Proyecto para la Protección Ambiental y Desarrollo Sostenible del Sistema Acuífero Guaraní

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Proyecto para la Protección Ambiental y Desarrollo Sostenible del Sistema Acuífero Guaraní"

Transcrição

1 Proyecto para la Protección Ambiental y Desarrollo Sostenible del Sistema Acuífero Guaraní Projeto de Proteção Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Sistema Aquífero Guarani Environmental Protection and Sustainable Development of the Guarani Aquifer System Project Avances en el Conocimiento del Sistema Acuífero Guaraní Avanços no Conhecimento do Sistema Aquífero Guarani Advances on Guarani Aquifer System Knowledge 2/7 Tomo 2. INVENTARIO Y MUESTREO, HIDROQUIMICA E ISOTOPIA - VOLUMEN 7 Tomo 2. INVENTÁRIO, AMOSTRAGEM, HIDROQUÍMICA E ESTUDOS ISOTÓPICOS - VOLUME 7 Volume 2. INVENTORY, SAMPLING, HYDROCHEMISTRY AND ISOTOPY - BOOK 7

2 TOMO 2. INVENTARIO Y MUESTREO. HIDROQUIMICA ZONA SUR Y NORTE. ISOTOPIA Volumen 7: HIDROQUIMICA GENERAL ZONA NORTE (PARTE II) HIDROQUIMICA GENERAL SEGUNDO AÑO

3 Resultados análisis de laboratorio Zona Norte Parte 2

4 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos Matriz: Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG GRA-001 Data de entrada na empresa: 06/04/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 18/11/2008 DADOS DA COLETA Coletado por: Interessado Local / Identificação: Data: 04/04/2007 Condições: Hora (h): 15:25 (ºC) ar: 32,1 (ºC) amostra: 39,1 ph: 9,39 RESULTADOS PARÂMETROS Alumínio Solúvel Alumínio Total Boro Solúvel Boro Total Clorofila a Coliformes fecais Coliformes Totais DBO 5 dias a 20ºC DQO Dureza Permanente. Dureza Total. Escherichia coli Fluoretos. Fósforo Total Lítio Solúvel Lítio Total Sólidos Totais TOC* Arsênio Total. Arsênio Solúvel. Bário Total Bário Solúvel Cádmio Total Cádmio Solúvel Cálcio Total Chumbo total Chumbo Solúvel Cobre Total Cobre Solúvel Cromo Total Cromo Solúvel Ferro total Ferro Solúvel Magnésio Total Manganês Total Manganês Solúvel Mercúrio Total. Mercúrio Solúvel. Níquel Total Níquel Solúvel Potássio total Selênio Total. Selênio Solúvel. Sódio Total UNIDADES mg Al/L mg Al/L mg CaCO3/L mg CaCO3/L mg F/L mg P/L mg C/L mg Ca/L mg Mg/L mg K/L mg Na/L L.Q L.D RESULTADOS 0,03 0,01 0,01 0,03 0,01 0,01 0,081 0,027 n.d 0,081 0,027 n.d 1,59 0,53 1, ausente ausente --- ausente ausente ,03 0,01 nd 0,03 0,01 2, ausente ausente 0,0091 0,0029 0,2532 0,027 0,009 0,340 0,0005 0,0002 0,0068 0,0005 0,0002 0, ,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 n.d 0,0069 0,0022 0,8740 0,0014 0,0004 n.d 0,0014 0,0004 n.d 0,0015 0,0005 n.d 0,0015 0,0005 n.d 0,0008 0,0002 0,0086 0,0008 0,0002 0,0086 0,017 0,0055 n.d 0,017 0,0055 n.d 0,005 0,001 0,008 0,0008 0,0002 0,0003 0,0006 0,0002 n.d 0,0006 0,0002 n.d 0,03 0,01 0,62 0,06 0,02 79,2 (SMEWW 20 th E, 3110, 3113B e 3111D) SMEWW 21st SMEWW 20th B SMEWW 20th D SMEWW20th-2340B por cálculo SMEWW20th-2340B por cálculo (SMEWW 20th / CETESB - L5 202,1993 / Compendium of Methods for the Microbiological Examination of foods 3rd Ed. APHA) SMEWW 20 th P.E (SMEWW 20th B, C, D) SMEWW 20 th D MÉTODOS

5 Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Matriz: Exames Físico-Químicos Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG GRA-001 Data de entrada na empresa: 06/04/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 18/11/2008 Zinco Total mg Zn/L Zinco Solúvel mg Zn/L Nitratos. Cloretos. Alcalinidade Total Sulfatos. orto-fosfato Sólidos Dissolvidos Totais Silica Solúvel Nitritos. N Amoniacal mg Cl/L mg CaCo3/L mg SO4/L % SiO2 0,0065 0,002 n.d 0,0065 0,002 n.d 0,0023 0,0007 0,1419 0,0291 0,0091 0, ,0177 0,0056 8,0971 0,007 0,002 0, ,5 0,5 33 0,0021 0,0007 0,0016 0,09 0,03 nd OBS.: 1. L.D.: Limite de detecção do método. 2. n.d.: Não detectado. 3. * Ensaio realizado por fornecedor homologado pelo Sistema de Qualidade Ecolabor. 4- Os resultados encontrados referen - se exclusivamente á amostra coletada pelo interessado 5. L.Q.: Limite de Quantificação. SMEWW 20th B SMEWW - 20 th P.E. (SMEWW 20th B/C/D) SMEWW 20h Si C SMEWW - 20th 4500 NH3 G Modif. REFERÊNCIAS: - AWWA APHA - WPCI Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater 20a Edição. - EPA, SW Norma Técnica CETESB * Registro Conselho Regional de Química - 4ª Região F * Certificado de Anotação de Responsabilidade - ART - Nº 2449/2006 e 2448/2006. José Silvestre C. de Faria - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Sandra Maria Ferreira - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Este relatório de ensaio só pode ser reproduzido integralmente, a reprodução em partes deve se dar somente com autorização prévia por escrito da Ecolabor.

6 Contratante: DH Perfuração de Poços Ltda Endereço: Rua Turiassú, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Matriz: Água rede / poço / mina / bruta / salinas / salobras Identificação Ecolabor: SAG GRA-001 Data de entrada na empresa: ####### Data de emissão do relatório de ensaio: 06/10/2007 PARÂMETROS UNIDADES L.D. Concentração Métodos meq/l SDT CALCULDADO Resultados Arsênio Total. 0,002 0, C 0 Arsênio Solúvel. 0,002 0, C Bário Total 0,0002 0, B SDT Medido 0 Bário Solúvel 0,0002 0, B Cádmio Total 0,0002 0, B SDT Medido / SDT Calculdado 0 Cádmio Solúvel 0,0002 0, B 1,9 0 Cálcio Total mg Ca/L 0,0022 0, B 0,04 0,616 Chumbo Total 0,0004 0, B Balanço Iônico 0 Chumbo Solúvel 0,0004 0, B Somatória de Catíons meq/l 0 Cobre Total 0,0005 0, B 3,51 0 Cobre Solúvel 0,0005 0, B Somatória de Ânions meq/l 0 Cromo Total 0,0002 0, B 3,86 0,0086 Cromo Solúvel 0,0002 0, B % Diferença 0,0088 Ferro Total 0,0055 0, B -4,8 0 Ferro Solúvel 0,0055 0, B 0,00 0 Magnésio Total mg Mg/L 0,001 0, B 0,00 0,008 Manganês Total 0,0002 0, B 0,0003 Manganês Solúvel 0,0002 0, B 0,00 0 Mercúrio Total. 0,0002 0, Hg 0 Mercúrio Solúvel. 0,0002 0, Hg 0 Níquel Total 0,0002 0, B 0 Níquel Solúvel 0,0002 0, B 0 Potássio Total mg K/L 0,01 0, B 0,02 0,624 Selênio Total. 0,002 0, C 0 Selênio Solúvel. 0,002 0, C 0 Sódio Total mg Na/L 0,02 79,2 3120B 3,45 70,4 Zinco Total mg Zn/L 0,002 0, B 0 Zinco Solúvel mg Zn/L 0,002 0, B 0 Nitrato. 0,0007 0, NO 3 E 0,010 0,1419 Cloreto. mg Cl/L 0,0091 0, Cl- C 0,021 0,7595 Alcalinidade a HCO3 mg CaCO 3 /L B 3, Sulfato. mg SO 4 /L 0,0056 8, SO 4 0,169 8,0971 Orto-Fosfato mg P/L 0,002 0, P 0,110 Sólidos Dissolvidos Totais B 234 Sílica Solúvel mg SiO 2 /L 0, SiO 2 C 33,2660 Nitrito. 0,0007 0, NO 2 B 0,0016 N Amoniacal 0,03 nd 4500NH 3 F 0,009

7 Identificación Ecolabor: SAG GRA-001 Diagrama de piper: Diagrama de stiff:

8 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos Matriz: Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG GRA-001 Branco de Campo Data de entrada na empresa: 06/04/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 24/11/2008 DADOS DA COLETA Coletado por: Interessado Local / Identificação: Data: 04/04/2007 Condições: Hora (h): 15:25 (ºC) ar: 32,1 (ºC) amostra: 39,1 ph: 9,39 RESULTADOS PARÂMETROS Alumínio Solúvel Alumínio Total Boro Solúvel Boro Total Clorofila a Coliformes fecais Coliformes Totais DBO 5 dias a 20ºC DQO Dureza Permanente. Dureza Total. Escherichia coli Fluoretos. Fósforo Total Lítio Solúvel Lítio Total Sólidos Totais TOC* Arsênio Total. Arsênio Solúvel. Bário Total Bário Solúvel Cádmio Total Cádmio Solúvel Cálcio Total Chumbo total Chumbo Solúvel Cobre Total Cobre Solúvel Cromo Total Cromo Solúvel Ferro total Ferro Solúvel Magnésio Total Manganês Total Manganês Solúvel Mercúrio Total. Mercúrio Solúvel. Níquel Total Níquel Solúvel Potássio total Selênio Total. Selênio Solúvel. Sódio Total Zinco Total Zinco Solúvel UNIDADES mg Al/L mg Al/L mg CaCO3/L mg CaCO3/L mg F/L mg P/L mg C/L mg Ca/L mg Mg/L mg K/L mg Na/L mg Zn/L mg Zn/L L.Q L.D RESULTADOS 0,03 0,01 n.d 0,03 0,01 n.d 0,081 0,027 n.d 0,081 0,027 n.d 1,53 0,53 n.d --- ausente ausente --- ausente ausente 3 1 n.d ,03 0,01 nd 0,03 0,01 nd --- ausente ausente 0,0091 0,0029 n.d 0,027 0,009 0,255 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 n.d n.d 0,0008 0,0002 0,0003 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 0,0006 0,0069 0,0022 n.d 0,0014 0,0004 n.d 0,0014 0,0004 nd 0,0015 0,0005 n.d 0,0015 0,0005 n.d 0,017 0,0055 n.d 0,017 0,0055 n.d 0,005 0,0014 n.d 0,0006 0,0002 n.d 0,0006 0,0002 n.d 0,03 0,01 n.d 0,06 0,02 n.d 0,0065 0,002 n.d 0,0065 0,002 n.d (SMEWW 20 th E, 3110, 3113B e 3111D) SMEWW 21st SMEWW 20th B SMEWW 20th D SMEWW20th-2340B por cálculo SMEWW20th-2340B por cálculo (SMEWW 20th / CETESB - L5 202,1993 / Compendium of Methods for the Microbiological Examination of foods 3rd Ed. APHA) Water by Ion Chromatography SMEWW 20 th P.E (SMEWW 20th B, C, D) SMEWW 20 th D MÉTODOS

9 Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Matriz: Exames Físico-Químicos Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG GRA-001 Branco de Campo Data de entrada na empresa: 06/04/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: Nitratos. Cloretos. Alcalinidade Total Sulfatos. orto-fosfato Sólidos Dissolvidos Totais Silica Solúvel Nitritos. N Amoniacal mg Cl/L 24/11/2008 mg CaCo3/L mg SO4/L % SiO2 0,0023 0,0007 n.d 0,0291 0,0091 0, ,0177 0,0056 0,0827 0,007 0,002 n.d ,5 0,5 n.d 0,0021 0,0007 0,0030 0,09 0,03 nd OBS.: 1. L.D.: Limite de detecção do método. 2. n.d.: Não detectado. 3. * Ensaio realizado por fornecedor homologado pelo Sistema de Qualidade Ecolabor. 4- Os resultados encontrados referen - se exclusivamente á amostra coletada pelo interessado 5. L.Q.: Limite de Quantificação. 6.Concentração de cátions e ânions muito baixa não foi possível calcular o balanaço ionico. Water by Ion Chromatography Water by Ion Chromatography SMEWW 20th B Water by Ion Chromatography SMEWW - 20 th P.E. (SMEWW 20th B/C/D) SMEWW 20h Si C Water by Ion Chromatography SMEWW - 20th 4500 NH3 G Modif. REFERÊNCIAS: - AWWA APHA - WPCI Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater 20a Edição. - EPA, SW Norma Técnica CETESB * Registro Conselho Regional de Química - 4ª Região F * Certificado de Anotação de Responsabilidade - ART - Nº 2449/2006 e 2448/2006. José Silvestre C. de Faria - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Sandra Maria Ferreira - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Este relatório de ensaio só pode ser reproduzido integralmente, a reprodução em partes deve se dar somente com autorização prévia por escrito da Ecolabor.

10 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos Matriz: Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG GRA-001 Branco de Transporte Data de entrada na empresa: 06/04/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 18/11/2008 DADOS DA COLETA Coletado por: Interessado Local / Identificação: Data: 04/04/2007 Condições: Hora (h): 15:25 (ºC) ar: 32,1 (ºC) amostra: 39,1 ph: 9,39 RESULTADOS PARÂMETROS Alumínio Solúvel Alumínio Total Boro Solúvel Boro Total Clorofila a Coliformes fecais Coliformes Totais DBO 5 dias a 20ºC DQO Dureza Permanente. Dureza Total. Escherichia coli Fluoretos. Fósforo Total Lítio Solúvel Lítio Total Sólidos Totais TOC* Arsênio Total. Arsênio Solúvel. Bário Total Bário Solúvel Cádmio Total Cádmio Solúvel Cálcio Total Chumbo total Chumbo Solúvel Cobre Total Cobre Solúvel Cromo Total Cromo Solúvel Ferro total Ferro Solúvel Magnésio Total Manganês Total Manganês Solúvel Mercúrio Total. Mercúrio Solúvel. Níquel Total Níquel Solúvel Potássio total Selênio Total. Selênio Solúvel. Sódio Total UNIDADES mg Al/L mg Al/L mg CaCO3/L mg CaCO3/L mg F/L mg P/L mg C/L mg Ca/L mg Mg/L mg K/L mg Na/L L.Q L.D RESULTADOS 0,03 0,01 n.d 0,03 0,01 n.d 0,081 0,027 n.d 0,081 0,027 n.d 1,59 0,53 0, ausente ausente --- ausente ausente 3 1 n.d ,03 0,01 nd 0,03 0,01 nd --- ausente ausente 0,0091 0,0029 nd 0,027 0,009 0,220 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 n.d n.d 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 n.d 0,0069 0,0022 n.d 0,0014 0,0004 n.d 0,0014 0,0004 n.d 0,0015 0,0005 n.d 0,0015 0,0005 n.d 0,017 0,0055 n.d 0,017 0,0055 n.d 0,005 0,0014 n.d 0,0006 0,0002 n.d 0,0006 0,0002 n.d 0,03 0,01 n.d 0,06 0,02 n.d SMEWW 20th B SMEWW 20th D MÉTODOS (SMEWW 20 th E, 3110, 3113B e 3111D) SMEWW 21st SMEWW20th-2340B por cálculo SMEWW20th-2340B por cálculo (SMEWW 20th / CETESB - L5 202,1993 / Compendium of Methods for the Microbiological Examination of foods 3rd Ed. APHA) SMEWW 20 th P.E (SMEWW 20th B, C, D) SMEWW 20 th D

11 Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Matriz: Exames Físico-Químicos Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG GRA-001 Branco de Transporte Data de entrada na empresa: 06/04/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 18/11/2008 Zinco Total mg Zn/L Zinco Solúvel mg Zn/L Nitratos. Cloretos. Alcalinidade Total Sulfatos. orto-fosfato Sólidos Dissolvidos Totais Silica Solúvel Nitritos. N Amoniacal mg Cl/L mg CaCo3/L mg SO4/L % SiO2 0,0065 0,002 n.d 0,0065 0,002 n.d 0,0023 0,0007 n.d 0,0291 0,0091 0, ,0177 0,0056 0,0855 0,007 0,002 n.d ,5 0,5 n.d 0,0021 0,0007 0,0017 0,09 0,03 nd OBS.: 1. L.D.: Limite de detecção do método. 2. n.d.: Não detectado. 3. * Ensaio realizado por fornecedor homologado pelo Sistema de Qualidade Ecolabor. 4- Os resultados encontrados referen - se exclusivamente á amostra coletada pelo interessado 5. L.Q.: Limite de Quantificação. 6-Concentração de cátions e ânios muito baixa,não foi possível calcular. SMEWW 20th B SMEWW - 20 th P.E. (SMEWW 20th B/C/D) SMEWW 20h Si C SMEWW - 20th 4500 NH3 G Modif. REFERÊNCIAS: - AWWA APHA - WPCI Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater 20a Edição. - EPA, SW Norma Técnica CETESB * Registro Conselho Regional de Química - 4ª Região F * Certificado de Anotação de Responsabilidade - ART - Nº 2449/2006 e 2448/2006. José Silvestre C. de Faria - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Sandra Maria Ferreira - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Este relatório de ensaio só pode ser reproduzido integralmente, a reprodução em partes deve se dar somente com autorização prévia por escrito da Ecolabor.

12 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Matriz: Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG GRP-001 Data de entrada na empresa: 23/06/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 18/11/2008 DADOS DA COLETA Coletado por: Interessado Local / Identificação: Data: 21/06/2007 Condições: Hora (h): 14:45 (ºC) ar: 34,7 (ºC) amostra: 50, Cl 2 Livre (ppm): nd Cl 2 Total (ppm): nd ph: 9,37 RESULTADOS PARÂMETROS UNIDADES L.Q L.D RESULTADOS MÉTODOS Alumínio Solúvel Alumínio Total Boro Solúvel Boro Total Clorofila a Coliformes fecais Coliformes Totais DBO 5 dias a 20ºC DQO Dureza Permanente. Dureza Total. Escherichia coli Fluoretos. Fósforo Total Lítio Solúvel Lítio Total Sólidos Totais TOC* Arsênio Total. Arsênio Solúvel. Bário Total Bário Solúvel Cádmio Total Cádmio Solúvel Cálcio Total Chumbo total Chumbo Solúvel Cobre Total Cobre Solúvel Cromo Total Cromo Solúvel Ferro Total Ferro Solúvel Magnésio Total Manganês Total Manganês Solúvel Mercúrio Total. Mercúrio Solúvel. Níquel Total Níquel Solúvel Potássio total Selênio Total. Selênio Solúvel. Sódio Total mg Al/L mg Al/L mg CaCO3/L mg CaCO3/L mg F/L mg P/L mg C/L mg Ca/L mg Mg/L mg K/L mg Na/L 0,03 0,01 0,05 0,03 0,01 0,07 0,081 0,027 0,187 0,081 0,027 0,205 1,59 0,53 1, ausente ausente --- ausente ausente 3 1 n.d ,03 0,01 n.d 0,03 0,01 3, ausente ausente 0,014 0,004 1,007 0,027 0,009 0,031 0,0005 0,0002 0,0344 0,0005 0,0002 0, n.d 0,0008 0,0002 0,0031 0,0008 0,0002 0,0030 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 n.d 0,0069 0,0022 1,300 0,0014 0,0004 n.d 0,0014 0,0004 nd 0,0015 0,0005 n.d 0,0015 0,0005 n.d 0,0008 0,0002 0,0054 0,0008 0,0002 0,0052 0,017 0,0055 0,0430 0,017 0,0055 0,0390 0,005 0,0014 0,0600 0,0008 0,0002 0,0010 0,0008 0,0002 0,0010 0,0006 0,0002 n.d 0,0006 0,0002 n.d 0,0008 0,0002 0,0016 0,0008 0,0002 0,0016 0,03 0,01 1,52 0,06 0, (SMEWW 20 th E, 3110, 3113B e 3111D) SMEWW 21st SMEWW 20th B SMEWW 20th D SMEWW20th-2340B por cálculo SMEWW20th-2340B por cálculo (SMEWW 20th / CETESB - L5 202,1993 / Compendium of Methods for the Microbiological Examination of foods 3rd Ed. APHA) SMEWW 20 th P.E (SMEWW 20th B, C, D) SMEWW 20 th D

13 Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Matriz: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG GRP-001 Data de entrada na empresa: 23/06/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 18/11/2008 Zinco Total mg Zn/L Zinco Solúvel mg Zn/L Nitratos. Cloretos. Alcalinidade Total Sulfatos. orto-fosfato Sólidos Dissolvidos Totais Silica Solúvel Nitritos. N Amoniacal mg Cl/L mg CaCo3/L mg SO4/L % SiO2 0,007 0,002 0,021 0,007 0,002 n.d 0,008 0,003 n.d 0,08 0,03 25, ,030 0,009 31,8 0,007 0,002 n.d ,5 0,5 40 0,004 0,001 n.d 0,09 0,03 nd OBS.: 1. L.D.: Limite de detecção do método. 2. n.d.: Não detectado. 3. * Ensaio realizado por fornecedor homologado pelo Sistema de Qualidade Ecolabor. 4- Os resultados encontrados referen - se exclusivamente á amostra coletada pelo interessado 5. L.Q.: Limite de Quantificação. 6-Sólidos Dissolvidos Totais: Resultado estimado pela Condutividade SMEWW 20th B SMEWW - 20 th P.E. SMEWW-20th 2510 SMEWW 20h Si C SMEWW - 20th 4500 NH3 G Modif. REFERÊNCIAS: - AWWA APHA - WPCI Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater 21a Edição. - EPA, SW Norma Técnica CETESB * Registro Conselho Regional de Química - 4ª Região F * Certificado de Anotação de Responsabilidade - ART - Nº 70611/2007 e 13980/2007. Sandra Maria Ferreira - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Carlos Alberto Lopes - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Este relatório de ensaio só pode ser reproduzido integralmente, a reprodução em partes deve se dar somente com autorização prévia por escrito da Ecolabor.

14 Contratante: DH Perfuração de Poços Ltda Endereço: Rua Turiassú, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Matriz: Água rede / poço / mina / bruta / salinas / salobras Identificação Ecolabor: SAG GRP-001 Data de entrada na empresa: ######## Data de emissão do relatório de ensaio: 06/10/2007 PARÂMETROS UNIDADES L.D. Concentração Métodos meq/l SDT CALCULDADO Resultados Arsênio Total. 0,002 0, C 0 Arsênio Solúvel. 0,002 0, C Bário Total 0,0002 0, B SDT Medido 0,0031 Bário Solúvel 0,0002 0, B 321 0,003 Cádmio Total 0,0002 0, B SDT Medido / SDT Calculdado 0 Cádmio Solúvel 0,0002 0, B 1,8 0 Cálcio Total mg Ca/L 0,0022 1, B 0,06 1,3 Chumbo Total 0,0004 0, B Balanço Iônico 0 Chumbo Solúvel 0,0004 0, B Somatória de Catíons meq/l 0,0014 Cobre Total 0,0005 0, B 4,94 0 Cobre Solúvel 0,0005 0, B Somatória de Ânions meq/l 0 Cromo Total 0,0002 0, B 5,35 0,0054 Cromo Solúvel 0,0002 0, B % Diferença 0,0052 Ferro Total 0,0055 0, B -4,0 0,043 Ferro Solúvel 0,0055 0, B 0,00 0,039 Magnésio Total mg Mg/L 0,0014 0, B 0,00 0,06 Manganês Total 0,0002 0, B 0,001 Manganês Solúvel 0,0002 0, B 0,00 0,001 Mercúrio Total. 0,0002 0, Hg 0 Mercúrio Solúvel. 0,0002 0, Hg 0 Níquel Total 0,0002 0, B 0,0015 Níquel Solúvel 0,0002 0, B 0,0016 Potássio Total mg K/L 0,01 1, B 0,04 1,52 Selênio Total. 0,002 0, C 0 Selênio Solúvel. 0,002 0, C 0 Sódio Total mg Na/L 0, B 4,83 93,5 Zinco Total mg Zn/L 0,002 0, B 0,021 Zinco Solúvel mg Zn/L 0,002 0, B 0 Nitrato. 0,0007 0, NO 3 E 0,000 0 Cloreto. mg Cl/L 0, , Cl- C 0,727 26,1417 Alcalinidade a HCO3 mg CaCO 3 /L B 3, Sulfato. mg SO 4 /L 0, , SO 4 0,662 32,477 Orto-Fosfato mg P/L 0,002 0, P 0 Sólidos Dissolvidos Totais B 359 Sílica Solúvel mg SiO 2 /L 0, SiO 2 C 40,384 Nitrito. 0, NO 2 B 0 N Amoniacal 0, NH 3 F 0,023

