RESUMO ANIMAIS INVERTEBRADOS Poríferos a Moluscos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RESUMO ANIMAIS INVERTEBRADOS Poríferos a Moluscos"

Transcrição

1 RESUMO ANIMAIS INVERTEBRADOS Poríferos a Moluscos

2 PROVA DIA 13/09 5ª FEIRA CONTEÚDOS: CAPÍTULOS: (até p. 144) REINO ANIMAL Principais Características FILOS: Poríferos, Cnidários, Platelmintos, Nematódeos e Moluscos.

3 Porífera Cnidaria Platyhelminthes Nematoda Mollusca Annelida Arthropoda Echinodermata Chordata

4 MORFOLOGIA E FISIOLOGIA COMPARADAS - INVERTEBRADOS Caracterist. Poríferos Cnidários Platelmintos Nematódeos Moluscos Tecidos embrionári os Sem tecidos Parazoários Diblásticos Triblásticos Triblásticos Triblásticos Celoma - - Acelomados Pseudocelomado celomado Simetria Revestime nto Sustentaç ão Locomoçã o Digestão Assimétricos Radial Bilateral Bilateral Bilateral Células Película Concha pinacócito Epiderme com Epiderme resistente Epiderme com porócitos cnidócitos com muco flexível, cutícula muco Filamentos espongina e espículas Sésseis Intracelula (coanócito e amebócito) Circulação Não possuem difusão Exoesqueleto corais, demais s/sustentação Sésseis e natantes Intra e extracelular - cavidade gastrovascular Não possuem difusão Sem sustentação Parasitas Vida livre extra e intracelular T. digest. incompleto Não possuem difusão Esqueleto hidrostático esqueleto hidrostático Tubo digest. completo ânus / cloaca no macho Não possuem Concha externa maiaoria Pé musculoso Játopropulsão Completo extra e intracelular Rádula Aberto - pigmento: hemocianina

5 Característ Poríferos Cnidários Platelm. Nematódeos Moluscos Respiraçã o Excreção Sistema nervoso Reproduç ão Não possui difusão cutânea Não possui - difusão Não possui Assexuada Brotamento e sexuada Não possuem difusão cutânea Não possuem difusão Sistema nervoso Difuso Assexuada e sexuada com alternância de geração Não possuem difusão cutânea protonefrídios: amônia 2 gânglios cerebrais 2 cordões Assexuada e sexuada Hermafroditas maioria Não possuem difusão cutânea Tubos em H 2 cordões nervosos Dioicos, dimorfismo sexual Cutânea branquial e pulmonar Metanefrídios ganglionar, 3 pares gânglios Monoico e dioico maioria. Sexuada Fecundaç ão Desenvolv imento Represent ante Cruzada Interna/exte rna Indireto Larva: Anfiblástula Esponjas Externa Sexos separados Indireto Larva: Plânula Água-viva e corais Autofencudaç ão e Fec. cruzada Direto e indireto Larva: miracidio, cercária e cisticerco Planária e Tênia Interna, Fec. cruzada Direto e indireto Larva: Migrans Ascaris e Filária Interna, exceto bivalves, Cruzada Indireto maioria Larvas: Trocófora e Véliger Lesma, polvo

6 Sem folhetos embrionários Diblásticos Triblásticos acelomados pseudocelomados celomados poríferos cnidários platelmintos nematódeos moluscos anelídeos artrópodes equinodermas cordados

7 CARACTERÍSTICAS DOS PORÍFEROS: São animais aquáticos, com o corpo crivado de poros, são fixos (sésseis), suas células não formam tecidos definidos, portanto não possuem sistema nervoso e nenhum outro sistema. A água entra numa esponja pelos poros (óstios) e sai pelo ósculo (abertura principal). A cavidade interna do porífero é o átrio ou espongiocela.

8

9 FUNÇÕES DAS CÉLULAS DOS PORÍFEROS a) Pinacócitos: revestimento externo. b) Porócitos: células com poros que permitem a entrada de água. c) Coanócitos: formam a parede interna, promovem correntes de água com os batimentos de seus flagelos e fagocitam as partícu-las de alimento. d) Amebócitos: realizam a digestão intracelular e distribuem o alimento digerido para as outras células.

10 PORÍFEROS corpo crivado de POROS PORÓCITO Formam os poros PINACÓCITO S espículas Formam a epiderme (revestimento externo) flagelo colarinho COANÓCITO Formam a camada interna e iniciam a digestão. AMEBÓCITO Formam outras células e terminam a digestão.

11 SIMETRIA COMPARADA

12 Há duas formas de CNIDÁRIOS: polipoide ou pólipo e medusoide ou medusa

13 Cnidócito ou Cnidoblasto

14 Metagênese e seu significado

15 - A Grande Barreira de Corais da Austrália, Km 2, abriga em torno de 2900 espécies de corais e espécies peixes. - Além de proteger o litoral da erosão, os recifes abrigam uma grande diversidade. Os corais obtêm boa parte de seu alimento da matéria orgânica produzida pelas algas que vivem dentro do corpo dos corais e dá cor a eles. - Mas os corais estão sofrendo um processo de branqueamento, o que significa que estão perdendo as suas algas. Sem elas, sua sobrevivência está ameaçada. - Suspeita-se que um dos responsáveis por isso seja o aumento da temperatura, provocado pelo aquecimento global.

16 Platelmintos Os platelmintos dividem-se em três classes: Classe Tubellaria Trematoda Cestoda Representante Planária Esquistossomo Tênia

17 VERMINOSES causadas por Platelmintos a)esquistossomose Agente causador: Shistossoma mansoni Modo de contágio: nadando em rios e lagoas contaminadas com a larva cercária. Medidas preventivas: (Não nadar nem andar em lagoas de coceiras ; saneamento básico; controle dos caramujos planorbídeos; tratamento dos doentes.

18 CICLO DE VIDA Schistosoma mansoni Esquistossomose ou Barriga d água

19 Divisão do corpo TENIA: Escólex, Colo e Estróbilo O corpo das tênias é também chamado de estróbilo, é formado por anéis chamados proglotes e a cabeça é chamada de escólex.

20 TENÍASE É uma doença causada por duas espécies de tênia. Taenia solium hospedeiro intermediário é o porco. Taenia saginata hospedeiro intermediário é o boi. Ser humano - hospedeiro definitivo.

