Garantias pessoais e reais. Classe de crédito. Privilegiado (nota1 ) Privilegiado (nota 20)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Garantias pessoais e reais. Classe de crédito. Privilegiado (nota1 ) Privilegiado (nota 20)"

Transcrição

1 Processo Especial de Revitalização Insolvente: Erguigest - Projectos e Empreeendimentos, Lda. PROCESSO DE INSOLVÊNCIA N.º 1510/14.8TBACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central - 2ª Sec. Comércio - J2 RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - ART.º 154º CIRE Montante dos créditos e sua natureza Informação do Adm Judicial Identificação do credor Endereço Mandatário Fundamento Classe de crédito Garantias pessoais e reais Condições suspensivas / resolutivas Montante Capital Juros Crédito Crédito não % 1 2 ANA ISABEL DE OLIVEIRA COSTA NIF AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA - SERVIÇOS DO MINISTÉRIO PUBLICO DA COMARCA DE LEIRIA Av. Dr. Joaquim de Albuquerqu, n.º 62, Bombarral Palacio da Justiça - Praça São João de Deus Ramos, alcobaca.ministeriopubli Retribuições e subsídios de refeição, subsidios de férias e natal, compensação pela cessação do contrato de trabalho, indemnização por danos não patrimoniais. Reconhecido no âmbito do PER n.º 23/14.2T8ACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central-2ª Secção de Comércio - J1 IRC referente ao ano de 2012 Coimas e custas (nota1 ) N/A N/A 5.757, ,06 0, ,06 0,00 0,02% Comum N/A N/A , , , ,92 0,00 0,75% AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA - SERVIÇOS DO MINISTÉRIO PUBLICO DA COMARCA DE LEIRIA Gav. Rua de Olivença com Rua afonso de Albuquerque, alcobaca.ministeriopubli IVA referente ao ano de 2014 (nota 20) N/A N/A , ,68 748, ,94 0,00 0,10% 3 BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. NIPC Praça D. João I, 28, Porto Dr. Gonçalo Menéres Pimentel Livrança subscrita pela devedora e vencida em 20/07/2012 no valor de ,59; Garantido Nota 4 N/A , , , ,76 0,00 4,25% BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. NIPC Praça D. João I, 28, Porto Dr. Gonçalo Menéres Pimentel Livrança subscrita pela sociedade"precobel" e avalizada por José S. Primo e pela sociedade "Erguibel" vencida em 04/06/2012 no valor de ,50 Garantido Nota 5 N/A , , , ,64 0,00 3,74% BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. NIPC Praça D. João I, 28, Porto Dr. Gonçalo Menéres Pimentel Livrança no valor de ,91 vencida em 25/06/2012 subscrita pela insolvente e avalizada po José Santos Primo e pela sociedade "Precobel" Comum Nota 9 N/A , , , ,71 0,00 0,12% BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. NIPC Praça D. João I, 28, Porto Dr. Gonçalo Menéres Pimentel Saldo Devedor da conta de depósitos à ordem n.º Comum N/A N/A 2.804, ,93 837, ,58 0,00 0,01% 4 BANIF - BANCO INTERNACIONAL DO FUNCHAL, S.A. NIPC Rua de João Tavira, n.º 30, Funchal Dr.ª Andreia Lima Carneiro Livrança no montante de ,84 (contrato de consolidação - acordo de pagamento) Hipoteca Garantido Nota 6 N/A , , , ,61 0,00 0,61% Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

2 Processo Especial de Revitalização Insolvente: Erguigest - Projectos e Empreeendimentos, Lda. PROCESSO DE INSOLVÊNCIA N.º 1510/14.8TBACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central - 2ª Sec. Comércio - J2 RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - ART.º 154º CIRE Montante dos créditos e sua natureza Informação do Adm Judicial Identificação do credor Endereço Mandatário Fundamento Classe de crédito Garantias pessoais e reais Condições suspensivas / resolutivas Montante Capital Juros Crédito Crédito não % BANIF - BANCO INTERNACIONAL DO FUNCHAL, S.A. NIPC Rua de João Tavira, n.º 30, Funchal Dr.ª Andreia Lima Carneiro Saldo a descoberto em conta de DO n.º /10 Comum N/A N/A 324,48 269,06 55,42 324,48 0,00 0,00% BANIF - BANCO INTERNACIONAL DO FUNCHAL, S.A. NIPC Rua de João Tavira, n.º 30, Funchal Dr.ª Andreia Lima Carneiro Livrança no montante de ,85 (contrato de consolidação - acordo de pagamento) Hipoteca Garantido Nota 7 N/A , , , ,09 0,00 1,48% 5 BANCO POPULAR, S.A. NIPC BANCO POPULAR, S.A. NIPC BANCO POPULAR, S.A. NIPC BANCO POPULAR, S.A. NIPC Rua Ramalho Ortigão, n.º 51, Lisboa Rua Ramalho Ortigão, n.º 51, Lisboa Rua Ramalho Ortigão, n.º 51, Lisboa Rua Ramalho Ortigão, n.º 51, Lisboa Dr. Edmundo Batalha Reis Dr. Edmundo Batalha Reis Dr. Edmundo Batalha Reis Dr. Edmundo Batalha Reis Contrato de mútuo n.º , associado à conta de DO n.º Contrato de mútuo n.º , associado à conta de DO n.º Contrato de mútuo n.º , associado à conta de DO n.º º-37 Despesas de cobrança Garantido Nota 8 Nota , , , ,25 0,00 0,72% Garantido Nota 8 Nota , , , ,97 0,00 1,70% Garantido Nota 8 Nota , , , ,11 0,00 0,36% Comum (Nota 10) N/A N/A 8.000, ,00 0,00 0, ,00 0,00% 6 BARCLAYS BANK, PLC NIPC Av. Colégio Militar.º 37 - RF 13º andar, Torre Oriente, Lisboa Dr.ª Paula Lopes Contrato de mútuo com hipoteca e fiança Correia n.º Acordo de pagamento e confisão de dívida celebrado no âmbito j.pt do processo n.º 1929/12.9TBCLD Garantido Notas 13 e 14 N/A , , , ,06 0,00 0,46% 7 CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS, S.A. NIPC Av. João XXI, 63, Lisboa Contrato de mutuo de hipoteca com fiança n.º PT outorgado em e alterado em Reconhecido no âmbito do PER n.º 23/14.2T8ACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central-2ª Secção de Comércio - J1 Comum N/A N/A , ,00 0, ,00 0,00 7,15% CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS, S.A. NIPC CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS, S.A. NIPC Av. João XXI, 63, Lisboa Av. João XXI, 63, Lisboa Contrato de mutuo de hipoteca com fiança n.º PT Reconhecido no âmbito do PER n.º 23/14.2T8ACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central-2ª Secção de Comércio - J1 Contrato de mutuo de hipoteca com fiança n.º PT Reconhecido no âmbito do PER n.º 23/14.2T8ACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central-2ª Secção de Comércio - J1 Garantido N/A N/A , , , ,69 0,00 57,01% Garantido N/A N/A , , , ,99 0,00 6,21% Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

