PROGRAMAÇÃO I. Introdução

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMAÇÃO I. Introdução"

Transcrição

1 PROGRAMAÇÃO I Introdução

2 Introdução 2 Princípios da Solução de Problemas Problema 1 Fase de Resolução do Problema Solução na forma de Algoritmo Solução como um programa de computador 2 Fase de Implementação (ou codificação) do Algoritmo em alguma Ling. de Programação

3 Introdução 3 Princípios da Solução de Problemas Entendimento do problema Criação de uma sequência de operações (ou ações) que, quando executadas, produzem a solução do problema Descrição desse conjunto de ações Codificação (uso de uma linguagem de programação) Resolução de Problema Programação

4 Processamento de Dados 4 Entrada Processamento Saída Qualquer atividade ou conjunto de atividades ordenadamente realizadas que, utilizando informações (ou dados) básicos, efetua transformações para obter novas informações (ou dados) como resultado

5 Programa 5 Dispositivo de Entrada Processamento Dispositivo de Saída Teclado, Mouse, etc Linguagem de Programação Programa Instruções (comandos) a serem executadas pelo computador Impressora, Video, Disco, etc

6 Algoritmo X Programa 6 Algoritmo É uma sequência de passos que visa atingir um objetivo Codificação Programa Instruções (comandos) passo a passo para ser executado pelo computador Converter as declarações de um algoritmo em um conjunto de instruções numa linguagem de programação específica Código

7 Linguagem de Programação Linguagem de Alto Nível Linguagem de Montagem Linguagem de Máquina 7

8 Linguagem de Máquina Código na forma binária (ou hexadecimal) Necessidade de conhecer as instruções da máquina e seus respectivos códigos de operação Necessidade de conhecer os componentes (registradores) do processador (UCP) e os endereços de memória Ex: Programa para calcular

9 Linguagem de Montagem Assembly Language Instruções escritas através de símbolos Cada instrução corresponde a uma única instrução em linguagem de máquina Necessidade de converter o programa para a linguagem de máquina Processo chamado de Montagem realizado por um programa chamado Montador (ou Assembler) Ex: programa para calcular LD HL,23 LD BC, 100 ADD HL, BC

10 Processo de Montagem 10 Código Fonte Programa original em linguagem de montagem Montagem Montador Código Objeto Programa resultante em linguagem binária

11 Linguagem de Alto Nível 11 Estruturadas de acordo com a compreensão do programador Cada instrução pode corresponder a dezenas de instruções de máquina orientada ao problema Necessidade de converter o programa para linguagem de máquina Processo chamado de Compilação realizado por um programa chamado Compilador Ex. Linguagens: Fortran, Pascal, C, Java Ex: Programa para calcular A=23 B=100 TOTAL=A+B

12 Processo de Compilação 12 Código Fonte Programa original em linguagem de alto nivel Compilação Compilador Código Objeto Programa em linguagem binária

13 Funções do Compilador Compilação é semelhante a montagem porém é é um processo mais complexo e demorado (diferente da relação 1:1 das linguagens de montagem) Também chamada de tradução Realiza várias tarefas: Análise léxica Análise sintática Análise semântica Criação do código binário 13

14 Funções do Compilador Análise léxica Verificar se todos os símbolos (comandos ou não) utilizados são permitidos pela linguagem (Ex: atribuição em Pascal é :=, em C é = ) Análise sintática Verifica a estrutura de cada comando Análise semântica Análise semântica estática (regras de compilação) dos comandos Ex: Desvio para uma linha que não existe 14

15 Ligação ou Linkedição Facilidade criada para evitar que o programador precise codificar todas as operações Algumas operações já são disponibilizadas (no sistema) em código binário pelas linguagens 15 O código é buscado e integrado ao programa que está sendo desenvolvido Processo chamado de linkedição (ou ligação) realizado por um linkeditor (ou ligador)

16 Ligação ou Linkedição Exemplo de códigos (funções) existentes: Impressão, raiz quadrada, comparação de dois nomes, etc. 16 Esses códigos objetos (rotinas) são organizados em Bibliotecas Identificados pelo nome da rotina Incorporados no programa a partir de uma chamada de biblioteca

17 Processo de Linkedição 17 Código Fonte Programa original em linguagem de alto nível Compilação Compilador Código Objeto Programa em linguagem binária (arquivos.obj ) Ligação Ligador/ Linkeditor Biblioteca 1 Biblioteca 2 Biblioteca... Código Executável Programa resultante em linguagem binária (arquivos.exe ou.com )

18 Funções do Linkeditor 18 Quando o compilador encontra uma chamada à rotina de biblioteca, cria uma referência externa não resolvida Linkeditor analisa todo o código objeto procurando por referência externa não resolvida Para cada referência externa não resolvida Procura na biblioteca a rotina correspondente Quando encontra, substitui a linha de comando pelo código objeto encontrado na biblioteca

