Castelo de Belver Centro Interpretativo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Castelo de Belver Centro Interpretativo"

Transcrição

1 Colóquio PRAXIS IV Marketing Cultural e Turístico Abrantes, 26 Setembro 2015 Castelo de Belver Centro Interpretativo Sentinela do Tejo António Tavares Nádia Figueira Luís Filipe Gomes Joaquim Garcia

2 Colóquio PRAXIS IV Marketing Cultural e Turístico Abrantes, 26 Setembro 2015 A valorização dos recursos endógenos dos territórios Património Cultural peça fundamental nas dinâmicas do desenvolvimento local Os múltiplos usos do PC geram aproveitamento para vários fins

3 Colóquio PRAXIS IV Marketing Cultural e Turístico Abrantes, 26 Setembro 2015 Turismo Cultural - actividade económica não sazonal O Turista Cultural (Visitante) apresenta capacidade financeira A divulgação turística dos bens patrimoniais é crucial no desenvolvimento local

4 económico O Património Cultural»«eixo fundamental no desenvolvimento dos territórios Passado, presente e futuro cultural social

5 Território de transição para o Centro de Portugal

6 Gavião é o único concelho do Alentejo cujos limites se estendem acima do rio Tejo, pela atual freguesia de Belver

7 Construído pelos Hospitalários em finais do século XII, por decisão régia de D. Sancho I

8 Na sua construção foram usadas soluções da arquitetura militar das mais inovadoras da época

9 A sua localização estratégica prevenia novas incursões para norte, quando o Tejo era espaço de fronteira entre Cristãos e Muçulmanos

10 A segurança desta fortaleza leva D. Sancho I a destinar Belver como um dos locais para depósito do tesouro real português

11

12 Por aqui terá passado Luís de Camões, no seu exílio de 1546

13

14 No seu interior ergueu-se, no século XVI, a Capela de S. Brás, onde se preserva um conjunto de relíquias trazidas da Terra Santa pelos Cavaleiros Templários

15 A torre de menagem Centro Interpretativo, criado em 2014 pela DRC Alentejo /parceria CM Gavião Nova função social e educativa A fruição do Património Cultural

16 Centro Interpretativo, interativo, dinâmico e contemporâneo; Proteção do património e da memória local; Difusão e aproveitamento turístico das potencialidades específicas do concelho de Gavião; Desenvolvimento do território A Ordem Militar dos Hospitalários; Reconquista cristã; D. Sancho I; Luís de Camões.

17 Imagens 3D do projeto museográfico Posto de recepção

18 Imagens 3D do projeto museográfico

19 Imagens 3D do projeto museográfico

20 Layouts dos suportes expositivos

21 Layouts dos suportes expositivos

22 Layouts dos suportes expositivos

23 Layouts dos suportes expositivos

24 Layouts dos suportes expositivos

25 A inauguração do Centro Interpretativo

26 A inauguração do Centro Interpretativo

27 Interior do Centro Interpretativo

28 Inauguração do Centro Interpretativo

29 Inauguração do Centro Interpretativo

30 Inauguração do Centro Interpretativo

31 Flyer de divulgação

32 Aplicação multimédia

33 Visualização da aplicação multimédia Visualização do filme promocional

34 Arqueohoje Conservação e Restauro do Património Monumental, Ldª Office: Rua da Escola, Lote 9, Loja 2 Santa Eulália - Repeses Viseu Filial de Lisboa - Rua Penha de França, 109-1E Lisboa

1. A REDE a. Quem somos? b. O que queremos? c. Carteira de projetos 1. QUEM SOMOS?

1. A REDE a. Quem somos? b. O que queremos? c. Carteira de projetos 1. QUEM SOMOS? 1. A REDE a. Quem somos? b. O que queremos? c. Carteira de projetos 1. QUEM SOMOS? A criação da Rede de Castelos e Muralhas do Mondego recupera, como o próprio nome indica, uma linha militar criada há

Leia mais

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS Ministério 01 Encargos Gerais do Estado 1206 SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA 1207 SUPREMO TRIBUNAL ADMINISTRATIVO 2334 CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL 3045 COMISSÃO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE DADOS 04 02 04 040199

Leia mais

Regulamento dos Prémios APOM

Regulamento dos Prémios APOM Regulamento dos Prémios APOM A Associação Portuguesa de Museologia (APOM), designada abreviadamente por APOM, com sede em Lisboa, tem por finalidade: a) Agrupar os profissionais de museologia ou instituições

Leia mais

Conhecer para estruturar e promover o sector do Turismo.

Conhecer para estruturar e promover o sector do Turismo. As Dinâmicas Regionais e os seus atores Conhecer para estruturar e promover o sector do Turismo. I.P.L. 26.10.2011 Praia do Osso da Baleia Trilhos de Interpretação da Natureza - Projecto Ecomatur I - Trilho

Leia mais

Dias Templários de Castelo Branco

Dias Templários de Castelo Branco Dias Templários de Castelo Branco 4,5,6 e 7 de Julho de 2013 Castelo Branco será, a partir desta data (1215), a única possessão templária de que os Mestres e os membros mais importantes da Ordem fizeram

Leia mais

O Foral e a Organização Municipal Torriense

O Foral e a Organização Municipal Torriense O Foral e a Organização Municipal Torriense Foral Medieval de Torres Vedras, 1250 In O Foral Medieval da vila de Torres Vedras: 15 de Agosto de 1250. VICENTE, António Balcão, [et al.] - O foral medieval

Leia mais

RevelarLx O Espaço e O Tempo

RevelarLx O Espaço e O Tempo RevelarLx O Espaço e O Tempo Mónica Queiroz E-mail: monica.marques.cm-lisboa.pt Marta Marques E-mail: marta.marques.cm-lisboa.pt Departamento de Bibliotecas e Arquivos Câmara Municipal de Lisboa Palácio

Leia mais

Rota dos 3 Castelos. 2.ºAbrantes. 3.º Belver. 1.ºAlmourol. Monte da Várzea Almourol. 38 km. Almourol Abrantes. 20 Km. Abrantes Belver.

