Departamento de Biodiversidade Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Departamento de Biodiversidade Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto"

Transcrição

1 Departamento de Biodiversidade Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto

2 Prof. Dr. Roberth Fagundes

3 FILOGENIA EVOLUÇÃO

4 Evolução: mudança na variabilidade biológica (frequência genotípica) das populações através das gerações a partir de uma população parental (microevolução) ou ancestral comum (macroevolução) especiação

5 Macroevolução: Especiação TEMPO estrutura: coloração do corpo caractere: cor da pele estado: cinza acúmulo de diferenças isolamento reprodutivo estrutura: coloração do corpo caractere: cor da pele estado: azul

6

7 cladograma relações de ancestralidade e descendência (divergências de histórias evolutivas) A D C B

8 Especiação Processo de formação de novas espécies a partir de uma população através do isolamento reprodutivo devido ao acúmulo de caracteres divergentes ou barreira espaço-temporal.

9 A D C B

10

11 taxon terminações A D C B ramo clado nós cladogênese árvore cladograma raiz ancestral

12 variações

13 relações distância e tempo

14 recente descendentes passado ancestrais

15

16 mecanismos de especiação anagêse.

17

18 mecanismos de especiação cladogênese.

19

20 ALOPATRIA

21 mecanismos de especiação alopatria: processo de especiação através de fragmentação e isolamento de populações com posterior acúmulo de diferenças morfológicas e reprodutivas, e então isolamento reprodutivo.

22

23 ALOPATRIA

24 mecanismos de especiação alopatria: processo de especiação através de fragmentação e isolamento de populações com posterior acúmulo de diferenças morfológicas e reprodutivas, e então isolamento reprodutivo.

25 ALOPATRIA

26 mecanismos de especiação alopatria: processo de especiação através de fragmentação e isolamento de populações com posterior acúmulo de diferenças morfológicas e reprodutivas, e então isolamento reprodutivo.

27 PARAPATRIA

28 mecanismos de especiação parapatria: processo de especiação através de isolamento parcial de populações com acúmulo gradual de diferenças morfológicas e reprodutivas devido a dificuldade de pareamentos por restrições espaço-temporais.

29 PERIPATRIA

30 mecanismos de especiação peripátrica: processo de especiação através de isolamento parcial de populações com acúmulo gradual de diferenças morfológicas e reprodutivas devido a dificuldade de pareamentos por restrições espaço-temporais.

31 SIMPATRIA

32 mecanismos de especiação simpátrica: processo de especiação através de isolamento reprodutivo parcial ou total de organismos dentro de populações ou devido à partição espacial ou temporal do habitat.

33 mecanismos de especiação co-evolução: processo de especiação através de isolamento parcial de populações com acúmulo gradual de diferenças morfológicas e reprodutivas devido a interações ecológicas

34 recente descendentes passado ancestrais

35 GRUPOS MONOFILÉTICOS Grupos composto pela espécie ancestral e todos os descendentes.

36 GRUPOS PARAFILÉTICOS Grupos composto por espécies que não possuem ancestral comum

37 GRUPOS IRMÃO

38

39 Táxon: Smile caractere forma do corpo cor da pele forma dos apêndices estado do caractere redondo quadrado azul laranja cinza rosa verde caudal espinhos petaliforme

40 Derivados caractere (modificação) estado do caractere estado do caractere Ancestrais forma do corpo redondo quadrado redondo azul azul cor da pele laranja verde cinza rosa cinza presença de apêndices presente ausente presente ausente forma dos apêndices caudal espinhos petaliforme caudal tubérculos

41 ESTADOS DOS CARACTERE homologias Estado derivado compartilhado do caractere que possuem origem em um ancestral comum homoplasias Estado derivado compartilhado do caractere mas sem ancestralidade, ou seja, evoluiu independentemente.

42 Paralelismo: estados derivados de um mesmo estado primitivos, mas com origens diferentes, que surgem múltiplas vezes HOMOPLASIAS Convergência: estados derivados de diferentes estados primitivos, com origens diferentes, que surgem múltiplas vezes Reversão: estados derivados retornam ao estado primitivos, é uma derivação secundária à condição primitiva, mas com origem diferente

43 morcegos aves

44 colêmbolos pulgas

45

46 FIM Fundamentos de Sistemática e Filogenética Capítulos 2, 3, 4

47 ancestrais descendentes

Departamento de Biodiversidade Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto

Departamento de Biodiversidade Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto Departamento de Biodiversidade Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto Prof. Dr. Roberth Fagundes roberthfagundes@gmail.com cladograma Como descobrir a filogenia de uma grupo? relações

Leia mais

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Biologia Aplicada Aula 10

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Biologia Aplicada Aula 10 Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Biologia Aplicada Aula 10 Professor Antônio Ruas 1. Créditos: 60 2. Carga horária semanal: 4 3. Semestre: 1 4.