15 Identificación Ecolabor: SAG GRP-001 Diagrama de piper: Diagrama de stiff:

16 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Matriz: Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG IBI-004 Data de entrada na empresa: 02/08/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 24/11/2008 DADOS DA COLETA Coletado por: Interessado Local / Identificação: Data: 01/08/2007 Condições: Hora (h): (ºC) ar: (ºC) amostra: Cl 2 Livre (ppm): Cl 2 Total (ppm): ph: RESULTADOS PARÂMETROS UNIDADES L.Q L.D RESULTADOS MÉTODOS Alumínio Solúvel Alumínio Total Boro Solúvel Boro Total Clorofila a Coliformes fecais Coliformes Totais DBO 5 dias a 20ºC DQO Dureza Permanente. Dureza Total. Escherichia coli Fluoretos. Fósforo Total Lítio Solúvel Lítio Total Sólidos Totais TOC* Arsênio Total. Arsênio Solúvel. Bário Total Bário Solúvel Cádmio Total Cádmio Solúvel Cálcio Total Chumbo Total Chumbo Solúvel Cobre Total Cobre Solúvel Cromo Total Cromo Solúvel Ferro Total Ferro Solúvel Magnésio Total Manganês Total Manganês Solúvel Mercúrio Total. Mercúrio Solúvel. Níquel Total Níquel Solúvel Potássio total Selênio Total. Selênio Solúvel. Sódio Total mg Al/L mg Al/L mg CaCO3/L mg CaCO3/L mg F/L mg P/L mg C/L mg Ca/L mg Mg/L mg K/L mg Na/L 0,03 0,01 0,01 0,03 0,01 0,02 0,081 0,027 0,119 0,081 0,027 0,143 1,59 0,53 1, ausente ausente --- ausente ausente ,03 0,01 n.d 0,03 0,01 1, ausente ausente 0,014 0,004 0,754 0,027 0,009 0,016 0,0005 0,0002 0,0184 0,0005 0,0002 0, n.d 0,0008 0,0002 0,0010 0,0008 0,0002 0,0007 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 n.d 0,0069 0,0022 0,6450 0,0014 0,0004 0,0007 0,0014 0,0004 0,0007 0,0015 0,0005 0,0023 0,0015 0,0005 0,0015 0,0008 0,0002 nd 0,017 0,006 0,0541 0,017 0,006 0,0249 0,005 0,001 0,0671 0,0008 0,0002 0,0007 0,0008 0,0002 0,0007 0,0006 0,0002 n.d 0,0006 0,0002 nd 0,0008 0,0002 0,0008 0,0008 0,0002 0,0008 0,03 0,01 1,21 0,06 0, (SMEWW 20 th E, 3110, 3113B e 3111D) SMEWW 21st SMEWW 20th B SMEWW 20th D SMEWW20th-2340B por cálculo SMEWW20th-2340B por cálculo (SMEWW 20th / CETESB - L5 202,1993 / Compendium of Methods for the Microbiological Examination of foods 3rd Ed. APHA) SMEWW 20 th P.E (SMEWW 20th B, C, D) SMEWW 20 th D

17 Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Matriz: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG IBI-004 Data de entrada na empresa: 02/08/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 24/11/2008 Zinco Total mg Zn/L Zinco Solúvel mg Zn/L Nitratos Cloretos. Alcalinidade Total Sulfatos. orto-fosfato Sólidos Dissolvidos Totais Silica Solúvel Nitritos N Amoniacal mg Cl/L mg CaCo3/L mg SO4/L % SiO2 0,007 0,002 0,0186 0,007 0,002 0,0049 0,3 0,1 0,52 0,08 0,03 11, ,030 0,009 26,0 0,007 0,002 0, ,5 0,5 9,8 0,006 0,002 0,129 0,09 0,03 n.d OBS.: 1. L.D.: Limite de detecção do método. 2. n.d.: Não detectado. 3. * Ensaio realizado por fornecedor homologado pelo Sistema de Qualidade Ecolabor. 4- Os resultados encontrados referen - se exclusivamente á amostra coletada pelo interessado 5. L.Q.: Limite de Quantificação. 6-Sólidos Dissolvidos Totais: Resultado estimado pela Condutividade. SMEWW 20th 4500 NO3 E; HACH, 8192 SMEWW 20th B SMEWW - 20 th P.E. SMEWW-20th SMEWW 20h Si C SMEWW 20th NO2 B SMEWW - 20th 4500 NH3 G Modif. REFERÊNCIAS: - AWWA APHA - WPCI Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater 21a Edição. - EPA, SW Norma Técnica CETESB * Registro Conselho Regional de Química - 4ª Região F * Certificado de Anotação de Responsabilidade - ART - Nº 1814/2007 e 1812/2007 Sandra Maria Ferreira - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Carlos Alberto Lopes - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº

18 Contratante: DH Perfuração de Poços Ltda Endereço: Rua Turiassú, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Matriz: Água rede / poço / mina / bruta / salinas / salobras Identificação Ecolabor: SAG IBI-004 Data de entrada na empresa: ####### Data de emissão do relatório de ensaio: 06/10/2007 PARÂMETROS UNIDADES L.D. Concentração Métodos meq/l SDT CALCULDADO Resultados Arsênio Total. 0,002 0, C 0 Arsênio Solúvel. 0,002 0, C Bário Total 0,0002 0, B SDT Medido 0,001 Bário Solúvel 0,0002 0, B 298 0,0007 Cádmio Total 0,0002 0, B SDT Medido / SDT Calculdado 0 Cádmio Solúvel 0,0002 0, B 1,8 0 Cálcio Total mg Ca/L 0,0022 0, B 0,03 0,645 Chumbo Total 0,0004 0, B Balanço Iônico 0,0007 Chumbo Solúvel 0,0004 0, B Somatória de Catíons meq/l 0,0007 Cobre Total 0,0005 0, B 5,17 0,0023 Cobre Solúvel 0,0005 0, B Somatória de Ânions meq/l 0,0015 Cromo Total 0,0002 0, B 5,24 0 Cromo Solúvel 0,0002 0, B % Diferença 0,0063 Ferro Total 0,0055 0, B -0,7 0 Ferro Solúvel 0,0055 0, B 0,00 0,0249 Magnésio Total mg Mg/L 0,0014 0, B 0,01 0,0585 Manganês Total 0,0002 0, B 0 Manganês Solúvel 0,0002 0, B 0,00 0,0007 Mercúrio Total. 0,0002 0, Hg 0 Mercúrio Solúvel. 0,0002 nd 3500Hg nd Níquel Total 0,0002 0, B 0 Níquel Solúvel 0,0002 0, B 0,0008 Potássio Total mg K/L 0,01 1, B 0,04 1,21 Selênio Total. 0,002 0, C 0 Selênio Solúvel. 0,002 0, C 0 Sódio Total mg Na/L 0, B 5,09 0 Zinco Total mg Zn/L 0,002 0, B 0,0186 Zinco Solúvel mg Zn/L 0,002 0, B 0,0049 Nitrato. 0,0007 0, NO 3 E 0,037 0,52 Cloreto. mg Cl/L 0, , Cl- C 0,326 11,5454 Alcalinidade a HCO3 mg CaCO 3 /L B 4, Sulfato. mg SO 4 /L 0, , SO 4 0,542 26,0166 Orto-Fosfato mg P/L 0,002 0, P 0,013 Sólidos Dissolvidos Totais B 321 Sílica Solúvel mg SiO 2 /L 0,5 9, SiO 2 C 9,7839 Nitrito. 0,0007 0, NO 2 B 0,129 N Amoniacal 0,03 0, NH 3 F 0

19 Identificação Ecolabor: SAG IBI-004 Diagrama de piper: Diagrama de stiff:

20 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Matriz: Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG IBI-004 Branco de Campo Data de entrada na empresa: 02/08/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 24/11/2008 DADOS DA COLETA Coletado por: Interessado Local / Identificação: BRANCO DE CAMPO Data: 01/08/2007 Condições: Hora (h): (ºC) ar: (ºC) amostra: Cl 2 Livre (ppm): Cl 2 Total (ppm): ph: RESULTADOS PARÂMETROS UNIDADES L.Q L.D RESULTADOS MÉTODOS Alumínio Solúvel Alumínio Total Boro Solúvel Boro Total Clorofila a Coliformes fecais Coliformes Totais DBO 5 dias a 20ºC DQO Dureza Permanente. Dureza Total. Escherichia coli Fluoretos. Fósforo Total Lítio Solúvel Lítio Total Sólidos Totais TOC* Arsênio Total. Arsênio Solúvel. Bário Total Bário Solúvel Cádmio Total Cádmio Solúvel Cálcio Total Chumbo Total Chumbo Solúvel Cobre Total Cobre Solúvel Cromo Total Cromo Solúvel Ferro Total Ferro Solúvel Magnésio Total Manganês Total Manganês Solúvel Mercúrio Total. Mercúrio Solúvel. Níquel Total Níquel Solúvel Potássio total Selênio Total. Selênio Solúvel. Sódio Total Zinco Total Zinco Solúvel mg Al/L mg Al/L mg CaCO3/L mg CaCO3/L mg F/L mg P/L mg C/L mg Ca/L mg Mg/L mg K/L mg Na/L mg Zn/L mg Zn/L 0,0325 0,01 n.d 0,0325 0,0102 n.d 0,081 0,027 n.d 0,081 0,027 n.d 1,59 0,53 0, ausente ausente --- ausente ausente 3 1 n.d ,03 0,01 nd 0,03 0,01 0, ausente ausente 0,014 0,004 n.d 0,027 0,009 n.d 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 n.d n.d 0,0008 0,0002 0,0045 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 n.d 0,0069 0,0022 n.d 0,0014 0,0004 n.d 0,0014 0,0004 n.d 0,0015 0,0005 0,0018 0,0015 0,0005 0,0016 0,017 0,006 n.d 0,017 0,006 n.d 0,005 0,0014 0,0142 0,0008 0,0002 0,0002 0,0008 0,0002 0,0002 0,0006 0,0002 n.d 0,0006 0,0002 nd 0,03 0,01 0,02 0,06 0,02 0,25 0,007 0,002 0,030 0,007 0,002 0,007 (SMEWW 20 th E, 3110, 3113B e 3111D) SMEWW 21st SMEWW 20th B SMEWW 20th D SMEWW20th-2340B por cálculo SMEWW20th-2340B por cálculo (SMEWW 20th / CETESB - L5 202,1993 / Compendium of Methods for the Microbiological Examination of foods 3rd Ed. APHA) USEPA 300,1 The Determination of Inorganic Anions in SMEWW 20 th P.E (SMEWW 20th B, C, D) SMEWW 20 th D

21 Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Matriz: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG IBI-004 Branco de Campo Data de entrada na empresa: 02/08/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: Nitratos. Cloretos. Alcalinidade Total Sulfatos. orto-fosfato Sólidos Dissolvidos Totais Silica Solúvel Nitritos. N Amoniacal mg Cl/L % SiO2 24/11/2008 mg CaCo3/L mg SO4/L 0,008 0,003 n.d 0,08 0,03 0, ,030 0,009 0,025 0,007 0,002 n.d ,5 0,5 n.d 0,004 0,001 n.d 0,09 0,03 n.d (SMEWW 20th B/C/D) SMEWW 20h Si C OBS.: 1. L.D.: Limite de detecção do método. 2. n.d.: Não detectado. 3. * Ensaio realizado por fornecedor homologado pelo Sistema de Qualidade Ecolabor. 4- Os resultados encontrados referen - se exclusivamente á amostra coletada pelo interessado 5. L.Q.: Limite de Quantificação. 6-Em função da baixa concentração dos cátions e ânions não é possível realizar o cálculo do balanço iônico. REFERÊNCIAS: - AWWA APHA - WPCI Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater 21a Edição. - EPA, SW Norma Técnica CETESB USEPA 300,1 The Determination of Inorganic Anions in USEPA 300,1 The Determination of Inorganic Anions in SMEWW 20th B USEPA 300,1 The Determination of Inorganic Anions in SMEWW - 20 th P.E. USEPA 300,1 The Determination of Inorganic Anions in SMEWW - 20th 4500 NH3 G Modif. * Registro Conselho Regional de Química - 4ª Região F * Certificado de Anotação de Responsabilidade - ART - Nº 1814/2007 e 1812/2007 Sandra Maria Ferreira - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Carlos Alberto Lopes - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº

22 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Matriz: Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG IBI-004 Branco de Transporte Data de entrada na empresa: 02/08/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 18/11/2008 DADOS DA COLETA Coletado por: Interessado Data: 01/08/2007 Local / Identificação: BRANCO DE TRANSPORTE Condições: Hora (h): 0:00 (ºC) ar: 0 (ºC) amostra: 0 Cl 2 Livre (ppm): 0 Cl 2 Total (ppm): 0 ph: 0,00 RESULTADOS PARÂMETROS UNIDADES L.Q L.D RESULTADOS MÉTODOS Alumínio Solúvel Alumínio Total Boro Solúvel Boro Total Clorofila a Coliformes fecais Coliformes Totais DBO 5 dias a 20ºC DQO Dureza Permanente. Dureza Total. Escherichia coli Fluoretos. Fósforo Total Lítio Solúvel Lítio Total Sólidos Totais TOC* Arsênio Total. Arsênio Solúvel. Bário Total Bário Solúvel Cádmio Total Cádmio Solúvel Cálcio Total Chumbo Total Chumbo Solúvel Cobre Total Cobre Solúvel Cromo Total Cromo Solúvel Ferro Total Ferro Solúvel Magnésio Total Manganês Total Manganês Solúvel Mercúrio Total. Mercúrio Solúvel. Níquel Total Níquel Solúvel Potássio total Selênio Total. Selênio Solúvel. Sódio Total mg Al/L mg Al/L mg CaCO3/L mg CaCO3/L mg F/L mg P/L mg C/L mg Ca/L mg Mg/L mg K/L mg Na/L 0,03 0,01 0,01 0,03 0,01 0,03 0,081 0,027 n.d 0,081 0,027 n.d 1,59 0,53 1, ausente ausente --- ausente ausente ,03 0,01 n.d 0,03 0,01 0, ausente ausente 0,014 0,004 0,004 0,027 0,009 n.d 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 0, nd 0,0008 0,0002 0,0003 0,0008 0,0002 0,0003 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 n.d 0,0069 0,0022 n.d 0,0014 0,0004 n.d 0,0014 0,0004 n.d 0,0015 0,0005 0,0023 0,0015 0,0005 0,0023 0,0008 0,0002 nd 0,017 0,0055 n.d 0,017 0,0055 n.d 0,005 0,001 0,005 0,0008 0,0002 0,0002 0,0008 0,0002 0,0002 0,0006 0,0002 n.d 0,0006 0,0002 nd 0,0008 0,0002 0,0002 0,03 0,01 0,01 0,06 0,02 n.d (SMEWW 20 th E, 3110, 3113B e 3111D) SMEWW 21st SMEWW 20th B SMEWW 20th D SMEWW20th-2340B por cálculo SMEWW20th-2340B por cálculo (SMEWW 20th / CETESB - L5 202,1993 / Compendium of Methods for the Microbiological Examination of foods 3rd Ed. APHA) SMEWW 20 th P.E (SMEWW 20th B, C, D) SMEWW 20 th D

