Valor. Valor Qualidade Serviço Custo Tempo V = Q * S C * T

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Valor. Valor Qualidade Serviço Custo Tempo V = Q * S C * T"

Transcrição

1

2 Valor O simples valor de uma fórmula, ilustra a importancia equivalente a 4 factores para nossos clientes na percepçao do valor. V = Q * S C * T Valor Qualidade Serviço Custo Tempo

3 Introduçao Servo Motors Adjust, é uma empresa especializada na reparação e ajuste de Servo Motores e Motores especiais de altas revoluçoes. Reparamos e revisamos produtos de ABB, Baldor, Baumuller, Bosch, Control Techniques, Fanuc, Indramat, Lenze, Yaskawa, Tamagawa, Mitsubishi, Siemens, Elmo, etc Nosso departamento técnico especializado, cobre todos os sectores da industria, maquinas ferramentas, automoção, robótica, imprensa, alimentos, industria de vidro, embalagem, etc Com nossos serviços de mensagens 24 horas, podemos oferecer uma resposta rápida e eficiente. Para certos productos chave, se dispoem de motores e acionamento de intercambio recondicionados, destinado a reducir o periodo de inatividade. Quando recebemos um motor para sua reparaçao, introduzimos todos os dados de testes em nosso sistema informatizado para rechear seu histórico em sua ficha técnica. Ao eleger Servo Motor Adjust, como seu sócio especializado em reparaçao e ajuste de motores e servo motores, voce tem a segurança de tratar com uma empresa séria, onde o principal é sempre o cliente.

4 Definiçao de um Servo Motor A palavra servo é derivada do Latin, escravo. Correctamente indica que um servo motor é um escravo e responde as instruçoes do equipamento externo para o motor. A industria de servo teve seu começo durante a Segunda Guerra Mundial. Na década de 90, foi usada em muitas aplicaçoes industriais e foi visto muitas melhorias nesta área. Um servo sistema tem um ou mais Laços Fechados. Um laço fechado se compoem de : i. Un comando. ii. Um sinal de feedback para comunicar e indicar o comando. iii. Uma saída de erro. iv. Um sistema de controle que responderá de uma forma correcta ao erro e o reduz a zero.

5 Motores que podem ser usados em um Servo sistema são Motor Induzido de Tres fases AC Motor Tipo Brush DC Brushless Servo Motor (AC & DC) Motor Passo a Passo Switched Reluctance Motors Motor Lineal Equipamentos Auxiliares : Encoder Resolver Tacômetro Hall effect Estes são os diferentes serviços que são usados em muitos motores induzidos de AC e motores Brush DC, e muito bem em motores Brushless.

6 Diferentes Tipos Danaher Motion Allen Bradley Parker Fanuc Siemens

7 Diferentes Tipos: AC & DC Motores

8 Equipamentos de Feedback 1. Encoders Incrementales 2. Encoders Series Fanuc. Heidenhain. Indramat. Kawasaki. Sumtak. / Sanyo Stegmann. Tamagawa. Yaskawa. Mitsubishi. Denki Encoders No Series Encoders Absolutos 5. Hall effect switches 6. Resolvers 7. Tacómetros A comutação é o processo de alternar a corrente gerada pela rotação de um campo magnético.

9 Plano de Açao Os Servo Motores são a chave principal em Máquinas CNC, robóticos, e outros equipamentos automatizados em nossa indústria. Hoje em dia, existem servo motores que são enviados para reparar, e as vezes são separados em armazéns por intercambio de um servo motor novo. Porque? Porque não existe um processo de teste e cheque adequado. Voces podem reduzir seus custos de reparação, ganhar em tempo e eficácia de seu departamento de manutenção confiando em nosso programa de processo de teste. Quando um servo motor deixa de trabalhar, necessitará que volte a funcionar em seu máximo rendimento o antes possível.

10 Redução de Custos Obtendo a reparação adequada de servo motores, é essencial para economizar tempo e despesas. Com serviço de reparo adequado economiza entre 50% e 85% do custo em relação a um novo motor. Você pode economizar seu dinheiro e despesas indevidas. Investigações revelaram que cada unidade pode ser consertada por uma fração do que vai custar para comprar um novo. O Departamento Técnico de Servo Motors Adjust fornece uma avaliação exaustiva de reparação (Técnicos treinados e técnicas avançadas de reparação para que eles possam aprofundar cada nuance da reparação). Servo Motors Adjust pode reconstruir um motor, com uma boa qualidade para proporcionar os melhores serviços de reparo para todos os fabricantes no mercado. Servo Motors Adjust oferece em todos seus reparos 1 ano de garantia.

11 Procedimiento de Reparaçao Este propósito é para assegurar que nossos clientes receberão uma consistente e alta qualidade em suas reparaçoes, é essencial nosso procedimento de reparação: A. Inspeção antes da desmontagem de um servo motor 1. Identificação dos cabos 2. Configuração Mecânica 3. Fotografias 4. Gerador de voltagem / Ondas / Equilibrio 5. Conmutação 6. Saidas de tacômetro e ondas 7. Equipamentos auxiliares B. Inspeção depois da desmontagem: 1. Rolamentos, eixos, e alojamentos de rolamentos, retentor. 2. bobinas 3. Campo Magnético 4. Freios 5. Encoder / Resolver / Tacômetro 6. Hall effect 7. Equipamentos auxiliares C. Reparaçao para um servo motor 1. Rebobinamento do Estator 1. Recolhimento de Dados 2. Conexão 3. Testes da nova bobina 2. tolerâncias mecânicas 3. Frenos 4. Ajuste Encoder / Resolver / Tacômetro 5. Hall effect 6. Teste em Banco de Provas

12 Test Reports

13 Nossos Serviços Para os nossos clientes garantindo o desempenho de suas linhas de produção: A. Reparaçao del Servo Sistema. B. Manutenção: 1. Servo Motores 2. Drivers 1. Preventiva. 2. Preditivo 3. Análise de Vibração 4. Alinhamento do motores D. Venda do Servo Sistema 1. Servo Motores 2. Motores AC & DC 3. Drivers 4. Freios 5. Encoder / Resolver / Tacómetro 6. Cables 7. Conectores C. Formaçao do Servo Sistema. 1. Servo Motores 2. AC & Dc Motores 3. Drivers

