes Nossa ESCATOLOGIA Bp. Luis Fernando Hammes OBSERVAÇÕES INICIAIS Nossa ESCATOLOGIA 1- Explicações Iniciais 2- Minha admiração pelas interpretações do Livro de Apocalipse e seus significados 3- Nenhuma Escola

Leia mais

Assunto Bodas do cordeiro, julgamento das nações e propósitos do Milênio.

Assunto Bodas do cordeiro, julgamento das nações e propósitos do Milênio. Assunto Bodas do cordeiro, julgamento das nações e propósitos do Milênio. Tendo em vista que já nos foi apresentado o tribunal de CRISTO a primeira fase onde nosso serviço a DEUS e ao próximo será avaliado

Leia mais

História da Igreja. Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017

História da Igreja. Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017 História da Igreja Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017 1. O que é a Igreja? É um edifício construído com pedras vivas. Também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes

Leia mais

LIÇÃO 10 A DIMENSÃO PRESENTE E FUTURA DO REINO. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 10 A DIMENSÃO PRESENTE E FUTURA DO REINO. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 10 A DIMENSÃO PRESENTE E FUTURA DO REINO Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO A DIMENSÃO DO REINO DE DEUS O Reino de Deus é adimensional existindo por si só no plano espiritual e material.

Leia mais

"Bem-Aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição. Sobre eles não tem poder a segunda morte..." - Ap 20.6

Bem-Aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição. Sobre eles não tem poder a segunda morte... - Ap 20.6 "Bem-Aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição. Sobre eles não tem poder a segunda morte..." - Ap 20.6 A ressurreição é uma das doutrinas fundamentais da fé cristã. Como disse Paulo,

Leia mais

Verdades inabaláveis sobre a ressurreição dos salvos

Verdades inabaláveis sobre a ressurreição dos salvos Lição 5 Verdades inabaláveis sobre a ressurreição dos salvos Pr. José Lima IEB Betel Porto Alegre, RS Texto Áureo Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra,

Leia mais

O Reino de Deus. Estudo Bíblico e Sistemático

O Reino de Deus. Estudo Bíblico e Sistemático O Reino de Deus Estudo Bíblico e Sistemático Antigo Testamento Sl 103.19 Deus é visto como o rei da criação, tendo domínio sobre todos os aspectos da criação (inanimados, animados e humanos). Ao criar

Leia mais

Título: DEPOIS DESTAS COISAS Autor: G. H. HAYHOE. Literaturas em formato digital:

Título: DEPOIS DESTAS COISAS Autor: G. H. HAYHOE. Literaturas em formato digital: Título: DEPOIS DESTAS COISAS Autor: G. H. HAYHOE Literaturas em formato digital: www.acervodigitalcristao.com.br Literaturas em formato Impresso: www.verdadesvivas.com.br Evangelho em 03 Minutos: www.3minutos.net

Leia mais

A segunda besta é também conhecido como falso profeta (Ap ;19.20 ; 20.10) a cerca dele podemos dizer:

A segunda besta é também conhecido como falso profeta (Ap ;19.20 ; 20.10) a cerca dele podemos dizer: Estudo Básico escatológico sobre o arrebatamento. Vamos no estudo desta noite dar continuidade a eventos que acontecerão durante o período de tribulação e grande tribulação. Falamos no estudo passado sobre

Leia mais

A CIDADE SANTA DO APOCALIPSE A NOVA JERUSALÉM. vivendopelapalavra.com. Por: Helio Clemente

A CIDADE SANTA DO APOCALIPSE A NOVA JERUSALÉM. vivendopelapalavra.com. Por: Helio Clemente A CIDADE SANTA DO APOCALIPSE A NOVA JERUSALÉM vivendopelapalavra.com Por: Helio Clemente Todos os grandes intérpretes do Apocalipse adotam uma visão paralela das descrições do livro, as sete igrejas, os

Leia mais

Veremos hoje os últimos acontecimentos da escatologia enumerados da seguinte forma: 1)

Veremos hoje os últimos acontecimentos da escatologia enumerados da seguinte forma: 1) 11 Os últimos Acontecimentos Escatológicos Fim do mundo é uma frase muito ouvida em todas as épocas. Sab emos que não passa de uma força de expressão, visto que, na realidade, não existirá o fim do mundo.