23 Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Matriz: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG IBI-004 Branco de Transporte Data de entrada na empresa: 02/08/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 18/11/2008 Zinco Total mg Zn/L Zinco Solúvel mg Zn/L Nitratos. Cloretos. Alcalinidade Total Sulfatos. orto-fosfato Sólidos Dissolvidos Totais Silica Solúvel Nitritos. N Amoniacal mg Cl/L mg CaCo3/L mg SO4/L % SiO2 0,007 0,002 0,028 0,007 0,002 0,009 0,008 0,003 n.d 0,08 0,03 n.d ,03 0,009 0,054 0,007 0,002 n.d ,5 0,5 n.d 0,004 0,001 n.d 0,09 0,03 n.d SMEWW 20th B SMEWW - 20 th P.E. (SMEWW 20th B/C/D) SMEWW 20h Si C SMEWW - 20th 4500 NH3 G Modif. OBS.: 1. L.D.: Limite de detecção do método. 2. n.d.: Não detectado. 3. * Ensaio realizado por fornecedor homologado pelo Sistema de Qualidade Ecolabor. 4- Os resultados encontrados referen - se exclusivamente á amostra coletada pelo interessado 5. L.Q.: Limite de Quantificação. 6-Em função da baixa concentração dos cátions e ânions não é possível realizar o cálculo do balanço iônico. REFERÊNCIAS: - AWWA APHA - WPCI Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater 21a Edição. - EPA, SW Norma Técnica CETESB * Registro Conselho Regional de Química - 4ª Região F * Certificado de Anotação de Responsabilidade - ART - Nº 1814/2007 e 1812/2007 Sandra Maria Ferreira - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Carlos Alberto Lopes - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº

24 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Matriz: Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG IMA-001 Data de entrada na empresa: 01/06/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 18/11/2008 DADOS DA COLETA Coletado por: Interessado Local / Identificação: Data: 31/05/2007 Condições: RESULTADOS PARÂMETROS UNIDADES L.Q L.D RESULTADOS MÉTODOS 2,4 -D 2,4,6-Triclorofenol 4,4'-DDD 4,4'-DDE 4,4-DDT Aldrin Alumínio Solúvel Alumínio Total Atrazina Boro Solúvel Boro Total Bromacil Carbofenotion Clordano (cis + trans) Clorofila a Clorpirífos Coliformes fecais Coliformes Totais DBO 5 dias a 20ºC Diazinon Diclorvos Dieldrin Dimethoate Disulfoton DQO Dureza Permanente. Dureza Total. Endosulfan I Endrin Escherichia coli Etion Fenitrotion Fluoretos. Forate Fósforo Total gama-bhc (lindano) Gution Heptacloro Heptacloro epóxido Hexaclorobenzeno Lítio Solúvel Lítio Total Malation Metil Paration mg Al/L mg Al/L mg CaCO3/L mg CaCO3/L mg F/L mg P/L 0,0076 0,0024 n.d 0,016 0,005 n.d 0,0015 0,0005 n.d 0,0016 0,0005 n.d 0,0048 0,0015 n.d 0,0021 0,0007 n.d 0,03 0,01 n.d 0,03 0,01 0,01 0,9 0,3 n.d 0,081 0,027 0,048 0,081 0,027 0,056 0,15 0,05 n.d 0,3 0,1 n.d 0,0030 0,001 n.d 1,59 0,53 n.d 0,12 0,04 n.d --- ausente ausente --- ausente ausente 3 1 n.d 0,06 0,02 n.d 0,12 0,04 n.d 0,0017 0,0005 n.d 0,9 0,3 n.d 0,06 0,02 n.d ,03 0,01 n.d 0,03 0,01 18,3 0,0019 0,0006 n.d 0,0016 0,0005 n.d --- ausente ausente 3 1 n.d 3 1 n.d 0,014 0,004 0,063 0,06 0,02 n.d 0,027 0,009 0,087 0,0041 0,0013 n.d 0,015 0,005 n.d 0,002 0,0006 n.d 0,0014 0,0004 n.d 0,0026 0,0008 n.d 0,0005 0,0002 0,0011 0,0005 0,0002 0,0012 0,9 0,3 n.d 0,09 0,03 n.d EPA METHOD EPA METHOD 8041A USEPA - SW 846 2ª Revisão B USEPA - SW 846 2ª Revisão B USEPA - SW 846 2ª Revisão B USEPA - SW 846 2ª Revisão B (SMEWW 20 th E, 3110, 3113B e 3111D) EPA METHOD 8141B USEPA - SW 846-2ª Revisão B USEPA - SW 846-2ª Revisão B (USEPA - SW 846 2ª Revisão B) SMEWW 21st USEPA - SW 846-2ª Revisão B SMEWW 20th B USEPA - SW 846-2ª Revisão B USEPA - SW 846-2ª Revisão B USEPA - SW 846 2ª Revisão B USEPA - SW 846-2ª Revisão B USEPA - SW 846-2ª Revisão B SMEWW 20th D SMEWW20th-2340B por cálculo SMEWW20th-2340B por cálculo USEPA - SW 846 2ª Revisão B USEPA - SW 846 2ª Revisão B (SMEWW 20th / CETESB - L5 202,1993 / Compendium of Methods for the Microbiological Examination of foods 3rd Ed. APHA) USEPA - SW 846-2ª Revisão B USEPA - SW 846-2ª Revisão B USEPA - SW 846-2ª Revisão B SMEWW 20 th P.E USEPA - SW 846 2ª Revisão B USEPA - SW 846-2ª Revisão B USEPA - SW 846 2ª Revisão B USEPA - SW 846 2ª Revisão B USEPA - SW 846 2ª Revisão B USEPA - SW 846-2ª Revisão B USEPA - SW 846-2ª Revisão B

25 Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Matriz: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG IMA-001 Data de entrada na empresa: 01/06/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 18/11/2008 Metolacloro Metoxicloro Monocrotofós Paration Pentaclorofenol Ronnel Simazina Sólidos Totais Terbufós TOC* mg C/L Trifluralina Arsênio Total. Arsênio Solúvel. Bário Total Bário Solúvel Cádmio Total Cádmio Solúvel Cálcio total mg Ca/L Chumbo total Chumbo Solúvel Cobre Total Cobre Solúvel Cromo Total Cromo Solúvel Ferro total Ferro Solúvel Magnésio Total Manganês Total Manganês Solúvel Mercúrio Total. Mercúrio Solúvel. Níquel Total Níquel Solúvel Potássio total Selênio Total. Selênio Solúvel. Sódio Total Zinco Total Zinco Solúvel Nitratos. Cloretos. Alcalinidade Total Sulfatos. orto-fosfato Sólidos Dissolvidos Totais Silica Solúvel Nitritos. N Amoniacal mg Mg/L mg K/L mg Na/L mg Zn/L mg Zn/L mg Cl/L mg CaCo3/L mg SO4/L % SiO2 OBS.: 1. L.D.: Limite de detecção do método. 2. n.d.: Não detectado. 0,0019 0,0006 n.d 0,0023 0,0007 n.d 0,9 0,3 n.d 0,12 0,04 n.d 0,011 0,004 n.d 0,12 0,04 n.d 0,0515 0,0162 n.d ,075 0,025 n.d 2 1 n.d 0,0139 0,0044 n.d 0,0008 0,0002 0,0414 0,0008 0,0002 0,0402 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 n.d 0,0069 0,0022 5,520 0,0014 0,0004 0,0004 0,0014 0,0004 n.d 0,0015 0,0005 n.d 0,0015 0,0005 n.d 0,017 0,006 0,206 0,017 0,0055 n.d 0,005 0,0014 1,09 0,0008 0,0002 0,0080 0,0008 0,0002 0,0075 0,0006 0,0002 n.d 0,0006 0,0002 nd 0,03 0,01 1,54 0,06 0,02 1,39 0,007 0,002 0,054 0,007 0,002 0,040 0,008 0,003 0,1073 0,08 0,03 0, ,030 0,009 0,395 0,007 0,002 0, ,5 0,5 26 0,004 0,001 n.d 0,09 0,03 0,10 SMEWW-20th * Ensaio realizado por fornecedor homologado pelo Sistema de Qualidade Ecolabor. 4- Os resultados encontrados referen - se exclusivamente á amostra coletada pelo interessado 5. L.Q.: Limite de Quantificação. 6-Sólidos Suspensos Toatais:Resultado estimado pela Condutividade. USEPA - SW 846 2ª Revisão B USEPA - SW 846 2ª Revisão B (USEPA - SW 846-2ª Revisão B) (USEPA - SW 846-2ª Revisão B) EPA METHOD 8041A USEPA - SW 846-2ª Revisão B EPA METHOD 8141B (SMEWW 20th B, C, D) USEPA - SW 846-2ª Revisão B SMEWW 20 th D USEPA - SW 846 2ª Revisão B SMEWW 20th B SMEWW - 20 th P.E. SMEWW 20h Si C SMEWW - 20th 4500 NH3 G Modif. REFERÊNCIAS: - AWWA APHA - WPCI Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater 21a Edição.

26 Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Matriz: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG IMA-001 Data de entrada na empresa: 01/06/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: - EPA, SW Norma Técnica CETESB 18/11/2008 * Registro Conselho Regional de Química - 4ª Região F * Certificado de Anotação de Responsabilidade - ART - Nº 70611/2007 e 13980/2007. Sandra Maria Ferreira - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Carlos Alberto Lopes - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Este relatório de ensaio só pode ser reproduzido integralmente, a reprodução em partes deve se dar somente com autorização prévia por escrito da Ecolabor.

27 Contratante: DH Perfuração de Poços Ltda Endereço: Rua Turiassú, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Matriz: Água rede / poço / mina / bruta / salinas / salobras Identificação Ecolabor: SAG IMA-001 Data de entrada na empresa: ####### Data de emissão do relatório de ensaio: 06/10/2007 PARÂMETROS UNIDADES L.D. Concentração Métodos meq/l SDT CALCULDADO Resultados Arsênio Total. 0,002 0, C 0 Arsênio Solúvel. 0,002 0, C 21 0 Bário Total 0,0002 0, B SDT Medido 0,0414 Bário Solúvel 0,0002 0, B 17 0,0402 Cádmio Total 0,0002 0, B SDT Medido / SDT Calculdado 0 Cádmio Solúvel 0,0002 0, B 0,8 0 Cálcio Total mg Ca/L 0,0022 5, B 0,28 3,59 Chumbo Total 0,0004 0, B Balanço Iônico 0,0004 Chumbo Solúvel 0,0004 0, B Somatória de Catíons meq/l 0 Cobre Total 0,0005 0, B 0,47 0 Cobre Solúvel 0,0005 0, B Somatória de Ânions meq/l 0 Cromo Total 0,0002 0, B 0,46 0 Cromo Solúvel 0,0002 0, B % Diferença 0 Ferro Total 0,0055 0, B 0,6 0,206 Ferro Solúvel 0,0055 0, B 0,00 0 Magnésio Total mg Mg/L 0,0014 1, B 0,09 1,09 Manganês Total 0,0002 0, B 0,008 Manganês Solúvel 0,0002 0, B 0,00 0,0075 Mercúrio Total. 0,0002 0, Hg 0 Mercúrio Solúvel. 0,0002 0, Hg 0 Níquel Total 0,0002 0, B 0 Níquel Solúvel 0,0002 0, B 0 Potássio Total mg K/L 0,01 1, B 0,04 1,54 Selênio Total. 0,002 0, C 0 Selênio Solúvel. 0,002 0, C 0 Sódio Total mg Na/L 0,02 1, B 0,06 1,39 Zinco Total mg Zn/L 0,002 0, B 0,054 Zinco Solúvel mg Zn/L 0,002 0, B 0,04 Nitrato. 0,0007 0, NO 3 E 0,008 0,1073 Cloreto. mg Cl/L 0,0091 0, Cl- C 0,004 0,15 Alcalinidade a HCO3 mg CaCO 3 /L B 0, Sulfato. mg SO 4 /L 0,0056 0, SO 4 0,008 0,3949 Orto-Fosfato mg P/L 0,002 0, P 0,088 Sólidos Dissolvidos Totais B 53 Sílica Solúvel mg SiO 2 /L 0, SiO 2 C 26,1149 Nitrito. 0, NO 2 B 0 N Amoniacal 0,03 0, NH 3 F 0,100

