V edição do Concurso Literário de Prosa e Poesia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "V edição do Concurso Literário de Prosa e Poesia"

Transcrição

1 V edição do Concurso Literário de Prosa e Poesia ENSINO SECUNDÁRIO 1º Prémio Ser poeta é Saber ser cada letra de um poema É sentir cada palavra a bater É entregar-se a um texto como à vida. Ser poeta é saber ler Tudo o que o mundo não quer ver É passar além d outra gente É isolar-se na mente da entrega A um texto inteiramente Traduzindo em versos O que o coração sente e mente. É ver a imaginação De um louco, profano Considerado um engano. É ter ideologia diferente E fechar no ver o que sente É ser só e impotente! Mergulhado na desilusão Da maior parte da gente. Sofia Pereira Mendes, nº 17, 12º A

2 2º Prémio Passado, presente ou futuro? Nuvem cinzenta Carregada de emoções enraivecidas Que despejam lamentos Quão profunda é a alma? Esse caminho sem fim Mergulhado na desesperança Qual o sentido da vida? Ela não procura nada Só quer existir Luz ou escuridão Lagrimas secas são No Vazio O que é o infinito! O futuro espreita-nos Ameaçando-nos No cimo da janela Oh! Que procura incessante do outro Que jamais completa eu! Armandina da Silva Certal, nº 4, 11º A

3 3º Prémio (em ex aequo) Ah, quem me dera sonhar!... Cometer loucuras, Viver, voar P ra sair destas horas duras. Horas duras essas da razão, Razão injusta Que faz doer o meu coração, E de tristeza assusta. O tempo passa O sonho continua, Que desgraça Eu não ser tua. O teu olhar, É como uma noite de luar. Tu fazes-me acreditar, Que nos teus sonhos eu vou voar. Quando pensares que tudo está perdido, Vou agarrar a razão E verás que este sonho, Não é uma mera ilusão Da era perdida, Ninguém vai acreditar Que sou uma entendida, Na arte de amar. Sandra Filipa Duarte Pedreira, nº 16, 12º E

4 Poesia por acaso Sem predisposição Estou agora Atiço a imaginação Mas ela demora! Deveria ser algo Que faça rimas É acertar no alvo Com a flecha para cima. Não encontro assunto Que organize em verso Sabendo que no mundo Há mil assuntos diversos. Mas que coisa chata! Não consigo imaginar E isto quase me mata Horrível não poder pensar. Mas esperem um momento! Mêsmo que não tenha tema Se estes versos vou relendo Acabei de fazer um poema!! Fabiana Raquel Ferreira Costa, nº 10, 11ºE

5 ENSINO BÁSICO 1º Prémio Simplesmente tu Já olhei para o céu Terra e mar Já sonhei em noites serenas Ventosas e chuvosas Já tentei encontrar respostas Para perguntas que nem me interessavam Só para ver a tua alegria Quando ouvisses uma boa explicação Podes ser rude ou simpático Amável ou desorientado Mas a única certeza que tenho É que és simplesmente tu. O vento sopra Por entre as ramagens A chuva cai Para lá das montanhas E tu sorris a meu lado Deixando-me a pensar Se será mesmo preciso Sonhar. Sofia Rodrigues Guerra, 9º A, nº 19

6 2º Prémio Amor Amor, acredita em mim Acredita que sim, porque sim Desde sempre te fantasiei Sonhava acordada Esperando, desesperando Esperei Por ti Por ti, amor, por este nós Que completa, que mexe e remexe Que desperta e alegra quem sou, Quem realmente sou, Alma imperfeita, solitária, desolada Hoje sempre Que tu estimas, como, eu nem sei, Mas és o único que sabe estimar És o para sempre que eu desde sempre quis, Tu Nós. Ana Rita Soares Ferreira, 9º A, nº4 3º Prémio Fragilidade O tempo avança, Tornando o mundo vulnerável. Se ficares imóvel, Se te tornares alguém que não és, A tua presença será insignificante.

7 Não sentirás o chão, Mas sim o abismo, A escuridão, O vazio indefinido. Passar-te-ão pela cabeça As lembranças que pensas ter gravado na memória E em poucos segundos perderás os sentidos. Ana Maria Torres Rodrigues, 9º B, nº 3

8 Concurso Faça Lá um Poema Vencedor (Ensino Básico) Simplesmente tu Já olhei para o céu Terra e mar Já sonhei em noites serenas Ventosas e chuvosas Já tentei encontrar respostas Para perguntas que nem me interessavam Só para ver a tua alegria Quando ouvisses uma boa explicação Podes ser rude ou simpático Amável ou desorientado Mas a única certeza que tenho É que és simplesmente tu. O vento sopra Por entre as ramagens A chuva cai Para lá das montanhas E tu sorris a meu lado Deixando-me a pensar Se será mesmo preciso Sonhar. Sofia Rodrigues Guerra, 9º A, nº 19

9 Vencedor (Ensino Secundário) Por detrás da janela Olha pela janela, o que vês? Uma, duas nuvens? Três talvez Nuvens escuras e sombrias Que te causam arrepios. O vento sopra como uma sirene, Cuidado, ele diz Na rua ninguém passa, É como se estivesse abandonada Foi invadida pelas trevas, E a essas não lhes escapa nada. Olha de novo pela janela E grita o que vês, As nuvens desapareceram, O sol se ergueu outra vez! Adriana Maria da Cunha Pereira, nº 1, 10º TTUR

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe Coração de Mãe Coração De Mãe Página 1 Coração De Mãe 1º Edição Agosto de 2013 Página 2 Coração De Mãe 1º Edição È proibida à reprodução total ou parcial desta obra, por Qualquer meio e para qualquer fim

Leia mais

Olá queridos leitores!

Olá queridos leitores! Poesias de amor Olá queridos leitores! Meu nome é Nagila da Silva ferreira tenho 15 anos e escrevi este livro para vocês que não sabem expressar seus sentimentos facilmente então sempre que puder leia

Leia mais

Tânia Abrão. Deixo meus olhos Falar

Tânia Abrão. Deixo meus olhos Falar Tânia Abrão Deixo meus olhos Falar 1 Biografia Tânia Abrão Mendes da Silva Email: Tania_morenagata@hotmail.com Filha de Benedito Abrão e Ivanir Abrão Nasceu em 09/08/1984 Natural da Cidade de Lapa Paraná

Leia mais

Amanda de Souza é aluna do terceiro ano da E.E. Sólon Borges dos Reis

Amanda de Souza é aluna do terceiro ano da E.E. Sólon Borges dos Reis Amanda de Souza é aluna do terceiro ano da E.E. Sólon Borges dos Reis Amanda, conhecendo os sentimentos escritos Buscar o início da minha paixão pelos sentimentos escritos, não é tão difícil, para falar

Leia mais

Poemas de um Fantasma. Fantasma Souza

Poemas de um Fantasma. Fantasma Souza 1 2 3 Poemas de um Fantasma Fantasma Souza 2012 4 5 Fantasma Souza Todos os Direitos Reservados TITULO ORIGINAL POEMAS DE UM FANTASMA Projeto Gráfico Midiartes Capa Erisvaldo Correia Edição e Comercialização

Leia mais

PRA TE LOUVAR. Como é precioso viver o seu amor Sentir a alegria que vem do Senhor É maravilhoso poder te louvar E saber que ao meu lado sempre está

PRA TE LOUVAR. Como é precioso viver o seu amor Sentir a alegria que vem do Senhor É maravilhoso poder te louvar E saber que ao meu lado sempre está PRA TE LOUVAR Como é precioso viver o seu amor Sentir a alegria que vem do Senhor É maravilhoso poder te louvar E saber que ao meu lado sempre está Tudo que eu preciso é estar bem junto a ti Viver a alegria

Leia mais

) ) .,. MEB- 50 ANOS ";.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA! " MARIA ALICE ~ )

) ) .,. MEB- 50 ANOS ;.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA!  MARIA ALICE ~ ) ) 1 ) ) ).,. I ) I MEB- 50 ANOS ";.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA! " MARIA ALICE ) ) ~ ) ( ' A MUSICA DA CAMPANHA DAS ESCOLAS RADIOFONICAS LEVANTO JUNTO COM O SOL

Leia mais

Bons-tratosparaavida. apoio: ISBN:978-85-7839-134-8

Bons-tratosparaavida. apoio: ISBN:978-85-7839-134-8 BRASIL Bons-tratosparaavida apoio: ISBN:978-85-7839-134-8 Vamos cantar Vamos cantar, vamos cuidar Este é meu corpo E vou lhe apresentar Onde estão suas mãos? Minhas mãos aqui estão. Vamos todos juntos

Leia mais

Qual o sentido De fazer sentido? Se sem nada Somos muito mais. Somos liberdade Livres de vaidade Somos todos loucos E nada mais

Qual o sentido De fazer sentido? Se sem nada Somos muito mais. Somos liberdade Livres de vaidade Somos todos loucos E nada mais FOLIE Erica Maia 1 Qual o sentido De fazer sentido? Se sem nada Somos muito mais Somos liberdade Livres de vaidade Somos todos loucos E nada mais 2 SAUDADE Saudade Que supera a verdade Pela mente escondida

Leia mais

É importante saber por que certas coisas são o que são. Quer dizer, saber por que acontecem de um jeito e não de outro. O arco-íris, por exemplo.

É importante saber por que certas coisas são o que são. Quer dizer, saber por que acontecem de um jeito e não de outro. O arco-íris, por exemplo. 1. É importante saber por que certas coisas são o que são. Quer dizer, saber por que acontecem de um jeito e não de outro. O arco-íris, por exemplo. O arco-íris pode parecer muito estranho se você não

Leia mais

Aos Poetas. Que vem trazer esperança a um povo tristonho, Fazendo os acreditar que ainda existem os sonhos.

Aos Poetas. Que vem trazer esperança a um povo tristonho, Fazendo os acreditar que ainda existem os sonhos. Aos Poetas Venho prestar homenagem a uma grande nação, Que são os nossos poetas que escrevem com dedicação, Os poemas mais lindos e que por todos são bemvindos, Que vem trazer esperança a um povo tristonho,

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA REDAÇÃO POEMA (7º ANO) Professora Jana Soggia

LÍNGUA PORTUGUESA REDAÇÃO POEMA (7º ANO) Professora Jana Soggia LÍNGUA PORTUGUESA REDAÇÃO POEMA (7º ANO) Professora Jana Soggia Características do Gênero Textual Texto construído por versos (cada linha do poema) O conjunto de versos forma a estrofe Explora a sonoridade

Leia mais

As Mais Belas Inspirações de

As Mais Belas Inspirações de As Mais Belas Inspirações de Gaspar - Santa Catarina De Acordo Com a Opinião de Rosimeire Leal da Motta Piredda E-book elaborado por Rosimeire Leal da Motta Piredda http://www.rosimeiremotta.com.br/ https://www.facebook.com/profile.php?id=100011114436011

Leia mais

Eduardo de Sousa Pereira. MArgens de poesia

Eduardo de Sousa Pereira. MArgens de poesia Eduardo de Sousa Pereira MArgens de poesia Promessa O Céu era azul mas agora está escuro Porque a noite chegou plena de estrelas, P ra encontrar aquela que sempre procuro, Vou tocá-las todas, quero remexê-las...

