Disjuntor a Vácuo uso Interno

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Disjuntor a Vácuo uso Interno"

Transcrição

1 Disjuntor a Vácuo uso Interno D27 - U 1

2 Sumário 1. Aplicação Condições Normais de Serviço Principais Parâmetros Técnicos Estrutura e Operação do Disjuntor Estrutura Geral: Modo de operação: Armazenamento de Energia do Mecanismo Operação de Fechamento Operação de Abertura Operações Indevidas Partes do Disjuntor Dimensionais Notas Medidas recomendadas para o disjuntor e o compartimento Medidas recomendadas para o polo ativo e o contato estático Sistema de Conexão de Aterramento Manutenção Verificações pré-instalaçao: Manutenção Transporte e Armazenagem Transporte Armazenamento Índice de Figuras Figura 1 - Disjuntor D2 U Extraível... 3 Figura 2 - Disjuntor D27 U Fixo... 3 Figura 3 - Dimensional Disjuntor Extraível... 8 Figura 4 - Dimensional Disjuntor Fixo

3 1. Aplicação O disjuntor compacto é uma série de disjuntores a vácuo, na classe de média tensão, trifásicos AC 60Hz, capaz de operar na classe de 15kv. Recomendado para aplicações de proteção e controle de redes de potencia e equipamentos de potencia de indústria e empresas de mineração. Este produto esta conforme as normas internacionais da IEC e IEC e possui vários tipos de intertravamento. Através da combinação de um mecanismo de operação por mola e o disjuntor propriamente dito, formando um conjunto integrado, este disjuntor pode ser usado tanto em instalações fixas como em unidades extraíveis, desde que acopladas a um chassi adequado. Figura 1 - Disjuntor D2 U Extraível Figura 2 - Disjuntor D27 U Fixo 3

4 2. Condições Normais de Serviço Altitude: 1000m Temp. Ambiente: Máxima 40ºC e mínima de -15ºC Umidade relativa Média Diária: <=95% Pressão do vapor Sat.: <=2,2x10-3 Mpa Média mensal: <=90% Pressão do Vapor Sat.: <=1,8x10-3 Mpa Não aplicar em locais com vibração, produtos inflamáveis ou explosivos, consultar o fabricante para outras situações de uso. 3. Principais Parâmetros Técnicos 4

5 4. Estrutura e Operação do Disjuntor 4.1. Estrutura Geral: O disjuntor adota mecanismo de operação motorizada e câmaras de vácuo para supressão de arco, montadas atrás da estrutura do mecanismo de comando, cuja frontal abriga a sinalizações de aberto-fechado e botões de acionamento. As câmaras de vácuo são montadas na vertical e inseridas em tubos isolantes, que usam tecnologia APG combinadas com resina epóxi, o que permite distancias menores entre os polos. Este tipo de projeto, assegura melhores resultados com relação a formação de descargas na superfície da camará, não só devido aos fatores externos, mas também por manter elevado nível de isolamento mesmo sob condições de umidade, calor e ambientes poluídos Modo de operação: O principio básico é o acionamento de uma mola que pode ser feito de forma manual ou motorizada. O motor é localizado na parte frontal da caixa de comando, que é divida em cinco partes separadas por placas de metal. Como se trata de um disjuntor compacto, as camarás de extinção e o acionamento são numa única peça, reduzindo ruídos, consumo de energia e espaço na infraestrutura Armazenamento de Energia do Mecanismo Se o motor estiver ligado, automaticamente, se inicia a carga da mola, caso contrário pode ser feito manualmente por meio de uma manivela. Durante o acionamento da mola, o eixo do disjuntor começa a esticar a mola de fechamento até atingir certo ponto. Ao ser atingido este ponto, no frontal do disjuntor muda a placa indicadora de mola, da posição descarregada para carregada, ao mesmo tempo em que aciona o micro de fim de curso, liberando os comandos de fechamento.automaticamente o motor é desligado no fim da carga da mola Operação de Fechamento Depois de carregada a mola, se o disjuntor receber um sinal de fechamento, energizando o circuito de fechamento ou pressionando o botão no painel frontal, a energia da mola rotaciona os eixos acoplados as articulações das hastes que movimentam o polo móvel das camarás de vácuo, fechando os seus contatos em alta velocidade. Conjuntamente a mola de abertura é carregada, predispondo o disjuntor a uma abertura rápida. Para permitir o acionamento a bobina que libera a trava de bloqueio deve ser previamente energizada. 5

6 4.5. Operação de Abertura Com a mola de abertura carregada, basta uma energização da bobina de abertura ou da bobina de trip ou um acionamento do botão mecânico para liberar a energia da mola e retornar o eixo acoplado ao polo móvel na sua posição original, ou seja, com a camará de vácuo aberta Operações Indevidas O disjuntor é protegido contra operações erradas, não permitindo que o disjuntor faça uma operação de fechamento sem que o mesmo esteja previamente aberto. Também possui elemento anti-pumping visando operações recorrentes de liga-desliga. Na versão extraível, não é possível remover o disjuntor com o mesmo em operação. Finalmente, o disjuntor não permite o fechamento sem tensão de comando, apenas a abertura é possível. 6

