Exemplo de aplicação do Zelio para medição de temperatura através de sonda PT100 e Módulo de expansão SR3XT43BD

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Exemplo de aplicação do Zelio para medição de temperatura através de sonda PT100 e Módulo de expansão SR3XT43BD"

Transcrição

1 Exemplo de aplicação do Zelio para medição de temperatura através de sonda PT100 e Módulo de expansão SR3XT43BD Guia rápido de configuração da aplicação e do módulo de expansão SR3XT43BD utilizando a ferramenta Zelio soft 2. Conteúdo: A) Configuração dos módulos; B) Configuração da aplicação; C) Esquema de ligação da sonda PT100. Elaborado por: Flavio Mesquita Carneiro Revisão: 1 Data: 18/04/08

2 A) Configuração dos módulos; É preciso indicar para o software qual o módulo e opcional que será empregado conforme mostrado nas figuras abaixo. Fig. 1: Janela do software onde é selecionado o módulo principal

3 Fig. 2: Janela do software onde são selecionados os módulos opcionais (extensões) Obs: A utilização do módulo SR3XT43BD, só pode ser associada a módulos Zelio 24VCC e que permitam tal expansão.

4 Na janela de configuração do programa, é necessário configurar a característica do dispositivo que será conectado nas entradas do módulo de expansão SR3XT43BD, conforme mostrado na figura a seguir. Fig. 3: Janela onde é selecionado o tipo de entrada que será utilizada.

5 B) Configuração da aplicação. Para este exemplo, foi elaborada uma aplicação onde o valor medido pela sonda PT100 é exibido no display em ºC (graus Celsius). Fig. 4: Diagrama da aplicação em FBD Obs: Para o funcionamento adequado do módulo de expansão SR3XT43BD, a aplicação deve ser desenvolvida utilizando a lógica de programação FDB, impreterivelmente. Na exibição do valor em ºC (graus Celsius) foi estabelecida uma relação de valores, para que o valor obtido através da sonda PT100 fosse exibido no display conforme desejado.

6 O valor lido pela entrada IJ (utilizada para conexão do PT100) é inserido em um bloco Multiplicador-Divisor (B26) associado a mais duas constantes de valores 10 (B27) e 1 (B28) Fig. 5: Bloco Multiplicador-Divisor, bloco de constante e de ganho. Os valores obtidos na saída do bloco Multiplicador- Divisor (B26) são inseridos em um bloco de ganho (B21), os valores para o calculo do ganho são predefinidos conforme o gráfico a seguir.

7 1023 Conversão numérica 0-25 ºC Faixa de temperatura 125 ºC ºC Fig. 6: Gráfico da conversão de valores do bloco ganho (B21) Com base nos dados fornecidos pelo gráfico, é possível estabelecer os valores que devem ser inseridos dentro do bloco ganho. Fig. 7: Janela onde são inseridos os valores do bloco ganho (B21)

8 Onde: Num. de ganho (A) = Numero de pontos totais da faixa de temperatura; Denom. de ganho (B)= Valor máximo que pode ser obtido na conversão numérica; Offset (C)= Valor mínimo de temperatura. Os demais valores deste bloco são valores fixos. Obs: O valor de Offset (C) foi multiplicado por 10 para que o valor seja exibido com maior precisão. Os valores obtidos na saída do bloco ganho (B21) são exibidos no display (B23), porém este foi configurado para a exibição adequada do valor medido conforme figura abaixo. Fig. 8: Janela onde são definidos os parâmetros do display (B23)

9 Onde: Linha/Coluna = Posição onde o valor será exibido no display; Modo de visualização = Formato da visualização do valor a ser exibido. Os demais valores deste bloco são fixos. Assim, na fig. 9 temos um exemplo da exibição do valor medido pela sonda PT100 no display. Fig. 9: Janela de monitoramento do display através do software.

10 C) Esquema de ligação da sonda PT100. A ligação da sonda PT100 deve obedecer ao padrão do manual que é fornecido com o módulo de expansão SR3XT43BD e que também é exibido na figura abaixo. Fig. 10: Esquema de ligação da sonda PT100

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03 1 Introdução: Os indicadores possuem uma entrada analógica configurável por software, que permite a conexão de diverstos tipos de sensores de temperatura e outras grandezas elétricas sem a necessidade

Leia mais

ATV71 COMBO EXPERT DX LEGENDA VW3A8306D30. Modbus. Elaborado por: Flavio Mesquita Carneiro Revisão: 2 Data:12/02/09

ATV71 COMBO EXPERT DX LEGENDA VW3A8306D30. Modbus. Elaborado por: Flavio Mesquita Carneiro Revisão: 2 Data:12/02/09 Comunicação MPC4004 e ATV71/61 Este exemplo pode ser utilizado nos seguintes equipamentos: PLC: MPC4004 (exceto MPC4004.xx BF) EXPERT Código do Expert 1752P12 1752P22 1752P32 1752P42 1752B51 1752B56 1752B61

Leia mais

HXM 500. Módulo de Expansão Híbrido para as famílias ZAP900/ZAP91X. Apresentação. Diagrama esquemático. Dados Técnicos

HXM 500. Módulo de Expansão Híbrido para as famílias ZAP900/ZAP91X. Apresentação. Diagrama esquemático. Dados Técnicos Módulo de Expansão Híbrido para as famílias ZAP900/ZAP91X Apresentação O módulo HXM500 é uma placa de expansão híbrida desenvolvida para as famílias de controladores ZAP900 e ZAP91X. Disponibiliza 17 pontos