3 Processo Especial de Revitalização Insolvente: Erguigest - Projectos e Empreeendimentos, Lda. PROCESSO DE INSOLVÊNCIA N.º 1510/14.8TBACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central - 2ª Sec. Comércio - J2 RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - ART.º 154º CIRE Montante dos créditos e sua natureza Informação do Adm Judicial Identificação do credor Endereço Mandatário Fundamento Classe de crédito Garantias pessoais e reais Condições suspensivas / resolutivas Montante Capital Juros Crédito Crédito não % 8 9 CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS, S.A. NIPC CAIXA LEASING E FACTORING - INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, S.A. NIPC INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL I.P. - CENTRO DISTRITAL DE LEIRIA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL I.P. - CENTRO DISTRITAL DE LEIRIA Av. João XXI, 63, Lisboa Avenida João XXI, n.º 63-3º piso Lisboa Largo da República, n.3, Leiria Largo da República, n.3, Leiria Dr.º Nédia da Fonseca Nunes ados.com Contrato de mutuo de hipoteca com fiança n.º PT Reconhecido no âmbito do PER n.º 23/14.2T8ACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central-2ª Secção de Comércio - J1 Contratos de locação financeira mobiliária n.ºs ,347074, Livranças Contribuições referentes aos meses de dezembro de 2013, janeiro a fevereiro de 2014 Contribuições referentes aos meses de março a maio de 2014, agosto a novembro de 2014, janeiro e fevereiro de 2015 Garantido N/A N/A , ,93 0, ,93 0,00 7,82% Comum N/A Nota , , , ,25 0,00 0,11% Comum Nota 16 N/A 3.978, ,42 248, ,73 0,00 0,02% Nota 16 N/A 7.803, ,40 264, ,79 0,00 0,03% 10 JOSÉ DOS SANTOS PRIMO NIF Rua Monges de Cister, n.º 4, 1º frente, Benedita Crédito reclamado como privilegiado, a título de vencimentos, férias, trabalho extraordinário, subsídio de férias e natal, proporcionais, horas de formação profissional, Subordinado ( nota 3) N/A N/A , ,11 0, ,11 0,00 0,13% JOSÉ DOS SANTOS PRIMO NIF Rua Monges de Cister, n.º 4, 1º frente, Benedita indemnização pela cessação do contrato de trabalho. Subordinado ( nota 3) N/A N/A , ,25 0,00 0, ,25 0,00% 11 MARTA VICENTE JORGE NIF MARTA VICENTE JORGE NIF MARTA VICENTE JORGE NIF Rua de Vale de Guizos, n.º 28, Bloco D, 1º direito, Sã Martinho do Porto Rua de Vale de Guizos, n.º 28, Bloco D, 1º direito, Sã Martinho do Porto Rua de Vale de Guizos, n.º 28, Bloco D, 1º direito, Sã Martinho do Porto om Crédito laboral: salários referentes aos meses de setembro a dezembro de 2013, janeiro de 2014, fevereiro, março e abril de 2015 e correspondentes subsídios de refeição Crédito laboral: lay off de dezembro de 2014 a janeiro de 2015 Crédito laboral: férias vencidas e não gozadas, trabalho extraordinário referente aos anos de 2011, 2012.,2013, 2014 N/A N/A , ,70 0, ,70 0,00 0,05% N/A N/A 447,34 447,34 0,00 447,34 0,00 0,00% N/A N/A 8.045, ,45 0, ,45 0,00 0,03% Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

4 Processo Especial de Revitalização Insolvente: Erguigest - Projectos e Empreeendimentos, Lda. PROCESSO DE INSOLVÊNCIA N.º 1510/14.8TBACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central - 2ª Sec. Comércio - J2 RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - ART.º 154º CIRE Montante dos créditos e sua natureza Informação do Adm Judicial Identificação do credor Endereço Mandatário Fundamento Classe de crédito Garantias pessoais e reais Condições suspensivas / resolutivas Montante Capital Juros Crédito Crédito não % 12 MARTA VICENTE JORGE NIF MARTA VICENTE JORGE NIF MARTA VICENTE JORGE NIF NOVO BANCO S.A. NIPC NOVO BANCO S.A. NIPC NOVO BANCO S.A. NIPC NOVO BANCO S.A. NIPC NOVO BANCO S.A. NIPC Rua de Vale de Guizos, n.º 28, Bloco D, 1º direito, Sã Martinho do Porto Rua de Vale de Guizos, n.º 28, Bloco D, 1º direito, Sã Martinho do Porto Rua de Vale de Guizos, n.º 28, Bloco D, 1º direito, Sã Martinho do Porto Avenida da Liberdade, 195, Lisboa Avenida da Liberdade, 195, Lisboa Avenida da Liberdade, 195, Lisboa Avenida da Liberdade, 195, Lisboa Avenida da Liberdade, 195, Lisboa Dr. J. Monteiro Gomes Dr. J. Monteiro Gomes Dr. J. Monteiro Gomes Dr. J. Monteiro Gomes Dr. J. Monteiro Gomes Crédito laboral: subsidios de férias e natal, proporcionais Crédito laboral: horas de formação Crédito laboral: indemnização pela cessação do contrato de trabalho sob condição (nota 1 e nota 2 ) N/A N/A 7.000, ,00 0, ,00 0,00 0,03% N/A N/A 1.193, ,19 0, ,19 0,00 0,01% N/A Nota , ,99 0, , ,41 0,16% Livrança n.º Comum N/A Nota , , , ,20 0,00 1,18% Juros Subordinado N/A N/A 938,76 0,00 938,76 938,76 0,00 0,00% Saldo devedor da conta de depósitos à ordem n.º Comum N/A N/A 7.615, , , ,40 0,00 0,03% Juros Subordinado N/A N/A 105,04 0,00 105,04 105,04 0,00 0,00% Contratos de mútuo com hipoteca /livranças Garantido Nota 19 N/A , , , ,71 0,00 5,62% 13 PEDRO MANUEL SOUSA TOMÁS NIF Rua do Ardido, Ardido, Torquel, Dr.ª Marta Pontes martapontes- Crédito laboral: salários referentes aos meses de outubro de 2013 a abril de 2014 (notas 1 e 18) N/A N/A 3.112, ,00 0, ,00 0,00 0,01% PEDRO MANUEL SOUSA TOMÁS NIF Rua do Ardido, Ardido, Torquel, Dr.ª Marta Pontes martapontes- Crédito laboral: subsídios de refeição referentes aos meses de outubro de 2013 a abril de 2014 (notas 1 e 18) N/A N/A 808,50 808,50 0,00 808,50 0,00 0,00% PEDRO MANUEL SOUSA TOMÁS NIF Rua do Ardido, Ardido, Torquel, Dr.ª Marta Pontes martapontes- Crédito laboral: subsídios de natal referentes aos meses de outubro a dezembro de 2013 (notas 1 e 18) N/A N/A 234,99 234,99 0,00 234,99 0,00 0,00% PEDRO MANUEL SOUSA TOMÁS NIF Rua do Ardido, Ardido, Torquel, Dr.ª Marta Pontes martapontes- Crédito laboral: prémios de produtividade referentes aos meses de outubro de 2013 a abril de 2014 (notas 1 e 18) N/A N/A 1.050, ,00 0, ,00 0,00 0,00% PEDRO MANUEL SOUSA TOMÁS NIF Rua do Ardido, Ardido, Torquel, Dr.ª Marta Pontes martapontes- Crédito laboral: proporcionais (notas 1 e 18) N/A N/A 650,00 650,00 0,00 650,00 0,00 0,00% Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

5 Processo Especial de Revitalização Insolvente: Erguigest - Projectos e Empreeendimentos, Lda. PROCESSO DE INSOLVÊNCIA N.º 1510/14.8TBACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central - 2ª Sec. Comércio - J2 RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - ART.º 154º CIRE Montante dos créditos e sua natureza Informação do Adm Judicial Identificação do credor Endereço Mandatário Fundamento Classe de crédito Garantias pessoais e reais Condições suspensivas / resolutivas Montante Capital Juros Crédito Crédito não % PEDRO MANUEL SOUSA TOMÁS NIF Rua do Ardido, Ardido, Torquel, Dr.ª Marta Pontes martapontes- Crédito laboral: férias vencidas e respetivo subsidio de férias (notas 1 e 18) N/A N/A 1.300, ,00 0, ,00 0,00 0,01% PEDRO MANUEL SOUSA TOMÁS NIF Rua do Ardido, Ardido, Torquel, Dr.ª Marta Pontes martapontes- Crédito laboral: indemnização pela cessação do contrato de trabalho (notas 1 e 18) N/A N/A 7.364, ,50 0, ,50 0,00 0,03% 14 PT COMUNICAÇÕES, S.A NIPC Rua Andrade Corv, n.º 6, Lisboa Faturação:crédito no PER n.º 23/14.2T8ACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central-2ª Secção de Comércio - J1 Comum N/A N/A 82,62 82,62 0,00 82,62 0,00 0,00% 15 ROSA MARIA PINHEIRO TREJEIRA LOURENÇO E MARIDO NIF Rua Padre António Emílio, n.º 8, 3º esquerdo, Caldas da Rainha Dr. Fernando Silva Sentença proferida no âmbito do processo n.º 702/11.6TBCLD, que correu termos na Comarca de leiria - - Inst. Central - 1º Sec. Execução - J1 Garantido Nota 11 N/A , , , ,29 0,00 0,38% 16 SÓNIA FILIPA PRIMO DOMINGOS NIF Rua do Mercado, n.º 22, Venda da Costa, Alvorninha pt Crédito laboral: salário referente aos meses de setembro a dezembro de 2013, janeiro a fevereiro de 2014 e respectivos subsídios de refeição. N/A N/A 3.271, ,86 0, ,86 0,00 0,01% SÓNIA FILIPA PRIMO DOMINGOS NIF Rua do Mercado, n.º 22, Venda da Costa, Alvorninha pt Crédito laboral: lay off de dezembro de 2014 a janeiro de 2015 N/A N/A 259,00 259,00 0,00 259,00 0,00 0,00% SÓNIA FILIPA PRIMO DOMINGOS NIF Rua do Mercado, n.º 22, Venda da Costa, Alvorninha pt Crédito laboral: férias vencidas e não gozadas, trabalho extraordinário referente aos anos de 2011, 2012.,2013, 2014 N/A N/A 1.485, ,00 0, ,00 0,00 0,01% SÓNIA FILIPA PRIMO DOMINGOS NIF Rua do Mercado, n.º 22, Venda da Costa, Alvorninha pt Crédito laboral: subsidios de férias e natal, proporcionais N/A N/A 2.007, ,71 0, ,71 0,00 0,01% SÓNIA FILIPA PRIMO DOMINGOS NIF Rua do Mercado, n.º 22, Venda da Costa, Alvorninha pt Crédito laboral: horas de formação N/A N/A 297,30 297,30 0,00 297,30 0,00 0,00% SÓNIA FILIPA PRIMO DOMINGOS NIF Rua do Mercado, n.º 22, Venda da Costa, Alvorninha pt Crédito laboral: indemnização pela cessação do contrato de trabalho sob condição N/A Nota ,96 620,96 0,00 620,96 0,00 0,00% Totais , , , , ,66 100,00% Notas / Observações 1 Privilégios Creditórios Gerais - Mobiliário geral e Imobiliário especial - artº. 333 do CT e al d) do nº 1 do artº 737 do CC. Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