21 CICLO DE VIDA Taenia solium TENÍASE oncosfera

22 b) Teníase Agente causador: Taenia solium ou Taenia saginata Modo de contágio: comendo carne de porco mo boi crua ou mal cozida contaminadas com larva da Taenia (cisticerco). Medidas preventivas: Saneamento básico; Uso de privadas ligadas à rede de esgoto; Inspeção sanitária dos matadouros; Evitar a ingestão de carnes cruas ou malcozida. c) Cisticercose Agente causador: Taenia solium ou Taenia saginata Modo de contágio: ingerindo ovos da Taenia. Medidas preventivas: Saneamento básico; Hábitos de higiene pessoal como lavar as mãos antes de manipular alimentos ou após evacuação, não levar a mão suja à boca e comer alimentos bem higienizados..

23 CISTICERCOSE HUMANA O homem adquire quando ingere os ovos da Taenia solium que foram eliminados nas fezes humanas. Os cisticercos podem alojar-se nos músculos, coração, pulmão, olhos e cérebro. Cérebro: Cisticercose e calcificação.

24 Nematódeos p. 131 Esses animais são vermes com o corpo alongado, cilíndrico e afilado nas extremidades.

25 DIFERENÇAS ENTRE MACHO E FÊMEA DA ASCARIS

26 Doenças causadas por Nematódeos Doença Ascaridíase Ancilostomíase Bicho geográfico Filariose Enterobíase Agente etiológico Ascaris lumbricoides Ancylostoma duodenale ou Necator americanus. Larvas de parasitas dos intestinos de cães e gatos, como o Ancylostoma brasiliensis. Espécies de vermes do gênero Filaria. Enterobius vermicularis

27 a) Ascaridíase Agente causador: Ascaris lumbricoides Modo de contágio: água e alimentos contaminados Medidas preventivas: instalação de rede de esgoto, hábitos de higiene pessoal, lavar os alimentos, etc. Sintomas: urticária, cólicas, diarreias, prisão de ventre, tosse seca, obstrução intestinal, etc. b) Ancilostomose ou amarelão Agente causador: Anciyostoma duodenale e Necator americanus Modo de contágio: através da pele dos pés descalços. Medidas preventivas: andar calçado, construção de instalação sanitária, etc. Sintomas: palidez, cansaço, fraqueza, tonturas, desânimo e dores musculares.

28 CICLO do Ascaris lumbricoides

29 ASCARIDÍASE NA TRAQUÉIA SÃO DEGLUTIDOS E RETORNAM PARA O INTESTINO INGESTÃO DOS OVOS LARVA PERFURA INTESTINO E PERCORRE VÁRIOS ÓRGÃOS: FIGADO CORAÇÃO - PULMÕES VERMES ADULTOS NO INTESTINO OVOS ELIMINADOS ATRAVÉS DAS FEZES

30 Ancilostomose p. 133 NA TRAQUÉIA SÃO DEGLUTIDOS E RETORNAM PARA O INTESTINO LARVA PERCORRE VÁRIOS ÓRGÃOS: FIGADO - CORAÇÃO - PULMÕES FEZES COM OVOS LARVAS NO SOLO PENETRAÇÃO ATRAVÉS DA PELE

31 c) Bicho geográfico - Larva migrans cutânea Agente causador: Ancylostoma brasiliensis e caninum Modo de contágio: contato com areia contaminada pelas fezes de cães e gatos. Medidas preventivas: andar de chinelos e não brincar em areias frequentada por cães e gatos. Sintomas: intensa coceira no local. d) Elefantíase ou filariose Agente causador: Wuchereria branconfti ou filária Modo de contágio: picado do mosquito Culex Medidas preventivas: combate ao mosquito Sintomas: acúmulo de líquido na região atingida obstrução dos vasos linfáticos.

32 Larva migrans cutânea Bicho geográfico

33 CICLO DO Wuchereria brancofti - Elefantíase

34 e) Enterobíase ou oxiurose Agente causador: Enterobius vermiculares ou Oxyurus vermiculares Modo de contágio: inalação ou ingestão de ovos pela poeira ou nos alimentos e roupas de cama. Autoinfestação. Medidas preventivas: hábitos de higiene pessoal. Sintomas: coceira no ânus, inflamação intestinal, perturbação do sono e congestão da região anal.

35 Enterobíase ou oxiurose

36 MOLUSCOS Corpo mole. Maioria marinha. BIOLOGIA HOJE Volume 2 2º Bimestre CAPÍTULO 11 MOLUSCOS Simetria bilateral, triblásticos celomados. Corpo: cabeça, pé e massa visceral (revestida por manto que delimita cavidade). Secreção de concha calcária. Tubo digestório completo. Maioria apresenta rádula. Maioria com respiração branquial (pulmão em terrestres) Maioria com circulação aberta (hemoceles), fechada em polvos e lulas. Excreção: metanefrídeos. Sistema nervoso com gânglios e cordões nervosos. Olhos bem desenvolvidos em polvos e lulas. Células fotorreceptoras, tentáculos táteis e osfrádios. Sexos separados ou hermafroditas.

37 CLASSIFICAÇÃO Grupo Gastropoda Bivalvia Cefalophoda Representantes Caramujos, lesmas e caracóis. Ostras e mexilhões. Polvo, lula, náutilo e siba. BIOLOGIA HOJE Volume 2 2º Bimestre

38 CLASSIFICAÇÃO DOS MOLUSCOS CLASSE CARACTERÍSTICAS REPRESENTANTES Gastrópodes Pé localiza-se na região ventral. Podem apresentar concha única ou concha ausente. Caramujos (aquáticos), lesmas e caracóis (terrestres e aquáticos) Bivalves Cefalópodes Concha dividida em duas valvas. Animais filtradores, respiração branquial. Pés modificados em tentáculos que saírem da cabeça Ostras e mexilhões ou mariscos Polvo, lula e náutilo

Prof. Dorival Filho Zoologia

Prof. Dorival Filho Zoologia EMBRIOLOGIA Qual a vantagem de haver um terceiro folheto embrionário? A partir de um terceiro folheto, novos tecidos podem se formar, como mostra a tabela abaixo. Portanto, um animal triblástico possuirá

Leia mais

Características Principais dos Poríferos: Apresentam poros na parede de seu corpo;