Leia mais

A palavra louvar significa: Enaltecer com palavras, falar bem, elogiar declarar digno de aprovação, aplaudir, aprovar, exaltar, declarar como bendito,

A palavra louvar significa: Enaltecer com palavras, falar bem, elogiar declarar digno de aprovação, aplaudir, aprovar, exaltar, declarar como bendito, Música ou Louvor? Isaías 6.1-7 A palavra louvar significa: Enaltecer com palavras, falar bem, elogiar declarar digno de aprovação, aplaudir, aprovar, exaltar, declarar como bendito, confiar, reconhecer

Leia mais

Sorrir, Amar e Sonhar. (Encantos).

Sorrir, Amar e Sonhar. (Encantos). Sorrir, Amar e Sonhar. 2 Falastes Coração 3 Sorrir, Amar e Sonhar. Copyright 2013 by Direitos Projeto Força de Ler 37980-000 MG Escrito Legitimado 2001 Responsabilidade pela revisão: Maria Aparecida Marangoni

Leia mais

Das rosas vem o amor E da flor a poesia, O homem que já amou Torna-se poeta durante o dia.

Das rosas vem o amor E da flor a poesia, O homem que já amou Torna-se poeta durante o dia. 1 Das rosas vem o amor E da flor a poesia, O homem que já amou Torna-se poeta durante o dia. 2 ... Os olhos do poeta é o coração... 3 Introdução:... O amor é como uma música lenta que tu pões para escutar

Leia mais

Munição Referente ao Injusto Penal e Ilicitude

Munição Referente ao Injusto Penal e Ilicitude 1 UNIPOL MUNIÇÃO REFERENTE A ILICITUDE E INJUSTO PENAL Munição Referente ao Injusto Penal e Ilicitude Vamos lá! para falarmos de ILICITUDE não podemos esquecer nosso quadro do Crime nunca! PRIMEIRO DEVEMOS

Leia mais

Eis que chega meu grande amigo, Augusto dos Anjos, ele com seu jeitão calado e sempre triste, me fala que não irá existir palavra alguma para

Eis que chega meu grande amigo, Augusto dos Anjos, ele com seu jeitão calado e sempre triste, me fala que não irá existir palavra alguma para Oceano em Chamas Querida, Tentei em vão, fazer um poema a você, não consegui. Me faltavam palavras para descrever-te, então pedi aos poetas do universo para me ajudarem. O primeiro com quem conversei,

Leia mais

A Aventura Cerebral do Sam

A Aventura Cerebral do Sam A Aventura Cerebral do Sam Por Eric H. Chudler e Sam Chudler O Sam estava a estudar para O Sam adormeceu a pensar e começou a sonhar. um teste sobre o cérebro. sobre o sistema nervoso Eram tantas as palavras

Leia mais

O Amor... através das canções

O Amor... através das canções 66 Crônica O Amor... através das canções Por Waldir Bíscaro S eria assim o amor? A primeira canção de que me lembro e que falava de amor, assim começava: Amar É um sonho eterno Cheio de ilusões Envolto

Leia mais

Ahmmm... Deus? O mesmo flash de ainda há pouco e, de novo, estava à Sua frente:

Ahmmm... Deus? O mesmo flash de ainda há pouco e, de novo, estava à Sua frente: EAÍ, CARA? O que é que eu estou fazendo aqui? Quem é você? Você sabe muito bem quem Eu sou. É... Vai fundo, fala!... Deus? Viu? Não era tão difícil assim! Claro que Eu sou Deus. É assim que você Me imaginava,

Leia mais

Celebre Ao Rei. Guia Aprenda a Tocar Teclado pela Internet (Gospel) http://aprendateclado.wordpress.com/ Acordes: C Dm F

Celebre Ao Rei. Guia Aprenda a Tocar Teclado pela Internet (Gospel) http://aprendateclado.wordpress.com/ Acordes: C Dm F uia prenda a Tocar Teclado pela Internet (ospel) elebre o Rei m alegria do Senhor é nossa orça Ele toda honra e toda glória m Todo domínio e majestade pertencem (1ª vez) (2ª vez) Ele para sempre amém elebre

Leia mais

poemas do vai e vem versos aves de arribação atravessam tempo e espaço Elias Fajardo

poemas do vai e vem versos aves de arribação atravessam tempo e espaço Elias Fajardo poemas do vai e vem poemas do vai e vem versos aves de arribação atravessam tempo e espaço Elias Fajardo 4 Pequenas alegrias sinônimo de felicidade. Para meu filho Gabriel, sua mãe Vasni, meus irmãos

Leia mais

Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa: "Navegar é preciso; viver não é preciso".

Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa: Navegar é preciso; viver não é preciso. Fernando Pessoa Navegar é Preciso Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa: "Navegar é preciso; viver não é preciso". Quero para mim o espírito [d]esta frase, transformada a forma para a casar como

Leia mais

QUANTO TEMPO VOCÊ TEM?

QUANTO TEMPO VOCÊ TEM? QUANTO TEMPO VOÊ TEM? Introdução: (,,,,, Bm, Am,, Bm, Am) Passam os dias Bm Am As horas passam depressa bem diante dos seus olhos Bm Am Você diz: Tenho que zoar, curtir, aproveitar a vida Bm Am Tenho todo

Leia mais

1. Apresentar a obra (22 poemas) e respetiva autora (sua relevância na literatura para a infância em Portugal)

1. Apresentar a obra (22 poemas) e respetiva autora (sua relevância na literatura para a infância em Portugal) Miste rios Proposta de trabalho 1. Apresentar a obra (22 poemas) e respetiva autora (sua relevância na literatura para a infância em Portugal) 2. Folhear livro e antecipar tipo de texto; ativar conhecimentos

Leia mais

Ah, se já perdemos a noção da hora Se juntos já jogamos tudo fora Me conta agora como hei de partir

Ah, se já perdemos a noção da hora Se juntos já jogamos tudo fora Me conta agora como hei de partir Poesias De Amor EU TE AMOR Ah, se já perdemos a noção da hora Se juntos já jogamos tudo fora Me conta agora como hei de partir Se, ao te conhecer, dei pra sonhar, fiz tantos desvarios Rompi com o mundo,

Leia mais

Teatro A História da Carochinha

Teatro A História da Carochinha Teatro A História da - O meu nome é, gosto muito de limpar. Arrumo a casa toda, sempre a cantar. Tenho uma vida pacata mas gostava de casar. Vestir um vestido branco e um marido arranjar. Mas preciso de

Leia mais

A Vida Espiritu. Carlos José Soa ARTE. CULTURA. DESENVOLVIMENTO SOCIAL. occultura.xpg.uol.com.br * www.facebook.com/casesoares.

A Vida Espiritu. Carlos José Soa ARTE. CULTURA. DESENVOLVIMENTO SOCIAL. occultura.xpg.uol.com.br * www.facebook.com/casesoares. ARTE. CULTURA. DESENVOLVIMENTO SOCIAL. occultura.xpg.uol.com.br * www.facebook.com/casesoares O Texto disc comportament humano em re espiritualidade. A busca por fenô respostas. A b conhecimento, co segundo

Leia mais

Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa.

Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa. Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa. Feliz o empregado cujo Senhor o encontrar fazendo assim quando

Leia mais

1º Edição

1º Edição Sensações 1º Edição WWW.Perse.com.br Página 1 Codinome: Tabrao Email: Tania_morenagata@hotmail.com Nasceu no dia 09 de Agosto de 1984 Natural da cidade de Lapa - PR Reside a Rua Francisco Veloso, 282 Ponta

Leia mais

Hoje, dia 28 de Julho de 2013, estou a dar o Fim ao Regredir. Já Programei 9 vezes este Exercício, mas vou continuar a fazê-lo enquanto Eu Viver.

Hoje, dia 28 de Julho de 2013, estou a dar o Fim ao Regredir. Já Programei 9 vezes este Exercício, mas vou continuar a fazê-lo enquanto Eu Viver. Modelo Intermédio Após as 9 Regressões do Lado Direito O Passado Morre por Toda a Terra. Agora, vamos encontrar o Modelo das Origens. Quem somos e ficamos a Ter e a Ser a Força do Bom Viver. Hoje, dia

Leia mais

Amor & Sociologia Cultural - Fernando Pessoa

Amor & Sociologia Cultural - Fernando Pessoa Page 1 of 5 Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Sociologia Cultural Educador: João Nascimento Borges Filho Amor & Sociologia

Leia mais

2 MENINOS: VESTIDOS DE (PASTORES) _:

2 MENINOS: VESTIDOS DE (PASTORES) _: CANTAR AUTO DE NATAL Cai, neve, cai neve, cai neve Sobre a Serra bis Branquinha cobre o chão, e então, Fica branquinha a Serra! bis 2 MENINOS: VESTIDOS DE (PASTORES) _: Rodrigo Esteves: e o João_seco Rodrigo

Leia mais

Preciso Crer De Ludimila de Oliveira Cardoso

Preciso Crer De Ludimila de Oliveira Cardoso Preciso Crer De Ludimila de Oliveira Cardoso Às vezes tudo parece tão claro, Às vezes tudo parece confuso. Pensamentos, atitudes, fatos se confundem Razão e emoção. Tantas dúvidas, incertezas, medos, ansiedade,

Leia mais

Dois palhaços de nome Fraterninho e Caridoso, entram em cena procurando algo, um de costas para o outro. Ao se tocarem, ambos se assustam

Dois palhaços de nome Fraterninho e Caridoso, entram em cena procurando algo, um de costas para o outro. Ao se tocarem, ambos se assustam PEÇA ESPÍRITA : Confusão de Natal Grupo de Teatro Espírita Sentimento do 20º CRE DA USEERJ Autores : Sidney Pinto Guedes Margareth Silva Rocha Cavalcante Autor Espiritual : Odilon Silva, psicografado por

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SÁBADO DA 4ª SEMANA DA PÁSCOA - 1) Oração Deus eterno e todo-poderoso, fazei-nos viver sempre mais o

Leia mais

Fui à biblioteca tentar escolher. Um bom livro para ler. Mas era difícil descobrir. Aquele que me ia surpreender! Desisti da ideia de procurar

Fui à biblioteca tentar escolher. Um bom livro para ler. Mas era difícil descobrir. Aquele que me ia surpreender! Desisti da ideia de procurar Fui à biblioteca tentar escolher Um bom livro para ler Mas era difícil descobrir Aquele que me ia surpreender! Desisti da ideia de procurar E vim cá para fora brincar. Os meus amigos riam-se de mim E eu

Leia mais

Encarte

Encarte Encarte e letras disponíveis em Encarte www.encartedigitalmk.com.br e letras disponíveis em Conheça mais esta inovação da MK Music. Uma empresa que pensa no futuro www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais

Leia mais

JACK KIM ESCRITOR DE RUA

JACK KIM ESCRITOR DE RUA JACK KIM ESCRITOR DE RUA 2016 Todos os direitos reservado ao autor. Está autorizado a cópia parcial (2pág. Max) deste documento desde que seja citada a fonte. Proibido a reprodução total ou mais de 2 poemas.

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sexta-feira da 11ª Semana do Tempo Comum Ó Deus,

Leia mais

Ato I CENA I. É? Só esse É chega? Basta só ésse É? E você acha que uma pessoa normal pode ouvir um É desses sem te achar insensata?

Ato I CENA I. É? Só esse É chega? Basta só ésse É? E você acha que uma pessoa normal pode ouvir um É desses sem te achar insensata? Ato I CENA I Como, minha irmã? Mas que besteira! Você pretende abrir mão do nome de solteira? Solteira uma palavra sonora, doce, emocionante e você pretende abrir mão disso pra casar que coisa mais vulgar!

Leia mais

Perguntas. Porque nosso papel é trazer respostas aos anseios do coração humano (aspecto pastoral)

Perguntas. Porque nosso papel é trazer respostas aos anseios do coração humano (aspecto pastoral) Perguntas 1. Por que partir de um livro? Porque nosso papel é trazer respostas aos anseios do coração humano (aspecto pastoral) Porque o que acontece no mundo tem a ver conosco (aspecto missional) Perguntas

Leia mais

José Francisco da Rocha

José Francisco da Rocha Saudação a Poesia Biografia José Francisco da Rocha, nasceu no dia 04 de janeiro de 1932 em Cedro de São João SE. Filho de José Francisco da Rocha e Antônia Maria de Santana. Casado com Carmelita Souza

Leia mais

FERNANDO PESSOA ORTÓNIMO

FERNANDO PESSOA ORTÓNIMO FERNANDO PESSOA ORTÓNIMO Quando as crianças brincam E eu as oiço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar. E toda aquela infância Que não tive me vem, Numa onda de alegria Que não foi

Leia mais

Alguns autores escrevem de acordo com o novo A. O., outros segundo a antiga ortografia

Alguns autores escrevem de acordo com o novo A. O., outros segundo a antiga ortografia Olhar de Amor - COLECTÂNEA DE POESIA - VÁRIOS AUTORES Título Olhar de Amor Colectânea de Poesia - Edição Tecto de Nuvens, Edições e Artes Gráficas, LDA. Rua Camilo Pessanha, 152, 4435-638 Baguim do Monte

Leia mais

NOVEMBRO/2013 OUTUBRO/2013. A nossa bandeira

NOVEMBRO/2013 OUTUBRO/2013. A nossa bandeira NOVEMBRO/2013 A nossa bandeira No dia 19 de novembro comemoramos o dia da bandeira nacional Para nós é linda e especial Demonstrando amor fraternal. O verde é das matas que belas paisagens retrata Apesar

Leia mais

O primeiro passo fundamental é

O primeiro passo fundamental é 1 3 PASSOS FUNDAMENTAIS PRA VOCÊ RECOMEÇAR SUA VIDA E LIDAR COM SUA NOVA REALIDADE Foi pensando em como eu posso te ajudar a dar os primeiros passos hoje, agora, a partir desse momento que eu resolvi colocar

Leia mais

Física para todos, com poesia à mistura

Física para todos, com poesia à mistura C O N C U R S O Física para todos, com poesia à mistura GUIÃO VERTENTE LITERÁRIA CONCORRENTE 4 Poemas escolhidos Aurora boreal Amargo estilo novo Poemas originais Liberdade Segundo as leis da Física...

Leia mais

CORAÇÃO APAIXONADO Poemas de Amor e Paixão

CORAÇÃO APAIXONADO Poemas de Amor e Paixão CORAÇÃO APAIXONADO CORAÇÃO APAIXONADO Poemas de Amor e Paixão 1 JOSÉ ARAUJO JOSÉ ARAÚJO CORAÇÃO APAIXONADO Poemas de Amor e Paixão 2 CORAÇÃO APAIXONADO Copyright 2011 José Araújo Primeira Edição Título:

Leia mais

Nada a Perder (03:22) BX-NOF

Nada a Perder (03:22) BX-NOF Nada a Perder Nada a Perder (03:22) BX-NOF-16-00001 Escuta o vento que sopra lá fora e te convida a viver / E quando os pássaros estão indo embora é sua chance de saber / Que nós temos todos os motivos

Leia mais

O primeiro suspiro de um poeta insano!

O primeiro suspiro de um poeta insano! 1 O primeiro suspiro de um poeta insano! 2012 2 O primeiro suspiro de um poeta insano Jonas Martins 1ª.Edição..Poesia Todos os direitos reservados ao autor A reprodução total ou parcial desta obra só é

Leia mais

UM OLHAR SOBRE O DOENTE

UM OLHAR SOBRE O DOENTE UM OLHAR SOBRE O DOENTE Dizem que os olhos são as janelas da alma. É nisso em que minha mente se fixa a cada instante desde que você adoeceu. Parece-me tão próximo, e ainda me lembro: um dia, de repente,

Leia mais

Eu em mim Enfim, esse é meu corpo, flor que amadureceu Estalo os dedos é sonho Respiro fundo é brisa Estendo os braços é asa Libero as fibras é voo

Eu em mim Enfim, esse é meu corpo, flor que amadureceu Estalo os dedos é sonho Respiro fundo é brisa Estendo os braços é asa Libero as fibras é voo Eu em mim Enfim, esse é meu corpo, flor que amadureceu Estalo os dedos é sonho Respiro fundo é brisa Estendo os braços é asa Libero as fibras é voo Esperança resolvida Verso que ficou pronto Meu corpo

Leia mais

No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio.

No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio. o amor se fez carne No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta QUANDO DEUS CRIOU TODAS AS COISAS

Bíblia para crianças apresenta QUANDO DEUS CRIOU TODAS AS COISAS Bíblia para crianças apresenta QUANDO DEUS CRIOU TODAS AS COISAS Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Byron Unger; Lazarus Adaptado por: Bob Davies; Tammy S. O texto bíblico desta história é extraído

Leia mais

SUMÁRIO. APRESENTAÇÃO Sobre Fernando Pessoa...11 Fernando Pessoa: ele mesmo, um outro heterônimo?...23

SUMÁRIO. APRESENTAÇÃO Sobre Fernando Pessoa...11 Fernando Pessoa: ele mesmo, um outro heterônimo?...23 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Sobre Fernando Pessoa...11 Fernando Pessoa: ele mesmo, um outro heterônimo?...23 CANCIONEIRO Quando ela passa...31 Em busca da beleza...33 Mar. Manhã...37 Visão...38 Análise...38 Ó

Leia mais

Meu Guia. Pamella Padilha

Meu Guia. Pamella Padilha Meu Guia Pamella Padilha Meu Guia Sentir se confiante (postura na coluna) para falar, pensar, agir, olhar. Posso olhar e falar com qualquer pessoa, desde o mendigo até a pessoa mais linda do mundo, ter

Leia mais

Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. A Coruja e a Raposa

Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. A Coruja e a Raposa Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª A Coruja e a Raposa Era uma vez uma coruja que tinha sua bela casa na montanha. A raposa tinha uma casa pequena e feia. Um dia, a coruja convidou a raposa para almoçar em sua

Leia mais

Como conduzir uma entrevista de início vencendo as objeções...

Como conduzir uma entrevista de início vencendo as objeções... Como conduzir uma entrevista de início vencendo as objeções... Danielle Chaves Diretora de Vendas Independente Mary Kay 1 Faça uma visita ao você do futuro Se você não entende a importância de plantar,

Leia mais

Me Diz Quem É. Tom: E. Intro 2x: B G#m E C#m. Quem é Deus, como nosso Deus? Quem é rocha, que sustenta? Quem é amor, que vai além?

Me Diz Quem É. Tom: E. Intro 2x: B G#m E C#m. Quem é Deus, como nosso Deus? Quem é rocha, que sustenta? Quem é amor, que vai além? Me Diz Quem É Tom: Intro 2x: Quem é Deus, como nosso Deus? Quem é rocha, que sustenta? Quem é amor, que vai além? Me diz quem é, me diz quem é? Intro: Quem é Deus, como nosso Deus? Quem é rocha, que sustenta?

Leia mais

Gabriel Arruda Burani. EstilhACos. de Mim

Gabriel Arruda Burani. EstilhACos. de Mim EstilhACos de Mim Gabriel Arruda Burani EstilhACos de Mim Copyright 2013 by Gabriel Arruda Burani Todos os direitos reservados. 1ª Edição A reprodução não autorizada desta publicação em sua totalidade

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Terça-feira da 7ª Semana da Páscoa Ó Deus de poder

Leia mais

Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO. Versículos para decorar:

Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO. Versículos para decorar: Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: 1- Deus criou os céus e a terra. Gênesis 1:1 A CRIAÇÃO DO MUNDO Versículos para decorar: 2 Pois, por meio dele, Deus criou tudo, no céu

Leia mais

A tristeza. A tristeza

A tristeza. A tristeza E a leitura continua..."o Principezinho" - quarta-feira, 6 de Fevereiro de 2013 No capítulo V, o Principezinho demonstra muita tristeza nas suas palavras. Após a leitura, foi proposto aos alunos escreverem

Leia mais

1.º C. 1.º A Os livros

1.º C. 1.º A Os livros 1.º A Os livros Os meus olhos veem segredos Que moram dentro dos livros Nas páginas vive a sabedoria, Histórias mágicas E também poemas. Podemos descobrir palavras Com imaginação E letras coloridas Porque

Leia mais

Ninguém escapa da misericórdia. Uma despretensiosa entrevista com Deus

Ninguém escapa da misericórdia. Uma despretensiosa entrevista com Deus Ninguém escapa da misericórdia Uma despretensiosa entrevista com Deus Coleção VIDA NOVA Caminho santo mariano, Carlos Sérgio Viana Cinco minutos com Deus, Roque Schneider Dicas para um bom relacionamento

Leia mais

CAPÍTULO 1: PAIXÃO. Apaixonado. O meu coração Pra você eu guardei Antes mesmo de me conhecer Eu te amei Procurei a lealdade Mas não encontrei

CAPÍTULO 1: PAIXÃO. Apaixonado. O meu coração Pra você eu guardei Antes mesmo de me conhecer Eu te amei Procurei a lealdade Mas não encontrei A POESIA FALANTE 1 CAPÍTULO 1: PAIXÃO Apaixonado O meu coração Pra você eu guardei Antes mesmo de me conhecer Eu te amei Procurei a lealdade Mas não encontrei Durante muito tempo A solidão eu enfrentei

Leia mais

JOSÉ ARAÚJO. Poema & Poesia. Magia e Sedução

JOSÉ ARAÚJO. Poema & Poesia. Magia e Sedução JOSÉ ARAÚJO Poema & Poesia Magia e Sedução 1 2 JOSÉ ARAÚJO Poema & Poesia Magia e Sedução 3 Editoração e Edição José Araújo Revisão e diagramação José Araújo Capa José Araújo Copyright 2011 José Araújo

Leia mais

CRIANDO UM NOVO CENÁRIO DE ABUNDÂNCIA (7ª SEMANA) 14 A 20 DE JULHO Nestas 6 últimas semanas falamos dos obstáculos a serem superados.

CRIANDO UM NOVO CENÁRIO DE ABUNDÂNCIA (7ª SEMANA) 14 A 20 DE JULHO Nestas 6 últimas semanas falamos dos obstáculos a serem superados. CRIANDO UM NOVO CENÁRIO DE ABUNDÂNCIA (7ª SEMANA) 14 A 20 DE JULHO Nestas 6 últimas semanas falamos dos obstáculos a serem superados. Foi importante conscientizar-se do fato que a escassez é um conceito

Leia mais

ANEXO V. Guião da Gala H2Ooooh!

ANEXO V. Guião da Gala H2Ooooh! ANEXO V Guião da Gala H2Ooooh! A Gala H2Ooooh será constituída por um conjunto de cinco reflexões sobre as diferentes áreas temáticas do projeto e quatro atividades. Ordem Ação Intervenientes 1º Apresentação

Leia mais

Daniel Duarte. 1 a edição

Daniel Duarte. 1 a edição Daniel Duarte 1 a edição Rio de Janeiro 2016 Agradecimentos Agradeço ao Thiago, que me encontrou pela internet adentro e acreditou neste projeto, e que em tão pouco tempo se tornou uma pessoa muito especial

Leia mais

Canções: Para contar (AUTORIA: PAULO LOBÃO)

Canções: Para contar (AUTORIA: PAULO LOBÃO) Canções: Para contar (AUTORIA: PAULO LOBÃO) Agora você vai escutar Preste muita atenção Agora você vai imaginar E com muita emoção G7 Tem festa, tem rio, tem ave e tem floresta, alegria e sedução, tem

Leia mais

ALQUIMIA (Batista/Bousada/Córdova) Mesmo o coração mais fechado Possui algumas frestas Por essas pequenas passagens É que o amor inicia a festa

ALQUIMIA (Batista/Bousada/Córdova) Mesmo o coração mais fechado Possui algumas frestas Por essas pequenas passagens É que o amor inicia a festa ALQUIMIA Mesmo o coração mais fechado Possui algumas frestas Por essas pequenas passagens É que o amor inicia a festa Esse coração tão calado Vive escutando a voz da razão Aprenda com os erros passados

Leia mais

Comigo mais poesia. Nelson Martins. Reflexões e Sentimentos

Comigo mais poesia. Nelson Martins. Reflexões e Sentimentos Comigo mais poesia Comigo mais poesia Nelson Martins Reflexões e Sentimentos Apresentação A poesia de Nelson Martins conduz o leitor à territorialidade da existência humana, como memória grifada de cada

Leia mais

QUANDO EU, SENHORA...

QUANDO EU, SENHORA... QUANDO EU, SENHORA... Sá de Miranda Quando eu, senhora, em vós os olhos ponho, e vejo o que não vi nunca, nem cri que houvesse cá, recolhe-se a alma em si e vou tresvariando, como em sonho. Isto passado,

Leia mais

Amor & Sociologia Cultural - Oswaldo Montenegro & Raul Seixas

Amor & Sociologia Cultural - Oswaldo Montenegro & Raul Seixas Page 1 of 6 Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Sociologia Cultural Educador: João Nascimento Borges Filho Amor & Sociologia

Leia mais

Por que devo orar se não sei orar como convém?

Por que devo orar se não sei orar como convém? Contribuição de Pr. Oswaldo F Gomes 23 de novembro de 2008 igrejabatistaagape.org.br (26) Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo

Leia mais

INTRODUÇÃO. Este livro convida você a parar por um momento. Refletir em silêncio. Sonhar com a brisa do vento. Observar tudo a sua volta

INTRODUÇÃO. Este livro convida você a parar por um momento. Refletir em silêncio. Sonhar com a brisa do vento. Observar tudo a sua volta INTRODUÇÃO Este livro convida você a parar por um momento Refletir em silêncio Sonhar com a brisa do vento Observar tudo a sua volta Valorizar cada segundo Tendo em vista que cada dia é único E cada segundo

Leia mais

Quando eu, senhora...

Quando eu, senhora... Quando eu, senhora... Sá de Miranda Quando eu, senhora, em vós os olhos ponho, e vejo o que não vi nunca, nem cri que houvesse cá, recolhe-se a alma em si e vou tresvariando, como em sonho. Isto passado,

Leia mais

Características do Simbolismo

Características do Simbolismo SIMBOLISMO O simbolismo foi um movimento que se desenvolveu nas artes plásticas, teatro e literatura. Surgiu na França, no final do século XIX, em oposição ao Naturalismo e ao Realismo. Características

Leia mais

Encarte

Encarte Encarte e letras disponíveis em Encarte www.encartedigitalmk.com.br e letras disponíveis em Conheça mais esta inovação da MK Music. Uma empresa que pensa no futuro www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais

Leia mais

Ziraldo O SEGREDO DE. (com desenhos especiais de Célio César)

Ziraldo O SEGREDO DE. (com desenhos especiais de Célio César) Ziraldo O SEGREDO DE (com desenhos especiais de Célio César) http://groups.google.com/group/digitalsource Era uma vez uma letra que era muito interessante e que se chamava Úrsula. Parece nome de estrela

Leia mais

Caixa de Música. Peça-me todas as músicas. Que você quiser. Eu cantarei pra você, Cada música. Com amor e carinho, Que você merece.

Caixa de Música. Peça-me todas as músicas. Que você quiser. Eu cantarei pra você, Cada música. Com amor e carinho, Que você merece. Caixa de Música Peça-me todas as músicas Que você quiser. Eu cantarei pra você, Cada música Com amor e carinho, Que você merece. Enquanto você aperta seus pés Sobre os meus, para te relaxar. Quero ser

Leia mais

ONDJAKI. A BICICLETA QUe TINHA BIGODES. estórias sem luz elétrica. Livros do Dia e da Noite

ONDJAKI. A BICICLETA QUe TINHA BIGODES. estórias sem luz elétrica. Livros do Dia e da Noite ONDJAKI A BICICLETA QUe TINHA BIGODES estórias sem luz elétrica Livros do Dia e da Noite Na minha rua vive o tio Rui, que é escritor e inventa estórias e poemas que até chegam a outros países muito internacionais.

Leia mais

PRAÇAS, FUNDOS DE VALES E MATAS URBANAS

PRAÇAS, FUNDOS DE VALES E MATAS URBANAS Instituto de Educação infantil e juvenil Outono, 2012. Londrina, de. Nome: Ano: Tempo: Início Término: Total: Edição III MMXII fase 3 Grupo A PRAÇAS, FUNDOS DE VALES E MATAS URBANAS 1) Pois bem, o lençol

Leia mais

Luís Vaz de Camões. prof.: Pedro Augusto Furasté

Luís Vaz de Camões. prof.: Pedro Augusto Furasté EXERCÍCIO COM TEXTO SONETO Luís Vaz de Camões prof.: Pedro Augusto Furasté 1. Apenas um dos pares abaixo não se opõe. Assinale-o: a) dói / não se sente b) ganhar / perder c) querer // bem-querer d) contentamento

Leia mais

MEU JARDIM DE TROVAS

MEU JARDIM DE TROVAS ANGÉLICA DA SILVA ARANTES MEU JARDIM DE TROVAS PRIMEIRA EDIÇÃO / 2011-1 - SINOPSE: Com intensidade tem se falado sobre o tema trova, acontece que nem todas as pessoas sabem o que é tecnicamente uma trova.

Leia mais

era um menino que procurava e procurava e procurava e sempre achava uma saída ou uma entrada pra outra charada.

era um menino que procurava e procurava e procurava e sempre achava uma saída ou uma entrada pra outra charada. O MENINO E O BÚZIO era um menino que procurava e procurava e procurava e sempre achava uma saída ou uma entrada pra outra charada. se cada ida era uma volta para a chegada, cada chegada já emendava noutra

Leia mais

Pai, eu adoro-te com todo o meu coração, Tu estás sempre ao meu lado, Para me fazeres rir, A maior parte das vezes fazes-me sorrir.

Pai, eu adoro-te com todo o meu coração, Tu estás sempre ao meu lado, Para me fazeres rir, A maior parte das vezes fazes-me sorrir. PAI Pai, eu adoro-te com todo o meu coração, Tu estás sempre ao meu lado, Para me fazeres rir, A maior parte das vezes fazes-me sorrir. Pai, há tantas qualidades, É impossível de explicar, Já perdi a conta,

Leia mais

1. Considere o poema abaixo:

1. Considere o poema abaixo: 1º EM Literatura Carolina Aval. Subs. / Opt. 19/04/12 1. Considere o poema abaixo: ISTO Dizem que finjo ou minto Tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto Com a imaginação. Não uso o coração. (Fernando

Leia mais

Natália Oliverio VIDA

Natália Oliverio VIDA Natália Oliverio VIDA " Dedico esse livro as pessoas que partiram e as que virão ser importante um dia" Capitulo 1 nada "Vida que sentido tem tu não sei" "Só sei que dela sei" Bem nem sei por onde começar

Leia mais

O poder profilático e recuperador das linguagens criativas nas histórias para a infância

O poder profilático e recuperador das linguagens criativas nas histórias para a infância O poder profilático e recuperador das linguagens criativas nas histórias para a infância CRISTINA NOBRE INCLUDIT, 5 E 6 julho 2013 [ ] Nos livros busco só o dar-me prazer através de uma decente distracção

Leia mais

Goste do que faz. Quanto mais as pessoas gostam de seu trabalho, mais energia dedicam a ele. - Mary Kay Ash

Goste do que faz. Quanto mais as pessoas gostam de seu trabalho, mais energia dedicam a ele. - Mary Kay Ash Goste do que faz Quanto mais as pessoas gostam de seu trabalho, mais energia dedicam a ele. - Mary Kay Ash Livro The Mary Kay Way Cap: 17 E Mary Kay ainda explica que em todo trabalho teremos tarefas que

Leia mais

Encarte e letras disponíveis em Conheça mais esta inovação da MK Music. Uma empresa que pensa no futuro.

Encarte e letras disponíveis em  Conheça mais esta inovação da MK Music. Uma empresa que pensa no futuro. Encarte e letras disponíveis em www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music. Uma empresa que pensa no futuro. MARINA DE OLIVEIRA CASSIANE E JAIRINHO FERNANDA BRUM YERUSHALÉM VOCE

Leia mais

Mutual

Mutual Mutual 2013 http://astontasvaoaoceu.blogspot.com.br/ Em Lugares Santos Se no escuro andais não vais enxergar quem sois e o que podeis vos tornar. Se de joelhos estais e na luz viveis, onde o Espírito está

Leia mais

Alberto Caeiro O Pastor Amoroso

Alberto Caeiro O Pastor Amoroso Este material é parte integrante do site e pode ser distribuído livremente desde que não seja alterado e que todas as informações sejam mantidas. Abr s Equipe Mundo Cultural O amor é uma companhia. Já

Leia mais

Deixo meus olhos Falar

Deixo meus olhos Falar Tânia Abrão Deixo meus olhos Falar 1º Edição Maio de 2013 WWW.perse.com.br 1 Tânia Abrão Biografia Tânia Abrão Mendes da Silva Email: Tania_morenagata@hotmail.com Filha de Benedito Abrão e Ivanir Abrão

Leia mais

Crisálida Vanessa Monique CRISÁLIDA. Crônicas e frases de uma metamorfose ambulante. Vanessa Monique

Crisálida Vanessa Monique CRISÁLIDA. Crônicas e frases de uma metamorfose ambulante. Vanessa Monique CRISÁLIDA Crônicas e frases de uma metamorfose ambulante Vanessa Monique 1 Dedicatória. À Deus Todo Poderoso que me presenteou com o dom de escrever à e todos que algum dia e de alguma forma me incentivaram

Leia mais