CARTA-CIRCULAR Nº 3089

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CARTA-CIRCULAR Nº 3089"

Transcrição

1 CARTA-CIRCULAR Nº 3089 Libera módulos do Sistema de Informações sobre Entidades de Interesse do Banco Central - Unicad. Em conformidade com o disposto nas Circulares e 3.180, de 4 de dezembro de 2002 e 26 de fevereiro de 2003, respectivamente, comunicamos que estarão disponíveis, a partir do dia 28 de fevereiro de 2003, no endereço eletrônico do Banco Central do Brasil, os seguintes módulos do Sistema de Informações sobre Entidades de Interesse do Banco Central - Unicad: Autorizações, Conglomerados, Jurisdições, Ocorrências, Operações e Vínculos. 2. Os módulos ora liberados devem ser utilizados pelas instituições para inclusão, consulta ou alteração das seguintes informações: I - Dados sobre mudança de tipo jurídico - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para reorganização societária - Mudança de tipo jurídico"; II - Dados sobre mudança de objeto social para banco múltiplo - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para reorganização societária - Transformação em banco múltiplo"; III - Dados sobre criação de carteira operacional por banco múltiplo - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para reorganização societária - Criação de carteira operacional"; IV - Dados sobre cancelamento de carteira operacional por banco múltiplo - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para reorganização societária - Cancelamento de carteira operacional"; V - Dados sobre cisão de entidade supervisionada - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para reorganização societária - Cisão"; VI - Dados sobre incorporação envolvendo entidade supervisionada - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para reorganização societária - Incorporação"; VII - Dados sobre fusão envolvendo entidade supervisionada - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para reorganização societária - Fusão"; VIII - Dados sobre mudança de objeto social para outros objetos - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para reorganização societária - Mudança de objeto social";

2 IX - Dados de alteração da denominação da entidade supervisionada - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para alterações estatutárias/contratuais - Mudança de denominação social"; X - Dados de transferência de sede para outro município - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para alterações estatutárias/contratuais - Transferência de sede para outro município"; estatutários/contratuais: XI - Dados sobre órgãos a) inclusão - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para alterações estatutárias/contratuais - Inclusão de órgão estatutário/contratual"; "Autorizações - Inclusão - Autorização para alterações estatutárias/contratuais - Alteração de órgão estatutário/contratual"; estatutários/contratuais: XII - Dados sobre cargos a) inclusão - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para alterações estatutárias/contratuais - Inclusão de cargo estatutário/contratual"; "Autorizações - Inclusão - Autorização para alterações estatutárias/contratuais - Alteração de cargo estatutário/contratual"; XIII - Dados de alteração do capital social - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para alterações estatutárias/contratuais - Alteração de capital social"; XIV - Dados de capital autorizado - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para alterações estatutárias/contratuais - Inclusão/Alteração de dados de capital autorizado"; XV - Dados de cancelamento de autorização para funcionamento - módulo "Autorizações - Inclusão - Cancelamento de autorização para funcionamento"; XVI - Dados de cancelamento de autorização para administrar grupos de consórcio - módulo "Autorizações - Inclusão - Cancelamento de autorização para administrar grupos de consórcio";

3 XVII - Dados de solicitação de abertura de agência no país - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para abertura de instalações - Instalação de agência no País"; instalação de dependências no exterior: XVIII - Dados de solicitação de a) instalação - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para abertura de instalações - Instalação de dependência no exterior"; "Autorizações - Inclusão - Autorização para abertura de instalações - Alteração de dependência no exterior"; XIX - Dados de solicitação para operar em câmbio no mercado de taxas livres - módulo "Autorizações - Inclusão - Credenciamento para realizar operações especiais - Autorização para operar no mercado de câmbio de taxas livres"; XX - Dados de cancelamento de autorização para operar em câmbio no mercado de taxas livres - módulo "Autorizações - Inclusão - Credenciamento para realizar operações especiais - Cancelamento da autorização para operar no mercado de câmbio de taxas livres"; XXI - Dados de solicitação de autorização para contratação de correspondentes no país - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para vínculos - Contrato de correspondente no país"; XXII - Dados sobre eleição/nomeação de membros de órgãos estatutários - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para vínculos - Ato de eleição/nomeação de membro estatutário/contratual"; autorização para participação no exterior: XXIII - Dados de solicitação de a) inclusão - módulo "Autorizações - Inclusão - Autorização para alterar composição societária/participações - Inclusão de participação societária no exterior"; "Autorizações - Inclusão - Autorização para alterar composição societária/participações - Alteração de participação societária no exterior"; pertencentes a conglomerados econômicos: XXIV - Dados sobre empresas

4 participante - módulo "Conglomerado - Consulta/Alteração"; a) inclusão de empresa b) alteração ou exclusão de empresa participante - módulo "Conglomerado - Consulta/Alteração"; cisão ou fusão de fundos de investimentos: XXV - Dados sobre incorporação, a) inclusão - módulo "Ocorrências - Inclusão - Comunicado Comunicado de Vínculos (convênios/contratos/fundos/cargos)"; b) consulta - módulo "Ocorrências - Consulta/Alteração - Comunicado - Comunicado de Vínculos (convênios/contratos/fundos/cargos)"; dependências no exterior: XXVI - Dados cadastrais de a) pedido de autorização à autoridade estrangeira - módulo "Ocorrências - Inclusão - Comunicado - Comunicado de Alteração/Inclusão de Dados Cadastrais de Instalação - Pedido autorização autoridade estrangeira para dependência exterior"; b) concessão de autorização pela autoridade estrangeira - módulo "Ocorrências - Inclusão - Comunicado - Comunicado de Alteração/Inclusão de Dados Cadastrais de Instalação - Autoridade estrangeira para dependência exterior"; XXVII - Dados sobre habilitação para realização de operações especiais - módulo "Operações - Inclusão"; XXVIII - Dados sobre encerramento da habilitação para realização de operações especiais - módulo "Operações - Consulta/Alteração"; contratações com pessoas físicas e/ou jurídicas: XXIX - Dados sobre convênios e a)indicação de auditor independente - módulo "Vínculos - Inclusão - Auditor Independente"; b) encerramento de auditor independente - módulo "Vínculos - Consulta/Alteração - Auditor Independente"; c) contratação de prestação de serviço de correspondente no país, na forma do art. 1. da Resolução 2.707, de 30 de março de