6 Processo Especial de Revitalização Insolvente: Erguigest - Projectos e Empreeendimentos, Lda. PROCESSO DE INSOLVÊNCIA N.º 1510/14.8TBACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central - 2ª Sec. Comércio - J2 RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - ART.º 154º CIRE Montante dos créditos e sua natureza Informação do Adm Judicial Identificação do credor Endereço Mandatário Fundamento Classe de crédito Garantias pessoais e reais Condições suspensivas / resolutivas Montante Capital Juros Crédito Crédito não % 2 Sob condição da cessação do contrato de trabalho. No caso de cessação do contrato de trabalho, atrabalhadora terá direito, não à indemnização prevista no art.º 391º do CT, mas sim à compensação prevista no art.º 366º do mesmo diploma legal. Não se reconhece o montante de 2552,41 porquanto a compensação não foi calculada de harmonia com disposto no atual art.º. 366º do CT e do art.º. 5º da Lei n.º 69/2013, de 30 de Agosto, segundo os quais, para contratos anteriores a 01/11/2011, o montante da indemnização deve ser calculada a trinta dias até 31/12/2012, a vinte dias em relação ao período de duração do contrato a partir de 01/11/2012 inclusive a até 30/09/2013 e a doze dias em relação ao período de duração do contrato a partir de 01/10/2013 inclusive. No caso em apreço, o montante da compensação perfaz ,58, ao invés de ,99 que haviam sido reclamados Crédito subordinado nos termos e para os efeitos do art.º 48º, al a) e art.º 49º n.º 2 do CIRE. Não se reconhecem os créditos reclamados como privilegiados nem o direito à indemnização pela cessação do contrato de trabalho, pois o reclamante era sócio gerente da insolvente. Ora, os sócios gerentes, constituindo os órgãos diretivos e representativos da sociedade, participam na formação da vontade social, agindo no âmbito de um contrato de mandato (ou de administração) e não de um contrato de trabalho subordinado, inexistindo pois dependência, hierárquica e funcional do reclamante enquanto sócio-gerente. Para haver contrato de trabalho, é indispensável a verificação de todos os seus elementos típicos: o vínculo de subordinação do trabalhador. Ora parece que nestes casos faltaria sempre o vínculo de subordinação do trabalhador, que não poderá estar subordinado a si mesmo, na veste de sócio gerente. Livrança vencida em 04/06/2012, no valor de ,20, preenchida por força de incumprimento do contrato de mutuo CLS pelo qual foi emprestada a quantia de ,00. Subscrita pela devedora e avalizada por José Santos Primo e pela sociedade Precobel-Projectos e Construções da Benedita, Ldª, accionada judicialmente no âmbito do processo n.º 165/14.4TBCLD. A devedora constitui para garantia do bom e pontual pagamento das respetivas obrigações hipotecas sobre os seguintes imóveis: A) Hipoteca constituída a favor do BCP sobre a Fração autónoma designada pelas letras "BE" do prédio urbano sito na Rua Miguel Bombarda, n.º 64 a 78 e na Rua Raul Proença n.º 61 a 77, concelho de Caldas da Rainha, descrito na Conservatória do Registo Predial de Caldas da Rainha sob o n.º 79 e inscrito na matriz predial urbana 11286, registada pela AP 1203 de 06/11/2009, cujo montante máximo assegurado ascende a ,60. B) Hipoteca constituída a favor do BCP sobre o a fração autónoma designada pelas letras "BD" do prédio urbano sito na freguesia de Nossa Senhora do Pópulo, concelho de Caldas da Rainha, descrito na Conservatória do Registo Predial de Caldas da Rainha sob o n.º 79 e descrito na matriz predial urbana sob o n.º 11286, registada pela AP 1203 de 06/11/2009, cujo montante máximo assegurado ascende a ,60. Livrança subscrita pela sociedade Precobel - Projectos e Construções da Benedita, Lda e avalizada por José de Santos Primo e pela sociedade Erguibel - Sociedade Imobiliária, Lda, accionada judicilamente e que deu origem ao processo judicia n.º 1855/12,1TBCLD. Para garantia das responsabilidades assumidas pela Precobel - Projectos e Construções da Benedita, Lda, a sociedade insolvente constituiu afavor do BCP as seguintes Hipotecas: Hipoteca constituída a favor do BCP sobre a Fração autónoma designada pelas letras "BC" do prédio urbano sito na Rua Miguel Bombarda, n.º 64 a 78 e na Rua Raul Proença n.º 61 a 77, concelho de caldas da Rainha, descrito na Conservatória do Registo Predial de Caldas da Rainha sob o n.º 79 e inscrito na matriz predial urbana 11286, registada pela AP 1243 de 06/11/2009, cujo montante máximo assegurado ascende a ,89. Hipoteca constituída a favor do BCP sobre a Fração autónoma designada pelas letras "BF" do prédio urbano sitona freguesia de Nossa Senhora do Pópulo, concelho de Caldas da Rainha, descrito na Conservatória do Registo Predial de Caldas da Rainha sob o n.º 79 e descrito na matriz predial urbana sob o n.º 11286, registada pela AP 1243 de 06/11/2009, cujo montante máximo assegurado ascende a ,89 Livrança subscrita pela devedora e avalizada por José Santos Primo Hipoteca voluntária a favor do BANIF sobre os seguintes imóveis: fração autónoma designada pelas letras "AU", identificada por segundo andar duzento s e tres e fração autónoma designada pelas letras "BB", identificada pelas letras "BB", identificada por segundo andar duzentos e oito, ambas parte integrante do prédio urbano sito na Rua Miguel Bombarda, n.ºs 64 a 78 e Rua raul Proença n.ºs 61 a77, na freguesia de Nossa Senhora do Pópulo, concelho de Caldas da Rainha, inscrito na respetiva matriz sob o art.º 5315, anteriormente art.º e descrito na CRP de Caldas da Rainha sob o n.º 79/ , registadas pela AP 3605 de , cujo montante máximo assegurafo ascende a ,35. Livrança subscrita pela sociedade Precobel - Projectos e Construções da Benedita, Lda e avalizada por José de Santos Primo. Para garantia das responsabilidades assumidas pela Precobel - Projectos e Construções da Benedita, Lda, a sociedade insolvente constituiu a favor do BANIF hipoteca voluntária sobre a fração autónoma edesignada pelas letras"ax", correspondente ao andar duzentos e cinco, do prédio urbano sito na Rua Miguel Bombarda n.s 68 a 78 e Rua Raul Proença n.s 61 a 77, freguesia de Nossa Senhora do Pópulo, concelho de Caldas da Rainha, inscrito na matriz sob o artigo 5315, anteriormente artigo e descrito na CRP de Caldas da Rainha sob o n.º 79/ , registada pela AP 1602 de , cujo montante máximo assegurado ascende a ,50 Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

7 Processo Especial de Revitalização Insolvente: Erguigest - Projectos e Empreeendimentos, Lda. PROCESSO DE INSOLVÊNCIA N.º 1510/14.8TBACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central - 2ª Sec. Comércio - J2 RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - ART.º 154º CIRE Montante dos créditos e sua natureza Informação do Adm Judicial Identificação do credor Endereço Mandatário Fundamento Classe de crédito Garantias pessoais e reais Condições suspensivas / resolutivas Montante Capital Juros Crédito Crédito não % Para garantia de todas e quaisquer quantias de que a sociedade "Erguigest - Projectos e Empreendimentos imobiliários, Lda",ora insolvente, seja devedora, foram constituídas a favor dobanco Popular as seguintes hipotecas: Hipoteca sobre a fração autónoma designada pelas letras "AS", correspondente ao segundo andar duzentos e um para escritórios/ serviços; fração autónoma designada pelas letras "BH", correspondente ao segundo andar duzentos e catorze para escritórios/ serviços; fração autónoma designada pelas letras "BJ", correspondente ao segundo andar duzentos e dezasseis para escritórios/ serviços; fração autónoma designada pelas letras "BL", correspondente ao segundo andar duzentos e dezassete para escritórios/ serviços, todas elas parte integrante do prédio urbano sito na Rua Miguel Bombarda, n.s 64 a 78 e Rua Raul Proença, n.s 61 a 77, freguesia de Caldas da Rainha, Nossa Senhora do Pópulo, concelho de Caldas da Rainha, sob o numero 79, afeto em regime de propriedade horizontal e inscrito na respetiva matriz sob o artigo 11286, registada pela AP 5241 de e cujo capital máximo assegurado ascende a ,00. Hipoteca sobre o prédio urbano sito no lugar e freguesia da benedita, concelho de, denominada "Lote Dezanove, inscrito na matriz predial sob o art.º 4727, descrita na Consevatória do Registo Predial de so o n.º 3441, freguesia da Benedita, Nossa Senhora do Populo, registada pela AP 569 de , cujo capital máximo assegurado ascende a ,00. Livrança no valor de ,91 vencida em 25/06/2012 subscrita pela insolvente e avalizada po José Santos Primo e pela sociedade "Precobel - Projectos e Empreendimentos Imobiliários, Lda., a qual foi acionada no âmbito do processo judical com o n.º 165/14.4TBCLD. Não se reconhece o montante reclamado a titulo de despesas de cobrança, porquanto o mesmo não se encontra devidamente fundamentado (inexistem documentos). Crédito que se reconhece provisoriamente como garantido, porquanto a sua efetiva qualificação está sujeita à análise de documentos solicitados à Conservatória de Registo Predial. Relega-se, pois, a qualificação definitiva da natureza do crédito reclamado para o momento da apresentação da relação definitiva a elaborar nos termos e para os efeitos do art.º 129º do CIRE. Hipoteca voluntária sobre a fracção autónoma designada pelas letras"bu", correspondente ao 5º andar esquerdo / desvão da cobertura do Bloco B e arrecadação com designação A2, que faz parte integrante do prédio urbano sito na RuaDr. Miguel Bombarda e Rua Raul Proença, freguesia de Caldas da Rainha, Nossa Senhora do Populo, concelho de Caldas da Rainha, sob o n.º 79, inscrito na respectiva matriz sob o n.º 63087, registada provisoriamemente pela AP261 de e definitivamente pela AP55 de , cujo capital máximo assegurado ascende a , Sob condição da cessação do contrato de trabalho. Hipoteca em primeiro grau sobre os seguintes imóveis: fração autónoma designada pela letra "J", correspondente ao rés-do-chão 006 para comércio do prédio urbano sito na Rua Miguel Bombarda n.s 64 a 78 e na Rua Raul Proença n.s 61 a 67, freguesia de Caldas da Rainha ( Nossa Senhora do Pópulo) e concelho de Caldas da Rainha descrito na CRP de de Caldas da Rainha sob o n.º 79 e inscrito na matriz sob o artigo 11286; fração autónoma designada pela letra "H", correspondente ao rés-do-chão 006 para comércio do prédio urbano sito na Rua Miguel Bombarda n.s 64 a 78 e na Rua Raul Proença n.s 61 a 67, freguesia de Caldas da Rainha ( Nossa Senhora do Pópulo) e concelho de Caldas da Rainha descrito na CRP de de Caldas da Rainha sob o n.º 79 e inscrito na matriz sob o artigo 11286; fração autónoma designada pela letra "I", correspondente ao rés-do-chão 006 para comércio do prédio urbano sito na Rua Miguel Bombarda n.s 64 a 78 e na Rua Raul Proença n.s 61 a 67, freguesia de Caldas da Rainha ( Nossa Senhora do Pópulo) e concelho de Caldas da Rainha descrito na CRP de de Caldas da Rainha sob o n.º 79 e inscrito na matriz sob o artigo 11286, registada pela AP16 de , cujo montante máximo garantido ascende a ,00 Fiança prestada por José dos Santos Primo e pela sociedade Precobel - Projectos e Construções da Benedita, Lda. Livrança subscrita pela devedora e avalizada por José dos Santos Primo e pela sociedade Precobel - Projectos e Construções da Benedita, Lda Três livranças subscritas pela sociedade insolvente e avalizadas por José dos Santos Primo, as quais constituiem titulo executivo em ação intentada no extintotribunal Judicial de. Hipoteca voluntária sobre a o prédio descrito na CRP de Caldas da Rainha sob o n.º 79/ B, da freguesia de Caldas da Rainha - Nossa senhora do Pópulo, correspondente à AP 2603 de cujo montante máximo assegurado ascende a 2.632,94 e pela AP 1811 de cujo montante máximo assegurado 6.833,74 Livrança subscrita pela insolvente e avalizada por José dos Santos Primo. Privilégio creditório geral, graduado em último lugar, relativamente aos bens móveis integrantes da massa insolvente nos termos e para os efeitos do art.º 98º, n.º 1 do CIRE. Livranças subscritas pela sociedade "Precobel - Projectos e Construções da Benedita, Lda. Para garantia de todas as obrigações assumidas pela sociedade "Precobel - Projectos e Construções da Benedita, Lda.", a sociedade insolvente constituiu a favor do Novo Banco hipoteca sobre a Fracção autónoma designada pela letra "L", do prédio urbano sito na Rua Miguel Bombarda n.º 64, freguesia de Caldas da Rainha - Nossa Senhora do Pópulo, concelho de Caldas da Rainha, descrito na CRP de Caldas da Rainha sob o n.º 79 e inscrto na respetiva matriz sob o artigo 11286, registada pela AP2847 de cujo capital máximo assegurado ascende a ,00 Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

8 Processo Especial de Revitalização Insolvente: Erguigest - Projectos e Empreeendimentos, Lda. PROCESSO DE INSOLVÊNCIA N.º 1510/14.8TBACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central - 2ª Sec. Comércio - J2 RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - ART.º 154º CIRE Montante dos créditos e sua natureza Informação do Adm Judicial Identificação do credor Endereço Mandatário Fundamento Classe de crédito Garantias pessoais e reais Condições suspensivas / resolutivas Montante Capital Juros Crédito Crédito não % 20 Privilégio imobiliário e mobiliário geral (art.º 111º do CIRS, art.º 47º, n.º 4, al. a) CIRE e art.º 736º CC) Declara-se, nos termos e para os efeitos do art.º 133.º do CIRE e a fim de poderem ser examinados por qualquer interessado e pela comissão de credores, que as reclamações de créditos e os documentos que as instruem, se encontram depositados no escritório do Administrador de Insolvência A/HR/ Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

9 Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

10 Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

11 Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

12 Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

13 Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

14 Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

15 Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

16 Rua Bernardo Sequeira-Apart BRAGA - Telef:

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da 1º Juízo Cível Processo nº 430/14.0TJVNF Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão V/Referência: Data: Insolvência de Aníbal Joaquim Pereira da Costa e

Leia mais

J1 Processo nº 1054/14.8TBFAF Insolvência de VENDILIMA Investimentos Imobiliários, Lda. Apenso da Reclamação de Créditos

J1 Processo nº 1054/14.8TBFAF Insolvência de VENDILIMA Investimentos Imobiliários, Lda. Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 1ª Secção de Comércio da Instância Central de Guimarães J1 Processo nº 1054/14.8TBFAF Insolvência de VENDILIMA Investimentos Imobiliários, Lda. Apenso da

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1438/08.0TJVNF Insolvência de António Jorge Pinto Ferreira Alves Apenso da Reclamação

Leia mais

RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - Artºs 154.º e 155º CIRE

RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - Artºs 154.º e 155º CIRE Montante dos s e sua natureza 1 2 AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA António José Rodrigues da Cunha NIF 165624345 Rua Capitão Augusto

Leia mais

J3 Processo nº 689/15.6T8GMR Insolvência de Ana Paula Figueiredo Ferreira Sousa Lima Apenso da Reclamação de Créditos

