ARRECADAÇÃO E APLICAÇÃO DE RECURSOS NAS CAMPANHAS ELEITORAIS (arts.17 a 27, Lei 9.504/97)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ARRECADAÇÃO E APLICAÇÃO DE RECURSOS NAS CAMPANHAS ELEITORAIS (arts.17 a 27, Lei 9.504/97)"

Transcrição

1 - Gasto eleitoral: todas as despesas com bens ou serviços durante a campanha (art.26). - Limite dos gastos de campanha: deve ser fixado, em lei, até 10 de junho de cada ano eleitoral. Caso não editada, caberá ao partido político fixar, informando à Justiça Eleitoral quando do pedido de registro dos candidatos.

2 - Valor máximo de gastos não pode ser ultrapassado. Penalidade: multa (cinco a dez vezes o valor excedido). Comitê Financeiro Constituído para arrecadar e aplicar os recursos de campanha e encaminhar aos candidatos os recibos eleitorais.

3 COMITÊ FINANCEIRO - Prazo para constituição: até 10 (dez) dias úteis, após a escolha dos candidatos, com comunicação à Justiça Eleitoral em até 05 (cinco) dias após sua constituição. - Doações para a campanha eleitoral: somente após a constituição de comitês financeiros.

4 COMITÊ FINANCEIRO - Não será admitida a constituição de comitê financeiro de coligação partidária. - Na eleição presidencial: criação de um comitê financeiro nacional, sendo facultativa a criação de comitês nos Estados e no Distrito Federal.

5 COMITÊ FINANCEIRO - O candidato é solidariamente responsável pelas informações contábeis com o administrador dos recursos financeiros por ele indicado. - Descumprimento das normas : o partido perderá o direito à quota do Fundo Partidário do ano seguinte.

6 CNPJ e CONTA BANCÁRIA - Os candidatos e Comitês Financeiros estão obrigados à inscrição no CNPJ e à abertura de conta bancária para o registro e controle de toda e entrada e saída de recursos financeiros de campanha.

7 CONTA BANCÁRIA - Nos casos de candidatura para Prefeito e Vereador, em municípios onde não haja agência bancária, bem como nos casos de candidatura para Vereador, em municípios com menos de mil eleitores, o candidato e o partido fica desobrigado de abrir conta bancária.

8 - Desaprovação da prestação de contas do partido e do candidato: quando usar recursos financeiros para pagamento de gastos eleitorais que não provenham da conta aberta para esse fim. - Comprovado abuso de poder econômico, será cancelado o registro ou cassado o diploma.

9 DOAÇÕES - O candidato, além de usar recursos próprios (limite), pode receber doações de pessoas físicas e jurídicas, de outros candidatos, de comitês financeiros e de partidos políticos. - Limite de doação pessoas físicas: até 10% de seus rendimentos brutos do ano anterior ao da eleição.

10 DOAÇÕES - Limite de doação pessoas jurídicas: até 2% do faturamento bruto do ano anterior à eleição. - Doação além do limite: multa de cinco a dez vezes o valor excedido, ficando a pessoa jurídica proibida de participar de licitações e firmar contratos com órgãos do poder público, pelo prazo de cinco anos.

11 DOAÇÕES - O eleitor pode fazer gastos em apoio ao candidato até o limite de 1000 UFIRs. - Art. 24: enumera as entidades que não podem fazer doações, nem mesmo através de publicidade feita de forma direta ou indireta a qualquer partido, coligação ou candidato.

12 DOAÇÕES - O eleitor pode fazer gastos em apoio ao candidato até o limite de 1000 UFIRs. - Art. 24: enumera as entidades que não podem fazer doações, nem mesmo através de publicidade feita de forma direta ou indireta a qualquer partido, coligação ou candidato.

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 351, DE 2014

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 351, DE 2014 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 351, DE 2014 Acrescenta o 2º ao art. 15- A da Lei nº 9.096, de 19 de setembro de 1995, acrescenta o 5º ao art. 22 da Lei 9.504 de 30 de setembro de 1997, e altera o inciso XI

Leia mais

REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016

REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016 REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016 Dr. Felipe Ferreira Lima Diretor do Instituto Egídio Ferreira Lima 1. Introdução: O debate sobre a Reforma Política no Brasil 2. Registro de Candidatura

Leia mais

LUCIENI PEREIRA AUDITORA DO TCU PRESIDENTE DA ANTC ENTIDADE DA REDE MCCE

LUCIENI PEREIRA AUDITORA DO TCU PRESIDENTE DA ANTC ENTIDADE DA REDE MCCE 6 de agosto de 2014 LUCIENI PEREIRA AUDITORA DO TCU PRESIDENTE DA ANTC ENTIDADE DA REDE MCCE Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral: Conquistas e Desafios para Eleições Limpas PROJETO DE LEI 6.316,

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ELEIÇÕES 2012 ORIENTAÇÕES SOBRE NORMAS DO PROCESSO DE ARRECADAÇÃO, GASTOS E A PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS ELEIÇÕES 2012.

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ELEIÇÕES 2012 ORIENTAÇÕES SOBRE NORMAS DO PROCESSO DE ARRECADAÇÃO, GASTOS E A PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS ELEIÇÕES 2012. ELEIÇÕES 2012 ORIENTAÇÕES SOBRE NORMAS DO PROCESSO DE ARRECADAÇÃO, GASTOS E A PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS ELEIÇÕES 2012. TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL...1 1. NORMATIVOS...3 2. REQUISITOS DE ARRECADAÇÃO...3 3.

Leia mais

LEI Nº 9.249, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1995

LEI Nº 9.249, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1995 LEI Nº 9.249, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1995 Altera a Legislação do Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas, bem como da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, e dá outras providências. Art. 13. Para efeito

Leia mais

2012/ Ao presidente do partido e ao juiz eleitoral

2012/ Ao presidente do partido e ao juiz eleitoral 2012/2014 2016 20/07 a 05/08 Data das Convenções Partidárias 10/06 a 30/06 (Art. 8º da Lei nº. 9.504/97 e 93, 2º da Lei 4.737/65) Prazo de filiação partidária Comunicação de desfiliação partidária Janela

Leia mais

Dispõe sobre a escolha e registro de candidatos nas eleições de 2016

Dispõe sobre a escolha e registro de candidatos nas eleições de 2016 Dispõe sobre a escolha e registro de candidatos nas eleições de 2016 Possuir domicílio eleitoral na respectiva circunscrição; Estar com sua filiação deferida, até o dia 02 de abril de 2016, em qualquer

Leia mais

Principais alterações promovidas pela Lei aprovada no Congresso Nacional e que espera a sanção da Presidencia da República.

Principais alterações promovidas pela Lei aprovada no Congresso Nacional e que espera a sanção da Presidencia da República. Principais alterações promovidas pela Lei aprovada no Congresso Nacional e que espera a sanção da Presidencia da República. Observação: como podemos perceber as mudanças propostas são justamente pra não

Leia mais

PROVIDÊNCIAS URGENTES A SEREM OBSERVADAS PELOS DIRETÓRIOS ABERTURA DE CONTA BANCÁRIA ESPECÍFICA ATÉ 05 DE JULHO

PROVIDÊNCIAS URGENTES A SEREM OBSERVADAS PELOS DIRETÓRIOS ABERTURA DE CONTA BANCÁRIA ESPECÍFICA ATÉ 05 DE JULHO DA: SECRETARIA NACIONAL DE FINANÇAS E PLANEJAMENTO DN/PT PARA: DIRETÓRIOS ESTADUAIS E MUNICIPAIS ASSUNTO: ABERTURA DE CONTA BANCÁRIA ESPECÍFICA PARA AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS de 2012 ATENÇÃO! PROVIDÊNCIAS

Leia mais

Slide 1. Slide 2. Slide 3. Legislação aplicável. Principais Inovações

Slide 1. Slide 2. Slide 3. Legislação aplicável. Principais Inovações Slide 1 Movimentação Financeira e Aspectos contábeis sobre a Prestação de Contas eleitoral do ano de 2016. Anderson Pedrosa anderson@contacnet.com.br 1 Slide 2 Lei nº 9.504/97 Legislação aplicável Estabelece

Leia mais

Financiamento de Campanha Eleições 2016

Financiamento de Campanha Eleições 2016 Financiamento de Campanha Eleições 2016 Legislação aplicada Resolução 23.463/2015 do TSE Resolução 23.459/2015 do TSE (limites) Lei 9.504/97 Comunicado Bacen 29.108/2016 Condições preliminares para arrecadar

Leia mais

Seminário de Prestação de Contas Eleitorais

Seminário de Prestação de Contas Eleitorais Seminário de Prestação de Contas Eleitorais TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE DEALAGOAS Atuação da Justiça Eleitoral Palestrante: Raquel Helena Paixão Tavares (Assessora de Contas Eleitorais) 2 Fluxo do Processo

Leia mais

MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS. KIT DE DISSEMINAÇÃO Parte 3

MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS. KIT DE DISSEMINAÇÃO Parte 3 MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS KIT DE DISSEMINAÇÃO Parte 3 2 Consideramos que no curto espaço de tempo que tivemos para a captação, 45 dias, tivemos um grande sucesso, mas foi fruto de muito esforço com muitos

Leia mais

ELEIÇÕES 2016 ARRECADAÇÃO E GASTOS DE CAMPANHA ELEITORAL QUAIS OS PRÉ-REQUISITOS QUE DEVEM SER OBSERVADOS PARA ARRECADAÇÃO DE RECURSOS?

ELEIÇÕES 2016 ARRECADAÇÃO E GASTOS DE CAMPANHA ELEITORAL QUAIS OS PRÉ-REQUISITOS QUE DEVEM SER OBSERVADOS PARA ARRECADAÇÃO DE RECURSOS? ELEIÇÕES 2016 ARRECADAÇÃO E GASTOS DE CAMPANHA ELEITORAL QUAIS OS PRÉ-REQUISITOS QUE DEVEM SER OBSERVADOS PARA ARRECADAÇÃO DE RECURSOS? A arrecadação de recursos para campanha eleitoral de qualquer natureza

Leia mais

ELEIÇÕES Março/2016

ELEIÇÕES Março/2016 ELEIÇÕES 2016 Março/2016 ARRECADAÇÃO DE RECEITAS E REALIZAÇÃO DE GASTOS ELEITORAIS & PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA LIMITES DE GASTOS ELEITORAIS Ao TSE, em cada eleição, cabe definir os limites de gastos

Leia mais

14. Da Prestação de Contas

14. Da Prestação de Contas 14. Da Prestação de Contas (Art. 28 a 32) Durante a unidade, trabalharemos, em suma: Da Prestação de Contas (Art. 28 a 32). O conteúdo mais relevante será: da Prestação de Contas (Art. 28 a 32). Prestação

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAL

PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAL PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAL 2012 FLAVIO POGGIAN flavio@poggian.com.br Contador, pós graduado em Gestão da Administração Pública Conselheiro do Conselho Regional de Contabilidade RJ Legislação aplicável

Leia mais

ELEIÇÕES 2016 COM ÊNFASE NA MINIRREFORMA ELEITORAL

ELEIÇÕES 2016 COM ÊNFASE NA MINIRREFORMA ELEITORAL ELEIÇÕES 2016 COM ÊNFASE NA MINIRREFORMA ELEITORAL Em outubro (02/10) os brasileiros voltam às urnas, dessa vez para votar em Prefeitos e Vereadores. Esta será a primeira eleição depois da minirreforma

Leia mais

Cartilha de Campanha:

Cartilha de Campanha: Cartilha de Campanha: Segunda Edição PRAZO DAS CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS: De 20 de julho a 5 de agosto. QUANTIDADE DE CANDIDATOS A VEREADOR: REGRA GERAL Partidos e coligações podem registrar até 150% do número

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2017

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2017 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2017 As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos do 3º do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte emenda ao texto constitucional:

Leia mais

A Lei n /97, que regula as eleições; prevê em seu art. 73 as condutas vedadas aos agentes públicos no período eleitoral.

A Lei n /97, que regula as eleições; prevê em seu art. 73 as condutas vedadas aos agentes públicos no período eleitoral. ELEITORAL: Após a promulgação da Emenda Constitucional n.º 16, de 04 de Junho de 1977, que possibilitou a reeleição, para o segundo mandato consecutivo de cargos eletivos do Poder Executivo. A Lei n. 9.504,

Leia mais

REFORMA ELEITORAL LEI n.º /15

REFORMA ELEITORAL LEI n.º /15 REFORMA ELEITORAL LEI n.º 13.165/15 Lei n.º 13.165/15, de 29 de setembro de 2015, altera dispositivos da Lei das Eleições (Lei n.º 9.504/97), da Lei dos Partidos Políticos (Lei n.º 9.096/95) e do Código

Leia mais

CURSO PARA PRÉ-CANDIDATOS LEGISLAÇÃO ELEITORAL 2016

CURSO PARA PRÉ-CANDIDATOS LEGISLAÇÃO ELEITORAL 2016 CURSO PARA PRÉ-CANDIDATOS LEGISLAÇÃO ELEITORAL 2016 ESCOLHA E REGISTRO DE CANDIDATOS PSDB Municipal realiza as Convenções de 20/07 a 05/08 PSDB Municipal ou a Coligação deve registrar seus candidatos na

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A DAR PARECER ÀS PROPOSTAS DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO RELACIONADAS À REFORMA POLÍTICA (PEC 182, DE 2007, E APENSADAS)

COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A DAR PARECER ÀS PROPOSTAS DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO RELACIONADAS À REFORMA POLÍTICA (PEC 182, DE 2007, E APENSADAS) COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A DAR PARECER ÀS PROPOSTAS DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO RELACIONADAS À REFORMA POLÍTICA (PEC 182, DE 2007, E APENSADAS) SUBSTITUTIVO À PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO N o 14,

Leia mais

NORMAS E REGULAMENTOS

NORMAS E REGULAMENTOS NORMAS E REGULAMENTOS Lei nº 9.096/1995; Lei nº 9.504/1997; Resolução TSE nº 23.406/2014; Comunicado BACEN nº 25.091/2014; IN Conjunta RFB/TSE nº 1.019/2010. REQUISITOS PARA ARRECADAR E REALIZAR GASTOS

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA AS ELEIÇÕES DE 2016

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA AS ELEIÇÕES DE 2016 ORIENTAÇÕES GERAIS PARA AS ELEIÇÕES DE 2016 1. PRAZOS ELEITORAIS PARA OS PARTIDOS: 1.1 ESCOLHA DOS CANDIDATOS: 20.07.2016 a 05.08.2016 (Lei nº 9.504/1997, art. 8º, caput); 1.2 REGISTRO DE CANDIDATURA:

Leia mais

RESOLUÇÃO TSE 23.276 DAS DOAÇÕES

RESOLUÇÃO TSE 23.276 DAS DOAÇÕES RESOLUÇÃO TSE 23.276 DAS DOAÇÕES As doações poderão ser realizadas por pessoas físicas ou jurídicas em favor do candidato, comitê financeiro e/ou partido político, mediante (art.22): I cheques cruzados

Leia mais

Arrecadação de recursos, gastos eleitorais e prestação de contas de campanhas eleitorais

Arrecadação de recursos, gastos eleitorais e prestação de contas de campanhas eleitorais Arrecadação de recursos, gastos eleitorais e prestação de contas de campanhas eleitorais Eleições 2016 Lei nº 9.096, de 19 de setembro de 1995; Lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1997; Resolução-TSE nº

Leia mais

LOURIVAL SEREJO DIREITO ELEITORAL ATUALIZADO. Lei nº /2015 Código de Processo Civil Jurisprudência eleitoral

LOURIVAL SEREJO DIREITO ELEITORAL ATUALIZADO. Lei nº /2015 Código de Processo Civil Jurisprudência eleitoral LOURIVAL SEREJO DIREITO ELEITORAL ATUALIZADO Lei nº 13.165/2015 Código de Processo Civil Jurisprudência eleitoral Belo Horizonte 2016 3 Sumário INTRODUÇÃO... 15 I DIREITO ELEITORAL... 17 1 O Direito Eleitoral

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

RESOLUÇÃO Nº TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº xxxx CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Dispõe sobre a arrecadação de recursos financeiros de campanha eleitoral por cartões de crédito O Tribunal Superior

Leia mais

Objetivo: prestação de contas relativas a avaliação e aplicação de recursos na campanha eleitoral de 2004.

Objetivo: prestação de contas relativas a avaliação e aplicação de recursos na campanha eleitoral de 2004. ANEXOS Formulário de Coleta de Dados Processo nº.: Protocolo : Objetivo: prestação de contas relativas a avaliação e aplicação de recursos na campanha eleitoral de 2004. Partido Político : Numero: Canditatura:

Leia mais

Prestação de Contas Eleitorais Eleições 2016

Prestação de Contas Eleitorais Eleições 2016 Instrutores: Rodrigo Morais (SECEP/TRE-PE) Ronaldo Pontes (SECEP/TRE-PE) 1 Visão Geral do Processo Eleitoral: Convenções Partidárias Registro de Candidatura Propaganda Eleitoral Prestação de Contas Parcial

Leia mais

FINANCIAMENTO DE CAMPANHAS ELEITORAIS

FINANCIAMENTO DE CAMPANHAS ELEITORAIS FINANCIAMENTO DE CAMPANHAS ELEITORAIS Isabela Sens Fadel Gobbo E-mail: isabelaf.gobbo@gmail.com Claudia Aparecida Colla Taques Ribas Mestre em Direitos Fundamentais Difusos e Coletivos pela Universidade

Leia mais

Lei /2015: As Regras para a propaganda eleitoral 2016.

Lei /2015: As Regras para a propaganda eleitoral 2016. Lei 13.165/2015: As Regras para a propaganda eleitoral 2016. Calendário eleições 2016. Agosto: -05: último dia para realizações de convenções partidárias. -15: Último dia para os partidos e coligações

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 01/2016 AUXÍLIO TRANSPORTE PARA DESLOCAMENTO DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS E DE NÍVEL TÉCNICO PRESENCIAL FORA DO DOMICÍLIO

CHAMADA PÚBLICA Nº 01/2016 AUXÍLIO TRANSPORTE PARA DESLOCAMENTO DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS E DE NÍVEL TÉCNICO PRESENCIAL FORA DO DOMICÍLIO CHAMADA PÚBLICA Nº 01/2016 AUXÍLIO TRANSPORTE PARA DESLOCAMENTO DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS E DE NÍVEL TÉCNICO PRESENCIAL FORA DO DOMICÍLIO O MUNICÍPIO DE SERTANÓPOLIS, ESTADO DO PARANÁ, CNPJ n. 76.245.034/0001-08,

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina 103ª Zona Eleitoral - Balneário Camboriú

Poder Judiciário Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina 103ª Zona Eleitoral - Balneário Camboriú 1 REPRESENTAÇÃO Nº 462-05.2016.6.24.0103 COLIGAÇÃO MAIS E MELHOR PARA VOCÊ: PSDB, DEM, PV, PRP, SD, PT do B, PTB interpôs REPRESENTAÇÃO ELEITORAL em face de ANTONIEL SILVA TONY, candidato a vereador para

Leia mais

REPRESENTAÇÃ ÇÃO O POR DOAÇÃ. ÇÃO ACIMA LIMITE LEGAL (Artigos 23 e 81, Lei nº n 9.504/97)

REPRESENTAÇÃ ÇÃO O POR DOAÇÃ. ÇÃO ACIMA LIMITE LEGAL (Artigos 23 e 81, Lei nº n 9.504/97) REPRESENTAÇÃ ÇÃO O POR DOAÇÃ ÇÃO ACIMA LIMITE LEGAL (Artigos 23 e 81, Lei nº n 9.504/97) 1. LEGITIMIDADE Res. TSE nº 23.367/11 - Art. 2º As reclamações e as representações poderão ser feitas por qualquer

Leia mais

Prestação de Contas Eleitorais 2010

Prestação de Contas Eleitorais 2010 Prestação de Contas Eleitorais 2010 Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Controle Interno e Auditoria Contas Eleitorais e Partidárias pcontas@tre-rs.gov.br Legislação

Leia mais

sumário Capítulo 2 Conceito e regras gerais De interpretação...5

sumário Capítulo 2 Conceito e regras gerais De interpretação...5 sumário Capítulo 1 O DIreito eleitoral no brasil...1 Capítulo 2 Conceito e regras gerais De interpretação...5 2.1. Conceito... 5 2.2. Poder normativo... 5 2.3. Interpretação da legislação eleitoral...

Leia mais

Eleições municipais Reforma eleitoral Principais mudanças Dr. JOSÉ ANTONIO ROSA

Eleições municipais Reforma eleitoral Principais mudanças Dr. JOSÉ ANTONIO ROSA Eleições municipais 2016 Reforma eleitoral Principais mudanças Dr. JOSÉ ANTONIO ROSA OBJETIVOS DA REFORMA A reforma eleitoral Lei. N.º 13.165/2015, alterou substancialmente a Lei 9.504/97- Lei Eleitoral,

Leia mais

PROPAGANDA ELEITORAL. ARTHUR ROLLO

PROPAGANDA ELEITORAL. ARTHUR ROLLO PROPAGANDA ELEITORAL ARTHUR ROLLO arthur@albertorollo.com.br NA PRÉ-CAMPANHA PODE Dizer que é précandidato; Pedir apoio político; Divulgar ações políticas passadas e futuras. NA PRÉ-CAMPANHA panfletos;

Leia mais

1. DA PROPAGANDA ELEITORAL

1. DA PROPAGANDA ELEITORAL Período de veiculações de propaganda eleitoral: 06 de julho a 03 de outubro de 2014. 1. DA PROPAGANDA ELEITORAL A propaganda eleitoral não pode ultrapassar, por edição, 35 cm no formato tabloide ou revista

Leia mais

23.216 - INSTRUÇÃO Nº 22-06.2010.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL.