28 Identificación Ecolabor: SAG IMA-001 Diagrama de piper: Diagrama de stiff:

29 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Matriz: Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG INC-001 Data de entrada na empresa: 10/08/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 30/10/2007 DADOS DA COLETA Coletado por: Interessado Local / Identificação: Data: 10/08/2007 Condições: Hora (h): 16:30 (ºC) ar: 32,3 (ºC) amostra: 33,5 Cl 2 Livre (ppm): - Cl 2 Total (ppm): - ph: 7,85 RESULTADOS PARÂMETROS UNIDADES L.Q L.D RESULTADOS MÉTODOS Alumínio Solúvel Alumínio Total Boro Solúvel Boro Total Clorofila a Coliformes fecais Coliformes Totais DBO 5 dias a 20ºC DQO Dureza Permanente. Dureza Total. Escherichia coli Fluoretos. Fósforo Total Lítio Solúvel Lítio Total Sólidos Totais TOC Arsênio Total. Arsênio Solúvel. Bário Total Bário Solúvel Cádmio Total Cádmio Solúvel Cálcio Total Chumbo Total Chumbo Solúvel Cobre Total Cobre Solúvel Cromo Total Cromo Solúvel Ferro Total Ferro Solúvel Magnésio Total Manganês Total Manganês Solúvel Mercúrio Total. Mercúrio Solúvel. Níquel Total Níquel Solúvel Potássio total Selênio Total. Selênio Solúvel. Sódio Total mg Al/L mg Al/L mg CaCO3/L mg CaCO3/L mg F/L mg P/L mg C/L mg Ca/L mg Mg/L mg K/L mg Na/L 0,03 0,01 n.d 0,03 0,01 0,01 0,081 0,027 n.d 0,081 0,027 n.d 1,59 0,53 1, ausente ausente --- ausente ausente ,03 0,01 nd 0,03 0, ausente ausente 0,014 0,004 0,077 0,027 0,009 0,107 0,0005 0,0002 0,0039 0,0005 0,0002 0, ,5 0,2 0,2 0,0008 0,0002 0,2130 0,0008 0,0002 0,2130 0,0005 0,0002 n.d 0,0005 0,0002 n.d 0,0069 0, ,80 0,0014 0,0004 0,0017 0,0014 0,0004 0,0008 0,0015 0,0005 0,0020 0,0015 0,0005 0,0010 0,0008 0,0002 0,0082 0,0008 0,0002 0,0082 0,017 0,006 0,428 0,017 0,0055 n.d 0,005 0,001 6,05 0,0008 0,0002 0,0004 0,0006 0,0002 n.d 0,0006 0,0002 nd 0,0008 0,0002 0,0008 0,0008 0,0002 0,0005 0,03 0,01 2,78 0,06 0,02 2,17 (SMEWW 20 th E, 3110, 3113B e 3111D) SMEWW 21st SMEWW 20th B SMEWW 20th D SMEWW20th-2340B por cálculo SMEWW20th-2340B por cálculo (SMEWW 20th / CETESB - L5 202,1993 / Compendium of Methods for the Microbiological Examination of foods 3rd Ed. APHA) SMEWW 20 th P.E (SMEWW 20th B, C, D) SMEWW 20 th D

30 Contratante: DH PERFURAÇÃO DE POÇOS LTDA. Endereço: R Turiassu, 389 Objetivo da análise: Matriz: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Água de rede/ poço/mina/bruta/salinas/salobras Identificação Ecolabor: SAG INC-001 Data de entrada na empresa: 10/08/2007 Data de emissão do relatório de ensaio: 30/10/2007 Zinco Total mg Zn/L Zinco Solúvel mg Zn/L Nitratos. Cloretos. Alcalinidade Total Sulfatos. orto-fosfato Sólidos Dissolvidos Totais Silica Solúvel Nitritos. N Amoniacal mg Cl/L mg CaCo3/L mg SO4/L % SiO2 0,007 0,002 0,030 0,007 0,002 0,011 0,008 0,003 0,009 0,08 0,03 0, ,030 0,009 0,170 0,007 0,002 n.d ,5 0,5 20 0,004 0,001 n.d 0,09 0,03 n.d OBS.: 1. L.D.: Limite de detecção do método. 2. n.d.: Não detectado. 3- Os resultados encontrados referen - se exclusivamente á amostra coletada pelo interessado 4. L.Q.: Limite de Quantificação. SMEWW 20th B SMEWW - 20 th P.E. (SMEWW 20th B/C/D) SMEWW 20h Si C SMEWW - 20th 4500 NH3 G Modif. REFERÊNCIAS: - AWWA APHA - WPCI Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater 21a Edição. - EPA, SW Norma Técnica CETESB * Registro Conselho Regional de Química - 4ª Região F * Certificado de Anotação de Responsabilidade - ART - Nº 1814/2007 e 1812/2007 Sandra Maria Ferreira - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº Carlos Alberto Lopes - Gerente Técnico CRQ 4ª Reg. nº

31 Contratante: DH Perfuração de Poços Ltda Endereço: Rua Turiassú, 389 Objetivo da análise: Exames Físico-Químicos, Orgânicos e Microbiológicos Matriz: Água rede / poço / mina / bruta / salinas / salobras Identificação Ecolabor: SAG INC-001 Data de entrada na empresa: ######## Data de emissão do relatório de ensaio: 05/10/2007 PARÂMETROS UNIDADES L.D. Concentração Métodos meq/l SDT CALCULDADO Resultados Arsênio Total. 0,002 0, C 0 Arsênio Solúvel. 0,002 0, C Bário Total 0,0002 0, B SDT Medido 0,209 Bário Solúvel 0,0002 0, B 147 0,213 Cádmio Total 0,0002 0, B SDT Medido / SDT Calculdado 0 Cádmio Solúvel 0,0002 0, B 1,2 0 Cálcio Total mg Ca/L 0, , B 1,74 34,8 Chumbo Total 0,0004 0, B Balanço Iônico 0,0017 Chumbo Solúvel 0,0004 0, B Somatória de Catíons meq/l 0,0008 Cobre Total 0,0005 0, B 2,43 0,002 Cobre Solúvel 0,0005 0, B Somatória de Ânions meq/l 0,001 Cromo Total 0,0002 0, B 2,79 0,0082 Cromo Solúvel 0,0002 0, B % Diferença 0,0096 Ferro Total 0,006 0, B -6,8 0,428 Ferro Solúvel 0,006 0, B 0,00 0 Magnésio Total mg Mg/L 0,0014 6, B 0,50 6,05 Manganês Total 0,0002 0, B 0,0004 Manganês Solúvel 0,0002 0, B 0,00 0 Mercúrio Total. 0,0002 0, Hg 0 Mercúrio Solúvel. 0,0002 nd 3500Hg nd Níquel Total 0,0002 0, B 0,0008 Níquel Solúvel 0,0002 0, B 0,0005 Potássio Total mg K/L 0,01 2, B 0,10 2,78 Selênio Total. 0,002 0, C 0 Selênio Solúvel. 0,002 0, C 0 Sódio Total mg Na/L 0,02 2, B 0,09 2,17 Zinco Total mg Zn/L 0,002 0, B 0,0301 Zinco Solúvel mg Zn/L 0,002 0, B 0,0112 Nitrato. 0,0007 0, NO 3 E 0,001 0,0085 Cloreto. mg Cl/L 0,0091 0, Cl- C 0,003 0,0914 Alcalinidade a HCO3 mg CaCO 3 /L B 2, Sulfato. mg SO 4 /L 0,0056 0, SO 4 0,004 0,1703 Orto-Fosfato mg P/L 0,002 0, P 0 Sólidos Dissolvidos Totais B 147 Sílica Solúvel mg SiO 2 /L 0, SiO 2 C 20,2304 Nitrito. 0, NO 2 B 0 N Amoniacal 0, NH 3 F 0

32 Identificação Ecolabor: SAG INC-001 Diagrama de piper: Diagrama de stiff:

Proyecto para la Protección Ambiental y Desarrollo Sostenible del Sistema Acuífero Guaraní

Proyecto para la Protección Ambiental y Desarrollo Sostenible del Sistema Acuífero Guaraní Proyecto para la Protección Ambiental y Desarrollo Sostenible del Sistema Acuífero Guaraní Projeto de Proteção Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Sistema Aquífero Guarani Environmental Protection

Leia mais

RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 0735/14 PORTARIA MS 2914

RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 0735/14 PORTARIA MS 2914 DADOS REFERENTE AO LABORATÓRIO NOME: YOFEL SERV. E COM. TRATAMENTO DE ÁGUA LTDA. CNPJ: 05.053.575/0001-96 ENDEREÇO: RUA GASTÃO VIDIGAL, 16 - SANTO ÁNDRE SÁO PAULO. TEL: 4513-7348 TEL: 4513-7348 E-MAIL:

Leia mais

Dep. de Contr da Qualidade dos Produtos Água e Esg - TOQ

Dep. de Contr da Qualidade dos Produtos Água e Esg - TOQ 1 de 1 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº MATT01 202073/13-14-A Versão 03 Alumínio dissolvido 0,02 mg Al/L Espectrofotométrico / 20/08/13 Inorg SMEWW - 3500-Al B Condutividade 95,3 µs/cm Condutimétrico / SMEWW - 20/08/13

Leia mais

Dep. de Contr da Qualidade dos Produtos Água e Esg - TOQ

Dep. de Contr da Qualidade dos Produtos Água e Esg - TOQ 1 de 1 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº MATU 44033/13-14-A Versão 02 Alumínio dissolvido 0,03 mg Al/L Espectrofotométrico / 03/07/13 Inorg SMEWW - 3500-Al B Clorofórmio 7,59 µg/l GC-MS/Headspace / EPA - 09/08/13

Leia mais

Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088

Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088 Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088 Portaria MS 2914 DE 12/12/2011Parcial(Saída de tratamento) Parâmetros Mínimo

Leia mais

Relatório de Ensaios Nº 10869/2015-1.0. Resultados Analíticos

Relatório de Ensaios Nº 10869/2015-1.0. Resultados Analíticos Relatório de Ensaios Nº 10869/2015-1.0 Processo Comercial Nº 283/2015.1 Dados referentes ao cliente Empresa solicitante SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE CRUZEIRO-SAAE CNPJ 48.971.139/0001-09 Endereço

Leia mais

Área de Atividade/Produto Classe de Ensaio/Descrição do Ensaio Norma e/ou Procedimento

Área de Atividade/Produto Classe de Ensaio/Descrição do Ensaio Norma e/ou Procedimento Folha: 1 de 5 Determinação de Cor Aparente - Espectrometria UV / VIS LQ: 2,5 PtCo/L Determinação de Aspecto - APPPEARANCE LQ: não se aplica Determinação de Turbidez por Turbidimetria LQ: 0,4 NTU Determinação

Leia mais

Documento Assinado Digitalmente

Documento Assinado Digitalmente CERTIFICADO DE CADASTRO DE LABORATÓRIO A Fundação Estadual de Proteção Ambiental, criada pela Lei Estadual nº 9.077 de 04/06/90 e com seus Estatutos aprovados pelo Decreto nº 33.765, de 28/12/90, registrado

Leia mais

Relatório de Laboratórios Certificados pela FATMA até 11/2013

Relatório de Laboratórios Certificados pela FATMA até 11/2013 Relatório de Laboratórios Certificados pela FATMA até 11/2013 Nome do Laboratório No da Certidão Validade Credenciador Matriz Descrição do Parâmetro Acquaplant Quimica do Brasil Ltda. 3/2013 20-12-2014

Leia mais

Documento Assinado Digitalmente

Documento Assinado Digitalmente CERTIFICADO DE CADASTRO DE LABORATÓRIO A Fundação Estadual de Proteção Ambiental, criada pela Lei Estadual nº 9.077 de 04/06/90, registrada no Ofício do Registro Oficial em 01/02/91, e com seu Estatuto

Leia mais

Campanha de Amostragem de Água Superficial Rio Joanes / Ponte da Estrada do Côco-

Campanha de Amostragem de Água Superficial Rio Joanes / Ponte da Estrada do Côco- Campanha de Amostragem de Água Superficial Rio Joanes / Ponte da Estrada do Côco Maio 2011 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 2 2. AVALIAÇÃO HIDROQUÍMICA... 3 3. CONCLUSÕES... 6 FIGURAS 2.1 PONTO DE COLETA RIO JOANES:

Leia mais

PROCESSO E-07/202154/2001 QUALY LAB ANÁLISES AMBIENTAIS LTDA - 13/06/2014

PROCESSO E-07/202154/2001 QUALY LAB ANÁLISES AMBIENTAIS LTDA - 13/06/2014 Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Isaura Maria Ferreira Frega Vice-Presidente

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-013 Folha: 1 / 6 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO CASCARDI SANEAMENTO BÁSICO LTDA S BIOLÓGICOS NORMA E /OU PROCEDIMENTO CONSUMO HUMANO, ÁGUA TRATADA E Contagem Padrão de

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO CONTROLE DE QUALIDADE DA ÁGUA DE CONSUMO HUMANO POÇO ARTESIANO CRISTALLITE TIMÓTEO - MG (MÊS/ANO REF. 10/2014)

RELATÓRIO TÉCNICO CONTROLE DE QUALIDADE DA ÁGUA DE CONSUMO HUMANO POÇO ARTESIANO CRISTALLITE TIMÓTEO - MG (MÊS/ANO REF. 10/2014) RELATÓRIO TÉCNICO CONTROLE DE QUALIDADE DA ÁGUA DE CONSUMO HUMANO POÇO ARTESIANO CRISTALLITE TIMÓTEO - MG (MÊS/ANO REF. 10/2014) 1 RELATÓRIO ANALÍTICO N O 20 10/2014 CONTROLE DE QUALIDADE DA ÁGUA PARA