5 2000, exceto incisos I e II do referido artigo - módulo "Vínculos - Inclusão - Correspondente no país"; d) encerramento de contrato de prestação de serviço de correspondente no país - módulo "Vínculos - Consulta/Alteração - Correspondente no país"; e) comunicação por central de cooperativa de filiação de cooperativas de crédito - módulo "Vínculos - Inclusão - Filiação de Cooperativa"; f) comunicação de encerramento de filiação de cooperativas de crédito - módulo "Vínculos - Consulta/Alteração - Filiação de Cooperativa"; g) inclusão de convênio com pessoas jurídicas para representação de administradoras de consórcio - módulo "Vínculos - Inclusão - Convênio de Administradoras de consórcio"; h) encerramento de convênio com pessoas jurídicas para representação de administradoras de consórcio - módulo "Vínculos - Consulta/Alteração - Convênio de Administradoras de consórcio"; i) contratação de convênio para utilização da conta Reserva Bancária - módulo "Vínculos - Inclusão - Convênio de Reserva Bancária"; j) encerramento de convênio para utilização da conta Reserva Bancária - módulo "Vínculos - Consulta/Alteração - Convênio de Reserva Bancária"; órgãos estatutários ou contratuais já homologados: XXX - Dados sobre membros de a) data de posse - módulo "Ocorrências - Inclusão - Comunicado - Comunicado de Vínculos (convênios/contratos/fundos/cargos) - Comunicação de data de posse"; b) datas de renúncia, remanejamento, desligamento e afastamento temporário superior a 15 dias - módulo "Vinculos - Consulta/Alteração - Membro estatutário"; XXXI - Dados sobre indicação de membro de órgão estatutário ou contratual como responsável por área de atuação - módulo "Vínculos - Inclusão - Diretor Responsável por área de atuação";

6 XXXII - Dados sobre substituição de membro de órgão estatutário ou contratual responsável por área de atuação - módulo "Vínculos - Consulta/Alteração - Diretor Responsável por área de atuação"; XXXIII - Dados sobre indicação de Responsável por envio de informações, a que se referem normativos específicos - módulo "Vínculos - Inclusão - Responsável por envio de informações"; XXXIV - Dados sobre substituição de Responsável por envio de informações, a que se referem normativos específicos - módulo "Vínculos - Consulta/Alteração - Responsável por envio de informações"; XXXV - Dados sobre indicação de Representante de câmbio - módulo "Vínculos - Inclusão - Representante de câmbio"; XXXVI - Dados sobre substituição de Representante de câmbio - módulo "Vínculos - Consulta/Alteração - Representante de câmbio". 3. As pessoas físicas e jurídicas que venham a ter informação registrada no Unicad devem ser cadastradas, preliminarmente, no módulo "Dados Básicos". 4. As instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil e as administradoras de consórcio devem registrar, até o dia 31 de março de 2003, a indicação do diretor responsável pela atualização dos dados registrados no Sistema Unicad, na forma do art. 2., parágrafo único, da Circular 3.165, de 4 de dezembro de 2003, utilizando o módulo "Vínculos -Inclusão - Diretor Responsável por Área de Atuação - Área de Responsabilidade - Diretor responsável pela atualização dos dados no UNICAD". 5. As instruções operacionais podem ser obtidas mediante à utilização da Opção/Ícone Ajuda, existente em cada módulo do Sistema Unicad. 6. Outras informações sobre o Sistema Unicad e telefones para contato nas gerências técnicas regionais poderão ser obtidos mediante acesso ao endereço eletrônico ícone "Unicad". Brasília, 28 de fevereiro de Departamento de Gestão de Informações Departamento de Organização do do Sistema Financeiro Sistema Financeiro. Sérgio Almeida de Souza Lima Chefe Luiz Edson Feltrim Chefe Departamento de Informática

7 José Antônio Eirado Neto Chefe Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen.

MANUAL DE NORMAS TERMO DE MERCADORIA

MANUAL DE NORMAS TERMO DE MERCADORIA MANUAL DE NORMAS TERMO DE MERCADORIA VERSÃO: 10/02/2009 2/9 MANUAL DE NORMAS TERMO DE MERCADORIA ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DOS PARTICIPANTES

Leia mais

LEI Nº 4.035. De: 04 de julho de 2014. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 4.035. De: 04 de julho de 2014. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 4.035 De: 04 de julho de 2014. Desafeta do domínio público os imóveis localizados no CONJUNTO HABITACIONAL SONHO MEU, na cidade de Umuarama - PR. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ,

Leia mais

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2010 Salário-de-contribuição (R$) INSS até 1.040,22 8,00% de 1.040,23 até 1.733,70 9,00% de 1.733,71 até 3.467,40

Leia mais

SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 8 DE NOVEMBRO DE 2011

SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 8 DE NOVEMBRO DE 2011 SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 8 DE NOVEMBRO DE 2011 Dispõe sobre os procedimentos para a aplicação do limite remuneratório de que trata o inciso XI, do art. 37, da Constituição

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante I - INTRODUÇÃO II - OBJETO III - DOS ÓRGÃOS E UNIDADES INTEGRANTES DO REGISTRO IV - CONDIÇÕES GERAIS PARA PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII -

Leia mais

Coordenadoria de Acórdãos e Resoluções

Coordenadoria de Acórdãos e Resoluções Página 139 nº 23.326/2010 - que dispõe sobre as diretrizes para a tramitação de documentos e processos sigilosos no âmbito da Justiça Eleitoral -, vieram-me os autos conclusos. Observo que os documentos