Rota dos 3 Castelos. 2.ºAbrantes. 3.º Belver. 1.ºAlmourol. Monte da Várzea Almourol. 38 km. Almourol Abrantes. 20 Km. Abrantes Belver. 2.ºAbrantes 1.ºAlmourol 3.º Belver Monte da Várzea Almourol 38 km Rota dos 3 Castelos Almourol Abrantes 20 Km Abrantes Belver 30 Km Belver Monte da Várzea 11 Km Partida: Casa Branca, Monte da Várzea 2

Leia mais

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Vendas Novas 30 de Outubro de 2012 SUBPROGRAMA 3 - Dinamização das Zonas Rurais 3.1 DIVERSIFICAÇÃO DA ECONOMIA E CRIAÇÃO DE EMPREGO 3.1.1 Diversificação

Leia mais

Destino Turístico Porto e Norte de Portugal

Destino Turístico Porto e Norte de Portugal O Caminho Português de Santiago Novas Perspetivas `14 -`20 Destino Turístico Porto e Norte de Portugal Ponte de Lima, 30 setembro`14 Importância económica do Turismo. das indústrias mais importantes do

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI 1. O ECOXXI 2008/2009 1.1. O PROJECTO: objectivos e indicadores Os principais objectivos do Projecto são: Sensibilizar os municípios para uma maior integração

Leia mais

O Enoturismo em Portugal Caracterização da oferta e da procura Apresentação de resultados

O Enoturismo em Portugal Caracterização da oferta e da procura Apresentação de resultados O Enoturismo em Portugal Caracterização da oferta e da procura Apresentação de resultados 26 de novembro 2014 Teresa Ferreira DPE/Departamento de Desenvolvimento e Inovação 1.Enquadramento 2. Caraterização

Leia mais

PRESSCLIPPING FORMAÇÃO ANJE

PRESSCLIPPING FORMAÇÃO ANJE PRESSCLIPPING FORMAÇÃO ANJE Associação Nacional de Jovens Empresários Tiragem: 1290 Pág: 20 A2 ID: 62486264 31-12-2015 País: Portugal Period.: Semanal Âmbito: Economia, Negócios e. Cores: Cor Área: 25,70

Leia mais

Revisão do Plano Diretor Municipal de Carrazeda de Ansiães Fase 4 Plano Diretor Municipal Volume III Programa de Execução

Revisão do Plano Diretor Municipal de Carrazeda de Ansiães Fase 4 Plano Diretor Municipal Volume III Programa de Execução Revisão do Plano Diretor Municipal de Carrazeda de Ansiães Fase 4 Plano Diretor Municipal Volume III Programa de Execução Janeiro 2015 E17093 RR - Planning, Lda. Av. Gomes Freire, n.º 18 2760 066 Caxias

Leia mais

8 de Novembro > 25 de Novembro Exposição Sociedade de Geografia

8 de Novembro > 25 de Novembro Exposição Sociedade de Geografia 8 de Novembro > 25 de Novembro Exposição Sociedade de Geografia Exposição de embarcações tradicionais Projeto Dorna Futuro Filipe Duarte, 16 de Novembro de 2011-Sociedade de Geografia Recolha de informação

Leia mais

Inovação e Sustentabilidade no Turismo

Inovação e Sustentabilidade no Turismo Inovação e Sustentabilidade no Turismo Coimbra 05.Abril.2013 Miguel Mendes Turismo de Portugal, I.P. TURISMO DE PORTUGAL AUTORIDADE TURÍSTICA NACIONAL RESPONSÁVEL PELA PROMOÇÃO VALORIZAÇÃO SUSTENTABILIDADE...

Leia mais

Conhecer a Cidade. > Escolas integradas 2012.13

Conhecer a Cidade. > Escolas integradas 2012.13 Alentejo Estremoz EB Sebastião da Gama EB Sebastião da Gama Alentejo Elvas EB n.º1 Elvas EB Santa Luzia Museu Militar de Elvas Museu Militar de Santa Luzia Biblioteca Municipal Museu de Arte Contemporânea

Leia mais

As origens do santuário conduzem a um ajuste cronológico que nos faz recuar ao século XIV (Bezerra, 2002).

As origens do santuário conduzem a um ajuste cronológico que nos faz recuar ao século XIV (Bezerra, 2002). Universidade Católica Portuguesa Seminário Turismo 2020: Fundos para o Turismo Bom Jesus do Monte - Braga Braga, 15 de Janeiro de 2015 Varico Da Costa Pereira Hotéis do Bom Jesus As origens do santuário

Leia mais

EVENTO ACTIVIDADE MONUMENTO SÍTIO LOCAL DIA HORÁRIO PARTICIPAÇÃO APOIOS INFORMAÇÕES INSCRIÇÕES LOCALIDADE

EVENTO ACTIVIDADE MONUMENTO SÍTIO LOCAL DIA HORÁRIO PARTICIPAÇÃO APOIOS INFORMAÇÕES INSCRIÇÕES LOCALIDADE Mosteiro - Sala do Capítulo Palestra a cargo do Eng. Pedro Tavares: A importância da água e o Sistema Hidráulico Cisterciense, que incidirá sobre a importância da água no geral, e em particular no "funcionamento"

Leia mais

P L A N O D E A C T I V I D A D E S

P L A N O D E A C T I V I D A D E S Agência Regional de Energia e Ambiente do Norte Alentejano e Tejo P L A N O D E A C T I V I D A D E S = 2008 = Janeiro de 2008 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ACTIVIDADES A DESENVOLVER NO ANO DE 2008... 5

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Green Value Energy Building Solutions Janeiro de 2014 Índice Apresentação Áreas de Negócio Consultoria em Eficiência Energética e Ambiental Clientes Contactos Auditorias energéticas

Leia mais

Palmela - Experiências com Sabor

Palmela - Experiências com Sabor Promover a notoriedade da marca turística Palmela, como território associado à gastronomia, aos produtos locais de qualidade e às boas experiências que proporciona a quem o visita. Objectivo global Incentivar