J3 Processo nº 689/15.6T8GMR Insolvência de Ana Paula Figueiredo Ferreira Sousa Lima Apenso da Reclamação de Créditos J3 Processo nº 689/15.6T8GMR Insolvência de Ana Paula Figueiredo Ferreira Sousa Lima Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 1ª Secção de Comércio da Instância

Leia mais

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º J2 Processo nº 1156/15.3T8VNF Insolvência de Carlos Alberto Azevedo Silva Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 2ª Secção de Comércio da Instância Central de

Leia mais

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 1º Juízo Cível Processo nº 3818/12.8TJVNF Insolvência de PISONORT Pavimentos Industriais, Lda. Apenso da Reclamação

Leia mais

(Declaração de Insolvência: 13-06-2012. Publicação no Portal Citius: 19-07-2012. Prazo: 30 dias + 5 Débitos. Data limite: 23-08-2012)

(Declaração de Insolvência: 13-06-2012. Publicação no Portal Citius: 19-07-2012. Prazo: 30 dias + 5 Débitos. Data limite: 23-08-2012) / Pessoal Recl. 1 / Subordinado/ Sob (Declaração de Insolvência: 13-06-2012. Publicação no Portal Citius: 19-07-2012. Prazo: 30 dias + 5 Débitos. Data limite: 23-08-2012) + Sob Contrato de financiamento

Leia mais

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 3242/12.2TJVNF Insolvência de Temas Simples Estampagem, Unipessoal, Lda. Apenso da

Leia mais

ALCIDES ANTÓNIO RELVAS SOARES e ROSA MARIA DA SILVA RAMOS SOARES LISTA A QUE SE REFERE O ART. 129.º CIRE

ALCIDES ANTÓNIO RELVAS SOARES e ROSA MARIA DA SILVA RAMOS SOARES LISTA A QUE SE REFERE O ART. 129.º CIRE MAPA UM - MONTANTE DOS CRÉDITOS RECONHECIDOS, NATUREZA E DISCRIMINAÇÃO VOTAÇÃO ASS. CRED. CREDITOS RECONHECIDOS JUROS VINCENDOS RECL N. REC. 156.º (3) REP NATUREZA MANDATÁRIO (1) CONT (5) CAPITAL JUROS

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 2844/10.6TJVNF Insolvência de Orlando César Pites Mateus Apenso da Reclamação de Créditos

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila do Conde 1º Juízo Cível Processo nº 794/11.8TBVCD Insolvência de Ana Mónica Rebelo Marques Apenso da Reclamação de Créditos V/Referência:

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 3879/11.7TJVNF Insolvência de Cristiana Manuela Nogueira Marinho Pereira Apenso da

Leia mais

do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: montante dos créditos, sua natureza e descriminação;

do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: montante dos créditos, sua natureza e descriminação; J3 Processo nº 3067/14.0T8GMR Insolvência de Fluir da Fonte - Construções, Lda. Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 1ª Secção de Comércio da Instância Central

Leia mais

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na Quinta

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na Quinta Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Judicial de Penafiel 4º Juízo Processo nº 1555/10.7TBPNF Insolvência de Beyond Home, S.A. V/Referência: Data: Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da

Leia mais

PLANO DE REVITALIZAÇÃO

PLANO DE REVITALIZAÇÃO PLANO DE REVITALIZAÇÃO O Plano de Recuperação deve indicar claramente as alterações dele decorrente para as posições jurídicas dos credores da devedora, porquanto, e analisada a viabilidade económica da

Leia mais

J4 Processo 1098/14.0TBSTS Insolvência de Carla Patrícia Fernandes Rodrigues Lapa Sebastião

J4 Processo 1098/14.0TBSTS Insolvência de Carla Patrícia Fernandes Rodrigues Lapa Sebastião Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 1ª Secção de Comércio da Instância Central de Santo Tirso J4 Processo 1098/14.0TBSTS Insolvência de Carla Patrícia Fernandes Rodrigues Lapa Sebastião V/Referência:

Leia mais

Certidão Permanente. Código de acesso: GP-1152-15077-151301-001581

Certidão Permanente. Código de acesso: GP-1152-15077-151301-001581 Certidão Permanente Código de acesso: GP-1152-15077-151301-001581 DESCRIÇÃO EM LIVRO: N.º 3140, Livro Nº: 10 DESCRIÇÕES - AVERBAMENTOS - ANOTAÇÕES URBANO SITUADO EM: Rua Miguel Bombarda, nºs 40, 42 e 44

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1845/13.7TJVNF Insolvência de Dulce Orquídea Barbosa Rodrigues Apenso da Reclamação

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1533/10.6TJVNF Insolvência de Ideias ao Acaso, Unipessoal, Lda Apenso da Reclamação

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia 1º Juízo Processo nº 482/11.5TYVNG Insolvência de Neto & Martins, Lda Apenso da Reclamação de Créditos V/Referência:

Leia mais

NOTAS / OBSERVAÇÕES. Nota 2: Crédito reconhecido sob condição da opção pelo cumprimento ou resolução do contrato.

NOTAS / OBSERVAÇÕES. Nota 2: Crédito reconhecido sob condição da opção pelo cumprimento ou resolução do contrato. 1 NOTAS / OBSERVAÇÕES Nota 1: Direito de retenção sobre a fracção autónoma designada pela letra "L", correspondente ao apartamento de tipo T2, do lote 465, que integra o Empreendimento Praia D'El Rey Golf

Leia mais

Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo

Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo Página 1 de 11 Acórdãos STA Processo: 0606/14 Data do Acordão: 10-09-2014 Tribunal: 2 SECÇÃO Relator: PEDRO DELGADO Descritores: Sumário: Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo GRADUAÇÃO DE CRÉDITOS

Leia mais

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1778/12.4TJVNF Insolvência de Ana Maria Lopes Gonçalves Apenso da Reclamação de Créditos

Leia mais

PLANO DE REVITALIZAÇÃO Título I, Cap. II, art. 17º-A a 17º-I do CIRE

PLANO DE REVITALIZAÇÃO Título I, Cap. II, art. 17º-A a 17º-I do CIRE Carla Maria Gonçalves, Luís Daniel Gonçalves Portador do CC. nº 1234567-5ZY1, e do NIF 204 123 123, Portadora do CC nº 1234568-2ZY0, e do NIF 203 456 456, PLANO DE REVITALIZAÇÃO Título I, Cap. II, art.

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 7.091/11.7 TBVNG 2º Juízo Cível Insolventes: ARMINDO JOSÉ SILVA LOPES E MARIA EMILIA ANDRADE TAVARES LEITE FERNANDES Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente

Leia mais

AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto

AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto PE/859/2013 1 Tribunal da execução Tribunal de Família e Menores de Comarca de Portimão 3º Juízo Cível 2 Tribunal deprecado ---- 3 Processo n.º 2546/13.1TBPTM

Leia mais

V/Referência: Data: Insolvência de Albérico Manuel Dias e Cristina Zulmira Mateus de Oliveira Dias

V/Referência: Data: Insolvência de Albérico Manuel Dias e Cristina Zulmira Mateus de Oliveira Dias Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da Secção de Competência Genérica da Instância Local de Mirandela J1 Processo nº 293/15.9T8MDL V/Referência: Data: Insolvência de Albérico Manuel Dias e Cristina

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 399/14.1 TBVNG 4º Juízo Cível Insolventes: JOÃO JOAQUIM SOUSA SOBRAL E ISABEL MARIA DOS SANTOS ROCHA SOBRAL Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO

Leia mais

ANÚNCIO INSOLVÊNCIA DE ALCINO MANUEL POLÓNIA SOARES VENDA DE BENS

ANÚNCIO INSOLVÊNCIA DE ALCINO MANUEL POLÓNIA SOARES VENDA DE BENS ANÚNCIO INSOLVÊNCIA DE ALCINO MANUEL POLÓNIA SOARES VENDA DE BENS FAZ-SE SABER que, pela Administradora da Insolvência, ouvida a Comissão de Credores e o insolvente, nos autos de Liquidação do Activo por

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 10.514/12.4 TBVNG 6º Juízo Cível Insolvente: JOSÉ ANTÓNIO PIRES DE SOUSA Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da 4º Juízo Cível Processo nº 349/09.7TJVNF Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão V/Referência: Data: Insolvência de CRISPISCINAS - Comércio de Piscinas

Leia mais

O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 697/11.6 TYVNG 2º Juízo Insolvente: AV POWER REPARAÇÃO DE AUDIOVISUAIS, LIMITADA Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos

Leia mais

O presente RELATÓRIO, é elaborado nos termos do disposto no artigo 155.º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

O presente RELATÓRIO, é elaborado nos termos do disposto no artigo 155.º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 1.115/13.0 TYVNG 1º Juízo Insolvente: JOSÉ MIGUEL CRUZ UNIPESSOAL, LIMITADA Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO, é elaborado nos termos do

Leia mais

Novas regras para insolvência avançam em Maio, mas falta regular actividade dos gestores.