Características Principais dos Poríferos: Apresentam poros na parede de seu corpo; Características Principais dos Poríferos: Animais Pluricelulares; Apresentam poros na parede de seu corpo; Todos aquáticos; São as Esponjas. Possui uma cavidade central, chamada átrio; Abertura relativamente

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Pág. 124 Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ CARACTERÍSTICAS DOS

Leia mais

Características Principais dos Poríferos: Apresentam poros na parede de seu corpo;

Características Principais dos Poríferos: Apresentam poros na parede de seu corpo; Características Principais dos Poríferos: Animais Pluricelulares; Apresentam poros na parede de seu corpo; Todos aquáticos; São as Esponjas. Possui uma cavidade central, chamada átrio; Abertura relativamente

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Pág. 114 Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ Animais p. 114 Os

Leia mais

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre Módulo 3 PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS 1 Ao abrir o envelope com o resultado de seu exame parasitológico de fezes, Jequinha leu Positivo para ovos de Ascaris

Leia mais

Filo Porifera. Animais portadores de poros. Animais aquáticos (quase todos marinhos), que vivem geralmente fixados pela sua base em recifes de corais.

Filo Porifera. Animais portadores de poros. Animais aquáticos (quase todos marinhos), que vivem geralmente fixados pela sua base em recifes de corais. Zoologia Filo Porifera Animais portadores de poros Animais aquáticos (quase todos marinhos), que vivem geralmente fixados pela sua base em recifes de corais. Não apresentam órgãos e tecidos verdadeiros.

Leia mais

FILOS ANIMAIS Asquelmintes ou Nematelmintes

FILOS ANIMAIS Asquelmintes ou Nematelmintes FILOS ANIMAIS Asquelmintes ou Nematelmintes Alongados Vermes Afilados Vermes FILO NEMATODA São encontrados em grande diversidade de ambientes, com representantes no mar, em água doce, entre os grãos de

Leia mais

Prostheceraeus roseus Planária terrestre. Planária (classe Turbelária) Fasciola hepatica (Classe Trematoda) Schistosoma mansoni (classe Trematoda)

Prostheceraeus roseus Planária terrestre. Planária (classe Turbelária) Fasciola hepatica (Classe Trematoda) Schistosoma mansoni (classe Trematoda) FILO PLATYHELMINTHES Eucarionte; pluricelular; heterótrofo. Corpo achatado dorsoventralmente Simetria bilateral Tecidos presentes e acelomados. Como conseqüência disso, não formam completamente alguns

Leia mais

PLATYELMINTHES PLATELMINTOS

PLATYELMINTHES PLATELMINTOS PLATYELMINTHES PLATELMINTOS Elyka Fernanda Pereira de Melo Pós graduada em Microbiologia, fundamentos e biotecnologia Pós-graduada em Metodologia da Biologia e Química Pós graduada Microbiologia Básica

Leia mais

ATIVIDADE DE BIOLOGIA 2016

ATIVIDADE DE BIOLOGIA 2016 7/9/2016 ENSINO MÉDIO DO INSTITUTO FEDERAL DO MARANHÃO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA-IFMA CAMPUS COELHO NETO ASSUNTOS DO 2ºANO: PLATELMINTOS E NEMATÓDEOS ALUNO: ALCIDES WENNER F. BASTOS 1WWWWWDEF PLATELMINTOS

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS 2, 7 4, 7, 11 6, 7, 11 6, 8, 11 6, 9, 11 6, 9, 11 1, 3, 6, 9, 11 5, 6, 9, 10, 12 MOLUSCOS ARTRÓPODES ANELÍDEOS PLATELMINTOS

CARACTERÍSTICAS GERAIS 2, 7 4, 7, 11 6, 7, 11 6, 8, 11 6, 9, 11 6, 9, 11 1, 3, 6, 9, 11 5, 6, 9, 10, 12 MOLUSCOS ARTRÓPODES ANELÍDEOS PLATELMINTOS CARACTERÍSTICAS GERAIS AULA DE RECUPERAÇÃO DE INVERTEBRADOS - Prof. Maria Lúcia ª EM, 7, 7,, 7,, 8,, 9,, 9,,,, 9,,, 9, 0,. PATAS ARTICULADAS. CORPO COM POROS E SEM TECIDOS. EXOESQUELETO DE QUITINA. DIPLOBLASTICOS

Leia mais

Platelmintos. platys = achatado + helmintos = vermes. Vermes achatados dorso-ventralmente. Exemplos:

Platelmintos. platys = achatado + helmintos = vermes. Vermes achatados dorso-ventralmente. Exemplos: PLATELMINTOS Platelmintos platys = achatado + helmintos = vermes. Vermes achatados dorso-ventralmente. Exemplos: - Schistosoma mansoni - Dugesia tigrina (planária) - Taenia sollium - Taenia saginata Platelmintos

Leia mais

3º FILO - PLATELMINTOS

3º FILO - PLATELMINTOS PLATELMINTOS 3º FILO - PLATELMINTOS Platelmintos platys = achatado + helmintos = vermes Vermes achatados dorso-ventralmente Exemplos: - Schistosoma mansoni - Dugesia tigrina (planária) - Taenia sollium

Leia mais

Características gerais

Características gerais Características gerais Já foram denominados Aschelminthes. São vermes de corpo cilíndrico e com pontas afinadas. Podem ser aquáticos, terrestres ou parasitas. Possuem tubo digestivo completo. São triblásticos

Leia mais

Filo Nematelmintos. O tamanho corporal varia de poucos milímetros ate 8m!