Leia mais

Laboratório de ensaios acreditado pela norma ABNT NBR ISO/IEC 17025:2005

Laboratório de ensaios acreditado pela norma ABNT NBR ISO/IEC 17025:2005 Relatório de s CA Nº 2202/15-1 Revisão 00 Laboratório de ensaios acreditado pela norma ABNT NBR ISO/IEC 17025:2005 O escopo da acreditação pode ser visto em: http://www.inmetro.gov.br/laboratorios/rble/docs/crl0353.pdf

Leia mais

Relatório de Ensaios Nr: 8357 Versão: 1.0 Pag 1 de 5 Boletim Definitivo

Relatório de Ensaios Nr: 8357 Versão: 1.0 Pag 1 de 5 Boletim Definitivo Relatório de s Nr: 8357 Versão: 1.0 Pag 1 de 5 Escherichia coli 0 Número/0mL 0 Método Interno (PTM 4) (14-01-2011) Bactérias coliformes (coliformes totais) 0 Número/0mL 0 Método Interno (PTM 4) (14-01-2011)

Leia mais

Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088

Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088 Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088 Portaria MS 2914 DE 12/12/2011Parcial(Saída de tratamento) Parâmetros Mínimo

Leia mais

Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088

Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088 Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088 Portaria MS 2914 DE 12/12/2011Parcial(Saída de tratamento) Parâmetros Mínimo

Leia mais

Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088

Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088 Relatório de informações mensais de abastecimento sobre a qualidade da água para consumo humano em Campo Grande RE_7.5_16-088 Portaria MS 2914 DE 12/12/2011Parcial(Saída de tratamento) Parâmetros Mínimo

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Folha: 01/05 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO IBRA INTITUTO BRASILEIRO DE ANÁLISES QUIMICAS, FÍSICAS E BIOLÓGICAS LTDA AGRICULTURA E PECUÁRIA TECIDO VEGETAL Determinação do Boro pelo método Colorimétrico

Leia mais

Anexo Técnico de Acreditação Nº L0284-1 Accreditation Annex nº

Anexo Técnico de Acreditação Nº L0284-1 Accreditation Annex nº Rua António Gião, 2-5º 2829-53 CAPARICA Portugal Tel +35.22 948 2 Fax +35.22 948 22 Anexo Técnico de Acreditação Nº L284- A entidade a seguir indicada está acreditada como Laboratório de Ensaios, segundo

Leia mais

Anexo Técnico de Acreditação Nº L0385-1 Accreditation Annex nr.

Anexo Técnico de Acreditação Nº L0385-1 Accreditation Annex nr. Rua António Gião, 2-5º 2829-53 CAPARICA Portugal Tel +35.22 948 2 Fax +35.22 948 22 Anexo Técnico de Acreditação Nº L385- A entidade a seguir indicada está acreditada como Laboratório de Ensaios, segundo

Leia mais

Anexo Técnico de Acreditação Nº L0335-1 Accreditation Annex nr.

Anexo Técnico de Acreditação Nº L0335-1 Accreditation Annex nr. Rua António Gião, 2-5º 2829-53 CAPARICA Portugal Tel +35.22 948 2 Fax +35.22 948 22 Anexo Técnico de Acreditação Nº L335- A entidade a seguir indicada está acreditada como Laboratório de Ensaios, segundo

Leia mais

Anexos Gerais. Volume 9 TOMO II. EIA Estudo de Impacto Ambiental. AHE São Luiz do Tapajós Aproveitamento Hidrelétrico São Luiz do Tapajós

Anexos Gerais. Volume 9 TOMO II. EIA Estudo de Impacto Ambiental. AHE São Luiz do Tapajós Aproveitamento Hidrelétrico São Luiz do Tapajós Anexos Gerais Volume 9 TOMO II EIA Estudo de Impacto Ambiental AHE São Luiz do Tapajós Aproveitamento Hidrelétrico São Luiz do Tapajós SUMÁRIO VOLUME 9 ANEXO GERAL Tomo II ANEXO GERAL 7.4.1.1.4/02 Qualidade

Leia mais

Condições e Padrões de Qualidade de Águas

Condições e Padrões de Qualidade de Águas Condições e Padrões de Qualidade de Águas baseado na resolução CONAMA 357/2005 com alteração da resolução CONAMA 430/2011 ÁGUAS DOCES CLASSE ESPECIAL Não são permitidos lançamentos de qualquer espécie

Leia mais

A.R.S. ALENTEJO, I.P. DEPARTAMENTO DE SAÚDE PÚBLICA LABORATÓRIOS DE SAÚDE PÚBLICA

A.R.S. ALENTEJO, I.P. DEPARTAMENTO DE SAÚDE PÚBLICA LABORATÓRIOS DE SAÚDE PÚBLICA TABELA DE S ANÁLISE DE ÁGUAS DESTINADAS A CONSUMO HUMANO ANÁLISE FÍSICA-QUÍMICA SUMÁRIA ANÁLISES POR GRUPO DE ENSAIO Q1 Condutividade, oxidabilidade, turvação, cor, ph, alcalinidade, dureza total, nitratos,

Leia mais

Coordenação Geral de Acreditação

Coordenação Geral de Acreditação Coordenação Geral de Acreditação ORIENTAÇÃO PARA A ELABORAÇÃO DOS ESCOPOS DE ACREDITAÇÃO VOLTADOS AOS LABORATÓRIOS DE ENSAIOS QUE ATUAM NA ÁREA DE ATIVIDADE: MEIO AMBIENTE, SUBÁREAS DE ATIVIDADE: ÁGUAS,

Leia mais

RESOLUÇÃO ARSAE-MG 45, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2014.

RESOLUÇÃO ARSAE-MG 45, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2014. RESOLUÇÃO 45, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2014. Homologa a Tabela de Preços de Serviços Não Tarifados e o Termo de Ocorrência de Irregularidade, ambos do Serviço Autônomo de Água e de Esgoto do Município de

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 5 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO BRASÁGUA TRATAMENTO DE ÁGUA E EFLUENTES DO BRASIL LTDA

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DA AMOSTRA: Caixa de Reuso

IDENTIFICAÇÃO DA AMOSTRA: Caixa de Reuso RELATÓRIO DE ENSAIO N 125933/2014-0 Processo Comercial N 6311/2014-2 DADOS REFERENTES AO CLIENTE Empresa solicitante: ESCOLA DE ARTES CIENCIAS E HUMANIDADES - EACH Endereço: Avenida Arlindo Bettio, 1000

Leia mais

Relatório de Ensaio Nº 17396/2015-1.0 Proposta Comercial Nº 2060/2015

Relatório de Ensaio Nº 17396/2015-1.0 Proposta Comercial Nº 2060/2015 Relatório de Nº 17396/2015-1.0 Proposta Comercial Nº 2060/2015 IDENTIFICAÇÃO DO LABORATÓRIO RAZÃO SOCIAL: LABCRIS ANÁLISES, MEIO AMBIENTE E SERVIÇOS LTDA CNPJ: 02.501.255/0001-63 ENDEREÇO: Rua João Fernandes

Leia mais

Relatório de Ensaio Nº: 24741

Relatório de Ensaio Nº: 24741 Cliente: GOLD PRESS MAQUINAS E RECILAGEM LTDA Endereço: Rua José Ferreira Sobrinho (Compadre Canário), 356-14781-157 - Distrito Industrial II - Barretos/São Paulo - SP Telefone: Identificação da Amostra

Leia mais

AVALIAÇÃO DO IMPACTO AMBIENTAL DE AÇÃO ANTROPOGÊNICA SOBRE AS ÁGUAS DA CABECEIRA DO RIO SÃO FRANCISCO

AVALIAÇÃO DO IMPACTO AMBIENTAL DE AÇÃO ANTROPOGÊNICA SOBRE AS ÁGUAS DA CABECEIRA DO RIO SÃO FRANCISCO AVALIAÇÃO DO IMPACTO AMBIENTAL DE AÇÃO ANTROPOGÊNICA SOBRE AS ÁGUAS DA CABECEIRA DO RIO SÃO FRANCISCO Maristela Silva Martinez (1) Bacharel em Química(USP), Mestre e Doutora em Físico-Química (IQSC- USP).

Leia mais

Matriz I Acreditação Flexível Intermédia - Lista de Ensaios Acreditados

Matriz I Acreditação Flexível Intermédia - Lista de Ensaios Acreditados 1 Águas de consumo e Determinação de ph Potenciometria PTL/0036 (2009-04-24) 0 2 Determinação de Condutividade Conductimetria PTL/0037 (2009-04-24) 0 3 Determinação de Alcalinidade Volumetria com deteção

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO DE CARACTERIZAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

RELATÓRIO TÉCNICO DE CARACTERIZAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS RELATÓRIO TÉCNICO DE CARACTERIZAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS 1 / 15 I - INTRODUÇÃO: Empresa Responsável : PROJECONTROL Consultoria Empresarial e Serviços Ltda. Rua Princesa Isabel, nº 94-11 o Andar conjunto

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 7 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO CETESB - Companhia Ambiental do Estado de São Paulo

Leia mais

TABELA DE CONSERVAÇÃO

TABELA DE CONSERVAÇÃO TBEL DE CONSERVÇÃO Página 1 de 8 Ensaio Matriz Frasco/Preservante Refrigeração líquota Prazo de Validade METIS METIS Metais (exceto Mercúrio e Boro),S - Plástico, vidro com HNO 3 S - Vidro, plástico sem

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO. Determinação da Demanda Química de Oxigênio pelo método colorimétrico com refluxo fechado

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO. Determinação da Demanda Química de Oxigênio pelo método colorimétrico com refluxo fechado ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 9 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO BASF S.A. Laboratorio Central de Controle de Qualidade

Leia mais

Ensaio: Acidez, Alcalinidade, Cloreto, Condutividade, Cor, Demanda Bioquímica de Oxigênio DBO 5D, Demanda de Cloro,Fluoreto, Iodeto

Ensaio: Acidez, Alcalinidade, Cloreto, Condutividade, Cor, Demanda Bioquímica de Oxigênio DBO 5D, Demanda de Cloro,Fluoreto, Iodeto Página: 2 de 8 -------------------- INFORMAÇÕES PARA AMOSTRAGEM EM FUNÇÃO DO ENSAIO Ensaio: Acidez, Alcalinidade, Cloreto, Condutividade, Cor, Demanda Bioquímica de Oxigênio DBO 5D, Demanda de Cloro,Fluoreto,

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO. Determinação de Alumínio Total pelo método colorimétrico LQ: 0,008 mg/l

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO. Determinação de Alumínio Total pelo método colorimétrico LQ: 0,008 mg/l ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 8 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO ACQUA BOOM SANEAMENTO AMBIENTAL LTDA - EPP Determinação

Leia mais

BOLETIM DE ANÁLISE N 190905/2009-0 Processo Comercial N 16458/2009-11

BOLETIM DE ANÁLISE N 190905/2009-0 Processo Comercial N 16458/2009-11 BOLETIM DE ANÁLISE N 190905/2009-0 Processo Comercial N 16458/2009-11 DADOS REFERENTES AO CLIENTE Empresa solicitante: ENGBR Engenharia Ambiental Ltda Endereço: Rua Fernando Simas, 705-3º andar Bigorrilho

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO LS ANALYSES LABORATÓRIO DE PESQUISAS DE ANÁLISES QUÍMICAS, FÍSICO-QUÍMICAS E MICROBIOLÓGICAS LTDA.

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO LS ANALYSES LABORATÓRIO DE PESQUISAS DE ANÁLISES QUÍMICAS, FÍSICO-QUÍMICAS E MICROBIOLÓGICAS LTDA. ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 5 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO LS ANALYSES LABORATÓRIO DE PESQUISAS DE ANÁLISES QUÍMICAS,

Leia mais

Revisão sistemática sobre os parâmetros de qualidade de água subterrânea em regiões onde operam cemitérios

Revisão sistemática sobre os parâmetros de qualidade de água subterrânea em regiões onde operam cemitérios VIII Semana de Ciência e Tecnologia do IFMG - campus Bambuí I Seminário dos Estudantes de Pós-graduação Revisão sistemática sobre os parâmetros de qualidade de água subterrânea em regiões onde operam cemitérios

Leia mais

LABORATÓRIO DE ANÁLISES DE ÁGUA E ESGOTO REGISTRO NO C.R.Q. - 9ª REGIÃO SOB N.º 01938

LABORATÓRIO DE ANÁLISES DE ÁGUA E ESGOTO REGISTRO NO C.R.Q. - 9ª REGIÃO SOB N.º 01938 CONVENIO COM: FUNASA/CORE- PR DIVISÃO DE ENGENHARIA DE SAÚDE PÚBLICA CENTRO DE REFERENCIA EM SANEAMENTO AMBIENTAL LABORATÓRIO DE ANÁLISES DE ÁGUA E ESGOTO REGISTRO NO C.R.Q. - 9ª REGIÃO SOB N.º 01938 Página

Leia mais

Redes de Monitoramento de Qualidade de Águas Subterrâneas do Estado de São Paulo

Redes de Monitoramento de Qualidade de Águas Subterrâneas do Estado de São Paulo Redes de Monitoramento de Qualidade de Águas Subterrâneas do Estado de São Paulo Geóg. Rosângela Pacini Modesto Companhia Ambiental do Estado de Paulo (CETESB/SMA) Jul 2014 USOS DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS

Leia mais

Simone Cristina de Oliveira Núcleo Gestor de Araraquara DAAE CESCAR Coletivo Educador de São Carlos, Araraquara, Jaboticabal e Região HISTÓRICO

Simone Cristina de Oliveira Núcleo Gestor de Araraquara DAAE CESCAR Coletivo Educador de São Carlos, Araraquara, Jaboticabal e Região HISTÓRICO Caracterização Histórica e Operacional da Estação de Tratamento de Esgotos Manoel Ferreira Leão Neto do Departamento Autônomo de Águas e Esgotos (DAAE) Araraquara-SP HISTÓRICO Simone Cristina de Oliveira

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 7 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO GREEN LAB ANÁLISES QUÍMICAS E TOXICOLÓGICAS LTDA /

Leia mais

NOVA AMBI SERVIÇOS ANALÍTICOS LTDA.