7 5. Partes do Disjuntor 1. Acionador do Micro de mola 2. Pino 3. Parafuso de ajuste do pino 4. Ajustador 5. Braço de conexão 6. Volante de direcionamento de potencia 7. Eixo de potencia 8. Rolamento 9. Trava para manter energia armazena 10. Mola de Fechamento 11. Eixo para carregamento de mola manual 12. Bobina de Fechamento 13. Engrenagem para carregamento de mola manual 14. Mecanismo de direcionamento da corrente 15. Eixo de saída do motor 16. Motor de carregamento de mola 17. Intertravamento 18. Condutor da corrente 19. Eixo que retem energia da mola 20. Bobina de bloqueio de fechamento 21. Braço de conexão 22. Came 23. Direcionador da corrente 24. Mesa de ligação 25. Indicador de mola carregada 26. Tampa do canister 27. Base do barramento de energia 28. Camará de vácuo 29. Tubo isolante que protege a camará de vácuo 30. Base da camará de vácuo 31. Base do barramento de energia 32. Contato da mola de pressão 33. Barra isolante móvel 34. Balancim de movimento do polo móvel da camará 35. Mola de abertura 36. Direcionador da mesa de ligação 37. Parafuso principal do movimento do balancim 38. Dispositivo de manutenção de fechado 39. Mesa de ligação 40. Bobina de abertura 41. Semi-eixo 42. Abertura manual 43. Came 44. Indicador de estado (aberto-fechado) 7

8 6. Dimensionais Figura 3 - Dimensional Disjuntor Extraível 6.1. Notas 1- Distancia das trilhas de contato dos polos é menor que 15mm. Distancia da primeira fase é de 210mmΩ±1,5mm. 2- O tamanho nos braquetes é de 680mm dentro da caixa de distribuição, a distancia de uma fase a outra é de 160mm. 3- O diâmetro do polo de contato é de 35mm Figura 4 - Dimensional Disjuntor Fixo 8

9 7. Medidas recomendadas para o disjuntor e o compartimento 8. Medidas recomendadas para o polo ativo e o contato estático 9

10 9. Sistema de Conexão de Aterramento. A medida A é de 210mm. 10

11 10. Manutenção Verificações pré-instalaçao: Verifique o estado geral do disjuntor no recebimento, a documentação e certificado de garantia devem estar em acordo com o adquirido. Constatado isto, promova a limpeza do conjunto, principalmente dos isoladores, removendo pós e sujeira. Faça uma carga de mola manual e observe o indicador de carga. Faça uma operação de fechamento manual, porém com energização do circuito de comando. E na sequencia uma operação de desligamento manual. Faça uma operação de carga de mola, fechamento e abertura utilizando o circuito de comando do disjuntor, com energização do circuito principal. Faça um teste do sistema de inserção e remoção do disjuntor na versão extraível, que não deverá permitir sua remoção com o disjuntor na posição on Manutenção Proceder à limpeza dos isoladores quando se verificar a presença de sujeira sobre os mesmos. Lubrificar as partes que sofrem fricção como correntes e mancais. A lubrificação deve ser feita com o disjuntor desligado para evitar acidente. Realizar testes de isolação períodos no disjuntor a fim de diagnosticar falhas no sistema de isolação ou mesmo nas camarás de vácuo. Faça um controle rigoroso do numero de operações da camará de vácuo, verificando sempre sua vida útil. Item Evento Causa provável 1 Não liga Mola descarregada Disjuntor fechado Disjuntor extraído/em posição de teste Circuito de comando não ligado/energizado 2 Não insere/remove o disjuntor Disjuntor fechado Push handle não inserido completamente Mecanismo não atingiu a posição de teste Interlock do terra não aberto 11

12 11. Transporte e Armazenagem Transporte Ice o disjuntor de sua embalagem de madeira, usando o cabo de içamento e conectando-o no furo de içamento. Não bater o disjuntor. E não içar pelos polos Armazenamento O disjuntor pode ser armazenado por 20 anos. Ele deve ser armazenado em local seco e arejado. O disjuntor deve ficar na posição desligada e molas descarregadas. 12

www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.02 2014 Answers for infrastructure and cities.

www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.02 2014 Answers for infrastructure and cities. www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.0 014 Answers for infrastructure and cities. Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 R-HG11-8.tif Siemens HG

Leia mais

Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1. Equipamento de média tensão. Totally Integrated Power SION. Catálogo HG 11.02. Edição 2015. siemens.

Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1. Equipamento de média tensão. Totally Integrated Power SION. Catálogo HG 11.02. Edição 2015. siemens. Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 Equipamento de média tensão Totally Integrated Power SION Catálogo HG 11.0 Edição 015 siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 R-HG11-8.tif Siemens HG 11.0

Leia mais

COMPRESSOR MANUAL DO PROPRIETÁRIO DENTAL/MEDICAL OIL-FREE WWW.SCHUSTER.IND.BR PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS

COMPRESSOR MANUAL DO PROPRIETÁRIO DENTAL/MEDICAL OIL-FREE WWW.SCHUSTER.IND.BR PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS COMPRESSOR S45 DENTAL/MEDICAL OIL-FREE MANUAL DO PROPRIETÁRIO COMPRESSOR S45 110V PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS WWW.SCHUSTER.IND.BR 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. INTRODUÇÃO... 3 3. TERMOS DE GARANTIA... 3 4. ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO 1 1. AVISOS Leia este manual cuidadosamente antes de instalar e operar o equipamento. A operação da máquina deve estar de acordo com as instruções

Leia mais

FILTRO PRENSA OLEOFIL MANUAL

FILTRO PRENSA OLEOFIL MANUAL FILTRO PRENSA OLEOFIL MANUAL 1 - INTRODUÇÃO O objetivo deste manual é disponibilizar todas as informações necessárias para a instalação, operação e manutenção dos filtros prensa OF da OLEOFIL, assim como

