A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da"

Transcrição

1 Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila do Conde 1º Juízo Cível Processo nº 794/11.8TBVCD Insolvência de Ana Mónica Rebelo Marques Apenso da Reclamação de Créditos V/Referência: Data: Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão, contribuinte nº , Administrador da Insolvência nomeado no processo à margem identificado, vem requerer a junção aos autos das seguintes relações: A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: montante dos créditos, sua natureza e descriminação; B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: informações sobre as garantias, privilégios e condições suspensivas e/ou resolutivas dos créditos reconhecidos; C Relação dos créditos não reconhecidos, nos termos do nº 3 do artigo 129º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: valores não reconhecidos e motivos justificativos; D Lista dos créditos reconhecidos que não foram reclamados. P.E.D. Castelões, 24 de Janeiro de 2012 Página 1 de 1

2 Insolvência de Ana Mónica Rebelo Marques Anexo A (Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: montante dos créditos, sua natureza e descriminação)

3 Insolvência de "Ana Mónica Rebelo Marques" Lista dos créditos reconhecidos (nº 2 do artigo 129º do C.I.R.E.) - Montante dos créditos, sua natureza e discriminação # Identificação do Credor Montante dos Créditos e sua Natureza Discriminação dos Créditos Garantidos Privilegiados Comuns Subordinados Sob Condição Capital Juros Taxa de Juro Fundamento Mandatário 1 Banco BNP Paribas Personal Finance, S.A. (CETELEM) Pedro Moutinho Santos Costa, Dr. Rua Tomás da Fonseca, Torres de Lisboa, Torre G 15º Cartão de Crédito e Mútuo ,30 812, ,50 Rua Daciano Baptista Marques, 181, Edf. C Lisboa com Hipoteca Vila Nova de Gaia NIF: Banco Comercial Portugal, S.A. 2 Praça D. João I, Porto 403,61 403,61 Conta D.O. Barclays Bank PLC, Sucursal em Portugal Filipa Ruano Pinto, Dra. 3 Rua Duque de Palmela, nº , ,21 Cartões de Crédito Rua General Firmino Miguel, nº 5, 11º Lisboa Lisboa NIF / NIPC: NIF: Caixa Geral de Depósitos, S.A. Taxas contratuais: 10,785% (mútuos Amilcar Fernandes, Dr. 4 Av. João XXI, , , , ,04 com hipoteca), 9,24% (mútuo) e Mútuos e cartão de crédito Rua do Vilar, nº 199-1º Lisboa Codex Porto 24,75% (cartão de crédito) NIF / NIPC: NIF: Financiera El Corte Inglés E.F.C., S.A. Financiera El Corte Inglés E.F.C., S.A. 5 Av. António Augusto de Aguiar, nº 31 - Apartado ,57 215,57 Cartão de Crédito Av. António Augusto de Aguiar, nº 31 - Apartado Lisboa Lisboa NIF / NIPC: NIF: FNAC PORTUGAL - Actividades Culturais e Distribuição de Livros, Discos Mumtimédia e Produtos Técnicos, Lda Edifício Amoreiras Plaza, Rua Professor Carlos Alberto Mota Pinto, nº 9-6 B Lisboa NIF / NIPC: ,05 409,05 Cartão de Crédito Total , , , , Elaborado por Nuno Oliveira da Silva Lista dos créditos reconhecidos (nº 2 do artigo 129º do C.I.R.E.) - Montante dos créditos, sua natureza e discriminação - Folha 1 de 1

4 Insolvência de Ana Mónica Rebelo Marques Anexo B (Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: informações sobre as garantias, privilégios e condições suspensivas e/ou resolutivas dos créditos reconhecidos)

5 # Identificação do Credor 1 Banco BNP Paribas Personal Finance, S.A. (CETELEM) Rua Tomás da Fonseca, Torres de Lisboa, Torre G 15º Lisboa Insolvência de "Ana Mónica Rebelo Marques" Lista dos créditos reconhecidos (nº 2 do artigo 129º do C.I.R.E.) - Outras informações Garantias Condições Privilégios Reais Pessoais Suspensivas Resolutivas ,30 Notas Hipoteca voluntária sobre viatura apreendida a favor da massa insolvente 2 Caixa Geral de Depósitos, S.A. Av. João XXI, Lisboa Codex NIF / NIPC: Total , ,43 Hipotecas voluntárias sobre imóvel apreendido a favor da massa insolvente Elaborado por Nuno Oliveira da Silva Lista dos créditos reconhecidos (nº 2 do artigo 129º do C.I.R.E.) - Outros dados - Folha 1 de 1

6 Insolvência de Ana Mónica Rebelo Marques Anexo C (Relação dos créditos não reconhecidos, nos termos do nº 3 do artigo 129º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: valores não reconhecidos e motivos justificativos)

7 Insolvência de "Ana Mónica Rebelo Marques" Lista dos créditos não Reconhecidos (nº 3 do artigo 129º do C.I.R.E.) - Valores não reconhecidos e motivos justificativos # Identificação do Credor Valor do Crédito Reclamado Reconhecido Não Reconhecido Motivo do não reconhecimento Mandatário Barclays Bank PLC, Sucursal em Portugal Filipa Ruano Pinto, Dra. Rua Duque de Palmela, nº 37 Erro de soma (Euros 73,79); credor não comprova o Rua General Firmino Miguel, nº 5, 11º , , , Lisboa crédito reclamado a título de "despesas de cobrança" Lisboa NIF / NIPC: NIF: Caixa Geral de Depósitos, S.A. Amilcar Fernandes, Dr. Av. João XXI, 63 Rua do Vilar, nº 199-1º , , ,76 Erro de soma Lisboa Codex Porto NIF / NIPC: NIF: Total , , , Elaborado por Nuno Oliveira da Silva Lista dos créditos não reconhecidos (nº 3 do artigo 129º do C.I.R.E.) - Valores não reconhecidos e motivos justificativos - Folha 1 de 1

8 Insolvência de Ana Mónica Rebelo Marques Anexo D (Lista dos créditos reconhecidos que não foram reclamados)

9 Insolvência de "Ana Mónica Rebelo Marques" Lista dos créditos reconhecidos mas não reclamados # Identificação do Credor Crédito Motivo Banco BNP Paribas Personal Finance, S.A. (CETELEM) 1 Rua Tomás da Fonseca, Torres de Lisboa, Torre G 15º Cartão de Crédito e Mútuo com , Lisboa Hipoteca Banco Comercial Portugal, S.A. 2 Praça D. João I, ,61 Conta D.O Porto 3 FNAC PORTUGAL - Actividades Culturais e Distribuição de Livros, Discos Mumtimédia e Produtos Técnicos, Lda Edifício Amoreiras Plaza, Rua Professor Carlos Alberto Mota Pinto, nº 9-6 B Lisboa NIF / NIPC: Total 409, ,16 Cartão de Crédito Elaborado por Nuno Oliveira da Silva Lista dos créditos reconhecidos mas não reclamados - Folha 1 de 1

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 3879/11.7TJVNF Insolvência de Cristiana Manuela Nogueira Marinho Pereira Apenso da

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1845/13.7TJVNF Insolvência de Dulce Orquídea Barbosa Rodrigues Apenso da Reclamação

Leia mais

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º J2 Processo nº 1156/15.3T8VNF Insolvência de Carlos Alberto Azevedo Silva Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 2ª Secção de Comércio da Instância Central de

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 2844/10.6TJVNF Insolvência de Orlando César Pites Mateus Apenso da Reclamação de Créditos

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da 1º Juízo Cível Processo nº 430/14.0TJVNF Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão V/Referência: Data: Insolvência de Aníbal Joaquim Pereira da Costa e

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1438/08.0TJVNF Insolvência de António Jorge Pinto Ferreira Alves Apenso da Reclamação

Leia mais

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 3242/12.2TJVNF Insolvência de Temas Simples Estampagem, Unipessoal, Lda. Apenso da

Leia mais

J3 Processo nº 689/15.6T8GMR Insolvência de Ana Paula Figueiredo Ferreira Sousa Lima Apenso da Reclamação de Créditos

J3 Processo nº 689/15.6T8GMR Insolvência de Ana Paula Figueiredo Ferreira Sousa Lima Apenso da Reclamação de Créditos J3 Processo nº 689/15.6T8GMR Insolvência de Ana Paula Figueiredo Ferreira Sousa Lima Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 1ª Secção de Comércio da Instância

Leia mais

J1 Processo nº 1054/14.8TBFAF Insolvência de VENDILIMA Investimentos Imobiliários, Lda. Apenso da Reclamação de Créditos

J1 Processo nº 1054/14.8TBFAF Insolvência de VENDILIMA Investimentos Imobiliários, Lda. Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 1ª Secção de Comércio da Instância Central de Guimarães J1 Processo nº 1054/14.8TBFAF Insolvência de VENDILIMA Investimentos Imobiliários, Lda. Apenso da

Leia mais

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1778/12.4TJVNF Insolvência de Ana Maria Lopes Gonçalves Apenso da Reclamação de Créditos

Leia mais

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 1º Juízo Cível Processo nº 3818/12.8TJVNF Insolvência de PISONORT Pavimentos Industriais, Lda. Apenso da Reclamação

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia 1º Juízo Processo nº 482/11.5TYVNG Insolvência de Neto & Martins, Lda Apenso da Reclamação de Créditos V/Referência:

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da 4º Juízo Cível Processo nº 349/09.7TJVNF Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão V/Referência: Data: Insolvência de CRISPISCINAS - Comércio de Piscinas

Leia mais

ALCIDES ANTÓNIO RELVAS SOARES e ROSA MARIA DA SILVA RAMOS SOARES LISTA A QUE SE REFERE O ART. 129.º CIRE

ALCIDES ANTÓNIO RELVAS SOARES e ROSA MARIA DA SILVA RAMOS SOARES LISTA A QUE SE REFERE O ART. 129.º CIRE MAPA UM - MONTANTE DOS CRÉDITOS RECONHECIDOS, NATUREZA E DISCRIMINAÇÃO VOTAÇÃO ASS. CRED. CREDITOS RECONHECIDOS JUROS VINCENDOS RECL N. REC. 156.º (3) REP NATUREZA MANDATÁRIO (1) CONT (5) CAPITAL JUROS

Leia mais

do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: montante dos créditos, sua natureza e descriminação;

do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: montante dos créditos, sua natureza e descriminação; J3 Processo nº 3067/14.0T8GMR Insolvência de Fluir da Fonte - Construções, Lda. Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 1ª Secção de Comércio da Instância Central

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1533/10.6TJVNF Insolvência de Ideias ao Acaso, Unipessoal, Lda Apenso da Reclamação

Leia mais

Conde. 1º Juízo Cível Processo nº 3042/11.7TBVCD Insolvência de Elísio Adelino Araújo Maia e Herondina Ferreira Oliveira Maia

Conde. 1º Juízo Cível Processo nº 3042/11.7TBVCD Insolvência de Elísio Adelino Araújo Maia e Herondina Ferreira Oliveira Maia Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila do Conde 1º Juízo Cível Processo nº 3042/11.7TBVCD Insolvência de Elísio Adelino Araújo Maia e Herondina Ferreira Oliveira Maia

Leia mais

V/Referência: Data: Insolvência de Manuel Moreira Cunha e Maria Goreti dos Santos Azevedo Cunha

V/Referência: Data: Insolvência de Manuel Moreira Cunha e Maria Goreti dos Santos Azevedo Cunha Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1935/09.0TJVNF V/Referência: Data: Insolvência de Manuel Moreira Cunha e Maria Goreti

Leia mais

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na Quinta

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na Quinta Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Judicial de Penafiel 4º Juízo Processo nº 1555/10.7TBPNF Insolvência de Beyond Home, S.A. V/Referência: Data: Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da

Leia mais

V/Referência: Data: Insolvência de A. F. Pereira - Comércio de Materiais de Construção Civil e Terraplanagem, Lda.

V/Referência: Data: Insolvência de A. F. Pereira - Comércio de Materiais de Construção Civil e Terraplanagem, Lda. Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Judicial de Vila Nova de Famalicão 2º Juízo Cível Processo nº 1805/12.5TJVNF V/Referência: Data: Insolvência de A. F. Pereira - Comércio de Materiais

Leia mais

(Declaração de Insolvência: 13-06-2012. Publicação no Portal Citius: 19-07-2012. Prazo: 30 dias + 5 Débitos. Data limite: 23-08-2012)

(Declaração de Insolvência: 13-06-2012. Publicação no Portal Citius: 19-07-2012. Prazo: 30 dias + 5 Débitos. Data limite: 23-08-2012) / Pessoal Recl. 1 / Subordinado/ Sob (Declaração de Insolvência: 13-06-2012. Publicação no Portal Citius: 19-07-2012. Prazo: 30 dias + 5 Débitos. Data limite: 23-08-2012) + Sob Contrato de financiamento

Leia mais

J4 Processo 1098/14.0TBSTS Insolvência de Carla Patrícia Fernandes Rodrigues Lapa Sebastião

J4 Processo 1098/14.0TBSTS Insolvência de Carla Patrícia Fernandes Rodrigues Lapa Sebastião Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 1ª Secção de Comércio da Instância Central de Santo Tirso J4 Processo 1098/14.0TBSTS Insolvência de Carla Patrícia Fernandes Rodrigues Lapa Sebastião V/Referência:

Leia mais

Conde. 1º Juízo Cível V/Referência: Processo nº 837/11TBVCD Data: Insolvência de Paulo Sérgio Vieira Carneiro e Elvira Silva Castro Carneiro

Conde. 1º Juízo Cível V/Referência: Processo nº 837/11TBVCD Data: Insolvência de Paulo Sérgio Vieira Carneiro e Elvira Silva Castro Carneiro Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila do Conde 1º Juízo Cível V/Referência: Processo nº 837/11TBVCD Data: Insolvência de Paulo Sérgio Vieira Carneiro e Elvira Silva

Leia mais

V/Referência: Data: Insolvência de Albérico Manuel Dias e Cristina Zulmira Mateus de Oliveira Dias

V/Referência: Data: Insolvência de Albérico Manuel Dias e Cristina Zulmira Mateus de Oliveira Dias Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da Secção de Competência Genérica da Instância Local de Mirandela J1 Processo nº 293/15.9T8MDL V/Referência: Data: Insolvência de Albérico Manuel Dias e Cristina

Leia mais

do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão, contribuinte

do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão, contribuinte Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Judicial de Vila Nova de Famalicão 3º Juízo Cível Processo nº 3789/12.0TJVNF Insolvência de MOTORFAM Automóveis, Lda V/Referência: Data: Nuno

Leia mais

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na. Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão,

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na. Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão, Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1300/12.2TJVNF Insolvência de Isabel Cristina de Almeida Pereira V/Referência:

Leia mais

do Conde V/Referência: Data: Insolvência de José Manuel Oliveira Brandão de Carvalho e Alzira Maria Ribeiro Maia

do Conde V/Referência: Data: Insolvência de José Manuel Oliveira Brandão de Carvalho e Alzira Maria Ribeiro Maia Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Judicial de Vila do Conde 1º Juízo Cível Processo nº 317/11.9TBVCD V/Referência: Data: Insolvência de José Manuel Oliveira Brandão de Carvalho

Leia mais

Garantias pessoais e reais. Classe de crédito. Privilegiado (nota1 ) Privilegiado (nota 20)

Garantias pessoais e reais. Classe de crédito. Privilegiado (nota1 ) Privilegiado (nota 20) Processo Especial de Revitalização Insolvente: Erguigest - Projectos e Empreeendimentos, Lda. PROCESSO DE INSOLVÊNCIA N.º 1510/14.8TBACB - Comarca de Leiria - - Inst. Central - 2ª Sec. Comércio - J2 RELAÇÃO

Leia mais

Certidão Permanente. Código de acesso: GP-1152-15077-151301-001581

Certidão Permanente. Código de acesso: GP-1152-15077-151301-001581 Certidão Permanente Código de acesso: GP-1152-15077-151301-001581 DESCRIÇÃO EM LIVRO: N.º 3140, Livro Nº: 10 DESCRIÇÕES - AVERBAMENTOS - ANOTAÇÕES URBANO SITUADO EM: Rua Miguel Bombarda, nºs 40, 42 e 44

Leia mais

Preçário FINANCIERA EL CORTE INGLES, E.F.C., SA (SUCURSAL EM PORTUGAL) INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO

Preçário FINANCIERA EL CORTE INGLES, E.F.C., SA (SUCURSAL EM PORTUGAL) INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Preçário FINANCIERA EL CORTE INGLES, E.F.C., SA (SUCURSAL EM PORTUGAL) INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário

Leia mais

RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - Artºs 154.º e 155º CIRE

RELAÇÃO PROVISÓRIA DE CREDORES - Artºs 154.º e 155º CIRE Montante dos s e sua natureza 1 2 AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA António José Rodrigues da Cunha NIF 165624345 Rua Capitão Augusto

Leia mais

Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 08jun2015 O Preçário completo do Banco BNP

Leia mais

EsoAuction - Nova Proposta. Proposta

EsoAuction - Nova Proposta. Proposta Clique aqui com o botão direito do rato para transferir imagens. Para ajudar a proteger a sua privacidade, o Outloo k impediu a transferência auto mática desta imagem a De: esoauction

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada em Matéria de Crédito aos Consumidores, em Caso de Contratação à Distância - Geral. Informação pré-contratual

Ficha de Informação Normalizada em Matéria de Crédito aos Consumidores, em Caso de Contratação à Distância - Geral. Informação pré-contratual A. Elementos de Identificação 1. Identificação da instituição de crédito Ficha de Informação Normalizada em Matéria de Crédito aos Consumidores, em Caso de Contratação à Distância - Geral Informação pré-contratual

Leia mais

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na Quinta

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na Quinta Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Judicial de Vila Nova de Famalicão 5º Juízo Cível Processo nº 1765/12.2TJVNF Insolvência de SISMAIA Serviços Informáticos, S.A. V/Referência:

Leia mais

Guia prático de procedimentos para os. Administradores de Insolvência.

Guia prático de procedimentos para os. Administradores de Insolvência. Guia prático de procedimentos para os Administradores de Insolvência. Índice Introdução 1. Requerimentos 2. Apreensão de bens 2.1. Autos de apreensão de bens 2.2. Apreensão de vencimento 2.3. Apreensão

Leia mais

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na. Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão,

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na. Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão, Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal do Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 4029/08.2TJVNF Insolvência de Sonata Têxteis, Lda V/Referência: Data: Nuno Rodolfo

Leia mais

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização)

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização) Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização) Ace Europe Group Limited Sucursal em Portugal Departamento de e Qualidade de Negócio Quinta da Fonte Edf. D. Manuel I Piso

Leia mais

Escola Secundária de Paços de Ferreira

Escola Secundária de Paços de Ferreira Escola Secundária de Paços de Ferreira Tânia Marlene Silva Maio 2008 1 Índice Introdução.3 1. Transferências a credito 4 2. Débitos directos e transferências a credito 3. Transferências a credito Vantagens

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 7.091/11.7 TBVNG 2º Juízo Cível Insolventes: ARMINDO JOSÉ SILVA LOPES E MARIA EMILIA ANDRADE TAVARES LEITE FERNANDES Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente

Leia mais

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado.

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. de Cooperação Barclays at Work Índice 4. Leasing 5. Seguros IV. Check List V. Contactos I. O Barclays no Mundo Grupo Financeiro com mais de 300 anos

Leia mais

Novas perspectivas sobre a insolvência

Novas perspectivas sobre a insolvência Novas perspectivas sobre a insolvência Maio de 2006 Miguel Pinto Cardoso António Andrade de Matos Tópicos O objectivo desta apresentação é abordar os riscos e oportunidades que resultam da insolvência

Leia mais

Insolvência Pessoa Coletiva Cateri III Acontecimentos e Cateri, Lda. Proc. nº 381/13,6TYLSB Tribunal do Comércio de Lisboa 4º Juízo LISTA PROVISÓRIA DE CRÉDITOS RECLAMADOS (ART. 154º C.I.R.E.) Nº Registo

Leia mais

AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto

AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto PE/1184/2013 1 Tribunal da execução Setúbal - Tribunal Judicial 4º Juízo Cível 2 Tribunal deprecado ---- 3 Processo n.º 6202/13.2TBSTB Ofício n.º 4

Leia mais

RE: Autorização débito directo <<#256090-2026916#>>

RE: Autorização débito directo <<#256090-2026916#>> Imprimir Fechar RE: Autorização débito directo De: Ricardo João (kont28@hotmail.com) Moveu esta mensagem para a sua localização atual. Enviada: quarta-feira, 22 de Janeiro de 2014

Leia mais

Processo de insolvência n.º 380/12.5 TYVNG 1º Juízo Insolvente: COOPERATIVA DE CONSTRUÇÃO REALIDADE, C.R.L. Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia

Processo de insolvência n.º 380/12.5 TYVNG 1º Juízo Insolvente: COOPERATIVA DE CONSTRUÇÃO REALIDADE, C.R.L. Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia Processo de insolvência n.º 380/12.5 TYVNG 1º Juízo Insolvente: COOPERATIVA DE CONSTRUÇÃO REALIDADE, C.R.L. Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia AUTO DE RECEPÇÃO E ABERTURA DE PROPOSTAS ------No seguimento

Leia mais

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado.

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. de Cooperação Barclays at Work Índice 4. Crédito Habitação 5. Leasing 6. Seguros IV. Check List V. Contactos I. O Barclays no Mundo Grupo Financeiro

Leia mais

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização)

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização) Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização) Ace Europe Group Limited Sucursal em Portugal Departamento de e Qualidade de Negócio Quinta da Fonte Edf. D. Manuel I Piso

Leia mais

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização)

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização) Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização) Ace Europe Group Limited Sucursal em Portugal Departamento de gestão de reclamações e qualidade de negócio Quinta da Fonte

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 9.494/12.0 TBVNG 1º Juízo Cível Insolventes: ESMERALDA MARIA RIBEIRO CARVALHO GONÇALVES E ANÍBAL AUGUSTO RODRIGUES GONÇALVES Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O

Leia mais

Tribunal Competente: Vila Nova de Gaia - Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia

Tribunal Competente: Vila Nova de Gaia - Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia Peça Processual entregue por via electrónica na data e hora indicadas junto da assinatura electrónica do subscritor (cfr. última página), aposta nos termos previstos na Portaria n.º 114/2008, de 6 de Fevereiro

Leia mais

Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: 10.382 90,7% Sexo Homem 4.231

Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: 10.382 90,7% Sexo Homem 4.231 1 / 14 Painel de Banca Portugal Características Tamanho painel (ISO): 32.637 Pessoas perfiladas (ISO): 11.557 Taxa de resposta estimada (ISO): 41% Atualizado: 15/12/2014 Tamanho (ISO): o número de participantes

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 10.514/12.4 TBVNG 6º Juízo Cível Insolvente: JOSÉ ANTÓNIO PIRES DE SOUSA Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRADORA DE INSOLVÊNCIA

RELATÓRIO DA ADMINISTRADORA DE INSOLVÊNCIA RELATÓRIO DA ADMINISTRADORA DE INSOLVÊNCIA (elaborado nos termos do art.155º do C.I.R.E.) Notas prévias: Publicação do extracto do anúncio na Imprensa Nacional Casa da Moeda em 03-08-2010 1. INSOLVENTE:

Leia mais

O presente RELATÓRIO, é elaborado nos termos do disposto no artigo 155.º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

O presente RELATÓRIO, é elaborado nos termos do disposto no artigo 155.º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 1.115/13.0 TYVNG 1º Juízo Insolvente: JOSÉ MIGUEL CRUZ UNIPESSOAL, LIMITADA Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO, é elaborado nos termos do

Leia mais

Preçário BNP PARIBAS FACTOR - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS

Preçário BNP PARIBAS FACTOR - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Preçário BNP PARIBAS FACTOR - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário completo da BNP Paribas Factor - Instituição Financeira de Crédito,

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 399/14.1 TBVNG 4º Juízo Cível Insolventes: JOÃO JOAQUIM SOUSA SOBRAL E ISABEL MARIA DOS SANTOS ROCHA SOBRAL Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO

Leia mais

CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas

CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas Decreto-Lei n.º 53/2004 de 18 de Março Processo n.º 195/12.0TBPNF Tribunal Judicial de Penafiel 3º Juízo Relatório do (Artigo 155º do CIRE) de Santos

Leia mais

7. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (CLIENTES PARTICULARES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS 7.1. Compra e Venda de Notas Estrangeiras

7. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (CLIENTES PARTICULARES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS 7.1. Compra e Venda de Notas Estrangeiras 7. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (CLIENTES PARTICULARES) - FOLHETO DE COMSÕES E DESPESAS 7.1. Compra e Venda de Notas Estrangeiras Compra de Moeda Estrangeira (1) 1. Por Conta: Acresce Imposto 4% 4% Por Caixa

Leia mais

Private & Business Clients. Partnership Banking

Private & Business Clients. Partnership Banking Private & Business Clients Partnership Banking Contas A Nossa Oferta As Contas Deutsche Bank foram especialmente desenhadas para dar acesso a todas as vantagens que um Banco global especialista em investimentos

Leia mais

Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI)

Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI) Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI) O presente documento fornece as informações fundamentais destinadas aos investidores sobre este Fundo. Não é material promocional. Estas informações

Leia mais

Preçário DEUTSCHE LEASING IBÉRICA, E.F.C., SAU. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL

Preçário DEUTSCHE LEASING IBÉRICA, E.F.C., SAU. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Preçário DEUTSCHE LEASING IBÉRICA, E.F.C., SAU. SUCURSAL EM SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01Fev2015 O Preçário completo

Leia mais

SOFINLOC, Instituição Financeira de Crédito, S. A. Sede: Rua General Firmino Miguel, N.5-14. - 1600 LISBOA NIPC 501 370 048 / C.R.C.

SOFINLOC, Instituição Financeira de Crédito, S. A. Sede: Rua General Firmino Miguel, N.5-14. - 1600 LISBOA NIPC 501 370 048 / C.R.C. SOFINLOC, Instituição Financeira de Crédito, S. A. Sede: Rua General Firmino Miguel, N.5-14. - 1600 LISBOA NIPC 501 370 048 / C.R.C. Lisboa nº 3 053 BALANÇO EM 31.12.2006 Valores em milhares de Euros Dez-06

Leia mais

LUZ SAÚDE, S.A., sociedade aberta ASSEMBLEIA GERAL ANUAL ALTERAÇÃO DA CONVOCATÓRIA

LUZ SAÚDE, S.A., sociedade aberta ASSEMBLEIA GERAL ANUAL ALTERAÇÃO DA CONVOCATÓRIA LUZ SAÚDE, S.A., sociedade aberta ASSEMBLEIA GERAL ANUAL ALTERAÇÃO DA CONVOCATÓRIA Nos termos do disposto no artigo 23º-A, n.º 2 do Código dos Valores Mobiliários e a pedido da Accionista Fidelidade Companhia

Leia mais

Especial. Pullmantur. Śaída de Lisboa (1) :Desconto. crianças (2) Tudo incluído. Consulte condições no interior. pullmantur

Especial. Pullmantur. Śaída de Lisboa (1) :Desconto. crianças (2) Tudo incluído. Consulte condições no interior. pullmantur Especial Pullmantur 2016 Śaída de Lisboa (1) :Desconto crianças (2) Consulte condições no interior pullmantur COMO RESERVAR AS SUAS FÉRIAS: Apenas em Viagens El Corte Inglés Este catálogo apenas o encontrará

Leia mais

Private & Business Clients. Partnership Banking

Private & Business Clients. Partnership Banking Private & Business Clients Partnership Banking A nossa oferta Contas As Contas Deutsche Bank foram especialmente desenhadas para dar acesso a todas as vantagens que um Banco global especialista em investimentos

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 560/13.6 TBVNG 4º Juízo Cível Insolvente: ELIANE MARGARETE MOREIRA DA ROCHA Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto

Leia mais

PLANO DE REVITALIZAÇÃO Título I, Cap. II, art. 17º-A a 17º-I do CIRE

PLANO DE REVITALIZAÇÃO Título I, Cap. II, art. 17º-A a 17º-I do CIRE Carla Maria Gonçalves, Luís Daniel Gonçalves Portador do CC. nº 1234567-5ZY1, e do NIF 204 123 123, Portadora do CC nº 1234568-2ZY0, e do NIF 203 456 456, PLANO DE REVITALIZAÇÃO Título I, Cap. II, art.

Leia mais

33. Ação contra compensação bancária

33. Ação contra compensação bancária 33. Ação contra compensação bancária Tribunal Judicial da Comarca de M. mo Juiz de Direito (nome completo), NIF, com domicílio em (morada completa), em (localidade) e mulher (nome completo), NIF, com domicílio

Leia mais

CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas

CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas CIRE Código de Insolvência e Recuperação de Empresas Decreto-Lei n.º 53/2004 de 18 de Março Processo n.º 1203/12.0TYVNG Tribunal do Comércio de Vila Nova de Gaia 2º Juízo Relatório do (Artigo 155º do CIRE)

Leia mais

PLANO DE REVITALIZAÇÃO

PLANO DE REVITALIZAÇÃO PLANO DE REVITALIZAÇÃO O Plano de Recuperação deve indicar claramente as alterações dele decorrente para as posições jurídicas dos credores da devedora, porquanto, e analisada a viabilidade económica da

Leia mais

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações Função autónoma responsável pela gestão de reclamações ACP Mobilidade - Sociedade de Seguros de Assistência, S.A. Área de gestão de reclamações apoioclientes@acp.pt ADA, Ayuda del Automovilista, S.A. de

Leia mais

como a salvaguarda do interesse público de cobrança dos créditos tributários.

como a salvaguarda do interesse público de cobrança dos créditos tributários. Classificação: DIRECÇÃO DE SERViÇOS DE GESTÃO DOS CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS Of.Circulado n. o : 60.076 de 2010-07-29 Processo: 5580/2009 DGPCT Entrada Geral: N.o Identificação Fiscal (NIF): Sua Ref.a: EX.mos

Leia mais

Orlando Apoliano Carvalho Administrador da Insolvência. Loures Rent Rent A Cargo, S.A. RELATÓRIO. Artigo 155º

Orlando Apoliano Carvalho Administrador da Insolvência. Loures Rent Rent A Cargo, S.A. RELATÓRIO. Artigo 155º Loures Rent Rent A Cargo, S.A. Tribunal do Comércio de Lisboa 2º Juízo Procº 1730/10.4TYLSB RELATÓRIO Artigo 155º Abril 11 Índice 1. Introdução; 2. Análise do documento referido na alínea c) do nº 1 do

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de e Despesas: 01-set-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

Preçário S. P. G. M. - SOCIEDADE DE INVESTIMENTO, SA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 24-Jun-2013

Preçário S. P. G. M. - SOCIEDADE DE INVESTIMENTO, SA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 24-Jun-2013 Preçário S. P. G. M. - SOCIEDADE DE INVESTIMENTO, SA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário completo da SPGM - Sociedade de Investimento S.A, contém o Folheto de e Despesas (que

Leia mais

A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA Telef.: 213 173 630 Fax: 213 173 654

A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA Telef.: 213 173 630 Fax: 213 173 654 A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA Telef.: 213 173 630 Fax: 213 173 654 M.A. Morgado & Faria, Lda. Rua da Industria Corticeira, 17 2870-271 MONTIJO Telef.: 212 309 600 Fax: 212 309

Leia mais

RELATÓRIO. Ardislogis Armazém, Distribuição e Logística, Lda. Artigo 155º. Tribunal do Comércio de Lisboa 1º Juízo Procº 429/11.

RELATÓRIO. Ardislogis Armazém, Distribuição e Logística, Lda. Artigo 155º. Tribunal do Comércio de Lisboa 1º Juízo Procº 429/11. Ardislogis Armazém, Distribuição e Logística, Lda. Tribunal do Comércio de Lisboa 1º Juízo Procº 429/11.9TYLSB RELATÓRIO Artigo 155º Junho 11 Índice 1. Introdução; 2. Análise do documento referido na alínea

Leia mais

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes Oferta de Cooperação Barclays at Work 1 / 7 Excelência Proximidade Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado 300 Anos de Experiência 50 Milhões de Clientes 60 Países Spliu

Leia mais

file://c:\program Files\Habilus\TempDoc\TS4.htm

file://c:\program Files\Habilus\TempDoc\TS4.htm 1 de 6 Tribunal da Relação de Guimarães Descritivo: Tabela da de 12-02-2015 14:30 Tabela Homologada Presidente da : 3969/07.0TBBCL.G1 1501/09.0TBEPS.G1 126/07.0TBVRM.G1Apelação - 2ª 430/08.0TBEPS.G1 1984/08.6TBFLG.G1

Leia mais

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO COM SEDE EM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO COM SEDE EM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 19-Jan-2015 O Preçário

Leia mais

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO COM SEDE EM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO COM SEDE EM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO

Leia mais

SUMÁRIO DO PROGRAMA. Portugal Telecom, SGPS, S.A.

SUMÁRIO DO PROGRAMA. Portugal Telecom, SGPS, S.A. SUMÁRIO DO PROGRAMA O presente sumário deve ser lido como uma introdução à presente Offering Circular relativa a emissões feitas pela PT, devendo qualquer decisão de investimento em Notes tomar em consideração

Leia mais

ANÚNCIO INSOLVÊNCIA DE ALCINO MANUEL POLÓNIA SOARES VENDA DE BENS

ANÚNCIO INSOLVÊNCIA DE ALCINO MANUEL POLÓNIA SOARES VENDA DE BENS ANÚNCIO INSOLVÊNCIA DE ALCINO MANUEL POLÓNIA SOARES VENDA DE BENS FAZ-SE SABER que, pela Administradora da Insolvência, ouvida a Comissão de Credores e o insolvente, nos autos de Liquidação do Activo por

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 1º Juízo Cível Processo nº 2725/11.6TJVNF Insolvência de Têxteis Sobreiros - Fábrica de Malhas, Lda. Apenso da

Leia mais

1 de 6 Acesso à Certidão Permanente Certidão Permanente Documentos da Certidão Permanente Voltar Sair Certidão Permanente Código de acesso: 3031-2446-0658 A entrega deste código a qualquer entidade pública

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação 1.2. Endereço

Leia mais

Regulamento Torneio Fnac Gaming League / Call of Duty: AW

Regulamento Torneio Fnac Gaming League / Call of Duty: AW Regulamento Torneio Fnac Gaming League / Call of Duty: AW A Fnac realiza nas seguintes lojas e datas um torneio de Call of Duty: AW para Playstation 4: COD: AW PS4 18-out-15 OEIRAS SUL Qualifyer COD: AW

Leia mais

Endereço Internet: www.millenniumbcp.pt. Cartão de crédito.

Endereço Internet: www.millenniumbcp.pt. Cartão de crédito. FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL Cartões de Crédito Gémeos TAP Gold VISA/American Express A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação

Leia mais

Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-07-2014

Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-07-2014 Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-07-2014 O Preçário completo da Orey Financial, Instituição Financeira

Leia mais

file://c:\program Files\Habilus\TempDoc\TS2.htm

file://c:\program Files\Habilus\TempDoc\TS2.htm 1 de 5 Tribunal da Relação de Guimarães Descritivo: Tabela da de 08-06-2015 11:00 Tabela Homologada Presidente da : José Saporiti Machado da Cruz Bucho 791/14.1TBFLG.P1.G1 167/09.2IDBRG.G1 606/11.2TACHV.G1

Leia mais

D&B Relatório de Negócios

D&B Relatório de Negócios D&B Relatório de Negócios Relatório Visualizado 10 Out 2007 Sua Referência V/ PEDIDO Identificação & Sumário HELDER & PEDRO SOUSA, LDA Avaliação de Risco Indicador de Risco 1 2 3 4 - Capacidade Financeira

Leia mais

Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo da BMW Bank GMBH, Sucursal Portuguesa, contém o Folheto

Leia mais