ORIENTAÇÕES GERAIS PARA AS ELEIÇÕES DE 2016

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ORIENTAÇÕES GERAIS PARA AS ELEIÇÕES DE 2016"

Transcrição

1 ORIENTAÇÕES GERAIS PARA AS ELEIÇÕES DE PRAZOS ELEITORAIS PARA OS PARTIDOS: 1.1 ESCOLHA DOS CANDIDATOS: a (Lei nº 9.504/1997, art. 8º, caput); 1.2 REGISTRO DE CANDIDATURA: às 19h (Lei nº 9.504/1997, art. 11, caput); 1.3 PROPAGANDA ELEITORAL: A PARTIR DE (Lei nº 9.504/1997, art. 36, caput); 1.4 PROPANDA ELEITORAL GRATUÍTA EM RÁDIO E TV: A PARTIR DE ((Lei 1.5 nº 9.504/1997, art. 47, caput); 1.6 PRESTAÇÃO DE CONTAS: até 30 (trinta) dias após o 1º Turno e até 20 dias após o 2º Turno; 1.7 JULGAMRENTO DE CONTAS: ATÉ 03 (três) dias antes da diplomação. 13/06 - NOMEAÇÃO MEMBROS MESA RECEPTORA E APOIO LOGÍSTICO AOS LOCAIS DE VOTAÇÃO; 05/07- AUTORIZADA PROPAGANDA INTRAPARTIDÁRIA PARA NOMEAÇÃO À CANDIDATURA (VETADO RÁDIO, TV E OUTDOORS); 20/07 - AUTORIZADA CONVENÇÕES ELEITORAIS HOMOLOGAÇÃO CANDIDATURAS; 03/08 PRAZO FINAL P/ SOLICITAR 2ª VIA DO TÍTULO DE ELEITOR FORA DO DOMICÍLIO; 15/08 DATA LIMITE PARA REGISTRO DE CANDIDATURAS PELOS PARTIDOS E COLIGAÇÕES; 16/08 AUTORIZADA PROPAGANDA ELEITORAL PAGA COMEÇO CAMPANHA ABERTA; 26/08 INÍCIO PROPAGANDA ELEITORAL GRATUITA (RÁDIO E TV); 13/09 ULTIMO DIA P/ ENVIAR A JUSTIÇA ELEITORAL AS PRÉVIAS DOS GASTOS DE CAMPANHA DOS CANDIDATOS/AS; 15/09 DIVULGAÇÃO DO RELATÓRIO DAS RECEITAS EM DINHEIRO COLETADAS PARA PATROCINAR AS CAMPANHAS; 17/09 DATA A PARTIR DA QUAL NENHUM CANDIDATO/A PODERÁ SER PRESO OU DETIDO, SALVO FLAGRANTE DELITO. 22/09 ULTIMO DIA PARA SOLICITAR 2ª VIA TÍTULO DE ELEITOR NO DOMICÍLIO ELEITORAL; 27/09 DATA A PARTIR DA QUAL NENHUM CANDIDATO/A PODERÁ SER PRESO OU DETIDO, SALVO FLAGRANTE DELITO OU EM VIRTUDE DE SENTENÇA CRIMINAL SEM FIANÇA OU DESRESPEITO A SALVO-CONDUTO. 29/09 FIM DA PROPAGANDA ELEITORAL GRATUITA RÁDIO E TV; 30/09 TERMINA PERÍODO DE PROPAGANDA ELEITORAL PAGA; 02/10 VOTAÇÃO DO PRIMEIRO TURNO ELEIÇÕES MUNICIPAIS; 28/10 ÚLTIMO DIA PARA PROPAGANDA ELEITORAL PAGA E GRATUITA REF. 2º TURNO (RÁDIO E TV) E IMPRENSA ESCRITA; 30/10 VOTAÇÃO DO SEGUNDO TURNO.

2

3 PARA OS CANDIDATOS (PRAZOS DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO): Prazo de Afastamento Data Limite Para Afastamento 03 meses 02/07/ meses 02/06/ meses 02/00/ ano 02/10/2015 Cargo, Emprego ou Função Exercido Cargo Pleiteado Prazo de desincompatibilizaçã Presidente e Diretor de Autarquia, Fundação e Empresa, Secretário Municipal Servidor público civil ocupante somente de cargo em comissão Servidor público civil ocupante de cargo efetivo e /ou cargo de confiança do cargo em comissão do cargo efetivo do cargo em comissão do cargo efetivo Diretor ou gerente de empresa que contrata com a Administração salvo contrato com cláusulas uniformes. Dirigente de Fundação de Direito Público ou Privado que receba subvenções imprescindíveis a sua sobrevivência. Autoridade Militar Autoridade Policial

4 Médico (a) Servidor ou Empregado Público. Presidente de autarquias, empresas públicas, sociedade de economia mista, e fundações públicas e as mantidas pelo Poder Público. (exoneração) Dirigente sindical Presidente (a) da Câmara Municipal, ou parente seu. Radialista Presidente do Conselho Municipal da Criança Presidente (a) de partido politico Demais hipóteses não previstas poderão ser consultadas através do site do Tribunal Regional Eleitoral através do seguinte endereço eletrônico: 2. IDADES MÍNIMAS: a) 35 anos Presidente, Vice e Senador; b) 30 anos Governador e Vice; c) 21 anos Deputados Federal, Estadual e Distrital, Prefeito e Vice; d) 18 anos Vereador. Pare efeito de verificação da idade toma-se como referência a data da posse, exceto quanto ao cargo de vereador, hipótese que a idade será aferida na data do registro de candidatura (artigo 11, 2, Lei n 9.504/97). 3. DOAÇÕES: As doações (em dinheiro ou bens) realizadas por pessoas físicas são limitadas a dez por cento dos rendimentos brutos auferidos pelo doador em Nesse limite não entram as doações estimáveis em dinheiro relativas à cessão temporária de bens móveis ou imóveis de propriedade do doador, desde que o valor estimado não ultrapasse R$ ,00 (oitenta mil reais), como por exemplo, empréstimo de carro ou imóvel cujo do aluguel durante todos os meses de campanha (valor de mercado) não seja superior a esse valor. No caso de doação ou cessão temporária de bens, é preciso demonstrar que o doador é proprietário do bem e que este integra seu patrimônio.