Leia mais

Evolução e diversidade biológica

Evolução e diversidade biológica Evolução e diversidade biológica Charles Darwin (1809-1882) - Mecanismo da seleção natural - Mundo dinâmico - Separação: mundo físico e biológico - Adequação de representações gráficas para relações entre

Leia mais

Árvores Filogenéticas. Cladogramas 06/06/2012. Nomenclaturas

Árvores Filogenéticas. Cladogramas 06/06/2012. Nomenclaturas Cladogramas Cladogramas - relações filogenéticas apenas entre os táxons terminais evidenciadas por sinapomorfias (as conexões são artifícios gráficos indicando uma história comum). Nunca inclui indicação

Leia mais

PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA

PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA RELEMBRANDO... O que é Ecologia? Biosfera Ecossistema Comunidade População Organismo PENSAMENTO EVOLUTIVO E ECOLÓGICO Em biologia, nada tem sentido, exceto à luz a evolução

Leia mais

18/09/2009. Os animais diferem uns dos outros em seus modos de subsistência, em suas ações, em seus hábitos e em suas partes (Aristóteles)

18/09/2009. Os animais diferem uns dos outros em seus modos de subsistência, em suas ações, em seus hábitos e em suas partes (Aristóteles) Os animais diferem uns dos outros em seus modos de subsistência, em suas ações, em seus hábitos e em suas partes (Aristóteles) 1 Homologia Relação entre estruturas em indivíduos ou espécies distintos,

Leia mais

Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI

Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI Organismos em seus ambientes Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI Em biologia, nada tem sentido, exceto à luz da evolução (Theodosius Dobzhansky) O significado da Adaptação É muito comum dizermos

Leia mais

ESPECIAÇÃO. Professor Júlio César Arrué dos Santos

ESPECIAÇÃO. Professor Júlio César Arrué dos Santos ESPECIAÇÃO Professor Júlio César Arrué dos Santos Espécie Conceito: Conjunto de indivíduos que podem se intercruzar, livremente, produzindo descendentes férteis. Conjunto de indivíduos de uma mesma espécie.

Leia mais

Ecologia de Populações e Comunidades

Ecologia de Populações e Comunidades Ecologia de Populações e Comunidades Profa. Isabel Belloni Schmidt Dept. Ecologia UnB isabels@unb.br Evolução Nada em biologia faz sentido a não ser à luz da evolução Theodosius Dobzhansky Jean Baptiste

Leia mais

Teoria e Prática de Sistemática Filogenética

Teoria e Prática de Sistemática Filogenética Disciplina BOT-99 PPG-BOT-INPA Teoria e Prática de Sistemática Filogenética Alberto Vicentini alberto.vicentini@inpa.gov.br Mário Henrique Terra Araujo araujo.mht@gmail.com Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

Introdução Seres Vivos

Introdução Seres Vivos A diversidade de seres vivos variou ao longo do tempo geológico em nosso planeta. Algumas linhas de pensamento acreditam que os seres vivos são imutáveis (fixismo), mas desde Darwin acredita-se que ocorrem

Leia mais

Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros

Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros Biologia Professor Leandro Gurgel de Medeiros EVOLUÇÃO Muitos acreditam que o homem é o ser vivo mais evoluído do planeta, de que ele veio do macaco e que a evolução sempre tem sentido de progresso. Evolução

Leia mais

Texto Base: Aula 10 Sistemática Filogenética

Texto Base: Aula 10 Sistemática Filogenética Texto Base: Aula 10 Sistemática Filogenética Sônia Lopes Escolas de classificação baseadas em princípios evolutivos Há duas escolas principais que se pautam no princípio evolutivo central de descendência

Leia mais

Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade

Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA, BOTÂNICA E CONSERVAÇÃO 1. NOÇÕES BÁSICAS DE SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA 2. Índice de Diversidade Filogenética

Leia mais

PAULO EDUARDO BRANDÃO, PhD DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA PREVENTIVA E SAÚDE ANIMAL FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA UNIVERSIDADE

PAULO EDUARDO BRANDÃO, PhD DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA PREVENTIVA E SAÚDE ANIMAL FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA UNIVERSIDADE CONCEITOS EM EPIDEMIOLOGIA E FILOGENIA MOLECULARES PAULO EDUARDO BRANDÃO, PhD DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA PREVENTIVA E SAÚDE ANIMAL FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA UNIVERSIDADE DE

Leia mais

Criando Cladogramas. Introdução. Objetivos: Construir e analisar um cladograma. Procedimento

Criando Cladogramas. Introdução. Objetivos: Construir e analisar um cladograma. Procedimento Criando Cladogramas Introdução Uma forma de descobrir o grau de parentesco de seres vivos (filogenia) é comparar as estruturas anatômicas de vários organismos diferentes. Órgãos e estruturas que são parecidos

Leia mais

Especiação e filogenia

Especiação e filogenia Especiação e filogenia Especiação Cladogênese Especiação alopátrica Anagênese Especiação simpátrica Disponível em: . Acesso em: 23 abr. 2012. Especiação simpátrica

Leia mais

INTRODUÇÃO A EVOLUÇÃO

INTRODUÇÃO A EVOLUÇÃO Definição: INTRODUÇÃO A EVOLUÇÃO Evolução biológica, em termos simples, é descendência com modificação. Essa definição engloba evolução em pequena escala (mudanças em frequência gênica em uma população

Leia mais

SISTEMÁTICA VEGETAL. Aula 01: O Processo de Evolução

SISTEMÁTICA VEGETAL. Aula 01: O Processo de Evolução SISTEMÁTICA VEGETAL Aula 01: O Processo de Evolução INTRODUÇÃO Em 1831, Charles Darwin inicia sua viagem de cinco anos como naturalista do navio HMS Beagle. INTRODUÇÃO Por fornecer evidências meticulosamente

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Sistemática inventariar, descrever e classificar a biodiversidade, e estabelecer as relações de parentesco entre as espécies. Taxonomia descrição e classificação das espécies.

Leia mais

Classificação Zoológica. lagarto cobra crocodilo ave

Classificação Zoológica. lagarto cobra crocodilo ave Classificação Zoológica lagarto cobra crocodilo ave Tópicos da aula Conceito de classificação zoológica Histórico da classificação zoológica Termos Aplicações práticas da classificação zoológica Escolas

Leia mais

Evolução Molecular. "Nothing in Biology Makes Sense Except in the Light of Evolution. Theodosius Dobzhansky

Evolução Molecular. Nothing in Biology Makes Sense Except in the Light of Evolution. Theodosius Dobzhansky "Nothing in Biology Makes Sense Except in the Light of Evolution Theodosius Dobzhansky Evolução Evolução Evolução Genótipo + Ambiente = Fenótipo Parental F1 F2 Evolução Evolução = mudança (características

Leia mais

Disciplina Evolução Módulo II. Prof. Carolina Voloch. Filogenia

Disciplina Evolução Módulo II. Prof. Carolina Voloch. Filogenia Disciplina Evolução Módulo II Prof. arolina Voloch Filogenia A sistemática é a ciência que une a taxonomia, ou seja, a ciência da classificação dos organismos, com a filogenia, a ciência que traça a história

Leia mais

Prof. Heitor de Assis Jr.

Prof. Heitor de Assis Jr. Prof. Heitor de Assis Jr. Lamarck Lei do uso e desuso Herança dos caracteres adquiridos Darwin Variabilidade Seleção Natural Adaptações Para que a evolução ocorra deverá haver uma mudança no meio ambiente.

Leia mais

Evolução Biológica II. Prof. Pablo Paim Biologia

Evolução Biológica II. Prof. Pablo Paim Biologia Evolução Biológica II Prof. Pablo Paim Biologia Teoria Cientifica: é o mais alto grau de confirmação de uma hipótese cientifica. Teoria de Isaac Newton e Teoria de Albert Einstein. Evolução fatos e evidencias

Leia mais

I. Duas populações de uma mesma espécie, vivendo em ambientes diferentes e isoladas geograficamente, terão obrigatoriamente o mesmo conjunto gênico.

I. Duas populações de uma mesma espécie, vivendo em ambientes diferentes e isoladas geograficamente, terão obrigatoriamente o mesmo conjunto gênico. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Biologia Questão 1 (Ufscar 2000) Considere as três frases a seguir. I. Duas populações de uma mesma espécie, vivendo em ambientes diferentes e isoladas geograficamente,

Leia mais

BIOLOGIA Diversidade e história da vida

BIOLOGIA Diversidade e história da vida Diversidade e história da vida Módulo 13 Página 8 à 16 DIVERSIDADE = número + variedade + distribuição Atualmente: 1,7 milhões de seres vivos descritos Atualmente: 1,7 milhões de seres vivos descritos

Leia mais

Exercícios de Especiação

Exercícios de Especiação Exercícios de Especiação 1. (UEPB) Vários conceitos são utilizados para definir uma espécie. De maneira geral podemos dizer que uma espécie representa um conjunto de indivíduos com potencial, em condições

Leia mais

COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA Disciplina: Biologia

COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA Disciplina: Biologia COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA Disciplina: Biologia Professor(a): Mauro Rezende Tavares Data: 06/03/2013 Exercícios Filogenia geral e animal Aluno: Nº Série/Turma: 2 a Série EM Questão 01 - (FUVEST

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2014

PROCESSO SELETIVO 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE ANIMAL - PPGBAN INSTRUÇÕES (LEIA ATENTAMENTE) PROCESSO SELETIVO 2014 PROVA