Filo Nematelmintos. O tamanho corporal varia de poucos milímetros ate 8m! Características: Do grego, nemato = fio ou filamento + helmins = verme; Antes eram classificados dentro de um grupo maior, o filo Asquelmintos; Existem cerca de 90 mil espécies descritas de vermes nematódeos;

Leia mais

Filo Mollusca (Moluscos)

Filo Mollusca (Moluscos) Do latim, mollis = mole Animais de corpo mole, geralmente protegidos por uma concha calcária. Vivem em quase todos os ambientes (dulcícolas, marinhos e terrestres) Maioria de vida livre O filo possui 150

Leia mais

VERMINOSES. Professor BELLINATI BIOLOGIA

VERMINOSES. Professor BELLINATI BIOLOGIA VERMINOSES BIOLOGIA PLATELMINTOS Verminoses a serem estudadas: - TENÍASE / CISTICERCOSE - ESQUISTOSSOMOSE - FASCIOLOSE CISTICERCOSE OU TENÍASE? INTERMEDIÁRIO OVO LARVA ( CISTICERCO ) ADULTO ( TÊNIA ) DEFINITIVO

Leia mais

TENÍASE Homem: Boi ou porco: Contaminação: Sintomas: Tratamento: Profilaxia:

TENÍASE Homem: Boi ou porco: Contaminação: Sintomas: Tratamento: Profilaxia: TENÍASE Homem: hospedeiro definitivo. Boi ou porco: hospedeiro intermediário. Contaminação: ingestão de carne mal passada contaminada com cisticercos; autoinfecção. Sintomas: distúrbios intestinais, dores

Leia mais

Reino Animal Filo Nematelmintos. Turma: 7 C Professora: Mariana Mello

Reino Animal Filo Nematelmintos. Turma: 7 C Professora: Mariana Mello Reino Animal Filo Nematelmintos Turma: 7 C Professora: Mariana Mello OBJETIVOS DA AULA Compreender as principais características do filo dos nematelmintos Relacionar a vida desses animais com a saúde humana

Leia mais

Introdução à Zoologia Características gerais.

Introdução à Zoologia Características gerais. Introdução à Zoologia Características gerais. Reino Metazoa Seres: -Eucariontes -Pluricelulares -Heterotróficos Desenvolvimento embrionário: mórula e blástula Multicelularidade Protista ancestral flagelado

Leia mais

FILOS DOS ANIMAIS. Poríferos - ok Cnidários - ok Platelmintos - ok Nematelmintos Em estudo Moluscos Anelídeos Artrópodes Equinodermos Cordados

FILOS DOS ANIMAIS. Poríferos - ok Cnidários - ok Platelmintos - ok Nematelmintos Em estudo Moluscos Anelídeos Artrópodes Equinodermos Cordados FILOS DOS ANIMAIS Poríferos - ok Cnidários - ok Platelmintos - ok Nematelmintos Em estudo Moluscos Anelídeos Artrópodes Equinodermos Cordados FILO NEMATODA (Nomes populares: nematelmintos, nemátodos ou

Leia mais

BIOLOGIA ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS - PROF. FREDERICO

BIOLOGIA ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS - PROF. FREDERICO Prof. Fred Guilherme Resumo dos Filos de Zoologia para o Vestibular: BIOLOGIA ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS - PROF. FREDERICO Filo Porífera (Espongiários) Diagnose: animal filtrador, sem qualquer órgão ou

Leia mais

PORÍFEROS. Pseudocelomado Tubo dentro de um tubo. O pseudoceloma EMBRIOLOGIA. de um lado e endoderme de outro.

PORÍFEROS. Pseudocelomado Tubo dentro de um tubo. O pseudoceloma EMBRIOLOGIA. de um lado e endoderme de outro. EMBRIOLOGIA Pseudocelomado Tubo dentro de um tubo. O pseudoceloma tem mesoderme de um lado e endoderme de outro. Celomado Tubo dentro de um tubo. O celoma é envolvido pela mesoderme por todos os lados

Leia mais

Resumo teórico: Saiba mais sobre as verminoses

Resumo teórico: Saiba mais sobre as verminoses Resumo teórico: Saiba mais sobre as verminoses Profª Carla Aquino As verminoses são doenças causadas por vermes. Infelizmente, muitas dessas doenças são muito comuns no Brasil e em diversos países do mundo.

Leia mais

CARACTERÍSTICAS EMBRIONÁRIAS. Simetria bilateral Triblásticos Protostômios Acelomados Ametaméricos

CARACTERÍSTICAS EMBRIONÁRIAS. Simetria bilateral Triblásticos Protostômios Acelomados Ametaméricos FILO PLATELMINTOS Reúne animais com corpo alongado e achatado dorsoventralmente. Inclui animais de vida livre (planárias) encontrados no mar, em água doce e ambientes terrestres úmidos, além de formas

Leia mais

Apresentam simetria bilateral o corpo pode ser dividido longitudinalmente em duas partes iguais.

Apresentam simetria bilateral o corpo pode ser dividido longitudinalmente em duas partes iguais. OS PLATELMINTOS Prof. André Maia III. Os Platelmintos Características São vermes dotados de corpo geralmente achado dorsoventramente. São destituídos de sistemas respiratório e circulatório. São animais

Leia mais

Os Poríferos. Características exclusivas. 1) Apresentam o corpo coberto por poros. 2) São os primeiros representantes do reino animal.

Os Poríferos. Características exclusivas. 1) Apresentam o corpo coberto por poros. 2) São os primeiros representantes do reino animal. Os Poríferos Características exclusivas 1) Apresentam o corpo coberto por poros. 2) São os primeiros representantes do reino animal. Outras características 1) Apresentam uma grande capacidade de regeneração

Leia mais

Planária, esquistossomo, solitária etc. Corpo achatado dorsoventralmente Vida livre ou parasitas. Surge o sistema excretor.

Planária, esquistossomo, solitária etc. Corpo achatado dorsoventralmente Vida livre ou parasitas. Surge o sistema excretor. Planária, esquistossomo, solitária etc. Corpo achatado dorsoventralmente Vida livre ou parasitas. Surge o sistema excretor. Sistemas: Digestório Incompleto Respiratório Difusão Nervoso Ganglionar Circulatório

Leia mais

4º FILO - NEMATELMINTOS

4º FILO - NEMATELMINTOS 4º FILO - NEMATELMINTOS Nematelmintos (Asquelmintos) nematos = fio + helmintos = vermes Vermes cilíndricos e alongados Nematelmintos (Asquelmintos) Exemplos: Ascaris lumbricoides Necator americanus Ancilostomo

Leia mais

ZOOLOGIA - REINO METAZOA

ZOOLOGIA - REINO METAZOA ZOOLOGIA - REINO METAZOA FILOPLATELMINTO Eucariontes; Heterótrofos; Vida livre ou parasitas; Reprodução sexuada e assexuada; Aquáticos ou terrestres Primeiro Grupo Triblástico; Acelomado; Protostomados;

Leia mais

Moluscos. Prof. Fernando Belan

Moluscos. Prof. Fernando Belan Moluscos Prof. Fernando Belan Características gerais Enterozoários, triblásticos, celomados, protostômios, simetri bilateral. Sistemanervoso: ganglionar cerebral, visceral e pedal. Sistema digestório completo

Leia mais

MOLUSCOS FILO MOLUSCA

MOLUSCOS FILO MOLUSCA MOLUSCOS FILO MOLUSCA CARACTERIZAÇÃO São animais de corpo mole predominantemente marinhos, embora existam espécies de água doce e terrestre. Alguns se deslocam livremente enquanto outros são sésseis.

Leia mais

Filo dos Poríferos ou Espongiários

Filo dos Poríferos ou Espongiários Filo dos Poríferos ou Espongiários Animais primitivos com poros pelo corpo (esponjas aquáticas). Habitat aquático (marinho e dulcícola). Parazoários: ausência de tecidos verdadeiros. Sésseis (fixos ao

Leia mais

Platelmintos Capítulo 7 - Aulas 25 e 26. Page 1

Platelmintos Capítulo 7 - Aulas 25 e 26. Page 1 Platelmintos Capítulo 7 - Aulas 25 e 26 Page 1 Características Gerais Platy = achatado ; helminthes = verme Simetria bilateral (ocorre pela 1ª vez); Apresenta uma cabeça com gânglios nervosos organizados;

Leia mais

MOLUSCOS E ANELÍDEOS

MOLUSCOS E ANELÍDEOS MOLUSCOS E ANELÍDEOS Artrópodes Vertebrados Cordados Protostômios Deuterostômios Pseudocelomados Celomados Acelomados Características gerais MOLUSCOS (Latim: mollis) 100.000 espécies da fauna atual São

Leia mais

Platelmintos: Existem três classes distintas: os turbelários, trematódios e cestódios.

Platelmintos: Existem três classes distintas: os turbelários, trematódios e cestódios. Platelmintos: Vermes Achatados Apresentam simetria bilateral; Acelomados Tubo digestivo incompleto; Ocorre o processo de cefalização (acúmulo de órgãos sensoriais na direção do movimento). Existem três

Leia mais

Conhecidos como espongiários ou simplesmente esponjas.

Conhecidos como espongiários ou simplesmente esponjas. CIÊNCIAS 7 ANO PORÍFEROS Conhecidos como espongiários ou simplesmente esponjas. Não possuem tecidos bem definidos. Não apresentam órgãos e nem sistemas. São exclusivamente aquáticos, na maioria marinhos,

Leia mais

SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR

SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR SISTEMA BOM JESUS DE ENSINO COORDENAÇÃO DE BIOLOGIA CEP CURITIBA PR NEMATODA Nematelmintos (Asquelmintos) nematos = fio helmintos = vermes Vermes cilíndricos e alongados. Nematelmintos (Asquelmintos) Exemplos:

Leia mais

Verminoses. Doenças causadas por animais que apresentam corpo vermiforme VERMES

Verminoses. Doenças causadas por animais que apresentam corpo vermiforme VERMES Verminoses Verminoses Doenças causadas por animais que apresentam corpo vermiforme VERMES Sintomas: Diarreia Constipação Vômito e fezes com sangue Diagnóstico: exame de fezes. Medidas de risco: Ausência

Leia mais

Nematódeos. O nome vem da palavra grega nema, que significa fio.

Nematódeos. O nome vem da palavra grega nema, que significa fio. Nematódeos Nematódeos Os nematódeos (também chamados de vermes cilíndricos) fazem parte de um dos grupos mais abundantes na biosfera, com estimativa de constituírem até 80% de todos os metazoários, com

Leia mais

Nematelmintos - Filo Nematoda

Nematelmintos - Filo Nematoda Nematelmintos - Filo Nematoda São vermes de corpo alongado e cilíndrico Apresentam simetria bilateral e são triblásticos, pseudocelomados e protostômios O pseudoceloma promove: espaço para órgãos internos,

Leia mais

Aluno: Turma:2º CN Data : Matéria: Turno:NOITE Valor :30pontos Nota:

Aluno: Turma:2º CN Data : Matéria: Turno:NOITE Valor :30pontos Nota: ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO JANEIRO/2015 RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 Aluno: Turma:2º CN Data : Matéria: Turno:NOITE Valor

Leia mais

Sugestões de avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 7

Sugestões de avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 7 Sugestões de avaliação Ciências 7 o ano Unidade 7 Nome: Unidade 7 Data: 1. Os animais podem ou não apresentar simetria. Identifique e caracterize a simetria dos seguintes animais: planária, esponja, medusa

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Mollusca. Natália A. Paludetto

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Mollusca. Natália A. Paludetto Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Mollusca Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia Filos: 1) Porifera; 2) Cnidaria; 3) Platyhelminthes; 4) Nematoda;

Leia mais

Lista de exercícios. Aluno (a):

Lista de exercícios. Aluno (a): Lista de exercícios Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: É fundamental a apresentação de uma lista legível, limpa e organizada. Rasuras podem invalidar a lista.

Leia mais

EMBRIOLOGIA. Prof. Dorival Filho Zoologia

EMBRIOLOGIA. Prof. Dorival Filho Zoologia EMBRIOLOGIA Qual a vantagem de haver um terceiro folheto embrionário? Com um terceiro folheto, novos tecidos podem se formar, como mostra a tabela abaixo. Portanto, um animal triblástico possuirá um corpo

Leia mais

Os poríferos ou Porífera (do latim porus, poro + phoros, portador de poros) é onde se enquadram os animais conhecidos como esponjas.

Os poríferos ou Porífera (do latim porus, poro + phoros, portador de poros) é onde se enquadram os animais conhecidos como esponjas. OS INVERTEBRADOS PORIFEROS Os poríferos ou Porífera (do latim porus, poro + phoros, portador de poros) é onde se enquadram os animais conhecidos como esponjas. Estes organismos são simples, sésseis, podem

Leia mais

FILO MOLUSCO. Professor Cláudio Aguiar

FILO MOLUSCO. Professor Cláudio Aguiar FILO MOLUSCO Professor Cláudio Aguiar Tendências Evolutivas:. Presença do Celoma.Respiracao Pulmonar:Gastrópodes.Macroneurônios: Cefalópodes.Presenca de S. Circulatório.Maior adaptabilidade à vida terrestre

Leia mais

MOLUSCOS. Alguns representantes. Lula Polvo Sépia. mariscos Náutilo Quíton

MOLUSCOS. Alguns representantes. Lula Polvo Sépia. mariscos Náutilo Quíton MOLUSCOS MOLUSCOS Representantes: Lulas, Polvos, lesmas, caracóis, mariscos, ostras, mexilhões, sépias, náutilos, quíton. Depois de artrópodes, é o segundo maior filo do Reino Animal (112.000 espécies).

Leia mais

FILO NEMATELMINTOS. Nematelmintos - Os vermes em forma de fio

FILO NEMATELMINTOS. Nematelmintos - Os vermes em forma de fio FILO NEMATELMINTOS. corpo cilíndrico, não segmentado. ausência de ventosas. aparelho digestivo completo (surge o ânus!). adultos dióicos (sexos separados) Nematelmintos - Os vermes em forma de fio Usualmente

Leia mais

23/07/2014. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados. (At 3:19) Os moluscos (do latim molluscus, mole)

23/07/2014. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados. (At 3:19) Os moluscos (do latim molluscus, mole) Prof. Ancélio Ricardo de Oliveira Gondim Engenheiro Agrônomo, D. Sc. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados. (At 3:19) Pombal 11 de Abril de 2014 Pombal 11 de Abril

Leia mais

CONTEÚDOS A SEREM AVALIADOS NAS PROVAS ESCRITAS

CONTEÚDOS A SEREM AVALIADOS NAS PROVAS ESCRITAS COORDENADOR: MÔNICA FIUZA ANO: X 6º 7º 8º 9º Água Qualidade da água e saúde da população: tipos de água; tratamento caseiro de água: principais doenças (diarreias infecciosas, hepatite A e ascaridíase)

Leia mais

CAPÍTULO 10 1ª Parte. Professora Leonilda Brandão da Silva

CAPÍTULO 10 1ª Parte. Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ CAPÍTULO 10 1ª Parte Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com Platelmintos e nematódeos p. 124 Problematização

Leia mais

Anatomia Fisiologia Classificação MOLUSCOS

Anatomia Fisiologia Classificação MOLUSCOS Anatomia Fisiologia Classificação MOLUSCOS Moluscos- Filo Mollusca Mollusca significa corpo mole Mais de 150 mil espécies já descritas; Corpo de consistência macia, protegido em geral por concha calcária.

Leia mais

MOLUSCOS. Representantes: Depois de artrópodes, é o segundo maior filo do Reino Animal ( espécies). » Alguns representantes.

MOLUSCOS. Representantes: Depois de artrópodes, é o segundo maior filo do Reino Animal ( espécies). » Alguns representantes. MOLUSCOS MOLUSCOS Representantes: Depois de artrópodes, é o segundo maior filo do Reino Animal (112.000 espécies).» Alguns representantes Lula Polvo Sépia mariscos Náutilo Quíton Características Corpo

Leia mais

Platelmintos. Profº - Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS. Data

Platelmintos. Profº - Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS. Data Platelmintos Profº - Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS Data Platelmintos Vermes achatados Vida livre aquáticos e solo úmido. (Planária) Parasitas Esquistossomo, fascíola e tênia. Platelmintos - Características

Leia mais

ZOOLOGIA PLATELMINTOS LISTA I 24 QUESTÕES PROFESSOR: CHARLES REIS CURSO EXPOENTE

ZOOLOGIA PLATELMINTOS LISTA I 24 QUESTÕES PROFESSOR: CHARLES REIS CURSO EXPOENTE ZOOLOGIA PLATELMINTOS LISTA I 24 QUESTÕES PROFESSOR: CHARLES REIS CURSO EXPOENTE Questão 01 - (Uni-FaceF SP/2017) A Taenia solium e a Schistosoma mansoni são espécies de animais pertencentes ao filo dos

Leia mais

Plateomintos achatados. Nematelmintos cilíndricos

Plateomintos achatados. Nematelmintos cilíndricos Parasitas Os seres que parasitam o homem são divididos em cinco filos: Protozoa: composto por seres unicelulares e microscópicos (ex: giárdia, trichomonas, etc). Platyhelminthes: vermes de forma achatada

Leia mais

Mollusca. mollis = mole

Mollusca. mollis = mole MOLUSCOS 5º FILO - MOLLUSCA mollis = mole Mollusca Animais de corpo mole Exemplos: ostras, mexilhões, caramujos, lesmas, caracóis, lulas e polvos. Habitat: terrestres e aquáticos Características Gerais

Leia mais

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID. Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR)

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID. Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Tipo do produto: Plano de Atividade Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) 1 IDENTIFICAÇÃO NOME DO SUBPROJETO:

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa)

Reino Animalia 0 (Metazoa) Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Platyhelminthes Reprodução Doenças causadas aos seres humanos Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reprodução dos platelmintos

Leia mais

Numerosas espécies apresentam vida livre, porém muitas são parasitas de plantas e animais.

Numerosas espécies apresentam vida livre, porém muitas são parasitas de plantas e animais. Corpo cilíndrico, recoberto por uma cutícula resistente. Numerosas espécies apresentam vida livre, porém muitas são parasitas de plantas e animais. Muitos nematelmintos de vida livre são carnívoros e se

Leia mais

Após fecundarem os óvulos no interior de outras esponjas, larvas ciliadas são

Após fecundarem os óvulos no interior de outras esponjas, larvas ciliadas são Poríferos Os poríferos, também chamados de esponjas, ou espongiários, são animais aquáticos, encontrados tanto em ambientes marinhos quanto de água doce. Considerados organismos sésseis, por não possuírem

Leia mais

CAPÍTULO 10 2ª Parte. Professora Leonilda Brandão da Silva

CAPÍTULO 10 2ª Parte. Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ CAPÍTULO 10 2ª Parte Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com PROBLEMÁTICA INICIAL Você conhece algum ser vivo

Leia mais

R verme de corpo cilindrico 02) Quais as principais características dos nematelmintos? R Corpo cilíndrico, tubo digestório completo.