19 Execução 19 Execução propriamente dita do código executável Existem bibliotecas dinâmicas que são carregadas somente na execução Processo realizado por um programa chamado carregador (ou loader) Existem carregadores (loaders) que fazem toda a linkedição e execução ao mesmo tempo (sem armazenar código executável, ou seja, o código é gerado mas não armazenado)

20 Processo de Execução Completa 20 Código Fonte Programa original em linguagem de alto nível Compilação Compilador Código Objeto Programa em linguagem binária Ligação Ligador/ Linkeditor Biblioteca 1 Biblioteca 2 Biblioteca... Código Executável Programa resultante em linguagem binária Ligação Carregador

21 Interpretação 21 Usado por linguagens de alto nível Execução das três fases (compilação, linkedição e execução) de uma só vez Processo chamado de interpretação realizado por um programa chamado interpretador Lê comando converte em código executável executa (antes que o comando seguinte seja lido) Ex. linguagens: PHP, Python, Perl

22 Compilação X Interpretação Compilação Menor consumo de memória Utilização de partes comuns (rotinas de repetição) uma única vez 22 Interpretação Maior consumo de memória Necessidade de partes comuns (rotinas de interpretação) várias vezes Necessidade de carregar o código fonte na memória durante a execução Execução mais lenta (necessidade de tradução, linkedição e execução)

23 Etapas de desenvolvimento e execução de um programa Desenvolver o algoritmo Elaborar como solucionar passo a passo o problema Envolve o que chamamos de lógica de programação Codificar o algoritmo Escrever o algoritmo em uma linguagem de programação Interpretar ou Compilar Linkeditar Executar o programa 23

24 Linguagem C 24 É uma linguagem de alto nível com uma sintaxe bastante estruturada e flexível tornando sua programação bastante simplificada. Programas em C são compilados, gerando programas executáveis. O C compartilha recursos tanto de alto quanto de baixo nível, pois permite acesso e programação direta do microprocessador (rotinas podem ser facilmente implementadas usando instruções em Assembly).

25 Compiladores de C 25 Os mais famosos são os softwares da Borland e da Microsoft, que são bons e oferecem muitos recursos. O problema é que estes compiladores são caros e voltados principalmente para programadores experientes, que podem fazer uso dos recursos avançados destes programas.

26 Compiladores de C 26 Existem muitos compiladores de C/C++ no mercado. Para quem está ainda aprendendo existem várias opções de compiladores freeware (software livre, de graça ), por exemplo: Dev-C++, CodeBlocks, Borland C++ Compiler, etc GNU C/C++ - gcc Para nos ajudar a aprender a programar em C utilizaremos um dos mais populares compiladores freeware, o DevC++.

Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 1/21

Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 1/21 Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 Professor: Leonardo Gomes leonardog@inf.ufpr.br Universidade Federal do Paraná Brazil 2016 - Segundo semestre Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 1/21

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação aula 4 Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação Introdução à Computação 1.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) Programas Programas são seqüências de instruções

Leia mais

Linguagens de Programação

Linguagens de Programação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Linguagens de Programação DCA0800 - Algoritmos e Lógica de Programação Heitor Medeiros 1 Tópicos da aula

Leia mais

Prof. Antonio Almeida de Barros Jr. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior

Prof. Antonio Almeida de Barros Jr. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior Prof. Antonio Almeida de Barros Jr. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior Meio pelo qual se pode indicar os passos que devem ser realizados pelo computador para resolver problemas; Através da linguagem,

Leia mais

Algoritmos Computacionais

Algoritmos Computacionais UNIDADE 1 Processador e instruções Memórias Dispositivos de Entrada e Saída Software ARQUITETURA BÁSICA UCP Unidade central de processamento MEM Memória E/S Dispositivos de entrada e saída UCP UNIDADE

Leia mais

Linguagens de Programação Classificação

Linguagens de Programação Classificação Classificação Classificação A proximidade que a linguagem de programação tem com a humana determina sua classe (o nível): Linguagem de máquina (primeira geração) Linguagem assembly - de montagem (segunda

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais CAP 2: Conceitos de Hardware e Software Prof. MSc. Diego R. Moraes diegorm@anhanguera.com Download de todo conteúdo da disciplina https://sites.google.com/site/diegorafaelmoraes/downloads

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

Leia mais

Conversões de Linguagens: Tradução, Montagem, Compilação, Ligação e Interpretação

Conversões de Linguagens: Tradução, Montagem, Compilação, Ligação e Interpretação Conversões de Linguagens: Tradução, Montagem, Compilação, Ligação e Interpretação Para executar uma tarefa qualquer, um computador precisa receber instruções precisas sobre o que fazer. Uma seqüência adequada