5 Doação acima dos limites sujeita o infrator ao pagamento de multa no valor de cinco a dez vezes a quantia em excesso. Doações em dinheiro no valor igual ou superior a R$ 1.064,10 (mil e sessenta e quatro reais e dez centavos) só poderão ser realizadas mediante transferência eletrônica entre as contas bancárias do doador e do beneficiário da doação. Doações abaixo desse valor podem ser efetuadas, mas, ATENÇÃO: não podem ser efetuadas por um mesmo doador em doações sucessivas e em um mesmo dia através de depósitos bancários. Se recebidas dessa forma, o candidato (ou Partido) não poderá utilizar tais doações, que devem, na hipótese de identificação do doador, ser a ele restituídas ou, na impossibilidade, deverão ser recolhidas ao Tesouro Nacional.

REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016

REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016 REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016 Dr. Felipe Ferreira Lima Diretor do Instituto Egídio Ferreira Lima 1. Introdução: O debate sobre a Reforma Política no Brasil 2. Registro de Candidatura

Leia mais

Eleições 2010: calendário eleitoral, com prazos de desincompatibilização

Eleições 2010: calendário eleitoral, com prazos de desincompatibilização Eleições 2010: calendário eleitoral, com prazos de desincompatibilização Dirigentes sindicais e servidores que pretendem disputar as eleições de 2010 devem ficar atentos às datas e prazos de desincompatibilização.

Leia mais

LEI Nº 9.249, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1995

LEI Nº 9.249, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1995 LEI Nº 9.249, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1995 Altera a Legislação do Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas, bem como da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, e dá outras providências. Art. 13. Para efeito

Leia mais

... 5º São inelegíveis para os mesmos cargos, no período imediatamente subsequente, o Presidente da República, os Governadores de Estado e do

... 5º São inelegíveis para os mesmos cargos, no período imediatamente subsequente, o Presidente da República, os Governadores de Estado e do Reforma as instituições político-eleitorais, alterando os arts. 14, 17, 57 e 61 da Constituição Federal, e cria regras temporárias para vigorar no período de transição para o novo modelo, acrescentando

Leia mais

Dispõe sobre a escolha e registro de candidatos nas eleições de 2016

Dispõe sobre a escolha e registro de candidatos nas eleições de 2016 Dispõe sobre a escolha e registro de candidatos nas eleições de 2016 Possuir domicílio eleitoral na respectiva circunscrição; Estar com sua filiação deferida, até o dia 02 de abril de 2016, em qualquer

Leia mais

2012/ Ao presidente do partido e ao juiz eleitoral

2012/ Ao presidente do partido e ao juiz eleitoral 2012/2014 2016 20/07 a 05/08 Data das Convenções Partidárias 10/06 a 30/06 (Art. 8º da Lei nº. 9.504/97 e 93, 2º da Lei 4.737/65) Prazo de filiação partidária Comunicação de desfiliação partidária Janela

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A DAR PARECER ÀS PROPOSTAS DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO RELACIONADAS À REFORMA POLÍTICA (PEC 182, DE 2007, E APENSADAS)

COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A DAR PARECER ÀS PROPOSTAS DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO RELACIONADAS À REFORMA POLÍTICA (PEC 182, DE 2007, E APENSADAS) COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A DAR PARECER ÀS PROPOSTAS DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO RELACIONADAS À REFORMA POLÍTICA (PEC 182, DE 2007, E APENSADAS) SUBSTITUTIVO À PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO N o 14,

Leia mais

Campanha Política 2016

Campanha Política 2016 Campanha Política 2016 Calendário Geral CRONOLOGIA - Principais datas das eleições municipais de 2016 Calendário Evento 2 de abril Prazo para o candidato estar filiado a um partido. 5 de julho 20 de jullho

Leia mais

Ofício nº 1028 (SF) Brasília, em 27 de setembro de 2017.

Ofício nº 1028 (SF) Brasília, em 27 de setembro de 2017. Ofício nº 1028 (SF) Brasília, em 27 de setembro de 2017. A Sua Excelência o Senhor Deputado Giacobo Primeiro-Secretário da Câmara dos Deputados Assunto: Projeto de Lei do Senado à revisão. Senhor Primeiro-Secretário,

Leia mais

Guia rápido de permissões e proibições pertinentes à propaganda eleitoral

Guia rápido de permissões e proibições pertinentes à propaganda eleitoral Secretaria Judiciária Coordenadoria de Gestão da Informação Guia rápido de permissões e proibições pertinentes à propaganda eleitoral Tipo Regra Referência legislativa Sancionamento em caso de violação

Leia mais

Principais alterações promovidas pela Lei aprovada no Congresso Nacional e que espera a sanção da Presidencia da República.

Principais alterações promovidas pela Lei aprovada no Congresso Nacional e que espera a sanção da Presidencia da República. Principais alterações promovidas pela Lei aprovada no Congresso Nacional e que espera a sanção da Presidencia da República. Observação: como podemos perceber as mudanças propostas são justamente pra não

Leia mais

CALENDÁRIO DA ELEIÇÃO SUPLEMENTAR PARA PREFEITO E VICE-PREFEITO DE MIRASSOL D OESTE - ANEXO DA RESOLUÇÃO nº 2076/2017 NOVEMBRO 2016

CALENDÁRIO DA ELEIÇÃO SUPLEMENTAR PARA PREFEITO E VICE-PREFEITO DE MIRASSOL D OESTE - ANEXO DA RESOLUÇÃO nº 2076/2017 NOVEMBRO 2016 CALENDÁRIO DA ELEIÇÃO SUPLEMENTAR PARA PREFEITO E VICE-PREFEITO DE MIRASSOL D OESTE - ANEXO DA RESOLUÇÃO nº 2076/2017 NOVEMBRO 2016 19 novembro sábado (1 ano antes) 1. Data limite para todos os partidos

Leia mais

Direitos Eleitoral - Parte 1

Direitos Eleitoral - Parte 1 Direitos Eleitoral - Parte 1 Com base no Código Eleitoral- Lei 4737/65, Lei n. 9.096/95, Lei 13165/2015, entre outras fontes do direito eleitoral e em questões de provas anteriores do Qconcursos.com. 1.