14 Teste Preditivo Test Value Status Caut. Level Warn. Level Voltage Level (Over) [%] 103,45 Good 110,00 120,00 Voltage Level (Under) [%] 103,45 Good 95,00 90,00 Voltage Unbalance [%] 0,25 Good 2,00 3,50 THD [% of fund.] 0,97 Good 7,00 9,00 Total Distortion [% of fund.] 1,10 Good 10,00 12,00 Current Level [%] 111,84 Caution 110,00 120,00 Current Unbalance [%] 1,95 Good 10,00 20,00 Load [%] 106,30 Good 110,00 125,00 Ef. Service Factor [p.u.] 1,06 Good 1,10 1,25 Rotor Bar [db] -59,72 Good -45,00-36,00 Op. Point [%] 0,00 Good 20,00 30,00 Loss Difference [%] N/A N/A 25,00 50,00 Payback [Months] N/A N/A 60,00 24,00

15 Teste Preventiva & Teste Preditivo

16 Alinhamento do motor Análise de vibração

17 Novo Serviço: Drivers VF & Repair Servo Motors Adjust oferece aos seus clientes a reparação de todos os Brands Drivers, controllers, frequency inverters repairs.

18 Em Treinamento Com o nosso treinamento personalizado que damos respostas fáceis para perguntas difíceis: A essência deste curso é a formação de técnicos de manutenção. Os benefícios do impacto do treinamento bom: Em um bom conhecimento da máquina. Aumenta o desempenho das máquinas, aumento da produção Resulta em maior disponibilidade de máquinas. Nós obter um produto de melhor qualidade.

19 Plano de Gestão da Manutenção Cost Vs. Benefits Corrective Preventive Predictive $17 - $18 Per Hp $11 - $13 Per Hp $ 7 - $ 9 Per Hp 1983 EPRI Study of Maintenance Programs

20 Resultados do Plano de Manutenção Programe rotinas regulares CORRETIVA Disponibilidade Conhecimento de suporte com base na experiência histórica. Segurança Elaboração de um plano para cada máquina CUSTOS DE PRODUÇÃO Ambiente

21 Servo Motors Adjust na Europa Nossos Clientes

22 Fabricantes de Servo Motores OTRAS MARCAS QUE HEMOS REPARADO API ATLAS COPCO AUXILEC BAG BAUER BBC BONFIGLIOLI CLARK CLARET COLLINS CONTROL TECHNIQUES DRIVE SYSTEMS ELAU ELCOM ELECTROCRAFT ELMO ENCO EXLAR FADAL FENWICK HEIDENHAIN HENGSTLER INDUSTRIAL DRIVES INLAND KEB KESSLER KUKA LAFERT LEROY SOMER LUST MAGNA MAGNETIC MASAP MAVILOR MAXON MAYR MITSUBA NACHI OHIO OMRON ORMEC PATAY PEERLESS-PORTER PMI RADIO ENERGI RAGONT RELIANCE RENCO SCHABMULLER SEIDEL SERVOMAC SEW SIGMA SHINKO SLOSYN SOPREL STOBER SUMTAK SUPERIOR TAMAGAWA TELEMECANIQUE MODICON ULTRACT VASCAT VELCONIC VICKERS WHEDCO YAMAZAKI ZEBOTRONIC

23

Aproveitamos a oportunidade, para apresentar a PROJSYSTEM (011.3763.3940 / 2638.4576 /97313.5651).

Aproveitamos a oportunidade, para apresentar a PROJSYSTEM (011.3763.3940 / 2638.4576 /97313.5651). Aproveitamos a oportunidade, para apresentar a PROJSYSTEM (011.3763.3940 / 2638.4576 /97313.5651). Somos uma Empresa de Manutenção em máquinas operatrizes em geral. Prestamos serviços a mais de 12 anos

Leia mais

Luís Filipe Teixeira da Silva

Luís Filipe Teixeira da Silva Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL Luís Filipe Teixeira da Silva Rua da Moagem nº41 4780-502 Santo Tirso +351 252 833 276 +351 962 963 753 lfilipets@gmail.com, geral@filipeteixeira.pt www.filipeteixeira.pt

Leia mais

Catálogo de Serviços de Assistência. Assistência técnica ABB Mais produtividade, menos custos

Catálogo de Serviços de Assistência. Assistência técnica ABB Mais produtividade, menos custos Catálogo de Serviços de Assistência Assistência técnica ABB Mais produtividade, menos custos ABB em Portugal A nossa organização Power Products Power Systems Discrete Automation & Motion Low Voltage Products

Leia mais

GERADORES MECÂNICOS DE ENERGIA ELÉTRICA

GERADORES MECÂNICOS DE ENERGIA ELÉTRICA GERADORES MECÂNICOS DE ENERGIA ELÉTRICA Todo dispositivo cuja finalidade é produzir energia elétrica à custa de energia mecânica constitui uma máquina geradora de energia elétrica. O funcionamento do

Leia mais

Característica Técnica Série Cimrex

Característica Técnica Série Cimrex Série Cimrex Cimrex é uma série completa de terminais de operação, que oferecem funcionalidade e flexibilidade. Abrange desde terminais com visores de texto, para pequenas aplicações, até terminais com

Leia mais

Com a globalização da economia, a busca da

Com a globalização da economia, a busca da A U A UL LA Introdução à manutenção Com a globalização da economia, a busca da qualidade total em serviços, produtos e gerenciamento ambiental passou a ser a meta de todas as empresas. O que a manutenção

Leia mais

Como funciona o motor de corrente contínua

Como funciona o motor de corrente contínua Como funciona o motor de corrente contínua Escrito por Newton C. Braga Este artigo é de grande utilidade para todos que utilizam pequenos motores, principalmente os projetistas mecatrônicos. Como o artigo

Leia mais

peças sobresselentes e serviços

peças sobresselentes e serviços Reparações Reparações de de automação automação industrial, industrial, peças sobresselentes e serviços CNCs CNCs Robôs Robôs PLC s PLC s Servo-drives Servo-drives Servo-motores Servo-motores PCs PCs Industriais

