Aditivos VISCOPLEX. para formulações lubrificantes ecológicas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aditivos VISCOPLEX. para formulações lubrificantes ecológicas"

Transcrição

1 Aditivos para formulações lubrificantes ecológicas

2 Formulando para desempenho e o meio ambiente A Evonik Oil Additives é uma fornecedora global importante dos aditivos de lubrificantes de alto desempenho e de fluidos de base sintética VISCOBASE para uso em lubrificantes automotivos e industriais. Nós também produzimos auxiliares de desparafinagem (dewaxing) usados no processamento em refinarias e melhoradores de fluxo a frio para biodiesel. Fazemos parte da unidade de negócios de Revestimentos e Aditivos da Evonik Industries, uma líder do mercado de produtos químicos especializados. A nossa ampla linha de melhoradores do índice de viscosidade (VII, em inglês) e de rebaixadores do ponto de fluidez (PPD, em inglês), derivada da tecnologia proprietária do polimetacrilato de alquila (PAMA), ajuda os preparadores de formulações a atingirem as suas metas de economia de combustível e de otimização de fluxo a frio. Nossos melhoradores de fluxo a frio (CFI, em inglês) alteram as propriedades problemáticas do fluxo a frio de biodiesel e os nossos auxiliares de desparafinagem aumentam a eficiência do processo através da otimização da desparafinagem com solventes. Os centros de tecnologia com tecnologia de ponta, instalações de fabricação no mundo todo e uma cadeia de suprimento global nos permitem fornecer soluções e produtos customizados para os nossos clientes ao redor do mundo. 2

3 Aditivos ecológicos Como líder global no controle da viscosidade para lubrificantes, fornecemos os aditivos Série 10 para lubrificantes ecológicos, voltados para a proteção ambiental. Estes produtos são projetados para modificar as características de viscosidade exclusivas dos óleos de base sintética e vegetal. Melhoradores do índice de viscosidade Os aditivos Série 10 são polímeros de polimetacrilato que aumentam mais a viscosidade em temperaturas elevadas e menos em temperaturas baixas. Isto é desejável especialmente no caso de lubrificantes ecológicos quando houver a necessidade de funcionar em amplas faixas de temperatura. Espessamento estável ao cisalhamento Os aditivos VISCOLEX Série 10 podem ser usados para ajustar a viscosidade de óleos de base sintética e vegetal. Existem produtos disponíveis para atender os requisitos de estabilidade ao cisalhamento de diversas aplicações de lubrificantes. Como estes produtos são feitos e entregues em óleos diluentes biodegradáveis, as características ecológicas do lubrificante acabado não são afetadas. Fluidez em baixa temperatura Óleos lubrificantes biodegradáveis e com base biológica enfrentam desafios específicos no caso de armazenamento em baixa temperatura. Os aditivos Série 10 são projetados para melhorar o simples desempenho no ponto de fluidez (ASTM D97) destes óleos, além de também estabilizar a fluidez sob condições de armazenamento prolongado sob baixas temperaturas. Eles permitem que os óleos lubrificantes permaneçam fluidos por até duas semanas em -30 C e até quatro semanas em -25 C. 3

4 Auxílio para formulação e exemplos Com uma rede global de técnicos especializados, a Evonik Oil Additives tem a capacidade de atender seus desafios em termos de formulação e óleo base específicos. Fluidos hidráulicos biodegradáveis à base de óleo de girassol Taxa de tratamento, % em peso ISSO KV 40 C [mm2/s] KV 100 C [mm2/s] Viscosidade Índice Ponto de fluidez ºC ASTM D97 Óleo de girassol (sem aditivo) na na 39,0 8, ,8 10, , ,5 15, , ,2 9, , ,3 15, Lubrificantes de serra de cadeia à base de óleo de semente de colza (e canola) Grau ISSO Taxa de tratamento para (% em peso) 4,8 7,6 12,2 18,3 Viscosidade em 40 C (mm2/s) 69,1 94,7 146,8 229,2 Viscosidade em 100 C (mm2/s) 14,9 20,4 31,2 47,4 Índice de viscosidade Índice de viscosidade -20 C (mm2/s) Viscosidade em -20 C após 72 horas de armazenamento (mm2/s) Ponto de fluidez (ASTM D 97) ( C) Rebaixamento do ponto de fluidez de óleos vegetais Pour Point Depression of Vegetable Oils Óleo de girassol Óleo de canola Óleo de girassol Óleo de semente de colza ASTM D97 PP/ C % 1% 6