Leia mais

CONTROLADOR DE RODIZIO NANO V 3.0

CONTROLADOR DE RODIZIO NANO V 3.0 CONTROLADOR DE RODIZIO NANO V 3.0 Hardware: CPN1D1A2 CONTROLADOR PROGRAMAVEL C-PRO NANO 12V LED Acessórios: 0065300060 CABO/FIOS C/CONECTOR FEMEA MINIFIT 16 POLOS 1M CPN 0750000131 CONECTOR FEMEA 12 VIAS

Leia mais

Solução para continuidade de serviço em toda e qualquer situação

Solução para continuidade de serviço em toda e qualquer situação Catálogo Técnico Solução para continuidade de serviço em toda e qualquer situação Monitor de isolação 203-02/2006-0 Tudo sob controle Em aplicações, onde a falta de tensão pode causar graves conseqüências

Leia mais

Biblioteca de aplicações

Biblioteca de aplicações Biblioteca de aplicações Observação: as descrições que se seguem mostram as ligações que permitem aceder à aplicação correspondente. Se o software Zelio Soft 2 estiver instalado, clique uma vez na ligação

Leia mais

DK105 GROVE. Temperatura Termistor. Radiuino

DK105 GROVE. Temperatura Termistor. Radiuino DK105 GROVE Temperatura Termistor Radiuino O presente projeto visa mostrar uma básica aplicação com o Kit DK 105 Grove. Utilizamos um sensor de temperatura Grove juntamente ao nó sensor para medir a temperatura

Leia mais

Máx Unid Padrão. Mín 1 / 0.1 0/0 0/0 0/0 0/0 100 / 6.9 100 / 6.9 100 / 6.9 999 150.0 / 302 5.0/9 2 -50.0 / -58 0.1/1 1 / 0.

Máx Unid Padrão. Mín 1 / 0.1 0/0 0/0 0/0 0/0 100 / 6.9 100 / 6.9 100 / 6.9 999 150.0 / 302 5.0/9 2 -50.0 / -58 0.1/1 1 / 0. PCT6 plus CONTROLADOR DIGITAL DE PRESSÃO PARA CENTRAIS DE REFRIGERAÇÃO Ver. PCT6VT74. DESCRIÇÃO O PCT6 plus é um controlador de pressão para ser utilizado em centrais de refrigeração que necessitem de

Leia mais

PowerSpy Sistema de Monitoramento de Painéis de Distribuição

PowerSpy Sistema de Monitoramento de Painéis de Distribuição PowerSpy Sistema de Monitoramento de Painéis de Distribuição Uma solução completa para a medição e monitoramento de um vasto conjunto de grandezas elétricas, com indicações de valores individuais para

Leia mais

Nota de Aplicação. Exemplo de comunicação Modbus entre o M218 e Multimedidor DM6200 utilizando a função IOScanner. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1.

Nota de Aplicação. Exemplo de comunicação Modbus entre o M218 e Multimedidor DM6200 utilizando a função IOScanner. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1. Nota de Aplicação Exemplo de comunicação Modbus entre o M218 e Multimedidor DM6200 utilizando a função IOScanner Versão: 1.0 Suporte Técnico Brasil Especificações técnicas Hardware: Firmware: TM218 LDAE24DRHN

Leia mais

Termômetro Digital pt100 ITTM-917

Termômetro Digital pt100 ITTM-917 Termômetro Digital pt100 ITTM-917 CONTEÚDO 1. FUNÇÕES... 1 2. ESPECIFICAÇÕES... 1 2-1 Especificações Gerais...1 2-2 Especificações Elétricas... 2 3. DESCRIÇÃO DO PAINEL FRONTAL... 3 3-1 Display...3 3-2

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO DATA LOGGER TD-2800 / HD-2900 / HT-3000

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO DATA LOGGER TD-2800 / HD-2900 / HT-3000 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO DATA LOGGER TD-2800 / HD-2900 / HT-3000 Leia cuidadosamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do aparelho ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...1 2. REGRAS DE SEGURANÇA...1

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO S501 CONNECT Versão 1.0.1 / Revisão 1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO CONTEMP IND. COM. E SERVIÇOS LTDA. Al. Araguaia, 204 - CEP 09560-580 S. Caetano do Sul - SP - Brasil Fone:

Leia mais

ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 DESEMBALAGEM... 3 ESPECIFICAÇÕES... 4 CONEXÕES... 5

ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 DESEMBALAGEM... 3 ESPECIFICAÇÕES... 4 CONEXÕES... 5 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 DESEMBALAGEM... 3 ESPECIFICAÇÕES... 4 CONEXÕES... 5 OPERAÇÃO... 7 LIGANDO O MEDIDOR... 8 REALIZANDO AS PRIMEIRAS MEDIDAS... 8 FUNÇÕES ESPECIAIS... 8 CONFIGURAÇÃO... 10 CICLO DE

Leia mais

CONTROLE REMOTO COM FIO REC 08

CONTROLE REMOTO COM FIO REC 08 CONTROLE REMOTO COM FIO REC 08 Simples e intuitivo; Permite a gestão completa da caldeira Parâmetros para ajuste da caldeira (incluindo a definição de serviço); Exibição do modo de funcionamento; Cronotermostato

Leia mais

Leandro N.Alem 1351/53 -(1871)- Dock Sud Buenos Aires - Argentina T.E.:4201-5316 / 4222-9821 FAX:4222-9821 Web:www.ingecozs.com MANUAL DE OPERAÇÃO

Leandro N.Alem 1351/53 -(1871)- Dock Sud Buenos Aires - Argentina T.E.:4201-5316 / 4222-9821 FAX:4222-9821 Web:www.ingecozs.com MANUAL DE OPERAÇÃO Leandro N.Alem 1351/53 -(1871)- Dock Sud Buenos Aires - Argentina T.E.:4201-5316 / 4222-9821 FAX:4222-9821 Web:www.ingecozs.com MANUAL DE OPERAÇÃO ÍNDICE Especificações... 3 INSTALAÇÃO... 3 Operação...