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA

CONCEITOS BÁSICOS DE SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA Universidade Federal da Bahia Pró-Reitoria de Ensino de Graduação INSTITUTO DE BIOLOGIA DEPARTAMENTO DE ZOOLOGIA MUSEU DE ZOOLOGIA CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CONCEITOS BÁSICOS DE SISTEMÁTICA

Leia mais

Descreve a história da vida na Terra Investiga os processos responsáveis por essa história

Descreve a história da vida na Terra Investiga os processos responsáveis por essa história Aula 1 Evolução Biologia Evolutiva x Evolução Biológica O termo Evolução biológica refere-se ao processo de modificação e surgimento das espécies na Terra Biologia Evolutiva refere-se à disciplina que

Leia mais

Devido à abundância e à diversidade de seres vivos, foi necessário ordená-los e organizá-los. Foi necessário criar um sistema de classificação.

Devido à abundância e à diversidade de seres vivos, foi necessário ordená-los e organizá-los. Foi necessário criar um sistema de classificação. Devido à abundância e à diversidade de seres vivos, foi necessário ordená-los e organizá-los. Foi necessário criar um sistema de classificação. A ciência que classifica os seres vivos chama-se taxonomia.

Leia mais

Assinale a alternativa que indica a sequência das etapas mais adequada para a resolução da atividade:

Assinale a alternativa que indica a sequência das etapas mais adequada para a resolução da atividade: O advento da teoria da evolução no século XIX permitiu uma compreensão mais clara da origem da diversidade e da ordem subjacente a ela. A partir da metade do século XX, houve uma revolução na sistemática,

Leia mais

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 62 EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 62 EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 62 EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO Nosso último ancestral comum com os chimpanzés e gorilas viveu há menos de cinco milhões de anos. Fixação 1) (CESGRANRIO) Com relação à figura

Leia mais

CassifiCação CladístiCa

CassifiCação CladístiCa CassifiCação CladístiCa ( SiStemática Filogenética ) Prof. Milton Taxonomia Dos Reinos Aristóteles ( 340 Ac ) Vida Animal Vida Vegetal Aérea Terrestre Aquática Carl Linée ( Lineu ) ( 1747 ) Criacionista

Leia mais

BIODIVERSIDADE E V O L U Ç Ã O. Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos?

BIODIVERSIDADE E V O L U Ç Ã O. Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos? EVOLUÇÃO BIODIVERSIDADE Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos? FIXISMO Teorias A Fixismo 9 As espécies surgiram independentemente umas das outras (tal como se conhecem hoje) e mantiveram-se

Leia mais

Módulo 6: ESPECIAÇÃO. Profa. Ângela Dauch

Módulo 6: ESPECIAÇÃO. Profa. Ângela Dauch Módulo 6: ESPECIAÇÃO Profa. Ângela Dauch Ao longo dos tempos novas espécies têm surgido, enquanto outras se têm extinguido. Como se formam as novas espécies? Dois mecanismos fundamentais conduzem à especiação:

Leia mais

Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas:

Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas: Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas: Explicações para Biodiversidade: Creacionismo Ato sobrenatural fixismo Geração espontânea Vida matéria bruta Transmutação de Espécies. Uma espécie da origem

Leia mais

Escolas tradicionais em biogeografia histórica: evolução das metodologias

Escolas tradicionais em biogeografia histórica: evolução das metodologias Escolas tradicionais em biogeografia histórica: evolução das metodologias Biogeografia Estudo dos padrões de distribuição e dos processos que originaram esses padrões Estudo dos padrões de diversidade

Leia mais

Revisão - Biologia Genética

Revisão - Biologia Genética Profº Leonardo Eduardo Ferreira Fozdo Iguaçu, 28 de Outubro, 2017. Revisão - Biologia Genética Embriologia, Classificação e Sistemática Filogenética. Sistemática inventariar, descrever e classificar a

Leia mais

Introdução a Cladística (Sistemática Filogenética)

Introdução a Cladística (Sistemática Filogenética) Introdução a Cladística (Sistemática Filogenética) Diogo Figueiredo 2001 Índice Sistemática Filogenética... 2 Introdução... 2 Graus da Relação Filogenética... 2 Homologia... 2 Sinapomorfias... 4 Plesiomorfia...