Leia mais

DOUTRINA BATISTA LIVRE. Lição Cinco: O Que Cremos Sobre a Obra Redentora de Cristo

DOUTRINA BATISTA LIVRE. Lição Cinco: O Que Cremos Sobre a Obra Redentora de Cristo DOUTRINA BATISTA LIVRE Robert E. Picirilli 1 Lição Cinco: O Que Cremos Sobre a Obra Redentora de Cristo CAPÍTULO VI: A EXPIAÇÃO E A MEDIAÇÃO DE CRISTO 1. A Expiação. Visto que o pecado não pode ser perdoado

Leia mais

OS OFÍCIOS DE CRISTO REI. vivendopelapalavra.com. Por: Helio Clemente. - Rei:

OS OFÍCIOS DE CRISTO REI. vivendopelapalavra.com. Por: Helio Clemente. - Rei: OS OFÍCIOS DE CRISTO REI vivendopelapalavra.com Por: Helio Clemente - Rei: Para se entender a plenitude do reinado de Cristo é de extrema importância que se tenha em mente que este reinado é espiritual.

Leia mais

LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O DIA DO SENHOR EM TODAS AS ÉPOCAS O dia do Senhor representou para Judá e Israel um severo julgamento devido a altivez humana que

Leia mais

MORTE E ETERNIDADE. Estudo Bíblico

MORTE E ETERNIDADE. Estudo Bíblico MORTE E ETERNIDADE Estudo Bíblico Antigo Testamento A questão da morte se apresenta na história da criação do primeiro homem, quando Deus proibiu que Adão comesse da árvore do conhecimento do bem e do

Leia mais

CETAPES ESCATOLOGIA ESCATOLOGIA: A DOUTRINA DA ULTIMAS COISAS. Escatologia significa Doutrina das Últimas Coisas e, portanto, tem

CETAPES ESCATOLOGIA ESCATOLOGIA: A DOUTRINA DA ULTIMAS COISAS. Escatologia significa Doutrina das Últimas Coisas e, portanto, tem ESCATOLOGIA: A DOUTRINA DA ULTIMAS COISAS Escatologia significa Doutrina das Últimas Coisas e, portanto, tem como escopo o estudo das profecias concernentes ao fim desta era e a volta de Cristo. I. A SEGUNDA

Leia mais

Slide 2

Slide 2 ( ) 14. No Juízo Final, onde comparecerão todos os ímpios: desde a Criação até o fim do Milênio; os que morrerem durante o período milenial e os que, ao final desta época, estiverem vivos. E na eternidade

Leia mais

Escrito por Hélio Clemente Seg, 10 de Outubro de :42 - Última atualização Seg, 10 de Outubro de :48

Escrito por Hélio Clemente Seg, 10 de Outubro de :42 - Última atualização Seg, 10 de Outubro de :48 BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTAS 37 e 38 PERGUNTA 37: Quais são as bênçãos que os fiéis recebem de Cristo na hora da morte? R ESPOSTA: As almas dos fiéis, na hora da morte, são aperfeiçoadas em

Leia mais

Lição 12 Preparados para a vinda do Senhor

Lição 12 Preparados para a vinda do Senhor Lição 12 Preparados para a vinda do Senhor Texto bíblico: 1Tessalonicenses 4.13-5.10 Nesta seção da epístola, Paulo escreve sobre a parousia, isto é, a vinda salvífica de Jesus ou sua segunda vinda. O

Leia mais

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes ETERNIDADE Devocional Céus Abertos Pastor Carlito Paes 2 ROTEIRO Eternidade Parte 1 Introdução O inferno realmente existe? Por que o inferno foi criado? Quem irá para o inferno? O que acontece com as pessoas

Leia mais

A esperança segundo a Bíblia. Devocional. Russell Shedd

A esperança segundo a Bíblia. Devocional. Russell Shedd Devocional A esperança segundo a Bíblia A Bíblia inspira esperança. De Gênesis a Apocalipse, há uma corrente animadora de antecipação. A catástrofe no Jardim do Éden provocou a ira de Deus contra os culpados

Leia mais

IBADERJ. Sua Escola Teológica AS 4 ESCOLAS ESCATOLÓGICAS. Germano Soares /tvibaderj

