INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS INTRODUÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS INTRODUÇÃO"

Transcrição

1 INTRODUÇÃO Primeira geração - ENIAC Foi na década de 40 que surgiram as primeiras válvulas eletrônicas, o exército americano necessitava de um equipamento para efetuar cálculos de balística, foi quando se iniciaram os estudos neste sentido. Cada válvula era capaz de representar um bit de informação (somente aceita dois estados, ligada ou desligada). Os bytes eram compostos por oito válvulas. Como não se tinha muita confiança nos resultados, devido à constante queima de válvulas, cada cálculo era efetuado por três circuitos diferentes e os resultados comparados, se dois deles coincidissem, aquele era considerado o resultado certo. Portanto, por exemplo, para 2 KB de memória seriam necessárias válvulas e para três circuitos x 3 = válvulas. Os computadores eram verdadeiros monstros eletrônicos que ocupavam muito espaço e consumiam muita energia. O ENIAC (Eletronic Numerical Integrator and Computer), construído em 1948 tinha válvulas e consumia cerca de 200 quilowatts, um absurdo para a época. Comemora-se na Universidade da Pensylvania os cinqüenta anos do ENIAC, e para tal foi montado o ENIAC num chip, com as mesmas funções do original. Segunda Geração Foi em 1947 que surgiu o primeiro transistor, produzido pela BellTelephone Laboratories. Esta descoberta revolucionou a eletrônica, os circuitos passaram a consumir muitíssimo menos energia, a ocupar menos espaço, isto a um custo bem satisfatório.os transistores eram e são muito mais confiáveis que as válvulas.são feitos de cristal de silício, o elemento mais abundante na Terra. Em 1954 a Texas Instruments iniciou a produção comercial detransistores. Da mesma forma os transistores, nos circuitos digitais foram utilizados para representar os dois estados: ligado/desligado, ou seja, zero/um. Nos anos 60 e 70 devido ao emprego do transistor nos circuitos, se deu a explosão, o boom do uso de computadores. Ocupavam menos espaço e tinham um custo satisfatório. Em 1968 chegou o primeiro computador da UNICAMP, um IBM 1130, com 16KB de memória e um disco de 1 MB, foi um acontecimento, ele trabalhava com cartões perfurados. Rodava programas em ASSEMBLER, Fortran, e PL1. Para dar partida, se utilizava da console e cartões perfurados especialmente codificados, enominados cold start, funções executadas hoje pela ROM e o BIOS. Terceira geração Nos anos 60, iniciou-se o encapsulamento de mais de um transistor num mesmo receptáculo, surgiu assim o Circuito Integrado -CI, os primeiros contavam com cerca de 8 a 10 transistores por cápsula (chip). Quarta geração Em novembro de 1971, a Intel introduziu o primeiro microprocessador comercial, o 4004, inventado por três engenheiros de Intel. Primitivo aos padrões de hoje, ele continha somente transistores e executava cerca de cálculos por segundo. Nos dias de hoje, vinte e sete anos depois, um microprocessador é o produto mais complexo produzido em massa, com mais de 5.5 milhões de transistores, executando centenas de milhões de cálculos por segundo. PCXT Operando a 4.77 MHz, evoluíram para 8 MHz, 10 MHz e até 12 MHz. Os slots conhecidos como slots ISA (Industry Standard Architeture). Os microcomputadores da linha PC XT produzidos a partir de 1981durante os anos oitenta. Tinham suas Placas Mãe baseadas em diversos 1

2 microprocessadores, 8088 da Intel, os NEC V20 e os 8086 Intel. Tais placas, inicialmente eram para 8 bits e as placas operavam a 8 MHz. PC AT Os PC XTs evoluíram um pouco e surgiram os PC AT 286, um pouco mais robustos, já possuíam uma bateria que mantinha num chip, uma pequena RAM, as informações do hardware do computador e os dados do relógio calendário, mesmo quando este estivesse desligado, o CMOS. As Placas Mãe para 286 já operavam com slots duplos, para placas ISA 16 bits, porém ainda operando a 8 MHz. PC 386 A novidade, em 1990, nos PCs 386 DX era possuírem bancos de memória de 32 bits e chips VLSI ( Very Large Scale Integration ). Usavam memórias em módulos do tipo SIPP ( Single In- Line Package ) que foram rapidamente substituídas. As placas lançadas em 1992, já utilizavam módulos SIMM, (Single Inline Memory Modules) - módulo de memória RAM com fileira única de contatos alinhados -módulo de expansão de memória (1 Mb, 4 Mb, 8 Mb, etc.); pequena placa na qual são montados os chips de memória. Os módulos de 30 pinos ou vias trabalham simultaneamente com até 8 bits. Com os 386 atingindo velocidades de 20 MHz, as memórias já se tornavam lentas e para compensar esta deficiência, as placas começaram a ser produzidas com o recurso de memória cache externa, equipadas com até 32kB. PC 486 As primeiras placas dos 486, já nos anos 93 e 94, dispunham de barramento VLS (VESA Local Bus), que operavam com 32 bits, podendo transferis até 132 MB/s, bem superior aos 8 MB/s do barramento ISA. (VESA -Vídeo Eletronics Standards Association). As placas fabricadas até 1993 que utilizavam módulos, de 8 bits e 30 pinos, necessitavam de grupos de quatro para perfazer os 32 bits requeridos pelas CPU s 486.Outras placas já utilizavam blocos de 72 pinos. Pentium As placas para CPUs Pentium apresentam barramento de 64 bits e utilizam módulos de memória de 32 bits, esses módulos são utilizados dois a dois para formarem os 64 bits requeridos. Por razões técnicas, a grande dissipação do chip das CPUs, as mesmas tem contar com um microventilador acoplado para resfriá-las. Como implementações, essas placas dispõem de soquete do tipo ZIF ( Zero Insertion Force ) para o chip da CPU, barramento do tipo PCI (Periferal Component Intercinnect ) operando com 32 bits, memória cache SRAM até 512 kb em módulos do tipo COAST. COAST (Cache on a Stick), semelhantes aos módulos de memória RAM tipo SIMM. Outras implementações são as placas de interface incorporadas nas Placas Mãe. São elas: duas interfaces IDE, uma interface para drives, duas interfaces seriais e uma interface paralela. Certos fabricantes ainda fornecem placas com interfaces de som e SVGA incorporadas. Socket 7 O Socket 7 é o mais popular dentre os soquetes atuais, contém 321 pinos, opera com voltagens 2.5v e 3.3v. Aceita chips de processadores Pentium desde 75 MHz até 200 MHz K5, K6, 6x86, 6x86MX, and Pentium MMX. As placas Socket 7 geralmente incorporam reguladores de voltagem para possibilitar demandas abaixo de 3.3V. Slot 1 A Intel mudou totalmente o contexto ao lançar o uso do soquete Slot1, e alojando os processadores da linha Pentium II em placas. A vantagem foi poder colocar na mesma placa, contíguo ao chip da CPU, os módulos de memória cache. 2

3 Isto veio a possibilitar transferências de dados a altas velocidades entre a cache e a CPU. O Slot1 tem 242 pinos e opera com voltagens entre 2.8 e 3.3v. Diferenças entre microprocessadores da linha Pentium A primeira questão, e muito importante é a velocidade, ou seja a freqüência do clock interno. De certa forma, entre chips de uma mesma linha, quanto maior o clock melhor, porém outros fatores influem na velocidade do sistema como um todo. Podemos citar, o chip set, o tamanho da memória cache e quanto de memória RAM. Quinta geração. Pentium P55C ou MMX A evolução das aplicações de multimídia, envolvendo gráficos, imagens e sons tornou uma necessidade a implementação de instruções que facilitassem sua execução. Assim, a Intel adicionou ao Pentium, 57 novas instruções voltadas para este tipo de processamento, são as chamadas instruções MMX, ou seja Multimedia Extentions. São instruções que englobam várias instruções comuns, e são executadas por hardware, facilitando os produtores de software na criação de seus programas já se valendo destas novas instruções. Tais instruções propiciam um bom ganho em velocidade de processamento. O P55C apresenta uma cache interna de 32 kb, o dobro das dos Pentiums P54C. Isto pode se traduzir por uma melhoria de performance da ordem de 10% nos processamentos ditos normais, não envolvendo as funções MMX. Pentium II Engloba o poder de processamento de 32 bits do Pentium PRO, uma melhor performance nos programas de 16 bits e as facilidades do Pentium MMX, operando com clock interno de 266 MHz e até 300 MHz. Seu encapsulamento com uma cache externa ou cache 2, que contígua ao processador, facilita o gerenciamento da memória e melhora seu desempenho. Pentium II Celeron Semelhante ao Pentium II, uma opção mais barata, também operando com um clock externo de 66 MHz e um clock interno de 300 MHz, porém sem a cache 2 e as vantagens advindas da mesma. Clock e desempenho O CLOCK é o número de ciclos digitais executados a cada segundo. Um ciclo por segundo é denominado Hertz (Hz). Por exemplo, a energia elétrica da CPFL oscila a 60 HZ, ou seja, a 60 ciclos por segundo. Os clocks dos microcomputadores oscilam em milhões de Hertz, mega Hertz ou MHz. Num Pentium, por exemplo, são cerca de 300MHz, 300 milhões de ciclos por segundo, 300 milhões de instruções de um ciclo. Novas tecnologias estão possibilitando a execução de mais de uma instrução por ciclo. Assim sendo, o desempenho de um microcomputador está bastante relacionado à velocidade do seu clock, mas outras variáveis são relevantes, como: tamanho da memória, tamanho do Cache, barramentos utilizados, e o clock externo. O clock acima descrito, denominado clock interno define a velocidade com que as instruções são executadas pela CPU, ao passo que o clock externo é a velocidade com que os dados trafegam entre a CPU e as memórias e dispositivos externos. O clock externo da maioria dos micros é de 66 MHz, bastante baixa em relação ao clock interno. O circuito gerador de clock opera a 66 MHz, a freqüência do clock externo. E para suprir o clock interno se utiliza multiplicadores para compatibilizar as freqüências. Clock externo Clock interno Multiplicador 66 MHz 166 MHz 2.5 x 66 MHz 200 MHz 3. x 66 MHz 233 MHz 3.5 x 3

4 66 MHz 266 MHz 4. x 66 MHz 300 MHz 4.5 x 100 MHz 300 MHz 3. x A maioria das placas dispõem de conjuntos chaves especiais para a configuração deste fator de multiplicação. Cache primária ou cache nível 1 Com a evolução da velocidade dos microprocessadores em relação à das memórias externas, já no tempo dos 486 foi detectada a necessidade de se implementar algo para resolver o problema. A solução foi instalar uma pequena quantidade de RAM de alta velocidade no chip do microprocessador, acelerando assim o desempenho das memórias externas. A esta memória deu-se o nome de CACHE. A cache de um 486 era de 8kB, a de um Pentium MMX é de 32 kb. O ganho de velocidade não é proporcional ao aumento da memória cache. Cache secundária Além da memória cache interna implementada nos Chips dos microprocessadores como os da linha 386, 486 e Pentium da Intel, a maioria das placas possui memória cache, que é denominada cache externa, formada por chips do tipo SRAM síncrona. O uso de caches externas facilita o desempenho dos microprocessadores. Memórias As memórias dos computadores são uma parte muito importante no seu funcionamento e performance. Elas estão intimamente ligadas ao processador,chipset, placa mãe e cache.principais fatores de sua importância: 1. Performance: o quanto de memória que se utiliza afeta dramaticamente a performance de um sistema inteiro; 2. Integridade: memórias ruins podem gerar problemas misteriosos; 3. Expansão: a maioria dos softwares demandam mais e mais memórias e o fato de poder trocá-las por outras de maior capacidade é bastante considerável. RAM Uma RAM (Random Access Memory), memória de acesso aleatório. Aleatório significa que o acesso é direto, por exemplo para trazer informação da memória numero não é necessário primeiro ler tudo que tem nas primeiras 7 milhões de posições anteriores, senão que vá instantaneamente à posição indicada como se esta fosse a primeira. Nas operações de leitura e escrita, cada posição de memória é endereçável, isto é, cada vez que uma posição de memória precisa ser preenchida, apagada ou lida, o respectivo endereço deve ser fornecido na entrada de endereços da memória. Eletricamente as memórias RAM são memórias voláteis, (quando se desliga, perdem toda a informação). Existem placas de memórias organizadas segundo diferentes comprimentos de palavra. Esta organização é normalmente simbolizada através de um sinal X. Por exemplo, uma RAM de 1M x 32 é uma memória que tem 32 bits para entrada e saída de dados, que em paralelo atuam sobre uma das 1M palavras armazenadas, palavra esta escolhida pela entrada de endereços. Assim sendo, os programas necessariamente devem estar gravados em discos, fitas, etc. A CPU usa a memória RAM para armazenar e executar programas contidos nos discos, para ler e gravar dados que estão sendo processados sua principal propriedade é sua velocidade. ROM As memórias do tipo ROM são usadas em situações onde os dados devem ser mantidos permanentemente e seus dados não podem ser corrompidos. A memória ROM ( Read Only Memory ) 4

5 que a rigor deveria se chamada Read Only RAM, por ser uma memória de acesso aleatório porém não volátil. As informações nelas contidas são gravadas pelo fabricante por meio de uma máscara, de acordo com o pedido do cliente. Se por um lado, uma ROM não perde os seus registros quando ocorre a falta de energia, por outro lado não é alterável. Trata-se de uma memória permanente. Nestas memórias são colocados por exemplo os programas básicos do SO, pois no momento em que a maquina é ligada, estes programas são executados. Memória cache Com a evolução, a cache primária já não estava sendo suficiente para compatibilizar as velocidades entre as memórias e os microprocessadores, e a performance total estava sendo comprometida. Como resultado passou-se a utilizar um cache externo, algumas placas dispõem de uma cache de 512 kb. Bateria As baterias usadas nas placas de CPU duram geralmente entre dois e três anos, sendo responsáveis por manter os dados de configuração de hardware no chip de CMOS e o funcionamento do relógio permanente. Atualmente são utilizadas baterias de lítio, menores e mais confiáveis. BIOS O BIOS (Basic Input- Output System) é um pequeno programa armazenado em um chip de memória ROM da placa de CPU. Ele é responsável por acordar o computador. Assim que um computador é ligado o BIOS começa suas atividades, contar e verificar a memória RAM, inicializar dispositivos, e o principal, dar início ao processo de boot. Boot é a operação de passagem do sistema operacional do disco onde se encontra para a memória do computador.mesmo após o Boot, o BIOS continua funcionando, fornecendo parâmetros e configurações ao sistema operacional armazenados no CMOS quando do CMOS Setup. UPGRADE do BIOS Nos computadores mais novos o BIOS está gravado em uma memória do tipo Flash EPROM. Nestes equipamentos pode-se executar um utilitário para realizar o upgrade do BIOS. Tratase de uma operação bastante simples, o software executa tudo para você. Porém, as instruções devem ser muitas bem entendidas e seguidas. Qualquer erro poderá ser fatal e o computador poderá não inicializar mais. Barramentos Os barramentos são denominados BUS, ou seja, ligações para transporte de dados através das quais todas as unidades principais do computador são interligadas. Pelo BUS, estas unidades recebem dados, endereços de memória, sinais de controle e energia. Placas de expansão Placas de expansão são pequenas placas conectadas à placa mãe e que se prestam para propósitos os mais variados. As mais comuns são as placas de vídeo, placa modem, placa de rede, etc. Slots Slots são conectores para se encaixar as placas de expansão de um micro, ligando-as fisicamente aos barramentos por onde trafegam dados e sinais. Podemos citar, placas de vídeo, placas de fax/modem, placas de som, placas de interface de rede, etc. Slots ISA Os slots ISA, ligados a barramentos ISA (Industry Standard Architeture) foram criados em 1981, ainda nos tempos dos 486DX, operam com 16 bits e a um clock de 8MHz. A cada transferência 5

6 de dados em um barramento ISA, herança do passado, tem que ser usado um ciclo de Wait State, o que resulta numa taxa da transferência de 8MB/s, a velocidade das placas da época. Slots VESA Os slots VESA (Vídeo Eletronics Standard Association) ligados à barramentos VEAS., são uma interface bastante rápida, desenvolvida para receber principalmente placas de vídeo. Estão ligados diretamente ao barramento interno das CPUs, daí o nome VESA-LOCAL BUS. Conseguem transferir até 132MB/s. Slots PCI Mais atual que o barramento ISA, o barramento PCI (Periferal Component Interconnect),e por conseguinte os Slots PCI operam com 32 bits. Transferem dados com uma freqüência de 33 MHz, resultando em transferências de até 132 MB/s. Podendo e vir a operar com 64 e até 128 bits. Slots AGP O barramento AGP (Acelerated Graphics Port) foi lançado pala INTEL com o especial objetivo de melhorar o desempenho das placas de vídeo de micros utilizando o Pentium II. Fisicamente o slot AGP é um pouco diferente dos demais quanto ao encaixe, para evitar equívocos, somente aceita placas de tecnologia AGP. O barramento AGP transfere dados a 133 MHz, ou seja quatro vezes mais rápido que o PCI. O padrão AGP por ter sido desenvolvido pela Intel, tem incorporado um recurso denominado DIME (Direct Memory Execution). Isto propicia que as texturas a serem aplicadas nas imagens geradas pelas placas de 3D possam ficar armazenadas na RAM da placa da CPU e automaticamente são transferidos para a placa de vídeo. Somente os chipsets i440lx e i440bx são capazes de suportar barramento AGP. Certos chips de placas SVGA AGP podem ser usados no modo X2, e com isto, operarem a uma taxa de transferência de dados de 532. Comparação de desempenho quanto a taxas de transferência: BARRAMENTO NUM. BITS CLOCK TAXA ISA 16 8 MHz 8 MB/s PCI MHz 132 MB/s AGP X MHz 266 MB/s AGP X MHz 532 MB/s Placas Plug and Play Primeiramente, é necessário que tanto sistema operacional instalado no equipamento esteja orientado para plug and play, quanto o hardware e o BIOS. Também as placas e dispositivos a serem instalados deverão ser compatíveis com PnP, senão não serão reconhecidos pelo sistema operacional. O sistema PnP surgiu no início de 1995, os drivers dos dispositivos requerem 32 bits. O barramento PCI foi projetado tendo o PnP como uma de suas facilidades. Um sistema operacional PnP faz a varredura de todo o sistema do microcomputador toda vez que executa o boot, e determina as necessidades de cada dispositivo. Então ele procura por dispositivos não PnP ( legacy devices) os quais não podem ter sua configuração modificada por software. O sistema operacional tenta configurar os dispositivos PnP considerando primeiramente as configurações dos dispositivos não PnP instalados, nem sempre dá certo. Como se processa: 1. O sistema operacional cria uma tabela dos recursos disponíveis, incluindo IRQ s, DMA s e endereços de I/O, mas não incluindo aqueles requeridos pelos dispositivos de sistema 2. O Sistema Operacional então determina quais são os dispositivos PnP e os não PnP e os identifica. 3. Carrega o ultimo ESCD, ou Extended System Configuration Data. 6

7 4. Compara o ultimo ESCD com a configuração atual, se igual, todo bem, senão continua. 5. Reconfigura o ESCD. Verifica a tabela de recursos criadas no passo 1, ignora os assinalamentos sendo utilizados pelos dispositivos anteriormente instalados (o legado anterior), e assinala os recursos disponíveis para os dispositivos PnP. 6. Salva o nove ESCD e escreve a mensagem Updating ESCD Successful Discos Rígidos HD Basicamente, trilhas setores e cilindros são divisões dos um dos pratos de um HD. Uma trilha é um anel concêntrico ao longo do prato, contendo as informações. Cada HD é composto por dois ou mais pratos, armazenando dados em ambas as faces do prato, a um conjunto de trilhas alinhadas concentricamente dá se o nome de cilindro. Como as trilhas dos HDs são grandes, cada uma delas é dividida em setores, os setores são fatias de uma trilha. Diferentes HDs tem diferentes números de trilhas. A cada setor é dada uma identificação durante a formatação, para ajudar ao controladora a encontrar o setor apropriado que esteja procurando. O número dos setores é escrito no início e no final de cada setor, denominados prefixo e sufixo do setor. Esta identificação demanda espaço num HD, daí a diferença entre sua capacidade, não formatado e formatado. A formatação dos HD s São duas as formas de se formatar um HD, a formatação física ou de baixo nível e a formatação lógica ou de alto nível. Ambas são executadas para a preparação de um HD para uso. A formatação lógica define áreas de dados, cria as trilhas, separa os setores e coloca os números de identificação dos setores, os ID numbers. Setup manual de drives Se o BIOS de seu computador não suportar auto detecção, ou se por outra razão você desejar fazê-lo manualmente, leia atenciosamente o manual de informação do HD Você deverá saber pelo menos as seguintes informações: Número de cilindros Número de cabeças Setores por trilha Após isto deverá registrar os dados na ROM de seu computador, anotando em lugar seguro o registro destas configurações para o caso da bateria se acabar e corromper os dados, impossibilitando o acesso aos dados do disco. Os componentes dos computadores estão se tornando cada vez compactos, com nano componentes. Principalmente nos meses mais secos do ano onde a umidade está abaixo de 50%, a possibilidade de se ter descargas eletrostáticas é bastante grande, atingindo centenas e até milhares de volts. Tais descargas causam danos irreversíveis nos componentes eletrônicos. Apenas um toque poderá causar danos definitivos ou danos parciais, responsáveis por funcionamentos intermitentes. Deve-se evitar tocar os componentes, circuitos ou contatos metálicos de uma placa ou dispositivos, procurando segurá-los pela carcaça ou pelas bordas. O mais recomendado é o uso de pulseiras conectadas à carcaça dos equipamentos, descarregando assim a eletricidade estática. Outro expediente, um paliativo é segurar durante algum tempo a carcaça do equipamento antes de se manipular os dispositivos ou placas, o que deve ser repetido a cada 15 minutos.è importante que o cabo equipamento esteja conectado á rede elétrica para garantir o aterramento quando estivermos efetuando a descarga eletrostática. Instalando Drives As modernas placas mãe dos microcomputadores tem duas interfaces IDE, comportando dois dispositivos cada. Instalar novos drives, de certa forma é uma operação bastante fácil desde que se tome os devidos cuidados. Dentre eles, antes de mais nada é necessário se verificar a disponibilidade de um conector vago nos cabos de conexão. Os micros geralmente vêm com um cabo comportando somente um dispositivo. Assim sendo é preciso providenciar um cabo com dois conectores. Se o micro tiver somente um drive de disco e se pretender substituí-lo, é necessário que se tenha um disquete com o sistema operacional para o boot. Também, e isto é bastante importante, 7

8 é preciso saber se o disquete funciona. É com ele que se irá configurar o novo drive, alias, sempre é bom termos um disquete de sistema para alguma emergência, não toma muito tempo e poupa muitos dissabores. QUESTÕES CESPE Questões de 1 a 5 Em uma empresa de advocacia, com o escritório-sede no Rio de Janeiro e filiais em sete outras capitais - um escritório por capital -, será implantado um sistema de gerenciamento que permita armazenar e manipular as informações relacionadas aos processos de seus clientes, tanto os já encerrados quanto os em andamento. O sistema deverá funcionar da seguinte forma: em cada escritório (da sede ou das filiais) haverá um equipamento (servidor) contendo um banco de dados para armazenar todas as informações relativas aos processos específicos daquele escritório; a cada servidor, será conectada, por meio de uma LAN, uma quantidade de computadores igual ao número de empregados do escritório, devendo formar, naquele escritório, uma Intranet; o acesso às informações de um escritório a partir de outro será realizado por meio da Internet, em uma rede dialup, utilizando sistema de segurança específico. O único computador que deverá ter acesso direto à Internet é o servidor. A compra de todo o material necessário será realizada em uma empresa especializada, que possui as seguintes opções de equipamentos para a venda. Opção I - Desktop Processador Intel Celeron de 1 GHz SDRAM de 128 MB de 100 MHz Winchester de 20 GB Ultra ATA CD-ROM de 48 Placa de vídeo 3D AGP Monitor de 15" Microsoft Windows Millenium Microsoft Works 2000 Opção II - Desktop Processador Intel Pentium 4 de 1,5 GHz SDRAM de 64 MB de 133 MHz Winchester de 20 GB Ultra ATA CD-ROM de 48 Placa gráfica de 16 MB AGP Monitor de 15" Microsoft Windows XP Microsoft Works 2000 Opção III - Desktop Processador Intel Pentium 4 de 2 GHz SDRAM de 64 MB de 133 MHz Winchester de 20 GB Ultra ATA DVD de 16 Placa gráfica de 32 MB AGP Monitor de 15" Microsoft Windows XP Microsoft Works 2000 Opção IV servidor Processador Intel Pentium III de 1 GHz RAM de 256 MB Winchester de 40 GB IDE ATA 1. Independentemente da configuração das máquinas, se a empresa possui 100 empregados, distribuídos entre os escritórios da sede e das filiais, então, para que o sistema de informação que se deseja implantar possa funcionar adequadamente, deverão ser adquiridas e instaladas nos computadores e servidores, ao todo, 100 placas de fax/modem e 8 placas de rede. 2. Apesar de as opções II e III constituírem configurações de melhor desempenho, comparadas à opção I, a escolha da configuração I para a formação da Intranet, ou seja, para uso por parte dos empregados da empresa, é mais acertada devido às características do tipo de processamento de 8

9 informação a ser realizado, que exige maior capacidade de armazenamento de dados que velocidade de processamento. 3. Na configuração do servidor mostrada na opção IV, a compra do winchester é desaconselhada, já que, sem winchester, a invasão do sistema por hackers seria impossível. 4. Para o sistema funcionar adequadamente, os recursos do Windows para o compartilhamento de uma conexão à Internet com vários computadores em uma Intranet podem ser utilizados. Nesse caso, cada servidor fará a comunicação com a Internet, e as solicitações de outros computadores na rede interna serão direcionadas para a Internet por meio do servidor, que será o único computador visível à Internet. 5. Uma vez que os computadores serão conectados em rede e, portanto, terão a facilidade de acessar e transferir arquivos entre eles, é recomendável que eles tenham instalados utilitários específicos para a Web, como, por exemplo, o Microsoft Access, para a compactação e edição de arquivos com imagens. Com relação a itens de hardware de computadores pessoais e a periféricos desse tipo de computador, julgue os itens que se seguem. 6. Caso um usuário deseje salvar um arquivo que, depois de passar por compressão no programa WinZip, tenha o tamanho de 28 MB, ele poderá fazê-lo em um disquete de 3½" do tipo mais comumente usado em computadores pessoais. 7. Diversos discos rígidos atuais têm a capacidade de armazenamento de dados superior a 40 milhões de bytes. 8. Atualmente, a capacidade máxima de memória RAM desses computadores é igual a 1GB. Um usuário utiliza, em seu local de trabalho, um computador PC com processador Pentium 4 de 3 GHz de clock. A sua capacidade de memória RAM é igual a 128 MB e a de disco rígido é igual a 40 GB. No que se refere ao computador descrito acima, julgue os itens seguintes. 9. As informações apresentadas permitem concluir que o computador tem capacidade para realizar 3 bilhões de operações por segundo. 10. Caso a quantidade de memória RAM do computador seja dobrada, é possível que o tempo de processamento de dados de determinadas tarefas seja reduzido. 11. O disco rígido do computador é capaz de armazenar uma quantidade máxima de 40 bilhões de bytes. 12. O ato de se realizar mais de uma cópia de segurança de um arquivo pode diminuir a possibilidade de perda desse arquivo. O ato de se guardarem em locais diferentes os dispositivos em que foram realizadas as cópias pode diminuir ainda mais essa possibilidade de perda. 13. Por usar tecnologia magnética, o disquete de 3½", muito usado atualmente, permite o armazenamento de uma quantidade de dados maior que o CD do tipo R/W. 14. O termo hardware é usado para designar o conjunto de programas instalados no computador que permite a execução de diversas tarefas. 9

10 15. Um usuário digita um texto em um processador de textos e salva o arquivo no Winchester com o nome de carta.doc. No caso, o arquivo salvo pelo usuário é um software. GABARITO CESPE QUESTÕES RESPOSTAS F F F F F F V F F V F V F F V QUESTÕES ESAF 1. Na seguinte especificação de um computador - Pentium III 550 Mhertz, 128 MB, HD de 8 GB, Cache 512 K - é correto afirmar que A. 550 Mhertz refere-se à BIOS B. HD de 8 GB refere-se ao processador C. Pentium III refere-se ao clock D. 128 MB refere-se à memória RAM E. Cache de 512 K refere-se ao disco rígido 2. As tecnologias de impressoras, em ordem crescente de custo, são: A. matricial, laser colorida, jato de tinta B. matricial, jato de tinta, laser C. jato de tinta, matricial, laser D. matricial, laser, jato de tinta colorida E. matricial, laser colorida, jato de tinta colorida 3. Um exemplo de periférico de entrada para ambientes gráficos é o(a) A. monitor de vídeo. B. impressora laser. C. impressora de jato de tinta. D. mouse. E. drive de CD-ROM. 4. Em um computador, o local onde os dados são manipulados é denominado A. BIOS. B. barramento. C. memória. D. CPU. E. periférico. 5. O sistema de arquivos mais comum de um CDROM é o A. CDR B. CDRW C. FAT D. NTFS E. CDFS 10

11 6. Analise as seguintes afirmações relativas a componentes básicos de um computador. I. A memória RAM pode ser lida ou gravada pelo computador e outros dispositivos. II. A memória virtual é utilizada para armazenamento temporário, visando à execução de programas que precisam de mais memória, além da principal. III. Paginar significa mover as partes da memória ROM usadas com pouca freqüência como memória de trabalho para outra mídia armazenável, geralmente o CD-ROM. IV. As memórias ROM e Cache têm a mesma velocidade de acesso em computadores mais modernos, desde que o processador tenha sido configurado para utilizar a memória virtual como intermediária entre a memória RAM e o HD. Indique a opção que contenha todas as afirmações verdadeiras. A. I e II B. II e III C. III e IV D. I e III E. II e IV GABARITO ESAF QUESTÕES RESPOSTAS D B D D E A QUESTÕES FCC, CESGRANRIO, UFRJ, CONSULTEC 1. (TJ-PE FCC) Alternativamente, o salvamento do arquivo pelo editor de textos poderá A. ser feito na RAM. B. ser realizado na EPROM. C. ocorrer tanto no disco rígido quanto em uma mídia removível. D. ser realizado diretamente em um slot da placa-mãe. E. ser realizado na ROM. 2. (TRE-RN FCC) Memória de alta velocidade, normalmente composta por registradores, que contribui para aumento de velocidade em operações repetidas: A. Disco óptico. B. RAM. C. ROM. D. HD (winchester). E. Cache. 3. (TRE-CE FCC) Um monitor de microcomputador de 15" (polegadas) indica que esta medida é o tamanho da A. altura da base ao topo do monitor. B. largura da tela, somente. C. altura da tela, somente. D. largura e altura da tela. E. diagonal da tela. 11

12 4. (TRT-RS FCC) Basicamente, as funções de cálculo/controle, armazenamento temporário de dados e leitura/gravação de dados são realizadas em um microcomputador, respectivamente, nos dispositivos: A. Periféricos, EPROM e ROM. B. CPU, barramento e ROM. C. CPU, RAM e periféricos. D. ROM, CPU e SLOT. E. SLOT, EPROM e periféricos. 5. (TJ-RO CESGRANRIO) Em um computador, a memória de massa ou memória secundária é A. definida como uma seqüência de células numeradas, cada uma contendo uma pequena quantidade de informação. B. representada por um barramento ou canal de dados com velocidade de acesso superior à memória RAM. C. armazenada no processador secundário do computador para processamento dos dados nela contidos. D. usada para gravar grande quantidade de dados que não serão perdidos com o desligamento do computador. E. usada para interligar os dispositivos periféricos conectados ao barramento de dados do computador. 6. (TJ-RO CESGRANRIO) Qual o termo que designa o conjunto de componentes eletrônicos que constituem um computador? A. Hardware B. Software C. Randware D. Firmware E. Freeware 7. Nos itens a seguir, relativos a microcomputadores compatíveis com o IBM-PC em configurações usuais, marque a opção correta. A. Os discos flexíveis de 5 ¼ que possuem uma capacidade de 720 Kb, são os mais usados atualmente, devido à sua robustez. B. Os discos rígidos atuais possuem uma capacidade de armazenamento superior a 1 gigabyte. C. Os números usados para caracterizar driver de CD-ROM, tais como 36x e 49x, indicam a quantidade máxima de dados que pode ser armazenada no CD. D. O Scanner é um periférico que permite transformar um arquivo digital, com som codificado, em sons reais. E. As impressoras a laser, em geral, permitem a impressão em preto e em cores com menor custo que as impressoras a jato de tinta, entretanto, apresenta a desvantagem de serem mais ruidosas e mais lentas que as impressoras a jato de tinta. 8. Julgue os itens a seguir, relativos a microcomputadores compatíveis com o IBM-PC em configurações usuais. A. O termo Pentium, muito usado com relação a computadores, refere-se ao tipo de monitor de vídeo usado no computador. B. De forma geral, os computadores com microprocessador 386 são mais rápidos que os computadores com microprocessador Pentium. 12

13 C. A rapidez e a eficiência com que um PC executa programas, dependem da velocidade do seu clock, podendo, também, depender da quantidade de memória RAM instalada. D. O modem é um equipamento importante para que o computador possa receber ou transmitir dados via linha telefônica. E. Monitor, Impressora e Teclado são periféricos de SAÍDA. Assim como Disquete, CD-ROM e fita DAT são periféricos de ARMAZENAMENTO. 9. A unidade de medida da resolução de uma impressora é dada em: A. CPS B. DPI C. LPM D. PPM E. BPM 10. A memória cache é: A. Uma memória de grande capacidade, muito rápida, porém de custo muito alto. B. Uma memória de pequena capacidade, muito lenta, porém de custo muito baixo. C. Uma memória de pequena capacidade, muito rápida, porém com custo muito alto. D. Uma memória de grande capacidade, muito lenta, porém com custo muito alto. E. Uma memória de grande capacidade, muito lenta, porém com custo muito alto. 11. Considerando os dispositivos do computador, assinale a opção correta. A. O Universal Serial Bus (USB) permite a conexão de periféricos sem a necessidade de se desligar o computador. B. O desfragmentador de disco é usado para analisar a existência de vírus. C. O ipod é um software que permite a reprodução de sons e vídeos. D. O pendrive é um dispositivo portátil de armazenamento constituído por uma memória ROM. 12. Acerca de DVD (digital versatile disk), CD-ROM, CD-R e CD-RN, assinale a opção correta. A. O DVD é utilizado para gravar vídeos; para gravar dados, utilizase o CD-ROM. B. O DVD é capaz, sem maiores problemas, de ler outros tipos de CD, como o CD de áudio, CD- ROM, CD-R e CD-RW, uma vez que todas essas mídias possuem o mesmo tamanho físico. C. A vantagem do CD-ROM é permitir a gravação de dados de backup. D. A vantagem do DVD é a capacidade de armazenar até 1,44 MB de informações. GABARITO FCC, CESGRANRIO, UFRJ, CONSULTEC QUESTÕES RESPOSTAS C E E C D A B FFVVF B C A B 13

14 WINDOWS O Windows é o software que desempenha o papel de um sistema operacional dentro de seu computador. Independentemente da capacidade do seu hardware, é o Windows que realmente controla tudo, ele controla todo o hardware e o software em seu sistema e é através do Windows que você se comunica com seu computador. O Windows é um descendente direto do Windows NT, a versão "avançada" da Microsoft do seu software de sistema operacional Windows. O Windows tem várias versões do Windows. Mas as duas versões primárias são Professional e Server: Windows Professional É a mais comum das duas versões. Ela fornece todos os recursos de que você precisa para um sistema operacional, permitindo que uma ou várias pessoas utilizem um computador e o software do Windows comum. Windows Server - Esse é o sistema operacional projetado para rodar em redes de computadores. Há várias versões do Windows Server, cada uma das quais realiza tarefas específicas para redes, Internet, bancos de dados e outras funções de empresas de grande porte. O Windows Server não é um sistema operacional projetado para uso doméstico. Existem também outras versões do Windows tais como o Windows XP, ME, 98 e outras versões. Quando se ler Windows, estaremos falando do Windows Conceitos básicos do Windows O Windows é um sistema operacional gráfico, que utiliza imagens, ícones, menus e outros aparatos visuais para ajudá-io a controlar seu computador. A maioria das pessoas acha isso mais fácil de trabalhar do que digitar comandos em um prompt. As janelas do Windows O nome Windows provém do termo inglês para janelas, que são caixas gráficas em que ele exibe informações. A parte específica da janela que exibe essas informações é conhecida como quadro ou frame. Cada programa Windows em execução aparece em sua própria janela na tela. Você pode mover as janelas ou alterar seu tamanho. Em geral, as janelas oferecem elementos que permitem que controle a janela em si ou as informações dentro da janela. As janelas têm partes específicas. Cada uma destas partes controla como a janela funciona e onde ela é posicionada na tela (chamada área de trabalho). Seus programas e suas informações aparecem na janela e várias janelas podem aparecer na tela, permitindo que você controle facilmente vários programas de uma vez. Ícones Como um sistema operacional, o Windows controla informações armazenadas em seu computador. As informações aparecem no Windows na forma de ícones, cada ícone representando um arquivo armazenado no disco rígido do computador. (Um arquivo é uma unidade de informações armazenadas; um ícone é uma figura representando essas informações.) Os ícones de programa representam programas ou aplicativos que fazem certas coisas no Windows. Por exemplo, o Internet Explorer é um programa que acessa informações sobre na Internet. Esse programa é representado por um ícone no Windows, um ícone em que você clica para executar o programa (que aparece em uma janela na tela). Os ícones também representam os documentos ou arquivos de dados que você cria utilizando vários programas. Então, por exemplo, quando você escreve um texto ou desenha uma ilustração, essas informações são salvas em um arquivo de dados, que o Windows exibe para você como um ícone ou uma minúscula figura. O trabalho do Windows é ajudar a organizar e manter esses ícones seus arquivos e programas, juntamente com a coordenação de todo o hardware em seu computador. 14

15 Menus Você diz ao Windows ou aos seus programas para fazer algo selecionando comandos de um menu. "Não há nada a digitar e nenhum comando a memorizar. Tudo o que tem a fazer é encontrar o comando adequado em um menu o que se torna quase intuitivo à medida que você continua a utilizar o Windows e se familiariza com seus programas. A Figura ilustra o menu Iniciar, a partir do qual você pode executar programas ou controlar o próprio Windows. O mouse é utilizado para ativar o menu, bem como para exibir submenus e escolher itens a partir do menu. Você vê um menu de atalho, que se abre várias vezes no Windows quando pressiona teclas especiais ou o botão direito do mouse. Esse menu contém comandos que controlam itens específicos, para o ícone apontado. Por fim, a maioria dos programas tem uma barra de menus em que vários menus aparecem. Cada menu contém uma lista de comandos que controla o programa ou, de alguma maneira, manipula as informações que você cria no programa. Nem todas as barras de menus mostram as mesmas informações, então leia cada uma cuidadosamente. Identificação básica Há alguns elementos básicos do Windows que você deve conhecer para obter seus procedimentos corretos. No Windows há cinco deles: Área de trabalho Meu Computador Meus Documentos Menu Iniciar Painel de Controle 15

16 Qualquer coisa você possa fazer com seu computador está de alguma maneira ligada a uma desses cinco componentes básicos. A ÁREA DE TRABALHO Se seu PC fosse uma grande cidade, a área de trabalho seria o aeroporto. É o lugar onde você inicia as coisas em seu computador e para onde retoma quando as coisas forem concluídas. Itens da Tela Barra de Taferas Meu Computador Lixeira Meus Documentos Meus Locais de Rede Internet Explorer Descrição A barra de tarefas está localizada na parte inferior da tela. Você utiliza a barra de tarefas para alternar rapidamente entre as janelas, programas ou documentos que você tem aberto. O Meu Computador é utilizado para ver tudo em seu computador. A Lixeira é uma caixa que armazena o material excluído. Você pode voltar e pegar coisas que jogou na Lixeira, se você mudar de opinião quanto à exclusão de alguma coisa. Esta é a pasta, reservada para seu material. Essa pasta especial conterá tudo que você cria no Windows. Todos os documentos, imagens gráficas, planilhas e outros arquivos serão salvos em algum lugar nessa pasta. O componente Meus Locais de Rede permite que você troque arquivos com outros computadores em sua rede. O ícone está aí, quer seu PC esteio ou não conectado o uma rede. O software de navegação na Web, que é sua porta de entrada para a Internet. ENCERRANDO O WINDOWS Há uma diferença entre desligar o computador e encerrar o Windows realmente. Isso porque os cérebros na Microsoft perceberam que às vezes você só quer parar temporariamente, mas não realmente encerrar sua sessão de trabalho com o computador. Então você tem opções. Talvez não tenha todas as opções listadas a seguir. Isso realmente depende de como sua instalação foi configurada. E talvez tenha de ativar as opções em alguma hora (como a Hibernar). Mas a lista a seguir fornece um exemplo do que você pode esperar. Suas opções para encerrar o Windows são: Desligar Colocar o Computador em Modo de Espera Hibernar Efetuar Logoff Reiniciar Desligando Desligar tanto encerra o Windows como desliga o computador. Essa opção é abordada na seção "Desligando o computador". Você notará que realmente dispõe de várias opções. PAINEL DE CONTROLE O Painel de Controle foi projetado para gerenciar o uso dos recursos de seu computador. Abrir o Painel de Controle 1. Clique no botão de menu Iniciar 2. Clique no Painel de Controle, como mostra a Figura ou, você pode Dar um clique duplo em Meu Computador. 4. Dar um clique duplo no ícone Painel de Controle. 16

17 O Painel de Controle contém ícones que fazem uma variedade de funcionalidades, incluindo mudar a aparência de sua área de trabalho e, o que é muito cobrado em provas de concurso, configurar as opções para vários dispositivos em seu computador. O que você vê quando abre o Painel de Controle talvez seja ligeiramente diferente da Figura. Certos programas podem adicionar seus próprios ícones ao Painel de Controle e você talvez não veja alguns itens especiais, como as Opções de Acessibilidade. Mas as opções do Painel de Controle serão utilizadas para configurar seu computador, sejam configurações de Software ou Hardware. Portanto, sempre que a prova citar alguma configuração do computador a resposta vai estar no Painel de Controle. HARDWARE O primeiro componente de um sistema de computação é o HARDWARE, que corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema; é o computador propriamente dito. O hardware é composto por vários tipos de equipamento, caracterizados por sua participação no sistema como um todo. Uma divisão primária separa o hardware em SISTEMA CENTRAL E PERIFÉRICOS. Tanto os periféricos como o sistema central são equipamentos eletrônicos ou elementos eletromecânicos. ADICIONAR HARDWARE Quando instalamos um hardware novo em nosso computador necessitamos instalar o software adequado para ele. O item Adicionar ou Remover Hardware permite de uma maneira mais simplificada a instalação deste hardware, que pode ser um Kit multimídia, uma placa de rede, uma placa de fax modem, além de outros. ATUALIZAÇÕES AUTOMÁTICAS Esse recurso é utilizado para que o Windows faça download das atualizações disponibilizadas pela Microsoft. As atualizações são baixadas automaticamente e após isso o Windows pergunta ao usuário se deseja instalá-las. Dependendo da versão do Windows, a atualização só vai funcionar se a cópia for registrada, mas para o Windows 2000 isso não é mais necessário. Em algumas ocasiões, o simples fato de estar com o Windows atualizado é suficiente para que a máquina não seja infectada por alguns tipos de vírus. ADICIONAR OU REMOVER PROGRAMAS Você pode alterar a instalação do Windows e de outros aplicativos, adicionando ou removendo itens, como Calculadora, proteção de tela, etc. 17

18 Para remover um aplicativo não basta deletar a pasta que contém os arquivos relativos a ele, pois parte de sua instalação pode estar na pasta do Windows. Para uma remoção completa de todos os arquivos de um determinado programa você pode utilizar o item Adicionar/ Remover Programas, que além de apagar o programa indesejado, remove todos os arquivos relacionados a ele, independente do local onde se encontrem, e remove o ícone que está no menu Programas do botão INICIAR. DATA/HORA Atualiza a data e a hora e seleciona o fuso horário do país que estamos localizados. Para alterar o mês selecione através da seta que se encontra do lado direito. Para escolher o dia clique sobre o desejado. Para alterar o horário selecione os dígitos referentes a hora ou minutos e pressione a barra de rolagem que se encontra do lado direito. Para alteração do fuso horário clique sobre a guia com este nome. Selecione o fuso clicando sobre a região adequada no mapa ou escolhendo a cidade através da seta que está do lado direito. 18

19 FONTES Nos permite visualizar todas as fontes instaladas no computador. Para ver o formato da fonte basta dar um duplo clique sobre seu ícone. As fontes instaladas aqui estarão disponíveis para serem usadas nos programas, por exemplo: a fonte Tymes New Roman usada no Microsoft Word está instalada aqui. Se quero removê-la posso fazer isso aqui. Os aplicativos como Word, Excel, etc usarão as fontes instaladas aqui no Painel de Controle. IMPRESSORAS Uma impressora ou dispositivo de impressão é um periférico que, quando conectado a um computador ou a uma rede de computadores, tem a função de dispositivo de saída, imprimindo textos, gráficos ou qualquer outro resultado de uma aplicação. Características As impressoras são tipicamente classificadas quanto à escala cromática (em cores ou em preto-ebranco), páginas por minuto (medida de velocidade) e tipo. Tipos de impressora Impressora de impacto Exemplo de uma impressora matricial: Apple Scribe. As impressoras de impacto baseiam-se no princípio da decalcação, e, ao colidir uma agulha ou roda de caracteres contra uma fita de tinta dá-se a produção da impressão. As impressoras margarida e impressoras matriciais são exemplos de impressoras de impacto. 19

20 Impressora de jato de tinta As impressoras a jacto de tinta são o tipo de impressoras mais popular atualmente pela sua relação custo/qualidade. Podem imprimir texto e gráficos com qualidade variável, a cor e a preto. Funcionam expelindo tinta. O seu único defeito é que podem borrar. Impressora a laser As impressoras a laser são o topo de gama na área da impressão e variam de algumas centenas a milhares de reais. São o método de impressão preferencial em tipografia e funcionam de modo semelhante às fotocopiadoras. Plotter Uma plotter é uma impressora especializada para desenho vetorial. Este equipamento destina-se a imprimir desenhos em grandes dimensões, com elevada qualidade e rigor, como, por exemplo, plantas arquitetônicas, mapas cartográficos, etc. Uma variação é a plotter de recorte, onde uma lâmina recorta adesivos de acordo com o que foi desenhado previamente no computador, através de um programa específico. O material assim produzido é utilizado na personalização de frotas de veículos e ambientes comerciais, como fachadas, vitrines, confecção de banners, luminosos, placas, faixas, etc... Impressoras de Cera Térmica Estas impressoras são mais usadas para transparências em apresentações empresariais e para prova de cor (criação de documentos e imagens teste para uma inspeção de qualidade antes do envio dos documentos mestre para serem impressos em impressoras industriais offset de quatro cores). As impressoras de cera térmica utilizam tambores CMYK direcionados por uma fita, e papel ou transparência especialmente cobertos. A cabeça de impressão contém elementos quentes que derretem cada cor de cera no papel conforme ele rola pela impressora. MOUSE Utilizamos o botão esquerdo do mouse para a maioria das funções, o que é um inconveniente para canhotos. Isto pode ser alterado na janela do mouse, selecionado a guia Botões e escolhendo a opção Alternar entre botões primário e secundário. Temos também a opção de configurar a velocidade na qual deve ser dado o duplo clique para que funcione, escolha entre mais lento ou mais rápido. Veja o resultado na Área de Teste. Nela podemos escolher entre vários esquemas para o ponteiro do mouse. Estes esquemas definem o formato que o cursor do mouse irá assumir em determinadas ocasiões, como espera, etc. 20

21 Podemos especificar a velocidade na qual o mouse irá se movimentar na tela e se haverá rastro ou não. A guia Geral nos mostra qual o tipo de mouse instalado e nos permite alterá-lo. OPÇÕES DE ENERGIA O painel de controle de Opções de energia lhe permite configurar a quantidade de tempo que o computador fica ocioso antes de passar para o modo de economia de energia, a fim de economizar eletricidade. Você deve experimentar os períodos no painel de controle de Opções de energia para determinar o que mais convém para suas necessidades e estilo de trabalho. Assim como a maioria dos painéis de controle, clicar em Aplicar irá aplicar as novas configurações para o computador, enquanto clicar em OK irá igualmente aplicar as novas configurações e fechar o painel de controle. Clicar em Cancelar irá fechar o painel de controle sem aplicar as novas configurações. OPÇÕES REGIONAIS Através das Opções Regionais podemos selecionar as configurações de layout de teclado para o país, formato para número (separador de decimais, quantidade de casas decimais, separador e quantidade de dígitos para milhares, símbolo do sinal negativo, etc.), formato para moeda (símbolo para decimal, símbolo para moeda, etc.) e configurações para Data e Hora. Aqui podemos também alterar o idioma do teclado, isso pode ser feito através da opção Localidades de entrada. 21

22 VÍDEO Nos permite alterar as configurações de fundo de tela, descanso, cores das janelas, etc. Nele estaremos trabalhando a configuração estética do Windows. Sempre procuramos personalizar nossa mesa de trabalho ou estudos, escolhendo a(s) sua(s) cor(es), colocando flores, fotos, recortes, etc. Iremos agora configurar o Windows de maneira que fique mais agradável trabalhar. ÁREA DE TRABALHO Selecione a guia Plano de Fundo, clicando sobre ela. No campo Padrão definimos o padrão para fundo de tela. Movimente-se através da barra de rolagem para visualizar os padrões não apresentados. Ao escolher um padrão, este é apresentado na figura do monitor que se encontra na parte superior da janela. No campo Papel de Parede definimos uma figura ou desenho para o fundo de tela, como uma fotografia que colocamos na mesa. Movimente-se com as barras de rolagem para visualizar os papéis de parede disponíveis. Clicando sobre o papel escolhido aparece uma amostra na figura do monitor. Você pode colocar um desenho de sua autoria, uma fotografia digitalizada ou desenhos que não estejam aparecendo na relação. Para isto pressione o botão PROCURAR. 22

23 Localize o arquivo que possuí a figura a ser colocada e pressione o botão 0K para confirmar. Ao colocar um desenho ele pode aparecer apenas uma vez centralizado na Área de Trabalho, ou várias vezes, preenchendo toda a Área. Definimos a quantidade de vezes a aparecer no campo Exibir, que possui as opções Lado a Lado e Centralizado. Clique sobre a opção desejada. Feita a seleção pressione o botão APLICAR para visualizar como ficará, ou o botão 0K, para aceitar as configurações. 1. Pressione o botão INICIAR na Barra de Tarefas. 2. Escolha a opção CONFIGURAÇÕES. Nas opções que ficam disponíveis, clique sobre PAINEL DE CONTROLE. 3. Dê dois clique sobre o ícone Vídeo. 4. Em Padrão coloque Botões. 5. Em Papel de Parede coloque Bitmap padrão. 6. No campo Exibir escolha a opção Lado a lado. 7. Confirme as alterações com o botão 0K. PROTEÇÃO DE TELA Escolha a guia Proteção de Tela, clicando sobre ela na janela Propriedades de Vídeo. A proteção de tela é um recurso oferecido pelo Windows. Sua finalidade é não deixar uma tela sem movimento muito tempo no monitor, o que pode danificá-lo. Ao deixar o seu computador por algum tempo sem nenhuma atividade a proteção de tela entra automaticamente. APARÊNCIA Essa opção é usada para alterações na aparência do Windows. Podemos mudar o esquema de cores. Isso altera a forma como as opções do programa serão usadas. As telas do Windows utilizam as cores para que o uuário identifique funcionalidades, por exemplo: a barra de título do programa ativo fica azul, quando o programa estiver inativo ela ficará cinza. CONFIGURAÇÕES A guia Configurações será usada para configurar a Placa de Vídeo que é o dispositivo responsável por gerar as imagens que serão exibidas no monitor. Na guia Configurações iremos analisar duas opções Cores e Área da Tela (Resolução). Cores Nesta opção iremos determinar a quantidade de cores que será usada para gerar as imagens. Estamos escolhendo aqui a quantidade de cores que a placa de vídeo vai usar, obviamente, o monitor terá de ser compatível com essa configuração determinada. Geralmente as opções disponíveis são: 256 cores, 16 bits ( cores), 32 bits (6,7 bilhões de cores), etc. Área da Tela (Resolução) Em primeiro lugar, é bom esclarecer que o termo "resolução de tela" não tem relação direta com o tamanho físico de seu monitor. Um monitor de 14 polegadas mostra a mesma quantidade de imagem que um monitor de 21 polegadas. Porém, uma resolução de tela maior significa que você verá uma maior quantidade de imagem na tela de seu computador. Seu computador provavelmente veio configurado com uma resolução de tela de 640 X 480 pixels. Na prática isto significa que o monitor de seu computador mostra uma tela de 640 pixels de largura por 480 pixels de altura. Este é um padrão antigo e está tornando-se rapidamente ultrapassado. Muitos dos websites mais novos não foram desenhados para este tipo de resolução e o usuário é obrigado a rolar a tela para a direita e esquerda para poder ver toda a página. Para a Web quanto maior a resolução que você puder usar confortavelmente, melhor. Quanto maior a resolução, mais conteúdo você pode ver sem ter que rolar a tela (veja as figuras abaixo). Recomendamos o uso de uma resolução de 800 X 600 pixels. Se você possui um 23

24 monitor de 17" ou mais, tente mudar a resolução para o máximo que você puder, provavelmente 1024 X

25 MEU COMPUTADOR O ícone de Meu Computador representa todo o material em seu computador. Meu Computador contém principalmente ícones que representam as unidades de disco em seu sistema: a unidade de disquete A, o disco rígido C e sua unidade de CD-ROM ou de DVD, bem como outros discos rígidos, unidades removíveis etc. Clicar nesses ícones de unidade exibe o conteúdo das unidades, arquivos e pastas, que são a soma de tudo em seu computador. (Daí o nome, Meu Computador). Dê um clique duplo no ícone de Meu Computador para exibir a janela de Meu Computador, que contém uma representação visual dos discos rígidos do computador. Procurar pelas seguintes coisas em sua tela na janela Meu Computador: Unidade de disquete A do seu PC Disco rígido C do seu PC, Mais discos rígidos ( se disponíveis ) Uma unidade de CD-ROM ou de DVD Outros tipos de unidades ZIP, JAZ, CD-R etc. MEUS DOCUMENTOS Meus Documentos é uma pasta que vive eternamente em sua área de trabalho. É a pasta onde você armazenará todos os documentos, todas as imagens gráficas ou qualquer outro arquivo que você cria. O Windows é configurado automaticamente para levá-lo para a pasta Meus Documentos sempre que utilizar o comando Salvar. Além disso, ele está configurado para exibir a pasta Meus Documentos quando utilizar o comando Abrir. 25

26 Dessa maneira, você sempre pode encontrar seu material. Dentro da pasta Meus Documentos, você pode criar pastas específicas adicionais para seu material. As pastas podem ser criadas para tipos de arquivos e projetos específicos e você cria pastas dentro de pastas, que por sua vez estão dentro de outras pastas e assim sucessivamente em vários níveis de organização. Iniciando a partir de um ícone na área de trabalho Alguns programas possuem ícones residentes na área de trabalho. O Windows vem com alguns desses ícones pré-instalados, como o ícone para o Internet Explorer. Para iniciar um programa (como o Internet Explorer), dê um clique duplo no ícone correspondente na área de trabalho. O programa inicia e rapidamente aparece na área de trabalho. Além do Internet Explorer, é possível adicionar qualquer programa à área de trabalho como um ícone. Esse é um atalho excelente e facilita incrivelmente a execução dos programas mais utilizados. Menu Documentos Outro sub-menu de menu Iniciar é o menu Documentos. Esse menu contém os documentos mais recentes que você abriu ou examinou. Você pode escolher um desses documentos do menu para começar instantaneamente a trabalhar com ele de novo. Localizando documentos em Meus Documentos Meus Documentos é uma pasta especial da área de trabalho. Na realidade, ela é uma pasta no disco rígido, mas é a pasta que você e seus aplicativos utilizam para armazenar documentos que você cria. Daí o nome, Meus Documentos. Você pode abrir o ícone Meus Documentos na área de trabalho assim como abre o ícone Meu Computador. Isso exibe as pastas e os arquivos armazenados na pasta Meus Documentos. Quando encontrar o documento que deseja, abra-o dando um clique duplo com o mouse. Isso inicia o aplicativo que criou o documento e carrega o documento para editar, imprimir, ou seja, o que for. PASTAS E ARQUIVOS Uma unidade de disco pode ter muitos arquivos. Se todos eles estivessem em um mesmo lugar, seria uma confusão. Para evitar esse caos, você pode colocar seus arquivos de computador em pastas. Essas pastas são utilizadas para armazenar arquivos e ajudar a mantê-ios organizado assim como as prateleiras e cabides ajudam você a manter suas roupas organizadas Entendendo como as pastas funcionam As pastas contêm arquivos, normalmente arquivos de um tipo relacionado. Por exemplo: todos os documentos utilizados para criar um livro, como esta apostila, por exemplo, residem em uma pasta chamada Apostila. Cada matéria é um arquivo. E cada arquivo da área de informática é colocado dentro de uma pasta chamada informática, dentro da pasta Apostila. Estas pastas mantêm esses arquivos específicos separados de outros arquivos e pastas no disco rígido. Meus Documentos Seu disco rígido do PC tem uma grande quantidade de espaço onde pode ser feita uma pasta -e então se esquecer do lugar onde você a colocou. Então o Windows facilita as coisas para você fornecendo uma pasta pessoal, chamada Meus Documentos. Essa é a localização principal para todo o material que você criará e usará enquanto estiver no Windows. Não há nenhuma regra sobre excluir arquivos e pastas até se falar de Meus Documentos. Você não pode excluir a pasta Meus Documentos. A Microsoft quer que você a tenha e você irá mantê-la. Então, você deve conviver com isso! Se clicar com o botão direito do mouse na pasta Meus Documentos em sua área de trabalho, notará que há uma opção Excluir. Essa opção é para excluir o atalho, que é realmente o que você vê na área de trabalho, mas você não está eliminando a pasta Meus Documentos. 26

27 Você pode renomear Meus Documentos se quiser. Clique com o botão direito do mouse na pasta e escolha Renomear. Digite o novo nome. Embora não seja recomendado. Criando uma pasta (DIRETÓRIO) A pasta Meus Documentos pode ficar facilmente desorganizada se você não se antecipar e criar pastas adicionais para organizar melhor seu material. Lembre-se: Meus Documentos é como um grande gabinete de arquivos. Quando precisar de um novo arquivo, digamos para um novo assunto, você prepara uma pasta para ele. Conforme continuar a trabalhar, você preencherá cada pasta com arquivos diferentes. 1. Dê um clique duplo em Meus Documentos. 2. Clique em Arquivo > Novo, ou 1. Em Meus Documentos clique com o botão direito do mouse 2. Novo > Pasta, como mostrado abaixo. COMO ABRIR ARQUIVOS E PASTAS Tudo no Windows se abre com um clique duplo do mouse. Abra uma pasta para exibir os arquivos (e talvez até outras pastas) armazenados nessa pasta. Abra um arquivo para iniciar um programa, ou abra um documento para editar. Abrir um arquivo ou pasta 1. Dê um clique duplo em um ícone da unidade de disco. O ícone da unidade (C:) é uma boa escolha. Há sempre material aí dentro. Um clique duplo no ícone abre unidade (C:) e permite que você veja que arquivos e pastas residem lá. 2. Dê um passeio. Dê um clique duplo em uma pasta. Isso abre a pasta, e você vê outra janela cheia de arquivos e talvez ainda mais pastas. 3. Para abrir outra pasta, dê um clique duplo em seu ícone. 4. Feche a pasta quando tiver terminado. Clique no botão fechar (x) da janela da pasta localizado no canto superior direito da janela. Só para lembrá-io de onde você está com todos estes arquivos e pastas abertos, o nome da pasta atual que está vendo aparece na parte superior da janela, na barra de título. Excluindo arquivos 1. Selecione o arquivo destinado a ser destruído. Clique no arquivo uma vez com o mouse para selecioná-lo. 2. Escolha Excluir a partir do menu Arquivo. Aparecerá a mensagem: Você tem certeza de que quer enviar o arquivo para a Lixeira? 3. Clique em Sim. Se você mudar de idéia, você pode sempre clicar em Não. Se você escolher Sim, talvez tenha uma breve animação gráfica representando papéis voando para um balde. Isso significa que seu arquivo está sendo jogado fora. Recuperação de arquivos OK, você exclui o arquivo. Pensando bem, você não está tão seguro se deveria ter excluído este arquivo. Não se preocupe. Há um ícone em sua Área de trabalho chamado Lixeira. 1. Dê um clique duplo no ícone Lixeira. 2. Localize o arquivo que você excluiu 3. Clique uma vez no arquivo. 4. Clique em Arquivo. 5. Escolha Restaurar. 27

28 Renomeando arquivos O Windows permite que os arquivos sejam renomeados. Renomear um arquivo: 1. Localize o arquivo que quer renomear Você pode utilizar o Explorer, ou se estiver abrindo um arquivo a partir de qualquer pasta e encontrar aí um arquivo que quer renomear, você pode seguir os passos abaixo para alterar o nome de arquivo. 2. Pressione a tecla F2. Depois de pressionar a tecla F2, o texto do nome de arquivo já está selecionado para você. Você pode substituir inteiramente o nome existente, simplesmente começando a digitar ou mover o cursor para editar partes do nome. 3. Digite um novo nome. 4. Pressione Enter. E aí está: você tem um novo nome. Copiando arquivos No Windows, copiar um arquivo é como copiar informações em um programa: você seleciona o arquivo e então escolhe Copiar do menu Editar. Para fazer a cópia, você localiza uma nova pasta ou unidade de disco para o arquivo e então escolhe o comando Colar do menu Editar. Isso é, copiar e colar! Copiar um arquivo 1. Localize o arquivo que quer copiar 2. Clique com o botão direito do mouse no arquivo. 3. Selecione Copiar. 4. Localize o lugar onde você quer colar essa nova cópia. 5. Selecione Editar da barra de menus. 6. Escolha Colar da lista. Para ser realmente eficiente, você deve fazer isso a partir do Windows Explorer. Todos os seus arquivos estão listados e disponíveis para serem manuseados. penas selecione o arquivo que quer copiar, escolha Editar do menu e então clique em Copiar. Agora, vá para a nova localização do arquivo, clique em Editar novamente no menu e clique em Colar. Movendo arquivos Mover arquivos é como copiar arquivos, embora o original seja excluído; apenas a cópia (o arquivo "movido") permanece. É como recortar e colar em qualquer programa. Lembre-se de que toda a questão em torno de mover, copiar e excluir arquivos é para manter as coisas organizadas de modo que seja fácil localizar seus arquivos. Você pode mover arquivos de duas maneiras: recortando e colando ou arrastando. Recortando e colando Recortar e colar um arquivo ou uma pasta é a opção para se mudar um arquivo ou pasta para o seu local correto. 1. Localize o arquivo que você quer utilizar. Novamente, este arquivo pode ser localizado em qualquer lugar. Abra Meus Documentos, utilize o Explorer, ou uma pasta qualquer. 2. Clique com o botão direito do mouse no arquivo. 3. Escolha Recortar. 4. Localize e abra a pasta onde você quer colar o arquivo. 5. Selecione Editar do menu. 6. Selecione Colar. Arrastando arquivos Arrastar arquivos é a maneira mais rápida e fácil de mover um arquivo. É especialmente conveniente para aqueles arquivos que você deixou um pouco largados por aí sem uma pasta para acomodá-los. 28

29 1. Selecione o arquivo e arraste. Não solte o arquivo depois de clicar nele. Você está literalmente agarrando o arquivo, e irá arrastá-lo. 2. Paire o ícone sobre a pasta desejada. Essa é a pasta onde você quer que o arquivo resida. 3. Solte o ícone. Agora seu arquivo reside seguramente em sua nova casa. Localizando arquivos e pastas Por mais que tente se manter organizado, há momentos em que você não pode se lembrar de onde colocou um arquivo ou uma pasta. Embora o Windows tente mantê-lo organizado com a pasta Meus Documentos, as coisas podem ficar confusas. Felizmente, o Windows fornece um recurso Pesquisar. Esse recurso procura arquivos e pastas com base em vários tipos de critérios. 1. Clique no botão Iniciar. 2. Escolha Pesquisar. 3. Escolha Arquivos ou Pastas. 29

30 PRINCIPAIS ATALHOS DO WINDOWS INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS Alt + Enter Alt + Esc Alt + F4 Alt + Tab Exibe propriedades de arquivo Alterna entre janelas na ordem em que foram abertas Fecha programa Alterna entre janelas de programas abertos Alt + espaço, depois N ou X Minimiza ou maximiza janela Ctrl + Esc Ctrl + F4 Ctrl + Z F1 F2 F3 Print Screen Alt + Print Screen Shift Shift + Del Shift + F10 Shift + Tab Tab Windows + D Windows Windows + E Windows + F Windows + R Windows + L Windows + U Windows + CTRL + F Windows + Shift + M Windows + F1 Windows + BREAK Abre menu Iniciar Fecha janela do arquivo Desfaz última ação Abre a ajuda Renomeia o item selecionado. Realiza pesquisa Captura tela, para colar em programas como o "Paint" Captura somente janela ativa Ao inserir CD-ROM no drive, evita que ele seja reproduzido automaticamente Exclui um item sem armazená-lo na lixeira Equivale ao clique com o botão direito do mouse Retrocede entre itens de um documento Avança entre itens de um documento Minimiza ou restaura todas as janelas Mostra o Menu Iniciar Abre o Windows Explorer Abre o Pesquisar para arquivos Mostra a janela Executar Tranca a tela Abre o Gerenciador de Utilitários Mostra o Pesquisar para computador (em rede) Desfaz minimizar (para todas as janelas) Para Ajuda e Suporte Mostra as Propriedades de Sistema GERAL DE APLICATIVOS DO WINDOWS Ctrl + F4 Ctrl + F12 F12 Ctr + TAB para fechar documentos para abrir documentos para abrir o "salvar como" para alternar entre documentos, como no excel, imaging ou photoeditor, por exemplo (não funciona no Word) 30

31 QUESTÕES DE CONCURSO INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS Considerando a figura acima, que mostra a janela Meu computador do Windows XP, julgue os itens subseqüentes. 1. Para se exibir uma janela que apresente o conteúdo do disco A:, é suficiente realizar a seguinte seqüência de ações: clicar ; clicar o menu ; na lista de opções que é exibida em decorrência dessa ação, clicar Abrir. 2. Ao se clicar o botão, serão minimizadas todas as janelas que estão sendo exibidas, o que permite a visualização de toda a área de trabalho do Windows XP. A figura abaixo mostra uma janela-padrão do programa Windows Explorer. Com relação á figura, julgue os itens que se seguem. 3. Os quatro arquivos indicados ocupam toda a capacidade do disco A. 4. Pode-se excluir do disco A: os quatro arquivos indicados, selecionando-os com o mouse e clicando no botão 5. O disco flexível A: contém apenas arquivos do Microsoft Word, ou seja, arquivos de texto. 6. A janela indica a existência de apenas dois discos rígidos instalados. 31

32 7. O Windows Explorer não permite a redefinição do rótulo "Ms-dos_6 (C:)". INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS Com relação ao Windows, na sua configuração-padrão, julgue os seguintes itens. 8. Para se excluir um atalho, é suficiente arrastá-lo para a lixeira. 9. Apenas os arquivos de texto podem ser excluídos com o uso da lixeira. 10. Algumas das primeiras ações de uma das formas para ativar a proteção de tela do monitor são: clicar no botão Iniciar; apontar para a opção Configurações; clicar na opção Painel de Controle; dar um clique duplo no ícone Vídeo. 11. Um dos avanços do Windows 95 é permitir, por meio do Microsoft Explorer, a formatação de discos flexíveis de 3 ½, mesmo com a proteção contra gravação ativada. 12. Apesar de constituir uma excelente ferramenta, o Windows 95 ainda apresenta a limitação de não possibilitar a utilização de ambiente de rede. Com relação à janela Meu computador do Windows XP, mostrada acima, assinale a opção correta. 13. Para formatar um disco de 3½ que esteja na unidade de disco A:, é suficiente clicar e, em seguida, clicar a opção Formatar, contida no menu. 14. Para abrir a janela Disco local (C:), é suficiente aplicar um clique duplo no ícone. 15. Ao se clicar o ícone e, em seguida, se clicar, será iniciado um programa que realizará a verificação de ocorrência de vírus de computador em arquivos armazenados no computador. 16. Para abrir a janela que exibe o conteúdo de um disquete de 3½ que esteja na unidade de disco correspondente, é suficiente clicar o ícone e, em seguida, o ícone. No Windows XP, ao se clicar o botão Iniciar, é exibido um menu, que está mostrado, em parte, na figura ao lado. Com relação a essa figura e ao Windows XP, julgue os itens seguintes. 32

33 17. Ao se clicar Executar, será aberta a janela, que permite abrir programas. 18. Ao se clicar Minhas Músicas, será aberto o programa Windows Media Player, que permite tocar arquivos MP3 e CDs de áudio. A figura acima mostra uma janela do Windows XP. Com relação a essa janela e ao Windows XP, assinale a opção correta. 19. Para se copiar o arquivo associado ao ícone para a desktop do Windows, é suficiente realizar a seguinte seqüência de ações: clicar o referido ícone; clicar o menu Editar e, em seguida, clicar Copiar; clicar sucessivas vezes o botão, até que seja exibida a pasta denominada Desktop clicar o menu Editar, clicando então a opção Colar. 20. O seguinte procedimento permite a criação de uma pasta em A: e a transferência do arquivo associado ao ícone para a nova pasta: clicar o botão, o que fará aparecer a nova pasta, cujo nome deve, então, ser digitado; após a digitação do nome da nova pasta, teclar Enter; arrastar o referido ícone para essa nova pasta. 21. Ao se clicar o botão, é aberta a janela denominada Zoom, cuja função é permitir alterar as dimensões da janela em exibição. 22. Ao se clicar no campo, é exibida uma lista contendo todos os arquivos correntemente abertos. 33

34 A figura acima mostra a janela Meu computador do Windows XP. Com relação a essa janela e ao Windows XP, julgue os itens a seguir. 23. Ao se aplicar um clique duplo no ícone, será iniciado processo de formatação de um disquete que estiver na unidade de disco de 3½", desde que o disco não esteja protegido contra escrita. 24. Ao se aplicar um clique duplo sobre a barra de título da janela mostrada, esta será fechada. 25. Ao se aplicar um clique duplo no ícone, será aberta uma janela que permite o acesso a CD que possibilita tanto a leitura como a escrita de dados. 26. Ao se aplicar um clique duplo no ícone, será aberta uma janela que permite a gravação de arquivos em discos do tipo DVD, que é uma unidade com menor capacidade de armazenamento que as unidades de CD-ROM. 27. Ao se aplicar um clique duplo no ícone, será aberto um aplicativo denominado scanner, que tem por finalidade detectar a existência de vírus de computador em disquetes ou em discos de CD-ROM. Com relação ao Windows XP, assinale a opção correta. 28. O utilitário Backup pode ajudar a criar uma cópia das informações contidas no disco rígido do computador. Caso os dados originais no disco rígido sejam apagados ou substituídos por engano, ou se tornem inacessíveis devido a falhas do disco rígido, existe a possibilidade de usar a cópia para restaurar os dados perdidos ou danificados. 29. Ao se pressionar simultaneamente as teclas e, é aberta a janela Desligar o computador, que permite desligar o computador de forma correta, salvando as informações da seção de uso do Windows XP. 30. Para se excluir um arquivo cujo ícone esteja sendo apresentado na área de trabalho, é suficiente aplicar um duplo clique sobre esse ícone. 31. Para fazer uma cópia em bitmap de uma janela que estiver em primeiro plano na área de trabalho, enviando-a para a área de transferência, é suficiente pressionar a tecla. 34

35 32. Não há como configurar a lixeira do Windows XP para recuperar arquivos que sejam excluídos por meio de ação de arrastar arquivos para o ícone da Lixeira. A figura acima mostra uma janela do Windows Explorer, executado em um computador que usa o Windows XP como sistema operacional. Com relação à figura, ao Windows Explorer e ao Windows XP, julgue os itens a seguir. 33. Ao se clicar o símbolo, imediatamente à esquerda do ícone, abre-se uma janela cuja função é a de formatar o disquete. 34. Ao final da seguinte seqüência de ações, o ícone estará selecionado: clicar o ícone ; clicar. 35. Ao se clicar o ícone e, em seguida, clicar, à esquerda de, a pasta Documentos Antigos será apagada. 36. Ao se clicar o ícone e, em seguida, se clicar o menu, será exibida uma lista de opções, incluindo a opção Abrir, que permite abrir o arquivo Dados Eleição. A figura acima ilustra a janela Meu computador, do Windows XP.Com relação à janela do Windows XP mostrada na figura acima e ao Windows XP, julgue os itens a seguir. 37. É possível abrir a janela Meus documentos a partir de funcionalidades da janela Meu computador, que podem ser acionadas por meio de operações com o mouse. 35

36 38. Essa janela é aberta imediatamente após a aplicação de um clique simples no botão Iniciar do Windows XP. 39. Um clique duplo em qualquer local da barra de título dessa janela faz que a janela seja minimizada e que um botão correspondente a ela seja exibido na barra de tarefas do Windows XP. 40. Para se iniciar um programa de detecção da presença de vírus em algum arquivo contido em um disquete de 3½'' que esteja inserido na unidade A:, é suficiente clicar o ícone e, em seguida, clicar. Ainda com relação à janela do Windows XP mostrada na figura e ao Windows XP, assinale a opção correta. 41. Ao se clicar o ícone e, em seguida, clicar três vezes consecutivas o botão, será aberta a janela. 42. Ao se clicar o botão, todas as janelas que estiverem abertas na área de trabalho do Windows serão minimizadas, de forma que toda essa área será exibida no monitor de vídeo. 43. Ao se clicar o ícone e, em seguida, se clicar a ferramenta Nome, é aberta uma caixa de diálogo denominada Renomear, que permite que o usuário altere o nome da pasta correspondente ao ícone clicado. 44. Ao se clicar o ícone com o botão direito do mouse, é exibida uma lista de opções, entre as quais a opção Abrir, que permite abrir a pasta associada ao referido ícone. Considere a situação em que um usuário deseje gravar uma cópia de segurança de cinco arquivos que, juntos, ocupem uma quantidade de memória de 1,5 megabytes. Com relação a essa situação, assinale a opção correta. 45. Com o uso do programa WinZip 8.1, é possível compactar o grupo de arquivos citado, salvandoos em apenas um arquivo do tipo WinZip. 46. Esses cinco arquivos não poderiam ser armazenados sem compactação em um dispositivo do tipo pen-drive, pois o limite de memória desse tipo de dispositivo é inferior a 1 bilhão de bytes, que é inferior a 1,5 megabyte. 47. Uma grande desvantagem dos dispositivos do tipo CD-ROM é o fato de terem capacidade máxima de armazenamento de 300 milhões de bytes. 48. Os dispositivos não-voláteis de armazenamento mais eficientes disponíveis atualmente são as memórias RAM, que, além disso, não consomem energia. 36

37 A figura acima apresenta parte da lista de opções que é exibida ao se clicar o botão Iniciar, do Windows XP. Com relação a essa lista de opções e ao Windows XP, assinale a opção correta. 49. Por meio da opção, é possível verificar informações acerca do computador em uso, tal como a velocidade do processador e a quantidade de memória instalada. 50. Funcionalidades disponibilizadas por meio da opção permitem que o computador em uso configure o servidor de uma intranet, caso o mesmo esteja instalado em uma rede local. 51. Por meio da opção, é possível verificar uma lista de arquivos que foram abertos mais recentemente. Uma limitação desse comando é que apenas arquivos do aplicativo Word são mostrados. 52. A opção permite enviar diretamente para a impressora imagens no formato metarquivo avançado armazenada na área de transferência do Windows. 53. Ao se clicar o botão, será disponibilizada uma caixa de diálogo por meio da qual é possível executar programa originalmente desenvolvido para o sistema operacional MS-DOS. Entretanto, esse comando não permite a execução de programas criados para serem executados pelo sistema operacional Windows XP. Considerando a figura acima, que ilustra uma janela do Windows Explorer sendo executada em um computador com o sistema Windows XP instalado, assinale a opção correta. 37

38 54. Caso se deseje desativar a função que calcula o tamanho ocupado por uma pasta ao se apontar o cursor do mouse para a mesma, como mostrado na figura, é possível fazê-lo por meio de opção encontrada no menu. 55. A partir da janela mostrada, é correto inferir que o computador em uso tem instalada uma unidade externa para armazenamento de dados do tipo pen drive. 56. No menu, encontra-se uma lista de programas que estão instalados no computador em uso, bem como a data da última vez que foram executados. 57. Sabendo que na janela ilustrada está sendo mostrada uma pasta oculta, caso se deseje desabilitar essa opção, é possível fazê-lo por meio de funcionalidades disponibilizadas na janela Opções de pasta, que é encontrada no menu. 58. Por meio de funcionalidades encontradas ao se clicar, é possível abrir o mapa de caracteres do Windows. Nesse mapa, pode-se visualizar os caracteres disponíveis em uma fonte selecionada. itens. Considerando a figura acima, que mostra uma janela do Windows XP, julgue os próximos 59. A janela mostra o conteúdo de um disquete de 3½". 60. A janela possui funcionalidade que permite exibir os arquivos em ordem crescente ou decrescente de data de modificação. 61. Ao se clicar o ícone e, em seguida, se clicar, será aberta a janela denominada Relatórios. Nessa janela, serão exibidos os arquivos armazenados na pasta associada ao ícone mencionado. Considerando o sistema operacional Windows XP, assinale a opção correta. 62. Utilizando-se as opções de energia no painel de controle, é possível reduzir-se o consumo de energia em geral. Nesse caso, o monitor é desligado automaticamente por um curto período de tempo, para que haja economia de energia, mas os discos rígidos não podem ser desligados. 63. Por meio do recurso gerenciador de sincronização do Windows XP, é possível se determinar quando os arquivos offline serão sincronizados com os arquivos na rede, o que garantirá o recebimento das informações mais atuais da rede ou da Internet. 38

39 64. Uma função da ferramenta limpeza de disco é excluir os arquivos existentes na lixeira. 65. A função do desfragmentador de disco é corrigir arquivos corrompidos existentes no disco rígido. 66. O utilitário backup ajuda a criar uma cópia das informações, desde que estas estejam compactadas. GABARITO WINDOWS F F F V F F F V F V F F F V F F V F V F F F F F V F F V F F F F F F F V V F F F F F F V V F F F V V F F F F F F V F F V F F F V F F 39

40 Microsoft Word Antes de conhecer e iniciar o trabalho com o Microsoft Word é necessário entender o que significa o termo Processamento de Textos. Este termo mostra, de maneira bem simples, que os textos podem ser processados à medida em que são manipulados, ou seja, um texto começa com um aspecto bem rudimentar até transformar-se em um documento com um estilo bem profissional. Os programas de processamento de textos possuem, principalmente, dois grandes recursos; a edição e a formatação. A edição é a habilidade de inserir texto dentro de um programa, fazer correções, salvá-lo em disco e alterá-lo sempre que necessário; e a formatação, por sua vez, é a habilidade de aplicar modificações ao documento e especificar como o texto aparecerá na tela e no papel. Quando se escreve um documento, o texto é inserido dentro de um arquivo. A digitação no processador de textos eletrônico é feita quase da mesma forma como em uma máquina de escrever, com a vantagem de que os erros poderão ser corrigidos mesmo após a inserção do texto. O Microsoft Word oferece um ambiente de trabalho ideal. Muitos dos comandos necessários para a produção de cartas, memorandos, relatórios e outros documentos com qualidade de nível profissional estão disponíveis através de botões na tela. Este programa agrupa os comandos por ordem de função nos menus localizados na parte superior de sua janela. Por exemplo, o menu Arquivo contém os comandos que são utilizados para abrir, imprimir e salvar documentos. Alguns comandos, como por exemplo, o comando Fechar, executam uma ação no momento em que são escolhidos. Já outros como o Abrir, solicitam informações adicionais para que possam executar a ação correspondente. Informações Básicas Após o programa ter sido instalado, será exibido o seu nome na opção Programas no menu Iniciar do Windows. Entretanto, cada versão do Windows possui características diferentes, umas das outras, e sendo assim, partiremos do pressuposto que o sistema operacional presente no computador seja o Windows. Iniciando o Microsoft Word Um fato bem interessante, é que muitas pessoas criam seus próprios atalhos no Windows e colocam seus programas em janelas personalizadas, ficando assim, difícil definir qual a forma de carregamento do programa para executá-lo e utilizá-lo. Portanto, existem várias formas de carregar um determinado programa na tela e começar a utilizá-lo. Presume-se que a chamada do programa Microsoft Word esteja presente dentro da opção Programas no menu Iniciar, que fica localizada na parte inferior esquerda da janela principal do Windows. Execute os passos a seguir: 1. A partir da tela principal do Windows, pressione o botão esquerdo do mouse uma vez sobre o botão Iniciar, localizado na parte inferior esquerda, conforme a figura 2. Assim que aparecer o conjunto de opções, clique sobre Programas para que apareça um submenu onde está localizado o Microsoft Word. Obs.: As informações no menu Iniciar podem variar conforme o Windows é apresentado em cada computador. 3. Logo após dê um clique sobre o item Microsoft Word para inicializar o programa; 4. Espere o programa ser carregado na tela e observe que logo após o processo de inicialização é mostrada a tela de abertura. 40

41 Tela de Abertura Os respectivos menus e barras de ferramentas são bastante semelhantes aos das janelas com as quais outros produtos da Microsoft são desenvolvidos, tais como o Microsoft Access e o Microsoft Excel. Mesmo que não esteja familiarizado com os produtos da Microsoft, achará que a janela do Word é fácil de entender e prática de usar. Observe a figura a seguir: A área de trabalho é a parte branca da tela, chamada área de texto. A tela possui a barra de título, a barra de menu, as barras de ferramentas e a barra de status. Inclui também elementos como comandos de menus, quadros de diálogo e janelas. Barra de Título Esta barra horizontal fica presente na parte superior de uma janela onde é exibido o nome do documento ou aplicativo. Ao carregar o Word, esta barra fornecerá inicialmente o nome do arquivo, no caso será Documento1 seguido pelo nome do programa. O nome Documento1 informa que este documento ainda não foi salvo. Este nome será apresentado até que o documento seja salvo e receba um nome. A figura seguinte representa a barra de título em questão: Barra de Menu Barra de Título. Esta barra encontra-se abaixo da barra de título, na parte superior da janela de aplicativo e é responsável pelo acesso a todos os comandos do Word. Os comandos existentes na barra de menu podem ser acessados pelo clique do mouse ou pelo pressionamento simultâneo das teclas ALT e a letra que estiver sublinhada no menu desejado. Observe a figura: Barra de Menu. 41