5 Biodegradabilidade e são biodegradáveis conforme a norma CEC L-33-A-93 (90,7% e 87,9% de biodegradação). Misturas prontamente biodegradáveis conforme a norma OCDE 301B podem ser formuladas com todos os aditivos sem óleo mineral Série 10. em óleo de semente de colza (e canola) 5% % % % % de conversão em CO 2 OECD 301B 10 dias dias

6 Estas informações e todos os demais conselhos técnicos se baseiam na nossa experiência e conhecimentos atuais. No entanto, eles não implicam em nenhuma responsabilidade civil nem outro tipo de responsabilidade legal da nossa parte, inclusive a referente aos direitos de propriedade intelectual existentes de terceiros, especialmente os direitos de patentes. Em particular, não se pretende dar nem sugerir nenhuma garantia, quer legal ou expressa, nem garantia de propriedades do produto no sentido legal. Reservamo-nos o direito de efetuar quaisquer alterações em função do progresso tecnológico ou de novos desenvolvimentos. Não exoneramos o cliente da obrigação de conduzir uma inspeção cuidadosa e de testar a mercadoria recebida. O desempenho do produto aqui descrito deve ser verificado mediante testes, que devem ser executados exclusivamente por especialistas qualificados sob a responsabilidade exclusiva do cliente. As referências aos nomes comerciais utilizados por outras empresas não são uma recomendação, nem implicam em que não possam ser usados produtos similares. e VISCOBASE são marcas comerciais registradas da Evonik RohMax Additives GmbH. 04/2013 Evonik Industries AG Europa, África, Oriente Médio Evonik Industries AG Kirschenallee Darmstadt Alemanha telefone Américas Evonik Oil Additives USA, Inc. 723 Electronic Drive Horsham, PA Estados Unidos telefone ligação gratuita Ásia-Pacífico Evonik Oil Additives Asia Pacific Pte. Ltd. 3 International Business Park Nordic European Centre Cingapura telefone evonik.com/oil-additives

VISCOPLEX VII para fluidos de transmissão

VISCOPLEX VII para fluidos de transmissão VISCOPLEX VII para fluidos de transmissão Com soluções customizadas e inovações técnicas, a Evonik Oil Additives eleva o nível da economia de combustíveis para um novo patamar A visão global da Evonik

Leia mais

Aditivos para Redução de Atrito em Lubrificantes Industriais e Automotivos

Aditivos para Redução de Atrito em Lubrificantes Industriais e Automotivos Aditivos para Redução de Atrito em Lubrificantes Industriais e Automotivos Conteúdo Agente de Lubricidade Polimérico para Óleos Integrais de Usinagem Agente de Lubricidade Não-Polimérico para Fluidos Hidráulicos

Leia mais

www.oxiteno.com PERFIL INSTITUCIONAL AGO/2014 ÁFRICA - AMÉRICA - ÁSIA - EUROPA - OCEANIA

www.oxiteno.com PERFIL INSTITUCIONAL AGO/2014 ÁFRICA - AMÉRICA - ÁSIA - EUROPA - OCEANIA www.oxiteno.com PERFIL INSTITUCIONAL ÁFRICA - AMÉRICA - ÁSIA - EUROPA - OCEANIA AGO/2014 Criando soluções que promovem a evolução do mundo. INOVAÇÃO para transformar a vida das pessoas. Com atuação no

Leia mais

USO DE ÓLEO BRUTO DE GIRASSOL EM MOTOR DIESEL

USO DE ÓLEO BRUTO DE GIRASSOL EM MOTOR DIESEL USO DE ÓLEO BRUTO DE GIRASSOL EM MOTOR DIESEL José Valdemar Gonzalez Maziero; Ila Maria Corrêa Centro APTA de Engenharia e Automação A retomada de estudos sobre o uso de óleos vegetais como combustível,

Leia mais

Utilização do óleo vegetal em motores diesel

Utilização do óleo vegetal em motores diesel 30 3 Utilização do óleo vegetal em motores diesel O óleo vegetal é uma alternativa de combustível para a substituição do óleo diesel na utilização de motores veiculares e também estacionários. Como é um

Leia mais

Melhorador do índice de viscosidade VISCOPLEX. Desempenho eficiente em ampla faixa de temperaturas de operação

Melhorador do índice de viscosidade VISCOPLEX. Desempenho eficiente em ampla faixa de temperaturas de operação Melhorador do índice de viscosidade VISCOPLEX Desempenho eficiente em ampla faixa de temperaturas de operação 2 Evonik o seu parceiro dedicado às soluções de viscometria para os lubrificantes de alto desempenho

Leia mais

LINHA OFF REVOLUÇÃO EM USINAGEM. Linha OFF

LINHA OFF REVOLUÇÃO EM USINAGEM. Linha OFF LINHA OFF REVOLUÇÃO EM USINAGEM Linha OFF HISTÓRIA DA USINAGEM >> PRIMÓRDIOS DA USINAGEM >> USINAGEM ATUAL / CONSERVADORA > Busca pelo progresso > Processo de industrialização > Ganho de produtividade

Leia mais

Tecnologia de sistemas.