Leia mais

Algoritmos: Lógica para desenvolvimento de programação de computadores. Autor: José Augusto Manzano. Capítulo 1 Abordagem Contextual

Algoritmos: Lógica para desenvolvimento de programação de computadores. Autor: José Augusto Manzano. Capítulo 1 Abordagem Contextual Algoritmos: Lógica para desenvolvimento de programação de computadores Autor: José Augusto Manzano Capítulo 1 Abordagem Contextual 1.1. Definições Básicas Raciocínio lógico depende de vários fatores para

Leia mais

Novo LOGO! Ainda mais genial!

Novo LOGO! Ainda mais genial! Novo LOGO! Ainda mais genial! Mais eficiente, mais flexível, mais Ethernet. Micro Automação www.siemens.com.br/logo! 1 O Prefácio que é LOGO! Subtítulo Estimado cliente, Este documento tem como objetivo

Leia mais

Guia do Usuário. Higrotermômetro e Registrador de Dados. Modelo 42280

Guia do Usuário. Higrotermômetro e Registrador de Dados. Modelo 42280 Guia do Usuário Higrotermômetro e Registrador de Dados Modelo 42280 Introdução Parabéns pela sua compra do Registrador de dados de Temperatura e Umidade Relativa Extech 42280. O 42280 é um monitor da qualidade

Leia mais

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Turismo Pós-Graduação em Gestão de Negócios CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD EMENTA

Leia mais

REGISTRADOR SEM PAPEL

REGISTRADOR SEM PAPEL REGISTRADOR SEM PAPEL Registrador sem Papel Salvamento de dados no registrador por um longo período 4 anos no cartão de memória Compact Flash (em caso de uso de Compact Flash de 512 MB) Reprodução de dados

Leia mais

CLIMATIZAÇÃO. Relação de Entradas e Saídas

CLIMATIZAÇÃO. Relação de Entradas e Saídas CLIMATIZAÇÃO O exemplo apresentado aqui controla um sistema que envolve bombas, torres, chillers e fan-coils para climatização ambiente para conforto térmico. Pode-se montar controles para sistemas dos

Leia mais

Transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-LCD

Transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-LCD Transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-LCD TRANSMISSOR DE TEMPERATURA E UMIDADE MANUAL DE INSTRUÇÕES V1.0x B 1 INTRODUÇÃO Os transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-

Leia mais

PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO CARROS URBANOS E G7 MARCOPOLO

PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO CARROS URBANOS E G7 MARCOPOLO PAINEL ELETRÔNICO DE MENSAGENS MANUAL DE OPERAÇÃO E INSTALAÇÃO CARROS URBANOS E G7 MARCOPOLO INTRODUÇÃO INFORMAÇÃO GERAL 1 O Painel Eletrônico LOHR foi desenvolvido para ser instalado no interior de veículos

Leia mais

RUA ÁLVARO CHAVES, 155 PORTO ALEGRE RS BRASIL 90220-040

RUA ÁLVARO CHAVES, 155 PORTO ALEGRE RS BRASIL 90220-040 RUA ÁLVARO CHAVES, 155 PORTO ALEGRE RS BRASIL 90220-040 TEL: (51) 3323 3600 FAX: (51) 3323 3644 info@novus.com.br mypclab MANUAL DE INSTRUÇÕES INTRODUÇÃO O mypclab é um módulo de aquisição de variáveis

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Medidores

Produtos de Baixa Tensão. Medidores Produtos de Baixa Tensão Medidores Indicadores analógicos e digitais Indicadores analógicos Voltímetros e amperímetros ferro-móvel Amperímetros e voltímetros True RMS para conexão direta ou através de

Leia mais

Attack 1.35. Software de controle e Monitoração de amplificadores

Attack 1.35. Software de controle e Monitoração de amplificadores Attack 1.35 Software de controle e Monitoração de amplificadores 1 Índice 1 Hardware necessário:... 3 1.1 Requisitos do computador:... 3 1.2 Cabos e conectores:... 3 1.3 Adaptadores RS-232 USB:... 4 1.4

Leia mais

DAXXO RELÉ PARA CCM INTELIGENTE

DAXXO RELÉ PARA CCM INTELIGENTE DAXXO RELÉ PARA CCM INTELIGENTE Daxxo é um relé eletrônico para gerenciamento e proteção de motores em CCM s inteligentes que oferece um novo conceito em proteção e monitoramento de motores elétricos.

Leia mais

Micro Controladores Programáveis

Micro Controladores Programáveis Micro Controladores Programáveis Transformando energia em soluções Os Micro Controladores Programáveis linha Clic WEG, caracterizam-se pelo seu tamanho compacto, fácil programação e excelente custo-benefício.

Leia mais

Nota de Aplicação. Exemplo de comunicação Modbus entre o XBTGC2230 e Brio utilizando a função READ_VAR. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1.

Nota de Aplicação. Exemplo de comunicação Modbus entre o XBTGC2230 e Brio utilizando a função READ_VAR. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1. Nota de Aplicação Exemplo de comunicação Modbus entre o XBTGC2230 e Brio utilizando a função READ_VAR Versão: 1.0 Suporte Técnico Brasil Especificações técnicas Hardware: Firmware: XBTGC2230T 6.2.22.0

Leia mais

Acompanha 4 garras de corrente flexível para até 3.000A. NORMAS CE PT 61010-032 EN 61010-1 LVD Directiva 2006/95/CE EMC 2004/108/EC

Acompanha 4 garras de corrente flexível para até 3.000A. NORMAS CE PT 61010-032 EN 61010-1 LVD Directiva 2006/95/CE EMC 2004/108/EC Profissional analisador de qualidade de energia para as fase monofásica e trifásica geral O Analisador modelo78 é um analisador de rede profissional para medição e registro dos parâmetros elétricos da

Leia mais

OSCILOSCÓPIO DIGITAL MODELO: MVB DSO

OSCILOSCÓPIO DIGITAL MODELO: MVB DSO OSCILOSCÓPIO DIGITAL MODELO: CARACTERÍSTICAS Interface USB DE 50 ATÉ Display: LCD de 7 (400 x 240) colorido. Largura de Banda: Inicial de 50MHz podendo ser atualizada para 70MHz e. Contraste: Ajustável

Leia mais

GMT6-C. Monitor de Temperatura Digital. Manual de Instalação e Operação Revisão 03 de 29-10-2009 MGBR08231

GMT6-C. Monitor de Temperatura Digital. Manual de Instalação e Operação Revisão 03 de 29-10-2009 MGBR08231 GRAMEYER Equipamentos Eletrônicos Ltda / GRAMEYER Indústria Eletroeletrônica Ltda. R. Mal. Castelo Branco, 2477 Schroeder SC Brasil 89275-000 e-mail: seriados@grameyer.com.br - www.grameyer.com.br Fones:

Leia mais

CR20PW. Manual do Usuário

CR20PW. Manual do Usuário CR20PW Manual do Usuário R Índice Termostato eletrônico com saída controlada CR20PW... 3 Descrição Geral... 3 Características Técnicas... 3 Modo de Operação... 4 Programação... 4 Esquema de ligações...

Leia mais

Formação automática no Zelio logic

Formação automática no Zelio logic Formação automática no Zelio logic 1 Produtos Parabéns, escolheu um dos seguintes produtos Zelio 2: 2 Ambiente O Zelio Logic pode ser programado utilizando o software Zelio Soft ou através da opção Introdução

Leia mais

Especificações Técnicas e Funcionais

Especificações Técnicas e Funcionais Introdução Especificações Técnicas e Funcionais A presente Especificação, elaborada pela São Paulo Transporte S.A. SPTrans, tem como objetivo estabelecer os requisitos técnicos, operacionais e funcionais

Leia mais

Aula ao vivo pela Internet - Criação de supervisório em Visual C# via serial e USB

Aula ao vivo pela Internet - Criação de supervisório em Visual C# via serial e USB Aula ao vivo pela Internet - Descrição: - As aulas serão ministradas ao vivo pela Internet e apresentará a criação de sistemas supervisórios utilizando a linguagem de programação Visual C# 2010 - versão

Leia mais

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05 Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração Revisão 1 Mai2005 O é um sistema inteligente de Monitoramento, Aquisição de Dados e Supervisão Local para utilização com os softwares da linha Dynamic.

Leia mais

Easy Lab. Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14. www.dma.ind.br. DMA Electronics 1

Easy Lab. Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14. www.dma.ind.br. DMA Electronics 1 Easy Lab Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14 www.dma.ind.br DMA Electronics 1 A DMA ELECTRONICS projeta e fabrica sistemas para aquisição e registro de dados com conexão a um computador do tipo PC.

Leia mais

Zelio Logic & Zelio Alarm. Exemplo de configuração GSM/SMS

Zelio Logic & Zelio Alarm. Exemplo de configuração GSM/SMS Zelio Logic & Zelio Alarm Exemplo de configuração GSM/SMS Comunicação Zelio Logic I. Introdução Zelio Logic e ZelioCom II. Configurações de Hardware III. Configurações de Software IV. Zelio Alarm 2 Comunicação

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO S501 CONNECT Versão 1.0.0 / Revisão 0 MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO CONTEMP IND. COM. E SERVIÇOS LTDA. Al. Araguaia, 204 - CEP 09560-580 S. Caetano do Sul - SP - Brasil Fone:

Leia mais

REGISTRADOR SEM PAPEL

REGISTRADOR SEM PAPEL Registrador sem Papel REGISTRADOR SEM PAPEL Salvamento de dados no registrador por um longo período 3 anos no cartão Compact Flash (em caso de uso do cartão Compact Flash de 512 MB) Reprodução de dados

Leia mais

INDICADOR DIGITAL Modelo FE50iNG. Manual de Operação. MAN 015 Versão 1.2

INDICADOR DIGITAL Modelo FE50iNG. Manual de Operação. MAN 015 Versão 1.2 INDICADOR DIGITAL Modelo FE50iNG Manual de Operação MAN 015 Versão 1.2 Aconselhamos que as instruções deste manual sejam lidas cuidadosamente antes da operação do equipamento, possibilitando sua adequada

Leia mais

HI Tecnologia. Notas de Aplicação. Diferenças no módulo HXM500 para leitura de temperatura. ENA.00060 Versão 1.01 fevereiro-2011

HI Tecnologia. Notas de Aplicação. Diferenças no módulo HXM500 para leitura de temperatura. ENA.00060 Versão 1.01 fevereiro-2011 Notas de Aplicação Diferenças no módulo HM500 para leitura de temperatura HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00060 Versão 1.01 fevereiro-2011 Documento desenvolvido pela HI Tecnologia Página

Leia mais

Transmissor RHT-WM-485-LCD e Transmissor RHT-DM-485-LCD

Transmissor RHT-WM-485-LCD e Transmissor RHT-DM-485-LCD Transmissor RHT-WM-485-LCD e Transmissor RHT-DM-485-LCD TRANSMISSOR DE TEMPERATURA E UMIDADE - MANUAL DE INSTRUÇÕES V1.0x A 1 INTRODUÇÃO Os transmissores RHT-WM-485-LCD e RHT-DM-485-LCD incorporam sensores

Leia mais

SISTEMA DE TREINAMENTO EM CONTROLADOR LÓGICO PROGRAMÁVEL

SISTEMA DE TREINAMENTO EM CONTROLADOR LÓGICO PROGRAMÁVEL SISTEMA DE TREINAMENTO EM CONTROLADOR LÓGICO PROGRAMÁVEL MODELO: CARACTERÍSTICAS 32 Pontos de Entrada / 32 Pontos de Saída. 3 Módulos Básicos: Controlador de Entrada, Simulador de Saída, Contador & Simulador

Leia mais

PHH222. ph/mv MEDIDOR DE ph

PHH222. ph/mv MEDIDOR DE ph PHH222 ph/mv MEDIDOR DE ph SUMÁRIO 1. CARACTERÍSTICAS... 1 2. ESPECIFICAÇÕES... 2 3. DESCRIÇÃO DO PAINEL FRONTAL... 4 4. PROCEDIMENTO PARA CALIBRAÇÃO DO ph... 6 4-1 Nota sobre a calibração... 6 4-2 Equipamento

Leia mais

Permite a acumulação de valores, zeramento e auto calibração. Não perdem os valores acumulados por ocasião das quedas de energia.

Permite a acumulação de valores, zeramento e auto calibração. Não perdem os valores acumulados por ocasião das quedas de energia. Contador Digital de Eventos Série ZCE-S Descrição do Produto Equipamento microprocessado que permite conexão com dispositivos geradores de pulsos (encoders lineares ou rotativos, sensores ópticos, indutivos

Leia mais

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados Solução Completa em Automação FieldLogger Registro e Aquisição de Dados Ethernet & USB Até 16GB de memória Conversor A/D 24 bits Até 1000 amostras por segundo Apresentação FieldLogger O FieldLogger é um

Leia mais

RASTREAMENTO VEICULAR SEGURANÇA & LOGÍSTICA. Funcionalidade Gerenciamento Equipamentos Comunicação Benefícios

RASTREAMENTO VEICULAR SEGURANÇA & LOGÍSTICA. Funcionalidade Gerenciamento Equipamentos Comunicação Benefícios RASTREAMENTO VEICULAR SEGURANÇA & LOGÍSTICA Funcionalidade Gerenciamento Equipamentos Comunicação Benefícios Soluções ICS A ICS desenvolve soluções que utilizam hardware com tecnologia de ponta. Os softwares

Leia mais

A N U A L D E O P E R A Ç Ã O

A N U A L D E O P E R A Ç Ã O PRESSÃO LINHA AUTOMAÇÃO Wärme M A N U A L D E O P E R A Ç Ã O & I N S T A L A Ç Ã O PRESSOSTATO DIGITAL WTMD-5001-A ÍNDICE Item Página Características Técnicas...01 Tabela de Conversão de Pressão...01

Leia mais

AQUISIÇÃO DE MEDIDAS DE TEMPERATURA UTILIZANDO O SOFTWARE LABVIEW

AQUISIÇÃO DE MEDIDAS DE TEMPERATURA UTILIZANDO O SOFTWARE LABVIEW AQUISIÇÃO DE MEDIDAS DE TEMPERATURA UTILIZANDO O SOFTWARE LABVIEW Leonardo Luís Schneider Simon¹, Clivado de Oliveira² UFGD-FAEN, C. Postal 533, 79804-970 Dourados-MS, E-mail: leonardo.luisimon@hotmail.com

Leia mais

Micro Controladores Programáveis

Micro Controladores Programáveis Micro Controladores Programáveis Transformando energia em soluções Compacto, fácil de programar e com excelente custo benefício, o ganha mais recursos de software e hardware, podendo assim atender a uma

Leia mais

MicroPLC LOGO! - XC 102 -

MicroPLC LOGO! - XC 102 - T e c n o l o g i a MicroPLC LOGO! - XC 102 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. MicroPLC LOGO! - XC 102 - INTRODUÇÃO É desnecessário discutir a importância

Leia mais

Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede

Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede Linha Solution Linha Plus Linha Master www.siemens.com.br/softstarters Soft Starters SIRIUS A proteção inteligente para motores, cargas e rede As soft starters Siemens protegem sua máquina e instalação

Leia mais

1. Especificar a arquitetura dos controladores lógicos compatíveis a cada aplicação.

1. Especificar a arquitetura dos controladores lógicos compatíveis a cada aplicação. Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Plano de Trabalho Docente - 2015 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça - SP Eixo Tecnológico: Controle e Processo Industrial Habilitação

Leia mais

Central de Alarme com monitoramento de Temperatura e Umidade

Central de Alarme com monitoramento de Temperatura e Umidade 20anos Central de Alarme com monitoramento de Temperatura e Umidade Sistemas Inteligentes *- Número ilimitado de pontos de medição; *- Monitoramento em tempo real de Temperatura e Umidade; *- Registro

Leia mais

smar Fieldbus Devices FR302 Relé Fieldbus

smar Fieldbus Devices FR302 Relé Fieldbus smar Fieldbus Devices Relé Fieldbus Relé Fieldbus Características Saída Discreta de Conexão direta ao FOUNDATION Fieldbus TM ; Blocos Funcionais instanciáveis para ajuste e controle discreto em campo;

Leia mais

ni.com Série de conceitos básicos de medições com sensores

ni.com Série de conceitos básicos de medições com sensores Série de conceitos básicos de medições com sensores Medições de temperatura Renan Azevedo Engenheiro de Produto, DAQ & Teste NI Henrique Sanches Marketing Técnico, LabVIEW NI Pontos principais Diferentes

Leia mais

Wireless Solutions BROCHURE

Wireless Solutions BROCHURE Wireless Solutions BROCHURE JUNHO 203 info@novus.com.br www.novus.com.br REV0803 Produto beneficiado pela Legislação de Informática. Transmissor de Temperatura e Umidade RHT-Air ISO 900 EMPRESA CERTIFICADA

Leia mais

Compatível com o módulo AIO571 Nota: Os conectores de interface dos módulos podem ser do tipo alavanca (para os módulos novos) ou do tipo parafuso.

Compatível com o módulo AIO571 Nota: Os conectores de interface dos módulos podem ser do tipo alavanca (para os módulos novos) ou do tipo parafuso. Automação Industrial Módulos Controlador P7C - HI Tecnologia 7C 573 57 3 O conteúdo deste documento é parte do Manual do Usuário do controlador P7C da HI tecnologia (PMU10700100). A lista de verbetes consta

Leia mais

Microsoft Office Excel 2007

Microsoft Office Excel 2007 1 Microsoft Office Excel 2007 O Excel é um programa dedicado a criação de planilhas de cálculos, além de fornecer gráficos, função de banco de dados e outros. 1. Layout do Excel 2007 O Microsoft Excel

Leia mais

EXEMPLO DE CONFIGURAÇÃO PROFIBUS PARA MODICON PREMIUM (TSXPBY100) E ATV71 UTILIZANDO A GATEWAY

EXEMPLO DE CONFIGURAÇÃO PROFIBUS PARA MODICON PREMIUM (TSXPBY100) E ATV71 UTILIZANDO A GATEWAY EXEMPLO DE CONFIGURAÇÃO PROFIBUS PARA MODICON PREMIUM (TSXPBY100) E ATV71 UTILIZANDO A GATEWAY PROFIBUS/MODBUS LA9P307 CONTEÚDO: A) DIAGRAMA DA REDE B) CONFIGURAÇÃO DA REDE PROFIBUS ATRAVÉS DO SYCON; C)

Leia mais

BT QCC 1000 Quadro elétrico para câmaras frigoríficas até 3HP 220V2F

BT QCC 1000 Quadro elétrico para câmaras frigoríficas até 3HP 220V2F BTQCC1000v1_0.docx - Página 1 de 6 BT QCC 1000 Quadro elétrico para câmaras frigoríficas até 3HP 220V2F 1.0 Descrições gerais: BT QCC 1000 é amplamente usado para pequenas e médias câmaras frigoríficas,

Leia mais

Exemplo de comunicação Modbus entre CLP s MPC4004, EXPERT, EXPERT DX e TICO onde se utiliza a ferramenta de programação Winsup 2 e I/O remota BRIO.

Exemplo de comunicação Modbus entre CLP s MPC4004, EXPERT, EXPERT DX e TICO onde se utiliza a ferramenta de programação Winsup 2 e I/O remota BRIO. BRIO Exemplo de comunicação Modbus entre CLP s MPC4004, EXPERT, EXPERT DX e TICO onde se utiliza a ferramenta de programação Winsup 2 e I/O remota BRIO. Comunicação Modbus RS485 Arquitetura da rede EXPERT

Leia mais

TWIDO. Exemplo de comunicação Modbus RTU entre Twido e remotas BRiO

TWIDO. Exemplo de comunicação Modbus RTU entre Twido e remotas BRiO TWIDO Exemplo de comunicação Modbus RTU entre Twido e remotas BRiO Comunicação Modbus RTU RS485 Arquitetura da rede TWDNOZ485T TWDLMDA20DTK MODBUS RTU RS485 2543.14 2543.62E 2 Comunicação Modbus Esquema

Leia mais

JANEIRO CLIMATOLOGIA AERONÁUTICA 2003 A 2012 AEROPORTO DE BELO HORIZONTE

JANEIRO CLIMATOLOGIA AERONÁUTICA 2003 A 2012 AEROPORTO DE BELO HORIZONTE JANEIRO Precipitação total anual em milímetros 600 560,8 Precipitação (mm) 500 400 300 200 100 0 360,8 312,6 250,5 268,4 235,1 168,4 190,2 146,8 119,6 FEVEREIRO Temperatura em graus Celsius Precipitação

Leia mais

Dispositivo PT-100. Guia Rápido de Instalação. Newello - Tecnologia com responsabilidade

Dispositivo PT-100. Guia Rápido de Instalação. Newello - Tecnologia com responsabilidade Dispositivo PT-100 Guia Rápido de Instalação Observação: As informações do usuário serão registradas com software de patrulha e impressões digitais de usuários podem ser inscritos por leitor de impressão

Leia mais

JANEIRO CLIMATOLOGIA AERONÁUTICA 2003 A 2012 AEROPORTO AUGUSTO SEVERO NATAL

JANEIRO CLIMATOLOGIA AERONÁUTICA 2003 A 2012 AEROPORTO AUGUSTO SEVERO NATAL JANEIRO FEVEREIRO Temperatura em graus Celsius Tem peratura ( C) 40,0 30,0 20,0 10,0 0,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Máxima Média Mínima MARÇO ABRIL Temperatura em graus Celsius Precipitação

Leia mais

Sistema de Aquisição de Dados

Sistema de Aquisição de Dados Sistema de Aquisição de Dados Versão 2013 RESUMO Nesta experiência será desenvolvido o projeto de um sistema de aquisição e armazenamento de dados analógicos em formato digital. O sinal de um sensor de

Leia mais

SP - 4000 PROTEGIDO CONTRA EMI MANUAL DE OPERAÇÃO

SP - 4000 PROTEGIDO CONTRA EMI MANUAL DE OPERAÇÃO SP - 4000 PROTEGIDO CONTRA EMI MANUAL DE OPERAÇÃO MANUAL OPERAÇÃO SP-4000 E.P.M. Tecnologia e Equipamentos Ltda. Avenida Comendador Gumercindo Barranqueiros, 285. Jardim Samambaia Jundiaí SP CEP - 13211-410

Leia mais

3.1.6 Entradas digitais Quantidade: 8. Tipo: NPN / PNP conforme configuração, dividida em 2 grupos de 4 entradas. Impedância de entrada: 8.8KΩ.

3.1.6 Entradas digitais Quantidade: 8. Tipo: NPN / PNP conforme configuração, dividida em 2 grupos de 4 entradas. Impedância de entrada: 8.8KΩ. 8 Tecla Cancelar. Utilizado para retorno de nível de programação. 9 Tecla Enter. Utilizado para acessar programação. Obs.: Todas as teclas podem ser utilizadas no diagrama Ladder. 3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

Leia mais

Sistema Multibombas Controle Móvel CFW-11

Sistema Multibombas Controle Móvel CFW-11 Motores Energia Automação Tintas Sistema Multibombas Controle Móvel CFW-11 Manual de Aplicação Idioma: Português Documento: 10000122732 / 01 Manual de Aplicação para Sistema Multibombas Controle Móvel

Leia mais

Artigo Sobre LabView Vitor Amadeu Souza (vitor@cerne-tec.com.br)

Artigo Sobre LabView Vitor Amadeu Souza (vitor@cerne-tec.com.br) Artigo Sobre LabView Vitor Amadeu Souza (vitor@cerne-tec.com.br) 1 História O LabVIEW (acrónimo para Laboratory Virtual Instrument Engineering Workbench) é uma linguagem de programação gráfica originária

Leia mais

INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO MILLENIUM III

INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO MILLENIUM III INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO MILLENIUM III 2014 1 Partes para fixação retráteis 2 Terminais da alimentação 3 Display LCD 4 Terminais de entrada 5 Teclas A e B 6 Teclas de navegação 7 Cartucho para a colocação

Leia mais

3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 3.2 CARACTERÍSTICAS DE SOFTWARE 1. CARACTERÍSTICAS O CLG535R é um controlador programável que integra os principais recursos empregados em uma automação industrial. Dispõe integrado

Leia mais

Micro Application Example

Micro Application Example Micro Application Example Diagnóstico de falhas rápido e seguro para circuitos de carga de 24 V Micro Automation Set 24 Nota Nota Os exemplos de função são facultativos e não pretendem ser completos quanto

Leia mais

SENSOR DE TEMPERATURA COM O USO DO AMPLIFICADOR OPERACIONAL

SENSOR DE TEMPERATURA COM O USO DO AMPLIFICADOR OPERACIONAL SENSOR DE TEMPERATURA COM O USO DO AMPLIFICADOR OPERACIONAL (1) Dayse CORREIA; (2) Fabiola ANDRADE;(3) Maria Auxiliadora BLUM; (4)Felipe MENDES; (5) Iara RAMOS (1)Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

NOVIDADE em medição de temperatura sem contato

NOVIDADE em medição de temperatura sem contato Tamanho real Compromisso com o futuro! NOVIDADE em medição de temperatura sem contato - Marca de medição pequena a curta ou longa distância respeito a superfície de medição com ZOOM: - Zoom para longas

Leia mais

DATA LOGGERS SÉRIE SIMPLE LOGGER II

DATA LOGGERS SÉRIE SIMPLE LOGGER II DATA LOGGERS SÉRIE SIMPLE LOGGER II Modos de programação de registo; Intervalos de registo programáveis; Capacidade de memória para 240.000 medidas; Alimentação por pilhas alcalinas; Ligação a computador

Leia mais

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Recursos de desenvolvimento e construção

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Recursos de desenvolvimento e construção Alex, o desenvolvedor chefe, usa o Rational Software Architect para implementar rapidamente o novo recurso. Ele usa a janela de navegação do site para adicionar uma nova página de confirmação de

Leia mais

Registrador de Dados de Umidade e Temperatura

Registrador de Dados de Umidade e Temperatura Guia do Usuário Registrador de Dados de Umidade e Temperatura Modelo RHT Introdução Parabéns pela sua compra do registrador de dados de Temperatura e Umidade. Com este medidor, você pode monitorar e registrar

Leia mais

SendCommandAndRecv (4)...59 Métodos de Sistema... 59 OpenCommunication...60 CloseCommunication... 60 GetInstalledSerialPorts...60 Métodos do Módulo

SendCommandAndRecv (4)...59 Métodos de Sistema... 59 OpenCommunication...60 CloseCommunication... 60 GetInstalledSerialPorts...60 Métodos do Módulo Sumário Composição do Kit Didático de Robótica... 6 Módulo Principal...7 Módulo de Sensores... 8 Sensor de Temperatura...12 Sensor de Luminosidade... 13 Potenciômetros... 14 Microfone... 15 Sensor de Vibração...15

Leia mais

Duplo Indicador de Temperatura com Alarme T204i/2T0-AL HNI Cód. 90.506.0082

Duplo Indicador de Temperatura com Alarme T204i/2T0-AL HNI Cód. 90.506.0082 MANUAL DE OPERAÇÃO Duplo Indicador de Temperatura com Alarme T204i/2T0-AL HNI Cód. 90.506.0082 Programa Executivo: T204AP_2T0AL Modelos: 220VAC, 127VAC e 24VAC. 40.000.0181 Rev. A maio 2011. ÍNDICE 1.

Leia mais

CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3

CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3 CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3 1. INTRODUÇÃO Este software permite a configuração dos dispositivos de detecção manuais e ou automáticos do sistema digital de alarme de incêndio FP1. Pode-se, por intermédio

Leia mais

Relógio Digital de Parede com comunicação NTP. Manual de configuração e instalação

Relógio Digital de Parede com comunicação NTP. Manual de configuração e instalação Relógio Digital de Parede com comunicação NTP Manual de configuração e instalação ÍNDICE Itens pág. 1. Apresentação...3 2. Modelos...4 3. Modos de operação...5 4. Instalação sem conexão à Internet...6

Leia mais

TUTORIAL DE PROGRAMAÇÃO. Configuração do cartão de entrada / saída analógica CP1W-MAD11.

TUTORIAL DE PROGRAMAÇÃO. Configuração do cartão de entrada / saída analógica CP1W-MAD11. TUTORIAL DE PROGRAMAÇÃO Configuração do cartão de entrada / saída analógica CP1W-MAD11. 1.0 Alocação de memória Antes de utilizar o cartão, é necessário conhecer a forma como a linha CP1 aloca as memórias

Leia mais

Manual do Usuário. Touch Lambda Meter. 19 de dezembro de 2012

Manual do Usuário. Touch Lambda Meter. 19 de dezembro de 2012 Manual do Usuário Touch Lambda Meter 19 de dezembro de 2012 2 GARANTIA PRODUTOS PRO TUNE Os Produtos Pro Tune têm garantia de 1 ano (3 meses referentes à garantia legal mais extensão de 9 meses de garantia

Leia mais

MD4040. Multimedidor de Grandezas Elétricas MD4040 MD4040/TC

MD4040. Multimedidor de Grandezas Elétricas MD4040 MD4040/TC Multimedidor de Grandezas Elétricas / Análise de metas e rateio de custos de energia Leituras instantâneas em amplo display digital Indicação de tensão de fase e tensão de linha Comunicação via porta RS485

Leia mais

CIRCUITO PARA MEDIÇÃO DE CORRENTES ELEVADAS

CIRCUITO PARA MEDIÇÃO DE CORRENTES ELEVADAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DISCIPLINA: INSTRUMENTAÇÃO ELETRÔNICA PROFESSOR: LUCIANO FONTES CAVALCANTI CIRCUITO PARA MEDIÇÃO DE

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação. Controladores Lógicos Programáveis - CLPs Relé Programável

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação. Controladores Lógicos Programáveis - CLPs Relé Programável Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas Automação Controladores Lóicos Proramáveis - CLPs Relé Proramável www.we.net - Relé Proramável É um equipamento idealizado para aplicações de

Leia mais

Celular Câmera GPS Leia atentamente os avisos antes de utilizar este produto. As formas e cores das imagens exibidas neste manual podem diferir daquelas dos produtos reais. Os conteúdos dos manuais podem

Leia mais

Boletim Técnico Agosto / 2011

Boletim Técnico Agosto / 2011 Página 01/08 TÍTULO: INFORMATIVO DO NOVO CONTROLE REMOTO COM FIO PARA UNIDADES SPLITÃO 2 ESTÁGIOS SUMÁRIO Esta publicação visa informar o novo controle remoto com fio para as Unidades da Linha Splitão

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Contador Digital Microprocessado K204. Versão 1.XX / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Contador Digital Microprocessado K204. Versão 1.XX / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Contador Digital Microprocessado K204 Versão 1.XX / Rev. 1 Índice Item Página 1. Introdução...02 2. Características...02

Leia mais

LAD. Monitor de Temperatura para Transformadores Secos, Motores e Geradores. Catálogo

LAD. Monitor de Temperatura para Transformadores Secos, Motores e Geradores. Catálogo LAD Catálogo Monitor de Temperatura para Transformadores Secos, Motores e Geradores A monitoração térmica de equipamentos elétricos, tais como transformadores secos, motores, geradores e outros é essencial

Leia mais