Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI"

Transcrição

1 Organismos em seus ambientes Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI

2 Em biologia, nada tem sentido, exceto à luz da evolução (Theodosius Dobzhansky)

3 O significado da Adaptação É muito comum dizermos frases do tipo: X é adaptado a viver em Y Às vezes a frase soa vulgarmente como se X fosse de fato o agente capaz de modificar-se.

4 O significado da Adaptação Significado: Y foi o ambiente que estabeleceu forças de seleção natural; X teve sua linha ancestral selecionada por Y; X adaptado implica modificações genéticas ao longo da linha que o gerou. Conclusão: as características dos seres refletem na verdade os sucessos e fracassos dos seus ancestrais.

5 Teoria da Evolução A teoria da evolução com base na seleção natural é uma teoria essencialmente ecológica. 1) Os indivíduos de uma população não são idênticos. São, portanto, variáveis.

6

7 Teoria da Evolução 2) Uma parte desta variação é hereditária.

8 Teoria da Evolução 3) Todas as populações tem a potencialidade de povoar a Terra. Isto ocorreria se todos os indivíduos sobrevivessem e reproduzissem à taxa máxima de reprodução.

9 Teoria da Evolução 4) Cada indivíduo deixa um número diferente de descendentes o que inclui a taxa de sobrevivência e a reprodução da prole.

10 Teoria da Evolução 5) O número de descendentes depende da interação entre as características do indivíduo e seu ambiente. Em todo ambiente alguns indivíduos tenderão a sobreviver, a se reproduzir melhor e a deixar mais descendentes que os outros

11

12 Teoria da Evolução Os indivíduos mais aptos são os que conseguem deixar maior número de descendentes. Indivíduos com maior fitness (maior eficácia evolutiva) são aqueles que deixam um maior número relativo de descendentes, considerando as demais espécies.

13 Especialização em nível intra-específico Ecótipos são populações que divergem geneticamente e refletem ajustes entre seus organismos e os ambientes em que vivem.

14 Influência da evolução A evolução obriga as populações a divergirem se: i) existe suficiente variabilidade hereditária sobre a qual a seleção natural pode agir. ii) forças que favorecem as divergências são capazes de se oporem ao cruzamento e a hibridação de indivíduos de diferentes locais

15 Influência da evolução Organismos sésseis são mais suscetíveis às forças da seleção natural.

16 Influência da evolução Organismos móveis possuem uma margem de controle do ambiente, pois podem se deslocar escapando das forças seletivas.

17 Influência da evolução A adaptação local pode ser um fator que impeça a hibridação entre organismos que pertençam a populações diferentes.

18 Polimorfismo genético É a ocorrência simultânea, no mesmo habitat, de duas ou mais formas descontínuas de uma espécie, em uma proporção tal que a mais rara delas não pode ser mantida meramente por mutação recorrente ou migração.

19 Polimorfismo genético Muitos polimorfismos são mantidos ativamente pela Seleção Natural: 1) Os heterozigotos podem ter uma maior eficácia biológica. 2) Podem haver gradientes de forças seletivas; 3) Pode haver seleção dependente da frequência. 4) As forças seletivas podem atuar em direções distintas dentro das diferentes zonas.

20 Especiação Consiste no mecanismo de formação de novas espécies. A seleção natural pode forçar diferentes populações a evoluir. Espécie é o conjunto de seres semelhantes, morfológica e fisiologicamente, que são capazes de se intercruzarem e produzirem descendência fértil.

21 Teste de Mayr-Dobzhansky Indivíduos da mesma espécie, cruzados originam descendência fértil. A seleção natural pode tender a forçar uma população a evoluir em duas ou mais formas distintas. Entretanto a reprodução sexuada e a hibridação provocam novamente a mistura delas.

22 Seleção Natural Hibridação Reprodução sexuada

23 Especiação Ecológica Ortodoxa É a especiação induzida por seleção natural divergente em subpopulações diferentes. Ocorre da seguinte maneira: 1) Duas subpopulações se tornam isoladas e a seleção natural pressiona a adaptação genética em seus ambientes locais.

24 B A R R E Pop. 1 Pop. 2 I R A E C O L Ó G I C A

25 Especiação Ecológica Ortodoxa 2) A diferenciação genética estabelece um grau de isolamento reprodutivo. Este isolamento pode ser pré-zigótico ou pószigótico. 3) Em contato secundário as duas subpopulações se reencontram. 4) Produzem híbridos com baixa eficácia biológica 5) A seleção natural favorecerá os atributos que reforçam o isolamento reprodutivo priorizando os pré-zigóticos. Nem toda especiação é ortodoxa.

26

27 Especiação Alopátrica e Simpátrica Em algumas situações não ocorre contatos (primário nem secundário) Isto está relacionado a alta divergência entre subpopulações ou mesmo separação geográfica (alopatria). Não há necessidade de separação geográfica quando existem fatores prézigóticos ou pós-zigóticos impedindo o fluxo gênico (simpatria).

28

29 Especiação Alopátrica e Simpátrica A baixa frequência de mecanismos que interfiram no isolamento pode gerar um continuum de (sub)formas diferentes.

30 Ilhas de especiação As ilhas tem grande significado para ecologia das populações e das comunidades. O isolamento propicia ambiente favorável à separação de espécies. O melhor exemplo é o Arquipélago de Galápagos.