Leia mais

MANUAL DE NORMAS CONTRATO DE OPÇÃO DE VENDA CONAB

MANUAL DE NORMAS CONTRATO DE OPÇÃO DE VENDA CONAB MANUAL DE NORMAS CONTRATO DE OPÇÃO DE VENDA CONAB VERSÃO: 01/7/2008 2 / 7 MANUAL DE NORMAS CONTRATO DE OPÇÃO DE VENDA CONAB ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO

Leia mais

MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO

MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO VERSÃO: 01/7/2008 2 / 6 MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO

Leia mais

CARTA CIRCULAR Nº 3.624, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013

CARTA CIRCULAR Nº 3.624, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013 CARTA CIRCULAR Nº 3.624, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013 Cria, exclui e altera nomenclatura de rubricas contábeis no Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro Nacional (Cosif). O Chefe do Departamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIAS DE 22 DE JUNHO DE 2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIAS DE 22 DE JUNHO DE 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIAS DE 22 DE JUNHO DE 2012 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio

Leia mais

MANUAL DE NORMAS DISTRIBUIÇÃO

MANUAL DE NORMAS DISTRIBUIÇÃO MANUAL DE NORMAS DISTRIBUIÇÃO VERSÃO: 28/02/2011 2/7 MANUAL DE NORMAS DE DISTRIBUIÇÃO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DOS PARTICIPANTES 5 CAPÍTULO

Leia mais

ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO NOS PRÉDIOS DA DMED LISTADOS ABAIXO 1 - OBJETO Elaboração de Projeto

Leia mais

Solicitação de Proposta Comercial N 001/2013

Solicitação de Proposta Comercial N 001/2013 Solicitação de Proposta Comercial N 001/2013 A Fundação Assis Chateaubriand, inscrita no CNPJ sob o n 03.657.848/0001-86, com sede no SIG/SUL Quadra 02, Nº 340, Bloco 01, Térreo, Brasília/DF, torna pública

Leia mais

DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO

DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO TÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES Art. 1 - À coordenação de eixo-tecnológico compete: I - Convocar e presidir as reuniões do Colegiado de Curso; II - Submeter à Coordenação

Leia mais

PORTARIA Nº 475 DE 06 DE ABRIL DE 2016

PORTARIA Nº 475 DE 06 DE ABRIL DE 2016 PORTARIA Nº 475 DE 06 DE ABRIL DE 2016 Dispõe sobre delegação de competências aos Diretores Gerais dos Campi, Diretores Gerais Pro-Tempore dos Campi e Diretores Pro-Tempore dos Campi Avançados do IFMG.

Leia mais

MANUAL DE NORMAS CÉDULA DE PRODUTO RURAL

MANUAL DE NORMAS CÉDULA DE PRODUTO RURAL MANUAL DE NORMAS CÉDULA DE PRODUTO RURAL VERSÃO: 09/11/2010 2 / 12 MINUTA MANUAL DE NORMAS CÉDULA DE PRODUTO RURAL ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO

Leia mais

CARTA-CIRCULAR Nº 731 Documento normativo revogado pela Carta-Circular 2.823, de 13/11/1998.

CARTA-CIRCULAR Nº 731 Documento normativo revogado pela Carta-Circular 2.823, de 13/11/1998. CARTA-CIRCULAR Nº 731 Documento normativo revogado pela Carta-Circular 2.823, de 13/11/1998. 12/03/1987. Documento normativo revogado parcialmente pela Carta-Circular 1.579, de Aos Bancos Comerciais e

Leia mais

2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097. de Umuarama.

2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097. de Umuarama. 24 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 de Umuarama. 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 25 ANEXO I DO REGULAMENTO A QUE SE REFERE O DECRETO Nº 9510/2013 26 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 ANEXO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 4.282, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 4.282, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº 4.282, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2013 Estabelece as diretrizes que devem ser observadas na regulamentação, na vigilância e na supervisão das instituições de pagamento e dos arranjos de pagamento

Leia mais

CARTA-CIRCULAR N 916

CARTA-CIRCULAR N 916 CARTA-CIRCULAR N 916 Aos Estabelecimentos Bancários Comunicamos que, tendo em vista as disposições da solução n 851 e da Circular n 804, desta data, ficam criados o título 70.6 Banco Central - Operações

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante INTRODUÇÃO II - DO OBJETO E DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS III - DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA IV - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII - DA DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 084/2015 CONSU/IFAC.

RESOLUÇÃO Nº 084/2015 CONSU/IFAC. RESOLUÇÃO Nº 084/2015 CONSU/IFAC. Dispõe sobre o Regulamento das Atribuições da Coordenação Técnico Pedagógica COTEP do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre IFAC. O PRESIDENTE SUBSTITUTO

Leia mais

ÍNDICE CAPÍTULO I - DO OBJETIVO... 03 CAPÍTULO II - DA NOMENCLATURA... 04 CAPÍTULO III - DO CREDENCIAMENTO... 06 ANEXO I - FICHA CADASTRAL...

ÍNDICE CAPÍTULO I - DO OBJETIVO... 03 CAPÍTULO II - DA NOMENCLATURA... 04 CAPÍTULO III - DO CREDENCIAMENTO... 06 ANEXO I - FICHA CADASTRAL... COMPANHIA DO METROPOLITANO DO DISTRITO FEDERAL - METRÔ-DF DIRETORIA FINANCEIRA E COMERCIAL DFC DEPARTAMENTO COMERCIAL FCO DIVISÃO DE CAPTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS - FCDP CREDENCIAMENTO PARA EXPLORAÇÃO

Leia mais

MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO

MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO VERSÃO: 01/7/2008 MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO 01/7/2008 2/8 ÍNDICE

Leia mais

Notícias Consolidação das Leis Federais

Notícias Consolidação das Leis Federais Notícias Consolidação das Leis Federais Encaminhado ao Congresso Nacional Projeto de lei para declarar expressamente revogadas leis e decretos-leis cujos preceitos perderam eficácia. (EM nº 020/2000 -