Novas regras para insolvência avançam em Maio, mas falta regular actividade dos gestores. Administradores de insolvência ainda sem estatuto Novas regras para insolvência avançam em Maio, mas falta regular actividade dos gestores. Económico, 23-04-12 As novas regras para o processo de insolvência

Leia mais

AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto

AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto PE/1184/2013 1 Tribunal da execução Setúbal - Tribunal Judicial 4º Juízo Cível 2 Tribunal deprecado ---- 3 Processo n.º 6202/13.2TBSTB Ofício n.º 4

Leia mais

https://www.portaldaempresa.pt/registoonline/services/certidaopermanente/consult...

https://www.portaldaempresa.pt/registoonline/services/certidaopermanente/consult... Page 1 of 6 Acesso à Certidão Permanente Certidão Permanente de Registos Voltar Sair Certidão Permanente Código de acesso: 4840-3523-0719 A entrega deste código a qualquer entidade pública ou privada dispensa

Leia mais

Certidão Permanente Código de acesso: 0554-4388-8452

Certidão Permanente Código de acesso: 0554-4388-8452 Certidão Permanente Código de acesso: 0554-4388-8452 A entrega deste código a qualquer entidade pública ou privada dispensa a apresentação de uma certidão em papel.(artº 75º, nº5 do Código do Registo Comercial)

Leia mais

33. Ação contra compensação bancária

33. Ação contra compensação bancária 33. Ação contra compensação bancária Tribunal Judicial da Comarca de M. mo Juiz de Direito (nome completo), NIF, com domicílio em (morada completa), em (localidade) e mulher (nome completo), NIF, com domicílio

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015. Série. Número 21

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015. Série. Número 21 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015 Série Sumário VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL E SECRETARIAS REGIONAIS DO PLANO E FINANÇAS, DO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS

Leia mais

CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas

CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas Decreto-Lei n.º 53/2004 de 18 de Março Processo n.º 195/12.0TBPNF Tribunal Judicial de Penafiel 3º Juízo Relatório do (Artigo 155º do CIRE) de Santos

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRADORA DE INSOLVÊNCIA. (elaborado nos termos do art.155º do C.I.R.E.)

RELATÓRIO DA ADMINISTRADORA DE INSOLVÊNCIA. (elaborado nos termos do art.155º do C.I.R.E.) RELATÓRIO DA ADMINISTRADORA DE INSOLVÊNCIA (elaborado nos termos do art.155º do C.I.R.E.) Notas prévias: Visita efectuada à sede da insolvente em 03-12-2010 Publicação do extracto do anúncio na Imprensa

Leia mais

NEGOCIAÇÃO PARTICULAR

NEGOCIAÇÃO PARTICULAR Processo n.º 384/14.3TYLSB Comarca de Lisboa - Lisboa - Inst. Central - 1ª Sec. Comércio - J5 NEGOCIAÇÃO PARTICULAR Insolvência de: Soteclis - Sociedade Técnica de Isolamentos, Lda. LOJAS Amadora (Alfornelos)

Leia mais

V/Referência: Data: Insolvência de A. F. Pereira - Comércio de Materiais de Construção Civil e Terraplanagem, Lda.

V/Referência: Data: Insolvência de A. F. Pereira - Comércio de Materiais de Construção Civil e Terraplanagem, Lda. Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Judicial de Vila Nova de Famalicão 2º Juízo Cível Processo nº 1805/12.5TJVNF V/Referência: Data: Insolvência de A. F. Pereira - Comércio de Materiais

Leia mais

Juízos Cíveis de Coimbra

Juízos Cíveis de Coimbra Juízos Cíveis de Coimbra AA.:António Francisco Domingues, portador do Cartão do Cidadão nº004897786 válido até 13/10/2013, contribuinte fiscal nº 100097898 e mulher Florbela Francica Santos Domingues portadora

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 11 de novembro de 2014. Série. Número 210

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 11 de novembro de 2014. Série. Número 210 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 11 de novembro de 2014 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS Edital n.º 8/2014 Requerimento de José António de Sousa para

Leia mais

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Geral da Casa do Povo de Fermentões

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Geral da Casa do Povo de Fermentões CASA DO POVO DE FERMENTÕES Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Geral da Casa do Povo de Fermentões Em sua reunião de 30/10/2014, com a finalidade de apoiar a reestruturação e a sustentabilidade económica

Leia mais

Decreto n.º 63/99, de 2 de Novembro

Decreto n.º 63/99, de 2 de Novembro Decreto n.º 63/99, de 2 de Novembro Cria um instrumento financeiro denominado obrigações hipotecárias. B.O. n.º 40 - I Série Decreto n.º 63/99 de 2 de Novembro O presente diploma, dando sequência à reforma

Leia mais

1 de 6 Acesso à Certidão Permanente Certidão Permanente Documentos da Certidão Permanente Voltar Sair Certidão Permanente Código de acesso: 3031-2446-0658 A entrega deste código a qualquer entidade pública

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 2.220/13.9 TBVNG 5º Juízo Cível Insolventes: PEDRO MANUEL LOPES DE ALMEIDA E CARLA LILIANA DAMAS BESSA MIRANDA DE ALMEIDA Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente

Leia mais

AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto

AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto PE/63/2013 1 Tribunal da execução Lisboa - Sec-Geral de Execuções 3º Juízo - 1ª Secção 2 Tribunal deprecado ---- 3 Processo n.º 25359/12.3YYLSB Ofício

Leia mais

Convenção de Mediação. I. Nome:, estado civil:, capacidade:, titular do bilhete de identidade n.º: II. Nome:, estado civil:, capacidade:,

Convenção de Mediação. I. Nome:, estado civil:, capacidade:, titular do bilhete de identidade n.º: II. Nome:, estado civil:, capacidade:, Convenção de Mediação Entre: I. Nome:, estado civil:, capacidade:, titular do bilhete de identidade n.º:, contribuinte fiscal n.º:, residente em: ; II. Nome:, estado civil:, capacidade:, titular do bilhete

Leia mais

10. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS 10.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes

10. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS 10.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes 10. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE COMSÕES E DESPESAS 10.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes Crédito de Curto Prazo em Conta Corrente Iniciais Euros (min/máx) Valor Anual Acresce

Leia mais

Comissões IVA. Acresce Imposto. Valor Com Imposto IS Cont. Mad. Aç. Cont. Mad. Aç. Comissões Iniciais -- -- 23% 22% 18% 24,60 24,40 23,60

Comissões IVA. Acresce Imposto. Valor Com Imposto IS Cont. Mad. Aç. Cont. Mad. Aç. Comissões Iniciais -- -- 23% 22% 18% 24,60 24,40 23,60 2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (CLIENTES PARTICULARES) - FOLHETO DE COMSÕES E DESPESAS Entrada em vigor: 17-agosto-2015 2.1. Crédito à Habitação e Contratos Conexos - Crédito Habitação para Residentes [2.1.20150922.18]

Leia mais

3 APARTAMENTOS, 3 MORADIAS, 19 TERRENOS P/ CONSTRUÇÃO

3 APARTAMENTOS, 3 MORADIAS, 19 TERRENOS P/ CONSTRUÇÃO VENDA ATRAVÉS DE RECEPÇÃO DE PROPOSTAS REDUZIDAS A ESCRITO 29/01/2016 3 APARTAMENTOS, 3 MORADIAS, 19 TERRENOS P/ CONSTRUÇÃO CALDAS DA RAINHA MARINHA GRANDE / VILA NOVA DE POIARES DESDE 15.300,00 Insolvência

Leia mais

Terça-feira, 23 de junho de 2015. Aumento de capital social Montante do aumento: 1.000,00 EUR

Terça-feira, 23 de junho de 2015. Aumento de capital social Montante do aumento: 1.000,00 EUR REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 23 de junho de 2015 Série Sumário CONSERVATÓRIA DO REGISTO COMERCIAL E CARTÓRIO NOTARIAL PRIVATIVOS DA ZONA FRANCA DA MADEIRA BÁLZYKA - TRADING E