Leia mais

Vila Velha de Ródão, 2012

Vila Velha de Ródão, 2012 VALORIZAÇÃO E DIVULGAÇÃO DAS ESTRUTURAS MILITARES DA SERRA DAS TALHADAS PROJECTO INTEGRADO DE TURISMO CULTURAL E PAISAGÍSTICO Valuation and disclosure of military structures of Serra das Talhadas - Integrated

Leia mais

http://www.limparportugal.org

http://www.limparportugal.org Índice 1.O que éo Projecto Limpar Portugal? 2.A Inspiração 3.Porquê o dia 20 de Março? 4.Organização do PLP 5.Como participar 6.O que vamos limpar 7.Referenciação de locais a limpar 8.Contactos 1. O que

Leia mais

Nacional (3) 1995-1997 1998-2000 (1) 1998-2000 (2) 1995-1997 1998-2000 (1) 1998-2000 (2) 1995-1997 1998-2000 (1) 1998-2000 (2) Extensão da Inovação

Nacional (3) 1995-1997 1998-2000 (1) 1998-2000 (2) 1995-1997 1998-2000 (1) 1998-2000 (2) 1995-1997 1998-2000 (1) 1998-2000 (2) Extensão da Inovação Anexo 2 Quadro 1 Evolução da Extensão da Inovação em Portugal (%) Extensão da Inovação Indústria Serviços Nacional (3) 1995-1997 1998-2000 (1) 1998-2000 (2) 1995-1997 1998-2000 (1) 1998-2000 (2) 1995-1997

Leia mais

EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS DIRETORIA REGIONAL DO PARÁ GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO SEÇÃO DE PATRIMÔNIO SETOR BENS MÓVEIS

EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS DIRETORIA REGIONAL DO PARÁ GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO SEÇÃO DE PATRIMÔNIO SETOR BENS MÓVEIS Comissão Especial de Licitação- DR/PA Leilão-001/2015 DR/PA EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS DIRETORIA REGIONAL DO PARÁ GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO SEÇÃO DE PATRIMÔNIO SETOR BENS MÓVEIS LOTE 01

Leia mais

ANEXO TURISMO SUSTENTÁVEL BASES PARA A DEFINIÇÃO DE UM PROGRAMA DE VER PLANTA CASAS E MONTES AGRÍCOLAS ESTRATÉGIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL -

ANEXO TURISMO SUSTENTÁVEL BASES PARA A DEFINIÇÃO DE UM PROGRAMA DE VER PLANTA CASAS E MONTES AGRÍCOLAS ESTRATÉGIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL - ANEXO BASES PARA A DEFINIÇÃO DE UM PROGRAMA DE TURISMO SUSTENTÁVEL VER PLANTA CASAS E MONTES AGRÍCOLAS ESTRATÉGIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL - ANEXO AO RELATÓRIO 3 ANEXO AO RELATÓRIO 3_ PROGRAMA DE EXECUÇÃO

Leia mais

SISTEMA LIDERA HOTEL VILA GALÉ ALBACORA - UM CASO PRÁCTICO REGIONAL - BRUNO ANDRÉ MARTINS (DIRECTOR HOTEL)

SISTEMA LIDERA HOTEL VILA GALÉ ALBACORA - UM CASO PRÁCTICO REGIONAL - BRUNO ANDRÉ MARTINS (DIRECTOR HOTEL) SISTEMA HOTEL VILA GALÉ ALBACORA - UM CASO PRÁCTICO REGIONAL - BRUNO ANDRÉ MARTINS (DIRECTOR HOTEL) PROGRAMA O HOTEL VILA GALÉ ALBACORA EM TAVIRA ASPECTOS DISTINTIVOS NA AVALIAÇÃO LINHAS ESTRATÉGICAS PARA

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 294/IX ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DE SANTO ESTEVÃO, NO CONCELHO DE CHAVES, À CATEGORIA DE VILA. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 294/IX ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DE SANTO ESTEVÃO, NO CONCELHO DE CHAVES, À CATEGORIA DE VILA. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 294/IX ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DE SANTO ESTEVÃO, NO CONCELHO DE CHAVES, À CATEGORIA DE VILA Exposição de motivos 1 - Contributos históricos A aldeia de Santo Estêvão foi outrora vila medieval

Leia mais

Planificação de Atividades

Planificação de Atividades Reunião de Projeto Transnational Erasmus+ KA2 Parcerias Estratégicas (2015-1-LV01-KA202-013386 P2) Planificação de Atividades Work Based Learning-local and international De: Dom 8 Novembro 2015 A: Sáb

Leia mais

MERCURE SALVADOR RIO VERMELHO HOTEL

MERCURE SALVADOR RIO VERMELHO HOTEL LOCAL DO EVENTO O XLI CONSOLDA 2015 será realizado de 12 a 15 de outubro no MERCURE SALVADOR RIO VERMELHO HOTEL - Rua Fonte do Boi 215 - Rio Vermelho, Salvador-BA - 41940-360 Fone: (71) 3172-9200. Mercure

Leia mais

Os Recursos Hídricos no Espaço Lusófono. Maria Madalena Valente Zambujeiro Externato Champagnat 6ºB

Os Recursos Hídricos no Espaço Lusófono. Maria Madalena Valente Zambujeiro Externato Champagnat 6ºB Os Recursos Hídricos no Espaço Lusófono Maria Madalena Valente Zambujeiro Externato Champagnat 6ºB 1 Índice B.I. do Rio Tejo Percurso Hídrico por Espanha e Portugal O Aproveitamento da Água Importância

Leia mais

Do (re)conhecimento à salvaguarda e valorização do património corticeiro em Portugal: o Núcleo da Mundet do Ecomuseu Municipal do Seixal

Do (re)conhecimento à salvaguarda e valorização do património corticeiro em Portugal: o Núcleo da Mundet do Ecomuseu Municipal do Seixal Encontro internacional PATRIMÓNIO CULTURAL, A CORTIÇA E OS MUSEUS Auditório Municipal Fórum Cultural do Seixal 2-3 Julho 2010 Do (re)conhecimento à salvaguarda e valorização do património corticeiro em

