OFICINA DA PESQUISA PROGRAMAÇÃO APLICADA À CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OFICINA DA PESQUISA PROGRAMAÇÃO APLICADA À CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO"

Transcrição

1 OFICINA DA PESQUISA PROGRAMAÇÃO APLICADA À CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos

2 Compiladores e Interpretadores

3 Compiladores e Interpretadores [01] Nós já sabemos que computadores só entendem linguagem binária. Desse modo, quando programamos um computador em alguma linguagem de programação, esta linguagem deve ser traduzida para uma linguagem binária. Em relação a esse processo de tradução para uma linguagem binária, existem dois tipos de linguagens: Linguagens compiladas Linguagens interpretadas Os dois tipos de linguagem tem características próprias, vantagens e desvantagens.

4 Compiladores e Interpretadores [02] Uma boa analogia para se entender o que é uma linguagem compilada é o processo de dublagem de filmes. Todos os filmes geralmente são produzidos no idioma nativo de um país. Por exemplo, os filmes e desenhos de Hollywood são produzidos em inglês, que é o idioma nativo dos EUA. Quando esse filme vai ser comercializado em um país com idioma diferente, todas as falas do filme são traduzidas, do início ao fim, em um processo chamado de dublagem. Repare que nesse processo a tradução é realizada toda de uma só vez, ou seja, todo o filme é dublado, trocando o áudio original produzido em outro idioma (que não entendemos) para um outro áudio em nosso idioma (que somos capazes de compreender).

5 Compiladores e Interpretadores [03] O processo de interpretação de linguagens de programação é diferente. Para podermos entender, uma boa analogia é a do intérprete. Imagine que você está em um país (por exemplo, a China) e não fala e nem consegue entender nada do que as pessoas dizem. Se você precisar pedir algo para uma pessoa, ela não vai te entender porque ela não fala a sua língua. Nesse caso, você vai precisar de um intérprete. Assim, cada frase que você falar para o intérprete será traduzida para o idioma do país que você está, e desse modo, você se fará entender por meio do intérprete, que traduz, em tempo real, frase após frase. Agora que aprendemos a diferença básica, vamos conhecer um pouco mais as características de cada uma.

6 Linguagens Compiladas [01] As linguagens compiladas passam por quatro etapas desde o programa escrito em uma linguagem de alto nível até a etapa em que o programa, em código de máquina, é executado pelo computador: Fase 1 Compilação: Nesta fase temos um programa escrito em uma linguagem de alto nível, que é chamado de programa fonte. Este programa fonte passa por um processo chamado de compilação, em que um programa chamado de compilador (compiler) traduz o programa fonte para um programa escrito em linguagem Assembly. O resultado final será um arquivo (não executável), geralmente com a extensão.asm (de Assembly).

7 Linguagens Compiladas [02] Fase 2 Montagem: Nesta fase temos um programa escrito em uma linguagem de baixo nível (Assembly) que, a partir de um programa chamado de montador (assembler), transforma o programa escrito em Assembly em um ou mais arquivos em linguagem de máquina. Geralmente é gerado um arquivo com o mesmo nome do arquivo em Assembly (chamado de módulo), mas com a extensão.obj, que contém cada instrução da linguagem em Assembly convertido para uma versão binária da instrução. Podem ser gerados também outros arquivos com a extensão.obj, que são rotinas em linguagem de máquina. Arquivos com a extensão.obj são associados geralmente ao Relocatable Object Code. Os outros arquivos gerados possuem informações que são necessárias para colocar as instruções corretamente na memória.

8 Linguagens Compiladas [03] Fase 3 Link-edição: Nesta fase temos um programa escrito em uma linguagem de baixo nível com a extensão.obj que juntará todas as rotinas em linguagem de máquina para serem armazenadas de forma simbólica na memória. O programa que faz isso chama-se linkeditor. O objetivo do link-editor é resolver as referências de memória, ou seja, determinar os rótulos de dados e de instruções. O link-editor também transforma o arquivo com extensão.obj em um arquivo executável (geralmente com a extensão.exe). Arquivos com extensão.exe são realocáveis na memória, ou seja, podem ser carregados em qualquer parte da memória. Arquivos executáveis com a extensão.com são absolutos, ou seja, só podem ser carregados sempre em uma localização específica de memória.

9 Linguagens Compiladas [04] Fase 4 Carregamento: Nesta fase já temos um programa executável, ou seja, basta que ele seja carregado para a memória para que seja executado. O programa responsável em carregar este arquivo para a memória a fim de ser executado faz parte do sistema operacional e é conhecido como carregador ou loader. Geralmente o carregador lê o cabeçalho do arquivo executável para determinar o tamanho dos segmentos de texto e de dados. Após essa leitura, o carregador aloca um espaço na memória grande o suficiente para o texto e os dados. Feito isso, carrega o programa (instruções e dados) na memória, inicializa os registradores do processador e começa a executar o programa.