Leia mais

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 61 ESPECIAÇÃO

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 61 ESPECIAÇÃO BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 61 ESPECIAÇÃO Fixação 1) Os fatos biológicos a seguir se referem ao processo de formação de novas espécies (especiação): I) Para que ocorra a especiação é necessário que grupos

Leia mais

Aula 5 Sistemática Filogenética no ensino de Zoologia na educação básica

Aula 5 Sistemática Filogenética no ensino de Zoologia na educação básica Aula 5 Sistemática Filogenética no ensino na educação básica Prof.ª Rosana Louro Ferreira Silva 1 Retomando aspectos importantes sobre classificação dos seres vivos Taxonomia - ciência da descoberta, descrição

Leia mais

Aula 4 Sistemática Filogenética no ensino de Zoologia

Aula 4 Sistemática Filogenética no ensino de Zoologia Aula 4 Sistemática Filogenética no ensino Prof.ª Rosana Louro Ferreira Silva 1 Retomando aspectos importantes sobre classificação dos seres vivos Taxonomia - ciência da descoberta, descrição e classificação

Leia mais

Licenciatura em Ciências Biológicas Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto

Licenciatura em Ciências Biológicas Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto Licenciatura em Ciências Biológicas Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto biologia da conservação Prof. Dr. Roberth Fagundes roberthfagundes@gmail.com

Leia mais

Everton Amorim 14/11/2013. Biologia

Everton Amorim 14/11/2013. Biologia Biologia Tema: Everton Amorim 1) Introdução é o processo de transformações hereditárias e adaptações que vem ocorrendo nos seres vivos desde que surgiram no planeta Terra. o =Fato o Ciência que estuda

Leia mais

21/11/2013 BIOLOGIA EVOLUÇÃO

21/11/2013 BIOLOGIA EVOLUÇÃO BIOLOGIA EVOLUÇÃO O que é a evolução? Evolução é o processo através no qual ocorrem as mudanças ou transformações nos seres vivos ao longo do tempo, dando origem a espécies novas. 1 Evidências da evolução

Leia mais

PPGECB / IB / UFMT Prova de Seleção para o Curso de Mestrado Turma 2014

PPGECB / IB / UFMT Prova de Seleção para o Curso de Mestrado Turma 2014 PPGECB / IB / UFMT Prova de Seleção para o Curso de Mestrado Turma 2014 Questão 1 A figura abaixo mostra uma árvore filogenética que reflete as relações de parentesco entre alguns animais da ordem Perissodactyla,

Leia mais

Biologia. Natália Aguiar Paludetto

Biologia. Natália Aguiar Paludetto Biologia Natália Aguiar Paludetto Aula de hoje: Introdução à Biologia O que é? O que estuda? Como se organiza? Referência bibliográfica: Bio Volume Único, Sônia Lopes, editora Saraiva. Biologia estudo

Leia mais

Diversidade Biológica. A Classificação biológica. Conceitos de espécie. Classificação: Categorias

Diversidade Biológica. A Classificação biológica. Conceitos de espécie. Classificação: Categorias Diversidade Biológica A Classificação biológica Conceitos de espécie Classificação: Categorias Compreender a origem do padrão de semelhanças e diferenças Mora et al 2011 1.233.500 espécies descritas 8,74

Leia mais

Ecologia Evolutiva. Iamê Alves Guedes

Ecologia Evolutiva. Iamê Alves Guedes Ecologia Evolutiva Iamê Alves Guedes 1. Discuta as diferentes maneiras como a evidência ecológica pode ser obtida. Como você tentaria responder uma das questões de ecologia não resolvidas: Por que existem

Leia mais

Teoria e Prática de Sistemática Filogenética

Teoria e Prática de Sistemática Filogenética Disciplina BOT-99 PPG-BOT-INPA Teoria e Prática de Sistemática Filogenética Alberto Vicentini alberto.vicentini@inpa.gov.br Mário Henrique Terra Araujo araujo.mht@gmail.com Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

Modelando microevolução GENÉTICA DE POPULAÇÕES E EVOLUÇÃO

Modelando microevolução GENÉTICA DE POPULAÇÕES E EVOLUÇÃO Modelando microevolução GENÉTICA DE POPULAÇÕES E EVOLUÇÃO Modelando microevolução Evolução: mudança na frequência de alelos ou combinações de alelos no pool gênico. Modelos de evolução deve incluir a passagem

Leia mais

AS FLORES SÃO REALMENTE CONSERVADAS EVOLUTIVAMENTE? ESTUDOS DE HOMOPLASIA DE ÓRGÃOS REPRODUTIVOS E VEGETATIVOS EM ANGIOSPERMAS

AS FLORES SÃO REALMENTE CONSERVADAS EVOLUTIVAMENTE? ESTUDOS DE HOMOPLASIA DE ÓRGÃOS REPRODUTIVOS E VEGETATIVOS EM ANGIOSPERMAS AS FLORES SÃO REALMENTE CONSERVADAS EVOLUTIVAMENTE? ESTUDOS DE HOMOPLASIA DE ÓRGÃOS REPRODUTIVOS E VEGETATIVOS EM ANGIOSPERMAS Janaina Liz Araujo Decarli 1 ; Débora Clivati 2 ; Pedro Luiz Frare Júnior

Leia mais

Assunto: Exercícios: responder ás questões desta apresentação.

