MÚSCULOS ESTRIADOS ESQUELÉTICOS COMPONENTES ANATÔMICOS VENTRE MUSCULAR FÁSCIA MUSCULAR TENDÕES E APONEUROSES BAINHAS TENDÍNEAS / SINÓVIAIS

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MÚSCULOS ESTRIADOS ESQUELÉTICOS COMPONENTES ANATÔMICOS VENTRE MUSCULAR FÁSCIA MUSCULAR TENDÕES E APONEUROSES BAINHAS TENDÍNEAS / SINÓVIAIS"

Transcrição

1 MÚSCULOS MIOLOGIA

2 MÚSCULOS ESTRIADOS ESQUELÉTICOS COMPONENTES ANATÔMICOS VENTRE MUSCULAR FÁSCIA MUSCULAR TENDÕES E APONEUROSES BAINHAS TENDÍNEAS / SINÓVIAIS

3 MÚSCULOS ESTRIADOS ESQUELÉTICOS COMPONENTES ANATÔMICOS VENTRE MUSCULAR É A PORÇÃO CONTRÁTIL DO MÚSCULO, CONSTITUIDA POR FIBRAS MUSCULARES QUE SE CONTRAEM. CONSTITUI O CORPO DO MÚSCULO (PORÇÃO CARNOSA).

4 MÚSCULOS ESTRIADOS ESQUELÉTICOS COMPONENTES ANATÔMICOS FÁSCIA MUSCULAR É UMA LÂMINA OU FAIXA LARGA DE TECIDO CONJUNTIVO FIBROSO, QUE, ABAIXO DA PELE, CIRCUNDA OS MÚSCULOS E OUTROS ORGÃOS DO CORPO

5 MÚSCULOS ESTRIADOS ESQUELÉTICOS COMPONENTES ANATÔMICOS TENDÕES É UM ELEMENTO DE TECIDO CONJUNTIVO, RICOS EM FIBRAS COLÁGENEAS E QUE SERVE PARA A FIXAÇÃO DO VENTRE, EM OSSOS, NO TECIDO SUBCUTÂNEO E EM CAPSULA ARTICULARES. POSSUEM ASPECTOS MORFOLÓGICOS DE FITAS OU CILINDROS.

6 MÚSCULOS ESTRIADOS ESQUELÉTICOS COMPONENTES ANATÔMICOS APONEUROSES É UMA ESTRUTURA FORMADA POR TECIDO CONJUNTIVO. MEMBRANA QUE ENVOLVE GRANDES GRUPOS MUSCULARES. GERALMENTE APRESENTA-SE EM FORMA DE LÂMINAS OU EM LEQUES.

7 MÚSCULOS ESTRIADOS ESQUELÉTICOS COMPONENTES ANATÔMICOS BAINHA TENDÍNEAS: SÃO ESTRUTURAS QUE FORMAM PONTES OU TÚNEIS ENTRE AS SUPERFÍCIES ÓSSEAS SOBRE AS QUAIS DESLIZAM OS TENDÕES. SUA FUNÇÃO É CONTER O TENDÃO, PERMITINDO-LHE UM DESLIZAMENTO FÁCIL.

8 MÚSCULOS ESTRIADOS ESQUELÉTICOS COMPONENTES ANATÔMICOS BAINHA TENDÍNEAS: SÃO ESTRUTURAS QUE FORMAM PONTES OU TÚNEIS ENTRE AS SUPERFÍCIES ÓSSEAS SOBRE AS QUAIS DELIZAM OS TENDÕES. SUA FUNÇÃO É CONTER O TENDÃO, PERMITINDO-LHE UM DELIZAMENTO FÁCIL.

9 MÚSCULOS ESTRIADOS ESQUELÉTICOS COMPONENTES ANATÔMICOS BAINHA SINOVIAIS- SÃO ENCONTRADAS ENTRE OS MÚSCULOS OU ENTRE UM MÚSCULO E UM OSSO. SÃO PEQUENAS BOLSAS FORRADAS POR UMA MEMBRANA SEROSA QUE POSSIBILITAM O DESLIZAMENTO MUSCULAR.

10 MÚSCULOS ESTRIADOS ESQUELÉTICOS TIPO DE FIXAÇÃO I ORIGEM (PONTO FIXO) II INSERÇÃO (PONTO MÓVEL)

11 PROPRIEDADES COMPORTAMENTAIS DO MÚSCULO IRRITABILIDADE Propriedade que o músculo tem referente a sua habilidade de responder a um estímulo. CONDUTIVIDADE Capacidade do músculo em propagar uma onda de excitação. Propagação do sinal neural. CONTRATILIDADE Capacidade que o músculo possui de modificar seu comprimento (habilidade de contrair).

12 PROPRIEDADES COMPORTAMENTAIS DO MÚSCULO ADAPTABILIDADE Propriedade referente a capacidade que o músculo possui em se adaptar frente a um estímulo, seja ele o exercício físico com sobrecarga (hipertrofia), como o desuso (atrofia). ELASTICIDADE Capacidade que o músculo possui de se estender quando da aplicação de um estímulo e quando da retirada do mesmo este volta ao seu estado normal. EXTENSIBILIDADE Capacidade que o músculo possui de alterar seu comprimento (estender) quando da aplicação de um estímulo.

13 TIPOS DE CONTRAÇÃO CONCÊNTRICA Músculo se encurta e traciona outra estrutura e vence uma resistência (diminuição do sarcômero e as extremidades se aproximam, reduzindo o ângulo da articulação). EXCÊNTRICA Músculos se contrai para segurar o movimento e se relaxa aos poucos, aumentando o comprimento total. ISOMÉTRICA Músculo gera força e tenta se encurtar mas não consegue superar a resistência externa (não há deslocamento)

14 TIPOS DE CONTRAÇÃO - CONCÊNTRICA UM ENCURTAMENTO DO MÚSCULO DURANTE A CONTRAÇÃO É CHAMADO UMA CONTRAÇÃO CONCÊNTRICA (DINÂMICA POSITIVA) OU DE ENCURTAMENTO.

15 TIPOS DE CONTRAÇÃO - EXCÊNTRICA QUANDO UM MÚSCULO ALONGA-SE DURANTE A CONTRAÇÃO, ESTE É CHAMADA UM CONTRAÇÃO EXCÊNTRICA (DINÂMICA NEGATIVA) OU DE ALONGAMENTO.

16 TIPOS DE CONTRAÇÃO - ISOMÉTRICA QUANDO UM MÚSCULO CONTRAI-SE E PRODUZ FORCA SEM ALTERAÇÃO MACROSCÓPICA NO ÂNGULO DA ARTICULAÇÃO, A CONTRAÇÃO É DITA ISOMÉTRICA.

17 AÇÕES DOS GRUPOS MUSCULARES AGONISTAS Motor principal, fornece a força exigida para produzir o movimento. ANTAGONISTAS Músculo que se opõe ao agonista, se relaxam progressivamente para controlar e permitir o movimento. SINERGISTAS Músculos ou grupos musculares que trabalham com os agonistas, proporcionando uma atividade adicional que facilita o movimento. FIXADORES Trabalham para estabilizar os ossos proximais.

18 CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO VENTRE MUSCULAR SÃO MÚSCULOS QUE PODEM APRESENTAR TENDÕES INTERMEDIÁRIOS SITUADOS ENTRE ELES. COMO EXEMPLOS, TEMOS O MÚSCULO DIGÁSTRICO E O MÚSCULO POLIGÁSTRICO (M. RETO DO ABDOME).

19 CLASSIFICAÇÃO QUANTO A ORIGEM ORIGEM - PONTO FIXO. À EXTREMIDADE DO MÚSCULO PRESA À PEÇA ÓSSEA QUE NÃO SE DESLOCA. BÍCEPS 2 CABEÇAS DE ORIGEM BÍCEPS BRAQUIAL TRÍCEPS 3 CABEÇAS DE ORIGEM TRÍCEPS DA PERNA QUADRÍCEPS 4 CABEÇAS DE ORIGEM QUADRÍCEPS DA COXA

20 CLASSIFICAÇÃO QUANTO A ORIGEM

21 TIPOS DE FIBRAS TIPO I Fibras de contração lenta (vermelhas) resistentes a fadiga próprias para exercícios aeróbio prolongado. TIPO II Fibras de contração rápida (brancas), são rápidas e depende quase que inteiramente do metabolismo anaeróbio. II a Fibra considerada intermediária, combina contração rápida com capacidade para transferência tanto de energia aeróbia como anaeróbia II b Fibra anaeróbia verdadeiramente ou típica. II c Indeterminada.

22 UNIDADE MOTORA NEURÔNIO MUSCULAR JUNÇÃO NEUROMUSCULAR PLACA MOTORA / UNIDADE MOTORA PONTO MOTOR RETÍCULO SARCOPLASMÁTICO

23 PRINCÍPIOS NEUROMUSCULARES LEI DO TUDO OU NADA: Todas as fibras musculares de uma Unidade Motora são contraídas. INIBIÇÃO RECÍPROCA: O músculos antagonista é relaxado durante a contração do agonista pelo motoneurônio. CURVA DE TENSÃO/COMPRIMENTO: O músculo tem sua eficiência na contração até um comprimento ideal. A partir daí, perde-se sua tensão progressivamente (menos de 40º e acima de 130º). MÚSCULOS BIARTICULARES: Insuficiência Ativa/Passiva.

MIOLOGIA. O músculo vivo é de cor vermelha. Essa coloração denota a existência de pigmentos e de grande quantidade de sangue nas fibras musculares.

MIOLOGIA. O músculo vivo é de cor vermelha. Essa coloração denota a existência de pigmentos e de grande quantidade de sangue nas fibras musculares. MIOLOGIA Conceito de Músculos: São estruturas individualizadas que cruzam uma ou mais articulações e pela sua contração são capazes de transmitir-lhes movimento. Este é efetuado por células especializadas

Leia mais

MIOLOGIA TIPOS DE MÚSCULOS CONCEITO DE MIOLOGIA TIPOS DE MÚSCULOS TIPOS DE MÚSCULOS GENERALIDADES DO SISTEMA MUSCULAR ESTRIADOS ESQUELÉTICOS

MIOLOGIA TIPOS DE MÚSCULOS CONCEITO DE MIOLOGIA TIPOS DE MÚSCULOS TIPOS DE MÚSCULOS GENERALIDADES DO SISTEMA MUSCULAR ESTRIADOS ESQUELÉTICOS Marcelo Marques Soares Prof. Didi GENERALIDADES DO SISTEMA MUSCULAR CONCEITO DE MIOLOGIA MIOLOGIA É parte da anatomia que estuda os músculos e seus anexos. TIPOS DE MÚSCULOS Células Musculares Cardíacas

Leia mais

importantíssimo para o funcionamento do corpo humano Origem MESODÉRMICA Presença de miofibrilas contidas no citoplasma

importantíssimo para o funcionamento do corpo humano Origem MESODÉRMICA Presença de miofibrilas contidas no citoplasma Estudado por um ramo da ciência MIOLOGIA Células altamente especializadas importantíssimo para o funcionamento do corpo humano Origem MESODÉRMICA Presença de miofibrilas contidas no citoplasma maior quantidade

Leia mais

Principais funções dos músculos: Tipos de tecido muscular:

Principais funções dos músculos: Tipos de tecido muscular: Tipos de tecido muscular: Esquelético Liso Cardíaco Principais funções dos músculos: 1.Movimento corporal 2.Manutenção da postura 3.Respiração 4.Produção de calor corporal 5.Comunicação 6.Constrição de

Leia mais

SISTEMA MUSCULAR. Profa. Roberta Paresque CEUNES/UFES - ANATOMIA HUMANA

SISTEMA MUSCULAR. Profa. Roberta Paresque CEUNES/UFES - ANATOMIA HUMANA SISTEMA MUSCULAR Profa. Roberta Paresque CEUNES/UFES - ANATOMIA HUMANA AS FIBRAS MUSCULARES SÃO LONGAS E ESTREITAS QUANDO RELAXADAS. São células contráteis especializadas, organizadas em tecidos que movimentam

Leia mais

Generalidades sobre os Músculos Estriados Esqueléticos

Generalidades sobre os Músculos Estriados Esqueléticos UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Instituto de Ciências Biomédicas Departamento de Anatomia Generalidades sobre os Músculos Estriados Esqueléticos Profa. Elen H. Miyabara elenm@usp.br 1 Tipos de músculo Liso Tipos

Leia mais

APOSTILA DE ANATOMIA EDUCAÇÃO FÍSICA

APOSTILA DE ANATOMIA EDUCAÇÃO FÍSICA APOSTILA DE ANATOMIA EDUCAÇÃO FÍSICA P2-1º BIMESTRE Aluno (a): Turno: Turma: Unidade Data: / /2016 A posição anatômica nada mais é que um referencial para podermos localizar e descrever as estruturas anatômicas,

Leia mais

24/07/16 MUSCULO CARDÍACO (MIOCÁRDIO) MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO MÚSCULO LISO. Sistema Muscular PROF. VINICIUS COCA

24/07/16 MUSCULO CARDÍACO (MIOCÁRDIO) MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO MÚSCULO LISO. Sistema Muscular PROF. VINICIUS COCA Sistema Muscular MUSCULO CARDÍACO (MIOCÁRDIO) Músculo cardíaco possui anatomia própria, diferindo anatômica e funcionalmente dos outros tipos musculares. PROF. VINICIUS COCA MÚSCULO LISO MÚSCULO ESTRIADO

Leia mais

Denominação dos músculos

Denominação dos músculos Características do tecido muscular e a sua importância para o movimento humano Cinesiologia e Biomecânica Prof. Mdo. Sandro de Souza Denominação dos músculos O músculo pode ser classificado atendendo a

Leia mais

05/10/2013. Biomecânica dos Músculos Esquelético O SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO FUNÇÃO DO SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO

05/10/2013. Biomecânica dos Músculos Esquelético O SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO FUNÇÃO DO SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO Biomecânica dos Músculos Esquelético O SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO Propriedades dos músculos: Elasticidade ------------------- Distensão Contratilidade -----------------Contração (Isotônica, Isométrica

Leia mais

SISTEMA NEUROMUSCULAR. Prof.ª Ana Laura A. Dias

SISTEMA NEUROMUSCULAR. Prof.ª Ana Laura A. Dias SISTEMA NEUROMUSCULAR Prof.ª Ana Laura A. Dias Composição Química Água 75% Proteína 20% Sais, fosfatos de alta energia, uréia, lactato, minerais, aminoácidos, gorduras e carboidratos 5% Tipos de proteínas:

Leia mais

Roteiro de Aula - Artrologia

Roteiro de Aula - Artrologia Roteiro de Aula - Artrologia O que é uma Articulação? Articulação ou "juntura" é a conexão entre duas ou mais peças esqueléticas (ossos ou cartilagens) Essas uniões colocam as pecas do esqueleto em contato,

Leia mais

DP de Estudos Disciplinares Treinamento Personalizado e Musculação

DP de Estudos Disciplinares Treinamento Personalizado e Musculação Aluno: RA: DP de Estudos Disciplinares Treinamento Personalizado e Musculação Assinale uma adaptação morfológica responsável pela hipertrofia muscular? a Divisão celular b Aumento do número de sarcômeros

Leia mais

SISTEMA MUSCULAR TIPOS DE MÚSCULOS (~ 40 % DA MASSA CORPORAL) CARACTERÍSTICAS BIOMECÂNICAS

SISTEMA MUSCULAR TIPOS DE MÚSCULOS (~ 40 % DA MASSA CORPORAL) CARACTERÍSTICAS BIOMECÂNICAS Apostila didática / Sistema Muscular Profa. Isabel de C. N. Sacco / 2001 1 SISTEMA MUSCULAR O músculo é o único tecido do corpo humano capaz de produzir FORÇA, i.e.; BIOMECÂNICAMENTE, O MÚSCULO É A ÚNICA

Leia mais

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Disciplina de Fisiologia. O Músculo Estriado Esquelético

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Disciplina de Fisiologia. O Músculo Estriado Esquelético Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Disciplina de Fisiologia O Músculo Estriado Esquelético Prof. Wagner de Fátima Pereira Departamento de Ciências Básicas Faculdade de Ciências

Leia mais

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Disciplina de Fisiologia. O Músculo Estriado Esquelético

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Disciplina de Fisiologia. O Músculo Estriado Esquelético Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Disciplina de Fisiologia O Músculo Estriado Esquelético Prof. Wagner de Fátima Pereira Departamento de Ciências Básicas Faculdade de Ciências

Leia mais

Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Curso de Nutrição Anatomia Humana. Sistema Muscular. Profa. Dra. Silvana Boeira

Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Curso de Nutrição Anatomia Humana. Sistema Muscular. Profa. Dra. Silvana Boeira Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Curso de Nutrição Anatomia Humana Sistema Muscular Profa. Dra. Silvana Boeira Músculos Tecido contrátil capaz de gerar força e movimento contração e relaxamento

Leia mais

Profa. Cláudia Herrera Tambeli

Profa. Cláudia Herrera Tambeli Profa. Cláudia Herrera Tambeli Tipos de Músculos Estriado Liso Cardíaco Involuntário Esquelético Voluntário Involuntário Funções do músculo esquelético Relação Movimento/Força O músculo se contrai e encurta.

Leia mais

Músculo liso: Musculo Liso. Contração do Musculo Liso. Músculo cardíaco: Musculo Liso

Músculo liso: Musculo Liso. Contração do Musculo Liso. Músculo cardíaco: Musculo Liso Fisiologia Muscular Músculo liso: Controle involuntário Localiza-se na pele, órgãos internos, aparelho reprodutor, grandes vasos sangüíneos e aparelho excretor. O estímulo para a contração dos músculos

Leia mais

ALONGAMENTO MUSCULAR

ALONGAMENTO MUSCULAR MOVIMENTOS PASSIVOS E ATIVOS ALONGAMENTO MUSCULAR Prof. Ma. Ana Júlia Brito Belém/PA Aula 03 AMPLITUDE DE MOVIMENTO E a medida de um movimento articular, que pode ser expressa em graus. Quanto maior a

Leia mais

31/10/2017. Fisiologia neuromuscular

31/10/2017. Fisiologia neuromuscular Fisiologia neuromuscular 1 Junção neuromuscular TERMINAÇÕES NERVOSAS Ramificações nervosas na extremidade distal do axônio PLACAS MOTORAS TERMINAIS Extremidades das terminações nervosas FENDA SINAPTICA

Leia mais

Prof. Mda. Ana Carolina Kanitz

Prof. Mda. Ana Carolina Kanitz Prof. Mda. Ana Carolina Kanitz ana_kanitz@yahoo.com.br ESTRUTURA DO MÚSCULO ESQUELÉTICO OSSO TENDÃO EPIMÍSIO ENDOMÍSIO PERIMÍSIO MIOFIBRILA MÚSCULO FASCÍCULOS FIBRA MUSCULAR Wilmore, Costill & Kenney,

Leia mais

BIOLOGIA. Identidade dos Seres Vivos. Sistema Esquelético e Muscular Humano Parte 2. Prof. Daniele Duó

BIOLOGIA. Identidade dos Seres Vivos. Sistema Esquelético e Muscular Humano Parte 2. Prof. Daniele Duó BIOLOGIA Identidade dos Seres Vivos Parte 2 Prof. Daniele Duó Tecido Muscular Características 1. Excitabilidade: capacidade de receber e responder a estímulos; 2. Contratilidade: capacidade de encurtar-se

Leia mais

Contração Muscular. Profa. Dra. Eliane Comoli Depto de Fisiologia da FMRP-USP

Contração Muscular. Profa. Dra. Eliane Comoli Depto de Fisiologia da FMRP-USP Contração Muscular Profa. Dra. Eliane Comoli Depto de Fisiologia da FMRP-USP ROTEIRO DE AULA TEÓRICA: CONTRAÇÃO MUSCULAR 1. Músculo Esquelético: a. proteínas do músculo esquelétrico ou estriado: filamentos

Leia mais

Jan Cabri / Raul Oliveira 2º ano 2008/2009. Temas do Programa. Organização e controlo dos movimentos

Jan Cabri / Raul Oliveira 2º ano 2008/2009. Temas do Programa. Organização e controlo dos movimentos CINESIOLOGIA Jan Cabri / Raul Oliveira 2º ano 2008/2009 Temas do Programa Organização e controlo dos movimentos Adaptações do aparelho locomotor à actividade física e à inactividade Anatomia de superfície

Leia mais

QUALIDADES FÍSICAS RELACIONADAS A APTIDÃO FÍSICA. BASES DO TREINAMENTO CORPORAL I

QUALIDADES FÍSICAS RELACIONADAS A APTIDÃO FÍSICA. BASES DO TREINAMENTO CORPORAL I QUALIDADES FÍSICAS RELACIONADAS A APTIDÃO FÍSICA. BASES DO TREINAMENTO CORPORAL I Conceitos As atividades corporais envolvem pelas suas características conceitos fundamentais para a área da Educação Física:

Leia mais

Desgravada de Fisiologia

Desgravada de Fisiologia Desgravada de Fisiologia Data: 18 de Novembro de 2008 Desgravadores: Marta Vaz; Corrigido por: Joana Teixeira Tema: Biomecânica do Músculo Esquelético Algumas revisões sobre músculo A especificidade da

Leia mais

MÚSCULO ESQUELÉTICO INSTITUTO DE FISIOLOGIA. Francisco Sampaio

MÚSCULO ESQUELÉTICO INSTITUTO DE FISIOLOGIA. Francisco Sampaio MÚSCULO ESQUELÉTICO INSTITUTO DE FISIOLOGIA Francisco Sampaio MÚSCULO ESQUELÉTICO (RESUMO) INTRODUÇÃO CLASSIFICAÇÃO FUNÇÕES BIOMECÂNICA TIPOS DE CONTRACÇÃO MECANISMO DE CONTRACÇÃO UNIDADE MOTORA COMPORTAMENTO

Leia mais

CINESIOLOGIA AULA 2 RICARDO LUIZ PACE JÚNIOR

CINESIOLOGIA AULA 2 RICARDO LUIZ PACE JÚNIOR CINESIOLOGIA AULA 2 RICARDO LUIZ PACE JÚNIOR O ESQUELETO E AS ARTICULAÇÕES DO CORPO Existem aproximadamente 206 ossos no esqueleto adulto; Estruturas rígidas ou dinâmicas? 25% a 30% do tecido ósseo é composto

Leia mais

TIPOS DE RESISTÊNCIA TIPOS DE RESISTÊNCIA TIPOS DE RESISTÊNCIA TIPOS DE RESISTÊNCIA TIPOS DE RESISTÊNCIA 4- CADEIAS CINÉTICAS 19/8/2011 PESOS LIVRES:

TIPOS DE RESISTÊNCIA TIPOS DE RESISTÊNCIA TIPOS DE RESISTÊNCIA TIPOS DE RESISTÊNCIA TIPOS DE RESISTÊNCIA 4- CADEIAS CINÉTICAS 19/8/2011 PESOS LIVRES: PESOS LIVRES: MENOR CUSTO, MOVIMENTOS FUNCIONAIS VS RESISTÊNCIA VERTICAL, LIMITE DE CARGA, COMPENSAÇÕES POSTURAIS. MÁQUINAS: ELÁSTICOS E MOLAS: MAIOR CARGA, (maior seletividade?, postura de execução?)

Leia mais

Roteiro da Aula Prática - Generalidades sobre Ossos, Articulações e Músculos

Roteiro da Aula Prática - Generalidades sobre Ossos, Articulações e Músculos BMA129 Anatomia do Aparelho Locomotor/Curso: Educação Física Departamento de Anatomia Instituto de Ciências Biomédicas Universidade de São Paulo Roteiro da Aula Prática - Generalidades sobre Ossos, Articulações

Leia mais

Fisiologia do Tecido Muscular. Dra. Elaine Del Bel 2017

Fisiologia do Tecido Muscular. Dra. Elaine Del Bel 2017 Fisiologia do Tecido Muscular Dra. Elaine Del Bel 2017 Tecido Muscular - Conjuntos maciços ou frouxos de células alongadas capazes de mudar seu comprimento a;vamente. - Podem contrair- se ou relaxar- se

Leia mais

BIOMECÂNICA BIOMECÂNICA INTERNA. Prof. Kelser de Souza Kock.

BIOMECÂNICA BIOMECÂNICA INTERNA. Prof. Kelser de Souza Kock. BIOMECÂNICA BIOMECÂNICA INTERNA Prof. Kelser de Souza Kock http://www.biofisicaunisul.blogspot.com.br/ Biomecânica óssea Biomecânica articular Biomecânica do músculo esquelético Biomecânica do osso Material

Leia mais

Miologia. Mio Músculo Logia Estudo Quatrocentos músculos esqueléticos 40 50% da massa corporal.

Miologia. Mio Músculo Logia Estudo Quatrocentos músculos esqueléticos 40 50% da massa corporal. Prof. Amir Curcio Miologia Mio Músculo Logia Estudo Quatrocentos músculos esqueléticos 40 50% da massa corporal. Miologia Funções Geração de força para locomoção e respiração. Sustentação postural. Geração

Leia mais

O que é o. que serve?

O que é o. que serve? ALONGAMENTO O que é o alongamento e para que serve? CAUSAS DE ENCURTAMENTO MUSCULAR Imobilização prolongada Mobilidade restrita Doenças de tecido conectivo ou neuromusculares Processos patológicos devido

Leia mais

ANÁLISE DOS MOVIMENTOS DO MÉTODO PILATES LUCIANA DAVID PASSOS

ANÁLISE DOS MOVIMENTOS DO MÉTODO PILATES LUCIANA DAVID PASSOS ANÁLISE DOS MOVIMENTOS DO MÉTODO PILATES LUCIANA DAVID PASSOS O CORPO É FEITO PARA OBSERVAR, PERCEBER, REAGIR, MOVIMENTAR. O HOMEM EM ORTOSTATISMO DEVERÁ SE ADAPTAR À GRAVIDADE, ASSEGURAR SEU EQUILÍBRIO

Leia mais

Alongamento muscular. Prof. Henry Dan Kiyomoto

Alongamento muscular. Prof. Henry Dan Kiyomoto Alongamento muscular Prof. Henry Dan Kiyomoto Termos a serem definidos Flexibilidade É a habilidade para mover uma araculação ou araculações através de uma ADM livre de dor Alongamento Alongamento seleavo

Leia mais

FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI. Sistema Muscular

FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI. Sistema Muscular 1 FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI EEFMT Professora Maria Theodora Pedreira de Freitas Av. Andrômeda, 500 Alphaville Barueri SP CEP 06473-000 Disciplina: Educação Física 6ª Série Ensino Fundamental

Leia mais

UNIFEBE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE. CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 6ª Fase

UNIFEBE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE. CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 6ª Fase UNIFEBE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 6ª Fase Disciplina de FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO Prof. Maria Valéria Guglielmetto Figueiredo Homúnculo Sensório Motor Bomba Sódio/Potássio

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DAS QUALIDADES FÍSICAS A FLEXIBILIDADE

DESENVOLVIMENTO DAS QUALIDADES FÍSICAS A FLEXIBILIDADE DESENVOLVIMENTO DAS QUALIDADES FÍSICAS A 1. Contributo Para a Definição da Capacidade - Flexibilidade 2. Factores Condicionantes do Desenvolvimento da Flexibilidade 3. Conclusões Metodológicas 1 1. Contributo

Leia mais

SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO

SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO 1 SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO Hamilton Haddad Junior Maria Aparecida Vinconti Locomoção, Alimentação e Nutrição 1.1 Introdução: tipos musculares 1.2 Caracterização macroanatômica e funcional do músculo

Leia mais

Cinesiologia. Cinesio = movimento Logia = estudo. Cinesiologia = estudo do movimento

Cinesiologia. Cinesio = movimento Logia = estudo. Cinesiologia = estudo do movimento Cinesiologia Cinesio = movimento Logia = estudo Cinesiologia = estudo do movimento Cinesiologia Movimento: mudança de local, posição ou postura com relação a algum ponto do ambiente. Estudo do movimento

Leia mais

Biomecânica do Sistema Muscular MÚSCULO 08/08/2016. MFT 0833 Biomecânica do Movimento Humano

Biomecânica do Sistema Muscular MÚSCULO 08/08/2016. MFT 0833 Biomecânica do Movimento Humano MFT 0833 Biomecânica do Movimento Humano Biomecânica do Sistema Muscular Profa. Dra. Isabel de C. N. Sacco icnsacco@usp.br http://www.fm.usp.br/fofito/fisio/pessoal/isabel MÚSCULO Todo movimento humano

Leia mais

Biomecânica dos Músculos Esquelético. Prof.Msc.Moisés Mendes Universidade Estadual do Piauí- Teresina professormoises300@hotmail.

Biomecânica dos Músculos Esquelético. Prof.Msc.Moisés Mendes Universidade Estadual do Piauí- Teresina professormoises300@hotmail. Biomecânica dos Músculos Esquelético Prof.Msc.Moisés Mendes Universidade Estadual do Piauí- Teresina professormoises300@hotmail.com O SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO Propriedades dos músculos: Elasticidade

Leia mais

Introdução as doenças Ortopédicas

Introdução as doenças Ortopédicas Introdução as doenças Ortopédicas 1 Estrutura Neuromuscular Fuso: É o principal órgão sensitivo exitatório do músculo e é composto de fibras intrafusais microscópicas, que ficam paralelas as fibras extrafusais

Leia mais

Ano Letivo: 2015/2016

Ano Letivo: 2015/2016 Ano Letivo: 2015/2016 Ano de escolaridade: 3º TAGD Disciplina: Estudo do Movimento Período 1º Conteúdos Programados Módulo 1 Osteologia e Artrologia. Posição descritiva anatómica;. Planos descritivos:

Leia mais

Composição Celular do Músculo

Composição Celular do Músculo Tecido Muscular Composição Celular do Músculo Células alongadas com grande quantidade de filamentos citoplasmáticos de proteínas contráteis (geradoras de força para contração) = miofibrilas Células musculares

Leia mais

PROPEDÊUTICO Tecido Muscular

PROPEDÊUTICO Tecido Muscular HISTOLOGIA PROPEDÊUTICO Tecido Muscular Profa. Dra. Constance Oliver Profa. Dra. Maria Célia Jamur PRINCIPAIS FUNÇÕES DO MÚSCULO Função primária: CONTRAÇÃO Sua finalidade é executar TRABALHO MECÂNICO CLASSIFICAÇÃO

Leia mais

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto ANATOMIA HUMANA Faculdade Anísio Teixeira Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Os seres mais basais possuem capacidade de reação a estímulos ambientais; Células procariontes, metazoários contraem

Leia mais

Alongamento. O que se precisa para um alongamento? Técnicas Oscilatórias graduadas

Alongamento. O que se precisa para um alongamento? Técnicas Oscilatórias graduadas Alongamento Este é um material para nossa reflexão e discussão em aula prática onde você vai treinar a aplicabilidade das técnicas. Não um texto definitivo. Leia muito mais sobre e elabora programas de

Leia mais

TECIDO MUSCULAR (parte 1)

TECIDO MUSCULAR (parte 1) TECIDO MUSCULAR (parte 1) Profª Patrícia Mendes Disciplina: Histologia Geral e Embriologia Curso: Medicina Veterinária www.faculdadevertice.com.br COMO OCORREM OS MOVIMENTOS? As atividades musculares são

Leia mais

FISIOLOGIA MUSCULAR. Mecanismos de controle da força. Enquanto é dada a AP Profa Silvia Mitiko Nishida. Miron, 450 a.c

FISIOLOGIA MUSCULAR. Mecanismos de controle da força. Enquanto é dada a AP Profa Silvia Mitiko Nishida. Miron, 450 a.c FISIOLOGIA MUSCULAR Mecanismos de controle da força Enquanto é dada a AP Profa Silvia Mitiko Nishida Miron, 450 a.c Cérebro SNC Medula Unidade Motora 1 Unidade Motora 2 Neurônio motor Nervo Músculo Fibras

Leia mais

Propriedades biomecânicas dos materiais biológicos

Propriedades biomecânicas dos materiais biológicos MFT 0165 Cinesiologia aplicada à TO Propriedades biomecânicas dos materiais biológicos Profa. Dra. Isabel de C. N. Sacco icnsacco@usp.br http://www.usp.br/labimph MÚSCULO Todo movimento humano é gerado

Leia mais

Biomecânica do Tecido Muscular

Biomecânica do Tecido Muscular Biomecânica do Tecido Muscular Ricardo Martins de Souza 2013 Biomecânica do Tecido Muscular 1 Unidade Motora Na coordenação da contração de todas as fibras é feita através de um subdivisão em unidades

Leia mais

Efeitos da cinesioterapia nos tecidos ósseo, conjuntivo e muscular. Profa. Dra. Elizabeth Alves Ferreira Disciplina de Cinesioterapia

Efeitos da cinesioterapia nos tecidos ósseo, conjuntivo e muscular. Profa. Dra. Elizabeth Alves Ferreira Disciplina de Cinesioterapia Efeitos da cinesioterapia nos tecidos ósseo, conjuntivo e muscular Profa. Dra. Elizabeth Alves Ferreira Disciplina de Cinesioterapia Objetivo da aula Discutir os características dos tecidos ósseo, muscular

Leia mais

Cinesiologia aplicada a EF e Esporte. Prof. Dr. Matheus Gomes

Cinesiologia aplicada a EF e Esporte. Prof. Dr. Matheus Gomes Cinesiologia aplicada a EF e Esporte Prof. Dr. Matheus Gomes 1 Cinesiologia PARTE I Descrição dos movimentos e ações musculares 2 Planos e Eixos Plano Frontal ou Coronal (eixo sagital ou ânteroposterior)

Leia mais

BIOMECÂNICA DA AÇÃO MUSCULAR EXCÊNTRICA NO ESPORTE. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

BIOMECÂNICA DA AÇÃO MUSCULAR EXCÊNTRICA NO ESPORTE. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior BIOMECÂNICA DA AÇÃO MUSCULAR EXCÊNTRICA NO ESPORTE Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Considerações iniciais EXCÊNTRICA CONCÊNTRICA ISOMÉTRICA F m F m F m P V P V P V = 0 Potência < 0 Potência >

Leia mais

Proprioceptores. Proprioceptores

Proprioceptores. Proprioceptores Proprioceptores São órgãos sensoriais encontrados nos músculos e articulações. Sua função é conduzir informações sensoriais para o SNC a partir dos músculos, tendões,articulações e ligamentos. Estão relacionados

Leia mais

BIOLOGIA HUMANA 11º TD

BIOLOGIA HUMANA 11º TD BIOLOGIA HUMANA 11º TD SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO - Todo o Esqueleto Humano é revestido por músculos que se ligam ao esqueleto por intermédio de tendões. raquelopes08 Sistema Musculoesquelético Tecido

Leia mais

Histologia do tecido muscular. Professora: Me. Gilcele Berber

Histologia do tecido muscular. Professora: Me. Gilcele Berber Histologia do tecido muscular Professora: Me. Gilcele Berber Corpo humano 40 a 50 % músculos. OS MÚSCULOS BIOLOGIA, 1º Ano Classificação e características do tecido muscular FIBRA MUSCULAR Características

Leia mais

Sistema Músculo Esquelético. Profª Talita Silva Pereira

Sistema Músculo Esquelético. Profª Talita Silva Pereira Sistema Músculo Esquelético Profª Talita Silva Pereira SISTEMA MUSCULAR O tecido muscular é de origem mesodérmica, sendo caracterizado pela propriedade de contração e distensão de suas células, o que determina

Leia mais

Função: elementos ativos do movimento

Função: elementos ativos do movimento Sistema Muscular Função: elementos ativos do movimento Participar no equilíbrio da temperatura corporal. Assegurar a dinâmica e estática do corpo humano, isto é, os músculos locomotores movimentam os

Leia mais

TECIDO MUSCULAR QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS?

TECIDO MUSCULAR QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? Músculos representam 40% da nossa massa corporal; Apresenta células altamente contráteis, responsáveis pela: Movimentação do corpo: locomoção e flexibilidade; Movimentação

Leia mais

INTRODUÇÃO AO SISTEMA ESQUELÉTICO

INTRODUÇÃO AO SISTEMA ESQUELÉTICO INTRODUÇÃO AO SISTEMA ESQUELÉTICO O QUE É O OSSO? É um órgão composto por diversos tecidos diferentes funcionando em conjunto: tecido ósseo, cartilagem, tecido conjuntivo denso, epitélio, tecido adiposo

Leia mais

Nome RA. Introdução ao Estudo da Anatomia Humana

Nome RA. Introdução ao Estudo da Anatomia Humana Introdução ao Estudo da Anatomia Humana 1) È um dos fatores gerais de variação anatômica 2) Segmento do membro inferior 3) Plano de secção que divide o corpo em duas porções laterais exatamente iguais

Leia mais

ESTUDO DO MOVIMENTO M Ó D U L O 2

ESTUDO DO MOVIMENTO M Ó D U L O 2 ESTUDO DO MOVIMENTO 1 M Ó D U L O 2 Sistema muscular Compreende os músculos e órgãos anexos. 2 MÚSCULO É constituído por uma parte carnosa, o VENTRE, e uma parte tendinosa, o TENDÃO. 3 Ventre/Tendão O

Leia mais

Neuroanatomia. UBM 4 Anatomia Dentária 15 de Dezembro de 2009 Octávio Ribeiro

Neuroanatomia. UBM 4 Anatomia Dentária 15 de Dezembro de 2009 Octávio Ribeiro Neuroanatomia UBM 4 Anatomia Dentária 15 de Dezembro de 2009 Octávio Ribeiro UBM 4 Anatomia Dentária ANATOMIA E FUNÇÃO DO SISTEMA NEUROMUSCULAR Músculos unidade motora Músculos unidade motora O componente

Leia mais

Respostas da Apostila 3

Respostas da Apostila 3 CAPÍTULO 11_ OS OSSOS 1 PENSE E RESPONDA (PAGINA 177) 1 PENSE E RESPONDA (PAGINA 178) 1 ATIVIDADE (PAGINA 179) 2 EM CASA (PAGINA 180) 2 CAPÍTULO 12_ OS MÚSCULOS 2 ATIVIDADE EXPERIMENTAL: DOBRANDO O BRAÇO

Leia mais

Liso 4/5/2010. Existem 3 tipos de Tecido Muscular

Liso 4/5/2010. Existem 3 tipos de Tecido Muscular Prof. Sandro de Souza Liso Existem 3 tipos de Tecido Muscular Forma a parede de diversos órgãos. São constituídos de fibras fusiformes, mas muito mais curtas do que as fibras musculares esqueléticas: têm,

Leia mais

21/08/2016. Fisiologia neuromuscular

21/08/2016. Fisiologia neuromuscular Fisiologia neuromuscular 1 2 Potencial de ação Junção neuromuscular - Sinapse 3 Junção neuromuscular TERMINAÇÕES NERVOSAS Ramificações nervosas na extremidade distal do axônio PLACAS MOTORAS TERMINAIS

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA SISTEMA MUSCULAR Dra. Flávia Cristina Goulart CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Campus de Marília flaviagoulart@marilia.unesp.br Histologia do M.Esquelético É formado por células

Leia mais

Tema B ORGANIZAÇÃO MICROSCÓPICA E CONTRAÇÃO MUSCULAR

Tema B ORGANIZAÇÃO MICROSCÓPICA E CONTRAÇÃO MUSCULAR ORGANIZAÇÃO MICROSCÓPICA E CONTRAÇÃO MUSCULAR 1 Constituição da fibra muscular 2 Caracterização das funções gerais dos principais elementos - Placa motora; miofibrilhas; proteínas contráteis (actina e

Leia mais

TECIDOS MUSCULARES Fonte fibras musculares ou miócitos actina miosina Tipos de tecido muscular estriado esquelético estriado cardíaco liso

TECIDOS MUSCULARES Fonte fibras musculares ou miócitos actina miosina Tipos de tecido muscular estriado esquelético estriado cardíaco liso TECIDOS MUSCULARES Fonte: http://www.sobiologia.com.br/conteudos/histologia/epitelio25.php Os tecidos musculares são de origem mesodérmica e relacionam-se com a locomoção e outros movimentos do corpo,

Leia mais

Biologia. (5168) Tecido Muscular / (5169) Tecido Nervoso. Professor Enrico Blota.

Biologia. (5168) Tecido Muscular / (5169) Tecido Nervoso. Professor Enrico Blota. Biologia (5168) Tecido Muscular / (5169) Tecido Nervoso Professor Enrico Blota www.acasadoconcurseiro.com.br Biologia TECIDO MUSCULAR / TECIDO NERVOSO TECIDO MUSCULAR O tecido muscular é composto pelas

Leia mais

MÉTODOS DE TREINO FLEXIBILIDADE

MÉTODOS DE TREINO FLEXIBILIDADE MÉTODOS DE TREINO FLEXIBILIDADE FLEXIBILIDADE REVISÕES Formas de manifestação da flexibilidade: CONCEITO: Flexibilidade pode ser definida como a capacidade dos tecidos corporais em permitir, sem danos

Leia mais

ESTRUTURA E CLASSIFICAÇÃO MORFOFUNCIONAL DOS MÚSCULOS

ESTRUTURA E CLASSIFICAÇÃO MORFOFUNCIONAL DOS MÚSCULOS ESTRUTURA E CLASSIFICAÇÃO MORFOFUNCIONAL DOS MÚSCULOS CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS TEGUMENTAR, LOCOMOTOR E REPRODUTOR Profa. MSc. Ângela Cristina Ito SITUAÇÃO HIPOTÉTICA Uma fisiculturista, 28

Leia mais

Conceitos Gerais de Osteologia, Artrologia e Miologia.

Conceitos Gerais de Osteologia, Artrologia e Miologia. Conceitos Gerais de Osteologia, Artrologia e Miologia 1 Conceitos Gerais de Osteologia, Artrologia e Miologia. 1 - Formação do Aparelho Locomotor: a) Sistema Esquelético parte passiva Ossos, cartilagens,

Leia mais

Prof. Kemil Rocha Sousa

Prof. Kemil Rocha Sousa Prof. Kemil Rocha Sousa Miostática (miogênica)- A unidade musculotendínea está adaptativamente encurtada com perda significativa de ADM, mas sem patologia muscular específica. Embora possa haver uma redução

Leia mais

Anatomia Humana Módulo 02 Conceitos Gerais do Sistema Osteomioarticular

Anatomia Humana Módulo 02 Conceitos Gerais do Sistema Osteomioarticular Anatomia Humana 1 Profª Fabíola Claudia Henrique da Costa Parte 01 Osteologia Partedaanatomiaque estuda o esqueleto, o qual é constituído por ossos e cartilagens. 1 Axial Ossos da cabeça, pescoço e tronco

Leia mais

Prof André Montillo

Prof André Montillo Prof André Montillo www.montillo.com.br Qual é a Menor Unidade Viva? Célula Qual é a Menor Unidade Viva? Tecidos Órgãos Aparelhos Sistemas Célula Células Tecidos Órgãos Sistemas ou Aparelhos Sistemas ou

Leia mais

ANATOMIA HUMANA ROTEIRO TEÓRICO-

ANATOMIA HUMANA ROTEIRO TEÓRICO- UNIFAC ANATOMIA HUMANA ROTEIRO TEÓRICO- Sistema articular e sistema muscular Conteúdo de Março/Abril de 2014 Docente: Profa. Ms. Giovanna Castilho Davatz Graduada em Fonoaudiologia pela USP/Bauru- 2007

Leia mais

QUESTIONÁRIO. Introdução à anatomia Osteologia Miologia MOSSORÓ RN Colaborador: Msc. Parmênedes Dias de Brito

QUESTIONÁRIO. Introdução à anatomia Osteologia Miologia MOSSORÓ RN Colaborador: Msc. Parmênedes Dias de Brito MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA ANIMAL DCAn DISCIPLINA: ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS I PROFESSOR: JOSÉ FERNANDO G. DE ALBUQUERQUE QUESTIONÁRIO

Leia mais

Sistema muscular Resistência Muscular Localizada Flexibilidade Osteoporose Esteróides Anabolizantes

Sistema muscular Resistência Muscular Localizada Flexibilidade Osteoporose Esteróides Anabolizantes MÚSCULOS, ARTICULAÇÕES, FORÇA, FLEXIBILIDADE E ATIVIDADE FÍSICAF Sistema muscular Resistência Muscular Localizada Flexibilidade Osteoporose Esteróides Anabolizantes APARELHO LOCOMOTOR HUMANO Constituição

Leia mais

Eletrofisiologia 13/03/2012. Canais Iônicos. Proteínas Integrais: abertas permitem a passagem de íons

Eletrofisiologia 13/03/2012. Canais Iônicos. Proteínas Integrais: abertas permitem a passagem de íons Eletrofisiologia Proteínas Integrais: abertas permitem a passagem de íons Seletividade Alguns íons podem passar outros não Tamanho do canal Distribuição de cargas Aberto ou fechado Proteínas Integrais:

Leia mais

Componentes 08/08/2016. Úmero Rádio. Ulna

Componentes 08/08/2016. Úmero Rádio. Ulna Componentes Úmero Rádio Ulna 1. Articulação Úmero-radial e Úmero-ulnar (do cotovelo, propriamente dita) 2. Articulação Rádio-ulnar proximal 3. Articulação Rádio-ulnar distal 1 Complexo Articular do Cotovelo

Leia mais

Anatomia e funcionamento do aparelho locomotor

Anatomia e funcionamento do aparelho locomotor Anatomia e funcionamento do aparelho locomotor APARELHO LOCOMOTOR SISTEMA ESQUELÉTICO SISTEMA ARTICULAR SISTEMA MUSCULAR PASSIVO UNIÃO ATIVO Funções do esqueleto Sustentação; Proteção; Movimento; Homeostase

Leia mais

Cinesiologia 28/3/2011. Ações/Contrações musculares. Prof. Cláudio Manoel. Classificação funcional dos músculos. Ações musculares.

Cinesiologia 28/3/2011. Ações/Contrações musculares. Prof. Cláudio Manoel. Classificação funcional dos músculos. Ações musculares. A parte de imagem com identificação de relação rid2 não foi encontrada no arquivo. 28/3/2011 Cinesiologia Ações/Contrações musculares Dinâmicas Concêntrica (positiva): Aproxima origem da inserção; ação

Leia mais

Provas de Função Muscular

Provas de Função Muscular Provas de Função Muscular Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João TROFISMO MUSCULAR Trofismo ou Trofia Muscular - é a variação da secção

Leia mais

TECIDO MUSCULAR CONTINUAÇÃO...

TECIDO MUSCULAR CONTINUAÇÃO... TECIDO MUSCULAR CONTINUAÇÃO... MÚSCULO CARDÍACO Células alongadas e ramificadas Se prendem por meio de junções intercelulares complexas Estriações transversais Um ou dois núcleos centralmente Circundadas

Leia mais

28/03/2018 MIOLOGIA. Prof. Maurício Mandalozzo Ruppel. GENERALIDADES Propriedades. Contratilidade Elasticidade

28/03/2018 MIOLOGIA. Prof. Maurício Mandalozzo Ruppel. GENERALIDADES Propriedades. Contratilidade Elasticidade MIOLOGIA Prof. Maurício Mandalozzo Ruppel 1 GENERALIDADES Propriedades Contratilidade Elasticidade 2 1 3 4 2 5 Classificação das fibras musculares Fibras estriadas esqueléticas Fibras estriadas cardíacas

Leia mais

FISIOLOGIA DA CONTRAÇÃO MUSCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I

FISIOLOGIA DA CONTRAÇÃO MUSCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I FISIOLOGIA DA CONTRAÇÃO MUSCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I PROFESSOR RESPONSÁVEL: FLÁVIA SANTOS Musculatura corporal Músculo Liso Fibras menores Revestimento de órgãos: Trato gastrointestinal Vasos sanguíneos

Leia mais

BE066 Fisiologia do Exercício. Prof. Sergio Gregorio da Silva. É a habilidade de uma articulação se mover através de sua amplitude articular

BE066 Fisiologia do Exercício. Prof. Sergio Gregorio da Silva. É a habilidade de uma articulação se mover através de sua amplitude articular BE066 Fisiologia do Exercício Flexibilidade Prof. Sergio Gregorio da Silva Flexibilidade É a habilidade de uma articulação se mover através de sua amplitude articular É altamente adaptável e é! aumentada

Leia mais

FUNÇÕES VITAIS ANIMAIS. Movimentação e Contração muscular

FUNÇÕES VITAIS ANIMAIS. Movimentação e Contração muscular FUNÇÕES VITAIS ANIMAIS Movimentação e Contração muscular 1. MOVIMENTAÇÃO Inclui locomoção, deslocamento de células e propulsão de alimentos (e líquidos). Gera calor. http://www.fillosdegalicia.com.br http://www.myspace.com

Leia mais

17/05/2017 PAPEL DOS SISTEMAS SENSORIAIS NO CONTROLE MOTOR SOMÁTICO PAPEL DOS SISTEMAS SENSORIAIS NO CONTROLE MOTOR SOMÁTICO

17/05/2017 PAPEL DOS SISTEMAS SENSORIAIS NO CONTROLE MOTOR SOMÁTICO PAPEL DOS SISTEMAS SENSORIAIS NO CONTROLE MOTOR SOMÁTICO PAPEL DOS SISTEMAS SENSORIAIS NO CONTROLE MOTOR SOMÁTICO Desencadear movimentos reflexos Regular movimentos em execução Facilitar a alternância de movimentos Coordenar a atividade de músculos individuais

Leia mais

LIBERAÇÃO MIOFASCIAL. Ebook Gratuito

LIBERAÇÃO MIOFASCIAL. Ebook Gratuito LIBERAÇÃO MIOFASCIAL Ebook Gratuito LIBERAÇÃO MIOFASCIAL Segundo Myers (2010), a Liberação Miofascial tem sido muito utilizada na última década com objetivo de contribuir para a flexibilidade muscular.

Leia mais

Contração e Excitação do Músculo Liso

Contração e Excitação do Músculo Liso Contração e Excitação do Músculo Liso Qual a função do musculo liso? O músculo liso encontra-se nas paredes de vários órgãos e tubos do organismo, incluindo vasos sanguíneos, tracto gastrointestinal, bexiga,

Leia mais

CONTRAÇÃO MUSCULAR. Letícia Lotufo. Estrutura. Função. Fonte: Malvin et al., Concepts in humam Physiology

CONTRAÇÃO MUSCULAR. Letícia Lotufo. Estrutura. Função. Fonte: Malvin et al., Concepts in humam Physiology CONTRAÇÃO MUSCULAR Fibra muscular lisa Núcleo Estrias Fibra muscular cardíaca Núcleo Letícia Lotufo Discos Intercalares Músculo Tipos de músculo Estrutura Função Esquelético Cardíaco Liso Célula cilíndrica

Leia mais

Tecido Muscular. Tecido muscular estriado esquelético - voluntário (sistema nervoso somático)

Tecido Muscular. Tecido muscular estriado esquelético - voluntário (sistema nervoso somático) Tecido Muscular 3 variedades: Tecido Muscular Tecido muscular estriado esquelético - voluntário (sistema nervoso somático) Tecido muscular estriado cardíaco - involuntário (sistema nervoso autônomo) Tecido

Leia mais

TECIDO MUSCULAR células musculares todo movimento postura miofibrilas ou miofilamentos tecido conjuntivo vasos sanguíneos

TECIDO MUSCULAR células musculares todo movimento postura miofibrilas ou miofilamentos tecido conjuntivo vasos sanguíneos TECIDO MUSCULAR Tecido formado por células musculares, as quais se caracterizam por ser altamente contráteis, são responsáveis por todo movimento e postura do corpo. Elas são alongadas e se contraem devido

Leia mais