Leia mais

Introdução. Aplicações

Introdução. Aplicações Motor de Passo Introdução Os motores de passo preenchem um nicho único no mundo dos motores controlados. Estes motores são usualmente empregados em aplicações de medição e de controle. Aplicações Aplicações

Leia mais

Serviços de Reparo e Peças de Reposição

Serviços de Reparo e Peças de Reposição São Paulo, Março 2014 Quem somos A TARKUZ Automação é uma empresa dedicada à manutenção e comércio de equipamentos de automação. Temos uma equipe treinada para realizar a manutenção e reparos com rapidez

Leia mais

SISTEMA DE TREINAMENTO EM GERADORES E MOTORES MODELO: ED-5100

SISTEMA DE TREINAMENTO EM GERADORES E MOTORES MODELO: ED-5100 SISTEMA DE TREINAMENTO EM GERADORES E MOTORES MODELO: CARACTERÍSTICAS Sistema de treinamento completo de geradores e motores. Diversas características de cargas (resistência, reatância L/C e torque). Sistema

Leia mais

Inversor de Freqüência

Inversor de Freqüência Descrição do Funcionamento. Inversor de Freqüência Atualmente, a necessidade de aumento de produção e diminuição de custos, se fez dentro deste cenário surgir a automação, ainda em fase inicial no Brasil,

Leia mais

Geradores de Corrente Contínua UNIDADE 2 Prof. Adrielle de Carvalho Santana

Geradores de Corrente Contínua UNIDADE 2 Prof. Adrielle de Carvalho Santana Geradores de Corrente Contínua UNIDADE 2 Prof. Adrielle de Carvalho Santana INTRODUÇÃO Um gerador de corrente continua é uma máquina elétrica capaz de converter energia mecânica em energia elétrica. Também

Leia mais

Análise das Necessidades do Cliente da SKF. Energia e Sustentabilidade

Análise das Necessidades do Cliente da SKF. Energia e Sustentabilidade Análise das Necessidades do Cliente da SKF Energia e Sustentabilidade Análise das Necessidades do Cliente da SKF Energia e Sustentabilidade A indústria responde por um terço de todo o consumo de energia.

Leia mais

FAG Easy Check FAG Easy Check Online. Informação técnica

FAG Easy Check FAG Easy Check Online. Informação técnica FAG Easy Check FAG Easy Check Online Informação técnica A linha de produtos Easy Check compreende monitores de vibração de custo acessível para máquinas críticas. Falhas incipientes em rolamentos, eixos,

Leia mais

eletroeletrônica II Na linha de produção de uma empresa há Blocos eletrônicos

eletroeletrônica II Na linha de produção de uma empresa há Blocos eletrônicos A UU L AL A Manutenção eletroeletrônica II Na linha de produção de uma empresa há uma máquina muito sofisticada. Certo dia essa máquina apresentou um defeito e parou. Imediatamente foi acionada a equipe

Leia mais

Eletrônicos PAE. Componente Curricular: Práticas de Acionamentos. 5.ª Prática Inversor de Frequência Vetorial da WEG CFW-08

Eletrônicos PAE. Componente Curricular: Práticas de Acionamentos. 5.ª Prática Inversor de Frequência Vetorial da WEG CFW-08 1 Componente Curricular: Práticas de Acionamentos Eletrônicos PAE 5.ª Prática Inversor de Frequência Vetorial da WEG CFW-08 OBJETIVO: 1) Efetuar a programação por meio de comandos de parametrização para

Leia mais

www.siemens.com.br/acionamentos SINAMICS V60 A solução perfeita para aplicações básicas de servo.

www.siemens.com.br/acionamentos SINAMICS V60 A solução perfeita para aplicações básicas de servo. www.siemens.com.br/acionamentos SINAMICS V60 A solução perfeita para aplicações básicas de servo. SINAMICS V60 com servomotores 1FL5 A solução para aplicações básicas de servo A tecnologia servo-drive

Leia mais

UNIS GROUP ÍNDICE. Garantia Oferecemos 1 ano de garantia para todos nossos reparos e vendas.

UNIS GROUP ÍNDICE. Garantia Oferecemos 1 ano de garantia para todos nossos reparos e vendas. 2 4 6 6 7 7 8 9 10 11 11 12 20 24 30 34 38 41 42 ÍNDICE UNIS Group Reparo Possibilidade de troca Venda Projetos Contratos Processo de reparo e teste Limpeza Teste Equipamentos Reparos especializados CLP

Leia mais

Fig. 13 Como um movimento de um passo se desenvolve quando a excitação é chaveada de Ph1 para Ph2.

Fig. 13 Como um movimento de um passo se desenvolve quando a excitação é chaveada de Ph1 para Ph2. Como visto na Fig. 12, quando os dentes do rotor e do estator estão fora do alinhamento na fase excitada, a relutância magnética é grande. O motor RV trabalha para minimizar a relutância magnética. Vamos

Leia mais

Experiência e confiabilidade são fundamentais. corrente contínua. Conversores CA/CC e Motores CC

Experiência e confiabilidade são fundamentais. corrente contínua. Conversores CA/CC e Motores CC Experiência e confiabilidade são fundamentais corrente contínua Conversores CA/CC e Motores CC 1 04 Introdução 06 Motores de Corrente Contínua 08 Simoreg DC Master 10 Simoreg CM 11 Atenção ao Cliente Acionamento

Leia mais

Escola de Educação Profissional SENAI Visconde de Mauá

Escola de Educação Profissional SENAI Visconde de Mauá Escola de Educação Profissional SENAI Visconde de Mauá Automação Industrial Porto Alegre, Novembro de 2014 Revisão: A Prof Vander Campos Conhecer os principais conceitos e aplicações dos Servoacionamentos;

Leia mais

Industry Services. Serviços de alta performance e confiabilidade em todo o ciclo de vida da planta. www.siemens.com.br/industryservices

Industry Services. Serviços de alta performance e confiabilidade em todo o ciclo de vida da planta. www.siemens.com.br/industryservices Industry Services Serviços de alta performance e confiabilidade em todo o ciclo de vida da planta www.siemens.com.br/industryservices Answers for industry Siemens Industry Services 11 3833 4040 suporte