Assunto: Exercícios: responder ás questões desta apresentação. Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental Biologia Aplicada Aula 8 Professor Antônio Ruas 1. Créditos: 60 2. Carga horária semanal: 4 3. Semestre: 1 4.

Leia mais

ORGANIZAR É PRECISO!?

ORGANIZAR É PRECISO!? ORGANIZAR É PRECISO!? Biodiversidade Ainda há muito por descobrir TAXONOMIA E SISTEMÁTICA Taxonomia é o ramo da Biologia que se ocupa da classificação dos seres vivos e da nomenclatura dos grupos formados.

Leia mais

EVOLUÇÃO. Evidências e Teorias. Professora Priscila F Binatto Biologia 3ª Série Ensino Médio

EVOLUÇÃO. Evidências e Teorias. Professora Priscila F Binatto Biologia 3ª Série Ensino Médio EVOLUÇÃO Evidências e Teorias Professora Priscila F Binatto Biologia 3ª Série Ensino Médio Evolução Homer Simpson Vídeos e animações\the Simpsons - Homer Evolution.flv Na natureza tudo se transforma...

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA. Licenciatura em Ciências USP/ Univesp. Sônia Godoy Bueno Carvalho Lopes Fanly Fungyi Chow Ho

NOÇÕES BÁSICAS DE SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA. Licenciatura em Ciências USP/ Univesp. Sônia Godoy Bueno Carvalho Lopes Fanly Fungyi Chow Ho NOÇÕES BÁSICAS DE 4 SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA TÓPICO Sônia Godoy Bueno Carvalho Lopes Fanly Fungyi Chow Ho 4.1 Introdução 4.2 Escolas de classificação baseadas em princípios evolutivos 4.3 O método filogenético

Leia mais

Teorias biogeográficas. Dispersão e Vicariância

Teorias biogeográficas. Dispersão e Vicariância Teorias biogeográficas Dispersão e Vicariância Referências Biogeografia BROWN & LOMOLINO CAP 9 DISPERSÃO CAP10 ENDEMISMO, PROVINCIALISMO E DISJUNÇÃO A distribuição geográfica dos organismos não é estática,

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS 1

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS 1 CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS 1 A sistemática é a ciência dedicada a inventariar e descrever a biodiversidade e compreender as relações filogenéticas entre os organismos. Inclui a taxonomia (ciência da

Leia mais

Paleontologia. Profa. Flaviana Lima

Paleontologia. Profa. Flaviana Lima UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI URCA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAD Centro de Ciências Biológicas e da Saúde CCBS Departamento de Ciências Biológicas DCBio Paleontologia Profa. Flaviana Lima

Leia mais

A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859)

A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859) A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859) Fez 6 edições em vida realizando pequenas correções e até abrandou seus argumentos (sofreu

Leia mais

Classificação dos Seres Vivos. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA

Classificação dos Seres Vivos. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA Classificação dos Seres Vivos. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA Classificação dos Seres Vivos. Biodiversidade conjunto de todas as espécies de seres vivos. número de espécies não é fixo. varia ao

Leia mais

Considerando a origem e evolução da nossa espécie, nesse calendário, o homem teria surgido no mês de: a) Março. b) Junho. c) Agosto. d) Dezembro.

Considerando a origem e evolução da nossa espécie, nesse calendário, o homem teria surgido no mês de: a) Março. b) Junho. c) Agosto. d) Dezembro. Evolução 1. (UFERSA) Responda esta questão com base no calendário abaixo, que representa a história da Terra, desde o seu surgimento até os dias de hoje, descrita numa escala hipotética de 12 meses. Considerando

Leia mais

Princípios de sistemática filogenética, origem dos vertebrados.

Princípios de sistemática filogenética, origem dos vertebrados. Princípios de sistemática filogenética, origem dos vertebrados. Sistemática vs Taxonomia Descrevem campos de estudo que se sobrepõem; Taxonomia Taxonomia lida com a teoria e a pratica de descrever a biodiversidade,

Leia mais

Especiação. Capítulo 4

Especiação. Capítulo 4 Capítulo 4 Especiação Introdução O livro mais famoso escrito por Darwin chama-se A Origem das Espécies. O interessante é que, apesar do título, em todo o seu livro, Darwin não descreve um único caso concreto,

Leia mais

Teoria e métodos em Biogeografia Histórica

Teoria e métodos em Biogeografia Histórica Teoria e métodos em Biogeografia Histórica 22/set/2014 O que estuda a Biogeografia Histórica (Evolutiva)? Padrões de distribuição dos organismos Processos inerentes do planeta nas dimensões espaço e tempo

Leia mais

Lista de Recuperação Não rasure os testes, não use branquinho à tinta.

Lista de Recuperação Não rasure os testes, não use branquinho à tinta. Data: /10/14 Bim.: 3º Nome: 9 ANO Nº Disciplina: Biologia Professora: Ângela Valor da Prova / Atividade: 2,0 Nota: Objetivo / Instruções: Lista de Recuperação Não rasure os testes, não use branquinho à

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE Processo seletivo PPGECB - 2013 Prova de conhecimentos em Ecologia e Evolução CPF do candidato: MS ( ) DR ( ) Instruções para a prova: 1) Não coloque NOME nas folhas de prova em hipótese alguma. Sua única

Leia mais

Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO

Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO Profa. Eleonora Erbesdobler EVOLUÇÃO Processo através no qual ocorrem as mudanças ou transformações nos seres vivos ao longo do tempo, dando origem a espécies novas.

Leia mais

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS Professor Fláudio EVIDÊNCIAS DE EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO conjunto de processos que levam a modificações nos seres vivos ao longo do tempo, podendo dar origem a novas espécies Entender

Leia mais

Bio. Semana 9. Rubens Oda Alexandre Bandeira (Rebeca Khouri)

Bio. Semana 9. Rubens Oda Alexandre Bandeira (Rebeca Khouri) Semana 9 Rubens Oda Alexandre Bandeira (Rebeca Khouri) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Classificação dos seres vivos. Professor: André Resende de Senna

Classificação dos seres vivos. Professor: André Resende de Senna Classificação dos seres vivos Professor: André Resende de Senna Taxonomia ( taxis = ordem / nomo = lei ) Sistemática ou Classificação Biológica Conceito: É a parte da Biologia que identifica, nomeia e

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CONCURSO PISM III - TRIÊNIO PROVA DE BIOLOGIA

COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CONCURSO PISM III - TRIÊNIO PROVA DE BIOLOGIA Questão 1: Os hormônios atuam como mensageiros químicos sobre determinado tecido, órgão ou sobre outra glândula endócrina, exercendo seus efeitos mesmo em quantidades muito pequenas. Sobre os hormônios,

Leia mais

Teorias Evolucionistas. Lamarck Darwin Neodarwinismo

Teorias Evolucionistas. Lamarck Darwin Neodarwinismo Teorias Evolucionistas Lamarck Darwin Neodarwinismo Origem da Vida pode ser explicada pela Teoria Fixista defende que as espécies são imutáveis Teoria Evolucionista defende que os primeiros seres eram

Leia mais

Análise Filogenética

Análise Filogenética Análise Filogenética Filogenia v v Conceito: É um ramo da Biologia o qual visa estudar as relações evolutivas entre os diferentes grupos de indivíduos existentes na terra (extintas ou não). Ancestral comum

Leia mais

Sistemas de classificação

Sistemas de classificação Sistemas de classificação A Ciência da classificação!!! Se não conhecerem o nome das coisas, perde-se também o conhecimento da sua existência. (Lineu, Philosophia Botanica) Os animais dividem-se em a)

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º ALUNO(a): Lista de Exercícios P1 4º Bimestre Prova dia 21/10 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia

Leia mais

Exercícios de Taxonomia

Exercícios de Taxonomia Exercícios de Taxonomia 1. O sistema de classificação taxionômica ainda hoje utilizado foi elaborado por Carl von Linné 101 anos antes de Charles Darwin publicar A Origem das Espécies. Para Lineu, a invariabilidade

Leia mais

Módulo 3: EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO BIOLÓGICA. Profa. Ângela Dauch

Módulo 3: EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO BIOLÓGICA. Profa. Ângela Dauch Módulo 3: EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO BIOLÓGICA Profa. Ângela Dauch O conceito de evolução biológica Todos os seres vivos do planeta descendem de organismos muito simples, que surgiram há mais de 3 bilhões

Leia mais

Teoria e Prática de Sistemática Filogenética

Teoria e Prática de Sistemática Filogenética Disciplina BOT-99 PPG-BOT-INPA 2015 Teoria e Prática de Sistemática Filogenética Alberto Vicentini alberto.vicentini@inpa.gov.br Mário Henrique Terra Araujo araujo.mht@gmail.com Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Disciplina anterior era: INVERTEBRADOS II Conteúdo: ANNELIDA ARTHROPODA LOFOFORADOS ECHINODERMATA

Disciplina anterior era: INVERTEBRADOS II Conteúdo: ANNELIDA ARTHROPODA LOFOFORADOS ECHINODERMATA Disciplina anterior era: INVERTEBRADOS II Conteúdo: ANNELIDA ARTHROPODA LOFOFORADOS ECHINODERMATA OLIGOCHAETA Ancestral comum CLASSIFICAÇÃO TRADICIONAL ARTICULATA CORPO SEGMENTADO SISTEMA NERVOSO

Leia mais

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Profº Marcelo Morcegão Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Fixismo Doutrina Filosófica que defende que desde o seu aparecimento as espécies são imutáveis e não sofrem transformações. Aristóteles

