BIOLOGIA 1 o ANO DO ENSINO MÉDIO Capítulo 17 p. 315

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BIOLOGIA 1 o ANO DO ENSINO MÉDIO Capítulo 17 p. 315"

Transcrição

1 BIOLOGIA 1 o ANO DO ENSINO MÉDIO Capítulo 17 p. 315 Questões de vestibular QUESTÕES OBJETIVAS 1. (UFPR) Na(s) questão(ões) a seguir, escreva no espaço apropriado a soma dos itens corretos. A complexidade da organização dos grupos animais pode ser relacionada a algumas características anatômicas e embriológicas, tais como: a) simetria bilateral; b) presença de três folhetos embrionários (ectoderme, mesoderme e endoderme) que caracterizam os animais triploblásticos; c) presença de celoma. Entre os filos abaixo relacionados, quais os que reúnem as três características citadas? (01) Porifera (esponjas). (02) Arthropoda (insetos, aracnídeos, crustáceos, etc.). (04) Annelida (minhocas, sanguessugas, etc.). (08) Chordata (aves, répteis, etc.). (16) Protozoa (amebas, paramécios, etc.). (32) Coelenterata (medusas, corais, etc.). Soma ( ). 2. (PUC-MG) A seguir, observamos o corte transversal de uma planária. A região apontada pela seta representa: a) Celoma. b) Pseudoceloma. c) Cavidade digestiva. d) Endoderme. e) Mesênquima. 3. (Uflavras) São exemplos de animais acelomados: a) tênias, caramujos, lesmas. b) minhocas, insetos, lesmas. c) tênias, fascíolas, caramujos. d) planárias, lesmas, caramujos. e) tênias, fascíolas, planárias. 4. (UFU) No quadro a seguir, estão citadas algumas características embrionárias presentes em diferentes filos do reino animalia, indicados pelas letras de A a F. Filo nº de folhetos germinativos Presença de cavidade corporal Celoma Metameria A Diblástico B Triblástico Acelomado C Triblástico Celomado Esquizocélico Não segmentado D Triblástico Celomado Esquizocélico Segmentado E Triblástico Celomado Enterocélico Não segmentado F Triblástico Celomado Enterocélico Segmentado Assinale a alternativa que indica corretamente os nomes dos filos. a) A - Cnidaria ; B - Platyhelminthes ; C - Mollusca ; D - Annelida ; E - Echinodermata ; F - Chordata. b) A - Platyelmintes ; B - Nematoda ; C - Mollusca ; D - Arthropoda ; E - Echinodermata ; F - Chordata. c) A - Cnidaria ; B - Nematoda ; C - Mollusca ; D - Arthropoda ; E - Echinodermata ; F - Chordata. d) A - Platyelmintes ; B - Nematoda ; C - Arthropoda ; D - Annelida ; E - Chordata ; E - Echinodermata. 5. (UFPI) Assinale a alternativa que mostra o filo, cujos representantes são os animais menos complexos. a) Artrópodes. b) Cnidários. c) Anelídeos. d) Poríferos. e) Nematódeos. 6. (Ufpel) As esponjas constituem o filo porifera do reino animal, sendo indivíduos de organização corporal simples, considerados um ramo primitivo na evolução dos metazoários. Os poríferos são usados pelos pintores para obter certos efeitos especiais na técnica de aquarela; antigamente, eram usados também como esponjas de banho. Quanto às esponjas, é correto afirmar que a) não possuem tecidos verdadeiros e apresentam apenas espículas silicosas. b) possuem tecidos verdadeiros e podem apresentar espículas calcárias ou silicosas. c) não possuem tecidos verdadeiros e podem apresentar espículas calcárias ou silicosas. d) não possuem tecidos verdadeiros e apresentam apenas espículas calcárias. e) possuem tecidos verdadeiros e apresentam apenas espículas silicosas. 7. (PUC-MG) uma esponja-viva é um animal multicelular com pequena diferenciação celular. Suas células podem ser mecanicamente desagregadas passando-se a esponja numa peneira. Se a suspensão celular é agitada por umas poucas horas, as células se reagregam para formar uma nova esponja. É o processo de adesão celular. Sobre esse assunto, é INCORRETO afirmar: a) A agregação celular depende do reconhecimento que se estabelece entre as células e deve ser espécie-específica. b) A simplicidade celular das esponjas se deve ao fato de elas não apresentarem reprodução sexuada. c) Se duas diferentes espécies de esponjas são desagregadas juntas, as células de cada espécie se reagregam isoladamente. d) O alto grau de regeneração celular observado nas esponjas se deve ao pequeno grau de diferenciação celular do animal. 1

2 8. (UFRS) Leia a tira a seguir, que ilustra os dilemas alimentares na vida de uma esponja. 11. (UECE) As estruturas anatômicas cnidoblastos e coanócitos são encontradas, respectivamente, nos: a) espongiários e equinodermas. b) celenterados e espongiários. c) platelmintos e celenterados. d) crustáceos e celenterados. 12. (Fatec) Diagnose de um grupo animal: Animal com forma de pólipo ou medusa, diblástico, isto é, com ectoderme e endoderme e epiderme com células urticantes, os cnidoblastos. Após a análise da diagnose, assinale a alternativa que contém o grupo animal que diz respeito a ela. a) Porífero. b) Platelminto. c) Celenterado. d) Asquelminto. e) Molusco. Adaptado de: Zero Hora. Porto Alegre, O desejo da esponja, expresso no último quadro, não pode se realizar. Na evolução dos metazoários, a aquisição fundamental que possibilitou a digestão de macromoléculas, a qual não está presente na esponja, é a) a digestão intracelular. b) o celoma. c) o blastóporo. d) a diferenciação celular. e) a cavidade digestiva. 9. (UFSM) Nos poríferos, o mesênquima é uma massa gelatinosa, onde estão imersos elementos de sustentação, e os são células de formato irregular que se movimentam por pseudópodos. Dentre outras funções, essas células participam na formação do esqueleto através dos(das) e na distribuição dos nutrientes obtidos na digestão executada pelos. Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas. a) coanócitos - espículas - pinacócitos. b) amebócitos - pinacócitos - coanócitos. c) amebócitos - espículas - coanócitos. d) pinacócitos - amebócitos - porócitos. e) porócitos - pinacócitos - amebócitos. 10. (UFPI) Assinale a alternativa que menciona, corretamente, o que pode significar, sob o ponto de vista evolutivo, o fato de animais com características primitivas, como as esponjas, terem sido um dos primeiros a se formar e serem abundantes até hoje. a) Sua estratégia evolutiva não foi bem sucedida. b) A seleção natural não atuou sobre as esponjas. c) As esponjas mostraram adaptação às pressões ambientais. d) Não foram expostos a nenhum tipo de pressão ambiental. e) Não apresentaram muita variabilidade genética. 13. (PUC-PR) Em relação ao Phylum cnidária, foram feitas as seguintes proposições: I. Os cnidários são aquáticos, diblásticos e com simetria radial, sendo encontrados em duas formas: pólipos II. (fixos) e medusa (livres). A digestão nos cnidários é extra e intracelular e não há aparelho respiratório, circulatório ou excretor e o sistema nervoso é difuso. III. Nos cnidários, a reprodução sexuada ocorre por brotamento ou estrobilização. IV. Os corais e a anêmona-do-mar são exemplos da classe dos cifozoários. Assinale a alternativa correta: a) Todas estão INCORRETAS. b) Apenas III e IV estão corretas. c) Apenas I está correta. d) Todas estão corretas. e) Apenas I e II estão corretas. 14. (UEL) A figura a seguir mostra o ciclo de vida da hidra. A análise da figura leva às seguintes considerações: I. A hidra reproduz-se tanto sexuada como assexuadamente. II. As larvas ciliadas têm vida livre. III. No ciclo de vida da hidra só existe a fase de pólipo. 2

3 Dessas considerações, APENAS a) I é correta. b) III é correta. c) I e II são corretas. d) I e III são corretas. e) II e III são corretas. 15. (UERJ) A visão de uma medusa, um delicado domo transparente de cristal pulsando, sugeriu-me de forma irresistível que a vida é água organizada. (Cousteau, Jacques. Vida Simples. Outubro de 2003.) A analogia proposta refere-se à grande proporção de água no corpo das medusas. No entanto, uma característica importante do filo ao qual pertencem é a presença de cnidócitos, células que produzem substâncias urticantes. Dois animais que pertencem ao mesmo filo das medusas estão indicados em: a) hidra - craca. b) hidra - esponja. c) anêmona-do-mar - coral. d) anêmona-do-mar - esponja. 16. (UFC) Recifes são ambientes resistentes à ação de ondas e correntes marinhas, estando entre os ecossistemas mais produtivos. Podem ter origem biogênica ou não. Recifes biogênicos são formados por organismos marinhos (animais e vegetais) providos de esqueleto calcáreo. (Ciência Hoje. São Paulo: p. 19, jan-fev 200?.) O filo animal mais representativo na formação de recifes e sua respectiva classe é: a) Arthropoda - crustacea. b) Mollusca - gastropoda. c) Cnidaria - anthozoa. d) Mollusca - cephalopoda. e) Cnidaria - scyphozoa. 17. (UFAL) A figura abaixo mostra o ciclo de vida de um cnidário. Resultam de processo assexuado APENAS a) I, II e III. b) I, II e IV. c) I, III e IV. d) II, III e IV. e) III, IV e V. 18. (PUC-SP) Uma colônia de pólipos forma, por brotamento, pequenas medusas. Estas liberam gametas no ambiente, onde ocorre a fecundação. Do zigoto, surge uma larva ciliada, que dá origem a uma nova colônia de pólipos. A descrição anterior refere-se a um a) cnidário, que apresenta alternância de gerações. b) cnidário, que apresenta exclusivamente reprodução sexuada. c) espongiário, que apresenta exclusivamente reprodução sexuada. d) espongiário, que apresenta alternância de gerações. e) platelminte, que apresenta reprodução sexuada e assexuada, sem alternância de gerações. 19. (UFU) Nesse filo, os animais apresentam simetria bilateral, são não segmentados, protostômios, triblásticos, acelomados. Eles apresentam órgãos com funções especializadas e células excretoras organizadas num sistema excretor. É o primeiro grupo na escala evolutiva a apresentar um sistema excretor e uma cefalização. Assinale a alternativa que apresenta o nome do táxon acima mencionado. a) Celenterados. b) Nematelmintos. c) Platelmintos. d) Anelídeos. 20. (Fatec) As planárias são vermes acelomados, pequenos e achatados dorso-ventralmente; apresentam um tubo digestório com inúmeras ramificações. O tamanho e a forma das planárias estão diretamente relacionados a) à capacidade regenerativa de seu mesênquima. b) ao sistema nervoso ganglionar ventral. c) à presença de células flama. d) aos ocelos acima dos gânglios cerebroides. e) à ausência de um sistema circulatório. 21. (Mackenzie) A respeito dos platelmintos é INCORRETO afirmar que: a) há representantes que possuem tanto reprodução assexuada como sexuada. b) há representantes tanto de vida livre como parasitas. c) são todos triblásticos acelomados. d) possuem sistema respiratório e circulatório. e) há representantes hermafroditas e de sexos separados. 22. (Fuvest) Boca e sistema digestivo ausentes, cabeça com quatro ventosas musculares e um círculo de ganchos, cutícula permeável a água e nutrientes e que protege contra os sucos digestivos do hospedeiro, sistema reprodutor completo e ovos com alta tolerância a variações de ph. O texto descreve adaptações das a) lombrigas ao endoparasitismo. b) tênias ao endoparasitismo. c) lombrigas ao ectoparasitismo. d) tênias ao ectoparasitismo. e) tênias ao comensalismo. 3

4 23. (UFES) O ciclo de vida ilustrado acima pertence ao a) filo platelminthes, classe trematoda, gênero e espécie Schistosoma mansoni. b) filo annelida, classe oligochaeta, gênero e espécie Lumbricus terrestris. c) filo platelminthes, classe cestoda, gênero e espécie Taenia solium. d) filo annelida, classe hirudinae, gênero e espécie Hirudo medicinalis. e) filo nemathelminthes, classe phasmida, gênero e espécie Ancylostoma duodenale. 24. (UFES) No ciclo de vida do animal ilustrado acima, os humanos podem assumir o papel de hospedeiro intermediário. Essa situação pode ocorrer, se o homem a) ingerir carne mal cozida. b) nadar em águas contaminadas pelo verme adulto. c) ingerir os ovos embrionados do verme. d) andar descalço e a larva penetrar ativamente pela sua pele. e) beber água contaminada pela larva do animal. e) Inspecionar a carne em busca de ovos de Fasciola hepatica. 27. (Fuvest) Uma criança foi internada em um hospital com convulsões e problemas neurológicos. Após vários exames, foi diagnosticada cisticercose cerebral. A mãe da criança iniciou, então, um processo contra o açougue do qual comprava carne todos os dias, alegando que este lhe forneceu carne contaminada com o verme causador da cisticercose. A acusação contra o açougue a) não tem fundamento, pois a cisticercose é transmitida pela ingestão de ovos de tênia eliminados nas fezes dos hospedeiros. b) não tem fundamento, pois a cisticercose não é transmitida pelo consumo de carne, mas, sim, pela picada de mosquitos vetores. c) não tem fundamento, pois a cisticercose é contraída quando a criança nada em lagoas onde vivem caramujos hospedeiros do verme. d) tem fundamento, pois a cisticercose é transmitida pelo consumo de carne contaminada por larvas encistadas, os cisticercos. e) tem fundamento, pois a cisticercose é transmitida pelo consumo dos ovos da tênia, os cisticercos, que ficam alojados na carne do animal hospedeiro. 28. (Enem) Cândido Portinari ( ), um dos mais importantes artistas brasileiros do século XX, tratou de diferentes aspectos da nossa realidade em seus quadros. 25. (PUC-RJ) No ciclo de Taenia solium, os hospedeiros definitivo e intermediário são, respectivamente: a) homem - porco. b) boi - homem. c) porco - homem. d) homem - boi. e) homem - frango. 26. (UFV) A comercialização de carne clandestina tem contribuído para o aumento de parasitoses que acometem o ser humano. Destacam-se entre essas doenças as que são causadas por cestódeos, que poderiam ser evitadas caso medidas preventivas fossem observadas. Entre as diversas medidas que devem ser tomadas, assinale a alternativa CORRETA que apresenta uma medida preventiva, específica para parasitas dessa classe do filo platyhelminthes: a) Examinar visualmente se a carne a ser consumida contém cisticercos. b) Evitar que o boi ou o porco beba água contaminada com miracídios. c) Não comprar carne clandestina, que pode conter larvas de ancilóstoma. d) Verificar se a carne suína ou bovina contém cistos de cercária grávidos. Sobre a temática dos Retirantes, Portinari também escreveu o seguinte poema: [...] Os retirantes vêm vindo com trouxas e embrulhos Vêm das terras secas e escuras; pedregulhos Doloridos como fagulhas de carvão aceso Corpos disformes, uns panos sujos, Rasgados e sem cor, dependurados Homens de enorme ventre bojudo Mulheres com trouxas caídas para o lado Pançudas, carregando ao colo um garoto 4

5 Choramingando, remelento [...] (Portinari, Cândido. Poemas. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1964.) No texto de Portinari, algumas das pessoas descritas provavelmente estão infectadas com o verme Schistosoma mansoni. Os homens de enorme ventre bojudo corresponderiam aos doentes da chamada barriga d água. O ciclo de vida do Schistosoma mansoni e as condições socioambientais de um local são fatores determinantes para maior ou menor incidência dessa doença. O aumento da incidência da esquistossomose deve-se à presença de a) roedores, ao alto índice pluvial e à inexistência de programas de vacinação. b) insetos hospedeiros e indivíduos infectados, à inexistência de programas de vacinação. c) indivíduos infectados e de hospedeiros intermediários e à ausência de saneamento básico. d) mosquitos, à inexistência de programas de vacinação e à ausência de controle de águas paradas. e) gatos e de alimentos contaminados, e à ausência de precauções higiênicas. 29. (PUC-MG) O Schistosoma mansoni provoca no homem a esquistossomose ou barriga d água (ascite), muito comum no Brasil. Esse trematódeo parasita as veias do intestino, afetando também o fígado e vias urinárias. É CORRETO afirmar sobre a esquistossomose: a) O exame de fezes pode indicar a presença do parasita nos seres humanos. b) O vetor da doença na transmissão humana é um invertebrado. c) O cuidado com a alimentação, especialmente com verduras, evita o risco de contaminação. d) A transfusão sanguínea favorece a dispersão da doença em grande escala. 30. (PUC-RS) Uma medida eficaz no combate à esquistossomose é a) destruir os caramujos que são os hospedeiros intermediários. b) evitar o consumo de carne suína que não seja bem cozida. c) construir moradias de alvenaria sem fendas nas paredes. d) aterrar locais de água paradas onde vivem as larvas do mosquito. e) evitar o consumo de carne ovina de procedência desconhecida. 31. (UEL) Nematódeos são animais vermiformes de vida livre ou parasitária, encontrados em plantas e animais, inclusive no homem. Sobre as características presentes em nematódeos, considere as afirmativas a seguir. I. Corpo não segmentado coberto por cutícula. II. Trato digestório completo. III. Órgãos especializados para circulação. IV. Pseudoceloma. Estão corretas apenas as afirmativas: a) I e III. b) I e IV. c) II e III. d) I, II e IV. e) II, III e IV. 32. (Mackenzie) Assinale a alternativa que apresenta parasitoses humanas causadas unicamente por vermes nematelmintos. a) Ascaridíase, ancilostomose e teníase. b) Ascaridíase, filaríase e esquistossomose. c) Ancilostomose, filaríase e oxiurose. d) Ancilostomose, teníase e oxiurose. e) Filaríase, oxiurose e esquistossomose. 33. (PUC-Campinas) Monteiro Lobato criou o Jeca Tatu, um personagem típico da zona rural, que era magro, pálido, andava descalço e mal vestido, além de ter o intestino cheio de vermes. Os vermes intestinais responsáveis pelo estado do Jeca e o que as pessoas devem fazer para não adquiri-los são, respectivamente, a) ancilóstomos e andar calçado. b) ancilóstomos e vestir-se bem. c) lombrigas e andar calçado. d) lombrigas e lavar bem as verduras. e) tênias e comer carne bem passada. 34. (PUC-Campinas) O sangue, que é constituído por plasma e algumas células especializadas, circula pelo coração, artérias, vasos e capilares transportando gases, nutrientes, etc. Um adulto de peso médio tem cerca de cinco litros de sangue em circulação. O amarelão é uma verminose que pode ser causada por Ancylostoma duodenale ou por Necator americanus. A pessoa infectada torna-se fraca e desanimada, com uma palidez típica. O hemograma revela quantidades de hemácias abaixo do normal, devido a) à destruição de hemácias circulantes pelas enzimas dos vermes. b) às lesões na parede intestinal que provocam hemorragias. c) ao excesso de produção de glóbulos brancos. d) às lesões que os vermes causam no fígado e no baço. e) ao bloqueio da produção de hemácias pelo sistema imunológico. 35. (UFPE) A Organização Mundial de Saúde anunciou, em janeiro de 1998, o início de um programa para eliminar, dentro de 20 anos, a filariose linfática. Em relação a essa parasitose, analise as proposições abaixo. ( ) Os vermes adultos circulam na corrente sanguínea periférica de onde são capturados pelo mosquito. ( ) Sua transmissão ocorre através do mosquito Aedes aegypti. ( ) O emprego de medicamentos filaricidas, com baixa toxicidade, durante 4 a 5 anos, pode eliminar a doença. ( ) No Brasil a espécie Wuchereria bancrofti causa a elefantíase. ( ) Trata-se de uma endemia de ocorrência mundial. 5

6 QUESTÕES DISSERTATIVAS 1. (Unesp) Divulgou-se recentemente (Revista Pesquisa Fapesp n. 100, junho de 2004) a identificação de uma nova classe dos cnidaria, chamada de staurozoa. A característica marcante das medusas adultas de uma das duas ordens dessa nova classe é que elas vivem agarradas a rochas ou algas através de uma estrutura chamada pedúnculo. Antes da proposição de um sistema de classificação biológica por Lineu, em 1758, alguns naturalistas consideravam os cnidários como plantas. A natureza animal desses organismos somente foi reconhecida no século XIX, quando alguns naturalistas os classificaram juntamente com as esponjas. a) Essa mudança proposta recentemente de uma nova classe para os cnidários altera ou fere de alguma forma os critérios gerais de classificação biológica propostos por Lineu em 1758? Justifique sua resposta. b) Considerando que a classificação biológica tem levado em conta as características dos organismos, por que foi sugerida uma nova classe e não um novo filo de animais no presente caso? 2. (UEG) Com base em alguns conceitos básicos de anatomia e embriologia, é possível a separação dos animais em diferentes grupos. Preencha o quadro a seguir indicando a classificação dos grupos animais de acordo com a característica solicitada. Grupo animal Cnidários Platelmintos Anelídeos Simetria Nº de folhetos embrionários Presença ou ausência de celoma 3. (Unicamp) Alguns hidrozoários coloniais, como a Obelia sp., ocorrem na natureza sob a forma de pólipos e medusas. a) Como uma colônia desses hidrozoários se origina? E como essa colônia dá origem a novas colônias? b) Que estrutura comum aos pólipos e medusas é encontrada somente nesse filo? Qual a sua função? 4. (Ufscar) O gráfico refere-se à prevalência do Schistosoma mansoni em três regiões distintas, I, II e III, do Brasil. No período de 1890 a 1900, ocorreu um intenso fluxo migratório humano da região I para as regiões II e III. Responda. a) A que filo pertence o Schistosoma mansoni e que doença o mesmo causa ao homem? b) Como você explica a diferença de prevalência de Schistosoma mansoni entre as regiões II e III, no ano de 2000, sabendo que, na região II, predominam lagos e lagoas e, na região III, predominam rios? 5. (UFC) O verme Taenia solium (a solitária do porco) pode, em certos casos, atingir o cérebro humano, causando cisticercose cerebral, cujos sintomas são semelhantes aos da epilepsia. Sobre esse endoparasita monoico, responda: a) Como é classificado esse verme no nível de filo e classe? b) Como é o ciclo de vida desse animal? 6. (UFES) Jeca Tatu, personagem de Monteiro Lobato, era um matuto que vivia descalço, magro, cansado, desanimado e com pele amarelada de tanto verme que tinha. Mas, segundo o autor, o Jeca não era daquele jeito, apenas estava assim. Esse personagem foi criado para criticar a falta de atenção do poder público para com o homem do campo, que em grande parte era acometido de verminose muito comum nos trópicos. Pode-se inferir o tipo de verminose com base na aparência física, na falta de ânimo e nos pés descalços do personagem. a) Identifique a verminose que acometia o Jeca Tatu e o verme causador da mesma. Com base nas características do personagem Jeca Tatu, descritas no texto e relacionadas à verminose, explique por que chegou a essa conclusão. b) Enumere duas medidas profiláticas que poderiam ser implantadas para diminuir ou resolver a incidência dessa verminose. 7. (UFES) A ascaridíase, doença causada pelo Ascaris lumbricoides, atinge cerca de 60% da população brasileira. Essa doença, de endemia rural, como era entendida outrora, passa cada vez mais a ser um problema urbano. a) Identifique o sexo dos animais da figura e dê suas características morfológicas diferenciais. b) Uma professora relatou que um aluno, ao tossir, expeliu com a expectoração algumas larvas de lombriga. Descreva o caminho percorrido por esses parasitas, desde a sua entrada no organismo humano até o momento em que o fato ocorreu. c) É característico dos vermes parasitas produzirem grandes quantidades de ovos. Uma fêmea de Ascaris produz cerca de 200 mil ovos por dia, que são eliminados juntamente com as fezes do hospedeiro. Descreva dois fatores que justifiquem a necessidade de os Ascaris eliminarem esse elevado número de ovos no meio externo, relacionando esses fatores ao ciclo de vida dos parasitas. 6

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 56 REINO ANIMAL

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 56 REINO ANIMAL BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 56 REINO ANIMAL Cordados 54 mil Artrópodes 1 milhão Anelidios 9 mil Outros filos 7 mil Equinodermos 6 mil Esponjas 4 Platelmintos mil 110 mil cnidiários 11 mil Moluscos 110 mil

Leia mais

Planária, esquistossomo, solitária etc. Corpo achatado dorsoventralmente Vida livre ou parasitas. Surge o sistema excretor.

Planária, esquistossomo, solitária etc. Corpo achatado dorsoventralmente Vida livre ou parasitas. Surge o sistema excretor. Planária, esquistossomo, solitária etc. Corpo achatado dorsoventralmente Vida livre ou parasitas. Surge o sistema excretor. Sistemas: Digestório Incompleto Respiratório Difusão Nervoso Ganglionar Circulatório

Leia mais

CARACTERÍSTICAS EMBRIONÁRIAS. Simetria bilateral Triblásticos Protostômios Acelomados Ametaméricos

CARACTERÍSTICAS EMBRIONÁRIAS. Simetria bilateral Triblásticos Protostômios Acelomados Ametaméricos FILO PLATELMINTOS Reúne animais com corpo alongado e achatado dorsoventralmente. Inclui animais de vida livre (planárias) encontrados no mar, em água doce e ambientes terrestres úmidos, além de formas

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 57 PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 57 PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 57 PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS ixação F ) (UFF) Os platelmintos pertencem ao primeiro grupo de animais a possuir um sistema excre-or. Este é bastante primitivo, formado

Leia mais

Reino Animalia. Desenvolvimento Embrionário

Reino Animalia. Desenvolvimento Embrionário Reino Animalia Características Gerais Seres eucariontes (seres vivos que possuem o núcleo de suas células delimitado por uma membrana, a carioteca); Maioria desses seres possui capacidade de locomoção

Leia mais

Platelmintos. platys = achatado + helmintos = vermes. Vermes achatados dorso-ventralmente. Exemplos:

Platelmintos. platys = achatado + helmintos = vermes. Vermes achatados dorso-ventralmente. Exemplos: PLATELMINTOS Platelmintos platys = achatado + helmintos = vermes. Vermes achatados dorso-ventralmente. Exemplos: - Schistosoma mansoni - Dugesia tigrina (planária) - Taenia sollium - Taenia saginata Platelmintos

Leia mais

2º Ano EM DATA: /12/2016 Professor: Pepe Aluno(a):

2º Ano EM DATA: /12/2016 Professor: Pepe Aluno(a): 2º Ano EM DATA: /12/2016 Professor: Pepe Aluno(a): 01. (Fuvest-SP) Boca e sistema digestivo ausentes, cabeça com quatro ventosas musculares e um círculo de ganchos, cutícula permeável a água e nutrientes

Leia mais

PORÍFEROS. Pseudocelomado Tubo dentro de um tubo. O pseudoceloma EMBRIOLOGIA. de um lado e endoderme de outro.

PORÍFEROS. Pseudocelomado Tubo dentro de um tubo. O pseudoceloma EMBRIOLOGIA. de um lado e endoderme de outro. EMBRIOLOGIA Pseudocelomado Tubo dentro de um tubo. O pseudoceloma tem mesoderme de um lado e endoderme de outro. Celomado Tubo dentro de um tubo. O celoma é envolvido pela mesoderme por todos os lados

Leia mais

TENÍASE Homem: Boi ou porco: Contaminação: Sintomas: Tratamento: Profilaxia:

TENÍASE Homem: Boi ou porco: Contaminação: Sintomas: Tratamento: Profilaxia: TENÍASE Homem: hospedeiro definitivo. Boi ou porco: hospedeiro intermediário. Contaminação: ingestão de carne mal passada contaminada com cisticercos; autoinfecção. Sintomas: distúrbios intestinais, dores

Leia mais

4º FILO - NEMATELMINTOS

4º FILO - NEMATELMINTOS 4º FILO - NEMATELMINTOS Nematelmintos (Asquelmintos) nematos = fio + helmintos = vermes Vermes cilíndricos e alongados Nematelmintos (Asquelmintos) Exemplos: Ascaris lumbricoides Necator americanus Ancilostomo

Leia mais

Colégio Ressurreição Vita et Pax

Colégio Ressurreição Vita et Pax Colégio Ressurreição Vita et Pax Disciplina: Ciências Professor(a) Dulcinete Nome: Nº. Atividade: Ano: Turma: Data: / / Nota: Todas as questões retiradas de vestibulares foram devidamente adaptadas ao

Leia mais

Platelmintos: Existem três classes distintas: os turbelários, trematódios e cestódios.

Platelmintos: Existem três classes distintas: os turbelários, trematódios e cestódios. Platelmintos: Vermes Achatados Apresentam simetria bilateral; Acelomados Tubo digestivo incompleto; Ocorre o processo de cefalização (acúmulo de órgãos sensoriais na direção do movimento). Existem três

Leia mais

Filo dos Poríferos ou Espongiários

Filo dos Poríferos ou Espongiários Filo dos Poríferos ou Espongiários Animais primitivos com poros pelo corpo (esponjas aquáticas). Habitat aquático (marinho e dulcícola). Parazoários: ausência de tecidos verdadeiros. Sésseis (fixos ao

Leia mais

Características gerais

Características gerais Características gerais Já foram denominados Aschelminthes. São vermes de corpo cilíndrico e com pontas afinadas. Podem ser aquáticos, terrestres ou parasitas. Possuem tubo digestivo completo. São triblásticos

Leia mais

04) O filo porífera é representado pelas esponjas. Na figura, as letras A, B e C referem-se aos aspectos reprodutivos destes animais.

04) O filo porífera é representado pelas esponjas. Na figura, as letras A, B e C referem-se aos aspectos reprodutivos destes animais. Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 3º Disciplina: Ciências da Natureza/ Biologia Data da prova: 01) A digestão dos Poríferos (esponjas) é intracelular e realizada por células

Leia mais

Sugestões de avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 7

Sugestões de avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 7 Sugestões de avaliação Ciências 7 o ano Unidade 7 Nome: Unidade 7 Data: 1. Os animais podem ou não apresentar simetria. Identifique e caracterize a simetria dos seguintes animais: planária, esponja, medusa

Leia mais

Exercícios de Moluscos a Equinodermos

Exercícios de Moluscos a Equinodermos Exercícios de Moluscos a Equinodermos Material de apoio do Extensivo 1. Que diferença característica permite considerar os moluscos mais complexos que os cnidários? a) Os cnidários apresentam apenas reprodução

Leia mais

ZOOLOGIA - REINO METAZOA

ZOOLOGIA - REINO METAZOA ZOOLOGIA - REINO METAZOA FILOPLATELMINTO Eucariontes; Heterótrofos; Vida livre ou parasitas; Reprodução sexuada e assexuada; Aquáticos ou terrestres Primeiro Grupo Triblástico; Acelomado; Protostomados;

Leia mais

Filo Annelida Vermes Anelados

Filo Annelida Vermes Anelados Filo Annelida Vermes Anelados CARACTERÍSTICAS GERAIS Anelídeo anelo = anel Metameria Meta = sucessão; meros = partes Externa e Interna Triblástico ( endoderme, mesoderme e ectoderme) Celomados Simetria

Leia mais

TRABALHO DA RECUPERAÇÃO SEMESTRAL. TRABALHO (o trabalho deverá ser copiado e resolvido em folha de papel almaço e entregue no dia da avaliação.

TRABALHO DA RECUPERAÇÃO SEMESTRAL. TRABALHO (o trabalho deverá ser copiado e resolvido em folha de papel almaço e entregue no dia da avaliação. Nome: Série: 1º ano ( ) Ensino Fundamental ( X ) Ensino Médio Disciplina: BIOLOGIA CONTEÚDOS PARA A RECUPERAÇÃO: Tecido Animal; Classificação dos Seres Vivos; Reino Animalia; Reino Plantae. Professor(a):

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com Problematização inicial Por quê o nome platelmintos? Conhece algum representante?

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS 2, 7 4, 7, 11 6, 7, 11 6, 8, 11 6, 9, 11 6, 9, 11 1, 3, 6, 9, 11 5, 6, 9, 10, 12 MOLUSCOS ARTRÓPODES ANELÍDEOS PLATELMINTOS

CARACTERÍSTICAS GERAIS 2, 7 4, 7, 11 6, 7, 11 6, 8, 11 6, 9, 11 6, 9, 11 1, 3, 6, 9, 11 5, 6, 9, 10, 12 MOLUSCOS ARTRÓPODES ANELÍDEOS PLATELMINTOS CARACTERÍSTICAS GERAIS AULA DE RECUPERAÇÃO DE INVERTEBRADOS - Prof. Maria Lúcia ª EM, 7, 7,, 7,, 8,, 9,, 9,,,, 9,,, 9, 0,. PATAS ARTICULADAS. CORPO COM POROS E SEM TECIDOS. EXOESQUELETO DE QUITINA. DIPLOBLASTICOS

Leia mais

Características Gerais

Características Gerais Características Gerais São vermes achatados; Ausência de sistema respiratório/circulatório; Outros sistemas muito primitivos; Apresentam simetria bilateral; Podem ser parasitas ou de vida livre; Características

Leia mais

02) A figura a seguir representa o protozoário ciliado de vida livre do gênero Paramecium com indicação de algumas de suas estruturas.

02) A figura a seguir representa o protozoário ciliado de vida livre do gênero Paramecium com indicação de algumas de suas estruturas. COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. REVISÃO DE PROTOZOÁRIOS E FILOS: PORÍFERA E CNIDARIA PROFESSOR NANNI ( TERCEIÃO 2012). 01) Compare

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados

Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com.br Representantes Representantes Características Diblásticos: ectoderme e endoderme Simetria:

Leia mais

FILOS DOS ANIMAIS. Poríferos - ok Cnidários - ok Platelmintos - ok Nematelmintos Em estudo Moluscos Anelídeos Artrópodes Equinodermos Cordados

FILOS DOS ANIMAIS. Poríferos - ok Cnidários - ok Platelmintos - ok Nematelmintos Em estudo Moluscos Anelídeos Artrópodes Equinodermos Cordados FILOS DOS ANIMAIS Poríferos - ok Cnidários - ok Platelmintos - ok Nematelmintos Em estudo Moluscos Anelídeos Artrópodes Equinodermos Cordados FILO NEMATODA (Nomes populares: nematelmintos, nemátodos ou

Leia mais

REPRODUÇÃO. Prof. Edgard Manfrim - Biologia

REPRODUÇÃO. Prof. Edgard Manfrim - Biologia REPRODUÇÃO Prof. Edgard Manfrim - Biologia REPRODUÇÃO ASSEXUADA BROTAMENTO OU GEMIPARIDADE ESPONGIÁRIO E CELENTERADO ESTROBILIZAÇÃO MEDUSAS REGENERAÇÃO PLANÁRIAS Prof. Edgard Manfrim - Biologia Prof. Edgard

Leia mais

Atividade de Biologia 2 série

Atividade de Biologia 2 série Atividade de Biologia 2 série Nome: 1. (Ufmg 2013) Protistas ciliados podem ser facilmente reconhecidos pela sua cobertura ciliar e pela presença de macronúcleo (regula o metabolismo) e micronúcleo (participa

Leia mais

Filo porifera. As esponjas

Filo porifera. As esponjas Filo porifera As esponjas Características gerais - Metazoa com nível celular de construção, sem tecidos verdadeiros; adultos assimétricos ou aparentemente com simetria radial. - Células totipotentes. Com

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: REINO ANIMAL- PLATELMINTOS E NEMATELIMINTOS Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: REINO ANIMAL- PLATELMINTOS E NEMATELIMINTOS Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: REINO ANIMAL- PLATELMINTOS E NEMATELIMINTOS Prof. Enrico Blota Biologia Reino animal Platelmintos e nematelimintos Platelmintos São bilateralmente simétricos que não possuem

Leia mais

25/03/2014. Vermes achatados dorsoventralmente; Vida livre e parasitas; Triblásticos; Acelomados; Protostômios; Simetria bilateral;

25/03/2014. Vermes achatados dorsoventralmente; Vida livre e parasitas; Triblásticos; Acelomados; Protostômios; Simetria bilateral; FILO PLATYHELMINTES FILO NEMATODA(NEMATELMINTOS) Vermes achatados dorsoventralmente; Vida livre e parasitas; Triblásticos; Acelomados; Protostômios; Simetria bilateral; Revestimento Vida livre : muco e

Leia mais

a) Como é o sistema excretor desses animais? Quais são os órgãos responsáveis?

a) Como é o sistema excretor desses animais? Quais são os órgãos responsáveis? 1- (UNICAMP) A figura abaixo mostra uma situação jocosa referente à fragmentação de um invertebrado hipotético, em que cada um dos fragmentos deu origem a um indivíduo. Um exemplo real muito conhecido

Leia mais

Filo Porífera. Esponjas

Filo Porífera. Esponjas Filo Porífera Esponjas Filo Porifera Osculo Átrio Pinacócitos Amebócito poros Porocito Espícula Flagelo Esponja Mesogléia Coanócito Gonócito Pinacócito Espícula Átrio Póro Porócito Arqueócito Meio Externo

Leia mais

REINO ANIMAL. Qual a importância da metameria? FILO: ANELÍDEOS VERMES CILÍNDRICOS E SEGMENTADOS. Qual a importância da metameria?

REINO ANIMAL. Qual a importância da metameria? FILO: ANELÍDEOS VERMES CILÍNDRICOS E SEGMENTADOS. Qual a importância da metameria? REINO ANIMAL FILO: ANELÍDEOS VERMES CILÍNDRICOS E SEGMENTADOS Metâmeros são compartimentos contíguos, revestidos internamente por mesoderme, e separados uns dos outros por paredes (septos) mesodérmicas.

Leia mais

Colégio Avanço de Ensino Programado

Colégio Avanço de Ensino Programado α Colégio Avanço de Ensino Programado Avaliação Contínua 1º Semestre - 1º Bim. /2016 Nota: Professor (a): Karen Disciplina: Biologia Turma: 2ª Série E. Médio Nome: Nº: Atividade deverá ser entregue em

Leia mais

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Julio Junior) Seres Vivos

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Julio Junior) Seres Vivos Seres Vivos Seres Vivos 1. O grau de semelhança entre os organismos sempre foi o principal critério para os seus agrupamentos. Com o advento da ideia de evolução entre os seres vivos, o grau de semelhança

Leia mais

Platelmintos e Nematelmintos

Platelmintos e Nematelmintos Platelmintos e Nematelmintos Verminoses Características PLATELMINTOS:VERMES ACHATADOS Platelmintos: PLATELMINTOS:ESQUISTOSSOMOSE LARVA CERCÁRIA CARAMUJO Biomphalaria FEZES COM OVOS LARVA MIRACÍDIO PLATELMINTOS:ESQUISTOSSOMOSE

Leia mais

Filo Platyhelminthes. Planos de Simetria

Filo Platyhelminthes. Planos de Simetria Filo Platyhelminthes Características: Do grego, platy = plano + helmins = verme Animais de corpo alongado e achatado dorsoventralmente; Maioria aquática (marinhos e dulcícolas). Os terrestres vivem em

Leia mais

Sub-Reino Metazoa. - Esse sub-reino possui 30 filos, sendo 2 de importância médica. São os filos Platyhelminthes e Nemathelminthes.

Sub-Reino Metazoa. - Esse sub-reino possui 30 filos, sendo 2 de importância médica. São os filos Platyhelminthes e Nemathelminthes. Sub-Reino Metazoa - Esse sub-reino possui 30 filos, sendo 2 de importância médica. São os filos Platyhelminthes e Nemathelminthes. - Suspeita-se que 20% da população mundial esteja infectada com algum

Leia mais

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS EMBRIOLOGIA

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS EMBRIOLOGIA UFRGS EMBRIOLOGIA 1. (Ufrgs 2012) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem. Em mamíferos, o... e as células trofoblásticas interagem com

Leia mais

6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica

6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica 6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica Unidade I Descobrindo os seres vivos Níveis de organização biológica Unidade I Descobrindo os seres vivos Hereditariedade: passagem dos genes

Leia mais

Zoologia - Prof. Dorival

Zoologia - Prof. Dorival EMBRIOLOGIA Pseudocelomado Tubo dentro de um tubo. O pseudoceloma tem mesoderme de um lado e endoderme de outro. Celomado Tubo dentro de um tubo. O celoma é envolvido pela mesoderme por todos os lados

Leia mais

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 2º Ano: Nº Professora: Marcella Braga COMPONENTE CURRICULAR: BIOLOGIA

Leia mais

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE III

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE III REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 AULA: 18.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE III 2 REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 Reino Animal 3 REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 Apesar da grande diversidade, quase todos os animais

Leia mais

Roteiro de Estudo para a Recuperação Semestral BIOLOGIA 3ºEM

Roteiro de Estudo para a Recuperação Semestral BIOLOGIA 3ºEM Roteiro de Estudo para a Recuperação Semestral BIOLOGIA 3ºEM NOME: IMPRIMA AS FOLHAS. RESOLVA AS QUESTÕES DISSERTATIVAS EM FOLHA DE PAPEL ALMAÇO OU FOLHA DE FICHÁRIO; OS TESTES PODERÃO SER RESPONDIDOS

Leia mais

Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas. Professora Débora Biologia

Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas. Professora Débora Biologia Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas Professora Débora Biologia Filo Poríferos Esponjas Filo Poríferos Características São todas

Leia mais

BIOLOGIA 3 ANO PROF.ª SARAH SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES ENSINO MÉDIO

BIOLOGIA 3 ANO PROF.ª SARAH SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES ENSINO MÉDIO BIOLOGIA 3 ANO PROF.ª SARAH SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES ENSINO MÉDIO REVISÃO Unidade I Vida e Ambiente 2 REVISÃO Aula 4.1 Revisão e Avaliação 3 REVISÃO 1 O que é Taxonomia? É a ciência que classifica

Leia mais

Embriologia. Prof. César Lima

Embriologia. Prof. César Lima Embriologia A embriologia é a parte da Biologia que estuda o desenvolvimento dos embriões animais. Há grandes variações, visto que os animais invertebrados e vertebrados apresentam muitos diferentes aspectos

Leia mais

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 9º. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 9º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 9º ALUNO(a): Lista No Anhanguera você é + Enem Questão 01) As trocas gasosas nos anelídeos ocorrem através de: a) Brânquias ou epiderme b) Brânquias ou pulmões

Leia mais

Sanguessugas. Poliquetos. Minhocas

Sanguessugas. Poliquetos. Minhocas Sanguessugas Poliquetos Minhocas Representados pelas minhocas, sanguessugas e poliquetos Vivem em solos úmidos, água doce ou marinhos Podem ser parasitas ou vida livre São triblásticos, simetria bilateral

Leia mais

Conhecidos como espongiários ou simplesmente esponjas.

Conhecidos como espongiários ou simplesmente esponjas. CIÊNCIAS 7 ANO PORÍFEROS Conhecidos como espongiários ou simplesmente esponjas. Não possuem tecidos bem definidos. Não apresentam órgãos e nem sistemas. São exclusivamente aquáticos, na maioria marinhos,

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Arthropoda. Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Arthropoda. Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Arthropoda Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia Filos: 1) Porifera; 2) Cnidaria; 3) Platyhelminthes; 4) Nematoda;

Leia mais

Exercícios Animalia: Poríferos e Nematelmintos

Exercícios Animalia: Poríferos e Nematelmintos Exercícios Animalia: Poríferos e Nematelmintos 1. (UERJ) A visão de uma medusa, um delicado domo transparente de cristal pulsando, sugeriume de forma irresistível que a vida é água organizada. Jacques

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Cnidaria (parte II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Cnidaria (parte II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Cnidaria (parte II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Relembrando Cnidaria: Eucarióticos pluricelulares e heterótrofos; Diblásticos;

Leia mais

São animais aquáticos Predominantemente marinhos Flutuantes (medusas) ou sésseis (pólipos) Simetria radial Cavidade gastrovascular Células urticantes

São animais aquáticos Predominantemente marinhos Flutuantes (medusas) ou sésseis (pólipos) Simetria radial Cavidade gastrovascular Células urticantes São animais aquáticos Predominantemente marinhos Flutuantes (medusas) ou sésseis (pólipos) Simetria radial Cavidade gastrovascular Células urticantes A água-viva, a caravela, a hidra e os corais são alguns

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS - 7ᵒ ANO. 2- Com relação ao Reino Animal, assinale com um X a(s) proposição(ções) CORRETA(S).

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS - 7ᵒ ANO. 2- Com relação ao Reino Animal, assinale com um X a(s) proposição(ções) CORRETA(S). EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS - 7ᵒ ANO 1- Os cnidários são animais invertebrados que possuem como principal representante as águas-vivas. A respeito desse grupo de organismos, marque a alternativa incorreta:

Leia mais

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre Módulo 3 PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS 1 Ao abrir o envelope com o resultado de seu exame parasitológico de fezes, Jequinha leu Positivo para ovos de Ascaris

Leia mais

FILO ANELIDEA 14,15,16. Formação do celoma enterocélico num animal deuterostômio. Formação do celoma esquizocélico num animal protostômio

FILO ANELIDEA 14,15,16. Formação do celoma enterocélico num animal deuterostômio. Formação do celoma esquizocélico num animal protostômio Anelídeos Famosos FILO ANELIDEA 1 2 Anelídeos Anelídeos 3 annelus = anel Animais de corpo alongado e cilíndrico 1ºs animais da escala zoológica a apresentar corpo segmentado ou metamerizado do grego meta

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE CIÊNCIAS

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE CIÊNCIAS ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE CIÊNCIAS Nome: Nº 7º Ano Data: / / 2015 Professor(a): Nota: (Valor 2,0) A - Introdução Neste ano, fizemos um estudo sobre a diversidade de seres vivos do nosso planeta.

Leia mais

c) I e IV d) II e IV c) II e III. d) II e IV.

c) I e IV d) II e IV c) II e III. d) II e IV. COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. Lista de Biologia (poríferos, cnidários, platelmintos e nematelmintos) Nanni. 01) (PUCMG modificado)

Leia mais

7 ANO AULA DE CIÊNCIAS. Professora Andressa =)

7 ANO AULA DE CIÊNCIAS. Professora Andressa =) 7 ANO AULA DE CIÊNCIAS Professora Andressa =) 7 ANO Animais Invertebrados 1 Nematelmintos Linha evolutiva dos animais Simetria do corpo radial Animais sem tecidos Multicelularidade Animais com tecidos

Leia mais

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA GABARITO 2ª Chamada Bim. DISCIPLINA: QUÍ. I E II / BIO. I E II COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA QUEM NÃO É O MAIOR TEM QUE SER O MELHOR Rua Frei Vidal, 1621 São João

Leia mais

2ªsérie 2º período B I O L O G I A

2ªsérie 2º período B I O L O G I A 2.2 B I O L O G I A 2ªsérie 2º período QUESTÃO 1 O filo Platyhelminthes inclui tanto formas de vida livre como organismos endo e ectoparasitas. Considerando a biologia destes animais, marque a opção que

Leia mais

SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR 2009 ANELÍDEOS

SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR 2009 ANELÍDEOS SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR 2009 ANELÍDEOS 6º FILO - ANNELIDA Anelídeos annelus = anel Animais de corpo alongado e cilíndrico Metamerizados (pela primeira vez na

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO PROFESSOR DEBORA SOUZA DISCIPLINA CIÊNCIAS SIMULADO: P3 Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br ALUNO TURMA 701 Questão 1

Leia mais

Exercícios de Embriogênese e Anexos

Exercícios de Embriogênese e Anexos Exercícios de Embriogênese e Anexos Material de apoio do Extensivo 1. (VUNESP) Uma senhora deu à luz dois gêmeos de sexos diferentes. O marido, muito curioso, deseja saber informações sobre o desenvolvimento

Leia mais

Biologia. Rubens Oda (Julio Junior) Doenças

Biologia. Rubens Oda (Julio Junior) Doenças Doenças Doenças 1. Uma parceria internacional definiu como meta distribuir, entre 2008 e 2010, gratuitamente, cerca de 300 milhões de mosquiteiros tratados com inseticidas duráveis para proteger todos

Leia mais

BA B.. 0 6 0 6 Inv n e v rt r e t bra r dos o s m ais s si s m i ple l s s ( p ( la l t a e t lm l in i t n o t s o ) s Apostila 1 Pág.

BA B.. 0 6 0 6 Inv n e v rt r e t bra r dos o s m ais s si s m i ple l s s ( p ( la l t a e t lm l in i t n o t s o ) s Apostila 1 Pág. BA. 06 Invertebrados mais simples (platelmintos) Apostila 1 Pág. 34 REINO ANIMAL OU METAZOA -Pluricelular Eucarionte Heterótrofo - sem parede celular - PORÍFEROS Esponjas - CNIDÁRIOS Águas vivas, corais,

Leia mais

Nome: Prof.: Carlos Weber Biologia Turma: 1ª Série Data:11/08/16. Lista: 01

Nome: Prof.: Carlos Weber Biologia Turma: 1ª Série Data:11/08/16. Lista: 01 Nome: Prof.: Carlos Weber Biologia Turma: 1ª Série Data:11/08/16. Lista: 01 PORÍFEROS, CELENTERADOS E PLATELMINTOS 1. (Unisinos 2016) Os platelmintos (Filo Platyhelmintes) são animais invertebrados que

Leia mais

25/03/2013. Características gerais dos animais REINO ANIMALIA. Principais filos. Desenvolvimento embrionário

25/03/2013. Características gerais dos animais REINO ANIMALIA. Principais filos. Desenvolvimento embrionário Características gerais dos animais Eucariontes; Pluricelulares; Heterótrofos; Simetria bilateral, radial ou assimétricos; REINO ANIMALIA CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS Principais filos Porífera: esponjas;

Leia mais

Texto para as questões 1 e 2. Cândido Portinari ( ), um dos mais importantes artistas brasileiros do século XX, tratou de diferentes aspectos

Texto para as questões 1 e 2. Cândido Portinari ( ), um dos mais importantes artistas brasileiros do século XX, tratou de diferentes aspectos Texto para as questões 1 e 2. Cândido Portinari (1903-1962), um dos mais importantes artistas brasileiros do século XX, tratou de diferentes aspectos da nossa realidade em seus quadros. 1 2 3 4 Sobre a

Leia mais

Platelmintos, vermes achatados

Platelmintos, vermes achatados Platelmintos, vermes achatados Animais triblásticos, bilaterais, com cefalização e sistema excretório Equipe de Biologia Relação filogenética do filo platelmintos Planária como exemplo de platelminto Dorsal

Leia mais

Data: /10/14 Bimestr e:

Data: /10/14 Bimestr e: Data: /10/14 Bimestr e: 3 Nome : Disciplina Ciências : Valor da Prova / Atividade: 2,0 Objetivo: Instruções Lista de Recuperação Professo r: 7 ANO Nº Ângela Nota: 1.Quais são as características dos artrópodes?

Leia mais

2ª SÉRIE ENS. MÉDIO MONITORIA DE BIOLOGIA 1 (OBJ. 2º PERÍODO) EXERCÍCIOS A B C CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN

2ª SÉRIE ENS. MÉDIO MONITORIA DE BIOLOGIA 1 (OBJ. 2º PERÍODO) EXERCÍCIOS A B C CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN 2ª SÉRIE ENS. MÉDIO MONITORIA DE BIOLOGIA 1 (OBJ. 2º PERÍODO) EXERCÍCIOS 1. Um tipo de característica que pode ser levada em conta quando vamos trabalhar com Biologia Comparada são as características observadas

Leia mais

são animais que possuem o corpo alongado e achatado, com aspectos de fita. São conhecidos por'' vermes chatos'', ( plati = chato, helmintos

são animais que possuem o corpo alongado e achatado, com aspectos de fita. São conhecidos por'' vermes chatos'', ( plati = chato, helmintos PLATELMINTOS CARACTERÍSTICAS GERAIS são animais que possuem o corpo alongado e achatado, com aspectos de fita. São conhecidos por'' vermes chatos'', (plati= chato, helmintos =vermes). *trata-se de animais

Leia mais

Goiânia, de de Aluno (a): Série: 2º Ano Turma:

Goiânia, de de Aluno (a): Série: 2º Ano Turma: Goiânia, de de 2016. Aluno (a): Série: 2º Ano Turma: Lista de Recuperação/Disciplina: BIOLOGIA Professor (a) : GABRIELE RAMOS 1. (PUC SP) Os recifes de corais são formados por colônias de animais providos

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Representantes Representantes Características Diblásticos: ectoderme e endoderme Simetria: Radial

Leia mais

Exercícios com Gabarito de Biologia I 2º ano Professor Leandro

Exercícios com Gabarito de Biologia I 2º ano Professor Leandro 1. O 'Ancylostoma' é um parasita intestinal que provoca o "amarelão", doença que se pode adquirir: a) por picada de um hemíptero (barbeiro). b) comendo carne de porco mal cozida. c) comendo carne bovina

Leia mais

01) (UFRRJ/2003) Os óvulos apresentam diferentes quantidades e distribuição do vitelo ou deutoplasma (substância de reserva).

01) (UFRRJ/2003) Os óvulos apresentam diferentes quantidades e distribuição do vitelo ou deutoplasma (substância de reserva). 01) (UFRRJ/2003) Os óvulos apresentam diferentes quantidades e distribuição do vitelo ou deutoplasma (substância de reserva). Considerando-se o vitelo das aves, podemos afirmar que, ao longo do desenvolvimento

Leia mais

Filo Porifera - Poríferos ou espongiários. - Corpo coberto por poros. - Não possuem organização tissular. - Diblásticos. - Aquáticos, sésseis e

Filo Porifera - Poríferos ou espongiários. - Corpo coberto por poros. - Não possuem organização tissular. - Diblásticos. - Aquáticos, sésseis e Filo Porifera - Poríferos ou espongiários. - Corpo coberto por poros. - Não possuem organização tissular. - Diblásticos. - Aquáticos, sésseis e filtradores. - Digestão intracelular. - Sustentação: Espículas

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Camila/ Elisângela / Guilherme Série: º Turmas: 01, 0, 03, 04 e 05 PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 01 1. Classificação e diversidade dos seres vivos.. Vírus

Leia mais

REINO ANIMAL OU METAZOA:

REINO ANIMAL OU METAZOA: REINO ANIMAL OU METAZOA: Diblásticos: são animais que apresentam dois folhetos embrionários: a ectoderme, (externo) e a endoderme, (interno). Triblásticos: são animais que apresentam três folhetos embrionários:

Leia mais

Nematódeos, artrópodes e equinodermos

Nematódeos, artrópodes e equinodermos Fabio Colombini Os nematódeos Podem ser encontrados no solo, na água doce e na água salgada. Nematódeos, artrópodes e equinodermos Têm sistema digestório completo. Nas fêmeas, a abertura posterior é o

Leia mais

REINO ANIMAL OS INVERTEBRADOS PROFESSORA PRISCILA

REINO ANIMAL OS INVERTEBRADOS PROFESSORA PRISCILA REINO ANIMAL OS INVERTEBRADOS PROFESSORA PRISCILA PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS VERMINOSES - DOENÇAS CAUSADAS POR VERMES: PLATELMINTOS: NEMATELMINTOS: TENÍASE (Taenia solium ou Taenia saginata) NEUROCISTICERCOSE

Leia mais

2. (FATEC) A digestão dos poríferos é intracelular e realizada por células chamadas:

2. (FATEC) A digestão dos poríferos é intracelular e realizada por células chamadas: Aula 13 Revisão do 1º semestre 2013 1. (FUVEST) Existem animais que não possuem órgão ou sistema especializado em realizar trocas gasosas. Na respiração, a absorção do oxigênio e a eliminação do gás carbônico

Leia mais

EMBRIOLOGIA. Prof. André Maia. Conceito. 1. Ovos Isolécitos

EMBRIOLOGIA. Prof. André Maia. Conceito. 1. Ovos Isolécitos EMBRIOLOGIA Prof. André Maia Conceito É a parte da Biologia que estuda os processos através dos quais se forma o embrião, a partir da célula ovo ou zigoto (embriogênese). Períodos de desenvolvimento Clivagem

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS VERMINOSES PROFª. MAGDA 22 E 23/05/2013

LISTA DE EXERCÍCIOS VERMINOSES PROFª. MAGDA 22 E 23/05/2013 LISTA DE EXERCÍCIOS VERMINOSES PROFª. MAGDA 22 E 23/05/2013 01 - (MACK SP) As verminoses representam um grande problema de saúde, principalmente nos países subdesenvolvidos. A falta de redes de água e

Leia mais

Platelmintos e nematódeos

Platelmintos e nematódeos PARTE II Unidade D Capítulo 11 Platelmintos e Seções: 111 Filo Platyhelminthes (platelmintos ou vermes achatados) 112 Filo Nematoda ( ou vermes cilíndricos) Antes de estudar o capítulo Veja nesta tabela

Leia mais

FILO PLATYHELMINTHES. nitrogenados e o excesso de água da cavidade corporal eliminando-os através de canais para o meio externo.

FILO PLATYHELMINTHES. nitrogenados e o excesso de água da cavidade corporal eliminando-os através de canais para o meio externo. FILO PLATYHELMINTHES nitrogenados e o excesso de água da cavidade corporal eliminando-os através de canais para o meio externo. Lesma do mar (platelminto turbelário) O filo Platyhelminthes (do grego platýs,

Leia mais

Parasitoses - Ve V rminoses Prof. Tiago

Parasitoses - Ve V rminoses Prof. Tiago Parasitoses - Verminoses Prof. Tiago INTRODUÇÃO PLATELMINTOS E NEMATÓDEOS: RESPONSÁVEIS POR ALGUMAS PARASITOSES CONHECIDAS COMO VERMINOSES. TENÍASE E ESQUISTOSSOMOSE SÃO CAUSADAS POR PLATELMINTOS; ASCARIDÍASE

Leia mais

Classe TURBELLARIA Reprodução Aula 08 Platelmintos Final

Classe TURBELLARIA Reprodução Aula 08 Platelmintos Final Filo PLATYHELMINTHES * Classe TURBELLARIA Planárias, policládidos * Classe TREMATODA Parasitas internos * Classe MONOGENEA Ectoparasitas * Classe CESTOIDEA Tênias Classe TURBELLARIA Reprodução Aula 08

Leia mais

6) Assinale a alternativa que mostra o filo, cujos representantes são os animais menos complexos.

6) Assinale a alternativa que mostra o filo, cujos representantes são os animais menos complexos. ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 Aluno: Ano Atual Data : Matéria: Turno: Valor :70pontos Nota:

Leia mais

2- DESCREVA a função de cada um dos TIPOS de alimentos da questão anterior.

2- DESCREVA a função de cada um dos TIPOS de alimentos da questão anterior. Atividade de Estudo - Ciências 4º ano Nome: 1- A alimentação é muito importante para manter o corpo forte e saudável. Os alimentos podem ser classificados em 3 tipos: construtores, reguladores e energéticos.

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Nematoda. Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Nematoda. Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Nematoda Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia Filos: 1) Porifera; 2) Cnidaria; 3) Platyhelminthes; 4) Nematoda;

Leia mais

Protozoose. Reino Protista Protozoários. Amebíase / disenteria amebiana. Reino

Protozoose. Reino Protista Protozoários. Amebíase / disenteria amebiana. Reino Reino Reino Protista Protozoários Amebíase / disenteria amebiana - unicelulares - eucariontes - locomoção: flagelos, cílios, pseudópodes - em H2O: vacúolo contrátil Amebíase / disenteria amebiana Entamoeba

Leia mais

FILO ARTHROPODA. Artrhon = articulação/ Podos = pés

FILO ARTHROPODA. Artrhon = articulação/ Podos = pés FILO ARTHROPODA Artrhon = articulação/ Podos = pés - INVERTEBRADOS BILATÉRIOS, CELOMADOS, SEGMENTADOS; - APÊNDICES LOCOMOTORES ARTICULADOS EM NÚMERO PAR; PATAS ARTICULADAS -ANDAR, CORRER, SALTAR, NADAR;

Leia mais

Aula 15.1 Conteúdos: Artrópodes: Insetos, crustáceos, aracnídeos e miriápodes DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES

Aula 15.1 Conteúdos: Artrópodes: Insetos, crustáceos, aracnídeos e miriápodes DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula 15.1 Conteúdos: Artrópodes: Insetos, crustáceos, aracnídeos e miriápodes 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Annelida. Natália A. Paludetto

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Annelida. Natália A. Paludetto Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Annelida Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia Filos: 1) Porifera; 2) Cnidaria; 3) Platyhelminthes; 4) Nematoda;

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 30 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Camilla Silva (B1), Elizangela

Leia mais