Leia mais

Acumuladores hidráulicos

Acumuladores hidráulicos Tipos de acumuladores Compressão isotérmica e adiabática Aplicações de acumuladores no circuito Volume útil Pré-carga em acumuladores Instalação Segurança Manutenção Acumuladores Hidráulicos de sistemas

Leia mais

Procedimento Prático Para Manutenção de Cabine Introdução Manutenção preventiva Manutenção corretiva Procedimento, verificações e ensaios

Procedimento Prático Para Manutenção de Cabine Introdução Manutenção preventiva Manutenção corretiva Procedimento, verificações e ensaios Procedimento Prático Para Manutenção de Cabine Introdução Nos equipamentos elétricos se faz necessária a manutenção, para que os mesmo possam estar sempre disponível, prolongando sua vida útil, Esta manutenção

Leia mais

1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho

1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho 1 ME-01 REV00 13 3 1 2 14 9 10 12 4 5 6 7 11 8 1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho da porta

Leia mais

Máquinas de Gelo em Escama QF800-QC700. Instalação. Sistema Elétrico. Localização da Máquina de Gelo

Máquinas de Gelo em Escama QF800-QC700. Instalação. Sistema Elétrico. Localização da Máquina de Gelo Máquinas de Gelo em Escama QF800-QC700 Instalação Localização da Máquina de Gelo Sistema Elétrico O local selecionado para a máquina de gelo deve atender os critérios seguintes. Se algum desses critérios

Leia mais

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC.

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC. Manual de Instruções Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C A&C Automação e Controle Rua: Itápolis nº 84 SBC. SP CEP: 09615-040 Tel: (11) 4368-4202 Fax: (11) 4368-5958 E-mail: aec@aecautomacao.com.br

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7 MANUAL DE INSTRUÇÕES Compact Indústria de Produtos Termodinâmicos Ltda. Fábrica: Est. BR-116 KM 152,3, 21940 Pavilhão 1 Bairro Planalto Caxias do Sul - RS - CEP 95070-070 Fone (0XX) 54-2108-3838- Fax:

Leia mais

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR www.mastertec.ind.br 1 ÍNDICE 1. Recursos:... 3 2. Condições de funcionamento:... 3 3. Características técnicas:... 3 4. Características construtivas:... 3 5. Diagrama

Leia mais

Contatores de Média Tensão 01

Contatores de Média Tensão 01 Março 2001 01 - SL Geral Introdução...2 Características técnicas...2 História...2 Tecnologia... 2 Aplicações... 2 Design e Normas de Ensaio... 2 Características Técnicas dos Contatores (160-400 Amperes)

Leia mais

Sumário Serra Fita FAM

Sumário Serra Fita FAM Sumário Serra Fita FAM 1 Componentes... 1 Painel de controle... 1 Sensores de segurança... 2 Especificações... 2 Instalação... 3 Condições Gerais do Local... 3 Rede Elétrica... 3 Instalação da Tomada...

Leia mais

ER900 & ES900 ESCADAS ROLANTES & ESTEIRAS

ER900 & ES900 ESCADAS ROLANTES & ESTEIRAS ER900 & ES900 ESCADAS ROLANTES & ESTEIRAS www.grupojmms.com A solução perfeita para sua demanda e necessidade. Nossas soluções buscam trazer benefícios e segurança para seu empreendimento. Uma escolha

Leia mais

1 Alteração das imagens do aparelho Kaue 11-08-2011 2 Alteração na capacidade do reservat rio, de 1600ml para 1400ml Kaue 20-09-2011

1 Alteração das imagens do aparelho Kaue 11-08-2011 2 Alteração na capacidade do reservat rio, de 1600ml para 1400ml Kaue 20-09-2011 1 Alteração das imagens do aparelho Kaue 11-08-2011 2 Alteração na capacidade do reservat rio, de 1600ml para 1400ml Kaue 20-09-2011 07/11 719-09-05 775788 REV.2 Vapor Tapete Clean 719-09-05 2 Parabéns

Leia mais

Eletroímã VERSÃO DO MANUAL

Eletroímã VERSÃO DO MANUAL Eletroímã VERSÃO DO MANUAL 1.4 de 19/02/2013 3045 Sumário 1. Apresentação... 3 2. Itens que Acompanham... 3 2.1. FECHBEM SUPER FS 150 e FS 200... 3 2.2. AUTOMAG F300 E F600... 4 3. Especificações Técnicas...

Leia mais

SUCTRON PRATIC SUCTOR DE ALTA POTÊNCIA BOMBA DE VÁCUO MANUAL DO PROPRIETÁRIO PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS WWW.SCHUSTER.IND.BR

SUCTRON PRATIC SUCTOR DE ALTA POTÊNCIA BOMBA DE VÁCUO MANUAL DO PROPRIETÁRIO PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS WWW.SCHUSTER.IND.BR SUCTRON PRATIC SUCTOR DE ALTA POTÊNCIA BOMBA DE VÁCUO MANUAL DO PROPRIETÁRIO PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS WWW.SCHUSTER.IND.BR 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. INTRODUÇÃO... 3 3. TERMOS DE GARANTIA... 3 4. ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono.