Leia mais

Introdução. (Aula 2) Organização Estruturada de Computadores

Introdução. (Aula 2) Organização Estruturada de Computadores Introdução (Aula 2) Organização Estruturada de Computadores Introdução Arquitetura de Hardware 01- Monitor 02- Placa-Mãe 03- Processador 04- Memória RAM 05- Placas de Rede, Som, Vídeo, Fax... 06- Fonte

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Produção / Elétrica Parte 04 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti www.twitter.com/jorgecav

Leia mais

Compiladores. Introdução à Compiladores

Compiladores. Introdução à Compiladores Compiladores Introdução à Compiladores Cristiano Lehrer, M.Sc. Introdução (1/2) O meio mais eficaz de comunicação entre pessoas é a linguagem (língua ou idioma). Na programação de computadores, uma linguagem

Leia mais

Ferramentas Programação. UDESC - Prof. Juliano Maia 1

Ferramentas Programação. UDESC - Prof. Juliano Maia 1 Ferramentas Programação UDESC - Prof. Juliano Maia 1 Índice Seção 1 Linguagens de Programação Seção 2 Interpretador Seção 3 Compilador / Linkeditor Seção 4 Ambientes de Desenvolvimento UDESC - Prof. Juliano

Leia mais

Procedimentos. Sistemas de Computação

Procedimentos. Sistemas de Computação Procedimentos Chamada de Procedimentos Utilização de procedimentos: Facilitar entendimento do programa Reutilização de código Passos necessários para execução de um procedimento: Os parâmetros a serem

Leia mais

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C Profa. Elaine Faria UFU - 2017 Linguagem de Programação Para que o computador consiga ler um programa e entender o que fazer, este programa deve ser escrito

Leia mais

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Sistemas Operacionais (SOP A2)

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Sistemas Operacionais (SOP A2) Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Sistemas Operacionais (SOP A2) Conceitos de Hardware e Software Referências: Arquitetura de Sistemas Operacionais. F. B. Machado, L. P. Maia. Editora

Leia mais

3. Linguagem de Programação C

3. Linguagem de Programação C Introdução à Computação I IBM1006 3. Linguagem de Programação C Prof. Renato Tinós Departamento de Computação e Matemática (FFCLRP/USP) 1 Principais Tópicos 3. Linguagem de programação C 3.1. Conceitos

Leia mais

Algoritmos. Prof. Jonatas Bastos Site:

Algoritmos. Prof. Jonatas Bastos   Site: Algoritmos Prof. Jonatas Bastos Email: jonatasfbastos@gmail.com Site: http://jonatasfbastos.wordpress.com/ 1 Dúvidas! p p p Como os computadores entendem os algoritmo? Os computadores não entendem os passos

Leia mais

Introdução à Computação para Engenharia MAC2166 Prof. Dr. Paulo Miranda IME-USP. Aula 1 Introdução à Computação

Introdução à Computação para Engenharia MAC2166 Prof. Dr. Paulo Miranda IME-USP. Aula 1 Introdução à Computação Introdução à Computação para Engenharia MAC2166 Prof. Dr. Paulo Miranda IME-USP Aula 1 Introdução à Computação Eventos históricos: 1) Primeiro computador a válvulas, o Eletronic Numeric Integrator And

Leia mais

Introdução ao Fortran 90

Introdução ao Fortran 90 Introdução ao Fortran 90 Departamento de Física UFPel Pré-História 1943-1953: Computador com Programa Fixo ENIAC (Electronic Numerical Integrator and Computer) Início do Projeto: 1943 Projeto Completo:

Leia mais

COMPILAÇÃO. Ricardo José Cabeça de Souza

COMPILAÇÃO. Ricardo José Cabeça de Souza COMPILAÇÃO Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br Programas Código-fonte escrito em linguagem de programação de alto nível, ou seja, com um nível de abstração muito grande, mais próximo

Leia mais

Aula 23: Noções de Compilação, Montagem, Link-edição, e Interpretação

Aula 23: Noções de Compilação, Montagem, Link-edição, e Interpretação Aula 23: Noções de Compilação, Montagem, Link-edição, e Interpretação Diego Passos Universidade Federal Fluminense Fundamentos de Arquiteturas de Computadores Diego Passos (UFF) Compilação, Montagem, Link-edição,

Leia mais

Linguagens de Programação

Linguagens de Programação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Tecnologia Departamento de Computação e Automação Linguagens de Programação Professor Responsável: Luiz Affonso Henderson Guedes de Oliveira Prof.

Leia mais

a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1.

a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1. a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1. Estruturada 2. Orientada a eventos 3. Orientada a objetos d) Sistemas Operacionais

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Programação: Compiladores x Interpretadores PROF. CARLOS SARMANHO JR

Programação: Compiladores x Interpretadores PROF. CARLOS SARMANHO JR Programação: Compiladores x Interpretadores PROF. CARLOS SARMANHO JR Introdução Compiladores e interpretadores são formas de tradução de um código geralmente de alto nível (escrito em uma linguagem de

Leia mais

Máquinas. Visão geral O que você precisa Fatores de sucesso O futuro. realizar algo, precisa que alguém m lhe indique o que fazer V.V.