Leia mais

Prefácio 17 Explicação necessária 19

Prefácio 17 Explicação necessária 19 SUMÁRIO Prefácio 17 Explicação necessária 19 I. CONSTITUIÇÃO 21 1. Conceitos 21 2. História das Constituições 21 3. Classificação das Constituições 23 4. Elementos das Constituições 24 5. Estrutura da

Leia mais

MANUAL DE NORMAS SWAP

MANUAL DE NORMAS SWAP MANUAL DE NORMAS SWAP VERSÃO: 01/7/2008 2/8 MANUAL DE NORMAS SWAP ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DOS PARTICIPANTES 5 CAPÍTULO QUARTO DO SWAP

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE COORDENADORIA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO BLOCO E3 (DIDÁTICO-PEDAGÓGICO)

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.567, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2011

CIRCULAR Nº 3.567, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2011 CIRCULAR Nº 3.567, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2011 Dispõe sobre o fornecimento de informações relativas a operações de crédito ao Sistema de Informações de Créditos (SCR), de que trata a Resolução nº 3.658,

Leia mais

Anexo 1 Plan de clase (10º B/F/G; Describir la vivienda)

Anexo 1 Plan de clase (10º B/F/G; Describir la vivienda) Anexo 1 Plan de clase (10º B/F/G; Describir la vivienda) i Anexo 1.1 Trabalhos realizados pelos alunos (Posters) ii Anexo 2 Planificação de unidade didáctica (10º D; La gastronomía española) iii Anexo

Leia mais

MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI

MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI VERSÃO: 20/7/2009 2/8 MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DOS PARTICIPANTES

Leia mais

MINUTA DE REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO

MINUTA DE REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO MINUTA DE REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS NORMA I Âmbito de Aplicação O. (indicar o tipo de estabelecimento ou estrutura prestadora de serviços) designado por (indicar

Leia mais

MANUAL DE NORMAS LCA LETRA DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO

MANUAL DE NORMAS LCA LETRA DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO MANUAL DE NORMAS LETRA DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO VERSÃO: 01/7/2009 MANUAL DE NORMAS LETRA DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO 01/7/2009 2 / 14 ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES

Leia mais

MANUAL DE NORMAS TERMO DE MOEDA

MANUAL DE NORMAS TERMO DE MOEDA MANUAL DE NORMAS TERMO DE MOEDA VERSÃO: 23/05/2011 2/10 MANUAL DE NORMAS TERMO DE MOEDA ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DOS PARTICIPANTES 6 CAPÍTULO

Leia mais

PROTOCOLO DE EMENDA AO CONVÊNIO DE INTEGRAÇÃO CINEMATOGRÁFICA IBERO-AMERICANA

PROTOCOLO DE EMENDA AO CONVÊNIO DE INTEGRAÇÃO CINEMATOGRÁFICA IBERO-AMERICANA PROTOCOLO DE EMENDA AO CONVÊNIO DE INTEGRAÇÃO CINEMATOGRÁFICA IBERO-AMERICANA Os Estados Partes do Convênio de Integração Cinematográfica Ibero-americana: CONSCIENTES da necessidade de fortalecer e ampliar

Leia mais

INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h

INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA Disciplina: INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h Professor: Prof. Dr. Sergio B. F. Tavolaro sergiotavolaro@unb.br

Leia mais

Novo RDE-IED. Orientações para homologação do sistema

Novo RDE-IED. Orientações para homologação do sistema Novo RDE-IED Orientações para homologação do sistema I - Principais mudanças de regras 1. A responsabilidade pelo registro volta a ser exclusivamente da receptora. 2. A identificação da receptora passa

Leia mais

Legislação - Referências

Legislação - Referências Legislação - Referências Tipo Título Data Local Título da Fonte Página Ato Atos da Administração Federal Abr./1944 Rio de Janeiro RBEP nº 1 p. 132 Aviso Aviso nº 49-G-2 do Ministério da Aeronáutica 17

Leia mais

MANUAL DE NORMAS CDA E WA

MANUAL DE NORMAS CDA E WA MANUAL DE NORMAS CDA E WA VERSÃO: 01/7/2008 2 / 11 MANUAL DE NORMAS CDA CERTIFICADO DE DEPÓSITO AGROPECUÁRIO E WA WARRANT AGROPECUÁRIO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES

Leia mais

A DESVALORIZAÇÃO DO FEMININO NO MUNDO DO CONSUMO - APLICAÇÕES 83 EXPLORATÓRIAS ÀS MARCAS, AO MARKETING E À PUBLICIDADE

A DESVALORIZAÇÃO DO FEMININO NO MUNDO DO CONSUMO - APLICAÇÕES 83 EXPLORATÓRIAS ÀS MARCAS, AO MARKETING E À PUBLICIDADE ÍNDICE I - INTRODUÇÃO 19 II - METODOLOGIA I 21 III - REVISÃO TEÓRICA 23 NÚMEROS E FACTOS - A AMPLITUDE DO FEMININO 23 Demografia Nacional e Internacional 23 A Evolução da Educação 25 O Mundo Laboral 27

Leia mais

MANUAL DE NORMAS DE TERMO DE MOEDA, TERMO DE ÍNDICE DI E TERMO DE MERCADORIA ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3

MANUAL DE NORMAS DE TERMO DE MOEDA, TERMO DE ÍNDICE DI E TERMO DE MERCADORIA ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 2 / 14 MANUAL DE NORMAS DE TERMO DE MOEDA, TERMO DE ÍNDICE DI E TERMO DE MERCADORIA ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DOS PARTICIPANTES 8 CAPÍTULO

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL FATOR IFIX FII

RELATÓRIO MENSAL FATOR IFIX FII FATOR IFIX FII Dezembro de 2016 FATOR IFIX FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PERFIL DO FUNDO O Fator IFIX Fundo de Investimento Imobiliário FII tem como objetivo o investir preponderantemente, em cotas