Leia mais

Orçamento Inicial para 2010

Orçamento Inicial para 2010 RECEITAS Económica Designação Previsão RECEITAS CORRENTES 7.527.796,00 01 Impostos directos 791.550,00 0102 Outros 791.550,00 010202 Imposto municipal sobre imóveis 230.000,00 010203 Imposto único de circulação

Leia mais

BOM DESEMPENHO NA PROCURA DA SUSTENTABILIDADE NUM HOTEL

BOM DESEMPENHO NA PROCURA DA SUSTENTABILIDADE NUM HOTEL BOM DESEMPENHO NA PROCURA DA SUSTENTABILIDADE NUM HOTEL BRUNO ANDRÉ MARTINS (DIRECTOR HOTEL) CONGRESSO CRIAR VALOR COM A SUSTENTABILIDADE PROGRAMA O HOTEL VILA GALÉ ALBACORA TAVIRA A MUDANÇA DE ESTRATÉGIA

Leia mais

Regulamento Normativo para a Concessão de Apoios a entidades e organismos que prossigam na Freguesia, fins de interesse público

Regulamento Normativo para a Concessão de Apoios a entidades e organismos que prossigam na Freguesia, fins de interesse público Proposta Regulamento Normativo para a Concessão de Apoios a entidades e organismos que prossigam na Freguesia, fins de interesse público Junta de Freguesia de Águas LivresIncumbe ao Estado, em colaboração

Leia mais

Tertúlia Algarvia. Centro de Conhecimento em Cultura e Alimentação Tradicional do Algarve

Tertúlia Algarvia. Centro de Conhecimento em Cultura e Alimentação Tradicional do Algarve Tertúlia Algarvia Centro de Conhecimento em Cultura e Alimentação Tradicional do Algarve Dossier de Apresentação do Projecto Janeiro de 2008 A génese do Projecto INEXISTÊNCIA NA REGIÃO Local que permita

Leia mais

Escola Básica e Secundária das Lajes do Pico História e Geografia de Portugal 2º Ciclo Ano Lectivo 2007/2008

Escola Básica e Secundária das Lajes do Pico História e Geografia de Portugal 2º Ciclo Ano Lectivo 2007/2008 Escola Básica e Secundária das Lajes do Pico História e Geografia de Portugal 2º Ciclo Ano Lectivo 2007/2008 Conteúdos Ano Lectivo Período Lectivo Tema A-A península Ibérica: dos primeiros povos à formação

Leia mais

O Turismo e a Cultura na estratégia de desenvolvimento do Médio Tejo. Vice-Presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo

O Turismo e a Cultura na estratégia de desenvolvimento do Médio Tejo. Vice-Presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo O Turismo e a Cultura na estratégia de desenvolvimento do Médio Tejo Dra. Júlia Amorim Vice-Presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira

Leia mais

PROJECTO NAZARÉ XXI. - Marina de recreio e Complexo Turístico de S. Gião

PROJECTO NAZARÉ XXI. - Marina de recreio e Complexo Turístico de S. Gião PROJECTO NAZARÉ XXI - Marina de recreio e Complexo Turístico de S. Gião Nazaré XXI é um projecto turístico de impacto regional, inserido na política de desenvolvimento económico que a Câmara Municipal

Leia mais

Programa EDP SOLIDÁRIA BARRAGENS 2010

Programa EDP SOLIDÁRIA BARRAGENS 2010 Programa EDP SOLIDÁRIA BARRAGENS 2010 REGULAMENTO I. Do Programa EDP SOLIDÁRIA BARRAGENS 1. A Fundação EDP, no âmbito das suas actividades nas áreas da solidariedade social, promove uma iniciativa anual

Leia mais

Fazer Acontecer a Regeneração Urbana. Plano de Regeneração Urbana. Alto de Beja Rua das Lojas e Praça da República AUSCULTAÇÃO PÚBLICA

Fazer Acontecer a Regeneração Urbana. Plano de Regeneração Urbana. Alto de Beja Rua das Lojas e Praça da República AUSCULTAÇÃO PÚBLICA Fazer Acontecer a Regeneração Urbana Plano de Regeneração Urbana Alto de Beja Rua das Lojas e Praça da República AUSCULTAÇÃO PÚBLICA Artigo 1º. Enquadramento REGENERAÇÃO URBANA UM NOVO IMPULSO, é uma iniciativa

Leia mais

Título: GENEALOGIA PARA OS JOVENS. Sub-título: DETECTIVES DO PASSADO

Título: GENEALOGIA PARA OS JOVENS. Sub-título: DETECTIVES DO PASSADO Título: GENEALOGIA PARA OS JOVENS Sub-título: DETECTIVES DO PASSADO Dirigida a: crianças do 1º ciclo, 2º ciclo e 3º ciclo. Duração: 50 minutos. Relevância /interesse do estudo: Quase todas as crianças

Leia mais

Estratégia de Desenvolvimento Turístico Sustentável para as Terras do Priolo. Carta Europeia de Turismo Sustentável Terras do Priolo 21-10-2011

Estratégia de Desenvolvimento Turístico Sustentável para as Terras do Priolo. Carta Europeia de Turismo Sustentável Terras do Priolo 21-10-2011 2011 Estratégia de Desenvolvimento Turístico Sustentável para as Terras do Priolo Carta Europeia de Turismo Sustentável Terras do Priolo 21-10-2011 VISÃO: 1 As Terras do Priolo como produto turístico integrado

Leia mais

HOTELARIA RELATÓRIO DE CONJUNTURA

HOTELARIA RELATÓRIO DE CONJUNTURA HOTELARIA RELATÓRIO DE CONJUNTURA AEP / GABINETE DE ESTUDOS Julho de 2006 A actividade da hotelaria insere-se na CAE 55 Alojamento e Restauração, que, por sua vez, integra o sector do turismo, um dos sectores

Leia mais

Suplemento do Boletim Municipal Nº 160 Maio 2010. Almada o teu futuro passa por aqui