Máquinas. Visão geral O que você precisa Fatores de sucesso O futuro. realizar algo, precisa que alguém m lhe indique o que fazer V.V. Introdução a Programação Visão geral O que você precisa Fatores de sucesso O futuro Máquinas O O Computador é uma máquina, m que para realizar algo, precisa que alguém m lhe indique o que fazer V.V.Vilela

Leia mais

AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR

AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR ORGANIZAÇÃO E ARQUITETURA DE COMPUTADORES I AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação O QUE É UM COMPUTADOR?

Leia mais

Fundamentos de Programação 1

Fundamentos de Programação 1 Fundamentos de Programação 1 Slides N. 2 E / Prof. SIMÃO Slides elaborados pelo Prof. Robson Linhares elaborados pelo Prof. Robson Linhares http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~robson/ Jean Marcelo SIMÃO

Leia mais

Montador (assembler)

Montador (assembler) Montador (assembler) Linguagem Assembly Linguagem de máquina Montador (assembler) Traduz um programa fonte em linguagem de montagem (linguagem assembly) em um módulo-objeto (em linguagem de máquina) não

Leia mais

Olá pessoal, Hoje vamos entender os conceitos sobre linguagem de programação. Definição, tipos de linguagens e as linguagens mais utilizadas

Olá pessoal, Hoje vamos entender os conceitos sobre linguagem de programação. Definição, tipos de linguagens e as linguagens mais utilizadas Olá pessoal, Hoje vamos entender os conceitos sobre linguagem de programação. Definição, tipos de linguagens e as linguagens mais utilizadas atualmente. Uma linguagem de programação é um conjunto padronizado

Leia mais

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Edilson Hipolito da Silva edilson.hipolito@ifsc.edu.br - http://www.hipolito.info Aula 04 - Linguagens de Programação, Interpretador, compilador

Leia mais

Introdução a Ciência da Computação

Introdução a Ciência da Computação Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Santa Helena Introdução a Ciência da Computação Bacharelado em Ciência da Computação Professor : Agnaldo da Costa 1 Camadas do Usuário

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação ICC0001 Prof. Diego Buchinger

Introdução à Ciência da Computação ICC0001 Prof. Diego Buchinger Algoritmos e Linguagens de Programação Introdução à Ciência da Computação ICC0001 Prof. Diego Buchinger Conceitos Básicos Para dizer o que um computador deve fazer devemos programá-lo através de instruções

Leia mais

Estrutura e funcionamento básico de um computador

Estrutura e funcionamento básico de um computador Estrutura e funcionamento básico de um computador O que é um computador? Um computador é uma máquina composta por um conjunto de dispositivos electrónicos e electromecânicos capazes de processar informação.

Leia mais

Programação de Computadores IV. Introdução a Linguagens de Programação Simone Martins SLIDES CEDIDOS POR BRUNO MARQUES 1

Programação de Computadores IV. Introdução a Linguagens de Programação Simone Martins SLIDES CEDIDOS POR BRUNO MARQUES 1 Programação de Computadores IV Introdução a Linguagens de Programação Simone Martins simone@ic.uff.br SLIDES CEDIDOS POR BRUNO MARQUES 1 Arquitetura de programação 2 O Que é um Dado? Dado é o elemento

Leia mais

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS 782 - Programação em C/C++ - estrutura básica e conceitos fundamentais Linguagens de programação Linguagem de programação são conjuntos de palavras formais, utilizadas na escrita de programas, para enunciar

Leia mais

Compiladores I Prof. Ricardo Santos (cap 1)

Compiladores I Prof. Ricardo Santos (cap 1) Compiladores I Prof. Ricardo Santos (cap 1) Compiladores Linguagens de programação são notações que permitem descrever como programas devem executar em uma máquina Mas, antes do programa executar, deve

Leia mais

Conceitos de Linguagens de Programação

Conceitos de Linguagens de Programação Conceitos de Linguagens de Programação Aula 03 Processo de Compilação Edirlei Soares de Lima Métodos de Implementação Arquitetura de Von Neumann: A linguagem de máquina de um computador

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

INE5421 LINGUAGENS FORMAIS E COMPILADORES

INE5421 LINGUAGENS FORMAIS E COMPILADORES INE5421 LINGUAGENS FORMAIS E COMPILADORES PLANO DE ENSINO Objetivo geral Conhecer a teoria das linguagens formais visando sua aplicação na especificação de linguagens de programação e na construção de

Leia mais

Algoritmos e Técnicas de Programação Introdução Givanaldo Rocha de Souza

Algoritmos e Técnicas de Programação Introdução Givanaldo Rocha de Souza Algoritmos e Técnicas de Programação Introdução Givanaldo Rocha de Souza givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha Conceitos Lógica de Programação técnica de encadear pensamentos

Leia mais

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza.

