(c) Tu foste inspirado pela religião nesse anúncio. (d) Esse anúncio te foi inspirado pela religião. (e) Tua religião foi inspirada nesse anúncio.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "(c) Tu foste inspirado pela religião nesse anúncio. (d) Esse anúncio te foi inspirado pela religião. (e) Tua religião foi inspirada nesse anúncio."

Transcrição

1 Querido Aluno, Você está recebendo uma lista de exercícios para ajudá-lo nesta etapa final. É necessário, porém, revisar todos os conteúdos. Estude os polígrafos, os testes e as provas dos trimestres. Lembrese de que a chave para o seu sucesso está em sua força de vontade. Professora Osbetiene Banco de questões para o Exame Final: Conteúdos do banco de questões: ortografia; acentuação gráfica; verbo (tudo); vozes verbais; pontuação ( uso de vírgulas); pronomes relativos; regência verbal e crase. VOZES VERBAIS 01- Marque a alternativa INCORRETA com a informação dada entre parênteses: (a) "Deu-me as lições sem uma só das intragáveis ternuras". (Voz ativa) (b) Alugavam-se diversos apartamentos para as férias. (Voz passiva reflexiva) (c) Ela o viu naquela festa. (Voz ativa) (d) Não se obtêm bons resultados. ( Voz passiva sintética) (e) Provocavam-se as sobreposições de imagens visuais. (Voz sintética) 02- A alternativa que NÃO apresenta perfeita concordância quanto à conversão da VOZ ATIVA PARA PASSIVA é: (a) Viram-me. / Fui visto. (b) Vamos fazer a lição. / A lição vai ser feita por nós. (c) Abri o caderno. / O caderno tem sido aberto por mim. (d) Devemos preparar tudo. / Tudo deve ser preparado por nós. (e) Meu amigo fazia os trabalhos. / Os trabalhos eram feitos por meu amigo. 03- Marque a alternativa cuja passagem para a VOZ ATIVA tenha sido INCORRETA. (a) Se as alunas fossem amadas por ti. / Se tu amasses as alunas. (b) Por quem vós fostes convidados para a festa, rapazes?/ Quem vos convidou para a festa, rapazes? (c) Aqueles alunos com dificuldades de aprendizagem têm sido orientados pelos novos professores./ Os novos professores orientam aqueles alunos com dificuldades de aprendizagem. (d) O respeito de meus pais pelas ficções foi transmitido por mim. / Eu transmiti o respeito de meus pais pelas ficções. (e) Os três mecânicos devem consertar o carro./ O carro deve ser consertado pelos três mecânicos. 04- Indique a opção em que ocorre a VOZ REFLEXIVA: (a) Come-se bem neste restaurante. (b) Precisa-se de carpinteiros. (c) O prisioneiro conseguiu desvencilhar-se das cordas. (d) Ouviu-se um grande estrondo lá pras bandas da mata. (e) Quem não chora não mama.

2 05- Via de regra, os garimpos são tocados hoje por uma gente sem horizontes... Transpondo a frase para a VOZ ATIVA, a forma verbal passará a ser: (a) tocaria; (b) tocavam; (c) toca; (d) tinha tocado; (e) serão tocados. 06- Transpondo-se para a VOZ PASSIVA a frase - As mudanças na dieta estão causando uma mudança gradual na fisiologia do organismo. - a forma verbal resultante será: (a) têm causado; (b) foi causada; (c) estão sendo causadas; (d) está sendo causada; (e) foram causadas. 07- Acredito que Maria tenha feito a lição. Passando-se a oração para a VOZ PASSIVA, o verbo ficará assim: (a) foi feita; (b) tenha sido feita; (c) esteja sendo feita; (d) tenha estado feita; (e) seja feita. 08- Transportando para a VOZ PASSIVA a frase - Eu estava revendo, naquele momento, as provas tipográficas do livro. - obtém-se a forma verbal... (a) ia revendo; (b) estava sendo revista; (c) seriam revistas; (d) comecei a rever; (e) estavam sendo revistas. 09- Transpondo para a VOZ ATIVA a frase - O processo deve ser revisto pelos dois funcionários, obtém-se a forma verbal: (a) deve-se rever; (b) devem rever; (c) será revisto; (d) reverão; (e) rever-se-á. 10- A forma PASSIVA ANALÍTICA que correspondente ao enunciado - Vi, no claro azul do céu, um papagaio de papel, alto e largo. - é a seguinte: (a) O garoto viu, no claro azul do céu, um papagaio de papel, alto e largo. (b) Um papagaio de papel, alto e largo, estava sendo visto pelo menino, no claro azul do céu. (c) No claro azul do céu, era visto um papagaio de papel, alto e largo, por mim. (d) Alto e largo, um papagaio de papel foi visto por mim no claro azul do céu. (e) Foi visto pelo menino, no claro azul do céu, um papagaio de papel. 11- A transformação PASSIVA ANALÍTICA da frase A religião te inspirou esse anúncio apresentará o seguinte resultado: (a) Tu te inspiraste na religião para esse anúncio. (b) Esse anúncio inspirou-se na tua religião.

3 (c) Tu foste inspirado pela religião nesse anúncio. (d) Esse anúncio te foi inspirado pela religião. (e) Tua religião foi inspirada nesse anúncio. 12- (FCC) A frase que admite transposição para a VOZ PASSIVA é: (a) Perto da Igreja, todos os poderosos do mundo parecem diletantes. (b) A Concordata poderá incluir o retorno do ensino religioso. (c) Há estatísticas controvertidas sobre esse poder eclesiástico. (d) Não são incomuns atos religiosos com finalidade política. (e) O Brasil é um país estratégico para a Igreja Católica. 13- Assinale a alternativa em que a passagem da VOZ ATIVA para a PASSIVA ANALÍTICA esteja INCORRETA: (a) Acredito que Maria tenha feito a lição. / Acredito que a lição tenha sido feita por Maria. (b) Eu estava revendo, naquele momento, as provas tipográficas do livro. / As provas tipográficas, naquele momento, foram revistas por mim. (c) "Não acredito que Pedro tenha falado a verdade". / Não acredito que a verdade tenha sido falada por Pedro. (d) Um grupo de teatro amador encenará a peça teatral. / A peça teatral será encenada por um grupo de teatro amador. (e) O coordenador teria cadastrado os pretendentes ao cargo./ Os pretendentes ao cargo teriam sido cadastrados pelo coordenador. VERBO 14- Assinale a alternativa que completa CORRETAMENTE a frase abaixo., não e vencerás. (a) lute desista; (b) lutai desisti; (c) luta desistas; (d) lutas desiste; (e) lutai desista. 15- (FUVEST) em ti; mas nem sempre dos outros. (a) Creias duvidas; (b) Crê duvidas; (c) Creias duvida; (d) Creia duvide; (e) Crê duvides. 16- A flexão de todos os verbos está CORRETA na frase: (a) Caso não ajam a tempo, pediremos que seja estendido o prazo de apresentação de seus documentos. (b) Assim que reavermos nossas malas, remarcaremos as passagens. (c) Os portões que se vêm nos casarões antigos detêm nosso olhar, tantos são os detalhes que neles surpreendemos. (d) Quando eles reverem o caso, haverão de chegar a novas conclusões. (e) Os policiais que os deteram, na manhã de ontem, há muito vêm agindo de modo arbitrário. 17- Cada uma das alternativas abaixo apresenta uma frase no IMPERATIVO AFIRMATIVO e outra no IMPERATIVO NEGATIVO. Assinale aquela em que as DUAS frases NÃO estão no mesmo tratamento (na mesma pessoa do discurso).

4 (a) - a. Apanha a correspondência e separa as contas. b. Não apanhes a correspondência e não separes as contas. (b) - a. Tende paciência e aguardai novas informações. b. Não tenhais paciência e não aguardeis novas informações. (c) - a. Anseie por melhores dias e faça por merecê-los. b. Não anseie por melhores dias e não faça por merecê-los. (d) - a. Passeia com os cachorros e leva-os ao veterinário. b. Não passeie com os cachorros e não os leve ao veterinário. (e) - a. Espere com paciência, aja com rapidez. b. Não espere com paciência, não aja com rapidez. 18- (ECPAR) Marque o item que está em DESACORDO com a gramática: (a) Se fores lá, põe a carta no correio. (b) Não intervenhais no que não vos diz respeito. (c) Sê prudente: não fales da vida alheia. (d) Faze o que te pedem e não reclames. (e) Meça tuas palavras e não te desanimes. 19- Ele... que a sensatez dos convidados... a euforia geral e... as dúvidas. (a) supusera - freasse - desfizesse (b) supora - freasse - desfizesse (c) supusera - freiasse - desfazesse (d) supora - freiasse - desfizesse (e) supora - freiasse - desfazesse 20- Assinale o item em que há ERRO de conjugação verbal em relação à norma culta da língua. (a) Era necessário que o governo impusesse medidas para baratear os produtos editoriais. (b) Se o trabalhador dispuser de adequadas bibliotecas, ter-se-á dado um importante passo para o desenvolvimento cultural do país. (c) Seria de todo desejável que a classe trabalhadora se entretivesse mais com a leitura de livros e revistas. (d) Era importante que se contradissesse, com as evidências disponíveis, a afirmação de que o trabalhador rejeita a leitura. (e) O trabalhador quase não tem intervido nas discussões sobre a comercialização de produtos editoriais. 21- Assinale a alternativa que preenche CORRETAMENTE as lacunas. O intruso já tinha sido. / Não sabia se já haviam a casa. / Mais de uma vez lhe haviam a vida. / A capela ainda não havia sido. (a) expulsado, coberto, salvo, benzida (b) expulso, cobrido, salvo, benzida (c) expulsado, cobrido, salvado, benta (d) expulso, coberto, salvado, benta (e) expulsado, cobrido, salvo, benzida 22- (Cesgranrio- RJ)O período em que aparece a forma verbal INCORRETAMENTE empregada é: (a) Se o compadre trouxesse a rabeca, a gente do ofício ficaria exultante. (b) Quando verem o Leonardo, ficarão surpresos com os trajes que usa. (c) Leonardo propusera que se dançasse o minueto da corte. (d) Se o Leonardo quiser, a festa terá ares aristocráticos.

5 (e) O Leonardo não interveio na decisão da escolha do padrinho do filho. 23- Marque a opção cujo verbo está empregado DE ACORDO com os cânones da língua culta: (a) Você já reouve o que lhe emprestou? (b) Quando nos vermos de novo, não seremos os mesmos. (c) Viemos agora neste instante porque vimos ontem e não o encontramos. (d) Se nós intervíssemos em seu discurso, ele nos excomungaria. (e) Gastou o que tinha, mas se prouve do essencial por meses. 24- (ESA) Em todos os itens a lacuna pode ser preenchida pelo verbo indicado no subjuntivo - EXCETO: (a) Olhou para o cão, enquanto esperava que lhe a porta, (abrir) (b) Por que foi que aquela criatura não com franqueza? (proceder) (c) É preciso que uma pessoa se para encurtar a despesa, (trancar) (d) Deixa de luxo, minha filha, será o que Deus. (querer) (e) Se isso me possível, procuraria a roupa agora mesmo, (ser) 25- Assinale a opção em que há ERRO devido à mistura de tratamento: (a) Não vades agora, pois há inimigos que vos aguardam na estrada. (b) Não vá agora, pois há inimigos que o aguardam na estrada. (c) Não vás agora, pois há inimigos que te aguardam na estrada. (d) Não vão agora, pois há inimigos que vos aguardam na estrada. (e) Não vão agora, pois há inimigos que os aguardam na estrada. 26- (Besc) Observe os verbos grifados do trecho e aponte o item que corresponde ar tempo e modo de cada um deles: "Mas se ERGUES da justiça a clava forte, / VERÁS que um filho teu não FOGE à luta, / Nem teme, quem te ADORA, a própria morte" (J. Osório Duque Estrada). (a) presente do indicativo - futuro do presente - imperativo afirmativo imperativo afirmativo; (b) presente do indicativo - futuro do presente - subjuntivo presente - presente do indicativo; (c) presente do indicativo - futuro do presente - presente do indicativo - presente indicativo; (d) imperativo afirmativo - futuro do pretérito - presente do indicativo - presente subjuntivo; (e) presente do indicativo - futuro do presente - presente do indicativo - imperativo afirmativo. 27- Passando para a 2ª PESSOA a frase "Sente-se, pegue sua prova, leia-a e restrinja-se a responder o que lhe foi proposto", teremos: (a) Sente-se, pegue tua prova, lê-a e restringe-te a responder o que lhe foi proposto. (b) Senta-te, pega tua prova, lê-a e restringe-te a responder o que te foi proposto. (c) Sentai-vos, pegai vossa prova, leia-a e restringi-vos a responder o que vos foi proposto. (d) Senta-se, pegue sua prova, leia-a e restringe-te a responder o que te foi proposto. (e) Senta-se, pegue sua prova, lede-a e restringi-vos a responder o que vos foi proposto. 28- Os verbos que aparecem nos enunciados abaixo estão CORRETAMENTE flexionados em: (a) As influências africanas manteram-se, principalmente, em relação às palavras. Quem se propor a estudar as línguas faladas na América pode constatar isso.

6 (b) A ama negra interviu junto ao filho do senhor branco, abrandando-lhe a linguagem. Não pôde ser diferente, creiamos. (c) Muitas palavras do português provieram do contacto com línguas estrangeiras. Os brasileiros nem sempre se precavêm diante de influências linguísticas estrangeiras. (d) Propusemo-nos a analisar a língua sem preconceitos e vimos que as influências estrangeiras são inevitáveis. Passeemos pelo seu vocabulário e creiamos nisso. (e) Influências estrangeiras também norteam o destino das línguas. Assim crêem os estudiosos dos fatos que interveem na história das línguas. 29- Observe a frase: Se tu... que os eleitores chegam para votar,... a porta e... - os entrar. (a) veres / abre / deixa (b) veres / abra / deixe (c) vires / abra / deixa (d) vires / abre / deixa (e) virdes / abri / deixai 30- (FURG-RS) A alternativa em que todas as formas correspondem ao exemplo: Pagar - paga, é: Verbos: MANTER - IR - SER - PÔR - RIR (a) mantém - vá - sê - põe - ria (b) manténs - vá - seja - pões - ri (c) mantenha - vai - seja - ponha - ris (d) mantém - vai - sê - ponha - ris (e) mantém - vai - sê - põe - ri ORTOGRAFIA e ACENTUAÇÃO GRÁFICA 31- Eles ajudar e as no arquivo: (a) quiseram, puseram, fichas. (b) quiseram, puzeram, fixas. (c) quiseram, puseram, fixas (d) quizeram, puseram, fixas. (e) quizeram, puseram, fichas. 32- Assinale a alternativa cujo emprego do PORQUÊ esteja ERRADO: (a) Descobri o motivo por que ele não veio. Não veio porque teve problemas lá. (b) Se você me disser o porquê disso, entenderei, porque não sou tolo. (c) Porque você fez tudo errado, não o considero eficiente. (d) Não sei porque não ficas mais um pouquinho. (e) Indaguei por que o aluno não trouxe a apostila. Ele disse que não trouxe, porque a perdeu. 33- Assinale a alternativa que preenche CORRETAMENTE as lacunas das frases apresentadas: I. Ele não escreveu para você,? II. Ninguém me explicou o de sua indiferença. III. Quero saber não estuda mais. IV. é sonhador, o jovem cultiva ideais. (a) porquê porquê porque porque; (b) por que - porque - porque - por que; (c) por quê - porquê - porque porque; (d) por quê - porquê - por que porque;

7 (e) por que porquê por que porque. 34. Univ. de Passo Fundo-RS A palavra porque deveria ser grafada separadamente na alternativa: a) Não se preocupe com o futuro, porque os jovens têm energia para resolver o problema. b) O Brasil será enriquecido [...], porque terá o maior contingente de jovens de sua história. c) Alguns questionam porque o futuro é encarado com pessimismo por muitos. d) Acredite nos jovens, porque eles contribuirão para o progresso do Brasil. e) Muitos problemas serão resolvidos, porque os jovens estarão preparados para isso. 35. UFSM-RS Identifique a alternativa que preenche adequadamente as lacunas das frases. Jorge Ossani explicou para Moacyr Scliar... os pivetes roubam: praticam crimes... gostam dos mesmos alimentos e brinquedos que as outras crianças. Entretanto, nem todos concordam com esse... da delinquência juvenil.... será que muitas crianças se transformam em pivetes? a) porque por que porquê porque b) por que porque porque porque c) por que por que porque por que d) porque porque porquê porque e) por que porque porquê por que 36. Unimep-SP Considere o destaque: "Entrou na fila e começou a chatear o camarada da frente, perguntando por que a fila era maior [...]" Em qual das alternativas caberia a expressão destacada, com exatamente a mesma função? a) Ela não veio hoje,... estava doente. b) A rua... passei estava alagada. c) Paula não me disse... não pôde ir ao baile. d) Já sei o... de todo esse mistério. e) Você não estudou...? 37- (UF Juiz de Fora-MG) Marque a alternativa em que NENHUMA palavra TEM ACENTO GRÁFICO: (a) órgão, revolver, fossil, prejuizo; (b) item, polens, mister, dores, meses; (c) balaustre, garoa, vovos, colibri; (d ) juri, cafezinho, vezes, album; (e) cadaver, tatu, hifen, interim. 38- As palavras estão CORRETAMENTE acentuadas na alternativa: (a) máximo, álbum, vôlei, enjôo (b) niquel, revólver, elétron, vírus (c) vintém, cipó, freguês, biquíni (d) ítem, ingênuo, medium, hífens (e) estrela, água, céu, partí-lo

8 39 - Há ERRO de acentuação gráfica na alternativa: (a) O delegado mantém o preso incomunicável. (b) Eles mantêm os reféns amarrados. (c) Os que detém o poder, responderão por seus atos. (d) Os reféns, transidos de medo, vêem os soldados como algozes. (e) Ele mantém as matérias em dia. 40- (U.E. Ponta Grossa- PR) As palavras seguintes apresentam-se sem o acento gráfico, seja ele necessário ou não. Aponte a alternativa em que TODAS sejam PAROXÍTONAS: (a) textil - condor - mister crisantemo; (b) latex - inaudito - primata libido; (c) exodo - obus - refem- improbo; (d) novel - sutil - interim misantropo; (e) tulipa - refrega - filantropo especime. 41- (Supletivo-RJ) Assinale o item cujas palavras são acentuadas em função das regras que justificam os acentos das palavras MIÚDOS E VÁRIOS: (a) ínterim mártir; (b) egoísmo frequência; (c) saudável tórax; (d) crônico três; (e) ninguém bênção. 42- Assinale o grupo de vocábulos em que TODOS são acentuados por causa do HIATO: (a) Escocia - Suiça - Haiti Suecia; (b) Itauna - Grajau - Ilheus Guaiba; (c) Desagua - influiram - traiste traimos; (d) Saudo - distraiste - proibira cairam; (e) Uisque heroina - saude balaustre. 43- Em cada uma das séries, apenas DUAS palavras devem receber acento gráfico, EXCETO em: (a) Bauru fuzil virus jovem automovel; (b) Rubrica selo Morumbi notavel mister; (c) Jovens itens polens hifen refens; (d) Pacaembu acidez burgues pezinho interim; (e) Pudica heroi mantem obus cateter. 44- Deveriam ter sido acentuadas as palavras alistadas na opção: (a) azaleia estreia colmeia geleia pigmeia; (b) benzoico dicroico heroico Troia urbanoide; (c) chapeu coroneis heroi ilheu lençois; (d) alcaloide reumatoide tabloide tifoide tipoia; (e) apneia farmacopeia odisseia pauliceia traqueia. 45- Por serem PROPAROXÍTONOS, deveriam estar acentuados os vocábulos da opção: (a) refrega, ibero, decano; (b) aziago, pegada, avaro; (c) inaudito, batavo, erudito; (d) leucocito, alcoolatra, interim; (e) rubrica, maquinaria, pudico.

9 46- Opte pelo item em que se ERRA na justificativa de acentuação gráfica. (a) Tem: não é acentuada por ser monossílabo tônico terminado em EM. (b) Têm: acentuado para fazer diferença entre a terceira pessoa do singular e a terceira pessoa do plural do presente do indicativo (acento diferencial morfológico). (c) Retém: acentuada por ser forma verbal na terceira pessoa do singular. (d) Retêm: acentuada para fazer diferença entre a terceira pessoa do singular e a terceira pessoa do plural do presente do indicativo (acento diferencial). (e) Provém: acentuada por ser oxítona terminada em EM. 47- Assinale o item em que todas as palavras são acentuadas pela MESMA REGRA de: também, incrível e caráter. (a) alguém, inverossímil, tórax; (b) têm, anéis, éter; (c) hífen, ninguém, possível; (d) há, impossível, crítico; (e) pólen, magnólias, nós. 48- (FURG) Assinale a alternativa em que a acentuação das palavras ocorre por MOTIVO IDÊNTICO ao da sequência: reconhecê-lo - suicídio - destruída. (a) contê-lo - saudável - prejuízo. (s) enfrentá-la - geográfica - raízes. (c) até - equilíbrio - científico. (d) crê - provável - maníaco. (e) revê-la - ciência - juízo. 49- (UFRGS) Qual das seguintes palavras PERDERIA o acento gráfico se fosse passada para o singular? (a) cenários. (b) raízes. (c) automóveis. (d) indústrias. (e) países. 50- (UFRGS) Considere as seguintes afirmações sobre ACENTUAÇÃO GRÁFICA. I. A palavra ZOÓLOGOS recebe acento gráfico devido à presença de hiato. II. Caso RAIZ aparecesse no plural, seriam criadas as mesmas condições de acentuação da palavra babuíno. III. A ausência de acento gráfico em DÚVIDA provocaria mudança na sua classe. Quais estão CORRETAS? (a) apenas l. (b) apenas II. (c) apenas l e II. (d) apenas II e III. (e) l, II e III. 51- (FMU-SP) Na palavra murcham, aparece o dígrafo ch representando o som que, às vezes, pode ser grafado com a letra x. Aponte qual a alternativa em que tal som aparece corretamente grafado: (a) piche inxar xícara flexa mexer bruxa (b) cachumba laxativo xícara inxar pechincha (c) flexa broche pixe inchar caxumba (d) broche bruxa pixe xereta flexa (e) ficha caxumba pechincha enxurrada bruxa

10 52- (IMES-SP) Assinale a alternativa cujas palavras estejam grafadas corretamente: (a) expontâneo explêndido estender nescessário (b) expontâneo esplêndido estender necessário (c) expontâneo explêndido estender necessário (d) espontâneo esplêndido estender necessário (e) espontâneo explêndido estender necessário 53- (UCPR) Indique a alternativa em que todos os pontilhados devem ser preenchidos com a letra j: (a) o...eriza cafaj...este...ente gara...em (b) gor...eta ultraj...e sar...eta laran...eira (c) man...ericão...eito here...e verti...em (d) ti...ela en...eitar ma...estade vir...em (e) mon...e lambu...em boba...em can...ica 54- (U. F. Viçosa-MG) Assinale a relação em que todas as palavras devem ser escritas com a letra indicada entre parênteses: (a)...afariz pra...e me...er ca...imbo en...ada (x) (b) pr...vilégio ele distribui discr...ção...mpecilho quas... (i) (c) ma...iço obse...ão a...ucena distor...ão inso...o (ç) (d) gor...eio ultra...e...iria ri...eza re...eitar (j) (e) ojeri...a finali...ar prima...ia sensate... bu...ina (z) 55- As seguintes palavras estão corretamente grafadas, exceto: (a) contêiner; (b) destróier; (c) Méier; (d) blêizer; (e) geóide. 56- Identifique a opção em que todas as palavras compostas estão grafadas de acordo com as novas regras: (a) anti-higiênico antiinflamatório antiácido antioxidante anti-colonial antirradiação antissocial; (b) anti-higiênico anti-inflamatório antiácido antioxidante anticolonial antiradiação anti-social; (c) anti-higiênico anti-inflamatório antiácido antioxidante anticolonial antirradiação antissocial; (d) anti-higiênico anti-inflamatório antiácido anti-oxidante anticolonial antirradiação antissocial; (e) anti-higiênico anti-inflamatório anti-ácido antioxidante anti-colonial antirradiação antissocial. REGÊNCIA VERBAL e PRONOME RELATIVO 57- Observe o verbo que se repete: ASPIROU O AR e ASPIROU À GLÓRIA. Tal verbo: (a) apresenta a mesma regência e o mesmo sentido nas duas orações. (b) embora apresente regências diferentes, tem sentido equivalente nas duas orações. (c) poderia vir regido de preposição também na primeira oração sem que se modificasse o sentido dela.

11 (d) apresenta regência e sentidos diferentes nas duas orações. (e) embora tenha o mesmo sentido nas duas orações, apresenta regências diferentes em cada uma delas. 58- Assinale o item em que a regência do verbo PROCEDER contraria a norma da língua. (a) O juiz procedeu ao julgamento. (b) Não procede este argumento. (c) Procedo um inquérito. (d) Procedia de uma boa família. (e) Procede-se cautelosamente em tais situações 59- Observe a REGÊNCIA dos verbos e assinale a opção cuja regência esteja INADEQUADA: (a) Avisaram-no que chegaríamos logo. (b) Informei-lhe a nota obtida. (c) Os motoristas irresponsáveis em geral, não obedecem aos sinais de trânsito. (d) Há bastante tempo que assistimos em São Paulo. (e) Muita gordura não implica saúde. 60- (UFPA) Qual a alternativa que aponta as frases CORRETAS? I- Visando os seus próprios interesses, ele, involuntariamente, prejudicou toda uma família. II- Como era muito orgulhoso, preferiu declarar falida sua firma a aceitar qualquer ajuda do sogro. III- Desde criança aspirava a uma posição de destaque, embora fosse de origem humilde. IV -Aspirado o perfume das centenas de flores que enfeitavam a sala, acabou por desmaiar (a) II,III,IV (b) I, II, III (c) I, II, III, IV (d) I, III (e) I, II 61- Assinale a ÚNICA alternativa em que há ERRO de REGÊNCIA VERBAL: (a) Do filho que muito a quer. (b) Informo-o de que houve aula. (c) Informo-lhe que houve aula. (d) Este filme, não assisti a ele. (e) Quem você namora? 62- (UF- Paraná)Assinale a alternativa que substitui CORRETAMENTE as palavras sublinhadas: 1. Assistimos à inauguração da piscina. 2. O governo assiste os flagelados. 3. Ele aspirava a uma posição de maior destaque. 4. Ele aspirava o aroma das flores. 5. O aluno obedece aos mestres. (a) lhe, os, a ela, a ele, lhes; (b) a ela, os, a ela, o, lhes; (c) a ela, os, a, a ele, a eles; (d) a ela, a eles, lhe, lhe, lhes; (e) lhe, a eles, a ela, o, lhes.

