Documentos e Declarações Document and Declarations Documentos y Declaraciones

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Documentos e Declarações Document and Declarations Documentos y Declaraciones"

Transcrição

1 Documentos e Declarações Document and Declarations Documentos y Declaraciones

2

3 Uma foto de 1967 e sua história: Dom Helder Pessoa Câmara como paraninfo na Faculdade de Teologia da Igreja Metodista A photo from 1967 and its history: Dom Helder Pessoa Câmara as patron in the Faculty of Theology of the Methodist Church in Brazil Una foto de 1967 y su historia: Dom Helder Pessoa Câmara como patrono en la Facultad de Teología de la Iglesia Metodista de Brasil Helmut Renders No mesmo mês em que a Comissão da Verdade entrega seu relatório à presidente da República, Dilma Vana Rousseff (1947-), a revista Caminhando recorda um evento catalisador na história da Igreja Metodista no Brasil: a presença de Dom Helder Pessoa Câmara ( ) (RODRIGUES, 2013, ) no fim do ano de 1967 na Faculdade de Teologia da Igreja Metodista como paraninfo da turma de Para a sua fala Dom Helder escolheu o tema: A alegria de ser cristão. Revista Caminhando v. 19, n. 2, p , jul./dez

4 A foto mostra Dom Helder Câmara conversando depois da formatura de 1967 na casa do diretor da Faculdade de Teologia, em momento mais particular. Em pé, da esquerda à direita, encontram-se os formandos metodistas: Neidi Gonçalves de Aguiar, Ronaldo Sathler-Rosa, Paulo Ayres Mattos, João Maria Santos, e Edson Guedes de Oliveira; entre os dois últimos, a Srta. Marineide Salvador, filha do Prof. José Gonçalves Salvador, futura esposa do estudante João Maria. Os dois senhores sentados são, segundo Ronaldo Sathler-Rosa, representantes da cidade de São Bernardo do Campo. Os estudantes e visitantes professores masculinos estão vestidos no estilo da época, de terno preto com camisa branca e gravata escura estreita; a estudante, com um vestido longo e fechado, como era o costume em eventos da igreja e na formatura. Dom Helder Câmara, centro das atenções, parece estar à vontade, sendo ele, no momento que a fotografia foi tirada, também o dono da palavra. Conhecido por frases como: Quando dou comida aos pobres, me chamam de santo. Quando pergunto por que eles são pobres, chama-me de comunista, 1 Dom Helder aceitou o convite desses estudantes. Na época, este convite representava um pronunciamento público claro tanto dessa nova geração de futuros e jovens pastores da Igreja Metodista, como da instituição de formação teológica. 2 Entretanto, como uma última consequência, este convite resultou no fechamento dessa instituição de formação teológica em 1968 pela própria Igreja Metodista, na demissão das classes em formação, sem direito de readmissão posterior por ocasião da sua reabertura, com exceção de dois estudantes, como também na demissão de seu corpo docente (MESQUITA, 1997). A foto desse evento, entre outros, inscreve a história da Igreja Metodista e da sua Faculdade de Teologia num momento crucial da história do País e lembra a necessidade das próprias igrejas de contar esta história com todas as suas ambiguidades. 1 A relação entre Dom Helder Cãmara e o marxismo era em 1968 assunto de jornais. Confere `Os prelados da nova Igreja tem como mestre o comunista francês Roger Garaudy, cujos sofismas são religiosamente endossados e divulgados por Dom Helder Câmara e que concentra sobre si toda a admiração de Dom Jorge Marcos (JORNAL DA TARDE, 1968, p. 4) apud Rosa (2013, p. 35). 2 Estes estudantes e professores não se manifestaram isolados da Igreja Metodista. Assim, João Parahyba Daronch da Silva publicou, no ano seguinte, em 1968, em sua função eclesiástica como secretário executivo da Junta Geral de Ação Social da Igreja Metodista, o texto Doutrina Social da Igreja Metodista. Este documento, um comentário do Credo Social da Igreja Metodista de 1965, representava também uma leitura profética da própria tradição metodista expressando o compromisso dessa igreja com o desenvolvimento do País. 126 Helmut Renders: O papel da práxis da fé na teologia calvinista e na teologia wesleyana

5 Fazem parte das reviravoltas dessa memória os seguintes acontecimentos: 1985: Dom Helder Câmara recebe pela Universidade Metodista de Piracicaba, São Paulo, instituição de ensino dessa mesma Igreja Metodista, o título de Doctor honoris causa. 1998: A Faculdade de Teologia, com a presença de um representante do Colégio Episcopal da Igreja Metodista, sedia uma reunião dos(as) estudantes expulsos(as) em : Em novembro, o concílio da Terceira Região Eclesiástica da Igreja Metodista decide pela implementação de uma comissão com a tarefa de lembrar as vítimas da ditadura e membros da Igreja Metodista da terceira região. 2014: Em fevereiro 2014, a Terceira Região Eclesiástica da Igreja Metodista convida para um Ato litúrgico de resgate da memória de metodistas vítimas do golpe militar de Sob a liderança do bispo José Carlos Peres, contando com a assessoria metodista de Direitos Humanos dessa mesma região eclesiástica, foram lembrados e ouvidos os testemunhos(as) da época. Bispo José Carlos Peres pede perdão em nome da Terceira Região Eclesiástica da Igreja Metodista. Referências bibliográficas MESQUITA, Zuleica de Castro Coimbra. A Crise da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista em 1968 à luz do Pensamento de Edgard Morin p. Tese de Doutorado em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Metodista de Piracicaba. Piracicaba RODRIGUES, Rogério Pamponet. Cristianismo profético: esperança e utopia em Helder Camara, Henri Desroche e na JMJ do Papa Francisco no Brasil. In: Estudos de Religião, São Bernardo do Campo, vol. 27, n. 2, pp (jul.-dez. 2013). SILVA, João Parahyba Daronch da. Doutrina Social da Igreja Metodista do Brasil. São Paulo, SP: Imprensa Metodista, fevereiro de ROSA, Renato Torres Anacleto. Dom Helder Câmara e o marxismo: um diálogo possível. In: O Jesus histórico e sua recepção, Rio de Janeiro, vol. 6, n. 10, pp (2013). Revista Caminhando v. 19, n. 2, p , jul./dez

Resenha Book Review Reseña

Resenha Book Review Reseña Resenha Book Review Reseña Book review of The uncontrolling love of God: an open and relational account of providence (2015), by Thomas Jay Oord Resenha do livro O amor não controlador de Deus: uma proposta

Leia mais

Uma mulher metodista pregadora em 1775: capaz de mobilizar uma cidade inteira, mas esquecida

Uma mulher metodista pregadora em 1775: capaz de mobilizar uma cidade inteira, mas esquecida Uma mulher metodista pregadora em 1775: capaz de mobilizar uma cidade inteira, mas esquecida A woman Methodist preacher in 1775: capable of mobilizing an entire city, but forgotten Una predicadora metodista

Leia mais

Histórico Ministerial de Candidato/a ao Episcopado

Histórico Ministerial de Candidato/a ao Episcopado Conforme Cânones, Art. 128, parágrafo 5º, a Cogeam apresenta Formulário de Histórico Ministerial para preenchimento dos/as candidatos/as ao episcopado e bispos/a a serem submetidos a processo eleitoral

Leia mais

Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral. Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica

Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral. Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica julho de 2016 Teresópolis RJ Bispo Roberto: Bom dia Bispo Adonias

Leia mais

Registros. Records. Registros

Registros. Records. Registros Registros Records Registros Relação de autores e autoras Notes on contributors Relación de autores y autoras Dr. Claudio de Oliveira Ribeiro Pastor nomeado para a Igreja Metodista em Vila Floresta, Santo

Leia mais

IGREJA METODISTA Segunda Região Eclesiástica Calendário Regional de Atividades

IGREJA METODISTA Segunda Região Eclesiástica Calendário Regional de Atividades IGREJA METODISTA Segunda Região Eclesiástica Calendário Regional de Atividades - 2009 Janeiro 08 a 11 Reunião SD s em Gramado Bispo Presidente Sede Regional Fevereiro 14 e 15 Projeto Neemias (mutirão na

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Exame para ingresso na Ordem Presbiteral

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Exame para ingresso na Ordem Presbiteral EDITAL DE CONVOCAÇÃO Exame para ingresso na Ordem Presbiteral - 2016 O Colégio Episcopal convoca os/as candidatos/as à Ordem Presbiteral para realização de Exame para Ingresso na Ordem Presbiteral, para

Leia mais

Resenha Book Review Reseña

Resenha Book Review Reseña Resenha Book Review Reseña O papel da práxis da fé na teologia calvinista e na teologia wesleyana: um estudo comparativo de Don Thorsen [Resenha] The role of praxis of faith in Calvinist theology and

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS Tema: Deus se mostra as pessoas: o simbolismo nas religiões. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

Aulas Previstas Para Lecionação de Para Avaliação 1. 1º Período

Aulas Previstas Para Lecionação de Para Avaliação 1. 1º Período PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA 12º ANO DE ESCOLARIDADE 2016/2017 Períodos Escolares 1º Período Temas/Conteúdos programáticos CIÊNCIA E RELIGIÃO Qual é o domínio

Leia mais

A Declaração de Jerusalém

A Declaração de Jerusalém A Declaração de Jerusalém Introdução Preocupados em estabelecer fundamentos sobre os quais a igreja deve buscar a expansão do cristianismo, representantes anglicanos de todo o mundo firmaram princípios

Leia mais

ACTUALIDAD LITÚRGICA Boletín de La Comisón Episcopal para La Pastoral Litúrgica de México MEX.

ACTUALIDAD LITÚRGICA Boletín de La Comisón Episcopal para La Pastoral Litúrgica de México MEX. Relação de Permutas Journals exchange Intercambio de revistas ACTUALIDAD LITÚRGICA Boletín de La Comisón Episcopal para La Pastoral Litúrgica de México MEX. ANÁLISE E SÍNTESE Faculdade São Bento da Bahia

Leia mais

Manual com orientações relativas a Missa e e solenidade de Colação de Grau

Manual com orientações relativas a Missa e e solenidade de Colação de Grau Manual com orientações relativas a Missa e e solenidade de Colação de Grau 2016.1 Solenidade de Colação de Grau É o ato oficial, de caráter obrigatório, público e solene para os concluintes de cursos de

Leia mais

Evangelhos e atos. Observações

Evangelhos e atos. Observações NOVO TESTAMENTO Muitas vezes e de diversos modos outrora falou Deus aos nossos pais pelos profetas. Ultimamente nos falou por seu Filho (Hebreus 1,1-2) EVANGELHOS E ATOS Evangelhos e atos Os melhores recursos

Leia mais

IGREJA METODISTA QUINTA REGIÃO ECLESIÁSTICA AGENDA REGIONAL 2015

IGREJA METODISTA QUINTA REGIÃO ECLESIÁSTICA AGENDA REGIONAL 2015 (quando?) (Ministério/Grupo Societário/Secretaria Regional) (P.N.M.) 2015 F. S. M. Mulheres 2015 F. S. M. Mulheres 2015 F. S. M. Mulheres 2015 F. S. M. Mulheres Ênfase 03 (Discipulado) 2015 F. S. M. Mulheres

Leia mais

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa Pe. Henrique Soares da Costa No artigo passado vimos em que sentido o sacramento da Ordem confere um modo especial de participar do único sacerdócio de Cristo. Veremos, agora como é celebrado este sacramento,

Leia mais

1.a Edição. Diagramação, revisão e capa: Renato J. Oliveira.

1.a Edição. Diagramação, revisão e capa: Renato J. Oliveira. 1 1.a Edição 2016 Diagramação, revisão e capa: Renato J. Oliveira Proibida a reprodução por quaisquer meios (mecânicos, eletrônicos, xerográficos, etc.), exceto em citações breves com indicação da fonte.

Leia mais

Onde dois ou três estão juntos em meu nome, eu estou ali com eles (Mateus 18.20).

Onde dois ou três estão juntos em meu nome, eu estou ali com eles (Mateus 18.20). Culto é o encontro que congrega Deus e a comunidade. É o próprio Deus que vem ao encontro da comunidade e convida para participar. O culto não é uma obra humana, mas uma ação de Deus. Por isto, a comunidade

Leia mais

ACTUALIDAD LITÚRGICA Boletín de La Comisón Episcopal para La Pastoral Litúrgica de México MEX.

ACTUALIDAD LITÚRGICA Boletín de La Comisón Episcopal para La Pastoral Litúrgica de México MEX. Relação de Permutas Journals exchange Intercambio de revistas ACTUALIDAD LITÚRGICA Boletín de La Comisón Episcopal para La Pastoral Litúrgica de México MEX. ANÁLISE E SÍNTESE Faculdade São Bento da Bahia

Leia mais

ACTUALIDAD LITÚRGICA Boletín de La Comisón Episcopal para La Pastoral Litúrgica de México MEX.

ACTUALIDAD LITÚRGICA Boletín de La Comisón Episcopal para La Pastoral Litúrgica de México MEX. Relação de Permutas Journals exchange Intercambio de revistas ACTUALIDAD LITÚRGICA Boletín de La Comisón Episcopal para La Pastoral Litúrgica de México MEX. ANÁLISE E SÍNTESE Faculdade São Bento da Bahia

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO º SEMESTRE 106 dias letivos

CALENDÁRIO ACADÊMICO º SEMESTRE 106 dias letivos 1 1º SEMESTRE 106 dias letivos JANEIRO 01 Domingo Dia da Paz FERIADO 02 Segundafeira Fim do Recesso Institucional Reinício das Atividades Processo Seletivo Agendado 2017/2 (vagas remanescentes) 02 a 27

Leia mais

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA A Eucaristia é o sacramento que atualiza e faz a memória do sacrifício de Jesus: em cada Eucaristia temos a presença do Cristo que pela sua morte e ressurreição

Leia mais

ESCOLA CONFESSIONAL. Caracteriza-se por seguir a confissão religiosa de uma determinada ordem religiosa

ESCOLA CONFESSIONAL. Caracteriza-se por seguir a confissão religiosa de uma determinada ordem religiosa ESCOLA CONFESSIONAL Caracteriza-se por seguir a confissão religiosa de uma determinada ordem religiosa ou congregação. Uma escola confessional pode ser católica, presbiteriana, evangélica, etc. Por ser

Leia mais

Manual de Formatura. Manual de Formatura NOVA Faculdade

Manual de Formatura. Manual de Formatura NOVA Faculdade Manual de Formatura Direção Diretora Executiva Renata Carla Castro Diretor Geral Pablo Bittencourt Diretor Acadêmico Ricardo Medeiros Ferreira Este manual tem a finalidade de orientar os procedimentos

Leia mais

Usos, costumes e encantamentos: a cultura popular na obra de Ademar Vidal

Usos, costumes e encantamentos: a cultura popular na obra de Ademar Vidal UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS Usos, costumes e encantamentos: a cultura popular na obra de Ademar Vidal VOLUME II MARIA

Leia mais

RELAÇÃO DE AUTORES E AUTORAS. Notes on contributors. Relación de autores y autoras [1982]

RELAÇÃO DE AUTORES E AUTORAS. Notes on contributors. Relación de autores y autoras [1982] RELAÇÃO DE AUTORES E AUTORAS Notes on contributors Relación de autores y autoras [1982] AÇO, ISAC ALBERTO RODRIGUES Bacharel em Teologia pela Faculdade de Teologia da Igreja Metodista; Pós-Graduação em

Leia mais

Sé Primacial do Brasil Província Anglicana Sagrado Coração

Sé Primacial do Brasil Província Anglicana Sagrado Coração FICHA DE ADESÃO E INACARDINAÇÃO DE MEMBROS Inscrição para: MEMBRO VISITANTE MEMBRO EFETIVO MEMBRO CLERO Nós somos uma Igreja Católica Independente. Separada da Comunhão com o Vaticano e o Papa. Você está

Leia mais

Entrevista* Rui Josgrilberg fala dos bastidores do Plano para Vida e Missão*

Entrevista* Rui Josgrilberg fala dos bastidores do Plano para Vida e Missão* Entrevista* Rui Josgrilberg fala dos bastidores do Plano para Vida e Missão* O rev. Rui de Souza Josgrilberg atuou nos bastidores do Plano para Vida e Missão da Igreja Metodista. Ele acompanhou cada detalhe

Leia mais

Propriedades essenciais da Igreja: a unidade, a catolicidade, a santidade e a apostolicidade

Propriedades essenciais da Igreja: a unidade, a catolicidade, a santidade e a apostolicidade O Instituto de Educação a Distância, IEAD RCCBRASIL, oferece aos carismáticos a oportunidade de se aprofundarem na História da Igreja. O curso tem o objetivo de estudar os modelos eclesiológicos e missionários,

Leia mais

Estrutura do curso de Doutorado em Ministério por EaD

Estrutura do curso de Doutorado em Ministério por EaD Estrutura do curso de Doutorado em Ministério por EaD O Doutorado em Ministério (D.Min.) representa o mais alto nível profissional na prática ministerial. Sua filosofia de curso está fundamentada no aproveitamento

Leia mais

Diocese de Criciúma. Plano. Diocesano. de Pastoral

Diocese de Criciúma. Plano. Diocesano. de Pastoral Diocese de Criciúma Plano Diocesano de Pastoral 2012-2016 OBJETIVO GERAL Nós, povo de Deus da Diocese de Criciúma, animados pela Santíssima Trindade, queremos: Evangelizar vivendo em comunidade, como Igreja

Leia mais

13 e 14 Encontro dos Missionários Designados CDL Americano. 15 COREAM ( antiga e nova) Sede Regional Bispo 23 a 26 CALIJU Curitiba - PR

13 e 14 Encontro dos Missionários Designados CDL Americano. 15 COREAM ( antiga e nova) Sede Regional Bispo 23 a 26 CALIJU Curitiba - PR Tema Nacional e Regional: 2ª Região Eclesiástica Discípulas e Discípulos nos caminhos da Missão formam uma comunidade de fé, comunhão e serviço. DIA ATIVIDADES LOCAL RESPONSÁVEL 07 a 10 Retiro do MAE Caxias

Leia mais

Teologia Sistemática

Teologia Sistemática Teologia Sistemática Patriarcado de Lisboa Instituto Diocesano de Formação Cristã Escola de Leigos 1º Semestre 2014/2015 Docente: Juan Ambrosio Fernando Catarino Tema da sessão Lumen Gentium 1. Aspetos

Leia mais

Contato:

Contato: 1 2.a Edição 2016 Diagramação, revisão e capa: Renato J. Oliveira Proibida a reprodução por quaisquer meios (mecânicos, eletrônicos, xerográficos, etc.), exceto em citações breves com indicação da fonte.

Leia mais

Prefácio dos organizadores... Introdução...

Prefácio dos organizadores... Introdução... SUMÁRIO Prefácio dos organizadores... XI SEÇÃO IX HISTÓRIA DA IGREJA NO SÉCULO XIX Kurt Nowak e Hubert W olf Parte A História da Igreja evangélica a partir da Revolução Francesa até o final da Primeira

Leia mais

A DINÂMICA DA EVANGELIZAÇÃO NA ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE

A DINÂMICA DA EVANGELIZAÇÃO NA ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE A DINÂMICA DA EVANGELIZAÇÃO NA ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE INTRODUÇÃOODUÇÃO Só uma Igreja missionária e evangelizadora experimenta a fecundidade e a alegria de quem realmente realiza sua vocação. Assumir

Leia mais

Roteiros Mensais para Grupos

Roteiros Mensais para Grupos Roteiros Mensais para Grupos COMPLEMENTO 2º ROTEIRO - FEVEREIRO 2017 INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA Ajudar a aprofundar e rezar com a INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA de cada mês, para mobilizar os grupos e a vida

Leia mais

Teologia Sistemática

Teologia Sistemática Teologia Sistemática Patriarcado de Lisboa Instituto Diocesano de Formação Cristã Escola de Leigos 1º Semestre 2014/2015 Docente: Juan Ambrosio Fernando Catarino Tema da sessão A Igreja 1. Identidade e

Leia mais

JUSTIFICATIVA. OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e metodologicamente fundam Específicos:

JUSTIFICATIVA. OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e metodologicamente fundam Específicos: JUSTIFICATIVA A Bíblia é a fonte primeira da teologia cristã, de onde os mais diversos grupos do cristianismo retiram OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e

Leia mais

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto.

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto. Dia 20 de Setembro Dia de oração pela Paz Foi há precisamente 30 anos que o Papa João Paulo II se reuniu em Assis, Itália, com os Responsáveis das principais religiões do Mundo para rezar pela paz. Trinta

Leia mais

!" #$! %&% '( CAUSAS: ! "# $ % & ' $ (% & ) * + *, -$. / ++.) */ 0.) 0 0 0*

! #$! %&% '( CAUSAS: ! # $ % & ' $ (% & ) * + *, -$. / ++.) */ 0.) 0 0 0* º º !" #$! %&% '( CAUSAS:! "# $ % & ' $ (% & ) * + *, -$. / ++.) */ 0.) 0 0 0* -/ - !"#$%&'(#)*' $%+&,)* $-./0*1+2 23)4 15 $$ '6 & ) * + *, -$. / ++.) */ Séc. XIV e XV John Wyclif (Inglaterra) Jan Hus

Leia mais

IGREJA METODISTA QUINTA REGIÃO ECLESIÁSTICA AGENDA REGIONAL 2015

IGREJA METODISTA QUINTA REGIÃO ECLESIÁSTICA AGENDA REGIONAL 2015 (quando?) (Ministério/Grupo Societário/Secretaria Regional) (P.N.M.) 2015 F. S. M. Mulheres 2015 F. S. M. Mulheres 2015 F. S. M. Mulheres 2015 F. S. M. Mulheres Ênfase 03 (Discipulado) 2015 F. S. M. Mulheres

Leia mais

06:00 - Alvorada Festiva, anunciando o início da Novena e Festa do Senhor Bom Jesus

06:00 - Alvorada Festiva, anunciando o início da Novena e Festa do Senhor Bom Jesus FESTA DO SENHOR BOM JESUS DE IGUAPE / 2014 Bom Jesus, liberte-nos para a vida (Gl 5,1) DIA 27 DE JULHO DOMINGO 19:00 - Missa de Envio dos Voluntários DIA 28 DE JULHO SEGUNDA-FEIRA 1 DlA DA NOVENA 06:00

Leia mais

Bruno Capelari Bruno Castro João Jobim Larissa H. Leonardo Pedro Petter David Oliveira Fernando Miranda José Antonio Victor Vinícius

Bruno Capelari Bruno Castro João Jobim Larissa H. Leonardo Pedro Petter David Oliveira Fernando Miranda José Antonio Victor Vinícius Objetivo 5 INTEGRANTES Gabriella Maccare Joyce Larissa B. Letícia Marques Mariana Moreira Raphael Fernanda Gabriela Silva Giulia Pedro Hypolito Renan Gabriela Zalaf Julia Lívia Nicole Mariana Andrade TEMA

Leia mais

GRUPO I PORTUGAL: DA CONTESTAÇÃO DA MONARQUIA ÀS DIFICULDADES DA PRIMEIRA REPÚBLICA

GRUPO I PORTUGAL: DA CONTESTAÇÃO DA MONARQUIA ÀS DIFICULDADES DA PRIMEIRA REPÚBLICA EXAME HISTÓRIA B 1ª FASE 2013 página 1/6 GRUPO I PORTUGAL: DA CONTESTAÇÃO DA MONARQUIA ÀS DIFICULDADES DA PRIMEIRA REPÚBLICA Este grupo baseia-se na análise dos seguintes documentos: Doc. 1 Declarações

Leia mais

6 Referências bibliográficas

6 Referências bibliográficas 130 6 Referências bibliográficas Documentos do Magistério Documentos Pontifícios COMPÊNDIO VATICANO II. Constituições, decretos e declarações. 26ª ed. Petrópolis: Vozes, 1997. 743 pp. JOÃO PAULO II. Carta

Leia mais

Igreja Metodista Segunda Região Eclesiástica - RS PRAM - Plano Regional de Ação Missionária 2016

Igreja Metodista Segunda Região Eclesiástica - RS PRAM - Plano Regional de Ação Missionária 2016 ÊNFASES DO PLANO NACIONAL 1. Intensificar o zelo evangelizador; 2. Fortalecer o ministério pastoral; 3. Valorizar o ministério leigo; 4. Disseminar discipulado; 5. Zelar com a criação do Senhor: meio ambiente;

Leia mais

Repensando a práxis da missão da igreja à luz dos desafios do século 21

Repensando a práxis da missão da igreja à luz dos desafios do século 21 Resenhas Repensando a práxis da missão da igreja à luz dos desafios do século 21 Rethinking the practice of the Church s mission in the light of the challenges of the 21 st century Repensar la práctica

Leia mais

PRAM - Plano Regional Ação Missionária. Igreja Metodista Segunda Região Eclesiástica - RS

PRAM - Plano Regional Ação Missionária. Igreja Metodista Segunda Região Eclesiástica - RS PRAM - Plano Regional Ação Missionária Igreja Metodista Segunda Região Eclesiástica - RS 2014-2015 DEFINIÇÕES CONCILIARES ÊNFASES DO PLANO NACIONAL 1. Intensificar o zelo evangelizador; 2. Fortalecer o

Leia mais

Palavras de respeito, homenagem e regozijo pela eleição do Cardeal argentino JORGE MARIO BERGOGLIO como o novo PAPA FRANCISCO.

Palavras de respeito, homenagem e regozijo pela eleição do Cardeal argentino JORGE MARIO BERGOGLIO como o novo PAPA FRANCISCO. Discurso proferido pelo deputado federal Gonzaga Patriota PSB/PE na sessão da Câmara dos Deputados, em 13 de março de 2013. Palavras de respeito, homenagem e regozijo pela eleição do Cardeal argentino

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

6 Referências bibliográficas

6 Referências bibliográficas 6 Referências bibliográficas 6.1. Bibliografia do autor GESCHÉ, Adolphe. O mal. São Paulo: Paulinas, 2003. (Coleção Deus para pensar; 1). O ser humano. São Paulo: Paulinas, 2003. (Coleção Deus para pensar;

Leia mais

A Santa Sé HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. Igreja do "Gesù" 31 de Dezembro de 1982

A Santa Sé HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. Igreja do Gesù 31 de Dezembro de 1982 A Santa Sé TE DEUM DE AGRADECIMENTO NO ENCERRAMENTO DO ANO 1982 HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II Igreja do "Gesù" 31 de Dezembro de 1982 1. "Filhinhos, é a última hora" (1 Jo. 2, 18). Com estas palavras inicia

Leia mais

A História do Culto Cristão

A História do Culto Cristão A História do Culto Cristão Uma Breve análise da adoração cristã à luz do seu desenvolvimento litúrgico no decorrer dos séculos Rev. Mauro Renato Rio, 25 de Julho de 2008 Igreja Presbiteriana de Vila Califórnia

Leia mais

Diretório de Comunicação. Elaboração: Ir. Elide Fogolari

Diretório de Comunicação. Elaboração: Ir. Elide Fogolari Diretório de Comunicação Elaboração: Ir. Elide Fogolari Processo de construção do texto Como foi o processo de criação e aprovação do Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil? A partir da concepção