Tecnologia de sistemas. Tecnologia de sistemas. HYDAC Dinamarca HYDAC Polônia HYDAC Brasil HYDAC Índia HYDAC China HYDAC França HYDAC Alemanha Seu parceiro profissional para a tecnologia de sistemas. Com mais de 7.500 colaboradores

Leia mais

Disciplina: Eletrificação Rural. Unidade 1 Energia elétrica no âmbito do desenvolvimento sustentável: balanço energético nacional

Disciplina: Eletrificação Rural. Unidade 1 Energia elétrica no âmbito do desenvolvimento sustentável: balanço energético nacional UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE SOLOS E ENGENHARIA AGRÍCOLA Disciplina: Eletrificação Rural Unidade 1 Energia elétrica no âmbito do desenvolvimento sustentável:

Leia mais

SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA GRUPO VIII GRUPO DE ESTUDO DE SUBESTAÇÕES E EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS

SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA GRUPO VIII GRUPO DE ESTUDO DE SUBESTAÇÕES E EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA GSE 23 14 a 17 Outubro de 2007 Rio de Janeiro - RJ GRUPO VIII GRUPO DE ESTUDO DE SUBESTAÇÕES E EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS ÓLEO VEGETAL

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES FÍSICOQUÍMICAS DO DIESEL APÓS ADIÇÃO DO BIODIESEL EM DIFERENTES PROPORÇÕES

AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES FÍSICOQUÍMICAS DO DIESEL APÓS ADIÇÃO DO BIODIESEL EM DIFERENTES PROPORÇÕES AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES FÍSICOQUÍMICAS DO DIESEL APÓS ADIÇÃO DO BIODIESEL EM DIFERENTES PROPORÇÕES. Tatyane Medeiros Gomes da Silva 1, Luciene da Silva Santos 1 ; Lorena Silva Querino da Rocha 1 ; Anne

Leia mais

UNIÃO DOS PRODUTORES DE BIOENERGIA

UNIÃO DOS PRODUTORES DE BIOENERGIA UNIÃO DOS PRODUTORES DE BIOENERGIA O Brasil oferece grande oferta dos insumos que podem ser utilizados como matériaprima, com o potencial de ser um dos maiores produtores de biodiesel no mundo. A produção

Leia mais

Perfuração de solo Ferramentas de corte

Perfuração de solo Ferramentas de corte Perfuração de solo Na Kennametal, nosso compromisso com sua principal demanda nas aplicações de perfuração de solo é inigualável. Temos uma longa história ajudando-o a conquistar o sucesso e a tradição

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 22/2014 ANEXO I

RESOLUÇÃO nº 22/2014 ANEXO I RESOLUÇÃO nº 22/2014 ANEXO I Ficha de Informações do Agente Econômico Nº de Autorização perante a ANP Natureza do solicitante do registro: para o exercício da atividade de [ ] Produtor [ ] Importador [

Leia mais

Legislação ambiental 1: uso regular

Legislação ambiental 1: uso regular Os testes tribológicos foram conduzidos em um equipamento específico para este tipo de análise, porque trabalha com pequenas quantidades de materiais (peça, ferramenta e fluído de corte). Tal equipamento

Leia mais

ESTUDO DO IMPACTO DA ADIÇÃO DO BIODIESEL DE MAMONA AO ÓLEO DIESEL MINERAL SOBRE A PROPRIEDADE VISCOSIDADE CINEMÁTICA

ESTUDO DO IMPACTO DA ADIÇÃO DO BIODIESEL DE MAMONA AO ÓLEO DIESEL MINERAL SOBRE A PROPRIEDADE VISCOSIDADE CINEMÁTICA ESTUDO DO IMPACTO DA ADIÇÃO DO BIODIESEL DE MAMONA AO ÓLEO DIESEL MINERAL SOBRE A PROPRIEDADE VISCOSIDADE CINEMÁTICA Ana Carolina de Sousa Maia 1 ; Jonathan da Cunha Teixeira 2 ; Suzana Moreira de Lima

Leia mais

BioAdimide Possibilitando a próxima geração de bioplásticos

BioAdimide Possibilitando a próxima geração de bioplásticos BioAdimide Possibilitando a próxima geração de bioplásticos Bruce Ernst Vice-presidente Plásticos de Engenharia da unidade de negócios Rhein Chemie da LANXESS AUTOMOTIVE DAY BRASIL, 6 de outubro de 2011

Leia mais

PRIMEIRA PATENTE BRASILEIRA DE ÓLEO DIELÉTRICO VEGETAL PARA TRANSFORMADORES

PRIMEIRA PATENTE BRASILEIRA DE ÓLEO DIELÉTRICO VEGETAL PARA TRANSFORMADORES PRIMEIRA PATENTE BRASILEIRA DE ÓLEO DIELÉTRICO VEGETAL PARA TRANSFORMADORES JOSÉ O. B. CARIOCA1 PAULO C. M. CARVALHO1 RAIMUNDO G. C. CORRÊA1 LUIZ G. COELHO, JR.2 ROSA F. A. ABREU3 FRANCISCO A. B. BERNARDO1

Leia mais

Indo além do ponto do cuidado INFINITY CENTRAL SOLUÇÕES DE MONITORIZAÇÃO E DE ACESSO REMOTO

Indo além do ponto do cuidado INFINITY CENTRAL SOLUÇÕES DE MONITORIZAÇÃO E DE ACESSO REMOTO 01 Indo além do ponto do cuidado INFINITY CENTRAL SOLUÇÕES DE MONITORIZAÇÃO E DE ACESSO REMOTO 02 Infinity CentralStation Na Dräger, estamos empenhados em ajudá-lo a melhorar o cuidado ao paciente dando-lhe

Leia mais

BIODIESEL PARA O CIB

BIODIESEL PARA O CIB BIODIESEL PARA O CIB Roteiro Explicativo de Slides em Power Point Gil Miguel de Sousa Câmara 1 Slide 1 Abertura Slide 2 Famosa frase proferida por Rudolph Diesel em 1912. Slide 3 Razões que justificam

Leia mais

EUDRAGIT. 3 Desenvolvimento. 5 Serviços. 2 Suporte. 1 Produtos. Polímeros Acrílicos para Formas Farmacêuticas Sólidas Orais EUDRAGIT.

EUDRAGIT. 3 Desenvolvimento. 5 Serviços. 2 Suporte. 1 Produtos. Polímeros Acrílicos para Formas Farmacêuticas Sólidas Orais EUDRAGIT. EUDRAGIT Polímeros Acrílicos para Formas Farmacêuticas Sólidas Orais 1 Produtos EUDRAGIT 2 Suporte técnico 3 Desenvolvimento da Formulação Prova de Conceito 4 5 Serviços de GMP Liberação Avançada do Fármaco

Leia mais

Global Oilfield Solutions. Produtos químicos de performance para produção

Global Oilfield Solutions. Produtos químicos de performance para produção Produtos químicos de performance para produção Produtos químicos de alto desempenho para produção Imagine aperfeiçoar seus serviços de engenharia com soluções da empresa líder mundial em produtos químicos.

Leia mais

SWS* selante de silicone à prova de intempérie

SWS* selante de silicone à prova de intempérie SWS* selante de silicone à prova de intempérie Descrição do produto O selante à prova de intempérie SWS é um silicone monocomponente de cura neutra e excelente candidato para uso em aplicações de vedação

Leia mais

Brasil Ecodiesel. Movendo o Brasil com Biodiesel. Biodiesel Congress 2009 01/09/09

Brasil Ecodiesel. Movendo o Brasil com Biodiesel. Biodiesel Congress 2009 01/09/09 Brasil Ecodiesel Movendo o Brasil com Biodiesel Biodiesel Congress 2009 01/09/09 Macro Tendências do Setor de Biodiesel Pressão mundial por combustíveis renováveis Mundo Em 2008, os biocombustíveis representaram

Leia mais

Soluções de medição de produção e exploração

Soluções de medição de produção e exploração Soluções de medição de produção e exploração Medição superior de fluxo e densidade A melhor medição do setor É desafiador manter um equilíbrio entre operações, manutenção e conformidade, atingindo as metas

Leia mais

BIODIESEL ENERGIA MÓVEL GARANTIDA 100% ECOLOGICA PARA COPA E PARA O MUNDO

BIODIESEL ENERGIA MÓVEL GARANTIDA 100% ECOLOGICA PARA COPA E PARA O MUNDO BIODIESEL ENERGIA MÓVEL GARANTIDA 100% ECOLOGICA PARA COPA E PARA O MUNDO O que é BIODIESEL BIODIESEL é um combustível produzido a partir de óleos vegetais ou gordura animal, que pode ser utilizado em

Leia mais

MEMBRANAS BETUMINOSAS

MEMBRANAS BETUMINOSAS FICHA DE SEGURANÇA DE PRODUTO (Em conformidade com o Regulamento REACH (EC) nº 1907/2006) Nº revisão: 08 Data de emissão: 24 de Janeiro de 2014 MEMBRANAS BETUMINOSAS 1. Identificação da substância/mistura

