INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA Disciplina: INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h Professor: Prof. Dr. Sergio B. F. Tavolaro I. Ementa da Disciplina: Discussão das condições históricas e das grandes correntes do pensamento social que tornaram possível o surgimento da Sociologia como ciência; debate das polêmicas que constituem o campo de reflexão desta disciplina (objeto e método); visão geral e crítica das grandes correntes sociológicas e de seus respectivos conceitos. II. Objetivos: 1) Apresentar a sociogênese das Ciências Sociais, em particular da Sociologia, bem como sua perspectiva específica para a análise da vida social ( Aulas I, II e Tópico I); 2) Introduzir a turma às grandes correntes do pensamento social que concorreram para a criação da Sociologia como disciplina científica (Tópicos I e II); 3) Apresentar, de modo introdutório e geral, importantes correntes interpretativas da Sociologia - seus precursores, conceitos centrais e propostas metodológicas (Tópico II); 4) Proporcionar à turma conhecimento a respeito da diversidade de objetos de estudo da Sociologia, bem como a revisão crítica de tradições interpretativas a partir de vários temas da realidade e da produção sociológica contemporânea (Do tópico III ao IX) III. Estrutura geral do curso: 1

2 O desenvolvimento da disciplina dar-se-á majoritariamente por meio de aulas presenciais, complementadas por algumas sessões dedicadas a exercícios de fixação. IV. Aulas Presenciais: As aulas presenciais serão ministradas a partir da exposição de conteúdos em sala de aula, com base nas referências bibliográficas indicadas. Estas devem ser lidas previamente pela turma, conforme o cronograma. V. Atividades extraclasse: Algumas aulas da disciplina consistirão de atividades extraclasse, dedicadas à realização de exercícios de fixação. É igualmente obrigatória a participação das(dos) estudantes. VI. Avaliações e exercícios: Serão aplicadas três provas presenciais e dois estudos dirigidos: 1) 3 Provas: 90% da nota final, cada uma correspondendo a 30% da nota final; 2) 2 Estudos dirigidos: 10% da nota final, cada um correspondendo a 5% da nota final. VII. Plano do curso: Aula I: 1) Apresentação do Professor e das/dos estudantes; 2) Orientações gerais: ementa e pasta com material de leitura. Aula II: Apresentação do programa da disciplina Aula III: Um convite à Sociologia Bibliografia de apoio: Zygmunt Bauman e Tim May (2010). Aprendendo a pensar com a sociologia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editores (capítulo 10) Tópico I. Contexto Histórico da sociedade moderna: Aula IV: a) A emergência da ordem social moderna b) A Revolução Francesa c) A Revolução Industrial d) Ciência X Religião 2

3 Eric Hobsbawm. A Era das Revoluções. Rio de Janeiro: Paz e Terra (Cap. 9: Rumo a um mundo industrial ) Tópico II. O surgimento, a formação da sociologia e os clássicos Aula V: O contexto intelectual do surgimento da sociologia O que é sociologia? (Carlos Benedito Martins) Aulas VI e VII: Karl Marx e as contradições da sociedade capitalista MARX, Karl. O Manifesto Comunista (Aula VI) MARX, Karl. A mercadoria. In O capital. Rio de Janeiro. Editora Civilização Brasileira, s/d (Aula VII) Aula VIII: Exercícios de fixação Aulas IX e X: Émile Durkheim e os desafios à solidariedade na sociedade moderna industrial DURKHEIM, Émile. O que é fato social. As regras do método sociológico (Aula IX) DURKHEIM, Émile. A divisão social do trabalho. São Paulo. Editora Abril Cultural, 1973 (Capítulo: Solidariedade mecânica ou por similitudes ) (Aula X) Aulas XI e XII: Max Weber e o desencantamento do mundo WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo. Biblioteca Pioneira de Ciências Sociais, 1989 (Capítulos 2 e 5) Aula XIII: 1º Estudo dirigido (5% da nota final) Aula XIV: Revisão da Matéria Aula XV: 1ª Prova em sala de aula (30% da nota final) 3

4 Tópico III. A questão do Trabalho na sociedade moderna Aula XVI: A emergência da sociedade do trabalho e o Taylorismo Eric Hobsbawm. A Era das Revoluções. Rio de Janeiro: Paz e Terra (Capítulo 10: A carreira aberta ao talento ) David Harvey. A condição Pós-Moderna. Rio de Janeiro: Editora Loyola (Capítulo VIII) Aula XVII: A era do Fordismo David Harvey. A condição Pós-Moderna. Rio de Janeiro: Editora Loyola (Capítulo VIII) Aula XVIII: Acumulação Flexível e Toyotismo David Harvey. A condição Pós-Moderna. Rio de Janeiro: Editora Loyola (Capítulos IX, X e XI) Tópico IV. Direitos Humanos e Cidadania Aula XIX: A Declaração Universal dos Direitos do Homem e do Cidadão Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão MARX, Karl A questão judaica. Rio de Janeiro. Gráfica Editora Laemmert S.A. Aula XX: 2º Estudo dirigido (5% da nota final) Aula XXI: A cidadania no Brasil em questão a) Direitos civis, políticos e sociais no mundo contemporâneo b) Cidadania e desigualdade c) Os impasses da cidadania no Brasil 4