23.216 - INSTRUÇÃO Nº 22-06.2010.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. 23.216 - INSTRUÇÃO Nº 22-06.2010.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral. Dispõe sobre a arrecadação de recursos financeiros

Leia mais

PRODUÇÃO INTELECTUAL Denilson Mariano de Brito. REVISORA Marisa Batista Alvarenga Webler. CAPA/EDITORAÇÃO/DIAGRAMAÇÃO: Adriano Ferreira de Mendonça

PRODUÇÃO INTELECTUAL Denilson Mariano de Brito. REVISORA Marisa Batista Alvarenga Webler. CAPA/EDITORAÇÃO/DIAGRAMAÇÃO: Adriano Ferreira de Mendonça 2015 Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins Qualquer parte desta publicação pode ser reproduzida, desde que citada a fonte. Disponível também em: http//www.tre-to.jus.br ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº xx.xxx. INSTRUÇÃO Nº xxx-xx.xxxx.x.xx.xxxx CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº xx.xxx. INSTRUÇÃO Nº xxx-xx.xxxx.x.xx.xxxx CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº xx.xxx INSTRUÇÃO Nº xxx-xx.xxxx.x.xx.xxxx CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Dias Toffoli Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre a arrecadação e os gastos

Leia mais

Pontos da Res. TSE nº 23.376/12 diretamente relacionados à internet: I A Arrecadação dos Recursos a emissão dos Recibos Eleitorais:

Pontos da Res. TSE nº 23.376/12 diretamente relacionados à internet: I A Arrecadação dos Recursos a emissão dos Recibos Eleitorais: Pontos da Res. TSE nº 23.376/12 diretamente relacionados à internet: I A Arrecadação dos Recursos a emissão dos Recibos Eleitorais: Art. 4º Toda e qualquer arrecadação de recursos para a campanha eleitoral,

Leia mais

Prestação de Contas Eleitorais Eleições 2016

Prestação de Contas Eleitorais Eleições 2016 Instrutores: Rodrigo Morais (SECEP/TRE-PE) Ronaldo Pontes (SECEP/TRE-PE) 1 Visão Geral do Processo Eleitoral: Convenções Partidárias Registro de Candidatura Propaganda Eleitoral Prestação de Contas Parcial

Leia mais

LIMITE DE GASTOS. Cada partido deve fixar o limite de gastos a ser observado, por candidatura(caso Lei não faça)

LIMITE DE GASTOS. Cada partido deve fixar o limite de gastos a ser observado, por candidatura(caso Lei não faça) Prestação de Contas Eleitoral: Legislação x Prática Contador Ruberlei Bulgarelli Julho 2012 LIMITE DE GASTOS Cada partido deve fixar o limite de gastos a ser observado, por candidatura(caso Lei não faça)

Leia mais

Prestação de Contas Eleitorais 2010

Prestação de Contas Eleitorais 2010 Prestação de Contas Eleitorais 2010 Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Controle Interno e Auditoria Contas Eleitorais e Partidárias pcontas@tre-rs.gov.br Legislação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº 23.406 INSTRUÇÃO Nº 957-41.2013.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Dias Toffoli Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Ementa: Dispõe sobre a arrecadação e os

Leia mais

Direitos Eleitoral - Parte 1

Direitos Eleitoral - Parte 1 Direitos Eleitoral - Parte 1 Com base no Código Eleitoral- Lei 4737/65, Lei n. 9.096/95, Lei 13165/2015, entre outras fontes do direito eleitoral e em questões de provas anteriores do Qconcursos.com. 1.

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe TRE/SE RESOLUÇÃO TSE Nº /2014

Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe TRE/SE RESOLUÇÃO TSE Nº /2014 Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe TRE/SE RESOLUÇÃO TSE Nº 23.406/2014 Ementa: Dispõe sobre a arrecadação e os gastos de recursos por partidos políticos, candidatos e comitês financeiros e, ainda,

Leia mais

... 5º São inelegíveis para os mesmos cargos, no período imediatamente subsequente, o Presidente da República, os Governadores de Estado e do

... 5º São inelegíveis para os mesmos cargos, no período imediatamente subsequente, o Presidente da República, os Governadores de Estado e do Reforma as instituições político-eleitorais, alterando os arts. 14, 17, 57 e 61 da Constituição Federal, e cria regras temporárias para vigorar no período de transição para o novo modelo, acrescentando

Leia mais

ELEIÇÕES MUNICIPAIS ARRECADAÇÃO, GASTOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAIS Profª Rita Gonçalves

ELEIÇÕES MUNICIPAIS ARRECADAÇÃO, GASTOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAIS Profª Rita Gonçalves ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016 ARRECADAÇÃO, GASTOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAIS Profª Rita Gonçalves 1 FLUXO DAS CONTAS ELEITORAIS Quando? Como? Até quanto? De quem? Quem? Como? Até quando? A quem? Quando?

Leia mais

Dispõe sobre a arrecadação de recursos financeiros de campanha eleitoral por cartões de crédito.

Dispõe sobre a arrecadação de recursos financeiros de campanha eleitoral por cartões de crédito. OL ESOLUÇÃO TSE TSE N.. 23.216, DE 02 02 DE MARÇO DE DE 2010 INSTRUÇÃO N. 22-06.2010.6.00.0000 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. RELATOR: MINISTRO ARNALDO VERSIANI. (DJE-TSE, n.43, p.66, 04.3.10) Dispõe

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 55 4/2/2016 15:46 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997. Texto compilado Mensagem de veto (Vide Decreto nº 7.791, de 2012) Estabelece

Leia mais

Prestar contas é fácil: um guia passo a passo

Prestar contas é fácil: um guia passo a passo Lembre-se de que este guia foi elaborado para facilitar a sua compreensão do que é prestar contas à Justiça Eleitoral. Todas as normas, que contêm o assunto detalhadamente, estão disponíveis na página

Leia mais

Prestar contas é fácil: um guia passo a passo

Prestar contas é fácil: um guia passo a passo Quais as regras que devem ser observadas para a Prestação de Contas nas Eleições 2012? Além das normas contidas na Lei nº 9.096/1995 (a Lei dos Partidos Políticos) e na Lei nº 9.504/1997 (a Lei das Eleições),

Leia mais

LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997.

LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997. LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997. Estabelece normas para as eleições. O VICE PRESIDENTE DA REPÚBLICA no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL NO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL NO RIO GRANDE DO SUL EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ ELEITORAL RELATOR, EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL Prestação de Contas n.º 1334-90.2014.6.21.0000 Procedência: PORTO ALEGRE/RS Assunto: PRESTAÇÃO DE

Leia mais

BANCO DE DADOS: Gastos de Campanhas Eleitorais para Prefeitos no Brasil (2008, 2012 e 2016). CODEBOOK. Abril,

BANCO DE DADOS: Gastos de Campanhas Eleitorais para Prefeitos no Brasil (2008, 2012 e 2016). CODEBOOK. Abril, BANCO DE DADOS: Gastos de Campanhas Eleitorais para Prefeitos no Brasil (2008, 2012 e 2016). CODEBOOK Abril, 2017 www.cgpp.com.br Gastos nas Eleições para Prefeitos Municipais Breve nota aos usuários Banco

Leia mais

S u m á r i o. Capítulo 1 O Direito Eleitoral no Brasil Capítulo 2 Conceito e Regras Gerais de Interpretação... 5

S u m á r i o. Capítulo 1 O Direito Eleitoral no Brasil Capítulo 2 Conceito e Regras Gerais de Interpretação... 5 S u m á r i o Capítulo 1 O Direito Eleitoral no Brasil... 1 Capítulo 2 Conceito e Regras Gerais de Interpretação... 5 2.1. Conceito... 5 2.2. Poder Normativo... 5 2.3. Interpretação da Legislação Eleitoral...

Leia mais

LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL VEDAÇÕES EM ÚLTIMO ANO DE MANDATO

LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL VEDAÇÕES EM ÚLTIMO ANO DE MANDATO LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL VEDAÇÕES EM ÚLTIMO ANO DE MANDATO 1 ART. 42 - VEDAÇÕES de 1º de maio a 31 de dezembro: Contrair obrigação de despesa, nos últimos 8 meses, que não possa ser cumprida (paga)

Leia mais

Projeto de Lei n /2012 (Do Dep. Roberto Balestra )

Projeto de Lei n /2012 (Do Dep. Roberto Balestra ) Projeto de Lei n /2012 (Do Dep. Roberto Balestra ) Altera a redação da Lei n 9.504, de 30 de setembro de 1997. Art. 1º - A Lei n o 9.504, de 30 de setembro de 1997, passa a vigorar com as seguintes alterações:

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL PRESTAÇÃO DE CONTAS - ELEIÇÕES 2014

JUSTIÇA ELEITORAL PRESTAÇÃO DE CONTAS - ELEIÇÕES 2014 PARECER TÉCNICO CONCLUSIVO 1. Submete-se à apreciação parecer técnico conclusivo acerca dos exames efetuados sobre a prestação de contas do candidato acima nominado, abrangendo a arrecadação e aplicação

Leia mais

GTE DM PT RIBEIRÃO PRETO NORMAS PRÉ-CAMPANHA 2016

GTE DM PT RIBEIRÃO PRETO NORMAS PRÉ-CAMPANHA 2016 GTE DM PT RIBEIRÃO PRETO NORMAS PRÉ-CAMPANHA 2016 REFORMA ELEITORAL: O que muda para as Eleições de 2016 Alterações trazidas pela Lei nº 12.891/2013 e pela Lei nº 13.165/2015 (apresentação AO DIRETÓRIO

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO ELEIÇÕES

MANUAL DE ORIENTAÇÃO ELEIÇÕES MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS CONVENÇÕES DEMOCRATAS 2015 MANUAL DE ORIENTAÇÃO ELEIÇÕES 2016 A força das Novas Idéias DIRETÓRIO MUNICIPAL - BELO HORIZONTE INTRODUÇÃO Este Manual apresenta os principais aspectos

Leia mais

Financiamento de Campanhas Eleitorais. Brasília - DF 09/10/2014

Financiamento de Campanhas Eleitorais. Brasília - DF 09/10/2014 Financiamento de Campanhas Eleitorais Brasília - DF 09/10/2014 Democracia representativa Direito de votar e ser votado Financiamento de campanhas Financiamento de campanhas Nº Nome Partido Receitas 21

Leia mais

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO ELEITORAL E POLÍTICO ABRADEP MANIFESTO SOBRE A REFORMA POLÍTICA

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO ELEITORAL E POLÍTICO ABRADEP MANIFESTO SOBRE A REFORMA POLÍTICA ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO ELEITORAL E POLÍTICO ABRADEP MANIFESTO SOBRE A REFORMA POLÍTICA A necessidade de dar resposta às reivindicações brasileiras pela Reforma Política deve estar alinhada às seguintes

Leia mais

ARRECADAÇÃO DE RECURSOS, GASTOS DE CAMAPNHA E PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS

ARRECADAÇÃO DE RECURSOS, GASTOS DE CAMAPNHA E PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS ARRECADAÇÃO DE RECURSOS, GASTOS DE CAMAPNHA E PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS Elaboração: Mauro A. Prezotto OAB/SC 12.082 Renata Guimarães OAB/SC 34.533 1 Sumário APRESENTAÇÃO... 4 1. PROVIDÊNCIAS

Leia mais

Resolução n o 23.216. Brasília DF. Dispõe sobre a arrecadação de recursos financeiros de campanha eleitoral por cartões de crédito.

Resolução n o 23.216. Brasília DF. Dispõe sobre a arrecadação de recursos financeiros de campanha eleitoral por cartões de crédito. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral. Instrução n o 22-06.2010.6.00.0000 Resolução n o 23.216 Brasília DF Dispõe sobre a arrecadação de recursos financeiros de campanha

Leia mais

ELEIÇÕES MUNICIPAIS ARRECADAÇÃO, GASTOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAIS Profª Rita Gonçalves

ELEIÇÕES MUNICIPAIS ARRECADAÇÃO, GASTOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAIS Profª Rita Gonçalves ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016 ARRECADAÇÃO, GASTOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAIS Profª Rita Gonçalves 1 FLUXO DAS CONTAS ELEITORAIS Quando? Como? Até quanto? De quem? Quem? Como? Até quando? A quem? Quando?

Leia mais

TRE/RN CICLO DE PALESTRAS

TRE/RN CICLO DE PALESTRAS 01 Vereador: Papel Constitucional e Sistema de Eleição Juiz JAILSOM LEANDRO DE SOUSA 02 Quem é o vereador? O Vereador é o Membro do Poder Legislativo Municipal. 03 Qual é o papel do Vereador? O papel do

Leia mais

Manual de arrecadação, gastos e prestação de contas da. campanha eleitoral. Brasília 2014

Manual de arrecadação, gastos e prestação de contas da. campanha eleitoral. Brasília 2014 Manual de arrecadação, gastos e prestação de contas da campanha eleitoral 2014 Brasília 2014 2014 Tribunal Superior Eleitoral É proibida a reprodução total ou parcial desta obra sem a autorização expressa

Leia mais

Propaganda Eleitoral na Internet. PODE haver propaganda eleitoral na internet a partir do dia 16/08/2016

Propaganda Eleitoral na Internet. PODE haver propaganda eleitoral na internet a partir do dia 16/08/2016 PODE/NÃO PODE/DEVE Parte IV Propaganda Eleitoral Na Internet, da Resolução nº 23.457, de 15/12/2015, que dispõe sobre propaganda eleitoral, utilização e geração do horário gratuito e condutas ilícitas

Leia mais

MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS ELEIÇÕES 2016

MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS ELEIÇÕES 2016 MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS ELEIÇÕES 2016 Brasília 2016 2016 Tribunal Superior Eleitoral É proibida a reprodução total ou parcial desta obra sem a autorização expressa dos autores. Secretaria de

Leia mais

INSTRUÇÃO Nº 22-06.2010.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral.

INSTRUÇÃO Nº 22-06.2010.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral. * RESOLUÇÃO Nº 23.216 ** INSTRUÇÃO Nº 22-06.2010.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral. Ementa: Dispõe sobre a arrecadação

Leia mais

NORTEAR SUA CAMPANHA; REALIZAR AVALIAÇÕE DOS RESULTADOS

NORTEAR SUA CAMPANHA; REALIZAR AVALIAÇÕE DOS RESULTADOS N@VEGADOR POLÍTICO EDIÇÃO 2008 O QUE É: É uma ferramenta que ajuda em todos os momentos importantes do seu projeto de candidatura para as eleições de 2006. São diversos perfis de informações e diversos

Leia mais

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 464, de 2015

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 464, de 2015 1 Altera a Lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1997, para estabelecer o calendário para a escolha dos candidatos e da campanha eleitoral, o limite dos gastos com pessoal, reduzir para trinta dias o período

Leia mais

Palestra: Prestação de Contas Eleitoral. Atila Pedroso de Jesus Conselheiro do CRC MT

Palestra: Prestação de Contas Eleitoral. Atila Pedroso de Jesus Conselheiro do CRC MT Palestra: Prestação de Contas Eleitoral Atila Pedroso de Jesus Conselheiro do CRC MT LEGISLAÇÃO APLICÁVEL: Lei n. 9.504, de 30 de setembro de 1997: - Código Eleitoral (dispõe normas para eleição). Lei

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL PRESTAÇÃO DE CONTAS - ELEIÇÕES 2014

JUSTIÇA ELEITORAL PRESTAÇÃO DE CONTAS - ELEIÇÕES 2014 JUSTIÇA ELEITORAL PRESTAÇÃO DE CONTAS - ELEIÇÕES 20 PROCESSO Nº: 81-63.20.6.05.0000 PROTOCOLO Nº 46.934/20 ASSUNTO: PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATIVA À ARRECADAÇÃO E APLICAÇÃO DE RECURSOS FINANCEIROS NA CAMPANHA

Leia mais

ELEIÇÕES MUNICIPAIS PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAIS Profª Rita Gonçalves

ELEIÇÕES MUNICIPAIS PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAIS Profª Rita Gonçalves ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016 PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAIS Profª Rita Gonçalves 1 FLUXO DAS CONTAS ELEITORAIS Quando? Como? Até quanto? De quem? Quem? Como? Até quando? A quem? Quando? Como? Até quanto? Com

Leia mais

Manual Técnico de Arrecadação e Aplicação de Recursos e de Prestação de Contas. Eleições 2010

Manual Técnico de Arrecadação e Aplicação de Recursos e de Prestação de Contas. Eleições 2010 Manual Técnico de Arrecadação e Aplicação de Recursos e de Prestação de Contas Eleições 2010 Brasília 2010 Brasil. Tribunal Superior Eleitoral. Manual técnico de arrecadação e aplicação de recursos e de

Leia mais

ASPECTOS JURÍDICOS E CONTÁBEIS PARA AS ELEIÇÕES DE 2016

ASPECTOS JURÍDICOS E CONTÁBEIS PARA AS ELEIÇÕES DE 2016 PALESTRA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAL { ASPECTOS JURÍDICOS E CONTÁBEIS PARA AS ELEIÇÕES DE 2016 Minirreforma Eleitoral Principais Normas Eleições 2016 Lei nº 9.504/1997 (normativo geral aplicável às

Leia mais

INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01

INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01 INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01 Elaborado em 09 de julho de 2013 REFORMA POLÍTICA DEPUTADOS DESCARTAM REFORMA POLÍTICA VÁLIDA PARA 2014 O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, afirmou

Leia mais

Justiça Eleitoral Página 1 de 68 Sistema de Horário Eleitoral Eleição Municipal /08/ :56:36 OFICIAL 1º turno. Programação por dia

Justiça Eleitoral Página 1 de 68 Sistema de Horário Eleitoral Eleição Municipal /08/ :56:36 OFICIAL 1º turno. Programação por dia Justiça Eleitoral Página 1 de 68 Período: 21/08/2012 1 1 POR AMOR A CANDEIAS Prefeito 6 CANDEIAS DE CORAÇÃO, MUDANÇA JÁ! Prefeito 7 RESTAURANDO CANDEIAS Prefeito 13 CANDEIAS DE CORAÇÃO, MUDANÇA JÁ! Prefeito

Leia mais

Manual Prático de Direito Eleitoral

Manual Prático de Direito Eleitoral Autor Walber de Moura Agra Manual Prático de Direito Eleitoral Área Específica Direito Eleitoral. Áreas Afins Direito Público - Direito Constitucional - Direito Eleitoral. O objetivo deste Manual Prático

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL NO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL NO RIO GRANDE DO SUL EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ ELEITORAL RELATOR, EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL Prestação de Contas n.º 1323-61.2014.6.21.0000 Procedência: PORTO ALEGRE/RS Assunto: PRESTAÇÃO DE

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL. Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL. Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE Artigo 1º - Em observância ao que determina o Estatuto Social da ONG Moradia e Cidadania, o Conselho Deliberativo

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.216 INSTRUÇÃO N 22-06.2010.6.00.0000 - CLASSE 19 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral.

Leia mais

Arrecadação Gastos Prestação de contas

Arrecadação Gastos Prestação de contas Arrecadação Gastos Prestação de contas Tatão Bom de Voto História ilustrativa e simplificada de como arrecadar recursos, realizar despesas e prestar contas à Justiça Eleitoral. Arrecadação Gastos Prestação

Leia mais

Comentários à Prova de AJAJ TRE - PE CESPE provas em 19/3/2017

Comentários à Prova de AJAJ TRE - PE CESPE provas em 19/3/2017 --- à Prova à Prova de AJAJ TRE - PE CESPE provas em 19/3/2017 Segue, abaixo, comentário das questões de Direito Eleitoral aplicadas no concurso para o cargo de Analista Judiciário Área Administrativa.

Leia mais

PROCESSO Nº: PROTOCOLO Nº 75847/2016

PROCESSO Nº: PROTOCOLO Nº 75847/2016 PROCESSO Nº: 418-25.2016.6.20.0029 PROTOCOLO Nº 75847/2016 ASSUNTO: PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATIVA À ARRECADAÇÃO E APLICAÇÃO DE RECURSOS FINANCEIROS NA CAMPANHA ELEITORAL DE 2016. PRESTADOR : GUSTAVO MONTENEGRO

Leia mais

A mais um CURSO realizado pela

A mais um CURSO realizado pela A mais um CURSO realizado pela Aqui tem qualificação de Verdade! CONTROLE INTERNO Reforma Política: o que podemos melhorar? Dr. Luiz Fernando Pereira PERÍODO 09h00 X 12h00 09/12/2015 15h às 17h Por gentileza

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: PC 7176-90.2010.6.21.0000 PROCEDÊNCIA: PORTO ALEGRE INTERESSADO: PAULO ADALBERTO ALVES FERREIRA DEPUTADO FEDERAL 1351 PT -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

19/08/17. Atualidades. Projeto de Reforma Política. Prof. Grega

19/08/17. Atualidades. Projeto de Reforma Política. Prof. Grega Atualidades Projeto de Reforma Política A Comissão Especial da Câmara dos Deputados concluiu nesta terça-feira (15/08/2017) a votação das emendas da parte da reforma política que necessita de alterações

Leia mais

Quadro comparativo da Lei n , de 29 de setembro de 2015.

Quadro comparativo da Lei n , de 29 de setembro de 2015. 1 Legislação Lei nº 13.165, de 29 de setembro de 2015. Altera as Leis nºs 9.504, de 30 de setembro de 1997, 9.096, de 19 de setembro de 1995, e 4.737, de 15 de julho de 1965 Código Eleitoral, para reduzir

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO QUESTÕES CESPE COMENTADAS... 17

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO QUESTÕES CESPE COMENTADAS... 17 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO QUESTÕES CESPE COMENTADAS... 17 Guia de leitura... 19 Direcionamento do estudo: O que é necessário priorizar no estudo das provas do CESPE... 25 Raio-x da incidência das

Leia mais

Guia rápido de permissões e proibições pertinentes à propaganda eleitoral

Guia rápido de permissões e proibições pertinentes à propaganda eleitoral Secretaria Judiciária Coordenadoria de Gestão da Informação Guia rápido de permissões e proibições pertinentes à propaganda eleitoral Tipo Regra Referência legislativa Sancionamento em caso de violação

Leia mais

O PT de Floriano, presidido pelo Celso Vieira (imagem), definiu os prazos para tomar as decisões sobre as Eleições Municipais de 2016.

O PT de Floriano, presidido pelo Celso Vieira (imagem), definiu os prazos para tomar as decisões sobre as Eleições Municipais de 2016. O PT de Floriano, presidido pelo Celso Vieira (imagem), definiu os prazos para tomar as decisões sobre as Eleições Municipais de 2016. Num comunicado enviado ao piauinoticias o presidente Celso informou

Leia mais