Suplemento do Boletim Municipal Nº 160 Maio 2010. Almada o teu futuro passa por aqui Suplemento do Boletim Municipal Nº 160 Maio 2010 Almada o teu futuro passa por aqui Oferta Formativa Profissionalizante Ano Lectivo 2010/2011 Oferta Formativa Profissionalizante Almada o teu futuro passa

Leia mais

1996 2000: Licenciatura em História pela Universidade Aberta Classificação Final de 16 (Dezasseis) Valores, qualificação de Bom

1996 2000: Licenciatura em História pela Universidade Aberta Classificação Final de 16 (Dezasseis) Valores, qualificação de Bom CURRICULUM VITAE Nome: Odete Margarida Rodrigues Ribeiro Bailão Pereira Local e data de nascimento: Lisboa, 6 de Outubro de 1975 E-mail: odetempereira@gmail.com Contacto telefónico: 962 589 718 Qualificações

Leia mais

O Concelho de Beja. Localização

O Concelho de Beja. Localização O Concelho de Beja Localização Beja, capital de distrito, situa-se na região do Baixo Alentejo, no coração da vasta planície alentejana. É sede de um dos maiores concelhos de Portugal, com cerca de 1150

Leia mais

Lisboa e Espanha - 12 noites/13 dias Excursão com Guia - Somente Terrestre

Lisboa e Espanha - 12 noites/13 dias Excursão com Guia - Somente Terrestre Lisboa e Espanha - 12 noites/13 dias Excursão com Guia - Somente Terrestre Pacote Inclui: - Serviço Assistência Telefônica 24 HORAS - Ônibus turístico. - Guia acompanhante em espanhol - Traslados de Chegada

Leia mais

Centro de Investigação Gastronómica O Lagar

Centro de Investigação Gastronómica O Lagar Centro de Investigação Gastronómica O Lagar Situado à beira do Rio Mondego, este restaurante é o perfeito retiro para apreciar os verdadeiros sabores da beira numa ambiência natural e verdejante, na corrente

Leia mais

Polis Litoral Norte CONCURSO PARA A ELABORAÇÃO DO PROJECTO DE REQUALIFICAÇÃO DA FRENTE RIBEIRINHA DE VIANA DO CASTELO - NÚCLEO DO CABEDELO

Polis Litoral Norte CONCURSO PARA A ELABORAÇÃO DO PROJECTO DE REQUALIFICAÇÃO DA FRENTE RIBEIRINHA DE VIANA DO CASTELO - NÚCLEO DO CABEDELO Polis Litoral Norte CONCURSO PARA A ELABORAÇÃO DO PROJECTO DE REQUALIFICAÇÃO DA FRENTE RIBEIRINHA DE VIANA DO CASTELO - NÚCLEO DO CABEDELO SÍNTESE METODOLÓGICA Polis Litoral Norte CONCURSO PARA A ELABORAÇÃO

Leia mais

OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

OBJETIVOS ESTRATÉGICOS PLANO DE ATIVIDADES 2013 DEZEMBRO 2012 OBJETIVOS ESTRATÉGICOS Os grandes objetivos delineados para o quadriénio 2013-2016, onde se enquadram as atividades a realizar durante o ano de 2013: ACERVOS Inventariação

Leia mais

Ocupação em Empreendimentos Turísticos. Taxa de ocupação-quarto 2012

Ocupação em Empreendimentos Turísticos. Taxa de ocupação-quarto 2012 Ocupação em Empreendimentos Turísticos Taxa de ocupação-quarto 2012 Ocupação em Empreendimentos Turísticos Síntese A taxa de ocupação-quarto registada no país, em 2012, foi de 51,5%, com os residentes

Leia mais

ESTRATÉGIA LOCAL DE DESENVOLVIMENTO

ESTRATÉGIA LOCAL DE DESENVOLVIMENTO COOPERATIVA DE FORMAÇÃO, EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO BAIXO TÂMEGA ESTRATÉGIA LOCAL DE DESENVOLVIMENTO AS PAISAGENS MILENARES COMO FACTOR IDENTITÁRIO DO TERRITÓRIO "DOURO-VERDE" "PROMOVER O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2009. Março 2009

PLANO DE ACÇÃO 2009. Março 2009 PLANO DE ACÇÃO Março Plano Acção Plano Acção Acções Actividas Elaborar e aprovar o Plano Acção Actualização do Diagnóstico Social do Concelho Reuniões trabalho para elaborar o Plano Acção Apresentação,

Leia mais

Ações de capacitação empresarial

Ações de capacitação empresarial AÇÕES COLETIVAS - ATIVIDADES DE APOIO À EXPORTAÇÃO Acores Export -2016 Introdução Este documento é desenvolvido com base na informação recolhida junto das principais empresas exportadoras que contribuíram

Leia mais

Folha Informativa nº 84

Folha Informativa nº 84 Folha Informativa nº 84 Visita de Estudo e Institucional da Delegação Centro da AACDN ao Concelho de Pombal em 27-10-2012 Conforme o programado, realizou-se, no passado dia 27/10/2012 (Sábado), a visita

Leia mais

TURISMO CULTURAL produto estratégico para Portugal. Abrantes, 2011

TURISMO CULTURAL produto estratégico para Portugal. Abrantes, 2011 TURISMO CULTURAL produto estratégico para Portugal Abrantes, 2011 O TURISMO CULTURAL HOJE 44 milhões de turistas procuram turismo cultural na Europa O património cultural motiva a viagem e, por isso, aproxima

Leia mais

GASTRONOMIA CONTEMPORÂNEA

GASTRONOMIA CONTEMPORÂNEA CIRCUITOS GASTRONOMIA CONTEMPORÂNEA U ma viagem pela cozinha moderna Portuguesa. Esta é uma viagem de sentidos e sensações, através da melhor cozinha de autor para conhecer alguns dos melhores Chefs de

Leia mais

ENCONTROS PATRIMONIAIS: CONHEÇA O PATRIMÓNIO E PROMOVA-O TURISMO NO ESPAÇO RURAL: OFERTAS A VALORIZAR

ENCONTROS PATRIMONIAIS: CONHEÇA O PATRIMÓNIO E PROMOVA-O TURISMO NO ESPAÇO RURAL: OFERTAS A VALORIZAR ENCONTROS PATRIMONIAIS: CONHEÇA O PATRIMÓNIO E PROMOVA-O TURISMO NO ESPAÇO RURAL: OFERTAS A VALORIZAR O TER Turismo no Espaço Rural representa o maior dos desafios para conhecer, interpretar e promover

Leia mais

PETIÇÃO À ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

PETIÇÃO À ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Texto da Petição PETIÇÃO À ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, CCP João Vieira Lopes Presidente da Direcção cc 00016576 validade 02-03-2017 Av. Vasco da Gama nº 29

Leia mais

Programa EDP SOLIDÁRIA BARRAGENS 2009

Programa EDP SOLIDÁRIA BARRAGENS 2009 Programa EDP SOLIDÁRIA BARRAGENS 2009 REGULAMENTO I. Do Programa EDP SOLIDÁRIA BARRAGENS 1. A Fundação EDP, no âmbito das suas actividades nas áreas da solidariedade social, promove uma iniciativa anual

Leia mais

O Que é um Produto? Capítulo 8. Produtos, Serviços e Experiências. O Que é um Serviço? Estratégia de Produtos e Serviços

O Que é um Produto? Capítulo 8. Produtos, Serviços e Experiências. O Que é um Serviço? Estratégia de Produtos e Serviços Capítulo 8 Estratégia de Produtos e Serviços 1 O Que é um Produto? Um Produto é algo que pode ser oferecido a um mercado para apreciação, aquisição, uso ou consumo e para satisfazer um desejo ou uma necessidade.

Leia mais

Caretakers of the Environment / Portugal

Caretakers of the Environment / Portugal Associação Portuguesa de Educação Associação Portuguesa Ambientalde Educação Ambiental A ASPEA é uma organização não governamental de ambiente (ONGA), sem fins lucrativos. Fundada em Junho de 1990, visa

Leia mais

Considerando ainda que as associações têm no desenvolvimento da freguesia um papel fundamental que a Junta de Freguesia fomenta e apoia;

Considerando ainda que as associações têm no desenvolvimento da freguesia um papel fundamental que a Junta de Freguesia fomenta e apoia; Considerando o quadro legal de atribuições e competências das autarquias locais consagrado na Lei 75/2013, de 12 de Setembro que em geral incumbe às autarquias a prossecução de interesses próprios, comuns

Leia mais

Viagens Abreu - Alvará Nº 35 / 58 Avenida 25 de Abril, 2 Edifício Abreu 2795-195 Linda-a-Velha

Viagens Abreu - Alvará Nº 35 / 58 Avenida 25 de Abril, 2 Edifício Abreu 2795-195 Linda-a-Velha MADRID é a capital e a maior cidade de Espanha, tal como o município de Madrid e a Comunidade autónoma de Madrid. A cidade foi edificada junto às margens do rio Manzanares, no centro do país. Devido à

Leia mais

Inovação, Cultura, Ambiente e Biodiversidade

Inovação, Cultura, Ambiente e Biodiversidade Inovação, Cultura, Ambiente e Biodiversidade O projecto SONS DO ARCO RIBEIRINHO SUL acompanha o OUT.FEST Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, e procura, através de uma abordagem artística

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA SETE DE MAIO DE DOIS MIL E QUINZE

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA SETE DE MAIO DE DOIS MIL E QUINZE 07-05-2015 63 Acta número oito ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA SETE DE MAIO DE DOIS MIL E QUINZE Aos sete dias do mês de Maio do ano dois mil e quinze, pelas

Leia mais

MUSEU MUNICIPAL DE PALMELA. Educação Patrimonial PROJECTOS. Programação 2003-04

MUSEU MUNICIPAL DE PALMELA. Educação Patrimonial PROJECTOS. Programação 2003-04 Separata do boletim do Museu Municipal de Palmela nº 2 MUSEU Programação 2003-04 PROJECTOS Cidades Saudáveis -Crescer saudável com o nosso Património Aprender a valorizar os produtos locais pão, queijo,

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS PRIORIDADE DE INVESTIMENTO: CONSERVAÇÃO, PROTEÇÃO, PROMOÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO PATRIMÓNIO NATURAL E CULTURAL PATRIMÓNIO AVISO Nº LISBOA-14-2016-01 DOMÍNIO DA SUSTENTABILIDADE

Leia mais

centro para as artes, ciência e tecnologia investigação, inovação e sustentabilidade

centro para as artes, ciência e tecnologia investigação, inovação e sustentabilidade 2 Sphera Castris centro para as artes, ciência e tecnologia investigação, inovação e sustentabilidade O projeto procura responder à necessidade de criar uma infraestrutura de cultura e património, produção

Leia mais

PROGRAMAS OPERACIONAIS REGIONAIS DO CONTINENTE. Deliberações CMC POR: 6/12/2010, 4/04/2011, 30/01/2012, 20/03/2012 e 8/08/2012 ÂMBITO

PROGRAMAS OPERACIONAIS REGIONAIS DO CONTINENTE. Deliberações CMC POR: 6/12/2010, 4/04/2011, 30/01/2012, 20/03/2012 e 8/08/2012 ÂMBITO PROGRAMAS OPERACIONAIS REGIONAIS DO CONTINENTE Deliberações CMC POR: 6/12/2010, 4/04/2011, 30/01/2012, 20/03/2012 e 8/08/2012 PATRIMÓNIO CULTURAL ENTRADA EM VIGOR EM 9/08/2012 NA REDAÇÃO DADA PELA DELIBERAÇÃO

Leia mais

EDITAL PROFILAXIA DA RAIVA E OUTRAS ZOONOSES VACINAÇÃO ANTIRRÁBICA E IDENTIFICAÇÃO ELETRÓNICA

EDITAL PROFILAXIA DA RAIVA E OUTRAS ZOONOSES VACINAÇÃO ANTIRRÁBICA E IDENTIFICAÇÃO ELETRÓNICA EDITAL PROFILAXIA DA RAIVA E OUTRAS ZOONOSES VACINAÇÃO ANTIRRÁBICA E IDENTIFICAÇÃO ELETRÓNICA Álvaro Pegado Mendonça, Diretor Geral de Alimentação e Veterinária, em cumprimento do disposto no Decreto-Lei