5 CARVALHO, José M Cidadania no Brasil: o longo caminho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira (Capítulo II; "Marcha acelerada" e "Conclusão") Tópico V. Globalização e Identidades Coletivas Aula XXII: a) O que é a Globalização? b) Qual o marco histórico da globalização? c) Quais as controvérsias interpretativas acerca da globalização? HIRST, Paul & THOMPSON, G. Globalização em questão. São Paulo: Editora Zero à Esquerda ( Introdução: Globalização um mito necessário? ) IANNI, Octavio. A Era do Globalismo. Rio de Janeiro: Editora Perspectiva ( Globalização e Diversidade e Trabalho e Capital ) Manuel CASTELLS. O Poder da Identidade (Capítulo 1: Paraísos Comunais: identidade e significado na sociedade em rede ) Aula XXIII: Revisão da Matéria Aula XXIV: 2ª Prova em sala de aula (30% da nota final) Tópico VI. Revolução Informacional e novas formas de sociabilidade Aula XXV: A revolução informacional CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. Rio de Janeiro: Paz e Terra (Capítulo 1) Aula XXVI: A empresa em rede CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. Rio de Janeiro: Paz e Terra (Capítulo 3) Aulas XXVII e Aula XXVIII: Semana Universitária 5

6 Tópico VII. Crises ambientais globais Aula XXIX: Da sociedade industrial para a sociedade de risco a) A emergência da sociedade de risco b) Os movimentos ambientalistas Ulrich BECK. A sociedade de risco. (Capítulo 1: Sobre a lógica da distribuição de riqueza e da distribuição de riscos ). Tópico VIII. A Revolução da Intimidade Aula XXX: Projeto reflexivo do Eu ou Tirania da Intimidade? a) Anthony GIDDENS. Modernidade e Identidade (Capítulo 3: A trajetória do Eu ) Aula XXXI: Revisão da Matéria Aula XXXII: 3a prova em sala de aula (30% da nota final) Aula XXXIII: 2a chamada Aula XXXIV: Entrega das Notas 6

2. PROCEDIMENTOS E AVALIAÇÃO

2. PROCEDIMENTOS E AVALIAÇÃO 1 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA DISCIPLINA: TEORIA SOCIOLÓGICA I CÓDIGO: 134473 2º SEMESTRE/ 2016 TURMA A PROFESSORA: MARIA FRANCISCA PINHEIRO COELHO coelhofrancisca@gmail.com PROGRAMA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 1º 1. Identificação Código 1.1. Disciplina: FUNDAMENTOS DE SOCIOLOGIA 0560076 1.2.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Semestre letivo º. 1. Identificação Código

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Semestre letivo º. 1. Identificação Código MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2015 1º 1. Identificação Código 1.1. Disciplina: FUNDAMENTOS DE SOCIOLOGIA 0560076 1.2.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2015 1º 1. Identificação Código 1.1. Disciplina: SOCIOLOGIA I 0560055 1.2. Unidade:

Leia mais

PROGRAMA DO CURSO EMENTA DA DISCIPLINA:

PROGRAMA DO CURSO EMENTA DA DISCIPLINA: UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Professora: SAYONARA LEAL 2º/2016 PROGRAMA DO CURSO A proposta de realização da disciplina

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA CÓDIGO: CHF217 DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA I CARGA HORÁRIA: 60H EMENTA:

Leia mais

LEI Nº 4.035. De: 04 de julho de 2014. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 4.035. De: 04 de julho de 2014. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 4.035 De: 04 de julho de 2014. Desafeta do domínio público os imóveis localizados no CONJUNTO HABITACIONAL SONHO MEU, na cidade de Umuarama - PR. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO 2011-1 DISCIPLINA: Perspectivas Sociológicas em Educação II - JP0018 PROFESSOR: Ms. Clóvis Da Rolt I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária Teórica: 30h II EMENTA A disciplina de Perspectivas

Leia mais

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2010 Salário-de-contribuição (R$) INSS até 1.040,22 8,00% de 1.040,23 até 1.733,70 9,00% de 1.733,71 até 3.467,40

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Flávia de Mattos Motta

PLANO DE ENSINO. Flávia de Mattos Motta Universidade do Estado de Santa Catarina UDESCCentro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: Departamento de Ciências Humanas ANO/SEMESTRE 2013.2 CURSO: Pedagogia FASE: 2ª

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Componente Curricular: SB0055-SOCIOLOGIA

Leia mais

EMENTA OBJETIVOS DE ENSINO

EMENTA OBJETIVOS DE ENSINO Sociologia I PLANO DE DISCIPLINA COMPONENTE CURRICULAR: Sociologia I CURSO: Técnico em Segurança do Trabalho (Integrado) SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA: 67 h (80 aulas) DOCENTE: EMENTA A introdução ao pensamento

Leia mais

P L A N O DE C U R S O DISCIPLINA SOCIOLOGIA I. CARGA HORÁRIA TU: 50 horas TC: 30 horas Total: 80 horas. Professora Doutora Márcia Maria de Oliveira