Leia mais

Tecnologia Eletromecânica. Atuadores eletromecânicos

Tecnologia Eletromecânica. Atuadores eletromecânicos Tecnologia Eletromecânica Atuadores eletromecânicos 3 de junho de 2014 Parker Eletromecânica Entendendo as necessidades do cliente Gerenciamento do Projeto Analise do Sistema Aceite dos Parametros de teste

Leia mais

Seleção de acionamentos

Seleção de acionamentos ESPECIAL Seleção de acionamentos Augusto Ottoboni Os servo-acionamentos ainda são uma incógnita para muitos profissionais de diferentes segmentos do mercado, trazendo a estes profissionais que se deparam

Leia mais

UM NOVO SENSOR DE PROXIMIDADE CAPACITIVO IMUNE A RUNOUT ELÉTRICO

UM NOVO SENSOR DE PROXIMIDADE CAPACITIVO IMUNE A RUNOUT ELÉTRICO UM NOVO SENSOR DE PROXIMIDADE CAPACITIVO IMUNE A RUNOUT ELÉTRICO J. Lin 1 M.R. Bissonnette 2 1 Gerente de Produto, Aplicações Industriais, VibroSystM Inc., Longueuil, QC, Canada, J4G 2J4 2 Gerente de Vendas,

Leia mais

X20 30 36 AC GEARLESS

X20 30 36 AC GEARLESS 3141 pt - 02.1999 / a Este manual deve ser entregue ao usuário final X20 30 36 AC GEARLESS Manual de instalação e manutenção Com o objetivo de obter o máximo de desempenho de sua nova máquina GEARLESS,

Leia mais

Processos em Engenharia: Introdução a Servomecanismos

Processos em Engenharia: Introdução a Servomecanismos Processos em Engenharia: Introdução a Servomecanismos Prof. Daniel Coutinho coutinho@das.ufsc.br Departamento de Automação e Sistemas DAS Universidade Federal de Santa Catarina UFSC DAS 5101 - Aula 7 p.1/47

Leia mais

sistema do servoweld Acionador de impulso elevado de motor integral GSWA MÁXIMA DURABILIDADE

sistema do servoweld Acionador de impulso elevado de motor integral GSWA MÁXIMA DURABILIDADE sistema do servoweld Acionador de impulso elevado de motor integral GSWA MÁXIMA DURABILIDADE O que é GSWA? O GSWA é um acionador em haste, de força elevada, durável e compacto, projetado especificamente

Leia mais

Eletricidade: acionamento de motores elétricos

Eletricidade: acionamento de motores elétricos Eletricidade: acionamento de motores elétricos A UU L AL A Como se pode converter energia elétrica em energia mecânica? Considere a situação descrita a seguir. Tic-tac, blamp-blump, zuuuummmm... São as

Leia mais

O que é o motor de passo?

O que é o motor de passo? Universidade Federal Fluminense Centro Tecnológico Escola de Engenharia Curso de Engenharia de Telecomunicações Programa de Educação Tutorial Grupo PET-Tele Motor de Passo Autor atual: Felipe Gonçalves

Leia mais

Manual do usuário. Braço robótico para educação técnica

Manual do usuário. Braço robótico para educação técnica para educação técnica A T E N Ç Ã O Enquanto o robô Sci-Arm é um computador leve, pode se manejar em altas velocidades e pode causar danos se ele colidir com uma pessoa. Sempre use com extrema cautela.

Leia mais

Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão. média tensão

Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão. média tensão Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão média tensão s Conhecimento em evolução há décadas: Conhecimento com o qual você pode contar. Ter mais de 35 anos

Leia mais

APÊNDICE B. Ensaio da Performance do Protótipo. MATRBDA-HAW560-75kW

APÊNDICE B. Ensaio da Performance do Protótipo. MATRBDA-HAW560-75kW APÊNDICE B Ensaio da Performance do Protótipo MATRBDA-HAW560-75kW 282 LABORATÓRIO DE ENSAIOS ELÉTRICOS - BAIXA TENSÃO WEG MÁQUINAS RELATÓRIO DE ENSAIO DE PROTÓTIPO MATRBDA 560 POTÊNCIA: 75KW / 25KW TENSÃO

Leia mais

ANALISE DE CORRENTE ELÉTRICA

ANALISE DE CORRENTE ELÉTRICA ANALISE DE CORRENTE ELÉTRICA 1. INTRODUÇÃO A manutenção preditiva tem sido largamente discutida nos últimos anos, e sem dúvida é um procedimento moderno de gerenciamento, que comprovadamente vem diminuindo

Leia mais

Medição de Potência de um motor utilizando um Dinamômetro composto de um Dínamo DC

Medição de Potência de um motor utilizando um Dinamômetro composto de um Dínamo DC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA Medição de Potência de um motor utilizando um Dinamômetro composto de um Dínamo

Leia mais

Introdução à Manutenção O QUE VOCÊ ENTENDE POR MANUTENÇÃO?

Introdução à Manutenção O QUE VOCÊ ENTENDE POR MANUTENÇÃO? MANUTENÇÃO Introdução à Manutenção O QUE VOCÊ ENTENDE POR MANUTENÇÃO? Conceito de Manutenção segundo o dicionário Michaelis UOL 1. Ato ou efeito de manter (-se). 2. Sustento. 3. Dispêndio com a conservação

Leia mais

Calibrador Automático de Resolver para Servomotores. César Moura Batagini, Fabrício Fontana Varella, José Ricardo Abalde Guede

Calibrador Automático de Resolver para Servomotores. César Moura Batagini, Fabrício Fontana Varella, José Ricardo Abalde Guede Calibrador Automático de Resolver para Servomotores César Moura Batagini, Fabrício Fontana Varella, José Ricardo Abalde Guede Univap/Feau, Av. Shishima Hifumi, 2911, cmb8_8@hotmail.com, ffvarella@yahoo.com.br,

Leia mais

Automatizadores Sistema DC

Automatizadores Sistema DC 2 A Atron é uma marca jovem do grupo Atriumdesign que atua á mais de duas décadas no segmento de construção, decoração e engenharia, da qual fabrica portas especiais e também importa ferragens de altíssima