42 Barras de Ferramentas Esta barra gráfica apresenta uma série de botões que desempenham alguns dos comandos mais comuns no Word, como por exemplo: abrir, copiar e imprimir arquivos. As barras de ferramentas contêm botões que lhe oferecem rápido acesso, via mouse, a inúmeros comandos e recursos do Word. Para exibir a barra de ferramentas, caso ela não esteja sendo mostrada na tela, escolha a opção Barra de Ferramentas a partir do menu Exibir. Poderá ser necessário aumentar a janela do Word até à largura máxima da tela para que se possa exibir toda a barra de ferramentas. a. Padrão A barra de ferramentas Padrão possui a maioria dos comandos utilizados com mais freqüência na execução de operações básicas do Word, tais como, abrir um novo documento, salválo, imprimí-lo, executar a correção ortográfica, inserir tabelas, entre outras. A barra de ferramentas Padrão e seus respectivos botões são mostrados na figura. b. Formatação Barra de ferramentas Padrão e seus respectivos botões. Esta barra é utilizada para a exibição e aplicação de formatação de caracteres e parágrafos. Para exibir a barra de ferramentas Formatação, caso não esteja sendo visível, escolha a opção Barra de Ferramentas no menu Exibir e, escolha o item Formatação. Poderá ser necessário aumentar a janela do Word até a largura máxima da tela para exibir toda a barra. Observe a figura. Régua Barra de ferramentas Formatação e seus respectivos botões. A Régua é uma barra gráfica na parte superior da janela de documento, podendo ser utilizada para recuar parágrafos, definir tabulações, ajustar as margens da página e modificar as larguras das colunas de uma tabela. Pode-se modificar as unidades de medida na régua com o comando Opções do menu Ferramentas (guia Geral). Para exibir a régua, escolha a opção Régua a partir do menu Exibir. Poderá ser necessário aumentar a janela do Word até a largura máxima da tela para que ela possa ser inteiramente exibida. Observe a figura. Barra de Status Apresentação da Régua. Esta barra é uma linha que fica na parte inferior da janela do Word 2000 exibindo informações sobre o status atual do documento e do aplicativo. Esta barra mostra o número da página onde se encontra o cursor, a seção, o número de páginas do documento, a posição em centímetros, o número da linha e da coluna e o indicador de modo. O indicador de modo possui as seguintes identificações: GRA Gravando Macro ALT Controlar Alterações EST - Estender Seleção SE Sobrescrever/Inserir Nesta barra, ainda tem-se o ícone de Verificação Ortográfica Paralela que durante a inserção ou edição de texto na tela é apresentado como um lápis e quando o processo está paralisado, ele apresenta um X na cor vermelha. Observe a figura. Barra de Status. 42

43 Barras de Rolagem Este é um dispositivo gráfico utilizado para a movimentação vertical e horizontal através de um documento, utilizando-se o mouse. As barras de rolagem estão localizadas nas bordas direita e inferior da janela de documento. Pode-se exibir ou ocultar as barras de rolagem com as caixas de verificação Barra de rolagem horizontal e Barra de rolagem vertical, que são opções da guia Exibir da caixa de diálogo Opções no menu Ferramentas (guia Exibir). Gravação de Arquivo Gravar ou salvar, significa simplesmente armazenar o documento em disco, seja ele flexível ou rígido. Na primeira vez que o documento é salvo, o Word exibe a caixa de diálogo Salvar como, onde especifica-se o nome, local e formato de arquivo para o documento ativo. Para salvar um documento rapidamente com o nome, local e formato de arquivo existente, clique sobre o botão Salvar na barra de ferramentas Padrão mostrado anteriormente. Assim que é acionado o comando para salvar o arquivo, a caixa de diálogo mostrada na figura é apresentada: Caixa de diálogo Salvar como. Nome do Arquivo para salvar o documento com um novo nome, basta digitá-lo nesta caixa e logo após selecionar o botão Salvar. Salvar como tipo o Word permite salvar o documento em muitos outros formatos. A lista de formatos depende dos conversores que foram instalados. Salvar em selecione a unidade de disco e a pasta onde deseja armazenar o documento. Para gravar o texto digitado anteriormente, siga as instruções abaixo: 1. Após digitado o texto, clique no botão Salvar da barra de ferramentas Padrão; 2. Na caixa de diálogo Salvar como, escolha a pasta Meus Documentos, na raiz da unidade C:, selecionando-a na caixa de listagem Salvar em; 3. Digite o nome Vida Digital na caixa de texto Nome do Arquivo; 4. Finalmente clique no botão Salvar. Observe que o nome Vida Digital.doc aparece na barra de título. Á medida que for sendo modificado o documento, seja acrescentando, eliminando, modificando ou reposicionando o texto, deve-se salvar as alterações feitas. 43

44 De agora em diante toda vez que for selecionado o botão Salvar, não será mais apresentada a caixa de diálogo Salvar como, pois o documento já recebeu o nome na primeira vez em que foi salvo. Para que a caixa de diálogo seja apresentada novamente, para renomeá-lo ou posicioná-lo em outro local, deve ser selecionado o comando Salvar como no menu Arquivo. Fechamento de Arquivo O comando Fechar não significa necessariamente finalizar, pois existe tal comando, presente no menu Arquivo, justamente para fechar o documento atualmente ativo, porém o Word ainda continuará aberto. Este comando é aplicado para liberar a memória correspondente a um documento que esteja sendo manipulado no momento. Assim, pode-se abrir um novo, ou até um já existente. Não é obrigatório fechar um determinado arquivo para que seja aberto outro, pois quando o segundo é aberto, o primeiro é apenas sobreposto, ficando assim, em segundo plano. Para retornálo à tela, deverá ser escolhido seu nome na lista que estará presente na parte inferior do menu Janela que automaticamente o documento é colocado em primeiro plano alternando-se com o outro. Obs: é possível abrir vários documentos simultaneamente (até o limite da memória do computador). 1. Após ter salvo o documento, feche-o selecionando a opção Fechar no menu Arquivo; 2. A janela do documento desaparece mas o Word ainda continua na tela. Finalização do Programa Para executar esta operação de finalização do programa existe a opção Sair no menu Arquivo, pois ao finalizar um documento e não quiser mas trabalhar com o Word deve-se encerrar o programa para liberar a memória do computador, tornando-o mas ágil. Não se deve esquecer de executar a gravação do documento, mas caso não a tenha feito, o programa fará um alerta através da caixa de diálogo Microsoft Word mostrada na Figura pedindo para salvar ou descartar as últimas alterações feitas no documento. Caixa de diálogo de salvamento das alterações. 1. Com o documento em branco na tela, selecione o menu Arquivo; 2. Escolha a opção Sair; 3. Observe que o programa, juntamente com o documento, foram finalizados e que para abrí-los deverá ser executado o processo de inicialização novamente. Obs.: Pode-se utilizar o botão Fechar para finalizar o programa, porém é necessário clicar no botão Fechar correspondente ao programa (de cima) e não o botão do documento (de baixo). Abrir Esta operação consiste em trazer o documento do disco para a tela e pode ser executada através da opção Abrir no menu Arquivo onde abre-se um documento ou modelo existente 44

45 em uma nova janela. O Word mantém um registro dos últimos documentos que foram trabalhados, podendo ser abertos selecionando-os a partir da área inferior do menu Arquivo. Para abrir um documento, clique sobre o botão Abrir, mostrado logo acima, na barra de ferramentas Padrão. A caixa de diálogo mostrada na figura exibe as opções existentes para se abrir um documento. Caixa de diálogo Abrir. Nome do arquivo selecione ou digite o nome do documento a ser aberto. Esta caixa lista os documentos que possuem a extensão de nome de arquivo selecionada na caixa Arquivo do tipo. Arquivos do tipo selecione o tipo de arquivo que deseja exibir na lista. Examinar selecione a unidade de disco e a pasta que contém o arquivo que deseja abrir. Ao selecionar um arquivo, é possível abrí-lo de diversas maneiras diferentes, para isto, basta escolher a opção desejada no botão Abrir. Observe a figura a seguir: Opções do botão Abrir. 45

46 ATALHOS DO WORD Alt + Ctrl + F Alt + Ctrl + I, O, P ou N Alt + Ctrl + Y Alt + Ctrl + M Ctrl + [ ou ] Ctrl + = Ctrl + Shift + = Ctrl + 1, 2 ou 5 Ctrl + D Ctrl + End Ctrl + I, N ou S Ctrl + T Ctrl + U Ctrl + Del ou backspace Ctrl + Shift + F8 Ctrl + Shift + C ou V F4 F7 F12 Shift + F3 Shift + F7 Ctrl + Home Insere nota de rodapé, aquela com o número 1 sobrescrito no texto e a referência no pé da página Muda estilo de visualização da página Vai para início da página seguinte Insere comentário Diminui ou aumenta tamanho da fonte em um ponto aplica subscrito Aplica sobrescrito Define espaçamento entre linhas simples, duplo ou de 1,5 linha Abre caixa de formatação de fonte Vai para fim do documento Aplica efeito itálico, negrito ou sublinhado em termos selecionados Seleciona todo o texto Localiza e substitui palavras ou expressões Apaga palavra seguinte ou anterior Ativa seleção de bloco quadrilátero de texto Copia ou cola formatação de fontes Repete a última ação Verifica ortografia e gramática Salvar como Aplica letras maiúsculas em todo o texto selecionado Abre dicionário de sinônimos vai para o início do "mesmo" documento 46

47 QUESTÕES DE CONCURSO INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS Considerando a figura acima, que ilustra uma janela do Word com parte de um texto extraído e adaptado do sítio julgue os itens subseqüentes. 1. Sabendo que o espaçamento entre as linhas dos parágrafos mostrados está configurado para simples, para aumentar esse espaçamento, é suficiente realizar o seguinte procedimento: selecionar os referidos parágrafos; clicar a opção Espaçamento entre linhas, encontrada no menu ; na janela aberta em decorrência dessa ação, definir no local apropriado o espaçamento desejado; clicar OK. 2. Considere que exista uma impressora devidamente configurada conectada ao computador em que o Word está sendo executado e que seja feito o seguinte procedimento: selecionar o trecho Sua estrutura (...) federal. ; no menu, clicar a opção Fonte; na janela aberta em decorrência dessa ação, definir, no local apropriado, fonte com efeito Oculto; clicar OK; a seguir, imprimir o documento em edição. Nessa situação, o documento em edição será impresso sem o trecho selecionado. 3. Por meio do menu, é possível adicionar ao documento em edição, entre outros, quebra de página e de coluna, números de páginas, símbolos não disponibilizados diretamente pelo teclado, figuras e notas de rodapé. 4. Considere que o documento em edição já foi associado a um arquivo por meio da opção Salvar como. Nessa situação, caso o botão seja clicado, todas as modificações realizadas no documento desde a última salvaguarda serão salvas no referido arquivo e o botão, que está ativado, passará ao modo inativo ou impossível desfazer. 47

48 A figura acima mostra uma janela do Word 2002, com um texto em processo de edição. Nesse texto, a expressão União Européia é o único trecho formatado como negrito e a palavra continente está selecionada. Com relação a essa figura e ao Word 2002, julgue os itens a seguir. 5. Para aumentar em 25% o tamanho da fonte da palavra continente, é suficiente alterar o número 8, em, para o número 10. Se, em seguida, clicar-se o botão, o tamanho de fonte 10 na palavra continente será alterado para 8, o que representará uma redução de 20% no tamanho 10 da fonte. 6. A formatação em negrito que está aplicada à expressão União Européia, na segunda linha, será removida ao final da seguinte seqüência de ações: clicar o botão ; posicionar o ponteiro do mouse imediatamente à esquerda da palavra União ; pressionar e manter pressionado o botão esquerdo do mouse; posicionar o ponteiro do mouse imediatamente à direita da palavra Européia ; liberar o botão esquerdo do mouse. 7. Ao se clicar o botão, será iniciada a ferramenta Ortografia e gramática, que tem como função principal auxiliar o usuário a verificar se o texto possui erros de grafia e(ou) de gramática. 8. Ao se aplicar um clique duplo em alguma palavra na primeira linha do texto e, em seguida, clicar-se, a primeira linha do texto, e apenas esta, será impressa. A figura abaixo mostra uma janela do Word 2000, com um trecho de um artigo do exgovernador do Distrito Federal, Cristovam Buarque, publicado no Correio Braziliense de 23/12/

49 Com respeito à figura do texto II, ao artigo de Cristovam Buarque e à utilização do Word 2000, julgue os itens abaixo. 9. Para sublinhar a palavra viável, é suficiente que o usuário selecione essa palavra e clique em. Caso deseje remover o sublinhado, basta posicionar o cursor sobre essa palavra e clicar novamente em. 10. Caso o usuário clique em, o Word 2000 iniciará uma busca automática de erros gramaticais no documento atual. 11. Caso o usuário deseje selecionar a palavra alternativa, ele conseguirá fazê-lo aplicando um clique duplo entre as letras r e n da referida palavra. 12. Para inserir o nome do autor do artigo no rodapé de todas as páginas do documento, é suficiente que o usuário realize o seguinte procedimento: clicar no menu ; escolher a opção cabeçalho e rodapé; na janela que será aberta em decorrência dessa ação, na área reservada ao rodapé, digitar o nome desejado; clicar finalmente em Fechar. 13. Caso o usuário queira salvar, no arquivo denominado crise de idéias, as últimas modificações realizadas na edição do texto mostrado na figura, será suficiente que ele clique no botão. 14. Ao clicar no botão, todo o texto que está sendo processado pelo Word 2000 será formatado como centralizado. 15. Clicando-se no botão, será aberta automaticamente uma caixa de diálogo que, além de permitir a impressão do documento, disponibiliza recursos de envio do arquivo em um , na forma de anexo a uma mensagem de correio eletrônico. 16. Caso o usuário substitua o número em por 200%, o número em mudará para

50 A figura acima ilustra uma janela do Word 2000, que contém parte de um texto extraído e adaptado do sítio Considerando essa figura, julgue os itens subseqüentes, relativos ao Word Considere o seguinte procedimento: clicar imediatamente antes de Secretaria, pressionar e manter pressionada a tecla Shift, clicar sobre Informática, liberar a tecla Shift. Esse procedimento seleciona a primeira linha mostrada no documento e habilita o botão Recortar. Então, se, após o procedimento mencionado, o referido botão for clicado, a linha selecionada será excluída do documento. 18. O Word 2000 permite salvar o documento em edição como página da Web. Antes de realizar esse procedimento, é possível visualizar, em um navegador, a aparência da página que será obtida por meio de opção encontrada no menu. 19. Por meio de opção encontrada no menu, é possível compartilhar o documento em edição com usuários da Internet, caso o computador no qual o Word 2000 está instalado esteja conectado a uma rede de banda larga. 20. É possível imprimir o documento em edição para um arquivo em vez de fazê-lo diretamente para uma impressora. Em seguida, esse arquivo pode ser convertido para o formato PDF, ocupando normalmente um espaço de disco inferior ao ocupado pelo arquivo original. 50

51 A figura acima ilustra uma janela do Word 2002 contendo um documento em edição com informações que foram extraídas do sítio Considerando essa figura, julgue os itens subseqüentes, acerca do Word No trecho de documento mostrado, o posicionamento da figura de forma sobreposta a um parágrafo foi possível devido ao fato de esse documento estar definido com o estilo de parágrafo. 22. Observa-se na janela ilustrada que o texto mais próximo do lado direito da figura está alinhado com relação a esse lado da figura. Caso se deseje alinhar o texto localizado no lado esquerdo da figura com relação a esse lado da figura, sem alterar o alinhamento existente à direita, é suficiente clicar sobre tradição e, em seguida, clicar. 23. Considere que o documento em edição seja salvo em disquete de 3½" e que, em outra sessão de uso do Word 2002, ao se tentar abrir esse documento, ocorra erro de leitura por dano do arquivo correspondente. Nessa situação, é possível a recuperação do arquivo danificado por meio de opção encontrada no menu. 51

52 24. Por meio de opção encontrada no menu, é possível abrir o documento ativo em uma janela do aplicativo PowerPoint 2002, na qual se poderá criar uma apresentação a partir do conteúdo do documento. Julgue os itens a seguir, considerando a figura acima, que mostra parte de uma janela do Word As opções encontradas no menu incluem as mostradas a seguir. 26. Caso se deseje abrir documento do Word armazenado em disquete ou no disco rígido do computador em uso, é possível fazê-lo por meio de opção encontrada no menu. 27. Por meio de opção encontrada no menu, é possível pesquisar na Internet páginas web relacionadas a determinada palavra selecionada no documento. Para isso, é necessário que o computador em uso tenha uma conexão do tipo ADSL. A figura a seguir ilustra uma janela do Word 2003 que está sendo executado em um computador cujo sistema operacional é o Windows XP. O documento em elaboração contém texto e imagem que foram extraídos de uma página web do sítio A imagem está sobre uma tela de desenho. 52

53 Questão 28 Considerando as informações do texto, assinale a opção correta. A. Na situação em que se encontra a janela do Word, caso se tecle, apenas a tela de desenho mencionada no texto será excluída, enquanto a imagem nela contida permanecerá no documento em edição. B. O botão permite abrir documento do tipo Word armazenado no computador, desde que o arquivo associado não esteja definido como somente para leitura. Caso o arquivo esteja com a referida definição, ele pode ser aberto por meio do botão. C. O texto mostrado na janela do Word pode ter sido inserido no documento, a partir da página web mencionada, por meio de recursos de copiar e colar do Windows XP. No entanto, esse procedimento não funciona no caso de imagem, sendo necessário que ela seja copiada em arquivo, antes de ser inserida no documento. D. Por meio de recursos disponibilizados ao se clicar, é possível realizar procedimento para inserir uma imagem no documento em edição, desde que ela esteja armazenada em arquivo. Questão 29 Ainda considerando as informações do texto, assinale a opção incorreta. A. É possível inserir o termo Tribunal de Justiça do Pará como cabeçalho do documento em edição por meio de recursos acessados no menu. B. É possível salvar o documento em edição com o nome TJ_PA_versão_2.doc por meio de procedimento realizado unicamente via teclado. 53

54 C. O procedimento descrito a seguir permite alterar a fonte, seu estilo e seu tamanho na primeira linha mostrada da primeira coluna do documento: selecionar a referida linha; clicar o botão direito do mouse; na lista disponibilizada, clicar opção que permite realizar as alterações mencionadas; na janela que é aberta em decorrência dessa ação, realizar as alterações desejadas. D. Na situação em que se encontra a janela do Word, é correto afirmar que o documento está formatado para duas colunas. É possível alterar essa formatação por meio de opção Questão 30 encontrada no menu. Considerando a situação em que se encontra a janela do Word mostrada no texto, assinale a opção correta. A. Em função do posicionamento da tela de desenho com relação ao texto, é correto inferir que os parágrafos mostrados do documento não podem ser justificados às margens esquerda e direita. B. A tela de desenho mostrada pode ter sido inserida no documento por meio de recursos disponibilizados ao se clicar o botão. C. Os botões e permitem alterar a cor de fundo da tela de desenho que está sob a imagem mostrada no documento. D. É possível inserir uma moldura na tela de desenho mostrada por meio do botão. edição. A figura a seguir mostra uma janela do Word 2003, com um documento em processo de Questão 31 Com relação à janela do Word 2003 mostrada no texto, assinale a opção correta. A. Ao se clicar qualquer um dos botões, o tamanho da janela vai aumentar, na direção horizontal. 54

55 B. Ao se clicar o botão, será impresso o conteúdo do arquivo denominado Notícia. As marcas de parágrafo serão também impressas, a não ser que se clique o botão, que irá suprimir esses símbolos. C. Por meio de funcionalidades do botão, é possível enviar o documento em edição como corpo de uma mensagem de . D. Para se abrir um novo arquivo, em branco, é suficiente clicar o botão. Questão 32 Ainda com relação à janela do Word 2003 mostrada no texto, assinale a opção correta. A. O botão permite a visualização de como será a aparência de páginas do documento quando ele for impresso. B. Para se inserir uma planilha do Excel 2003 automaticamente no início do documento em edição, é suficiente clicar. C. Para se minimizar a janela mostrada, é suficiente aplicar um clique duplo em uma área vazia da barra de títulos. D. Para se alterar o tamanho da fonte usada de 12 para 10 na palavra Adolescentes, é suficiente selecionar essa palavra e clicar duas vezes em, no lado direito da ferramenta. Questão 33 Ainda tendo o texto como referência, assinale a opção correta. A. O termo, no campo, corresponde ao nome da pasta em que o arquivo denominado Notícia está armazenado. B. Ao se aplicar um clique duplo em qualquer palavra do parágrafo iniciado em Adolescentes, todo o parágrafo será selecionado. C. É correto inferir da janela do Word 2003 que o documento em edição possui mais de uma página. D. Para se copiar a palavra Adolescentes para a área de transferência, é suficiente selecionar essa palavra, pressionar e manter pressionada a tecla, em seguida teclar, e, finalmente, liberar a tecla. 55

56 Questão 34 Considerando a figura acima, que ilustra a lista de opções disponibilizada ao se clicar o menu Ferramentas do aplicativo Word 2002, assinale a opção incorreta. A. Por meio da opção, é possível atribuir uma senha para impedir que se façam alterações no documento em edição. Quando um documento está assim protegido, essa opção é alterada para permitir que a proteção seja retirada. B. Ao se clicar, será aberta uma janela que disponibiliza recursos para a definição de opções relativas à correção automática de texto. C. No submenu acessível por meio da opção, encontra-se ferramenta que permite atualizar o dicionário de sinônimos em uso. Usando esse dicionário, é possível substituir uma palavra selecionada do documento em edição por um sinônimo ou palavra relacionada. D. Por meio da opção, é possível converter o documento em edição para um arquivo no formato HTML. Esse tipo de formato permite exibir o arquivo correspondente como uma página web. E. Ao se clicar, será aberta uma janela que permite modificar diversas configurações do Word, entre elas, as opções de impressão, edição, ortografia e aparência de tela. 56

57 A figura acima mostra uma janela do Word 2002, executado em um computador que usa o Windows XP como sistema operacional. Questão 35 Com relação à figura e ao Word 2002, assinale a opção correta. A. Considerando que a palavra Daniel esteja selecionada, caso se pressione a tecla, a letra o aparecerá à esquerda da palavra Daniel, que será, então, afastada um espaço para a direita. B. Para centralizar o título Daniel, é suficiente clicá-lo e, em seguida, clicar. Ao se clicar, em seguida, o botão, essa ação será desfeita. C. Ao se clicar o botão, é aberta uma outra janela, mostrando o conteúdo da área de transferência do Windows XP. D. Para se esconder a barra de ferramentas padrão, é suficiente clicar o botão, à direita dessa barra. Questão 36 Ainda com relação à figura e ao Word 2002, assinale a opção correta. A. Ao se aplicar um duplo clique em qualquer local do texto, o Assistente do Office é acionado automaticamente, o que permite a busca de respostas sobre dúvidas a respeito de funcionalidades do Word B. Para se abrir uma janela do PowerPoint, é suficiente clicar o botão. C. Considerando que a palavra Daniel, no título, esteja selecionada, ao se clicar o menu e, depois, a opção Copiar, essa palavra será copiada para a área de transferência. D. Ao se clicar o ícone, no canto superior esquerdo da janela, a janela será minimizada. Questão 37 Ainda com relação à figura e ao Word 2002, assinale a opção correta. A. Considerando que a palavra Daniel esteja selecionada, caso se clique o botão, todo o parágrafo iniciado em Daniel é um dos será circundado com uma borda retangular. B. É correto concluir, pela análise da figura mostrada, que a palavra Nabucodonosor foi sublinhada pelo usuário por meio do botão. C. A ferramenta permite definir a cor da fonte usada em um texto selecionado. D. Como o botão está exibido, no canto superior direito da janela, é correto afirmar que a mesma está maximizada. 57

58 A figura acima ilustra uma janela do Word 2000 contendo um documento com parte de um texto extraído e adaptado do sítio Considerando que o documento mostrado está dividido em duas seções, sendo que a primeira tem uma coluna e a segunda tem duas, julgue os próximos itens, acerca do Word Caso se deseje definir a primeira seção do documento também para duas colunas, é suficiente realizar o seguinte procedimento: clicar sobre Impossível, na segunda seção mostrada do documento; clicar ; e, finalmente, clicar sobre ambiente, na primeira seção. 39. Considere que se deseje justificar as margens das duas colunas mostradas na segunda seção do documento. Nesse caso, é suficiente realizar o seguinte procedimento: clicar sobre Impossível, na primeira coluna da referida seção; e, a seguir, clicar o botão. 40. Caso se deseje que as seções mostradas sejam impressas em páginas distintas, é possível fazêlo por meio das seguintes ações: aplicar um clique duplo sobre contínua, em ; digitar a expressão próxima página; teclar ; clicar a opção Imprimir, no menu. 41. Por meio de opção encontrada no menu, é possível modificar margens de apenas uma das seções do documento em edição, sem alterar a margem da outra seção. Da mesma forma, na opção Imprimir, disponibilizada nesse mesmo menu, existe campo que permite definir a impressão de apenas uma das seções do documento. 58

59 Questão 42 Considerando a figura acima, que mostra a edição de um documento no Word 2003, assinale a opção correta. A. A formatação do sublinhado duplo do título é criada utilizando-se o recurso Fonte no menu. B. O marcador apresentado à esquerda, na lista, é criado usando-se o recurso. C. O símbolo apresentado à direita dos tópicos da lista é criado usando-se o recurso. D. Só é possível colocar a lista em ordem alfabética convertendo-se o texto em tabela. Questão 43 Considerando a figura acima, que ilustra uma janela do Word 2002 com um documento em processo de edição, assinale a opção correta. 59

60 A. Para se ativar a ferramenta que permite realizar automaticamente a verificação de ortografia e gramática do documento em edição, é suficiente clicar o botão. B. Ao se clicar o menu, é exibida uma lista de comandos, entre os quais o comando Copiar, que permite transcrever uma seleção para a área de transferência. C. Para se dividir a janela ativa em duas, exibindo na mesma janela duas regiões diferentes do texto, é suficiente clicar o botão. D. Ao se aplicar um clique duplo na palavra usual e se teclar, a referida palavra será excluída do documento em edição. E. Para se abrir a ferramenta que permite proteger o documento, de forma que seja necessário Questão 44 o fornecimento de uma senha para alteração do mesmo, é suficiente clicar. Considerando a figura acima, que ilustra uma janela do Word 2002 contendo um documento em edição, assinale a opção correta. A. Embora o Word 2002 apresente uma ferramenta que permite a contagem do número de palavras em um trecho selecionado do documento, essa ferramenta não permite a contagem do número de caracteres na seleção. B. Ao se clicar o menu, é exibida uma lista de opções, entre elas, a opção Parágrafo, que possui funcionalidades que permitem definir o espaçamento entre linhas de um parágrafo selecionado. 60

61 C. Ao se clicar duas vezes o botão, em, o número 100%, contido nessa caixa de diálogo, será alterado para 80%. D. Para se mostrar ou esconder o recurso denominado Assistente do Office, é suficiente clicar o botão. E. Caso se selecione a palavra Partidária e, em seguida, se clique três vezes o botão, a palavra Sistema será selecionada. A figura acima mostra uma janela do Word 2002, com parte de um documento em processo de edição. Com relação a essa janela e ao Word 2002, julgue os itens seguintes. 45. Ao se clicar o botão, caracteres não-imprimíveis que estão sendo exibidos na janela ficarão ocultos. 46. A barra de ferramentas Revisão está sendo exibida na janela. 47. Para se exibir a barra de ferramentas Desenho, que apresenta funcionalidades que permitem a elaboração de desenhos simples, é suficiente clicar o botão. 48. Sabendo-se que a palavra Líquido, na segunda linha do título que aparece na janela, está formatada em negrito, para se desativar essa formatação, é suficiente aplicar um clique duplo sobre a referida palavra; pressionar e manter pressionada a tecla ; teclar ; liberar a tecla. 49. Ao se clicar o menu, serão exibidas diversas opções, incluindo-se a opção Idioma, que permite a tradução de um trecho selecionado do documento para outras línguas que estejam incluídas na biblioteca do Word. 61

62 Considerando a figura acima, que mostra uma janela do Word 2002 com parte de um documento em processo de edição, julgue os itens subseqüentes, considerando, ainda, que a palavra Certificado, na linha 4 do documento, esteja selecionada. 50. Por meio da seguinte seqüência de ações, é possível copiar a referida palavra Certificado para a área de transferência: pressionar e manter pressionada a tecla ; teclar ; liberar a tecla. 51. É correto afirmar que a fonte utilizada na palavra Certificado é a Times New Roman. 52. Caso o usuário altere o valor 10, no campo, para 12, apenas o tamanho da fonte usado na palavra Certificado será modificado para um tamanho maior, ficando inalterado o tamanho da fonte das demais palavras do texto. 53. Ao se clicar, sucessivamente, os botões, e, serão aplicadas à palavra Certificado as formatações negrito e itálico, e, além disso, essa palavra será sublinhada. 54. Ao se clicar o menu, é exibida uma lista de opções, entre as quais a opção Salvar. Essa opção possui funcionalidades de salvaguarda de documentos Word em arquivo com nome e local apropriados. Essas funcionalidades podem permitir também a salvaguarda de documentos em arquivos com determinados formatos diferentes do formato de documento Word. 62

63 A figura acima mostra uma janela do aplicativo Word 2002, que está sendo executado em um computador cujo sistema operacional é o Windows XP. Com relação a essa figura, ao Word 2002 e ao Windows XP, julgue os itens que se seguem. 55. Para copiar a palavra apresentar para outro local do documento, é suficiente realizar a seguinte seqüência de ações: selecionar a referida palavra; pressionar e manter pressionada a tecla ; teclar ; liberar a tecla ; clicar o local para onde se quer copiar a palavra, de forma que o ponto de inserção seja posicionado nesse local; pressionar e manter pressionada a tecla ; teclar ; liberar a tecla. 56. O botão permite salvar o documento em edição para um arquivo em disquete, mas não permite salvá-lo em outros dispositivos, como no disco rígido ou no pen-drive. 57. Ao se selecionar a palavra documento e, em seguida, se clicar o botão, será aplicada a formatação em itálico a essa palavra. Caso se clique o botão permanecerá com a fonte em itálico. novamente, a palavra selecionada A figura acima mostra uma janela do Word 2002, que está sendo usada para edição de um documento em um computador cujo sistema operacional é o Windows XP. Com relação a essa figura e ao Word 2002, julgue os itens seguintes. 63

64 58. Existem diversas formas de se iniciar o programa Word Uma delas consiste em se adicionar à área de trabalho do Windows XP um atalho para o Word 2002 e aplicar um clique duplo no ícone associado a esse atalho. 59. Ao se clicar o botão, serão exibidos na janela alguns caracteres que representam, por exemplo, tabulação e marcas de parágrafo. Entretanto, mesmo sendo exibidos, esses caracteres não são impressos quando o documento é enviado para uma impressora. 60. O botão possui funcionalidades que permitem, por meio de uma seqüência adequada de ações, abrir um arquivo do tipo Word que esteja armazenado no disco rígido do computador em uso. 61. Ao se selecionar o parágrafo iniciado em Realizar atividades, e se clicar o botão, é aplicado a esse parágrafo um efeito semelhante ao de um marca-texto, que realça o texto aplicandolhe uma cor de fundo. A cor utilizada na marcação pode ser alterada por meio da janela Opções, que é acessível no menu. 62. Caso, acidentalmente, se realize uma ação indesejada que exclua do documento um grande trecho de texto, é possível, muitas vezes, desfazer-se a ação indesejada e recuperar-se o texto perdido por meio de funcionalidades do botão. 64

65 GABARITO WORD Questão Resposta Questão Resposta 1 F 40 F 2 V 41 F 3 V 42 F,F,F,V 4 V 43 F,F,F,V,F 5 V 44 F,V,F,F,F 6 V 45 V 7 F 46 V 8 F 47 F 9 V 48 V 10 F 49 F 11 V 50 V 12 F 51 F 13 V 52 V 14 F 53 V 15 F 54 V 16 F 55 V 17 V 56 F 18 V 57 F 19 F 58 V 20 V 59 V 21 F 60 V 22 F 61 F 23 F 62 V 24 F 25 F 26 V 27 F 28 F,F,F,F 29 F,V,V,V 30 F,V,F,F 31 F,F,V, F 32 V, F,F,F 33 F,F,F,V 34 V,V,V,F,V 35 F,V,F,F 36 F,F,V, F 37 F,F,V,F 38 F 39 F 65

66 MICROSOFT EXCEL O Microsoft Excel é um aplicativo de planilha eletrônica que além da planilha, oferece recursos de elaboração de gráficos e permite utilizar a própria planilha como banco de dados. Sendo formada por uma grande tabela contendo várias colunas e linhas. Uma planilha pode ilustrar de forma gráfica as variações de preços de um ou vários produtos, estatísticas de vendas mês a mês, somar valores sem a necessidade de cálculos, organizar dados facilmente através de suas células. Os arquivos do excel são chamados de Pastas de trabalho, com várias planilhas dentro de uma mesma pasta. Pode-se fazer operações com uma única planilha de cada pasta, ou com várias planilhas de uma vez. INICIANDO O EXCEL Para iniciar o Excel clique em Iniciar/Programas/Microsoft Excel AMBIENTE DE TRABALHO Quando o Excel é iniciando é exibido uma nova pasta de trabalho em branco. Nesta pasta você poderá inserir seus dados dentro das planilhas denominadas Plan1, Plan2, Plan3. Você pode inserir planilhas através do menu Inserir/Planilhas. Para excluir uma planilha, clique nela com e o botão direito do mouse e escolha Excluir. INSERIR DADOS NA PLANILHA Posicione o cursor na célula que você desejar iniciar. Clique no botão do mouse e inicie a digitação dos dados. Pressione a tecla ENTER e o cursor irá pra a próxima célula. 66

67 Ou você pode pressionar uma seta e ela levará o cursor para uma célula na direção indicada (por exemplo, para a direita, se você pressionou a seta à direita). Repita o procedimento até a última célula e só então, clique ENTER. Note que: Ao posicionar o cursor na célula, ele se transformará num sinal de adição. Os números, quando digitados, são alinhados à direita. O texto, quando digitado é alinhado à esquerda. Para aceitar dos dados digitados, pressione a tecla ENTER, ou pressione a tecla de seta. Para apagar ou corrigir um texto, use a tecla Backspace. MOVER-SE NA PLANILHA Você pode movimentar-se dentro de uma planilha usando o mouse ou o teclado. Com o mouse, você usa as barras de rolagem vertical e horizontal para visualizar as outras partes da planilha. Através do teclado: Pressione as teclas de seta (para a direita, esquerda, para cima ou para baixo). Ou o comando Editar, Ir Para que abre a caixa de diálogo Ir Para. Neste caso, digite na caixa de texto Referência, a especificação da célula para a qual você quer ir (célula B42, por exemplo). Clicando no botão OK, levará à célula indicada. TECLAS DE ATALHO Ctrl + Home = levam ao início da planilha, célula A1 (parte superior esquerda) Ctrl + Y = abrem rapidamente a caixa de diálogo Ir Para. MOVER-SE EM UMA PASTA DE TRABALHO 67

68 Uma pasta de trabalho pode ter diferentes planilhas com dados armazenados.cada guia de uma pasta de trabalho, representa uma planilha (Plan 1, Plan 2 etc) que é visualizada, clicando-se na guia escolhida, Plan 1 ou Plan 2, por exemplo, na parte inferior esquerda da pasta de trabalho. Você pode acrescentar quantas quiser na pasta de trabalho. Dessa forma, pode armazenar dados financeiros mensais, cada mês correspondendo a uma planilha e gravar tudo em uma mesma pasta de trabalho, que neste caso terá 12 planilhas. ACRESCENTA UMA PLANILHA Para acrescentar uma planilha, clique em Inserir, Planilha. Ela aparecerá à esquerda da planilha que está sendo utilizada no momento. RENOMEAR PLANILHA As planilhas podem ter nomes específicos e para renomeá-las, clique em Plan 1, por exemplo, com o botão direito do mouse e em seguida na opção Renomear no menu de atalho. Digite o nome e clique na tecla Enter. MOVER/COPIAR PLANILHA Para mover ou copiar uma planilha, clique na sua guia e em seguida na opção Editar/Mover ou Copiar no menu de atalho. A caixa de diálogo Mover ou Copiar abrirá e clique na opção desejada para mover a planilha. 68

69 Clique no botão OK. EXCLUIR PLANILHA Clique no botão direito do mouse na planilha que será excluída e no menu de atalho escolha a opção Excluir. Uma tela de alerta irá aparecer. Clique no botão OK para excluir definitivamente a planilha. Clique no botão Cancelar para cancelar a operação. SALVAR UMA PASTA DE TRABALHO Ao digitar os dados numa pasta de trabalho, estes ficam armazenados no disco. Não se esqueça de salvar sempre os dados pois pode recuperá-los mais tarde. Clique no botão ( ) Salvar na barra de ferramentas Padrão. Dê um nome ao arquivo e escolha a pasta na qual irá armazená-lo. Clique no botão Salvar. Se quiser, dê um nome diferente ao arquivo, na caixa de diálogo Salvar Como. Clique em Salvar, na caixa de diálogo Salvar Como. O nome da pasta de trabalho aparecerá na barra de título. Se você já deu um nome à pasta de trabalho, clique apenas em Salvar na barra de ferramentas Padrão. Caso não queira salvar a pasta no diretório Meus Documentos, selecione a caixa de listagem suspensa Salvar Em e escolha outro local para salvar seu arquivo. 69

70 FECHAR UMA PASTA DE TRABALHO Ao concluir o trabalho na pasta de trabalho, ela pode ser fechada com ou sem alterações. Clique em Fechar. O Excel sempre perguntará se deseja salvar a pasta de trabalho. Clique no botão Sim se deseja salvar as alterações, clique no botão Não para simplesmente fechar sem gravar os dados alterados. A pasta de trabalho será então fechada. Clique no botão cancelar para cancelar qualquer ação. Quando uma pasta de trabalho não está aberta, somente alguns botões estão disponíveis na barra de ferramentas Padrão. Assim que uma pasta é aberta, os botões ficam novamente disponíveis. ACRESCENTAR NOVA PASTA DE TRABALHO Toda vez que você iniciar o Excel, uma pasta de trabalho em branco é apresentada. Você pode criar novas pastas de trabalho em branco sempre que quiser. Clique no botão ( barra de ferramentas Padrão. O Excel abre nova pasta de trabalho com a célula A1 ativa. ABRIR UMA PASTA DE TRABALHO ) Novo na Para trabalhar numa pasta de trabalho já criada, é necessário abri-la. Clique no botão ( ) Abrir na barra de ferramentas Padrão. Abra a pasta onde foi armazenado o arquivo. Dê um clique duplo no arquivo que você deseja abrir na caixa de diálogo Abrir e a pasta de trabalho será aberta. Se necessário, clique na seta da lista suspensa Examinar e escolha uma pasta na lista. Se quiser ir um nível acima, clique no botão ( ) Um Nível Acima na barra de ferramentas Abrir. Se você clicar duas vezes em uma subpasta o seu conteúdo aparece na lista de pastas e arquivos. VISUALIZAR VÁRIAS PASTAS DE TRABALHO Você pode visualizar na tela, múltiplas pastas de trabalho simultaneamente e também pode redimensionar suas janelas. A pasta de trabalho ativa é a que exibe uma barra de título mais escura e a célula ativa está visível na pasta de trabalho ativa. Clique no menu Janela/Organizar para abrir a caixa de diálogo Organizar Janelas. 70

71 Selecione a opção desejada (por exemplo, Horizontal). Clique em OK. Clique na barra de título ou no corpo da pasta de trabalho para ativá-la. Para visualizar somente a pasta de trabalho que desejar (maximizá-la), clique duas vezes na barra de título da pasta de trabalho desejada. INSERIR LINHAS E COLUNAS Linhas e colunas extras podem ser inseridas o que possibilita mais espaço para os dados e facilita a leitura. Clique na célula acima da qual você deseja inserir uma linha. Clique no menu Inserir/Linhas para inserir uma linha acima dos títulos das colunas. Para inserir uma coluna, clique na célula à esquerda de onde você deseja inserir uma coluna. Clique no menu Inserir/Colunas para inserir uma coluna à esquerda dos títulos das linhas. Ao inserir nova linha ou coluna o Excel atualiza automaticamente qualquer fórmula abrangida pela inserção. REMOVER LINHAS E COLUNAS Você pode excluir quantas linhas e colunas desejar para eliminar dados desnecessários ou espaços inúteis. Clique no cabeçalho da linha que você deseja excluir. Clique com o botão direito do mouse e escolha a opção Excluir. 71

72 Atenção: se ao excluir uma linha, aparecer o erro #REF! numa célula, isto quer dizer que você excluiu uma ou mais células com dados necessários para sua planilha calcular uma fórmula. SELECIONAR CÉLULAS PARA TRABALHAR O primeiro passo para trabalhar com as células é selecioná-las. Clique na primeira célula no intervalo de células que você deseja selecionar. Clique e arraste o mouse até o canto oposto do intervalo de células que deseja selecionar. Ou, se preferir usar o teclado, pressione a tecla Shift e use as teclas de seta (para direita, para a esquerda, para cima ou para baixo) para fazer a seleção das células. Outra alternativa, é pressionar a tecla Ctrl enquanto clica nas células a serem selecionadas. Para selecionar toda a planilha, clique na caixa cinza acima da linha 1 e à esquerda da coluna. Ou use as teclas de atalho Ctrl + T. ACRESCENTAR CÉLULAS Se ao trabalhar na planilha você digitar dados na célula errada de uma coluna ou linha, você pode inserir células e empurrar as células atuais para a localização correta, evitando o trabalho de digitar novamente os dados. Clique com o botão direito do mouse e escolha o comando Inserir no menu de atalho para abrir a caixa de diálogo Inserir. Ou selecione as células onde você inserir uma célula. Clique no menu Inserir/Células para abrir a caixa de diálogo Inserir. 72

73 células. Clique em OK para aceitar a opção padrão Deslocar Células para Baixo ao inserir as REMOVER CÉLULAS Se quiser eliminar dados de sua planilha, você pode excluir as células desejadas e empurrar as células atuais para seu local correto. Basta selecionar as células que deseja excluir. Clique no menu Editar/Excluir para abrir a caixa de diálogo Excluir. células. Clicar em OK para aceitar a opção padrão Deslocar Células para Cima ao excluir Atenção: Se ao excluir células aparecer o erro #REF! em uma célula, isto quer dizer que os dados excluídos são necessários para calcular uma fórmula. O comando Desfazer, desfaz a operação. RECORTAR, COPIAR E COLAR O Office 2000 permite recortar, copiar e colar até 12 itens diferentes de cada vez, o que facilita permitindo copiar e colar células várias vezes evitando digitar novamente os dados. Selecione as células que deseja recortar e colar. Clique no botão ( ) Recortar na barra de ferramentas Padrão. Selecione as células que deseja copiar e colar. Clique no botão ( ) Copiar na barra de ferramentas Padrão. Clique com o cursor no local da planilha onde você deseja colar os dados. Clique no botão ( ) Colar. Se quiser mover os dados de seu local atual para um novo, clique em Recortar na barra de ferramentas. Este procedimento remove o valor selecionado do local antigo. 73

74 Se você cola as células através das teclas Ctrl + V, pode colar as fórmulas das células. O mesmo não acontece se você cola células com fórmulas usando a Área de Transferência, pois neste caso, está colando não as fórmulas, mas apenas os valores. DESLOCAR DADOS Você pode deslocar dados de uma célula e inseri-los em outra célula. Selecione as células que deseja mover. Clique na borda das células selecionadas e arraste as células até o local onde você deseja colar os dados das células. Solte os dados que está movendo e eles permaneceram no novo local. Caso você movimente os dados errados ou para o local errado, clique no botão ( ) Desfazer na barra de ferramentas Padrão. A movimentação mais recente estará desfeita. DESFAZER E REFAZER ALTERAÇÕES Para desfazer alterações, clique no botão ( ) Desfazer na barra de ferramentas Padrão. Clique no botão ( ) Refazer na barra de ferramentas Padrão para refazer cada alteração recente. Se tiver que desfazer e refazer várias vezes, um procedimento mais simples é clicar na seta para baixo ao lado de cada botão e selecionar todas as ações que deseja desfazer ou refazer de uma só vez. Se preferir usar as teclas de atalho para desfazer, pressione Ctrl + Z. LOCALIZAR DADOS O recurso Localizar permite encontrar informações específicas em uma grande planilha. Por exemplo, imagine que você precise encontrar rapidamente a linha que trata dos dados de finanças de abril de Pressione as teclas de atalho Ctrl + L para abrir a caixa de diálogo Localizar. Digite a informação que precisa encontrar (por exemplo, Abril 99) na caixa de diálogo Localizar. Clique em Localizar Próxima. O Excel localiza a primeira ocorrência da informação e ativa a célula que a contém. Clique em Fechar para encerrar. 74

75 Um outro procedimento para procurar dados é clicar no menu Editar/Localizar. Para continuar a procura por mais ocorrências de um critério de procura, clique em Localizar Próxima. Se a informação procurada não existir na planilha o Excel o avisa através de uma caixa de mensagem. SUBSTITUIR DADOS Se estiver trabalhando em uma planilha e precisar alterar várias células de dados, pode usar o recurso Localizar e Substituir. Use as teclas de atalho Ctrl+U para abrir a caixa de diálogo Substituir. Digite os dados que quer encontrar na caixa de texto Localizar. Pressione a tecla Tab e digite os dados que quer substituir na caixa de texto Substituir por. Clique em Substituir Todas, e todas as ocorrências serão substituídas. Se quiser percorrer a planilha e substituir uma ocorrência de cada vez, basta clicar em Substituir em vez de Substituir Todas. PROTEGER E COMPARTILHAR PASTAS DE TRABALHO Se você compartilha arquivos com outros usuários, talvez seja útil proteger suas pastas de trabalho o que restringe o acesso a elas evitando que alterações sejam feitas. As opções de proteção são: Proteger Planilha, Proteger Pasta de Trabalho e Compartilhar Pasta de Trabalho. Clique no menu Ferramentas/Proteção/Proteger e Compartilhar Pasta de Trabalho para abrir a caixa de diálogo Proteger Pasta de Trabalho Compartilhada. Esse comando define as alterações de controle impedindo que sejam desativadas. Clique em Compartilhar com Alterações de Controle (essa opção ativa a caixa de texto opcional de senha) e pressione a tecla Tab. Digite uma senha na caixa de texto Senha (opcional) e pressione Enter. Se outro usuário quiser abrir essa pasta de trabalho terá que digitar a mesma senha. Digite novamente a senha na caixa de diálogo Confirmar Senha e pressione Enter. 75

76 Não esqueça a senha, sem ela você não terá acesso às suas pastas de trabalho. CONTROLAR ALTERAÇÕES Este recurso é bastante útil quando várias pessoas trabalham numa mesma planilha. Por exemplo, cada usuário que acrescenta dados à pasta de trabalho pode ativar as marcas de revisão para que as alterações feitas apareçam em cor diferente das alterações feitas por outros usuários. O único momento em que as cores não são diferentes é quando duas pessoas usam o mesmo computador ou as mesmas informações de usuário (login ou senha). Clique no menu Ferramentas/Controlar Alterações/Realçar Alterações para abrir a caixa de diálogo Realçar Alterações. Clique na opção Controlar Alterações ao Editar. Também Compartilha a Pasta de Trabalho. Proteger e compartilhar pastas de trabalho. Clique em OK. Uma caixa de mensagem aparece informando que esse procedimento irá salvar a pasta de trabalho e se deseja continuar. Clique em OK e a barra de título da pasta de trabalho informa que a pasta de trabalho está (Compartilhado). Digite uma alteração em uma célula e pressione Enter. Note que a célula agora contém uma marca de comentário no canto superior esquerdo e uma borda colorida. 76

77 Mova o cursor sobre a célula alterada para exibir uma dica de tela, mostrando qual a alteração feita, quem a fez e quando. ALTERAÇÕES CONTROLADAS Quando estiver pronto para finalizar quaisquer alterações controladas feitas em uma planilha, precisa determinar quais as alterações que deseja aceitar ou rejeitar. Se aceita uma alteração, o Excel a mantém. Se você a rejeita, o Excel restaura o valor anterior e apaga a alteração controlada. Clique no menu Ferramentas/Controlar Alterações/Aceitar ou Rejeitar Alterações. Clique em OK na caixa de mensagem que aparece na tela, informando que esse procedimento salva a pasta de trabalho, a não ser que você a tenha salvo recentemente. Clique em OK para aceitar as opções padrão nas caixas de listagem Quando, Autor e Onde que você deseja aceitar ou rejeitar uma alteração. Clique em Aceitar Todas para aceitar todas as alterações na pasta de trabalho. Note que a marca de comentário permanece para sua referência. Na caixa de diálogo Selecionar Alterações para Serem Aceitas ou Rejeitadas, clique em Rejeitar para retornar a marca controlada ao texto original; clique em Aceitar para aceitar uma 77

78 alteração controlada à medida que revisa as alterações da pasta; ou clique em Rejeitar Todas para rejeitar todas as alterações feitas na pasta de trabalho. VERIFICAR A ORTOGRAFIA Para revisar sua pasta de trabalho, clique em Verificar Ortografia na barra de ferramentas Padrão. A caixa de diálogo Verificar Ortografia aparece exibindo o primeiro erro ortográfico encontrado. Clique na opção apropriada na caixa de listagem Sugestões. Clique em Alterar. O Excel faz a correção e passa para o próximo erro. Clique em OK quando aparecer a mensagem de que a verificação ortográfica está completa. Todos os erros foram revisados. Você pode iniciar a verificação ortográfica no meio de uma pasta de trabalho. O Excel revisa os erros até o fim e depois pergunta se deseja revisar desde o início. AUTOSOMA Você pode somar manualmente os valores das células que desejar e digitar o total. Mas caso tenha que alterar algum valor, a soma ficará incorreta. Por isso o Excel usa fórmulas para executar cálculos. A fórmula Autosoma adiciona os números em um intervalo de células. Como uma fórmula se refere às células em vez de aos valores, o Excel atualiza a soma sempre que os valores forem alterados na célula. Clique na célula que deverá conter o total. 78

79 O resultado da fórmula aparecerá nessa célula. Clique no botão ( ) Autosoma na barra de ferramentas Padrão. O Excel seleciona o intervalo de números para calcular e indica-o com uma linha pontilhada ao redor das células. Pressione a tecla Enter; a caixa Função exibe o tipo de função (Soma). Você pode selecionar as células mantendo pressionada a tecla Shift e clicar em cada célula adicional que você deseja incluir no cálculo. Quando terminar de a seleção das células que deseja calcular, pressione a tecla Enter para ver o resultado. FÓRMULA Caso você não queira usar a Autosoma (você pode querer executar cálculos usando referências de determinadas células apenas), você pode digitar a fórmula desejada diretamente na célula. Clique na célula C8. Digite = (o sinal de igual). Digite C2+C3+C4+C5+C6 e pressione Enter. 79

80 Note que a caixa Função exibe o tipo da função (SOMA) e o resultado aparece na célula. Clique na célula C11 para ativá-la. Note que a fórmula é exibida na barra de fórmulas. OPERADORES Para cancelar uma fórmula que você já tenha começado a inserir, tecle Esc. Os operadores usados para definição da fórmula são: Para operações matemáticas: Operador Utilizado para: Exemplo + Adição D1+D4 - Subtração D4-5 * Multiplicação A7*7 / Divisão 365/12 ^ Exponenciação A5^9 Para relacionamentos (comparações): FUNÇÃO Operador Descrição Exemplo > Maior D1>D4 < Menor D4<5 = Igual A7=15 <> Diferente B5<>12 >= Maior ou igual C7>=100 <= Menor ou igual B9<=A5 O Excel também permite a digitação de funções. Elas são procedimentos de cálculos previamente definidos, determinando um resultado com significado único. 80

81 As funções também devem ser iniciadas com o sinal de igual (=) e normalmente são seguidas de um ou mais parâmetros, dependendo da função. Clique na célula C8. Clique no botão ( diálogo Colar Função. ) Colar Função na barra de ferramentas Padrão para abrir a caixa de Clique duas vezes na opção Média na caixa de listagem Nome da Função. O Excel seleciona o intervalo de células que você deseja calcular a média. fórmulas. Clique em OK. O resultado aparece na célula ativa e a função é exibida na barra de 81

82 COPIAR UMA FÓRMULA Se você usa os mesmos dados e fórmulas em mais de uma célula, o comando Copiar permite criar os dados ou fórmulas uma vez e inseri-las nas células que quiser. Em vez de ativar cada célula e inserir a mesma fórmula, você cria a fórmula para a primeira célula e a copia para as outras células desejadas. Clique na célula onde está a fórmula que deseja copiar. Clique no botão ( ) Copiar na barra de ferramentas Padrão. Clique na célula onde você deseja colar a função. Uma linha pontilhada contorna a célula que está sendo copiada. Tecle Enter para colar a função em cada célula desejada. O Excel 2000 possui um recurso de preenchimento automático que automaticamente estende a formatação e as fórmulas em listas. Por exemplo, crie uma lista com diferentes campos em cada coluna e totalize-a na linha final; formate a lista com o tamanho da fonte e cor. Se uma nova coluna for acrescentada à direita, o Excel preenche a formatação e a fórmula total para você. USAR O RECURSO AUTOCÁLCULO O Autocálculo é um recurso útil quando você não quer acrescentar a função diretamente na planilha. Por exemplo, localizar qual a região que tem a maior meta de vendas no quarto trimestre do ano Selecione as células nas quais deseja utilizar o Autocálculo. Clique com o botão direito do mouse na barra de status e escolha à opção Mínimo no menu de atalho. Para desativar o recurso Autocálculo, escolha a opção Nenhum no menu de atalho do Autocálculo. ESTILOS PARA DADOS NUMÉRICOS Diferentes estilos podem ser aplicados nas células dependendo do tipo de dados que contêm. Por exemplo, os números de vendas geralmente são exibidos no formato monetário e os 82

83 dados científicos são exibidos com vírgulas e pontos decimais. O uso de estilos afeta o modo como as células aparecem, mas não limita o tipo de dados que você pode inserir. Selecione as células que quer formatar. Clique duas vezes no botão ( ) Aumentar Casas Decimais na barra de ferramentas Formatação. Clique no botão ( ) Separador de Milhares na barra de ferramentas Formatação. Clique no botão ( ) Estilo de Moeda na barra de ferramentas Formatação. Para visualizar a seleção dos vários estilos disponíveis, escolha o comando Formatar, Células e clique nas várias opções que a lista Categoria exibe. NEGRITO, ITÁLICO E SUBLINHADO Os dados de uma ou mais células podem ser formatados a fim de ser ressaltados ou mesmo para facilitar a visualização. O uso do negrito, itálico ou sublinhado quando aplicado aos números, os fazem sobressair. Selecione as células que deseja formatar. Clique no botão ( ) Negrito na barra ferramentas Formatação. Clique no botão ( ) Itálico ou no botão ( ) Sublinhado na barra ferramentas Formatação. Se desejar, você também pode usar as várias técnicas de formatação combinadas, como negrito e itálico ou itálico e sublinhado. ALTERAR O ALINHAMENTO O Excel possibilita vários meios para formatação dos dados. O alinhamento de dados é um deles. O alinhamento padrão para números é à direita e para texto é à esquerda. Depois de selecionar o texto a alinhar, se você clicar no mesmo botão de alinhamento uma segunda vez, a célula retorna para seu alinhamento padrão. Selecione as células a serem alinhadas. Clique no botão ( ) Centralizar, ( ) Alinhar à Direita ou ( )Alinhar à Esquerda na barra de ferramentas Formatação. RETORNAR A LINHA DE TEXTO EM UMA CÉLULA O recurso de retorno de texto permite o retorno de texto em uma célula. Às vezes um título é mais longo do que a largura da célula que o contém. Neste caso o recurso pode ser utilizado para que o título fique totalmente visível na célula desejada. Selecione as células nas quais quer ativar o retorno de texto. Clique no menu Formatar/Células para abrir a caixa de diálogo Formatar Células. Clique na guia Alinhamento e clique na opção Retorno Automático de Texto na área de Controle de Texto da caixa de diálogo Formatar Células. 83

84 Clique em OK. Alinhar o texto com retorno automático às vezes dá ao texto uma aparência mais clara. USAR O RECURSO MESCLAR E CENTRALIZAR EM UMA CÉLULA Outro meio de formatar os dados é o recurso Mesclar e Centralizar. As colunas de dados geralmente possuem títulos de colunas e podem ter também informações de cabeçalho de grupos dentro de um conjunto de colunas. Selecione as células que deseja mesclar e centralizar. Clique no botão ( Centralizar na barra de ferramentas Formatação. ) Mesclar e Para desfazer um conjunto de células mescladas e centralizadas, selecione primeiro esse conjunto. Clique no menu comando Formatar/Células. Clique na guia Alinhamento e clique na caixa de verificação Mesclar Células para desfazer a seleção dessa opção. BORDAS Uma borda corresponde a cada lado de uma célula. Essas bordas indicam visualmente onde uma célula inicia e termina. Para acrescentar bordas, selecione as células às quais deseja acrescentar algum tipo de borda. Clique na opção desejada no menu suspenso Bordas na barra de ferramentas Formatação. Para remover uma borda, clique na opção Sem Borda no menu suspenso de Bordas. ESCOLHER DEFINIÇÕES DE FONTES Alterar o tamanho da fonte e a cor é um recurso que proporciona aos dados uma aparência diferente, diferencia os dados e aumenta a ênfase em determinada informação. 84

85 Selecione as células que você deseja formatar. Clique na lista suspensa Fonte na barra de ferramentas Formatação e escolha a fonte que quer aplicar nas células (por exemplo, Arial). Clique na lista suspensa Tamanho da Fonte na barra de ferramentas Formatação. Escolha o tamanho que quer aplicar nas células. Clique no menu Cor da Fonte na barra de ferramentas Formatação e clique na cor que quer aplicar nas células. O Office 2000 possibilita ver uma amostra das fontes antes de aplicá-la nas células. CORES PARA O PREENCHIMENTO DAS CÉLULAS O plano de fundo das células geralmente é branco. Você pode escolher outras cores ou sombreamentos para o plano de fundo e pode combiná-los com vários padrões para obter um melhor efeito, o que ajuda a ressaltar as informações mais importantes. Selecione as células que deseja abrir uma cor de fundo. Clique no botão ( ) Cor do Preenchimento na barra de ferramentas Formatação. Clique na pequena seta para baixo e escolha a cor desejada no menu suspenso. 85

86 Você pode alterar a cor de fundo das células para indicar diferenças de valores de uma célula para outra. ALTERAR A ORIENTAÇÃO DA CÉLULA O Excel permite alterar a orientação das células, isto é, o ângulo no qual as informações são exibidas. A função deste recurso, mais uma vez é ressaltar dados importantes. Selecione as células nas quais deseja alterar a orientação. Clique no menu Formatar/Células para abrir a caixa de diálogo Formatar Células. Clique na guia Alinhamento e verifique as várias opções de orientação na área Orientação. 86

87 Altere o ângulo no qual os dados são girados dentro da(s) célula(s) selecionada(s). Clique no botão OK. ALTERAR A ALTURA DA LINHA Dependendo das alterações feitas em uma célula os dados podem ser exibidos de forma inadequada. Aumentar o tamanho da fonte ou forçar o retorno de texto dentro da célula pode impedir que os dados sejam mostrados na totalidade ou que invadam outras células. O redimensionamento das linhas ajuda a resolver este problema. Posicione o cursor na lateral inferior do cabeçalho da linha que deseja modificar. O ponteiro se transforma em uma seta dupla. Clique e arraste a lateral da linha até obter o tamanho desejado. Solte o botão do mouse para soltar a linha no novo local. ALTERAR A LARGURA DA COLUNA 87

88 Se os dados não cabem em uma célula, você pode selecionar as colunas e definir uma largura ou o Excel pode ajustar automaticamente a largura da célula. Posicione o cursor até o lado do cabeçalho da coluna que deseja alterar. O ponteiro do mouse assume a forma de uma seta dupla. Clique e arraste a lateral da coluna até o tamanho desejado. Solte o botão do mouse para soltar a linha na nova posição. CONGELAR LINHAS E COLUNAS Se você trabalha com uma planilha grande demais, às vezes não é possível visualizar títulos e colunas. Neste caso, você pode congelar os títulos das linhas e das colunas de forma que fiquem sempre visíveis. Clique na célula à direita e abaixo da área que deseja congelar. Clique no menu Janela/Congelar Painéis. Movimente-se na planilha, usando as teclas de seta e note que as linhas e colunas selecionadas estão congeladas para que você possa consultar os dados com os títulos adequados. Para remover o congelamento das colunas e linhas, escolha o comando Janela, Descongelar Painéis. AUTOFORMATAÇÃO Você pode utilizar o recurso de Autoformatação do Excel que pode formatar as células selecionadas usando formatos predefinidos. Este recurso permite formatar rapidamente grandes quantidades de dados. 88

89 Selecione as células que deseja formatar automaticamente. INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS Clique Formatar/Autoformatação para abrir a caixa de diálogo Autoformatação. Clique no formato automático desejado. Clique em OK para aplicar a Autoformatação nos seus dados. FORMATAÇÃO CONDICIONAL Se a formatação de uma célula depende do valor que ela contém, você pode utilizar o recurso de formatação condicional que permite especificar até três condições que, quando encontradas, fazem com que a célula seja formatada conforme definido para essas condições. Se essas condições não forem encontradas, a célula permanece na sua formatação original. Por exemplo, você pode definir um formato condicional especificando que, se as despesas num determinado mês excederem R$ ,00, os dados na célula devem aparecer em vermelho. 89

90 Selecione as células nas quais você deseja aplicar a formatação condicional. Clique no menu Formatar/Formatação Condicional para abrir a caixa de diálogo Formatação Condicional. Clique na lista suspensa para escolher o tipo de condição. Digite o valor da condição. Clique no botão Formatar para definir o formato a usar quando a condição for encontrada. Clique nas opções que deseja definir na caixa de diálogo Formatar Células. Clique no botão OK para aceitar as suas alterações de formatação. Clique no botão OK na caixa de diálogo Formatação Condicional. O Excel aplicará a formatação nas células que atendam às condições impostas. A formatação condicional pode ser usada para colocar em destaque valores que possuem diferentes significados, sejam eles positivos ou negativos, como por exemplo, valores de lucro ou de prejuízo. GRÁFICOS Usar os dados para criar gráficos ajuda a visualizar e interpretar o significado dos mesmos. Se suas vendas sofreram uma queda num determinado mês do ano, isto é rapidamente identificado quando você cria um gráfico a partir dos dados. INSERIR GRÁFICOS Selecione as células que você deseja incluir no gráfico. Clique no botão ( )Assistente de Gráfico na barra de ferramentas Padrão. Clique na opção desejada nas áreas Tipo de Gráfico e Sub-Tipo de Gráfico na caixa de diálogo Assistente de Gráfico. 90

91 Clique no botão Avançar. Clique no botão de opção para Linhas a fim de escolher quais os dados o gráfico está baseado. Clique no botão Avançar. Digite os títulos para o gráfico (por exemplo, Receitas no Ano de 2000); clique no botão Avançar. 91

92 Concluir. Clique na opção onde você deseja inserir o gráfico; em seguida, clique no botão Você pode inserir seus gráficos em uma planilha separada e dar-lhes nomes significativos. Dessa maneira, uma única planilha pode ser usada para resumir visualmente uma planilha inteira. Enquanto você estiver usando o Assistente de Gráfico, a qualquer momento pode clicar no botão Voltar para retornar para opções anteriores ou no botão Cancelar para iniciar de novo. Pode ainda clicar no botão Concluir. 92

93 EDITAR GRÁFICO Os dados nos gráficos criados podem ser alterados, tais como, títulos, informações da legenda, os pontos dos eixos, os nomes das categorias, etc. Selecione o objeto de texto Título do Gráfico no gráfico que você deseja alterar. Digite as alterações. Clique à direita no gráfico e escolha a opção Tipo de Gráfico no menu de atalho para alterar o tipo do gráfico. Clique duas vezes na opção para alterar o tipo do gráfico. Dê um clique duplo na opção Coluna para alterar o tipo do gráfico. Para rapidamente editar as opções de gráficos, clique duas vezes no elemento do gráfico que deseja alterar. A caixa de diálogo apropriada aparece na tela e você pode alterar as opções na caixa de diálogo. COMENTÁRIOS DE CÉLULAS Algumas células contêm dados ou fórmulas que precisam de uma explicação ou atenção especial. Os comentários são um meio de anexar esse tipo de informação nas células individuais sem encher as células com informações adicionais. Um triângulo vermelho indica que uma célula contém um comentário, o qual você pode ver de várias maneiras diferentes. Clique na célula onde deseja inserir o comentário. Clique no menu Inserir/Comentário. Digite o texto na área de comentário e clique na área da planilha para aceitar o comentário. 93

94 Mova o ponteiro do mouse até o marcador de comentário na célula para ver o conteúdo do comentário em uma dica de tela. Você pode rapidamente editar ou excluir um comentário dando um clique à direita com o mouse sobre a célula que contém o marcador de comentário e escolher as opções Editar Comentário ou Excluir Comentário no menu de atalho. ATALHOS DO EXCEL SHIFT + CTRL + SETA P/ BAIXO SHIFT + CTRL + SETA P/ CIMA SHIFT + CTRL + SETA P/ DIREITA SHIFT + CTRL + SETA P/ ESQUERDA vai para o ultimo registro da coluna vai para o primeiro registro da coluna vai para o ultimo registro da linha vai pra o primeiro registro da linha CTRL + PGDOWN vai para a próxima planilha CTRL + PGUP SHFIT + TAB vai para a planilha anterior volta uma célula 94

95 QUESTÕES DE CONCURSO INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS A figura acima mostra uma janela do Excel 2002 em que se iniciou a edição de uma planilha. Quanto a essa figura e ao Excel 2002, julgue o item seguinte. 1. Ao se clicar a célula B2 e, em seguida, se clicar, o número 1,4536 será apresentado como 1,454. Caso, em seguida, se clique, o número será apresentado novamente como 1,4536. A figura acima mostra uma janela do Excel 2002, com uma planilha em processo de edição. Nessa planilha, é representado o investimento que um cliente de determinado banco realizou na forma de um único depósito de R$ ,00, a juros compostos de 1% ao mês. Com base nessas informações e com relação ao Excel 2002, julgue os itens que se seguem. 2. Para se calcular o valor que corresponderia ao quinto mês, fazendo que o resultado apareça na célula B6, é suficiente clicar a célula B6, digitar =B5*1,01 e, em seguida, teclar. 3. Para se aplicar negrito aos conteúdos das células A1 e B1, é suficiente realizar a seguinte seqüência de ações: posicionar o ponteiro do mouse no centro da célula A1; pressionar e manter pressionado o botão esquerdo do mouse; mover o mouse de forma a posicionar o seu ponteiro no centro da célula B1, liberando, então, o botão esquerdo do mouse; clicar. 95

96 4. Para se centralizarem todos os conteúdos das células contidas na coluna A1, é suficiente clicar o cabeçalho da coluna A e, em seguida, clicar. A figura acima mostra uma janela do Excel 2002 com uma planilha em processo de edição. Com relação a essa figura e ao Excel 2002, e considerando que apenas a célula C2 está formatada como negrito, julgue o item abaixo. 5. É possível aplicar negrito às células B2, B3 e B4 por meio da seguinte seqüência de ações, realizada com o mouse: clicar a célula C2; clicar ; posicionar o ponteiro sobre o centro da célula B2; pressionar e manter pressionado o botão esquerdo; posicionar o ponteiro no centro da célula B4; liberar o botão esquerdo. A figura acima ilustra uma planilha do Excel 2000 que discrimina o número de atendimentos do setor de informática de uma empresa. Considerando essa figura, julgue os seguintes itens. 6. Sabendo que as células de D2 a D4 contêm o percentual de serviços que foram atendidos com relação aos solicitados indicados na coluna B, então a seqüência de ações a seguir determina corretamente os valores dessas células: clicar a célula D2; digitar =(C2/B2); arrastar com o mouse o canto inferior direito da célula D2 até o canto correspondente da célula D4; por meio da opção Célula existente no menu, formatar as células para porcentagem com uma casa decimal. 7. Para se determinar corretamente os valores das células B5, C5 e D5, é suficiente selecionar as células de B2 a D4 e clicar. 96

97 Considerando a figura acima, que ilustra uma planilha em elaboração em uma janela do Excel 2002, julgue os itens seguintes. 8. Sabendo que a célula A1 contém comentário, é correto afirmar que foi usada para inserir tal comentário uma das opções existentes na lista que resulta ao se clicar o menu. 9. Para se formatar com duas casas decimais todos os valores em reais contidos nas células de A2 a A6, é suficiente selecionar as referidas células; clicar a opção Células no menu ; definir, na janela disponibilizada, a formatação desejada e, em seguida, clicar OK. A figura acima mostra uma janela do Excel 2002 contendo uma planilha em processo de edição. Com relação a essa janela e ao Excel 2002, julgue os itens a seguir. 10. Para se mover os conteúdos das células A2, A3 e A4 para, respectivamente, as células D3, D4 e D5, é suficiente realizar a seguinte seqüência de ações: posicionar o ponteiro do mouse sobre o centro célula A2; pressionar e manter pressionado o botão esquerdo do mouse; posicionar o ponteiro do mouse no centro da célula A4; liberar o botão esquerdo do mouse; pressionar e manter pressionada a tecla ; teclar ; liberar a tecla ; clicar a célula D3; clicar. 11. Sabendo que as células A2 e B1 não estão formatadas como negrito, para se aplicar negrito aos conteúdos dessas células, é suficiente realizar a seguinte seqüência de ações: clicar a célula A2; clicar ; clicar ; clicar a célula B1. 97

98 Questão 12 Com base na situação em que se encontra a janela mencionada no texto, assinale a opção incorreta acerca do Excel A. O conteúdo da célula C7 pode ter sido obtido utilizando-se recursos disponibilizados pelo conjunto de botões. B. O conteúdo da célula C11 será igual a 68,80 após a execução do seguinte procedimento: clicar a célula C7; pressionar e manter pressionada a tecla ; teclar ; clicar a célula C11; teclar ; liberar a tecla. C. Considere que o conteúdo da célula C5 contenha a fórmula =2*C$4. Caso esse conteúdo seja copiado e colado na célula C9, o valor numérico da célula C9 passará a ser igual a 75,20. D. O efeito mostrado no conjunto de células mescladas A3 e B3 pode ter sido obtido por meio de recursos disponibilizados ao se clicar a guia na janela do Excel 2003 parcialmente mostrada na figura a seguir. Questão 13 Ainda com base na situação em que se encontra a janela mencionada no texto, assinale a opção correta acerca do Excel

99 A. O comentário associado à célula C7 pode ter sido inserido na planilha ao se clicar o botão e digitar o comentário apresentado na figura. B. Ao se clicar o botão, será executada uma janela do Internet Explorer. C. O conteúdo da célula C9 será igual a 688,0, caso o botão seja clicado, após se ter clicado a referida célula. D. Pelo efeito de texto mostrado na janela do Excel, o conjunto de células mescladas de A1 a C2 pode estar formatado para alinhamento horizontal e vertical central e para retorno automático de texto. Questão 14 A figura acima mostra uma janela do Excel 2003, com uma planilha contendo tarifas de um serviço em determinado órgão público. Com relação a essa janela e ao Excel 2003, assinale a opção correta. A. Para se selecionar o grupo de células não-adjacentes formado pelas células B2 e B4, é suficiente clicar a célula B2, em seguida, clicar a célula B4. B. O Excel 2003 disponibiliza botão que permite adicionar borda inferior em cada uma das células de um conjunto de células previamente selecionadas, sem alterar a formatação das outras bordas dessas células. C. Ao se clicar a célula A1 e, em seguida, se clicar, a cor da fonte usada no conteúdo dessa célula será alterada. D. Ao se clicar a célula B1 e se clicar, o conteúdo dessa célula será formatado como negrito, e ao se clicar novamente, o conteúdo continuará formatado como negrito e com tamanho de fonte maior que o original. 99

100 Questão 15 A figura acima mostra uma janela do Excel 2003 com uma planilha em processo de edição. Considere que um usuário realize a seguinte seqüência de ações nessa janela: clicar a célula C2; digitar =A$1+$B2 e teclar ; clicar novamente a célula C2; clicar ; clicar a célula D3; clicar. Após a execução dessas ações, os conteúdos das células C2 e D3 serão, respectivamente, A. 5 e 5 B. 8 e 5 C. 8 e 8 D. 5 e 8 Questão 16 A figura acima mostra uma janela do Excel 2002 em que é apresentada uma planilha em processo de edição que contém o consumo mensal de água, em reais, de três residências nos meses de janeiro, fevereiro e março. Com relação a essa situação hipotética, assinale a opção correta, 100

101 considerando que essa janela esteja sendo executada em um computador cujo sistema operacional seja o Windows XP. A. Ao se clicar a guia, na parte inferior da janela, será aberto outro arquivo, com denominação diferente do arquivo que contém a planilha mostrada. B. O menu contém a opção Coluna, que permite alterar a largura de uma coluna que esteja selecionada. C. Ao se selecionar o grupo de células formado pelas células B1, C1 e D1, e se clicar, os conteúdos dessas células serão reordenados em ordem alfabética. D. Ao se clicar a célula D2 e, em seguida, se clicar o botão, o conteúdo exibido na célula será 7,19%. E. Ao se clicar a célula B2 e, em seguida, clicar, o conteúdo da célula B2 será copiado para a área de transferência do Windows. Texto para as questões 17 e 18 A figura acima mostra uma janela do Excel 2002, executado em um computador que usa como sistema operacional o Windows XP. 17. Com relação à figura e ao Excel 2002, assinale a opção correta. A. Ao se clicar o menu, é exibida uma lista de opções, sendo que algumas permitem alterar a largura da coluna ou a altura da linha em que está contida a célula selecionada. B. Ao se clicar o botão, todas as células da planilha assumirão a cor atualmente associada a esse botão. C. Ao se clicar o botão, é aberta a caixa de diálogo Assistente de gráfico, que auxilia o usuário na elaboração de gráficos com os dados da planilha. D. Ao se clicar a célula B2 e se clicar o botão, o conteúdo da célula B2 será exibido como 63,00%. 18. Ainda com relação à figura e ao Excel 2002, assinale a opção que apresenta a descrição correta de uma forma de aplicar negrito às células B1, C1, A4 e A5. 101

102 A. Clicar a célula B1; pressionar e manter pressionada a tecla, e clicar a célula C1, liberando então a tecla ; clicar ; clicar ; com o ponteiro do mouse posicionado no centro da célula A4, pressionar e manter pressionado o botão esquerdo do mouse; mover o mouse de forma a posicionar seu ponteiro no centro da célula A5, liberando então o botão esquerdo do mouse. B. Clicar a célula B1; clicar a célula B2; pressionar simultaneamente as teclas e ; clicar a célula A4; pressionar e manter pressionada a tecla, clicando então a célula A5; clicar. C. Aplicar um duplo clique na célula B1 e outro duplo clique na célula C1; pressionar simultaneamente as teclas e ; selecionar as células A4 e A5; pressionar simultaneamente as teclas e. D. Clicar a célula B1; clicar ; clicar a célula C1; pressionar simultaneamente as células e ; clicar a célula A4; pressionar e manter pressionada a tecla e clicar A5, liberando então a tecla ; clicar. Texto para a questão 19 A figura acima ilustra uma janela do Excel 2002 que está sendo executada em um computador com o sistema operacional Windows XP. 19. Com relação à janela mostrada na figura acima e ao Excel 2002, assinale a opção correta. A. O trecho a seguir descreve corretamente uma forma de alterar para a cor amarela a fonte usada nos conteúdos das células A2, A3 e A4: selecionar as referidas células; clicar, fazendo que seja exibida uma caixa com diversas opções de cores; selecionar a cor amarela. 102

103 B. Para inserir uma nova linha, em branco, entre as linhas 3 e 4, movendo-se a linha 4 uma posição abaixo, é suficiente selecionar a linha 3 e, em seguida, clicar. C. Ao se clicar o botão, será criada uma nova planilha com conteúdo exatamente igual ao da planilha Operações, cujo nome será Operações2. D. Após selecionar as células D2, D3 e D4 e clicar, o número 9 será exibido na célula D5. A figura acima mostra uma janela do Excel 2000 contendo uma planilha com dados relativos à produção de trigo no Brasil, desde a safra de 1997/1998, extraídos e adaptados da Folha de S. Paulo de 9/7/2005. Considerando essa figura, julgue os itens subseqüentes, acerca do Excel Admitindo que a planilha contenha os conteúdos numéricos mostrados na figura abaixo, é correto afirmar que o gráfico mostrado em pode ter sido corretamente criado a partir desses dados, utilizando-se, para isso, funcionalidades disponibilizadas ao se clicar o botão. 21. Ao se clicar com o botão direito do mouse a área do gráfico acima mostrado, será disponibilizada opção que permite ocultar os rótulos de dados relativos à produção de trigo e mostrar valores correspondentes a essa produção no eixo vertical, como ilustra a figura a seguir. 103

104 22. Para determinar, em valores percentuais, o aumento da produção de trigo na safra correspondente a 02/03 com relação à safra correspondente a 01/02, pondo o resultado na célula A1, é suficiente realizar o seguinte procedimento: clicar a célula A1; digitar =(5,86-2,91)*100/2,91 e, a seguir, teclar. Considerando a figura acima, que ilustra uma planilha em edição no Microsoft Excel 2002, julgue os itens subseqüentes. 23. Para totalizar o Número de Empresas Fiscalizadas, é suficiente digitar =soma (B1 + B5) e pressionar a tecla. 24. A partir da seleção das células A1:A6 e B1:B6, é possível criar um gráfico de pizza que apresentará os valores numéricos contidos na planilha acima na forma de percentuais do total do Número de Empresas Fiscalizadas. 25. Com base na fórmula = (A1+B2) +A2, editada no Excel 2003, assinale a opção correta. A. O conteúdo da célula A1 será multiplicado pelo conteúdo da célula B2 e somado ao conteúdo da célula A2. B. O conteúdo da célula A1 será somado ao conteúdo da célula B2 e multiplicado pelo conteúdo da célula A2. C. O conteúdo da célula A1 será multiplicado pelo conteúdo da célula A2 e somado ao conteúdo da célula B2. D. O resultado da fórmula é equivalente a clicar a ferramenta Auto-Soma, selecionar as células A1, A2 e B2 e pressionar a tecla. 104

105 26. A figura abaixo foi extraída do Microsoft Excel 2002, versão em Português e configuração padrão do fabricante. Se na célula D9 (não mostrada na figura) tivermos a fórmula =SOMA(A1:A3,A3:C3,C3:C5), seu valor conterá o seguinte resultado: A. erro B. 49 C. 57 D. 73 E Considere que uma planilha em edição no Excel 2000 contenha, nas células A1, A2 e A3, os valores numéricos 2, 4 e 8, respectivamente. Para se calcular a média aritmética dos valores de A1, A2 e A3, colocando o resultado na célula A4, é correto A. clicar a célula A4 e digitar a fórmula = A1 + A2 + A3/3. B. selecionar as referidas células e clicar a opção AutoSoma. C. clicar a célula A4 e digitar a fórmula = A1*A2*A3/3. D. clicar a célula A4, digitar = MÉDIA(A1:A3) e, em seguida, teclar. 105

106 GABARITO EXCEL Questão Resposta 1 V 2 V 3 V 4 V 5 V 6 V 7 F 8 V 9 V 10 V 11 V 12 D 13 D 14 ANULADA 15 D 16 E 17 A 18 A 19 D 20 V 21 V 22 V 23 F 24 V 25 D 26 A 27 D 106

107 REDES DE COMPUTADORES Uma rede é a interligação entre dois ou mais computadores para compartilhamento de recursos. Tipos de Redes Atualmente existem três tipos de redes: LAN - Local Area Network - Uma LAN é uma rede local situada normalmente em um prédio ou campus. Sua área é restrita a poucos quilômetros e seu principal objetivo é interconectar PC's, estações de trabalho e periféricos buscando com isso compartilhar recursos como, por exemplo, uma impressora. MAN - Metropolitan Area Network - Uma rede MAN nada mais é do que uma grande versão da LAN. Ela pode cobrir desde algumas repartições até uma cidade inteira. WAN - Wide Area Network - As redes LAN podem ser interligadas formando uma rede WAN. Uma rede WAN cobre uma grande área geográfica, que pode ser um país ou continente. Quando interconectamos computadores eles podem trabalhar mais pelos usuários, e, quando as pessoas trabalham em equipes, concretizam tarefas inteiras, num menor espaço de tempo e com menos esforço. Podemos imaginar uma rede como um recurso valioso, projetado para apoiar uma equipe de usuários. Interconectar os computadores, assim como gerenciar um grupo de pessoas é sem dúvida um desafio. O vocabulário de redes locais é repleto de siglas. Os preços podem variar de alguns Reais a milhares. Os benefícios de se conectar os recursos podem ser grandes (mas em alguns casos pode ficar pior com ela), e podem significar um avanço incalculável de benefícios que um micro isolado nunca poderia apresentar. Atenta aos possíveis benefícios e recompensas, e apesar dos riscos, as empresas estão interconectando seus computadores em ritmo acelerado. Antigamente as redes eram de difícil instalação e manutenção exigindo mão de obra altamente qualificada, mas atualmente esta história mudou muito, hoje encontramos kit s para instalação de redes que qualquer pessoa pode instalar. Em um ambiente profissional é muito importante um responsável pelo bom funcionamento da rede, dentre as responsabilidades deste citamos: Coordenar tarefas, gerenciar problemas, monitorar progressos, administrar usuários etc. Sem dúvida alguma, um dos maiores benefícios de uma rede é o compartilhamento de informações entre os usuários ou mesmo oferecer um meio de armazenamento final superior ao que é utilizado sem a rede. 107

108 A topologia refere-se ao layout físico e ao meio de conexão dos dispositivos na rede, ou seja, como estes estão conectados. Os pontos no meio onde são conectados recebem a denominação de nós, sendo que estes nós sempre estão associados a um endereço, para que possam ser reconhecidos pela rede. Várias são as estratégias de topologia, embora as variações sempre derivem de três topologias básicas que são as mais freqüentemente empregadas. Topologias A topologia de uma rede depende do projeto das operações, da confiabilidade e do seu custo operacional. Ao se planejar uma rede, muitos fatores devem ser considerados, mas o tipo de participação dos nodos é um dos mais importantes. Um nodo pode ser fonte ou usuário de recursos, ou uma combinação de ambos. Anel Uma rede em anel consiste de estações conectadas através de um caminho fechado. Nesta configuração, muitas das estações remotas ao anel não se comunicam diretamente com o computador central. Redes em anel são capazes de transmitir e receber dados em qualquer direção, mas as configurações mais usuais são unidirecionais, de forma a tornar menos sofisticado os protocolos de comunicação que asseguram a entrega da mensagem corretamente e em seqüência ao destino. Quando uma mensagem é enviada por um modo, ela entra no anel e circula até ser retirada pelo nó destino, ou então até voltar ao nó fonte, dependendo do protocolo empregado. O último procedimento é mais desejável porque permite o envio simultâneo de um pacote para múltiplas estações. Outra vantagem é a de permitir a determinadas estações receber pacotes enviados por qualquer outra estação da rede, independentemente de qual seja o nó destino. Os maiores problemas desta topologia são relativos a sua pouca tolerância a falhas. Qualquer que seja o controle de acesso empregado, ele pode ser perdido por problemas de falha e pode ser difícil determinar com certeza se este controle foi perdido ou decidir qual nó deve recriá-lo. Erros de transmissão e processamento podem fazer com que uma mensagem continue eternamente a circular no anel. A utilização de uma estação monitora contornar estes problemas. Outras funções desta estação seriam: iniciar o anel, enviar pacotes de teste e diagnóstico e outras tarefas de manutenção. A estação monitora pode ser dedicada ou uma outra que assuma em determinado tempo essas funções. 108

109 Esta configuração requer que cada nodo seja capaz de remover seletivamente mensagens da rede ou passá-las adiante para o próximo nó. Nas redes unidirecionais, se uma linha entre dois nodos cair, todo sistema sai do ar até que o problema seja resolvido. Se a rede for bidirecional, nenhum ficará inacessível, já que poderá ser atingido pelo outro lado. Barramento Nesta configuração todos os nodos (estações) se ligam ao mesmo meio de transmissão. A barra é geralmente compartilhada em tempo e freqüência, permitindo transmissão de informação. Nas redes em barra comum, cada nó conectado à barra pode ouvir todas as informações transmitidas. Esta característica facilita as aplicações com mensagens do tipo difusão (para múltiplas estações). Existem uma variedade de mecanismos para o controle de acesso à barra pode ser centralizado ou descentralizado. A técnica adotada para acesso à rede é a multiplexação no tempo. Em controle centralizado, o direito de acesso é determinado por uma estação especial da rede. Em um ambiente de controle descentralizado, a responsabilidade de acesso é distribuída entre todos os nodos. Nas topologias em barra, as falhas não causam a parada total do sistema. Relógios de prevenção ( watch-dos-timer ) em cada transmissor devem detectar e desconectar o nodo que falha no momento da transmissão. O desempenho de um sistema em barra comum é determinado pelo meio de transmissão, número de nodos conectados, controle de acesso, tipo de tráfego entre outros fatores. O tempo de resposta pode ser altamente dependente do protocolo de acesso utilizado. Estrela Neste tipo de rede, todos os usuários comunicam-se com um nodo central, tem o controle supervisor do sistema, chamado host. Através do host os usuários podem se comunicar entre si e com processadores remotos ou terminais. No segundo caso, o host funciona como um comutador de mensagens para passar os dados entre eles. O arranjo em estrela é a melhor escolha se o padrão de comunicação da rede for de um conjunto de estações secundárias que se comunicam com o nodo central. As situações onde isto é mais acontece são aquelas em que o nodo central está restrito às funções de gerente das comunicações e a operações de diagnósticos. O gerenciamento das comunicações por este nó central pode ser por chaveamento de pacotes ou de circuitos. O nodo central pode realizar outras funções além das de chaveamento e processamento normal. Por exemplo, pode compatibilizar a velocidade de comunicação entre o transmissor e o 109

110 receptor. Se o protocolo dos dispositivos fonte e destino utilizarem diferentes protocolos, o nó central pode atuar como um conversor, permitindo duas redes de fabricantes diferentes se comunicar. No caso de ocorrer falha em uma estação ou no elo de ligação com o nodo central, apenas esta estação fica fora de operação. Entretanto, se uma falha ocorrer no nodo central, todo o sistema pode ficar fora do ar. A solução deste problema seria a redundância, mas isto acarreta um aumento considerável dos custos. A expansão de uma rede deste tipo de rede só pode ser feita até um certo limite, imposto pelo nodo central: em termos de capacidade de chaveamento, número de circuitos concorrentes que podem ser gerenciados e número de nós que podem ser servidos. O desempenho obtido numa rede em estrela depende da quantidade de tempo requerido pelo nodo central para processar e encaminhar mensagens, e da carga de tráfego de conexão, ou seja, é limitado pela capacidade de processamento do nodo central. Esta configuração facilita o controle da rede e a maioria dos sistemas de computação com funções de comunicação possuem um software que implementa esta configuração. Tipos de Topologias Ponto Positivos Pontos Negativos Topologia Estrela Topologia Anel (Token Ring) Topologia Barramento É mais tolerante a falhas Fácil de instalar usuários Monitoramento centralizado Razoavelmente fácil de instalar Requer menos cabos Desempenho uniforme Simples e fácil de instalar Requer menos cabos Fácil de entender Custo de Instalação maior porque recebe mais cabos Se uma estação para todas param Os problemas são difíceis de isolar. A rede fica mais lenta em períodos de uso intenso. Os problemas são difíceis de isolar. Endereço IP e Protocolos O endereço IP é um número único que identifica um computador ou dispositivo ligado a uma rede que se comunica através do protocolo de redes TCP (Transmission Control Protocol). Para entendermos melhor o IP devemos conhecer primeiro o TCP. Um protocolo de rede é como um idioma, se duas pessoas estão conversando em idiomas diferentes nenhuma entenderá o que a outra quer dizer. Com computadores ocorre uma coisa semelhante, dois computadores que estão ligados fisicamente por uma rede devem "falar" o mesmo idioma para que um entenda as requisições do outro. O protocolo TCP padroniza a troca de informações entre os computadores e torna possível a comunicação entre eles. É o protocolo mais conhecido atualmente pois é o protocolo padrão da Internet. O protocolo TCP contém as bases para a comunicação de computadores dentro de uma rede, mas assim como nós quando queremos falar com uma pessoa temos que encontrá-la e poder identificá-la, os computadores de uma rede também tem que ser localizados e identificados. Neste ponto entra o endereço IP. O endereço IP identifica um computador em uma determinada rede. Através dele sabemos em que rede o computador está e qual é o computador. Isto é verificado através de um número único para aquele computador naquela rede específica. 110

111 O endereço IP consiste em um número de 32 bits que na prática vemos sempre segmentado em quatro grupos de 8 bits cada um (xxx.xxx.xxx.xxx). Cada seguimento de 8 bits varia de e são separados por um ponto. Esta divisão do número IP em seguimentos possibilita a classificação dos endereços IPs em 5 classes: A, B, C, D e E. Cada classe de endereçamento permite um certo número de redes e de computadores dentro destas redes. Nas redes de classe A os primeiros 8 bits do endereço são usados para identificar a rede, enquanto os outros três seguimentos de 8 bits cada são usados para identificar os computadores. Um endereço IP de classe A permite a existência de 126 redes e computadores por rede. Isto acontece porque para as redes de classe A foram reservados pela IANA (Internet Assigned Numbers Authority) os IDs de "0" a "126". Nas redes de classe B os primeiros dois seguimentos do endereço são usados para identificar a rede e os últimos dois seguimentos identificam os computadores dentro destas redes. Um endereço IP de classe B permite a existência de redes e computadores por rede. O ID destas redes começa com "128.0" e vai até " ". Redes de classe C utilizam todos os primeiros três seguimentos de endereço como identificador de rede e apenas o último seguimento para identificar o computador. Um endereço IP de classe C permite a existência de redes e 254 computadores por rede. O ID deste tipo de rede começa em " " e termina em " ". Nas redes de classe D todos os seguimentos são utilizados para identificar uma rede e seus endereços vão de " " até " " e são reservados para os chamados multicast. As redes de classe E, assim como as de classe D, utilizam todos os seguimentos como identificadores de rede e seus endereços iniciam-se em " " e vão até " ". A classe E é reservada pela IANA para uso futuro. Devemos fazer algumas considereções sobre o endereços de classe ID "127" que são reservados para Loopback, ou seja para testes internos nas redes. Todo computador equipado com um adaptador de rede possui um endereço de loopback, o endereço o qual só é visto somente por ele mesmo e serve para realizar testes internos. 111

112 Endereço IP dinâmico e estático O endereço de um computador pode ser dinâmico ou estático. O endereço é dinâmico quando ele muda toda vez que o computador é conectado a rede. Neste caso o servidor de endereços da rede atribui automaticamente um endereço IP que esteja disponível ao computador que está se conectando a rede. O IP estático ocorre quando o computador ao se conectar com a rede mantêm o mesmo endereço IP de sempre. Cabos Os cabos talvez sejam responsáveis por 50% do fracasso ou do sucesso da instalação de uma rede. Muito dos problemas encontrados nas redes são identificados como causados pela má instalação ou montagem dos cabos. Um cabo bem feito contará pontos a seu favor no restante da rede, em caso de dúvidas com algum cabo o melhor é não utilizá-lo. Entre as ferramentas necessárias temos: Alicate de grimpar para conectores BNC e RJ45 Ferro de solda, ferramentas diversas Para testes dos cabos contamos com equipamentos que medem com precisão o seu bom funcionamento. Para cada tipo de cabo temos vários tipos de testadores. Cabo coaxial O primeiro tipo de cabeamento que surgiu no mercado foi o cabo coaxial. Há alguns anos, esse cabo era o que havia de mais avançado, sendo que a troca de dados entre dois computadores era coisa do futuro. Até hoje existem vários tipos de cabos coaxiais, cada um com suas características específicas. Alguns são melhores para transmissão em alta frequência, outros têm atenuação mais baixa, e outros são imunes a ruídos e interferências. Os cabos coaxiais de alta qualidade não são maleáveis e são difíceis de instalar e os cabos de baixa qualidade podem ser inadequados para trafegar dados em alta velocidade e longas distâncias. Ao contrário do cabo de par trançado, o coaxial mantém uma capacidade constante e baixa, independente do seu comprimento, evitando assim vários problemas técnicos. Devido a isso, ele oferece velocidade da ordem de megabits/seg, não sendo necessário a regeneração do sinal, sem distorção ou eco, propriedade que já revela alta tecnologia. O cabo coaxial pode ser usado em ligações ponto a ponto ou multiponto. A ligação do cabo coaxial causa reflexão devido a impedância não infinita do conector. A colocação destes conectores, em ligação multiponto, deve ser controlada de forma a garantir que as reflexões não desapareçam em fase de um valor significativo. Uma dica interessante: em uma rede coaxial tipo BUS - também conhecida pelo nome de rede coaxial varal, o cabo deve ser casado em seus extremos de forma a impedir reflexões. A maioria dos sistemas de transmissão de banda base utilizam cabos de impedância com características de 50 Ohm, geralmente utilizados nas TVs a cabo e em redes de banda larga. Isso se deve ao fato de a transmissão em banda base sofrer menos reflexões, devido às capacitâncias introduzidas nas ligações ao cabo de 50 Ohm. Os cabos coaxiais possuem uma maior imunidade a ruídos eletromagnéticos de baixa frequência e, por isso, eram o meio de transmissão mais usado em redes locais. 112

113 Par trançado Com o passar do tempo, surgiu o cabeamento de par trançado. Esse tipo de cabo tornouse muito usado devido a falta de flexibilidade de outros cabos e por causa da necessidade de se ter um meio físico que conseguisse uma taxa de transmissão alta e mais rápida. Os cabos de par trançado possuem dois ou mais fios entrelaçados em forma de espiral e, por isso, reduzem o ruído e mantém constante as propriedades elétricas do meio, em todo o seu comprimento. A desvantagem deste tipo de cabo, que pode ter transmissão tanto analógica quanto digital, é sua suscetibilidade às interferências a ruídos (eletromagnéticos e radio frequência). Esses efeitos podem, entretanto, ser minimizados com blindagem adequada. Vale destacar que várias empresas já perceberam que, em sistemas de baixa frequência, a imunidade a ruídos é tão boa quanto a do cabo coaxial. O cabo de par trançado é o meio de transmissão de menor custo por comprimento no mercado. A ligação de nós ao cabo é também extremamente simples e de baixo custo. Esse cabo se adapta muito bem às redes com topologia em estrela, onde as taxas de dados mais elevadas permitidas por ele e pela fibra óptica ultrapassam, e muito, a capacidade das chaves disponíveis com a tecnologia atual. Hoje em dia, o par trançado também está sendo usado com sucesso em conjunto com sistemas ATM para viabilizar o tráfego de dados a uma velocidade extremamente alta: 155 megabits/seg. Fibra ótica Quando se fala em tecnologia de ponta, o que existe de mais moderno são os cabos de fibra óptica. A transmissão de dados por fibra óptica é realizada pelo envio de um sinal de luz codificado, dentro do domínio de frequência do infravermelho a uma velocidade de 10 a 15 MHz. O cabo óptico consiste de um filamento de sílica e de plástico, onde é feita a transmissão da luz. As fontes de transmissão de luz podem ser diodos emissores de luz (LED) ou lasers semicondutores. O cabo óptico com transmissão de raio laser é o mais eficiente em potência devido a sua espessura reduzida. Já os cabos com diodos emissores de luz são muito baratos, além de serem mais adaptáveis à temperatura ambiente e de terem um ciclo de vida maior que o do laser. Apesar de serem mais caros, os cabos de fibra óptica *não sofrem* *interferências* com ruídos eletromagnéticos e com radio frequências e permitem uma total isolamento entre transmissor e receptor. Portanto, quem deseja ter uma rede segura, preservar dados de qualquer tipo de ruído e ter velocidade na transmissão de dados, os cabos de fibra óptica são a melhor opção do mercado. O cabo de fibra óptica pode ser utilizado tanto em ligações ponto a ponto quanto em ligações multiponto. A exemplo do cabo de par trançado, a fibra óptica também está sendo muito usada em conjunto com sistemas ATM, que transmitem os dados em alta velocidade. O tipo de cabeamento mais usado em ambientes internos (LANs) é o de par trançado, enquanto o de fibra óptica é o mais usado em ambientes externos. As ligações físicas (cabeamento) Nas conexões das redes são utilizados variados tipos de cabos, que podem ser: Cabo de Fibra Ótica - O Cabo de Fibra Ótica transmite informação via pulsos de luz, que podem ser gerados por um LED ou laser. Os pulsos luminosos não sofrem a interferência elétrica. A tabela abaixo mostra cabos e conectores utilizados em conexões de redes de fibras óticas. 113

114 Cabo Coaxial - O Cabo Coaxial é composto de um cabo sólido de cobre coberto por uma camada isolante e uma malha de cobre. A malha protege das interferências elétricas. Cabeamento em Par Trançado - O Cabeamento em Par Trançado reune pares de cabos em capas isolantes. Cada par é trançado com um número variado de tranças em cada centímetro. As tranças protegem os dados de interferências elétricas. A tabela abaixo mostra cabos e conectores utilizados para esse tipo de cabeamento. Existem ainda os sistemas portáteis que, ao invés de usarem cabos, transmitem os dados via ondas de rádio. Um exemplo disso pode ocorrer nos Lap-tops. Hubs Hubs são dispositivos utilizados para conectar os equipamentos que compõem uma LAN. Com o Hub, as conexões da rede são concentradas (por isto também chamado concentrador) ficando cada equipamento num segmento próprio. O gerenciamento da rede é favorecido e a solução de problemas facilitada, uma vez que o defeito fica isolado no segmento de rede. Cada hub pode receber vários micros, atualmente temos hub s com 4,8,16, 32, 64 etc portas (Podemos fazer a conexão entre hub s aumentando a capacidade final). 114

115 Roteadores Faz o papel de guarda de trânsito, garantindo que os pacotes de mensagens sejam dirigidos a endereços certos na rede. Repetidores São equipamentos utilizados quando se deseja repetir o sinal enviado por um equipamento quando a distância a ser percorrida é maior do que o recomendado (180Mts). Ele realiza uma ampliação no sinal já fraco dando nova força para que chegue ao ponto de destino. 115

116 DISPOSITIVOS NECESSÁRIOS PARA UMA REDE LAN REDE LOCAL Computadores (Placa de Rede) Tipos de Conexões: Coaxial Par Trançado Fibra Ótica Wireless HUB / Switch INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS WAN REDE REMOTA Computadores (Modem) Tipos de Conexões: Acesso Discado (Dial UP) Banda Larga (ADSL) Link Dedicado Etc. COMENTÁRIOS: 116

117 INTERNET EXPLORER Janela 1 Janela 2 117

118 Janela 3 Janela 4 118

119 Janela 5 119

120 MICROSOFT OUTLOOK O Microsoft Outlook é o principal cliente de mensagens e colaboração para ajudá-lo a obter os melhores resultados, combinando o líder em suporte para correio eletrônico, nos padrões da Internet e do Microsoft Exchange Server, com o calendário integrado e os recursos para gerenciamento de tarefas e contatos. No Outlook, as informações são organizadas em pastas. Quando você iniciar o Outlook pela primeira vez, a pasta da Caixa de entrada abrirá. Use a Caixa de entrada para ler e enviar mensagens de correio eletrônico, solicitações de reuniões e tarefas. OUTLOOK HOJE Aqui estão alguns dos novos recursos do Outlook 2000: O Outlook hoje apresenta uma visão geral personalizável das informações sobre as tarefas e do calendário do correio eletrônico em um lugar único. Para acessar facilmente o Outlook hoje, basta clicar no ícone na barra do Outlook ou selecionar o Outlook hoje para exibição padrão ao iniciar o Outlook a fim de priorizar o seu trabalho. CONFIGURAR CONTA DE CORREIO ELETRÔNICO Para receber e enviar mensagens, você precisa ter uma conta de bem configurada. Para configurar uma ou mais contas de clique em Ferramentas/Contas. 120

121 Clique no botão Adicionar/Correio. Você deve preencher os campos oferecidos pelo assistente. Na primeira tela você deve informar o nome de exibição. Pode ser seu próprio nome. Após preencher com o nome desejado para exibição clique no botão Avançar. Na próxima dela você deverá informar o seu endereço de correio eletrônico. Digite o seu e clique em Avançar. 121

122 eletrônico. Na próxima dela informe os servidores para envio (smtp) e recebimento (pop) de correio Caso você não tenha em suas mãos estas informações, ligue para o telefone do suporte de seu provedor. Geralmente o servidor para receber correio eletrônico costuma ser pop.nomedoprovedor.com.br Para envio de mensagens smtp.nomedoprovedor.com.br Substitua nomedoprovedor pelo nome de se provedor de Internet. Clique no botão Avançar para informar o nome da conta e senha para login. No espaço para o Nome da conta coloque seu user name. Digite a senha de acesso para conexão com o servidor no espaço para senha. O assistente finalizará a configuração de sua conta de correio lhe perguntando a forma de conexão ao servidor. Marque a forma de conexão que mais lhe convir. 122

123 ENVIANDO UM Para criar uma mensagem, clique no menu Arquivo, aponte para Novo e clique em Mensagem de correio eletrônico. Digite os nomes dos destinatários nas caixas Para e Cc. Digite o assunto da mensagem na caixa Assunto e, em seguida, digite a mensagem na caixa de texto. Quando a mensagem estiver pronta para ser enviada, clique em Enviar. Para inserir um arquivo em sua mensagem, clique na ( Inserir/Arquivo. ) figura de Anexo ou clique em Escolha o arquivo desejado e clique no botão Inserir. Você pode enviar mensagens imediatamente ou enviá-las mais tarde clicando no botão Enviar/Receber. Para economizar tempo de conexão a Internet, descarregue todas as mensagens da caixa de entrada e desconecte do servidor. 123

124 Dessa forma você terá mais tempo para responder as mensagens recebidas e enviar as respostas somente quando se conectar ao servidor novamente. ATALHOS DO OUTLOOK Ctrl + D Ctrl + E Ctrl + F Ctrl + J Ctrl + M Ctrl + N Ctrl + Q Ctrl + R Ctrl + S Ctrl + Enter Ctrl + F3 Ctrl + Shift + A Ctrl + Shift + B Ctrl + Shift + E Ctrl + Shift + F Ctrl + Shift + N Ctrl + Shift + O Ctrl + Shift + R Esc Apaga mensagem Localiza pessoa no catálogo de endereços Encaminha mensagem Vai à próxima pasta com mensagens não lidas Enviar e receber mensagens Nova mensagem Marca mensagem como lida Responde ao autor Salva mensagem Quando conectado e com destinatário definido, envia mensagem Exibe código-fonte da mensagem Marca todas mensagens de uma pasta como lidas Abre catálogo de endereços Abre janela para criar nova pasta Localiza mensagem Cria nova entrada no catálogo de endereços Abre opções do Outlook Express Responder a todos Fecha mensagem 124

125 QUESTÕES DE CONCURSO INFORMÁTICA PARA CONCURSOS PÚBLICOS Uma característica fundamental dos computadores atuais é a capacidade de trocar informações com outros computadores por meio da Internet ou por meio de uma intranet. Acerca desse tema, julgue os itens seguintes. 1. Computadores podem ser conectados a provedores de acesso à Internet por meio de linha telefônica, utilizando-se um dispositivo denominado modem, que converte os sinais provenientes do computador em sinais que são transmitidos através da linha telefônica, os quais, por sua vez, são convertidos em sinais que podem ser lidos por computadores. 2. A conexão de computadores a redes ethernet, que permitem taxas de transferência de 100 Mbps, é feita por meio de porta USB desses computadores. A figura acima mostra uma janela do Internet Explorer 6, em que parte de uma página da Web está sendo exibida. Com relação a essa figura e a conceitos relacionados à informática e à Internet, julgue os próximos itens. 3. A seqüência de caracteres é um exemplo de URL. Nessa seqüência, http é o nome de um protocolo usado na World Wide Web. 4. Com base na figura, é correto afirmar que, toda vez que se clicar o botão, a página da Web será carregada. 5. O termo Banda Larga, que aparece em um dos links mostrados na página, refere-se, atualmente, a conexões com a Internet cuja taxa máxima de transferência de dados é de bits por segundo. 6. Ao se substituírem os caracteres em, pelos caracteres e se clicar, será exibida uma nova página da Web, caso os caracteres digitados correspondam ao endereço de uma página existente que esteja funcionando corretamente. Com relação à segurança e à privacidade de usuários no processo de navegação na Internet, julgue o item seguinte. 125

126 7. Para que um computador esteja efetivamente protegido contra a ação de vírus de computador e contra ataques de hackers, é suficiente que haja, no computador, um programa antivírus que tenha sido atualizado há, no máximo, três meses, sendo desnecessário, atualmente, o uso de firewall no combate a ataques de hackers. Considere que um delegado de polícia federal, em uma sessão de uso do Internet Explorer 6 (IE6), obteve a janela ilustrada acima, que mostra uma página web do sítio do DPF, cujo endereço eletrônico está indicado no campo abaixo.. A partir dessas informações, julgue os itens 8. Considere a seguinte situação hipotética: O conteúdo da página acessada pelo delegado, por conter dados importantes à ação do DPF, é constantemente atualizado por seu webmaster. Após o acesso mencionado acima, o delegado desejou verificar se houve alteração desse conteúdo. Nessa situação, ao clicar o botão, o delegado terá condições de verificar se houve ou não a alteração mencionada, independentemente da configuração do IE6, mas desde que haja recursos técnicos e que o IE6 esteja em modo online. 9. O armazenamento de informações em arquivos denominados cookies pode constituir uma vulnerabilidade de um sistema de segurança instalado em um computador. Para reduzir essa vulnerabilidade, o IE6 disponibiliza recursos para impedir que cookies sejam armazenados no computador. Caso o delegado deseje configurar tratamentos referentes a cookies, ele encontrará recursos a partir do uso do menu. 10. Por meio do botão, o delegado poderá obter, desde que disponíveis, informações a respeito das páginas previamente acessadas na sessão de uso do IE6 descrita e de outras sessões de uso desse aplicativo, em seu computador. Outro recurso disponibilizado ao se clicar esse botão permite ao delegado realizar pesquisa de conteúdo nas páginas contidas no diretório histórico do IE Caso se deseje conectar em rede 4 computadores de um escritório, utilizando-se a tecnologia wireless IEEE b, será desnecessário o uso de placa de fax/modem nesses computadores. 12. No acesso à Internet por meio de uma conexão ADSL, a transmissão de arquivos de vídeo se fará utilizando-se o protocolo http, com o qual é garantida qualidade de serviço, sem perda de pacotes e variação de atraso. 126

127 Considerando as informações contidas no texto da página web ilustrada na janela do Internet Explorer 6 acima, julgue o item que se segue. 13. O texto, ao sugerir que se utilize vacina antivírus para eliminar trojan contraído em decorrência da execução de SPAM fraudulento a partir de arquivo anexado a mensagem de correio eletrônico, comete dois erros técnicos: não é possível a infecção por trojan a partir de SPAM; vacina antivírus não é capaz de eliminar trojan. Com relação à janela do Outlook Express 6 (OE6) ilustrada acima, julgue os itens seguintes, considerando que a mensagem de correio eletrônico mostrada na janela esteja em processo de edição, em um computador PC, cujo sistema operacional é o Windows XP Professional. 14. Caso o botão seja clicado, será iniciado processo de envio da mensagem de correio eletrônico que está sendo editada aos destinatários de endereços eletrônicos e 15. O erro de grafia presente em semanda, no texto da mensagem de correio eletrônico mostrado, pode ser encontrado com o auxílio do botão. 16. Por meio de opção encontrada no menu, é possível pesquisar na Internet páginas web relacionadas a determinada palavra selecionada no documento. Para isso, é necessário que o computador em uso tenha uma conexão do tipo ADSL. 127

128 Considere que a janela do Internet Explorer 6 (IE6) ilustrada acima esteja em execução em um computador PC, cujo sistema operacional é o Windows XP Professional. Julgue o próximo item, considerando ainda a página web mostrada na janela do IE Para visualizar o conteúdo da página web apresentada que não está sendo mostrado pelo fato de o tamanho da janela do IE6 não estar adequadamente ajustado, o IE6 disponibiliza ao usuário os recursos das barras de rolagem horizontal e vertical e o botão. Caso esse botão seja clicado, será possível ao usuário, ao mover o ponteiro do mouse sobre a área de páginas do IE6, posicionar a parte que se deseja visualizar da página web que está sendo visitada na região adequada da janela do IE6. Com relação ao Internet Explorer e ao Outlook Express, julgue os itens seguintes. 18. Com o Outlook Express, é possível compactar arquivos e encaminhá-los como anexo em uma mensagem cujo destinatário está conectado à intranet da ANVISA. 19. O Internet Explorer fornece alguns recursos que ajudam a proteger a privacidade e a tornar o computador e as informações de identificação pessoal mais seguras, como, por exemplo, alertas de privacidade que informam quando o usuário está tentando acessar um sítio que não atende aos critérios das configurações de privacidade. Quanto à segurança da informação, julgue o próximo item. 20. Cookie é um vírus que capta as informações digitadas pelo usuário e as encaminha para um servidor. 128

129 A figura acima mostra uma janela do Internet Explorer 6 (IE6) contendo parte de uma página web. Com relação a essa figura e à Internet, julgue os itens que se seguem. 21. A seqüência de caracteres corresponde ao URL de uma página da Web que tem como principal função fornecer ao usuário da Internet as últimas notícias do Brasil. 22. O termo Google, presente na página web mostrada na figura, está relacionado a uma página web que é comumente usada como ferramenta para busca de informações na Internet. 23. O botão tem como função principal permitir ao usuário do IE6 definir a primeira página que será exibida quando o programa for aberto. A figura acima mostra uma janela do Internet Explorer 6 (IE6), com parte de uma página web em exibição. Com relação a essa janela e ao IE6, julgue os itens de 48 a Para executar o Windows Live Messenger, é suficiente clicar o botão. 129

130 25. Por meio da seguinte seqüência de ações, é possível a exibição, no IE6, de outra página web: digitar, na barra de endereços, o URL correto da página que se deseja exibir; clicar o botão. 26. Ao se clicar o botão, será executada a janela Segurança, que permite ao usuário configurar funcionalidades que examinarão os dados provenientes da Internet, bloqueando códigos com conteúdo malicioso. Considerando a figura acima, que mostra uma janela do Internet Explorer 6 (IE6) em que uma página da Web está sendo acessada, julgue os itens subseqüentes. 27. Ao se clicar o botão, é acionada uma ferramenta cuja função é permitir a edição de páginas da Web usando-se a linguagem html. 28. Ao se clicar o botão, é aberta uma caixa de diálogo na qual o usuário pode definir a primeira página que será aberta quando o IE6 for iniciado. 29. A janela mostrada não está maximizada, e é possível que ocupe apenas uma parte da tela do monitor de vídeo do computador. Para se maximizar essa janela, é suficiente clicar. seguem. Acerca de conceitos relacionados à Internet e à World Wide Web, julgue os itens que se 30. A estrutura do endereço de correio eletrônico é compatível com a estrutura de um endereço de de uma instituição comercial do Brasil. 130

131 31. Técnicas criptográficas são, muitas vezes, utilizadas em diversas ferramentas que permitem a transmissão de arquivos tal que, caso estes sejam interceptados ou indevidamente recebidos por terceiros, torna-se muito difícil que os receptores consigam ter acesso, efetivamente, à informação contida nesses arquivos. A ciência da criptografia avançou tanto nas últimas duas décadas que nenhum código criptográfico desenvolvido nos últimos 20 anos foi quebrado. 32. Utilizando-se os recursos do Internet Explorer 6, é possível definir como favorito o sítio da Secretaria de Justiça do Estado do Espírito Santo. Questão 33 Ainda com relação à situação apresentada no texto, caso o usuário deseje acessar o conteúdo da pasta histórico associada ao IE6, que contém dados referentes a acessos a páginas web previamente realizados, é suficiente que ele, na janela do IE6, clique o botão A. B. C. D. Questão 34 A figura acima ilustra parte da janela que contém as propriedades de uma conta de configurada no Outlook Express 6 (OE6). Considerando essa figura, assinale a opção correta. A. Ao se clicar a guia, será disponibilizado recurso que permite configurar o OE6 de modo que, ao se receber uma mensagem de correio eletrônico, o nome e o endereço de e- mail do remetente seja adicionado ao catálogo de endereços do OE6. B. Para evitar que pessoas não-autorizadas acessem a conta José, pode-se configurar uma senha, por meio de recursos encontrados na guia, de maneira que seja feita a solicitação para fornecimento dessa senha toda vez que se execute o OE6 para realizar procedimento de enviar ou receber uma mensagem de . C. O OE6 permite que se faça, em pasta específica do computador, backup das respostas às mensagens recebidas. Para isso, é suficiente digitar no campo da pasta em que se deseja fazer o backup. o endereço 131

132 D. Caso a marcação mostrada na janela referente a incluir esta conta ao receber ou sincronizar s seja desabilitada, a conta José não poderá ser utilizada para enviar ou receber mensagens de correio por meio do OE6. Questão 35 A figura acima ilustra parte da janela Opções da Internet que foi executada em um computador cujo sistema operacional é o Windows XP, a partir do menu Ferramentas do Internet Explorer 6 (IE6). Considerando essa figura, assinale a opção correta. A. Por meio do botão, é possível excluir todos os cookies que estejam armazenados no computador como resultado de sessões de uso do IE6, enquanto que o botão disponibiliza recursos que permitem excluir apenas cookies selecionados. B. Considere que se deseje configurar o IE6 de forma que seja gerada uma mensagem de alerta quando se acessar determinado sítio na Internet. Nessa situação, a guia disponibiliza recursos que permitem elaborar uma lista de sítios para os quais, quando forem acessados, o IE6 gerará a mensagem mencionada. C. Recursos da guia permitem definir o programa antivírus que será usado quando se acessar a Internet por meio do IE6. Esses recursos permitem definir também o tipo de certificado de segurança que será usado ao se acessar sítios em que são realizadas transações sigilosas, como no acesso a sítios de bancos. D. Na guia, existem recursos que permitem definir, em uma lista, todos os sítios da Web que se deseja ter acesso permitido. Dessa forma, apenas os sítios que estejam nessa lista podem ser acessados por meio do IE6. 132

133 Questão 36 Na situação apresentada na janela anterior, caso se deseje configurar o bloqueio de páginas pop-up que porventura sejam acionadas ao se acessar páginas do sítio é correto o uso de recursos do IE6 disponibilizados por opção encontrada no menu A.. B.. C.. D.. E.. Questão 37 A figura acima ilustra uma janela do Internet Explorer 6 (IE6). Como pode ser verificado, a página mostrada contém texto como, por exemplo, o parágrafo Em 1821, segundo (...) em março 133

134 daquele ano, cujo tamanho da fonte pode ser alterado para diversos tamanhos-padrão propostos pelo (IE6), recurso que é disponibilizado por opção encontrada no menu A. B. C. D. E. Questão 38 A figura acima mostra uma janela do Internet Explorer 6, com uma página da Web em exibição. Com relação a essa janela, assinale a opção correta. A. A página web em exibição é um website cuja principal aplicação é permitir o envio de mensagens de correio eletrônico. B. Considerando que a palavra seja um hyperlink, então, ao se clicar essa palavra, será aberto o aplicativo Paint, do Windows XP, que permite a elaboração de desenhos e a edição de imagens. C. Ao se clicar o botão, é aberta uma janela cuja principal função é permitir a configuração das opções de segurança do Internet Explorer 6. D. Ao se clicar o menu, será exibida uma lista de opções, incluindo uma denominada Opções da Internet, que permite configurar diversos parâmetros que controlam o funcionamento do Internet Explorer

135 Questão 39 Com relação à figura acima, que mostra uma janela do Internet Explorer 6 (IE6), e às funcionalidades desse software, assinale a opção correta. A. Ao se clicar o botão, é aberto um editor de html, que tem por função permitir a criação de páginas da Web por meio dessa linguagem. B. O menu apresenta comandos com funcionalidades que permitem, entre outras coisas, exibir ou esconder algumas barras de ferramentas do IE6. C. Ao se clicar o botão, é aberto o Outlook Express, que é um programa que permite o envio e o recebimento de mensagens de . D. Pela observação da figura, é possível afirmar que o IE6 está em um modo de edição de páginas em html. Nessa situação, a função do botão hyperlink na página em edição. é permitir que o usuário insira um Questão 40 O Microsoft Outlook Express coloca o mundo da comunicação online no desktop do computador, seja para a troca de s, seja para o ingresso em grupos de notícias para intercâmbio de idéias e informações. O Microsoft Outlook não permite o(a) A. gerenciamento de várias contas de e de grupos de notícias. B. utilização de catálogo de endereços para armazenagem e recuperação de endereços de e- mail. C. acesso a sítios através do protocolo SNMTP. D. adicionamento de papel de carta ou assinatura pessoal às mensagens. 135

136 Questão 41 Considere que um usuário tenha acessado a página da Internet ilustrada acima por meio de uma rede ADSL, utilizando o navegador Internet Explorer 6, a partir de um microcomputador cujo sistema operacional é o Windows Com relação a essa figura, é correto afirmar que a ferramenta A. apresenta os sítios favoritos. B. copia o texto contido na página e o transporta para o Word. C. permite atualizar o conteúdo da página mostrada. D. permite sublinhar uma palavra que esteja selecionada. Questão 42 O Microsoft Outlook Express 6 permite A. criar sítios pessoais na Internet. B. bater papo online. C. acessar sítios por meio do protocolo SNMTP. D. gerenciar várias contas de e de grupos de notícias. 136

137 Questão 43 Considerando as configurações do Internet Explorer 6 mostradas na figura acima, assinale a opção correta. A. Ao se clicar o botão, a página inicial será excluída e encaminhada para a lixeira. B. Com o botão, é possível excluir arquivos criados por sítios da Web que armazenam informações no computador, como as preferências do usuário ao visitar esses sítios. C. A opção permite configurar o computador de modo a aumentar a velocidade de acesso. D. Por meio do botão, pode-se traduzir textos do sítio para o idioma selecionado. E. O botão permite alterar o tipo, o tamanho e a cor da fonte da página Questão 44 Acerca de conceitos e tecnologias relacionados à Internet e a correio eletrônico, assinale a opção correta. A. IP é um serviço da Internet que possibilita o envio de correspondências eletrônicas com arquivos anexos. B. Para se colocar uma página na Internet, é necessário ser assinante de um provedor de acesso, bem como de um servidor de serviços de download HTTP (hypertext transfer protocol). 137

138 C. O WWW (world wide web) é um sistema de servidores da Internet que usa o protocolo HTTP para transmitir documentos formatados em HTML (hypertext mark-up language). D. Spam é um de alta prioridade e com assinatura digital, o que garante a integridade e a confidencialidade dos dados enviados. E. Para receber s, é necessário um aplicativo de navegação configurado com a conta do usuário e que utilize os protocolos POP e FTP. Questão 45 Considerando que o Outlook Express 6 foi configurado com as opções apresentadas na figura acima, assinale a opção correta. A. A opção Confirmações permite, além de definir a confirmação dos endereços dos destinatários, criar um catálogo com os endereços mais utilizados. B. A opção Segurança permite ativar o antivírus que irá detectar e eliminar todo e qualquer tipo de vírus que vier anexo em mensagens. C. Por meio da opção Envio, pode-se verificar a ortografia nas mensagens enviadas e alterar, ignorar ou corrigir todas as palavras incorretas. D. A opção Redação permite definir tipo, cor e tamanho de fonte para as novas mensagens. E. Por meio do botão Cancelar, retorna-se ao padrão de instalação do Outlook Express. 138

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento.

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento. Conceitos básicos b sobre Hardware O primeiro componente de um sistema de computação é o HARDWARE(Ferragem), que corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema; é o computador propriamente

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

Informática para concursos

Informática para concursos Informática para concursos Prof.: Fabrício M. Melo www.professorfabricio.com msn:fabcompuway@terra.com.br Hardware Software peopleware Parte física (Tangível). Parte lógica (Intangível). Usuários. Processamento

Leia mais

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO Wagner de Oliveira SUMÁRIO Hardware Definição de Computador Computador Digital Componentes Básicos CPU Processador Memória Barramento Unidades de Entrada e

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

Componentes de um Sistema de Computador

Componentes de um Sistema de Computador Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade responsável pelo processamento dos dados, ou seja, o equipamento (parte física) SOFTWARE: Instruções que dizem o que o computador deve fazer (parte

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 4.1 HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS Qualquer PC é composto pelos mesmos componentes básicos: Processador, memória, HD, placa-mãe, placa de vídeo e monitor

Leia mais

Informática para Banca IADES. Hardware e Software

Informática para Banca IADES. Hardware e Software Informática para Banca IADES Conceitos Básicos e Modos de Utilização de Tecnologias, Ferramentas, Aplicativos e Procedimentos Associados ao Uso de Informática no Ambiente de Escritório. 1 Computador É

Leia mais

Como è feito computador

Como è feito computador Como è feito computador O computador contém uma parte elétrica e uma parte eletrónica. Parte elétrica é usada para transformar e dinstribuir a eletricidade que vem para os vários componentes. Parte eletrónica

Leia mais

Anteriormente à década de 40 já existiam calculadoras mecânicas, dentre elas, podese destacar: a calculadora de Charles Babbage

Anteriormente à década de 40 já existiam calculadoras mecânicas, dentre elas, podese destacar: a calculadora de Charles Babbage Evolução do computador. Ábaco A primeira calculadora que se tem notícias é o ábaco, de origem chinesa, do século V a.c. (antes de Cristo) capaz de efetuar operações algébricas elementares. Calculadoras

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais são programas que como o próprio nome diz tem a função de colocar o computador em operação. O sistema Operacional

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves Conceitos Básicos de Informática Antônio Maurício Medeiros Alves Objetivo do Material Esse material tem como objetivo apresentar alguns conceitos básicos de informática, para que os alunos possam se familiarizar

Leia mais

Computação I. Profa. Márcia Hellen Santos marciasantos@uepa.br

Computação I. Profa. Márcia Hellen Santos marciasantos@uepa.br Computação I Profa. Márcia Hellen Santos marciasantos@uepa.br MÓDULO I- Introdução à Informática Hardware Hardware? HARDWARE é a parte física do computador. É o conjunto de componentes mecânicos, elétricos

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO O que é a Informática? A palavra Informática tem origem na junção das palavras: INFORMAÇÃO + AUTOMÁTICA = INFORMÁTICA...e significa, portanto, o tratamento da informação

Leia mais

Evolução histórica dos computadores

Evolução histórica dos computadores Evolução histórica dos computadores Descrever a organização funcional de um computador. Identificar as principais formas de utilização e aplicação de computadores. Nesta primeira aula, abordaremos os conceitos

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior Arquitetura de Computadores Professor: Vilson Heck Junior Agenda Conceitos Estrutura Funcionamento Arquitetura Tipos Atividades Barramentos Conceitos Como já discutimos, os principais componentes de um

Leia mais

Arquitetura Genérica

Arquitetura Genérica Arquitetura Genérica Antes de tudo, vamos revisar o Modelo Simplificado do Funcionamento de um Computador. Modelo Simplificado do Funcionamento de um Computador O funcionamento de um computador pode ser

Leia mais

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias Formação Modular Certificada Arquitetura interna do computador Hardware e Software UFCD - 0769 Joaquim Frias Computador É um conjunto de dispositivos eletrónicos capaz de aceitar dados e instruções, executa

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Informática Aulas: 01 e 02/12 Prof. Márcio Hollweg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação INFORMÁTICA -É Ciência que estuda o tratamento automático da informação. COMPUTADOR Equipamento Eletrônico capaz de ordenar, calcular, testar, pesquisar e

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Noções básicas sobre sistemas de computação

Noções básicas sobre sistemas de computação Noções básicas sobre sistemas de computação Conceitos e definições Dado: Pode ser qualquer coisa! Não tem sentido nenhum se estiver sozinho; Informação: São dados processados. Um programa determina o que

Leia mais

Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe.

Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe. PLACA MÃE 1. OBJETIVO Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe. 2. COMPONENTES DA PLACA MÃE

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware)

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Curso Conexão Noções de Informática Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Agenda ; Arquitetura do Computador; ; ; Dispositivos de Entrada e Saída; Tipos de Barramentos; Unidades de Medidas. Email:

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email:

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email: AULA 2 Disciplina: Informática Básica Professor: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Índice Continuação aula anterior... Memória Barramento Unidades de armazenamento Periféricos Interfaces

Leia mais

I - A COMUNICAÇÃO (INTERFACE) COM O USUÁRIO:

I - A COMUNICAÇÃO (INTERFACE) COM O USUÁRIO: I - A COMUNICAÇÃO (INTERFACE) COM O USUÁRIO: Os dispositivos de comunicação com o usuário explicados a seguir servem para dar entrada nos dados, obter os resultados e interagir com os programas do computador.

Leia mais

Conceitos básicos (Hardware/Software) CESPE

Conceitos básicos (Hardware/Software) CESPE Conceitos básicos (Hardware/Software) CESPE INDEA/MT (Adaptada). Cargo: Área: Técnico Agrícola Aplicação: 3/11/2002 1. Julgue os itens seguintes. 1. A função da placa de fax/modem é a de interligar o computador

Leia mais

Sistemas Computacionais

Sistemas Computacionais 2 Introdução Barramentos são, basicamente, um conjunto de sinais digitais com os quais o processador comunica-se com o seu exterior, ou seja, com a memória, chips da placa-mãe, periféricos, etc. Há vários

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) É necessário criar várias cópias de documentos importantes em locais diferentes. Esses locais podem ser pastas no HD interno ou HD externo, ou então em

Leia mais

Microinformática. Perguntas:

Microinformática. Perguntas: Microinformática UNICERP Disciplina: Informática Prof. Denis Henrique Caixeta Perguntas: Como foi a evolução da computação? Qual a função do computador? O que é Hardware? O que é Software? BIT, Byte, etc

Leia mais

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque)

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque) PLACA MÃE Placa mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso, que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador, como o processador, memória

Leia mais

15/08/2013 DIREITO DA. Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

15/08/2013 DIREITO DA. Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA DIREITO DA INFORMÁTICA Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1 CONCEITOS BÁSICOS Informática infor + mática. É o tratamento da informação de forma automática Dado

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Componentes Sistema Informação Hardware - Computadores - Periféricos Software - Sistemas Operacionais - Aplicativos - Suítes Peopleware - Analistas - Programadores - Digitadores

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02. Cursos de Computação

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02. Cursos de Computação Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02 Referência: MACHADO, F.B. ; MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed.

Leia mais

Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática

Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática Disciplina: Informática. Professor: Denis Henrique Caixeta. Valor: 4 pontos Visto no caderno 1) Quais são as características dos primeiros computadores?

Leia mais

INSTITUTO MARTIN LUTHER KING CURSO PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: HARDWARE

INSTITUTO MARTIN LUTHER KING CURSO PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: HARDWARE Memória ROM Vamos iniciar com a memória ROM que significa Read Only Memory, ou seja, uma memória somente para leitura. Isso quer dizer que as instruções que esta memória contém só podem ser lidas e executadas,

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução.

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução. Apresentação www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Apresentação & Introdução Condicionamento Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Conceitos Iniciais 1 Mensurando Dados Sistemas

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL BANCO DO BRASIL (Aplicação: 07/10/2001) CARGO: ESCRITURÁRIO 1 C 2 C ::::... QUESTÃO 33...:::: Outro modo de realizar a mesma operação com sucesso

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br.

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação Apresentação & Introdução Condicionamento www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Mensurando Dados Sistemas de numeração Conceitos

Leia mais

Fundamentos em Informática

Fundamentos em Informática Fundamentos em Informática 04 Organização de Computadores nov/2011 Componentes básicos de um computador Memória Processador Periféricos Barramento Processador (ou microprocessador) responsável pelo tratamento

Leia mais

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir Prof. Valdir Informática Informática Valdir Prof. Valdir Informática Informática PROVA DPF 2009 Julgue os itens subseqüentes, a respeito de Internet e intranet. Questão 36 36 - As intranets, por serem

Leia mais

Lista de Exercícios Introdução à Informática

Lista de Exercícios Introdução à Informática Lista de Exercícios Introdução à Informática Histórico e Evolução da Computação 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores de 1ª geração. 2. O que diferencia os computadores

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador 1 Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Curso: Sistemas de Informação Introdução 2 O Computador é uma ferramenta que

Leia mais

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento MÓDULO II Memórias e Processamento Esse módulo irá relatar sobre as memórias seus tipos e a ligação com os tipos variados de processamento. Leia atentamente todo o conteúdo e participe dos fóruns de discursão,

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Hardware X Software Memória do Computador Hardware X Software Toda interação dos usuários de computadores modernos é realizada

Leia mais

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Estrutura de um Computador Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Hardware e Software HARDWARE: Objetos Físicos que compões o computador Circuitos Integrados, placas, cabos, memórias, dispositivos

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Prof. Edberto Ferneda Hardware: Computador e Periféricos 1 John L. von Neumann (1903-1957) Armazenamento secundário Dispositivos de armazenamento de dados e programas

Leia mais

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO)

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) Há vários tipos de sistemas de gravações digitais. Os mais baratos consistem de uma placa para captura de vídeo, que

Leia mais

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br 24/11/2009 CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL EDITAL

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br 24/11/2009 CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL EDITAL CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br AULAS 1 E 2 CONCEITOS BÁSICOS/HARDWARE AULA 3 SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS AULA 4 EXCEL AULA 5 WORD AULA 6 CALC E WRITER AULAS

Leia mais

BITS E BYTES COMO O COMPUTADOR ENTENDE AS COISAS

BITS E BYTES COMO O COMPUTADOR ENTENDE AS COISAS BITS E BYTES COMO O COMPUTADOR ENTENDE AS COISAS Toda informação inserida no computador passa pelo Microprocessador e é jogada na memória RAM para ser utilizada enquanto seu micro trabalha. Essa informação

Leia mais

2012/2013. Profª Carla Cascais 1

2012/2013. Profª Carla Cascais 1 Tecnologias de Informação e Comunicação 7º e 8º Ano 2012/2013 Profª Carla Cascais 1 Conteúdo Programático Unidade 1 Informação/Internet Unidade 2 Produção e edição de documentos -Word Unidade 3 Produção

Leia mais

GABARITO COMENTADO DE HARDWARE 1) Falsa O texto mostrado, descreve que o Pen Drive possui 8.192MB ou seja, 8 Gigas de Memória. Já a questão menciona que o texto exibido contém uma memória com capacidade

Leia mais

Capítulo 1. Introdução ao hardware de PCs

Capítulo 1. Introdução ao hardware de PCs Capítulo 1 Introdução ao hardware de PCs Hardware para principiantes Entender hardware a fundo é uma tarefa árdua. São tantos detalhes que o aprendizado pode se tornar bastante difícil. Vamos então facilitar

Leia mais

Escola Secundária de Emídio Navarro

Escola Secundária de Emídio Navarro Escola Secundária de Emídio Navarro Curso Secundário de Carácter Geral (Agrupamento 4) Introdução às Tecnologias de Informação Correcção da ficha de trabalho N.º 1 1. Refere algumas das principais áreas

Leia mais

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática.

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Tecnologias da Informação e Comunicação MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Informática: Tratamento da informação por meios automáticos.

Leia mais

NOÇÕES DE INFORMÁTICA

NOÇÕES DE INFORMÁTICA 1. O QUE É UM COMPUTADOR? NOÇÕES DE INFORMÁTICA Máquina Eletrônica programável com grande capacidade para processar e armazenar dados, na realidade, os mais diversos tipos de processamento podem ser feitos,

Leia mais

Prof. Esp. Lucas Cruz

Prof. Esp. Lucas Cruz Prof. Esp. Lucas Cruz O hardware é qualquer tipo de equipamento eletrônico utilizado para processar dados e informações e tem como função principal receber dados de entrada, processar dados de um usuário

Leia mais

Prof. Demétrios Coutinho. Informática. Hardware

Prof. Demétrios Coutinho. Informática. Hardware 1 Prof. Demétrios Coutinho Informática Hardware 2 Componentes Básicos e Funcionamento 2 Hardware 3 Conjunto de dispositivos elétricos/eletrônicos que englobam a CPU, a memória e os dispositivos de entrada/saída

Leia mais

Nível Médio VIP PROVAS DE INFORMÁTICA FUNCADAÇÃO CARLOS CHAGAS FCC

Nível Médio VIP PROVAS DE INFORMÁTICA FUNCADAÇÃO CARLOS CHAGAS FCC PROVAS DE INFORMÁTICA 1. Analise as seguintes afirmações relacionadas aos conceitos básicos de informática: Hardware e Software. I) Freqüência de atualização de um monitor é a freqüência com que a tela

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

Componentes de um computador. CPU Cache de Memória Barramento Armazenamento

Componentes de um computador. CPU Cache de Memória Barramento Armazenamento Componentes de um computador Memória CPU Cache de Memória Barramento Armazenamento Memória A memória, também chamada de memória de acesso aleatório, ou RAM (Random Access Memory). Armazena temporariamente

Leia mais

Laboratório de Hardware

Laboratório de Hardware Laboratório de Hardware Um PC é composto por diversos componentes, incluindo o processador, pentes de memória, HD, placa de rede e assim por diante. Prof. Marcel Santos Silva No início, as placas-mãe serviam

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Definir os conceitos de Hardware e Software Identificar os elementos que compõem um computador

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional Arquitetura: Conjunto de elementos que perfazem um todo; estrutura, natureza, organização. Houaiss (internet) Bit- Binary Digit - Número que pode representar apenas dois valores: 0 e 1 (desligado e ligado).

Leia mais

Windows 7. Sistema Operacional

Windows 7. Sistema Operacional Windows 7 Sistema Operacional FCC - 2012 - TRE-SP - Técnico Judiciário O sistema operacional de um computador consiste em um a) conjunto de procedimentos programados, armazenados na CMOS, que é ativado

Leia mais

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Queridos alunos, vencem o desafio os 3 primeiros alunos a enviar as respostas corretas para o meu e-mail, mas tem que acertar todas... ;-) Vou começar a responder os e-mails

Leia mais

Placa Mãe. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Placa Mãe. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Placa Mãe Prof. Alexandre Beletti Ferreira Hardware Todo equipamento, peças, que pode ser tocado. Exemplos: memória, processador, gabinete, mouse, teclado, monitor (também chamados de periféricos). Placa

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio Memórias Memória: é o componente de um sistema de computação cuja função é armazenar informações que são, foram ou serão manipuladas pelo sistema. Em outras

Leia mais

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Hardware André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Gerações de hardware Tipos de computadores Partes do Microcomputador Periféricos Armazenamento de

Leia mais

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br Principais Componentes Barramentos Placa Mãe Processadores Armazenamento

Leia mais

Windows 7. Sistema Operacional

Windows 7. Sistema Operacional Windows 7 Sistema Operacional Um sistema operacional é um software de gerenciamento formado por um conjunto de programas cuja função é gerenciar os recursos do sistema computacional, fornecendo uma interface

Leia mais

Informática. Rodrigo Schaeffer

Informática. Rodrigo Schaeffer Informática Rodrigo Schaeffer PREFEITURA DE PORTO ALEGRE- INFORMÁTICA Conceitos básicos de Word 2007; formatar, salvar e visualizar arquivos e documentos; alinhar, configurar página e abrir arquivos; copiar,

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015 Prof. Marco Antônio Gestão da Informação e Conhecimento Dados Elemento bruto que não expressa informação Ex.: A, ], % *, & Gestão da Informação e Conhecimento Informação

Leia mais

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Documento Gerado por: Amir Bavar Criado em: 18/10/2006 Última modificação: 27/09/2008 Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação

Leia mais

Escola. Europeia de. Ensino. Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Escola. Europeia de. Ensino. Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES Escola Europeia de t Ensino Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES TRABALHO REALIZADO: ANDRÉ RIOS DA CRUZ ANO LETIVO: 2012/ 2013 TÉCNICO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS 2012 / 2013 3902 Escola

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

13. Dentre os caracteres considerados como curinga, em nome de arquivos, utiliza-se (A) = (B) + (C)? (D) @ (E) ^

13. Dentre os caracteres considerados como curinga, em nome de arquivos, utiliza-se (A) = (B) + (C)? (D) @ (E) ^ 1 PRIMEIRA PARTE: Conceitos de organização de arquivos (pastas/diretórios), utilização do Windows Explorer: copiar, mover arquivos, criar diretórios. Tipos de arquivos. 01. Aplicações de multimídia em

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

Conceitos básicos sobre TIC

Conceitos básicos sobre TIC Conceitos básicos sobre TIC Origem da palavra Informática Informação + Automática Informática Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática A linguagem do computador O computador, para processar e armazenar informação, utiliza linguagem binária. A linguagem do computador O bit, ou dígito binário, é a menor unidade

Leia mais

SISTEMAS INFORMÁTICOS

SISTEMAS INFORMÁTICOS SISTEMAS INFORMÁTICOS Nesta apresentação, aprenderá a distinguir Hardware de software, identificar os principais componentes físicos de um computador e as suas funções. Hardware e Software Estrutura de

Leia mais

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CRONOGRAMA INFORMÁTICA. AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CRONOGRAMA INFORMÁTICA. AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS CRONOGRAMA AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS INFORMÁTICA Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br AULA 4 EDITORES DE TEXTO AULA 5 PLANILHAS DE CÁLCULO AULA 6 INTERNET O COMPUTADOR, INDEPENDENTE

Leia mais

Prof. Arthur Salgado

Prof. Arthur Salgado Prof. Arthur Salgado O que é um sistema operacional? Conjunto de programas de sistemas situados entre os softwares aplicativos e o hardware Estabelece uma interface com o usuário Executa e oferece recursos

Leia mais

Placa-Mãe. Christian César de Azevedo

Placa-Mãe. Christian César de Azevedo Placa-Mãe Christian César de Azevedo Componentes Básicos Placa-Mãe 2 Componentes da Placa-Mãe 1. Soquete do Processador 2. Chipset 3. Soquetes de memória RAM 4. Conector de alimentação 5. Conector do drive

Leia mais

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Microinformática Introdução ao hardware Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Informática Informática é o termo usado para se descrever o conjunto das ciências da informação, estando incluídas neste grupo:

Leia mais

Barramentos - BUS. Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa

Barramentos - BUS. Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa É o percurso principal dos dados entre dois ou mais componentes de um sistema de computação, neste caso são os caminhos arquitetados na PLACA MÃE até o ponto

Leia mais

O Computador e seus Componentes Referência: Aula 2

O Computador e seus Componentes Referência: Aula 2 INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO CMP 1060 Conceitos Básicos B sobre Informática O Computador e seus Componentes Referência: Aula 2 CONCEITOS BÁSICOS B : Informática - infor + mática. É o tratamento da informação

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 3.1 EXECUÇÃO DAS INSTRUÇÕES A UCP tem duas seções: Unidade de Controle Unidade Lógica e Aritmética Um programa se caracteriza por: uma série de instruções

Leia mais

Componentes de um computador típico

Componentes de um computador típico Componentes de um computador típico Assim como em um videocassete, no qual é necessário ter o aparelho de vídeo e uma fita contendo o filme que será reproduzido, o computador possui a parte física, chamada

Leia mais