Ambiente de desenvolvimento

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ambiente de desenvolvimento"

Transcrição

1 Linguagem C

2 Ambiente de desenvolvimento Um programa em C passa por seis fases até a execução: 1) Edição 2) Pré-processamento 3) Compilação 4) Linking 5) Carregamento 6) Execução

3 Etapa 1: Criação do programa no editor Etapa 2: Manipulação do código pelo préprocessador Etapa 3: Criação do código objeto pelo compilador e armazenamento em disco Etapa 4: Conecta o código objeto com as bibliotecas, criando um executável e o armazena no disco Etapa 5: Traz o arquivo do disco para a memória Etapa 6: CPU pega cada instrução e a executa, armazenando novos valores como conforme a execução do programa

4 Edição Realizada pelo programador no editor do ambiente de desenvolvimento O programa é armazenado em um dispositivo de armazenamento secundário (disco rígido) com extensão.c

5 Pré-processamento e compilação A seguir, o programador emite o comando para compilar o programa O compilador traduz o programa em C para a linguagem de máquina (também chamado de código-objeto) Antes da tradução começar, o compilador aciona automaticamente o programa pré-processador O pré-processador obedece a comandos especiais chamados de diretivas de pré-processador, que indicam a realização de manipulações no programa Inclusão de outros arquivos Substituição de símbolos especiais por texto

6 Linking Programas em C normalmente contêm referências a funções definidas em bibliotecas Assim, o código-objeto produzido pelo compilador C contém lacunas devido à falta dessas funções Um linker faz a ligação do código-objeto com o código das funções que estão faltando para produzir uma imagem executável (sem lacunas) Se o programa for compilado e linkado corretamente, será produzido um arquivo executável do código inicial

7 Carregamento e execução Antes que possa ser executado pela primeira vez, o programa deve ser colocado na memória Isto é feito pelo carregador (rotina de carga ou loader), que apanha a imagem executável do disco e a transfere para a memória Finalmente, a CPU executa as instruções do programa, uma após a outra

8 Dispositivos de entrada e saída Determinadas funções do C recebem seus dados de entrada a partir do stdin (o dispositivo padrão de entrada, ou standard input device) que normalmente é definido como o teclado. Os resultados são enviados para o stdout (o dispositivo padrão de saída, ou standard output device), que normalmente é a tela do computador. Há também um dispositivo padrão de erro (standard error device) chamado stderr. Este dispositivo é usado para exibir mensagens de erro e normalmente está associado à tela.

9 Dispositivos de entrada e saída Determinadas funções do C recebem seus dados de entrada a partir do stdin (o dispositivo padrão de entrada, ou standard input device) que normalmente é definido como o teclado. Os resultados são enviados para o stdout (o dispositivo padrão de saída, ou standard output device), que normalmente é a tela do computador. Há também um dispositivo padrão de erro (standard error device) chamado stderr. Este dispositivo é usado para exibir mensagens de erro e normalmente está associado à tela.

10 Primeiro programa em C

11 Impressão de linha de texto

12 Impressão de linha de texto Comentários Texto rodeado por /* e */ é ignorado pelo computador Usado para documentar e descrever o programa #include <stdio.h> Diretiva de pré-processamento Diz para o computador carregar o conteúdo de um determinado arquivo <stdio.h> habilita as operações de entrada e saída padrão int main() Qualquer programa em C deve conter uma função main (principal) Ela indica o início da execução do programa Parentêses () indicam uma função int significa que essa função retornará um valor inteiro Chaves { e } indicam um bloco O conteúdo de qualquer função deve estar contido em chaves

13 Impressão de linha de texto printf( "Bem-vindo ao C!\n" ); Instrui o computador a realizar uma ação Qualquer instrução deve terminar com um ponto e vírgula ; Imprime a mensagem contida dentro das aspas" " Caractere de escape (\ ) o caractere \n indica que printf deve fazer algo fora do padrão Chave direita } Indica o fim de main Linker Quando uma função é chamada, o linker a localiza na biblioteca e a vincula no código-objeto Se o nome da função estiver erradon, o linker produzirá um erro porque ele não será capaz de encontrar a função na biblioteca 13

14 Boas práticas

15 Modificações

16 Modificaçãoes

17 Sequências de escape

18 Segundo programa

19 Somando dois inteiros

20 Somando dois inteiros int numero1; int numero2; int soma; Declaração de variáveis Variável: local na memória onde um valor pode ser armazenado int - palavra-chave reservada (tipo de dados) Variáveis podem assumir valores inteiros ( -1, 3, 0, 47 ) Devem ser declaradas antes de serem utilizadas em uma instrução Se uma instrução fizer referência a uma variável não declarada, será produzido um erro de sintaxe compilador não reconhece a instrução Nomes de variável (identificadores) Aceita letras, dígitos (não pode começar com um dígito) e sublinhados ( _ ) Sensível a maiúsculas e minúsculas Pode ter qualquer comprimento, porém a linguagem C reconhece apenas os 31 primeiros caracteres

21 Dicas

22 Somando dois inteiros scanf( "%d", &numero1 ); Função definida na biblioteca padrão stdio.h scanf recebe a entrada do dispositivo padrão (teclado normalmente) A função scanf possui dois argumentos: %d especificador de conversão - indica o tipo de dado aceito (d - inteiro do sistema decimal) & - operador de endereço &numero1 indica o endereço na memória atribuído à numero1 Executa operação de gravação

23 Somando dois inteiros = operador de atribuição Atribui um valor a uma variável Variável posicionada à esquerda do operador recebe o valor Soma = numero1 + numero2; Calcula a adição das variáveis numero1 e numero2 e atribui o resultado à variável soma usando o operador de atribuição A instrução é lida como: soma recebe o valor de numero1+numero2 printf( "Soma é %d\n", soma ); Função definida na biblioteca padrão stdio.h apresenta a saída no dispositivo padrão (tela normalmente) printf possui dois argumentos: String de controle de formato (" ") %d especificador de conversão - indica o tipo de dado impresso soma especifica o valor que será impresso Executa operação de leitura

24 Variáveis e memória Variáveis Nomes de variáveis correspondem à posições na memória do computador Cada variável tem um nome, um tipo e um valor A operação de gravação (através de scanf, por exemplo) substitui e destrói o valor anterior A operação de leitura não modifica o valor armazenado na variável Uma representação visual numero1 numero2 numero3

25 Aritmética em C

26 Aritmética em C Utilize * para multiplicação e / para divisão Divisão de número inteiros gera um resultado inteiro (truncamento) 7 / 4 resulta 1 17 / 5 resulta 3 Operador % retorna o resto 7 % 4 resulta 3 17 % 5 resulta 2

27 Precedência de operadores Ordem que C utiliza para avaliar expressões Alguns operadores atuam antes de outros * e / antes de + e - Avaliados da esquerda para a direita Use parênteses quando for necessário forçar a precedência Exemplo: calcular a média das variáveis a, b e c Use: (a + b + c ) / 3 Não use: a + b + c / 3 Parênteses aninhados : de dentro pra fora ((a + b) + c ) 1º 2º

28 Precedência de operadores

29 Exemplo

30 Tomada de decisão

31 Tomada de decisão Instruções realizam ações (cálculos, entrada/saída de dados) ou tomam decisões Estrutura if Toma decisões com base em uma condição Condição satisfeita as instruções no corpo de if são executadas Condição não satisfeita instrução não é executada Independentemente do resultado, execução prossegue para o próximo passo Condições são definidas com o auxílio de operadores relacionais

32 Operadores relacionais Álgebra C Exemplo em C Significado = == x == y x é igual a y!= x!= y x não é igual a y > > x > y x é maior que y < < x < y x é menor que y >= x >= y x é maior ou igual a y <= x <= y x é menor ou igual a y

33 Precedência

34

Linguagem C: Introdução

Linguagem C: Introdução Linguagem C: Introdução Linguagem C É uma Linguagem de programação genérica que é utilizada para a criação de programas diversos como: Processadores de texto Planilhas eletrônicas Sistemas operacionais

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Primeiro programa em C #include int main() { int num1, num2, result; scanf("%d",&num1); scanf("%d",&num2); result = num1 + num2; printf("%d",

Leia mais

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Métodos Computacionais Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Tópicos da Aula Hoje aprenderemos a escrever um programa em C que pode realizar cálculos Conceito de expressão Tipos de

Leia mais

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões.

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. 1 Estruturas da linguagem C 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. Identificadores Os identificadores seguem a duas regras: 1. Devem ser começados por letras

Leia mais

Introdução a Programação de Jogos

Introdução a Programação de Jogos Introdução a Programação de Jogos Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição

Leia mais

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes Introdução à Programação Introdução a Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Introdução Variáveis Tipos de dados Operadores e Expressões: Operadores

Leia mais

Linguagem C Princípios Básicos (parte 1)

Linguagem C Princípios Básicos (parte 1) Linguagem C Princípios Básicos (parte 1) Objetivos O principal objetivo deste artigo é explicar alguns conceitos fundamentais de programação em C. No final será implementado um programa envolvendo todos

Leia mais

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano O C++ foi inicialmente desenvolvido por Bjarne Stroustrup durante a década de 1980 com o objetivo de melhorar a linguagem de programação C, mantendo a compatibilidade com esta linguagem. Exemplos de Aplicações