Leia mais

STATUS CHECK. Visão Geral do Produto

STATUS CHECK. Visão Geral do Produto STATUS CHECK Visão Geral do Produto Soluções em Monitoramento da Condição Sistema StatusCheck 2.4GHz 2 Visão Geral do Sistema StatusCheck : O Status Check monitora os parâmetros de vibração e temperatura

Leia mais

Sensores. Sensor. Passivos: Chave Potenciômetro Energia Auxiliar. Ativos: Célula Fotoelétrica Cristal Piezoelétrico. Digitais: Encoder Régua Óptica

Sensores. Sensor. Passivos: Chave Potenciômetro Energia Auxiliar. Ativos: Célula Fotoelétrica Cristal Piezoelétrico. Digitais: Encoder Régua Óptica Sensores Passivos: Chave Potenciômetro Energia Auxiliar Ativos: Célula Fotoelétrica Cristal Piezoelétrico Entrada Sensor Saída Analógicos: Potenciômetro Resolver Digitais: Encoder Régua Óptica Prof. Silas

Leia mais

ENCODERS. Fig 1 - Princípio de funcionamento de um encoder rotativo.

ENCODERS. Fig 1 - Princípio de funcionamento de um encoder rotativo. ENCODERS Este é sem dúvida nenhuma um dos equipamentos mais usados em Automação Industrial e Mecatrônica, pois com ele conseguimos converter movimentos angulares e lineares em informações úteis à nossa

Leia mais

ESTUDO SOBRE CONTROLE DE MOTORES DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS

ESTUDO SOBRE CONTROLE DE MOTORES DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS ESTUDO SOBRE CONTROLE DE MOTORES DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS Autores : Marina PADILHA, Tiago DEQUIGIOVANI. Identificação autores: Engenharia de Controle e Automação - Bolsista Interno; Orientador IFC - Campus

Leia mais

Geradores de corrente alternada

Geradores de corrente alternada Geradores de corrente alternada Introdução: A função do gerador elétrico é bastante conhecida, converter energia mecânica em energia elétrica podendo esta ser alternada ou contínua. Um gerador de corrente

Leia mais

MOTORES ELÉTRICOS. Aula 1. Técnico em Eletromecânica - Julho de 2009. Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1

MOTORES ELÉTRICOS. Aula 1. Técnico em Eletromecânica - Julho de 2009. Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1 MOTORES ELÉTRICOS Aula 1 Técnico em Eletromecânica - Julho de 2009 Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1 CONTEÚDO INTRODUÇÃO; 1.1 TIPOS DE MOTORES; 1.2 FATORES DE SELEÇÃO; 1.3 MOTORES DE INDUÇÃO; 1.4 MOTORES

Leia mais

Produtos e Serviços para Manutenção de Rolamentos

Produtos e Serviços para Manutenção de Rolamentos Produtos e Serviços para Manutenção de Rolamentos Produtos e Serviços para Manutenção de Rolamentos Principais Causas de Paradas de Máquinas Outros 8% Especificação do Rolamento Incorreta Desbalanceamento

Leia mais

Motores de Indução ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA

Motores de Indução ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA Motores CA Os motores CA são classificados em: -> Motores Síncronos; -> Motores Assíncronos (Motor de Indução) O motor de indução é o motor CA mais usado, por causa de sua

Leia mais

Goulds 3640. API-610 10ª edição/iso 13709 API BB2 de dois estágios dividida radialmente entre rolamentos

Goulds 3640. API-610 10ª edição/iso 13709 API BB2 de dois estágios dividida radialmente entre rolamentos API-610 10ª edição/iso 13709 API BB2 de dois estágios dividida radialmente entre rolamentos Goulds Pumps Uma empresa líder em soluções de pacotes de bombas projetadas segundo normas do API Liderança comprovada

Leia mais

Segunda vida. Primeira escolha. Novas

Segunda vida. Primeira escolha. Novas Novas Segunda vida. Primeira escolha. Recondicionamento de turbos Uma virada rumo a um negócio sustentável Através do aumento de qualidade e lucratividade na remanufatura de turbos RT 1061-1 br Remanufatura

Leia mais

MBA em Engenharia e Gestão de Manufatura e Manutenção. Práticas e Procedimentos Básicos de Manutenção Prof. Sérgio Augusto Lucke

MBA em Engenharia e Gestão de Manufatura e Manutenção. Práticas e Procedimentos Básicos de Manutenção Prof. Sérgio Augusto Lucke MBA em Engenharia e Gestão de Manufatura e Manutenção Práticas e Procedimentos Básicos de Manutenção 1 Práticas e Procedimentos Básicos de Manutenção Ementa 1. Manutenção Corretiva: características básicas,

Leia mais

Capítulo III. Faltas à terra no rotor e proteções de retaguarda. Proteção de geradores. Faltas à terra no rotor. Tipos de sistemas de excitação

Capítulo III. Faltas à terra no rotor e proteções de retaguarda. Proteção de geradores. Faltas à terra no rotor. Tipos de sistemas de excitação 24 Capítulo III Faltas à terra no rotor e proteções de retaguarda Por Geraldo Rocha e Paulo Lima* Faltas à terra no rotor A função primária do sistema de excitação de um gerador síncrono é regular a tensão

Leia mais

Atendimento ao cliente e suporte

Atendimento ao cliente e suporte Atendimento ao cliente e suporte Atendimento ao cliente e suporte Intelligrated A Intelligrated oferece uma ampla variedade de serviços e suporte para o ciclo de vida útil de cada sistema, incluindo: Suporte

Leia mais

Controle de Movimento com CIs Encoders. Como Aprimorar Aplicações de Controle de Movimento Utilizando CIs Encoders

Controle de Movimento com CIs Encoders. Como Aprimorar Aplicações de Controle de Movimento Utilizando CIs Encoders Como Aprimorar Aplicações de Controle de Movimento Utilizando CIs Encoders Tradução: ic-br Microelectronics www.ic-br.com 30 de Março de 2012 Sistemas com controle de movimento podem ser projetados utilizando

Leia mais

como fazer a manutenção do seu sistema de esteiras transportadoras como um profissional

como fazer a manutenção do seu sistema de esteiras transportadoras como um profissional Caminhe, olhe e escute como fazer a manutenção do seu sistema de esteiras transportadoras como um profissional automação 1 Caminhe, que olhe traz e resultados escute Caminhe, olhe e escute: como fazer