IBADERJ. Sua Escola Teológica AS 4 ESCOLAS ESCATOLÓGICAS. Germano Soares /tvibaderj IBADERJ Sua Escola Teológica /ibaderjoficial @ibaderjoficial /tvibaderj Sua Escola Teológica AS 4 ESCOLAS ESCATOLÓGICAS Germano Soares Silva APRESENTAÇÃO Germano Soares Silva AUTOR: Escritor. Pastor Presidente

Leia mais

LIÇÃO 12 NA VINDA DE JESUS BOA ESPERANÇA. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 12 NA VINDA DE JESUS BOA ESPERANÇA. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 12 NA VINDA DE JESUS BOA ESPERANÇA Prof. A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO EM BREVE CRISTO VOLTARÁ Em breve Cristo vai voltar segundo a sua promessa para buscar a sua fiel igreja. Nesta lição estudaremos

Leia mais

PASSOS PARA A SALVAÇÃO I - OUVIR A PALAVRA DE DEUS - (Rm 10.17)

PASSOS PARA A SALVAÇÃO I - OUVIR A PALAVRA DE DEUS - (Rm 10.17) PASSOS PARA A SALVAÇÃO I - OUVIR A PALAVRA DE DEUS - (Rm 10.17) Para que você possa crer em Jesus você precisa primeiramente ouvir a sua palavra. A própria palavra de Deus é a verdade (Jo 17:17) e esta

Leia mais

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse ESCATOLOGIA BÍBLICA Apocalipse 7.9-17 A visão dos glorificados 9 Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do

Leia mais

ESCATOLOGIA - Doutrina das últimas coisas.

ESCATOLOGIA - Doutrina das últimas coisas. ESCATOLOGIA - Doutrina das últimas coisas. Em relação à volta do Senhor Jesus, a única unanimidade que há entre os teólogos é que ela acontecerá. Nos demais aspectos, são várias correntes defendidas. Cada

Leia mais

A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL

A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL AS SETENTA SEMANAS DE DANIEL Profetizadas há 2600 anos (v. 1) Daniel sabia que o fim do cativeiro estava próximo (v.2 cf. Jr 25.11, 12; 29.10) Daniel entenderia que

Leia mais

Título: O CÂNTICO DOS CÂNTICOS DO NOIVO Autor: C. E. LUNDEN. Literaturas em formato digital:

Título: O CÂNTICO DOS CÂNTICOS DO NOIVO Autor: C. E. LUNDEN. Literaturas em formato digital: Título: O CÂNTICO DOS CÂNTICOS DO NOIVO Autor: C. E. LUNDEN Literaturas em formato digital: www.acervodigitalcristao.com.br Literaturas em formato Impresso: www.verdadesvivas.com.br Evangelho em 03 Minutos:

Leia mais

DOUTRINA BATISTA LIVRE. Lição Um: O Que Cremos Sobre a Bíblia

DOUTRINA BATISTA LIVRE. Lição Um: O Que Cremos Sobre a Bíblia DOUTRINA BATISTA LIVRE Robert E. Picirilli 1 Lição Um: O Que Cremos Sobre a Bíblia CAPÍTULO 1: AS SANTAS ESCRITURAS Compõem-se do Antigo e do Novo Testamentos. Foram escritas por homens santos, inspiradas

Leia mais

IGREJA. Sua Natureza

IGREJA. Sua Natureza IGREJA Sua Natureza A igreja é a comunidade de todos os cristãos de todos os tempos. Wayne Grudem A igreja é o novo Israel de Deus que revela nesse tempo Sua glória Thiessen A igreja é a a assembléia dos

Leia mais

LIÇÃO 12 - A VOLTA DE JESUS. Texto bíblico: Apocalipse Motivação

LIÇÃO 12 - A VOLTA DE JESUS. Texto bíblico: Apocalipse Motivação LIÇÃO 12 - A VOLTA DE JESUS Texto bíblico: Apocalipse 19.11-16 Motivação Quando uma pessoa amada precisa se ausentar por um longo tempo, a ansiedade por sua volta é muito grande. Contamos os dias para

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta CÉU, A BELA CASA DE DEUS

Bíblia para crianças apresenta CÉU, A BELA CASA DE DEUS Bíblia para crianças apresenta CÉU, A BELA CASA DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Lazarus Adaptado por: Sarah S. Traduzido por: Judith Menga Produzido por: Bible for Children www.m1914.org

Leia mais

Textos bíblicos e observações Jörg Garbers - Ms. de Teologia. A volta de Cristo

Textos bíblicos e observações Jörg Garbers - Ms. de Teologia. A volta de Cristo Textos bíblicos e observações Jörg Garbers - Ms. de Teologia A volta de Cristo Introdução A palavra segunda vinda ou volta não ocorre no NT. Parusia: Estar presente / Presença Visita oficial de um príncipe

Leia mais

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ AS PARABOLAS: A OVELHA PERDIDA Volume 14 Escola: Nome: Professor (a): Data: / / EU SOU O BOM PASTOR; O BOM PASTOR DÁ A SUA VIDA PELAS OVELHAS. 11 NUMERE AS OVELHINHAS

Leia mais

Gloria in excelsis Deo - O Cântico dos Anjos

Gloria in excelsis Deo - O Cântico dos Anjos Gloria in excelsis Deo - O Cântico dos Anjos Lucas 2.14 Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens aos quais ele concede o seu favor. O coral dos anjos É pena que não nos impressiona, mas o que

Leia mais

Daniel 9 A PROFECIA DAS 70 SEMANAS DE DANIEL

Daniel 9 A PROFECIA DAS 70 SEMANAS DE DANIEL Daniel 9 A PROFECIA DAS 70 SEMANAS DE DANIEL AS SETENTA SEMANAS DE DANIEL Profetizadas há 2600 anos (v. 1) Daniel sabia que o fim do cativeiro estava próximo (v.2 cf. Jr 25.11, 12; 29.10) Daniel orava

Leia mais

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA INTRODUÇÃO - Concluindo o estudo deste trimestre sobre evangelização, estudaremos a necessária integralidade desta atividade mais importante, da razão de ser da igreja. - A evangelização tem de ser integral.

Leia mais

Importância da Ressurreição de Cristo

Importância da Ressurreição de Cristo Introdução à 22/08/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Importância da Ressurreição de Cristo O que as escrituras afirmam sobre a ressurreição de Cristo? 1. Doutrina fundamental do Cristianismo:

Leia mais

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ Aviso importante! Esta matéria é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DECLARAÇÃO DE FÉ CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DAI-AMTB Departamento de Assuntos Indígenas, Associação de Missões Transculturais Brasileiras Campo Grande, MS: 2016

Leia mais

LIÇÃO 7 A NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 7 A NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 7 A NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO A SALVAÇÃO EM CRISTO JESUS A Salvação é um ato do amor de Deus para com os homens, sendo uma manifestação da sua

Leia mais

Apêndice 2. A Atuação do Homem na Conversão

Apêndice 2. A Atuação do Homem na Conversão 191 Apêndice 2 A Atuação do Homem na Conversão Todos concordam que é necessária uma resposta por parte do homem para que ele receba a graça de Deus. Alguns discordam de que seja necessária uma reposta.

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

Lição 6: O milênio de Apocalipse

Lição 6: O milênio de Apocalipse Lição 6: O milênio de Apocalipse Não vos maravilheis disso, porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a Sua voz. E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os

Leia mais

Lição 7 A graça produz vida nova Texto Bíblico: Romanos

Lição 7 A graça produz vida nova Texto Bíblico: Romanos Lição 7 A graça produz vida nova Texto Bíblico: Romanos 8.1-17 Conheci um delegado em uma cidade no interior de São Paulo que realizou profunda reforma no prédio da delegacia, e para isso teve que transferir

Leia mais

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse ESCATOLOGIA BÍBLICA Apocalipse 12.1-6 Apocalipse 12.1-6 A mulher e o dragão 1 Viu-se grande sinal no céu, a saber, uma mulher vestida do sol com a lua debaixo dos pés e uma coroa de doze estrelas na cabeça,

Leia mais

Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra.

Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra. Pr. Cantoca Carta 1 Pedro Cap 2.1-10 Sermão manhã IBFé 29Nov2015 Introdução: Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra. O Senhor

Leia mais

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO I - A ORIGEM DO PECADO 1. Em relação a Deus. Em Seu plano permitiu que suas criaturas (anjos e homens) tivessem a liberdade (livre arbítrio) de viver em amor e obediência

Leia mais

O livro Apocalipse 26 A visão do milênio e da primeira ressurreição (20.1-6) JörgGarbers Ms.deTeologia

O livro Apocalipse 26 A visão do milênio e da primeira ressurreição (20.1-6) JörgGarbers Ms.deTeologia O livro Apocalipse 26 A visão do milênio e da primeira ressurreição (20.1-6) JörgGarbers Ms.deTeologia Introdução20.1-6 O capítulo faz parte do grande final do livro Apocalipse. No capítulo anterior lemos

Leia mais

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra. Casas Abertas Estudos Diversos Batismo O batismo cristão é uma de duas ordenanças que Jesus instituiu para a igreja: E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

Leia mais

BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse. Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã

BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse. Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã Objetivos da Disciplina Facilitar o estudo, compreensão e o uso adequado da Bíblia. Familiarizar o aluno com

Leia mais

Por que temos que aceitar Jesus em nossas vidas.

Por que temos que aceitar Jesus em nossas vidas. Na criação (Gn 1), Deus criou o homem à sua imagem e semelhança. Quando olhamos para o homem, este deveria nos remeter a Deus, ou seja, quando olhamos para você, deveríamos nos lembrar de Deus, quando

Leia mais

Você conhece a sua Bíblia?

Você conhece a sua Bíblia? Você conhece a sua Bíblia? Atividade da última aula Vamos praticar?? Compare a introdução de Paulo em Gálatas 1.6-10 com outras introduções nas cartas aos Romanos 1. 8-10 e 1 Coríntios 1. 4-9. Há algum

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 6: SOTERIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

ESBOÇOS DO ESTUDO-CRISTALIZAÇÃO

ESBOÇOS DO ESTUDO-CRISTALIZAÇÃO Mensagem Onze O templo santo e a cidade santa na terra santa Leitura bíblica: Ez 47:13-20; 48:8-20, 31-35; Ap 21:12-13 I. O templo santo e a cidade santa, que tipificam a igreja (Ez 47:13; 1Co 3:16-17),

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo,

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo, ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, até ao dia em que foi elevado

Leia mais

Confissão de fé de westminster. Por: Helio Clemente. 38 Capítulo XXXIII - O JUÍZO FINAL. Capítulo XXXIII, Seção I O juízo final

Confissão de fé de westminster. Por: Helio Clemente. 38 Capítulo XXXIII - O JUÍZO FINAL. Capítulo XXXIII, Seção I O juízo final Confissão de fé de westminster Por: Helio Clemente 38 Capítulo XXXIII - O JUÍZO FINAL Capítulo XXXIII, Seção I O juízo final Deus determinou um dia em que há de julgar o mundo, em justiça, por Jesus Cristo

Leia mais

Ensinos de Cristo O que Jesus Cristo ensinou?

Ensinos de Cristo O que Jesus Cristo ensinou? Introdução à 23/05/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Ensinos de Cristo O que Jesus Cristo ensinou? Ensinos de Cristo Jesus anunciou a chegada do reino, propôs altos padrões éticos àqueles

Leia mais

Efésios 2: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não vem das obras, para que ninguém se

Efésios 2: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não vem das obras, para que ninguém se Efésios 2:8-10 8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não vem das obras, para que ninguém se glorie; 10 Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus

Leia mais

O JUIZO DO SERVO DE DEUS

O JUIZO DO SERVO DE DEUS O JUIZO DO SERVO DE DEUS ANTES CRESCEI NA GRAÇA E NO CONHECIMENTO DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO. A ELE SEJA DADA A GLÓRIA, ASSIM AGORA, COMO NO DIA DA ETERNIDADE. AMÉM. 2PEDRO 3:18 Introdução

Leia mais

Janeiro Fevereiro 2017

Janeiro Fevereiro 2017 Janeiro 2017 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 23/01 Início das Aulas com a disciplina PALAVRA VIVA 23/01 a 28/01 - Histórico da Bíblia / Bíblia, a Palavra

Leia mais

JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas

JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas Série: Um Natal de Esperança (02/04). JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas 1.26-38 Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, e ele

Leia mais

ONDE ESTÁ A VERDADEIRA IGREJA DE JESUS CRISTO?

ONDE ESTÁ A VERDADEIRA IGREJA DE JESUS CRISTO? ONDE ESTÁ A VERDADEIRA IGREJA DE JESUS CRISTO? Muitos dizem, a verdadeira Igreja de Jesus Cristo é onde eu congrego; outros dizem é a Igreja católica, outros dizem é a Igreja dos protestantes, outros dizem

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ 27/06/15 PLANO DE SALVAÇÃO

DECLARAÇÃO DE FÉ 27/06/15 PLANO DE SALVAÇÃO DECLARAÇÃO DE FÉ Pr Josemeire Ribeiro CRM PR 2015 O que é credo? É o que eu creio. PLANO DE SALVAÇÃO QUEDA REDENÇÃO RESTAURAÇÃO Declaração de Fé da IEQ foi compilada por sua fundadora Aimeé Semple McPherson,

Leia mais

Um Exame das Doutrinas da Bíblia

Um Exame das Doutrinas da Bíblia Um Exame das Doutrinas da Bíblia 1A-Introdução à Doutrina 1- A Doutrina dos Apóstolos Atos 2:42 2-Heresia Tito 3:10 3-Dupla Verificação João 21:18 4-Fé-Definição Romanos 1:17 5-Negligência da Fé Romanos

Leia mais

AS PROMESSAS DE DEUS.

AS PROMESSAS DE DEUS. AS PROMESSAS DE DEUS. Texto 2 Co 1.20 Introdução: Num tempo em que muitos cristãos se encontram abatidos e preocupados com vários problemas da vida, as promessas de DEUS são fundamentais. Essas promessas

Leia mais

EBD 11/06/ Às 10h10m terá início a transmissão via satélite da Escola Bíblica Dominical.

EBD 11/06/ Às 10h10m terá início a transmissão via satélite da Escola Bíblica Dominical. EBD 11/06/2017 1. ORIENTAÇÕES INICIAIS: 1. Às 10h10m terá início a transmissão via satélite da Escola Bíblica Dominical. 2. Após a saudação inicial feita pelo pastor do satélite que estiver conduzindo

Leia mais

O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO.

O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO. 1 O LIVRO E O CORDEIRO O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO. 1) A Missão do Pai é Reinar 2) A Missão do Filho é Pagar o Preço; 3) A Missão da Igreja é servir ao Cordeiro Jesus.

Leia mais

IGREJA E CULTO. Por que me importar?

IGREJA E CULTO. Por que me importar? AULA 9 O FUTURO GLORIOSO DA IGREJA IGREJA E CULTO Por que me importar? Igreja Presb. e Culto José Por Cordeiro que me Neto importar?» Presb. Lúcio Mafra Teixeira EBD CONSOLIDAÇÃO 2015 O Ano da Adoração

Leia mais

O ANO NOVO SEGUNDO A BÍBLIA

O ANO NOVO SEGUNDO A BÍBLIA O ANO NOVO SEGUNDO A BÍBLIA Números 10: 10 O ANO NOVO NA BÍBLIA, ACONTECE EM SETEMBRO! Semelhantemente, no dia da vossa alegria e nas vossas solenidades, e nos princípios de vossos meses, também tocareis

Leia mais

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse Prof. Davi Albuquerque

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse Prof. Davi Albuquerque ESCATOLOGIA BÍBLICA Apocalipse 11. 15-19 Prof. Davi Albuquerque A sétima trombeta 15 O sétimo anjo tocou a trombeta, e houve no céu grandes vozes, dizendo: O reino do mundo se tornou de nosso Senhor e

Leia mais

1 Tessalonicenses 5.9. Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis, 20/02/2011

1 Tessalonicenses 5.9. Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis, 20/02/2011 1 Tessalonicenses 5.9 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 20/02/2011 2 Destino é tudo que é determinado pela providência ou pelas leis naturais, que ainda pode vir a acontecer, no futuro, com o objetivo

Leia mais

DOUTRINAS BÍBLICAS SEEC PARANÁ

DOUTRINAS BÍBLICAS SEEC PARANÁ DOUTRINAS BÍBLICAS SEEC PARANÁ DOUTRINAS didache ensino É um conjunto de princípios que, tendo como base a Bíblia, orienta o nosso relacionamento com Deus, com a Igreja e com os nossos semelhantes. AS

Leia mais

Os Três Momentos da Salvação:

Os Três Momentos da Salvação: Os Três Momentos da Salvação: Justificação, Tito 2:11 / 3:5-7 Santificação e Glorificação. Tito 2:12 / I Cor. 1:18 Tito 2:13 / Rom. 5:9 II Cor. 1:10 na ação ou no processo Divino para salvar a cada um

Leia mais

Nova Estrutura do Curso: Avisos

Nova Estrutura do Curso: Avisos Nova Estrutura do Curso: Avisos Nova Estrutura do Curso Disciplinas de Teologia Sistemática: Introdução a Teologia Sistemática Doutrina de Deus Teontologia Doutrina do Ser Humano Antropologia Doutrina

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ MINISTÉRIO BÍBLICO PALAVRA VIVA

DECLARAÇÃO DE FÉ MINISTÉRIO BÍBLICO PALAVRA VIVA DECLARAÇÃO DE FÉ MINISTÉRIO BÍBLICO PALAVRA VIVA A Igreja de Jesus Cristo está comprometida somente com o Antigo e Novo Testamentos como a única autoridade escrita de fé e conduta. A fé e conduta dos crentes

Leia mais

A MISERICÓRDIA DE DEUS

A MISERICÓRDIA DE DEUS A MISERICÓRDIA DE DEUS Misericórdia é um sentimento de compaixão (despertado pela desgraça ou pela miséria alheia). A expressão misericórdia tem origem latina, é formada pela junção de miserere (ter compaixão),

Leia mais

Embora as tribulacões de Jó tenham sido grandes, estas chegaram ao fim. Como acabaram? O que podemos aprender delas?

Embora as tribulacões de Jó tenham sido grandes, estas chegaram ao fim. Como acabaram? O que podemos aprender delas? Lição 1 para 1º de outubro de 2016 Embora as tribulacões de Jó tenham sido grandes, estas chegaram ao fim. Como acabaram? O que podemos aprender delas? «Depois que Jó orou por seus amigos, o Senhor o tornou

Leia mais

AULA VII ESCATOLOGIA A DOUTRINA DAS ÚLTIMAS COISAS. I.No princípio

AULA VII ESCATOLOGIA A DOUTRINA DAS ÚLTIMAS COISAS. I.No princípio AULA VII ESCATOLOGIA A DOUTRINA DAS ÚLTIMAS COISAS I.No princípio a. O Propósito da Criação Doxologia Rm 11.36; Cl 1.15-17; Ef 1.4-6 b. A Soberania Mediada é Instituída O homem deveria dominar sobre a

Leia mais

O NOVO CÉU E A NOVA TERRA Is. 65:17 Ap. 21: 1

O NOVO CÉU E A NOVA TERRA Is. 65:17 Ap. 21: 1 VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 ESCATOLOGIA O NOVO CÉU E

Leia mais

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse

ESCATOLOGIA BÍBLICA. Apocalipse ESCATOLOGIA BÍBLICA Apocalipse 10.1-11 Os anjos e os sete trovões. João e o livrinho 1 Vi outro anjo forte descendo do céu, envolto em nuvem, com o arco-íris por cima de sua cabeça; o rosto era como o

Leia mais

O Significado do Milênio

O Significado do Milênio 1 O Significado do Milênio Kenneth L. Gentry, Jr. Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto 1 Um dos assuntos mais familiares em discussões sobre a escatologia cristã é o reino milenar de Cristo mencionado

Leia mais

Prefácio aos alunos...7 APRESENTAÇÃO À IGREJA...9. Lição 25 A identidade da Igreja Lição 28 As celebrações da Igreja Batismo nas Águas...

Prefácio aos alunos...7 APRESENTAÇÃO À IGREJA...9. Lição 25 A identidade da Igreja Lição 28 As celebrações da Igreja Batismo nas Águas... SUMÁRIO Prefácio aos alunos...7 APRESENTAÇÃO À IGREJA...9 Lição 25 A identidade da Igreja... 10 Lição 26 As marcas da Igreja... 15 Lição 27 Os ministérios da Igreja...19 Lição 28 As celebrações da Igreja

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO Inicio. Ministério de do. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO Inicio. Ministério de do. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida Cristo02 LIÇÃO Inicio Ministério de do O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 02 INTRODUÇÃO esboço Uma das grandes lutas da humanidade tem sido conhecer o significado

Leia mais