Leia mais

PORTARIA Nº 129/2016-SEFAZ

PORTARIA Nº 129/2016-SEFAZ PORTARIA Nº 129/2016-SEFAZ Altera a Portaria n 005/2014-SEFAZ, de 30/01/2014 (DOE 31/01/2014), que dispõe sobre o Cadastro de Contribuintes do ICMS do Estado de Mato Grosso e dá outras providências. O

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 4.278, DE 31 DE OUTUBRO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 4.278, DE 31 DE OUTUBRO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº 4.278, DE 31 DE OUTUBRO DE 2013 Altera e revoga disposições da Resolução nº 4.192, de 1º de março de 2013, que dispõe sobre a metodologia para apuração do Patrimônio de Referência (PR). O

Leia mais

Lista de Jurisprudência sobre Direito das Sociedades *

Lista de Jurisprudência sobre Direito das Sociedades * Lista de Jurisprudência sobre Direito das Sociedades * (ordenada cronologicamente, com indicações sobre os assuntos tratados) Ac. STJ 16.3.76 - RLJ 3.590, ano 110, 1977 (conta em participação) Ac. STJ

Leia mais

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL SECRETARIA NACIONAL DE JUVENTUDE Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local a) COORDENADOR ADJUNTO: 01 (Contratação Temporária

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL FATOR IFIX FII

RELATÓRIO MENSAL FATOR IFIX FII FATOR IFIX FII Novembro de 2016 FATOR IFIX FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PERFIL DO FUNDO O Fator IFIX Fundo de Investimento Imobiliário FII tem como objetivo o investir preponderantemente, em cotas

Leia mais

O Colégio Militar de Curitiba, em relação ao regulamento Nº 001/13 resolve, complementar os seguintes itens :

O Colégio Militar de Curitiba, em relação ao regulamento Nº 001/13 resolve, complementar os seguintes itens : O de Curitiba, em relação ao regulamento Nº 001/13 resolve, complementar os seguintes itens : 2. DAS CONDIÇÕES DE INGRESSO, REMUNERAÇÃO E ATRIBUIÇÕES b. O regime de trabalho será, preferencialmente, o

Leia mais

CURSO COMPLETO: PLANEJAMENTO DAS CONTRATAÇÕES

CURSO COMPLETO: PLANEJAMENTO DAS CONTRATAÇÕES CURSO EAD CURSO COMPLETO: PLANEJAMENTO DAS CONTRATAÇÕES Com ênfase: Elaboração do Termo de Referência; Cautelas na fase externa: habilitação e julgamento das propostas; Peculiaridades do pregão; Tratamento

Leia mais

RESOLUÇÃO. Gestão de Negócios; Gestão Estratégica de Pessoas, no câmpus de Itatiba, criados pela Resolução CONSEPE 21-A/2003, de 26/6/2003;

RESOLUÇÃO. Gestão de Negócios; Gestão Estratégica de Pessoas, no câmpus de Itatiba, criados pela Resolução CONSEPE 21-A/2003, de 26/6/2003; RESOLUÇÃO CONSEPE 69/2004 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE EXTINÇÃO DE CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no

Leia mais

DOCUMENTO DE CONSULTA PÚBLICA N.º 15/2016

DOCUMENTO DE CONSULTA PÚBLICA N.º 15/2016 DOCUMENTO DE CONSULTA PÚBLICA N.º 15/2016 Projeto de norma regulamentar que define os princípios a observar pelas empresas de seguros no seu relacionamento com os tomadores de seguros, segurados, beneficiários

Leia mais

RESOLUÇÃO N I - a atuação da entidade com derivativos de renda variável subordina-se aos limites referidos no art.25, inciso II, alínea 'd';

RESOLUÇÃO N I - a atuação da entidade com derivativos de renda variável subordina-se aos limites referidos no art.25, inciso II, alínea 'd'; RESOLUÇÃO N 3357 Documento normativo revogado pela Resolução 3456, de 01/06/2007. Altera o Regulamento anexo à Resolução 3.121, de 2003, que dispõe sobre as diretrizes pertinentes à aplicação dos recursos

Leia mais

POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLÉIAS GERAIS CANEPA ASSET MANAGEMENT - CAM BRASIL GESTAO DE RECURSOS LTDA.

POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLÉIAS GERAIS CANEPA ASSET MANAGEMENT - CAM BRASIL GESTAO DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLÉIAS GERAIS CANEPA ASSET MANAGEMENT - CAM BRASIL GESTAO DE RECURSOS LTDA. Versão: Junho/2016 CAPÍTULO I Definição e Finalidade 1.1 A presente Política

Leia mais

ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS

ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS A Fernando da Silva Correia ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS I Livros I Horizonte ÍNDICE GERAL PREFÁCIO 7 NOTA LIMINAR 9 INTRODUÇÃO 13 0 CONCEITO DE ASSISTÊNCIA 13 AS DIFICULDADES DA HISTÓRIA

Leia mais

CARTA CIRCULAR Nº 3.721, DE 24 DE AGOSTO DE 2015

CARTA CIRCULAR Nº 3.721, DE 24 DE AGOSTO DE 2015 CARTA CIRCULAR Nº 3.721, DE 24 DE AGOSTO DE 2015 Altera o Documento 24 do Manual de Crédito Rural (MCR). O Chefe do Departamento de Regulação, Supervisão e Controle das Operações do Crédito Rural e do

Leia mais

Regulamento Oferta Digitronco

Regulamento Oferta Digitronco TELEMAR NORTE LESTE S.A., sociedade anônima, concessionária do Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC), com sede na Cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, na Rua do Lavradio, 71 2 andar- Parte

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 46.576, DE 20 DE AGOSTO DE 2009. (publicado no DOE nº 161, de 21 de agosto de 2009) Modifica o Regulamento

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Gabinete do Ministro

Ministério de Minas e Energia Gabinete do Ministro Ministério de Minas e Energia Gabinete do Ministro PORTARIA N o 172, DE 10 DE MAIO DE 2016 O MINISTRO DE ESTADO DE MINAS E ENERGIA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, parágrafo único, incisos

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE ATOS INTEGRANTES DA TABELA DE PREÇOS DOS SERVIÇOS PERTINENTES AO REGISTRO PÚBLICO DE EMPRESAS MERCANTIS E ATIVIDADES AFINS.