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Definição ( montado): é uma combinação de dispositivos e equipamentos de manobra,

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PROTEÇÃO DE SISTEMA AÉREO DE DISTRIBUIÇÃO 2B CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO

DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PROTEÇÃO DE SISTEMA AÉREO DE DISTRIBUIÇÃO 2B CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO 1 DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PROTEÇÃO DE SISTEMA AÉREO DE DISTRIBUIÇÃO 2B CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO Durante um curto-circuito, surge uma corrente de elevada intensidade

Leia mais

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MANUAL DE INSTRUÇÃO MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MODELO: SS-26-1W - 1 - MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO Leia atentamente as instruções antes de iniciar o uso: a) Verificar se a voltagem está correta

Leia mais

Instruções para uso do peso de bater automático

Instruções para uso do peso de bater automático Este equipamento foi desenvolvido com as finalidades de: 1) Agilizar e otimizar o tempo necessário para os testes de penetração de solo; 2) Melhorar a ergonomia do procedimento, evitando esforços físicos

Leia mais

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Additional Manual do Information Produto be certain. 100-238-343 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

ANEXO. 1. Plano Mínimo de Manutenção. 2. Manutenção Preditiva

ANEXO. 1. Plano Mínimo de Manutenção. 2. Manutenção Preditiva ANEXO 1. Plano Mínimo de Manutenção 1.1 O Plano Mínimo de Manutenção define as atividades mínimas de manutenção preditiva e preventiva e suas periodicidades para transformadores de potência e autotransformadores,

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

CORTADOR DE FRIOS C-300. Manual do Usuário Instruções de uso, manutenção e limpeza do equipamento. www.elgin.com.br Suporte 0800 77 00 300

CORTADOR DE FRIOS C-300. Manual do Usuário Instruções de uso, manutenção e limpeza do equipamento. www.elgin.com.br Suporte 0800 77 00 300 CORTADOR DE FRIOS C-300 Manual do Usuário Instruções de uso, manutenção e limpeza do equipamento. www.elgin.com.br Suporte 0800 77 00 300 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 2 Descrição Geral... 2 Principais Características...

Leia mais

VD4 Instruções para a instalação e funcionamento 12... 36 kv - 630...3150 A - 16... 50 ka

VD4 Instruções para a instalação e funcionamento 12... 36 kv - 630...3150 A - 16... 50 ka Medium voltage products VD Instruções para a instalação e funcionamento... 36 kv - 630...3150 A - 16... 50 ka Índice Para a sua segurança! 1 I. Introdução 2 II. Programa para a preservação do meio ambiente

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 4. Disjuntor 145 kv 02 4.1. Objetivo 02 4.2. Normas 02 4.3. Escopo de Fornecimento 02 T- 4.1. Tabela 02 4.4. Características Elétricas 02 4.5. Características Operativas 03 4.5.1.

Leia mais

Inspiron 3647 Manual do proprietário

Inspiron 3647 Manual do proprietário Inspiron 3647 Manual do proprietário Modelo do computador: Inspiron 3647 Modelo regulamentar: D09S Tipo regulamentar: D09S001 Notas, Avisos e Advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes

Leia mais

Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Índice. Título Aqui. Seção 1 Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Seção 2 Disjuntor Padrão 3AE

Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Índice. Título Aqui. Seção 1 Disjuntores a Vácuo SION Descrição. Seção 2 Disjuntor Padrão 3AE Disjuntores a Vácuo Descrição Disjuntores a Vácuo Título Aqui Índice Seção 1 Disjuntores a Vácuo Descrição Seção 2 Disjuntor Padrão 3AE Seção 3 Módulo Deslizante 3AE Anexo Siemens AG 2005 Disjuntores a

Leia mais

ÍNDICE. Esperamos que nosso transportador de carga Tracionário, proporcione agilidade e segurança em seu trabalho.

ÍNDICE. Esperamos que nosso transportador de carga Tracionário, proporcione agilidade e segurança em seu trabalho. Esperamos que nosso transportador de carga Tracionário, proporcione agilidade e segurança em seu trabalho. Para que nosso produto tenha um resultado positivo, é de fundamental importância que o Manual

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Central de Detecção e Alarme Contra Incêndio V260 Imagem Central V260 36 Laços Manual de Instalação Leia atentamente o manual antes do manuseio do equipamento ÍNDICE 1 COMANDOS E SINALIZAÇÕES DA CENTRAL

Leia mais

Chaves comutadoras sob carga 3 posições (I-0-II) Linhas OT, OTM e OEM

Chaves comutadoras sob carga 3 posições (I-0-II) Linhas OT, OTM e OEM Chaves comutadoras sob carga 3 posições (I-0-II) Linhas OT, OTM e OEM As comutadoras da ABB possuem manobra e isolação confiáveis entre a rede primária e a rede secundária de energia, assegurando, assim,

Leia mais

SKYMSEN LINHA DIRETA. Ramais 2011 2012 2013. E-mail: at@siemsen.com.br

SKYMSEN LINHA DIRETA. Ramais 2011 2012 2013. E-mail: at@siemsen.com.br PRODUTOS METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairro: S o Luiz CEP: 88351-410 Brusque Santa Catarina Brasil Fone: +55 47 255 2000 Fax: +55 47 255 2020 www.siemsen.com.br - comercial@siemsen.com.br

Leia mais

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA MANUAL DE INSTRUÇÕES COMPRESSOR DE AR ÍNDICE 1. PREPARAÇÃO 2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA 3. PRECAUÇÕES 4. DESCRIÇÃO BREVE 5. VISÃO GERAL E COMPONENTES PRINCIPAIS 6. PRINCIPAIS PARÂMETROS TÉCNICOS 7. VISÃO

Leia mais

FOGÃO ELÉTRICO. Manual de Instruções SIEMSEN. (0xx) 47 255 2000 LINHA DIRETA

FOGÃO ELÉTRICO. Manual de Instruções SIEMSEN. (0xx) 47 255 2000 LINHA DIRETA Manual de Instruções METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Fone: +55 (0 )47 255 2000 - Fax: +55 (0 )47 255 2020 Rua: Anita Garibaldi, nº 262 - Bairro: São Luiz - CP: 52 CEP: 88351-410 - Brusque - Santa Catarina -

Leia mais

MANUAL DE FUNCIONAMENTO

MANUAL DE FUNCIONAMENTO MANUAL DE FUNCIONAMENTO Prezado cliente, Nossas embaladoras são desenvolvidas para oferecer economia e, melhoria na apresentação de seus produtos, levando aos consumidores garantia de maior durabilidade

Leia mais

Manual De Instalação PURILED. Índice. 1- Apresentação 2- Identificação do produto 3- Acessórios para instalação 4- Vedação elétrica

Manual De Instalação PURILED. Índice. 1- Apresentação 2- Identificação do produto 3- Acessórios para instalação 4- Vedação elétrica Índice 1- Apresentação 2- Identificação do produto 3- Acessórios para instalação 4- Vedação elétrica Manual De Instalação 5- Instalação em piscinas de Vinil 6- Instalação em piscinas de Alvenaria 7- Instalação

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de Potência. Versão: 5

Manual Técnico. Transformadores de Potência. Versão: 5 Manual Técnico Transformadores de Potência Versão: 5 Índice 2 8 Página 1 1 INTRODUÇÃO Este manual fornece instruções referentes ao recebimento, instalação e manutenção dos transformadores de potência a

Leia mais

LS-3 Plus. Centrífuga Manual de Operação. CELM Companhia Equipadora de Laboratórios Modernos

LS-3 Plus. Centrífuga Manual de Operação. CELM Companhia Equipadora de Laboratórios Modernos LS-3 Plus Centrífuga Manual de Operação Marca de Fabricação: CELM Produto Brasileiro CELM Companhia Equipadora de Laboratórios Modernos AV. Guido Aliberti, 5129-Bairro Mauá -São Caetano do Sul - SP CEP:

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções TRR 3110S NM +55 (16) 33833818 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com.

bambozzi Manual de Instruções TRR 3110S NM +55 (16) 33833818 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com. A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

17,5kV P/V-17 Painel de Distribuição CA em Caixa Metálica. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda.

17,5kV P/V-17 Painel de Distribuição CA em Caixa Metálica. MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda. GE Energy Management Industrial Solutions MSA CONTROL - (11) 3961-1171 - comercial@msacontrol.com.br Gear 17,5kV P/V-17 Painel de Distribuição CA em Caixa Metálica MSA CONTROL Indústria Elétrica Ltda.

Leia mais

- -Pressionando essa tecla podemos diminuir os valores a serem ajustados no menu de programação.

- -Pressionando essa tecla podemos diminuir os valores a serem ajustados no menu de programação. Apresentação 1 Display LCD 2 Tecla + (aumentar) 3 Tecla Seleção 4 Tecla (diminuir) 5 Tecla Motor manual 6 Tecla Reset contador 7 Led Indica painel ligado 8 Led resistência ligada 9 Led Prensa ligada 10

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros Instrução Técnica Nº 027/2010 EM REVISÃO Armazenamento em Silos SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MDC 305ED +55 (16) 33833818

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MDC 305ED +55 (16) 33833818 A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

Rosqueadeiras. Manual de Instruções

Rosqueadeiras. Manual de Instruções Manual de Instruções 2 NOMAQ Roscar/Cortar/Escarear Modelos para tubos de ½ a 6 Modelo NQ-R2 NQ-R2A NQ-R4 NQ-R6 Roscas Tubos 1/2, 3/4, 1, 2 1/2, 3/4, 1, 2 1/2, 3/4, 1, 2, 2.1/2, 4 2.1/2, 4, 5, 6 Roscas

Leia mais

Manual do usuário LUME 1000 LUME 2000

Manual do usuário LUME 1000 LUME 2000 Manual do usuário LUME 1000 LUME 2000 LUME 1000 e LUME 2000 Central de iluminação de emergência Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Engesul. As centrais de iluminação

Leia mais

A entrada de energia elétrica será executada através de:

A entrada de energia elétrica será executada através de: Florianópolis, 25 de março de 2013. 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS O presente memorial tem como principal objetivo complementar as instalações apresentadas nos desenhos/plantas, descrevendo-os nas suas partes

Leia mais

MANUTENÇÃO CENTRADA NA CONFIABILIDADE DE SUBESTAÇÕES

MANUTENÇÃO CENTRADA NA CONFIABILIDADE DE SUBESTAÇÕES Comitê de Estudo B3 Subestações Força Tarefa - Manutenção Centrada na Confiabilidade MANUTENÇÃO CENTRADA NA CONFIABILIDADE DE SUBESTAÇÕES Comutadores de tap INTRODUÇÃO Os comutadores de tap são utilizados

Leia mais

Fechadura Digital. Manual de Instruções YDF40. Português

Fechadura Digital. Manual de Instruções YDF40. Português Fechadura Digital anual de Instruções YDF40 Português ATENÇÃO, LEIA AS INSTRÇÕES ANTES DE TILIZAR O PRODTO. As funções e design deste produto podem ser modificadas sem aviso prévio visando a qualidade

Leia mais

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT.

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Brochura técnica Termostatos KP Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. Um termostato KP pode ser conectado diretamente a um

Leia mais

Manual de Usuário. (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000)

Manual de Usuário. (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000) AUTOMATIZADORES PARA PORTAS DE ENROLAR IMPORTAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO NA INSTALAÇÃO Manual de Usuário (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000) SAC: 55 + 11 3088

Leia mais

MINI COOPER. Vermelho

MINI COOPER. Vermelho Manual de Montagem e Instruções de Uso Manual do brinquedo e do controle remoto. Brinquedo com marcha frente/ ré e duplo comando: controle remoto para um adulto direcionar os movimentos do brinquedo. Controle

Leia mais

ZJ20U93 Montagem e Operacional

ZJ20U93 Montagem e Operacional www.zoje.com.br ZJ20U93 Montagem e Operacional ÍNDICE 1. Aplicação...2 2. Operação segura...2 3. Cuidados antes da operação...2 4. Lubrificação...2 5. Seleção da agulha e do fio...3 6. A Inserção da agulha...3

Leia mais

GE Energy Management Industrial Solutions. Record SL. Disjuntores Caixa Moldada. imagination at work

GE Energy Management Industrial Solutions. Record SL. Disjuntores Caixa Moldada. imagination at work GE Energy Management Industrial olutions Record L Disjuntores Caixa Moldada imagination at work 2 Record L Disjuntores Caixa Moldada A nova linha de disjuntores Record L possui a mesma concepção de design,

Leia mais

MANUAL TÉCNICO JIRAU PASSANTE ELÉTRICO

MANUAL TÉCNICO JIRAU PASSANTE ELÉTRICO MANUAL TÉCNICO SUMÁRIO Introdução 03 Descrição da plataforma 04 Instruções de montagem 08 Informações de segurança 12 INTRODUÇÃO O ANDAIME SUSPENSO ELÉTRICO JIRAU é recomendado para trabalhos em altura

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINA DE COSTURA

MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINA DE COSTURA MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINA DE COSTURA Modelo: GF1000 (Bivolt) Leia atentamente este Manual, antes de usar sua Máquina de Costura. Guarde-o em local seguro, para futuras consultas. SAC: (11) 5660.2600

Leia mais

Lista Completa de Peças

Lista Completa de Peças Lista Completa de Peças Carta ao Proprietário Parabéns pela escolha!!! Você adquiriu um dos Equipamentos Paletrans para movimentação de carga, desenvolvido com tecnologia mundial, de fácil manutenção e

Leia mais

VBWK Módulo de Entrada em MT para Instalações em Alvenaria. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

VBWK Módulo de Entrada em MT para Instalações em Alvenaria. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas VBWK Módulo de Entrada em MT para Instalações em Alvenaria Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Solução Integrada para Instalações em Alvenaria O kit de entrada em média tensão VBWK

Leia mais

Proteção ao circuitos elétricos Baixo custo Conformidade IEC 60947-2

Proteção ao circuitos elétricos Baixo custo Conformidade IEC 60947-2 Proteção ao circuitos elétricos Baixo custo Conformidade IEC 60947-2 Disjuntores FM101 - Linha de Disjuntores em Caixa moldada Disjuntores FM101 - Linha de Disjuntores em Caixa moldada Os disjuntores FM

Leia mais

MANUAIS DE INSTRUÇÃO

MANUAIS DE INSTRUÇÃO MANUAIS DE INSTRUÇÃO ESPECIFICAÇÕES O DIMMER RACK 12 CANAIS CBI é fabricado para cumprir com as especificações do mercado de iluminação profissional, iluminação cênica, decorativa, shows, eventos e iluminação

Leia mais

Megôhmetro/Teste de Isolamento Modelo 380260 GUIA DO USUÁRIO

Megôhmetro/Teste de Isolamento Modelo 380260 GUIA DO USUÁRIO Megôhmetro/Teste de Isolamento Modelo 380260 GUIA DO USUÁRIO Introdução Parabéns por sua compra do Megôhmetro/Teste de Isolamento da Extech. O Modelo 380260 fornece três faixas de teste de medição de tensão

Leia mais

Sistema de Coleta de Esgoto a Vácuo para Marinas

Sistema de Coleta de Esgoto a Vácuo para Marinas Sistema de Coleta de Esgoto a Vácuo para Marinas Rua Del. Leopoldo Belczak, 309-82.800-220 Curitiba - PR - Brasil Fone: 41 3266-5882 - Fax: 41 3366-5638 - Email: norbra@netpar.com.br www.norbra.com.br

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL MODELO OL - MOTOR PERKINS

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL MODELO OL - MOTOR PERKINS Consulte as Assistências Técnicas Autorizadas acesse: www.bambozzi.com.br/assistec.xls ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA 1 INTRODUÇÃO As Furadeiras de Base Magnética Merax caracterizam-se por serem robustas, porém leves e de fácil transporte. Utilizam qualquer tipo de broca, preferencialmente as brocas anulares. Trabalham

Leia mais

Fechadura de códigos por Impressão Digital. Manual de instalação e utilização

Fechadura de códigos por Impressão Digital. Manual de instalação e utilização Fechadura de códigos por Impressão Digital Manual de instalação e utilização CARACTERÍSTICAS SUMÁRIO CARACTERÍSTICAS ---------------------------------------------------------------------- P2 COMPONENTES,

Leia mais

Detalhes DBC. - Manual versão 1.05 - Junho de 2012. o x i g ê n i o. Máscara de Solda de auto-escurecimento DBC-600 CA 27617.

Detalhes DBC. - Manual versão 1.05 - Junho de 2012. o x i g ê n i o. Máscara de Solda de auto-escurecimento DBC-600 CA 27617. DBC o x i g ê n i o Detalhes - Manual versão 1.0 - Junho de 2012 Máscara de Solda de auto-escurecimento DBC-00 CA 21 Manual do Usuário Índice Conteúdo 1) Breve histórico das máscaras 2) Componentes deste

Leia mais

Especificação Quadro Autoportante de Baixa Tensão

Especificação Quadro Autoportante de Baixa Tensão Especificação Quadro Autoportante de Baixa Tensão Descrição: QUADRO AUTO-PORTANTE ATÉ 4000A Local de Aplicação QGBT Modelo Fabricante: Fabricante Alternativo Normas NBR 6808, IEC 60439-1 Aplicáveis Critério

Leia mais

Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação.

Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação. Contatores Contatores são dispositivos de manobra mecânica, eletromagneticamente, construídos para uma elevada freguência de operação. De acordo com a potência (carga), o contator é um dispositivo de comando

Leia mais

SISTEMAS AUXILIARES DOS MOTORES

SISTEMAS AUXILIARES DOS MOTORES SISTEMAS AUXILIARES DOS MOTORES 1. SISTEMA DE VÁLVULAS 2. SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO 3. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 4. SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO 5. SISTEMA ELÉTRICO SISTEMA DE VÁLVULAS Responsável pelo fechamento

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 33833818

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 33833818 A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

SUBESTAÇÃO TIPOS DE SUBESTAÇÕES

SUBESTAÇÃO TIPOS DE SUBESTAÇÕES SUBESTAÇÃO Uma subestação elétrica é um grupamento de equipamentos elétricos com a finalidade de dirigir o fluxo de energia elétrica num sistema de potência e de possibilitar a operação segura do sistema,

Leia mais

11/07 246-04/00 072413 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO. www.britania.com.br sac@britania.com.br ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR MANUAL DE INSTRUÇÕES

11/07 246-04/00 072413 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO. www.britania.com.br sac@britania.com.br ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR MANUAL DE INSTRUÇÕES 11/07 246-04/00 072413 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO www.britania.com.br sac@britania.com.br ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR MANUAL DE INSTRUÇÕES ELIMINAÇÃO DE PROBLEMAS ASPIRADOR NÃO LIGA Verificar se a

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Oficina Rural com MDC-300ED 0800 7733818

bambozzi Manual de Instruções Oficina Rural com MDC-300ED 0800 7733818 bambozzi Consulte as Assistências Técnicas Autorizadas acesse: www.bambozzi.com.br/assistec.xls ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 Manual de Instruções BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

COMANDOS ELÉTRICOS Este material não é destinado a comercialização.

COMANDOS ELÉTRICOS Este material não é destinado a comercialização. COMANDOS ELÉTRICOS Está apostila é usada nas aulas ministradas na matéria de comandos no curso de pósmédio mecatrônica, não se tratando de um material voltado para a qualificação. Há ainda um complemento

Leia mais

Alternadores Síncronos

Alternadores Síncronos Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Alternadores Síncronos Modelos: GPW, GSW GPA, GSA GPF, GSF Manual de Instalação, Operação e Manutenção Manual de instalação operação e manutenção

Leia mais

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS Manual do Operador COMPONENTES e ACESSÓRIOS Tampa do tanque de produtos químicos Bocal Lança Tanque de produtos químicos Vela de ignição Acionador de

Leia mais

Boletim da Engenharia

Boletim da Engenharia Boletim da Engenharia 15 Instalação, operação e manutenção dos sistemas de refrigeração comercial 03/04 Introdução É bem provável que a maioria das deficiências de operação em sistemas de refrigeração

Leia mais

Servoacionamento série CuiDADoS E PrECAuÇÕES

Servoacionamento série CuiDADoS E PrECAuÇÕES A U T O M A Ç Ã O Servoacionamento série CuiDADoS E PrECAuÇÕES Recomendamos a completa leitura deste manual antes da colocação em funcionamento dos equipamentos. 1 Sumário Garantia Estendida Akiyama 3

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700 MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR ECOLÓGICO DE PAINEL ECOTERMIC AQC700 Obrigado por adquirir o Aquecedor Ecológico de Painel ecotermic Cadence, AQC700, um produto de alta tecnologia, seguro e eficiente. É muito

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 3383

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 3383 A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 3383 3818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

BERMAD Saneamento. Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa. Série 700. Modelo 740

BERMAD Saneamento. Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa. Série 700. Modelo 740 Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa Isolamento dos efeitos de partida e parada da bomba do sistema, para: Bombas de velocidade única isoladas Bateria para bombas de velocidade única

Leia mais

rimetal máquina codificadora a laser Modelo: TRCL Manual do Usuário Máquinas para Baterias

rimetal máquina codificadora a laser Modelo: TRCL Manual do Usuário Máquinas para Baterias máquina codificadora a laser Modelo: TRCL Manual do Usuário ÍNDICE INTRODUÇÃO Apresentação Dados Técnicos Cuidados Segurança Limpeza 2 3 4 5 6 MANUTENÇÃO Instruções Manutenção Preventiva REGULAGEM E AJUSTES

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº.

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº. SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº. 27/2010 Armazenamento em silos SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Referências

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE Página 1 de 10 Manual Técnico Transformadores de potência Revisão 5 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO...2 2 RECEBIMENTO...2 3 INSTALAÇÃO...3 3.1 Local de instalação...3 3.2 Ligações...3 3.3 Proteções...7 4 MANUTENÇÃO...9

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO EQUIPAMENTOS DE IONIZAÇÃO DE AR. Airgenic Unidade de Teto CX 300-F3-IC. Airgenic Unidade de Teto CX 300-F3-IC.

MANUAL DO USUÁRIO EQUIPAMENTOS DE IONIZAÇÃO DE AR. Airgenic Unidade de Teto CX 300-F3-IC. Airgenic Unidade de Teto CX 300-F3-IC. MANUAL DO USUÁRIO EQUIPAMENTOS DE IONIZAÇÃO DE AR Airgenic Unidade de Teto Índice Airgenic Unidade de Teto Modo de Usar Paginas 3 4 Regulagens do Equipamento Pagina 5 Falhas e Soluções Pagina 6 Limpeza

Leia mais

SISTEMA HIDRÁULICO. Cilindros hidráulicos Válvulas direcionais Bombas Filtros Reservatórios Circuitos hidráulicos básicos CILINDROS HIDRÁULICOS

SISTEMA HIDRÁULICO. Cilindros hidráulicos Válvulas direcionais Bombas Filtros Reservatórios Circuitos hidráulicos básicos CILINDROS HIDRÁULICOS SISTEMA HIDRÁULICO A unidade hidráulica é destinada ao acionamento dos pistões de aperto do abafador à base, composta de duas bombas (sendo uma de reserva), e dos respectivos acessórios de supervisão,

Leia mais

Para a consulta atualizada deste manual, acesse o site www.nardelli.com.br/downloads

Para a consulta atualizada deste manual, acesse o site www.nardelli.com.br/downloads 1 Parabéns Obrigado por adquirir uma coifa de ilha Fogatti, esperamos que este produto satisfaça a sua necessidade. Por favor, leia todas as instruções atentamente para obter os melhores resultados da

Leia mais

11/06 119-32/00 012807 REV.0. www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções

11/06 119-32/00 012807 REV.0. www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções 11/06 119-32/00 012807 REV.0 www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS INTRODUÇÃO Tensão Corrente Potência/Consumo Freqüência Rotações Diâmetro Área de ventilação

Leia mais

Manual de Instruções SX-015-A

Manual de Instruções SX-015-A Manual de Instruções SX-015-A Tabela de conteúdos Características do Produto Desenho de Construção Civil Acessórios Lista Parâmetros técnicos Instrução de Operação Painel de Controle Salvaguardas importantes

Leia mais

Guia do Usuário. Modelo 380360 Testador de Isolamento / Megômetro

Guia do Usuário. Modelo 380360 Testador de Isolamento / Megômetro Guia do Usuário Modelo 380360 Testador de Isolamento / Megômetro Introdução Parabéns pela sua compra do Testador de Isolamento/Megômetro da Extech. O Modelo 380360 fornece três faixas de teste além de

Leia mais

Instruções e Manual do Usuário

Instruções e Manual do Usuário Máquina de solda MIG Instruções e Manual do Usuário Favor ler atentamente antes de usar. GUARDAR estas instruções para futura referência. Obrigado por escolher nossa máquina de solda MIG. A máquina de

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA [REV.00 03082011] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA Antes da utilização, é muito importante que você leia atentamente o manual de instruções, estas informações ajudam a prevenir acidentes e utilizar

Leia mais

TRANSFORMAÇÃO DE VAGÃO TRADICIONAL DE LASTRO DE BRITA EM VAGÃO AUTOMÁTICO DE ACIONAMENTO HIDRÁULICO

TRANSFORMAÇÃO DE VAGÃO TRADICIONAL DE LASTRO DE BRITA EM VAGÃO AUTOMÁTICO DE ACIONAMENTO HIDRÁULICO TRANSFORMAÇÃO DE VAGÃO TRADICIONAL DE LASTRO DE BRITA EM VAGÃO AUTOMÁTICO DE ACIONAMENTO HIDRÁULICO RESUMO: A modernização do vagão Hopper de brita do sistema de Metrô englobou a mudança de sua estrutura

Leia mais

Manual Técnico e Certificado de Garantia

Manual Técnico e Certificado de Garantia Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. Com design diferenciado o Efyx Nauta é pré-montado. Siga todas

Leia mais

LÍDER. 80m. Atenção: Leia as instruções antes de usar o aparelho.

LÍDER. 80m. Atenção: Leia as instruções antes de usar o aparelho. LÍDER Atenção: Leia as instruções antes de usar o aparelho. Fresnomaq Indústria de Máquinas S/A Tel.: (41) 2102 0300 - Fax: (41) 2102 0334 Rua Francisco Dal Negro, 3400, São José dos Pinhais, PR, Brasil

Leia mais

NR-19 EXPLOSIVOS (119.000-8)

NR-19 EXPLOSIVOS (119.000-8) NR-19 EXPLOSIVOS (119.000-8) 19.1 Depósito, manuseio e armazenagem de explosivos. 19.1.1 Explosivos são substâncias capazes de rapidamente se transformarem em gases, produzindo calor intenso e pressões

Leia mais