Leia mais

LEILÃO. Apartamento - T3

LEILÃO. Apartamento - T3 LEILÃO Insolvência: José António Ribeiro Pereira Processo de Insolvência nº 3196/09.2TBBRG 3.º Juízo Cível do Tribunal Judícial Braga Por determinação do Exmo. Administrador de Insolvência, coadjuvamos

Leia mais

DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS PERITOS AVALIADORES DE IMÓVEIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO

DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS PERITOS AVALIADORES DE IMÓVEIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PROTEÇÃO DA ATIVIDADE SEGURO OBRIGATÓRIO CONDIÇÕES GERAIS - 168 DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS PERITOS AVALIADORES DE IMÓVEIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO 808 29 39 49 fidelidade.pt

Leia mais

Conde. 1º Juízo Cível V/Referência: Processo nº 837/11TBVCD Data: Insolvência de Paulo Sérgio Vieira Carneiro e Elvira Silva Castro Carneiro

Conde. 1º Juízo Cível V/Referência: Processo nº 837/11TBVCD Data: Insolvência de Paulo Sérgio Vieira Carneiro e Elvira Silva Castro Carneiro Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila do Conde 1º Juízo Cível V/Referência: Processo nº 837/11TBVCD Data: Insolvência de Paulo Sérgio Vieira Carneiro e Elvira Silva

Leia mais

Quarta-feira, 23 de outubro de 2013. NORTH COAST, SERVIÇOS DE CONSULTORIA, LDA. Cessação de funções de membro do órgão social

Quarta-feira, 23 de outubro de 2013. NORTH COAST, SERVIÇOS DE CONSULTORIA, LDA. Cessação de funções de membro do órgão social REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 23 de outubro de 2013 Série Sumário CONSERVATÓRIA DO REGISTO COMERCIAL PRIVATIVA DA ZONA FRANCA DA MADEIRA ESARTRADING, LDA. Convertido em definitivo

Leia mais

CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas

CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas Decreto-Lei n.º 53/2004 de 18 de Março Processo n.º 1038/09.8TYVNG Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia 1º Juízo Relatório do (Artigo 155º do CIRE)

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRADORA DE INSOLVÊNCIA

RELATÓRIO DA ADMINISTRADORA DE INSOLVÊNCIA RELATÓRIO DA ADMINISTRADORA DE INSOLVÊNCIA (elaborado nos termos do art.155º do C.I.R.E.) Notas prévias: Publicação do extracto do anúncio na Imprensa Nacional Casa da Moeda em 03-08-2010 1. INSOLVENTE:

Leia mais

Prática Processual Civil. 1º curso de estágio da OA de 2011 CDC. Turma 3. Proposta de trabalho. Caso A impugnação pauliana

Prática Processual Civil. 1º curso de estágio da OA de 2011 CDC. Turma 3. Proposta de trabalho. Caso A impugnação pauliana Prática Processual Civil 1º curso de estágio da OA de 2011 CDC Turma 3 Proposta de trabalho Caso A impugnação pauliana O Afonso Pires é um famoso Engenheiro Civil, reside na Quinta São Bartolomeu, nº 55,

Leia mais

CONCURSO Nº 2/DAGP/12 VENDA DE PATRIMÓNIO EDIFICADO, LOTES E TERRENOS EM DIVERSOS LOCAIS REGULAMENTO

CONCURSO Nº 2/DAGP/12 VENDA DE PATRIMÓNIO EDIFICADO, LOTES E TERRENOS EM DIVERSOS LOCAIS REGULAMENTO CONCURSO Nº 2/DAGP/12 VENDA DE PATRIMÓNIO EDIFICADO, LOTES E TERRENOS EM DIVERSOS LOCAIS REGULAMENTO CONCURSO Nº 2/DAGP/12 VENDA DE PATRIMÓNIO EDIFICADO, LOTES E TERRENOS EM DIVERSOS LOCAIS REGULAMENTO

Leia mais

Município de Leiria Câmara Municipal

Município de Leiria Câmara Municipal Município de Leiria Câmara Municipal Divisão Jurídica e Administrativa (DIJA) DELIBERAÇÃO DA REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE 9 DE SETEMBRO DE 2014 Serviço responsável pela execução da deliberação Gabinete

Leia mais

Terça-feira, 13 de maio de 2014. Resolução n.º 272/2014. Resolução n.º 273/2014. Resolução n.º 274/2014. Resolução n.º 275/2014 1.276,65.

Terça-feira, 13 de maio de 2014. Resolução n.º 272/2014. Resolução n.º 273/2014. Resolução n.º 274/2014. Resolução n.º 275/2014 1.276,65. REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 13 de maio de 2014 Série Sumário PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL Resolução n.º 270/2014 denominada Millennium bcp, S.A., ao pagamento da importância

Leia mais

Insolvência Pessoa Coletiva Cateri III Acontecimentos e Cateri, Lda. Proc. nº 381/13,6TYLSB Tribunal do Comércio de Lisboa 4º Juízo LISTA PROVISÓRIA DE CRÉDITOS RECLAMADOS (ART. 154º C.I.R.E.) Nº Registo

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 9.494/12.0 TBVNG 1º Juízo Cível Insolventes: ESMERALDA MARIA RIBEIRO CARVALHO GONÇALVES E ANÍBAL AUGUSTO RODRIGUES GONÇALVES Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O

Leia mais

Terça-feira, 11 de março de 2015. FLEMINGTON, UNIPESSOAL, LDA. Constituição de sociedade Designação de membros dos órgãos sociais

Terça-feira, 11 de março de 2015. FLEMINGTON, UNIPESSOAL, LDA. Constituição de sociedade Designação de membros dos órgãos sociais REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 11 de março de 2015 Série Sumário CONSERVATÓRIA DO REGISTO COMERCIAL PRIVATIVA DA ZONA FRANCA DA MADEIRA BRENTWOOD, UNIPESSOAL, LDA. FLEMINGTON, UNIPESSOAL,

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA OITO DE OUTUBRO DE DOIS MIL E

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA OITO DE OUTUBRO DE DOIS MIL E Acta n.º 21 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA OITO DE OUTUBRO DE DOIS MIL E CATORZE. ------------------------- ------- Aos oito dias de mês de Outubro do ano de dois mil e catorze, na Sala de

Leia mais

PROVA ESCRITA NACIONAL DO EXAME FINAL DE AVALIAÇÃO E AGREGAÇÃO (RNE)

PROVA ESCRITA NACIONAL DO EXAME FINAL DE AVALIAÇÃO E AGREGAÇÃO (RNE) ORDEM DOS ADVOGADOS CNEF / CNA Comissão Nacional de Estágio e Formação / Comissão Nacional de Avaliação PROVA ESCRITA NACIONAL DO EXAME FINAL DE AVALIAÇÃO E AGREGAÇÃO (RNE) ÁREAS OPCIONAIS (3 valores)

Leia mais

VILA NOVA DE MILFONTES

VILA NOVA DE MILFONTES INSOLVENTE: Maria Alexandra Melo Batista e Luís Manuel da Silva Campos COMARCA DO ALENTEJO LITORAL, ODEMIRA PROC. N.º 112/14.3T2ODM/PROC. N.º 122/13.8T2ODM JUÍZO DE COMPETÊNCIA GENÉRICA CARTA F E C H A

Leia mais

REGULAMENTO DE BENEFÍCIOS DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA

REGULAMENTO DE BENEFÍCIOS DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA REGULAMENTO DE BENEFÍCIOS DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA CAPÍTULO I Dos associados Secção I Das condições gerais de inscrição Artigo 1º (Inscrição) 1 - Poderão ser inscritos neste Regulamento

Leia mais

RECEPÇÃO DE PROPOSTAS ATÉ DIA 21 DE DEZEMBRO DE 2015 ÀS 23H59M

RECEPÇÃO DE PROPOSTAS ATÉ DIA 21 DE DEZEMBRO DE 2015 ÀS 23H59M NEGOCIAÇÃO P A R T I C U L A R INSOLVENTE: TORRES VEDRAS Fonsecas, Leal e Cruz, Lda. RECEPÇÃO DE PROPOSTAS ATÉ DIA 21 DE DEZEMBRO DE 2015 ÀS 23H59M VISITAS P/ MARCAÇÃO lcpremium.pt info@lcpremium.pt facebook.com/lcpremium

Leia mais

Processo de insolvência n.º 380/12.5 TYVNG 1º Juízo Insolvente: COOPERATIVA DE CONSTRUÇÃO REALIDADE, C.R.L. Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia

Processo de insolvência n.º 380/12.5 TYVNG 1º Juízo Insolvente: COOPERATIVA DE CONSTRUÇÃO REALIDADE, C.R.L. Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia Processo de insolvência n.º 380/12.5 TYVNG 1º Juízo Insolvente: COOPERATIVA DE CONSTRUÇÃO REALIDADE, C.R.L. Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia AUTO DE RECEPÇÃO E ABERTURA DE PROPOSTAS ------No seguimento

Leia mais

V/Referência: Data: Insolvência de Manuel Moreira Cunha e Maria Goreti dos Santos Azevedo Cunha

V/Referência: Data: Insolvência de Manuel Moreira Cunha e Maria Goreti dos Santos Azevedo Cunha Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1935/09.0TJVNF V/Referência: Data: Insolvência de Manuel Moreira Cunha e Maria Goreti

Leia mais

RELATÓRIO Artigo 155º

RELATÓRIO Artigo 155º SHM CE Comércio Electrónico e Tecnologias de Informação, Lda. Tribunal do Comércio de Lisboa 1º Juízo Procº 1212/06.9 TYLSB RELATÓRIO Artigo 155º 3 de Abril de 2007 Índice 1. Introdução; 2. Análise do

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL (ao abrigo do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 133/2009, de 2 de Junho) A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

O NOVO CÓDIGO DA INSOLVÊNCIA E DA RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS

O NOVO CÓDIGO DA INSOLVÊNCIA E DA RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS O NOVO CÓDIGO DA INSOLVÊNCIA E DA RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS AS PRINCIPAIS INOVAÇÕES Introdução O novo Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas (CIRE) aprovado pelo Decreto-Lei nº 53/2004, de 18

Leia mais

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil.

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. FL 46 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. Acta º12 --------Aos vinte e quatro dias do mês

Leia mais

Rua Josefa de Obidos N.º64 GPS: N 38º42.741', W 9º19.885'

Rua Josefa de Obidos N.º64 GPS: N 38º42.741', W 9º19.885' José Pedro Viçoso Martins INSOLVENTE: TRIBUNAL DE FAMÍLIA E MENORES E DE COMARCA DE CASCAIS PROC. N.º 6458/12.8TBCSC - 4º JUÍZO CÍVEL DE CASCAIS CARTA F E C H A D A CASCAIS S. DOMINGOS DE RANA Rua Josefa

Leia mais

A. Código do Imposto sobre o Valor Acrescentado (CIVA)

A. Código do Imposto sobre o Valor Acrescentado (CIVA) Informação n.º 2/2013_Revista 22/novembro/2013 CRÉDITOS INCOBRÁVEIS E EM MORA IVA e IRC A. Código do Imposto sobre o Valor Acrescentado (CIVA) Regularização do IVA 1. Créditos vencidos até 31/12/2012 e

Leia mais

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO. Acta Assembleia Geral

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO. Acta Assembleia Geral SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO Acta Assembleia Geral ---- Aos vinte e um dias do mês de Novembro do ano dois mil e doze, reuniu no Auditório Municipal, a Assembleia Geral da Santa Casa das

Leia mais

CONTRATO DE MÚTUO. * Celebram o presente Contrato de Mútuo que se rege pelas Cláusulas seguintes:--------------------------

CONTRATO DE MÚTUO. * Celebram o presente Contrato de Mútuo que se rege pelas Cláusulas seguintes:-------------------------- CONTRATO DE MÚTUO Primeira Contraente: --------------------------------------------------------------------------------------------------- CAIXA DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DA COSTA AZUL, C. R. L., com sede

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL (ao abrigo do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 133/2009, de 2 de Junho) A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 10/2013 -

CÂMARA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 10/2013 - - ATA N.º 10/2013 - ---------- Aos quinze dias do mês de Maio do ano de dois mil e treze, na Sala de Sessões do Edifício dos Paços do Concelho, reuniu ordinariamente a Câmara Municipal de Aljustrel, tendo

Leia mais

D&B Relatório de Negócios

D&B Relatório de Negócios D&B Relatório de Negócios Relatório Visualizado 10 Out 2007 Sua Referência V/ PEDIDO Identificação & Sumário HELDER & PEDRO SOUSA, LDA Avaliação de Risco Indicador de Risco 1 2 3 4 - Capacidade Financeira

Leia mais

Condições Gerais.03 .03 .03 .03 .03 .03 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .05 .05 .05 .05 .05 .05 .05

Condições Gerais.03 .03 .03 .03 .03 .03 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .05 .05 .05 .05 .05 .05 .05 ÍNDICE Condições Gerais.03 Artigo 1º Definições.03 Artigo 2º Objecto do Contrato.03 Artigo 3º Garantias do Contrato.03 Artigo 4º Âmbito Territorial.03 Artigo 5º Exclusões.03 Artigo 6º Início e Duração

Leia mais

Contrato de Mediação Imobiliária

Contrato de Mediação Imobiliária Contrato de Mediação Imobiliária (Nos termos da Lei n.º 15/2013, de 08.02) Entre: ESTAMO PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS, S.A., com sede na Av. Defensores de Chaves, n.º 6 4.º, em Lisboa, matriculada na Conservatória

Leia mais

PREÇOS MAIS BARATOS E TRANSPARENTES NA COMPRA DE CASA

PREÇOS MAIS BARATOS E TRANSPARENTES NA COMPRA DE CASA PREÇOS MAIS BARATOS E TRANSPARENTES NA COMPRA DE CASA 31 de Julho de 2008 O Ministério da Justiça esclarece o seguinte: 1. Na generalidade das situações, os preços do registo predial diminuíram em comparação

Leia mais

CLASSE 9 CONTAS EXTRAPATRIMONIAIS

CLASSE 9 CONTAS EXTRAPATRIMONIAIS Anexo à Instrução nº 4/96 CLASSE 9 CONTAS EXTRAPATRIMONIAIS As contas desta classe registam as responsabilidades ou compromissos assumidos pela instituição ou por terceiros perante esta e que não estão

Leia mais

04/12 -------------------------- CEDÊNCIA EM DIREITO DE SUPERFÍCIE ---------------------------------

04/12 -------------------------- CEDÊNCIA EM DIREITO DE SUPERFÍCIE --------------------------------- Livro nº 6 Folhas nº 66 04/12 -------------------------- CEDÊNCIA EM DIREITO DE SUPERFÍCIE --------------------------------- - No dia 21 de agosto de 2012, nesta cidade de Odivelas, nas instalações do

Leia mais

TEFICOR INDUSTRIA DE ESTAMPARIA E ACABAMENTOS TÊXTEIS, LDA.

TEFICOR INDUSTRIA DE ESTAMPARIA E ACABAMENTOS TÊXTEIS, LDA. Processo nº 3502/13.5TBGMR 3º Juízo Cível do Tribunal Judicial de Guimarães Inventário de Bens (art.º 153º do CIRE) Insolvente: Teficor- Industria de Estamparia e Acabamentos Têxteis, Lda. ANEXO I - INVENTÁRIO

Leia mais

"ESTE ANÚNCIO É DE CARÁTER EXCLUSIVAMENTE INFORMATIVO, NÃO SE TRATANDO DE OFERTA DE VENDA DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS"

ESTE ANÚNCIO É DE CARÁTER EXCLUSIVAMENTE INFORMATIVO, NÃO SE TRATANDO DE OFERTA DE VENDA DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS "ESTE ANÚNCIO É DE CARÁTER EXCLUSIVAMENTE INFORMATIVO, NÃO SE TRATANDO DE OFERTA DE VENDA DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS" ANÚNCIO DE ENCERRAMENTO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE CERTIFICADOS DE

Leia mais

Assim, integram a Categoria E os rendimentos de capitais, enumerados no artigo 5.º do CIRS.

Assim, integram a Categoria E os rendimentos de capitais, enumerados no artigo 5.º do CIRS. CATEGORIA E RENDIMENTOS DE CAPITAIS Definem-se rendimentos de capitais, todos os frutos e demais vantagens económicas, qualquer que seja a sua natureza ou denominação, pecuniários ou em espécie, procedentes,

Leia mais

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na. Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão,

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na. Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão, Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1300/12.2TJVNF Insolvência de Isabel Cristina de Almeida Pereira V/Referência:

Leia mais

Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são:

Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são: Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são: Operadores financeiros que prestam às instituições bancárias as garantias que lhes permitem disponibilizar às PME empréstimos em condições mais favoráveis. Ao partilhar

Leia mais

Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo

Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo Acórdãos STA Processo: 057/13 Data do Acordão: 06-02-2013 Tribunal: 2 SECÇÃO Relator: DULCE NETO Descritores: HIPOTECA GARANTIA IDONEIDADE ABANDONO Sumário: Nº Convencional: JSTA000P15256 Nº do Documento:

Leia mais