Leia mais

Controlo de Condição de Motores Eléctricos de Indução Trifásicos. Controlo de Condição de Motores Eléctricos de Indução Trifásicos

Controlo de Condição de Motores Eléctricos de Indução Trifásicos. Controlo de Condição de Motores Eléctricos de Indução Trifásicos Por: António Afonso Roque Data: 30 de Abril de 2010 Slide 1 (Análise de Vibrações versus Análise de Corrente Eléctrica) N 4 5 3 1 2 6 5 4 S DatAnálise AntónioA.Roque*,J.M. F.Calado** ejosém. Ruiz*** *DatAnálise,

Leia mais

Capítulo VII. Sistema de manutenção planejada e em motores elétricos. Manutenção elétrica industrial. Características. Conceitos. Organização do SMP

Capítulo VII. Sistema de manutenção planejada e em motores elétricos. Manutenção elétrica industrial. Características. Conceitos. Organização do SMP 50 Capítulo VII Sistema de manutenção planejada e em motores elétricos Por Igor Mateus de Araújo e João Maria Câmara* O Sistema de Manutenção Planejada (SMP) é formado por instruções, listas e detalhamento

Leia mais

TPM -Total Productive Maintenance. (Gestão da Manutenção)

TPM -Total Productive Maintenance. (Gestão da Manutenção) TPM -Total Productive Maintenance (Gestão da Manutenção) 1 MANUTENÇÃO À MODA ANTIGA Nada de prevenção! Só se conserta quando quebrar e parar de funcionar. Use até acabar... Manutenção não tem nada em comum

Leia mais

Manutenção Preditiva

Manutenção Preditiva Manutenção Preditiva MANUTENÇÃO PREDITIVA: BENEFÍCIOS E LUCRATIVIDADE. INTRODUÇÃO : A manutenção preditiva nã o substitui totalmente os métodos mais tradicionais de gerência de manutenção. Entretanto,

Leia mais

Fundamentos de Automação. Controladores

Fundamentos de Automação. Controladores Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Controladores

Leia mais

MANUTENÇÃO PREDITIVA : BENEFÍCIOS E LUCRATIVIDADE.

MANUTENÇÃO PREDITIVA : BENEFÍCIOS E LUCRATIVIDADE. 1 MANUTENÇÃO PREDITIVA : BENEFÍCIOS E LUCRATIVIDADE. Márcio Tadeu de Almeida. D.Eng. Professor da Escola Federal de Engenharia de Itajubá. Consultor em Monitoramento de Máquinas pela MTA. Itajubá - MG

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM NOVAS TECNOLOGIAS: Um desafio constante. (A Mecatrônica como exemplo do estado da arte)

CAPACITAÇÃO EM NOVAS TECNOLOGIAS: Um desafio constante. (A Mecatrônica como exemplo do estado da arte) CAPACITAÇÃO EM NOVAS TECNOLOGIAS: Um desafio constante. (A Mecatrônica como exemplo do estado da arte) SESTINFO-2008 São Bernardo do Campo/março/2008 Áreas da Tecnologia que estão definindo nosso Futuro

Leia mais

MANUAL. - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio.

MANUAL. - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio. Easy Servo Driver MANUAL Atenção: - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio. Sumário 1. LEGENDA DE PART-NUMBER...

Leia mais

Escola de Educação Profissional SENAI Visconde de Mauá

Escola de Educação Profissional SENAI Visconde de Mauá Escola de Educação Profissional SENAI Visconde de Mauá Automação Industrial Porto Alegre, Maio de 2014 Revisão: A Prof Vander Campos Conhecer os princípios básicos do inversor de frequência; Saber interpretar

Leia mais

GERENCIAMENTO DE ATIVOS. Como usar as informações das Redes Profibus e Profinet para Diagnósticos e Manutenção de Equipamentos de Automação

GERENCIAMENTO DE ATIVOS. Como usar as informações das Redes Profibus e Profinet para Diagnósticos e Manutenção de Equipamentos de Automação GERENCIAMENTO DE ATIVOS Como usar as informações das Redes Profibus e Profinet para Diagnósticos e Manutenção de Equipamentos de Automação DIRETRIZ SUA AUTOMAÇÃO TEM INTELIGÊNCIA? SEU SISTEMA ENTREGA INFORMAÇÃO?

Leia mais

APLICAÇÃO DE MOTORES TRIFÁSICOS EM EQUIPAMENTOS TRACIONÁRIOS MOVIDOS À BATERIA. Resumo

APLICAÇÃO DE MOTORES TRIFÁSICOS EM EQUIPAMENTOS TRACIONÁRIOS MOVIDOS À BATERIA. Resumo 27 a 29 de Novembro de 2013 - Joinville SC APLICAÇÃO DE MOTORES TRIFÁSICOS EM EQUIPAMENTOS TRACIONÁRIOS MOVIDOS À BATERIA 1 Autor: Edson Bertholdi - Senai SC, Joinville Norte 1 Resumo Este artigo tem o

Leia mais

Instruções de Instalação

Instruções de Instalação Instruções de Instalação Série ST ST/QBM, ST/MRA, ST Experience In Motion 1 Verificação do Equipamento 1.1 Seguir as normas de segurança da planta antes da desmontagem do equipamento: Consulte a Ficha

Leia mais

Alternadores e Circuitos Polifásicos ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA

Alternadores e Circuitos Polifásicos ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA Alternadores e Circuitos Polifásicos ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA Alternadores Um gerador é qualquer máquina que transforma energia mecânica em elétrica por meio da indução magnética. Um gerador de corrente

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Câmpus Ponta Grossa Coordenação do Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Câmpus Ponta Grossa Coordenação do Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Ponta Grossa Coordenação do Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial Jhonathan Junio de Souza Motores de Passo Trabalho apresentado à disciplina

Leia mais

Encoder Magnético. Contexto Social e Profissional da Engenharia Mecatrônica. Grupo 8: Danilo Zacarias Júnior. Leonardo Maciel Santos Silva

Encoder Magnético. Contexto Social e Profissional da Engenharia Mecatrônica. Grupo 8: Danilo Zacarias Júnior. Leonardo Maciel Santos Silva Encoder Magnético Contexto Social e Profissional da Engenharia Mecatrônica Grupo 8: Danilo Zacarias Júnior Leonardo Maciel Santos Silva Yuri Faria Amorim Índice Resumo... 03 1. Introdução... 04 2. Desenvolvimento...

Leia mais

Soluções Integradas de Serviços para Turbomáquinas no Mercado Sucroalcooleiro

Soluções Integradas de Serviços para Turbomáquinas no Mercado Sucroalcooleiro Usina de Inovações Brasil Novembro 2008 Energy Service Division ( E S SO) Soluções Integradas de Serviços para Turbomáquinas no Mercado Sucroalcooleiro Soluções em Manutenção Preventiva e Corretiva de

Leia mais

GX - USB MANUAL DO USARIO V1.1

GX - USB MANUAL DO USARIO V1.1 GX - USB MANUAL DO USARIO V1.1 NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2012 - Todos os direitos Reservados IMPORTANTE Máquinas de controle numérico são potencialmente perigosas. A Nevex Tecnologia Ltda. não se

Leia mais

Cuidados e Precausões

Cuidados e Precausões 1 P/N: AK-PRONET04AMA SERVO DRIVER AKIYAMA ESTUN Servoacionamento Serie Cuidados e Precausões Recomendamos a completa leitura desde manual antes da colocação em funcionamento dos equipamentos. 2 SUMÁRIO

Leia mais

CAPÍTULO 2 - TIPOS DE MÁQUINAS ASSÍNCRONAS TRIFÁSICAS

CAPÍTULO 2 - TIPOS DE MÁQUINAS ASSÍNCRONAS TRIFÁSICAS CAPÍTULO 2 - TIPOS DE MÁQUINAS ASSÍNCRONAS TRIFÁSICAS 2.1 INTRODUÇÃO O objetivo do presente trabalho é estudar o funcionamento em regime permanente e em regime dinâmico da Máquina Assíncrona Trifásica

Leia mais

ELETRÔNICA. Alexandre Capelli

ELETRÔNICA. Alexandre Capelli Alexandre Capelli Há dois anos, aproximadamente, publicamos na Revista Saber Eletrônica uma série (composta por três artigos) sobre inversores de freqüência. Na época, as Revistas Mecatrônica Fácil e Mecatrônica

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções 1,5 CV - TRIFÁSICO Moto Esmeril de Coluna

bambozzi Manual de Instruções 1,5 CV - TRIFÁSICO Moto Esmeril de Coluna A SSISTÊNCIAS T ÊCNICASAUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33844968 / 33842409 bambozzi Moto Esmeril de Coluna Manual de Instruções BAMBOZZI TALHAS E MOTO ESMERIL

Leia mais

Aerogeradores. EO01 Mini turbina eólica 300w 12V + controlador

Aerogeradores. EO01 Mini turbina eólica 300w 12V + controlador Aerogeradores Sistemas de energia inteligente www.seienergias.com EO01 Mini turbina eólica 300w 12V + controlador A mini turbina eólica é silenciosa, mais eficiente e foi desenvolvida para ser capaz de

Leia mais

V6 Características. A função de compensação de escorregamento permite uma operação estável mesmo com flutação de carga.

V6 Características. A função de compensação de escorregamento permite uma operação estável mesmo com flutação de carga. IBD# D-F-2-H-KSN-BR V6 Características Alta Performance [Alto torque de partida com 150% ou mais] Com um sistema simplificado de controle vetorial e função de controle de torque automático oferece uma

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Comissão Permanente de Concurso Público CONCURSO PÚBLICO 23 / MAIO / 2010

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Comissão Permanente de Concurso Público CONCURSO PÚBLICO 23 / MAIO / 2010 Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Comissão Permanente de Concurso Público PR CONCURSO PÚBLICO 23 / MAIO / 2010 ÁREA / SUBÁREA: ELETROTÉCNICA GABARITO MÁQUINAS ELÉTRICAS

Leia mais

TECONOLOGIAS EMPREGADAS NO ACIONAMENTO DE ROBÔS MANIPULADORES

TECONOLOGIAS EMPREGADAS NO ACIONAMENTO DE ROBÔS MANIPULADORES TECONOLOGIAS EMPREGADAS NO ACIONAMENTO DE ROBÔS MANIPULADORES 1) MOTORES Motores de passo e servo-motores (com ou sem escovas) têm cada um suas respectivas vantagens e desvantagens. Em geral não existe

Leia mais

AUTOMAÇÃO DE CÚPULA DE OBSERVATÓRIO ASTRONÔMICO

AUTOMAÇÃO DE CÚPULA DE OBSERVATÓRIO ASTRONÔMICO AUTOMAÇÃO DE CÚPULA DE OBSERVATÓRIO ASTRONÔMICO Marcella Scoczynski Ribeiro (UTFPR/UEPG) marcella_engcomp@yahoo.com.br Matheus Safraid (UEPG) msafraid@hotmail.com Resumo Este trabalho apresenta os benefícios

Leia mais

Autores: Mauro Lucio Martins Eduardo Sarto

Autores: Mauro Lucio Martins Eduardo Sarto Aplicação da Preditiva on-line Como Ferramenta para o Aumento da Disponibilidade e Confiabilidade dos Equipamentos Rotativos em uma Empresado Ramo Petrolífero Autores: Mauro Lucio Martins Eduardo Sarto

Leia mais

Motores de tração em corrente alternada: Estudo do desempenho na CPTM. Introdução

Motores de tração em corrente alternada: Estudo do desempenho na CPTM. Introdução Motores de tração em corrente alternada: Estudo do desempenho na CPTM Introdução Os motores de tração são os equipamentos responsáveis pela propulsão dos trens. Sua falha implica na diminuição do desempenho

Leia mais

Quem somos. Nosso principal objetivo é prestar serviços com rapidez, qualidade e com a melhor relação custo-benefício.

Quem somos. Nosso principal objetivo é prestar serviços com rapidez, qualidade e com a melhor relação custo-benefício. São Paulo, Março 2012 Quem somos A CTR Systems é uma empresa dedicada à manutenção e comércio de equipamentos de automação. Temos uma equipe treinada para realizar a manutenção corretiva e preventiva com

Leia mais

G u i a R á p i d o d e I n s t a l a ç ã o

G u i a R á p i d o d e I n s t a l a ç ã o C r o C r s o s o s v o v e e r r E l e t r ô n i c i c o o 2 2 V i V a s i a s G u i a R á p i d o d e I n s t a l a ç ã o Se desejar um rápido esclarecimento sobre a instalação do crossover eletrônico

Leia mais

SISTEMA DE APONTAMENTO

SISTEMA DE APONTAMENTO Introdução SISTEMA DE APONTAMENTO Alunos: Lucas Castro Faria Carolina do Amaral Galhardo Orientador: Hans Ingo Weber Foi feito um estudo para aquisição de dados através da placa NI USB-6229, usando o programa

Leia mais

Geradores CC Parte 2 Adrielle C. Santana

Geradores CC Parte 2 Adrielle C. Santana Geradores CC Parte 2 Adrielle C. Santana Aplicações dos Geradores CC Atualmente com o uso de inversores de frequência e transformadores, tornou-se fácil a manipulação da Corrente Alternada. Como os geradores

Leia mais

1º WORKSHOP SOBRE VEÍCULO ELÉTRICO HÍBRIDO NO BRASIL

1º WORKSHOP SOBRE VEÍCULO ELÉTRICO HÍBRIDO NO BRASIL 1º WORKSHOP SOBRE VEÍCULO ELÉTRICO HÍBRIDO NO BRASIL 15 de Abril de 2003 São Paulo, SP Organizado pelo INEE VEÍCULO ELÉTRICO HÍBRIDO (VEH) O Veículo Elétrico Híbrido (VEH) usa duas ou mais fontes de potência.

Leia mais

Controle de Conversores Estáticos Controladores baseados no princípio do modelo interno. Prof. Cassiano Rech cassiano@ieee.org

Controle de Conversores Estáticos Controladores baseados no princípio do modelo interno. Prof. Cassiano Rech cassiano@ieee.org Controle de Conversores Estáticos Controladores baseados no princípio do modelo interno cassiano@ieee.org 1 Objetivos da aula Projeto de um controlador PID para o controle da tensão de saída de um inversor

Leia mais

Controle do motor de indução

Controle do motor de indução CONTROLE Fundação Universidade DO MOTOR DE Federal de Mato Grosso do Sul 1 Acionamentos Eletrônicos de Motores Controle do motor de indução Prof. Márcio Kimpara Prof. João Onofre. P. Pinto FAENG Faculdade

Leia mais

Monitoramento de Escavadeiras. Zero paradas não programadas através do monitoramento on-line de condição

Monitoramento de Escavadeiras. Zero paradas não programadas através do monitoramento on-line de condição Monitoramento de Escavadeiras Zero paradas não programadas através do monitoramento on-line de condição Uma parada não programada pode ser cara e perigosa A mina é um ambiente potencialmente perigoso.

Leia mais

Versão Portuguesa. Introdução. Conteúdo da embalagem. Especificações. PU052 Sweex 2 Port USB 2.0 & 2 Port FireWire PC Card

Versão Portuguesa. Introdução. Conteúdo da embalagem. Especificações. PU052 Sweex 2 Port USB 2.0 & 2 Port FireWire PC Card PU052 Sweex 2 Port USB 2.0 & 2 Port FireWire PC Card Introdução Gostaríamos de agradecer o facto de ter adquirido a Sweex 2 Port USB 2.0 & 2 Port FireWire PC Card. Com esta placa poderá facilmente acrescentar

Leia mais

1 Introdução. 1.1 Preliminares

1 Introdução. 1.1 Preliminares Desenvolvimento de um Sistema Aberto para Ensino de Robôs Manipuladores 15 1 Introdução 1.1 Preliminares O robô manipulador é um equipamento que se destaca por dois motivos: primeiro por suas características

Leia mais

Fonte de alimentação AT, ATX e ATX12V

Fonte de alimentação AT, ATX e ATX12V Fonte de alimentação AT, ATX e ATX12V Introdução As fontes de alimentação são as responsáveis por distribuir energia elétrica a todos os componentes do computador. Por isso, uma fonte de qualidade é essencial

Leia mais

Seleção de motores em miniatura para os seus dispositivos médicos Avanços recentes aumentam a portabilidade, eficiência e confiabilidade

Seleção de motores em miniatura para os seus dispositivos médicos Avanços recentes aumentam a portabilidade, eficiência e confiabilidade thinkmotion Seleção de motores em miniatura para os seus dispositivos médicos Avanços recentes aumentam a portabilidade, eficiência e confiabilidade A criação de bombas de infusão pequenas e portáteis

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA AUTOTUNING NOS INVERSORES SÉRIE

PROCEDIMENTO PARA AUTOTUNING NOS INVERSORES SÉRIE PROCEDIMENTO PARA AUTOTUNING NOS INVERSORES SÉRIE 700 No. DAP-INV-04 rev. 0 Revisões Data da Nome do Arquivo Revisão Revisão Nov/2013 DAP-INV-04_AUTOTUNING Primeira edição 1. OBJETIVO O objetivo deste

Leia mais

Nota Técnica 003/2010

Nota Técnica 003/2010 Nota Técnica 003/2010 Produto: Crowbar Aplicação: Acionamento da resistência de descarga em motores síncronos Serão discutidos os tópicos a seguir: 1) Conceito de Motores Síncronos 2) Determinação da Resistência

Leia mais

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA. Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica. Prof.

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA. Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica. Prof. DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica Prof.: Hélio Henrique INTRODUÇÃO IFRN - Campus Mossoró 2 MOTORES TRIFÁSICOS CA Os motores

Leia mais

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Dr. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br INTRODUÇÃO: Nem sempre as unidades geradoras

Leia mais

MOTORES DE INDUÇÃO MONOFÁSICOS CAPÍTULO 05

MOTORES DE INDUÇÃO MONOFÁSICOS CAPÍTULO 05 MOTORES DE INDUÇÃO MONOFÁSICOS CAPÍTULO 05 2 5.1 Introdução Os motores elétricos pertencem a dois grandes grupos: os de corrente contínua e os de corrente alternada. Os motores de indução se enquadram

Leia mais