10 Linguagens Compiladas [05] A principal vantagem das linguagens compiladas é a rapidez de execução, uma vez que o programa executável já está totalmente traduzido para linguagem de máquina. A principal desvantagem das linguagens compiladas acontece no processo de desenvolvimento do programa, pois é um processo que requer muitas modificações, e a cada modificação que é feita no código fonte do programa é necessário fazer todas as etapas de novo (compilação, montagem, link-edição e carregamento) para poder testar a modificação realizada no programa fonte. Exemplos de linguagens compiladas: C, C++, Pascal, Fortran, Delphi, Visual Basic, Objective C.

11 Linguagens Interpretadas [01] As linguagens interpretadas passam por apenas um programa entre o programa fonte e a sua execução. Este programa é chamado de interpretador, que funciona da seguinte maneira: Lê cada instrução do programa fonte; Verifica se a sintaxe está certa (se a instrução está escrita corretamente). Converte para linguagem de máquina e ordena a execução. Isto significa que o programa não fica armazenado na memória, ou seja, cada instrução é carregada na memória, e após sua execução, ela é perdida, liberando memória para a próxima instrução ser carregada e executada.

12 Linguagens Interpretadas [02] A principal vantagem das linguagens interpretadas é a economia de memória, já que apenas uma linha de instrução fica armazenada na memória de cada vez. O que ocorre é que a evolução do hardware permitiu um grande aumento da memória RAM, permitindo que os compiladores fossem usados sem problemas em microcomputadores. A principal desvantagem das linguagens interpretadas é a lentidão na execução, uma vez que um programa tem que ser traduzido sempre, linha a linha, mesmo que já tenha sido executado uma vez e não tenha modificações. Esta desvantagem também deixou de ser um problema graças à evolução do hardware, que produz processadores cada vez mais rápidos. Exemplos de linguagens interpretadas: C#, Java, Lisp, Logo, PHP, Python, Ruby, entre outras.

13 BIBLIOGRAFIA CONSULTADA FORBELLONE, André Luiz Villar. Lógica de programação: a construção de algoritmos e estruturas de dados. 3.ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, SEBESTA, Robert. W. Conceitos de linguagens de programação. 9. ed. Porto Alegre: Bookman, TANEMBAUM, Andrew S. Organização estruturada de computadores. 5. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011.

PROGRAMAÇÃO I. Introdução

PROGRAMAÇÃO I. Introdução PROGRAMAÇÃO I Introdução Introdução 2 Princípios da Solução de Problemas Problema 1 Fase de Resolução do Problema Solução na forma de Algoritmo Solução como um programa de computador 2 Fase de Implementação

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Programação de Computadores Instituto de Computação UFF Departamento de Ciência da Computação Otton Teixeira da Silveira Filho Conteúdo Alguns Conceitos sobre Linguagens Paradigmas para linguagens de Programação

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Introdução à Computação Jordana Sarmenghi Salamon jssalamon@inf.ufes.br jordanasalamon@gmail.com http://inf.ufes.br/~jssalamon Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo Agenda

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Programação de Computadores Instituto de Computação UFF Departamento de Ciência da Computação Otton Teixeira da Silveira Filho Conteúdo Alguns Conceitos sobre Linguagens Conceito de Algoritmo Pseudocódigo

Leia mais

Prof. Antonio Almeida de Barros Jr. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior

Prof. Antonio Almeida de Barros Jr. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior Prof. Antonio Almeida de Barros Jr. Prof. Antonio Almeida de Barros Junior Meio pelo qual se pode indicar os passos que devem ser realizados pelo computador para resolver problemas; Através da linguagem,

Leia mais

Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 1/21

Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 1/21 Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 Professor: Leonardo Gomes leonardog@inf.ufpr.br Universidade Federal do Paraná Brazil 2016 - Segundo semestre Aula 2 - Programação de Computadores - CI208 1/21

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Programação de Computadores Instituto de Computação UFF Departamento de Ciência da Computação Otton Teixeira da Silveira Filho Conteúdo Alguns Conceitos sobre Conceito de Algoritmo Pseudocódigo Tipos de

Leia mais

Linguagens de Programação Classificação

Linguagens de Programação Classificação Classificação Classificação A proximidade que a linguagem de programação tem com a humana determina sua classe (o nível): Linguagem de máquina (primeira geração) Linguagem assembly - de montagem (segunda

Leia mais

Compiladores. Motivação. Tradutores. Motivação. Tipos de Tradutores. Tipos de Tradutores

Compiladores. Motivação. Tradutores. Motivação. Tipos de Tradutores. Tipos de Tradutores Motivação Prof. Sérgio Faustino Compiladores Conhecimento das estruturas e algoritmos usados na implementação de linguagens: noções importantes sobre uso de memória, eficiência, etc. Aplicabilidade freqüente

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais CAP 2: Conceitos de Hardware e Software Prof. MSc. Diego R. Moraes diegorm@anhanguera.com Download de todo conteúdo da disciplina https://sites.google.com/site/diegorafaelmoraes/downloads

Leia mais

Algoritmos. Prof. Jonatas Bastos Site:

Algoritmos. Prof. Jonatas Bastos   Site: Algoritmos Prof. Jonatas Bastos Email: jonatasfbastos@gmail.com Site: http://jonatasfbastos.wordpress.com/ 1 Dúvidas! p p p Como os computadores entendem os algoritmo? Os computadores não entendem os passos

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Introdução à Computação Prof. Yandre Maldonado - 1 Prof. Yandre Maldonado e Gomes da Costa yandre@din.uem.br Histórico da Computação Prof. Yandre

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Introdução à Computação Prof. Yandre Maldonado - 1 Prof. Yandre Maldonado e Gomes da Costa yandre@din.uem.br Histórico da Computação Prof. Yandre

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Algoritmos e Programação

Leia mais

Métodos de implementação de linguagens. Kellen Pinagé

Métodos de implementação de linguagens. Kellen Pinagé Métodos de implementação de linguagens Kellen Pinagé Sumário Métodos de implementação de linguagens Compilação Interpretação pura Híbrido Métodos de implementação de linguagens Principais componentes de

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS I -CONCEITOS PRELIMINARES. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS I -CONCEITOS PRELIMINARES. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS I -CONCEITOS PRELIMINARES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO O que é programação Linguagens de Programação Paradigmas de Programação História

Leia mais

Conversões de Linguagens: Tradução, Montagem, Compilação, Ligação e Interpretação

Conversões de Linguagens: Tradução, Montagem, Compilação, Ligação e Interpretação Conversões de Linguagens: Tradução, Montagem, Compilação, Ligação e Interpretação Para executar uma tarefa qualquer, um computador precisa receber instruções precisas sobre o que fazer. Uma seqüência adequada

Leia mais

Linguagens de Programação

Linguagens de Programação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Linguagens de Programação DCA0800 - Algoritmos e Lógica de Programação Heitor Medeiros 1 Tópicos da aula

Leia mais

Programação: Compiladores x Interpretadores PROF. CARLOS SARMANHO JR

Programação: Compiladores x Interpretadores PROF. CARLOS SARMANHO JR Programação: Compiladores x Interpretadores PROF. CARLOS SARMANHO JR Introdução Compiladores e interpretadores são formas de tradução de um código geralmente de alto nível (escrito em uma linguagem de

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Produção / Elétrica Parte 04 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti www.twitter.com/jorgecav

Leia mais

Sistema Computacional

Sistema Computacional Algoritmos e Lógica de Programação Conceitos Básicos Abstração Reinaldo Gomes reinaldo@cefet-al.br O que é um? Integração de componentes atuando como uma entidade, com o propósito de processar dados, i.e.

Leia mais

Introdução. (Aula 2) Organização Estruturada de Computadores

Introdução. (Aula 2) Organização Estruturada de Computadores Introdução (Aula 2) Organização Estruturada de Computadores Introdução Arquitetura de Hardware 01- Monitor 02- Placa-Mãe 03- Processador 04- Memória RAM 05- Placas de Rede, Som, Vídeo, Fax... 06- Fonte

Leia mais

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza.

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza. Fundamentos de Programação Turma CI-240-EST Josiney de Souza josineys@inf.ufpr.br Fundamentos de Programação CI-240-EST Tópicos da disciplina: Apresentação: modelo de um computador, algoritmos, programas,

Leia mais

Algoritmos e Técnicas de Programação Introdução Givanaldo Rocha de Souza

Algoritmos e Técnicas de Programação Introdução Givanaldo Rocha de Souza Algoritmos e Técnicas de Programação Introdução Givanaldo Rocha de Souza givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha Conceitos Lógica de Programação técnica de encadear pensamentos

Leia mais

Introdução (Aula 2) Introdução Arquitetura de Hardware. Organização Estruturada de Computadores. Introdução Conceitos (2) Introdução Conceitos (1)

Introdução (Aula 2) Introdução Arquitetura de Hardware. Organização Estruturada de Computadores. Introdução Conceitos (2) Introdução Conceitos (1) Introdução Arquitetura de Hardware Introdução (Aula 2) Organização Estruturada de Computadores 01- Monitor 02- Placa-Mãe 03- Processador 04- Memória RAM 05- Placas de Rede, Som, Vídeo, Fax... 06- Fonte

Leia mais

Memória. Arquitetura de Von Neumann. Universidade do Vale do Rio dos Sinos Laboratório I Prof.ª Vera Alves 1 CPU. Unidade de controle ULA

Memória. Arquitetura de Von Neumann. Universidade do Vale do Rio dos Sinos Laboratório I Prof.ª Vera Alves 1 CPU. Unidade de controle ULA Universidade do Vale do Rio dos Sinos Laboratório I Prof.ª Vera Alves 1 Arquitetura de Von Neumann CPU Unidade de controle Unidade de entrada Unidade de saída ULA Von Neumann era um gênio. Falava muitos

Leia mais

Conceitos básicos sobre computadores (continuação)

Conceitos básicos sobre computadores (continuação) SSC0101 - ICC1 Teórica Introdução à Ciência da Computação I Conceitos básicos sobre computadores (continuação) Prof. Vanderlei Bonato Prof. Cláudio Fabiano Motta Toledo Sumário O que é um computador e

Leia mais

Introdução ao Python. Programa Computacional

Introdução ao Python. Programa Computacional Programa Computacional É um algoritmo escrito em uma linguagem computacional (C, Fortran, Pascal, MATLAB, Python, etc.). É a tradução do algoritmo para uma linguagem que será interpretada pelo computador.

Leia mais

Olá pessoal, Hoje vamos entender os conceitos sobre linguagem de programação. Definição, tipos de linguagens e as linguagens mais utilizadas

Olá pessoal, Hoje vamos entender os conceitos sobre linguagem de programação. Definição, tipos de linguagens e as linguagens mais utilizadas Olá pessoal, Hoje vamos entender os conceitos sobre linguagem de programação. Definição, tipos de linguagens e as linguagens mais utilizadas atualmente. Uma linguagem de programação é um conjunto padronizado

Leia mais

Universidade de Santa Cruz do Sul UNISC Departamento de informática COMPILADORES. Introdução. Geovane Griesang

Universidade de Santa Cruz do Sul UNISC Departamento de informática COMPILADORES. Introdução. Geovane Griesang Universidade de Santa Cruz do Sul UNISC Departamento de informática COMPILADORES Introdução geovanegriesang@unisc.br Processadores de linguagem Linguagens de programação são notações para se descrever

Leia mais

Aula 23: Noções de Compilação, Montagem, Link-edição, e Interpretação

Aula 23: Noções de Compilação, Montagem, Link-edição, e Interpretação Aula 23: Noções de Compilação, Montagem, Link-edição, e Interpretação Diego Passos Universidade Federal Fluminense Fundamentos de Arquiteturas de Computadores Diego Passos (UFF) Compilação, Montagem, Link-edição,

Leia mais

Existem três categorias principais de linguagem de programação: linguagem de máquina, linguagens assembly e linguagens de alto nível.

Existem três categorias principais de linguagem de programação: linguagem de máquina, linguagens assembly e linguagens de alto nível. Aula 3 SOFTWARE (programas) Um programa (software) consiste em uma sequência de instruções escritas numa linguagem precisa chamada linguagem de programação. Estas instruções são traduzidas em um compilador,

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Desktop

Desenvolvimento de Aplicações Desktop Desenvolvimento de Aplicações Desktop Conceitos Básicos de Programação Professor: Charles Leite O Desenvolvimento de Programas A programação consiste em indicar como o computador (hardware) deve trabalhar

Leia mais

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Edilson Hipolito da Silva edilson.hipolito@ifsc.edu.br - http://www.hipolito.info Aula 04 - Linguagens de Programação, Interpretador, compilador

Leia mais

Introdução a Ciência da Computação

Introdução a Ciência da Computação Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Santa Helena Introdução a Ciência da Computação Bacharelado em Ciência da Computação Professor : Agnaldo da Costa 1 Camadas do Usuário

Leia mais

Conceitos Básicos. Fundamentos de Programação de Computadores

Conceitos Básicos. Fundamentos de Programação de Computadores Conceitos Básicos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro Prof. Edwar Saliba Júnior Fevereiro de 2018 Unidade 01 Conceitos Básicos 1/15 Curiosidade Ranking das Linguagens

Leia mais

Ferramentas Programação. UDESC - Prof. Juliano Maia 1

Ferramentas Programação. UDESC - Prof. Juliano Maia 1 Ferramentas Programação UDESC - Prof. Juliano Maia 1 Índice Seção 1 Linguagens de Programação Seção 2 Interpretador Seção 3 Compilador / Linkeditor Seção 4 Ambientes de Desenvolvimento UDESC - Prof. Juliano

Leia mais

Introdução à Computação Parte 2

Introdução à Computação Parte 2 Introdução à Computação Parte 2 José Gustavo de Souza Paiva Computação Objetivo básico auxiliar os seres humanos em trabalhos repetitivos e bra çais, diminuindo esfor ços e economizando tempo O computador

Leia mais

Programação Básica. Introdução à programação de computadores

Programação Básica. Introdução à programação de computadores Programação Básica Introdução à programação de computadores Software x Hardware Um computador é um equipamento capaz de processar dados de entrada gerando dados de saída. Essa saída será interpretada pelo

Leia mais

Conceitos de Linguagens de Programação

Conceitos de Linguagens de Programação Conceitos de Linguagens de Programação Aula 03 Processo de Compilação Edirlei Soares de Lima Métodos de Implementação Arquitetura de Von Neumann: A linguagem de máquina de um computador

Leia mais

Compiladores. Geração de Código Objeto

Compiladores. Geração de Código Objeto Compiladores Geração de Código Objeto Cristiano Lehrer, M.Sc. Atividades do Compilador Arquivo de origem Arquivo de destino Análise Otimização Geração de Código Intermediário Geração de Código Final Síntese

Leia mais

3. Linguagem de Programação C

3. Linguagem de Programação C Introdução à Computação I IBM1006 3. Linguagem de Programação C Prof. Renato Tinós Departamento de Computação e Matemática (FFCLRP/USP) 1 Principais Tópicos 3. Linguagem de programação C 3.1. Conceitos

Leia mais

Programação Estruturada Aula - Introdução a Linguagem de Programação

Programação Estruturada Aula - Introdução a Linguagem de Programação Programação Estruturada Aula - Introdução a Linguagem de Programação Prof. Flávio Barros flavioifma@gmail.com www.flaviobarros.com.br ORGANIZAÇÃO BÁSICA DE UM COMPUTADOR 2 ORGANIZAÇÃO BÁSICA DE UM COMPUTADOR

Leia mais

Compiladores. Introdução à Compiladores

Compiladores. Introdução à Compiladores Compiladores Introdução à Compiladores Cristiano Lehrer, M.Sc. Introdução (1/2) O meio mais eficaz de comunicação entre pessoas é a linguagem (língua ou idioma). Na programação de computadores, uma linguagem

Leia mais

16. Compilação no Linux

16. Compilação no Linux 16. Compilação no Linux 16.1 Compilador X Interpretador Um código fonte pode ser compilado ou interpretado. Compiladores e interpretadores tratam o código de maneira diferente. Interpretador: Lê o código

Leia mais

OFICINA DA PESQUISA PROGRAMAÇÃO APLICADA À CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

OFICINA DA PESQUISA PROGRAMAÇÃO APLICADA À CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO OFICINA DA PESQUISA PROGRAMAÇÃO APLICADA À CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DAS LINGUAGENS

Leia mais

Linguagens de Programação

Linguagens de Programação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Tecnologia Departamento de Computação e Automação Linguagens de Programação Professor Responsável: Luiz Affonso Henderson Guedes de Oliveira Prof.

Leia mais

Aula teórica 7. Preparado por eng.tatiana Kovalenko

Aula teórica 7. Preparado por eng.tatiana Kovalenko Aula teórica 7 Tema 7. Introdução a Programação Ø Linguagens de Programação Ø LP Java ØEstrutura de um programa em Java ØIdentificadores, variáveis e constantes. ØTipos de dados básicos Preparado por eng.tatiana

Leia mais

Estrutura e funcionamento básico de um computador

Estrutura e funcionamento básico de um computador Estrutura e funcionamento básico de um computador O que é um computador? Um computador é uma máquina composta por um conjunto de dispositivos electrónicos e electromecânicos capazes de processar informação.

Leia mais

Programação de Computadores:

Programação de Computadores: Instituto de C Programação de Computadores: Introdução a Linguagens de Programação Luis Martí Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense lmarti@ic.uff.br - http://lmarti.com Seis Camadas Problema

Leia mais

AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR

AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR ORGANIZAÇÃO E ARQUITETURA DE COMPUTADORES I AULA 03: FUNCIONAMENTO DE UM COMPUTADOR Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação O QUE É UM COMPUTADOR?

Leia mais

Aula 12: Introdução à Linguagem C

Aula 12: Introdução à Linguagem C Aula 12: Introdução à Linguagem C Fernanda Passos Universidade Federal Fluminense Programação de Computadores IV Fernanda Passos (UFF) Introdução à Linguagem C Programação de Computadores IV 1 / 38 Agenda

Leia mais

a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1.

a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1. a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1. Estruturada 2. Orientada a eventos 3. Orientada a objetos d) Sistemas Operacionais

Leia mais

1.1 Linguagens de Programação

1.1 Linguagens de Programação Fundamentos Procurando fazer com que haja uma melhor compreensão para o estudo e desenvolvimento utilizando linguagens de programação, este capítulo apresenta conceitos básicos sobre como um programa pode

Leia mais

Arquitetura e Organização de computadores

Arquitetura e Organização de computadores Arquitetura e Organização de computadores Aula 1: Organização e evolução de computador, parte 2 Prof. MSc. Pedro Brandão Neto, pedroobn@gmail.com Sistemas de Informação - UNDB Introdução 2 Máquinas Multiníveis

Leia mais

Fundamentos de Programação 1

Fundamentos de Programação 1 Fundamentos de Programação 1 Slides N. 2 E / Prof. SIMÃO Slides elaborados pelo Prof. Robson Linhares elaborados pelo Prof. Robson Linhares http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~robson/ Jean Marcelo SIMÃO

Leia mais

Programação de Computadores I Introdução PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Introdução PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Introdução PROFESSORA CINTIA CAETANO Introdução Resolução de problemas Encontrar uma maneira de descrever este problema de uma forma clara e precisa. Encontremos uma seqüência

Leia mais

1 Introdução à Programação O que é? Para que serve?... 1

1 Introdução à Programação O que é? Para que serve?... 1 Nesta aula... Conteúdo 1 Introdução à Programação 1 1.1 O que é?................................. 1 1.2 Para que serve?............................. 1 2 Linguagens de programação 2 2.1 Programação estruturada........................

Leia mais

Procedimentos. Sistemas de Computação

Procedimentos. Sistemas de Computação Procedimentos Chamada de Procedimentos Utilização de procedimentos: Facilitar entendimento do programa Reutilização de código Passos necessários para execução de um procedimento: Os parâmetros a serem

Leia mais

INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO. Introdução. Sérgio Carlos Portari Júnior

INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO. Introdução. Sérgio Carlos Portari Júnior INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO Introdução Sérgio Carlos Portari Júnior Sergio.junior@uemg.br TÓPICOS ABORDADOS Comparação homem x computador Entendendo o computador Linguagens de Programação Tipos de traduções

Leia mais

Infraestrutura de Hardware. Funcionamento de um Computador

Infraestrutura de Hardware. Funcionamento de um Computador Infraestrutura de Hardware Funcionamento de um Computador Computador: Hardware + Software Perguntas que Devem ser Respondidas ao Final do Curso Como um programa escrito em uma linguagem de alto nível é

Leia mais

Patrícia de Siqueira Ramos. UNIFAL-MG, campus Varginha. 21 de Março de 2018

Patrícia de Siqueira Ramos. UNIFAL-MG, campus Varginha. 21 de Março de 2018 Introdução UNIFAL-MG, campus Varginha 21 de Março de 2018 Não existe, em geral, uma única solução para um problema Algumas soluções são melhores do que outras, sob algum critério Alguns problemas são casos

Leia mais

Arquitetura e Organização de computadores

Arquitetura e Organização de computadores Arquitetura e Organização de computadores Aula 1: Organização e evolução de computador, parte 1 Prof. MSc. Pedro Brandão Neto pedroobn@gmail.com Sistemas de Informação - UNDB Introdução Computador Digital

Leia mais

Projeto de Compiladores

Projeto de Compiladores Projeto de Compiladores FIR Faculdade Integrada do Recife João Ferreira 12 e 13 de fevereiro de 2007 Questionário 1. Em quais linguagens de programação você já programou? 2. O que você sabe sobre compiladores?

Leia mais

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Programação e Sistemas de Informação Módulo 1 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Linguagens de Programação Linguagens de Programação Uma

Leia mais

Introdução à Programação Aula 03. Prof. Max Santana Rolemberg Farias Colegiado de Engenharia de Computação

Introdução à Programação Aula 03. Prof. Max Santana Rolemberg Farias Colegiado de Engenharia de Computação Aula 03 Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação Linguagens de Programação A primeira linguagem de programação foi criada por Ada Lovelace. Amiga

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES AULA 03 PROFº RITIELLE SOUZA DISTRIBUIÇÃO LÓGICA DISTRIBUIÇÃO LÓGICA Arquitetura de Von Neumann Uma unidade central de processamento recebe informações através de uma unidade

Leia mais

Informática I. Aula Aula 18-29/10/2007 1

Informática I. Aula Aula 18-29/10/2007 1 Informática I Aula 18 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 18-29/10/2007 1 Ementa Noções Básicas de Computação (Hardware, Software e Internet) HTML e Páginas Web Internet e a Web Javascript

Leia mais

MC-102 Aula 01. Instituto de Computação Unicamp

MC-102 Aula 01. Instituto de Computação Unicamp MC-102 Aula 01 Introdução à Programação de Computadores Instituto de Computação Unicamp 2016 Roteiro 1 Por que aprender a programar? 2 Hardware e Software 3 Organização de um ambiente computacional 4 Algoritmos

Leia mais

Informática I. Aula 9. Aula 9-17/05/2006 1

Informática I. Aula 9.  Aula 9-17/05/2006 1 Informática I Aula 9 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 9-17/05/2006 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Máquinas. Visão geral O que você precisa Fatores de sucesso O futuro. realizar algo, precisa que alguém m lhe indique o que fazer V.V.

Máquinas. Visão geral O que você precisa Fatores de sucesso O futuro. realizar algo, precisa que alguém m lhe indique o que fazer V.V. Introdução a Programação Visão geral O que você precisa Fatores de sucesso O futuro Máquinas O O Computador é uma máquina, m que para realizar algo, precisa que alguém m lhe indique o que fazer V.V.Vilela

Leia mais

Montador (assembler)

Montador (assembler) Montador (assembler) Linguagem Assembly Linguagem de máquina Montador (assembler) Traduz um programa fonte em linguagem de montagem (linguagem assembly) em um módulo-objeto (em linguagem de máquina) não

Leia mais

Compiladores. Introdução

Compiladores. Introdução Compiladores Introdução Apresentação Turma Noite Continuada I 20/03 Continuada II 22/05 Atividades Regimental 05/06 Total 1 Ponto 1 Ponto 1 Ponto 7 Pontos 10 Pontos Aulas expositivas teórico-práticas Exercícios

Leia mais

Sâmia Rodrigues Gorayeb. Arquitetura de Computadores Linguagem de Máquina

Sâmia Rodrigues Gorayeb. Arquitetura de Computadores Linguagem de Máquina Sâmia Rodrigues Gorayeb Arquitetura de Computadores Linguagem de Máquina Arquitetura de Computadores Agenda: Linguagem de máquina 1. Introdução 2. Característica 3. Programas Compilados 4. Programas Interpretados

Leia mais

Introdução a Programação

Introdução a Programação Introdução a Programação Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida Aula 01 Informática e a Programação Roteiro Informática Pensar e Programar Atividades

Leia mais

Informática I. Aula 14. Aula 14-10/10/2007 1

Informática I. Aula 14.  Aula 14-10/10/2007 1 Informática I Aula 14 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 14-10/10/2007 1 Ementa Noções Básicas de Computação (Hardware, Software e Internet) HTML e Páginas Web Internet e a Web Javascript

Leia mais

AJProença, Sistemas de Computação, UMinho, 2017/18 1

AJProença, Sistemas de Computação, UMinho, 2017/18 1 Introdução aos Sistemas de Computação (3) Estrutura do tema ISC 1. Representação de informação num computador 2. Organização e estrutura interna dum computador 3. Execução de programas num computador 4.

Leia mais

IFSC/Florianópolis - Programação Orientada a Objetos com Java - prof. Herval Daminelli

IFSC/Florianópolis - Programação Orientada a Objetos com Java - prof. Herval Daminelli Programa de computador sequência de comandos ou instruções executados por um computador com a finalidade de produzir um resultado e resolver um problema; Linguagem de programação método para a criação

Leia mais

Aula 08 Introdução à Algoritmos. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes

Aula 08 Introdução à Algoritmos. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes Aula 08 Introdução à Algoritmos Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Introdução aos Algoritmos: Conceitos Iniciais; Programa

Leia mais

Computadores podem ser úteis em problemas que envolvem: Grande número de dados. Grande número de cálculos. Complexidade. Precisão.

Computadores podem ser úteis em problemas que envolvem: Grande número de dados. Grande número de cálculos. Complexidade. Precisão. O uso do computador Computadores podem ser úteis em problemas que envolvem: Grande número de dados. Grande número de cálculos. Complexidade. Precisão. Exemplos: Modelos meteorológicos. Cálculo estrutural.

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Universidade Federal do Maranhão Curso de Química Departamento de Informática Introdução à Computação Linguagem Fortran Profa. Msc. Maria Auxiliadora Freire maria@deinf.ufma.br 1 Lógica de Programação

Leia mais

Linguagem de Montagem do NeanderX

Linguagem de Montagem do NeanderX Universidade Estácio de Sá Curso de Informática Arquitetura de Computadores Linguagem de Montagem do NeanderX 11.5.2006 Geração Programa Executável Linguagens de Programação As linguagens de programação

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web Prof. Marcelo Roberto Zorzan História do Java Origem Linguagem desenvolvida pela Sun Microsystems Sintaxe similar ao C++ Inicialmente chamada

Leia mais

Programação I A Linguagem C. Prof. Carlos Alberto

Programação I A Linguagem C. Prof. Carlos Alberto Programação I A Linguagem C Prof. Carlos Alberto carlos.batista@facape.br carlos36_batista@yahoo.com.br 2 Origem A linguagem C foi desenvolvida em 1972, nos Laboratórios Bell, por Dennis Ritchie. Implementada

Leia mais

Aula 3 Máquina Multinível

Aula 3 Máquina Multinível Ciências da Computação Disciplina: Ciência da Computação e Profissão Professora: Simone Jaqueline Ferreira de Almeida Aula 3 Máquina Multinível Máquina Multinível - Computador Visão Tradicional de um computador:

Leia mais

Noções de compilação

Noções de compilação Noções de compilação Compilador: o que é, para que serve e estrutura geral Parentes do compilador e programas correlatos Prof. Thiago A. S. Pardo 1 Compilação: por que estudar? (parte 1) Compiladores:

Leia mais

Computação Eletrônica

Computação Eletrônica Computação Eletrônica Apresentação da Disciplina, Ementa, Bibliografia e Acordo Didático Prof: Luciano Barbosa Resumo da Ementa Computação Eletrônica (IF165) Carga Horária: 60h Objetivos: Ensinar lógica

Leia mais

Noções de compilação

Noções de compilação Noções de compilação Compilador: o que é, para que serve e estrutura geral Parentes do compilador e programas correlatos Prof. Thiago A. S. Pardo 1 Exercício em duplas Para esquentar... 2 1 Compilação:

Leia mais

CP Introdução à Informática Prof. Msc. Carlos de Salles

CP Introdução à Informática Prof. Msc. Carlos de Salles CP 1015.1 Prof. Msc. Carlos de Salles PROGRAMA 1. CONCEITO DE SISTEMAS 1.1 Sistemas e sua classificação 1.2 Informações e Dados 1.3 O Processamento de Dados 1.4 O Computador e sua História 2. ESTRUTURA

Leia mais

Laboratório de Programação 1 Algoritmos e a Lógica de Programação

Laboratório de Programação 1 Algoritmos e a Lógica de Programação Laboratório de Programação 1 Algoritmos e a Lógica de Programação Mário Hozano professor@hozano.com Ciência da Computação UFAL - Arapiraca Relembrando a aula anterior... O que é um algoritmo? Como é o

Leia mais

FACULDADE ZACARIAS DE GÓES SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ADRIEL ALMEIDA CAFÉ PROCESSO DE COMPILAÇÃO

FACULDADE ZACARIAS DE GÓES SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ADRIEL ALMEIDA CAFÉ PROCESSO DE COMPILAÇÃO 0 FACULDADE ZACARIAS DE GÓES SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ADRIEL ALMEIDA CAFÉ PROCESSO DE COMPILAÇÃO Valença Bahia Novembro 2010 1 ADRIEL ALMEIDA CAFÉ PROCESSO DE COMPILAÇÃO Trabalho apresentado como requisito

Leia mais

Programação de Computadores IV. Introdução a Linguagens de Programação Simone Martins SLIDES CEDIDOS POR BRUNO MARQUES 1

Programação de Computadores IV. Introdução a Linguagens de Programação Simone Martins SLIDES CEDIDOS POR BRUNO MARQUES 1 Programação de Computadores IV Introdução a Linguagens de Programação Simone Martins simone@ic.uff.br SLIDES CEDIDOS POR BRUNO MARQUES 1 Arquitetura de programação 2 O Que é um Dado? Dado é o elemento

Leia mais

Apresentação. Informação geral + Conceitos iniciais

Apresentação. Informação geral + Conceitos iniciais Apresentação Informação geral + Informação geral Página da cadeira Objectivos principais Compreender a importância dos algoritmos e dos programas de computador para a resolução de problemas em engenharia.

Leia mais

EA876 - Introdução a Software de Sistema

EA876 - Introdução a Software de Sistema A876 - Introdução a Software de Sistema Software de Sistema: conjunto de programas utilizados para tornar o hardware transparente para o desenvolvedor ou usuário. Preenche um gap de abstração. algoritmos

Leia mais

Programação Básica. Introdução à programação de computadores

Programação Básica. Introdução à programação de computadores Programação Básica Introdução à programação de computadores Software x Hardware Um computador é um equipamento capaz de processar dados de entrada gerando dados de saída. Essa saída será interpretada pelo

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação aula 4 Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação Introdução à Computação 1.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) Programas Programas são seqüências de instruções

Leia mais

Introdução ao Fortran 90

Introdução ao Fortran 90 Introdução ao Fortran 90 Departamento de Física UFPel Pré-História 1943-1953: Computador com Programa Fixo ENIAC (Electronic Numerical Integrator and Computer) Início do Projeto: 1943 Projeto Completo:

Leia mais