Leia mais

I. DA COLAÇÃO DE GRAU E COMISSÃO DE FORMATURA 1) O

I. DA COLAÇÃO DE GRAU E COMISSÃO DE FORMATURA 1) O COLAÇÃO DE GRAU O presente documento tem por objetivo orientar os acadêmicos quanto as normas e procedimentos relativos a Colação de Grau dos Cursos de Graduação do Instituto de Ensino Superior de Londrina

Leia mais

Pontifícias Obras Missionárias

Pontifícias Obras Missionárias Pontifícias Obras Missionárias www.pom.org.br Três Campanhas Campanha da Fraternidade (1963) Na Quaresma - coleta Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) Campanha Missionária (DMM - 1926) No mês de Outubro

Leia mais

RELAÇÕES COM ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS E COM A IGREJA

RELAÇÕES COM ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS E COM A IGREJA SOCIEDADE DE SÃO VICENTE DE PAULO CONSELHO GERAL INTERNACIONAL RELAÇÕES COM ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS E COM A IGREJA E COM A IGREJA 1 Nestes momentos fragmentados, ficamos muito felizes com as coisas

Leia mais

O CONHECIMENTO E SEUS NÍVEIS

O CONHECIMENTO E SEUS NÍVEIS O CONHECIMENTO E SEUS NÍVEIS 1. O CONHECIMENTO é uma relação que se estabelece entre o sujeito que conhece e o objeto conhecido. O sujeito que conhece se apropria, de certo modo, do objeto conhecido. Através

Leia mais

Educação teológica em proximidade com a igreja: surgimento, propósito e desafios do Instituto Educacional. Metodista Obispo Scilla Franco 5ª RE

Educação teológica em proximidade com a igreja: surgimento, propósito e desafios do Instituto Educacional. Metodista Obispo Scilla Franco 5ª RE Educação teológica em proximidade com a igreja: surgimento, propósito e desafios do Instituto Educacional Metodista Bispo Scilla Franco 5ª RE Theological education in proximity to church: the emergence,

Leia mais

Plano Bienal

Plano Bienal Plano Bienal 2016-2017 Quem somos "Deus manifesta-se numa revelação histórica, no tempo. O tempo inicia os processos, o espaço cristaliza-os. Deus encontra-se no tempo, nos processos em curso. Não é preciso

Leia mais

Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral. Palavra da Bispa Marisa de Freitas Bispa da REMNE

Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral. Palavra da Bispa Marisa de Freitas Bispa da REMNE Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral Palavra da Bispa Marisa de Freitas Bispa da REMNE julho de 2016 Teresópolis RJ Bispo Adonias: Vamos ouvir a Bispa Marisa. Reafirmar escola

Leia mais

FACULDADE UNIDA DE VITÓRIA

FACULDADE UNIDA DE VITÓRIA FACULDADE UNIDA DE VITÓRIA Grade e Corpo Docente Informações Sobre o Curso de Graduação em Teologia Bacharelado Presencial Conforme Disposto na Lei Nº. 13.168, de 06 de Outubro de 2015. I - ANO DE OFERTA

Leia mais

COLAÇÃO DE GRAU MARÇO DE 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA

COLAÇÃO DE GRAU MARÇO DE 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA COLAÇÃO DE GRAU MARÇO DE 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA # O QUE É COLAÇÃO E OUTORGA DE GRAU? É uma sessão acadêmica com dia, hora e local marcados pela Instituição, para conferir o grau aos concluintes

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU SERRA 2017 MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA Este manual de Colação de Grau tem por finalidade orientar e

Leia mais

FACULDADE UNIDA DE VITÓRIA

FACULDADE UNIDA DE VITÓRIA FACULDADE UNIDA DE VITÓRIA Grade e Corpo Docente Informações Sobre o Curso de Graduação em Teologia Bacharelado Presencial, conforme disposto na Lei Nº. 13.168, de 06 de Outubro de 2015. I - ANO DE OFERTA

Leia mais

Sumário detalhado 1. A Reforma: uma introdução O cristianismo no final da Idade Média O humanismo e a Reforma...54

Sumário detalhado 1. A Reforma: uma introdução O cristianismo no final da Idade Média O humanismo e a Reforma...54 Sumário Sumário detalhado...4 Prefácio à quarta edição... 11 Como usar este livro... 14 1. A Reforma: uma introdução... 17 2. O cristianismo no final da Idade Média... 41 3. O humanismo e a Reforma...

Leia mais

Vol. 3 nº 6 jul./dez. 2008. p. 87-99. Antonio Bosco de Lima

Vol. 3 nº 6 jul./dez. 2008. p. 87-99. Antonio Bosco de Lima Vol. 3 nº 6 jul./dez. 2008 p. 87-99 ESTADO, ESCOLA E FAMÍLIA... ESTADO, ESCOLA E FAMÍLIA... ESTADO, ESCOLA E FAMÍLIA... ESTADO, ESCOLA E FAMÍLIA... ESTADO, ESCOLA E FAMÍLIA... ESTADO, ESCOLA E FAMÍLIA...

Leia mais

No domingo, 8 de março, a

No domingo, 8 de março, a Igreja hoje [ Grupos de Reflexão favorecem o despertar da consciência... A Palavra de Deus é a alma da comunidade Encontrão dos Grupos de Reflexão na Diocese de Caratinga, MG DA REDAÇÃO No domingo, 8 de

Leia mais

Sumário. Prefácio, 13. Primeira parte - Fundamentação, 15

Sumário. Prefácio, 13. Primeira parte - Fundamentação, 15 Sumário Prefácio, 13 Primeira parte - Fundamentação, 15 I. A teologia fundamental como ciência teológica básica, 17 1 Teologia como "fala de Deus", 17 1.1 Tipos básicos de teologia, 17 a) A teologia como

Leia mais

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra);

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra); Uma nova paróquia Introdução DA: Conversão Pastoral Escolha de outro caminho; Transformar a estrutura paroquial retorno a raiz evangélica; Jesus: modelo (vida e prática); Metodologia: Nele, com Ele e a

Leia mais

Agenda Santidade como Estilo de vida. Uma igreja com saúde bíblica, vivendo em santidade, participando da ação de Deus na expansão do Seu Reino

Agenda Santidade como Estilo de vida. Uma igreja com saúde bíblica, vivendo em santidade, participando da ação de Deus na expansão do Seu Reino Agenda 2015 Santidade como Estilo de vida Rua General Vieira Rosa, 38 Santíssimo Rio de Janeiro/RJ Tel: (21) 3497-1738 e 7868-6206 Id. 55*12*5566 Uma igreja com saúde bíblica, vivendo em santidade, participando

Leia mais

Relato Histórico da Paróquia de Fátima

Relato Histórico da Paróquia de Fátima Relato Histórico da Paróquia de Fátima 10 de setembro de 1971 realizada a Assembléia Geral da Organização para Construção da Igreja Bom Jesus e Fátima, no Bairro de Fátima. A equipe era composta por: Antônio

Leia mais

Uma comunicação que alcance todas as periferias que precisam da luz do Evangelho (EG 20).

Uma comunicação que alcance todas as periferias que precisam da luz do Evangelho (EG 20). A comunicação de uma Igreja em Saída. Uma comunicação que alcance todas as periferias que precisam da luz do Evangelho (EG 20). Uma comunicação rápida, em todos os lugares, em todas as ocasiões, sem repugnâncias

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira S Vivendo Teologicamente S O que a teologia tem a ver com a vida diária? S A teologia geralmente é considerada como algo abstrato.

Leia mais

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES V Conferência Geral do Episcopado da América Latina e Caribe Aparecida, 13 a 31 de

Leia mais

A teologia da política. Dr. Rousas John Rushdoony

A teologia da política. Dr. Rousas John Rushdoony INTRODUÇÃO A teologia da política Dr. Rousas John Rushdoony Introdução Uma área de estudo muito negligenciada nos dois séculos passados ou mais é a teologia da política. O pensamento político tem se tornado

Leia mais

CONGRESSO INTERNACIONAL DE CATEQUESE

CONGRESSO INTERNACIONAL DE CATEQUESE CONGRESSO INTERNACIONAL DE CATEQUESE Roma, 26 de Setembro de 2013 Hoje teve início o Congresso Internacional de Catequese na cidade do Vaticano, com o tema: O Catequista, Testemunha da Fé, com a participação

Leia mais

PLANO DE ENSINO TEOLOGIA NÍVEL B

PLANO DE ENSINO TEOLOGIA NÍVEL B PLANO DE ENSINO TEOLOGIA NÍVEL B (ENSINO MÉDIO) 1. PRÉ-REQUISITOS - Primeiro Grau Completo ou Segundo Grau Incompleto. - É necessária indicação da pároco/ministro encarregado e autorização do bispo diocesano.

Leia mais

Coleção Liturgia e teologia

Coleção Liturgia e teologia A MISSA DE PAULO VI Coleção Liturgia e teologia Dimensão estética da liturgia (A): arte sagrada e espaços para celebração, Dionísio Borobio Festas cristãs (As): história, sentido e tradição, Edith Momméja

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

DISCIPLINA: TÓPICOS EM HISTÓRIA DO BRASIL:

DISCIPLINA: TÓPICOS EM HISTÓRIA DO BRASIL: Obtido em: http://www.fafich.ufmg.br/atendimento/ciclo-introdutorio-em-ciencias-humanas/programas-das-disciplinas-do-cich/programas-2017-1/%20-%20topicos%20em%20historia%20d CARGA HORÁRIA: 60 (sessenta)

Leia mais

DISCIPLINA: TÓPICOS EM HISTÓRIA DO BRASIL:

DISCIPLINA: TÓPICOS EM HISTÓRIA DO BRASIL: Obtido em: http://www.fafich.ufmg.br/atendimento/ciclo-introdutorio-em-ciencias-humanas/programas-das-disciplinas-do-cich/programas-2016-1/%20-%20topicos%20em%20historia%20d CARGA HORÁRIA: 60 (sessenta)

Leia mais

AGENDA PASTORAL 2017

AGENDA PASTORAL 2017 AGENDA PASTORAL 2017 DATA EVENTO LOCAL JANEIRO 04 a 06 Encontro para Seminaristas do Regional NE 2 COMISE Maceió / AL 12 a 15 IV Modulo da Escola Regionl de Catequese Lagoa Seca / PB 20 a 22 Concentração

Leia mais

O Sr. SILAS BRASILEIRO (PMDB-MG) Senhor Presidente, Deputado Áureo Lídio, Senhoras e Senhores Deputados, Autoridades

O Sr. SILAS BRASILEIRO (PMDB-MG) Senhor Presidente, Deputado Áureo Lídio, Senhoras e Senhores Deputados, Autoridades 1 O Sr. SILAS BRASILEIRO (PMDB-MG) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Deputado Áureo Lídio, Senhoras e Senhores Deputados, Autoridades convidadas, Caros Membros das Igrejas e Missões Evangélicas

Leia mais

ADMA FAMÍLIA Família no carisma de Dom Bosco

ADMA FAMÍLIA Família no carisma de Dom Bosco ADMA FAMÍLIA Família no carisma de Dom Bosco UM CAMINHO NA MEDIDA DE FAMÍLIA Um caminho na medida de família com particular atenção às famílias jovens, é esta a experiência que se vê no seio da Família

Leia mais

Formação teológica no curso semipresencial CTP: avanços e desafios

Formação teológica no curso semipresencial CTP: avanços e desafios Formação teológica no curso semipresencial CTP: avanços e desafios Theological formation in the CTP semi-presential course: progresses and challenges Formación teológica en el curso semipresencial CTP:

Leia mais

ALMEIDA, Jane Soares de. Mulher e educação: a paixão pelo possível. São Paulo: Editora UNESP, 1998.

ALMEIDA, Jane Soares de. Mulher e educação: a paixão pelo possível. São Paulo: Editora UNESP, 1998. 97 REFERÊNCIAS ALMEIDA, Jane Soares de. Mulher e educação: a paixão pelo possível. São Paulo: Editora UNESP, 1998.. Gênero e Educação: algumas possibilidades investigativas. In: Cenários. Revista do Grupo

Leia mais

METAS CURRICULARES DE EMRC 2º CICLO REFERÊNCIAS FUNDAMENTAIS NO CONTEXTO DO 2ºCICLO DO EB

METAS CURRICULARES DE EMRC 2º CICLO REFERÊNCIAS FUNDAMENTAIS NO CONTEXTO DO 2ºCICLO DO EB METAS CURRICULARES DE EMRC REFERÊNCIAS FUNDAMENTAIS NO CONTEXTO DO 2ºCICLO DO EB FÁTIMA, 26 DE JANEIRO DE 2014 2007 2014 O QUE MUDA? 2007 2014 5º ANO UL1: Viver juntos UL1: Viver juntos UL2: A água, fonte

Leia mais

Formandos de Ciências Econômicas

Formandos de Ciências Econômicas APRESENTAÇÃO A Coordenação de Atividades Comunitárias e Culturais da PUC-Rio (CACC) é responsável pela organização das Cerimônias de Formatura da Universidade (turmas da Graduação). A produção dos eventos

Leia mais

Formandos de Ciências Sociais

Formandos de Ciências Sociais APRESENTAÇÃO A Coordenação de Atividades Comunitárias e Culturais da PUC-Rio (CACC) é responsável pela organização das Cerimônias de Formatura da Universidade (turmas da Graduação). A produção dos eventos

Leia mais

Pedagogia de Jesus parte 2

Pedagogia de Jesus parte 2 Programa MAIS UM POUCO Formação para Escola Dominical Pedagogia de Jesus parte 2 Andreia Fernandes Oliveira Objetivo Pensar, a partir da pedagogia de Jesus, a prática pedagógica na Escola Dominical. A

Leia mais

A DIMENSÃO MISSIONÁRIA DA PRNM

A DIMENSÃO MISSIONÁRIA DA PRNM A DIMENSÃO MISSIONÁRIA DA PRNM A DM tem seu eixo na opção fundamental feita pela nossa IGREJA: EVANGELIZAR... com RENOVADO ARDOR MISSIONÁRIO FAZ-SE NECESSÁRIO FORMAÇÃO ESPECÍFICA E PERMANENTE: de todos

Leia mais

7 Referências Bibliográficas

7 Referências Bibliográficas 7 Referências Bibliográficas Obras citadas de Joseph Ratzinger: RATZINGER, J. A Europa na crise da cultura. In.:Communio.Vol. XXVIII, Nº 1: janeiro/março 2009, pp. 39-50.. A Igreja e a Nova Europa. Lisboa:

Leia mais

FUNDO REINALDO DOS SANTOS - Inventário Fotografias Pintura

FUNDO REINALDO DOS SANTOS - Inventário Fotografias Pintura FUNDO REINALDO DOS SANTOS - Inventário Fotografias Pintura Nº Inv. Caixa Foto Título Secção Série Caixa antiga Observações F-001315 CX- 07 S. João em Patmos E 013 Autor Desconhecido F-001316 CX- 07 S.

Leia mais

COLAÇÃO DE GRAU AGOSTO DE 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA

COLAÇÃO DE GRAU AGOSTO DE 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA COLAÇÃO DE GRAU AGOSTO DE 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA # O QUE É COLAÇÃO E OUTORGA DE GRAU? É uma sessão acadêmica com dia, hora e local marcados pela Instituição, para conferir o grau aos concluintes

Leia mais

FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO

FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO Como pode cair no enem A Reforma protestante e a Contrarreforma envolveram aspectos ligados à doutrina da religião cristã e à forma

Leia mais

SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU ORIENTAÇÃO DA SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU

SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU ORIENTAÇÃO DA SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU ORIENTAÇÃO DA SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU 1- A importância desse momento. Sabedores das dificuldades da tão sonhada conquista do indivíduo ter um curso de nível superior, dando-lhe oportunidades de possuir

Leia mais

O PERFIL DO PRESBÍTERO BRASILEIRO

O PERFIL DO PRESBÍTERO BRASILEIRO CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL 53ª Assembleia Geral da CNBB Aparecida, 15 a 24 de abril de 2015 08/53ª AG(Sub) O PERFIL DO PRESBÍTERO BRASILEIRO QUESTIONÁRIO SOBRE O PERFIL DO PRESBÍTERO BRASILEIRO

Leia mais

MISSIOLOGIA. Missão e juventude

MISSIOLOGIA. Missão e juventude MISSIOLOGIA Cesar Leandro Ribeiro O cristianismo é uma religião marcada por uma série de aspectos próprios e indispensáveis para sua existência, sendo um deles justamente a missão, condição que se fez

Leia mais