Leia mais

Eleições municipais Reforma eleitoral Principais mudanças Dr. JOSÉ ANTONIO ROSA

Eleições municipais Reforma eleitoral Principais mudanças Dr. JOSÉ ANTONIO ROSA Eleições municipais 2016 Reforma eleitoral Principais mudanças Dr. JOSÉ ANTONIO ROSA OBJETIVOS DA REFORMA A reforma eleitoral Lei. N.º 13.165/2015, alterou substancialmente a Lei 9.504/97- Lei Eleitoral,

Leia mais

ELEIÇÕES 2016 COM ÊNFASE NA MINIRREFORMA ELEITORAL

ELEIÇÕES 2016 COM ÊNFASE NA MINIRREFORMA ELEITORAL ELEIÇÕES 2016 COM ÊNFASE NA MINIRREFORMA ELEITORAL Em outubro (02/10) os brasileiros voltam às urnas, dessa vez para votar em Prefeitos e Vereadores. Esta será a primeira eleição depois da minirreforma

Leia mais

Reforma Política aprovada vai tornar eleições mais democráticas e baratas

Reforma Política aprovada vai tornar eleições mais democráticas e baratas Reforma Política aprovada vai tornar eleições mais democráticas e baratas A pós 11 meses de intenso debate, o Congresso Nacional aprovou nesta semana uma Reforma Política que promove mudanças significativas

Leia mais

ELEIÇÕES 2016 TABELA DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO

ELEIÇÕES 2016 TABELA DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO ELEIÇÕES 2016 TABELA DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO UM GUIA DE ORIENTAÇÃO O período eleitoral, durante todo o exercício de 2016, deve receber por parte dos administradores públicos, assessores e servidores municipais,

Leia mais

DAS ELEIÇÕES. SISTEMA ELEITORAL (arts. 82 a 86; 105 a 113 do CE)

DAS ELEIÇÕES. SISTEMA ELEITORAL (arts. 82 a 86; 105 a 113 do CE) SISTEMA ELEITORAL (arts. 82 a 86; 105 a 113 do CE) - Conjunto de normas que rege e organiza as eleições. - Processo eleitoral: do alistamento até a diplomação. Eleições: I. Princípio Majoritário Para os

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação 2007/1 ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO ELEITORAL E PARTIDÁRIO Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

Lei /2015: As Regras para a propaganda eleitoral 2016.

Lei /2015: As Regras para a propaganda eleitoral 2016. Lei 13.165/2015: As Regras para a propaganda eleitoral 2016. Calendário eleições 2016. Agosto: -05: último dia para realizações de convenções partidárias. -15: Último dia para os partidos e coligações

Leia mais

RESOLUÇÃO TSE 23.276 DAS DOAÇÕES

RESOLUÇÃO TSE 23.276 DAS DOAÇÕES RESOLUÇÃO TSE 23.276 DAS DOAÇÕES As doações poderão ser realizadas por pessoas físicas ou jurídicas em favor do candidato, comitê financeiro e/ou partido político, mediante (art.22): I cheques cruzados

Leia mais

Cartilha de Campanha:

Cartilha de Campanha: Cartilha de Campanha: Segunda Edição PRAZO DAS CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS: De 20 de julho a 5 de agosto. QUANTIDADE DE CANDIDATOS A VEREADOR: REGRA GERAL Partidos e coligações podem registrar até 150% do número

Leia mais

CAPÍTULO I DAS ALTERAÇÕES DA LEGISLAÇÃO ELEITORAL. Art o...

CAPÍTULO I DAS ALTERAÇÕES DA LEGISLAÇÃO ELEITORAL. Art o... LEI N o 13.488, DE 6 DE OUTUBRO DE 2017. Altera as Leis n os 9.504, de 30 de setembro de 1997 (Lei das Eleições), 9.096, de 19 de setembro de 1995, e 4.737, de 15 de julho de 1965 (Código Eleitoral), e

Leia mais

LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL VEDAÇÕES EM ÚLTIMO ANO DE MANDATO

LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL VEDAÇÕES EM ÚLTIMO ANO DE MANDATO LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL VEDAÇÕES EM ÚLTIMO ANO DE MANDATO 1 ART. 42 - VEDAÇÕES de 1º de maio a 31 de dezembro: Contrair obrigação de despesa, nos últimos 8 meses, que não possa ser cumprida (paga)

Leia mais

PROCESSO Nº: PROTOCOLO Nº 75847/2016

PROCESSO Nº: PROTOCOLO Nº 75847/2016 PROCESSO Nº: 418-25.2016.6.20.0029 PROTOCOLO Nº 75847/2016 ASSUNTO: PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATIVA À ARRECADAÇÃO E APLICAÇÃO DE RECURSOS FINANCEIROS NA CAMPANHA ELEITORAL DE 2016. PRESTADOR : GUSTAVO MONTENEGRO

Leia mais

forçada Dois vereadores se candidataram como vice-prefeitos: Ripposati (da chapa do prefeito Paulo Piau) e Samir Cecílio (da dobradinha com Lerin).

forçada Dois vereadores se candidataram como vice-prefeitos: Ripposati (da chapa do prefeito Paulo Piau) e Samir Cecílio (da dobradinha com Lerin). Câmara terá forçada renovação Dos 14 vereadores atuais, pelo menos cinco não vão se candidatar a reeleição, o que leva, obrigatoriamente, a uma renovação de mais de um terço das cadeiras. O número pode

Leia mais

Sumário. Coleção Sinopses para Concursos Guia de leitura da Coleção... 19

Sumário. Coleção Sinopses para Concursos Guia de leitura da Coleção... 19 Sumário Coleção Sinopses para Concursos... 17 Guia de leitura da Coleção... 19 CAPÍTULO I DIREITO ELEITORAL: NOÇÕES INTRODUTÓRIAS... 21 1. Conceito, objeto e objetivos do Direito Eleitoral... 21 2. A democracia

Leia mais

SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI Nº8.612, DE O Congresso Nacional decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PERMANENTES

SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI Nº8.612, DE O Congresso Nacional decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PERMANENTES SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI Nº8.612, DE 2017 Altera a Lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1997 (Lei das Eleições), a Lei nº 4.737, de 15 de julho de 1965 (Código Eleitoral) e a Lei nº 13.165, de 29 de

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ELEIÇÕES 2012 ORIENTAÇÕES SOBRE NORMAS DO PROCESSO DE ARRECADAÇÃO, GASTOS E A PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS ELEIÇÕES 2012.

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ELEIÇÕES 2012 ORIENTAÇÕES SOBRE NORMAS DO PROCESSO DE ARRECADAÇÃO, GASTOS E A PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS ELEIÇÕES 2012. ELEIÇÕES 2012 ORIENTAÇÕES SOBRE NORMAS DO PROCESSO DE ARRECADAÇÃO, GASTOS E A PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS ELEIÇÕES 2012. TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL...1 1. NORMATIVOS...3 2. REQUISITOS DE ARRECADAÇÃO...3 3.

Leia mais

ARRECADAÇÃO E APLICAÇÃO DE RECURSOS NAS CAMPANHAS ELEITORAIS (arts.17 a 27, Lei 9.504/97)

ARRECADAÇÃO E APLICAÇÃO DE RECURSOS NAS CAMPANHAS ELEITORAIS (arts.17 a 27, Lei 9.504/97) - Gasto eleitoral: todas as despesas com bens ou serviços durante a campanha (art.26). - Limite dos gastos de campanha: deve ser fixado, em lei, até 10 de junho de cada ano eleitoral. Caso não editada,

Leia mais

Financiamento de Campanha Eleições 2016

Financiamento de Campanha Eleições 2016 Financiamento de Campanha Eleições 2016 Legislação aplicada Resolução 23.463/2015 do TSE Resolução 23.459/2015 do TSE (limites) Lei 9.504/97 Comunicado Bacen 29.108/2016 Condições preliminares para arrecadar

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2017

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2017 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2017 As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos do 3º do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte emenda ao texto constitucional:

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO QUESTÕES CESPE COMENTADAS... 17

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO QUESTÕES CESPE COMENTADAS... 17 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO QUESTÕES CESPE COMENTADAS... 17 Guia de leitura... 19 Direcionamento do estudo: O que é necessário priorizar no estudo das provas do CESPE... 25 Raio-x da incidência das

Leia mais

INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01

INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01 INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01 Elaborado em 09 de julho de 2013 REFORMA POLÍTICA DEPUTADOS DESCARTAM REFORMA POLÍTICA VÁLIDA PARA 2014 O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, afirmou

Leia mais

REPRESENTAÇÃ ÇÃO O POR DOAÇÃ. ÇÃO ACIMA LIMITE LEGAL (Artigos 23 e 81, Lei nº n 9.504/97)

REPRESENTAÇÃ ÇÃO O POR DOAÇÃ. ÇÃO ACIMA LIMITE LEGAL (Artigos 23 e 81, Lei nº n 9.504/97) REPRESENTAÇÃ ÇÃO O POR DOAÇÃ ÇÃO ACIMA LIMITE LEGAL (Artigos 23 e 81, Lei nº n 9.504/97) 1. LEGITIMIDADE Res. TSE nº 23.367/11 - Art. 2º As reclamações e as representações poderão ser feitas por qualquer

Leia mais

REFORMA ELEITORAL LEI n.º /15

REFORMA ELEITORAL LEI n.º /15 REFORMA ELEITORAL LEI n.º 13.165/15 Lei n.º 13.165/15, de 29 de setembro de 2015, altera dispositivos da Lei das Eleições (Lei n.º 9.504/97), da Lei dos Partidos Políticos (Lei n.º 9.096/95) e do Código

Leia mais

LUCIENI PEREIRA AUDITORA DO TCU PRESIDENTE DA ANTC ENTIDADE DA REDE MCCE

LUCIENI PEREIRA AUDITORA DO TCU PRESIDENTE DA ANTC ENTIDADE DA REDE MCCE 6 de agosto de 2014 LUCIENI PEREIRA AUDITORA DO TCU PRESIDENTE DA ANTC ENTIDADE DA REDE MCCE Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral: Conquistas e Desafios para Eleições Limpas PROJETO DE LEI 6.316,

Leia mais

PRODUÇÃO INTELECTUAL Denilson Mariano de Brito. REVISORA Marisa Batista Alvarenga Webler. CAPA/EDITORAÇÃO/DIAGRAMAÇÃO: Adriano Ferreira de Mendonça

PRODUÇÃO INTELECTUAL Denilson Mariano de Brito. REVISORA Marisa Batista Alvarenga Webler. CAPA/EDITORAÇÃO/DIAGRAMAÇÃO: Adriano Ferreira de Mendonça 2015 Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins Qualquer parte desta publicação pode ser reproduzida, desde que citada a fonte. Disponível também em: http//www.tre-to.jus.br ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2017

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2017 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2017 Altera as Leis nºs 9.096, de 19 de setembro de 1995, e 9.504, de 30 de setembro de 1997, para instituir o Fundo Especial de Financiamento de Campanha, permitir a propaganda

Leia mais

Pesquisa de Opinião com os Prefeitos sobre a Reforma Política

Pesquisa de Opinião com os Prefeitos sobre a Reforma Política Pesquisa de Opinião com os Prefeitos sobre a Reforma Política Objetivos: Fazer um levantamento da opinião dos prefeitos brasileiros sobre a Reforma Política que está tramitando na Câmara dos Deputados.

Leia mais

PARECER JURÍDICO. É o breve relatório, passamos a opinar sobre o caso.

PARECER JURÍDICO. É o breve relatório, passamos a opinar sobre o caso. PARECER JURÍDICO. 1. CONSULTA: AMVALE, na pessoa de seu Presidente, consulta-nos a respeito das alterações na legislação eleitoral para o pleito de 2016, bem como pela necessidade de desincompatibilização

Leia mais

TRE/RN CICLO DE PALESTRAS

TRE/RN CICLO DE PALESTRAS 01 Vereador: Papel Constitucional e Sistema de Eleição Juiz JAILSOM LEANDRO DE SOUSA 02 Quem é o vereador? O Vereador é o Membro do Poder Legislativo Municipal. 03 Qual é o papel do Vereador? O papel do

Leia mais

MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO E ÉTICA ELEITORAL ELEIÇÕES 2012

MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO E ÉTICA ELEITORAL ELEIÇÕES 2012 ELEIÇÕES 2012 ORIENTAÇÕES AOS AGENTES PÚBLICOS DESINCOMPATIBILIZAÇÃO E CONDUTAS VEDADAS PORTO ALEGRE 2012 APRESENTAÇÃO Considerando a incumbência legal desta Comissão de Acompanhamento e Ética Eleitoral

Leia mais

Propaganda Eleitoral na Internet. PODE haver propaganda eleitoral na internet a partir do dia 16/08/2016

Propaganda Eleitoral na Internet. PODE haver propaganda eleitoral na internet a partir do dia 16/08/2016 PODE/NÃO PODE/DEVE Parte IV Propaganda Eleitoral Na Internet, da Resolução nº 23.457, de 15/12/2015, que dispõe sobre propaganda eleitoral, utilização e geração do horário gratuito e condutas ilícitas

Leia mais

Prática - desenvolvimento de sistemas Av. Assis Brasil 1800/302 - Porto Alegre - RS - CEP: Empresa: Plano referencial 9 - Partidos Políticos

Prática - desenvolvimento de sistemas Av. Assis Brasil 1800/302 - Porto Alegre - RS - CEP: Empresa: Plano referencial 9 - Partidos Políticos 1 ATIVO 1.01 ATIVO CIRCULANTE 1.01.01 ATIVO CIRCULANTE - FUNDO PARTIDÁRIO 1.01.01.01 DISPONÍVEL 1.01.01.01.02 BANCO CONTA MOVIMENTO 1.01.01.01.02.01 Bancos - Conta específica do Fundo Partidário 1.01.01.01.03

Leia mais

AS MULHERES NA POLÍ TÍCA EM NU MEROS

AS MULHERES NA POLÍ TÍCA EM NU MEROS AS MULHERES NA POLÍ TÍCA EM NU MEROS Número de deputados Federais Eleitos em 2006, 2010 e 2014 MULHERES % HOMENS % TOTAL 2006 45 8,8 468 91,2 2010 45 8,8 468 91,2 513 2014 51 9,9 462 90,1 Número de Senadores

Leia mais

GTE DM PT RIBEIRÃO PRETO NORMAS PRÉ-CAMPANHA 2016

GTE DM PT RIBEIRÃO PRETO NORMAS PRÉ-CAMPANHA 2016 GTE DM PT RIBEIRÃO PRETO NORMAS PRÉ-CAMPANHA 2016 REFORMA ELEITORAL: O que muda para as Eleições de 2016 Alterações trazidas pela Lei nº 12.891/2013 e pela Lei nº 13.165/2015 (apresentação AO DIRETÓRIO

Leia mais

Objetivo: prestação de contas relativas a avaliação e aplicação de recursos na campanha eleitoral de 2004.

Objetivo: prestação de contas relativas a avaliação e aplicação de recursos na campanha eleitoral de 2004. ANEXOS Formulário de Coleta de Dados Processo nº.: Protocolo : Objetivo: prestação de contas relativas a avaliação e aplicação de recursos na campanha eleitoral de 2004. Partido Político : Numero: Canditatura:

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DAS ALTERAÇÕES DA LEGISLAÇÃO ELEITORAL

O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DAS ALTERAÇÕES DA LEGISLAÇÃO ELEITORAL REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 8.612-B DE 2017 Altera as Leis nºs 9.504, de 30 de setembro de 1997 (Lei das Eleições), 9.096, de 19 de setembro de 1995, e 4.737, de 15 de julho de 1965 (Código Eleitoral),

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 145, DE 2011

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 145, DE 2011 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 145, DE 2011 Altera a Lei n 4.737, de 15 de julho de 1965, (Código Eleitoral), e a Lei n 9.504, de 30 de setembro de 1997, para instituir o sistema eleitoral

Leia mais

Pontos da Res. TSE nº 23.376/12 diretamente relacionados à internet: I A Arrecadação dos Recursos a emissão dos Recibos Eleitorais:

Pontos da Res. TSE nº 23.376/12 diretamente relacionados à internet: I A Arrecadação dos Recursos a emissão dos Recibos Eleitorais: Pontos da Res. TSE nº 23.376/12 diretamente relacionados à internet: I A Arrecadação dos Recursos a emissão dos Recibos Eleitorais: Art. 4º Toda e qualquer arrecadação de recursos para a campanha eleitoral,

Leia mais

IUS RESUMOS. Características e funções da Justiça Eleitoral. Organizado por: Samille Lima Alves

IUS RESUMOS. Características e funções da Justiça Eleitoral. Organizado por: Samille Lima Alves Características e funções da Justiça Eleitoral Organizado por: Samille Lima Alves SUMÁRIO I. CARACTERÍSTICAS E FUNÇÕES DA JUSTIÇA ELEITORAL... 3 1. Características e competências da Justiça Eleitoral...

Leia mais

28/05/ Trabalho e Previdência - Eleições Considerações

28/05/ Trabalho e Previdência - Eleições Considerações 28/05/2010 - Trabalho e Previdência - Eleições 2010 - Considerações Texto elaborado em 30.04.2010 Sumário 1. Introdução 2. Feriado nacional 2.1 Expediente no dia de eleição 2.2 Empregado - Tempo gasto

Leia mais

NORMA DE CONDUTA EM PERÍODO ELEITORAL - NOR 317

NORMA DE CONDUTA EM PERÍODO ELEITORAL - NOR 317 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: CONDUTA EM PERÍODO ELEITORAL. APROVAÇÃO: Resolução DIREX nº 080, de 26/05/2014 VIGÊNCIA: 26/05/2014 NORMA DE CONDUTA EM PERÍODO ELEITORAL - NOR 317 1/7 SUMÁRIO

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 APRESENTAÇÃO... 15 NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 17 NOTA À SEGUNDA EDIÇÃO... 19 DIREITO ELEITORAL...

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 APRESENTAÇÃO... 15 NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 17 NOTA À SEGUNDA EDIÇÃO... 19 DIREITO ELEITORAL... Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 APRESENTAÇÃO... 15 NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 17 NOTA À SEGUNDA EDIÇÃO... 19 CAPÍTULO 1 DIREITO ELEITORAL... 21 1.1. Conceito...21 1.1.1. Competência legislativa em

Leia mais

LOURIVAL SEREJO DIREITO ELEITORAL ATUALIZADO. Lei nº /2015 Código de Processo Civil Jurisprudência eleitoral

LOURIVAL SEREJO DIREITO ELEITORAL ATUALIZADO. Lei nº /2015 Código de Processo Civil Jurisprudência eleitoral LOURIVAL SEREJO DIREITO ELEITORAL ATUALIZADO Lei nº 13.165/2015 Código de Processo Civil Jurisprudência eleitoral Belo Horizonte 2016 3 Sumário INTRODUÇÃO... 15 I DIREITO ELEITORAL... 17 1 O Direito Eleitoral

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL. Saldos em 31/12/2013

BALANÇO PATRIMONIAL. Saldos em 31/12/2013 PARTIDO: BALANÇO PATRIMONIAL ORGÃO DO PARTIDO UF EXERCÍCIO CÓDIGO CONTA Saldos em 31/12/2014 Saldos em 31/12/2013 CÓDIGO 1.1. ATIVO CIRCULANTE 2.1. PASSIVO CIRCULANTE 1.1.1. ATIVO CIRCULANTE - FUNDO PARTIDÁRIO

Leia mais

PRAZOS PARA DESINCOMPATIBILIZAÇÃO

PRAZOS PARA DESINCOMPATIBILIZAÇÃO ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA MICRORREGIÃO DO VALE DO PARANAÍBA 1 PRAZOS PARA DESINCOMPATIBILIZAÇÃO Organizadores (Assessoria Jurídica/AMVAP): Alexandre Ferreira da Silva Paiva Alexandro de Souza Paiva

Leia mais

ELEIÇÕES 2016 ARRECADAÇÃO E GASTOS DE CAMPANHA ELEITORAL QUAIS OS PRÉ-REQUISITOS QUE DEVEM SER OBSERVADOS PARA ARRECADAÇÃO DE RECURSOS?

ELEIÇÕES 2016 ARRECADAÇÃO E GASTOS DE CAMPANHA ELEITORAL QUAIS OS PRÉ-REQUISITOS QUE DEVEM SER OBSERVADOS PARA ARRECADAÇÃO DE RECURSOS? ELEIÇÕES 2016 ARRECADAÇÃO E GASTOS DE CAMPANHA ELEITORAL QUAIS OS PRÉ-REQUISITOS QUE DEVEM SER OBSERVADOS PARA ARRECADAÇÃO DE RECURSOS? A arrecadação de recursos para campanha eleitoral de qualquer natureza

Leia mais

Política Interna sobre Doações e Patrocínios

Política Interna sobre Doações e Patrocínios 1/9 Data Descrição Sumária 20/08/2015, versão inicial. 2/9 ÍNDICE 1. Objetivo... 3 2. Aplicação... 3 3. Conceitos... 3 4. Regras Gerais... 4 5. Doação política... 6 6. Doação e Patrocínio para Entidade

Leia mais

A Lei n /97, que regula as eleições; prevê em seu art. 73 as condutas vedadas aos agentes públicos no período eleitoral.

A Lei n /97, que regula as eleições; prevê em seu art. 73 as condutas vedadas aos agentes públicos no período eleitoral. ELEITORAL: Após a promulgação da Emenda Constitucional n.º 16, de 04 de Junho de 1977, que possibilitou a reeleição, para o segundo mandato consecutivo de cargos eletivos do Poder Executivo. A Lei n. 9.504,

Leia mais

Política Interna sobre Doações e Patrocínios

Política Interna sobre Doações e Patrocínios 1/9 Data Descrição Sumária 00 20/08/25, versão inicial. do Leyot para adequação ao Sistema de Gestão 31/03/27 Integrado. 2/9 ÍNDICE 1. Objetivo... 3 2. Aplicação... 3 3. Esclarecimentos / Definições...

Leia mais

1. DA PROPAGANDA ELEITORAL

1. DA PROPAGANDA ELEITORAL Período de veiculações de propaganda eleitoral: 06 de julho a 03 de outubro de 2014. 1. DA PROPAGANDA ELEITORAL A propaganda eleitoral não pode ultrapassar, por edição, 35 cm no formato tabloide ou revista

Leia mais

Quadro comparativo da Lei n , de 29 de setembro de 2015.

Quadro comparativo da Lei n , de 29 de setembro de 2015. 1 Legislação Lei nº 13.165, de 29 de setembro de 2015. Altera as Leis nºs 9.504, de 30 de setembro de 1997, 9.096, de 19 de setembro de 1995, e 4.737, de 15 de julho de 1965 Código Eleitoral, para reduzir

Leia mais

Catalogação na Publicação (CIP)

Catalogação na Publicação (CIP) GUIA AOS ELEITORES Catalogação na Publicação (CIP) P221 Pará. Ministério Público. Guia aos eleitores: Perguntas e respostas sobre as eleições municipais de 2016 / Elaboração e Organização de José Edvaldo

Leia mais

DETALHAMENTO DA DOCUMENTAÇÃO DO FIES

DETALHAMENTO DA DOCUMENTAÇÃO DO FIES DETALHAMENTO DA DOCUMENTAÇÃO DO FIES DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE E DOS MEMBROS DE SEU GRUPO FAMILIAR A CPSA deverá solicitar, salvo em caso de dúvida, somente um dos seguintes comprovantes

Leia mais

D E C L A R A Ç Ã O PARA ELEIÇÕES 2012

D E C L A R A Ç Ã O PARA ELEIÇÕES 2012 D E C L A R A Ç Ã O PARA ELEIÇÕES 2012 Nome do Candidato: Nome do pai: Nome da mãe: Partido Político ou Coligação: Cargo a que concorre: ( ) Prefeito ( ) Vice-Prefeito ( ) Vereador Município: Declaro,

Leia mais

ELEIÇÕES Março/2016

ELEIÇÕES Março/2016 ELEIÇÕES 2016 Março/2016 ARRECADAÇÃO DE RECEITAS E REALIZAÇÃO DE GASTOS ELEITORAIS & PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA LIMITES DE GASTOS ELEITORAIS Ao TSE, em cada eleição, cabe definir os limites de gastos

Leia mais

ELEIÇÕES 2012 CAMPANHA ELEITORAL

ELEIÇÕES 2012 CAMPANHA ELEITORAL 2S SOLUÇÕES pode e não pode Elaboração: Victor Ferreira João de Oliveira 2 COMÍCIOS E REUNIÕES PÚBLICAS Tradicional forma de arregimentação de pessoas para difundir a proposta do candidato, partido ou

Leia mais

SEM MOVIMENTO. Demonstrativo das Transferências Financeiras Intrapartidárias Efetuadas. TERESINA-PI, 31 de dezembro de 2010

SEM MOVIMENTO. Demonstrativo das Transferências Financeiras Intrapartidárias Efetuadas. TERESINA-PI, 31 de dezembro de 2010 Demonstrativo das Transferências Financeiras Intrapartidárias Efetuadas Partido : Partido Trabalhista do Brasil SEM MOVIMENTO Presidente Tesoureiro Contabilista/CRC n.º Pág.: 1 Balanço Patrimonial Pág.:

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL NO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL NO RIO GRANDE DO SUL EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ ELEITORAL RELATOR, EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL Prestação de Contas n.º 1323-61.2014.6.21.0000 Procedência: PORTO ALEGRE/RS Assunto: PRESTAÇÃO DE

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina 103ª Zona Eleitoral - Balneário Camboriú

Poder Judiciário Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina 103ª Zona Eleitoral - Balneário Camboriú 1 REPRESENTAÇÃO Nº 462-05.2016.6.24.0103 COLIGAÇÃO MAIS E MELHOR PARA VOCÊ: PSDB, DEM, PV, PRP, SD, PT do B, PTB interpôs REPRESENTAÇÃO ELEITORAL em face de ANTONIEL SILVA TONY, candidato a vereador para

Leia mais

Prestação de Contas Eleitorais Eleições 2016

Prestação de Contas Eleitorais Eleições 2016 Instrutores: Rodrigo Morais (SECEP/TRE-PE) Ronaldo Pontes (SECEP/TRE-PE) 1 Visão Geral do Processo Eleitoral: Convenções Partidárias Registro de Candidatura Propaganda Eleitoral Prestação de Contas Parcial

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 351, DE 2014

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 351, DE 2014 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 351, DE 2014 Acrescenta o 2º ao art. 15- A da Lei nº 9.096, de 19 de setembro de 1995, acrescenta o 5º ao art. 22 da Lei 9.504 de 30 de setembro de 1997, e altera o inciso XI

Leia mais

CAPÍTULO PRIMEIRO DAS ELEIÇÕES

CAPÍTULO PRIMEIRO DAS ELEIÇÕES EDITAL PARA ELEIÇÃO DE REPRESENTANTE DOS EMPREGADOS DA COMPANHIA ENERGÉTICA DE ALAGOAS - ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO ALAGOAS, NO SEU CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO CAPÍTULO PRIMEIRO DAS ELEIÇÕES Art. 1 Considerando

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 010/2015

RESOLUÇÃO Nº 010/2015 RESOLUÇÃO Nº 010/2015 O do Instituto de Previdência Social dos Servidores Municipais de Itaquiraí ITAQUI-PREV, em conformidade com o disposto no 2º, do art. 35 da Lei Complementar Municipal nº 052/2011,

Leia mais

Informações para o dia da eleição

Informações para o dia da eleição Tribunal Regional Eleitoral do Ceará Justiça Eleitoral Informações para o dia da eleição NO DIA DA ELEIÇÃO O QUE É PERMITIDO? É permitida a manifestação individual e silenciosa da preferência do cidadão

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR nº 840/11. Rodrigo Cardoso

LEI COMPLEMENTAR nº 840/11. Rodrigo Cardoso LEI COMPLEMENTAR nº 840/11 Rodrigo Cardoso Art. 1º Esta Lei Complementar institui o regime jurídico dos servidores públicos civis da administração direta, autárquica e fundacional e dos órgãos relativamente

Leia mais

TABELA DE PRAZOS DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO

TABELA DE PRAZOS DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO TABELA DE PRAZOS DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO A tabela a seguir visa esclarecer partidos políticos, potenciais candidatos e demais interessados, de forma simplificada e objetiva, quanto aos prazos de desincompatibilização

Leia mais

A mais um CURSO realizado pela

A mais um CURSO realizado pela A mais um CURSO realizado pela Aqui tem qualificação de Verdade! CONTROLE INTERNO Reforma Política: o que podemos melhorar? Dr. Luiz Fernando Pereira PERÍODO 09h00 X 12h00 09/12/2015 15h às 17h Por gentileza

Leia mais

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 464, de 2015

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 464, de 2015 1 Altera a Lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1997, para estabelecer o calendário para a escolha dos candidatos e da campanha eleitoral, o limite dos gastos com pessoal, reduzir para trinta dias o período

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE RECEITAS E DESPESAS EXERCÍCIO TÍTULO DA CONTA DESCRIÇÃO DA CONTA TOTAL R$

DEMONSTRATIVO DE RECEITAS E DESPESAS EXERCÍCIO TÍTULO DA CONTA DESCRIÇÃO DA CONTA TOTAL R$ PARTIDO: ÓRGÃO DO PARTIDO: DEMONSTRATIVO DE RECEITAS E DESPESAS EXERCÍCIO MUNICÍPIO: TÍTULO DA CONTA DESCRIÇÃO DA CONTA TOTAL R$ 4. RECEITAS 4.1 RECEITAS OPERACIONAIS 4,1.1. RECEITAS OPERACIONAIS - FUNDO

Leia mais

ÍNDICE 1. CLASSIFICAÇÃO E AUTONOMIA FONTES DO DIREITO ELEITORAL INTERPRETAÇÃO DO DIREITO ELEITORAL... 27

ÍNDICE 1. CLASSIFICAÇÃO E AUTONOMIA FONTES DO DIREITO ELEITORAL INTERPRETAÇÃO DO DIREITO ELEITORAL... 27 DIREITO ELEITORAL 5ª Edição ÍNDICE 1. CLASSIFICAÇÃO E AUTONOMIA... 19 2. FONTES DO DIREITO ELEITORAL... 21 3. INTERPRETAÇÃO DO DIREITO ELEITORAL... 27 4. PRINCÍPIOS DE DIREITO ELEITORAL... 31 1. Princípio

Leia mais

PRINCIPAIS ALTERAÇÕES PROMOVIDAS NA LEGISLAÇÃO ELEITORAL (LEI Nº /2015) Módulo I SALVADOR - BA

PRINCIPAIS ALTERAÇÕES PROMOVIDAS NA LEGISLAÇÃO ELEITORAL (LEI Nº /2015) Módulo I SALVADOR - BA PRINCIPAIS ALTERAÇÕES PROMOVIDAS NA LEGISLAÇÃO ELEITORAL (LEI Nº 13.165/2015) Módulo I SALVADOR - BA PRINCIPAIS ALTERAÇÕES PROMOVIDAS NA LEGISLAÇÃO ELEITORAL (LEI Nº 13.165/2015) 1. CALENDÁRIO ELEITORAL

Leia mais

CAPÍTULO II DAS NORMAS PARA A ESCOLHA DE CANDIDATOS E FORMAÇÃO DE COLIGAÇÕES EM NÍVEL MUNICIPAL

CAPÍTULO II DAS NORMAS PARA A ESCOLHA DE CANDIDATOS E FORMAÇÃO DE COLIGAÇÕES EM NÍVEL MUNICIPAL Resolução CEN-PSDB n 003/2016 A COMISSÃO EXECUTIVA NACIONAL do PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA - PSDB, no uso da competência que lhe confere o art. 65 c/c o art. 61 do Estatuto, e na forma do que

Leia mais

REFORMA POLÍTICA PEC 282/16 O texto enviado pelo Senado à Câmara dos Deputados estabelecia cláusula de barreira para o funcionamento parlamentar de

REFORMA POLÍTICA PEC 282/16 O texto enviado pelo Senado à Câmara dos Deputados estabelecia cláusula de barreira para o funcionamento parlamentar de REFORMA POLÍTICA PEC 282/16 O texto enviado pelo Senado à Câmara dos Deputados estabelecia cláusula de barreira para o funcionamento parlamentar de partidos, aplicável a partir das eleições de 2022 (aqueles

Leia mais

19/08/17. Atualidades. Projeto de Reforma Política. Prof. Grega

19/08/17. Atualidades. Projeto de Reforma Política. Prof. Grega Atualidades Projeto de Reforma Política A Comissão Especial da Câmara dos Deputados concluiu nesta terça-feira (15/08/2017) a votação das emendas da parte da reforma política que necessita de alterações

Leia mais

Direito Eleitoral. Disposições Gerais e Transitórias. Professor Pedro Kuhn.

Direito Eleitoral. Disposições Gerais e Transitórias. Professor Pedro Kuhn. Direito Eleitoral Disposições Gerais e Transitórias Professor Pedro Kuhn www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Eleitoral DISPOSIÇÕES GERAIS E TRANSITÓRIAS TÍTULO V Disposições Gerais e Transitórias Art.

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL NO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL NO RIO GRANDE DO SUL EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ ELEITORAL RELATOR, EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL Prestação de Contas n.º 1334-90.2014.6.21.0000 Procedência: PORTO ALEGRE/RS Assunto: PRESTAÇÃO DE

Leia mais

Reforma Política Infraconstitucional - Plenário Texto Câmara Final ( ) Comparativo GAP (R)

Reforma Política Infraconstitucional - Plenário Texto Câmara Final ( ) Comparativo GAP (R) Reforma Política Infraconstitucional - Plenário Texto Câmara Final (2015-07-14) Comparativo GAP (R) PL 5735/2013 - Dep. Ilário Marques e outros - altera dispositivos da Lei nº 4.737, de 15 de julho de

Leia mais

Arrecadação de recursos, gastos eleitorais e prestação de contas de campanhas eleitorais

Arrecadação de recursos, gastos eleitorais e prestação de contas de campanhas eleitorais Arrecadação de recursos, gastos eleitorais e prestação de contas de campanhas eleitorais Eleições 2016 Lei nº 9.096, de 19 de setembro de 1995; Lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1997; Resolução-TSE nº

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº 126 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL.

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº 126 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. RESOLUÇÃO Nº 23.089 INSTRUÇÃO Nº 126 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. CALENDÁRIO ELEITORAL (Eleições de 2010) O Tribunal Superior Eleitoral, usando das atribuições

Leia mais

Simuladão Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco

Simuladão Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco 1 Simuladão Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco É com muita alegria que lhe envio o Simuladão de Direito Eleitoral para o TRE-Pernambuco. O gabarito será disponibilizado em minha página e site na

Leia mais

PROPAGANDA ELEITORAL. ARTHUR ROLLO

PROPAGANDA ELEITORAL. ARTHUR ROLLO PROPAGANDA ELEITORAL ARTHUR ROLLO arthur@albertorollo.com.br NA PRÉ-CAMPANHA PODE Dizer que é précandidato; Pedir apoio político; Divulgar ações políticas passadas e futuras. NA PRÉ-CAMPANHA panfletos;

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 94, DE 2015

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 94, DE 2015 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 94, DE 2015 Altera o art. 14 da Constituição Federal, para acrescentar hipótese de inelegibilidade. As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos

Leia mais

Calendário Eleitoral 2012 - Eleições Municipais

Calendário Eleitoral 2012 - Eleições Municipais Calendário Eleitoral 2012 - Eleições Municipais Em ano de eleições municipais é importante estar atento ao calendário eleitoral 2012 para as eleições municipais. O Tribunal Superior Eleitoral/TSE divulgou

Leia mais

DIREITO ELEITORAL CAMPANHA ELEITORAL, PRINCÍPIOS E VISÃO SIMPLIFICADA DOS PROCEDIMENTOS

DIREITO ELEITORAL CAMPANHA ELEITORAL, PRINCÍPIOS E VISÃO SIMPLIFICADA DOS PROCEDIMENTOS DIREITO ELEITORAL CAMPANHA ELEITORAL, PRINCÍPIOS E VISÃO SIMPLIFICADA DOS PROCEDIMENTOS 1) REFORMA POLÍTICA LEI 13.165/2015 Redução do tempo de propaganda ; Influência da proibição de financiamento de

Leia mais

CURSO PARA PRÉ-CANDIDATOS LEGISLAÇÃO ELEITORAL 2016

CURSO PARA PRÉ-CANDIDATOS LEGISLAÇÃO ELEITORAL 2016 CURSO PARA PRÉ-CANDIDATOS LEGISLAÇÃO ELEITORAL 2016 ESCOLHA E REGISTRO DE CANDIDATOS PSDB Municipal realiza as Convenções de 20/07 a 05/08 PSDB Municipal ou a Coligação deve registrar seus candidatos na

Leia mais

DIRETÓRIO ESTADUAL - PSOL SÃO PAULO - GESTÃO

DIRETÓRIO ESTADUAL - PSOL SÃO PAULO - GESTÃO DIRETÓRIO ESTADUAL - PSOL SÃO PAULO - GESTÃO 2016-2017 Endereço: Rua Dr. José Queiroz Aranha, 342 Vila Mariana -São Paulo/SP -CEP 04106-061 Fones: (11) 5082-4005 / 5085-5017 E-mail: contato@psolsp.org.br

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ESQUEMATIZADO: ANALISTA JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ESQUEMATIZADO: ANALISTA JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ESQUEMATIZADO: ANALISTA JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA DE ACORDO COM O EDITAL N 1, DE 24 DE NOVEMBRO DE 201, DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO, TRE-SP CONHECIMENTOS BÁSICOS

Leia mais