ESPECIFICAÇÃO DE ATOS INTEGRANTES DA TABELA DE PREÇOS DOS SERVIÇOS PERTINENTES AO REGISTRO PÚBLICO DE EMPRESAS MERCANTIS E ATIVIDADES AFINS. S ESPECIFICAÇÃO DE INTEGRANTES DA TABELA DE S DOS SERVIÇOS PERTINENTES AO REGISTRO PÚBLICO DE EMPRESAS MERCANTIS E ATIVIDADES AFINS. Resolução Plenária n.º 006/2016, que reajustou a tabela de preços da

Leia mais

Art. 1º Aprovar o Regimento Interno da Divisão de Biblioteca DIBIB, anexo a esta Resolução. São João del-rei, 16 de fevereiro de 2009.

Art. 1º Aprovar o Regimento Interno da Divisão de Biblioteca DIBIB, anexo a esta Resolução. São João del-rei, 16 de fevereiro de 2009. RESOLUÇÃO N o 003, de 16 de fevereiro de 2009. Aprova Regimento Interno da Divisão de Biblioteca DIBIB. O PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ, no uso de

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para 2015.2

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para 2015.2 CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC Atualizado para 2015.2 1ª Fase I: MED 7001 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA MEDICINA I Anatomia 48 (+12 Integr.) Fisiologia 68 (+12 Integr.) Bioquímica 62 Histologia

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO IFNMG

REGULAMENTO DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO IFNMG Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais REGULAMENTO DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO IFNMG (APROVADO

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.752, DE 27 DE MARÇO DE 2015

CIRCULAR Nº 3.752, DE 27 DE MARÇO DE 2015 CIRCULAR Nº 3.752, DE 27 DE MARÇO DE 2015 Regulamenta a Resolução nº 4.373, de 29 de setembro de 2014, com o objetivo de uniformizar, simplificar procedimentos e conferir maior clareza às disposições sobre

Leia mais

Manual de Normas Opção Flexível Sobre Ação, Cota de Fundo de Investimento, Índice e Mercadoria

Manual de Normas Opção Flexível Sobre Ação, Cota de Fundo de Investimento, Índice e Mercadoria Sobre Ação, Índice e Mercadoria VERSÃO: 22/08/2011 MANUAL DE NORMAS OPÇÃO FLEXÍVEL SOBRE AÇÃO, COTA DE FUNDO DE INVESTIMENTO, ÍNDICE E MERCADORIA ÍNDICE 22/08/2011 CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 617 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 617 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 617 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015 Ementa: Dispõe as atribuições e competênciasdo farmacêutico nos Hemocentros Nacional e Regionais bem como em serviços de hemoterapia e/ou bancos de sangue. O

Leia mais

Capítulo I Introdução e objectivo Introdução Objectivos do estudo Motivação para o estudo 2. Capítulo II Revisão da Literatura 4

Capítulo I Introdução e objectivo Introdução Objectivos do estudo Motivação para o estudo 2. Capítulo II Revisão da Literatura 4 Índice geral Capítulo I Introdução e objectivo 1 Pág. 1.0 Introdução 2 1.1 Objectivos do estudo 2 1.2 Motivação para o estudo 2 Capítulo II Revisão da Literatura 4 2.1 O Suicídio na História e na Literatura:

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Fixa normas para o funcionamento das Atividades Complementares no Curso de Fisioterapia do Centro Universitário de Anápolis UniEVANGÉLICA.

Leia mais

REGULAMENTO PROMOCIONAL 01/2016 PROMOCÃO CAMISA 12 CAMPEONATO RONDONIENSE DE FUTEBOL FFER/EUCATUR 2016

REGULAMENTO PROMOCIONAL 01/2016 PROMOCÃO CAMISA 12 CAMPEONATO RONDONIENSE DE FUTEBOL FFER/EUCATUR 2016 REGULAMENTO PROMOCIONAL 01/2016 PROMOCÃO CAMISA 12 CAMPEONATO RONDONIENSE DE FUTEBOL FFER/EUCATUR 2016 Do objetivo da promoção I. A promoção Promoção Camisa 12 Campeonato Rondoniense de Futebol FFER/Eucatur

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 100, DE 2015

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 100, DE 2015 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 100, DE 2015 Altera a Lei nº 9.961, de 28 de janeiro de 2000, para determinar que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) estabeleça o índice máximo de reajuste das contraprestações

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Junta Comercial do Estado de São Paulo

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Junta Comercial do Estado de São Paulo TABELA DE PREÇOS DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO JUCESP RATIFICADA, NOS TERMOS DO ARTIGO 4º DA DELIBERAÇÃO JUCESP N. 1/2015, PELO COLÉGIO DE VOGAIS DA JUCESP EM SESSÃO PLENÁRIA REALIZADA EM 22/12/2015.

Leia mais

REGULAMENTO DO MERCADO DE CÂMBIO E CAPITAIS INTERNACIONAIS TÍTULO : 3 - Capitais Estrangeiros no País CAPÍTULO : 1 - Disposições Gerais

REGULAMENTO DO MERCADO DE CÂMBIO E CAPITAIS INTERNACIONAIS TÍTULO : 3 - Capitais Estrangeiros no País CAPÍTULO : 1 - Disposições Gerais CAPÍTULO : 1 - Disposições Gerais 1. Este título trata das normas e dos procedimentos relativos ao registro de capitais estrangeiros no País, de acordo com a Resolução n 3.844, de 23 de março de 2010.

Leia mais

MUDANÇAS TRABALHISTAS ADVINDAS EC 72/2013. Lilian Kênia Jorge Faculdade Alfredo Nasser

MUDANÇAS TRABALHISTAS ADVINDAS EC 72/2013. Lilian Kênia Jorge Faculdade Alfredo Nasser MUDANÇAS TRABALHISTAS ADVINDAS EC 72/2013 Lilian Kênia Jorge lilikeniajorge@gmail.com ANA CELUTA F. TAVEIRA Mestre em Direito e Doutora em Educação anaceluta@yahoo.com.br HUMBERTO CÉSAR MACHADO Doutor

Leia mais

INSTRUÇÃO CONFE Nº 5, de 30 de dezembro de 1969

INSTRUÇÃO CONFE Nº 5, de 30 de dezembro de 1969 INSTRUÇÃO CONFE Nº 5, de 30 de dezembro de 1969 ALTERA E COMPLEMENTA ORIENTAÇÕES EXPEDIDAS AOS CONRE SOBRE PROCESSAMENTO DE REGISTROS, PREENCHIMENTO DE CARTEIRAS, PRESTAÇÃO DE CONTAS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

RESOLUÇÃO CFESS Nº 764, de 22 de junho de 2016.

RESOLUÇÃO CFESS Nº 764, de 22 de junho de 2016. RESOLUÇÃO CFESS Nº 764, de 22 de junho de 2016. Ementa: Altera dispositivos da Resolução CFESS 582, de 01 de julho de 2010. A Presidente Em Exercício do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), no uso

Leia mais

Original assinado por ROBERTO TEIXEIRA DA COSTA Presidente. NORMAS ANEXAS À INSTRUÇÃO N o 001 DE 27 DE ABRIL DE 1978.

Original assinado por ROBERTO TEIXEIRA DA COSTA Presidente. NORMAS ANEXAS À INSTRUÇÃO N o 001 DE 27 DE ABRIL DE 1978. Dispõe sobre as normas e procedimentos para contabilização e elaboração de demonstrações financeiras, relativas a ajustes decorrentes da avaliação de investimento relevante de companhia aberta em sociedades

Leia mais

Cancelamento de Registro de Operadoras. Junho/2016

Cancelamento de Registro de Operadoras. Junho/2016 Cancelamento de Registro de Operadoras Junho/2016 Diretoria de Normas e Habilitação das Operadoras DIOPE Gerência Geral de Regimes Especiais GGRE Coordenadoria de Cancelamento de Registro COCRE Cancelamento

Leia mais

Módulo Emissor de NFS-e

Módulo Emissor de NFS-e Poder Executivo do MUNICÍPIO de Londrina Secretaria Municipal de Fazenda ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA Módulo Emissor de NFS-e Tutorial para solicitação de autorização para emissão de NFS-e REVIsÃo 2014.04.28

Leia mais

LEI N.º 6.048, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015.

LEI N.º 6.048, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015. LEI N.º 6.048, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015. Autoriza o Poder Executivo a doar os bens que equipam a Capela Mortuária do Bairro Progresso, para a Associação do Bairro Progresso. O Prefeito Municipal de Erechim,

Leia mais

CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CALL CENTER 2013 DAS PARTES

CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CALL CENTER 2013 DAS PARTES CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CALL CENTER 2013 DAS PARTES YOU TELECOM ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES LTDA ME, CNPJ nº 14.450.742/0001-23 com sede no endereço SRTV/s, quadra 701, conjunto E, edifício

Leia mais

DOU Seção I 30/09/2013 MINISTÉRIO DA SAÚDE ANSS - AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR. PORTARIA No- 1, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016

DOU Seção I 30/09/2013 MINISTÉRIO DA SAÚDE ANSS - AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR. PORTARIA No- 1, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016 DOU Seção I 30/09/2013 MINISTÉRIO DA SAÚDE ANSS - AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR PORTARIA No- 1, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016 A DIRETORA DE DESENVOLVIMENTO SETORIAL DA AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR,

Leia mais

PORTARIA Nº 22, DE 18 DE JANEIRO DE 2008

PORTARIA Nº 22, DE 18 DE JANEIRO DE 2008 PORTARIA Nº 22, DE 18 DE JANEIRO DE 2008 O MINISTRO DE ESTADO, INTERINO, DE MINAS E ENERGIA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, parágrafo único, incisos II e IV, da Constituição Federal,

Leia mais

Documento normativo revogado pela Circular 819, de 05/10/1983.

Documento normativo revogado pela Circular 819, de 05/10/1983. CARTA-CIRCULAR Nº 900 Documento normativo revogado pela Circular 819, de 05/10/1983. Às Instituições Financeiras do Sistema Nacional de Crédito Rural monetária: Comunicamos que, quando se tratar de operações

Leia mais

REGULAMENTO PROMOCIONAL 03/2016 PROMOÇÃO EXPOJIPA A EUCATUR LEVA VOCÊ!

REGULAMENTO PROMOCIONAL 03/2016 PROMOÇÃO EXPOJIPA A EUCATUR LEVA VOCÊ! PROMOÇÃO EXPOJIPA 2016. A EUCATUR LEVA VOCÊ! Esta campanha promocional é instituída pela EUCATUR Empresa União Cascavel de Transporte e Turismo LTDA inscrita no CNPJ 76.080.738/0010-69, localizada na Av.

Leia mais

CARTA-CIRCULAR Nº 3.043, DE 26 DE SETEMBRO DE 2002

CARTA-CIRCULAR Nº 3.043, DE 26 DE SETEMBRO DE 2002 BANCO CENTRAL DO BRASIL Departamento de Supervisão Indireta CARTA-CIRCULAR Nº 3.043, DE 26 DE SETEMBRO DE 2002 Dispõe sobre os procedimentos a serem observados na remessa de informações no âmbito da Central

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Junta Comercial do Estado de São Paulo

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Junta Comercial do Estado de São Paulo ANEXO I A QUE SE REFERE À PORTARIA JUCESP Nº 49, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2015. Republicado por não ter sido atualizado o valor correspondente ao arquivamento de debênture e demais informações complementares.

Leia mais

CIRCULAR Nº Art. 7º Esta Circular entra em vigor na data de sua publicação.

CIRCULAR Nº Art. 7º Esta Circular entra em vigor na data de sua publicação. CIRCULAR Nº 2825 Documento normativo revogado pela Circular 3280, de 09/03/2005. Estabelece, altera e sistematiza os procedimentos cambiais relativos às exportações financiadas. A Diretoria Colegiada do

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 20 DAS SOCIEDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO CAPÍTULO I CARACTERÍSTICAS, CONSTITUIÇÃO E AUTORIZAÇÃO

RESOLUÇÃO Nº 20 DAS SOCIEDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO CAPÍTULO I CARACTERÍSTICAS, CONSTITUIÇÃO E AUTORIZAÇÃO 1 RESOLUÇÃO Nº 20 Documento normativo revogado pela Resolução 2735, de 28/06/2000. O BANCO CENTRAL DA REPÚBLICA DO BRASIL, na forma da deliberação do Conselho Monetário Nacional, em sessão de 28.2.66,

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CARGO PROFESSOR BOLSISTA

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CARGO PROFESSOR BOLSISTA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CARGO PROFESSOR BOLSISTA Edital nº 002/2015 de 07 de Maio de 2015. O Coordenador Geral do Núcleo de Ensino a Distância

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Lei Geral da Micro e Pequena Empresa Empreendedor Individual

EMPREENDEDORISMO. Lei Geral da Micro e Pequena Empresa Empreendedor Individual EMPREENDEDORISMO Números MPE Indicador Brasil DF Participação % Fonte Número de MPE 5.786.696 87.358 1,51 RAIS 2008 Número de MPE Comércio 3.067.577 41.967 1,37 RAIS 2008 Número de MPE - Serviço 1.861.779

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETO Nº 3.624, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1997. Complementa normas para escrituração fiscal do ISS, para os contribuintes que exerçam atividades financeiras, bancárias e congêneres, e institui o PROBAN -

Leia mais

MODELOS DE CARTAS DO CADOC

MODELOS DE CARTAS DO CADOC MODELOS DE CARTAS DO CADOC N CADOC 30001-0 Abertura de Conta Padrão Cartão de Autógrafos 30002-9 Abertura de Conta Padrão Participante Liquidante 30003-8 Abertura de Conta Padrão Participante Não-Liquidante

Leia mais

Instruções para preenchimento dos Documentos 3020, 3026 e Para efeito da prestação de informações ao SCR, considera-se:

Instruções para preenchimento dos Documentos 3020, 3026 e Para efeito da prestação de informações ao SCR, considera-se: Instruções para preenchimento dos Documentos 3020, 3026 e 3030 Para fins de preenchimento dos arquivos correspondentes aos documentos referidos no inciso II do item 1 da Carta-Circular nº 3.404, de 30

Leia mais

CAPÍTULO I DO APOIO A GESTÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE CAPÍTULO II DA CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE

CAPÍTULO I DO APOIO A GESTÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE CAPÍTULO II DA CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE LEI N.º 1.297, DE 06 DE JULHO DE 2010. Dispõe sobre apoio a Gestão do Sistema Único de Saúde, da realização de conferências no âmbito municipal, da reformulação e funcionamento do Conselho Municipal de

Leia mais

LEI N Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a. seguinte lei:

LEI N Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a. seguinte lei: LEI N. 6.869 Altera, acrescenta e revoga dispositivos e tabelas que especifica, da Lei Municipal nº 1.389, de 27 de dezembro de 1966, que instituiu o Código Tributário do Município de Poços de Caldas,

Leia mais

ANEXO I Circular SUSEP nº 07/94

ANEXO I Circular SUSEP nº 07/94 ANEXO I Circular SUSEP nº 07/94 1. Sociedades Seguradoras Nacionais, Sociedades de Capitalização e Sociedades de Previdência Privada Aberta com fins lucrativos. 1.1- ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA - AGE

Leia mais

CARTA CIRCULAR Nº 389

CARTA CIRCULAR Nº 389 Às Instituições Financeiras CARTA CIRCULAR Nº 389 Em conformidade com a Circular nº 492, de 07.01.80, comunicamos que, a partir desta data, as seções 16 12 1, 16 13 2, 16 13 3, 16 13 4, 16 13 5, 16 13

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.705, DE 24 DE ABRIL DE 2014

CIRCULAR Nº 3.705, DE 24 DE ABRIL DE 2014 CIRCULAR Nº 3.705, DE 24 DE ABRIL DE 2014 Altera as Circulares ns. 3.681, 3.682 e 3.683, todas de 4 de novembro de 2013, que dispõem sobre os arranjos e as instituições de pagamento, e a Circular nº 3.347,

Leia mais

ARAMUS GESTORA DE ATIVOS LTDA. POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS GERAIS

ARAMUS GESTORA DE ATIVOS LTDA. POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS GERAIS ARAMUS GESTORA DE ATIVOS LTDA. POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS GERAIS JANEIRO /2013 POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS GERAIS ARAMUS GESTORA DE ATIVOS LTDA.

Leia mais

MANUAL DE NORMAS COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO

MANUAL DE NORMAS COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO MANUAL DE NORMAS COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO VERSÃO: 31/3/2011 2/12 MANUAL DE NORMAS COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO

Leia mais

Gerenciamento dos Resíduos. Desafios e Oportunidades. Junho de 2016

Gerenciamento dos Resíduos. Desafios e Oportunidades. Junho de 2016 Gerenciamento dos Resíduos da Construção Civil Desafios e Oportunidades Junho de 2016 SITUAÇÃO ATUAL DA GESTÃO DE RCC PELO SLU NO DF Em 2015 o SLU recolheu 706.855 toneladas de Resíduos da Construção Civil

Leia mais