12 63- Observe: I - Certifiquei-o... que uma pessoa muito querida aniversaria neste mês; II - Lembre-se... que, baseada em caprichos, não obterá bons resultados; III - Cientificaram-lhe... que aquela imagem refletia a alvura de seu mundo interno. De acordo com a REGÊNCIA VERBAL, a preposição DE cabe: (a) nos períodos I e III; (b) apenas no período II; (c) nos períodos I e II; (d) em nenhum dos três períodos; (e) nos três períodos. 64- (IBGE)Assinale a opção que contém os pronomes relativos, regidos ou não de preposição, que completam corretamente as duas frases: Os navios negreiros,... donos eram traficantes, foram revistados. Ninguém conhecia o traficante... o fazendeiro negociava. (a) nos quais / que (b) cujos / com quem (c) que / cujo (d) de cujos / com quem (e) cujos / de quem 65- (ESAF) A frase que apresenta ERRO de REGÊNCIA do verbo ASSISTIR é: (a) Não fui ver o filme, embora quisesse assistir-lhe. (b) Não lhe assiste o direito de humilhar ninguém. (c) Ele assiste às aulas sempre com muita serenidade. (d) Aqueles médicos assistem os doentes com dedicação. (e) Assistiu aos jogos da Seleção sem nenhum entusiasmo. 66- Observe: I. Pusemos o livro na estante. II. Põe o livro na gaveta. III. Demos a ele o livro. SUBSTITUINDO as palavras destacadas por um pronome oblíquo, temos: (a) I - Pusemos-lo; II - Põe-lo; III - Demos-lhe; (b) I - Pusemos-lo; II - Põe-no; III - Demos-lhe; (c) I - Pusemo-o; II - Põe-no; III - Demo-lhe; (d) I - Pusemos-o; II - Põe-o; III - Demo-lhe; (e) I - Pusemo-lo; II - Põe-no; III - Demos-lhe. 67- Marque a alternativa em que apenas a SEGUNDA frase esteja com a regência verbal ERRADA. (a) Ali as pessoas aspiravam à fama. / Ele assistia, com carinho, os enfermos daquele hospital. (b) O professor procedeu à chamada./ Sua permanência implicará em grande prejuízo a todos. (c) Irei na sua casa logo mais./ Pagarei a alguns empregados hoje à noite. (d) A empresa por que ele tanto se esforçou acabou falindo. / Avisei-o de que devia partir. (e) O cargo que tu aspiravas já foi preenchido. / Lembrou-se de todos os momentos felizes. 68- (PUC) Assinale a alternativa que preencha CORRETAMENTE as lacunas abaixo:

13 1. Veja bem estes olhos... se tem ouvido falar. 2. Veja bem estes olhos... se dedicaram muitos versos. 3. Veja bem estes olhos... brilho fala o poeta. 4. Veja bem estes olhos... se extraem confissões e promessas. (a) de que - a que - sobre o qual - dos quais (b) que - que - sobre o qual - que (c) sobre os quais - que - de que - de onde (d) dos quais - aos quais - sobre cujo - dos quais (e) em quais - aos quais - a cujo - que 69- Assinale a frase que NÃO se completa ADEQUADAMENTE com a forma colocada entre parênteses: (a)trata-se de condições especiais, convém a sociologia da ciência estudar (que); (b)trata-se de condições especiais, estudo será feito pela sociologia da ciência (cujo); (c)trata-se de condições especiais, deve cuidar a sociologia da ciência (de que); (d)trata-se de condições especiais, devem ser investigadas pela sociologia da ciência(que); (e)trata-se de condições especiais, a sociologia da ciência decerto fará referência (que). 70- Este é o teatro inauguração assisti e me referia na nossa conversa de ontem. A alternativa que preenche CORRETAMENTE as lacunas é: (a)a cuja, ao qual; (b)à qual, sobre que; (c)cuja, ao qual; (d)cuja a, na qual; (e)de cuja, à qual. 71 Assinale a frase que não se completa adequadamente com a forma colocada entre parênteses: (a) Este é um acontecimento cabe à Sociologia analisar. (que) (b) Este é um acontecimento estudo será analisado pela Economia. (cujo) (c) Este é um acontecimento a Biologia deve cuidar. (de que) (d) Este é um acontecimento a Contabilidade já fez referência. (a que) (e) Este é um acontecimento o Direito tem afinidade (pelo qual) 72- Complete ADEQUADAMENTE as lacunas do período: "Estes são alguns dos livros me baseei para escrever os textos você se referiu". (a) cujos - em que. (b) em que - de que. (c) nos quais - a que. (d) cujos cujos. (e) em que que. 73- (Cesgranrio-RJ) Assinale a opção que completa CORRETAMENTE as lacunas da frase As crianças enorme capacidade de criar deve ser continuamente exercitada encontram variados meios de escapar do mundo imperam as leis dos objetos industrializados. (a) cuja - em que (b) cujas - que (c) a cuja - para que (d) cuja - que

14 (e) cujas - em que 74- (UF- Uberlândia) Assinale o período em que foi empregado o pronome relativo INADEQUADO: (a) O livro a que eu me refiro é Tarde da noite. (b) Ele é uma pessoa de cuja honestidade ninguém duvida. (c) O livro em cujos dados nos apoiamos é este. (d) A pessoa perante a qual comparecemos foi muito agradável. (e) O moço de cujo lhe falei ontem é este. 75- (PUC/Camp-SP) Os depoimentos teve acesso comprovaram que a República não cumpriu, nesses cem anos, as promessas foi portadora. (a) a que - de que (b) aos quais - de cujas (c) pelos quais - às quais (d) os quais - das quais (e) que - que 76- Assinale a frase em que se verifica uma TRANSGRESSÃO ao registro culto e formal da língua no que se refere ao emprego do pronome relativo. (a) O resultado a que chegaram confirmou sua intuição. (b) Os colegas de trabalho com quem não simpatizava foram excluídos do processo. (c) Recebi o relatório de um gerente cujo nome não me recordo. (d) São várias as reivindicações por que estão lutando os trabalhadores. (e) O funcionário ao qual me referi não tem nenhuma dose de carisma. 77- (PUC Pelotas) Assinale a opção que completa corretamente as lacunas das frases: O lugar moro é muito pequeno. Esse foi o número gostei mais. O filme enredo é fraco, tem dado grande prejuízo. (a)onde / que / cujo; (b)em que / de que / cujo o; (c)no qual / o qual / do qual o; (d)que / que / cujo o; (e)em que / de que / cujo. 78- (UFV-MG) Assinale a alternativa cuja sequencia completa CORRETAMENTE as frases abaixo: A lei... se referiu já foi revogada. Os problemas... se lembraram eram muito grandes. O cargo... aspiras é muito importante. O filme... gostou foi premiado. O jogo... assistimos foi movimentado. (a) que, que, que, que, que (b) a que, de que, que, que, a que (c) que, de que, que, de que, que (d) a que, de que, a que, de que, a que (e) a que, que, que, que, a que 79- (PUC-PR) Empregue o pronome relativo acompanhado ou não de preposição. 1. Fez o anúncio todos ansiavam. 2. Avise-me consistirá o concurso. 3. Existe um decreto devemos obedecer.

15 4. Foi bom o jogo assisti. 5. Era nobre o objetivo visava. Na ordem, foram empregados: (a) que em que ao qual que a que (b) que de que a quem que em que (c) do qual por que a que ao qual de que (d) pelo qual de que cujo que que (e) pelo qual de que ao qual a que a que CRASE 80. (PUCCAMP-SP) A frase em que o acento grave indica CORRETAMENTE a ocorrência de crase é: (a) Eles pareciam aborrecidos, pois chegaram à recusar até mesmo um cafezinho. (b) Todos fizeram severas críticas à redação do texto; quanto à mim, quero ressaltar seus méritos. (c) Em seu discurso, o homenageado dirigiu-se especialmente àqueles que, em passado recente, o haviam censurado. (d) Sugeri que recorrêssemos à pessoas mais preparadas para tratar do assunto. (e) Este documento deve ser encaminhado à seu chefe, para que ele o assine o mais rápido possível. 81. (FEI-SP) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas das seguintes orações: I. Preciso falar --- cerca de três mil operários. II. Daqui --- alguns anos tudo estará mudado. III. --- dias está desaparecido. IV. Vindos de locais distantes, todos chegaram --- tempo --- reunião. (a) a a há a à (b) à a a há a (c) a à a a há (d) há a à a a (e) a há a à a 82. (FEI-SP) E o patrão aceitara-o, entregara-lhe as marcas de ferro. Classificam-se sintaticamente os termos em destaque como: (a)objeto direto e objeto indireto (b) objeto direto e objeto direto (c) sujeito e predicativo do sujeito (d) pronome pessoal do caso reto e pronome do caso oblíquo (e) artigo e pronome pessoal do caso oblíquo 83. (UFS-SE) Comunique --- professora que a reunião terá início --- oito horas. Peça-lhe que chegue --- tempo. (a)à às à (b)à às a (c) à as à (d)a às a (e)a as a

16 84. (ITA-SP) Identifique a frase INCORRETA quanto ao emprego do sinal indicativo de crase. (a) Àquelas daria a atenção devida? (b) Nem a traças nem a cupins conheço a solução. (c) Havia duas moças, você deu importância à de cá, mas não a de lá. (d) Àquela prefiro esta. (e) Dobre à esquina, à direita, e você estará junto à Maria Bonita, bela praça. 85. Escolha a alternativa que preencha corretamente as lacunas abaixo. 1. Nunca vi um acidente igual. 2. Sempre vou loja para comprar roupas. 3. Na audiência, diga a verdade, mas limite-se que lhe perguntarem. 4. Quero uma moto junto menina neste instante. (a) àquele, àquela, àquilo, à, (b) aquele, aquela, aquilo, a, (c) àquele, aquela, àquilo, a, (d) aquele, àquela, àquilo, à, (e) aquele, àquela, aquilo, a, 86. Chegou-se conclusão de que a escola também é importante devido merenda escolar que é distribuída gratuitamente todas as crianças. (a) à - à - à (b) a - à a (c)a - à - à (d) à - à - a (e) à - a - a 87. alguns meses o Ministro revelou-se disposto abrir discussões em torno do acesso dos candidatos e dos partidos televisão. (a) A - a - as - à (d) Há - à - as - à (b) Há - a - às - a (e) Há - a - as - à (c)a - à - às - a 88. Indique o item que preenche corretamente as lacunas do texto abaixo: momentos em que nos faltam palavras; foi o que me ocorreu. poucos instantes, quando. vi, dirigindo-se. mim, colocar-se.. disposição, dizendo que me sentisse vontade para procurá-la qualquer hora do dia ou da noite. a) Há, há, a, a, à, à, a b) Há, a, a, à, à, à, a c) A, à, à, a, à, à, à d) Há, há, a, a, a, a, à e) A, há, a, a, à, à, a 89.Expunha-se uma severa punição, porque as ordens quais se opunha eram rigorosas e destinavam-se alunas daquela sala. a) a - as - às b) à - às - as c) à - as - às d) à - às - às e) a - às - às

17 90- (FCMSCSP) Dê ciência todos de que não mais se atenderá pedidos que não forem dirigidos diretoria. (a) a - a - a (b) a - à - a (c) a - a - à (d) à - à - a (e) à - a - à 91- (PUC-RS) A notícia de que a Associação dos Cientistas do Meio Ambiente denunciou as transgressões normas de proteção natureza não surpreendeu ninguém. (a) às - à - a (b) às - à - à (c) as - a - a (d) às - a - a (e) as - à - a 92- (ITA) Dada as sentenças: 1. Meu irmão dedicou-se à áreas literárias. 2. Estamos à espera de socorro. 3. Transmita esta informação à Sua Excelência. Deduzimos que (a) apenas a sentença nº 1 está correta. (b) apenas a sentença nº 2 está correta. (c) apenas a sentença nº 3 está correta. (d) todas estão corretas. (e) nenhuma das anteriores. 93- (UFBA) Indique a alternativa em que o sinal indicativo da crase foi MAL empregado. (a) Fui à Bahia e a Brasília. (b) A doçura da caridade aliviará à vencedores e à vencidos. (c) Não vades à toa pelas trilhas da vida. Realizai alguma coisa. (d) Não se vai à glória por um caminho de flores. (e Nada neste mundo se compara à consciência do dever cumprido. 94- (FUVEST) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas. Diga elas que estejam daqui pouco porta da biblioteca. (a) à - há - a (b) a - há - à (c) a - a - a (d) à - a - a (e) a - a - à

18 USO DE VÍRGULA 95- (CESGRANRIO) Assinale o texto de pontuação CORRETA: (a)não sei se disse, que, isto se passava, em casa de uma comadre, minha avó. (b)eu tinha, o juízo fraco, e em vão tentava emendar-me: provocava risos, muxoxos, palavrões. (c)a estes, porém, o mais que pode acontecer é que se riam deles os outros, sem que este riso os impeça de conservar as suas roupas e o seu calçado. (d)na civilização e na fraqueza ia para onde me impeliam muito dócil muito leve, como os pedaços da carta de ABC, triturados soltos no ar. (e)conduziram-me à rua da Conceição, mas só mais tarde notei, que me achava lá, numa sala pequena. 96- Assinale a alternativa sem erro de pontuação: (a)prima faça calar titio suplicou o moço, com um leve sorriso que imediatamente se lhe apagou. (b)prima, faça calar titio, suplicou o moço com um leve sorriso que imediatamente se lhe apagou. (c)prima faça calar titio, suplicou o moço com um leve sorriso que imediatamente se lhe apagou. (d)prima, faça calar titio suplicou o moço com um leve sorriso que imediatamente se lhe apagou. (e)prima faça calar titio, suplicou o moço com um leve sorriso que, imediatamente se lhe apagou. 97- (EPCAR) "Bem-aventurado, pensei eu comigo, aquele em que os afagos de uma tarde serena de primavera no silêncio da solidão produzem o torpor dos membros." No período em apreço, usaram-se vírgulas para separar: (a) uma oração pleonástica; (b) uma oração coordenada assindética; (c) um adjunto deslocado; (d) elementos paralelos; (e) uma oração intercalada. 98- (UF VIÇOSA) A respeito do seguinte texto, faça o que se pede: "O lotação ia de Copacabana para o centro, com lugares vazios, cada passageiro pensando na vida; é o gênero de transporte onde menos viceja a flor da comunicação humana. Quando, em Botafogo, ouvia-se a voz de um senhor atrás: - Olhe aqui, vou atender a você, mas não faça mais isso, ouviu? É muito feio pedir dinheiro para os outros. Na sua idade eu já dava duro e ajudava em casa." (Drummond) A vírgula separando a expressão em Botafogo foi usada para separar: (a) palavra de mesma função sintática; (b) uma expressão explicativa; (c) o aposto; (d) oração adverbial com verbo oculto; (e) o adjunto adverbial.

19 99- (FGV) Leia atentamente: "O vigilante guarda-noturno e o seu valente auxiliar, nunca esmoreceram no cumprimento do dever." No período acima, a vírgula está mal colocada, pois separa: (a) o sujeito e o objeto direto; (b) o sujeito e o predicado; (c) a oração principal e a oração subordinada; (d) o sujeito e o seu adjunto adnominal; (e) o predicado e o objeto direto (UEPG-PR) A opção em que está CORRETO o emprego do ponto-e-vírgula é: (a) Solteiro, foi um menino turbulento; casado, era um moço alegre; viúvo, torna-se um macambúzio. (b) Solteiro; foi um menino turbulento, casado; era um moço alegre, viúvo; torna-se um macambúzio. (c) Solteiro, foi um menino; turbulento, casado; era um moço alegre viúvo, torna-se um macambúzio. (d) Solteiro foi um menino turbulento, casado era um moço alegre, viúvo; torna-se um macambúzio. (e) Solteiro, foi um menino turbulento, casado; era um moço alegre, viúvo; torna-se um macambúzio (UEMT) Os períodos abaixo apresentam diferença de pontuação. Assinale a letra que corresponde ao período de pontuação correta: (a) O sinal, estava fechado; os carros, porém não paravam. (b) O sinal, estava fechado: os carros porém, não paravam. (c) O sinal estava fechado; os carros porém, não paravam. (d) O sinal estava fechado: os carros porém não paravam. (e) O sinal estava fechado; os carros, porém, não paravam (Anac NCE/UFRJ) O número de doações cresce desde 1997 ; a forma INADEQUADA de pontuar as alterações dessa frase é: (a) Desde 1997 o número de doações cresce; (b) Desde 1997, cresce o número de doações; (c) O número de doações, desde 1997, cresce; (d) Cresce desde 1997, o número de doações; (e) Cresce, desde 1997, o número de doações (ESAF) Assinale a frase correta quanto à pontuação: (a) O parágrafo único do artigo 37, também trata da isenção do imposto em caso semelhante ao estudado. (b) A mãe do soldado implorara piedade, confidenciou-me o tenente; o general porém, mandou executar a sentença. (c) Eu para não ser indiscreto, retirei-me calmamente da sala, quando percebi que o assunto era confidencial. (d) Embora o doente não corresse mais perigo, os médicos resolveram mantê-lo em observação durante doze horas. (e) É alentador, o que os indicadores econômicos demonstram: uma retomada do desenvolvimento em São Paulo, o maior parque industrial brasileiro (TACRIM-SP) A oração indevidamente pontuada é: (a) Crianças venham aqui. (b) Crianças, venham aqui. (c) As crianças, coisas mais lindas do mundo, vieram aqui.

20 (d) As crianças vieram aqui. (e) As crianças não vieram aqui (TCE-RJ) Assinale o período em que a supressão da(s) vírgula(s) não altera o significado da frase: (a) Ontem, a rua estava muito barulhenta. (b) O deputado, que se mudou para a casa ao lado, tem sete filhos. (c) A mãe da menina, histérica, pedia que alguém a ajudasse. (d) Maria, vem cá mais tarde. (e) Perdi a paciência com a secretária, que costuma me desmentir (MM) Assinale a alternativa que contenha período mal pontuado: (a) Os jovens buscam a felicidade na novidade; os velhos, nos hábitos. (b) Arrumou as malas, saiu, lançou-se na vida. (c) Palavras fortes e amargas, indicam uma causa fraca. (d) Eu contesto a justiça que mata. (e) Preciso ouvir, disse a mãe ao menino, a causa desta briga. 6. (UM-SP) "- Muito bom dia, senhora, Que nessa janela está; sabe dizer se é possível algum trabalho encontrar?" João Cabral de Melo Neto) No primeiro verso, senhora vem entre vírgulas porque o termo é: (a) um aposto. (b) um sujeito deslocado. (c) um vocativo. (d) um predicativo. (e) um sujeito simples (Fuvest-SP) Assinale a alternativa em que o texto esteja corretamente pontuado: (a)enquanto eu fazia comigo mesmo aquela reflexão, entrou na loja um sujeito baixo sem chapéu trazendo pela mão, uma menina de quatro anos. (b) Enquanto eu fazia comigo mesmo aquela reflexão, entrou na loja, um sujeito baixo, sem chapéu, trazendo pela mão, uma menina de quatro anos. (c) Enquanto eu fazia comigo mesmo aquela reflexão, entrou na loja um sujeito baixo, sem chapéu, trazendo pela mão uma menina de quatro anos. (d) Enquanto eu, fazia comigo mesmo, aquela reflexão, entrou na loja um sujeito baixo sem chapéu, trazendo pela mão uma menina de quatro anos. (e) Enquanto eu fazia comigo mesmo, aquela reflexão, entrou na loja, um sujeito baixo, sem chapéu trazendo, pela mão, uma menina de quatro anos (UF SÃO CARLOS) Assinale a correta: a) O fogo, está apagado; defendeu-se a moça; mas, o almoço está pronto. b) O fogo está apagado, defendeu-se a moça. Mas, o almoço, está pronto. c) O fogo está apagado... defendeu-se, a moça; mas o almoço está pronto. d) O fogo está apagado? Defendeu-se a moça. Mas o almoço, está pronto. e) O fogo está apagado - defendeu-se a moça. Mas o almoço está pronto (PUCC) Observe as frases: I - Ele foi, logo eu não fui;

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

MATÉRIA: Língua Portuguesa. PROFESSOR: Karla Gomes. SÉRIE: 3º ano. TIPO: Trabalho de Recuperação - 2ª etapa

MATÉRIA: Língua Portuguesa. PROFESSOR: Karla Gomes. SÉRIE: 3º ano. TIPO: Trabalho de Recuperação - 2ª etapa MATÉRIA: Língua Portuguesa PROFESSOR: Karla Gomes SÉRIE: 3º ano TIPO: Trabalho de Recuperação - 2ª etapa QUESTÃO 01- (ITA SP) Leia com atenção a seguinte frase de um texto publicitário: Esta é a escola

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE Comunicação Oral e Escrita Unidade 11 Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 2 Aviso importante! Este material foi produzido

Leia mais

Língua Portuguesa. O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas.

Língua Portuguesa. O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas. Língua Portuguesa O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas. O rápido e grande avanço observado no ambiente da produção, por meio do surgimento

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Bem vindo à loja Materiais de Português

Bem vindo à loja Materiais de Português Bem vindo à loja Materiais de Português Este material é um demonstrativo que contém algumas páginas da Apostila de Regência. Caso queira adquirir o material completo, você pode realizar uma compra na loja.

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

A PREENCHER PELO ALUNO

A PREENCHER PELO ALUNO Prova Final do 1.º e do 2.º Ciclos do Ensino Básico PLNM (A2) Prova 43 63/2.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura

Leia mais

PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa

PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa 7 o ano 2 o bimestre PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa Escola: Nome: Turma: n o : Sotaque mineiro: é ilegal, imoral ou engorda? Gente, simplificar é um pecado. Se a vida não fosse tão corrida, se não tivesse

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Português. e) Não conheço a pessoa de * você falou. f) Você é tudo * sonhei! Respostas

Português. e) Não conheço a pessoa de * você falou. f) Você é tudo * sonhei! Respostas Português Página 71 3. Complete as frases no caderno com pronomes relativos. a) O livro * peguei da biblioteca é ótimo. b) Os doces de * mais gosto estão fresquinhos! c) A escola * estudo fica perto de

Leia mais

208. Assinale a única frase correta quanto ao uso dos pronomes pessoais: 209. Assinale o exemplo que contém mau emprego de pronome pessoal:

208. Assinale a única frase correta quanto ao uso dos pronomes pessoais: 209. Assinale o exemplo que contém mau emprego de pronome pessoal: 207. Complete com eu ou mim : CLASSES DE PALAVRAS PRONOME: - eles chegaram antes de. - há algum trabalho para fazer? - há algum trabalho para? - ele pediu para elaborar alguns exercícios; - para, viajar

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Pessoais Do caso reto Oblíquo. Possessivos. Demonstrativos. Relativos. Indefinidos. Interrogativos

Pessoais Do caso reto Oblíquo. Possessivos. Demonstrativos. Relativos. Indefinidos. Interrogativos Pessoais Do caso reto Oblíquo Possessivos Demonstrativos Relativos Indefinidos Interrogativos Os pronomes is indicam diretamente as s do discurso. Quem fala ou escreve, assume os pronomes eu ou nós, emprega

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Modo: indicativo O modo indicativo expressa um fato de maneira definida, real, no presente, passado ou futuro, na frase afirmativa, negativa ou interrogativa. Presente Presente Passado (=Pretérito) Pretérito

Leia mais

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo.

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. JOÁS, O MENINO REI Lição 65 1 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. 2. Lição Bíblica: 2 Reis 11; 2 Crônicas 24.1-24 (Base bíblica para a história

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe

Leia mais

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural.

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural. Concordância Verbal a) O verbo vai para a 3ª pessoa do plural caso o sujeito seja composto e anteposto ao verbo. Se o sujeito composto é posposto ao verbo, este irá para o plural ou concordará com o substantivo

Leia mais

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Período Composto 1.Orações Subordinadas Adverbiais. 2. Apresentação das conjunções adverbiais mais comuns. 3. Orações Reduzidas. As orações subordinadas

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR Marcha Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe me disse Que é

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

UM FORTE HOMEM DE DEUS

UM FORTE HOMEM DE DEUS Bíblia para crianças apresenta SANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Lyn Doerksen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

Disciplina:Língua Portuguesa Professor (a): Cris Souto Ano: 8º Turmas: 8.1 e 8.2

Disciplina:Língua Portuguesa Professor (a): Cris Souto Ano: 8º Turmas: 8.1 e 8.2 Rede de Educação Missionárias Servas do Espírito Santo Colégio Nossa Senhora da Piedade Av. Amaro Cavalcanti, 2591 Encantado Rio de Janeiro / RJ CEP: 20735042 Tel: 2594-5043 Fax: 2269-3409 E-mail: cnsp@terra.com.br

Leia mais

Sou Helena Maria Ferreira de Morais Gusmão, Cliente NOS C827261492, Contribuinte Nr.102 297 878 e venho reclamar o seguinte:

Sou Helena Maria Ferreira de Morais Gusmão, Cliente NOS C827261492, Contribuinte Nr.102 297 878 e venho reclamar o seguinte: Exmos. Senhores. Sou Helena Maria Ferreira de Morais Gusmão, Cliente NOS C827261492, Contribuinte Nr.102 297 878 e venho reclamar o seguinte: Sou cliente desde a época da TVTel nunca, até hoje, mudei de

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4)

Leia mais

CRASE TEORIA. REGRA GERAL A crase ocorrerá sempre que o termo anterior exigir a preposição a e o termo posterior admitir o artigo a ou as.

CRASE TEORIA. REGRA GERAL A crase ocorrerá sempre que o termo anterior exigir a preposição a e o termo posterior admitir o artigo a ou as. CRASE TEORIA (Aluna do Curso de Secretariado Executivo Trilíngüe da Universidade Estácio de Sá) Crase é a fusão da preposição a com o artigo a ou com o a inicial dos pronomes demonstrativos aquele, aquela,

Leia mais

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA Aluno (a): Série: 3ª TUTORIAL 3B Ensino Médio Data: Turma: Equipe de Língua Portuguesa Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA TERMOS INTEGRANTES = completam o sentido de determinados verbos e nomes. São

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

As questões a seguir foram extraídas de provas de concurso.

As questões a seguir foram extraídas de provas de concurso. COMENTÁRIO QUESTÕES DE PORTUGUÊS PROFESSORA: FABYANA MUNIZ As questões a seguir foram extraídas de provas de concurso. 1. (FCC)...estima-se que sejam 20 línguas. (2º parágrafo) O verbo flexionado nos mesmos

Leia mais

Termos integrantes da oração Objeto direto e indireto

Termos integrantes da oração Objeto direto e indireto Termos integrantes da oração Objeto direto e indireto Termos integrantes da oração Certos verbos ou nomes presentes numa oração não possuem sentido completo em si mesmos. Sua significação só se completa

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

APÊNDICE C - Quadro de descrição geral das atividades realizadas no campo

APÊNDICE C - Quadro de descrição geral das atividades realizadas no campo 1 APÊNDICE C - Quadro de descrição geral das atividades realizadas no campo 14/09/06 manhã Célia Apresentação à professora da sala de recuperação, apresentação à diretora da escola, explicação sobre a

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo Era uma vez a família Rebolo, muito simpática e feliz que vivia na Amadora. Essa família era constituída por quatro pessoas, os pais Miguel e Natália e os seus dois filhos Diana e Nuno. Estávamos nas férias

Leia mais

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores?

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Noemi: É a velha história, uma andorinha não faz verão,

Leia mais

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança.

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança. Radicais Kids Ministério Boa Semente Igreja em células Célula Especial : Dia Das mães Honrando a Mamãe! Principio da lição: Ensinar as crianças a honrar as suas mães. Base bíblica: Ef. 6:1-2 Texto chave:

Leia mais

Na Internet Gramática: atividades

Na Internet Gramática: atividades Na Internet Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia os documentos Modo subjuntivo geral e Presente do subjuntivo, no Banco de Gramática. 1. No trecho a seguir, extraído da

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO Roteiro para curta-metragem Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO SINOPSE Sérgio e Gusthavo se tornam inimigos depois de um mal entendido entre eles. Sérgio

Leia mais

CRASE. Entregue o documento à advogada.

CRASE. Entregue o documento à advogada. CRASE A crase é a fusão de duas vogais da mesma natureza. Sua representação se dá por meio do chamado acento grave sobre a letra a, tornando acentual esta vogal. Assim, o acento grave é o sinal que indica

Leia mais

Conta-me Histórias. Lê atentamente o texto que se segue.

Conta-me Histórias. Lê atentamente o texto que se segue. Prova de Língua Portuguesa 5.º Ano de escolaridade Ano letivo 2013 / 2014-1.ª Chamada Ano lectivo 2012 / 2013 Lê atentamente o texto que se segue. Conta-me Histórias Quando eu era pequena, os campos estavam

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ÍNDICE Pronomes...2 Pronomes Pessoais...2 Pronomes de Tratamento...3 Pronomes Possessivos...3 Pronomes Demonstrativos...3 Pronomes Indefinidos...4 Pronomes Relativos...4 Pronomes

Leia mais

Sei... Entra, Fredo, vem tomar um copo de suco, comer um biscoito. E você também, Dinho, que está parado aí atrás do muro!

Sei... Entra, Fredo, vem tomar um copo de suco, comer um biscoito. E você também, Dinho, que está parado aí atrás do muro! Capítulo 3 N o meio do caminho tinha uma casa. A casa da Laila, uma menina danada de esperta. Se bem que, de vez em quando, Fredo e Dinho achavam que ela era bastante metida. Essas coisas que acontecem

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO

CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO COLÉGIO ARNALDO 2015 CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA Aluno (a): Turma: 2º Ano Professora: Data de entrega: Valor: 20 pontos CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Leitura e interpretação de textos

Leia mais

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL.

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. Como sabemos o crescimento espiritual não acontece automaticamente, depende das escolhas certas e na cooperação com Deus no desenvolvimento

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco!

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco! Paixão do Povo de Cristo x Paixão de Cristo Texto Base: provérbios 24.10 na Linguagem de Hoje: Quem é fraco numa crise, é realmente fraco. Na Bíblia A Mensagem : Quem Desiste num momento de crise é porque

Leia mais

Questão 01 Interpretação de texto. Questão 02 Acentuação gráfica

Questão 01 Interpretação de texto. Questão 02 Acentuação gráfica COMENTÁRIOS E RESPOSTAS À PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA DE NÍVEL MÉDIO PARA AGENTE ADMINSITRATIVO AUXILIAR PORTO ALEGRE DO CONCURSO DA FUNDAÇÃO ESTADUAL DE PROTEÇÃO E PESQUISA EM SAÚDE FEPS PROVA REALIZADA

Leia mais

Vai ao encontro! de quem mais precisa!

Vai ao encontro! de quem mais precisa! Vai ao encontro! 2ª feira, 05 de outubro: Dos mais pobres Bom dia meus amigos Este mês vamos tentar perceber como podemos ajudar os outros. Vocês já ouviram falar das muitas pessoas que estão a fugir dos

Leia mais

USUÁRIO QUE APANHOU NA PRISÃO, SOFREU

USUÁRIO QUE APANHOU NA PRISÃO, SOFREU NOME LUIS FILIPE PERTENCENTE A ALGUMA ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL? ESTADO MUNICÍPIO RIO DE JANEIRO (RJ) NOVA FRIBURGO DESCRIÇÃO DO CASO QUALIFICAÇÃO SEXO MASCULINO IDADE 22 25 COR GRAU DE INSTRUÇÃO

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM RECUPERAÇÃO DE IMAGEM Quero que saibam que os dias que se seguiram não foram fáceis para mim. Porém, quando tornei a sair consciente, expus ao professor tudo o que estava acontecendo comigo, e como eu

Leia mais

Vestibular Comentado - UVA/2010.2

Vestibular Comentado - UVA/2010.2 LÍNGUA PORTUGUESA Comentários: Profs. Evaristo, Crerlânio, Vicente Júnior Texto 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 Flor voltara a embalar-se

Leia mais

Indica pausa prolongada; usado no final de frases declarativas e imperativas. Indica uma pergunta; usado no final de frase interrogativa direta.

Indica pausa prolongada; usado no final de frases declarativas e imperativas. Indica uma pergunta; usado no final de frase interrogativa direta. Objetivos: Empregar a pontuação adequadamente; Definir o uso correto da pontuação nas frases; Reconhecer os sinais de pontuação; Identificar as regras da pontuação em contextos diversos; Aplicar o conteúdo

Leia mais

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO HISTÓRIA BÍBLICA: Mateus 18:23-34 Nesta lição, as crianças vão ouvir a Parábola do Servo Que Não Perdoou. Certo rei reuniu todas as pessoas que lhe deviam dinheiro.

Leia mais

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23.

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23. Tema: DEUS CUIDA DE MIM. Texto: Salmos 23:1-6 Introdução: Eu estava pesando, Deus um salmo tão poderoso até quem não está nem ai prá Deus conhece uns dos versículos, mas poderosos da bíblia e o Salmo 23,

Leia mais

PREGAÇÃO DO DIA 08 DE MARÇO DE 2014 TEMA: JESUS LANÇA SEU OLHAR SOBRE NÓS PASSAGEM BASE: LUCAS 22:61-62

PREGAÇÃO DO DIA 08 DE MARÇO DE 2014 TEMA: JESUS LANÇA SEU OLHAR SOBRE NÓS PASSAGEM BASE: LUCAS 22:61-62 PREGAÇÃO DO DIA 08 DE MARÇO DE 2014 TEMA: JESUS LANÇA SEU OLHAR SOBRE NÓS PASSAGEM BASE: LUCAS 22:61-62 E, virando- se o Senhor, olhou para Pedro, e Pedro lembrou- se da palavra do Senhor, como lhe havia

Leia mais

JÓ Lição 05. 1. Objetivos: Jô dependeu de Deus com fé; as dificuldades dele o deu força e o ajudou a ficar mais perto de Deus.

JÓ Lição 05. 1. Objetivos: Jô dependeu de Deus com fé; as dificuldades dele o deu força e o ajudou a ficar mais perto de Deus. JÓ Lição 05 1 1. Objetivos: Jô dependeu de Deus com fé; as dificuldades dele o deu força e o ajudou a ficar mais perto de Deus. 2. Lição Bíblica: Jô 1 a 42 (Base bíblica para a história e o professor)

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por:

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por: COLÉGIO DE APLICAÇÃO DOM HÉLDER CÂMARA AVALIAÇÃO: EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES I DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR(A): ANA PAULA DA VEIGA CALDAS ALUNO(A) DATA: / / TURMA: M SÉRIE: 9º ANO DATA PARA ENTREGA:

Leia mais

MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37

MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37 MOISÉS NO MONTE SINAI Lição 37 1 1. Objetivos: Ensinar que quando Moisés aproximou-se de Deus, os israelitas estavam com medo. Ensinar que hoje em dia, por causa de Jesus, podemos nos sentir perto de Deus

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM Roteiro para curta-metragem Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM SINOPSE José é viciado em drogas tornando sua mãe infeliz. O vício torna José violento, até que

Leia mais

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR Introdução: Aqui nesse pequeno e-book nós vamos relacionar cinco super dicas que vão deixar você bem mais perto de realizar o seu sonho

Leia mais

Guia do Professor / Vozes da Cidade / Conhecendo.../ Eduardo Guimarães. Conhecendo a Cidade

Guia do Professor / Vozes da Cidade / Conhecendo.../ Eduardo Guimarães. Conhecendo a Cidade 1 Guia do Professor Episódio Conhecendo a Cidade Programa Vozes da Cidade Apresentação Como já vimos nos trabalhos desenvolvidos para o episódio 1, os trabalhos para o episódio 2 também trazem várias questões

Leia mais

DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69. 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos

DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69. 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69 1 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos 2. Lição Bíblica: Daniel 1-2 (Base bíblica para a história e

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

5º ANO 8 8/nov/11 PORTUGUÊS 4º

5º ANO 8 8/nov/11 PORTUGUÊS 4º 5º ANO 8 8/nov/11 PORTUGUÊS 4º 1. Um músico muito importante do nosso país é Milton Nascimento, cantor e compositor brasileiro, reconhecido, mundialmente, como um dos mais influentes e talentosos cantores

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

Prova Escrita de Português Língua Não Materna

Prova Escrita de Português Língua Não Materna EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO E DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova 28 739 /1.ª Chamada 1.ª Fase / 2008 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março A PREENCHER PELO ESTUDANTE

Leia mais

Erros mais freqüentes

Erros mais freqüentes Lição 1 Erros mais freqüentes Extraímos de comunicações empresariais alguns erros, que passamos a comentar: 1. Caso se faça necessário maiores esclarecimentos... Apontamos duas falhas: 1. Caso se faça

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO 1 Q236899 Prova: CESGRANRIO - 2012 - Caixa - Técnico Bancário Disciplina: Português Assuntos: 6. Interpretação

Leia mais

Período composto por subordinação

Período composto por subordinação Período composto por subordinação GRAMÁTICA MAIO 2015 Na aula anterior Período composto por coordenação: conjunto de orações independentes Período composto por subordinação: conjunto no qual um oração

Leia mais

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus Ensino - Ensino 11 - Anos 11 Anos Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus História Bíblica: Mateus 3:13 a 17; Marcos 1:9 a 11; Lucas 3:21 a 22 João Batista estava no rio Jordão batizando as pessoas que queriam

Leia mais

Jesus contou aos seus discípulos esta parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar.

Jesus contou aos seus discípulos esta parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar. Lc 18.1-8 Jesus contou aos seus discípulos esta parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar. Ele disse: "Em certa cidade havia um juiz que não temia a Deus nem se importava

Leia mais

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas)

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Nome: Data: A Importa-se de responder a umas perguntas? Está bem. Obrigado. 1 Como é que se chama? 2 O que é que faz? 3 Vive aqui agora? 4 Há quanto tempo

Leia mais

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS Nessa unidade vou mostrar para você como escrever e-mails que geram resultados. Mas que resultados são esses? Quando você escreve um e-mail tem que saber

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

CRASE. CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`).

CRASE. CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`). CRASE CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`). A crase pode ocorrer entre: 1) Preposição A e os artigos A, AS Há limites a+a tolerância humana

Leia mais

Sem o acento, uma frase como essa teria seu sentido alterado, pois, em "Saiu a francesa", "a francesa" é o sujeito da oração.

Sem o acento, uma frase como essa teria seu sentido alterado, pois, em Saiu a francesa, a francesa é o sujeito da oração. OBS.: A locução prepositiva "à moda de" tem uma peculiaridade: nela se costuma observar a elisão do substantivo feminino "moda", mas, mesmo nos casos em que isso ocorre, mantém-se o acento de crase. Ex.:

Leia mais

Aula 05. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo.

Aula 05. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo. RESUMÃO 2º SIMULADO DE PORTUGUÊS Aula 05 Adjetivo e suas flexões Adjetivo = palavra que qualifica o substantivo. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo. Os adjetivos

Leia mais

Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa

Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa 01. Alternativa (E) Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa Alternativa que contém palavras grafadas de acordo com o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa - VOLP 02. Alternativa

Leia mais

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre O CASO DA CALÇADA DO JASMIM UM CRIME? Terça-feira, seis de Maio. São catorze horas. A D. Odete não é vista no seu bairro desde hoje de manhã. As janelas da sua casa estão abertas, mas o correio de hoje

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

AS MULHERES DE JACÓ Lição 16

AS MULHERES DE JACÓ Lição 16 AS MULHERES DE JACÓ Lição 16 1 1. Objetivos: Ensinar que Jacó fez trabalho duro para ganhar um prêmio Ensinar que se nós pedirmos ajuda de Deus, Ele vai nos ajudar a trabalhar com determinação para obter

Leia mais

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri. Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.com Página 1 1. HISTÓRIA SUNAMITA 2. TEXTO BÍBLICO II Reis 4 3.

Leia mais

Músicos, Ministros de Cura e Libertação

Músicos, Ministros de Cura e Libertação Músicos, Ministros de Cura e Libertação João Paulo Rodrigues Ferreira Introdução Caros irmãos e irmãs; escrevo para vocês não somente para passar instruções, mas também partilhar um pouco da minha experiência

Leia mais

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor.

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor. Capítulo 2 Ela representa um desafio. O simbolismo existe nas imagens coloridas. As pessoas apaixonam-se e desapaixonam-se. Vão onde os corações se abrem. É previsível. Mereces um lugar no meu baloiço.

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe?

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Trecho do romance Caleidoscópio Capítulo cinco. 05 de novembro de 2012. - Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Caçulinha olha para mim e precisa fazer muita força para isso,

Leia mais

Língua Portuguesa. Prof. Pablo Alex L. Gomes. Quem é você? Por que ninguém ligou? NÃO deve ser usado em perguntas INDIRETAS

Língua Portuguesa. Prof. Pablo Alex L. Gomes. Quem é você? Por que ninguém ligou? NÃO deve ser usado em perguntas INDIRETAS Língua Portuguesa Prof. Pablo Alex L. Gomes É utilizado na finalização de frases declarativas ou imperativas. Utilizado em abreviaturas: Sr. (senhor), Sra. (senhora), Srta. (senhorita), p. (página). Em

Leia mais

PORTUGUÊS CIDA BISPO

PORTUGUÊS CIDA BISPO TIPO 1 PORTUGUÊS CIDA BISPO 7º UNIDADE IV Orientações: Não será aceita a utilização de corretivo; não será permitido o empréstimo de material durante a avaliação; use somente caneta esferográfica azul

Leia mais

Apoio: Patrocínio: Realização:

Apoio: Patrocínio: Realização: 1 Apoio: Patrocínio: Realização: 2 CINDERELA 3 CINDERELA Cinderela era uma moça muito bonita, boa, inteligente e triste. Os pais tinham morrido e ela morava num castelo. A dona do castelo era uma mulher

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Texto e Pesquisa de Imagens Arthur de Carvalho Jaldim e Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais