VD4 Instruções para a instalação e funcionamento kv A ka

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VD4 Instruções para a instalação e funcionamento 12... 36 kv - 630...3150 A - 16... 50 ka"

Transcrição

1 Medium voltage products VD Instruções para a instalação e funcionamento kv A ka Índice Para a sua segurança! 1 I. Introdução 2 II. Programa para a preservação do meio ambiente 2 1. Embalagem e transporte 3 2. Controle no momento do recebimento 3. Armazenamento 5. Movimentação 6 5. Descrição 7 6. Instruções para a manobra do disjuntor 8 7. Instalação Colocação em serviço Manutenção Aplicação das normas para a emissão de raios X Peças de reposição e acessórios 66. Esquemas elétricos Dimensões Qualidade dos produtos e proteção do ambiente 95

2

3 Para a sua segurança! Verifique se o local de instalação (espaços, segregações e ambiente) é adequado para a aparelhagem elétrica. Verifique se todas as operações de instalação, colocação em funcionamento e manutenção foram feitas por operadores com conhecimento adequado da aparelhagem. Verifique se durante as fases de instalação, funcionamento e manutenção são respeitadas as prescrições das normas e as regulamentações legais, para a execução das instalações de acordo com as regras da boa técnica e de segurança no trabalho. Respeite à risca as informações fornecidas neste manual de instruções. Faça com que durante o serviço não sejam superados os desempenhos nominais do aparelho. Verifique se os operadores que manuseiam o aparelho possuem o presente manual de instrução à disposição e as informações necessárias para uma intervenção correta. Preste muita atenção nas notas indicadas no manual pelo seguinte símbolo: Lembre-se de que um comportamento responsável protege a sua segurança e a dos outros! Para qualquer exigência contate o Serviço de Assistência ABB. 1

4 I. Introdução Esta publicação contém as informações necessárias para a instalação e entrada em funcionamento dos disjuntores de média tensão VD. Para a utilização correta do produto, recomendamos uma leitura atenta deste manual. Como acontece para todos os aparelhos de nossa fabricação, também os disjuntores VD foram projetados para diferentes configurações de instalação. Todavia, estes aparelhos também permitem outras variações técnico-construtivas (sob solicitação do cliente) para os adequar a exigências especiais de instalação. Por este motivo, as informações fornecidas a seguir podem não contemplar as instruções relacionadas com configurações especiais. Torna-se portanto necessário referir-se sempre a este manual e também à documentação técnica mais atualizada (esquema do circuito, esquemas topográficos, desenhos de montagem e instalação, eventuais estudos de coordenação das proteções, etc.), especialmente no que se refere às eventuais variações solicitadas relativamente às configurações normalizadas. Para as operações de manutenção utilize exclusivamente peças de reposição originais. Para obter mais informações consulte também o catálogo técnico do disjuntor e o catálogo de peças de reposição. II. Programa para a preservação do meio ambiente Os disjuntores VD são realizados respeitando as Normas ISO 1000 (Diretrizes para a gestão ambiental). Os processos produtivos são realizados respeitando as normas para a preservação do meio ambiente no que se refere à redução do consumo de energia e de matérias primas, como também de produção de resíduos. Tudo isso graças ao sistema de gestão ambiental da unidade produtiva das aparelhagens de média tensão. Todas as operações relacionadas com a instalação, colocação em funcionamento, condução e manutenção devem ser realizadas por operadores que tenham uma qualificação suficiente e um conhecimento detalhado da aparelhagem. 2

5 1. Embalagem e transporte O disjuntor é expedido em embalagem própria, na posição aberta e com as molas descarregadas. Cada aparelho é protegido por um invólucro em plástico para evitar infiltrações de água durante as fases de carregamento e descarregamento, e para preservá-lo da poeira durante a armazenagem. 3

6 2. Controle no momento do recebimento Antes de executar qualquer operação verifique sempre se as molas do comando estão descarregadas e se o aparelho está na posição aberta. Ao receber o aparelho, controle o estado em que este se encontra, a integridade da embalagem e se os dados da placa correspondem (ver a fig. 1) com os especificados na confirmação da encomenda e na guia de transporte. Certifique-se ainda de que o fornecimento inclua todos os materiais descritos na guia de expedição. Se ao desembalar o material encontrar qualquer dano ou irregularidade no fornecimento, avise a ABB (diretamente, através do representante ou do fornecedor) o mais rapidamente possível e, de qualquer forma, antes de passados cinco dias do recebimento do material. O aparelho é fornecido somente com os acessórios especificados no formulário de encomenda e legitimados na confirmação da encomenda enviada pela ABB. Os documentos de acompanhamento inseridos na embalagem de expedição são: manual de instrução (este documento) atestado de aprovação cartão de identificação cópia dos documentos de expedição esquema elétrico. Outros documentos que antecedem o envio do aparelho são: confirmação de encomenda original do aviso de expedição eventuais desenhos ou documentos relativos a configurações/condições especiais. A 1 3 B 5 Legenda DISJUNTOR M MASSA... kv Ur A Placa de características do disjuntor. B Placa de características do comando. 1 Tipo de aparelho. 2 Símbolos de conformidade com as Normas. 3 Número de série. VD CLASSIfICAção Características do disjuntor. 5 Características dos circuitos auxiliares de comando. IEC CEI 17-1 SN PR. YEAR... ESQUEMA ELéTRICO fig COMANDO -MO V Made by ABB 2 Fig. 1

7 3. Armazenamento Caso seja previsto um período de armazenamento, as nossas oficinas (a pedido) providenciam uma embalagem adequada às condições de armazenamento especificadas. Ao receber o aparelho, remova-o cuidadosamente da sua embalagem e faça as verificações descritas em Controle no momento do recebimento (cap. 2). Se não for possível proceder à instalação imediata do aparelho, ele deverá ser recolocado na sua embalagem original. Introduza na embalagem pelo menos um envelope padrão de substância higroscópica para cada aparelho. Se a embalagem original não estiver mais disponível e não for possível proceder à instalação imediata do aparelho, armazene-o em ambiente coberto, bem ventilado, com atmosfera seca, sem poeira, não corrosiva, em posição afastada de materiais facilmente inflamáveis e com temperatura entre 5 C e + 0 C. Em todos os casos, evite pancadas acidentais ou posições que possam causar solicitações na estrutura do aparelho. 5

8 . Movimentação Antes de executar qualquer operação verifique sempre se as molas do comando estão descarregadas e se o aparelho está na posição aberta. Siga estas instruções para elevar e movimentar o disjuntor (fig. 2): utilize um equipamento de elevação adequado (1) (não fornecido) munido de cabos com ganchos de segurança (2); prenda os ganchos (2) nos suportes (3) fixados na armação do disjuntor e eleve-o. Aplique os ganchos (2) nos furos do suporte (3) em função do tipo de aparelho (ver a tabela); ao terminar a operação (e, de qualquer forma, antes da entrada em funcionamento), desprenda o equipamento de elevação (1) e desmonte os suportes (3) da armação. Durante a movimentação, tome o máximo cuidado para não solicitar as partes isolantes e os terminais do disjuntor. Os aparelhos não devem ser movimentados prendendo os dispositivos de elevação diretamente neles. Se for necessário utilizar esta técnica, coloque o disjuntor sobre um pallet ou sobre uma plataforma de suporte robusta (ver a fig. 3). Em todos os casos, recomendamos efetuar as operações de elevação empregando sempre os suportes (3). 1 3 C B A 2 3 Versão Distância entre os pólos Corrente nominal Furo Fixa mm até 50 A A Fixa 275 mm de 1600 a 3150 A A Fixa 210 mm de 1600 a 2000 A A Fixa mm até 000 A C Extraível 150 mm até 50 A A Extraível 210 mm de 1600 a 2500 A B Extraível 275 mm até 50 A B Extraível 275 mm de 1600 a 3150 A C Extraível 210 mm até 50 A C Extraível mm até 000 A C Fig. 2 Fig. 3 6

9 5. Descrição 5.1. Informações gerais Os disjuntores VD são aparelhos a vácuo para uso em interiores; relativamente aos desempenhos técnicos, consulte o catálogo técnico correspondente, código 1VCP Contate a ABB para exigências especiais de instalação. Estão disponíveis as seguintes versões: fixa extraível para quadros UniGear ZS1 e módulos PowerCube Normas de referência Os disjuntores VD estão em conformidade com as normas IEC As normas CEI-VDE-BS são equivalentes às normas IEC pelo efeito da harmonização com estas últimas Comando EL Os disjuntores VD estão equipados com comando de molas tipo EL. O comando EL foi projetado para cobrir a gama de disjuntores indicada na tabela. Tipo de comando EL1 - EL2 Capacidade de interrupção até 31,5 ka EL3 até 0 ka - 2 kv, 31,5 ka EL1 TWIN até 50 ka (corrente nominal até 2000 A) EL2 TWIN até 50 ka (corrente nominal 2500 A) 5.. Disjuntores fixos O disjuntor fixo (fig. ) corresponde à execução básica munida de estrutura e painel de proteção frontal. Na parte inferior da estrutura são realizados os furos de fixação. Para as ligações elétricas dos circuitos auxiliares do disjuntor está disponível um bloco de terminais (ver também o par ). O parafuso de ligação à terra situa-se na parte traseira do disjuntor. Para maiores detalhes, veja a legenda da figura Legenda 1 Alavanca para o carregamento manual das molas de fechamento 2 Sinalizador de disjuntor aberto/fechado 3 Placa de características Botão de abertura 5 Botão de fechamento 6 Sinalizador de molas de fechamento carregadas/descarregadas 7 Contador de operações 8 Terminais 9 Parafuso de ligação à terra 10 Bloco de terminais de entrega 11 União para a cablagem Dispositivo de exclusão mecânico para relé de mínima tensão (a pedido). Fig. 7

10 5..1. Características gerais dos disjuntores fixos Características gerais dos disjuntores fixos ( kv) Disjuntor VD ( 1 ) Normas IEC VDE 0671; CEI EN Arquivo 762 Tensão nominal Ur [kv] Tensão nominal de isolamento Us [kv] Tensão suportável a 50 Hz Ud (1 min) [kv] 28 Tensão de impulso suportável Up [kv] 75 Freqüência nominal fr [Hz] Corrente térmica nominal (0 C) Ir [A] Capacidade de interrupção nominal Isc [ka] (corrente nominal simétrica de curto-circuito) 31,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31, Corrente nominal suportável de curta Ik [ka] duração (3s) 31,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31, Capacidade de fechamento Ip [ka] Seqüência de operações [O - 0,3 s - CO - 15 s - CO] Duração de abertura [ms] Duração do arco [ms] Duração total de interrupção [ms] Duração de fechamento [ms] I I H [mm] Dimensões L [mm] gerais H máximas P [mm] L P Distância entre os pólos I [mm] Peso [kg] Quadro normalizado das dimensões TN VCD Temperatura de funcionamento [ C] Tropicalização IEC: , Compatibilidade eletromagnética IEC: (1) Os disjuntores de até 50 A e 31,5 ka possuem polos em poliamida. 8

11 ,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31, ,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31,

12 Características gerais dos disjuntores fixos (17,5 kv) Disjuntor VD 17 ( 1 ) Normas IEC VDE 0671; CEI EN Arquivo 762 Tensão nominal Ur [kv] 17,5 Tensão nominal de isolamento Us [kv] 17,5 Tensão suportável a 50 Hz Ud (1 min) [kv] 38 Tensão de impulso suportável Up [kv] 95 Freqüência nominal fr [Hz] Corrente térmica nominal (0 C) Ir [A] Capacidade de interrupção nominal Isc [ka] (corrente nominal simétrica de curto-circuito) 31,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31, Corrente nominal suportável Ik [ka] de curta duração (3s) 31,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31, Capacidade de fechamento Ip [ka] Seqüência de operações [O - 0,3 s - CO - 15 s - CO] Duração de abertura [ms] Duração do arco [ms] Duração total de interrupção [ms] Duração de fechamento [ms] I I H [mm] Dimensões L [mm] gerais H máximas P [mm] L P Distância entre os pólos I [mm] Peso [kg] Quadro normalizado das dimensões TN VCD Temperatura de funcionamento [ C] Tropicalização IEC: , Compatibilidade eletromagnética IEC: (1) Os disjuntores de até 50 A e 31,5 ka possuem polos em poliamida. 10

13 17,5 17, ,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31, ,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31,5 31,

14 Características gerais dos disjuntores fixos (2 kv) Disjuntor VD 2 Normas IEC VDE 0671; CEI EN Arquivo 762 Tensão nominal Ur [kv] 2 Tensão nominal de isolamento Us [kv] 2 Tensão suportável a 50 Hz Ud (1 min) [kv] 50 Tensão de impulso suportável Up [kv] 5 Freqüência nominal fr [Hz] Corrente térmica nominal (0 C) Ir [A] Capacidade de interrupção nominal (corrente nominal simétrica Isc [ka] de curto-circuito) ,5 31,5 31,5 31, Corrente nominal suportável Ik [ka] de curta duração (3s) ,5 31,5 31,5 31, Capacidade de fechamento Ip [ka] Seqüência de operações [O - 0,3 s - CO - 15 s - CO] Duração de abertura [ms] Duração do arco [ms] Duração total de interrupção [ms] Duração de fechamento [ms] I I H [mm] Dimensões L [mm] gerais H máximas P [mm] L P Distância entre os pólos I [mm] Peso [kg] /106 (1) Quadro normalizado das dimensões TN VCD (1) Temperatura de funcionamento [ C] Tropicalização IEC: , Compatibilidade eletromagnética IEC: (1) Versão 31,5 ka

15 Características gerais dos disjuntores fixos (36 kv) Disjuntor VD 36 Normas IEC VDE 0671; CEI EN Arquivo 762 Tensão nominal Ur [kv] 36 Tensão nominal de isolamento Us [kv] 36 Tensão suportável a 50 Hz Ud (1 min) [kv] 70 Tensão de impulso suportável Up [kv] 170 Freqüência nominal fr [Hz] Corrente térmica nominal (0 C) Ir [A] ( * ) Capacidade de interrupção nominal (corrente nominal simétrica Isc [ka] 31,5 31,5 31,5 31,5 de curto-circuito) Corrente nominal suportável de curta duração (3s) Ik [ka] 31,5 31,5 31,5 31,5 Capacidade de fechamento Ip [ka] Seqüência de operações [O - 0,3 s - CO - 15 s - CO] Duração de abertura [ms] Duração do arco [ms] Duração total de interrupção [ms] Duração de fechamento [ms] I I H [mm] Dimensões L [mm] gerais H máximas P [mm] L P Distância entre os pólos I [mm] Peso [kg] Quadro normalizado das dimensões TN 1VYN LT 1VYN LT 1VYN LT Temperatura de funcionamento [ C] Tropicalização IEC: , Compatibilidade eletromagnética IEC: (*) Entre em contato com a ABB 13

16 5..2. Tipos de disjuntores disponíveis na versão fixa Disjuntor fixo VD sem terminais inferiores e superiores ( kv) Ur Isc Corrente térmica nominal (0 C) [A] H=61 H=589 H=599 H=610 H=636 P=2 P=2 P=2 P=59 P=59 kv ka u/l=205 u/l=310 u/l=310 u/l=310 u/l=310 Tipo de disjuntor l/g=217,5 l/g=238 l/g=237,5 l/g=237 l/g=237 I=150 I=210 I=275 I=210 I=275 I=150 I=210 I=275 I=210 I=275 I=275 L=50 L=570 L=700 L=570 L=700 L=50 L=570 L=700 L=600 L=750 L= VD p VD p VD p150 31,5 630 VD p VD..16 p VD..20 p VD..25 p150 31,5 50 VD..32 p VD p VD p150 31, VD p VD p VD p VD p210 31,5 630 VD p VD..16 p VD..20 p VD..25 p210 31,5 50 VD..32 p VD..0 p VD..50 p VD p VD p210 31, VD p VD.16.0 p VD p VD p VD p210 31, VD p VD.20.0 p VD p VD p VD p210 31, VD p VD p VD p VD p275 31,5 630 VD p VD..16 p VD..20 p VD..25 p275 31,5 50 VD..32 p VD..0 p VD..50 p275 H = altura do disjuntor L = largura do disjuntor P = profundidade do disjuntor u/l = distância entre os terminais superior e inferior l/g = distância entre o terminal inferior e a superfície de apoio do disjuntor I = distância horizontal entre os pólos 1

17 Ur Isc Corrente térmica nominal (0 C) [A] H=61 H=589 H=599 H=610 H=636 P=2 P=2 P=2 P=59 P=59 kv ka u/l=205 u/l=310 u/l=310 u/l=310 u/l=310 Tipo de disjuntor l/g=217,5 l/g=238 l/g=237,5 l/g=237 l/g=237 I=150 I=210 I=275 I=210 I=275 I=150 I=210 I=275 I=210 I=275 I=275 L=50 L=570 L=700 L=570 L=700 L=50 L=570 L=700 L=600 L=750 L= VD p VD p275 31, VD p VD.16.0 p VD p VD p VD p275 31, VD p VD.20.0 p VD p VD p VD p275 31, VD p VD.25.0 p VD p VD p VD p275 31, VD p VD.32.0 p VD p275 H = altura do disjuntor L = largura do disjuntor P = profundidade do disjuntor u/l = distância entre os terminais superior e inferior l/g = distância entre o terminal inferior e a superfície de apoio do disjuntor I = distância horizontal entre os pólos Disjuntor fixo VD sem terminais inferiores e superiores (17,5 kv) Ur Isc Corrente térmica nominal (0 C) [A] H=61 H=589 H=599 H=610 H=635 P=2 P=2 P=2 P=59 P=59 kv ka u/l=205 u/l=310 u/l=310 u/l=310 u/l=310 Tipo de disjuntor l/g=217,5 l/g=238 l/g=237,5 l/g=237 l/g=237,5 I=150 I=210 I=275 I=210 I=275 I=150 I=210 I=275 I=210 I=275 I=275 L=50 L=570 L=700 L=570 L=700 L=50 L=570 L=700 L=600 L=750 L= VD p VD p VD p150 31,5 630 VD p VD p150 17, VD p VD p150 31,5 50 VD p VD p VD p VD p210 31,5 630 VD p210 15

18 Ur Isc Corrente térmica nominal (0 C) [A] H=61 H=589 H=599 H=610 H=635 P=2 P=2 P=2 P=59 P=59 kv ka u/l=205 u/l=310 u/l=310 u/l=310 u/l=310 Tipo de disjuntor l/g=217,5 l/g=238 l/g=237,5 l/g=237 l/g=237,5 I=150 I=210 I=275 I=210 I=275 I=150 I=210 I=275 I=210 I=275 I=275 L=50 L=570 L=700 L=570 L=700 L=50 L=570 L=700 L=600 L=750 L= VD p VD p VD p210 31,5 50 VD p VD p VD p VD p VD p210 31, VD p VD p VD p VD p VD p210 31, VD p VD p VD p VD p VD p210 31, VD p VD p VD p VD p275 31,5 630 VD p VD p275 17, VD p VD p275 31,5 50 VD p VD p VD p VD p VD p275 31, VD p VD p VD p VD p VD p275 31, VD p VD p VD p VD p VD p275 31, VD p VD p VD p VD p VD p275 31, VD p VD p VD p275 H L P u/l l/g I = altura do disjuntor = largura do disjuntor = profundidade do disjuntor = distância entre os terminais superior e inferior = distância entre o terminal inferior e a superfície de apoio do disjuntor = distância horizontal entre os pólos 16

19 Disjuntor fixo VD sem terminais inferiores e superiores (2 kv) Ur Isc Corrente térmica nominal (0 C) [A] H=631 H=62 P=2 P=2 kv ka u/l=310 u/l=310 Tipo de disjuntor l/g=282,5 l/g=282,5 I=210 I=275 I=275 L=570 L=700 L= VD p VD p VD p VD p VD p VD p210 31,5 50 VD p VD p VD p VD p VD p VD p VD p VD p VD p VD p275 31, VD p VD p VD p VD p275 31, VD p VD p275 31, VD p275 H L P u/l l/g I = altura do disjuntor = largura do disjuntor = profundidade do disjuntor = distância entre os terminais superior e inferior = distância entre o terminal inferior e a superfície de apoio do disjuntor = distância horizontal entre os pólos Disjuntor fixo VD sem terminais inferiores e superiores (36 kv) Ur Isc Corrente térmica nominal (0 C) [A] kv ka 36 31,5 H=876 P=78,5 u/l=328 l/g=28,5 Tipo de disjuntor I=275 L= A VD p A VD p A VD p A ( * ) VD p275 H = altura do disjuntor L = largura do disjuntor P = profundidade do disjuntor u/l = distância entre os terminais superior e inferior l/g = distância entre o terminal inferior e a superfície de apoio do disjuntor I = distância horizontal entre os pólos (*) = entre em contato com a ABB 17

20 VD - até 2 kv VD - até 2 kv VD - 36 kv Equipamento de série dos disjuntores fixos As versões básicas dos disjuntores fixos são tripolares e equipadas com: comando manual do tipo EL sinalizador mecânico de molas de fechamento carregadas/ descarregadas sinalizador mecânico de disjuntor aberto/fechado botão de fechamento, botão de abertura, contador de operações conjunto de dez contatos auxiliares de disjuntor aberto/ fechado Nota: com o conjunto de dez contatos auxiliares fornecidos de série e com o máximo das aplicações elétricas, estão disponíveis três contatos de fechamento (sinalização de disjuntor aberto) e cinco contatos de abertura (sinalização de disjuntor fechado). alavanca para a carga manual das molas de fechamento bloco de terminais de apoio dos circuitos auxiliares. 18

21 5.5. Disjuntores extraíveis Os disjuntores extraíveis de até 2 kv estão disponíveis para quadros UniGear ZS1 e UniSec, módulos PowerCube (ver a fig. 5a) e para quadros ZS8. (ver a fig. 5b). Os disjuntores de 36 kv estão disponíveis para quadros UniGear ZS2. São constituídos por um carro no qual está fixada a estrutura de sustentação do disjuntor. Disjuntores para quadros UniGear ZS1, UniSec e módulos PowerCube (fig. 5a) Da união (15) sai o cordão com o conector (1) (tomada) para a ligação dos acessórios elétricos do comando. Na parte alta do disjuntor estão fixados os batentes para o acionamento dos contatos (conectado/isolado) posicionados no quadro. Nos lados do disjuntor estão fixadas as rampas (9) para o acionamento das persianas de segregação dos contatos de média tensão da caixa ou do quadro. Por outro lado, para os disjuntores para quadro UniSec estão previstas as rodas (18). Na parte frontal do carro do disjuntor está montada a travessa com os puxadores (17) de engate do disjuntor para a manobra de inserção/extração mediante a alavanca específica de manobra (16). O disjuntor é complementado pelos contatos de isolamento (8). O disjuntor extraível está equipado com bloqueios adequados, situados na travessa frontal, que permitem o engate nos entalhes correspondentes do quadro. Os bloqueios só podem ser acionados pelos puxadores se o carro estiver totalmente apoiado na travessa. A alavanca de manobra (16) deve ser introduzida até o fundo (ver também o parágrafo 7.5.). Um bloqueio impede o avanço do carro na caixa ou na parte fixa quando o seccionador de aterramento está fechado. Um outro bloqueio impede a inserção e extração se o disjuntor estiver fechado. Com o carro em posição intermediária entre isolado e conectado, um outro bloqueio impede o fechamento do disjuntor (tanto mecânico como elétrico). No carro também está montado um ímã de bloqueio que, se não estiver excitado, impede a manobra de inserção do carro. A pedido, também está disponível um intertravamento que impede a inserção do disjuntor com a porta aberta e a abertura da porta com o disjuntor fechado. A alavanca para o carregamento manual da mola de fechamento (1) está incorporada no comando; carrega-se a mola com um movimento linear, abaixando a alavanca repetidamente até aparecer o sinalizador amarelo (6) que indica que a mola está totalmente carregada. É possível carregar a mola somente com a porta do quadro aberta; siga as recomendações apresentadas no manual do quadro UniGear para as operações que podem ser feitas com a porta aberta. Nota: os disjuntores extraíveis para quadro UniGear podem ser fornecidos, a pedido, com o dispositivo para o carregamento da mola de fechamento com alavanca fora do comando e movimento de carga rotativo; este dispositivo é fornecido de série somente para os disjuntores extraíveis VD/ZS8 (ver na próxima página o detalhe 1 da Fig. 5b); o dispositivo de carga rotativo permite carregar a mola de fechamento com a porta do quadro fechada Legenda 1 Alavanca para o carregamento manual das molas de fechamento 2 Sinalizador de disjuntor aberto/fechado 3 Placa de características Botão de abertura 5 Botão de fechamento 6 Sinalizador de molas de fechamento carregadas/descarregadas 7 Contador de operações 8 Contatos de isolamento 9 Rampa para o acionamento das persianas do quadro UniGear, PowerCube, ZS8. 10 Carro 11 Bloqueios para o engate na parte fixa Dispositivo de exclusão mecânico para relé de mínima tensão (a pedido) 13 Batentes para o acionamento dos contatos situados na caixa 1 Conector (tomada) 15 União para a cablagem 16 Alavanca de manobra de inserção/extração do disjuntor 17 Puxadores de acionamento dos bloqueios (11). 18 Roda para o acionamento das persianas do quadro UniSec Fig. 5a 19

22 Disjuntores para quadros ZS8. (fig. 5b) O soquete (13) recebe o conector (tomada) situado no quadro. Nos lados do disjuntor estão fixadas as rampas (9) para o acionamento das persianas de segregação dos contatos de média tensão do quadro. Na parte frontal do carro do disjuntor está montada a travessa com os puxadores (17) de engate do disjuntor para a manobra de inserção/extração mediante a alavanca específica de manobra (16). O disjuntor é complementado pelos contatos de isolamento (8). O disjuntor extraível está equipado com bloqueios adequados, descritos a seguir (ver a fig.5c - 5d). 1) Translação impedida com o disjuntor fechado Com o disjuntor fechado, o sensor táctil (16 - fig. 5c) impede o deslizamento da persiana (19- fig. 5c) e, portanto, a inserção da alavanca (20- fig. 5c) para a translação do aparelho. 2) Translação impedida se a tomada não estiver introduzida no soquete Quando a tomada não está introduzida no soquete (13), a haste (21 - fig. 5c) impede o levantamento da placa (22 - fig. 5c) e a translação do aparelho. 3) Fechamento da porta do quadro impedido se a tomada não estiver introduzida no soquete (*) Quando a tomada não está introduzida no soquete (13), o sensor táctil (23 - fig. 5d) impede o fechamento da porta. ) Extração do disjuntor impedida se a tomada estiver introduzida no soquete (*) Quando a tomada está introduzida no soquete (13), o ferrolho (29 - fig. 5d) bate no pino (30 - fig. 5d) e impede que o aparelho seja extraído do quadro Legenda 1 Engate para alavanca de carga manual das molas de fechamento (*) 2 Sinalizador de disjuntor aberto/fechado 3 Placa de características Botão de abertura 5 Botão de fechamento 6 Sinalizador de molas de fechamento carregadas/descarregadas 7 Contador de operações 8 Contatos de isolamento 9 Rampa para o acionamento das persianas do quadro 10 Carro 11 Bloqueios para o engate na parte fixa 13 Conector (tomada) 16 Alavanca de manobra de inserção/extração do disjuntor (para disjuntores VD/ZS8 Preussen Elektra EON está prevista uma versão especial) 17 Puxadores de acionamento dos bloqueios (11). (*) Só para a versão VD/ZS8 Preussen - Elektra EON. Fig. 5b 20

23 Fig. 5c Fig. 5d 21

24 Características gerais dos disjuntores extraíveis para quadros UniGear ZS1 Características gerais dos disjuntores extraíveis para quadros UniGear ZS1 ( kv) Disjuntor VD/P ( 3 ) Normas IEC VDE 0671; CEI EN Arquivo 762 Tensão nominal Ur [kv] Tensão nominal de isolamento Us [kv] Tensão suportável a 50 Hz Ud (1 min) [kv] 28 Tensão de impulso suportável Up [kv] 75 Freqüência nominal fr [Hz] Corrente térmica nominal (0 C) (1) Ir [A] Capacidade de interrupção nominal Isc [ka] (corrente nominal simétrica de curto-circuito) 31,5 31,5 31,5 31, Corrente nominal suportável de curta duração (3s) Ik [ka] ,5 31,5 31,5 31, Capacidade de fechamento Ip [ka] Seqüência de operações [O - 0,3 s - CO - 15 s - CO] Duração de abertura [ms] Duração do arco [ms] Duração total de interrupção [ms] Duração de fechamento [ms] I I H [mm] Dimensões L [mm] gerais H máximas P [mm] L P Distância entre os pólos I [mm] Peso [kg] Quadro normalizado das dimensões TN VCD Temperatura de funcionamento [ C] Tropicalização IEC: , Compatibilidade eletromagnética IEC: (1) Corrente nominal garantida com disjuntor instalado em quadro UniGear ZS1 e com temperatura ambiente de 0 C. (2) Até a 000 A com ventilação forçada. (3) Os disjuntores de até 50 A e 31,5 ka possuem polos em poliamida. 22

25 (2) 3150 (2) ,5 31,5 31,5 31, ,5 31,5 31,5 31,

26 Características gerais dos disjuntores extraíveis para quadros UniGear ZS1 (17,5 kv) Disjuntor VD/P 17 ( 3 ) Normas IEC VDE 0671; CEI EN Arquivo 762 Tensão nominal Ur [kv] 17,5 Tensão nominal de isolamento Us [kv] 17,5 Tensão suportável a 50 Hz Ud (1 min) [kv] 38 Tensão de impulso suportável Up [kv] 95 Freqüência nominal fr [Hz] Corrente térmica nominal (0 C) (1) Ir [A] Capacidade de interrupção nominal Isc [ka] (corrente nominal simétrica de curto-circuito) 31,5 31,5 31,5 31, Corrente nominal suportável de curta duração (3s) Ik [ka] ,5 31,5 31,5 31, Capacidade de fechamento Ip [ka] Seqüência de operações [O - 0,3 s - CO - 15 s - CO] Duração de abertura [ms] Duração do arco [ms] Duração total de interrupção [ms] Duração de fechamento [ms] I I H [mm] Dimensões L [mm] gerais H máximas P [mm] L P Distância entre os pólos I [mm] Peso [kg] Quadro normalizado das dimensões TN VCD Temperatura de funcionamento [ C] Tropicalização IEC: , Compatibilidade eletromagnética IEC: (1) Corrente nominal garantida com disjuntor instalado em quadro UniGear ZS1 e com temperatura ambiente de 0 C (2) Até a 000 A com ventilação forçada. (3) Os disjuntores de até 50 A e 31,5 ka possuem polos em poliamida. 2

27 17,5 17, (2) 3150 (2) ,5 31,5 31,5 31, ,5 31,5 31,5 31,

28 Características gerais dos disjuntores extraíveis para quadros UniGear ZS1 (2 kv) Disjuntor VD/P 2 Normas IEC VDE 0671; CEI EN Arquivo 762 Tensão nominal Ur [kv] 2 Tensão nominal de isolamento Us [kv] 2 Tensão suportável a 50 Hz Ud (1 min) [kv] 50 Tensione di tenuta ad impulso Up [kv] 5 Freqüência nominal fr [Hz] Corrente térmica nominal (0 C) (1) Ir [A] (2) 3150 (3) Capacidade de interrupção nominal (corrente nominal simétrica de curtocircuito) Isc [ka] 31,5 31,5 31,5 31,5 31, Corrente nominal suportável de curta Ik [ka] duração (3s) ,5 31,5 31,5 31, Capacidade de fechamento Ip [ka] Seqüência de operações [O - 0,3 s - CO - 15 s - CO] Duração de abertura [ms] Duração do arco [ms] Duração total de interrupção [ms] Duração de fechamento [ms] I I H [mm] Dimensões L [mm] gerais máximas H P [mm] Distância pólos I [mm] L P Peso [kg] /16 () TN Quadro normalizado das dimensões 1VCD () Temperatura de funcionamento [ C] Tropicalização IEC: , Compatibilidade eletromagnética IEC: (1) Corrente nominal garantida com disjuntor instalado em quadro UniGear ZS1 e com temperatura ambiente de 0 C. (2) 2300 A corrente nominal garantida com ventilação natural; 2500 A corrente nominal garantida com ventilação forçada. (3) 2700 A corrente nominale garantita con ventilazione naturale; 3150 A corrente nominal garantida com ventilação forçada. () Versão 31,5 ka. 26

29 Características gerais dos disjuntores extraíveis para quadros UniGear ZS2 e módulos PowerCube (36 kv) Disjuntor VD/W 36 Normas IEC VDE 0671; CEI EN Arquivo 762 Tensão nominal Ur [kv] 36 Tensão nominal de isolamento Us [kv] 36 Tensão suportável a 50 Hz Ud (1 min) [kv] 70 Tensão de impulso suportável Up [kv] 170 Freqüência nominal fr [Hz] Corrente térmica nominal (0 C) (1) Ir [A] ( * ) Capacidade de interrupção nominal (corrente nominal simétrica de curto-circuito) Isc [ka] 31,5 31,5 31,5 31,5 Corrente nominal suportável de curta duração (3s) Ik [ka] 31,5 31,5 31,5 31,5 Capacidade de fechamento Ip [ka] Seqüência de operações [O - 0,3 s - CO - 15 s - CO] Duração de abertura [ms] Duração do arco [ms] Duração total de interrupção [ms] Duração de fechamento [ms] I I H [mm] Dimensões L [mm] gerais H máximas P [mm] L P Distância entre os pólos I [mm] Peso [kg] Quadro normalizado das dimensões TN 1VYN KG 1VYN KG 1VYN KG Temperatura de funcionamento [ C] Tropicalização IEC: , Compatibilidade eletromagnética IEC: (*) Entre em contato com a ABB 27

30 Tipos de disjuntores extraíveis disponíveis para quadros UniGear ZS1 Disjuntor extraível VD ( kv) Ur Isc Corrente térmica nominal (0 C) [A] kv ka L=650 L=800 L=1000 L=1000 L=1000 I=150 I=210 I=275 I=275 I=275 u/l=205 u/l=310 u/l=310 u/l=310 u/l=310 ø=35 ø=79 ø=79 ø=109 ø=109 Tipo de disjuntor VD/P p VD/P p VD/P p150 31,5 630 VD/P p VD/P..16 p VD/P..20 p VD/P..25 p150 31,5 50 VD/P..32 p VD/P..0 p VD/P..50 p VD/P p VD/P p210 31, VD/P p VD/P.16.0 p VD/P p VD/P p VD/P p210 31, VD/P p VD/P.20.0 p VD/P p VD/P..0 p VD/P p VD/P p275 31, VD/P p VD/P.16.0 p VD/P p VD/P p VD/P p275 31, VD/P p VD/P.20.0 p VD/P p VD/P p VD/P p275 31, VD/P p VD/P.25.0 p VD/P p (1) VD/P p (1) VD/P p275 31, (1) VD/P p (1) VD/P.32.0 p (1) VD/P p275 L = largura do disjuntor. I = distância horizontal entre os pólos. u/l = distância entre os terminais superior e inferior. ø = diâmetro dos contatos de isolamento. (1) Até a 000 A com ventilação forçada. A pedido. 28

31 Disjuntor extraível VD (17,5 kv) Ur Isc Corrente térmica nominal (0 C) [A] kv 17,5 ka L=650 L=800 L=1000 L=1000 L=1000 I=150 I=210 I=275 I=275 I=275 u/l=205 u/l=310 u/l=310 u/l=310 u/l=310 ø=35 ø=79 ø=79 ø=109 ø=109 Tipo de disjuntor VD/P p VD/P p VD/P p150 31,5 630 VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p150 31,5 50 VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p210 31, VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p210 31, VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p275 31, VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p275 31, VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p275 31, VD/P p VD/P p VD/P p (1) VD/P p (1) VD/P p275 31, (1) VD/P p (1) VD/P p (1) VD/P p275 L = largura do disjuntor. I = distância horizontal entre os pólos. u/l = distância entre os terminais superior e inferior. ø = diâmetro dos contatos de isolamento. (1) Até a 000 A com ventilação forçada. A pedido. 29

32 Disjuntor extraível VD (2 kv) Ur Isc Corrente térmica nominal (0 C) [A] L=800 L=1000 L=1000 L=1000 kv ka I=210 I=275 I=275 I=275 Tipo de disjuntor u/l=310 u/l=310 u/l=310 u/l=310 ø=35 ø=35 ø=79 ø= VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p210 31,5 50 VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p275 31, VD/P p VD/P p VD/P p VD/P p275 31, VD/P p (1) VD/P p (1) VD/P p (1) VD/P p275 31, (1) VD/P p275 31, (2) VD/P p275 L = largura do disjuntor I = distância horizontal entre os pólos u/l = distância entre os terminais superior e inferior ø = diâmetro dos contatos de isolamento (1) 2500 A corrente nominal garantida com ventilação forçada (2) 3150 A corrente nominal garantida com ventilação forçada Disjuntor extraível VD (36 kv) Ur Isc Corrente térmica nominal (0 C) [A] H=951 L=788 kv ka u/l=380 ø=399 Tipo de disjuntor I=275 P= A VD/W p , A VD/W p A VD/W p A ( * ) VD/W p275 H = altura do disjuntor L = largura do disjuntor u/l = distância entre os terminais superior e inferior ø = diâmetro dos contatos de isolamento I = distância horizontal entre os pólos P = profundidade do disjuntor (*) = entre em contato com a ABB 30

33 VD - até 2 kv VD - até 2 kv VD - 36 kv Equipamento de série dos disjuntores extraíveis para quadros UniGear ZS1 (até 2 kv) - UniGear ZS2 e módulos PowerCube (VD 36 kv) As versões básicas dos disjuntores extraíveis são tripolares e equipadas com: comando manual do tipo EL sinalizador mecânico de molas de fechamento carregadas/ descarregadas sinalizador mecânico de disjuntor aberto/fechado botão de fechamento botão de abertura contador de operações conjunto de dez contatos auxiliares de disjuntor aberto/ fechado Nota: com o conjunto de dez contatos auxiliares fornecidos de série e com o máximo das aplicações elétricas, estão disponíveis três contatos de fechamento (sinalização de disjuntor aberto) e quatro contatos de abertura (sinalização de disjuntor fechado). alavanca para a carga manual das molas de fechamento contatos de isolamento cordão com conector (só tomada) para circuitos auxiliares, com pino de contraste que impede a introdução da tomada no soquete se a corrente nominal do disjuntor for diferente da corrente nominal do painel alavanca de extração/inserção (a quantidade deve ser definida em função do número de aparelhos pedidos) eletroímã de bloqueio no carro. Impede a inserção do disjuntor no painel com os circuitos auxiliares não conectados (tomada não introduzida no soquete). 31

34 5.5.. Características gerais dos disjuntores extraíveis para módulos PowerCube Características gerais dos disjuntores extraíveis para módulos PowerCube ( kv) Disjuntor VD/P ( 3 ) VD/W ( 3 ) Normas Módulo PowerCube PB1 IEC VDE 0671; CEI EN Arquivo 762 Tensão nominal Ur [kv] Tensão nominal de isolamento Us [kv] Tensão suportável a 50 Hz Ud (1 min) [kv] Tensão de impulso suportável Up [kv] Freqüência nominal fr [Hz] Corrente térmica nominal (0 C) (1) Ir [A] Capacidade de interrupção nominal (corrente nominal simétrica Isc [ka] de curto-circuito) 31,5 31,5 31,5 31, Corrente nominal suportável Ik [ka] de curta duração (3s) 31,5 31,5 31,5 31, Capacidade de fechamento Ip [ka] Seqüência de operações [O - 0,3 s - CO - 15 s - CO] Duração de abertura [ms] Duração do arco [ms] Duração total de interrupção [ms] Duração de fechamento [ms] I I H [mm] Dimensões L [mm] gerais H máximas P [mm] L P Distância pólos I [mm] Peso [kg] Quadro normalizado das dimensões TN VCD Temperatura de funcionamento [ C] Tropicalização IEC: , Compatibilidade eletromagnética IEC: (1) Corrente nominal garantida com disjuntor instalado em caixa PowerCube e com temperatura ambiente de 0 C (2) Até a 000 A com ventilação forçada. (3) Os disjuntores de até 50 A e 31,5 ka possuem polos em poliamida. PB2 32

35 VD/P VD/W PB2 PB3 PB (2) 3150 (2) ,5 31,5 31,5 31, ,5 31,5 31,5 31,

36 Características gerais dos disjuntores extraíveis para módulos PowerCube (17,5 kv) Disjuntor VD/P 17 ( 3 ) VD/W 17 ( 3 ) Normas Módulo PowerCube PB1 PB2 IEC VDE 0671; CEI EN Arquivo 762 Tensão nominal Ur [kv] 17,5 17,5 Tensão nominal de isolamento Us [kv] 17,5 17,5 Tensão suportável a 50 Hz Ud (1 min) [kv] Tensão de impulso suportável Up [kv] Freqüência nominal fr [Hz] Corrente térmica nominal (0 C) (1) Ir [A] Capacidade de interrupção nominal (corrente nominal simétrica Isc [ka] de curto-circuito) 31,5 31,5 31,5 31, Corrente nominal suportável Ik [ka] de curta duração(3s) 31,5 31,5 31,5 31, Capacidade de fechamento Ip [ka] Seqüência de operações [O - 0,3 s - CO - 15 s - CO] Duração de abertura [ms] Duração do arco [ms] Duração total de interrupção [ms] Duração de fechamento [ms] I I H [mm] Dimensões L [mm] gerais H máximas P [mm] L P Distância pólos I [mm]] Peso [kg] Quadro normalizado das dimensões TN VCD Temperatura di funzionamento [ C] Tropicalização IEC: , Compatibilidade eletromagnética IEC: (1) Corrente nominal garantida com disjuntor instalado em caixa PowerCube e com temperatura ambiente de 0 C (2) Até a 000 A com ventilação forçada. (3) Os disjuntores de até 50 A e 31,5 ka possuem polos em poliamida. 3

37 VD/P 17 VD/W 17 PB2 PB3 PB3 17,5 17,5 17,5 17,5 17,5 17, (2) 3150 (2) ,5 31,5 31,5 31, ,5 31,5 31,5 31,

38 Características gerais dos disjuntores extraíveis para módulos PowerCube (2 kv) Disjuntor VD/P 2 Módulo PowerCube PB PB5 Normas IEC VDE 0671; CEI EN Arquivo 762 Tensão nominal Ur [kv] 2 2 Tensão nominal de isolamento Us [kv] 2 2 Tensão suportável a 50 Hz Ud (1 min) [kv] Tensão de impulso suportável Up [kv] 5 5 Freqüência nominal fr [Hz] Corrente térmica nominal (0 C) (1) Ir [A] (2) Capacidade de interrupção nominal (corrente nominal simétrica Isc [ka] de curto-circuito) ,5 31,5 31,5 31, Corrente nominal suportável Ik [ka] de curta duração (3s) ,5 31,5 31,5 31, Capacidade de fechamento Ip [ka] Seqüência de operações [O - 0,3 s - CO - 15 s - CO] Duração de abertura [ms] Duração do arco [ms] Duração total de interrupção [ms] Duração de fechamento [ms] I I H [mm] Dimensões L [mm] gerais H máximas P [mm] L P Distância pólos I [mm] Peso [kg] 10 10/16 (3) Quadro normalizado das dimensões TN VCD (3) Temperatura de funcionamento [ C] Tropicalização IEC: , Compatibilidade eletromagnética IEC: (1) Corrente nominal garantida com disjuntor instalado em caixa PowerCube e com temperatura ambiente de 0 C (2) 2300 A: corrente nominal ininterrupta garantida com ventilação natural; 2500 A: corrente nominal ininterrupta garantida com ventilação forçada. (3) Versão 31,5 ka. 36

Medium Voltage Products. VD4 Disjuntores de média tensão a vácuo 12...24 kv - 630...3150 A - 16...40 ka

Medium Voltage Products. VD4 Disjuntores de média tensão a vácuo 12...24 kv - 630...3150 A - 16...40 ka Medium Voltage Products VD4 Disjuntores de média tensão a vácuo 12...24 kv - 630...3150 A - 16...40 ka 2 Indice Índice 4 1. Descrição 12 2. Escolha e pedido 54 3. Características específicas do produto

Leia mais

Medium voltage products

Medium voltage products Medium voltage products PowerCube tipo PB Módulos e caixas pré-montadas para a realização de quadros de média tensão Power and productivity for a better world TM Índice 2 1. Características gerais 6 2.

Leia mais

Medium voltage products HD4/R Disjuntores de MT em gás para distribuição secundária. Power and productivity for a better world TM

Medium voltage products HD4/R Disjuntores de MT em gás para distribuição secundária. Power and productivity for a better world TM Medium voltage products HD4/R Disjuntores de MT em gás para distribuição secundária Power and productivity for a better world TM Índice 4 1. Descrição 9 2. Escolha e pedido dos disjuntores 48 3. Características

Leia mais

www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.02 2014 Answers for infrastructure and cities.

www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.02 2014 Answers for infrastructure and cities. www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.0 014 Answers for infrastructure and cities. Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 R-HG11-8.tif Siemens HG

Leia mais

Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1. Equipamento de média tensão. Totally Integrated Power SION. Catálogo HG 11.02. Edição 2015. siemens.

Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1. Equipamento de média tensão. Totally Integrated Power SION. Catálogo HG 11.02. Edição 2015. siemens. Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 Equipamento de média tensão Totally Integrated Power SION Catálogo HG 11.0 Edição 015 siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 R-HG11-8.tif Siemens HG 11.0

Leia mais

Disjuntor a Vácuo uso Interno

Disjuntor a Vácuo uso Interno Disjuntor a Vácuo uso Interno D27 - U 1 Sumário 1. Aplicação... 3 2. Condições Normais de Serviço... 4 3. Principais Parâmetros Técnicos... 4 4. Estrutura e Operação do Disjuntor... 5 4.1. Estrutura Geral:...

Leia mais

Instruções de montagem

Instruções de montagem Instruções de montagem Módulos de função xm10 para Caldeiras de aquecimento Murais, de Chão e para a parede. Para os técnicos especializados Leia atentamente antes da montagem 7 747 005 078 03/003 PT Prefácio

Leia mais

Contatores de Média Tensão 01

Contatores de Média Tensão 01 Março 2001 01 - SL Geral Introdução...2 Características técnicas...2 História...2 Tecnologia... 2 Aplicações... 2 Design e Normas de Ensaio... 2 Características Técnicas dos Contatores (160-400 Amperes)

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 4. Disjuntor 145 kv 02 4.1. Objetivo 02 4.2. Normas 02 4.3. Escopo de Fornecimento 02 T- 4.1. Tabela 02 4.4. Características Elétricas 02 4.5. Características Operativas 03 4.5.1.

Leia mais

Medium voltage products. VD4 Disjuntores de média tensão a vácuo kv A ka

Medium voltage products. VD4 Disjuntores de média tensão a vácuo kv A ka Medium voltage products VD4 Disjuntores de média tensão a vácuo...36 kv - 630...4000 A - 16...50 ka Indice Índice 4 1. Descrição 2. Escolha e pedido 66 3. Características específicas do produto 70 4.

Leia mais

Sinalizador óptico à prova de explosão em GRP, 5 joule

Sinalizador óptico à prova de explosão em GRP, 5 joule Sinalizador óptico à prova de explosão em Manual de instruções Additional languages www.stahl-ex.com Informações Gerais Índice 1 Informações Gerais...2 1.1 Fabricante...2 1.2 Informações relativas ao manual

Leia mais

FOGÃO ELÉTRICO. Manual de Instruções SIEMSEN. (0xx) 47 255 2000 LINHA DIRETA

FOGÃO ELÉTRICO. Manual de Instruções SIEMSEN. (0xx) 47 255 2000 LINHA DIRETA Manual de Instruções METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Fone: +55 (0 )47 255 2000 - Fax: +55 (0 )47 255 2020 Rua: Anita Garibaldi, nº 262 - Bairro: São Luiz - CP: 52 CEP: 88351-410 - Brusque - Santa Catarina -

Leia mais

Inspiron 14. Manual de serviço. 5000 Series. Modelo do computador: Inspiron 5448 Modelo normativo: P49G Tipo normativo: P49G001

Inspiron 14. Manual de serviço. 5000 Series. Modelo do computador: Inspiron 5448 Modelo normativo: P49G Tipo normativo: P49G001 Inspiron 14 5000 Series Manual de serviço Modelo do computador: Inspiron 5448 Modelo normativo: P49G Tipo normativo: P49G001 Notas, avisos e advertências NOTA: uma NOTA indica informações importantes que

Leia mais

VBWK Módulo de Entrada em MT para Instalações em Alvenaria. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

VBWK Módulo de Entrada em MT para Instalações em Alvenaria. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas VBWK Módulo de Entrada em MT para Instalações em Alvenaria Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Solução Integrada para Instalações em Alvenaria O kit de entrada em média tensão VBWK

Leia mais

Inspiron 3647 Manual do proprietário

Inspiron 3647 Manual do proprietário Inspiron 3647 Manual do proprietário Modelo do computador: Inspiron 3647 Modelo regulamentar: D09S Tipo regulamentar: D09S001 Notas, Avisos e Advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes

Leia mais

VBW Disjuntor a Vácuo. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

VBW Disjuntor a Vácuo. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas VBW Disjuntor a Vácuo Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Os disjuntores a vácuo VBW foram desenvolvidos para aplicações em redes com classe de tensão de 17,5 kv. Apresentam

Leia mais

Instruções para utilização

Instruções para utilização Instruções para utilização MÁQUINA DE LAVAR ROUPA Português AWM 129 Sumário Instalação, 16-17-18-19 Desembalar e nivelar Ligações hidráulicas e eléctricas Primeiro ciclo de lavagem Dados técnicos Instruções

Leia mais

BEBEDOURO COMPACTO COMPRESSOR MASTERFRIO MANUAL DE INSTRUÇÕES

BEBEDOURO COMPACTO COMPRESSOR MASTERFRIO MANUAL DE INSTRUÇÕES BEBEDOURO COMPACTO COMPRESSOR MASTERFRIO MANUAL DE INSTRUÇÕES Prezado Cliente, A Masterfrio cumprimenta-o pela escolha feita ao comprar nosso bebedouro. Tudo foi feito para que este aparelho preste bons

Leia mais

Descrição B. Cilindro sensor PD 40..

Descrição B. Cilindro sensor PD 40.. Descrição B Cilindro sensor PD 40.. PT 1. Segurança 2 2. unção 3 3. Transporte 8 4. Montagem 8 5. Instalação 9 6. Comissionamento 10 7. uncionamento/operação 10 8. Eliminação de falhas / Reparação 11 9.

Leia mais

www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD

www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD INDÍCE MANUAL UTILIZAÇÃO MAGIC LCD 1. INTRODUÇÃO INSTALAÇÃO, GARANTIA... 3 1.1 COMO INSTALAR MAGIC

Leia mais

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT.

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Brochura técnica Termostatos KP Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. Um termostato KP pode ser conectado diretamente a um

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Manobra de Capacitores Linha CWMC

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores para Manobra de Capacitores Linha CWMC Motores utomação Energia Transmissão & Distribuição Tintas utomação Contatores para Manobra de Capacitores Linha CWMC Manobras de Capacitores para Correção do Fator de Potência linha de contatores especiais

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack

Instruções de Instalação do Rack Instruções de Instalação do Rack Revise a documentação que acompanha o gabinete do rack para as informações sobre segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um gabinete do rack, revise as

Leia mais

Série M3 Produto. Grau de Proteção IP40 (M3X: IP62 quando montado em painel) (IEC 61058-1)

Série M3 Produto. Grau de Proteção IP40 (M3X: IP62 quando montado em painel) (IEC 61058-1) Produto Circuito inversor com capacidade de 16A Mecanismo de ação rápida dos contatos com longa vida Efeito autolimpante dos contatos Grande variedade de atuadores Terminais de parafuso, parafuso frontal

Leia mais

8.1 Verificações Prévias 11 8.2 Instalação da válvula 13

8.1 Verificações Prévias 11 8.2 Instalação da válvula 13 MÁQUINA DE ALTA FREQÜÊNCIA FREQUENCY 3 ÍNDICE 1. Apresentação 03 2. Introdução 04 3. Características Técnicas 05 4. Inspeção de Recebimento 06 5. Transporte 08 6. Abrindo a Embalagem 09 7. Identificação

Leia mais

Sivacon S4. Segurança na sua forma mais elegante: O painel de distribuição de energia para baixa tensão que determina novos padrões.

Sivacon S4. Segurança na sua forma mais elegante: O painel de distribuição de energia para baixa tensão que determina novos padrões. Segurança na sua forma mais elegante: O painel de distribuição de energia para baixa tensão que determina novos padrões. Sivacon S4 Tudo perfeito devido à distribuição de energia de baixa tensão da Siemens.

Leia mais

NOTA TÉCNICA 6.005. Página 1 de 20. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição

NOTA TÉCNICA 6.005. Página 1 de 20. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição Página 1 de 0 NOTA TÉCNICA 6.005 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INTERLIGAÇÃO DE GERADOR PARTICULAR DE CONSUMIDOR PRIMÁRIO COM A REDE DE DISTRIBUIÇÃO DA AES ELETROPAULO UTILIZANDO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA

Leia mais

TORRE TELESCÓPICA AUTO SUPORTADA DE 18 METROS TORRE TEMPORÁRIA TRANSPORTÁVEL COMPACTA SBF INDÚSTRIA MECÂNICA LTDA.

TORRE TELESCÓPICA AUTO SUPORTADA DE 18 METROS TORRE TEMPORÁRIA TRANSPORTÁVEL COMPACTA SBF INDÚSTRIA MECÂNICA LTDA. TORRE TELESCÓPICA AUTO SUPORTADA DE 18 METROS TORRE TEMPORÁRIA TRANSPORTÁVEL COMPACTA SBF INDÚSTRIA MECÂNICA LTDA. PRODUTO SBF TTAS-18 DESCRITIVO TÉCNICO 1.1. Finalidade da Torre A Torre Telescópica Auto

Leia mais

Chaves comutadoras sob carga 3 posições (I-0-II) Linhas OT, OTM e OEM

Chaves comutadoras sob carga 3 posições (I-0-II) Linhas OT, OTM e OEM Chaves comutadoras sob carga 3 posições (I-0-II) Linhas OT, OTM e OEM As comutadoras da ABB possuem manobra e isolação confiáveis entre a rede primária e a rede secundária de energia, assegurando, assim,

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

Informações de segurança e conformidade do Cisco TelePresence MCU 5300 Series

Informações de segurança e conformidade do Cisco TelePresence MCU 5300 Series Informações de segurança e conformidade do Cisco TelePresence MCU 5300 Series Nesta página: Símbolos de informações de segurança Diretrizes operacionais Avisos de segurança Especificação técnica Informações

Leia mais

ELO Sistemas Eletrônicos S.A. 100406011-002

ELO Sistemas Eletrônicos S.A. 100406011-002 MEDIDOR ELETRÔNICO ELO2106 MANUAL DO USUÁRIO Agosto de 2008 ELO Sistemas Eletrônicos S.A. 100406011-002 Índice ÍNDICE... I INTRODUÇÃO... 1-1 CONTEÚDO DESTE MANUAL... 1-1 ONDE OBTER MAIS INFORMAÇÕES...

Leia mais

NORMA TÉCNICA SUMÁRIO 1 FINALIDADE... 3 2 CAMPO DE APLICAÇÃO... 3 3 RESPONSABILIDADES... 3 4 DEFINIÇÕES... 3

NORMA TÉCNICA SUMÁRIO 1 FINALIDADE... 3 2 CAMPO DE APLICAÇÃO... 3 3 RESPONSABILIDADES... 3 4 DEFINIÇÕES... 3 30 / 08 / 2012 1 de 19 SUMÁRIO 1 FINALIDADE... 3 2 CAMPO DE APLICAÇÃO... 3 3 RESPONSABILIDADES... 3 4 DEFINIÇÕES... 3 4.1 Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT... 3 4.2 Agência Nacional de Energia

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções NM 250 TURBO +55 (16) 3383 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com.

bambozzi Manual de Instruções NM 250 TURBO +55 (16) 3383 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com. bambozzi A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 3383 3818 Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

Pára-raios em Porcelana 3EP Uma poderosa linha de produtos.

Pára-raios em Porcelana 3EP Uma poderosa linha de produtos. Pára-raios em Porcelana 3EP Uma poderosa linha de produtos. Power Transmission and Distribution Um Objetivo em quatro Modelos Distintos Pára-raios 3EP com invólucro em porcelana Experiência é vital quando

Leia mais

5- TABELA DE CONSUMO TÍPICO DE EQUIPAMENTOS

5- TABELA DE CONSUMO TÍPICO DE EQUIPAMENTOS ESTABILIZADORES DE TENSÃO 1- AO CLIENTE TS SHARA Primeiramente devemos parabenizá-lo pela escolha de um equipamento com a marca TS SHARA. Os estabilizadores TS SHARA se apresentam como uma solução quando

Leia mais

Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Índice. Título Aqui. Seção 1 Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Seção 2 Disjuntor Padrão 3AE

Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Índice. Título Aqui. Seção 1 Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Seção 2 Disjuntor Padrão 3AE Disjuntores a Vácuo Descrição Disjuntores a Vácuo Título Aqui Índice Seção 1 Disjuntores a Vácuo Descrição Seção 2 Disjuntor Padrão 3AE Seção 3 Módulo Deslizante 3AE Anexo Siemens AG 2005 Disjuntores a

Leia mais

A entrada de energia elétrica será executada através de:

A entrada de energia elétrica será executada através de: Florianópolis, 25 de março de 2013. 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS O presente memorial tem como principal objetivo complementar as instalações apresentadas nos desenhos/plantas, descrevendo-os nas suas partes

Leia mais

Manual de Operação BALANÇA ELETRÔNICA US 30/2

Manual de Operação BALANÇA ELETRÔNICA US 30/2 Manual de Operação BALANÇA ELETRÔNICA US 30/2 1- CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Prato em aço inoxidável 340 x 310 mm. Saída serial para impressora matricial Urano USE-PII. Temperatura de operação: 0 a 50 ºC.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Transdutor de Resistência Transdutor de Temperatura W151 / W152. Revisão I

MANUAL DO USUÁRIO. Transdutor de Resistência Transdutor de Temperatura W151 / W152. Revisão I MANUAL DO USUÁRIO Transdutor de Resistência Transdutor de Temperatura W151 / W152 Índice Capítulo Página Introdução 3 Termo de Garantia 3 Características Técnicas 4 Esquemas de Ligação 6 Saída Analógica

Leia mais

WTL 6/3 Dimensões reduzidas (em mm) ZTL 6/3 ST6/1 ST6T ST6T /1. espessura = 11mm. espessura = 11mm. Dados nominais. Tensão /Corrente /Área (VDE 0611)

WTL 6/3 Dimensões reduzidas (em mm) ZTL 6/3 ST6/1 ST6T ST6T /1. espessura = 11mm. espessura = 11mm. Dados nominais. Tensão /Corrente /Área (VDE 0611) Blocos de Aferição São indicados em circuitos onde se requer a inserção de instrumentos do tipo amperímetro, voltímetro, etc., como também operações de seccionamento elétrico, além da possibilidade de

Leia mais

Lavadora de Pressão LPRESS LP 2

Lavadora de Pressão LPRESS LP 2 0/ 746-09-05 776804 REV. Lavadora de Pressão LPRESS LP Manual de Instruções INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha da Lavadora de Pressão LPRESS LP. Para garantir o melhor desempenho de seu produto, leia atentamente

Leia mais

Painéis fixos com disjuntores Tipo NXPLUS C até 24 kv, isolados a gás

Painéis fixos com disjuntores Tipo NXPLUS C até 24 kv, isolados a gás Painéis fixos com disjuntores Tipo NXPLUS C até 24 kv, isolados a gás Painéis de Distribuição de Média Tensão Totally Integrated Power NXPLUS C Catálogo HA 35.41 Edição 2015 siemens.com/medium-voltage-switchgear

Leia mais

Guia do Instalador & MANUAL DO USUÁRIO. AlbaLED Cores Piscina

Guia do Instalador & MANUAL DO USUÁRIO. AlbaLED Cores Piscina Guia do Instalador & MANUAL DO USUÁRIO AlbaLED Cores Piscina Copyright G2N Automação Indústria e Comércio Ltda. 2009. AlbaLED Cores Piscina Este Guia do Instalador e Manual do Usuário foi publicado pela

Leia mais

Sistema de deteção de fuga de gás. para aquecimento de salas e ambientes semelhantes

Sistema de deteção de fuga de gás. para aquecimento de salas e ambientes semelhantes 7 601 INTELLIGAS Sistema de deteção de fuga de gás para aquecimento de salas e ambientes semelhantes A unidade de controlo eletrónico para a deteção de fuga de gás com sensor individual destina-se a controlar

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de Potência. Versão: 5

Manual Técnico. Transformadores de Potência. Versão: 5 Manual Técnico Transformadores de Potência Versão: 5 Índice 2 8 Página 1 1 INTRODUÇÃO Este manual fornece instruções referentes ao recebimento, instalação e manutenção dos transformadores de potência a

Leia mais

Medium voltage products UniSec Manual de operação e manutenção

Medium voltage products UniSec Manual de operação e manutenção Medium voltage products UniSec Manual de operação e manutenção Segurança 3 Advertências de segurança 3 Pessoal qualificado 3 Informações cruciais 3 Contatos 3 1. Introdução 4 1.1 Aspectos gerais 4 1.2

Leia mais

NOTA TÉCNICA 6.010. Página 1 de 19. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição

NOTA TÉCNICA 6.010. Página 1 de 19. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição Página 1 de 19 NOTA TÉCNICA 6.010 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INTERLIGAÇÃO DE GERADOR PARTICULAR DE CONSUMIDOR SECUNDÁRIO COM A REDE DE DISTRIBUIÇÃO DA AES ELETROPAULO UTILIZANDO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack

Instruções de Instalação do Rack Instruções de Instalação do Rack Revise a documentação fornecida com o gabinete do rack para obter informações de segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um gabinete do rack, revise as

Leia mais

11/06 119-32/00 012807 REV.0. www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções

11/06 119-32/00 012807 REV.0. www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções 11/06 119-32/00 012807 REV.0 www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS INTRODUÇÃO Tensão Corrente Potência/Consumo Freqüência Rotações Diâmetro Área de ventilação

Leia mais

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC.

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC. Manual de Instruções Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C A&C Automação e Controle Rua: Itápolis nº 84 SBC. SP CEP: 09615-040 Tel: (11) 4368-4202 Fax: (11) 4368-5958 E-mail: aec@aecautomacao.com.br

Leia mais

Proteção ao circuitos elétricos Baixo custo Conformidade IEC 60947-2

Proteção ao circuitos elétricos Baixo custo Conformidade IEC 60947-2 Proteção ao circuitos elétricos Baixo custo Conformidade IEC 60947-2 Disjuntores FM101 - Linha de Disjuntores em Caixa moldada Disjuntores FM101 - Linha de Disjuntores em Caixa moldada Os disjuntores FM

Leia mais

Transformadores Eléctricos de Distribuição. Transformadores Imersos em Dieléctrico Líquido

Transformadores Eléctricos de Distribuição. Transformadores Imersos em Dieléctrico Líquido Transformadores Eléctricos de Distribuição Transformadores Imersos em Dieléctrico Líquido Depósito legal: SS-0782/0 Índice Transformadores Eléctricos de Distribuição Desde até 0 kva Nível de Isolamento

Leia mais

Manual de Instalação e Operações

Manual de Instalação e Operações Manual de Instalação e Operações Acionador On/Off Bivolt Sistema de Aquecimento para banheira de hidromassagem PARA SUA SEGURANÇA: Antes de Instalar este produto, leia atentamente este manual de instruções.

Leia mais

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção Medição elétrica de temperatura Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção WIKA folha de dados TE 60.08 outras aprovações veja página 8 Aplicações Para montagem direta em processo Fabricante

Leia mais

Sumário Serra Fita FAM

Sumário Serra Fita FAM Sumário Serra Fita FAM 1 Componentes... 1 Painel de controle... 1 Sensores de segurança... 2 Especificações... 2 Instalação... 3 Condições Gerais do Local... 3 Rede Elétrica... 3 Instalação da Tomada...

Leia mais

Manual de instruções Chave de segurança TP...

Manual de instruções Chave de segurança TP... Uso correto As caves de segurança da série TP são dispositivos de travamento com bloqueio (modelo 2). O atuador possui um baixo estágio de codificação. Em combinação com um dispositivo a proteção móvel

Leia mais

Emax 2 De disjuntor a gestor de energia

Emax 2 De disjuntor a gestor de energia Emax 2 De disjuntor a gestor de energia 2 1DSC200016B0201 Emax 2 Disjuntores gestores de energia Emax 2 a solução. Emax 2 é o novo ponto de referência no panorama dos disjuntores de bastidor aberto. Eficiente

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Apresentação geral

Leia mais

BEBEDOURO COMPRESSOR PRESSÃO MASTERFRIO MODELOS MF40 & MFA40 MANUAL DE INSTRUÇÕES

BEBEDOURO COMPRESSOR PRESSÃO MASTERFRIO MODELOS MF40 & MFA40 MANUAL DE INSTRUÇÕES BEBEDOURO COMPRESSOR PRESSÃO MASTERFRIO MODELOS MF40 & MFA40 MANUAL DE INSTRUÇÕES Prezado Cliente, A MASTERFRIO cumprimenta-o pela escolha feita ao comprar nosso bebedouro. Tudo foi feito para que este

Leia mais

XXX -modelo do frontal vide catálogo. Cor do Aro 2 - aro cromado 6 - aro plástico cinza. Cor da Lente ou Atuador

XXX -modelo do frontal vide catálogo. Cor do Aro 2 - aro cromado 6 - aro plástico cinza. Cor da Lente ou Atuador 2 7 EAO LINHA 22,5mm SÉRIE44 Chave de Códigos 44 xxx.x x xxx Série 44 modelo do frontal vide catálogo Cor do Aro 2 aro cromado 6 aro plástico Cor da Lente ou Atuador vide catálogo Furação 22,5mm Série

Leia mais

SMART Control Manual de Instruções

SMART Control Manual de Instruções SMART Control Manual de Instruções Para utilizar corretamente esse dispositivo, leia este manual de instruções cuidadosamente antes de usar. precauções de segurança Este símbolo, juntamente com uma das

Leia mais

CORTADOR DE FRIOS C-300. Manual do Usuário Instruções de uso, manutenção e limpeza do equipamento. www.elgin.com.br Suporte 0800 77 00 300

CORTADOR DE FRIOS C-300. Manual do Usuário Instruções de uso, manutenção e limpeza do equipamento. www.elgin.com.br Suporte 0800 77 00 300 CORTADOR DE FRIOS C-300 Manual do Usuário Instruções de uso, manutenção e limpeza do equipamento. www.elgin.com.br Suporte 0800 77 00 300 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 2 Descrição Geral... 2 Principais Características...

Leia mais

Importante. Sumário. Entre em contato conosco:

Importante. Sumário. Entre em contato conosco: Manual do operador Terceira edição Segunda impressão Importante Leia, compreenda e siga estas normas de segurança e instruções de operação antes de operar a máquina. Somente pessoas treinadas e autorizadas

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. CONFORTO COM SEGURANÇA Cód: P26708 rev.:8 mod. 150

TERMO DE GARANTIA. CONFORTO COM SEGURANÇA Cód: P26708 rev.:8 mod. 150 TERMO DE GARANTIA A ELETROPPAR, Indústria Eletrônica Ltda, Localizada na Rua Carlos Ferrari nº2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante este

Leia mais

TBM220. Instruções de Serviço

TBM220. Instruções de Serviço Instruções de Serviço PT CARO CLIENTE! O berbequim de mesa PROXXON TBM 220 é uma máquina precisa e potente. As presentes instruções contêm: instruções de segurança manuseamento e manutenção lista de peças

Leia mais

Sistema de sensores Sensores de pressão Série PM1. Catálogo impresso

Sistema de sensores Sensores de pressão Série PM1. Catálogo impresso Sistema de sensores Sensores de pressão Série PM1 Catálogo impresso Sistema de sensores Sensores de pressão Série PM1 Pressão de comutação: -0,9-16 bar mecânico Conexão elétrica: Conector, ISO 4400, formato

Leia mais

By Columbus McKinnon

By Columbus McKinnon By Columbus McKinnon DICAS PARA OPERAR CARGA COM SEGURANÇA. Estudar o Manual do Fabricante, mesmo que você seja um operacor experiente em movimentacão de cargas. Manter sempre a talha centralizada sobre

Leia mais

Eletroímã VERSÃO DO MANUAL

Eletroímã VERSÃO DO MANUAL Eletroímã VERSÃO DO MANUAL 1.4 de 19/02/2013 3045 Sumário 1. Apresentação... 3 2. Itens que Acompanham... 3 2.1. FECHBEM SUPER FS 150 e FS 200... 3 2.2. AUTOMAG F300 E F600... 4 3. Especificações Técnicas...

Leia mais

3.5 mm distância entre pinos 1 contato 10 A Montagem em circuito impresso ou bases série 95

3.5 mm distância entre pinos 1 contato 10 A Montagem em circuito impresso ou bases série 95 Série 40 - Relé para circuito impresso plug-in 8-10 - 16 A Características 40.31 40.51 40.52 Relé com 1 ou 2 contatos 40.31-1 contato 10 A (3.5 mm distância pinos) 40.51-1 contato 10 A (5 mm distância

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA PNEUMÁTICA RP 045 REVISÃO 00

MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA PNEUMÁTICA RP 045 REVISÃO 00 MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA PNEUMÁTICA RP 045 REVISÃO 00 B12-084 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 2 2. INFORMAÇÕES GERAIS... 3 2.1. DIMENSÕES... 3 2.2. DADOS TÉCNICOS... 3 2.3. ACESSÓRIOS... 3 2.4. OPERAÇÃO... 4

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL MODELO OL - MOTOR PERKINS

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL MODELO OL - MOTOR PERKINS Consulte as Assistências Técnicas Autorizadas acesse: www.bambozzi.com.br/assistec.xls ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7 MANUAL DE INSTRUÇÕES Compact Indústria de Produtos Termodinâmicos Ltda. Fábrica: Est. BR-116 KM 152,3, 21940 Pavilhão 1 Bairro Planalto Caxias do Sul - RS - CEP 95070-070 Fone (0XX) 54-2108-3838- Fax:

Leia mais

Caminhões basculantes. Design PGRT

Caminhões basculantes. Design PGRT Informações gerais sobre caminhões basculantes Informações gerais sobre caminhões basculantes Os caminhões basculantes são considerados como uma carroceria sujeita à torção. Os caminhões basculantes são

Leia mais

Manual de Instruções. Leia todas as instruções antes de operar essa ferramenta. Taxa de consumo de energia Corrente 10,5ª / 4,0A

Manual de Instruções. Leia todas as instruções antes de operar essa ferramenta. Taxa de consumo de energia Corrente 10,5ª / 4,0A Manual de Instruções Leia todas as instruções antes de operar essa ferramenta Chanfradeira portátil Modelo HB-15B Ferramenta profissional HB-15B Especificações Fonte de energia (fase única) AC110v-120v

Leia mais

Medium voltage products UniSec para Smart Grid Quadro de média tensão isolado a ar para a distribuição secundária

Medium voltage products UniSec para Smart Grid Quadro de média tensão isolado a ar para a distribuição secundária Medium voltage products UniSec para Smart Grid Quadro de média tensão isolado a ar para a distribuição secundária Índice 3 Visão geral 4 Níveis padrão 6 Monitoramento e controle 7 Medição 8 Proteção e

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO 1 1. AVISOS Leia este manual cuidadosamente antes de instalar e operar o equipamento. A operação da máquina deve estar de acordo com as instruções

Leia mais

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.14.009 SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA

Leia mais

Cortinas de Ar Série BZCAF G1

Cortinas de Ar Série BZCAF G1 www.brize.com.br Versão 04.0. Cortinas de Ar Série BZCAF G SUMÁRIO DADOS TÉCNICOS BZCAF 09C 7V G BZCAF C 7V G BZCAF 5C 7V G COMPRIMENTO (mm) 900 00 500 POTÊNCIA (W) 85/80 50/45 5/90 TENSÃO (V) 7 7 7 CORRENTE

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 33833818

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 33833818 A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO COIFAS DE PAREDE VIDRO RETO VIDRO CURVO

MANUAL DE INSTRUÇÃO COIFAS DE PAREDE VIDRO RETO VIDRO CURVO MANUAL DE INSTRUÇÃO COIFAS DE PAREDE VIDRO RETO VIDRO CURVO MODELOS: BLT BOX BLT VD 60 BLT VD 90 INTRODUÇÃO Parabéns Ao escolher a linha Built de produtos, você optou por um produto de qualidade. As coifas

Leia mais

2.1 Dados Técnicos - Dimensões na Condição de Altura Fechada (Sem Pressão)

2.1 Dados Técnicos - Dimensões na Condição de Altura Fechada (Sem Pressão) 1. Considerações Gerais 1.1 Instruções de recebimento Deve-se inspecionar visualmente todo o equipamento para detectar avarias causadas durante o transporte, como vazamentos e marcas de batidas. Avarias

Leia mais

1ZSE 5492-133 pt, Rev. 5. Comutadores em carga, tipos UC e VUG, com mecanismos acionados por motor, tipos BUE/BUL Lista de peças sobressalentes

1ZSE 5492-133 pt, Rev. 5. Comutadores em carga, tipos UC e VUG, com mecanismos acionados por motor, tipos BUE/BUL Lista de peças sobressalentes 1ZSE 5492-133 pt, Rev. 5 Comutadores em carga, tipos UC e VUG, com mecanismos acionados por motor, tipos BUE/BUL Lista de peças sobressalentes Este documento não deve ser copiado sem a autorização por

Leia mais

Laboratório de robótica

Laboratório de robótica CAMINHÃO TRANSPORTADOR 1. Introdução Laboratório Em uma região muito arborizada da cidade, há muitas árvores altas que perdem algumas folhas durante o dia, derrubando-as nos telhados das casas. Como as

Leia mais

ND-2.009 Ligação de Edifícios com Transformadores

ND-2.009 Ligação de Edifícios com Transformadores ND-2.009 Ligação de Edifícios com Transformadores em Pedestal Norma Técnica Distribuição de Energia Elétrica ND-2.009 Ligação de Edifícios com Transformadores em Pedestal Autores: Plácido Antonio Brunheroto

Leia mais

DESMONTADORA/MONTADORA DE PNEUS

DESMONTADORA/MONTADORA DE PNEUS DESMONTADORA/MONTADORA DE PNEUS MANUAL DE OPERAÇÃO 1 Índice Introdução... 3 Limitações de Uso... 3 Instruções Gerais de Segurança... 3 Especificações Técnicas... 4 Descrição da STC-210... 5 Acessórios

Leia mais

Controlo do sistema PT100M-NR

Controlo do sistema PT100M-NR Controlo do sistema PT100M-NR Manual de instalação PT100MNR-IPT083510 98-0017910 Versão 1.0 PT Índice Índice 1 Indicações sobre estas instruções.................... 5 1.1 Área de aplicação...................................

Leia mais

Powador Mini-Argus Mini-Argus FR

Powador Mini-Argus Mini-Argus FR Powador Mini-Argus Mini-Argus FR Esta caixa de terminais do gerador Powder Mini-Argus inclui protecção para cada via, protecção contra sobrecargas e interruptor de corte DC num caixa separada e pode ser

Leia mais

Epson SureColor F6070 Manual de instalação

Epson SureColor F6070 Manual de instalação Epson SureColor F6070 Manual de instalação 2 Remoção da embalagem e montagem da impressora Leia todas estas instruções antes de usar a sua impressora. Também siga todos os alertas e instruções indicados

Leia mais

Válvulas de Segurança 5/2 vias para o Comando de Cilindros Pneumáticos. 2012 ROSS South America Ltda

Válvulas de Segurança 5/2 vias para o Comando de Cilindros Pneumáticos. 2012 ROSS South America Ltda Válvulas de Segurança 5/2 vias para o Comando de Cilindros Pneumáticos Prensa Pneumática Comandada por Válvula Convencional 5/2 vias Simples Solenóide Escape Área de pilotagem conectada à atmosfera através

Leia mais

Manual de montagem. Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS

Manual de montagem. Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS Manual de montagem Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS Última atualização: V1.20150220 30322575-02-PT Leia e respeite este manual de instruções. Guarde este manual de instruções para

Leia mais

Mini Aquecedor série SEC 016 8W, 10W, 13W

Mini Aquecedor série SEC 016 8W, 10W, 13W Mini Aquecedor série SEC 016 8W, 10W, 13W Limitador de temperatura Ampla faixa de alimentação Aquecimento dinâmico Economia de energia elétrica Compacto Aquecedor para aplicação em invólucros de pequeno

Leia mais

Transformadores compactos para soldagem manual

Transformadores compactos para soldagem manual Transformadores compactos para soldagem manual Manual do usuário e peças de reposição Referência Bantam Brasil 50 0/0 V - 60 Hz 006680 A ESAB se reserva o direito de alterar as especificações sem prévio

Leia mais

Instruções de montagem e de manutenção

Instruções de montagem e de manutenção Instruções de montagem e de manutenção Acumulador combinado Logalux P750 S Para técnicos especializados Ler atentamente antes da montagem e da manutenção 6 720 619 324-03/2001 PT Ficha técnica Para a montagem

Leia mais

Manual de Instalação do Encoder

Manual de Instalação do Encoder Status do Documento: Código de Referência do LS-CS-M-028 Documento Versão: 1 Liberado em: 16-03-2010 Histórico de Revisão do Documento Data Versão Resumo da Alteração 16-03-2010 1 Manual Novo Informação

Leia mais

Chave de Fim de Curso Linhas Metálicas e Plásticas

Chave de Fim de Curso Linhas Metálicas e Plásticas Chave de Fim de Curso Linhas Metálicas e lásticas Safe solutions for your industry 2 Índice Chaves de Fim de Curso ágina 04 Linha Microchaves ágina 05 Dados Técnicos ágina 06 Chaves de Fim de Curso lásticas

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700 MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700 Obrigado por adquirir o Aquecedor Ecológico de Painel ecotermic Cadence, AQC700, um produto de alta tecnologia, seguro e eficiente. É muito

Leia mais

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Additional Manual do Information Produto be certain. 100-238-343 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

Monitorização do sistema PT100U-NR

Monitorização do sistema PT100U-NR Monitorização do sistema PT100U-NR Manual de instalação PT100UNR-IPT083510 98-0016010 Versão 1.0 PT Índice Índice 1 Indicações sobre estas instruções.................... 5 1.1 Área de aplicação...................................

Leia mais