R verme de corpo cilindrico 02) Quais as principais características dos nematelmintos? R Corpo cilíndrico, tubo digestório completo. 1) Qual a origem da palavra Nematelminto? R verme de corpo cilindrico 02) Quais as principais características dos nematelmintos? R Corpo cilíndrico, tubo digestório completo. 03) Qual o nome da doença

Leia mais

25/03/2014. Vermes achatados dorsoventralmente; Vida livre e parasitas; Triblásticos; Acelomados; Protostômios; Simetria bilateral;

25/03/2014. Vermes achatados dorsoventralmente; Vida livre e parasitas; Triblásticos; Acelomados; Protostômios; Simetria bilateral; FILO PLATYHELMINTES FILO NEMATODA(NEMATELMINTOS) Vermes achatados dorsoventralmente; Vida livre e parasitas; Triblásticos; Acelomados; Protostômios; Simetria bilateral; Revestimento Vida livre : muco e

Leia mais

MOLUSCOS CARACTERÍSTICAS GERAIS

MOLUSCOS CARACTERÍSTICAS GERAIS MOLUSCOS ANELÍDEOS MOLUSCOS CARACTERÍSTICAS GERAIS o Animais de corpo mole, geralmente protegidos por concha calcária ou valva. o Podem ser: univalves ou gastrópodes, bivalves e cefalópodes. o Constituem

Leia mais

Características do grupo

Características do grupo Características do grupo Os anelídeos são animais invertebrados. Apresentam o corpo mole, em formato de cilindro e alongado. Corpo segmentado em anéis. Comporta aproximadamente 15 mil espécies ao todo.

Leia mais

Os moluscos são representados pelos seguintes seres vivos:

Os moluscos são representados pelos seguintes seres vivos: Os moluscos Os moluscos são representados pelos seguintes seres vivos: Ostra Caracol Lula Lesma Polvo Os moluscos Animais de corpo mole, geralmente com concha; Exemplos: Ostras, marisco, lesma e a lula.

Leia mais

Prof. Marcelo Langer. Curso de Biologia. Aula 44 Zoologia

Prof. Marcelo Langer. Curso de Biologia. Aula 44 Zoologia Prof. Marcelo Langer Curso de Biologia Aula 44 Zoologia FILO PLATELMINTES São vermes de corpo achatado. Possuem características evolutivas, inclusive o terceiro folheto embrionário (mesoderme), substituindo

Leia mais

PORÍFEROS OU ESPONJAS

PORÍFEROS OU ESPONJAS PORÍFEROS OU ESPONJAS. Constituído pelas esponjas animais sésseis (fixos) que vivem em ambiente aquático. Existem espécies de água doce, mas a maioria é marinha. IMPORTÂNCIA ECONÔMICA Podem ser usadas

Leia mais

Filo Porifera - Poríferos ou espongiários. - Corpo coberto por poros. - Não possuem organização tissular. - Diblásticos. - Aquáticos, sésseis e

Filo Porifera - Poríferos ou espongiários. - Corpo coberto por poros. - Não possuem organização tissular. - Diblásticos. - Aquáticos, sésseis e Filo Porifera - Poríferos ou espongiários. - Corpo coberto por poros. - Não possuem organização tissular. - Diblásticos. - Aquáticos, sésseis e filtradores. - Digestão intracelular. - Sustentação: Espículas

Leia mais

a) Como é o sistema excretor desses animais? Quais são os órgãos responsáveis?

a) Como é o sistema excretor desses animais? Quais são os órgãos responsáveis? 1- (UNICAMP) A figura abaixo mostra uma situação jocosa referente à fragmentação de um invertebrado hipotético, em que cada um dos fragmentos deu origem a um indivíduo. Um exemplo real muito conhecido

Leia mais

PORÍFEROS, CNIDÁRIOS E PLATELMINTOS

PORÍFEROS, CNIDÁRIOS E PLATELMINTOS PORÍFEROS, CNIDÁRIOS E PLATELMINTOS MÓDULO 5 ZOOLOGIA PORÍFEROS, CNIDÁRIOS E PLATELMINTOS Nosso módulo de Zoologia começa com os três filos mais basais estudados no Ensino Médio: Porifera, Cnidaria e Platyhelminthes.

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com PROBLEMATIZAÇÃO Quais as principais características e representantes

Leia mais

Representantes no mar (maioria), na água doce e no ambiente terrestre.

Representantes no mar (maioria), na água doce e no ambiente terrestre. Simetria bilateral, triblásticos e apresentam celoma (cavidade corporal totalmente revestida por mesoderma), uma novidade evolutiva em relação aos nematódeos. Representantes no mar (maioria), na água doce

Leia mais

Filo Porífera. Esponjas

Filo Porífera. Esponjas Filo Porífera Esponjas Filo Porifera Osculo Átrio Pinacócitos Amebócito poros Porocito Espícula Flagelo Esponja Mesogléia Coanócito Gonócito Pinacócito Espícula Átrio Póro Porócito Arqueócito Meio Externo

Leia mais

7 ANO AULA DE CIÊNCIAS. Professora Andressa =)

7 ANO AULA DE CIÊNCIAS. Professora Andressa =) 7 ANO AULA DE CIÊNCIAS Professora Andressa =) 7 ANO Animais Invertebrados 1 Nematelmintos Linha evolutiva dos animais Simetria do corpo radial Animais sem tecidos Multicelularidade Animais com tecidos

Leia mais

Complexo educacional FMU Curso de Ciências Biológicas. Zoologia de invertebrados I. Reino Animal Principais Características

Complexo educacional FMU Curso de Ciências Biológicas. Zoologia de invertebrados I. Reino Animal Principais Características Complexo educacional FMU Curso de Ciências Biológicas Zoologia de invertebrados I Reino Animal Principais Características Prof: Biólogo Luiz A.B. Mello Lula 2º semestre 2011 2ºsemestre Gráfico da distribuição

Leia mais

OS HELMINTOS CONSTITUEM UM GRUPO MUITO NUMEROSO DE ANIMAIS, INCLUINDO ESPÉCIES DE VIDA LIVRE E DE VIDA PARASITÁRIA

OS HELMINTOS CONSTITUEM UM GRUPO MUITO NUMEROSO DE ANIMAIS, INCLUINDO ESPÉCIES DE VIDA LIVRE E DE VIDA PARASITÁRIA HELMINTOS OS HELMINTOS CONSTITUEM UM GRUPO MUITO NUMEROSO DE ANIMAIS, INCLUINDO ESPÉCIES DE VIDA LIVRE E DE VIDA PARASITÁRIA Derivado do grego: helmins, helminthos - VERMES Termo VERME remete, de modo

Leia mais

Reino Animalia: filos com representantes aquáticos

Reino Animalia: filos com representantes aquáticos Reino Animalia: filos com representantes aquáticos Filos exclusivamente aquáticos Disponível em: .

Leia mais

Filo Annelida Vermes Anelados

Filo Annelida Vermes Anelados Filo Annelida Vermes Anelados CARACTERÍSTICAS GERAIS Anelídeo anelo = anel Metameria Meta = sucessão; meros = partes Externa e Interna Triblástico ( endoderme, mesoderme e ectoderme) Celomados Simetria

Leia mais

Zoologia - Prof. Dorival

Zoologia - Prof. Dorival EMBRIOLOGIA Pseudocelomado Tubo dentro de um tubo. O pseudoceloma tem mesoderme de um lado e endoderme de outro. Celomado Tubo dentro de um tubo. O celoma é envolvido pela mesoderme por todos os lados

Leia mais

PORÍFEROS E CELENTERADOS

PORÍFEROS E CELENTERADOS PORÍFEROS E CELENTERADOS. FILO PORIFERA Constituído pelas esponjas animais sésseis (fixos) que vivem em ambiente aquático. Existem espécies de água doce, mas a maioria é marinha. IMPORTÂNCIA ECONÔMICA

Leia mais

Zoologia. O estudo dos animais

Zoologia. O estudo dos animais Zoologia O estudo dos animais Reino Protista Os Protozoários Animais inferiores (primitivos); Unicelulares e Eucariontes; Heterótrofos; Isolados ou coloniais; Vida livre, parasitas, mutualísticos, etc.

Leia mais

BIOLOGIA. 2ªsérie LISTA: Ensino Médio. Aluno(a): Professor(a):Renato (feijão) DIA:MÊS:03. Segmento temático: Turma:A ( ) / B ( )

BIOLOGIA. 2ªsérie LISTA: Ensino Médio. Aluno(a): Professor(a):Renato (feijão) DIA:MÊS:03. Segmento temático: Turma:A ( ) / B ( ) LISTA: BIOLOGIA 1 2ªsérie Ensino Médio Professor(a):Renato (feijão) Turma:A ( ) / B ( ) Aluno(a): Segmento temático: PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS DIA:MÊS:03 2017 01 - (Mackenzie SP) Considere os grupos

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Pág. 118 Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ PROBLEMATIZAÇÃO INICIAL

Leia mais

Questão 3. a) Os moluscos não possuem sistema digestivo. b) Os moluscos não possuem sistema nervoso. c) Os mexilhões possuem concha com apenas uma

Questão 3. a) Os moluscos não possuem sistema digestivo. b) Os moluscos não possuem sistema nervoso. c) Os mexilhões possuem concha com apenas uma 2 ª série Ensino Médio Tarefão BIOLOGIA 2º bimestre Aluno(a): Questão - 1 A produção de pérolas requer a introdução artificial de pequenas partículas estranhas no manto. Este circunda o corpo estranho

Leia mais

Biomphalaria. Achatina fulica

Biomphalaria. Achatina fulica Reúne os animais de corpo com consistência macia e normalmente protegido por uma concha calcárea, que podem apresentam de poucos milímetros a vários metros; Seu corpo é dividido em três partes básicas:

Leia mais

6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica

6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica 6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica Unidade I Descobrindo os seres vivos Níveis de organização biológica Unidade I Descobrindo os seres vivos Hereditariedade: passagem dos genes

Leia mais

Platyhelminthes espécies descritas. Origem dos. Platyhelminthes

Platyhelminthes espécies descritas. Origem dos. Platyhelminthes Platyhelminthes + 20.000 espécies descritas Origem dos Platyhelminthes MENOR ESPECIALIZAÇÃO CELULAR MAIOR ESPECIALIZAÇÃO CELULAR DIBLÁSTICOS DIBLÁSTICOS TRIBLÁSTICOS Simetria Radial Simetria Radial Simetria

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 56 REINO ANIMAL

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 56 REINO ANIMAL BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 56 REINO ANIMAL Cordados 54 mil Artrópodes 1 milhão Anelidios 9 mil Outros filos 7 mil Equinodermos 6 mil Esponjas 4 Platelmintos mil 110 mil cnidiários 11 mil Moluscos 110 mil

Leia mais

Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas. Professora Débora Biologia

Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas. Professora Débora Biologia Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas Professora Débora Biologia Filo Poríferos Esponjas Filo Poríferos Características São todas

Leia mais

Aula 10 Seres Vivos. Prof Lucas Enes - Filo Platyhelminthe Classificação, Morfologia e Fisiologia

Aula 10 Seres Vivos. Prof Lucas Enes - Filo Platyhelminthe Classificação, Morfologia e Fisiologia Biologia C Aula 10 Seres Vivos Filo Platyhelminthe Classificação, Morfologia e Fisiologia Prof Lucas Enes - eneslucas@gmail.com Recadinho... Lembrando da aula passada... Histórico Característica Gerais

Leia mais

Águas-vivas Caravelas Corais Anêmonas Hidras

Águas-vivas Caravelas Corais Anêmonas Hidras Águas-vivas Caravelas Corais Anêmonas Hidras Invertebrados (não possuem coluna vertebral) Acelomados (não possuem cavidade interna derivada da mesoderme) Diblásticos (dois folhetos embrionários: endoderme

Leia mais

Ao passear na areias de uma praia, muitas pessoas gostam de admirar e pegar conchinhas trazidas pelas ondas. Essas conchinhas são de diversos

Ao passear na areias de uma praia, muitas pessoas gostam de admirar e pegar conchinhas trazidas pelas ondas. Essas conchinhas são de diversos Moluscos Ao passear na areias de uma praia, muitas pessoas gostam de admirar e pegar conchinhas trazidas pelas ondas. Essas conchinhas são de diversos tamanhos, formas e cores. Muitas vezes, se tornam

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 57 PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 57 PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 57 PLATELMINTOS E NEMATELMINTOS ixação F ) (UFF) Os platelmintos pertencem ao primeiro grupo de animais a possuir um sistema excre-or. Este é bastante primitivo, formado

Leia mais