Leia mais

11 - Estrutura de um programa em C

11 - Estrutura de um programa em C 11 - Estrutura de um programa em C directivas para o compilador { main ( ) declarações instruções } -É possível utilizar comentários, exemplo: /* Comentário */ que não são traduzidos pelo compilador, pois

Leia mais

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo Programação Básica Estrutura de um algoritmo Código-fonte Como vimos na aula anterior um algoritmo pode ser representado usando um fluxograma Um algoritmo pode também ser representado usando texto Esse

Leia mais

Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C

Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C 1 Sintaxe da linguagem C Componentes reconhecidos pela linguagem C (sintaxe da linguagem): tipos propriedades dos dados; declarações partes do programa, podendo dar significado

Leia mais

Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas 02/03/2011

Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas 02/03/2011 Estruturas de Dados Aula 2: Estruturas Estáticas 02/03/2011 Tipos Básicos Quantos valores distintos podemos representar com o tipo char? Operadores de Incremento e Decremento ++ e -- Incrementa ou decrementa

Leia mais

Aula 3. Objetivos Sequências de escapes ; Um aplicativo que adiciona inteiro; Aritmética.

Aula 3. Objetivos Sequências de escapes ; Um aplicativo que adiciona inteiro; Aritmética. Objetivos Sequências de escapes ; Um aplicativo que adiciona inteiro; Aritmética. Sequências de escape \n Nova linha. Posiciona o cursor de tela no início da próxima linha. \t Tabulação horizontal. Move

Leia mais

Estrutura do programa

Estrutura do programa Linguagem C Estrutura do programa Exemplo: #include #include main() { printf( Ola, mundo! ); system( pause ); }

Leia mais

Métodos Computacionais

Métodos Computacionais Métodos Computacionais Objetivos da Disciplina e Introdução a Linguagem C Construções Básicas Objetivos da Disciplina Objetivo Geral Discutir técnicas de programação e estruturação de dados para o desenvolvimento

Leia mais

Capítulo 2 Operadores. A função scanf()

Capítulo 2 Operadores. A função scanf() Capítulo 2 Operadores A função scanf() A função scanf() é outra das funções de E/S implementadas em todos os compiladores e nos permite ler dados formatados da entrada padrão (teclado). Sintaxe: scanf(

Leia mais

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 3 de setembro de 2010

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 3 de setembro de 2010 Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 3 de setembro de 2010 1 Introdução O objetivo desta aula prática é exercitar o uso de variáveis de vários tipos

Leia mais

ALGORITMOS 3ª Aula. 3. Introdução Tipos de dados, variáveis e operadores Tipos de dados

ALGORITMOS 3ª Aula. 3. Introdução Tipos de dados, variáveis e operadores Tipos de dados 3. Introdução Segundo alguns especialistas, qualquer programa de computador pode ser escrito utilizando apenas três estruturas básicas: Seqüência, Condição e Repetição. Isto significa que, na construção

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Engenharia de CONTROLE e AUTOMAÇÃO Introdução à Linguagem C Aula 02 DPEE 1038 Estrutura de Dados para Automação Curso de Engenharia de Controle e Automação Universidade Federal de Santa Maria beltrame@mail.ufsm.br

Leia mais

Curso de C. Introdução by Arnaldo V. Moura e Daniel F. Ferber 3/10/ :43 AM

Curso de C. Introdução by Arnaldo V. Moura e Daniel F. Ferber 3/10/ :43 AM Curso de C Introdução 1 Introdução Roteiro: Recordando Algoritmos Linguagem de Programação O computador Instruções de Máquina Níveis de Abstração Compilação 2 Algoritmos Recordando: Algoritmo: conjunto

Leia mais

Introdução à Linguagem C Variáveis e Expressões

Introdução à Linguagem C Variáveis e Expressões INF1005: Programação 1 Introdução à Linguagem C Variáveis e Expressões 08/03/10 (c) Paula Rodrigues 1 Tópicos Principais Programando em C Funções Variáveis Define Operadores e Expressões Entrada e Saída

Leia mais

Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C. DCC 120 Laboratório de Programação

Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C. DCC 120 Laboratório de Programação Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C DCC 120 Laboratório de Programação Variáveis Uma variável representa um espaço na memória do computador para armazenar um determinado tipo de dado. Em C,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S PROGRAMAÇÃO I VA R I Á V E I S, C O N S TA N T E S, O P E R A D O R E S E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S Variáveis 2 Variáveis são locais onde são armazenados os valores na memória. Toda variável é

Leia mais

A Linguagem C. A forma de um programa em C

A Linguagem C. A forma de um programa em C A Linguagem C Criada em 1972 por D. M. Ritchie e K. Thompson. Tornou-se uma das mais importantes e populares, principalmente pela portabilidade e flexibilidade. Foi projetada para o desenvolvimento de

Leia mais

Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C. Prof. Ramon Figueiredo Pessoa

Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C. Prof. Ramon Figueiredo Pessoa Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C Prof. Ramon Figueiredo Pessoa 1 Variáveis e tipos Variáveis são simplesmente posições de memória que o compilador aloca ao programa Mas quantas posições

Leia mais

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento Hello World Linguagem C printf("hello world!\n"); main é a função principal, a execução do programa começa por ela printf é uma função usada para enviar dados para o vídeo Palavras Reservadas auto double

Leia mais

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores

Variáveis, Tipos de Dados e Operadores ! Variáveis, Tipos de Dados e Operadores Engenharias Informática Aplicada 2.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) VARIÁVEL VARIÁVEL É um local lógico, ligado a um endereço físico da memória

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação aula 4 Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação Introdução à Computação 1.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) Programas Programas são seqüências de instruções

Leia mais

Introdução a Programação na Linguagem C.

Introdução a Programação na Linguagem C. Introdução a Programação na Linguagem C. Prof. Gemilson George E-mail: gemilson@geo.com.br Skype: gemilson_geo MSN: gemilsongeorge@gmail.com Facebook: facebook.com/gemilson Fone: (83)8880-2046 Blog: informaticageo.wordpress.com

Leia mais

Algoritmo e Programação Matemática

Algoritmo e Programação Matemática Algoritmo e Programação Matemática Fundamentos de Algoritmos Parte 1 Renato Dourado Maia Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Dados A funcionalidade principal de um computador

Leia mais

Material Didático Unificado. Variáveis correspondem a nomes para endereços de memória que são gerenciados pelo Scilab.

Material Didático Unificado. Variáveis correspondem a nomes para endereços de memória que são gerenciados pelo Scilab. Universidade Federal de Ouro Preto -UFOP Departamento de Computação - DECOM Comissão da Disciplina Programação de Computadores I CDPCI Programação de Computadores I BCC701 www.decom.ufop.br/bcc701 Material

Leia mais

4. Estruturas Fundamentais de Programação em C

4. Estruturas Fundamentais de Programação em C 4. Estruturas Fundamentais de Programação em C 4.1. Imprimindo Mensagens e Valores no Monitor de Vídeo A biblioteca de entrada e saída (stdio.h) possui a função printf que imprime mensagens e valores diretamente

Leia mais

CONCEITOS DE ALGORITMOS

CONCEITOS DE ALGORITMOS CONCEITOS DE ALGORITMOS Fundamentos da Programação de Computadores - 3ª Ed. 2012 Editora Prentice Hall ISBN 9788564574168 Ana Fernanda Gomes Ascênsio Edilene Aparecida Veneruchi de Campos Algoritmos são

Leia mais

Curso de C para Engenharias

Curso de C para Engenharias Aula 1 Cristiano Dalbem Dennis Balreira Gabriel Moreira Miller Biazus Raphael Lupchinski Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Informática Grupo PET Computação Primeiro Programa Hello

Leia mais

Programação: Vetores

Programação: Vetores Programação de Computadores I Aula 09 Programação: Vetores José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/62 Motivação Problema Faça um programa que leia

Leia mais

Lição 4 Fundamentos da programação

Lição 4 Fundamentos da programação Lição 4 Fundamentos da programação Introdução à Programação I 1 Objetivos Ao final desta lição, o estudante será capaz de: Identificar as partes básicas de um programa em Java Reconhecer as diferenças

Leia mais

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES Linguagem C - Introdução Linguagens de Máquina Representação numérica Difícil utilização e compreensão Específica para cada máquina Linguagens Simbólicas(Assembly)

Leia mais

system("pause"); //Envia comando para o sistema operacional solicitando parada de execução do programa } //limitador do corpo do programa

system(pause); //Envia comando para o sistema operacional solicitando parada de execução do programa } //limitador do corpo do programa Atividade Prática no Ambiente Dev C++ Para as nossas atividades práticas vamos utilizar o ambiente de desenvolvimento da Linguagem C, Dev C++, ele é bastante fácil de utilizar e com muitos recursos. Segue

Leia mais

C Operadores e Expressões

C Operadores e Expressões C Operadores e Expressões Adriano Cruz adriano@nce.ufrj.br Instituto de Matemática Departamento de Ciência da Computação UFRJ 15 de agosto de 2013 Adriano Cruz adriano@nce.ufrj.br (IM-DCC-UFRJ)C Operadores

Leia mais

INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C

INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C Aula 01 Programação em Microinformática Prof. Allbert Velleniche de Aquino Almeida E-mail: professor@allbert.com.br Site: http://www.allbert.com.br Histórico O C nasceu na década

Leia mais

Introdução a linguagem C. Introdução à Programação 06/07

Introdução a linguagem C. Introdução à Programação 06/07 Introdução a linguagem C Introdução à Programação 06/07 A LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C A linguagem C foi criada, na década de setenta, por Dennis M. Ritchie; Apesar de se considerar uma linguagem de alto

Leia mais

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero Linguagem C Prof.ª Márcia Jani Cícero A estrutura Básica de um Programa em C Consiste em uma ou várias funções ou programas. main( ) // primeira função a ser executada // inicia a função // termina a função

Leia mais

Conceitos Básicos da Linguagem C++ Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Conceitos Básicos da Linguagem C++ Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Conceitos Básicos da Linguagem C++ Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Sumário As Origens da Linguagem C++; Primeiro Programa em C++; Declaração e Leitura de Variáveis; Estruturas de Seleção; if; switch; Estruturas

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012. Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo

Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012. Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo Algoritmos e Estruturas de Dados I IEC012 Linguagem C - Guia de bolso - Prof. César Melo Histórico A linguagem C é uma linguagem de programação inventada na década de 1970 por Dennis Ritchie Brian Kennigaham.

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1. Estruturas Básicas. Aula Tópico 4

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1. Estruturas Básicas. Aula Tópico 4 Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1 Estruturas Básicas Aula Tópico 4 1 Problema 3 Exibir o maior número inteiro que pode ser representado no computador. 2 Qual o maior número inteiro? Para

Leia mais

Algoritmos: Conceitos Fundamentais. Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza

Algoritmos: Conceitos Fundamentais. Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza Algoritmos: Conceitos Fundamentais Slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza DADOS E EXPRESSÕES Uso da Informação Computador manipula informações contidas em sua memória. Classificadas

Leia mais

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 29 de agosto de 2008

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 29 de agosto de 2008 Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 29 de agosto de 2008 Introdução O objetivo desta aula prática é exercitar comandos de entrada e saída simples

Leia mais

Linguagem C. Eliane Pozzebon

Linguagem C. Eliane Pozzebon Linguagem C Eliane Pozzebon Material de Apoio de C Site da disciplina: http://www.univasf.edu.br/~eliane.pozzebon Slides de aulas Exercícios Dev-C++: um ambiente de programação interativo e gratuito para

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ Profª ª Danielle Casillo OPERADORES Um operador é um símbolo

Leia mais

Apresentação da ferramenta de programação. Comandos de entrada e saída. Prof. Alex Camargo

Apresentação da ferramenta de programação. Comandos de entrada e saída. Prof. Alex Camargo UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Apresentação da ferramenta de programação. Comandos de entrada e saída Prof. Alex Camargo alexcamargoweb@gmail.com Linguagem C A linguagem

Leia mais

Linguagem C Operadores

Linguagem C Operadores Linguagem C Operadores Objetivos Abordar os conceitos sobre os Operadores demonstrando o seu uso com exemplos para um melhor aprendizado. Pré-requisitos É necessário que o leitor tenha acompanhado o artigo

Leia mais

Matrizes em C. Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto. Universidade Federal do Paraná

Matrizes em C. Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto. Universidade Federal do Paraná em C Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto Universidade Federal do Paraná Uma matriz é uma coleção de variáveis do mesmo tipo que é referenciada por um nome comum; Em C todas as matrizes consistem

Leia mais

ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++

ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++ INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO - CMP 1060 AULA 3 ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++ 1. Constantes São valores que são mantidos fixos pelo compilador. Tipo de Dado Exemplos de Constantes char b \n \0 int 2

Leia mais

Disciplina de Algoritmos e Programação

Disciplina de Algoritmos e Programação Disciplina de Algoritmos e Programação Aula Passada Prática com declaração e inicialização de variáveis Capacidade de representação (estouro de representação) Tamanho ocupado pela variável na memória (comando

Leia mais

Introdução a Linguagem C

Introdução a Linguagem C Introdução a Linguagem C Rafael Silva Guimarães Instituto Federal do Espírito Santo rafaelg@ifes.edu.br http://rafaelguimaraes.net 22 de Dezembro de 2014 Rafael Silva Guimarães Introdução a Linguagem C

Leia mais

Lógica de Programação I. Gilson de Souza Carvalho

Lógica de Programação I. Gilson de Souza Carvalho Gilson de Souza Carvalho gaucho.gilson@hotmail.com 1. Estruturas básicas Apresentaremos um resumo com os comandos estudados para criação de algoritmos. Para utilizar estes comandos, usaremos uma sintaxe

Leia mais

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza.

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza. Fundamentos de Programação Turma CI-240-EST Josiney de Souza josineys@inf.ufpr.br Agenda do Dia Aula 3 (12/08/15) Saídas Entradas Operadores Atribuição Aritméticos Expressões Aritméticas Saída Permite

Leia mais

Resolução de Algoritmos

Resolução de Algoritmos Resolução de Algoritmos Disciplina: Algoritmos e Programação Luciano Moraes Da Luz Brum Universidade Federal do Pampa Unipampa Campus Bagé Email: lucianobrum18@gmail.com Tópicos Resolução dos exercícios

Leia mais

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Dados em Algoritmos Quando escrevemos nossos programas, trabalhamos com: Dados que nós fornecemos ao programa Dados

Leia mais

Linguagem C: Variáveis e Operadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Linguagem C: Variáveis e Operadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Linguagem C: Variáveis e Operadores Prof. Leonardo Barreto Campos Sumário Variáveis: Tipos de variáveis; Nome da variável; Palavras reservadas; A função printf(); A função scanf(); Variáveis locais; Variáveis

Leia mais

Estrutura básica de um programa Instruções do Programa Sintaxe das instruções Diretivas apenas o contexto Variáveis e Constantes Tipos e modificadores

Estrutura básica de um programa Instruções do Programa Sintaxe das instruções Diretivas apenas o contexto Variáveis e Constantes Tipos e modificadores Objetivo: Estruturar uma sequencia de comandos em Linguagem C Estrutura básica de um programa Instruções do Programa Sintaxe das instruções Diretivas apenas o contexto Variáveis e Constantes Tipos e modificadores

Leia mais

Linguagem C Operadora

Linguagem C Operadora Linguagem C Operadora Objetivos Abordar os conceitos sobre os Operadores demonstrando o seu uso com exemplos para um melhor aprendizado. Operadores Os operadores indicam ao compilador a necessidade de

Leia mais

Introdução à Programação em C (II)

Introdução à Programação em C (II) Introdução à Programação em C (II) Resumo Streams de Texto Leitura e escrita de caracteres Caracteres como números inteiros Exemplos Cópia de Ficheiros Contagem de Caracteres Contagem de Linhas Contagem

Leia mais

Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas

Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas Estrutura de um Programa em Linguagem Algorítmica Nesse curso nós vamos utilizar a linguagem algorítmica para

Leia mais

Estrutura de Programas e Tipos de Dados Simples

Estrutura de Programas e Tipos de Dados Simples SSC0101 - ICC1 Teórica Introdução à Ciência da Computação I Estrutura de Programas e Tipos de Dados Simples Prof. Vanderlei Bonato: vbonato@icmc.usp.br Prof. Claudio Fabiano Motta Toledo: claudio@icmc.usp.br

Leia mais

Português Estruturado

Português Estruturado Português Estruturado Português Estruturado Para que o algoritmo possa ser executado por uma máquina é importante que as instruções sejam corretas e sem ambigüidades. O português estruturado é, na verdade,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I. Introdução

PROGRAMAÇÃO I. Introdução PROGRAMAÇÃO I Introdução Introdução 2 Princípios da Solução de Problemas Problema 1 Fase de Resolução do Problema Solução na forma de Algoritmo Solução como um programa de computador 2 Fase de Implementação

Leia mais

Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo

Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo Este documento explica como transformar um algoritmo escrito na forma pseudocódigo

Leia mais

Projeto de Algoritmos

Projeto de Algoritmos Projeto de Algoritmos Introdução aos Sistemas Computacionais Prof. Ernani Viriato de Melo / Reginaldo Costa http://www.ernani.eti.br http://reginaldofazu.blogspot.com 2º Semestre - 2008 Conceitos Básicos

Leia mais

JAVA. Professor: Bruno Toledo

JAVA. Professor: Bruno Toledo JAVA Professor: Bruno Toledo Funcionamento de uma LP Em uma Linguagem de Programação (LP) como C e Pascal, temos o seguinte quadro quando vamos compilar um programa. Código fonte em c Teste.c Gera código

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Introdução à Linguagem C 1 Histórico da Linguagem C Criada por Denis Ritchie, na década de 1970, para uso em um computador DEC PDP-11 em Unix C++ é uma extensão da linguagem C O sistema Unix é escrito

Leia mais

100 Exercícios Teóricos não resolvidos

100 Exercícios Teóricos não resolvidos 1 GUIA DE ESTUDO LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ 100 Exercícios Teóricos não resolvidos Prof. Universitário e Consultor Silva Quiala Msc, Bsc, HND Uso exclusivo para estudantes ( Versão Adaptada) 21 de Setembro

Leia mais

Métodos Computacionais. Funções, Escopo de Variáveis e Ponteiros

Métodos Computacionais. Funções, Escopo de Variáveis e Ponteiros Métodos Computacionais Funções, Escopo de Variáveis e Ponteiros Tópicos da Aula Hoje vamos detalhar funções em C Escrevendo funções Comando return Passagem de argumentos por valor Execução de uma função

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza Universidade Federal do Espírito Santo Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza Variáveis Tipos de Dados Básicos Formação dos identificadores o nome deve começar com uma letra

Leia mais

Cerne. Conhecimento para o Desenvolvimento (21) (11) MSN:

Cerne. Conhecimento para o Desenvolvimento (21) (11) MSN: Conhecimento para o Desenvolvimento Cerne Tecnologia e Treinamento Apostila Visual C++ Express Aplicado à Eletrônica (21) 4063-9798 (11) 4063-1877 E-mail: cerne@cerne-tec.com.br MSN: cerne-tec@hotmail.com

Leia mais

Módulo 1. Introdução. AEDS I C++ (Rone Ilídio)

Módulo 1. Introdução. AEDS I C++ (Rone Ilídio) Módulo 1 Introdução AEDS I C++ (Rone Ilídio) Introdução Linguagens de Programação Fonte Compilador Executável SO I Hardware C++ - Características Evolução do C, ou seja, possui a mesma sintaxe É uma linguagem

Leia mais

Fundamentos da programação Parte - 1

Fundamentos da programação Parte - 1 Fundamentos da programação Parte - 1 1. Objetivos Nesta lição discutiremos as partes básicas de um programa em Java. Começaremos explicando as partes do programa Hello.java mostrado na última lição. Discutiremos

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação IDE Eclipse IDE (Integrated development environment) Criar um projeto

Leia mais

Estruturas de Repetição

Estruturas de Repetição Estruturas de Repetição Introdução As estruturas de repetição, permitem executar mais de uma vez um mesmo trecho de código. Trata-se de uma forma de executar blocos de comandos somente sob determinadas

Leia mais

Introdução à Programação em C

Introdução à Programação em C Introdução à Programação em C Tipos e Operadores Elementares Estruturas de Controlo Resumo Novidades em C Exemplo: Factorial Tipos de Dados Básicos Saltos Condicionais: if-then-else Valor de retorno de

Leia mais

Linguagem C Controle do Fluxo de Execução. Lógica de Programação

Linguagem C Controle do Fluxo de Execução. Lógica de Programação Linguagem C Controle do Fluxo de Execução Lógica de Programação Caro(a) aluno(a), Aqui começaremos a escrever os nossos primeiros programas em uma Linguagem de Programação. Divirta-se!!! Estrutura Seqüencial

Leia mais

Disciplina de Algoritmos e Programação

Disciplina de Algoritmos e Programação Disciplina de Algoritmos e Programação Aula Passada 1º Programa: olamundo.c #include // biblioteca padrão de E/S /* Programa Olá Mundo */ int main(void) { printf( Olá mundo\n ); //exibe Olá mundo

Leia mais

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ aula II - Variáveis e constantes. Prof.: Bruno Gomes

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ aula II - Variáveis e constantes. Prof.: Bruno Gomes Fundamentos de Programação Linguagem C++ aula II - Variáveis e constantes Prof.: Bruno Gomes 1 Variáveis Representa uma porção da memória que pode ser utilizada pelo programa para armazenar informações

Leia mais

Apêndice A. Pseudo-Linguagem

Apêndice A. Pseudo-Linguagem Apêndice A. Pseudo-Linguagem Apostila de Programação I A.1 Considerações Preliminares Os computadores convencionais se baseiam no conceito de uma memória principal que consiste de células elementares,

Leia mais

Como construir um compilador utilizando ferramentas Java

Como construir um compilador utilizando ferramentas Java Como construir um compilador utilizando ferramentas Java p. 1/2 Como construir um compilador utilizando ferramentas Java Aula 1 - Introdução Prof. Márcio Delamaro delamaro@icmc.usp.br Como construir um

Leia mais

Vetores. e o programa deverá ler os valores separadamente:

Vetores. e o programa deverá ler os valores separadamente: Vetores Vetor é um tipo de dado usado para representar uma certa quantidade de variáveis de valores homogêneos (do mesmo tipo). Imagine o seguinte problema: calcular a média das notas da prova de 5 alunos.

Leia mais

INF1007: Programação 2. 0 Revisão. 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1

INF1007: Programação 2. 0 Revisão. 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1 INF1007: Programação 2 0 Revisão 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1 Tópicos Principais Variáveis e Constantes Operadores e Expressões Entrada e Saída Tomada de Decisão Construção com laços

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Bacharelado em Ciências da Computacão Compiladores

Universidade Federal de Goiás Bacharelado em Ciências da Computacão Compiladores Universidade Federal de Goiás Bacharelado em Ciências da Computacão Compiladores 2013-2 Compilador para a Linguagem Cafezinho Especificação dos trabalhos: T2 (Geração da Representação Intermediária e Análise

Leia mais

Variáveis primitivas e Controle de fluxo

Variáveis primitivas e Controle de fluxo Variáveis primitivas e Controle de fluxo Material baseado na apostila FJ-11: Java e Orientação a Objetos do curso Caelum, Ensino e Inovação, disponível para download em http://www.caelum.com.br/apostilas/

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java Linguagem Java Objetivos Compreender como desenvolver algoritmos básicos em JAVA Aprender como escrever programas na Linguagem JAVA baseando-se na Linguagem Portugol aprender as sintaxes equivalentes entre

Leia mais

Modulo 9: Você define como éo dado... Struct e typedef

Modulo 9: Você define como éo dado... Struct e typedef PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES V - TCC- 00.323 Modulo 9: Você define como éo dado... Struct e typedef Aura -Erick aconci@ic.uff.br, erickr@id.uff.br Roteiro P1, Trabalho 5 e 6 Struct: Introdução; Criando

Leia mais

Algoritmos. Algoritmos. Linguagem de programação. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Sintaxe do comando para incluir bibliotecas no programa:

Algoritmos. Algoritmos. Linguagem de programação. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Sintaxe do comando para incluir bibliotecas no programa: Algoritmos Algoritmos Leandro Tonietto Unisinos ltonietto@unisinos.br http://www.inf.unisinos.br/~ltonietto/inf/pg1/algoritmosi_java.pdf Mar-2008 Possuem sintaxe flexível e são mais úteis para descrição

Leia mais

Introdução à Linguagem C. Adaptado de slides das Profas. Patrícia Jaques, Mônica Py, Deise Saccol e Vania Bogorny

Introdução à Linguagem C. Adaptado de slides das Profas. Patrícia Jaques, Mônica Py, Deise Saccol e Vania Bogorny Introdução à Linguagem C Adaptado de slides das Profas. Patrícia Jaques, Mônica Py, Deise Saccol e Vania Bogorny 1 Histórico da Linguagem C Criada por Denis Ritchie, na década de 1970, para uso em um computador

Leia mais

Variável. Expressões. Atribuição. Tipos básicos Declaração. Aritméticas Lógicas. Professor Leandro Augusto Frata Fernandes

Variável. Expressões. Atribuição. Tipos básicos Declaração. Aritméticas Lógicas. Professor Leandro Augusto Frata Fernandes Programação de Computadores III Aula 3 Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2011.1/tcc-03.063 Roteiro da Aula

Leia mais

Professora Martha Spalenza Professora de Informática da Faetec

Professora Martha Spalenza Professora de Informática da Faetec Algoritmos em Estrutura seqüencial 1. Tipos de dados São quatro os tipos básicos de dados, e podem assumir os seguintes valores válidos: - números inteiros: -,, -3, -2, -1, 0, 1, 2, 3,, + ; - números reais:

Leia mais

Algoritmos e Linguagem de Programação em C. Professor: Bernard Cardoso Oliveira

Algoritmos e Linguagem de Programação em C. Professor: Bernard Cardoso Oliveira Algoritmos e Linguagem de Programação em C Professor: Bernard Cardoso Oliveira E-mail: bernard_engtelecom@yahoo.com.br 21/07/2014 Conceitos Básicos - Revisão Linguagem de Programação: é um conjunto de

Leia mais

Lógica de Programação Teoria. rogerioaraujo.wordpress.com - 1

Lógica de Programação Teoria. rogerioaraujo.wordpress.com - 1 Lógica de Programação Teoria rogerioaraujo.wordpress.com twitter: @rgildoaraujo - rgildoarauj@gmail.com 1 Tópicos Algoritmos Critérios para algoritmos Regras básicas para construção de um algoritmo Forma

Leia mais

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica.

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Computação L2 Linguagem C++ ovsj@cin.ufpe.br Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Alfabeto São os símbolos ( caracteres ) permitidos na linguagem: Letras (maiúsculas e minúsculas);

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores I

Organização e Arquitetura de Computadores I Organização e Arquitetura de Computadores I Conjunto de Instruções Slide 1 Sumário Características de Instruções de Máquina Tipos de Operandos Tipos de Operações Linguagem de Montagem Slide 2 Características

Leia mais

Apostila de Fortran. É uma pseudo-linguagem a qual oferece recursos para que o programador possa codificar e testar os seus algoritmos.

Apostila de Fortran. É uma pseudo-linguagem a qual oferece recursos para que o programador possa codificar e testar os seus algoritmos. Apostila de Fortran Fortran Uma das linguagens de programação mais velhas, o FORTRAN foi desenvolvido por uma equipe de programadores conduzida por John Backus na IBM, e foi primeiramente publicada em

Leia mais