Leia mais

Diversidade Biológica e Filogenia

Diversidade Biológica e Filogenia Noções básicas de sistemática filogenética4 Sônia Godoy Bueno Carvalho Lopes Fanly Fungyi Chow Ho Daniel Lahr Paula Turrini 4.1 Introdução 4.2 Escolas de classificação baseadas em princípios evolutivos

Leia mais

Biodiversidade: Conceitos gerais e estudos sobre a coexistência

Biodiversidade: Conceitos gerais e estudos sobre a coexistência Biodiversidade: Conceitos gerais e estudos sobre a coexistência Por que a diversidade biológica é tão alta em florestas tropicais? Uma visão pessoal e uma experiência pessoal Biodiversidade alta significa

Leia mais

PROCESSOS HISTÓRICOS E BIOGEOGRÁFICOS

PROCESSOS HISTÓRICOS E BIOGEOGRÁFICOS PROCESSOS HISTÓRICOS E BIOGEOGRÁFICOS PROCESSOS HISTÓRICOS E BIOGEOGRÁFICOS 1. O ECLIPSE DA HISTÓRIA E A BAGUNÇA EM ECOLOGIA DE COMUNIDADES Contingências históricas Lawton 1999, Simberloff 2004 2. O POOL

Leia mais

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução Evolução Evolução 1. A ema (Rhea americana), o avestruz (Struthio camelus) e o emu (Dromaius novaehollandiae) são aves que não voam e que compartilham entre si um ancestral comum mais recente que aquele

Leia mais

HIBRIDAÇÃO. Hibridação é o mecanismo responsável pelo fluxo gênico entre indivíduos que possuem complexos gênicos diferentes.

HIBRIDAÇÃO. Hibridação é o mecanismo responsável pelo fluxo gênico entre indivíduos que possuem complexos gênicos diferentes. HIBRIDAÇÃO Hibridação é o mecanismo responsável pelo fluxo gênico entre indivíduos que possuem complexos gênicos diferentes. A hibridação pode ser considerada em dois níveis: intra-específica - envolvendo

Leia mais

Roteiro de estudo 2 série EM P1 b AC.

Roteiro de estudo 2 série EM P1 b AC. Roteiro de estudo 2 série EM P1 b1 2017 AC. 1. Defina o que são tecidos. 2. Quais são os tecidos estudados na histologia animal / humana? 3. Quais são as características gerais que distinguem o tecido

Leia mais

Na fisiologia, a palavra adaptação é empregada com frequência para descrever o ajustamento fenotípico de um organismo individual ao seu ambiente,

Na fisiologia, a palavra adaptação é empregada com frequência para descrever o ajustamento fenotípico de um organismo individual ao seu ambiente, 1 2 3 Na fisiologia, a palavra adaptação é empregada com frequência para descrever o ajustamento fenotípico de um organismo individual ao seu ambiente, como a aclimatação fisiológica. Na biologia evolutiva,

Leia mais

Revelando os Processos de Diversificação Cariotípica em Primatas Neotropicais por FISH

Revelando os Processos de Diversificação Cariotípica em Primatas Neotropicais por FISH Revelando os Processos de Diversificação Cariotípica em Primatas Neotropicais por FISH Edivaldo Herculano C. de Oliveira Instituto Evandro Chagas Universidade Federal do Pará REVELANDO OS PROCESSOS DE

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ CAPÍTULO 11 p. 155 PROBLEMATIZAÇÃO

Leia mais

Macroevolução molecular

Macroevolução molecular Evo-Devo Macroevolução molecular Evolução e Desenvolvimento (Evo-Devo) A árvore temporal da vida Professor Fabrício R Santos fsantos@icb.ufmg.br Departamento de Biologia Geral, UFMG 2012 Biologia evolutiva

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ CAPÍTULO 11 p. 162 Especiação

Leia mais

Questões de Revisão. 7º ano BIOLOGIA Ana Clara 3º Bimestre

Questões de Revisão. 7º ano BIOLOGIA Ana Clara 3º Bimestre Questões de Revisão 7º ano BIOLOGIA Ana Clara 3º Bimestre Questão 01) Cladogramas são diagramas que indicam uma história comum entre espécies ou grupos de seres vivos. Os números 3 e 4 no cladograma apresentado

Leia mais

ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013

ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013 ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013 ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS PORÍFEROS Provável ancestral: protista flagelado Diploblásticos Sem celoma Sem diferenciação de tecidos Coanócitos Ambiente aquático CELENTERADOS

Leia mais

Atividade extra. Questão 1. Questão 2. Ciências da Natureza e suas Tecnologias Biologia

Atividade extra. Questão 1. Questão 2. Ciências da Natureza e suas Tecnologias Biologia Atividade extra Questão 1 Na nomenclatura descritiva na Biologia, o maior dos agrupamentos é o domínio. Existem apenas três domínios nos quais toda a diversidade biológica é incluída. Estes domínios são

Leia mais