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza. Fundamentos de Programação Turma CI-240-EST Josiney de Souza josineys@inf.ufpr.br Fundamentos de Programação CI-240-EST Tópicos da disciplina: Apresentação: modelo de um computador, algoritmos, programas,

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES AULA 03 PROFº RITIELLE SOUZA DISTRIBUIÇÃO LÓGICA DISTRIBUIÇÃO LÓGICA Arquitetura de Von Neumann Uma unidade central de processamento recebe informações através de uma unidade

Leia mais

Disciplina de Algoritmos e Programação

Disciplina de Algoritmos e Programação Disciplina de Algoritmos e Programação Atividades Plano de ensino Conteúdos da disciplina, definição das datas, critérios de avaliação e bibliografias Início da matéria Conceito e definição de algoritmos

Leia mais

Construção de Compiladores. Capítulo 1. Introdução. José Romildo Malaquias. Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2014.

Construção de Compiladores. Capítulo 1. Introdução. José Romildo Malaquias. Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2014. Construção de Compiladores Capítulo 1 Introdução José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2014.2 1/22 1 Linguagens de programação 2 Compilação 2/22 Tópicos 1

Leia mais

Ambiente de desenvolvimento

Ambiente de desenvolvimento Linguagem C Ambiente de desenvolvimento Um programa em C passa por seis fases até a execução: 1) Edição 2) Pré-processamento 3) Compilação 4) Linking 5) Carregamento 6) Execução Etapa 1: Criação do programa

Leia mais

Informática I. Aula 9. Aula 9-17/05/2006 1

Informática I. Aula 9.  Aula 9-17/05/2006 1 Informática I Aula 9 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 9-17/05/2006 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Paradigmas de Programação

Paradigmas de Programação Paradigmas de Programação Prof.: Edilberto M. Silva http://www.edilms.eti.br Aula 2 Linguagens de Programação Desenvolvimento e execução de programas Características de linguagens Execução de programas

Leia mais

Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos)

Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos) Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos) Sistema Computacional Peopleware (usuário) Software (programas) Hardware (máquina) Hardware Corresponde à parte material, aos componentes

Leia mais

Linguagem de Montagem do NeanderX

Linguagem de Montagem do NeanderX Universidade Estácio de Sá Curso de Informática Arquitetura de Computadores Linguagem de Montagem do NeanderX 11.5.2006 Geração Programa Executável Linguagens de Programação As linguagens de programação

Leia mais

Projeto de Compiladores

Projeto de Compiladores Projeto de Compiladores FIR Faculdade Integrada do Recife João Ferreira 26 e 27 de fevereiro de 2007 Agenda da Aula Revisão Linguagem de Programação Tradutores Compilador As Fases de Um Compilador Linguagem

Leia mais

9. Software de Sistema - Montadores (capítulo 9 do livro texto)

9. Software de Sistema - Montadores (capítulo 9 do livro texto) 9. Software de Sistema - Montadores (capítulo 9 do livro texto) Compiladores Programas de Aplicação Depuradores Usuário Processador de Macro Montador Programas Utilitários Ligadores Carregadores Sistema

Leia mais

Capítulo 1. Aspectos Preliminares

Capítulo 1. Aspectos Preliminares Capítulo 1 Aspectos Preliminares Tópicos do Capítulo 1 Razões para estudar conceitos de linguagens de programação Domínios de programação Critérios de avaliação de linguagens Influências no projeto de

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores. Compiladores e processamento

Arquitetura e Organização de Computadores. Compiladores e processamento Arquitetura e Organização de Computadores Compiladores e processamento Verificar a existência dos pacotes: - GCC (Gnu C Compiler); - GDB (Gnu Debuger); - Libc (blibliotecas C); - nano, vi, emacs ou outro

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES CAMPUS SANTO ANDRÉ CELSO CANDIDO SEMESTRE 2014-1 1 CONCEITOS ASSUNTOS DESTA AULA: Funcionalidades de um computador; Hardware e Software; Componentes de um computador: o CPU

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Introdução à Computação Prof. Yandre Maldonado - 1 Prof. Yandre Maldonado e Gomes da Costa yandre@din.uem.br Histórico da Computação Prof. Yandre

Leia mais

Métodos de implementação de linguagens. Kellen Pinagé

Métodos de implementação de linguagens. Kellen Pinagé Métodos de implementação de linguagens Kellen Pinagé Sumário Métodos de implementação de linguagens Compilação Interpretação pura Híbrido Métodos de implementação de linguagens Principais componentes de

Leia mais

Fundamentos de Arquiteturas de Computadores Turma :A1 Lista 3 Profa.: Simone Martins

Fundamentos de Arquiteturas de Computadores Turma :A1 Lista 3 Profa.: Simone Martins UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Fundamentos de Arquiteturas de Computadores Turma :A Lista 3 Profa.: Simone Martins. A figura abaixo mostra

Leia mais

Linguagens de Programação Aula 3

Linguagens de Programação Aula 3 Aula 3 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br Na aula passada... Classificação das LPs (nível, geração e paradigma) Paradigmas Imperativo, OO, funcional, lógico e concorrente 2/33 Na aula de hoje...

Leia mais

Aula 2 - Introdução Cleverton Hentz

Aula 2 - Introdução Cleverton Hentz Aula 2 - Introdução Cleverton Hentz Sumário de Aula } Programas } Linguagens de Programação } Formas de Estruturação de Algoritmos 2 Programas } Os algoritmos são utilizados na construção de programas

Leia mais

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Programação e Sistemas de Informação Módulo 1 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Linguagens de Programação Linguagens de Programação Uma

Leia mais

Introdução a Programação

Introdução a Programação Introdução a Programação Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida Aula 01 Informática e a Programação Roteiro Informática Pensar e Programar Atividades

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA Informática Aplicada 2009.2 Campus Angicos LISTA DE EXERCÍCIOS 01 Professor: Araken de Medeiros Santos INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores

Leia mais

Compiladores. Geração de Código Objeto

Compiladores. Geração de Código Objeto Compiladores Geração de Código Objeto Cristiano Lehrer, M.Sc. Atividades do Compilador Arquivo de origem Arquivo de destino Análise Otimização Geração de Código Intermediário Geração de Código Final Síntese

Leia mais

INF A: Introdução à programação

INF A: Introdução à programação INF1025.33A: Introdução à programação Aula 0: Aula inaugural Guilherme F. Lima Dep. Informática, PUC-Rio 2017.2 Sumário 1. Apresentação da disciplina 2. Algoritmos e computadores 3. HIP: Um computador

Leia mais

Algoritmo de Programação. Aula1

Algoritmo de Programação. Aula1 Algoritmo de Programação Aula1 Conceituação Muitas definições podem ser dadas à palavra algoritmo. Atualmente, tem-se associado algoritmo à computação, mas este não é um termo restrito à computação ou

Leia mais

Compiladores. Conceitos Básicos

Compiladores. Conceitos Básicos Compiladores Conceitos Básicos Processadores de Linguagem De forma simples, um compilador é um programa que recebe como entrada um programa em uma linguagem de programação a linguagem fonte e o traduz

Leia mais

Análise de Dados em Oc. Física

Análise de Dados em Oc. Física Análise de Dados em Oc. Física Aula 1 - Introdução Paulo S. Polito, Ph.D. polito@usp.br Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo P. S. Polito (IOUSP) Análise de Dados em Oc. Física 1 / 26 Roteiro

Leia mais

BCC201 Introdução à Programação. Prof. Saul Delabrida 2013/2

BCC201 Introdução à Programação. Prof. Saul Delabrida 2013/2 BCC201 Introdução à Programação Prof. Saul Delabrida 2013/2 Como um programa é criado? Compilação por linha de comando Introdução à linguagem C 2 Como um programa é criado? 3 Quando queremos digitar um

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Alexandre Meslin (meslin@nce.ufrj.br) Objetivo do Curso Apresentar os conceitos básicos de informática, de software e de hardware. Introduzir os conceitos relativos à representação

Leia mais

Disciplina de Introdução à Ciência da Computação Laboratório de ICC (Estatística)

Disciplina de Introdução à Ciência da Computação Laboratório de ICC (Estatística) USP - ICMC - SSC SSC 0801-1o. Semestre 2013 Disciplina de Introdução à Ciência da Computação Laboratório de ICC (Estatística) Prof. Fernando Santos Osório (Prática) / Prof. Cláudio Toledo (Teoria) Email:

Leia mais

Algoritmos - 1. Alexandre Diehl. Departamento de Física - UFPel

Algoritmos - 1. Alexandre Diehl. Departamento de Física - UFPel Algoritmos - 1 Alexandre Diehl Departamento de Física - UFPel Conceitos básicos Computador: conceito clássico (até quando????) HARDWARE (partes físicas) SOFTWARE (programas) PCF2017 2 Conceitos básicos

Leia mais

MAC2166 Introdução à Computação Aula 1 Como Funciona um Computador

MAC2166 Introdução à Computação Aula 1 Como Funciona um Computador MAC2166 Introdução à Computação Aula 1 Como Funciona um Computador Kelly Rosa Braghetto DCC IME USP 25 de março de 2014 MAC2166 Introdução à Computação Aula 1 Como Funciona um Computador DCC IME USP 1

Leia mais

Compiladores. Eduardo Ferreira dos Santos. Fevereiro, Ciência da Computação Centro Universitário de Brasília UniCEUB 1 / 38

Compiladores. Eduardo Ferreira dos Santos. Fevereiro, Ciência da Computação Centro Universitário de Brasília UniCEUB 1 / 38 Compiladores Eduardo Ferreira dos Santos Ciência da Computação Centro Universitário de Brasília UniCEUB Fevereiro, 2017 1 / 38 Sumário 1 Compiladores 2 Linguagens de programação 3 Ciência dos compiladores

Leia mais

TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA FORMA SUBSEQUENTE. Professora: Isabela C. Damke

TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA FORMA SUBSEQUENTE. Professora: Isabela C. Damke TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA FORMA SUBSEQUENTE Professora: Isabela C. Damke isabeladamke@hotmail.com Linguagem de Programação Uma linguagem de programação é um conjunto de símbolos (

Leia mais

Projeto de Algoritmos

Projeto de Algoritmos Projeto de Algoritmos Introdução aos Sistemas Computacionais Prof. Ernani Viriato de Melo / Reginaldo Costa http://www.ernani.eti.br http://reginaldofazu.blogspot.com 2º Semestre - 2008 Conceitos Básicos

Leia mais

SSC510 Arquitetura de Computadores 1ª AULA

SSC510 Arquitetura de Computadores 1ª AULA SSC510 Arquitetura de Computadores 1ª AULA REVISÃO DE ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES Arquitetura X Organização Arquitetura - Atributos de um Sistema Computacional como visto pelo programador, isto é a estrutura

Leia mais

GFM015 Introdução à Computação

GFM015 Introdução à Computação GFM015 Introdução à Computação Noções básicas sobre os componentes de microcomputadores (cont...) - Terminologia: Sw, Hw, Programas, Bit, Byte e Códigos Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/ic

Leia mais

Introdução à Programação Aula 03. Prof. Max Santana Rolemberg Farias Colegiado de Engenharia de Computação

Introdução à Programação Aula 03. Prof. Max Santana Rolemberg Farias Colegiado de Engenharia de Computação Aula 03 Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação Linguagens de Programação A primeira linguagem de programação foi criada por Ada Lovelace. Amiga

Leia mais

CES-10 Introdução à Computação. Prof. Paulo André IEC - ITA

CES-10 Introdução à Computação. Prof. Paulo André IEC - ITA CES-10 Prof. Paulo André Estrutura do Curso Conceitos Básicos de Programação Algoritmos Estruturas de Controle Comandos de Entrada e Saída e Manipulação de Arquivos Rotinas, Variáveis Estruturadas e Ponteiros

Leia mais

TCC Organização de Computadores I Turma :A1 Lista 3-GABARITO. 1. A figura abaixo mostra o diagrama da implementação para a UCP estudada em sala.

TCC Organização de Computadores I Turma :A1 Lista 3-GABARITO. 1. A figura abaixo mostra o diagrama da implementação para a UCP estudada em sala. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO TCC4.7-Organização Computadores I Turma :A Lista 3-GABARITO. A figura abaixo mostra o diagrama da implementação

Leia mais

FACULDADE BATISTA MINEIRA - CST Banco de Dados Estruturas de Dados - Variáveis

FACULDADE BATISTA MINEIRA - CST Banco de Dados Estruturas de Dados - Variáveis Variável, na Matemática, é um termo utilizado em substituição de outro, normalmente, desconhecido. É utilizado para representar um número ou um conjunto. No contexto da programação de computadores, uma

Leia mais

Aula 3 Máquina Multinível

Aula 3 Máquina Multinível Ciências da Computação Disciplina: Ciência da Computação e Profissão Professora: Simone Jaqueline Ferreira de Almeida Aula 3 Máquina Multinível Máquina Multinível - Computador Visão Tradicional de um computador:

Leia mais

Aula 02. MC Algoritmos e Programação de Computadores. Algoritmos: Definição e Exemplos.

Aula 02. MC Algoritmos e Programação de Computadores. Algoritmos: Definição e Exemplos. Aula 02 MC 102 - Algoritmos e Programação de Computadores Algoritmos: Definição e Exemplos. 2o. Sem. 2007 Algoritmos e Programação de Computadores - Turmas I J K L 1 Programação de Computadores Atividade

Leia mais

Autômatos e Linguagens

Autômatos e Linguagens Autômatos e Linguagens Eduardo Ferreira dos Santos Ciência da Computação Centro Universitário de Brasília UniCEUB Agosto, 2016 1 / 41 Sumário 1 Compiladores 2 Linguagens de programação 3 Ciência dos compiladores

Leia mais

Slides trabalhados durante a quinta aula

Slides trabalhados durante a quinta aula Slides trabalhados durante a quinta aula prática Estruturas de Controle de Fluxo 3. Laços de repetição (continuação) Exercício: Construa um algoritmo, representando-o através de um pseudocódigo e de um

Leia mais

Gerência de Memória. Execução de um Programa (1) Introdução. Introdução

Gerência de Memória. Execução de um Programa (1) Introdução. Introdução Introdução Gerência de Memória (Aula 18) Considerações: Recurso caro e escasso; Programas só executam se estiverem na memória principal; Quanto mais processos residentes na memória principal, melhor será

Leia mais

Linguagem de Programação C

Linguagem de Programação C Linguagem de Programação C Aula 08 Diogo Pinheiro Fernandes Pedrosa Universidade Federal Rural do Semiárido Departamento de Ciências Exatas e Naturais 13 de novembro de 2009 Introdução O que é uma linguagem

Leia mais

Introdução ao Python. Programa Computacional

Introdução ao Python. Programa Computacional Programa Computacional É um algoritmo escrito em uma linguagem computacional (C, Fortran, Pascal, MATLAB, Python, etc.). É a tradução do algoritmo para uma linguagem que será interpretada pelo computador.

Leia mais

Disciplina de Linguagem de Programação e Aplicações [ Eng. Elétrica / Automação ]

Disciplina de Linguagem de Programação e Aplicações [ Eng. Elétrica / Automação ] USP - ICMC - SSC SSC 0300-2o. Semestre 2013 Disciplina de [ Eng. Elétrica / Automação ] Prof. Dr. Fernando Santos Osório / PAE: Rafael Klaser (LRM / ICMC) LRM - Laboratório de Robótica Móvel do ICMC /

Leia mais

Informática: termo que provém da contração das palavras Informação. Processamento de dados: operações que se praticam com dados.

Informática: termo que provém da contração das palavras Informação. Processamento de dados: operações que se praticam com dados. Informática: termo que provém da contração das palavras Informação automática. É a ciência que estuda o tratamento automático e racional da informação. Principais funções: - desenvolvimento de novas máquinas

Leia mais

Gerência de Memória Introdução Considerações: Recurso caro e escasso; Programas só executam se estiverem na memória principal; Quanto mais processos residentes na memória principal, melhor será o compartilhamento

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web Prof. Marcelo Roberto Zorzan História do Java Origem Linguagem desenvolvida pela Sun Microsystems Sintaxe similar ao C++ Inicialmente chamada

Leia mais

Programação de Sistemas (Sistemas de Programação) Semana 10, Aula 17

Programação de Sistemas (Sistemas de Programação) Semana 10, Aula 17 PCS3616 Programação de Sistemas (Sistemas de Programação) Semana 10, Aula 17 Linguagens e Compiladores Programação em linguagem de alto nível Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Roteiro 1.

Leia mais

Arquitetura e Organização de computadores

Arquitetura e Organização de computadores Arquitetura e Organização de computadores Aula 1: Organização e evolução de computador, parte 2 Prof. MSc. Pedro Brandão Neto, pedroobn@gmail.com Sistemas de Informação - UNDB Introdução 2 Máquinas Multiníveis

Leia mais

2 Paradigmas de linguagens de programação João B. Rocha- Junior. As linguagens evoluem com o passar do tempo

2 Paradigmas de linguagens de programação João B. Rocha- Junior. As linguagens evoluem com o passar do tempo Agenda Paradigmas de Linguagens de ção joao@ecomp.uefs.br Principais paradigmas de linguagem de programação imperajvo funcional declaração Departamento de Ciências Exatas Universidade Estadual de Feira

Leia mais

Apresentação da ferramenta de programação. Comandos de entrada e saída. Prof. Alex Camargo

Apresentação da ferramenta de programação. Comandos de entrada e saída. Prof. Alex Camargo UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Apresentação da ferramenta de programação. Comandos de entrada e saída Prof. Alex Camargo alexcamargoweb@gmail.com Linguagem C A linguagem

Leia mais

Curso de C. Introdução by Arnaldo V. Moura e Daniel F. Ferber 3/10/ :43 AM

Curso de C. Introdução by Arnaldo V. Moura e Daniel F. Ferber 3/10/ :43 AM Curso de C Introdução 1 Introdução Roteiro: Recordando Algoritmos Linguagem de Programação O computador Instruções de Máquina Níveis de Abstração Compilação 2 Algoritmos Recordando: Algoritmo: conjunto

Leia mais

IFSC/Florianópolis - Programação Orientada a Objetos com Java - prof. Herval Daminelli

IFSC/Florianópolis - Programação Orientada a Objetos com Java - prof. Herval Daminelli Programa de computador sequência de comandos ou instruções executados por um computador com a finalidade de produzir um resultado e resolver um problema; Linguagem de programação método para a criação

Leia mais