31

32 Aves do gênero Geospiza e outros gêneros próximos. Principal foco de observação de Charles Darwin: os tentilhões

33

34

35 Padrões insulares As espécies presentes em ilhas são diferentes em algum grau das espécies presentes em continentes. Isto ocorre devido a duas razões principais: 1) Animais e plantas tem sua diversidade limitada aos ancestrais que colonizaram inicialmente a ilha. 2) Devido ao isolamento, que impede o intercâmbio de material genético.

36 Padrões insulares As ilhas contêm muitas espécies endêmicas, além de muitas raças e subespécies diferenciadas que são distinguíveis das formas continentais. Suas características são moldadas por genes que estavam na população de colonizadores. Os desvios entre populações isoladas em ilhas estão relacionados à composição aleatória de um grupo dos genes fundadores.

37 Alterações na paleotemperatura

38 Alterações nos continentes - i

39 Alterações nos continentes - ii

40 Alterações nos continentes - iii

41 Alterações nos continentes - iv

42

43

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 61 ESPECIAÇÃO

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 61 ESPECIAÇÃO BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 61 ESPECIAÇÃO Fixação 1) Os fatos biológicos a seguir se referem ao processo de formação de novas espécies (especiação): I) Para que ocorra a especiação é necessário que grupos

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º ALUNO(a): Lista de Exercícios P1 4º Bimestre Prova dia 21/10 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia

Leia mais

Ecologia de Populações e Comunidades

Ecologia de Populações e Comunidades Ecologia de Populações e Comunidades Profa. Isabel Belloni Schmidt Dept. Ecologia UnB isabels@unb.br Evolução Nada em biologia faz sentido a não ser à luz da evolução Theodosius Dobzhansky Jean Baptiste

Leia mais

PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA

PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA RELEMBRANDO... O que é Ecologia? Biosfera Ecossistema Comunidade População Organismo PENSAMENTO EVOLUTIVO E ECOLÓGICO Em biologia, nada tem sentido, exceto à luz a evolução

Leia mais

SISTEMÁTICA VEGETAL. Aula 01: O Processo de Evolução

SISTEMÁTICA VEGETAL. Aula 01: O Processo de Evolução SISTEMÁTICA VEGETAL Aula 01: O Processo de Evolução INTRODUÇÃO Em 1831, Charles Darwin inicia sua viagem de cinco anos como naturalista do navio HMS Beagle. INTRODUÇÃO Por fornecer evidências meticulosamente

Leia mais

Exercícios de Especiação

Exercícios de Especiação Exercícios de Especiação 1. (UEPB) Vários conceitos são utilizados para definir uma espécie. De maneira geral podemos dizer que uma espécie representa um conjunto de indivíduos com potencial, em condições

Leia mais

Biologia Evolutiva. A Biologia Evolutiva é o estudo da história da vida e dos processos que levam à sua diversidade.

Biologia Evolutiva. A Biologia Evolutiva é o estudo da história da vida e dos processos que levam à sua diversidade. 2017 Biologia Evolutiva A Biologia Evolutiva é o estudo da história da vida e dos processos que levam à sua diversidade. Biologia Evolutiva Análises e metodologias reducionistas e composicionistas (propriedades

Leia mais

Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros

Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros EVOLUÇÃO Muitos acreditam que o homem é o ser vivo mais evoluído do planeta, de que ele veio do macaco e que a evolução sempre tem sentido de progresso. Evolução

Leia mais

Módulo 6: ESPECIAÇÃO. Profa. Ângela Dauch

Módulo 6: ESPECIAÇÃO. Profa. Ângela Dauch Módulo 6: ESPECIAÇÃO Profa. Ângela Dauch Ao longo dos tempos novas espécies têm surgido, enquanto outras se têm extinguido. Como se formam as novas espécies? Dois mecanismos fundamentais conduzem à especiação:

Leia mais

BIODIVERSIDADE E V O L U Ç Ã O. Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos?

BIODIVERSIDADE E V O L U Ç Ã O. Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos? EVOLUÇÃO BIODIVERSIDADE Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos? FIXISMO Teorias A Fixismo 9 As espécies surgiram independentemente umas das outras (tal como se conhecem hoje) e mantiveram-se

Leia mais

ESPECIAÇÃO. Professor Júlio César Arrué dos Santos

ESPECIAÇÃO. Professor Júlio César Arrué dos Santos ESPECIAÇÃO Professor Júlio César Arrué dos Santos Espécie Conceito: Conjunto de indivíduos que podem se intercruzar, livremente, produzindo descendentes férteis. Conjunto de indivíduos de uma mesma espécie.

Leia mais

Seleção Natural e Evolução. As ideias de Darwin e Lamarck sobre o surgimento de novas espécies.

Seleção Natural e Evolução. As ideias de Darwin e Lamarck sobre o surgimento de novas espécies. Seleção Natural e Evolução As ideias de Darwin e Lamarck sobre o surgimento de novas espécies. Anote em seu caderno! O que significa, para você...... evolução?... seleção natural?... seleção artificial?

Leia mais

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS Professor Fláudio EVIDÊNCIAS DE EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO conjunto de processos que levam a modificações nos seres vivos ao longo do tempo, podendo dar origem a novas espécies Entender

Leia mais

Bio. Semana 9. Rubens Oda Alexandre Bandeira (Rebeca Khouri)

Bio. Semana 9. Rubens Oda Alexandre Bandeira (Rebeca Khouri) Semana 9 Rubens Oda Alexandre Bandeira (Rebeca Khouri) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Evolução Molecular. "Nothing in Biology Makes Sense Except in the Light of Evolution. Theodosius Dobzhansky

Evolução Molecular. Nothing in Biology Makes Sense Except in the Light of Evolution. Theodosius Dobzhansky "Nothing in Biology Makes Sense Except in the Light of Evolution Theodosius Dobzhansky Evolução Evolução Evolução Genótipo + Ambiente = Fenótipo Parental F1 F2 Evolução Evolução = mudança (características

Leia mais

Departamento de Biodiversidade Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto

Departamento de Biodiversidade Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto Departamento de Biodiversidade Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto Prof. Dr. Roberth Fagundes roberthfagundes@gmail.com FILOGENIA EVOLUÇÃO Evolução: mudança na variabilidade biológica

Leia mais

LGN215 - Genética Geral Aula 9: Evolução

LGN215 - Genética Geral Aula 9: Evolução LGN215 - Genética Geral Aula 9: Evolução Antonio Augusto Franco Garcia Maria Marta Pastina Piracicaba - SP Evolução Teoria da Evolução formulada por Darwin Teoria Sintética da Evolução (Neodarwinismo)

Leia mais

Melhoramento de Espécies Alógamas

Melhoramento de Espécies Alógamas Aula 10 Melhoramento de Espécies Alógamas INTRODUÇÃO Espécies alógamas reprodução via fecundação cruzada (mais de 95% de cruzamentos). Definição: Comunidade reprodutiva composta de organismos de fertilização

Leia mais

Defende que todas as espécies vivas foram criadas por ato divino.

Defende que todas as espécies vivas foram criadas por ato divino. TEORIAS EVOLUTIVAS CRIACIONISMO Predominante até a metade do séc. XIX. Defende que todas as espécies vivas foram criadas por ato divino. O FIXISMO é uma variante mais radical que propõe a criação dos seres

Leia mais

Biologia. Natália Aguiar Paludetto

Biologia. Natália Aguiar Paludetto Biologia Natália Aguiar Paludetto Aula de hoje: Introdução à Biologia O que é? O que estuda? Como se organiza? Referência bibliográfica: Bio Volume Único, Sônia Lopes, editora Saraiva. Biologia estudo

Leia mais

I. Duas populações de uma mesma espécie, vivendo em ambientes diferentes e isoladas geograficamente, terão obrigatoriamente o mesmo conjunto gênico.

I. Duas populações de uma mesma espécie, vivendo em ambientes diferentes e isoladas geograficamente, terão obrigatoriamente o mesmo conjunto gênico. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Biologia Questão 1 (Ufscar 2000) Considere as três frases a seguir. I. Duas populações de uma mesma espécie, vivendo em ambientes diferentes e isoladas geograficamente,

Leia mais

Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin

Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin Evolução Ancestral comum Primeiras ideias: filósofos da Grécia Clássica Tales de Mileto (Séc. VI a.c.): água como princípio organizador dos seres vivos Xenófanes

Leia mais

Definições. Interpretação ingênua de seleção natural: sobrevivência do mais apto ou a natureza com unhas dentes

Definições. Interpretação ingênua de seleção natural: sobrevivência do mais apto ou a natureza com unhas dentes Seleção Natural Definições Interpretação ingênua de seleção natural: sobrevivência do mais apto ou a natureza com unhas dentes Essas definições são inexatas e insuficientes Seleção Natural Para Huxley,

Leia mais

Evolução Biológica II. Prof. Pablo Paim Biologia

Evolução Biológica II. Prof. Pablo Paim Biologia Evolução Biológica II Prof. Pablo Paim Biologia Teoria Cientifica: é o mais alto grau de confirmação de uma hipótese cientifica. Teoria de Isaac Newton e Teoria de Albert Einstein. Evolução fatos e evidencias

Leia mais

COMO OCORRE A ESPECIAÇÃO?

COMO OCORRE A ESPECIAÇÃO? COMO OCORRE A ESPECIAÇÃO? 1 - aparecimento de variantes genéticas 2 - reprodução preferencial entre os seus possuidores (devido a barreiras ou selecção) 3 - isolamento reprodutivo 4 - diferenciação a vários

Leia mais

Lista de Recuperação Não rasure os testes, não use branquinho à tinta.

Lista de Recuperação Não rasure os testes, não use branquinho à tinta. Data: /10/14 Bim.: 3º Nome: 9 ANO Nº Disciplina: Biologia Professora: Ângela Valor da Prova / Atividade: 2,0 Nota: Objetivo / Instruções: Lista de Recuperação Não rasure os testes, não use branquinho à

Leia mais

As Teorias Evolutivas. Princípios da Teoria de Lamarck. Fundamentos da Evolução Biológica. Ideias Evolucionistas - Lamarckismo

As Teorias Evolutivas. Princípios da Teoria de Lamarck. Fundamentos da Evolução Biológica. Ideias Evolucionistas - Lamarckismo Fundamentos da Evolução Biológica As Teorias Evolutivas Várias teorias evolutivas surgiram, mas destacam-se se as teorias de Lamarck e de Darwin. O EVOLUCIONISMO, OU TEORIA DA EVOLUÇÃO, É A EXPLICAÇÃO

Leia mais

LGN GENÉTICA. Aula 9 - Evolução. Antonio Augusto Franco Garcia Filipe Inácio Matias Marianella F. Quezada Macchiavello

LGN GENÉTICA. Aula 9 - Evolução. Antonio Augusto Franco Garcia Filipe Inácio Matias Marianella F. Quezada Macchiavello LGN 215 - GENÉTICA Aula 9 - Evolução Antonio Augusto Franco Garcia Filipe Inácio Matias Marianella F. Quezada Macchiavello Departamento de Genética Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Universidade

Leia mais

Ecologia Evolutiva. Iamê Alves Guedes

Ecologia Evolutiva. Iamê Alves Guedes Ecologia Evolutiva Iamê Alves Guedes 1. Discuta as diferentes maneiras como a evidência ecológica pode ser obtida. Como você tentaria responder uma das questões de ecologia não resolvidas: Por que existem

Leia mais

Everton Amorim 14/11/2013. Biologia

Everton Amorim 14/11/2013. Biologia Biologia Tema: Everton Amorim 1) Introdução é o processo de transformações hereditárias e adaptações que vem ocorrendo nos seres vivos desde que surgiram no planeta Terra. o =Fato o Ciência que estuda

Leia mais

Descreve a história da vida na Terra Investiga os processos responsáveis por essa história

Descreve a história da vida na Terra Investiga os processos responsáveis por essa história Aula 1 Evolução Biologia Evolutiva x Evolução Biológica O termo Evolução biológica refere-se ao processo de modificação e surgimento das espécies na Terra Biologia Evolutiva refere-se à disciplina que

Leia mais

Atividade extra. Questão 1. Questão 2. Ciências da Natureza e suas Tecnologias Biologia

Atividade extra. Questão 1. Questão 2. Ciências da Natureza e suas Tecnologias Biologia Atividade extra Questão 1 Na nomenclatura descritiva na Biologia, o maior dos agrupamentos é o domínio. Existem apenas três domínios nos quais toda a diversidade biológica é incluída. Estes domínios são

Leia mais

EVOLUÇÃO. Evidências e Teorias. Professora Priscila F Binatto Biologia 3ª Série Ensino Médio

EVOLUÇÃO. Evidências e Teorias. Professora Priscila F Binatto Biologia 3ª Série Ensino Médio EVOLUÇÃO Evidências e Teorias Professora Priscila F Binatto Biologia 3ª Série Ensino Médio Evolução Homer Simpson Vídeos e animações\the Simpsons - Homer Evolution.flv Na natureza tudo se transforma...

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ CAPÍTULO 10 p. 140 PROBLEMATIZAÇÃO

Leia mais

Nada em Biologia faz sentido, senão à luz da evolução. Theodosius Dobzhansky

Nada em Biologia faz sentido, senão à luz da evolução. Theodosius Dobzhansky EVOLUÇÃO BIOLÓGICA Nada em Biologia faz sentido, senão à luz da evolução. Theodosius Dobzhansky Criacionismo Muitas vezes confundida com o Fixismo. Teoria segundo a qual as espécies vegetais e animais

Leia mais

Tamanho populacional 31/08/2010. Evolução Estocasticidade (Acaso) e Determinismo (Seleção natural) Relação entre o Censo (N) e tamanho efetivo (Ne)

Tamanho populacional 31/08/2010. Evolução Estocasticidade (Acaso) e Determinismo (Seleção natural) Relação entre o Censo (N) e tamanho efetivo (Ne) Evolução Estocasticidade (Acaso) e Determinismo (Seleção natural) Equilíbrio de Hardy-Weinberg (EHW) Os fatores evolutivos e a dinâmica populacional (p + q) 2 = p 2 + 2pq + q 2 Professor Fabrício R. Santos

Leia mais

Fixismo: admite que as espécies, desde o seu aparecimento, são imutáveis, ou seja, não sofrem modificações. Tem os seguintes ramos:

Fixismo: admite que as espécies, desde o seu aparecimento, são imutáveis, ou seja, não sofrem modificações. Tem os seguintes ramos: Fixismo: admite que as espécies, desde o seu aparecimento, são imutáveis, ou seja, não sofrem modificações. Tem os seguintes ramos: Criacionismo: defendia que todos os seres vivos tinham sido obra divina

Leia mais

Evolução. Biologia. Tema: Evolução. Diogo N. Maciel Facebook: Professor Diogo Nery

Evolução. Biologia. Tema: Evolução. Diogo N. Maciel Facebook: Professor Diogo Nery Biologia Evolução Tema: Evolução Diogo N. Maciel Facebook: Professor Diogo Nery Introdução Evolução é o processo de transformações hereditárias e adaptações que vem ocorrendo nos seres vivos desde que

Leia mais

Neodarwinismo ou Teoria sintética de evolução

Neodarwinismo ou Teoria sintética de evolução Neodarwinismo ou Teoria sintética de evolução O desenvolvimento dos conhecimentos de genética e as novas descobertas sobre hereditariedade, permitiram fazer uma nova interpretação da teoria da evolução

Leia mais

Seleção Natural. Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade

Seleção Natural. Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade Seleção Natural Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade Aluna: Michelle Andrade Furtado Profº Dalton e Profª Silvana Definição Seleção Natural pode ser definida

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE Processo seletivo PPGECB - 2013 Prova de conhecimentos em Ecologia e Evolução CPF do candidato: MS ( ) DR ( ) Instruções para a prova: 1) Não coloque NOME nas folhas de prova em hipótese alguma. Sua única

Leia mais

21/11/2013 BIOLOGIA EVOLUÇÃO

21/11/2013 BIOLOGIA EVOLUÇÃO BIOLOGIA EVOLUÇÃO O que é a evolução? Evolução é o processo através no qual ocorrem as mudanças ou transformações nos seres vivos ao longo do tempo, dando origem a espécies novas. 1 Evidências da evolução

Leia mais

EVOLUÇÃO. Prof. Gilmar Marques

EVOLUÇÃO. Prof. Gilmar Marques EVOLUÇÃO 1 As teorias evolucionistas Nosso planeta apresenta uma imensa variedade de espécies, vivendo nos mais diferentes habitats. A Teoria da evolução tenta explicar como isso torno-se possível. 2 Fixismo

Leia mais

Evolução e etologia. Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia. Prof. Mauro Lantzman

Evolução e etologia. Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia. Prof. Mauro Lantzman Evolução e etologia Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia Prof. Mauro Lantzman A perigosa idéia de Darwin Darwin demonstrou de maneira conclusiva que, ao contrario da tradição antiga, as

Leia mais

Modelando microevolução GENÉTICA DE POPULAÇÕES E EVOLUÇÃO

Modelando microevolução GENÉTICA DE POPULAÇÕES E EVOLUÇÃO Modelando microevolução GENÉTICA DE POPULAÇÕES E EVOLUÇÃO Modelando microevolução Evolução: mudança na frequência de alelos ou combinações de alelos no pool gênico. Modelos de evolução deve incluir a passagem

Leia mais

Evolução e diversidade biológica

Evolução e diversidade biológica Evolução e diversidade biológica Charles Darwin (1809-1882) - Mecanismo da seleção natural - Mundo dinâmico - Separação: mundo físico e biológico - Adequação de representações gráficas para relações entre

Leia mais

Neodarwinismo Teoria Sintética da Evolução

Neodarwinismo Teoria Sintética da Evolução Neodarwinismo Teoria Sintética da Evolução Aula nº45, 46 e 48 26 e 28 Jan e 2 Fev09 Prof. Ana Reis Principais críticas apontadas à Teoria de Darwin: não explicar o surgimento de variações naturais nos

Leia mais

História de vida. História de vida. Estratégia r vs. estratégia K. História de vida 06/09/2013. Investimento reprodutivo vs. sobrevivência de adultos

História de vida. História de vida. Estratégia r vs. estratégia K. História de vida 06/09/2013. Investimento reprodutivo vs. sobrevivência de adultos História de vida Investimento de recursos (energia) Taxas vitais: sobrevivência, crescimento e reprodução História de vida Adaptações comportamentais e fisiológicas dos organismos (tempo de vida, reprodução,

Leia mais

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Biologia Aplicada Aula 7

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Biologia Aplicada Aula 7 Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Biologia Aplicada Aula 7 Professor Antônio Ruas 1. Créditos: 60 2. Carga horária semanal: 4 3. Semestre: 1 4.

Leia mais

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Profº Marcelo Morcegão Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Fixismo Doutrina Filosófica que defende que desde o seu aparecimento as espécies são imutáveis e não sofrem transformações. Aristóteles

Leia mais

Prof. Heitor de Assis Jr.

Prof. Heitor de Assis Jr. Prof. Heitor de Assis Jr. Lamarck Lei do uso e desuso Herança dos caracteres adquiridos Darwin Variabilidade Seleção Natural Adaptações Para que a evolução ocorra deverá haver uma mudança no meio ambiente.

Leia mais

IDÉIAS EVOLUCIONISTAS DE DARWIN

IDÉIAS EVOLUCIONISTAS DE DARWIN IDÉIAS EVOLUCIONISTAS DE DARWIN A história entre Darwin (1809-1882) e a biologia começou quando o mesmo foi convidado a embarcar numa expedição de estudo promovida pela Inglaterra. Então, com 22 anos de

Leia mais

Aula5 ESPÉCIE E ESPECIAÇÃO. Silmara de Moraes Pantaleão. META Discutir o conceito de Espécie e os mecanismos que levam a sua formação.

Aula5 ESPÉCIE E ESPECIAÇÃO. Silmara de Moraes Pantaleão. META Discutir o conceito de Espécie e os mecanismos que levam a sua formação. Aula5 ESPÉCIE E ESPECIAÇÃO META Discutir o conceito de Espécie e os mecanismos que levam a sua formação. OBJETIVOS Ao fi nal desta aula, o aluno deverá: Compreender a importância do conceito de Espécie

Leia mais

Aula 5 Melhoramento de Espécies Alógamas

Aula 5 Melhoramento de Espécies Alógamas Aula 5 Melhoramento de Espécies Alógamas Piracicaba, 2012 1 Introdução Espécies alógamas: reprodução via fecundação cruzada (mais de 95% de cruzamentos) Exemplos: milho, girassol, cenoura, beterraba, brássicas

Leia mais

Assunto: Exercícios: responder ás questões desta apresentação.

Assunto: Exercícios: responder ás questões desta apresentação. Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Biologia Aplicada Aula 8 Professor Antônio Ruas 1. Créditos: 60 2. Carga horária semanal: 4 3. Semestre: 1 4.

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CONCURSO PISM III - TRIÊNIO PROVA DE BIOLOGIA

COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CONCURSO PISM III - TRIÊNIO PROVA DE BIOLOGIA Questão 1: Os hormônios atuam como mensageiros químicos sobre determinado tecido, órgão ou sobre outra glândula endócrina, exercendo seus efeitos mesmo em quantidades muito pequenas. Sobre os hormônios,

Leia mais

Evolução Def. usual Biologicamente frequências gênicas populações

Evolução Def. usual Biologicamente frequências gênicas populações Evolução A palavra evolução vem do Latim evolvere que significa Desenvolver ou Estender. A Def. usual: progresso, desenvolvimento, melhora. Biologicamente: evolução é a mudança nas propriedades (frequências

Leia mais

Exercícios de Taxonomia

Exercícios de Taxonomia Exercícios de Taxonomia 1. O sistema de classificação taxionômica ainda hoje utilizado foi elaborado por Carl von Linné 101 anos antes de Charles Darwin publicar A Origem das Espécies. Para Lineu, a invariabilidade

Leia mais

Teorias biogeográficas. Dispersão e Vicariância

Teorias biogeográficas. Dispersão e Vicariância Teorias biogeográficas Dispersão e Vicariância Referências Biogeografia BROWN & LOMOLINO CAP 9 DISPERSÃO CAP10 ENDEMISMO, PROVINCIALISMO E DISJUNÇÃO A distribuição geográfica dos organismos não é estática,

Leia mais

EVOLUÇÃO. Teoria de Evolução formulada por Darwin. Teoria Sintética de Evolução (Neodarwinismo)

EVOLUÇÃO. Teoria de Evolução formulada por Darwin. Teoria Sintética de Evolução (Neodarwinismo) EVOLUÇÃO Teoria de Evolução formulada por Darwin Teoria Sintética de Evolução (Neodarwinismo) A evolução antes de Darwin CHARLES ROBERT DARWIN (1809-1882) => documenta e comprova a evolução => torna esta

Leia mais

Metahuerísticas: Algoritmos Genéticos. Sistemas de Informação/Ciências da Computação UNISUL Aran Bey Tcholakian Morales, Dr. Eng.

Metahuerísticas: Algoritmos Genéticos. Sistemas de Informação/Ciências da Computação UNISUL Aran Bey Tcholakian Morales, Dr. Eng. Metahuerísticas: Algoritmos Genéticos Sistemas de Informação/Ciências da Computação UNISUL Aran Bey Tcholakian Morales, Dr. Eng. (Apostila 8) Meta-heurísticas Classificação de métodos heurísticos: os métodos

Leia mais

Panspermia cósmica. hipercognicion.blogspot.com

Panspermia cósmica. hipercognicion.blogspot.com Origem da Vida Panspermia cósmica hipercognicion.blogspot.com Conseguiriam sobreviver? Como se formaram? Abiogênese (Geração espontânea) http://slideplayer.com.br/slide/387759/ slideplayer.com.br Antonie

Leia mais

As bases evolutivas da Saúde Pública Teoria da evolução

As bases evolutivas da Saúde Pública Teoria da evolução As bases evolutivas da Saúde Pública Teoria da evolução Claudia Torres Codeço codeco@procc.fiocruz.br 22 de Julho de 2003 Página 1 de 24 1. Epidemiologia: dinâmica de doenças na população Genética de populações:

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ CAPÍTULO 11 p. 162 Especiação

Leia mais

Exercícios de Teorias Evolutivas

Exercícios de Teorias Evolutivas Exercícios de Teorias Evolutivas 1. (UFMG) Desenvolvida, há 150 anos, por Charles Darwin e Alfred Wallace, a ideia da seleção natural pode ser sustentada por observações científicas atuais. Assinale a

Leia mais

Variação intraespecífica e conceitos de espécie

Variação intraespecífica e conceitos de espécie Variação intraespecífica e conceitos de espécie Espécies! Unidade evolutiva natural! Descrição da espécie Caracteres que podem ser usados para reconhecer os membros da espécie Presentes na espécie estudada

Leia mais

Curso de Licenciatura em Biologia Evolução Biológica

Curso de Licenciatura em Biologia Evolução Biológica INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Campus Macau Curso de Licenciatura em Biologia Evolução Biológica IFRN/Macau - Curso de Licenciatura em Biologia - Parasitologia

Leia mais

BIOLOGIA Prof.: Camacho Lista: 06 Aluno(a): Turma: Data: 25/02/2015

BIOLOGIA Prof.: Camacho Lista: 06 Aluno(a): Turma: Data: 25/02/2015 BIOLOGIA Prof.: Camacho Lista: 06 Aluno(a): Turma: Data: 25/02/2015 Questão 01) A ema (Rhea americana), o avestruz (Struthio camelus) e o emu (Dromaius novaehollandiae) são aves que não voam e que compartilham

Leia mais

GENÉTICA DE POPULAÇÃO

GENÉTICA DE POPULAÇÃO GENÉTICA DE POPULAÇÃO Eng. Agr. Msc. Franco Romero Silva Muniz Doutorando em Genética e Melhoramento de Soja Departamento de Produção Vegetal UNESP Jaboticabal/SP Molecular e Biotecnologia Quantitativa

Leia mais

O pesquisador Carlos Lineu nasceu na Suécia, em Ele descreveu milhares de espécies, incluindo a

O pesquisador Carlos Lineu nasceu na Suécia, em Ele descreveu milhares de espécies, incluindo a Atividade extra Fascículo 1 Biologia Unidade 1 Questão 1 O pesquisador Carlos Lineu nasceu na Suécia, em 1707. Ele descreveu milhares de espécies, incluindo a espécie humana. Como é conhecida a nomenclatura

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 44 REPRODUÇÃO SEXUADA

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 44 REPRODUÇÃO SEXUADA BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 44 REPRODUÇÃO SEXUADA Como pode cair no enem (ENEM) Em certas localidades ao longo do rio Amazonas são encontradas populações de determinada espécie de lagarto que se reproduzem

Leia mais

A teoria sintética da evolução

A teoria sintética da evolução A teoria sintética da evolução De 1900 até cerca de 1920, os adeptos da genética mendeliana acreditavam que apenas as mutações eram responsáveis pela evolução e que a seleção natural não tinha importância

Leia mais

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução Evolução Evolução 1. A ema (Rhea americana), o avestruz (Struthio camelus) e o emu (Dromaius novaehollandiae) são aves que não voam e que compartilham entre si um ancestral comum mais recente que aquele

Leia mais

SUBESTRUTURA POPULACIONAL E FLUXO GÊNICO

SUBESTRUTURA POPULACIONAL E FLUXO GÊNICO SUBESTRUTURA POPULACIONAL E FLUXO GÊNICO AULA 5 Mariana Fonseca Rossi mfonsecarossi@gmail.com RELEMBRANDO... Equilíbrio de Hardy-Weiberng: RELEMBRANDO... Equilíbrio de Hardy-Weiberng: Frequência dos genótipos

Leia mais

2 vertical: 5 letras, plural. 1 vertical: 11 letras

2 vertical: 5 letras, plural. 1 vertical: 11 letras 1 vertical: 11 letras São organismos originados da alteração molecular do DNA. 2 vertical: 5 letras, plural Fatores que condicionam as características genéticas de um organismo, sendo um proveniente do

Leia mais

Seleção natural. Bio Diogo Meyer. Departamento de Genética e Biologia Evolutiva Universidade de São Paulo

Seleção natural. Bio Diogo Meyer. Departamento de Genética e Biologia Evolutiva Universidade de São Paulo Seleção natural Bio 0208-2017 Diogo Meyer Departamento de Genética e Biologia Evolutiva Universidade de São Paulo Leitura básica: Ridley 5.6, 5.7, 5.10,5.12 Seleção Natural Lembremos o quão complexas e

Leia mais

Evolução Estocasticidade (Acaso) e Determinismo (Seleção natural)

Evolução Estocasticidade (Acaso) e Determinismo (Seleção natural) Evolução Estocasticidade (Acaso) e Determinismo (Seleção natural) Os fatores evolutivos e a dinâmica populacional Equilíbrio de Hardy-Weinberg (EHW) (p + q) 2 = p 2 + 2pq + q 2 Professor Fabrício R Santos

Leia mais

Evolução determinística. Seleção Natural. Seleção Natural

Evolução determinística. Seleção Natural. Seleção Natural Equilíbrio de Hardy-Weinberg (EHW) Evolução determinística Natural Professor Fabrício R. Santos - UFMG Populações estão em EHW quando: tamanho populacional é infinito; acasalamento é totalmente ao acaso;

Leia mais

Evolução Biológica: Origem Orig das Espécies: Que e x e plicaç plic ão? aç

Evolução Biológica: Origem Orig das Espécies: Que e x e plicaç plic ão? aç Evolução Biológica: Origem das Espécies: Que explicação? Origem das Espécies: que explicação? Fixismo (até ao séc. XIX): as espécies são unidades fixas e imutáveis que, num mundo igualmente estático, surgem

Leia mais

Genética de Populações. Prof. Ricardo Lehtonen R. de Souza

Genética de Populações. Prof. Ricardo Lehtonen R. de Souza Genética de Populações Prof. Ricardo Lehtonen R. de Souza E-mail: ricardo.lehtonen@gmail.com http://www.ufpr.br/~lehtonen VARIAÇÃO EM POPULAÇÕES NATURAIS A maioria das características varia pelo menos

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 43 REPRODUÇÃO ASSEXUADA

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 43 REPRODUÇÃO ASSEXUADA BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 43 REPRODUÇÃO ASSEXUADA Célula inicial Duplicação e separação do DNA células-filhas mitose zoósporos sendo liberados filamento adulto zoósporo germina e forma novo filamento Esponja

Leia mais

Considerando a origem e evolução da nossa espécie, nesse calendário, o homem teria surgido no mês de: a) Março. b) Junho. c) Agosto. d) Dezembro.

Considerando a origem e evolução da nossa espécie, nesse calendário, o homem teria surgido no mês de: a) Março. b) Junho. c) Agosto. d) Dezembro. Evolução 1. (UFERSA) Responda esta questão com base no calendário abaixo, que representa a história da Terra, desde o seu surgimento até os dias de hoje, descrita numa escala hipotética de 12 meses. Considerando

Leia mais

Evolução e Ecologia de Populações

Evolução e Ecologia de Populações Evolução e Ecologia de Populações O que é Ecologia?? A ciência capaz de compreender a relação do organismo com o seu ambiente (Ernst Haeckel, 1866) Estudo científico da distribuição e da abundância de

Leia mais

QUESTÕES OBJETIVAS. Questão 1: Uma forma simples para identificar se uma característica é determinada por um gene autossômico recessivo é:

QUESTÕES OBJETIVAS. Questão 1: Uma forma simples para identificar se uma característica é determinada por um gene autossômico recessivo é: QUESTÕES OBJETIVAS Questão 1: Uma forma simples para identificar se uma característica é determinada por um gene autossômico recessivo é: a) observar se a característica aparece somente em machos. b) observar

Leia mais

Forças evolutivas. Definição de Evolução. Deriva Genética. Desvios de Hardy-Weinberg

Forças evolutivas. Definição de Evolução. Deriva Genética. Desvios de Hardy-Weinberg Definição de Evolução A definição operacional de evolução em nível de deme é mudanças na freqüência alélica ou genotípica. Forças evolutivas Fatores ou processos que podem alterar a freqüência alélica

Leia mais

O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias. Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas

O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias. Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas TEORIA DA EVOLUÇÃO O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas Histórico Como Darwin explica? Os primeiros a falarem: Antiguidade/Idade

Leia mais

Teorias Evolucionistas. Lamarck Darwin Neodarwinismo

Teorias Evolucionistas. Lamarck Darwin Neodarwinismo Teorias Evolucionistas Lamarck Darwin Neodarwinismo Origem da Vida pode ser explicada pela Teoria Fixista defende que as espécies são imutáveis Teoria Evolucionista defende que os primeiros seres eram

Leia mais

Forças evolutivas. Definição de Evolução. Desvios de Hardy-Weinberg. Desvios de Hardy-Weinberg

Forças evolutivas. Definição de Evolução. Desvios de Hardy-Weinberg. Desvios de Hardy-Weinberg Definição de Evolução Forças evolutivas A definição operacional de evolução em nível de deme é mudança na freqüência alélica ou genotípica em gerações. Fatores ou processos que podem alterar a freqüência

Leia mais

LGN 313 Melhoramento Genético

LGN 313 Melhoramento Genético LGN 313 Melhoramento Genético Professores: Antonio Augusto Franco Garcia José Baldin Pinheiro Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Departamento de Genética - ESALQ/USP Segundo semestre - 2010

Leia mais

Computação Evolutiva Eduardo do Valle Simões Renato Tinós ICMC - USP

Computação Evolutiva Eduardo do Valle Simões Renato Tinós ICMC - USP Computação Evolutiva Eduardo do Valle Simões Renato Tinós ICMC - USP 1 Principais Tópicos Introdução Evolução Natural Algoritmos Genéticos Aplicações Conclusão 2 Introdução http://www.formula-um.com/ Como

Leia mais

EVOLUÇÃO. Prof. André Maia. O que sabemos sobre a evolução?

EVOLUÇÃO. Prof. André Maia. O que sabemos sobre a evolução? EVOLUÇÃO Prof. André Maia O que sabemos sobre a evolução? As espécies mudam com o decorrer do tempo. Hoje existem aproximadamente dois milhões de espécies de organismos vivos sobre a Terra, incluindo bactérias,

Leia mais

Evolução Biológica - I. Prof. Pablo Paim Biologia

Evolução Biológica - I. Prof. Pablo Paim Biologia Evolução Biológica - I Prof. Pablo Paim Biologia Organismos se adaptam ao ambiente?! O homem veio do macaco?! Organismos mais evoluídos!? Ser evolucionista é ser ateu?! O processo de evolução biológica

Leia mais

Evolução determinística. Seleção Natural. Seleção Artificial Cruzamentos seletivos praticados pelo homem

Evolução determinística. Seleção Natural. Seleção Artificial Cruzamentos seletivos praticados pelo homem Equilíbrio de Hardy-Weinberg (EHW) Evolução determinística Natural Professor Fabrício R. Santos - UFMG Populações estão em EHW quando: tamanho populacional é infinito; acasalamento é totalmente ao acaso;

Leia mais

Dispersão. Biogeografia. Maratona de Biogeografia Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade

Dispersão. Biogeografia. Maratona de Biogeografia Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade Biogeografia Dispersão Maratona de Biogeografia Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade Vivian F. Renó 29/03/2012 O que é dispersão? Movimento de um organismo

Leia mais

Ecologia de comunidades. Padrões e processos. Alexandre Palma

Ecologia de comunidades. Padrões e processos. Alexandre Palma Ecologia de comunidades Padrões e processos Alexandre Palma Comunidades Definição Conjunto de organismos de diferentes espécies vivendo em um dado local e tempo. Ecologia de comunidades Estudo dos padrões

Leia mais

A palavra ecologia apareceu pela primeira vez no século XIX e deriva do grego (oikos casa) e (logos estudo)

A palavra ecologia apareceu pela primeira vez no século XIX e deriva do grego (oikos casa) e (logos estudo) ECOLOGIA A palavra ecologia apareceu pela primeira vez no século XIX e deriva do grego (oikos casa) e (logos estudo) Ciência que estuda as relações entre os seres vivos e o seu meio ambiente Ciência que

Leia mais

HIBRIDAÇÃO. Hibridação é o mecanismo responsável pelo fluxo gênico entre indivíduos que possuem complexos gênicos diferentes.

HIBRIDAÇÃO. Hibridação é o mecanismo responsável pelo fluxo gênico entre indivíduos que possuem complexos gênicos diferentes. HIBRIDAÇÃO Hibridação é o mecanismo responsável pelo fluxo gênico entre indivíduos que possuem complexos gênicos diferentes. A hibridação pode ser considerada em dois níveis: intra-específica - envolvendo

Leia mais

Base teórica para a questão 17 ESCALA DE DOMINÂNCIA S>CH>H>A

Base teórica para a questão 17 ESCALA DE DOMINÂNCIA S>CH>H>A Tércio Câmara Formado em Biologia (UFPI) e Radiologia (NOVAUNESC); Pós-Graduando em Fisiologia Humana Aplicada às Ciências da Saúde; Professor de Ensino Médio da Rede Privada de Ensino. Base teórica para

Leia mais