Leia mais

2. Mas este acto representa também o início de uma nova etapa, em Sines com

2. Mas este acto representa também o início de uma nova etapa, em Sines com Câmara Municipal Presidência Exmº Senhor Primeiro-ministro de Portugal Eng.º José Sócrates Sr. Ministro da Economia e da Inovação Dr. Manuel Pinho Em nome da Câmara Municipal de Sines, o meu manifesto

Leia mais

Polis Litoral Operações Integradas de Requalificação e Valorização da Orla Costeira

Polis Litoral Operações Integradas de Requalificação e Valorização da Orla Costeira Polis Litoral Operações Integradas de Requalificação e Valorização da Orla Costeira OBJECTIVOS DO POLIS LITORAL: (RCM n.º 90/2008, de 3 de Junho) a) Proteger e requalificar a zona costeira, tendo em vista

Leia mais

Seminário AGRICULTURA FAMILIAR E SUSTENTABILIDADE DOS TERRITÓRIOS RURAIS. Isabel Rodrigo

Seminário AGRICULTURA FAMILIAR E SUSTENTABILIDADE DOS TERRITÓRIOS RURAIS. Isabel Rodrigo Seminário AGRICULTURA FAMILIAR E SUSTENTABILIDADE DOS TERRITÓRIOS RURAIS Agricultura Familiar no Rural Baixa Densidade Sul: uma síntese Isabel Rodrigo Instituto Superior de Agronomia (ISA/UL) Sociedade

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 19 DE NOVEMBRO DE 2008 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 19 DE NOVEMBRO DE 2008 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 19 DE NOVEMBRO DE 2008 ORDEM DO DIA ASSUNTO APRECIADO AO ABRIGO DO ART. 83.º DA LEI N.º 169/99, DE 18 DE SETEMBRO, REPUBLICADA PELA LEI

Leia mais

CURRICULUM VITAE. - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo de 1989/90, com a classificação de catorze valores

CURRICULUM VITAE. - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo de 1989/90, com a classificação de catorze valores CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS Lucinda Maria Correia Lucas dos Santos Lopes Data de Nascimento: 20.07.1963 2. HABILITAÇÕES LITERÁRIAS - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo

Leia mais

Manual para Jovens Empreendedores: Comportamentos e Competências

Manual para Jovens Empreendedores: Comportamentos e Competências Manual para Jovens Empreendedores: Comportamentos e Competências Manual para Jovens Empreendedores: Comportamentos e Competências Num Mundo aberto em que os desafios e oportunidades são uma constante,

Leia mais

Instituição. Número de Conselheiros Nacionais a eleger por Secção Sindical - 1

Instituição. Número de Conselheiros Nacionais a eleger por Secção Sindical - 1 Instituição Lugares no CN Academia Militar Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto Centro de Investigação Marinha e Ambiental, Laboratório Associado da Universidade

Leia mais

Encontro Regional do Centro 2013 RELATÓRIO. Encontro Regional do Centro dos Conselhos Consultivos Locais

Encontro Regional do Centro 2013 RELATÓRIO. Encontro Regional do Centro dos Conselhos Consultivos Locais RELATÓRIO Encontro Regional do Centro dos Conselhos Consultivos Locais FICHA TÉCNICA TÍTULO RELATÓRIO DO ENCONTRO REGIONAL DO CENTRO DOS CONSELHOS CONSULTIVOS LOCAIS AUTOR NÚCLEO REGIONAL DO CENTRO DA

Leia mais

01 DE JANEIRO A 15 DE SETEMBRO

01 DE JANEIRO A 15 DE SETEMBRO NÚMERO 07/2014 DATA 16/09/2014 TÍTULO RELATÓRIO PROVISÓRIO DE INCÊNDIOS FLORESTAIS - 2014 01 DE JANEIRO A 15 DE SETEMBRO RELATÓRIO PROVISÓRIO DE INCÊNDIOS FLORESTAIS 2014 01 DE JANEIRO A 15 DE SETEMBRO

Leia mais

A Iconografia e o Culto dos Santos Peregrinos e Guerreiros no Alentejo Meridional

A Iconografia e o Culto dos Santos Peregrinos e Guerreiros no Alentejo Meridional A Iconografia e o Culto dos Santos Peregrinos e Guerreiros no Alentejo Meridional JoséAntónio Falcão (Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja) Santiago combatendo os Mouros

Leia mais

*40DC369517* A deputada Iracema Portella (PP-PI) pronuncia o seguinte discurso: Senhor presidente, senhoras deputadas e senhores deputados,

*40DC369517* A deputada Iracema Portella (PP-PI) pronuncia o seguinte discurso: Senhor presidente, senhoras deputadas e senhores deputados, ** A deputada Iracema Portella (PP-PI) pronuncia o seguinte discurso: Senhor presidente, senhoras deputadas e senhores deputados, Apresentei nesta Casa a Indicação n 5453, de 2013, sugerindo ao Poder Executivo

Leia mais

JOÃO CARLOS DE ALMEIDA VIDAL

JOÃO CARLOS DE ALMEIDA VIDAL CURRICULUM VITAE JOÃO CARLOS DE ALMEIDA VIDAL ÍNDICE Identificação... 3 Habilitações literárias... 4 Experiência profissional... 5 Experiência académica..... 7 Outras actividades... 13 Diversos... 15 2

Leia mais

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO AO DECRETO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA N.º 60/XII. Reorganização Administrativa de Lisboa

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO AO DECRETO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA N.º 60/XII. Reorganização Administrativa de Lisboa PROPOSTA DE ALTERAÇÃO AO DECRETO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA N.º 60/XII Reorganização Administrativa de Lisboa Considerando que Sua Excelência O Presidente da República decidiu não promulgar o Decreto da

Leia mais

Literacia Estatística ao serviço da Cidadania. Portal do INE e Projeto ALEA Uma primeira abordagem

