MC Teste de Mesa e Comandos Repetitivos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MC-102 - Teste de Mesa e Comandos Repetitivos"

Transcrição

1 MC Teste de Mesa e Comandos Repetitivos Elaborado por Raoni Teixeira e Editado por Danillo Roberto Pereira Instituto de Computação Unicamp Primeiro Semestre de 2013

2 Introdução Introdução Pode acontecer de programarmos um código, porém ele não faz o que esperávamos que fizesse. Isso acontece por vários motivos, principalmente: Erros de programação: instruções escritas erradas. Erros da nossa lógica: o conjunto de passos pensados que parecia resolver o problema na realidade não cobre todas as situações. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

3 Simulando o código Simplesmente olhar o código pode não trazer a tona o erro. Por isso, utiliza-se uma técnica de simulação do código Pode ser automatizada (utilizando um debugger) Pode ser feita manualmente, utilizando papel e caneta (teste de mesa). Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

4 Simulando o código Simplesmente olhar o código pode não trazer a tona o erro. Por isso, utiliza-se uma técnica de simulação do código Pode ser automatizada (utilizando um debugger) Pode ser feita manualmente, utilizando papel e caneta (teste de mesa). Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

5 Simulando o código Simplesmente olhar o código pode não trazer a tona o erro. Por isso, utiliza-se uma técnica de simulação do código Pode ser automatizada (utilizando um debugger) Pode ser feita manualmente, utilizando papel e caneta (teste de mesa). Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

6 Simulação Manual Simulando código Bem simples: Existem apenas 2 passos. Alocação dos espaços de variáveis Execução de uma instrução de cada vez. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

7 Simulando 1. int divisor, dividendo; 2. float resultado; 3. divisor = 10; 4. dividendo = 13; 5. resultado = dividendo / divisor; Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

8 Simulando 1. int divisor, dividendo; 2. float resultado; 3. divisor = 10; 4. dividendo = 13; 5. resultado = dividendo / divisor; Alocando memória Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

9 Simulando 1. int divisor, dividendo; 2. float resultado; 3. divisor = 10; 4. dividendo = 13; 5. resultado = dividendo / divisor; Alocando memória Após executar a linha 1. Tipo int int Nome divisor dividendo Valor?? Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

10 Simulando 1. int divisor, dividendo; 2. float resultado; 3. divisor = 10; 4. dividendo = 13; 5. resultado = dividendo / divisor; Alocando memória Após executar a linha 2. Tipo int int float Nome divisor dividendo resultado Valor??? Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

11 Simulando 1. int divisor, dividendo; 2. float resultado; Último comando 3. divisor = 10; 4. dividendo = 13; 5. resultado = dividendo / divisor; Execução Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

12 Simulando 1. int divisor, dividendo; 2. float resultado; 3. divisor = 10; 4. dividendo = 13; 5. resultado = dividendo / divisor; Execução Após executar a linha 3. Tipo int int float Nome divisor dividendo resultado Valor??? 10 Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

13 Simulando 1. int divisor, dividendo; 2. float resultado; 3. divisor = 10; 4. dividendo = 13; 5. resultado = dividendo / divisor; Execução Após executar a linha 4. Tipo int int float Nome divisor dividendo resultado Valor??? Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

14 Simulando 1. int divisor, dividendo; 2. float resultado; 3. divisor = 10; 4. dividendo = 13; 5. resultado = dividendo / divisor; Execução Após executar a linha 5. Tipo int int float Nome divisor dividendo resultado Valor??? Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

15 Simulando 1. int divisor, dividendo; 2. float resultado; 3. divisor = 10; 4. dividendo = 13; 5. resultado = dividendo / divisor; Último comando Execução Opa! Descobri um erro... Tipo int int float Nome divisor dividendo resultado Valor??? Pode ocorrer erro conceitual Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

16 Maior Número Problema Escreva um programa que leia um número inteiro, n, do teclado e, em seguida, leia mais n números fracionários. O programa deverá determinar e imprimir o maior número fracionário digitado pelo usuário. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

17 Maior Número Ideia Criarmos uma variável que mantém o maior número lido até um certo momento. 1. Ler um número n. 2. Faça maior receber o primeiro número. 3. Repetir n - 1 vezes: a) Faça aux receber o proximo número. b) Se aux > maior, então atualiza o maior até então. 4. Devolva o maior. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

18 Maior Número Ideia Criarmos uma variável que mantém o maior número lido até um certo momento. 1. Ler um número n. 2. Faça maior receber o primeiro número. 3. Repetir n - 1 vezes: a) Faça aux receber o proximo número. b) Se aux > maior, então atualiza o maior até então. 4. Devolva o maior. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

19 Maior Número int main() { int cont, n; double maior, aux; } printf("digite a quantidade de numeros: "); scanf("%d", &n); printf("digite um numero: "); scanf("%lf", &maior); cont = 2; while (cont <= n){ printf("digite um numero: "); scanf("%lf",&aux); if (aux > maior) maior = aux; cont++; } printf("o maior eh: %.2lf\n", maior); Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

20 Fatorial Problema Faça um programa que leia um número inteiro positivo n do teclado e informe qual o seu fatorial. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

21 Fatorial Ideia Criarmos uma variável fat que na i-ésima iteração do laço vale fat = i!. Assim, para obter o próximo valor de fat, fazemos fat = (i + 1)fat. 1. Ler um número n. 2. cont = fat = Repetir n vezes: a) fat = fat * cont. b) cont = cont Devolva fat. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

22 Fatorial Ideia Criarmos uma variável fat que na i-ésima iteração do laço vale fat = i!. Assim, para obter o próximo valor de fat, fazemos fat = (i + 1)fat. 1. Ler um número n. 2. cont = fat = Repetir n vezes: a) fat = fat * cont. b) cont = cont Devolva fat. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

23 Fatorial int main() { int cont, n; int fat; printf("digite numero: "); scanf("%d", &n); fat = 1; for(cont = 1; cont <= n; cont++) { fat = fat * cont; } } printf("o fatorial eh: %d\n", fat); E o caso n = 0? Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

24 Fatorial int main() { int cont, n; int fat; printf("digite numero: "); scanf("%d", &n); fat = 1; for(cont = 1; cont <= n; cont++) { fat = fat * cont; } } printf("o fatorial eh: %d\n", fat); E o caso n = 0? Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

25 Fatorial No exemplo anterior o fatorial é calculado corretamente para n 16. Se n = 17 o fatorial fornece um valor negativo!!! Por que?? Solução Um inteiro usa 32 bits para ser representado. Podemos trocar o tipo de fat para unsigned int Ou trocar para double!! Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

26 Números Primos Problema Um número p é primo se p > 1 e os únicos divisores positivos de p são 1 e p. Escreva um programa que leia um número n do teclado e determine se n é primo. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

27 Números Primos Ideia Tentamos dividir n por todos os números entre 2 e p Ler um número n. 2. cont = Enquanto cont <= n - 1, faça: a) Se n por cont não deixar resto, então n não é primo. b) cont = cont Se nenhum resto foi zero, então n é primo. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

28 Números Primos Ideia Tentamos dividir n por todos os números entre 2 e p Ler um número n. 2. cont = Enquanto cont <= n - 1, faça: a) Se n por cont não deixar resto, então n não é primo. b) cont = cont Se nenhum resto foi zero, então n é primo. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

29 Números Primos - Melhorando um pouco Ideia Sabemos que nenhum número n é divisível por algum outro número d maior que a metade. Só precisamos testar então até n/2. 1. Ler um número n. 2. cont = Enquanto cont <= n/2, faça: a) Se n por cont não deixar resto, então n não é primo. b) cont = cont Se nenhum resto foi zero, então n é primo. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

30 Números Primos - Melhorando um pouco Ideia Sabemos que nenhum número n é divisível por algum outro número d maior que a metade. Só precisamos testar então até n/2. 1. Ler um número n. 2. cont = Enquanto cont <= n/2, faça: a) Se n por cont não deixar resto, então n não é primo. b) cont = cont Se nenhum resto foi zero, então n é primo. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

31 Números Primos } int main() { int cont, n, eprimo; printf("digite um numero:"); scanf("%d",&n); cont = 2; eprimo = 1; while (cont <= n/2 && eprimo){ if(n % cont == 0) eprimo = 0; cont++; } if (eprimo) printf("eh primo!\n"); else printf("nao eh primo.\n"); Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

32 Números de Fibonacci A sequência de Fibonacci é: 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13,... Ou seja, temos F (1) = 1 e F (2) = 1 e o n-ésimo termo (para n > 2) é a soma dos dois anteriores F (n) = F (n 1) + F (n 2). Problema Escreva um programa que imprime os primeiros n números da sequência. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

33 Números de Fibonacci A sequência de Fibonacci é: 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13,... Ou seja, temos F (1) = 1 e F (2) = 1 e o n-ésimo termo (para n > 2) é a soma dos dois anteriores F (n) = F (n 1) + F (n 2). Problema Escreva um programa que imprime os primeiros n números da sequência. Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

34 Números de Fibonacci int main() { int n, anterior, atual, aux, cont; printf("digite um numero: "); scanf("%d", &n); } anterior = 0; atual = 1; for (cont = 1; cont <= n; cont++) { printf("%d ", atual); aux = atual; atual = atual + anterior; anterior = aux; } printf("\n"); Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

35 Exercício Descreva textualmente o que o programa a seguir faz. Faça um teste de mesa se necessário. #include <stdio.h> int main() { int i, j, l, m, n; scanf("%d", &n); m = 2*n + 1; for (i = 1; i <= n; i++) { j = 2*i - 1; for (l = (m - j) / 2; l > 0; l--) { printf(" "); } for (l = j; l > 0; l--) { printf("*"); } printf("\n"); } } Danillo Roberto Pereira (IC-UNICAMP) MC Slide 09 Primeiro Semestre de / 20

Programação de Computadores I Estruturas de Repetição PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Estruturas de Repetição PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Estruturas de Repetição PROFESSORA CINTIA CAETANO Introdução Existem situações onde é necessário repetir um determinado trecho de um programa um certo número de vezes. Assim,

Leia mais

PHP Estruturas de repetição

PHP Estruturas de repetição Estrutura de repetição com for Sintaxe for (inicialização; condição; incremento) comando1; comando2; A inicialização atribui um valor inicial à variável de controle do laço; Os comandos 1 e 2 serão executados

Leia mais

MC102 Algoritmos e Programação de Computadores

MC102 Algoritmos e Programação de Computadores MC102 Algoritmos e Programação de Computadores Instituto de Computação UNICAMP Primeiro Semestre de 2014 Roteiro 1 Maior número 2 Soma de n números 3 Fatorial 4 Máximo Divisor Comum (MDC) 5 Números primos

Leia mais

Exercícios de Fixação Aulas 05 e 06

Exercícios de Fixação Aulas 05 e 06 Disciplina: TCC-0.0 Prog. de Computadores III Professor: Leandro Augusto Frata Fernandes Turma: E- Data: / / Exercícios de Fixação Aulas 0 e 0. Construa um algoritmo (pseudocódigo e fluxograma) que determine

Leia mais

Estruturas de Repetição

Estruturas de Repetição Estruturas de Repetição Lista de Exercícios - 04 Algoritmos e Linguagens de Programação Professor: Edwar Saliba Júnior Estruturas de Repetição O que são e para que servem? São comandos que são utilizados

Leia mais

Capítulo 5: Repetições

Capítulo 5: Repetições Capítulo 5: Repetições INF1004 e INF1005 Programação 1 Pontifícia Universidade Católica Departamento de Informática Construção de Laços Repetição: Diversos problemas de difícil solução podem ser resolvidos

Leia mais

Controle de Fluxo Comandos de repetição: while e do-while

Controle de Fluxo Comandos de repetição: while e do-while BCC 201 - Introdução à Programação Controle de Fluxo Comandos de repetição: while e do-while Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/1 Comandos de Repetição (Laços) I São muito comuns as situações em que se deseja

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia - UFU Faculdade de Computação - FACOM Lista de exercícios de programação em linguagem C. Exercícios: Structs

Universidade Federal de Uberlândia - UFU Faculdade de Computação - FACOM Lista de exercícios de programação em linguagem C. Exercícios: Structs Universidade Federal de Uberlândia - UFU Faculdade de Computação - FACOM Lista de exercícios de programação em linguagem C Exercícios: Structs 1. Utilizando estrutura, fazer um programa em C que permita

Leia mais

3 Cadeias de Caracteres

3 Cadeias de Caracteres INF1007: Programação 2 3 Cadeias de Caracteres 05/03/2014 (c) Dept. Informática - PUC-Rio 1 Tópicos Caracteres Cadeias de caracteres Leitura de caracteres e cadeias de caracteres Exemplos de funções que

Leia mais

Linguagem C: strings. Prof. Críston Algoritmos e Programação

Linguagem C: strings. Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C: strings Prof. Críston Algoritmos e Programação String Uma string é um vetor de caracteres (texto) char nome [tamanho]; O texto que vamos gravar em uma string não precisa ocupar todos os caracteres

Leia mais

Exercícios: comandos de repetição

Exercícios: comandos de repetição UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Lista de exercícios de programação em linguagem C Exercícios: comandos de repetição 1) Elabore um programa que faça leitura de vários números inteiros, até que se digite

Leia mais

Ciclo com Contador : instrução for. for de variável := expressão to. expressão do instrução

Ciclo com Contador : instrução for. for de variável := expressão to. expressão do instrução Métodos de Programação I 2. 27 Ciclo com Contador : instrução for identificador downto for de variável := expressão to expressão do instrução UMA INSTRUÇÃO (SIMPLES OU COMPOSTA) Neste caso o ciclo é repetido

Leia mais

1 Cálculo do valor à vista

1 Cálculo do valor à vista MAC-5 Introdução à Computação para Ciências Exatas e Tecnologia IO Segundo Exercício Programa Entregar até 7/0/2007 Comprar à vista ou comprar à prazo? Várias lojas já possuem alguns planos de crediário

Leia mais

Apontamentos de matemática 5.º ano - Múltiplos e divisores

Apontamentos de matemática 5.º ano - Múltiplos e divisores Múltiplos e divisores (revisão do 1.º ciclo) Os múltiplos de um número inteiro obtêm-se multiplicando esse número pela sequência dos números inteiros. Exemplos: Alguns múltiplos de 6 são: 0, 6, 12, 18,

Leia mais

18 - Funções e Procedimentos em C Programação Modular

18 - Funções e Procedimentos em C Programação Modular 18 - Funções e Procedimentos em C Programação Modular Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro Ministrado por: Prof. André Amarante 18.3

Leia mais

9 Laços. Unesp Campus de Guaratinguetá

9 Laços. Unesp Campus de Guaratinguetá 9 Laços Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro Ministrado por: Prof. André Amarante 9 Laço (Enlaçamento) Existem situações em que uma

Leia mais

Comandos de Desvio 1

Comandos de Desvio 1 Programação de Computadores I UFOP DECOM 2014 1 Aula prática 3 Comandos de Desvio 1 Sumário Resumo Nesta aula você irá resolver problemas que requerem uma decisão com base em um teste, ou condição. Para

Leia mais

Departamento de Informática - PUC-Rio INF 1005 Programação I P1 22/09/2010 Nota

Departamento de Informática - PUC-Rio INF 1005 Programação I P1 22/09/2010 Nota P1 22/09/2010 Matrícula: Turma: Questão 1) (3,5 pontos) O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é uma medida do bemestar de uma população. Engloba três dimensões: educação (E), longevidade (L) e a riqueza

Leia mais

Linguagem de Programação C. Fluxo de Saída Padrão. Linguagem de Programação C. printf. Fluxo de Saída Padrão. Algoritmos e Lógica de Programação

Linguagem de Programação C. Fluxo de Saída Padrão. Linguagem de Programação C. printf. Fluxo de Saída Padrão. Algoritmos e Lógica de Programação Algoritmos e Lógica de Programação Linguagem de Programação C Linguagem C Entrada e Saída de dados Reinaldo Gomes reinaldo@cefet-al.br Fluxo de Saída Padrão Saída Formatada: ( ) Tem a função de

Leia mais

1. Escreva um programa em Pascal que leia três valores inteiros e mostre-os em ordem crescente. Utilize seleção encadeada.

1. Escreva um programa em Pascal que leia três valores inteiros e mostre-os em ordem crescente. Utilize seleção encadeada. Universidade Estadual Vale do Acaraú Curso: Engenharia Civil Disciplina: Programação de Computadores Prof. Hudson Costa Instruções: as equipes de cinco componentes (ou elementos) deverão fazer apenas 30

Leia mais

Referências. Programação de Computadores II. Cap. 7 Cadeias de Caracteres. Caracteres. Tópicos

Referências. Programação de Computadores II. Cap. 7 Cadeias de Caracteres. Caracteres. Tópicos Referências Programação de Computadores II Cap. 7 Cadeias de Caracteres Waldemar Celes, Renato Cerqueira, José Lucas Rangel, Introdução a Estruturas de Dados, Editora Campus (2004) Capítulo 7 Livro: Waldemar

Leia mais

Análise de Algoritmos

Análise de Algoritmos Análise de Algoritmos Profa. Sheila Morais de Almeida DAINF-UTFPR-PG março - 2016 A invariante de laço pode ser definida como uma relação entre as variáveis de um algoritmo que é verdadeira em um determinado

Leia mais

MC-102 - Slide 13 Noções de eficiência e buscas

MC-102 - Slide 13 Noções de eficiência e buscas MC-102 - Slide 13 Noções de eficiência e buscas Elaborado por Raoni Teixeira e Editado por Danillo Roberto Pereira Instituto de Computação Unicamp Primeiro Semestre de 2013 Introdução Por que usar computadores?

Leia mais

Switch switch switch switch switch variável_inteira valor1 valor2 switch variável_inteira case case break switch case default default switch switch

Switch switch switch switch switch variável_inteira valor1 valor2 switch variável_inteira case case break switch case default default switch switch Switch A estrutura if de seleção única, a estrutura if / else de seleção dupla. Outra maneira de indicar uma condição é através de uma declaração switch. A construção switch permite que uma única variável

Leia mais

Exercícios (if/ if else/ if elseif else)

Exercícios (if/ if else/ if elseif else) SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO TOCANTINS COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO TOCANTINS UNIDADE ESCOLAR: CPM PERÍODO: 4º Bimestre DISCIPLINA: Lógica de Programação ANO/SÉRIE:

Leia mais

BC-0505 Processamento da Informação

BC-0505 Processamento da Informação BC-0505 Processamento da Informação 0.Declarar Variáveis/ Atributos (Armazenar Dados) 1.Entrada de Dados (Obter dados = Leitura) double raio = 0; double area = 0; double PI = 3.14159; 2.Processamento (=

Leia mais

Vetores, Matrizes e String

Vetores, Matrizes e String Vetores, Matrizes e String Escola CDI Professor: Paulo Marcos Trentin O que é um Vetor? Conhecido também como matriz unidimensional, é uma variável que pode conter vários valores do mesmo tipo de dado.

Leia mais

INF1005: Programação I. Algoritmos e Pseudocódigo

INF1005: Programação I. Algoritmos e Pseudocódigo INF1005: Programação I Algoritmos e Pseudocódigo Tópicos Principais Definição de Algoritmo Exemplos Básicos Formas de representação Condicionais Exemplos com Condicionais Repetições Exemplos com Repetições

Leia mais

Estruturas Condicionais

Estruturas Condicionais Estruturas Condicionais Introdução Vamos reconsiderar um programa bem simples em C. No início ele pergunta ao usuário o raio do círculo e com esta informação calcula a área e o perímetro da figura. #include

Leia mais

Introdução à Algoritmos. Aula 11

Introdução à Algoritmos. Aula 11 Introdução à Algoritmos Aula 11 Um programa de computador é um produto resultante da atividade intelectual. Essa atividade depende de um treinamento prévio em abstração e modelagem de problemas, bem como

Leia mais

Aula 3/4: Vetores/Matrizes e Ponteiros

Aula 3/4: Vetores/Matrizes e Ponteiros Carlos Henrique/Introdução C++ Aula 3/4: Vetores/Matrizes e Ponteiros Funções: Função main (int argc, char ** argv) Recursão Vetores/Matrizes/Strings Vetor (Matriz Unidimensional) Gerando um ponteiro para

Leia mais

Algoritmo e Pseudo-código

Algoritmo e Pseudo-código Departamento de Sistemas de Computação Universidade de São Paulo Algoritmo e Pseudo-código Responsável Prof. Seiji Isotani (sisotani@icmc.usp.br) Objetivos do Curso Desenvolver o Pensamento Computacional

Leia mais

2) Escreva um algoritmo que leia um conjunto de 10 notas, armazene-as em uma variável composta chamada NOTA e calcule e imprima a sua média.

2) Escreva um algoritmo que leia um conjunto de 10 notas, armazene-as em uma variável composta chamada NOTA e calcule e imprima a sua média. 1) Inicializar um vetor de inteiros com números de 0 a 99 2) Escreva um algoritmo que leia um conjunto de 10 notas, armazene-as em uma variável composta chamada NOTA e calcule e imprima a sua média 3)

Leia mais

Exercícios: Comandos de Repetição

Exercícios: Comandos de Repetição Universidade Federal de Uberlândia - UFU Faculdade de Computação - FACOM Lista de exercícios de programação em linguagem C Exercícios: Comandos de Repetição 1. Elabore um programa que faça leitura de vários

Leia mais

MC-102 Aula 09 Comandos Repetitivos

MC-102 Aula 09 Comandos Repetitivos MC-102 Aula 09 Comandos Repetitivos Instituto de Computação Unicamp 25 de Agosto de 2015 Roteiro 1 Laços Encaixados Números Primos Dados Mega-Sena 2 Exercícios (Instituto de Computação Unicamp) MC-102

Leia mais

números decimais Inicialmente, as frações são apresentadas como partes de um todo. Por exemplo, teremos 2 de um bolo se dividirmos esse bolo

números decimais Inicialmente, as frações são apresentadas como partes de um todo. Por exemplo, teremos 2 de um bolo se dividirmos esse bolo A UA UL LA Frações e números decimais Introdução Inicialmente, as frações são apresentadas como partes de um todo. Por exemplo, teremos de um bolo se dividirmos esse bolo em cinco partes iguais e tomarmos

Leia mais

Introdução. Software Básico Aula 3. Prof. Dr. Rogério Vargas.

Introdução. Software Básico Aula 3. Prof. Dr. Rogério Vargas. Introdução Software Básico Aula 3 Prof. Dr. Rogério Vargas http://rogerio.in Provocação Você já se perguntou como é que os programas que você escreve são traduzidos em instruções executáveis pelas estruturas

Leia mais

5. ESTRUTURA DE CONTROLE TOMADA DE DECISÕES

5. ESTRUTURA DE CONTROLE TOMADA DE DECISÕES 5. ESTRUTURA DE CONTROLE TOMADA DE DECISÕES...2 5.1 SELEÇÃO OU ALTERNATIVA SIMPLE...2 5.2 SELEÇÃO OU ALTERNATIVA COMPOSTA...2 5.3 SELEÇÃO OU ALTERNATIVA SE S ANINHADOS OU ENCADEADOS...3 5.4 ESTRUTURAS

Leia mais

números decimais Inicialmente, as frações são apresentadas como partes de um todo. Por exemplo, teremos 2 de um bolo se dividirmos esse bolo

números decimais Inicialmente, as frações são apresentadas como partes de um todo. Por exemplo, teremos 2 de um bolo se dividirmos esse bolo A UA UL LA Frações e números decimais Introdução Inicialmente, as frações são apresentadas como partes de um todo. Por exemplo, teremos de um bolo se dividirmos esse bolo em cinco partes iguais e tomarmos

Leia mais

Algoritmos & Programação

Algoritmos & Programação Algoritmos & Programação Profª Adriana Cláudia Ribeiro da Costa Profª Cláudia Barbieri Biscotto 2013/1 Exercícios Faça os itens abaixo para os seguintes problemas: Problema Solução esperada Dados de entrada

Leia mais

5 Comando de Seleção Simples e Composta

5 Comando de Seleção Simples e Composta 5 Comando de Seleção Simples e Composta Ronaldo F. Hashimoto e Carlos H. Morimoto Essa aula introduz o comando de seleção, que permite ao seu programa tomar decisões sobre o fluxo do processamento, ou

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Variáveis Indexadas. Pedro O.S. Vaz de Melo

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Variáveis Indexadas. Pedro O.S. Vaz de Melo Algoritmos e Estruturas de Dados I Variáveis Indexadas Pedro O.S. Vaz de Melo Por que índices são importantes? Como uma loja de sapatos artesanais deve guardar os seus produtos? 1 2 3 4 Tamanhos entre

Leia mais

CAMPUS DE GUARATINGUETÁ FACULDADE DE ENGENHARIA. Introdução à Programação em C. Algoritmos: Estruturas de Repetição. Prof. Dr. Galeno.J.

CAMPUS DE GUARATINGUETÁ FACULDADE DE ENGENHARIA. Introdução à Programação em C. Algoritmos: Estruturas de Repetição. Prof. Dr. Galeno.J. Unesp UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE GUARATINGUETÁ FACULDADE DE ENGENHARIA Introdução à Programação em C Algoritmos: Estruturas de Repetição Prof. Dr. Galeno.J. de Sena Departamento de Matemática

Leia mais

BCC202 - Estrutura de Dados I

BCC202 - Estrutura de Dados I BCC202 - Estrutura de Dados I Aula 14: Ordenação: QuickSort Reinaldo Fortes Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP Departamento de Computação, DECOM Website: www.decom.ufop.br/reifortes Email: reifortes@iceb.ufop.br

Leia mais

MC-102 Aula 09 Comandos Repetitivos

MC-102 Aula 09 Comandos Repetitivos MC-102 Aula 09 Comandos Repetitivos Instituto de Computação Unicamp 15 de Setembro de 2016 Roteiro 1 Laços Encaixados Números Primos Dados Mega-Sena 2 Exercícios (Instituto de Computação Unicamp) MC-102

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3 Algoritmos e Estruturas de Dados I Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3 Laboratório de AEDS 1 Aula 01 Linguagens de Programação Cada linguagem de programação obedece

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C 1 Enunciado: a)implementar a função maior que devolve o maior de dois números inteiros passados como parâmetro; b)construir um programa em C que determine o maior de

Leia mais

Lista de Exercícios Critérios de Divisibilidade

Lista de Exercícios Critérios de Divisibilidade Nota: Os exercícios desta aula são referentes ao seguinte vídeo Matemática Zero 2.0 - Aula 10 - Critérios de - (parte 1 de 2) Endereço: https://www.youtube.com/watch?v=1f1qlke27me Gabaritos nas últimas

Leia mais

Exercícios: Recursão

Exercícios: Recursão UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Lista de exercícios de programação em linguagem C Exercícios: Recursão 1) Faça uma função recursiva que calcule e retorne o fatorial de um número inteiro N. 2) Faça uma

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C 1 Implementações básicas : a) Implementar a função LerValorValido que verifica se um valor introduzido pelo utilizador pertence ao conjunto limitado por dois dados valores

Leia mais

BC1424 Algoritmos e Estruturas de Dados I Aula 02: Ponteiros, estruturas e alocação de memória

BC1424 Algoritmos e Estruturas de Dados I Aula 02: Ponteiros, estruturas e alocação de memória BC1424 Algoritmos e Estruturas de Dados I Aula 02: Ponteiros, estruturas e alocação de memória Prof. Jesús P. Mena-Chalco 1Q-2016 1 Cloud9 Crie uma conta no c9.io Apenas é requerido criar uma área (máquina

Leia mais

SOLUÇÕES N2 2015. item a) O maior dos quatro retângulos tem lados de medida 30 4 = 26 cm e 20 7 = 13 cm. Logo, sua área é 26 x 13= 338 cm 2.

SOLUÇÕES N2 2015. item a) O maior dos quatro retângulos tem lados de medida 30 4 = 26 cm e 20 7 = 13 cm. Logo, sua área é 26 x 13= 338 cm 2. Solução da prova da 1 a fase OBMEP 2015 Nível 1 1 SOLUÇÕES N2 2015 N2Q1 Solução O maior dos quatro retângulos tem lados de medida 30 4 = 26 cm e 20 7 = 13 cm. Logo, sua área é 26 x 13= 338 cm 2. Com um

Leia mais

Avaliação e Desempenho Aula 1 - Simulação

Avaliação e Desempenho Aula 1 - Simulação Avaliação e Desempenho Aula 1 - Simulação Introdução à simulação Geração de números aleatórios Lei dos grandes números Geração de variáveis aleatórias O Ciclo de Modelagem Sistema real Criação do Modelo

Leia mais

Conversão Visualg à C++ Prof. Paulo Cesar F. de Oliveira, BSc, PhD

Conversão Visualg à C++ Prof. Paulo Cesar F. de Oliveira, BSc, PhD Conversão Visualg à C++ Prof. Paulo Cesar F. de Oliveira, BSc, PhD 1 Unidade 01-a Algoritmos e Programação Seção 1.1 Visualg 2 Formato do Visualg algoritmo nome do algoritmo // Função: // Autor: // Data:

Leia mais

INF1005: Programação 1. Repetições. 08/03/10 (c) Paula Rodrigues 1

INF1005: Programação 1. Repetições. 08/03/10 (c) Paula Rodrigues 1 INF1005: Programação 1 Repetições 08/03/10 (c) Paula Rodrigues 1 Tópicos Principais Construção de Laços com while Algoritmos com Repetição Construção de Laços com for Repetição com Teste no Final 08/03/10

Leia mais

21 Modularização - Funções e Procedimentos

21 Modularização - Funções e Procedimentos 21 Modularização - Funções e Procedimentos À medida que aumenta a complexidade de um programa, torna-se cada vez mais imperativo "dividir" o programa em módulos menores, isolando em cada um destes módulos

Leia mais

21 Strings. 21.1 O que são strings? 21.2 Leitura de Strings. Ronaldo F. Hashimoto e Carlos H. Morimoto

21 Strings. 21.1 O que são strings? 21.2 Leitura de Strings. Ronaldo F. Hashimoto e Carlos H. Morimoto 21 Strings Ronaldo F. Hashimoto e Carlos H. Morimoto Oobjetivodestaaulaéintroduziroconceitodestrings. Aofinaldessaaulavocêdeverásaber: Descrever o que são strings. Descrever a distinção entre strings evetoresdecaracteres.

Leia mais

Correção dos Exercícios

Correção dos Exercícios Faculdade Novo Milênio Engenharia da Computação Engenharia de Telecomunicações Algoritmos I 2006/1 Correção dos Exercícios Questão 1: Construa um algoritmo que, tendo como dados de entrada dois pontos

Leia mais

Conceitos c++ Prof. Demétrios Coutinho INFORMÁTICA BÁSICA

Conceitos c++ Prof. Demétrios Coutinho INFORMÁTICA BÁSICA INFORMÁTICA BÁSICA Conceitos c++ Prof. Demétrios Coutinho C a m p u s P a u d o s F e r r o s D i s c i p l i n a d e O r g a n i z a ç ã o d e A l g o r i t m o s D e m e t r i o s. c o u t i n h o @

Leia mais

LISTA 2 DE EXERCÍCIOS

LISTA 2 DE EXERCÍCIOS LISTA 2 DE EXERCÍCIOS 1. Mostrar na tela o produto entre 28 e 43. 2. Mostrar a média aritmética entre 3 números passados pelo usuário. 3. Lê um número e mostra seu sucessor e seu antecessor na tela. 4.

Leia mais

Estruturas de Repetição. for() while() do-while() break; continue;

Estruturas de Repetição. for() while() do-while() break; continue; Estruturas de Repetição for() while() do-while() break; continue; 1 Auto-Ajuda (!) Como ajudar a solucionar erros básicos do meu programa? Verificar os ; Verificar se não há comandos em maiúsculas; Verificar

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição 1 Comando while Deseja-se calcular o valor de: 1 + 2 + 3 +... + N. Observação: não sabemos, a priori, quantos termos

Leia mais

Faculdade Anglo-Americano Curso de Ciência da Computação Linguagem de Programação. Lista de Exercícios 1

Faculdade Anglo-Americano Curso de Ciência da Computação Linguagem de Programação. Lista de Exercícios 1 Faculdade Anglo-Americano Curso de Ciência da Computação Linguagem de Programação Lista de Exercícios 1 1. O programa seguinte tem vários erros em tempo de compilação. Encontre-os. Main() int a=1; b=2,

Leia mais

UNIMINAS. 101.. Só é necessário o armazenamento de: Sinal da mantissa: - (menos). Valor da mantissa: 00110101. Sinal do expoente: -(na realidade, háh

UNIMINAS. 101.. Só é necessário o armazenamento de: Sinal da mantissa: - (menos). Valor da mantissa: 00110101. Sinal do expoente: -(na realidade, háh Representação em Ponto Flutuante Utiliza-se a representação científica normalizada: 2500 = 2,5 x 10 3 0,00009 = 9,0 x 10-5. Mantissa: 1 =< M < 2. Na realidade, trabalha-se na base 2: -1,00110101 x 2-1012

Leia mais

Exercícios: Vetores e Matrizes

Exercícios: Vetores e Matrizes Universidade Federal de Uberlândia - UFU Faculdade de Computação - FACOM Lista de exercícios de programação em linguagem C Exercícios: Vetores e Matrizes 1 Vetores 1. Escreva um programa que leia 10 números

Leia mais

LINGUAGEM JAVA - RESUMO

LINGUAGEM JAVA - RESUMO LINGUAGEM JAVA - RESUMO 1.1. Estrutura Geral de um Programa 1. ESTRUTURAS BÁSICAS public class nome do programa public static void main(string[] args) instruções do programa 1.2. Tipos Primitivos de Dados

Leia mais

Gabarito de Matemática do 6º ano do E.F.

Gabarito de Matemática do 6º ano do E.F. Gabarito de Matemática do 6º ano do E.F. Lista de Exercícios (L11) Querido(a) aluno(a), vamos retomar nossos estudos relembrando os conceitos de divisores, múltiplos, números primos, mmc e mdc. Divisor

Leia mais

TUTORIAL MATLAB Victor Breder 2016

TUTORIAL MATLAB Victor Breder 2016 TUTORIAL MATLAB Victor Breder 2016 1. INTERFACE A. Caminho de trabalho Mostra o caminho pasta raiz que será considerada para executar scripts e funções criados pelo usuário. B. Pasta de trabalho Mostra

Leia mais

Tipos Abstratos de Dados (TAD)

Tipos Abstratos de Dados (TAD) Instituto de C Tipos Abstratos de Dados (TAD) Luis Martí Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense lmarti@ic.uff.br - http://lmarti.com Tópicos Principais Módulos e Compilação em separado

Leia mais

Tutorial Extra sobre C. Felipe Santos da Silva

Tutorial Extra sobre C. Felipe Santos da Silva Tutorial Extra sobre C Felipe Santos da Silva 1 Sumário 1 stdlib.h 3 2 Struct 5 3 Funções 7 4 Recursão 10 2 1 stdlib.h Exemplo 1.1. Convertendo cadeias de caracteres em números. #include

Leia mais

Algoritmos e Programação : Conceitos e estruturas básicas. Hudson Victoria Diniz

Algoritmos e Programação : Conceitos e estruturas básicas. Hudson Victoria Diniz Algoritmos e Programação : Conceitos e estruturas básicas Hudson Victoria Diniz Relembrando... Um algoritmo é formalmente uma seqüência finita de passos que levam a execução de uma tarefa. Podemos pensar

Leia mais

a) 2 b) 3 c) 4 d) 5 e) 6

a) 2 b) 3 c) 4 d) 5 e) 6 Recordando operações básicas 01. Calcule as expressões abaixo: a) 2254 + 1258 = b) 300+590 = c) 210+460= d) 104+23 = e) 239 54 = f) 655-340 = g) 216-56= h) 35 x 15 = i) 50 x 210 = j) 366 x 23 = k) 355

Leia mais

C A P I T U L O 6 E S T R U T U R A S D E C O N T R O L E D E R E P E T I Ç Ã O

C A P I T U L O 6 E S T R U T U R A S D E C O N T R O L E D E R E P E T I Ç Ã O C A P I T U L O 6 E S T R U T U R A S D E C O N T R O L E D E R E P E T I Ç Ã O Sempre que precisarmos em um script PHP que uma ou mais linhas de comandos sejam repetidamente executadas, utilizamos laços

Leia mais

AC05 Lista de Exercícios sobre Sequências, Condições e Repetição Em C++

AC05 Lista de Exercícios sobre Sequências, Condições e Repetição Em C++ AC05 Lista de Exercícios sobre Sequências, Condições e Repetição Em C++ Instruções: Os algoritmos deverão ser desenvolvidos em C++ com o Code::Blocks; Exercícios em grupos de até 6 participantes; Colocar

Leia mais

Programação de Computadores I BCC 701 2012-02 Terceira Avaliação 06/04/2013 Valor (3,0)

Programação de Computadores I BCC 701 2012-02 Terceira Avaliação 06/04/2013 Valor (3,0) Programação de Computadores I BCC 701 2012-02 Terceira Avaliação 06/04/2013 Valor (3,0) ATENÇÃO: Leia com atenção as questões da prova. A interpretação do enunciado faz parte da avaliação. Todos os programas

Leia mais

OBSERVAÇÕES: EXERCÍCIOS

OBSERVAÇÕES: EXERCÍCIOS OBSERVAÇÕES: 1. Esta lista de exercícios poderá ser resolvida individualmente ou em grupos de 2 pessoas. 2. A lista possui 25 exercícios, destes você deve responder os 5 primeiros exercícios e os outros

Leia mais

INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO II VARIÁVEIS COMPOSTAS HOMOGÊNEAS UNIDIMENSIONAIS

INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO II VARIÁVEIS COMPOSTAS HOMOGÊNEAS UNIDIMENSIONAIS INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO II VARIÁVEIS COMPOSTAS HOMOGÊNEAS UNIDIMENSIONAIS Material da Prof. Ana Eliza Dados e comandos, para serem processados, devem estar na memória do computador. Memória Definição:

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS PARTE 1 (ESTRUTURAS SEQUENCIAIS)

LISTA DE EXERCÍCIOS PARTE 1 (ESTRUTURAS SEQUENCIAIS) LISTA DE EXERCÍCIOS PARTE 1 (ESTRUTURAS SEQUENCIAIS) 1. Elabore um algoritmo que converta um valor em dólar (US$) para real (R$). O algoritmo deverá solicitar o valor da cotação do dólar e também a quantidade

Leia mais

Sistemas Numéricos. Tiago Alves de Oliveira

Sistemas Numéricos. Tiago Alves de Oliveira Sistemas Numéricos Tiago Alves de Oliveira Sumário Sistemas Numéricos Binário Octal Hexadecimal Operações aritméticas binária e hexadecimal Operações lógicas binárias e decimais Representação Interna de

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Recursividade. Pedro O.S. Vaz de Melo

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Recursividade. Pedro O.S. Vaz de Melo Algoritmos e Estruturas de Dados I Recursividade Pedro O.S. Vaz de Melo Problema Implemente uma função que classifique os elementos de um vetor em ordem crescente usando o algoritmo quicksort: 1. Seja

Leia mais

Lista de Exercícios 04 Estruturas de Dados Homogêneas - Vetores

Lista de Exercícios 04 Estruturas de Dados Homogêneas - Vetores Instituto de Ciências Eatas e Biológicas ICEB Lista de Eercícios 04 Estruturas de Dados Homogêneas - Vetores 1) Escreva um programa que armazene em um vetor todos os números inteiros de 0 a 50. Após isso,

Leia mais

Programação de Computadores I. Linguagem C Função

Programação de Computadores I. Linguagem C Função Linguagem C Função Prof. Edwar Saliba Júnior Fevereiro de 2011 Unidade 07 Função 1 Conceitos As técnicas de programação dizem que, sempre que possível, evite códigos extensos, separando o mesmo em funções,

Leia mais

Lista 4 Introdução à Programação Entregar até 07/05/2012

Lista 4 Introdução à Programação Entregar até 07/05/2012 Lista 4 Introdução à Programação Entregar até 07/05/2012 1. Um vendedor necessita de um algoritmo que calcule o preço total devido por um cliente. O algoritmo deve receber o código de um produto e a quantidade

Leia mais

Estrutura de repetição do/while

Estrutura de repetição do/while Es truturas de Controle Estrutura de repetição do/while A estrutura de repetição do/while é semelhante à estrutura while. Na estrutura while, o programa testa a condição de continuação do laço no começo

Leia mais

Estruturas de Repetição na Linguagem C. Slides da Prof. Deise Saccol

Estruturas de Repetição na Linguagem C. Slides da Prof. Deise Saccol Estruturas de Repetição na Linguagem C Slides da Prof. Deise Saccol 1 Comando for Estrutura de repetição for (var=valor inicial; condição; incremento) comando; for (var=valor inicial; condição; incremento)

Leia mais

- no assunto colocar [ALG] PRIMEIRA PARTE

- no assunto colocar [ALG] PRIMEIRA PARTE CCT0001 Algoritmos Prof. Rodrigo Dias professor@hood.com.br - no assunto colocar [ALG] PRIMEIRA PARTE 1) Entrar com 5 números e imprimi-los caso seja maior que 20. 2) Entrar com 3 números e informar se

Leia mais

Java possui 4 tipos de dados. Estes tipos de dados são divididos em: boolean, character, integer e float.

Java possui 4 tipos de dados. Estes tipos de dados são divididos em: boolean, character, integer e float. 1 - Tipos de Dados em Java Java possui 4 tipos de dados. Estes tipos de dados são divididos em: boolean, character, integer e float. a. Boolean Um dado boolean poderá assumir somente dois valores: true

Leia mais

Linguagem C. Introdução à Programação C. Variáveis. Identificadores. Identificadores 12/03/2011 VARIÁVEIS E TIPOS DE DADOS

Linguagem C. Introdução à Programação C. Variáveis. Identificadores. Identificadores 12/03/2011 VARIÁVEIS E TIPOS DE DADOS Linguagem C Introdução à Programação C Introdução à Ciência da Computação I Prof. Denis F. Wolf Origem de C está associada ao sistema Unix Histórico: 1970: Ken Thompson desenvolve B, baseada em BCPL, para

Leia mais

Avaliação Baseada em Modelos Conceituais I - Engenharia Cognitiva

Avaliação Baseada em Modelos Conceituais I - Engenharia Cognitiva 1 Avaliação Baseada em Modelos Conceituais I - Engenharia Cognitiva Aula 5 19/03/2012 2 O que são modelos? São moldes previamente estabelecidos que utilizamos para descrever, interpretar, construir objetos

Leia mais

Teste de Funções por Cobertura do Grafo de Fluxo de Controle

Teste de Funções por Cobertura do Grafo de Fluxo de Controle Teste de Funções por Cobertura do Grafo de Fluxo de Controle Programação II Universidade de Lisboa Faculdade de Ciências Departamento de Informática Licenciatura em Tecnologias da Informação Vasco Thudichum

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de repetição. Prof. Alex Camargo

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de repetição. Prof. Alex Camargo UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de repetição Prof. Alex Camargo alexcamargoweb@gmail.com Estruturas de repetição As estruturas de repetição provém uma maneira

Leia mais

Simulado de Linguagem de Programação Java

Simulado de Linguagem de Programação Java Simulado de Linguagem de Programação Java 1. Descreva o processo de criação de programas em Java, desde a criação do código-fonte até a obtenção do resultado esperado, por meio de sua execução. Cite as

Leia mais

Arquitetura de Computadores I

Arquitetura de Computadores I Arquitetura de Computadores I Aritmética Computacional - Ponto Flutuante - Edson Moreno edson.moreno@pucrs.br http://www.inf.pucrs.br/~emoreno Slides baseados nas lâminas dos profs Ney Calazans e Fernando

Leia mais

Computação I (MAB120) DCC/UFRJ

Computação I (MAB120) DCC/UFRJ Computação I (MAB120) DCC/UFRJ Aula 2: introdução a algoritmos e programas 6 de abril de 2016 Objetivos dessa aula Definir o que são algoritmos e programas Apresentar algumas técnicas para desenvolvê-los

Leia mais

Disciplina de Arquitetura de Computadores

Disciplina de Arquitetura de Computadores USP - ICMC - SSC SSC 0510 - Informática - 2o. Semestre 2010 Disciplina de Arquitetura de Computadores Prof. Fernando Santos Osório Email: fosorio [at] { icmc. usp. br, gmail. com } Página Pessoal: http://www.icmc.usp.br/~fosorio/

Leia mais

Estrutura de repetição para número indefinido de repetições com teste no inicio (Enquanto - while)

Estrutura de repetição para número indefinido de repetições com teste no inicio (Enquanto - while) ESTRUTURA DE REPETIÇÃO EM C++ Estrutura de Repetição para número definido de repetições (Para - for) //Biblioteca para CIN e COUT //Biblioteca para funções como clrscr e getch //Estrutura principal do

Leia mais

Expressões de sequencias

Expressões de sequencias Expressões de sequencias Semana Olímpica/01 Prof. Armando 01 de fevereiro de 01 1 Introdução Um assunto que cai com frequência em olimpíada são as sequências. Sequências são listas ordenadas de números

Leia mais

Projetando um Computador

Projetando um Computador Objetivo Projetando um Computador Parte II (2) Projetando um Computador Parte II Arquitetura do Processador BIP Apresentar as noções do funcionamento de um computador através da descrição da arquitetura

Leia mais

LP II Estrutura de Dados

LP II Estrutura de Dados LP II Estrutura de Dados Linguagem C Seleção e Repetição Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Estruturas de Seleção Simples Composta Aninhada Estruturas de

Leia mais