P L A N O DE C U R S O DISCIPLINA SOCIOLOGIA I. CARGA HORÁRIA TU: 50 horas TC: 30 horas Total: 80 horas. Professora Doutora Márcia Maria de Oliveira Curso: LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO CÓDIGO DRP30156 P L A N O DE C U R S O DISCIPLINA SOCIOLOGIA I HABILITAÇÃO: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS PERÍODO 3 CRÉDITOS 06 CARGA HORÁRIA TU: 50 horas TC: 30 horas

Leia mais

PROGRAMA. I. Ementa e Objetivo

PROGRAMA. I. Ementa e Objetivo DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA CÓDIGO: 134465 PROFESSORA: LOURDES MARIA BANDEIRA (lourdesmbandeira@yahoo.com.br) PERÍODO: 1 o 2016 DIA: 3as e 5as feiras HORÁRIO: das 16hrs às 18hrs I. Ementa e Objetivo

Leia mais

2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097. de Umuarama.

2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097. de Umuarama. 24 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 de Umuarama. 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 25 ANEXO I DO REGULAMENTO A QUE SE REFERE O DECRETO Nº 9510/2013 26 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 ANEXO

Leia mais

Unidade: FACE Semestre: 2011/1 Pré-Requisitos: Microeconomia II, Macroeconomia I Horário: Segunda-Feira, 20:30 a 22:00 e Terça-Feira, 20:30 a 22:00

Unidade: FACE Semestre: 2011/1 Pré-Requisitos: Microeconomia II, Macroeconomia I Horário: Segunda-Feira, 20:30 a 22:00 e Terça-Feira, 20:30 a 22:00 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PLANO DE ENSINO Disciplina: História do Pensamento

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE COORDENADORIA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO BLOCO E3 (DIDÁTICO-PEDAGÓGICO)

Leia mais

DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO

DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO TÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES Art. 1 - À coordenação de eixo-tecnológico compete: I - Convocar e presidir as reuniões do Colegiado de Curso; II - Submeter à Coordenação

Leia mais

O Colégio Militar de Curitiba, em relação ao regulamento Nº 001/13 resolve, complementar os seguintes itens :

O Colégio Militar de Curitiba, em relação ao regulamento Nº 001/13 resolve, complementar os seguintes itens : O de Curitiba, em relação ao regulamento Nº 001/13 resolve, complementar os seguintes itens : 2. DAS CONDIÇÕES DE INGRESSO, REMUNERAÇÃO E ATRIBUIÇÕES b. O regime de trabalho será, preferencialmente, o

Leia mais

Produção de conhecimento: uma característica das sociedades humanas

Produção de conhecimento: uma característica das sociedades humanas 1 Produção de conhecimento: uma característica das sociedades humanas Os seres humanos sempre buscaram formas de compreender os fenômenos que ocorrem em seu dia a dia, de modo a procurar soluções para

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Componente Curricular: Sociologia Código: ADM 110 Pré-requisito: --- Período Letivo: 2013.1 Professor: Josselito dos santos Titulação: Doutor CH Total: 60 horas Turma: 1º Semestre

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante I - INTRODUÇÃO II - OBJETO III - DOS ÓRGÃOS E UNIDADES INTEGRANTES DO REGISTRO IV - CONDIÇÕES GERAIS PARA PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII -

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante INTRODUÇÃO II - DO OBJETO E DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS III - DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA IV - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII - DA DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR. Os Pretéritos Perfeito Simples e Composto em Português e Castelhano: Semelhanças e Diferenças

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR. Os Pretéritos Perfeito Simples e Composto em Português e Castelhano: Semelhanças e Diferenças UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR FACULDADE DE ARTES E LETRAS DEPARTAMENTO DE LETRAS Os Pretéritos Perfeito Simples e Composto em Português e Castelhano: Semelhanças e Diferenças LILIANA FILIPA PAIS CORREIA

Leia mais

CARTA-CIRCULAR Nº 3089

CARTA-CIRCULAR Nº 3089 CARTA-CIRCULAR Nº 3089 Libera módulos do Sistema de Informações sobre Entidades de Interesse do Banco Central - Unicad. Em conformidade com o disposto nas Circulares 3.165 e 3.180, de 4 de dezembro de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIAS DE 22 DE JUNHO DE 2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIAS DE 22 DE JUNHO DE 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIAS DE 22 DE JUNHO DE 2012 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio

Leia mais

HEMEROTECA Coleção de Jornais 2015/2016

HEMEROTECA Coleção de Jornais 2015/2016 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA CENTRO DE LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA NÚCLEO DE DOCUMENTAÇÃO E PESQUISA HISTÓRICA HEMEROTECA Coleção de Jornais Organização e Produção: Orientação

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS (SOCIOLOGIA I)

INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS (SOCIOLOGIA I) 1 INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS (SOCIOLOGIA I) 1º semestre de 2015 Disciplina: obrigatória Destinada: Alunos de Ciências Sociais Código: FSL0101 Pré-requisito: -- Carga horária: 4 horas semanais Créditos:

Leia mais

Prefácio 17 Explicação necessária 19

Prefácio 17 Explicação necessária 19 SUMÁRIO Prefácio 17 Explicação necessária 19 I. CONSTITUIÇÃO 21 1. Conceitos 21 2. História das Constituições 21 3. Classificação das Constituições 23 4. Elementos das Constituições 24 5. Estrutura da

Leia mais

Anexo 1 Plan de clase (10º B/F/G; Describir la vivienda)

Anexo 1 Plan de clase (10º B/F/G; Describir la vivienda) Anexo 1 Plan de clase (10º B/F/G; Describir la vivienda) i Anexo 1.1 Trabalhos realizados pelos alunos (Posters) ii Anexo 2 Planificação de unidade didáctica (10º D; La gastronomía española) iii Anexo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 084/2015 CONSU/IFAC.

RESOLUÇÃO Nº 084/2015 CONSU/IFAC. RESOLUÇÃO Nº 084/2015 CONSU/IFAC. Dispõe sobre o Regulamento das Atribuições da Coordenação Técnico Pedagógica COTEP do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre IFAC. O PRESIDENTE SUBSTITUTO

Leia mais

PLANO DE CURSO. 1. Apresentar a emergência da teoria social de Marx e da tradição sociológica, discutindo os traços pertinentes destas duas vertentes.

PLANO DE CURSO. 1. Apresentar a emergência da teoria social de Marx e da tradição sociológica, discutindo os traços pertinentes destas duas vertentes. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL Disciplina: Teorias Sociais

Leia mais

PLANO DE ENSINO Ensino Superior EMENTA

PLANO DE ENSINO Ensino Superior EMENTA PLANO DE ENSINO Ensino Superior DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: Sociologia Rural Curso: Bacharelato em Medicina Veterinária Período: 2º Período Carga Horária: 30 hs Práticas

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 2S/ FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS

PLANO DE ENSINO - 2S/ FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS PLANO DE ENSINO - 2S/2010 - FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS CURSO: CIÊNCIAS ECONÔMICAS TURNO: NOTURNO DISCIPLINA: DESENVOLVIMENTO SÓCIO ECONÔMICO SEMESTRE: 4º N DE CRÉDITOS: 04 CARGA HORÁRIA: 68 HS/AULAS

Leia mais

EMENTA UNIDADE I O MOMENTO SOCIO-HISTÓRICO DA INVENÇÃO DA SOCIOLOGIA

EMENTA UNIDADE I O MOMENTO SOCIO-HISTÓRICO DA INVENÇÃO DA SOCIOLOGIA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA CURSO: INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA (Código da Disciplina: 134465) TURMA: E 2º SEMESTRE/2016 PROFESSOR: BRUNNO HOFFMANN VELLOSO

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ECONOMIA POLÍTICA

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ECONOMIA POLÍTICA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ECONOMIA POLÍTICA Disciplina: Economia Política I Professor: João Machado Borges Neto Horário: 3ª Feira - 16:00h 19:00h

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA: SOCIOLOGIA ANO: 2016 PROFESSORA: LILIANE CRISTINA FERREIRA COSTA

PLANO DE CURSO DISCIPLINA: SOCIOLOGIA ANO: 2016 PROFESSORA: LILIANE CRISTINA FERREIRA COSTA Escola Estadual Virgínio Perillo Avenida José Bernardes Maciel, 471 Marília, Lagoa da Prata-MG Fone: (37) 3261-3222 E-mail: escolavirginioperillo@gmail.com PLANO DE CURSO DISCIPLINA: SOCIOLOGIA ANO: 2016

Leia mais

ÍNDICE CAPÍTULO I - DO OBJETIVO... 03 CAPÍTULO II - DA NOMENCLATURA... 04 CAPÍTULO III - DO CREDENCIAMENTO... 06 ANEXO I - FICHA CADASTRAL...

ÍNDICE CAPÍTULO I - DO OBJETIVO... 03 CAPÍTULO II - DA NOMENCLATURA... 04 CAPÍTULO III - DO CREDENCIAMENTO... 06 ANEXO I - FICHA CADASTRAL... COMPANHIA DO METROPOLITANO DO DISTRITO FEDERAL - METRÔ-DF DIRETORIA FINANCEIRA E COMERCIAL DFC DEPARTAMENTO COMERCIAL FCO DIVISÃO DE CAPTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS - FCDP CREDENCIAMENTO PARA EXPLORAÇÃO

Leia mais

Propostas por Segmentos: Docente, TAEs e Discente

Propostas por Segmentos: Docente, TAEs e Discente Propostas por Segmentos: Docente, TAEs e Discente A ELEIÇÃO OCORRERÁ DIAS 14 E 15 DE ABRIL Para votar é necessário apresentar o crachá ou documento oficial com foto. Neste caso, é preciso saber o número

Leia mais

Métodos Sociológicos

Métodos Sociológicos Universidade de Brasília Instituto de Ciências Sociais Departamento de Sociologia Disciplina: Métodos Sociológicos - 134945 Professor: Arthur Trindade M. Costa 2º Semestre / 2016 Métodos Sociológicos I

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para 2015.2

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para 2015.2 CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC Atualizado para 2015.2 1ª Fase I: MED 7001 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA MEDICINA I Anatomia 48 (+12 Integr.) Fisiologia 68 (+12 Integr.) Bioquímica 62 Histologia

Leia mais

PLANO DE AULA DISCIPLINA: ÉTICA E CIDADANIA II (CÓD. ENUN60010) PERÍODO: 2 º PERÍODO EXPOSITIVA EXPOSITIVA EXPOSITIVA EXPOSITIVA

PLANO DE AULA DISCIPLINA: ÉTICA E CIDADANIA II (CÓD. ENUN60010) PERÍODO: 2 º PERÍODO EXPOSITIVA EXPOSITIVA EXPOSITIVA EXPOSITIVA PLANO DE AULA DISCIPLINA: ÉTICA E CIDADANIA II (CÓD. ENUN60010) PERÍODO: 2 º PERÍODO TOTAL DE SEMANAS: 20 SEMANAS TOTAL DE ENCONTROS: 20 AULAS Aulas Conteúdos/ Matéria Tipo de aula Textos, filmes e outros

Leia mais

A DESVALORIZAÇÃO DO FEMININO NO MUNDO DO CONSUMO - APLICAÇÕES 83 EXPLORATÓRIAS ÀS MARCAS, AO MARKETING E À PUBLICIDADE

A DESVALORIZAÇÃO DO FEMININO NO MUNDO DO CONSUMO - APLICAÇÕES 83 EXPLORATÓRIAS ÀS MARCAS, AO MARKETING E À PUBLICIDADE ÍNDICE I - INTRODUÇÃO 19 II - METODOLOGIA I 21 III - REVISÃO TEÓRICA 23 NÚMEROS E FACTOS - A AMPLITUDE DO FEMININO 23 Demografia Nacional e Internacional 23 A Evolução da Educação 25 O Mundo Laboral 27

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA Estudo da História do Século XX e análise crítica da historiografia referente aos acontecimentos históricos do período, na Europa, Ásia e Oceania, aplicando esse conhecimento na produção e avaliação

Leia mais

APRESENTAÇÃO DINÂMICA

APRESENTAÇÃO DINÂMICA Disciplina Obrigatória: Sociedade e Território Primeiro semestre de 2012 Professor: Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro Horário: 8:00-12:00 APRESENTAÇÃO O objetivo da disciplina é apresentar os principais campos

Leia mais

CURSO: : TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA MODALIDADE INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO

CURSO: : TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA MODALIDADE INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CURSO: : TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA MODALIDADE INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO FORMA/GRAU:( +)integrado ( )subsequente

Leia mais

ANEXO I: Modelo de Programa de Disciplina (elaborar em conformidade com o Projeto Pedagógico do Curso)

ANEXO I: Modelo de Programa de Disciplina (elaborar em conformidade com o Projeto Pedagógico do Curso) ANEXO I: Modelo de Programa de Disciplina (elaborar em conformidade com o Projeto Pedagógico do Curso) Teoria Sociológica II CARGA HORÁRIA TEÓR: 60 PROGRAMA DE DISCIPLINA NOME COLEGIADO CÓDIGO SEMESTR

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 135, de 29/01/09, publicada no DOU no 21, de 30/01/09, seção 1, pág.

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 135, de 29/01/09, publicada no DOU no 21, de 30/01/09, seção 1, pág. CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 135, de 29/01/09, publicada no DOU no 21, de 30/01/09, seção 1, pág. Componente Curricular: Biologia Geral Código: --- Pré-requisito: --- Período Letivo:

Leia mais

ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO NOS PRÉDIOS DA DMED LISTADOS ABAIXO 1 - OBJETO Elaboração de Projeto

Leia mais

Declaração Universal dos Direitos Humanos

Declaração Universal dos Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos Considerando que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana e de seus direitos iguais e inalienáveis é o fundamento da liberdade,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES PROGRAMA DE MESTRADO EM CIÊNCIA POLÍTICA Disciplina PROGRAMA DE DISCIPLINA Código: HC-780 Nome: Teoria

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO CÓDIGO UNIDADE 042 CÓD. CURSO CURSO 42501 COMUNICAÇÃO SOCIAL HAB: JORNALISMO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO 250.3102.3 GEOGRAFIA HUMANA E ECONÔMICA PROFESSOR (A) OBJETIVOS 1ª 02 34

Leia mais

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL SECRETARIA NACIONAL DE JUVENTUDE Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local a) COORDENADOR ADJUNTO: 01 (Contratação Temporária

Leia mais

NSTITUTO DE ILOSOFIA & IÊNCIAS UMANAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - 44

NSTITUTO DE ILOSOFIA & IÊNCIAS UMANAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - 44 NSTITUTO DE ILOSOFIA & IÊNCIAS UMANAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - 44 2 o. Semestre de 2006 DISCIPLINA CÓDIGO / TURMA HZ 242B NOME Pensamento Político Clássico PRÉ-REQUISITOS HZ141 CARGA HORÁRIA:

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 1º ano EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 1º ano EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: FORMA/GRAU:( x)integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: (x) Presencial

Leia mais

ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS

ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS A Fernando da Silva Correia ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS I Livros I Horizonte ÍNDICE GERAL PREFÁCIO 7 NOTA LIMINAR 9 INTRODUÇÃO 13 0 CONCEITO DE ASSISTÊNCIA 13 AS DIFICULDADES DA HISTÓRIA

Leia mais

Coordenadoria de Acórdãos e Resoluções

Coordenadoria de Acórdãos e Resoluções Página 139 nº 23.326/2010 - que dispõe sobre as diretrizes para a tramitação de documentos e processos sigilosos no âmbito da Justiça Eleitoral -, vieram-me os autos conclusos. Observo que os documentos

Leia mais

Capítulo I Introdução e objectivo Introdução Objectivos do estudo Motivação para o estudo 2. Capítulo II Revisão da Literatura 4

Capítulo I Introdução e objectivo Introdução Objectivos do estudo Motivação para o estudo 2. Capítulo II Revisão da Literatura 4 Índice geral Capítulo I Introdução e objectivo 1 Pág. 1.0 Introdução 2 1.1 Objectivos do estudo 2 1.2 Motivação para o estudo 2 Capítulo II Revisão da Literatura 4 2.1 O Suicídio na História e na Literatura:

Leia mais

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues Sociologia Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: matheus.bortoleto@cnecuberaba.edu.br Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Em tempos de humanidade desumanizada, de desordem sangrenta, nada deve

Leia mais

Índice de Gráficos. vii

Índice de Gráficos. vii Índice de figuras Figura 1 Figura 2 Figura 3 Figura 4 Figura 5 Figura 6 Modelo de raciocínio e acção pedagógica (adaptado de Shulman e Marcelo por Tavares, 1997) Modelo reflexivo de desenvolvimento / formação

Leia mais

Formação de grupos sociais diálogos entre Sociologia e Psicanálise

Formação de grupos sociais diálogos entre Sociologia e Psicanálise Formação de grupos sociais diálogos entre Sociologia e Psicanálise Tópicos Especiais em Planejamento e Gestão do Território Prof. Arilson Favareto Aula 1 21/Setembro/2015 Introdução à temática, antecedentes

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Teorias Sociológicas Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Teorias Sociológicas Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular Teorias Sociológicas Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular Teorias Sociológicas

Leia mais

SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 8 DE NOVEMBRO DE 2011

SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 8 DE NOVEMBRO DE 2011 SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 8 DE NOVEMBRO DE 2011 Dispõe sobre os procedimentos para a aplicação do limite remuneratório de que trata o inciso XI, do art. 37, da Constituição

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: SOCIOLOGIA GERAL E JURÍDICA Código da Disciplina: Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 2º Faculdade responsável: DIREITO Programa em vigência a partir de:

Leia mais

Disciplina: Tendências Teórico-Metodológicas do Serviço Social na Contemporaneidade

Disciplina: Tendências Teórico-Metodológicas do Serviço Social na Contemporaneidade Disciplina: Tendências Teórico-Metodológicas do Serviço Social na Contemporaneidade Código: SSO- Semestre: 2013.1 Créditos: 04 - Carga Horária: 60 hs Horário 6ª feira 08:20 11:50hs. Professores: Hélder

Leia mais

Disciplina: EPISTEMOLOGIA DAS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO

Disciplina: EPISTEMOLOGIA DAS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO Disciplina: EPISTEMOLOGIA DAS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Programa Preliminar Profas. Dras. Eunice

Leia mais

diferentes origens. Valores: a) Respeito pelas diferenças individuais. b) Valorização das contribuições de diferentes gerações, povos, etnias na const

diferentes origens. Valores: a) Respeito pelas diferenças individuais. b) Valorização das contribuições de diferentes gerações, povos, etnias na const Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Plano de Curso nº 187 aprovado pela portaria Cetec nº 107 de 18 / 10 /2011 Etec: Tiquatira Código: 208 Município: São Paulo Eixo Tecnológico:

Leia mais

Art. 1º Aprovar o Regimento Interno da Divisão de Biblioteca DIBIB, anexo a esta Resolução. São João del-rei, 16 de fevereiro de 2009.

Art. 1º Aprovar o Regimento Interno da Divisão de Biblioteca DIBIB, anexo a esta Resolução. São João del-rei, 16 de fevereiro de 2009. RESOLUÇÃO N o 003, de 16 de fevereiro de 2009. Aprova Regimento Interno da Divisão de Biblioteca DIBIB. O PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ, no uso de

Leia mais

SUMÁRIO DETALHADO 1 A PERSPECTIVA SOCIOLÓGICA...1

SUMÁRIO DETALHADO 1 A PERSPECTIVA SOCIOLÓGICA...1 SUMÁRIO DETALHADO 1 A PERSPECTIVA SOCIOLÓGICA...1 O que é sociologia?...2 A imaginação sociológica...2 A sociologia e as ciências sociais...3 Sociologia e senso comum...5 O que é teoria sociológica?...6

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: SOCIOLOGIA Código: CTB-111 CH Total: 60 horas Pré-requisito: ---------- Período Letivo:

Leia mais

Nome da disciplina: Formação de grupos sociais diálogos entre sociologia e psicanálise Créditos (T-P-I): (2-0-2) Carga horária: 24 horas

Nome da disciplina: Formação de grupos sociais diálogos entre sociologia e psicanálise Créditos (T-P-I): (2-0-2) Carga horária: 24 horas Caracterização da disciplina Código da disciplina: BC- 0011 Nome da disciplina: Formação de grupos sociais diálogos entre sociologia e psicanálise Créditos (T-P-I): (2-0-2) Carga horária: 24 horas Aula

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PROGRAMA DE DISCIPLINA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO - Proen Av. José de Sá Maniçoba, s/nº. Centro - Caixa Postal 252 56304-205 - Petrolina-PE Telefone: (87) 21016758.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V GRUPO DA ÁREA DISCIPLINAR DE HISTÓRIA História e Geografia de Portugal Informação aos Pais / Encarregados de Educação, turma 3 Programação do 5º ano 1. Aulas previstas (tempos letivos) 5º1 5º2 1º período

Leia mais

Legislação - Referências

Legislação - Referências Legislação - Referências Tipo Título Data Local Título da Fonte Página Ato Atos da Administração Federal Abr./1944 Rio de Janeiro RBEP nº 1 p. 132 Aviso Aviso nº 49-G-2 do Ministério da Aeronáutica 17

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PROGRAMA DE DISCIPLINA Av. José de Sá Maniçoba, s/nº. Centro - Caixa Postal 252 5304-205 - Petrolina-PE Telefone: (87) 2101-758. E-mail: proen@univasf.edu.br PROGRAMA DE DISCIPLINA NOME COLEGIADO CÓDIGO SEMESTRE Teoria Sociológica

Leia mais

4.1 Tubo Coletor de Esgoto Kanasan Ocre

4.1 Tubo Coletor de Esgoto Kanasan Ocre 4.1 Tubo Coletor de Esgoto Kanasan Ocre O Kanasan é um tubo corrugado de dupla parede, fabricado em Polietileno de Alta Densidade (PEAD), semi rígido, anelado externamente e liso internamente (Figura 1,

Leia mais

1. Roteiro Básico. a) Nome da unidade proponente, título e número da edição do curso, número do processo (na capa e na folha vestibular);

1. Roteiro Básico. a) Nome da unidade proponente, título e número da edição do curso, número do processo (na capa e na folha vestibular); Roteiro e Instruções Normativas aplicáveis a projetos de cursos de especialização lato sensu, baseados nas Resoluções nº 03/2002 -CONSUN, 01/96 CONDIR, 01/2001 da CES / CNE e no Regimento Geral da UFU.

Leia mais

RESOLUÇÃO. Gestão de Negócios; Gestão Estratégica de Pessoas, no câmpus de Itatiba, criados pela Resolução CONSEPE 21-A/2003, de 26/6/2003;

RESOLUÇÃO. Gestão de Negócios; Gestão Estratégica de Pessoas, no câmpus de Itatiba, criados pela Resolução CONSEPE 21-A/2003, de 26/6/2003; RESOLUÇÃO CONSEPE 69/2004 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE EXTINÇÃO DE CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no

Leia mais

Manual do Aluno. Escola de Engenharia Kennedy. Faculdade Kennedy. Faculdade de Ciências jurídicas Prof. Alberto Deodato

Manual do Aluno. Escola de Engenharia Kennedy. Faculdade Kennedy. Faculdade de Ciências jurídicas Prof. Alberto Deodato Manual do Aluno Escola de Engenharia Kennedy Faculdade Kennedy Faculdade de Ciências jurídicas Prof. Alberto Deodato Apresentação 01 Missão Escola de Engenharia e Faculdade Kennedy Missão Faculdade de

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Fixa normas para o funcionamento das Atividades Complementares no Curso de Fisioterapia do Centro Universitário de Anápolis UniEVANGÉLICA.

Leia mais

1HIS730 Tópicos de Ensino de História Contemporânea Matutino

1HIS730 Tópicos de Ensino de História Contemporânea Matutino UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA Centro de Letras e Ciências Humanas Departamento de História 1HIS730 Tópicos de Ensino de História Contemporânea Matutino CH: 34 José Miguel Arias Neto Ementa: Discussões

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V GRUPO DISCIPLINAR DE HISTÓRIA HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Informação aos Pais / Encarregados de Educação Programação do 5º ano Turma 1 1. Aulas previstas (Tempos letivos) 2. Conteúdos a leccionar

Leia mais

O Analfabetismo na cidade do Rio de Janeiro:

O Analfabetismo na cidade do Rio de Janeiro: ISSN 1984-7203 C O L E Ç Ã O E S T U D O S C A R I O C A S O Analfabetismo na cidade do Rio de Janeiro: 1991-2000 Nº 20020801 Agosto - 2002 Fernando Cavallieri, Márcia Frota Sigaud - IPP/Prefeitura da

Leia mais

RELAÇÃO SAÚDE E SOCIEDADE. FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ESTADO MODERNO. ESTRUTURA SOCIAL. PROCESSO SAÚDE-DOENÇA. SOCIOLOGIA E SAÚDE

RELAÇÃO SAÚDE E SOCIEDADE. FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ESTADO MODERNO. ESTRUTURA SOCIAL. PROCESSO SAÚDE-DOENÇA. SOCIOLOGIA E SAÚDE UFSC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PLANO DE ENSINO DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Semestre: 2011/2 Nome da disciplina SPO 7101 - Interação Comunitária I Departamento

Leia mais

Bases Epistemológicas do Movimento Humano, Cultura e Educação

Bases Epistemológicas do Movimento Humano, Cultura e Educação Bases Epistemológicas do Movimento Humano, Cultura e Educação Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Profa. Dra. Cinthia Lopes da Silva Ementa: Epistemologia e crise científica. Educação Física e epistemologia

Leia mais

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR PROJETO O CONSOLADOR TEMÁRIO PARA PALESTRAS DO TRIMESTRE JANEIRO, FEVEREIRO e MARÇO/2015 no HOSPITAL REGIONAL DE SÃO JOSÉ MÊS DE JANEIRO/2015 Dia 05/01/15 ANTE O DIVINO SEMEADOR 1) O Evangelho Segundo

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Administração Disciplina: Sociologia Aplicada Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 2 1 - Ementa (sumário, resumo) Teorias sociológicas e seus relacionamentos

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Sociologia

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Sociologia CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Sociologia Código: Fisio 301 Pré-requisito: ------ Período Letivo: 2016.1 Professor:

Leia mais

RI Sistema Monetário e Financeiro Internacional

RI Sistema Monetário e Financeiro Internacional Federal University of Roraima, Brazil From the SelectedWorks of Elói Martins Senhoras Winter January 1, 2009 RI 603 - Sistema Monetário e Financeiro Internacional Eloi Martins Senhoras Available at: http://works.bepress.com/eloi/144/

Leia mais

Informativo 24. Guia de Conduta nas Competições da SAE BRASIL

Informativo 24. Guia de Conduta nas Competições da SAE BRASIL Informativo 24 Guia de Conduta nas Competições da SAE BRASIL Objetivo: Orientar e esclarecer todos os participantes e presentes as condutas necessárias para a realização da Competição em clima de respeito

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1102D - Comunicação Social: Radialismo. Ênfase

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1102D - Comunicação Social: Radialismo. Ênfase Curso 1102D - Comunicação Social: Radialismo Ênfase Identificação Disciplina 0003129A - Realidade Socioeconômica e Política Brasileira Docente(s) Carlo Jose Napolitano Unidade Faculdade de Arquitetura,

Leia mais

Notícias Consolidação das Leis Federais

Notícias Consolidação das Leis Federais Notícias Consolidação das Leis Federais Encaminhado ao Congresso Nacional Projeto de lei para declarar expressamente revogadas leis e decretos-leis cujos preceitos perderam eficácia. (EM nº 020/2000 -

Leia mais

Curso de Extensão: LEITURAS DIRIGIDAS DA OBRA DE JACQUES LACAN/2014

Curso de Extensão: LEITURAS DIRIGIDAS DA OBRA DE JACQUES LACAN/2014 Curso de Extensão: LEITURAS DIRIGIDAS DA OBRA DE JACQUES LACAN/2014 Prof. Dr. Mario Eduardo Costa Pereira PROGRAMA - Io. SEMESTRE Março/2014 14/03/2014 CONFERÊNCIA INAUGURAL : Contextualização do seminário

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO VOLEIBOL ATC

REGULAMENTO INTERNO VOLEIBOL ATC REGULAMENTO INTERNO VOLEIBOL ATC DAS FINALIDADES I- O presente regulamento disciplina todas as atividades desenvolvidas pelo Departamento de Vôlei do clube. DA COMPOSIÇÃO II- O Clube disponibiliza equipes

Leia mais

Noções de Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos

Noções de Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos Noções de Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos Direitos Humanos Criada durante o pós Guerra ( 2ª Guerra Mundial), em 1946 e aprovada em 1948 pela Assembléia Geral das Nações Unidas;

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE TEORIA E GESTÃO DA INFORMAÇÃO DISCIPLINAS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO ECI CARGA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE TEORIA E GESTÃO DA INFORMAÇÃO DISCIPLINAS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO ECI CARGA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE TEORIA E GESTÃO DA INFORMAÇÃO DISCIPLINAS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DISCIPLINA: Tópicos em Informação e Cultura D (Produção Cultural: questões sobre gestão)

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 617 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 617 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 617 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015 Ementa: Dispõe as atribuições e competênciasdo farmacêutico nos Hemocentros Nacional e Regionais bem como em serviços de hemoterapia e/ou bancos de sangue. O

Leia mais

3- O Homem do Renascimento (1975), de Agnes HELLER [pp. 9 a 49 da edição portuguesa Editorial Presença- Lisboa, 1982].

3- O Homem do Renascimento (1975), de Agnes HELLER [pp. 9 a 49 da edição portuguesa Editorial Presença- Lisboa, 1982]. DISCIPLINA: HISTÓRIA MODERNA I CÓDIGO: FLH 0231 SEMESTRE/ANO: 1 O semestre 2013 PERIODO: Vespertino e Noturno CRÉDITOS: 06 (05 aulas e 01 trabalho) Prof. Responsável: Modesto Florenzano PROGRAMA (OBJETIVOS

Leia mais

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO I. IDENTIFICAÇÃO DISCIPLINA Metodologia das Ciências Sociais CARGA HORÁRIA CURSO Sociologia e Política SEMESTRE 3º / 2016 PROFESSOR

Leia mais

Portaria n.º 931/2006 de 8 de Setembro Publicado no DR 174, Série I de 2006-09-08

Portaria n.º 931/2006 de 8 de Setembro Publicado no DR 174, Série I de 2006-09-08 Rectificada pela Declaração de Rectificação n.º 76-A/2006, de 7-11. Alterada pela Portaria n.º 256/2007, de 12-3. Alterada pela Portaria n.º 1165/2007, de 13-9. MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA Portaria

Leia mais