Literacia Estatística ao serviço da Cidadania. Portal do INE e Projeto ALEA Uma primeira abordagem Serviço de Difusão Literacia Estatística ao serviço da Cidadania Portal do INE e Projeto ALEA Uma primeira abordagem Rede de Bibliotecas Escolares Formação para Professores fevereiro - maio.2012 Itinerário

Leia mais

REDE MUSEOLÓGICA DO CONCELHO DE PENICHE ATIVIDADES DE SERVIÇO EDUCATIVO ANO LETIVO 2014/2015

REDE MUSEOLÓGICA DO CONCELHO DE PENICHE ATIVIDADES DE SERVIÇO EDUCATIVO ANO LETIVO 2014/2015 REDE MUSEOLÓGICA DO CONCELHO DE PENICHE ATIVIDADES DE SERVIÇO EDUCATIVO ANO LETIVO 2014/2015 A REDE MUSEOLÓGICA A é um projeto estratégico promovido pelo município que visa a qualificação, estudo, preservação

Leia mais

https://www.portaldaempresa.pt/registoonline/services/certidaopermanente/consult...

https://www.portaldaempresa.pt/registoonline/services/certidaopermanente/consult... Page 1 of 9 Acesso à Certidão Permanente Certidão Permanente de Registos Voltar Sair Certidão Permanente Código de acesso: 4578-7086-8157 A entrega deste código a qualquer entidade pública ou privada dispensa

Leia mais

CRIANÇAS E JOVENS. Rua Bernardo Francisco da Costa, 6-1º, Almada. Almada. Rua D. Maria da Silva, 1A, Almada. Almada

CRIANÇAS E JOVENS. Rua Bernardo Francisco da Costa, 6-1º, Almada. Almada. Rua D. Maria da Silva, 1A, Almada. Almada do Concelho de do Concelho de do Concelho de do Concelho de do Concelho de do Concelho de do Concelho de do Concelho de do Concelho de do Concelho de do Concelho de do Concelho de Casa Pia de Lisboa Designação

Leia mais

Diploma em Turismo e Gestão Hoteleira

Diploma em Turismo e Gestão Hoteleira Diploma em Turismo e Gestão Hoteleira Acreditamos que a educação seja essencial para o desenvolvimento das nações. Trabalhamos em conjunto com os alunos para contribuir para o desenvolvimento de líderes

Leia mais

Agenda 21 Local do Concelho de Redondo. Síntese do Diagnostico do Concelho

Agenda 21 Local do Concelho de Redondo. Síntese do Diagnostico do Concelho Agenda 21 Local do Concelho de Redondo Síntese do Diagnostico do Concelho Redondo 2004 INTRODUÇÃO O presente documento constituí uma Síntese do Diagnóstico do concelho, elaborado no âmbito da Agenda 21Local

Leia mais

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Vendas Novas 27 de Janeiro de 2012 SUBPROGRAMA 3 - Dinamização das Zonas Rurais 3.1 DIVERSIFICAÇÃO DA ECONOMIA E CRIAÇÃO DE EMPREGO 3.1.1 Diversificação

Leia mais

Porquê ler este documento? Por quem é elaborada a informação?

Porquê ler este documento? Por quem é elaborada a informação? Informação a comunicar ao público sobre estabelecimento abrangido pelo regime de prevenção de acidentes graves que envolvem substâncias perigosas (UAG do Tramagal) Porquê ler este documento? Este documento

Leia mais

Dossier Promocional. Hotel Príncipe da Beira Fundão

Dossier Promocional. Hotel Príncipe da Beira Fundão Dossier Promocional Hotel Príncipe da Beira Fundão 1 1. Contexto e Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6. Contactos

Leia mais

6. REVITALIZAÇÃO DO CASTELO DE ALMOUROL

6. REVITALIZAÇÃO DO CASTELO DE ALMOUROL 6. REVITALIZAÇÃO DO CASTELO DE ALMOUROL Os castelos são parte da cultura e história do local onde se encontram inseridos, constituindo um grande simbolismo para o povo. O nosso país é detentor de um vasto

Leia mais

REDE SOCIAL L DO CONCELHO DE BRAGANÇA Parte I: Enquadramentos da Intervenção Social no Concelho de Bragança

REDE SOCIAL L DO CONCELHO DE BRAGANÇA Parte I: Enquadramentos da Intervenção Social no Concelho de Bragança REDE SOCIAL DO CONCELHO DE BRAGANÇA Parte I: Enquadramentos da Intervenção Social no Concelho de Bragança Parte 1 «( ) É essencial acabar com o isolamento. Aí a factura pertence ao Estado. Sem veias o

Leia mais

DADOS DE MERCADO 2010/2011 BRASIL

DADOS DE MERCADO 2010/2011 BRASIL DADOS DE MERCADO 2010/2011 BRASIL HÓSPEDES HOTELARIA ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA (NUTSII) (Fonte: INE, PORTUGAL) Hóspedes hotelaria - AM Lisboa 268.153 224.435 153.292 183.962 167.661 90.897 87.686 101.723

Leia mais

Cód. Curso Área CNAF Curso ESEC. Arte e Design. Produção Assistida por Computador - Indústrias de Mobiliário. Arte e Design.

Cód. Curso Área CNAF Curso ESEC. Arte e Design. Produção Assistida por Computador - Indústrias de Mobiliário. Arte e Design. 7224 Acolhimento em Instituição 761 - Serviços de Apoio a Crianças e Jovens Animação Socioeducativa 7257 Acompanhamento de Crianças e Jovens 761 - Serviços de Apoio a Crianças e Jovens Animação Socioeducativa

Leia mais

Alargamento do Horário dos Centros de Saúde - Plano de Contingência - Frio 2015/2016

Alargamento do Horário dos Centros de Saúde - Plano de Contingência - Frio 2015/2016 Alargamento do Horário dos Centros de Saúde - Plano de Contingência - Frio 2015/2016 Os Planos de Contingência para Temperaturas Extremas Adversas - Módulo Inverno, têm como objetivo prevenir e minimizar

Leia mais