2º SIMULADO 2013 PARA A: ESCOLA PREPARATÓRIA DE CADETES DO EXÉRCITO CONCURSO DE ADMISSÃO / 2013 PROVAS DE MATEMÁTICA, GEOGRAFIA/HISTÓRIA E INGLÊS.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2º SIMULADO 2013 PARA A: ESCOLA PREPARATÓRIA DE CADETES DO EXÉRCITO CONCURSO DE ADMISSÃO / 2013 PROVAS DE MATEMÁTICA, GEOGRAFIA/HISTÓRIA E INGLÊS."

Transcrição

1 Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B Pág. 1 º SIMULADO 013 PARA A: ESCOLA PREPARATÓRIA DE CADETES DO EXÉRCITO CONCURSO DE ADMISSÃO / 013 PROVAS DE MATEMÁTICA, GEOGRAFIA/HISTÓRIA E INGLÊS. Domingo, 8 de abril de 013. INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DO SIMULADO 1. Confira a Prova Seu simulado contém 14 (quatorze) páginas impressas, numeradas de 01 (um) a 14 (quatorze). Neste simulado existem 0 (vinte) questões de Matemática, 4 (vinte e quatro) questões de Geografia e História e 1 (doze) questões Inglês. Além deste caderno de questões, você receberá uma folha para escrever a sua redação. Essa folha deverá ser entregue ao Fiscal do Simulado juntamente com seu Cartão de Respostas. Você poderá usar, como rascunho, as folhas em branco deste caderno.. Condições de Execução do Simulado O tempo total de duração do simulado é de 4 (quatro) horas e 30 (trinta) minutos. Os 15 (quinze) minutos iniciais são destinados à leitura da prova e ao esclarecimento de dúvidas. Os 15 (quinze) minutos finais são destinados ao preenchimento das opções selecionadas pelo candidato no Cartão de Respostas. O simulado começará às 13 (treze) horas e terminará às 17 (dezessete) horas e 30 (trinta) minutos. Em caso de alguma irregularidade, na impressão ou montagem do seu simulado, chame o Fiscal do Simulado. Somente nos primeiros 15 (quinze)minutos será possível esclarecer as dúvidas. Ao terminar o seu simulado, coloque o seu Cartão de Respostas no lugar indicado para sua turma. 3. Cartão de Respostas Escolha a única resposta certa dentre as opções apresentadas em cada questão, assinalando-a, com caneta esferográfica de tinta azul ou preta, no Cartão de Respostas. INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO CARTÃO DE RESPOSTAS NO CONCURSO Alvéolos circulares são os pequenos círculos vazios do cartão. O candidato deverá preenchê-los apenas com caneta esferográfica de tinta azul ou preta. Observe o quadro abaixo para evitar que sua marcação, mesmo certa, seja invalidada pela leitora óptica:

2 Pág. Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B PROVA DE MATEMÁTICA Escolha a única alternativa correta, dentre as opções apresentadas, que responde ou completa cada questão, assinalando-a, com caneta esferográfica de tinta azul ou preta, no Cartão de Respostas. 1 de A função f definida em R {-} para R {4} para definida por f 1 ( x) [A] 17/7 [B] [C] 16/7 [D] 13/7 [E] 17 para que f 1 ( a) 5. 4x 3 f( x) x. Qual o valor a do domínio Sejam f e g funções de R em R, definidas por f ( x) x k e g( x) x t. Sabendo que f ( f ( x)) 4x 3 e fog gof, determine o valor de k + t: [A] 1 [B] -1 [C] 0 [D] [E] 3 3 Sejam as funções reais f ( x) x 7 e ( fog)( x) x² x 3. Determine a lei da função g. [A] [B] [C] g( x) x² x g( x) x² x 4 x² g( x) x [D] x² g( x) x 4 [E] x² g( x) x 4 4 Seja f: R ->R a função f(x) = x+1 calcule f(1) + f() +...f(100). [A] [B] [C] 1000 [D] [E] abc Para qualquer valor real de x, sabe-se que a fração é igual a: f x ax 5x b x cx 3 independe de x. Se f 5, então [A] 15 [B] 17 [C] 19 [D] 1 [E] 3 6 Para cada número real x, seja 1 4x 1, se x 3 1 f x x, se x 3 3 x 4, se x 3 Desse modo, o valor máximo de f x é: [A] 1 [B] 3 [C] 5 [D] 8 3 [E] 9

3 Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B Pág. 3 7 Em uma sala de cateterismo cardíaco foram feitas várias tomadas de pressão sistólica do ventrículo esquerdo. Foram feitas várias medidas de pressão, em intervalos regulares de tempo. Após 30 minutos de exame, foi feita uma injeção de contraste, fazendo que a pressão se elevasse de A para B, para depois cair de B para C. Assim, o tempo decorrido a partir da injeção de contraste até a pressão atingir 14 mm de Hg foi de x minutos e y segundos. Calcule x y pressão (mm de Hg) A B [A] 40 [B] 50 [C] 60 [D] 70 [E] 75 C tempo (minutos) 8 O conjunto de todos os x para os quais é um numero real é: [A] {x R / -1 < x < } [B] {x R / -1 x <} [C] {x R / x < -1 ou x > } [D] {x R / x -1 ou x > } [E] {x R / x } 9 A solução da inequação [A] [B] [C] [D] [E] x 1 ou x 1 x 1 ou x 0 x 0 ou x x x 1 ou 1 x 1 x x 0 x1 x1 é: 10 Seja f: R -> R a função definida por f(x) = {, em que Q e I representam o conjunto dos números racionais e irracionais, respectivamente. O valor de f (0,1) + f (1 ) + f 1 ( ) é: [A] 0,6 [B],6 3 [C] 3,5 [D] 0,5 3 [E] - 3,5 11 Na figura abaixo, ABCD é um tetraedro regular de lado a. Sejam E e F os pontos médios de AB e CD, respectivamente. Então, o valor de EF é: [A] a [B] a [C] a 4 [D] a 3 [E] a 3 4

4 Pág. 4 1 Sabendo que: x Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B, o valor de x é: [A] 3 16 [B] 1 3 [C] [D] [E] Sofia guardou 30 balas em várias caixas, de modo que a segunda caixa ficou com tantas balas quanto a primeira; a terceira ficou com tantas balas quanto as duas anteriores juntas; a quarta caixa ficou com igual número de balas que a soma das três anteriores e assim por diante, até guardar todas as balas. Quantas balas Sofia guardou na primeira caixa, sabendo que ela usou o maior número de caixas possível? [A] 8 [B] 10 [C] 5 [D] 16 [E] 7 14 Em um triângulo ABC, AB = 0 cm, AC = 1 cm e BC = 9 cm. Os pontos D e E sobre o lado BC são tais que BD = 8 e EC = 9. Com relação a essa situação são feitas as seguintes afirmações: 15 I - O triângulo ABC é retângulo. II - Os triângulos ABE e ADC são isósceles. III - O ângulo ADE é superior a IV - O raio da circunferência inscrita no triângulo ABC é igual a 6 cm. As afirmações verdadeiras são: [A] Apenas I e II. [B] Apenas I e III. [C] Apenas II, III e IV. [D] Apenas I, II e IV. [E] I, II, III e IV. Ordenando todos os números positivos que podem ser expressos como uma soma de 005 inteiros consecutivos, não necessariamente positivos, aquele que ocupa a posição 005 é: 16 [A] [B] [C] [D] [E] Deseja-se montar uma barraca improvisada para abrigar uma pessoa da chuva. Para isso, dispõe-se de três hastes de comprimentos iguais a 45 dm, que ficarão encostadas umas nas outras em um ponto 8 V, na extremidade superior de cada uma. A extremidade inferior de cada haste é vértice de um triângulo ABC contido no plano do chão de lados 13 dm, 14 dm e 15 dm 17 Com relação a essa situação são feitas as seguintes afirmações: I - ABCV é um tetraedro. II - A área do triângulo ABC é superior a 1 m. III - A projeção ortogonal do vértice V sobre o plano da base é o baricentro do triângulo ABC. IV O volume do sólido ABCV é inferior a 4000 dm 3. São verdadeiras apenas as afirmações: [A] I e IV. [B] I, II e III. [C] I, II e IV. [D] II e III. [E] I, III e IV. Os números a 1,a,a 3,... a n estão em progressão aritmética e b 1, b, b 3,..., b n estão em progressão geométrica de razão q,ambas estritamente crescentes. Sabendo que: a1 b1 a3 b a b 9 3 O valor da expressão 1 + q + q 4 é: [A] 1 [B] 75 [C] 91 [D] 73 [E] 751

5 Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B Pág Considere que, na figura abaixo, o cubo com aresta FG represente a caixa branca ilustrada na figura III, e o paralelepípedo com arestas LK, LN, e LM, a caixa de vidro dentro da qual está a caixa branca. Considere, ainda, que seja o plano determinado pelos pontos L, M e K e que os segmentos LK, LM, LN e FG sejam iguais, respectivamente, a,1 m, 1,9 m, m e 1,3 m. Com relação a essa situação, são feitas as seguintes afirmações: I - A reta que contém o segmento FG e a que contém o segmento KL são reversas. II - O cubo de aresta FG ocupa volume inferior a 5% do volume do paralelepípedo de arestas LK, LM e LN. III - O ângulo IJ ˆ H mede 60. IV - Se r e s são retas quaisquer paralelas entre si e também paralelas ao plano, então todo plano que contém essas retas é, necessariamente, paralelo ao plano. São verdadeiras apenas as afirmações: [A] I e II. [B] I e III. [C] I, II e III. [D] I, III e IV. [E] I e IV. 19 Dada a função bijetora f:d C, expressa pela equação f(x) = configuração dos conjuntos D e C, respectivamente:, indique uma possível [A] D = [-,0) ; C = [-75, -63). [B] D = (-, ) ; C = [-75, ). [C] D = (-,-) ; C = [, 75). [D] D = [-7,3] ; C = [-75, 0]. [E] D = [-7,3] ; C = [0, 75]. 0 Uma progressão aritmético-geométrica tem uma razão de P.A. e outra de P.G., obedecendo a seguinte sequência: (a; (a + r).q; (a + r).q ; (a + 3r).q 3 ;... ) A sequência abaixo faz parte de uma P.A.G.: O produto a.q.r, relativo à sequência citada resulta: [A]. [B]. [C]. [D] 0. [E]. Final da Prova de Matemática

6 Pág. 6 Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B PROVA DE GEOGRAFIA E HISTÓRIA Escolha a única alternativa correta, dentre as opções apresentadas, que responde ou completa cada questão, assinalando-a, com caneta esferográfica de tinta azul ou preta, no Cartão de Respostas. QUESTÕES DE GEOGRAFIA 1 Em1896, pessoas morreram, no Japão, em consequência de uma tsunami, isto é, de uma onda gigante com mais de l0m de altura. Em 199, outra tsunami arrasou parte do litoral pacífico da Nicarágua. Em 1998, o fenômeno se repetiu em Papua-Nova Guiné. Essas três ocorrências têm, em comum, o fato de se haverem dado em regiões do Círculo de Fogo do Pacífico, onde a forte atividade sísmica, que leva à formação dessas ondas, está diretamente relacionada à (ao): [A] existência das regiões dorsais mesooceânicas. [B] convergência de placas tectônicas. [C] formação de epicentros no interior da litosfera. [D] preenchimento por sedimentos das fossas oceânicas. [E] desenvolvimento de processos erosivos do assoalho oceânico. Em 007, o decreto instituiu a Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável de Povos e Comunidades Tradicionais no Brasil, com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais, com ênfase no reconhecimento, fortalecimento e garantia dos seus direitos territoriais, sociais, ambientais, econômicos e culturais, com respeito e valorização à sua identidade, suas formas de organização e suas instituições (BRASIL, Decreto 6.040, de 7 de fevereiro de 007). Sobre esse decreto, considere as seguintes afirmativas: I. Os Povos e Comunidades Tradicionais são realocados pelo Estado em reservas, onde possam continuar com suas tradições. II. A identidade desses grupos está relacionada à dimensão do território que ocupam, cujas reservas ficam sob a tutela do Estado. III. A invisibilidade social que sofreram historicamente trouxe a essas populações sérios prejuízos à constituição de uma identidade comunitária. IV. São Povos e Comunidades Tradicionais no Brasil grupos como caiçaras, quilombolas, ciganos, faxinalenses ou comunidades de terreiro. V. Para ser considerado Povo ou Comunidade Tradicional, é fundamental que o próprio grupo se reconheça como tal. 3 Assinale a alternativa correta. [A] Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras. [B] Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras. [C] Somente as afirmativas I, III e V são verdadeiras. [D] Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras. [E] As afirmativas I, II, III, IV e V são verdadeiras. A crosta terrestre é também chamada de litosfera. Corresponde à camada mais rígida da Terra. No entanto, a rigidez da superfície da Terra é apenas aparente. Forças internas e externas modificam, permanentemente, as estruturas que compõem a litosfera, ou seja, modificam as formas do modelado terrestre, do relevo. Com base no exposto acima, é correto afirmar: [A] A nife da Terra é o rígido suporte de apoio à sobrevivência dos homens e dos demais seres vivos. [B] A crosta sólida da Terra, constituída por rochas em que predominam os silicatos de cassiterita, cuja densidade é igual a,7, e a região central da Terra, cuja densidade pode ser calculada uma vez sabendo-se a densidade média da Terra, são chamadas, respectivamente, de nife e sial. [C] No estrato geográfico terrestre nada é estático, tudo é dinâmico. Esse dinamismo é diferente em cada um dos planos: o biótico (animais e vegetais) e o abiótico (terra, ar e água). [D] O território brasileiro é formado por estruturas geológicas recentes. As bacias do Pantanal, Amazônica e trechos do litoral nordeste e sul são do período Terciário e os terrenos cristalinos são do período Quaternário. [E] As bacias sedimentares são constituídas em grande parte por rochas magmáticas, provenientes da desagregação de outras rochas que recobrem a Terra. 4 No documento divulgado pela ONU-HABITAT, em agosto de 01, chamado Estado das Cidades da América Latina e do Caribe 01 Rumo a uma Nova Transição Urbana, consta que a maior parte da população latino-americana (aproximadamente 80%) mora nas cidades. Usando seus conhecimentos sobre demografia e migração, assinale a alternativa correta.

7 Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B Pág. 7 [A] Embora a migração rural urbano tenha feito surgir cidades com mais de uma dezena de milhões de habitantes, como é o caso de São Paulo e Rio de Janeiro (Brasil), Buenos Aires (Argentina) e Cidade do México (México), a América Latina continua com taxas de urbanização inferiores às da Europa e da Ásia. [B] O aumento expressivo da população desde a década de 1950 faz com que a América Latina apresente densidade demográfica superior ao continente africano e Oceania. [C] No contexto brasileiro, a migração campo cidade proporcionou uma transformação da pirâmide etária, na qual a base, representada pela população mais jovem, passa por um processo de estreitamento. [D] A urbanização latino-americana é decorrência do declínio da taxa de natalidade observada nas regiões rurais e do avanço dessas mesmas taxas nas cidades, associadas ao aumento da expectativa de vida aí observado. [E] No caso brasileiro, a urbanização é um processo associado à industrialização e à mecanização da agricultura, que apresentou elevados índices a partir da década de 1950 e decréscimo expressivo a partir da década de O Sudeste brasileiro apresenta um solo, fruto da decomposição de uma rocha magmática e extrusiva, chamada basalto. Esse solo, muito fértil e utilizado no plantio de café, é conhecido como [A] arenoso. [B] latosolo. [C] podzólico. [D] terra roxa. [E] massapé. 6 Em relação à localização das indústrias italianas, é correto afirmar: [A] Existe uma concentração no Norte do país decorrente do renascimento comercial e urbano, que facilitou a concentração de capitais e o aumento da população urbana. [B] Desenvolveu-se, sobretudo nos arredores de Roma, em função do enorme crescimento da cidade e do porto de Roma. [C] Concentrou-se na região de Nápoles, que agrupa também boa parte do turismo e da produção de gás natural, usado pelas indústrias. [D] A indústria italiana se localiza nas regiões da Sicília e da Sardenha, em função da facilidade de comércio, mão de obra e matérias primas. [E] O Sul da Itália é mais industrializado, contrastando com o Norte, mais agrícola e menos densamente povoado. 7 Com a nova divisão do professor Jurandir Luciano Sanches Ross, a partir de 1996 o relevo brasileiro passa a Ter a seguintes divisão: 8 [A] 0 unidades, sendo 10 planaltos, 6 planícies e 4 depressões. [B] 8 unidades, sendo 11 planaltos, 11 planícies e 6 depressões. [C] 0 unidades, sendo 6 planaltos, 6 planícies e 8 depressões. [D] 8 unidades, sendo 11 planaltos,10 planícies e 7 depressões. [E] 8 unidades, sendo 11 planaltos, 6 planícies 11 depressões. Com relação ao tema Divisão Internacional do Trabalho, são feitas as considerações a seguir. Uma delas, no entanto, não corresponde à realidade. Assinale-a. [A] O centro da economia mundial representa local do poder de comando, sendo predominantes as atividades de controle do excedente das cadeias produtivas, assim como de produção e difusão de novas tecnologias. [B] Um pequeno bloco de economias de mercado, apesar de ser dependente de tecnologia, conseguiu alcançar uma posição socioeconômica intermediária, mas ainda permanece dominado pela estrutura de poder de comando decorrente do centro capitalista mundial. [C] A combinação entre o poder militar e as formas superiores de produção na Inglaterra possibilitou a este país uma posição de hegemonia na economia mundial ao longo do século XIX. [D] A Divisão Internacional do Trabalho não tende a expressar diferentes fases da evolução histórica do sistema capitalista e, sim, as diferentes etapas da especialização dos trabalhadores, sobretudo nas indústrias. [E] As dificuldades de acesso à segunda Revolução Industrial e Tecnológica tornaram bem mais complexas as possibilidades de transição de nações periféricas para as nações do centro capitalista. 9 Viajando do litoral de Pernambuco até o interior do Maranhão, como representado no corte esquemático, poderíamos observar as seguintes unidades do relevo: [A] Planaltos Residuais, Depressão Marginal e Planalto Oriental. [B] Tabuleiros Litorâneos, Planalto Central e Depressão Sertaneja.

8 Pág Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B [C] Tabuleiros Litorâneos, Planalto do Borborema, Depressão Sertaneja e Chapadas da Bacia do Parnaíba. [D] Planalto do Borborema, Depressão Sertaneja, Chapada Diamantina e Chapadas da Bacia do Parnaíba. [E] Planaltos e Chapadas do Rio Paraíba, Depressão Sertaneja e Planalto do Borborema. A guerra da concorrência tem início quando os empresários industriais tomam as decisões relativas à localização das suas fábricas. (Magnoli & Araújo, p.14, 005) Sobre a localização industrial, ao longo dos últimos séculos, leia as alternativas a seguir: I. Nas últimas décadas do século XX, estabeleceu-se uma nova lógica mundial de localização industrial: a produção em larga escala, com elevada automação, é realizada nos países desenvolvidos e as indústrias de tecnologia de ponta concentram-se nos países subdesenvolvidos, onde a mão de obra é mais barata. II. Com a Revolução Tecnológica ou Informacional, as grandes indústrias deixaram de ter o espaço local e regional como principal base de produção, ultrapassando as fronteiras nacionais. III. Ao longo do século XX, acentuou-se o processo de concentração industrial, em consequência da crescente elevação dos custos de transferência de matéria-prima e de produtos industrializados. IV. Nos países desenvolvidos, as antigas concentrações industriais vêm perdendo terreno para as novas regiões produtivas, as quais são marcadas pela presença de centros de pesquisa e de universidades. V. As economias de aglomeração presentes nas grandes metrópoles mundiais reforçam a tendência, cada vez maior, de concentração espacial da indústria. 31 Assinale a alternativa que apresenta todas as afirmativas corretas. [A] I e II. [B] I e V. [C] II e IV. [D] II, III e IV. [E] III, IV e V. O mapa abaixo apresenta a atual proposta de identificação das macrounidades do relevo brasileiro, com 3 tipos de unidades geomorfológicas, que refletem suas gêneses: os planaltos, as depressões e as planícies. Correlacione as unidades geomorfológicas aos números correspondentes e depois assinale a alternativa que contém a ordem correta: (05) ( ) Depressão sertaneja do São Francisco. (10) ( ) Planaltos e chapadas da Bacia do Parnaíba. (19) ( ) Planalto da Borborema. (1) ( ) Depressão periférica da borda leste da bacia do Paraná. (0) ( ) Planaltos residuais norte-amazônicos. [A] 10, 1, 19, 0 e 05. [B] 0, 1, 19, 05 e 0. [C] 19, 0, 10, 1 e 05. [D] 19, 1, 10, 0 e 05. [E] 10, 0, 19, 1 e 05.

9 Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B Pág. 9 3 A Teoria da Tectônica de Placas procura explicar a formação dos continentes e dos oceanos bem como do relevo submarino. Entre as proposições sobre esta teoria, considere as seguintes: I. A Cordilheira Meso-oceânica do Atlântico é formada a partir do afastamento de duas placas tectônicas. II. A Cordilheira dos Andes é formada a partir do afastamento de duas placas tectônicas. III. O vulcanismo e os terremotos podem ser consequências diretas da movimentação das placas tectônicas. 33 Com relação às assertivas acima, é correto afirmar que [A] apenas I é verdadeira. [B] apenas II é verdadeira. [C] apenas III é verdadeira. [D] I e III são verdadeiras. [E] I, II e III são verdadeiras. QUESTÕES DE HISTÓRIA As viagens de exploração empreendidas por portugueses e espanhóis não consistiam em simples aventuras; elas visavam elevar o prestígio nacional e, acima de tudo, vantagens comerciais. Essas, contudo, não foram as únicas realizações comerciais a terem efeito na Renascença; houve também duas invenções muito importantes: o papel e a imprensa. (Ronan, Colin A. História ilustrada da Ciência: da Renascença à Revolução Científica. Rio de Janeiro: Zahar Editor, 1987, pg.9) Assinale a opção que NÃO corresponde à função desempenhada pela imprensa na época renascentista: [A] foi um importante veículo difusor do pensamento humanista entre os grupos letrados da sociedade do Antigo Regime. [B] viabilizou a difusão em maior escala de obras traduzidas para diversas línguas nacionais. [C] possibilitou a impressão de textos clássicos, que puderam ser perpetuados para além dos muros dos conventos e das universidades. [D] possibilitou a impressão da Bíblia em língua nacional, o que criou as condições para que o leitor individual burlasse as imposições da Igreja católica. [E] foi um veículo condenado e proibido pelos Estados europeus por difundirem saberes até então restritos à Igreja Católica. 34 A essência da Igreja consiste nas relações imediatas (isto é, pessoais) dos fiéis com seu chefe invisível, o Cristo, sua força e sua vida. 35 (Martinho Lutero in BOISSET, Jean. História do Protestantismo. col. Saber Atual. SP: DIFEL, p. 3) Até o início do século XVI, a Igreja Católica havia-se mantido como um dos pilares da civilização ocidental. No trecho acima, porém, Lutero nega um de seus princípios básicos. Assinale-o. [A] Hierarquia eclesiástica. [B] Celibato clerical. [C] Evangelho. [D] Livre interpretação da Bíblia. [E] Consubstanciação na eucaristia. As transformações político-econômicas ocorridas na Europa ocidental ao longo dos séculos XIV, XV e XVI exigiram uma mudança de mentalidade sócio cultural e científica. Nesse sentido, o Renascimento e o Humanismo representaram um processo de mudança, rompendo com a tradição escolástica medieval e forjando a base do pensamento burguês capitalista. O Renascimento europeu ocidental pode ser explicado pelo seguinte aspecto: [A] o movimento renascentista foi iniciado em função do fortalecimento da burguesia inglesa após a Guerra dos Cem Anos. [B] a defesa da ideologia humanista pela Igreja Católica permitiu a fácil difusão do movimento renascentista pelo continente. [C] a presença do mecenato bancado pela nobreza francesa permitiu o surgimento do movimento renascentista na Europa. [D] a presença da intelectualidade bizantina aliada à prosperidade da burguesia das cidades italianas impulsionou o movimento renascentista europeu. [E] a disseminação da ideologia islâmica permitiu aos países Ibéricos o pioneirismo na elaboração do pensamento renascentista.

10 Pág. 10 Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B 36 "Durante o século XII, toda a extensão de Flandres converteu-se em um país de tecelões e batedores. O trabalho de lã, que até então se havia praticado somente nos campos, concentrou-se nas aglomerações mercantis que se fundavam por toda parte e animou um comércio cujo progresso era incessante. Formaram-se assim as incipientes manufaturas de Bruges, Ypres, Lille, Douai e Arras." (Henri Pirenne) Podemos relacionar o conteúdo deste texto com: [A] as invasões bárbaras, que aceleraram a formação de "vilas" durante o Baixo Império Romano. [B] o Renascimento Comercial, que atingiu o interior o da Europa a partir do século XI. [C] as feiras de comércio local e internacional que se desenvolveram no interior da Europa. [D] as mudanças econômicas europeias, que exigiram adaptações e mudanças no regime feudal. [E] as ligas de mercadores que impulsionaram o desenvolvimento mercantil no Mar do Norte, a exemplo da Liga Hanseática. 37 A Guerra dos Cem Anos ( ), entre franceses e ingleses, teve como consequências principais: [A] A consolidação do poder monárquico na França e a expulsão quase completa dos ingleses do território francês. [B] A consolidação do poder monárquico na Inglaterra e a expulsão quase completa dos franceses do território inglês. [C] A incorporação de parte do território francês pela Inglaterra e o consequente enfraquecimento do poder real na França. [D] A incorporação de parte do território inglês pela França e o consequente enfraquecimento do poder real na Inglaterra. [E] A aliança entre franceses e flamengos e o fim da hegemonia inglesa sobre o comércio europeu. 38 Vários teóricos e filósofos justificaram o Estado absolutista, Estado típico da maior parte dos países europeus, na Idade Moderna. Maquiavel foi um dos primeiros a defender a necessidade de um estado centralizado e duradouro. Para ele, [A] a soberania real não pode sofrer restrições nem submeter-se a ameaças, pois ela emana das leis de Deus, sendo a primeira característica do príncipe soberano ter poder de legislar sem precisar do consentimento de quem quer que seja. [B] o Estado é um "monstruoso aparato administrativo", que por meio de um Contrato Social com a população poderia absorver o direito de resolver por ela, soberanamente, as questões do bem comum. [C] os fins justificam os meios e a razão de Estado deve sobrepor-se a tudo, ou seja, o soberano tudo pode fazer quando busca o bem-estar do país - até a força é justa quando necessária. [D] sem a soberania do Estado sobre o indivíduo e sem o poder ilimitado do governante se estabeleceria o caos e a turbulência política na sociedade. [E] a autoridade do rei é sagrada, pois ele age como ministro de Deus na Terra, e rebelar-se contra ele é rebelar-se contra Deus. 39 Em 31 de outubro de 1517, o monge agostiniano e professor de teologia Martinho Lutero, manifestando seu descontentamento com a Igreja Católica e com o comportamento clerical, afixou na porta da catedral de Wintenberg, as suas noventa e cinco teses. Nesse documento Lutero criticou duramente a venda de indulgências promovida pelo monge Tetzel na Alemanha. Essas críticas de Lutero deram início ao processo de reformas religiosas com o surgimento das Igrejas Luterana, Calvinista e Anglicana entre outras. As Reformas Religiosas tiveram características peculiares como: [A] a Reforma Luterana, ao defender a igualdade entre os homens, propôs a divisão da propriedade entre os camponeses e a aristocracia alemã. [B] a Reforma Anglicana, na Inglaterra, permitiu ao monarca Henrique VIII confiscar as terras da Igreja Católica e a assim promover uma reforma agrária que atendeu aos puritanos. [C] a Contra-Reforma desenvolvida pela Igreja Católica, que foi eficaz para reverter a expansão do protestantismo na Alemanha e na Grã-Bretanha. [D] a Reforma Calvinista, que, ao justificar o lucro, construiu uma ética adequada aos interesses da burguesia e contribuiu com o avanço do capitalismo. [E] a Reforma Anabatista, ocorrida nos Estados Alemães, que uniu o campesinato e a nobreza local, visando à execução de reformas sociais na região. 40 A Baixa Idade Média (séculos XII - XV) assinalou a transformação do sistema feudal, ocasião em que: I - intensificam-se as relações mercantis e as trocas monetárias. II - o aumento populacional, ampliando o mercado consumidor, explicitou as limitações da produção feudal, calcada na servidão. III - ocorreu um Renascimento Urbano, baseado no planejamento ordenado, que resultou em satisfatórias condições de saneamento e higiene das cidades. IV - desenvolveram-se as corporações de ofício que, organizando a produção rural mas não intervindo em sua regulamentação.

11 Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B Pág Assinale a única alternativa que apresenta todos os itens com características desse período. [A] I, II e III. [B] I, II e IV. [C] I e IV. [D] II e III. [E] III e IV. O comércio e a guerra não eram evidentemente as únicas atividades externas do Estado absolutista no Ocidente. O seu outro grande esforço era investir na diplomacia. Esta foi uma das grandes invenções institucionais da época inaugurada na área miniatural da Itália do século XV, institucionalizada aí com a Paz de Lodi e adotada na Espanha, França, Inglaterra, Alemanha e em toda a Europa, durante o século XVI.. (Anderson, Perry. Linhagens do Estado absolutista) Assinale a opção que melhor apresenta as grandes questões da diplomacia europeia durante o surgimento dos Estados Modernos no século XVI: 4 [A] As questões religiosas fruto da expansão das Reformas Religiosas as disputas territoriais. [B] O nacionalismo xenófobo conflitos entre Estados católicos e protestantes. [C] Expansão do islamismo na Península Ibérica as disputas coloniais. [D] A fragmentação política da península italiana sistema bipolar de poder. [E] A Paz Armada fim dos Impérios coloniais. No período medieval, a população enfrentou uma epidemia de extrema gravidade, a Peste Negra, a qual envolveu determinados aspectos, a saber: I - A epidemia foi, em seu conjunto, mais acentuada nos meios urbanos do que nos campos, e menos nas montanhas do que nas planícies. II - O impacto da peste fez surgir um movimento de histeria coletiva que se propagou por toda a Europa. III - A morte tornou-se um dos temas prediletos de artistas e poetas. IV - A epidemia não conseguiu afetar as relações familiares e sociais, estabelecendo-se no período laços profundos de solidariedade. 43 Assinale a única alternativa que apresenta todos os itens com características desse período. [A] I e II. [B] I, II e III. [C] III e IV. [D] I, II e IV. [E] II e IV. A Liga Hanseática era uma associação de mercadores empenhados, na Europa, na comercialização de vários produtos, tais como peles e couros, peixes, âmbar, sal e trigo trazidos das regiões bálticas e trocados pelos vinhos, especiarias, têxteis, frutas e outros produtos do Oriente e do Sul. Chegou a contar com a participação de 80 cidades e, sendo uma organização essencialmente lucrativa, marcou o desenvolvimento e uma profunda modificação no panorama da economia europeia, bem como edificou as bases para a Revolução Comercial. 44 Essa poderosa associação era liderada pelas cidades de: [A] Gênova, Florença e Veneza. [B] Lübeck, Hamburgo e Bremen. [C] Antuérpia, Londres e Paris. [D] Colônia, Amsterdam e Viena. [E] Estocolmo, Novgorod e Riga. Albi é hoje uma pacata cidade do Sul da França, não muito longe de Toulouse. No entanto, foi o centro principal de uma seita herética que, durante os séculos XII e XIII, propagou-se até o Norte da Itália, abalando o prestígio da Igreja. Sobre os Cátaros podemos afirmar: I - A heresia albigense negava alguns valores sociais, tais como o matrimônio, a família e a propriedade. II - Os Cátaros só desapareceram após a cruzada ordenada pelo papa Inocêncio III. III - Sendo dualistas e procurando reunir em uma síntese o cristianismo e o paganismo oriental. Assinale a única alternativa que apresenta todos os itens corretos. [A] I, II e III. [B] I e III. [C] II e III. [D] I e II. [E] Apenas a I. Final da Prova de Geografia/História

12 Pág. 1 Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B PROVA DE INGLÊS Text I Global Warming Two decades ago, global warming was an issue only for hardcore scientists. Nowadays, it has become as popular as soccer or pop music. This is justifiable because, with the possible exception of another world war, a giant asteroid, or an incurable plague, global warming may be the single largest threat to our planet. According to most experts, if we don t curb our greenhouse gas emissions, hurricanes can become more frequent, El Niños could become more intense, and low-lying nations could be awash in seawater. On the other hand, some people believe that global warming will result in little more than warmer winters and increased plant growth. They point to the flaws in scientists measurements and the complexity of the climate. In truth, the future probably fits somewhere between these two scenarios. But one of the biggest concerns now is that over the past 50 years humans have been artificially raising the concentration of greenhouse gases, carbon dioxide and methane in the atmosphere. Once these carbon-based greenhouse gases get into the atmosphere, they might stay there for decades. In essence, these gases are trapping excess heat in the Earth s atmosphere in much the same way that a windshield traps solar energy that enters a car. 45 It can be concluded from the text above that: [A] Global warming was unknown 0 years ago. [B] Hurricanes only happen because of El Niños. [C] Small nations will be swallowed by the ocean in a short time. [D] People need to limit the emission which contributes to Global Warming. [E] The gases that get to the atmosphere never leave. 46 According to text I, Global warming [A] is less popular than soccer. [B] more dangerous than a huge asteroid. [C] will have less cold winter as a consequence. [D] is the largest menace to our planet. [E] has become an outdated issue. 47 Based on the text, it is incorrect to state that: 48 [A] The concentration of gases has been increasing for more than two centuries. [B] CO and CH4 are greenhouse gases. [C] Global warming has been studied only for hardcore scientists. [D] Some people believe that scientists are not being accurate about their predictions. [E] Mankind is one of the responsible for the releasing of greenhouse gases. According to the text above, which of the options below is a single largest threat greater than global warming: [A] A struggle among countries. [B] A meteor. [C] Aids. [D] Greenhouse effect. [E] Hurricane. Text II Eureka In our technological age, anything seems possible. There is no end to human inventiveness. In the past, there was a long gap between the time something was invented and the time it became generally available. Now the gap gets shorter and shorter. Some inventions become obsolete before they are even produced! Yet some of the oldest inventions the wheel and the needle are still basic. We don t know whom they were invented by, but they remain as important as ever. There is a big difference between many of the inventions of the past and those of the present. In the past, most inventions helped man to extend his muscle power. Today, most inventions help man to

13 Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B Pág. 13 extend the power of his mind. They are an extension of the nervous system. Without computers many of the technological miracles of our age would be impossible. 49 According to the text above, judge the following items. [A] Humankind will someday stop inventing. [B] In the past, new inventions soon reached the public. [C] Old inventions are not useful anymore. [D] Nowadays, inventions make men exercise their thinking. [E] All innovations developed from the 0 th century on would not be possible without computers. 50 According to the text, which professional needs basic and old invention for their jobs: [A] Teacher. [B] Dressmaker. [C] Lawyer. [D] Engineer. [E] Singer. 51 The word it in it became generally available refers to [A] gap. [B] something. [C] time. [D] human. [E] inventiveness. Text III While the planets seem largely unaffected by one another's presence in the solar system, that isn't true of their moons. For example, the earth's moon is so close to the earth (400 times closer than the sun) that it's strongly affected by the earth's gravity. The earth and the moon move together as a pair. The earth is about 80 times as massive as the moon, so the moon does most of the moving. The moon accelerates toward earth and orbits it, just as the earth orbits the sun. Because of the small size of the earth-moon system, the moon completes its near-circular orbit in only 7.3 days. The phases occur because we can only see the portion of the moon that is illuminated by the sun. As the moon orbits the earth, the lighted side of the moon is sometimes facing toward the earth and sometimes facing away from the earth. When the moon is as far away from the sun as its orbit allows, the moon's lighted side is facing toward us. We then see the complete lighted disk of a full moon. When the moon is as close to the sun as its orbit allows, the moon's lighted side is facing away from us. We can't see the moon at all and call this the new moon. In between, we see portions of the lighted half of the moon. These portions appear as crescent moons, half moons, or gibbous moons. 5 According to the text above, it is correct to say that [A] The planets are affected by the other planets and the moons. [B] The sun is 400 times bigger than the moon. [C] The moon is affected by the earth s gravity. [D] The earth travels longer than the moon. [E] Full moon happens when the moon is between the sun and the earth. 53 Which statement is incorrect according to the text above: [A] It takes less than a month for the moon to go around the earth. [B] The phases of the moon are related to the sun. [C] The sun s gravity affects all the solar system. [D] A new moon is when we have an eclipse. [E] Sun and Earth are star and planet respectively. 54 According to the text, when it is not possible to see anything from the moon, it is [A] A full moon. [B] An eclipse. [C] A new moon. [D] A twilight. [E] A gibbous moon.

14 Pág. 14 Indicate the alternative that best completes the following sentences: Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B 55 I when that I have to study [A] don't like she say. [B] never like she will tell me. [C] can't like she says. [D] don't like it she tells me. [E] doesn't like she says. 56 Jane usually TV in the afternoon, because she class. [A] watches/ doesn t has. [B] watch/ doesn t have. [C] watches/ doesn t have. [D] watchs/ don t has. [E] watch/ don t has. Final da Prova de Inglês

15 Provas de Matemática, Geografia/História e Inglês Modelo B Pág. 15

2 º S I M U L A D O A F A

2 º S I M U L A D O A F A º S I M U L A D O A F A COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE ENSINO DA AERONÁUTICA ACADEMIA DA FORÇA AÉREA EXAME DE ADMISSÃO AO CFOAV/CFOINT/CFOINF 014 PROVAS DE LÍNGUA INGLESA MATEMÁTICA FÍSICA LÍNGUA

Leia mais

2 º S I M U L A D O E F O M M

2 º S I M U L A D O E F O M M 2 º S I M U L A D O E F O M M PROCESSO SELETIVO DE ADMISSÃO ÀS ESCOLAS DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA MARINHA MERCANTE (EFOMM) 2013/14 PROVAS DE LÍNGUA INGLESA LÍNGUA PORTUGUESA - REDAÇÃO 27 de ABRIL de 2013

Leia mais

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar)

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Somos parte de uma sociedade, que (re)produz, consome e vive em uma determinada porção do planeta, que já passou por muitas transformações, trata-se de seu lugar, relacionando-se

Leia mais

Total aulas previstas

Total aulas previstas ESCOLA BÁSICA 2/3 DE MARTIM DE FREITAS Planificação Anual de História do 7º Ano Ano Lectivo 2011/2012 LISTAGEM DE CONTEÚDOS TURMA Tema 1.º Período Unidade Aulas Previas -tas INTRODUÇÃO À HISTÓRIA: DA ORIGEM

Leia mais

Modulo I Mudanças Climáticas

Modulo I Mudanças Climáticas Nome: Nº: Turma: Geografia 1º ano Exercícios Extras Silvia Set/09 Modulo I Mudanças Climáticas 1. (UFRJ) A maior parte do aquecimento da atmosfera é proveniente da radiação terrestre: a atmosfera deixa

Leia mais

A CRISE DO SISTEMA FEUDAL

A CRISE DO SISTEMA FEUDAL A CRISE DO SISTEMA FEUDAL O DESENVOLVIMENTO DO SISTEMA FEUDAL NA EUROPA OCIDENTAL O apogeu do feudalismo ocorre entre os séculos IX e XIII; 4. CAUSAS PARA O DESENVOLVIMENTO DO FEUDALISMO Fim das invasões

Leia mais

História. Antigo regime, Estados nacionais e absolutismo

História. Antigo regime, Estados nacionais e absolutismo Antigo regime, Estados nacionais e absolutismo Índice Clique sobre tema desejado: A origem dos Estados Nacionais Contexto Histórico: crise feudal (séc. XIV-XVI) Idade Média Idade Moderna transição Sociedade

Leia mais

Construção do Espaço Africano

Construção do Espaço Africano Construção do Espaço Africano Aula 2 Colonização Para melhor entender o espaço africano hoje, é necessário olhar para o passado afim de saber de que forma aconteceu a ocupação africana. E responder: O

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 9º Turma: Data: / /2012 Nota: Professor(a): Edvaldo Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1)

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO - HISTÓRIA SURGIMENTO DO MUNDO MODERNO

EXERCÍCIOS DE REVISÃO - HISTÓRIA SURGIMENTO DO MUNDO MODERNO EXERCÍCIOS DE REVISÃO - HISTÓRIA SURGIMENTO DO MUNDO MODERNO 01) O Estado moderno, que representou o fim das concepções políticas medievais, encontrou vários teóricos. Entre eles merecem destaque Maquiavel,

Leia mais

HABILIDADES PARA RECUPERAÇÃO

HABILIDADES PARA RECUPERAÇÃO Componente Curricular: Geografia Professor (a): Oberdan Araújo Ano: 6º Anos A e B. HABILIDADES 1º Bimestre Conceituar e caracterizar: espaço cultural (urbano e rural) e espaço natural. Identificar e caracterizar

Leia mais

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro?

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro? População mundial Leia as manchetes abaixo: População mundial superará 9,2 bilhões em 2050, estima ONU BBC Brasil Casais ricos burlam lei do filho único na China BBC Brasil A população mundial atingiu

Leia mais

Florianópolis. b) a data em que cada imagem foi produzida:, e

Florianópolis. b) a data em que cada imagem foi produzida:, e PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= A PAISAGEM E AS

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CIÊNCIAS HUMANAS 3º ANO FILOSOFIA FILOSOFIA NA HISTÓRIA

Leia mais

GEOGRAFIA. O texto refere-se ao(à) (A) Índia. (B) Japão. (C) Coréia do Sul. (D) Cingapura. (E) China.

GEOGRAFIA. O texto refere-se ao(à) (A) Índia. (B) Japão. (C) Coréia do Sul. (D) Cingapura. (E) China. GEOGRAFIA 16ª QUESTÃO Com a criação de zonas econômicas especiais, nos últimos anos, este país asiático em transição econômica, do socialismo para o capitalismo, tem adotado uma política de abertura da

Leia mais

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo.

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo. HISTÓRIA 37 Associe as civilizações da Antigüidade Oriental, listadas na Coluna A, às características políticas que as identificam, indicadas na Coluna B. 1 2 3 4 COLUNA A Mesopotâmica Fenícia Egípcia

Leia mais

D) As planícies brasileiras terminam, na sua grande maioria, em frentes de cuestas nome que se dá às áreas planas das praias.

D) As planícies brasileiras terminam, na sua grande maioria, em frentes de cuestas nome que se dá às áreas planas das praias. 01 - (UDESC 2008) Para classificar o relevo, deve-se considerar a atuação conjunta de todos fatores analisados a influência interna, representada pelo tectonismo, e a atuação do clima, nos diferentes tipos

Leia mais

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 6º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da recuperação. Superficie da Terra. Litosfera, solo e relevo 1- Analise a imagem. www.trabanca.com-acesso:

Leia mais

REFORMA PROTESTANTE E CONTRARREFORMA CATÓLICA. Professor: Eduardo C. Ferreira

REFORMA PROTESTANTE E CONTRARREFORMA CATÓLICA. Professor: Eduardo C. Ferreira REFORMA PROTESTANTE E CONTRARREFORMA CATÓLICA Professor: Eduardo C. Ferreira REFORMA PROTESTANTE MOVIMENTO DE CONTESTAÇÃO AOS DOGMAS DA IGREJA CATÓLICA, APÓS SÉCULOS DE FORTE PODER INFLUÊNCIA NA EUROPA.

Leia mais

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza).

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza). GEOGRAFIA 7ª Série/Turma 75 Ensino Fundamental Prof. José Gusmão Nome: MATERIAL DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL A GEOGRAFIA DO MUNDO SUBDESENVOLVIDO A diferença entre os países que mais chama a atenção é

Leia mais

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROFa. JULIANA NOME N o 8 o ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

HISTÓRIA-2009 2ª FASE 2009

HISTÓRIA-2009 2ª FASE 2009 Questão 01 UFBA - -2009 2ª FASE 2009 Na Época Medieval, tanto no Oriente Médio, quanto no norte da África e na Península Ibérica, muçulmanos e judeus conviviam em relativa paz, fazendo comércio e expressando,

Leia mais

IDADE MÉDIA BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC. XI XV)

IDADE MÉDIA BAIXA IDADE MÉDIA (SÉC. XI XV) 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS: Decadência do feudalismo. Estruturação do modo de produção capitalista. Transformações básicas: auto-suficiência para economia de mercado; novo grupo social: burguesia; formação

Leia mais

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 7º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da Recuperação Industrialização Urbanização População 1- A função urbana de uma cidade diz respeito

Leia mais

As Grandes navegações: a conquista da América e do Brasil. Descobrimento ou Conquista?

As Grandes navegações: a conquista da América e do Brasil. Descobrimento ou Conquista? As Grandes navegações: a conquista da América e do Brasil. Descobrimento ou Conquista? Navegar era preciso, era Navegar era preciso navegar... Por quê? O que motivou o expansionismo marítimo no século

Leia mais

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014 GEOGRAFIA QUESTÃO 1 A Demografia é a ciência que estuda as características das populações humanas e exprime-se geralmente através de valores estatísticos. As características da população estudadas pela

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES

CADERNO DE ATIVIDADES COLÉGIO ARNALDO 2014 CADERNO DE ATIVIDADES GEOGRAFIA Aluno (a): 4º ano Turma: Professor (a): Valor: 20 pontos Conteúdo de Recuperação Sistema Solar. Mapa político do Brasil: Estados e capitais. Regiões

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek

Centro Educacional Juscelino Kubitschek Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / /2011 ENSINO FUNDAMENTAL SÉRIE: 6ª série/7 ano TURMA: TURNO: DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR: Equipe de Geografia Roteiro e lista de Recuperação

Leia mais

2012 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA

2012 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 7º Turma: Data: 24/03/2012 Nota: Professor(a): Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número de

Leia mais

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT)

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O capitalismo teve origem na Europa, entre os séculos XIII e XIV, com o renascimento urbano e comercial e o surgimento de uma nova classe social:

Leia mais

AVALIAÇÃO PARCIAL I CAPÍTULO 4 PP. 76 A 84; 92 CAPÍTULO 5 PP. 98 A 107 CAPÍTULO 15 PP

AVALIAÇÃO PARCIAL I CAPÍTULO 4 PP. 76 A 84; 92 CAPÍTULO 5 PP. 98 A 107 CAPÍTULO 15 PP ABSOLUTISMO AVALIAÇÃO PARCIAL I CAPÍTULO 4 PP. 76 A 84; 92 CAPÍTULO 5 PP. 98 A 107 CAPÍTULO 15 PP. 268 A 274 CONTEÚDO EM SALA DE AULA SLIDES PORTAL ROTEIRO NO CADERNO A SOCIEDADE DO ANTIGO REGIME XV-XVIII

Leia mais

HIDROGRAFIA GERAL E DO BRASIL

HIDROGRAFIA GERAL E DO BRASIL HIDROGRAFIA GERAL E DO BRASIL QUESTÃO 01 - A Terra é, dentro do sistema solar, o único astro que tem uma temperatura de superfície que permite à água existir em seus três estados: líquido, sólido e gasoso.

Leia mais

A Revolução Inglesa. Monarquia britânica - (1603 1727)

A Revolução Inglesa. Monarquia britânica - (1603 1727) A Revolução Inglesa A Revolução inglesa foi um momento significativo na história do capitalismo, na medida em que, ela contribuiu para abrir definitivamente o caminho para a superação dos resquícios feudais,

Leia mais

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR LINGUAGENS 01. C 02. D 03. C 04. B 05. C 06. C 07. * 08. B 09. A 10. D 11. B 12. A 13. D 14. B 15. D LÍNGUA ESTRANGEIRA 16. D 17. A 18. D 19. B 20. B 21. D MATEMÁTICA 22. D 23. C De acordo com as informações,

Leia mais

As reformas religiosas do século XVI

As reformas religiosas do século XVI As reformas religiosas do século XVI Crise na Igreja: a contestação e a ruptura Prof. Nilson Urias Crises religiosas na Europa No início do século XVI, a Igreja vivia uma época de profunda crise. Século

Leia mais

Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL

Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL Educador: Luciola Santos C. Curricular: História Data: / /2013 Estudante: 7 Ano Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL 7º Ano Cap 1e 2 Feudalismo e Francos Cap 6 Mudanças no feudalismo Cap 7 Fortalecimento

Leia mais

O continente africano

O continente africano O continente africano ATIVIDADES Questão 04 Observe o mapa 2 MAPA 2 Continente Africano Fonte: . A região do Sahel, representada

Leia mais

IGREJA NA BAIXA IDADE MÉDIA

IGREJA NA BAIXA IDADE MÉDIA BAIXA IDADE MÉDIA BAIXA IDADE MÉDIA -Características: *Grandes transformações no sistema feudal; *aumento da produção agrícola; *aparecimento da burguesia; *crise de poder da nobreza feudal. IGREJA NA

Leia mais

PROCESSO DE METROPOLIZAÇÃO. desigualmente mudando de natureza e de composição, exigindo

PROCESSO DE METROPOLIZAÇÃO. desigualmente mudando de natureza e de composição, exigindo Geografia urbana Costa, 2002 1 PROCESSO DE METROPOLIZAÇÃO! As porções do território ocupadas pelo homem vão desigualmente mudando de natureza e de composição, exigindo uma nova definição. As noções de

Leia mais

A Organização da Aula

A Organização da Aula Curso: Ciências Sociais Prof. Ms: Edson Fasano Sociedade Capitalista: Revoluções Inglesas. A Organização da Aula 1º Bloco: A Inglaterra do século XVI; 2º Bloco: - A Revolução Puritana e Gloriosa; 3º Bloco:

Leia mais

Cite e analise UMA SEMELHANÇA e UMA DIFERENÇA entre a religião muçulmana e a religião cristã durante a Idade Média.

Cite e analise UMA SEMELHANÇA e UMA DIFERENÇA entre a religião muçulmana e a religião cristã durante a Idade Média. Questão 1: Leia o trecho abaixo a responda ao que se pede. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE Quando Maomé fixou residência em Yatrib, teve início uma fase decisiva na vida do profeta, em seu empenho

Leia mais

Reformas Religiosas Monique Bilk

Reformas Religiosas Monique Bilk Reformas Religiosas Monique Bilk Contexto Início da Idade Moderna O Renascimento estimula a crítica e o livre-pensar A burguesia tem projetos que esbarram nos obstáculos que a Igreja coloca... (doutrina

Leia mais

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A O capitalismo teve origem na Europa, nos séculos XV e XVI, e se expandiu para outros lugares do mundo ( Ásia, África,

Leia mais

O FIM DO FEUDALISMO E A CENTRALIZAÇAO POLÍTICA

O FIM DO FEUDALISMO E A CENTRALIZAÇAO POLÍTICA O FIM DO FEUDALISMO E A CENTRALIZAÇAO POLÍTICA O sistema feudal entra em crise com o advento das cidades e a expansão do comércio, somados a outros fatores. 1) Necessidade de moedas, crescimento das cidades

Leia mais

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo História baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA Middle e High School 2 6 th Grade A vida na Grécia antiga: sociedade, vida cotidiana, mitos,

Leia mais

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL 1) (UDESC - 2012) São exemplos da indústria de bens de consumo (ou leve): a) Indústria de autopeças e de alumínio. b) Indústria de automóveis

Leia mais

UNIDADE I HISTÓRIA DA CIDADE. 1.1 Urbanização e Classes Sociais. 1.2 Cidade Pré- industrial 1.3 Cidade Industrial (Liberal) 1.4 Cidade Pós-Liberal

UNIDADE I HISTÓRIA DA CIDADE. 1.1 Urbanização e Classes Sociais. 1.2 Cidade Pré- industrial 1.3 Cidade Industrial (Liberal) 1.4 Cidade Pós-Liberal Como originaram as primeiras cidades? O que veio antes? campo ou cidade? 1.1 Urbanização e Classes Sociais HISTÓRIA DA CIDADE UNIDADE I 1.1 Urbanização e Classes Sociais 1.2 Cidade Pré- industrial 1.3

Leia mais

A formação da monarquia inglesa na Baixa Idade Média, mais precisamente no século XII, na época da Guerra dos Cem anos.

A formação da monarquia inglesa na Baixa Idade Média, mais precisamente no século XII, na época da Guerra dos Cem anos. HISTÓRIA 8º ANO A formação da monarquia inglesa na Baixa Idade Média, mais precisamente no século XII, na época da Guerra dos Cem anos. Por volta do século XIII, o rei João sem terras estabeleceu novos

Leia mais

Questões para Revisão Cap. 3-7ºs anos - prova 2

Questões para Revisão Cap. 3-7ºs anos - prova 2 Questões para Revisão Cap. 3-7ºs anos - prova 2 1. Um pesquisador visitou as cidades de Salvador, Brasília e Manaus para caracterizar o compartimento geomorfológico de cada uma delas. Ao final do trabalho

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES

CADERNO DE ATIVIDADES COLÉGIO ARNALDO 2014 CADERNO DE ATIVIDADES GEOGRAFIA ATENÇÃO: Este trabalho deverá ser realizado em casa, trazendo as dúvidas para serem sanadas durante as aulas de plantão. Aluno (a): 5º ano Turma: Professora:

Leia mais

EXPANSÃO EUROPÉIA E CONQUISTA DA AMÉRICA

EXPANSÃO EUROPÉIA E CONQUISTA DA AMÉRICA EXPANSÃO EUROPÉIA E CONQUISTA DA AMÉRICA EXPANSÃO EUROPEIA E CONQUISTA DA AMÉRICA Nos séculos XV e XVI, Portugal e Espanha tomaram a dianteira marítima e comercial europeia, figurando entre as grandes

Leia mais

Cidade e desigualdades socioespaciais.

Cidade e desigualdades socioespaciais. Centro de Educação Integrada 3º ANO GEOGRAFIA DO BRASIL A Produção do Espaço Geográfico no Brasil nas economias colonial e primário exportadora. Brasil: O Espaço Industrial e impactos ambientais. O espaço

Leia mais

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE. DA REPRODUÇÃO DA VIDA E PODE SER ANALISADO PELA TRÍADE HABITANTE- IDENTIDADE-LUGAR. OBJETIVOS ESPECÍFICOS A. Caracterizar o fenômeno da urbanização como maior intervenção humana

Leia mais

2ª FASE Prof.ª JEANNE ARAÚJO E SILVA

2ª FASE Prof.ª JEANNE ARAÚJO E SILVA 2ª FASE Prof.ª JEANNE ARAÚJO E SILVA 4º BIMESTRE 2ª Avaliação - Área de Ciências Humanas. Aula 196 Revisão e avaliação de Ciências Humanas. 2 Hidrografia 3 A hidrografia é o ramo da geografia física que

Leia mais

Conteúdo para recuperação do I Semestre. 7º ANO Feudalismo; A crise do sistema feudal.

Conteúdo para recuperação do I Semestre. 7º ANO Feudalismo; A crise do sistema feudal. Conteúdo para recuperação do I Semestre I Bimestre II Bimestre 7º ANO Feudalismo; A crise do sistema feudal. As Reformas Religiosas; A África. Feudalismo; Sistema político, econômico e social que se formou

Leia mais

1. (1,0) APONTE o nome da região em que foi desenvolvida a civilização grega.

1. (1,0) APONTE o nome da região em que foi desenvolvida a civilização grega. PARA A VALIDADE DO QiD, AS RESPOSTAS DEVEM SER APRESENTADAS EM FOLHA PRÓPRIA, FORNECIDA PELO COLÉGIO, COM DESENVOLVIMENTO E SEMPRE A TINTA. TODAS AS QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA DEVEM SER JUSTIFICADAS.

Leia mais

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Causas da Hegemonia atual dos EUA Hegemonia dos EUA Influência Cultural: músicas, alimentações, vestuários e língua Poderio Econômico: 20% do PIB global Capacidade Militar sem

Leia mais

MUDANÇAS NO FEUDALISMO. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista São José de Montes Claros - MG

MUDANÇAS NO FEUDALISMO. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista São José de Montes Claros - MG MUDANÇAS NO FEUDALISMO Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista São José de Montes Claros - MG MUDANÇAS NO FEUDALISMO A partir do século XI Expansão das áreas de cultivo, as inovações técnicas.

Leia mais

1º ano. Os elementos da Paisagem Natural e Paisagem modificada

1º ano. Os elementos da Paisagem Natural e Paisagem modificada 1º ano Os elementos da Paisagem Natural e Paisagem modificada A origem da Terra; A origem dos continentes; A teoria da deriva dos continentes; A teoria das placas tectônicas; Tempo geológico; A estrutura

Leia mais

Deriva Continental LITOSFERA

Deriva Continental LITOSFERA LITOSFERA Deriva Continental De acordo com determinadas teorias científicas, a crosta terrestre não é uma camada rochosa inteiriça, e sim, fragmentada. A primeira teoria a defender essa tese ficou conhecida

Leia mais

RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE

RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE Conceitos Diversos Estado É uma organização políticoadministrativa da sociedade. Estado-nação - Quando um território delimitado é composto de um governo e uma população

Leia mais

TODOS COLÉGIOS SIMULADO 2ª SÉRIE

TODOS COLÉGIOS SIMULADO 2ª SÉRIE TODOS COLÉGIOS SIMULADO 2ª SÉRIE 1.Analise as afirmativas abaixo referentes ao Iluminismo: 01 - Muitas das idéias propostas pelos filósofos iluministas são, hoje, elementos essenciais da identidade da

Leia mais

DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO:

DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO: DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSORES: Marina Monteiro e Fábio Luiz DATA: /12/2014 VALOR: 20 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho recuperação final SÉRIE: 9º TURMA: NOME COMPLETO: Nº: A PROVA FINAL NÃO SERÁ LIMITADA

Leia mais

DICAS DO PROFESSOR. História 7º Ano

DICAS DO PROFESSOR. História 7º Ano DICAS DO PROFESSOR História 7º Ano A REFORMA PROTESTANTE AS PRINCIPAIS CRÍTICAS DE LUTERO Vida desregrada; Opulência; Luxo do alto clero; Venda de cargos; Venda de relíquias sagradas; Venda de indulgências.

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE - Sistemas sociais e culturais de notação de tempo ao longo da história, - As linguagens das fontes históricas; - Os documentos escritos,

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa da disciplina e metas curriculares 3º CICLO HISTÓRIA 7º ANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS

Leia mais

A era dos impérios. A expansão colonial capitalista

A era dos impérios. A expansão colonial capitalista A era dos impérios A expansão colonial capitalista O século XIX se destacou pela criação de uma economia global única, caracterizado pelo predomínio do mundo industrializado sobre uma vasta região do planeta.

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS Como pode cair no enem Os 10 maiores aglomerados urbanos Leia o texto e observe o quadro abaixo: O terceiro milênio se inicia com

Leia mais

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o BIMESTRE DE 2012

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o BIMESTRE DE 2012 PROVA DE GEOGRAFIA 3 o BIMESTRE DE 2012 PROF. FERNANDO NOME N o 1 a SÉRIE A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA

COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA COLÉGIO MARISTA DE BRASÍLIA Educação Infantil e Ensino Fundamental Aluno(a): 8º Ano: Nº Professor(a): Data: / / Componente Curricular: HISTÓRIA 2011/HIST8ANOEXE2-PARC-1ºTRI-I AVALIAÇÃO PARCIAL 1º TRIMESTRE

Leia mais

GEOGRAFIA. Estão corretos apenas os itens. A) I e III. B) I e IV. C) II e IV. D) I, II e III. E) II, III e IV.

GEOGRAFIA. Estão corretos apenas os itens. A) I e III. B) I e IV. C) II e IV. D) I, II e III. E) II, III e IV. GEOGRAFIA 11) Ao ler o mapa do estado do Rio Grande do Sul, podese reconhecer diferentes paisagens que se configuram por apresentarem significativas relações entre os elementos que as compõem. Dentre os

Leia mais

REFORMA E CONTRARREFORMA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros

REFORMA E CONTRARREFORMA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros REFORMA E CONTRARREFORMA Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros INTRODUÇÃO A Reforma Religiosa e o Renascimento ocorreram na mesma época e expressam a grande renovação de ideias

Leia mais

Quando Nosso Senhor Deus fez as criaturas, não quis que todas fossem iguais, mas estabeleceu e ordenou a cada um a sua virtude.

Quando Nosso Senhor Deus fez as criaturas, não quis que todas fossem iguais, mas estabeleceu e ordenou a cada um a sua virtude. Os Estados Nacionais Modernos e o Absolutismo Monárquico Quando Nosso Senhor Deus fez as criaturas, não quis que todas fossem iguais, mas estabeleceu e ordenou a cada um a sua virtude. Quanto aos reis,

Leia mais

Planificação Anual ANO LECTIVO - 2010/ 2011 COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS TEMA(S) / CONTEÚDOS AVALIAÇÃO CALENDARIZAÇÃO

Planificação Anual ANO LECTIVO - 2010/ 2011 COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS TEMA(S) / CONTEÚDOS AVALIAÇÃO CALENDARIZAÇÃO ANO LECTIVO - 010/ 011 ÁREA DISCIPLINAR DE HISTÓRIA HISTÓRIA 7º ANO COMPETÊNCIAS GERAIS 1. Tratamento de informação; utilização de fontes;. Compreensão histórica:.1. Temporalidade.. Espacialidade.3. Contextualização

Leia mais

9º ano do Ensino Fundamental. Ciências Humanas e suas Tecnologias Geografia

9º ano do Ensino Fundamental. Ciências Humanas e suas Tecnologias Geografia 9º ano do Ensino Fundamental Ciências Humanas e suas Tecnologias Geografia 9º ano do Ensino Fundamental Ciências Humanas e suas Tecnologias Geografia Orientações para estudos de recuperação Data da AE

Leia mais

NOTA: Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web. 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening )

NOTA: Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web. 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening ) Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web Barueri, / / 2009 Trimestre: 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening ) NOTA: ACTIVITY ONE: Put the verses in order according to what

Leia mais

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos POPULAÇÃO BRASILEIRA Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos Desde a colonização do Brasil o povoamento se concentrou no litoral do país. No início do século XXI, a população brasileira ainda

Leia mais

Formação das Rochas. 2.Rochas sedimentares: formadas pela deposição de detritos de outras rochas,

Formação das Rochas. 2.Rochas sedimentares: formadas pela deposição de detritos de outras rochas, Relevo Brasileiro 1.Rochas magmáticas ou ígneas, formadas pela solidificação do magma.podem ser intrusivas formadas dentro da crosta terrestre ou extrusivas na superfície. Formação das Rochas 2.Rochas

Leia mais

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 01

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 LISTA DE EXERCÍCIOS 01 01 - (Unicamp 2014) Desde o período neolítico, os povos de distintas partes do mundo desenvolveram sistemas agrários próprios aproveitando as condições naturais de seus habitats

Leia mais

Estrutura e Composição da Terra. Não há fatos eternos, como não há verdades absolutas. [Friedrich Nietzsche]

Estrutura e Composição da Terra. Não há fatos eternos, como não há verdades absolutas. [Friedrich Nietzsche] Estrutura e Composição da Terra Não há fatos eternos, como não há verdades absolutas. [Friedrich Nietzsche] Contornos do Mundo O interior terrestre é formado por várias camadas e as investigações sobre

Leia mais

A COLONIZAÇÃO INGLESA NA AMÉRICA. O processo de formação dos EUA

A COLONIZAÇÃO INGLESA NA AMÉRICA. O processo de formação dos EUA A COLONIZAÇÃO INGLESA NA AMÉRICA O processo de formação dos EUA Inglaterra X Portugal e Espanha A incursão dos ingleses no processo de colonização do continente americano conta com determinadas particularidades

Leia mais

SEJA RESPONDIDA NA RESPECTIVA FOLHA DE RESPOSTAS; ESTEJA ASSINADA FORA DO LOCAL APROPRIADO; POSSIBILITE A IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO.

SEJA RESPONDIDA NA RESPECTIVA FOLHA DE RESPOSTAS; ESTEJA ASSINADA FORA DO LOCAL APROPRIADO; POSSIBILITE A IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO. Geografia QUESTÕES de 01 a 06 LEIA CUIDADOSAMENTE O ENUNCIADO DE CADA QUESTÃO, FORMULE SUAS RESPOSTAS COM OBJETIVIDADE E CORREÇÃO DE LINGUAGEM E, EM SEGUIDA, TRANSCREVA COMPLETAMENTE CADA UMA NA FOLHA

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 6 o ano 4 o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o : Observe a imagem e responda às questões 1 e 2. REPRODUÇÃO 1. Cite dois elementos presentes na imagem que representam a Igreja católica.

Leia mais

01. Frederico Ratzel enunciou o princípio, segundo o qual o geógrafo, ao estudar um dos fatores geográficos ou uma área, deveria, inicialmente, procurar localizá-la e estabelecer os seus limites, usando

Leia mais

1º ano. 1º Bimestre. Revolução Agrícola Capítulo 1: Item 5 Egito - política, economia, sociedade e cultura - antigo império

1º ano. 1º Bimestre. Revolução Agrícola Capítulo 1: Item 5 Egito - política, economia, sociedade e cultura - antigo império Introdução aos estudos de História - fontes históricas - periodização Pré-história - geral - Brasil As Civilizações da Antiguidade 1º ano Introdução Capítulo 1: Todos os itens Capítulo 2: Todos os itens

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE PINHEIRO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE PINHEIRO

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE PINHEIRO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE PINHEIRO AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE PINHEIRO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE PINHEIRO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS - HISTÓRIA 8º Ano Turma A ANO LECTIVO 2011/2012 Disciplina 1º Período Nº de aulas previstas 38

Leia mais

Imperialismo dos EUA na América latina

Imperialismo dos EUA na América latina Imperialismo dos EUA na América latina 1) Histórico EUA: A. As treze colônias, colonizadas efetivamente a partir do século XVII, ficaram independentes em 1776 formando um só país. B. Foram fatores a emancipação

Leia mais

Gabarito oficial preliminar: História

Gabarito oficial preliminar: História 1) Questão 1 Segundo José Bonifácio, o fim do tráfico de escravos significaria uma ameaça à existência do governo porque Geraria uma crise econômica decorrente da diminuição da mão de obra disponível,

Leia mais

O mosaico americano. Na hora do almoço, Paulo reserva alguns minutos para ler o jornal. Naquele dia, Paulo leu uma notícia que o deixa preocupado.

O mosaico americano. Na hora do almoço, Paulo reserva alguns minutos para ler o jornal. Naquele dia, Paulo leu uma notícia que o deixa preocupado. A UU L AL A O mosaico americano Nesta aula estudaremos as tentativas de integração econômica entre países da América Latina. Vamos analisar as diferenças e semelhanças existentes entre esses países que

Leia mais

Prof. Janderson Barros

Prof. Janderson Barros TEMA 1 Prof. Janderson Barros Aspectos Gerais da Oceania. Definição de Oceania Continente insular composto por um conjunto de ilhas; Conhecida como Novíssimo Mundo devido sua descoberta nas décadas finais

Leia mais

PROGRAMA DAS DISCIPLINAS

PROGRAMA DAS DISCIPLINAS PROGRAMA DAS DISCIPLINAS PRODUÇÃO DE TEXTO O texto elaborado pelo candidato deve atender à situação de produção apresentada na prova, obedecendo para tanto à tipologia e ao gênero textual solicitados.

Leia mais

AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS

AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS Tema 1: A América no mundo 1. Um continente diversificado A América possui grande extensão latitudinal e, por isso, nela encontramos diversas paisagens. 2. Fatores

Leia mais

Teste Intermédio Matemática. 9.º Ano de Escolaridade. Versão 1. Duração do Teste: 30 min (Caderno 1) + 60 min (Caderno 2) 21.03.

Teste Intermédio Matemática. 9.º Ano de Escolaridade. Versão 1. Duração do Teste: 30 min (Caderno 1) + 60 min (Caderno 2) 21.03. Teste Intermédio Matemática Versão 1 Duração do Teste: 30 min (Caderno 1) + 60 min (Caderno 2) 21.03.2014 9.º Ano de Escolaridade Indica de forma legível a versão do teste. O teste é constituído por dois

Leia mais

Vestibular Comentado - UVA/2010.2

Vestibular Comentado - UVA/2010.2 GEOGRAFIA Comentários: Prof. Marcos Lupi 01. O mapa representa uma proposta de divisão econômica do espaço mundial. Sobre a divisão do mundo em 'Norte-Sul' podemos afirmar que: I - Essa regionalização

Leia mais

Objetivo da aula: conhecer a estrutura interna da Terra, e os fenômenos associados a essa estrutura como os terremotos e vulcões.

Objetivo da aula: conhecer a estrutura interna da Terra, e os fenômenos associados a essa estrutura como os terremotos e vulcões. Professor: Josiane Vill Disciplina: Geografia Série: 1ª Ano Tema da aula: Estrutura Interna da Terra (pag. 59 a 69 Objetivo da aula: conhecer a estrutura interna da Terra, e os fenômenos associados a essa

Leia mais

O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional

O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional CIÊNCIAS HUMANAS (HISTÓRIA/ATUALIDADES/GEOGRAFIA) O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional das sociedades através dos tempos, observando os fatores econômico, histórico,

Leia mais

FO F RMA M ÇÃ Ç O DA D S S MO M NARQUIAS A NACI C ONAIS França e Inglaterra

FO F RMA M ÇÃ Ç O DA D S S MO M NARQUIAS A NACI C ONAIS França e Inglaterra FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS NACIONAIS França e Inglaterra Contexto: Cruzadas O Poder Real Ganha Força Burguesia Renascimentos Comercial e Urbano Aliança Rei-Burguesia versus Senhores Feudais e Igreja Os senhores

Leia mais

Geografia (A) 1, 2, 4, 3 (D) 3, 1, 4, 2 (B) 2, 1, 3, 4 (E) 4, 3, 2, 1 (C) 2, 3, 1, 4

Geografia (A) 1, 2, 4, 3 (D) 3, 1, 4, 2 (B) 2, 1, 3, 4 (E) 4, 3, 2, 1 (C) 2, 3, 1, 4 46 As reformas neoliberais implementadas pelos dois últimos governos conferiram ao Brasil a imagem de um país conduzido segundo um determinado modelo econômico. O referido modelo busca um desenvolvimento:

Leia mais

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2011

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2011 PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2011 PROF. FERNANDO NOME N o 9 o ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais