ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET GRP-007/2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET GRP-007/2010"

Transcrição

1 COMPANHIA HIDRO ELÉTRICA DO SÃO FRANCISCO - CHESF GERÊNCIA REGIONAL DE OPERAÇÃO DE PAULO AFONSO - GRP ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET GRP-007/2010 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET GRP-007/2010 OBJETO: Emergencial / Serviço de Limpeza e Conservação nas instalações prediais da Gerência Regional de Paulo Afonso - GRP Setembro / 2010 RECIFE-PE Ed. André Falcão Rua Delmiro Gouveia, 333 Bongi CEP SALVADOR-BA Av. Viana Filho, s/n estrada Pau da Lima CEP TERESINA-PI Av. Henry Wall de Carvalho, 4282 SACI CEP PAULO AFONSO-BA Rua do Triunfo, 170 P. Afonso CEP Tel(75) FORTALEZA-CE Av. Perimetral, s/n Mondubim CEP SÃO PAULO-SP Alameda Santos, º / Cj.12-A Cerqueira Cesar CEP

2 ÍNDICE ITEM SEÇÃO I INFORMAÇÕES GERAIS PÁGINA 1 OBJETO 3 2 DEFINIÇÕES UTILIZADAS 3 3 LOCALIZAÇÃO DOS SERVICOS 3 4 PRAZO DE EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS 4 5 DIMENSIONAMENTO DOS SERVIÇOS 4 6 DETALHAMENTO DOS SERVIÇOS 4 7 MATERIAL, FERRAMENTA E EQUIPAMENTO 7 8 OBRIGAÇÕES E RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA 7 9 OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE 9 10 PROGRAMA DE TRABALHO MEDIÇÃO E FATURAMENTO FISCALIZAÇÃO SERVIÇOS EM ÁREAS ENERGIZADAS PENALIDADES DISPOSIÇÕES GERAIS 11 ANEXO(S): ANEXO I - TABELA DE LOCALIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DOS SERVIÇOS ANEXO II - PLANILHAS DE MATERIAIS, FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS ANEXO III PLANILHA DE PREÇOS 2

3 SEÇÃO I INFORMAÇÕES GERAIS 1.0- OBJETO 1.1- Serviços de limpeza e Conservação nas instalações prediais da Gerência Regional de Paulo Afonso - GRP DEFINIÇÕES UTILIZADAS CHESF - Companhia Hidro Elétrica do São Francisco PROPONENTE - Pessoa jurídica responsável pela apresentação de proposta. PROPOSTA - Documentação apresentada pela proponente, em consonância com os requisitos exigidos para qualificação e execução CONTRATADA - Pessoa jurídica signatária de contrato com a CHESF, visando o atendimento ao objetivo da presente Especificação. ADMINISTRADOR DO CONTRATO - Empregado da CHESF, responsável pela supervisão e coordenação de todos os assuntos relativos ao contrato. SPST Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho de Paulo Afonso GRP - Gerência Regional de Operação Paulo Afonso - GRP LOCALIZAÇÃO DOS SERVICOS 3.1- Os serviços serão realizados no Complexo Hidrelétrico de Paulo Afonso, que constituem as instalações prediais da GRP, incluindo móveis, utensílios, equipamentos e painéis das Unidades Geradoras das Usinas Piloto (UPL), Paulo Afonso I, Paulo Afonso II, Paulo Afonso III, Paulo Afonso IV e Apolônio Sales (UAS), das Subestações Paulo Afonso III (SE PAF), Paulo Afonso IV (SE PAQ), Zebu (SE ZBU), Mulungu (SE MLU), Moxotó (SE MXT), Modelo Reduzido (SE MDR), dos Prédios Administrativos do SPCO, SPTL, SPML, SPMP, SPMS, SPEA, SPCP, SPOP, CROP, Central de Ar Comprimido da Usina I, II e III, Oficina do SPCO, Estação de Piscicultura e outras áreas correlatas. 3

4 4.0- PRAZO DE EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS 4.1- O prazo de execução dos serviços será de 30 (trinta) dias contados a partir da Ordem de Início dos Serviços emitida pela CHESF DIMENSIONAMENTO DOS SERVIÇOS 5.1- A Área Total dos serviços mensais em Metros Quadrados (m2) é igual ao resultado da multiplicação da Área Física pelo número de vezes a serem limpas durante o mês (24 dias úteis por mês). Conforme Anexo I. Os serviços requisitados estão dimensionados em ,43 (oitocentos e quatro mil, seiscentos e quarenta e sete e quarenta e três décimos) m 2, para execução de 30 (trinta) dias consecutivos contados a partir da Ordem de Início dos Serviços emitida pela Chesf/GRP O despejo dos lixos provenientes dos serviços de que trata a presente especificação técnica deverá ser colocado nas lixeiras existentes nas instalações, bem como, em outros locais determinados pela Fiscalização da Chesf/GRP DETALHAMENTO DOS SERVIÇOS ÁREAS INTERNAS Os serviços serão executados pelo contratado na seguinte freqüência: DIARIAMENTE, UMA VEZ QUANDO NÃO EXPLICITADO Remover, com pano úmido, o pó das mesas, armários, arquivos, prateleiras, peitoris, caixilhos das janelas, bem como dos demais móveis existentes, inclusive aparelhos elétricos e extintores de incêndio Limpar e desinfetar 122 (cento e vinte e dois) vasos sanitários, 53 (cinquenta e três) mictórios, 80 (oitenta) pias e 30 (trinta) banheiros, repondo os materiais de higiene e limpeza, bem como quando necessário desobstruir ralos Lavar os cinzeiros das mesas e os situados nas áreas de uso comum Remover capachos e tapetes, procedendo a sua limpeza e aspirando o pó Aspirar o pó em todo o piso acarpetado Proceder à lavagem de bacias, assentos e pias dos sanitários com produtos desinfetantes adequados, duas vezes ao dia Varrer, remover manchas e lustrar os pisos encerados de madeira. 4

5 Varrer, passar pano úmido e polir os balcões e os pisos vinílicos, de mármore, cerâmicos, de marmorite e emborrachados Varrer os pisos de cimento Limpar com produtos desinfetantes adequados os pisos dos sanitários, copas e outras áreas molhadas, duas vezes ao dia Abastecer com papel toalha, higiênico e sabonetes os sanitários, quando necessário Retirar o pó dos telefones com flanela e produtos adequados Limpar os elevadores com produtos adequados Passar pano úmido com álcool nos tampos das mesas e assentos dos refeitórios antes e após as refeições Retirar o lixo duas vezes ao dia, acondicionando-o em sacos plásticos, removendoos para local indicado pela Administração Deverá ser procedida a coleta seletiva do papel para reciclagem Limpar os corrimãos Limpar e suprir os bebedouros com garrafões de água mineral, adquiridos pela Administração Executar demais serviços considerados necessários à freqüência diária SEMANALMENTE, UMA VEZ, QUANDO NÃO EXPLICITADO Limpar atrás dos móveis, armários e arquivos Limpar, com produtos adequados, divisórias e portas revestidas de fórmica Limpar, com produto neutro, portas, barras e batentes pintados a óleo ou verniz sintético Lustrar todo o mobiliário envernizado com produto adequado e passar flanela nos móveis encerados Limpar, com produto apropriado, assentos e poltronas Limpar e polir todos os metais, como válvulas, registros, sifões, fechaduras, etc Lavar os balcões e os pisos vinílicos, de mármore, cerâmicos, de marmorite e emborrachados com detergente, encerar e lustrar Limpar os espelhos com pano umedecido em álcool, duas vezes por semana Retirar o pó e resíduos, com pano úmido, dos quadros em geral. 5

6 Remover, com pano úmido, o pó das persianas Limpar os filtros dos condicionadores de ar Limpar portas, grades, basculantes e janelas (de malha, vidro, enrolar, pantográfica, correr, etc.) Executar demais serviços considerados necessários à freqüência semanal MENSALMENTE, UMA VEZ Limpar todas as luminárias e calhas Limpar forros, paredes e rodapés Lavar cortinas e persianas com produtos adequados Lavar portas, grades, basculantes e janelas (de malha, vidro, enrolar, pantográfica, correr, etc.) com produtos adequados Proceder a uma revisão minuciosa de todos os serviços prestados durante o mês. ESQUADRIAS EXTERNAS Os serviços serão executados pela contratada na seguinte freqüência: 6.5- QUINZENALMENTE, UMA VEZ Limpar todos os vidros (face interna/externa), aplicando-lhes produtos adequados. ÁREAS EXTERNAS Os serviços serão executados pela contratada na seguinte freqüência: 6.7- DIARIAMENTE, UMA VEZ QUANDO NÃO EXPLICITADO Remover capachos e tapetes, procedendo a sua limpeza Varrer, passar pano úmido e polir os pisos vinílicos, de mármore, cerâmicos, de marmorite e emborrachados Varrer as áreas pavimentadas Retirar o lixo duas vezes ao dia, acondicionando-o em sacos plásticos, removendoos para local indicado pela Administração Deverá ser procedida a coleta seletiva do papel para reciclagem Executar demais serviços considerados necessários à freqüência diária. 6

7 6.8- SEMANALMENTE, UMA VEZ Limpar e polir todos os metais (torneiras, válvulas, registros, sifões, fechaduras, etc.) Lavar os pisos vinílicos, de mármore, cerâmicos, de marmorite e emborrachados, com detergente, encerar e lustrar Retirar papéis, detritos e folhagens das áreas verdes Executar demais serviços considerados necessários à freqüência semanal MENSALMENTE, UMA VEZ Lavar as áreas cobertas destinadas ao estacionamento MATERIAL, FERRAMENTA E EQUIPAMENTO 7.1- Todo material, ferramenta e/ou equipamentos a serem utilizados nos serviços, deverão ser novos e em perfeitas condições de uso, sendo fornecidos pela Contratada para a devida conferência da CHESF e disponibilizadas antes do início dos serviços A Contratada somente poderá retirar o serviço, qualquer material e/ou ferramenta, quando houver autorização expressa da Fiscalização da CHESF As quantidades mínimas de materiais, ferramentas e equipamentos necessárias à execução do contrato estão relacionadas no Anexo II desta especificação OBRIGAÇÕES E RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA 8.1- Adotar todas as medidas de segurança necessárias ao bom andamento dos serviços, à preservação dos bens da CHESF, bem como de terceiros Comparecer às reuniões convocadas pela fiscalização da CHESF, de modo que nenhuma providência venha a ser retardada ou suspensa Constituir-se em fiel depositária de qualquer material, ferramenta e equipamento que eventualmente solicitar a Contratante, mediante registro em Livro próprio da fiscalização da CHESF Responsabilizar-se por quaisquer danos que, comprovadamente vierem a ocorrer em prejuízo do patrimônio do Contratante ou de terceiros, por ação ou omissão de seus prepostos e/ou 7

8 empregados, adotando-se, no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis, as providências necessárias, procedendo em qualquer caso, à devida reposição do bem ou ressarcimento do(s) prejuízo(s) Comunicar de imediato o fiscal do contrato, através de formulário próprio, qualquer ocorrência de acidente, para que o fiscal informe ao SPST Manter o Livro de Registro de Ocorrência Diária no prédio da Gerência Regional de Operação de Paulo Afonso, conforme instruções a serem expedidas pela Fiscalização da CHESF Ao término do Contrato, o Livro de Registro de Ocorrências será arquivado pela CHESF/GRP na Pasta do Contrato Obedecer e fazer obedecer às normas internas da CHESF, pertinentes ao objeto do contrato, assumindo total responsabilidade pelo não cumprimento das mesmas Manter disciplina nos locais dos serviços atendendo, de forma imediata, as solicitações de substituição da mão-de-obra, quando comprovadamente entendida inadequada para a prestação dos serviços contratados Efetuar a reposição da mão-de-obra no local de trabalho, em caráter imediato, quando ocorrer eventual ausência do agente titular Substituir, sempre que exigido pelo CONTRATANTE, Qualquer empregado cuja atuação, Permanência e/ou comportamento sejam julgados prejudiciais, inconvenientes ou insatisfatórios à disciplina no local dos serviços ou ao interesse da administração pública Fornecer vale-transporte, de acordo com Decreto nº de Fornecer, no primeiro dia útil do mês, valor em dinheiro correspondente de 01 (um) vale alimentação para cada dia a ser trabalhado, a cada empregado, conforme estipulado em Convenção Coletiva de classe Dimensionar a equipe para execução dos serviços com no mínimo 09 (nove) empregados, sendo 01 (um) encarregado e 08 (oito) agentes de limpeza, em conformidade com a IN-MARE nº 18/97, devendo todos os integrantes perceber, no mínimo, o piso salarial da categoria correspondente, com base na Convenção Coletiva de Trabalho do Sindicato de Classe do Estado da Bahia, até o 5º (quinto) dia útil do mês subseqüente ao mês da realização dos serviços. 8

9 8.14- Apresentar ao Administrador do Contrato as cópias autenticadas dos comprovantes de pagamento de salários, relativos ao mês correspondente a realização dos serviços, devendo ser feita até o 5º (quinto) dia útil Pagar ao encarregado e 04 (quatro) empregados lotados em área de risco, o adicional de periculosidade de 30 (trinta) % sobre o salário (Serviços em faixas de servidão, usinas e subestações) Exercer controle sobre a assiduidade e a pontualidade de seus empregados através de registro de ponto, através da utilização de cartão de ponto mecânico ou digital e entregar uma cópia ao Administrador do contrato para arquivar na pasta. (incluir os custos da aquisição na planilha) Observar a conduta adequada de seus empregados na utilização e manuseio dos equipamentos e ferramentas, objetivando a correta execução dos serviços A mão-de-obra utilizada pela Contratada para execução dos serviços será de inteira responsabilidade da mesma, sem nenhum vínculo empregatício com a CHESF, sob qualquer pretexto ou situação que possa surgir Disponibilizar aos funcionários à execução dos exames médicos adimissionais indispensáveis para Ordem de Início dos serviços Os empregados da contratada deverão comparecer ao local de trabalho, devidamente fardados e com identificação através de crachás, contendo os seguintes dados: Razão Social da Empresa Contratada e logo abaixo, a expressão a serviço da Chesf, com o nome do empregado, matricula, fotografia, função, tipo sanguíneo assinatura do preposto e o visto do Órgão de Segurança Física de Paulo Afonso SPSF OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE 9.1- Repassar à Contratada todos os dados e informações necessárias à execução dos serviços Dirimir eventuais dúvidas da Contratada quando esta solicitar, visando à boa e fiel execução dos serviços Notificar por escrito a Contratada quando da possível aplicação de multas e/ou glosas, bem como quaisquer descumprimentos de obrigações e responsabilidades previstas no item

10 Penalidades, desta Especificação Técnica, dando o prazo de 05 (cinco) dias úteis para apresentação de defesa prévia Dar ciência dos instrumentos normativos da CHESF, pertinentes ao objeto desta Especificação Técnica Efetuar os pagamentos na forma estabelecida no respectivo Contrato Verificar a regularidade de recolhimento dos encargos sociais antes de cada pagamento Exercer, por seu representante, acompanhamento e fiscalização sobre a execução dos serviços, anotando as ocorrências em livro próprio, dando ciência ao preposto da CONTRATADA e determinando sua imediata regularização PROGRAMA DE TRABALHO Os serviços deverão ser executados pela Contratada obedecendo à programação de trabalho que compreende os horários e locais estipulados e fiscalizados pela CHESF/GRP, com carga horária de 44 (quarenta e quatro) horas semanais, sendo: de segunda a sexta-feira das 07:30 às 11:30 e das 13:30 às 17:30 horas e aos sábados das 07:30 às 11:30 horas MEDIÇÃO E FATURAMENTO Para efeito de formação de preço a unidade de medida é o metro quadrado (m 2 ) A medição dos serviços deverá compreender o período dos 30 (trinta) dias trabalhados e será apresentada ao Administrador do Contrato a medição até o 3º (terceiro) dia útil do mês seguinte O faturamento deverá ter como base os serviços efetivamente realizados e os preços unitários constantes da Planilha de Preço, integrante do Contrato FISCALIZAÇÃO Os serviços serão acompanhados e fiscalizados pela CHESF/GRP, através de representante(s) formalmente indicado(s) Na execução dos serviços, toda comunicação entre a contratada e a CHESF deverá ser 10

11 efetuada através da fiscalização SERVIÇOS EM ÁREAS ENERGIZADAS Para a execução dos serviços em áreas energizadas ou em áreas próximas, e cuja efetivação necessite ou envolva riscos de desligamentos, a CONTRATADA deverá proceder de acordo com as normas da CHESF para intervenção programada A CHESF e a CONTRATADA estabelecerão um procedimento de intervenção conjuntamente PENALIDADES Além da obrigação de ressarcir a CHESF das perdas e danos eventualmente ocorridos, ficará a Contratada sujeita a multa, nos percentuais abaixo estabelecidos, do valor total das faturas referentes ao mês em que não sejam atendidas as solicitações da CHESF, referente ao: a) 5,0% - Atraso do pagamento de salários. b) 5,0% - Não atendimento às exigências feitas pelo Órgão de Segurança e Medicina do Trabalho. c) 5,0% - Atraso da entrega do Material necessário à execução dos serviços. d) 5,0% - Não substituição de equipamentos, ferramentas e materiais solicitados pela fiscalização da CHESF. e) 5,0% - Apresentação de seu pessoal com fardamento/epi incompleto. f) 5,0% - Atraso e não atendimento a qualquer exigência referente ao fornecimento dos valesrefeições ou dos vales-alimentações e dos vales-transportes. g) 5,0% - Não atendimento a qualquer uma das exigências do item 8.0 (Obrigações e Responsabilidades da Contratada) DISPOSIÇÕES GERAIS O não atendimento às solicitações feitas pela CHESF acarretará em glosas e multas e serão registradas no Livro de Ocorrências, para inclusão no Cadastro da Contratada Não será permitida a subcontratação parcial dos serviços A CHESF se reserva ao direito de intervir, em qualquer fase dos serviços, de forma direta ou através de terceiros, para suprir deficiências técnicas da Contratada de forma a ficar assegurado o 11

12 bom andamento dos trabalhos e o cumprimento dos prazos contratuais Fica facultada a prévia visita ao local dos serviços às proponentes Os custos com a efetivação da visita correrão por conta das proponentes Nos preços deverão estar computados todos os custos com salários, periculosidade (05 empregados), encargos sociais, benefícios e despesas indiretas, ferramentas, equipamentos, alimentação, transporte, fardamento, EPI e tudo mais que for necessário ao pleno desenvolvimento dos serviços. 12

13 ANEXOS 13

14 ANEXO I - TABELA DE LOCALIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DOS SERVIÇOS DA LOCALIZAÇÃO DAS AREAS POR INSTALAÇÕES INSTALAÇÃO LOCAL FREQUÊNCIA UNID. FÍSICA ÁREAS (m²) MENSAL PRÉDIO/GRP - 1. PAV Hall Elevador n 03 Semanal m² 52,26 209,04 Sala de Baterias da USD Semanal m² 223,79 895,16 SPMS/SPMP/SPEA/Recepção Diário m² 1.124, ,76 PRÉDIO/GRP - 2. PAV Sala de Baixa Tensão/ USD Semanal m² 217,20 868,80 Sala de Baterias/ USD Semanal m² 20,45 81,80 Área Externa GRP/ Subestação Semanal m² 932, ,84 PRÉDIO/GRP - 3. PAV GRP/Divisões/Anfiteatro/Sala de Reuniões, Video-Conferência, etc. Diário m² 1.108, ,80 PRÉDIO/GRP - 4. PAV CROP/Hall Elevador 03 Diário m ² 396, ,04 PRÉDIO/GRP - 5. PAV SPEA/Central Telefônica/Hall/ Elev. 03 Diário m² 272, ,04 Área Externa GRP/ Barragem Diário m² 996, ,24 Hall de Entrada Diário m² 99, ,60 Sala de Comando Diário m² 100, ,04 Galeria de Cabos Semestral m² 156,74 26,12 Hall Elevador n 01 Diário m² 65, ,48 Corredor/S. Baixa Tensão/ S. Baterias Diário m² 349, ,00 USINA I Sala Enc./Corredor/ Hall/ Demais Salas Diário m² 118, ,20 Área Externa frente ao Prédio Diário m² 648, ,00 Área Externa saída do Prédio Semanal m² 133,65 534,60 Corredor de Acesso USU/USD Diário m² 65, ,04 Piso dos Geradores Diário m² 912, ,72 Balcão de visitantes Semanal m² 19,69 78,76 Piso das Turbinas Semanal m² 688, ,20 Galeria de Ligação USD/USU Trimestral m² 905,42 301,81 Hall do Elevador n. 04 Diário m² 9,90 237,60 Balcão de Visitantes Semanal m² 20,38 81,52 Hall do Elevador n. 04 Sala de Máq. Diário m² 9,68 232,32 USINA II Piso dos Geradores Diário m² 2.131, ,80 Hall do Elevador n. 02 Diário m² 6,15 147,60 Balcão de Visitantes Semanal m² 40,64 162,56 Piso das Turbinas Semana m² 767, ,00 Galeria de Fogo Mensal m² 93,95 93,95 COPA DA USD Hall de Entrada Diário m² 29,58 709,92 14

15 Refeitório Diário m² 94, ,40 Cozinha Diário m² 28,70 688,80 Pias/Banheiros Diário m² 20,40 489,60 Ferramentaria SPEA Diário m² 153, ,60 Ferramentaria SPMP Mensal m² 59,00 59,00 Banheiro do SPMP Diário m² 59, ,96 Corredor de Ligação USU/UST Semanal m² 157,24 628,96 Hall de Montagem Diário m² 617, ,80 Piso dos Geradores Diário m² 1.591, ,40 USINA III Hall do Elevador n. 05 Diário m² 180, ,00 Sala de Comando do 01G1 e 01G2 Diário m² 57, ,96 Sala de Comando do 01G3 e 01G4 Diário m² 57, ,96 Piso das Turbinas Semanal m² 176,40 705,60 Hall acesso Área de Montagem Diário m² 226, ,28 Hall do Elevador n. 10 Diário m² 41,38 993,12 Galeria acesso plataforma dos Transformadores Quinzenal m² 162,41 324,82 Piso 136,00m Mensal m² 16,44 16,44 Banheiro dos Mecânicos Diário m² 17,20 412,80 Piso das Turbinas Quinzenal m² 191,05 382,10 Sala dos compressores Quinzenal m² 42,08 84,16 Hall sala dos compressores Semanal m² 35,40 141,60 Piso dos Geradores Diário m² 5.191, ,20 Salas QC-3/QC-4/SIST. 48 VCC Semanal m² 122,84 491,36 Hall Sala QC-3 Semanal m² 24,64 98,56 USINA IV Sala de Baterias 48 VCC Quinzenal m² 22,68 45,36 Terraço Edifício Técnico Diário m² 688, ,00 1. Andar Edifício Técnico Diário m² 498, ,00 Sala de Supervisão Diário m² 160, ,08 Hall Sala de Supervisão Diário m² 16,63 399,12 Hall observação da caverna Mensal m² 12,20 12,20 Caverna cota 156,20m Mensal m² 60,60 60,60 Galeria Norte Mensal m² 928,34 928,34 Galeria Sul Mensal m² 793,00 793,00 Balcão de Visitantes Semanal m² 24,94 99,76 Central Telefônica Diário m² 121, ,76 Hall Central Telefônica Diário m² 327, ,00 USINA A. SALES Hall de Entrada Diário m² 70, ,20 15

16 OFICINA DO SPMS Piso dos Geradores Diário m² 3.710, ,80 Sala de Baixa Tensão Diário m² 1.427, ,12 Hall de Montagem Diário m² 509, ,12 Balcão de Visitantes Semanal m² 65,45 261,80 Hall Tratamento d'água Diário m² 99, ,44 Tratamento d'água Quinzenal m² 214,62 429,24 2. Piso Semanal m² 1.395, ,00 3. Piso Refrigeração Mensal m² 2.937, ,30 Galeria de Cabos Mensal m² 246,54 246,54 Sala de Montagem Mensal m² 591,10 591,10 Área Externa da Frente Diário m² 191, ,00 PRÉDIO DO SPML SPML/Hall da Ent./ Apropriação/Rádio Diário m² 86, ,48 Escritórios/Sala de Reunião Diário m² 160, ,00 PRÉDIO DO SPCO Prédio da Civil Diário m² 434, ,00 PRÉDIO DO SPTL Oficina de Máquinas Pesadas Semanal m² 350, ,84 Sala Encarregados/Ferrament./ Depósito Semanal m² 154,23 616,92 Prédio Oficina do SPCO - Térreo Diário m² 127, ,04 Prédio Oficina do SPCO - 1. Andar Diário m² 127, ,04 Salão da Oficina Diário m² 2.275, ,96 1. Prédio Diário m² 389, ,64 2. Prédio Diário m² 213, ,88 3. Prédio Diário m² 298, ,16 PRÉDIO SE/PAQ/Térreo Hall de entrada Diário m² 48, ,80 Sala de apoio SPMS Mensal m² 23,22 23,22 PRÉDIO SE/PAQ/ 1 Andar PRÉDIO SE/PAF Sala de Treinamento Semanal m² 32,25 129,00 Depósito Mensal m² 32,25 32,25 Copa/ Escritório/ Hall Sala de Comando Diário m² 218, ,96 Sala de Cabos Mensal m² 298,82 298,82 Sala de Comando Diário m² 267, ,20 Serviços Auxiliares Quinzenal m² 82,50 165,00 Sala de Baterias/ Refrigeração/ Tranfo Mensal m² 81,60 81,60 Sala de Telecomunicações Quinzenal m² 82,50 165,00 Banheiros Diário m² 16,34 392,16 Corredor Diário m² 25,84 620,16 SPCP/ SCS Mensal m² 81,84 81,84 Sala do Grupo Gerador Mensal m² 47,74 47,74 SPCP: WC/ Copa/ Depósito/ Escritórios Diário m² 375, ,00 16

17 Hall de Entrada Área Externa Diário m² 63, ,00 Corredor Diário m² 27,29 654,96 Hall Sala de Cabos Mensal m² 158,27 158,27 Serviços Auxiliares Mensal m² 152,46 152,46 COPA Térreo Diário m² 69, ,08 COPA 1º. Andar Diário m² 75, ,08 Hall acesso a Escada Diário m² 28,00 672,00 SE/ ZEBU Corredor Sala de Baterias Diário m² 209, ,72 2º. Corredor Sala de Baterias Diário m² 50, ,40 Sala de Baterias Quinzenal m² 111,60 223,20 S. Comando/ SPTL/ Desp. Carga/ Escrit. Diário m² 1.030, ,68 2º. Andar Diário m² 813, ,68 Sala de Comando Diário m² 101, ,80 COPA Diário m² 29,78 714,72 ESTAÇÃO DE PISCICULTURA WC/ Copa/ Depósito/ Escritórios Mensal m² 1210, ,45 17

18 ANEXO II - PLANILHAS DE MATERIAIS, FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS As quantidades mínimas necessárias de Fardamento / EPI, Materiais e Equipamentos para execução deste serviço no decorrer do contrato são: Fardamento / EPI Unidade Quantidade para este contrato Calça jeans (com a logomarca da empresa) Um 09 Camisa Pólo (50%algodão/50%poliéster) Um 09 Botina Par 09 Protetor auricular Par 09 Capacete de segurança Um 09 Materiais de higiene e limpeza Unidade Quantidade para este contrato Água sanitária Lt 10 Álcool Lt 05 Cera líquida incolor 750 ml Um 03 Cera líquida preta 750 ml Um 01 Cera liquida vermelha 750 ml Um 01 Desodorisador de ar (Aerosol 400 ml) Um 02 Detergente 500 ml Um 10 Esponja de lã de aço c/ 08 unidades Pct 04 Esponja dupla face 71 X 100 mm Um 04 Flanela de 40 X 60 cm Um 05 Inseticida aerosol 300 ml Um 05 Naftalina (pacote) PC 04 Pá p/ lixo de Zinco c/ cabo de madeira Um 02 Papel higiênico cor branco picotado Rl 100 Papel toalha fardo c/ 04 unid. Fardo 10 Pasta para limpeza (Sapólio) 200 g Um 20 Pastilha sanitária 40 g Um 40 Sabão em pó caixa de 500 g Cx 20 Sabonete 90 g Um 10 Saco plástico p/ lixo de 30 litros c/ 10 unid. Pct 50 Vaselina liquida p/ inox (limpeza elevadores) Lt 05 18

19 Materiais de higiene e limpeza Unidade Quantidade mensal Luva de borracha Par 08 Balde plástico de 20 litros Um 03 Desentupidor de vaso Um 02 Rodo c/ base de madeira Um 04 Saco de pano vazio alvejado Um 04 Vassoura de palha Um 04 Vassoura de pêlo Um 04 Vassoura de piaçava Um 03 Vassoura para sanitário Um 03 19

20 ANEXO III PLANILHA DE PREÇOS ABV ITE M DESCRIÇÃO UND QUANT PREÇO (R$) UNITÁRIO TOTAL 1.0 Execução de serviços de limpeza e conservação nas instalações prediais da Gerência Regional de Paulo Afonso - GRP, em Paulo Afonso - BA, incluindo móveis, utensílios, equipamentos e painéis, com fornecimento de material.... m² ,43 TOTAL GERAL... R$ DADOS DA PROPONENTE RAZÃO SOCIAL: CNPJ: ENDEREÇO:, de de. ASSINATURA DA PROPONENTE Carimbo 20

UTENSÍLIO DA SUBESTAÇÃO TACARATÚ, NO MUNICIPIO DE TACARATÚ- PE.

UTENSÍLIO DA SUBESTAÇÃO TACARATÚ, NO MUNICIPIO DE TACARATÚ- PE. COMPANHIA HIDRO ELÉTRICA DO SÃO FRANCISCO CHESF DA - DIRETORIA ADMINISTRATIVA DRGP - DIVISÃO DE SERVIÇOS GERAIS SPAA SERVIÇO DE ADMINISTRAÇÃO AUXILIAR DE PAULO AFONSO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SPAA- 021 -

Leia mais

ANEXO II DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS, DOS LOCAIS E DOS ITENS. Área

ANEXO II DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS, DOS LOCAIS E DOS ITENS. Área ANEXO II DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS, DOS LOCAIS E DOS ITENS A execução dos serviços de limpeza, conservação e higienização nas dependências internas e externas dos edifícios, bem como nos seus bens móveis,

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFRÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFRÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFRÊNCIA 1- INTRODUÇÃO E BASE LEGAL A elaboração deste Termo de Referência rege-se pelas disposições do Decreto nº 5.450, de 31/05/2005, subsidiariamente pela Lei nº 8.666/93, de 21/06/93

Leia mais

LOTE II. TERMO DE REFERÊNCIA Descrição Geral dos Serviços de Limpeza e Conservação

LOTE II. TERMO DE REFERÊNCIA Descrição Geral dos Serviços de Limpeza e Conservação 1. DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS Os serviços de limpeza e conservação deverão ser realizados, conforme as seguintes especificações: ÁREAS INTERNAS 1.1. DIARIAMENTE, uma vez quando não explicitado. 1.1.1. Remover,

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ

ESTADO DE MATO GROSSO CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ INSTRUÇÃO NORMATIVA SGA Nº. 008/2011 DISPÕE SOBRE OS PROCEDIMENTOS DE SERVIÇOS DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO DAS UNIDADES DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ. Versão: 01 Aprovação: 22/07/2011

Leia mais

ANEXO I METODOLOGIA DE REFERÊNCIA DOS SERVIÇOS DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO

ANEXO I METODOLOGIA DE REFERÊNCIA DOS SERVIÇOS DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO ANEXO I METODOLOGIA DE REFERÊNCIA DOS SERVIÇOS DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO 1.1. Tarefa: Limpeza de MÓVEIS E EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA - limpar com pano úmido e remover pó e manchas das mesas, armários,

Leia mais

Acompanhamento dos serviços de limpeza

Acompanhamento dos serviços de limpeza CAMPUS SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DIVISÃO DE SERVIÇOS GERAIS Acompanhamento dos serviços de limpeza Manual dos usuários 1 versão Este documento é uma referência para acompanhamento dos serviços

Leia mais

MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA

MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA CONTRATO N.º 027/2003 TERMO DE CONTRATO QUE, ENTRE SI CELEBRAM A ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA E A FIRMA, BEST - BRASÍLIA EMPRESA DE SERVIÇOS

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado do Tocantins Comissão Permanente de Licitação ANEXO II MINUTA DO CONTRATO Nº /2004 CONVITE Nº 007/2005

Tribunal de Contas do Estado do Tocantins Comissão Permanente de Licitação ANEXO II MINUTA DO CONTRATO Nº /2004 CONVITE Nº 007/2005 ANEXO II MINUTA DO CONTRATO Nº /2004 CONVITE Nº 007/2005 TERMO DE CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS e a empresa. O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS, pessoa

Leia mais

Manual de Utilização dos Serviços de Limpeza da UFES Usuário Campi Goiabeiras, Maruípe e Base Oceanográfica

Manual de Utilização dos Serviços de Limpeza da UFES Usuário Campi Goiabeiras, Maruípe e Base Oceanográfica Manual de Utilização dos Serviços de Limpeza da UFES Usuário Campi Goiabeiras, Maruípe e Base Oceanográfica Este manual descreve o processo de limpeza e conservação das áreas edificadas da UFES. Maio de

Leia mais

Anexo II - TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA

Anexo II - TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA Anexo II - TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA 1. OBJETO 1.1. Prestação de Serviços de Conservação e limpeza, higiene e desinfecção e Jardinagem com fornecimento de materiais e equipamentos, para

Leia mais

1. O item 2 da Instrução n. 008 passa a vigorar co m a seguinte redação:

1. O item 2 da Instrução n. 008 passa a vigorar co m a seguinte redação: Salvador, Bahia Quinta-feira 16 de Janeiro de 2014 Ano XCVIII N o 21.333 INSTRUÇÃO N. 001/2014 Altera a Instrução n. 008, de 02 de maio de 2011, que orienta os órgãos e entidades da Administração Pública

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado da Casa Civil Subsecretaria Militar da Casa Civil ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado da Casa Civil Subsecretaria Militar da Casa Civil ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA JUSTIFICATIVA Justifica-se a contratação de empresa especializada na prestação de serviço de manutenção, limpeza, higienização, desinsetização, descupinização e desratização

Leia mais

Manual de Fiscalização dos Serviços de Limpeza e Conservação Predial da UFES - Fiscal

Manual de Fiscalização dos Serviços de Limpeza e Conservação Predial da UFES - Fiscal Manual de Fiscalização dos Serviços de Limpeza e Conservação Predial da UFES - Fiscal 1 Manual de Execução dos Serviços de Limpeza - Fiscal Este manual descreve o processo de limpeza e conservação das

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA

TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA TERMO DE REFERÊNCIA CONSERVAÇÃO E LIMPEZA 1. OBJETO 1.1. Prestação de Serviços de Conservação e limpeza, higienização, desinfecção e limpeza de reservatórios de água e controle de pragas em geral, com

Leia mais

Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA ERGDF 02/2008

Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA ERGDF 02/2008 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA ERGDF 02/2008 1. DO OBJETO Visa o presente à contratação de empresa especializada para prestação de serviços contínuos de limpeza e conservação nas dependências da SUSEP no

Leia mais

2ª RETIFICAÇÃO DE EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇO Nº 02/2015. OBJETO: Contratação de pessoa jurídica para a Prestação de Serviços.

2ª RETIFICAÇÃO DE EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇO Nº 02/2015. OBJETO: Contratação de pessoa jurídica para a Prestação de Serviços. 2ª RETIFICAÇÃO DE EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇO Nº 02/2015 OBJETO: Contratação de pessoa jurídica para a Prestação de Serviços. A Câmara Municipal de Lapa/Pr, através de sua Comissão Permanente

Leia mais

SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA

SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA SECRETARIA DE GESTÃO PÚBLICA Fundap - Fundação do Desenvolvimento Administrativo VOLUME 3 Prestação de Serviços de Limpeza, Asseio e Conservação Predial Versão Fevereiro/2007 VOLUME 3 INSTRUÇÕES GERAIS...02

Leia mais

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA, ASSEIO E CONSERVAÇÃO PREDIAL

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA, ASSEIO E CONSERVAÇÃO PREDIAL PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA, ASSEIO E CONSERVAÇÃO PREDIAL (Área Administrativa, Almoxarifado, Galpão, Laboratório, Oficina, Garagem, Passeios e Arruamentos) SEMPLA/COBES/DGSS AGOSTO/2014 ÍNDICE -

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GESER 10/2008

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GESER 10/2008 MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GESER 10/2008 1. DO OBJETO Visa o presente à contratação de empresa especializada para prestação de serviços contínuos de

Leia mais

INSTRUÇÃO Nº 008 DE 02 DE MAIO DE 2011

INSTRUÇÃO Nº 008 DE 02 DE MAIO DE 2011 INSTRUÇÃO Nº 008 DE 02 DE MAIO DE 2011 Publicado no DOE em 03 de maio de 2011 Orienta os órgãos e entidades da Administração Pública do Poder Executivo Estadual, quanto aos procedimentos licitatórios e

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. b. O licitante terá o prazo de 05 (cinco) dias para assinatura do contrato, contados a partir da convocação pela CONTRATANTE.

TERMO DE REFERÊNCIA. b. O licitante terá o prazo de 05 (cinco) dias para assinatura do contrato, contados a partir da convocação pela CONTRATANTE. TERMO DE REFERÊNCIA JUSTIFICATIVA Tendo em vista a licitação para contratação de empresa de prestação de serviço de limpeza e conservação predial da FACEPE, encontrar-se em fase de elaboração na Secretaria

Leia mais

Concurso Público. Serviços de Limpeza na Sede e no Edifício Administrativo da Ala Oeste do Instituto do Desporto

Concurso Público. Serviços de Limpeza na Sede e no Edifício Administrativo da Ala Oeste do Instituto do Desporto Concurso Público Serviços de Limpeza na Sede e no Edifício Administrativo da Ala Oeste do Instituto do Desporto Requisitos para a prestação de serviços de limpeza 1. Serviços de limpeza da 1ª parte Fornecimento

Leia mais

2. DO PRAZO CONTRATUAL

2. DO PRAZO CONTRATUAL TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NOS SERVIÇOS DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO PREDIAL A SEREM EXECUTADOS NO MUSEU DO AMANHÃ. JUSTIFICATIVA O Museu do Amanhã será uma das

Leia mais

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD. Edital Internacional nº 27681/2015

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD. Edital Internacional nº 27681/2015 Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD Edital Internacional nº 27681/2015 Brasília/DF, 26 de fevereiro de 2015. Prezados, ASSUNTO: ERRATA II Favor considerar as seguintes informações para

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria da Administração - SAEB

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria da Administração - SAEB Salvador, Bahia Quinta-feira 1º de dezembro de 2011 Ano XCVI N o 20.719 INSTRUÇÃO N. 015 DE 30 DE NOVEMBRO DE 2011 Altera a Instrução n. 009/2011, que orienta os órgã os e entidades da Administração Pública

Leia mais

Certificado de Registro (Averbação)

Certificado de Registro (Averbação) Certificado de Registro (Averbação) Fundaçăo BIBLIOTECA NACIONAL MINISTÉRIO DA CULTURA Registro: 369.734 Livro: 684 Folha: 394 CURSO DE ZELADOR + PORTEIRO EDUCAÇÃO E INCLUSÃO SOCIAL Todos os direitos Reservados

Leia mais

Pisos de Madeira. Pisos de Cerâmica. Equipamentos. Equipamentos. Segurança. Vassoura Esfregão (se necessário) Pá de lixo Cesto de lixo

Pisos de Madeira. Pisos de Cerâmica. Equipamentos. Equipamentos. Segurança. Vassoura Esfregão (se necessário) Pá de lixo Cesto de lixo Pisos de Madeira 1. Varra bordas, cantos e atrás das portas. 2. Varra o restante do piso, começando de um lado da sala até o outro. Para pisos amplos, use um esfregão, sacudindo-o quando terminar. 3. Junte

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG TERMO DE REFERÊNCIA

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA, CONSERVAÇÃO, COLETA DE LIXO, JARDINAGEM, E OUTROS CORRELATOS, NAS DEPENDÊNCIAS DA CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA - CERON. Página 1 de 8 PROJETO BÁSICO

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Licitação RH/2012/051. Retificação

UNICEF BRASIL Edital de Licitação RH/2012/051. Retificação UNICEF BRASIL Edital de Licitação RH/2012/051 Retificação O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida empresas

Leia mais

Prefeitura de Volta Redonda

Prefeitura de Volta Redonda Av. dos Trabalhadores, 333 Centro - RJ CEP: 27.255-125 Telefax: (24) 3343 7060 CONTRATO N 004/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM FORNECIMENTO DE MATERIAIS que fazem a SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS

Leia mais

FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE n 027 PROCESSO n 1356/09 DATA DA ENTREGA DOS ENVELOPES: 14/09/2009 até 17:00h

FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE n 027 PROCESSO n 1356/09 DATA DA ENTREGA DOS ENVELOPES: 14/09/2009 até 17:00h FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE n 027 PROCESSO n 1356/09 DATA DA ENTREGA DOS ENVELOPES: 14/09/2009 até 17:00h Condições Gerais para Apresentação de Proposta Comercial para Compras com Recursos Fundacionais

Leia mais

CONTRATO Nº 022/2012

CONTRATO Nº 022/2012 CONTRATO Nº 022/2012 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM A SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA E A EMPRESA DISK LIMPEZA ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS LTDA nas formas e condições a seguir: Aos 12 dias do mês de novembro

Leia mais

Assim, considerando a importância do espaço, o público visitante deverá sempre encontrar o Equipamento em perfeito estado de limpeza e conservação.

Assim, considerando a importância do espaço, o público visitante deverá sempre encontrar o Equipamento em perfeito estado de limpeza e conservação. TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NOS SERVIÇOS DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO PREDIAL A SEREM EXECUTADOS NO PAÇO DO FREVO. JUSTIFICATIVA O Paço do Frevo é um centro de referência

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO/SP CONTRATO Nº 21/2011

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO/SP CONTRATO Nº 21/2011 CONTRATO de PRESTAÇÃO de SERVIÇOS DE CONSERVAÇÃO E LIMPEZA, que entre si fazem, de um lado, a UNIÃO FEDERAL, por intermédio do MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO / PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO/SP

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 05/2013 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 05/2013 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 05/2013 CREMEB 1 - DO OBJETO Constitui objeto da presente Pregão a aquisição de materiais de limpeza. 2 JUSTIFICATIVA Os materiais objeto deste

Leia mais

COTAÇÃO Nº 010/2015 I. JUSTIFICATIVA

COTAÇÃO Nº 010/2015 I. JUSTIFICATIVA COTAÇÃO Nº 010/2015 A Associação Pinacoteca Arte e Cultura - APAC, associação civil sem fins lucrativos, com sede na cidade de São Paulo, estado de São Paulo, na Praça da Luz, nº 2, Bom Retiro, CEP 01120-010,

Leia mais

INFORMAÇOES TÉCNICA DOS SERVIÇOS

INFORMAÇOES TÉCNICA DOS SERVIÇOS INFORMAÇOES TÉCNICA DOS SERVIÇOS 3 - LIMPEZA E MANUTENÇÃO Informamos abaixo a forma correta de como proceder à limpeza profunda. Os equipamentos utilizados estão dimensionados de acordo com o tamanho do

Leia mais

LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA ITEM QUANT. UN. ESPECIFICAÇÃO MARCA

LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA ITEM QUANT. UN. ESPECIFICAÇÃO MARCA LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA 1 300 UN 2 200 L 3 100 UN 4 20 UN 5 2 UN 6 200 UN 7 200 UN 8 300 UN 9 250 UN 10 500 UN Água sanitária 1Lt, desinfetante e alvejante. Álcool Etílico Hidratado, 1Lt, mínimo de

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul CAPÍTULO I INTRODUÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I DO PREGÃO 52/2012 1. Este Termo de Referência foi elaborado em cumprimento ao

Leia mais

O contrato vigorará pelo prazo de 12 (doze) meses a partir da data de sua assinatura, podendo ser prorrogado, por interesse das partes.

O contrato vigorará pelo prazo de 12 (doze) meses a partir da data de sua assinatura, podendo ser prorrogado, por interesse das partes. TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NOS SERVIÇOS DE LIMPEZA E CONSERVAÇÃO PREDIAL A SEREM EXECUTADOS NAS BIBLIOTECAS PARQUES DE MANGUINHOS, ROCINHA, NITERÓI E ESTADUAL.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Anexo I ao Edital nº 8/2010-ER01AF/ER01

TERMO DE REFERÊNCIA Anexo I ao Edital nº 8/2010-ER01AF/ER01 1. PRODUTOS A SEREM UTILIZADOS NA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS 1.1 Serviço de copeiragem (LOTE I) 1.1.1. Consiste no atendimento ao público interno e externo da Agência, compreendendo as seguintes atividades:

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA: Considerando que os serviços de manutenção predial são imprescindíveis e de natureza contínua. Ademais, existem fatores diversos que influenciam na preservação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL 01/2014

PROCESSO SELETIVO EDITAL 01/2014 PROCESSO SELETIVO EDITAL 01/2014 CARGO E UNIDADES: Auxiliar de Serviços Gerais (Macaíba) Atenção: NÃO ABRA este caderno antes do início da prova. Tempo total para resolução desta prova: 2 (duas) horas.

Leia mais

RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS

RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI ÁRIDO SISTEMA INTEGRADO DE PATRIMÔNIO, ADMINISTRAÇÃO E CONTRATOS EMITIDO EM 04/03/2015 10:04 RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS Grupo de Material: 3022 Somente Materiais

Leia mais

ANEXO I PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA, CONSERVAÇÃO E COPA PROJETO BÁSICO CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO PROJETO BÁSICO

ANEXO I PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA, CONSERVAÇÃO E COPA PROJETO BÁSICO CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO PROJETO BÁSICO ANEXO I PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA, CONSERVAÇÃO E COPA PROJETO BÁSICO CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO PROJETO BÁSICO O presente documento configura-se no Projeto Básico, em atendimento ao quanto

Leia mais

Documento Orientador Limpeza em Ambiente Escolar. Diretoria de Ensino Região de Itapecerica da Serra

Documento Orientador Limpeza em Ambiente Escolar. Diretoria de Ensino Região de Itapecerica da Serra Documento Orientador Limpeza em Ambiente Escolar Diretoria de Ensino Região de Itapecerica da Serra Caderno de Estudos Técnicos Com o objetivo de padronizar a gestão dos contratos, o Governo do Estado

Leia mais

LISTAGEM DE MATERIAIS ANPAVA

LISTAGEM DE MATERIAIS ANPAVA LISTAGEM DE MATERIAIS ANPAVA ACIDO MURIAX LT ACIDO MURIAX CAIXA CX ACUCAR Und ADOCANTE AGUA SANITARIA BB AGUA SANITARIA BRILUX AGUA SANITARIA CLORAL AGUA SANITARIA MANIA 1 LITRO ALGICIDA DE CHOQUE 2LT

Leia mais

Relação de Materiais de Consumo Estimativo Mensal

Relação de Materiais de Consumo Estimativo Mensal AEROPORTO DE JACAREPAGUÁ ROBERTO MARINHO SBJR Relação de Materiais de Consumo Estimativo Mensal Anexo I Junho/12 Relação de Materiais de Consumo Estimativo Mensal Item Unid. Material Iniciar Reposição

Leia mais

1 Do Objeto TERMO DE REFERÊNCIA JUSTIFICATIVA

1 Do Objeto TERMO DE REFERÊNCIA JUSTIFICATIVA TERMO DE REFERÊNCIA JUSTIFICATIVA A abertura do presente procedimento EMERGENCIAL para contratação de Empresa de Prestação de Serviços de Limpeza e Conservação Predial para a Agência Estadual de Meio Ambiente

Leia mais

Manual de Procedimento Operacional Padrão do Serviço de Limpeza

Manual de Procedimento Operacional Padrão do Serviço de Limpeza Univale Universidade Vale do Rio Doce DEC Departamento de Campo/Biossegurança Curso de Enfermagem Manual de Procedimento Operacional Padrão do Serviço de Limpeza Elaborado por: Enf Arilza Patrício Enf

Leia mais

TOTAL...R$155.330,14

TOTAL...R$155.330,14 ATO DE HOMOLOGAÇÃO EM: 29/04/2015 Processo n.º: 050/2015 Pregão Presencial nº: 019/2015 Objeto: REGISTRO DE PREÇOS para futura e eventual compra de material de higienização e produção de limpeza pelo período

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA O SERVIÇO DE LIMPEZA HOSPITALAR

ORIENTAÇÃO PARA O SERVIÇO DE LIMPEZA HOSPITALAR ORIENTAÇÃO PARA O SERVIÇO DE LIMPEZA HOSPITALAR I- Introdução: A higiene e a ordem são elementos que concorrem decisivamente para a sensação de bem-estar, segurança e conforto dos profissionais, pacientes

Leia mais

Manual de Execução dos Serviços de Limpeza e Conservação Predial da UFES - Empresa

Manual de Execução dos Serviços de Limpeza e Conservação Predial da UFES - Empresa Manual de Execução dos Serviços de Limpeza e Conservação Predial da UFES - Empresa 1 2 Manual de Execução dos Serviços de Limpeza - Empresa Este manual descreve o processo de limpeza e conservação das

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS CONDIÇÕES DAS ÁREAS DE VIVÊNCIA DOS CANTEIROS DE OBRA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO NO ESTADO DA BAHIA.

QUESTIONÁRIO DE IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS CONDIÇÕES DAS ÁREAS DE VIVÊNCIA DOS CANTEIROS DE OBRA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO NO ESTADO DA BAHIA. QUESTIONÁRIO DE IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS CONDIÇÕES DAS ÁREAS DE VIVÊNCIA DOS CANTEIROS DE OBRA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO NO ESTADO DA BAHIA. O presente trabalho é resultado de um consenso estabelecido

Leia mais

ANEXO II PROCEDIMENTO LICITATÓRIO Nº 3/2010 PREGÃO PRESENCIAL Nº 1/2010 MODELO DE CREDENCIAMENTO

ANEXO II PROCEDIMENTO LICITATÓRIO Nº 3/2010 PREGÃO PRESENCIAL Nº 1/2010 MODELO DE CREDENCIAMENTO ANEXO II PROCEDIMENTO LICITATÓRIO Nº 3/2010 PREGÃO PRESENCIAL Nº 1/2010 MODELO DE CREDENCIAMENTO Através do presente, credenciamos o(a) Sr.(a)..., portador(a) da Cédula de Identidade n.º... e CPF n.º...,

Leia mais

I Dos serviços de limpeza a serem realizados nas áreas administrativas: a) Serviços a serem executados diariamente e quando necessários:

I Dos serviços de limpeza a serem realizados nas áreas administrativas: a) Serviços a serem executados diariamente e quando necessários: PROCESSO nº 600210/2011 Contrato nº Pelo presente instrumento, de um lado a FUNDAÇÃO ARQUIVO E MEMÓRIA DE SANTOS, doravante denominada simplesmente CONTRATANTE, com sede à Rua Visconde de Rio Branco nº

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio CONCORRÊNCIA n.º 04/10 Processo n.º 001.039480.09.7 Anexo 1 Projeto Básico RETIFICADO 1. Descrição do objeto:

Leia mais

CONTRATO N o 12 / 2006

CONTRATO N o 12 / 2006 SEÇÃO REGIONAL ADMINISTRATIVA CONTRATO N o 12 / 2006 TERMO DE CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIÃO FEDERAL, REPRESENTADA PELA SUPERINTENDÊNCIA REGINAL DO DPF EM GOIÁS, E A EMPRESA APECÊ SERVIÇOS GERAIS

Leia mais

ANEXO VII - PLANILHA DE CUSTO E FORMAÇAÕ DE PREÇOS - LOCAL: SÃO MATEUS. Quantitativo Estimado Mensal de Materiais de Consumo - Higienização

ANEXO VII - PLANILHA DE CUSTO E FORMAÇAÕ DE PREÇOS - LOCAL: SÃO MATEUS. Quantitativo Estimado Mensal de Materiais de Consumo - Higienização ANEXO VII PLANILHA DE CUSTO E FORMAÇAÕ DE PREÇOS LOCAL: SÃO MATEUS Quantitativo Estimado Mensal de Materiais de Consumo Higienização Especificação Papel higiênico, folha dupla, alta absorção Papel toalha

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 033/2007 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO

PREGÃO PRESENCIAL Nº 033/2007 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 033/2007 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO SETOR TIPO PROCESSO Nº 0000597.2007.000.14.00-0 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Menor Preço por lote. BASE LEGAL Este procedimento

Leia mais

PROJETO BÁSICO PARA SERVIÇOS DE LIMPEZA, ASSEIO E CONSERVAÇÃO PREDIAL

PROJETO BÁSICO PARA SERVIÇOS DE LIMPEZA, ASSEIO E CONSERVAÇÃO PREDIAL PROJETO BÁSICO PARA SERVIÇOS DE LIMPEZA, ASSEIO E CONSERVAÇÃO PREDIAL 1. INTRODUÇÃO O presente Termo de Referência apresenta as especificações e condições que visam esclarecer e orientar a contratação,

Leia mais

INSTRUÇÃO. 1.1 as empresas públicas e sociedades de economia mista poderão adotar os procedimentos desta Instrução.

INSTRUÇÃO. 1.1 as empresas públicas e sociedades de economia mista poderão adotar os procedimentos desta Instrução. INSTRUÇÃO Nº 16/2010 Orienta os órgãos e entidades da Administração Pública do Poder Executivo Estadual, quanto aos procedimentos licitatórios e contratações de serviços terceirizados de conservação e

Leia mais

Divisão de Enfermagem CME Página 1 de 6 Título do Procedimento: Limpeza concorrente e terminal da CME

Divisão de Enfermagem CME Página 1 de 6 Título do Procedimento: Limpeza concorrente e terminal da CME Divisão de Enfermagem CME Página 1 de 6 Freqüência em que é realizado: Diário/semanal/quinzenal/mensal Profissional que realiza: Auxiliar ou Técnico de Enfermagem e servidor da empresa terceirizada de

Leia mais

COTAÇÃO DE PREÇOS Nº.064/2007

COTAÇÃO DE PREÇOS Nº.064/2007 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO D.S.M.P. - SEÇÃO DE COMPRAS COTAÇÃO DE PREÇOS Nº.064/2007 Solicitamos de Vossa Senhoria a especial gentileza de preencher

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N.º 03/2012 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCEDIMENTO Nº 1.25.000.000618/2012-97

PREGÃO ELETRÔNICO N.º 03/2012 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCEDIMENTO Nº 1.25.000.000618/2012-97 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO PARANÁ PREGÃO ELETRÔNICO N.º 03/2012 ANEXO I PROCEDIMENTO Nº 1.25.000.000618/2012-97 Sumário SEÇÃO I OBJETO...1 SEÇÃO II JUSTIFICATIVA...2

Leia mais

CONCORRÊNCIA SENAC Nº 15/2011

CONCORRÊNCIA SENAC Nº 15/2011 CONCORRÊNCIA SENAC Nº 15/2011 1 - OBJETO Contratação dos serviços de Limpeza, Asseio e Conservação Predial, no seguinte endereço: Senac Gastronomia Câmara dos Deputados - Setor de Habitações Coletivas

Leia mais

Processo nº 600052/2012 Contrato nº 003/2012

Processo nº 600052/2012 Contrato nº 003/2012 CONTRATO EMERGENCIAL QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO ARQUIVO E MEMÓRIA DE SANTOS E ALPES PAISAGISMO LTDA ME, PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA, CONSERVAÇÃO, MANUTENÇÃO E RECEPÇÃO DAS UNIDADES DA CONTRATANTE.

Leia mais

Procedimentos Operacionais NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA ELABORADO POR

Procedimentos Operacionais NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA ELABORADO POR Versão: 1 Pg: 1/9 NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA ELABORADO POR Mônica Regina Viera Coordenadora 05/09/2009 DE ACORDO Ivo Fernandes Sobreiro Gerente da Qualidade 08/09/2009 APROVADO POR Dr. Renato de Lacerda

Leia mais

Especificação dos materiais e produtos de limpeza

Especificação dos materiais e produtos de limpeza Item Especificação dos materiais e produtos de limpeza Apres. Qtd/ mensal 03 06 07 ÁGUA SANITÁRIA, uso doméstico, a base de hipoclorito de sódio. Embalagem plástica de litro, com dados de identificação

Leia mais

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO 1 EDITAL DE PREGÃO (PRESENCIAL) n 27/2006 PROCESSO n A-06/018 DATA DA REALIZAÇÃO: 09/10/2006 HORÁRIO: 09:00 horas LOCAL: Rua Pio XI, 1500 - Alto da Lapa A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São

Leia mais

18.4. Áreas de vivência

18.4. Áreas de vivência 18.4. Áreas de vivência 18.4.1. Os canteiros de obras devem dispor de: a) instalações sanitárias; (118.015-0 / I4) b) vestiário; (118.016-9 / I4) c) alojamento; (118.017-7 / I4) d) local de refeições;

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS, CONVÊNIOS E CONTRATOS

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS, CONVÊNIOS E CONTRATOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS, CONVÊNIOS E CONTRATOS ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de serviços terceirizados

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, NA FORMA ABAIXO.

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, NA FORMA ABAIXO. LICITAÇÃO-MODALIDADE: CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, NA FORMA ABAIXO. Pelo presente instrumento as partes adiante mencionadas e qualificadas, têm entre si ajustado este contrato mediante as cláusulas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA I OBJETO:

TERMO DE REFERÊNCIA I OBJETO: I OBJETO: TERMO DE REFERÊNCIA 1.1 Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de Limpeza e Conservação (com fornecimento de material e o emprego de equipamentos necessários à execução

Leia mais

Concurso Público nº 04 / DAF / 2014

Concurso Público nº 04 / DAF / 2014 Concurso Público nº 04 / DAF / 2014 Prestação de Serviços de Limpeza nas Instalações e Armazéns do, durante o período de Julho de 2014 ao final de 2016 Anexo I ao Caderno de Encargos Instruções para os

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 114/2010 Contrato para a prestação de serviços de limpeza e conservação, com fornecimento de material de limpeza e equipamentos, para os Cartórios

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA COORDENADORIA DE MANUTENÇÃO LISTA DE VERIFICAÇÕES SERVIÇOS PREVENTIVOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA COORDENADORIA DE MANUTENÇÃO LISTA DE VERIFICAÇÕES SERVIÇOS PREVENTIVOS LOCAL: SETOR/ENDEREÇO: PERÍODO: RESPONSÁVEL PELAS INFORMAÇÕES: LISTA DE VERIFICAÇÕES SERVIÇOS PREVENTIVOS SISTEMAS HIDROSSANITÁRIOS PERÍODICIDADE SERVIÇOS PREVENTIVOS STATUS SEMANA 01 DIÁRIO Verificação

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 04-037/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 053/2015

PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 04-037/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 053/2015 PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 04-037/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 053/2015 Aos vinte e um dias do mês de setembro do ano de 2015 a, através da Comissão Especial de Registro de Preços, designada pela Portaria

Leia mais

NR 18 - CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

NR 18 - CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO NR 18 - CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 18.4 Áreas de Vivência 18.4.1. Os canteiros de obras devem dispor de: a) instalações sanitárias; b) vestiário; c) alojamento; d)

Leia mais

PRESENTE NOS EDIFÍCIOS. Parabéns!

PRESENTE NOS EDIFÍCIOS. Parabéns! ANOS PRESENTE NOS EDIFÍCIOS + INTELIGENTES E MODERNOS Parabéns! Você acaba de adquirir um produto de alto padrão, elaborado com matéria-prima de excelente qualidade, tecnologia avançada e design exclusivo.

Leia mais

SECRETARIA DA FAZENDA VOLUME 15 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA EM AMBIENTE ESCOLAR

SECRETARIA DA FAZENDA VOLUME 15 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA EM AMBIENTE ESCOLAR SECRETARIA DA FAZENDA VOLUME 15 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA EM AMBIENTE ESCOLAR Versão Janeiro/ 2014 VOLUME 15 INSTRUÇÕES GERAIS... 3 INSTRUÇÕES SOCIOAMBIENTAIS ESPECÍFICAS... 7 CAPÍTULO I - ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

Constitui objeto da presente Pregão a aquisição de materiais de limpeza.

Constitui objeto da presente Pregão a aquisição de materiais de limpeza. ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 06/2015 CREMEB 1 - DO OBJETO Constitui objeto da presente Pregão a aquisição de materiais de limpeza. 2 JUSTIFICATIVA Os materiais objeto deste

Leia mais

MATERIAL DE LIMPEZA ITEM ESPECIFICAÇÃO UNID QTDE

MATERIAL DE LIMPEZA ITEM ESPECIFICAÇÃO UNID QTDE RERRATIFICAÇÃO AO EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 01/2015 Processo no. 01/2015 SISTEMA REGISTRO DE PREÇOS OBJETO: Tem por objeto o presente Edital de PREGÃO ELETRÔNICO, SISTEMA REGISTRO DE PREÇOS,

Leia mais

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO DEPENDÊNCIA: TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - 3A REGIAO - SECRETARIA DE MATERIAL E PATRIMONIO - (MG) LICITAÇÃO: (Ano: 2004/ TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - 3A REGIAO / Nº

Leia mais

Oferecemos também uma linha completa de acabamentos para pisos em madeira, como rodapés, cantoneiras e frontais para escadas.

Oferecemos também uma linha completa de acabamentos para pisos em madeira, como rodapés, cantoneiras e frontais para escadas. Ecopiso Ecopiso empresa com sede em Curitiba, produzindo pisos maciços pré acabados, com o que existe de melhor e mais moderno em padrões de cores e acabamentos de verniz. Oferecemos também uma linha completa

Leia mais

PROJETO BÁSICO PARA SERVIÇOS DE LIMPEZA, ASSEIO E CONSERVAÇÃO PREDIAL

PROJETO BÁSICO PARA SERVIÇOS DE LIMPEZA, ASSEIO E CONSERVAÇÃO PREDIAL PROJETO BÁSICO PARA SERVIÇOS DE LIMPEZA, ASSEIO E CONSERVAÇÃO PREDIAL 1. INTRODUÇÃO O presente Termo de Referência apresenta as especificações e condições que visam esclarecer e orientar a contratação,

Leia mais

HOSPITAL DE CLÍNICAS DR. RADAMÉS NARDINI FUNDAÇÃO DO ABC-OSS MEMORIAL N 03/2011

HOSPITAL DE CLÍNICAS DR. RADAMÉS NARDINI FUNDAÇÃO DO ABC-OSS MEMORIAL N 03/2011 HOSPITAL DE CLÍNICAS DR. RADAMÉS NARDINI FUNDAÇÃO DO ABC-OSS MEMORIAL N 03/2011 Este memorial trata-se de procedimentos de coleta de preços visando a contratação de empresa especializada para Prestação

Leia mais

ADEQUAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES E DO MOBILIÁRIO URBANO À PESSOA DEFICIENTE

ADEQUAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES E DO MOBILIÁRIO URBANO À PESSOA DEFICIENTE Esta norma aplica-se atodas as edificações de uso público e/ou mobiliário urbano, tanto em condições temporárias como em condições permanentes. É sempre necessário consultar o REGULAMENTO DO CÓDIGO NACIONAL

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 Objeto: (Alimentício e Limpeza) 001 000047-3 AGUA, sanitaria, uso domestico, a base de hipoclorito de sodio, com teor de cloro ativo entre 2,0 a 2,5 % p/p. Embalagem plastica de 01 litro, com

Leia mais

Rotina de Higiene e Limpeza

Rotina de Higiene e Limpeza Rotina de Higiene e Limpeza Diáriamente Calçadas Varrer as calçadas, retirando o lixo das jardineiras e junto ao meio fio (retirando as fezes dos animais). Jardineiras e vasos Rregar as plantas a tardinha

Leia mais

PREGÃO 01/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO 01/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Página 1 de 12 PREGÃO 01/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LICITAÇÃO/MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL nº 01/2013 1. ORGÃO INTERESSADO E LOCALIZAÇÃO 1.1. Órgão Interessado: Conselho Federal de Nutricionistas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÃO PREDIAL GERAL

TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÃO PREDIAL GERAL 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÃO PREDIAL GERAL 1.1. Prestação de Serviços de Manutenção Predial Geral, para as dependências do Centro Cultural José Bonifácio localizado na Rua Pedro Ernesto, nº

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA (SERVIÇOS DE LIMPEZA, CONSERVAÇÃO EM GERAL, ASSEIO E JARDINAGEM)

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA (SERVIÇOS DE LIMPEZA, CONSERVAÇÃO EM GERAL, ASSEIO E JARDINAGEM) ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA (SERVIÇOS DE LIMPEZA, CONSERVAÇÃO EM GERAL, ASSEIO E JARDINAGEM) 1 DEFINIÇÕES DOS TERMOS UTILIZADOS NESTE EDITAL E SEUS ANEXOS I ACORDO DE NÍVEL DE SERVIÇO - ANS: é o ajuste

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA Reforma da Câmara dos Vereadores de Jataí GO DADOS DA OBRA OBRA: Câmara Municipal de Jataí LOCAL: Praça da Bandeira S/N SERVIÇOS: Projeto de reforma NÚMERO DE PAVIMENTOS:

Leia mais

Implantação do Serviço de Limpeza

Implantação do Serviço de Limpeza Implantação do Serviço de Limpeza Treinamento para Facilitadores 23 e 25 de agosto de 2010 Contrato 60/10 Cor Line Sistemas de Serviços Ltda. Inicio 30/08/2010 12 meses UNIDADES DO QUADRILATERO SAÚDE/DIREITO

Leia mais

NR 18 NR 18 Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (118.000-2)

NR 18 NR 18 Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (118.000-2) NR 18 NR 18 Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (118.000-2) Resumo da NR 18 para áreas de vivência 18.1. Objetivo e campo de aplicação. 18.1.1. Esta Norma Regulamentadora NR

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRONIZADO P O P

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRONIZADO P O P PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRONIZADO P O P P O P DEFINIÇÃO É uma descrição detalhada de todas as operações necessárias para a realização de uma atividade. É um roteiro padronizado para realizar uma atividade.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR SAMR 01/2015

TERMO DE REFERÊNCIA TR SAMR 01/2015 COMPANHIA HIDRO ELÉTRICA DO SÃO FRANCISCO DIRETORIA ADMINISTRATIVA DA DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS GERAIS DSG DIVISÃO DE TRANSPORTES DATR SAMR- SERVIÇO DE MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO DE TRANSPORTE DO RECIFE TERMO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PICADA CAFÉ

PREFEITURA MUNICIPAL DE PICADA CAFÉ PRFITURA MUNICIPAL D PICADA CAFÉ STADO DO RIO GRAND DO SUL AV. FRIDOLINO RITTR, 379 CNTRO CP: 95175- FON/FAX: (54) 3285.13 www.picadacafe.rs.gov.br -mail: administracao@picadacafe.rs.gov.br O Município

Leia mais