CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA"

Transcrição

1 TERMO DE REFERÊNCIA Projeto - CGP/BRA/078/GFF Projeto de Gestão Integrada do Ecossistema da Baia da Ilha Grande Componente 02 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA Contratação de consultor para sensibilização e mobilização social de proprietários de terra para criação de RPPNs ID 2.3.8

2 Cargo/ Função: Consultor para planejamento e realização de estratégia de mobilização e sensibilização para a criação de RPPN. Objetivo: Contratação de consultor para sensibilização e mobilização social de proprietários de terra para criação de RPPNs. Tipo: Ininterrupto Período da Consultoria: 7 meses Nome do Supervisor: Ricardo Voivodic/Tiago Rocha Cargo do Supervisor: Diretor Nacional do Projeto/Gerente do Projeto Número de Vagas: 1 1. CONTEXTUALIZAÇÃO 1.1 Apresentação O Projeto BIG é uma iniciativa da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e do Instituto Estadual do Ambiente (INEA) em parceria com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), com o financiamento do Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF, na sigla em inglês) e com a participação de diversos atores locais, incluindo as prefeituras de Angra dos Reis e Paraty. Seu escopo básico é construir um modelo de conservação e uso sustentável de longo prazo dos ecossistemas da Baía da Ilha Grande, tanto os continentais, quanto os marítimos e insulares, envolvendo, para isso, a coordenação e a integração de estratégias adotadas pelo INEA e pela SEA, buscando ampliar o rol de ações capazes de identificar e mitigar as principais ameaças à região, para conservar os ecossistemas dominados por uma gama de habitats altamente produtivos e ricos em biodiversidade, incluindo lagoas, restingas, mangues, praias, costões rochosos, recifes de coral e leitos de algas, dentre inúmeros outros habitats. Sua estrutura está baseada em cinco componentes e subcomponentes interligados. Os componentes podem ser resumidos em ações de: (1) Planejamento, Política e Fortalecimento Institucional; (2) Conservação da Biodiversidade e Áreas Protegidas; (3) Análise e Mitigação de Ameaças ao Ambiente e Monitoramento; (4) Consciência e Comunicação ao Público e (5) Gerenciamento do Projeto. Esta contratação está prevista pelo Componente 02, que se refere às ações de conservação da biodiversidade e de fortalecimento das Áreas Protegidas existentes no território da BIG, incluindo a expansão e a criação de novas unidades de conservação.

3 À vista disso, este termo de referência tem como objetivo a sensibilização de proprietários de terras para a criação de RPPNs no sentido de incentivar o aumento do percentual de áreas protegidas inseridas no território da BIG. 1.2 Reserva Particular do Patrimônio Natural - RPPN A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) é uma categoria de unidade de conservação de domínio privado, prevista na legislação ambiental brasileira (Lei 9.985/2000) e reconhecida, no Estado do Rio de Janeiro, através do Decreto Estadual n /2007. Criadas voluntariamente pelo legítimo proprietário e reconhecidas por ato do poder público, as RPPNs têm como objetivo a preservação da diversidade biológica, sendo permitida somente a realização de atividades de uso indireto dos recursos naturais, como o ecoturismo, a educação ambiental e as pesquisas científicas. Neste contexto, a conservação voluntária por meio de RPPNs na Mata Atlântica vem assumindo um trabalho cada vez mais importante, considerando que cerca de 80% dos remanescentes de vegetação nativa encontra-se em propriedades particulares (MESQUITA & VIEIRA, 2004). Recentemente, um estudo avaliando a importância das RPPNs no bioma Mata Atlântica, verificou que aproximadamente 25% das espécies de animais oficialmente listados como ameaçados de extinção na Mata Atlântica estão presentes nessas reservas (OLIVEIRA et al., 2010). O estudo avaliou 127 reservas, onde foram encontradas cerca de 140 espécies de animais e 60 espécies de plantas listadas como ameaçadas de extinção. Dessa forma, a criação de Reservas Particulares na área de atuação do Projeto BIG (Região Hidrográfica da Baía da Ilha Grande ou RH-I), torna-se uma ação estratégica para o complemento dos esforços públicos na proteção da biodiversidade, uma vez que as RPPNs podem atuar como áreas aliadas nas Zonas de Amortecimento das unidades de conservação públicas bem como na formação de corredores de biodiversidade. Portanto, a contratação de um agente mobilizador para ampliação da sensibilização pública quanto ao tema RPPN na região torna-se fundamental para êxito da proposta aqui tratada, uma vez que essas reservas têm seu caráter de criação previsto na ação voluntária de proprietários de terra.

4 2. OBJETIVO DA CONSULTORIA O presente termo de referência tem por objetivo a contratação de um(a) (01) consultor(a), para estabelecer um plano de ação de incentivo à criação de RPPNs na região da Baía da Ilha Grande (BIG), bem como implementar as atividades de sensibilização pública e mobilização social junto aos proprietários de terra da região. Esta contratação está prevista no Componente 02, Subcomponente 2C, atividade Campanha de sensibilização pública para a criação de RPPNs. 3. ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS PELO CONSULTOR Seguem abaixo as atividades mínimas a serem executadas pelo consultor Elaborar Plano de ação para execução do projeto de incentivo à criação de RPPNs na região da BIG. Esse documento deverá detalhar a metodologia para execução das atividades previstas neste Termo de Referência, bem como a apresentação de um cronograma de ações. Espera-se também que o consultor apresente proposta da dinâmica de atuação na região, conforme item Sensibilizar e mobilizar proprietários de terra para criação de RPPNs; 3.3. Articular junto aos atores locais (prefeituras, sindicatos, secretarias, associações, entre outros) a identificação de áreas potenciais para criação de RPPNs; 3.4. Organizar a realização de Rodas de Conversa (workshops) sobre RPPNs na RH-I ; 3.5. Promover a participação de proprietários de terras interessados nos workshops; 3.6. Atuar em conjunto com outros projetos e programas em andamento na RH-I que possam potencializar os objetivos do presente TdR; 3.7. Veicular nos principais meios de mídias locais release e notas informativas sobre o tema RPPN, bem como as ações executadas nas Rodas de Conversa Fazer a análise preliminar da documentação dos imóveis com proprietários interessados em criar RPPNs; 3.9. Definir uma lista de propriedades prioritárias para a criação de RPPNs baseada na relevância ambiental da área e situação da documentação dos imóveis Acompanhar os serviços técnicos de georreferenciamento e a adequação documental de imóveis potenciais para a criação de RPPNs. Ressalta-se que poderão ser desenvolvidas ao longo do período de contratação ações em conjunto com as equipes do Projeto BIG, do Serviço de RPPNs do INEA e do

5 Projeto de Cadastro Ambiental Rural (CAR), a fim de potencializar os objetivos do presente TdR. 4. LOCAL DE TRABALHO Para o alcance dos resultados esperados, o consultor atuará tanto na sede do INEA, localizada na cidade do Rio de Janeiro, quanto em áreas rurais e urbanas da Região Hidrográfica da Baía da Ilha Grande (RH-I), especificamente nos municípios de Paraty e Angra dos Reis, onde localiza-se a Unidade Gestora do Projeto BIG. Para fins de organização dos trabalhos, deverá ser apresentado, no Plano de Ação, a dinâmica que será desenvolvida na região pelo consultor, considerando a melhor logística, eventos e reuniões propostas, mecanismos de mobilização, campanhas, articulação com equipe do CAR, etc. 5. RELATÓRIOS DE ACOMPANHAMENTO DE TRABALHO Os relatórios de acompanhamento previstos envolvem a elaboração de um Plano de Trabalho pelo consultor, seguido de relatórios mensais contendo, no mínimo, as atividades desenvolvidas e os resultados alcançados ao longo do período, bem como a memória das reuniões realizadas, com registro fotográfico e listagem do número de participantes envolvidos. 1 Relatório de Acompanhamento: Apresentação de uma proposta metodológica, Plano de Trabalho e 1 Relatório Mensal de Atividades. Propor a metodologia que será utilizada para a campanha de sensibilização e mobilização social que será feita com os proprietários de terras na área da BIG quanto à criação de RPPNs junto ao INEA e envolvendo o Projeto BIG. 2 ao 7 Relatórios de Acompanhamento: A cada mês, deverá ser entregue um Relatório Mensal de Atividades, comprovando as atividades realizadas e prépactuadas, bem como memórias de reuniões, resultados alcançados, análises, potenciais riscos ao projeto, reflexão quanto a avanços, próximas ações e cronograma. Os relatórios produzidos devem ser entregues em formato digital, em arquivo aberto, incluindo, junto com a descrição das atividades realizadas, um demonstrativo das horas despendidas para a realização dos serviços discriminados, bem como a análise do andamento das ações, contendo recomendações, cronograma e anexos com o conteúdo produzido.

6 6. QUALIFICAÇÕES PROFISSIONAIS (formação, habilidades e experiência) 6.1. Formação profissional de nível superior nas áreas de comunicação, biologia, ecologia, engenharia ambiental, geografia, direito ou outras áreas afins Profissional com experiência mínima de 2 (dois) anos de atuação na temática objeto deste TdR, de preferência na aplicação de ferramentas de sensibilização e mobilização para criação de RPPNs Desejável experiência comprovada no serviço público ambiental brasileiro; 6.4. Desejável experiência comprovada na organização e realização de cursos e/ou capacitação no tema RPPN (inclusive ministrando aulas e palestras). 7. MONITORAMENTO E SUPERVISÃO DO CONTRATO O trabalho a ser executado pelo consultor será realizado sob acompanhamento técnico do Serviço de RPPNs (SERPPN) do INEA, sob supervisão técnica direta do Projeto BIG (GCP/BRA/078/GFF) que fará o monitoramento e gerenciamento do contrato, contando com a supervisão e fiscalização geral da FAO. A FAO será responsável pela supervisão geral e pela aprovação final e pagamento dos serviços e produtos entregues pelo contratado. 8. PROPRIEDADE INTELECTUAL Todos os produtos desenvolvidos pela consultoria, decorrentes dos serviços objeto deste Termo de Referência, serão de propriedade do INEA, FAO e do Global Environmental Facility (GEF). Não será permitida a cessão, citação ou qualquer referência pública a nenhum dos trabalhos realizados sem a autorização expressa dos proprietários. 9. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Mesquita, C.A.B.; Vieira, M.C.W RPPN - Reserva Particular do Patrimônio Natural da Mata Atlântica. São Paulo: Conselho Nacional da RBMA. 56p. Oliveira, V. B RPPN e biodiversidade: o papel das reservas particulares na proteção da biodiversidade da Mata Atlântica / Belo Horizonte : Conservação

7 Internacional São Paulo: Fundação SOS Mata Atlântica Curitiba : The Nature Conservancy, 2010.

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS PLANILHA DE PACTUAÇÃO DAS - TCG Data da Validação: 31/03/2010 Data da Homologação: 12/04/2010 Revisão Nº:001 Pedido de Revisão: 30/03/2010 Portaria: 2.846 Data da Publicação: 25/11/2008 Estado: ESPIRITO

Leia mais

TOTAL - FISCAL 899.545 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 899.545

TOTAL - FISCAL 899.545 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 899.545 ORGAO : 32000 - MINISTERIO DE MINAS E ENERGIA UNIDADE : 32314 - EMPRESA DE PESQUISA ENERGETICA - EPE ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1, 00 0750 APOIO ADMINISTRATIVO

Leia mais

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior Area Profissional: 0004 - BIBLIOTECA Area de Atuacao: 0042 - ACERVO/BIBLIOTECA Analisar e processar

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior Area Profissional: COMUNICACAO Area de Atuacao: EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000654 - TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000407 - REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0113 - REL.PUBLICAS/COMUNICACAO

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000184 - SISTEMAS DE INFORMACAO Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

CAPITULO I. Disposicoes gerais

CAPITULO I. Disposicoes gerais enquadram 0 Regulamento Municipal do Banco Local de Voluntariado de Lagoa As bases do enquadramento juridico do voluntariado, bem como, os principios que trabalho de voluntario constam na Lei n." 71198,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Diagnóstico Ambiental e PRA (Projeto de Recuperação Ambiental)

TERMO DE REFERÊNCIA. Diagnóstico Ambiental e PRA (Projeto de Recuperação Ambiental) TERMO DE REFERÊNCIA Diagnóstico Ambiental e PRA (Projeto de Recuperação Ambiental) 1. Código: TDR_RRB_04 2. Título: Elaboração de diagnóstico ambiental consolidado em campo e PRA (Projeto de Recuperação

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0021 - OPERACAO

Leia mais

Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total Estado do Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Orgao...: 02 GOVERNO MUNICIPAL Unidade Orcamentaria: 02.01 GABINETE DO PREFEITO 04.000.0000.0.000.000 Administracao 31.191,67 31.191,67 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

Termo de Referência PROBIO II 103/2014

Termo de Referência PROBIO II 103/2014 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO PROJETO NACIONAL DE AÇÕES INTEGRADAS PUBLICO-PRIVADAS PARA BIODIVERSIDADE PROBIO II FUNDO NACIONAL PARA O MEIO AMBIENTE (Global Environmental Facility

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA nº 2015.1013.00021-7/2015

TERMO DE REFERÊNCIA nº 2015.1013.00021-7/2015 TERMO DE REFERÊNCIA nº 2015.1013.00021-7/2015 CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PARA A UNIDADE DE PROGRAMAS PARA ATENDIMENTO ÀS DEMANDAS DOS PROJETOS APOIADOS PELO FUNDO BRASILEIRO PARA A BIODIVERSIDADE FUNBIO.

Leia mais

TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO. "(s15h " " PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO"

TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO. (s15h   PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500560 - TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO Nivel: Tecnico Area Profissional: 0044 - CONSTRUCAO CIVIL-TEC Area de Atuacao: 0395 - SEG.TRABALHO/CONSTR.CIVIL-TEC

Leia mais

e-tec Brasil EDITAL N 012/2013

e-tec Brasil EDITAL N 012/2013 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAcA0, CIENCIA E TECNOLOGIA e-tec Brasil EDITAL N 012/2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA A SELE fao DE TUTORES VIRTUAIS, NA CONDICAO DE BOLSISTAS, PARA 0 CURSO TECNICO EM

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

ESTADO DO PARANA Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Honorio Serpa Abril de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64

ESTADO DO PARANA Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Honorio Serpa Abril de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64 ESTADO DO PARANA Programa de Trabalho Folha: 1 Orgao...: 02 CHEFIA DE GABINETE Unidade Orcamentaria: 02.01 GABINETE DO PREFEITO 04.000.0000.0.000.000 Administracao 25.230,05 25.230,05 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

As ações do Pacto serão delineadas de acordo com as seguintes prioridades:

As ações do Pacto serão delineadas de acordo com as seguintes prioridades: Finalidade A conservação da biodiversidade e de demais atributos da Mata Atlântica depende de um conjunto articulado de estratégias, incluindo a criação e a implantação de Unidades de Conservação, Mosaicos

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO O DE DEFESA DO CONSUMIDOR. 06 de maio de 2009 DEPARTAMENTO NACIONAL DE TRÂNSITO. Denatran. Ministério Das Cidades

CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO O DE DEFESA DO CONSUMIDOR. 06 de maio de 2009 DEPARTAMENTO NACIONAL DE TRÂNSITO. Denatran. Ministério Das Cidades CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO O DE DEFESA DO CONSUMIDOR 06 de maio de 2009 DEPARTAMENTO NACIONAL DE TRÂNSITO LACRES PORTARIA DENATRAN Nº N 272/07 PORTARIA DENATRAN Nº N 272 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2007 Estabelece

Leia mais

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA MONITORAMENTO DE PROJETOS DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES DESENVOLVIDOS POR MEIO DE TÉCNICAS DE NUCLEAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO DOS TERMOS

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0122 - RELACIONAMENTO CLIENTE/COM. Planejar

Leia mais

Apoio a Programas de Conservação

Apoio a Programas de Conservação Apoio a Programas de Conservação OBJETIVOS Apoiar instituições para que desenvolvam ações de conservação em médio e longo prazo, na forma de programa, que resultem em medidas efetivas de conservação. As

Leia mais

Projeto -IV Concurso de Fotografias

Projeto -IV Concurso de Fotografias SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PARATY COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL CEA Projeto -IV Concurso de Fotografias Eu Sou Caiçara Equipe da CEA: Supervisor - Valdemir da C. Ferreira Coordenadora - Leila

Leia mais

PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ TERMO DE REFERÊNCIA

PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ TERMO DE REFERÊNCIA PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ Acordo de Doação Nº TF016192 TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL DE LONGO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA nº 16/2015. Responsável: Unidade de Negócios Projetos Especiais. Rio de Janeiro, 9 de junho de 2015. 1.

TERMO DE REFERÊNCIA nº 16/2015. Responsável: Unidade de Negócios Projetos Especiais. Rio de Janeiro, 9 de junho de 2015. 1. TERMO DE REFERÊNCIA nº 16/2015 Responsável: Unidade de Negócios Projetos Especiais Rio de Janeiro, 9 de junho de 2015. 1. Identificação Contratação de consultoria de pessoa física (PF) para diagnóstico

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO - PREFEITURA MUNICIPAL DE COLIDER Identificação de Programas. Lei Autorizativa

ESTADO DE MATO GROSSO - PREFEITURA MUNICIPAL DE COLIDER Identificação de Programas. Lei Autorizativa CAMARA MUNICIPAL ACAO DO LEGISLATIVO Atender as necessidades do Municipio, viabilizar aprovacoes de Projetos de Leis de interesse do municipio; suporte tecnico politico. Oferecer suporte conceitual de

Leia mais

Ano Internacional da Agricultura Familiar 16 de outubro Dia Mundial da Alimentação A FAO está na Internet, visite nosso site: www.fao.org.

Ano Internacional da Agricultura Familiar 16 de outubro Dia Mundial da Alimentação A FAO está na Internet, visite nosso site: www.fao.org. FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS ORGANISATION DES NATIONS UNIES POUR L ALIMENTATION ET L AGRICULTURE ORGANIZACION DE LAS NACIONES UNIDAS PARA LA AGRICULTURA Y LA ALIMENTACION ORGANIZAÇÃO

Leia mais

F 3 2 90 0 100 150.000 F 4 2 30 0 100 21.500.000 TOTAL - FISCAL 21.650.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 21.650.000

F 3 2 90 0 100 150.000 F 4 2 30 0 100 21.500.000 TOTAL - FISCAL 21.650.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 21.650.000 ORGAO : 30000 - MINISTERIO DA JUSTICA UNIDADE : 30101 - MINISTERIO DA JUSTICA 0698 GESTAO E APOIO INSTITUCIONAL NA AREA DA JUSTICA 150.000 14 128 0698 4572 CAPACITACAO DE SERVIDORES PUBLICOS FEDERAIS EM

Leia mais

Curso de Especialização de Gestão Pública e Meio Ambiente. Disciplina de Legislação Ambiental. Professora Cibele Rosa Gracioli

Curso de Especialização de Gestão Pública e Meio Ambiente. Disciplina de Legislação Ambiental. Professora Cibele Rosa Gracioli Curso de Especialização de Gestão Pública e Meio Ambiente Disciplina de Legislação Ambiental Professora Cibele Rosa Gracioli SISTEMA NACIONAL DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DA NATUREZA - SNUC Lei 9.985 de

Leia mais

Oficina para Capacitação em Desenvolvimento Institucional. Elaboração de Projetos

Oficina para Capacitação em Desenvolvimento Institucional. Elaboração de Projetos Oficina para Capacitação em Desenvolvimento Institucional Elaboração de Projetos Somos privilegiados por viver na América do Sul, mas também temos uma grande responsabilidade nas mãos Privilégio porque,

Leia mais

Comissão Europa de Educação Espirita Infantojuvenil. Conselho Espirita Internacional Coordenadoria Europa

Comissão Europa de Educação Espirita Infantojuvenil. Conselho Espirita Internacional Coordenadoria Europa Comissão Europa de Educação Espirita Infantojuvenil Conselho Espirita Internacional Coordenadoria Europa Atividades realizadas 2012/2013: Criação Banco de Dados para armazenamento material em diversos

Leia mais

Relatorio de trabalho sobre Estudo sobre o acesso das comunidades aos recursos naturais na província de Cabo Delgado.

Relatorio de trabalho sobre Estudo sobre o acesso das comunidades aos recursos naturais na província de Cabo Delgado. Relatorio de trabalho sobre Estudo sobre o acesso das comunidades aos recursos naturais na província de Cabo Delgado. Introducao Pretende-se com o presente relatorio reportar em termos gerais os aspectos

Leia mais

Termos de Referencia

Termos de Referencia Termos de Referencia Tipo de contrato: Consultoria para a concepcao de um vídeo documentário sobre mulheres líderes no sector da energia na África Ocidental Duracao: Abril Maio, 2015 Local de trabalho:

Leia mais

DOCUMENTO DE REFERÊNCIA. Zig Koch

DOCUMENTO DE REFERÊNCIA. Zig Koch DOCUMENTO DE REFERÊNCIA Zig Koch O Programa E-CONS, Empreendedores da Conservação, é uma iniciativa idealizada pela SPVS - Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental e implementada em

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSTRUÇÃO DOS PROCESSOS DE RESERVA LEGAL

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSTRUÇÃO DOS PROCESSOS DE RESERVA LEGAL DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSTRUÇÃO DOS PROCESSOS DE RESERVA LEGAL Atenção: Esta lista de documentos tem vigência até que o Cadastro Ambiental Rural (CAR) seja efetivamente implantado por ato da Ministra

Leia mais

Reserva da Biosfera da Mata Atlântica Experiência em Gestão Territorial

Reserva da Biosfera da Mata Atlântica Experiência em Gestão Territorial Reserva da Biosfera da Mata Atlântica Experiência em Gestão Territorial João Albuquerque - Outubro/ 2009 Reservas da Biosfera-A escala dos Biomas Art. 41. A Reserva da Biosfera é um modelo, adotado internacionalmente,

Leia mais

Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade PROBIO II AÇÕES DO MMA

Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade PROBIO II AÇÕES DO MMA Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade PROBIO II AÇÕES DO MMA COMPONENTE 1: Priorização da Biodiversidade em Setores Governamentais Objetivo: Implementar a Política Nacional

Leia mais

ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA. Declaração de trabalho, serviços e especificações

ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA. Declaração de trabalho, serviços e especificações PROCESSO 012-2014 ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA Declaração de trabalho, serviços e especificações A Contratada deverá executar o trabalho e realizar os serviços a seguir, indicados de acordo com as especificações

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO CONSULTORIA

EDITAL DE SELEÇÃO CONSULTORIA Edital nº 001/2015 EDITAL DE SELEÇÃO CONSULTORIA Contratação de pessoa física ou jurídica para prestar serviços no contexto do Projeto Noroeste: Território Sustentável, conforme descrito abaixo. O Instituto

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA Nº 2012.1031.00014-0

TERMOS DE REFERÊNCIA Nº 2012.1031.00014-0 TERMOS DE REFERÊNCIA Nº 2012.1031.00014-0 Ref. Contratação de consultoria (pessoa jurídica) para realizar atividades de apoio à organização de publicação sobre mapeamentos para a conservação e restauração

Leia mais

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária Uma nva prpsta para a Agenda Ambiental Prtuária Marcs Maia Prt Gerente de Mei Ambiente O grande desafi a tratar cm as questões ambientais prtuárias é bter um resultad equilibrad que harmnize s cnflits

Leia mais

projetooasis@fundacaogrupoboticario.org.br http://www.fundacaogrupoboticario.org.br +55 (41) 3340-2648/3340-2646

projetooasis@fundacaogrupoboticario.org.br http://www.fundacaogrupoboticario.org.br +55 (41) 3340-2648/3340-2646 Introdução A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza é uma instituição sem fins lucrativos, com sede em Curitiba, Paraná, e atuação em todo o Brasil. Criada em setembro de 1990, tem como missão

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

COTAS DE RESERVA AMBIENTAL. O que são e como criá-las

COTAS DE RESERVA AMBIENTAL. O que são e como criá-las COTAS DE RESERVA AMBIENTAL O que são e como criá-las COTAS DE RESERVA AMBIENTAL O que são e como criá-las! Olá! Você já ouviu falar das Cotas de Reserva Ambiental (CRAs)? O que são Cotas de Reserva Ambiental?

Leia mais

ção da publicidade de alimentos.

ção da publicidade de alimentos. 10 de março o de 2009 A Anvisa e a regulamentaçã ção da publicidade de alimentos. Ana Paula Dutra Massera Chefe da Unidade de Monitoramento e Fiscalizaçã ção o de Propaganda UPROP//ANVISA O QUE É VIGILÂNCIA

Leia mais

Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo

Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo Licenciamento Ambiental no Estado de São Paulo Aspectos relacionados com a Legislação Florestal / Mineração LEI FEDERAL 12651/12 Engª Amb. Adriana Maira Rocha Goulart Divisão de Apoio e Gestão dos Recursos

Leia mais

E A SAÚDE PÚBLICA VETERINARIA NO BRASIL* 0 INSPETOR SANITARIO. Veterinária compreende, no momento, as zoonoses, a alimenta@0 pública e o treinamento,

E A SAÚDE PÚBLICA VETERINARIA NO BRASIL* 0 INSPETOR SANITARIO. Veterinária compreende, no momento, as zoonoses, a alimenta@0 pública e o treinamento, 0 INSPETOR SANITARIO E A SAÚDE PÚBLICA VETERINARIA NO BRASIL* Veterinário de Saúde DR. GUENTHER RIEDEL 0 veterinário de saúde pública e o inspetor sanitário sáo talvez os elementos mais novos na equipe

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior Area Profissional: ECONOMIA Area de Atuacao: GESTAO FINANCEIRA/ECONOMIA Administrar os

Leia mais

ELEMENTOS PARA A RECUPERAÇÃO DA VEGETAÇÃO NATIVA EM LARGA ESCALA

ELEMENTOS PARA A RECUPERAÇÃO DA VEGETAÇÃO NATIVA EM LARGA ESCALA ELEMENTOS PARA A RECUPERAÇÃO DA VEGETAÇÃO NATIVA EM LARGA ESCALA Equipe DCBio/SBF/MMA The Conservation-Restoration Workshop Déficit de vegetação nativa segundo a Lei 12.651/2012 Fonte: SAE, 2013 Milhões

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO

POLÍTICA DE INVESTIMENTO POLÍTICA DE INVESTIMENTO Aprovada pelo Conselho Deliberativo em dezembro de 2010 Vigência: 01/01/2011 a 31/12/2011 1 ÍNDICE GERAL 1 PROPÓSITO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO 3 1.1 OBJETIVOS DA POLÍTICA DE

Leia mais

Marco Legal e Engenharia Institucional PSA São José dos Campos

Marco Legal e Engenharia Institucional PSA São José dos Campos São José dos Campos Marco Legal e Engenharia Institucional PSA São José dos Campos Lei Municipal 8703/12 - Institui Programa Municipal de Pagamento por Serviços Ambientais; Lei nº 8905/13 Cria o Fundo

Leia mais

Notícias da RESERVA DA BIOSFERA DA MATA ATLÂNTICA nº 8 JUNHO 2000

Notícias da RESERVA DA BIOSFERA DA MATA ATLÂNTICA nº 8 JUNHO 2000 Notícias da RESERVA DA BIOSFERA DA MATA ATLÂNTICA nº 8 JUNHO 2000 O mais importante evento deste mês para o Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica foi o I Encontro das Reservas da Biosfera

Leia mais

tl IHrnTUTO ITDtRAI. Of ~~O.CI(H(IA ( T((HOI.OGIA

tl IHrnTUTO ITDtRAI. Of ~~O.CI(H(IA ( T((HOI.OGIA tl IHrnTUTO ITDtRAI. Of ~~O.CI(H(IA ( T((HOI.OGIA EDITAL N 247/15, DE 05 DE MAIO DE 2015 0 Reitor do lnstituto Federal de Educa9ao, Ciencia e Tecnologia de Sao Paulo (IFSP) torna publico o presente edital

Leia mais

Workshop em Gerenciamento de Projetos

Workshop em Gerenciamento de Projetos Workshop em Gerenciamento de Projetos 1 Agenda MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Introdução Apresentação do Palestrante Introdução Conceituação Melhores Práticas Histórico (PMI, PMBok, PMO) Grupos de Processos

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO

ENGENHARIA DE SOFTWARE PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 002312 - ENGENHARIA DE SOFTWARE Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO N 45.264, DE 24 DE SETEMBRO DE 2007. (publicado no DOE nº 182, de 25 de setembro de 2007) Abre créditos suplementares

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA nº 2014.0425.00020-0

TERMO DE REFERÊNCIA nº 2014.0425.00020-0 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA DE BIODIVERSIDADE E FLORESTAS (SBF) DIRETORIA DE ÁREAS PROTEGIDAS (DAP) PROGRAMA ÁREAS PROTEGIDAS DA AMAZÔNIA (ARPA) TERMO DE REFERÊNCIA nº 2014.0425.00020-0 OBJETIVO:

Leia mais

!r~ ((!J. f f2. I.Bf~~ " ~.~- r. ~D~f!~STE DATA. I Aplicacao. Rev, I Fl. 8 '9 10 11 ~ 13 « Rev.! Fl.

!r~ ((!J. f f2. I.Bf~~  ~.~- r. ~D~f!~STE DATA. I Aplicacao. Rev, I Fl. 8 '9 10 11 ~ 13 « Rev.! Fl. ~D~f!~STE Rev, I Fl. 1o f f2 3 4 QUADRO EM QUE REVISAO ESTA CADA FoLHA 5 16 7 8 '9 1 2 3 4 5 6 7" 8!r~ 9 10 11 ~ 13 «'j Rev 100 DATA aa.borado POR, RUBRICA NOME 1 2 3 (T.E. 4 6 1 8 DESCRICAo DA REVISAo

Leia mais

Administração Vinculada DEPARTAMENTO DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS ATO DO PRESIDENTE

Administração Vinculada DEPARTAMENTO DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS ATO DO PRESIDENTE Administração Vinculada DEPARTAMENTO DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS ATO DO PRESIDENTE PORTARIA DETRO/PRES. No 505 DE 23 DE MAIO DE 2000. Estabelece os procedimentos para a exploracao de mensagens publicitarias

Leia mais

Projeto Agricultura de Baixo Carbono e Desmatamento Evitado para a Redução da Pobreza no Brasil

Projeto Agricultura de Baixo Carbono e Desmatamento Evitado para a Redução da Pobreza no Brasil CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ELABORAÇÃO, E IMPLEMENTAÇÃO DE UM PLANO DE COMUNICAÇÃO PARA O PROJETO AGRICULTURA DE BAIXO CARBONO E DESMATAMENTO EVITADO PARA A REDUÇÃO DE POBREZA NO BRASIL. País - Brasil Projeto

Leia mais

Especialização em Direito Ambiental. 3. As principais funções das matas ciliares são:

Especialização em Direito Ambiental. 3. As principais funções das matas ciliares são: Pedro da Cunha Barbosa. Especialização em Direito Ambiental. Área do conhecimento jurídico que estuda as relações entre o homem e a natureza, é um ramo do direito diferenciado em suas especificidades e,

Leia mais

Boas vindas e apresentações Objetivos e agenda do encontro Encerramento espaço livre

Boas vindas e apresentações Objetivos e agenda do encontro Encerramento espaço livre 1 Boas vindas e apresenta Objetiv e agenda do encontro Encerramento espaço livre Boas vindas (10 minut) Fernando Barba, Coordenador Geral de Desenvolvimento Institucional e Programas de Gestão SGE/SE Apresenta

Leia mais

EDITAL PARA PARTICIPAÇÃO DAS ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR JUNTO AO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA VERACEL CELULOSE S.

EDITAL PARA PARTICIPAÇÃO DAS ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR JUNTO AO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA VERACEL CELULOSE S. EDITAL PARA PARTICIPAÇÃO DAS ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR JUNTO AO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA VERACEL CELULOSE S.A EM BELMONTE-BA APRESENTAÇÃO A Veracel é fruto da parceria de duas líderes internacionais

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Coordenação de Agroecologia / PROBIO II.

TERMO DE REFERÊNCIA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Coordenação de Agroecologia / PROBIO II. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO PROJETO NACIONAL DE AÇÕES INTEGRADAS PUBLICO-PRIVADAS PARA BIODIVERSIDADE PROBIO II FUNDO NACIONAL PARA O MEIO AMBIENTE (Global Environmental Facility

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ PODER EXECUTIVO DECRETO Nº 3.320, DE 12 DE JULHO DE 2004 (D.O.E.PR. Nº 6769 DE 12/07/2004)

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ PODER EXECUTIVO DECRETO Nº 3.320, DE 12 DE JULHO DE 2004 (D.O.E.PR. Nº 6769 DE 12/07/2004) GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ PODER EXECUTIVO DECRETO Nº 3.320, DE 12 DE JULHO DE 2004 (D.O.E.PR. Nº 6769 DE 12/07/2004) Aprova os critérios, normas, procedimentos e conceitos aplicáveis ao SISLEG Sistema

Leia mais

Este termo de referência visa à contratação de consultoria especializada para

Este termo de referência visa à contratação de consultoria especializada para TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS NÃO CONTINUADOS TR nº MODALIDADE PROCESSO SELETIVO RBR-02/2014 Produto 2014 FUNDAMENTO LEGAL Decreto nº 5.151, de 22/7/2004, e Portaria MDA nº 48/2012, de 19/07/2012. O Ministério

Leia mais

III EPBIO 15 e 16 de dezembro de 2011

III EPBIO 15 e 16 de dezembro de 2011 Lições do Projeto de Recuperação de Matas Ciliares e perspectivas para a conservação da biodiversidade no Plano Pluri Anual 2012/2015 III EPBIO 15 e 16 de dezembro de 2011 SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE GOVERNO

Leia mais

ecoturismo ou turismo. As faixas de APP que o proprietário será obrigado a recompor serão definidas de acordo com o tamanho da propriedade.

ecoturismo ou turismo. As faixas de APP que o proprietário será obrigado a recompor serão definidas de acordo com o tamanho da propriedade. São as áreas protegidas da propriedade. Elas não podem ser desmatadas e por isso são consideradas Áreas de Preservação Permanente (APPs). São as faixas nas margens de rios, lagoas, nascentes, encostas

Leia mais

Iniciativa Verde. Pontos para aplicação do novo Código Florestal, Lei 12.651/12

Iniciativa Verde. Pontos para aplicação do novo Código Florestal, Lei 12.651/12 Iniciativa Verde Pontos para aplicação do novo Código Florestal, Lei 12.651/12 Roberto Ulisses Resende São Paulo, março de 2013 Introdução Esta é a primeira versão do documento elaborado pela Iniciativa

Leia mais

Prefeitura da Estancia de Atibaia Estado de Sáo Paulo

Prefeitura da Estancia de Atibaia Estado de Sáo Paulo Prefeitura da Estancia de Atibaia Estado de Sáo Paulo -Proc. n 9 35.005/09 DECRETO N : 5.994 de 06 de outubro de 2009 Estabelece procedimentos de controle ambiental para a utilizacao de produtos e subprodutos

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE Unidade de Gestão Local UGL Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável Microbacias II TERMO DE REFERÊNCIA

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE Unidade de Gestão Local UGL Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável Microbacias II TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PARA AVALIAÇÃO FINANCEIRA E ACOMPANHAMENTO DE PROJETOS 1. IDENTIFICAÇÃO DO TERMO DE REFERÊNCIA 1.1. Número: 05/2011 2. IDENTIFICAÇÃO DO CONTRATANTE 2.1. Contratante

Leia mais

1. Esta Política Institucional de Gestão de Continuidade de Negócios:

1. Esta Política Institucional de Gestão de Continuidade de Negócios: 1. Esta Política Institucional de Gestão de Continuidade de Negócios: a) é elaborada por proposta da área de gestão de continuidade de negócios da Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob Sicoob

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY,

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, Termo de Referência CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRODUZIR VÍDEOS PARA AS INICITAIVAS DE CONSERVAÇÃO DA THE NATURE CONSERVANCY, EM SÃO FÉLIX DO XINGU, NO ESTADO DO PARÁ. INTRODUÇÃO E CONTEXTO A The Nature

Leia mais

Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar a função de Gerente de Projetos Pleno.

Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar a função de Gerente de Projetos Pleno. TERMO DE REFERÊNCIA nº 030/2012 Responsável: Fábio Leite Setor: Unidade de Gestão de Programas Rio de Janeiro, 10 de julho de 2012. Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria Financeira de conciliação das informações repassadas pelos

Leia mais

Pagamento de Serviços Ambientais Contribuição do Programa MERCADO MATA ATLÂNTICA Reserva da Biosfera da Mata Atlântica - Brasil

Pagamento de Serviços Ambientais Contribuição do Programa MERCADO MATA ATLÂNTICA Reserva da Biosfera da Mata Atlântica - Brasil Pagamento de Serviços Ambientais Contribuição do Programa MERCADO MATA ATLÂNTICA Reserva da Biosfera da Mata Atlântica - Brasil 1º Seminário Paulista de PSA- Novembro de 2009 - Clayton F. Lino A natureza

Leia mais

PROPOSTA PARA O CONCURSO VETERINÁRIO MIRIM 2013

PROPOSTA PARA O CONCURSO VETERINÁRIO MIRIM 2013 PROPOSTA PARA O CONCURSO VETERINÁRIO MIRIM 2013 Equipe proponente e organizadora: Rede de Defesa e Proteção Animal Responsável Prof. Alexander Welker Biondo Superintendência de Controle Ambiental Secretaria

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE EXTENSÃO COMUNITÁRIA 2015.2

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE EXTENSÃO COMUNITÁRIA 2015.2 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE EXTENSÃO COMUNITÁRIA 2015.2 A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Comunitária da Universidade Salvador UNIFACS torna público

Leia mais

TOTAL - FISCAL 48.333.886 TOTAL - SEGURIDADE 21.890.000 TOTAL - GERAL 70.223.886

TOTAL - FISCAL 48.333.886 TOTAL - SEGURIDADE 21.890.000 TOTAL - GERAL 70.223.886 UNIDADE : 26101 - MINISTERIO DA EDUCACAO 0910 OPERACOES ESPECIAIS: GESTAO DA PARTICIPACAO EM ORGANISMOS INTERNACIONAIS 500.000 OPERACOES ESPECIAIS 12 212 0910 00B9 CONTRIBUICAO A ORGANIZACAO DAS NACOES

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA PRÉ-ACELERAÇÃO EDITAL 02/2015 - HOTMILK

PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA PRÉ-ACELERAÇÃO EDITAL 02/2015 - HOTMILK PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA PRÉ-ACELERAÇÃO 1) - APRESENTAÇÃO EDITAL 02/2015 - HOTMILK A Aceleradora HotMilk torna pública a abertura das inscrições para seleção de projetos de empreendimentos

Leia mais

ORGAO : 25000 - MINISTERIO DA FAZENDA UNIDADE : 25208 - SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROGRAMA/ACAO/SUBTIT ULO/PRODUTO

ORGAO : 25000 - MINISTERIO DA FAZENDA UNIDADE : 25208 - SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROGRAMA/ACAO/SUBTIT ULO/PRODUTO ORGAO : 250 - MINISTERIO DA FAZENDA UNIDADE : 25208 - SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS ANEXO I (SUPLEMENTACAO) PROGRAMATIC A PROGRAMA/ACAO/SUBTIT 0681 GESTAO DA PARTICIPACAO EM ORGANISMOS INTERNACIONAIS

Leia mais

Ações de Educação Ambiental do INEA com foco em recursos hídricos. Gerência de Educação Ambiental (GEAM/DIGAT/INEA)

Ações de Educação Ambiental do INEA com foco em recursos hídricos. Gerência de Educação Ambiental (GEAM/DIGAT/INEA) Ações de Educação Ambiental do INEA com foco em recursos hídricos Gerência de Educação Ambiental (GEAM/DIGAT/INEA) Ações: Agenda Água na Escola (SEA); Cartilha de atividades de sensibilização, pesquisa

Leia mais

SEMINARIO INTER-REGIONAL SOBRE A GESTAO COLECTIVA DE DIREITOS DE AUTOR E DIREITOS CONEXOS PARA PAisES AFRICANOS DE LiNGUA OFICIAL PORTUGUESA (PALOP)

SEMINARIO INTER-REGIONAL SOBRE A GESTAO COLECTIVA DE DIREITOS DE AUTOR E DIREITOS CONEXOS PARA PAisES AFRICANOS DE LiNGUA OFICIAL PORTUGUESA (PALOP) p OMPIICCM/RIO/99/5 ORIGINAL: portugues DATA: Julho 1999 a MINISTERJO DA CULTURA COORDENAcAO DE DIREITO AUTORAL (CDA) e ORGANIZACAO MUNDIAL DA PROPRIEDADE INTELECTUAL SEMINARIO INTER-REGIONAL SOBRE A GESTAO

Leia mais

CONSULTORIA PARA SISTEMATIZAÇÃO E ELABORAÇÃO DE TEXTO DE BOA PRÁTICA NA PRODUÇÃO DE ALGODÃO PELA AGRICULTURA FAMILIAR NA PARAÍBA, BRASIL

CONSULTORIA PARA SISTEMATIZAÇÃO E ELABORAÇÃO DE TEXTO DE BOA PRÁTICA NA PRODUÇÃO DE ALGODÃO PELA AGRICULTURA FAMILIAR NA PARAÍBA, BRASIL Projeto GCP/RLA/199/BRA: Fortalecimento do Setor Algodoeiro por meio da Cooperação Sul-Sul Termos de Referência: ESPECIALISTA EM SISTEMATIZAÇÃO DE EXPERIÊNCIAS (01 Consultor/a): CONSULTORIA PARA SISTEMATIZAÇÃO

Leia mais

Unidades de Conservação no âmbito da Lei Estadual 20.922/13 e a Mineração. Carlos Leite Santos Tales Peche Socio

Unidades de Conservação no âmbito da Lei Estadual 20.922/13 e a Mineração. Carlos Leite Santos Tales Peche Socio Unidades de Conservação no âmbito da Lei Estadual 20.922/13 e a Mineração. Carlos Leite Santos Tales Peche Socio 0 Junho/2013 Introdução A contribuição da Vale no processo de conservação e preservação

Leia mais

Perfil Territorial. Jalapão - TO. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território

Perfil Territorial. Jalapão - TO. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território Jalapão - O Território da Cidadania Jalapão - está localizado na região Norte e é composto por 8 municípios: Lagoa do, Lizarda, Mateiros,,, Rio Sono, Santa Tereza do e São Félix do. Desenvolvimento Territorial

Leia mais

EDITAL Nº 003/2009, 12 DE MARÇO DE 2009 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 003/2009, 12 DE MARÇO DE 2009 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Código da vaga: DBFLO/CGFAP/PLANO DE GESTÃO PARA OS CAVALOS MARINHOS Função: Consultor Especializado em Pesca de Cavalos Marinhos Número de vagas: 01 (uma) vaga Tipo de contrato: Consultoria de curto prazo

Leia mais

Políticas e Estratégias de Segurança e Saúde

Políticas e Estratégias de Segurança e Saúde Políticas e Estratégias de Segurança e Saúde Armand F. Pereira Diretor da OIT no Brasil brasilia@oitbrasil.org.br http://www.oit.org II Sense 14-17 17 de maio 2000 ANOS Incapacidade Incapacidade temporária

Leia mais

TRATADO DAS FLORESTAS DEFINIÇÕES PARA EFEITO DESTE TRATADO

TRATADO DAS FLORESTAS DEFINIÇÕES PARA EFEITO DESTE TRATADO [16] TRATADO DAS FLORESTAS DEFINIÇÕES PARA EFEITO DESTE TRATADO Florestas Naturais são ecossistemas dominados por árvores ou arbustos, em forma original ou quase original, através de regeneração natural.

Leia mais

Sustentabilidade e Biodiversidade Votorantim Cimentos. regiane.velozo@vcimentos.com.br

Sustentabilidade e Biodiversidade Votorantim Cimentos. regiane.velozo@vcimentos.com.br Sustentabilidade e Biodiversidade Votorantim Cimentos Regiane Velozo Dias Regiane Velozo Dias regiane.velozo@vcimentos.com.br Agenda 1. Votorantim 2. Votorantim Cimentos 3. CSI Iniciativa para a Sustentabilidade

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Assessoria de Inovação Tecnológica Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Assessoria de Inovação Tecnológica Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. ISSN 1983-0610 Junho, 2008 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Assessoria de Inovação Tecnológica Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Documentos 01 Noções de Propriedade Intelectual

Leia mais

Customização e implantação do sistema SIAM / Minas Gerais no IPAAM

Customização e implantação do sistema SIAM / Minas Gerais no IPAAM Customização e implantação do sistema SIAM / Minas Gerais no IPAAM Elaboração do Projeto Básico e dos Termos de Referência Prestação de serviço n 6 Termos de Referência e Termo de aceitação JF Kibler Floresta

Leia mais

Título do projeto: Educação Ambiental e Difusão Científica da Biodiversidade da Mata Atlântica no Museu de Biologia Prof. Mello Leitão BIOAÇÃO

Título do projeto: Educação Ambiental e Difusão Científica da Biodiversidade da Mata Atlântica no Museu de Biologia Prof. Mello Leitão BIOAÇÃO Título do projeto: Educação Ambiental e Difusão Científica da Biodiversidade da Mata Atlântica no Museu de Biologia Prof. Mello Leitão BIOAÇÃO Proponente: Sociedade de Amigos do Museu de Biologia Mello

Leia mais

COTAS DE RESERVA AMBIENTAL. O que são, como cria-las e como negocia-las

COTAS DE RESERVA AMBIENTAL. O que são, como cria-las e como negocia-las COTAS DE RESERVA AMBIENTAL O que são, como cria-las e como negocia-las COTAS DE RESERVA AMBIENTAL O que são, como cria-las e como negocia-las! 3 Olá! Você já ouviu falar das Cotas de Reserva Ambiental

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE (Prt. MEC nº 797/14, de 11/09/2014, publicada n DOU em 12/09/2014) EDITAL 2015 PROCESSO SELETIVO O Diretr Geral da Faculdade de Educaçã em Ciências da Saúde (FECS),

Leia mais

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 Sete Lagoas Março de 2014 Sumário 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO... 4 1.1. Composição da Comissão

Leia mais

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE BINETE DO SECRETÁRIO PUBLICADA NO DOE DE 12-06-2012 SEÇÃO I PÁG 142-144 RESOLUÇÃO SMA Nº 37, DE 05 DE JUNHO DE 2012 Define as diretrizes para a execução do Projeto de Pagamento por Serviços Ambientais

Leia mais

ESCOPO DE SERVIÇOS PARA COORDENAÇÃO DE PROJETOS

ESCOPO DE SERVIÇOS PARA COORDENAÇÃO DE PROJETOS IV WBGPPCE 2004 Workshop Brasileiro de Gestão do Processo de Projeto na Construção de Edifícios ESCOPO DE SERVIÇOS PARA COORDENAÇÃO DE PROJETOS MELHADO, Silvio, Doutor e Livre-Docente, Professor Associado

Leia mais