NOVA AMBI SERVIÇOS ANALÍTICOS LTDA. NOVA AMBI SERVIÇOS ANALÍTICOS LTDA. R-A 124/2009 Rev. 1 São Paulo, 18 de Agosto de 2009. À FUND. APLICAÇÕES DE TECNOL. CRÍTICAS - ATECH Rua do Rócio, 313 11º andar Vila Olimpia SÃO PAULO SP At.: Sr. Abrahão

Leia mais

Avaliação da Qualidade da Água do Rio Sergipe no Município de Laranjeiras, Sergipe- Brasil

Avaliação da Qualidade da Água do Rio Sergipe no Município de Laranjeiras, Sergipe- Brasil Avaliação da Qualidade da Água do Rio Sergipe no Município de Laranjeiras, Sergipe- Brasil 1 Majane Marques Dias Lessa 2 Ana Alexandrina Gama da Silva RESUMO: Este estudo apresenta os resultados obtidos

Leia mais

PADÃO MICROBIOLÓGICO DE POTABILIDADE DA ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO - Tabela I (MS 518) - Anexo I (MS 2914)

PADÃO MICROBIOLÓGICO DE POTABILIDADE DA ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO - Tabela I (MS 518) - Anexo I (MS 2914) PADÃO MICROBIOLÓGICO DE POTABILIDADE DA ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO - Tabela I (MS 518) - Anexo I (MS 2914) MS 518 MS 2914 TIPO DE ÁGUA PARÂMETRO VMP (1) TIPO DE ÁGUA PARÂMETRO VMP (1) ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO

Leia mais

L I C I T A Ç Ã O: Convite:Compras e outros serviços, Nº12/2013 Menor preço - Global

L I C I T A Ç Ã O: Convite:Compras e outros serviços, Nº12/2013 Menor preço - Global Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto - SAMAE Travessa Theodoro Junctum, 124 - Bairro Centro Rio Negrinho - SC - Santa Catarina 85.908.309/0001-37 89.295-000 L I C I T A Ç Ã O: Convite:Compras e

Leia mais

AVALIAÇÃO DA REMOÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS NATURAIS NA ÁGUA DO RESERVATÓRIO DA BARRAGEM DO RIBEIRÃO JOÃO LEITE

AVALIAÇÃO DA REMOÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS NATURAIS NA ÁGUA DO RESERVATÓRIO DA BARRAGEM DO RIBEIRÃO JOÃO LEITE AVALIAÇÃO DA REMOÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS NATURAIS NA ÁGUA DO RESERVATÓRIO DA BARRAGEM DO RIBEIRÃO JOÃO LEITE Wilma Gomes da Silva CARMO*; Nora Katia SAAVEDRA Escola de Engenharia Civil - Programa de

Leia mais

Interpretação e implicações técnicas e jurídicas da Resolução CONAMA Nº 357

Interpretação e implicações técnicas e jurídicas da Resolução CONAMA Nº 357 Interpretação e implicações técnicas e jurídicas da Resolução CONAMA Nº 357 Classes de água doces, salinas e salobras Legislação Estadual Legislação Federal Águas doces Águas salinas Águas salobras CONAMA

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-013 Folha: 1 / 07 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO LABORATÓRIO DE ANÁLISES AMBIENTAIS TECLAB LTDA HUMANO S QUÍMICOS Dureza Total Alcalinidade Cloretos LQ:0,5 mg/l NORMA

Leia mais

Anexo 1 - Valores máximos permitidos VMP- por uso individualizados considerados como preponderantes para a água subterrânea

Anexo 1 - Valores máximos permitidos VMP- por uso individualizados considerados como preponderantes para a água subterrânea Anexo 1 Valores máximos permitidos VMP por uso individualizados considerados como preponderantes para a água subterrânea Parâmetros inorgânicos CAS Nº Consumo Dessedentaç ão de animais Praticável LQP (µg/l)

Leia mais

AVALIAÇÃO FÍSICO-QUIMICA E MICROBIOLOGICA DA QUALIDADE DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS EM DIFERENTES LOCALIDADES NO ESTADO DA PARAÍBA

AVALIAÇÃO FÍSICO-QUIMICA E MICROBIOLOGICA DA QUALIDADE DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS EM DIFERENTES LOCALIDADES NO ESTADO DA PARAÍBA AVALIAÇÃO FÍSICO-QUIMICA E MICROBIOLOGICA DA QUALIDADE DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS EM DIFERENTES LOCALIDADES NO ESTADO DA PARAÍBA Priscilla Dantas Rocha 1 ; Márcia Isabel Cirne França 2 ; Rodrigo Vieira Alves

Leia mais

RECURSOS OFERECIDOS POR FONTE 50% Ribeirão Pureza Ribeirão Pai João Córrego das Três Fontes Outros

RECURSOS OFERECIDOS POR FONTE 50% Ribeirão Pureza Ribeirão Pai João Córrego das Três Fontes Outros A água distribuída pelo SAAE de Itabira vem: Mananciais de superfície: Ribeirão da Pureza (ETA - Pureza) 55 % da cidade; Ribeirão Pai João (ETA Gatos) 25 % da cidade; Córrego das Três fontes (ETA Pará)

Leia mais

A REABILITAÇÃO DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE VALADA/VALE DA PEDRA (EPAL) Ana AMBRÓSIO DE SOUSA(1); José NICOLAU LOPES(2); Amílcar AMBRÓSIO(3)

A REABILITAÇÃO DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE VALADA/VALE DA PEDRA (EPAL) Ana AMBRÓSIO DE SOUSA(1); José NICOLAU LOPES(2); Amílcar AMBRÓSIO(3) A REABILITAÇÃO DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE VALADA/VALE DA PEDRA (EPAL) Ana AMBRÓSIO DE SOUSA(1); José NICOLAU LOPES(2); Amílcar AMBRÓSIO(3) RESUMO A Estação de Tratamento de Água de Valada/Vale

Leia mais

Revisão de Relatório de Ensaios LIMNOS Nº 1949/14A Este relatório cancela e substitui as suas revisões emitidas anteriormente

Revisão de Relatório de Ensaios LIMNOS Nº 1949/14A Este relatório cancela e substitui as suas revisões emitidas anteriormente Laboratório de ensaios acreditado pela norma ABNT NBR ISO/IEC 17025:2005 O escopo da acreditação pode ser visto em: http://www.inmetro.gov.br/laboratorios/rble/docs/crl0462.pdf Antimônio Total (ac)

Leia mais

Código CETIND 250208-1223 Amostra TRMOC01 - MEIO Coleta em: 24/02/08 14:36 Ensaio Resultado Unidade LDM Método Data do Ensaio

Código CETIND 250208-1223 Amostra TRMOC01 - MEIO Coleta em: 24/02/08 14:36 Ensaio Resultado Unidade LDM Método Data do Ensaio Relatório de s LABQGI 1369/07-1 Revisão 00 Endereço: Loc. Ilha de Comandatuba, s/n e-mail: reimar@transamerica.com.br; pabl Código CETIND 250208-1222 Amostra TRMOC01 - SUP. Coleta em: 24/02/08 14:36 Nitrogênio

Leia mais

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS E QUÍMICAS DA ÁGUA ADUZIDA A LISBOA -INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DA ÁGUA DISTRIBUÍDA- RESUMO

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS E QUÍMICAS DA ÁGUA ADUZIDA A LISBOA -INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DA ÁGUA DISTRIBUÍDA- RESUMO CARACTERÍSTICAS FÍSICAS E QUÍMICAS DA ÁGUA ADUZIDA A LISBOA -INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DA ÁGUA DISTRIBUÍDA- Maria João BENOLIEL 1, Maria Augusta CAVACO 2, Sandra GANCHO 3 RESUMO O presente trabalho tem por

Leia mais

IMPACTO DE UM LIXÃO DESATIVADO NA QUALIDADE DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS LOCAIS

IMPACTO DE UM LIXÃO DESATIVADO NA QUALIDADE DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS LOCAIS Castellón, 23-24 de julio de 28. IMPACTO DE UM LIXÃO DESATIVADO NA QUALIDADE DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS LOCAIS Resumo Nóbrega, C.C.; Souza, I.M.F.; Athayde Júnior, G.B.; Gadelha, C.L.M. Departamento de Engenharia

Leia mais

MF-0440.R-3 - MÉTODO DE DETERMINAÇÃO DA DEMANDA QUÍMICA DE OXIGÊNIO

MF-0440.R-3 - MÉTODO DE DETERMINAÇÃO DA DEMANDA QUÍMICA DE OXIGÊNIO MF-0440.R-3 - MÉTODO DE DETERMINAÇÃO DA DEMANDA QUÍMICA DE OXIGÊNIO Notas: Aprovado pela Deliberação CECA n 742, de 17 de outubro de 1985 Publicado no DOERJ de 08 de janeiro de 1986 1. OBJETIVO O objetivo

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DE ABASTECIMENTO - 2009

RELATÓRIO ANUAL DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DE ABASTECIMENTO - 2009 RELATÓRIO ANUAL DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DE ABASTECIMENTO - 2009 INTRODUÇÃO O objetivo deste relatório é apresentar os resultados, relativos ao ano de 2009, de qualidade das águas de abastecimento de Jurerê

Leia mais

Nome do Autor: Endereço para correspondência:

Nome do Autor: Endereço para correspondência: TÍTULO: AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA E SUA RELAÇÃO COM O USO DO SOLO EM DOIS MANANCIAIS DE ABASTECIMENTO DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS SP: RESERVATÓRIO DO TANQUE GRANDE E DO CABUÇU Nome do Autor: José Carlos

Leia mais

Como Escolher a Sua Água

Como Escolher a Sua Água Como Escolher a Sua Água Por que Escolher? Apesar da grande variedade de produtos com alta concentração de sais minerais e sódio, nenhum composto hidrata mais uma pessoa do que a água. Bebê-la não tem

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 10 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO Fundação Universidade de Caxias do Sul/Coordenadoria

Leia mais

Tabela 1. Análises, equipamentos (marca) e métodos utilizados. Tipo de análise Equipamento Marca Método Turbidez (ut) Turbidímetro Hach 2100P Cor (uh) Hach DR2010 APHA Pt/Co Espectrofotometria ph phmetro

Leia mais

RESOLUÇÃO CRH Nº 10 /09, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2009.

RESOLUÇÃO CRH Nº 10 /09, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2009. RESOLUÇÃO CRH Nº 10 /09, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2009. Dispõe sobre a obrigatoriedade de realização de Análises Físico-químicas e Bacteriológicas com parâmetros físico-químicos e bacteriológicos específicos,

Leia mais

WORKSHOP SOBRE PROCESSOS DE TRATAMENTO DE LIXIVIADOS DE ATERROS SANITÁRIOS E A LEGISLAÇÃO PALESTRA 4 TRATAMENTO FÍSICO QUÍMICO E BIOLÓGICO

WORKSHOP SOBRE PROCESSOS DE TRATAMENTO DE LIXIVIADOS DE ATERROS SANITÁRIOS E A LEGISLAÇÃO PALESTRA 4 TRATAMENTO FÍSICO QUÍMICO E BIOLÓGICO WORKSHOP SOBRE PROCESSOS DE TRATAMENTO DE LIXIVIADOS DE ATERROS SANITÁRIOS E A LEGISLAÇÃO PALESTRA 4 TRATAMENTO FÍSICO QUÍMICO E BIOLÓGICO Eng. Elso Vitoratto engenharia@novaeraambiental.com.br Conceito

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 Norma de Origem: NIT-DICLA-013 Folha: 1 / 05 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO QUALITEX ENGENHARIA E SERVIÇOS LTDA ÁGUA TRATADA, RESIDUAL, E ÁGUA Determinação

Leia mais

Monitoramento e Controle Ambiental

Monitoramento e Controle Ambiental Monitoramento e Controle Ambiental Monitoramento da Qualidade da Água Aluno: Daniel M. C. Santos Por que monitorar? MONITORAMENTO AMBIENTAL DE CORPOS HÍDRICOS Alterações ambientais ocorrem ao longo de

Leia mais

ANEXO I. Tabela de padrão microbiológico da água para consumo humano

ANEXO I. Tabela de padrão microbiológico da água para consumo humano ANEXO I Tabela de padrão microbiológico da água para consumo humano Água tratada Tipo de água Parâmetro VMP (1) Água para consumo humano Escherichia coli (2) Ausência em 100 ml Na saída do tratamento Coliformes

Leia mais

III-504 - DESAGUAMENTO DE LODO DE ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUAS ETAS POR LEITO DE DRENAGEM COM MANTAS GEOTÊXTEIS ESCALA REDUZIDA

III-504 - DESAGUAMENTO DE LODO DE ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUAS ETAS POR LEITO DE DRENAGEM COM MANTAS GEOTÊXTEIS ESCALA REDUZIDA III-504 - DESAGUAMENTO DE LODO DE ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUAS ETAS POR LEITO DE DRENAGEM COM MANTAS GEOTÊXTEIS ESCALA REDUZIDA Cristiane Silveira Tecnóloga em Gerenciamento Ambiental pela Universidade

Leia mais

1. RESUMO DOS RESULTADOS OBTIDOS NAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUA E SISTEMAS INDEPENDENTES DE ÁGUA DO CONCELHO DE VIMIOSO

1. RESUMO DOS RESULTADOS OBTIDOS NAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUA E SISTEMAS INDEPENDENTES DE ÁGUA DO CONCELHO DE VIMIOSO 1. RESUMO DOS RESULTADOS OBTIDOS NAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUA E SISTEMAS INDEPENDENTES DE ÁGUA DO CONCELHO DE VIMIOSO Nos quadros seguintes apresenta-se um resumo global dos resultados s para a água

Leia mais

Relatório de Ensaio Nº 61828/2014-1.0-A

Relatório de Ensaio Nº 61828/2014-1.0-A Nº 61828/2014-10-A Processo Comercial Nº 1316/20141 Dados do Cliente Contratante: Solicitante: CNPJ / CPF: 48819619/0001-59 IE / RG: 407001159117 Endereço: Rua Londrina, 587 - Vila Maringá - Município:

Leia mais

REGULAMENTO PARA LANÇAMENTO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS EM REDE DE ESGOTO FORNECIDA PELA COMPANHIA DE DISTRITOS INDUSTRIAIS DE GOIÁS GOIASINDUSTRIAL.

REGULAMENTO PARA LANÇAMENTO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS EM REDE DE ESGOTO FORNECIDA PELA COMPANHIA DE DISTRITOS INDUSTRIAIS DE GOIÁS GOIASINDUSTRIAL. REGULAMENTO PARA LANÇAMENTO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS EM REDE DE ESGOTO FORNECIDA PELA COMPANHIA DE DISTRITOS INDUSTRIAIS DE GOIÁS GOIASINDUSTRIAL. Art. 1º - O Presidente da Companhia de Distritos Industriais

Leia mais

TÍTULO: AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA DO RIO PARAÍBA DO SUL NA CIDADE DE LORENA - SP, BRASIL

TÍTULO: AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA DO RIO PARAÍBA DO SUL NA CIDADE DE LORENA - SP, BRASIL Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA DO RIO PARAÍBA DO SUL NA CIDADE DE LORENA - SP, BRASIL CATEGORIA:

Leia mais

RELATÓRIO DE MONITORAMENTO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DA UNIDADE HIDRELÉTRICA DE ERNERGIA UHE-SÃO JOSÉ

RELATÓRIO DE MONITORAMENTO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DA UNIDADE HIDRELÉTRICA DE ERNERGIA UHE-SÃO JOSÉ RELATÓRIO DE MONITORAMENTO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DA UNIDADE HIDRELÉTRICA DE ERNERGIA UHE-SÃO JOSÉ Triunfo, 11 de fevereiro de 2011 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. RELAÇÃO DOS POÇOS DE MONITORAMENTO... 3

Leia mais

A QUALIDADE DAS ÁGUAS DE REÚSO

A QUALIDADE DAS ÁGUAS DE REÚSO Seminário Ganhos Econômicos e Ambientais com Reúso de Água A QUALIDADE DAS ÁGUAS DE REÚSO Engº. Regis Nieto Gerente do Setor de Avaliação de Sistemas de Saneamento Reúso da Água e Ações da CETESB Controle

Leia mais

SERVIÇOS LABORATORIAIS. Artigo 102º - Análise microbiológica (individualizadas) 1. Bactérias totais 30,00. 2. Coliformes totais 70,00

SERVIÇOS LABORATORIAIS. Artigo 102º - Análise microbiológica (individualizadas) 1. Bactérias totais 30,00. 2. Coliformes totais 70,00 SERVIÇOS LABORATORIAIS Artigo 102º - Análise microbiológica (individualizadas) 1. Bactérias totais 30,00 2. Coliformes totais 70,00 3. Coliformes fecais 70,00 4. Pesquisa de E. Coli 180,00 5. Estreptococos

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL 1. INTRODUÇÃO

RELATÓRIO TRIMESTRAL 1. INTRODUÇÃO RELATÓRIO TRIMESTRAL 1. INTRODUÇÃO O controlo analítico da qualidade das Águas de Abastecimento, no Município de Arraiolos durante o período de Outubro a Dezembro de 2006, foi realizado pelos laboratórios

Leia mais

Departamento de Água e Esgoto

Departamento de Água e Esgoto RELATÓRIO DE QUALIDADE DA ÁGUA ANO DE REFERÊNCIA: 2.006 DECRETO FEDERAL Nº 5.440 DE 04 DE MAIO DE 2.005 Em cumprimento ao disposto no Decreto Federal nº 5.440/05 que estabelece os procedimentos para a

Leia mais

REDUÇÃO/REMOÇÃO DE CROMO NA ÁGUA DE CAPTAÇÃO SUBTERRÂNEA. Sabesp/Höganäs

REDUÇÃO/REMOÇÃO DE CROMO NA ÁGUA DE CAPTAÇÃO SUBTERRÂNEA. Sabesp/Höganäs REDUÇÃO/REMOÇÃO DE CROMO NA ÁGUA DE CAPTAÇÃO SUBTERRÂNEA Sabesp/Höganäs OBJETIVO Desenvolvimento de processo alternativo para Remoção/Redução de teores de elementos químicos presentes na água subterrânea,

Leia mais

CONTAMINAÇÕES MICROBIOLÓGICAS E QUÍMICAS DA ÁGUA (Enasa)

CONTAMINAÇÕES MICROBIOLÓGICAS E QUÍMICAS DA ÁGUA (Enasa) www.enasaeng.com.br enasaeng@enasaeng.com.br Tel: (011) 5585-9100 Fax: (011) 5589-6911 São Paulo - SP - Brasil CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DA ÁGUA 1. COR 2. TURBIDEZ 3. SÓLIDOS EM ÁGUA 4. TEMPERATURA 5. SABOR

Leia mais

Anexo Técnico de Acreditação Nº L0302-1 Accreditation Annex nº

Anexo Técnico de Acreditação Nº L0302-1 Accreditation Annex nº Rua António Gião, 2-5º 2829-53 CAPARICA Portugal Tel +35.22 948 2 Fax +35.22 948 22 Anexo Técnico de Acreditação Nº L32- A entidade a seguir indicada está acreditada como Laboratório de Ensaios, segundo

Leia mais

Teor de alumínio na água tratada, Lages/SC (1)

Teor de alumínio na água tratada, Lages/SC (1) Teor de alumínio na água tratada, Lages/SC (1) Ana Lúcia Pinto Oliveira (2) ;Priscila da Silva Sassi (3) Lucia Helena Baggio Martins (4) (1) Trabalho executado com recursos disponibilizados pelas autoras,

Leia mais

SISTEMA DE SANTO ANTONIO

SISTEMA DE SANTO ANTONIO PROGRAMA DE CONTROLO DA QUALIDADE DA ÁGUA (PCQA) - 2015 RESULTADOS DA QUALIDADE DA ÁGUA CONCELHO DE PONTA DELGADA SISTEMA DE ABASTECIMENTO: SISTEMA DE SANTO ANTONIO Os resultados das análises definidas

Leia mais

Anexo Técnico de Acreditação Nº L0252-1 Accreditation Annex nr.

Anexo Técnico de Acreditação Nº L0252-1 Accreditation Annex nr. Rua António Gião, 2-5º 2829-53 CAPARICA Portugal Tel +35.22 948 20 Fax +35.22 948 202 Anexo Técnico de Acreditação Nº L0252- A entidade a seguir indicada está acreditada como Laboratório de Ensaios, segundo

Leia mais

Requerimento de Ligação de Águas Residuais Industriais aos Sistemas de Drenagem e Tratamento da AdG

Requerimento de Ligação de Águas Residuais Industriais aos Sistemas de Drenagem e Tratamento da AdG I Identificação do Utilizador Industrial Designação: Processo nº: N.º de Cliente AdG: Nº Contribuinte: Morada da Unidade Industrial: Código Postal: - Nome do Proprietário: Telefone: ; Fax: ; e-mail: II

Leia mais

Cadastro do Sistema /Solução Alternativa de Abastecimento de Água para Consumo Humano

Cadastro do Sistema /Solução Alternativa de Abastecimento de Água para Consumo Humano ANEXO I da Resolução SS 65 de 12 de maio de 2005 Cadastro do Sistema /Solução Alternativa de Abastecimento de Água para Consumo Humano Nome do Sistema/Solução Alternativa: Regional de Saúde: Município/UF:

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE Resolução SS 65, de 12 de Abril de 2005. ( Publicado no D.O.E de 13/04/2005, seção 1. pág. 18 ) Estabelece os procedimentos e responsabilidades relativos ao Controle e Vigilância da Qualidade da Água para

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO DE INSTRUMENTOS LEGAIS PARA CLASSIFICAÇÃO E ENQUADRAMENTO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO BRASIL

ESTUDO COMPARATIVO DE INSTRUMENTOS LEGAIS PARA CLASSIFICAÇÃO E ENQUADRAMENTO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO BRASIL The image cannot be displayed. Your computer may not have enough memory to open the image, or the image may have been corrupted. Restart your computer, and then open the file again. If the red x still

Leia mais

Relatório de Ensaios Nr: 1523 Versão: 1.0 Pag 1 de 5 Boletim Definitivo

Relatório de Ensaios Nr: 1523 Versão: 1.0 Pag 1 de 5 Boletim Definitivo Relatório de s Nr: 1523 Versão: 1.0 Pag 1 de 5 Bactérias coliformes (coliformes totais) 0 ufc/0ml 0 Método Interno (PTM 4) (2015-08-27) Escherichia coli 0 ufc/0ml 0 Método Interno (PTM 4) (2015-08-27)

Leia mais

AUTARQUIA MUNICIPAL - LEI DE CRIAÇÃO N. 10 DE 20/04/1966 SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO

AUTARQUIA MUNICIPAL - LEI DE CRIAÇÃO N. 10 DE 20/04/1966 SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO AUTARQUIA MUNICIPAL - LEI DE CRIAÇÃO N. 10 DE 20/04/1966 SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO RELAÇÃO DE COMPRAS E SERVIÇOS EFETUADOS NO MÊS DE SETEMBRO DE 2008, CONFOR O ARTIGO 16 DA LEI 8666 DE 21/06/1993

Leia mais

ENGENHARIA DE PROCESSOS EM PLANTAS DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL

ENGENHARIA DE PROCESSOS EM PLANTAS DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL 1 IDENTIFICAÇÃO Nome do Bolsista MANOEL REGINALDO FERNANDES Título do Programa ENGENHARIA DE PROCESSOS EM PLANTAS DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL Título do Curso / Especialização ENGENHARIA QUÍMICA / GRADUAÇÃO

Leia mais

INATIVAÇÃO DE INDICADORES PATOGÊNICOS EM ÁGUAS CONTAMINADAS: USO DE SISTEMAS COMBINADOS DE TRATAMENTO E PRÉ-DESINFECÇÃO

INATIVAÇÃO DE INDICADORES PATOGÊNICOS EM ÁGUAS CONTAMINADAS: USO DE SISTEMAS COMBINADOS DE TRATAMENTO E PRÉ-DESINFECÇÃO INATIVAÇÃO DE INDICADORES PATOGÊNICOS EM ÁGUAS CONTAMINADAS: USO DE SISTEMAS COMBINADOS DE TRATAMENTO E PRÉ-DESINFECÇÃO BILOTTA, Patrícia*; DANIEL, Luiz Antonio*. *Laboratório de Tratamento Avançado e

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE DESCARGAS DE ÁGUAS RESIDUAIS NA REDE DE COLECTORES DA ZIL

REGULAMENTO MUNICIPAL DE DESCARGAS DE ÁGUAS RESIDUAIS NA REDE DE COLECTORES DA ZIL MUNICIPAL DE DESCARGAS DE ÁGUAS RESIDUAIS NA REDE DE COLECTORES DA ZIL Regulamento Municipal de Descargas de Águas Residuais na Rede de Colectores da ZIL NOTA JUSTIFICATIVA O artigo 116º do Código do Código

Leia mais

ODEBRECHT AMBIENTAL. Experiências da Odebrecht Ambiental no processo de reúso de água.

ODEBRECHT AMBIENTAL. Experiências da Odebrecht Ambiental no processo de reúso de água. ODEBRECHT AMBIENTAL Experiências da Odebrecht Ambiental no processo de reúso de água. Belo Horizonte, 10 de Junhode 2015 AGENDA (1) GESTÃO DA OFERTA E DEMANDA HÍDRICA (2) MODELO DE NEGÓCIO E DESAFIOS DO

Leia mais

Anexo IX. Ref. Pregão nº. 052/2011 DMED. ET Análises de Água e Efluentes

Anexo IX. Ref. Pregão nº. 052/2011 DMED. ET Análises de Água e Efluentes Anexo I Ref. Pregão nº. 052/2011 DMED ET Análises de Água e Efluentes Página 1 de 8 Especificações Técnicas / Termos de Referências nº 219/11 e 317/11 A) DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS Os serviços a serem executados

Leia mais