Leia mais

Tendências da Investigação e Utilização de Emulsões Betuminosas

Tendências da Investigação e Utilização de Emulsões Betuminosas Tendências da Investigação e Utilização de Emulsões Betuminosas ÍNDICE Situação atual Emulsões BIO Baixa Temperatura. Emulsões para misturas temperadas. Emulsiones submicrónicas Emulsões com PFUs Outras

Leia mais

A Questão da Energia no Mundo Atual

A Questão da Energia no Mundo Atual A Questão da Energia no Mundo Atual A ampliação do consumo energético Energia é a capacidade que algo tem de realizar ou produzir trabalho. O aumento do consumo e a diversificação das fontes responderam

Leia mais

Entupimento em Bicos Queimadores O produto SAFE 405 mantém os bicos queimadores sempre limpos, evitando entupimentos indesejados.

Entupimento em Bicos Queimadores O produto SAFE 405 mantém os bicos queimadores sempre limpos, evitando entupimentos indesejados. JohnsonDiversey SAFE 405 Aditivo para óleos combustíveis. Anti-corrosivo Evita o processo corrosivo em tanques de armazenagem de óleo tipo BPF. Com a melhora da queima do combustível, reduz a quantidade

Leia mais

2.1 Natureza química: Substrato: Preparação X:

2.1 Natureza química: Substrato: Preparação X: 1. Identificação do substrato/ preparação e empresa 1.1 Nome do produto: Massa de corte no. 897, artigo 931A 1.2 Nome, endereço e número de telefone do fabricante: Fabricante: Endereço: Schumacher Precision

Leia mais

Qualidade dos Combustíveis:

Qualidade dos Combustíveis: Qualidade dos Combustíveis: Desafios para a manutenção da qualidade Oswaldo Luiz de Mello Bonfanti Coordenador Nacional do Sistema de Garantia da Qualidade Gestor de Assistência Técnica Ribeirão Preto,

Leia mais

MODIFICADORES DE REOLOGIA:

MODIFICADORES DE REOLOGIA: MODIFICADORES DE REOLOGIA: Os modificadores de reologia ACUSOL oferecem uma série de características e benefícios em produtos saneantes domésticos e institucionais. CARACTERÍSTICAS E BENEFÍCIOS: Concedem

Leia mais

Produção e consumo de óleos vegetais no Brasil Sidemar Presotto Nunes

Produção e consumo de óleos vegetais no Brasil Sidemar Presotto Nunes Produção e consumo de óleos vegetais no Brasil Sidemar Presotto Nunes Apresentação O consumo de óleos vegetais tem aumentado no mundo todo, substituindo parte do consumo de gorduras animais. Embora tenham

Leia mais

Influência da Temperatura nas Propriedades Fluidodinâmicas das Misturas Biodiesel/Diesel de Óleo de Peixe. 58059-900, PB, Brasil.

Influência da Temperatura nas Propriedades Fluidodinâmicas das Misturas Biodiesel/Diesel de Óleo de Peixe. 58059-900, PB, Brasil. Influência da Temperatura nas Propriedades Fluidodinâmicas das Misturas Biodiesel/Diesel de Óleo de Peixe Pontes, A.S.G.C. 1 (IC), Vasconcelos, A.F.F. 1,2 (PQ); Bicudo, T.C. 1 (PQ) Santos, I.M.G. 1 (PQ);

Leia mais

Cadeia produ+va do Biodiesel

Cadeia produ+va do Biodiesel Recursos Energé-cos Cadeia produ+va do Biodiesel Felipe Guerra Pedro Camarero Biodiesel O que é? É um combus8vel biodegradável derivado de fontes renováveis como óleos vegetais e gorduras animais. São

Leia mais

P 10.108.1/09.14. Componentes, Sistemas e assistência para a indústria de papel e celulose.

P 10.108.1/09.14. Componentes, Sistemas e assistência para a indústria de papel e celulose. Componentes, Sistemas e assistência para a indústria de papel e celulose. Problemas com o fluido podem causar elevados custos. Envelhecimento do óleo Água em óleo Nos lhe ajudaremos em achar a solução.

Leia mais

Biodiesel Uma Sinopse das Conjunturas Brasileira e Mundial.

Biodiesel Uma Sinopse das Conjunturas Brasileira e Mundial. Biodiesel Uma Sinopse das Conjunturas Brasileira e Mundial. * Penteado, R. A. N. (1) ; * Cunha, R. B. C.; * Penteado, A.P. (1)l renato@lactec.org.br (*) Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento (LACTEC)

Leia mais

A MAIOR EMPRESA DE BIODIESEL DO BRASIL

A MAIOR EMPRESA DE BIODIESEL DO BRASIL A MAIOR EMPRESA DE BIODIESEL DO BRASIL BIODIESEL O que é? O biodiesel pode ser produzido a partir de qualquer óleo vegetal - tal como soja, girassol, canola, palma ou mamona -, assim como a partir de gordura

Leia mais

Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG - Campus CETEC

Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG - Campus CETEC Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG Campus CETEC O Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG Campus CETEC, compõe-se por um conjunto de institutos de inovação e institutos de tecnologia capazes

Leia mais

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação PT Customers. The core of our innovation Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração Granulação Tecnologias Piovan para Refrigeração: Chillers com compressores scroll

Leia mais

Material de Atrito de Alto Desempenho para Aplicações Automotivas e Industriais

Material de Atrito de Alto Desempenho para Aplicações Automotivas e Industriais Material de Atrito de Alto Desempenho para Aplicações Automotivas e Industriais Automotivo Industrial Aeroespacial Juntos Movemos o Mundo O Grupo Schaeffler é um renomado fornecedor global de componentes

Leia mais

CREATING TOMORROW S SOLUTIONS CONSTRUÇÃO CIVIL I PRODUTOS E APLICAÇÕES SILRES BS SEU ESPECIALISTA EM HIDROFOBICIDADE

CREATING TOMORROW S SOLUTIONS CONSTRUÇÃO CIVIL I PRODUTOS E APLICAÇÕES SILRES BS SEU ESPECIALISTA EM HIDROFOBICIDADE CREATING TOMORROW S SOLUTIONS CONSTRUÇÃO CIVIL I PRODUTOS E APLICAÇÕES SEU ESPECIALISTA EM HIDROFOBICIDADE PRESERVANDO MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CARACTERÍSTICAS PROTETORAS A marca da WACKER baseada em silicones

Leia mais

Vegetais em. Restaurante. Management of the Use of Vegetable Oils. in Order to Restaurant Cleaner Production

Vegetais em. Restaurante. Management of the Use of Vegetable Oils. in Order to Restaurant Cleaner Production Gestão do Uso de Óleos Vegetais em Restaurante Visando a Produção Mais Limpa Management of the Use of Vegetable Oils in Order to Restaurant Cleaner Production Rosana de C. de S. Schneider, Eder dos Santos,

Leia mais

considerando que os regulamentos técnicos da ANVISA de padrões de identidade e qualidade de alimentos devem priorizar os parâmetros sanitários;

considerando que os regulamentos técnicos da ANVISA de padrões de identidade e qualidade de alimentos devem priorizar os parâmetros sanitários; MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO-RDC Nº- 270, DE 22 DE SETEMBRO DE 2005 A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Nº uso

Leia mais

BIODIESEL. O NOVO COMBUSTÍVEL DO BRASIL.

BIODIESEL. O NOVO COMBUSTÍVEL DO BRASIL. Folder final 12/4/04 2:45 AM Page 1 BIODIESEL. O NOVO COMBUSTÍVEL DO BRASIL. PROGRAMA NACIONAL DE PRODUÇÃO E USO DO BIODIESEL Folder final 12/4/04 2:45 AM Page 2 BIODIESEL. A ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

ANÁLISE GERAL DO USO DE ÓLEO VEGETAL COMO COMBUSTÍVEL EM MOTORES DIESEL. Márcio Turra de Ávila Pesquisador - Agroenergia. marcio@cnpso.embrapa.

ANÁLISE GERAL DO USO DE ÓLEO VEGETAL COMO COMBUSTÍVEL EM MOTORES DIESEL. Márcio Turra de Ávila Pesquisador - Agroenergia. marcio@cnpso.embrapa. ANÁLISE GERAL DO USO DE ÓLEO VEGETAL COMO COMBUSTÍVEL EM MOTORES DIESEL Márcio Turra de Ávila Pesquisador - Agroenergia marcio@cnpso.embrapa.br Os óleos vegetais puros, quando empregados nos motores, apresentam

Leia mais

Referência em Correias Transportadoras

Referência em Correias Transportadoras Referência em Correias Transportadoras om mais de seis décadas de experiência na fabricação de Ccorreias transportadoras, a Correias Mercúrio consolidou sua liderança no mercado brasileiro, através de

Leia mais

Performance ecológica

Performance ecológica Performance ecológica Por Miriam Mazzi 14 LUBGRAX Edição 20 2012 Antioxidantes - 20.indd 14 27/11/2012 19:12:55 Em busca de alternativas eficazes para brecar ou reduzir o complexo processo de degradação

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS RESOLUÇÃO N 46, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012 (*)

AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS RESOLUÇÃO N 46, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012 (*) ANO CXLIX Nº 249 Brasília DF, quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 pág 232 e 233 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS RESOLUÇÃO N 46, DE 20 DE DEZEMBRO

Leia mais

Resoluções RESOLUÇÃO Nº 9, DE 31 DE AGOSTO DE 1993

Resoluções RESOLUÇÃO Nº 9, DE 31 DE AGOSTO DE 1993 Resoluções RESOLUÇÃO Nº 9, DE 31 DE AGOSTO DE 1993 Resolução CONAMA Nº 009/1993 - "Estabelece definições e torna obrigatório o recolhimento e destinação adequada de todo o óleo lubrificante usado ou contaminado".

Leia mais

Proteção para os prestadores de primeiros socorros: evitar contato cutâneo e inalatório com o produto durante o processo.

Proteção para os prestadores de primeiros socorros: evitar contato cutâneo e inalatório com o produto durante o processo. 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: OIL TREATMENT Aplicação: Aditivo concentrado para óleo de motor. Fornecedor: Orbi Quimica Ltda. Avenida Maria Helena, 600 - Leme SP Brasil - CEP

Leia mais

Componentes, Sistemas e Assistência para instalações de energia eólica.

Componentes, Sistemas e Assistência para instalações de energia eólica. Componentes, Sistemas e Assistência para instalações de energia eólica. HYDAC Brasil HYDAC Japão HYDAC Espanha HYDAC Índia HYDAC Dinamarca HYDAC China HYDAC EUA HYDAC Matriz na Alemanha Seu parceiro competente

Leia mais

VISÃO: Ser reconhecida pela participação e trabalhos realizados nos processos que possibilitam economia de óleos e preservação ambiental.

VISÃO: Ser reconhecida pela participação e trabalhos realizados nos processos que possibilitam economia de óleos e preservação ambiental. APRESENTAÇÃO 1. QUEM SOMOS A CTF do Brasil é uma empresa com sólidos conhecimentos em tecnologia de microfiltragem de óleos industriais, cujo portfólio de serviços tem respaldo na experiência de sua diretoria,

Leia mais

BIOCOMBUSTÍVEIS: UMA DISCUSSÃO A RESPEITO DAS VANTAGENS E DESVANTAGENS RESUMO

BIOCOMBUSTÍVEIS: UMA DISCUSSÃO A RESPEITO DAS VANTAGENS E DESVANTAGENS RESUMO BIOCOMBUSTÍVEIS: UMA DISCUSSÃO A RESPEITO DAS VANTAGENS E DESVANTAGENS Juliana da Cruz Ferreira 1 ; Leila Cristina Konradt-Moraes 2 UEMS Caixa Postal 351, 79804-970 Dourados MS, E-mail: julianacruz_gnr@hotmail.com

Leia mais

Serviços Scania. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar.

Serviços Scania. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. Serviços Scania Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. SERVIÇOS SCANIA Serviços Scania. Máxima disponibilidade do seu veículo para o melhor desempenho

Leia mais

Broad Base. Best Solutions. PANOX Fibras PAN oxidadas

Broad Base. Best Solutions. PANOX Fibras PAN oxidadas Broad Base. Best Solutions. CARBON FIBERS and COMPOSITE MATERIALS PANOX Fibras PAN oxidadas 2 Fibras de carbono e materiais compósitos fabricados pelo SGL Group. Q Amplo portfólio de produtos Q Cadeia

Leia mais

Revisão bibliográfica

Revisão bibliográfica 17 2 Revisão bibliográfica Miranda e Moura (2000) apresentaram o resultado de um experimento feito cujo objetivo era analisar o comportamento de um motor Diesel após ter o óleo vegetal de dendê in natura

Leia mais

Biocombustíveis. Também chamados de agrocombustíveis

Biocombustíveis. Também chamados de agrocombustíveis Biocombustíveis Também chamados de agrocombustíveis Biomassa É o combustível obtido a partir da biomassa: material orgânico vegetal ou animal Uso tradicional: lenha, excrementos Etanol: álcool combustível.

Leia mais

MUDE PARA AS DISPERSÕES DE VAE. A melhor tecnologia para os revestimentos de amanhã

MUDE PARA AS DISPERSÕES DE VAE. A melhor tecnologia para os revestimentos de amanhã CREATING TOMORROW S SOLUTIONS REVESTIMENTOS I AMÉRICA LATINA I VISÃO GERAL DOS PRODUTOS DISPERSÕES MUDE PARA AS DISPERSÕES DE VAE A melhor tecnologia para os revestimentos de amanhã MUDE PARA CRESCER NO

Leia mais

E.I. DU PONT DE NEMOURS & CO

E.I. DU PONT DE NEMOURS & CO E.I. DU PONT DE NEMOURS & CO A DuPont é uma companhia voltada para a ciência, que concentra seus esforços e atua nas áreas de alimentação e nutrição; higiene pessoal; moda; casa e construção; eletrônicos;

Leia mais

Revestimentos industriais ecologicamente corretos com NECOWEL TM

Revestimentos industriais ecologicamente corretos com NECOWEL TM Revestimentos industriais ecologicamente corretos com NECOWEL TM Desempenho excelente aplicação de qualidade superior e compatibilidade ambiental. Feito sob medida para você. Como especialistas em emulsões

Leia mais

Revestimentos de Eletrodeposição AquaEC

Revestimentos de Eletrodeposição AquaEC UMA MARCA AXALTA COATING SYSTEMS Revestimentos de Eletrodeposição AquaEC Soluções inovadoras para demandas de E-Coat Um início brilhante de classe mundial com proteção anticorrosiva. O mercado altamente

Leia mais

Shell Corena S4 P 100

Shell Corena S4 P 100 Lubcenter 21 3297-2931 www.lubcenter.com Previous Name: Shell Corena AP Shell Corena S4 P 100 Technical Data Sheet Extra Vida útil Eficiência Melhorada Aplicações Severas Lubrificante Sintético Avançado

Leia mais

MAPEAMENTO TECNOLÓGICO DO BIODIESEL E TECNOLOGIAS CORRELATAS SOB O ENFOQUE DOS PEDIDOS DE PATENTES.

MAPEAMENTO TECNOLÓGICO DO BIODIESEL E TECNOLOGIAS CORRELATAS SOB O ENFOQUE DOS PEDIDOS DE PATENTES. MAPEAMENTO TECNOLÓGICO DO BIODIESEL E TECNOLOGIAS CORRELATAS SOB O ENFOQUE DOS PEDIDOS DE PATENTES. Volume II Brasil. Diretoria de Articulação e Informação Tecnológica DART Centro de Divulgação, Documentação

Leia mais

Biodiesel e Bio-óleo: Alternativas Energéticas Limpas

Biodiesel e Bio-óleo: Alternativas Energéticas Limpas A1 XII Congresso Nacional de Estudantes de Engenharia Mecânica 22 a 26 de agosto de 2005 - Ilha Solteira - SP Biodiesel e Bio-óleo: Alternativas Energéticas Limpas José Dilcio Rocha NIPE/UNICAMP BIOWARE

Leia mais

*Fonte: Fenabrave & Shell LubeMatch

*Fonte: Fenabrave & Shell LubeMatch LUBRIFICANTES E OFICINAS Ao procurar uma oficina para trocar o óleo de seu carro, o dono do veículo se sente mais seguro ao realizar esse serviço junto ao seu profissional de confiança. Com isso, aumenta

Leia mais

Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14

Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14 Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14 Símbolo Gerais Os radiadores de ar da série AC-LN 8-14 podem ser aplicados em todas as áreas nas quais é preciso resfriar óleo ou mistura de água-glicol

Leia mais

MIRA TM. Aditivo para Concreto. Aditivo Plastificante Polifuncional Redutor de Água

MIRA TM. Aditivo para Concreto. Aditivo Plastificante Polifuncional Redutor de Água Aditivo para Concreto MIRA TM Aditivo Plastificante Polifuncional Redutor de Água DESCRIÇÃO A linha MIRA TM é uma linha de aditivos redutores de água polifuncional, desenvolvida como aditivo redutor de

Leia mais

Combustíveis Marítimos. Informações Técnicas

Combustíveis Marítimos. Informações Técnicas Informações Técnicas 1. Definição e composição... 3 2. Principais aplicações... 3 3. Tipos de Óleos Combustíveis... 3 4. Requisitos de qualidade e especificação... 3 4.1. Principais características de

Leia mais

Informações Gerais. O que é Water Transfer Printing?

Informações Gerais. O que é Water Transfer Printing? Informações Gerais Provedora de soluções para o processo de Water Transfer Printing a PROJFIX está no mercado com o objetivo de trazer qualidade para o segmento no Brasil, comercializando produtos de alto

Leia mais

É Semipesado. É Scania. É seu negócio sempre em movimento.

É Semipesado. É Scania. É seu negócio sempre em movimento. SCANIA Caminhões Semipesados É Semipesado. É Scania. É seu negócio sempre em movimento. Rentabilidade é o que nos move. Caminhões Semipesados Scania. Com um autêntico Scania, você sempre conta com resistência,

Leia mais

Turbinas a gás industriais

Turbinas a gás industriais Industrial Power Turbinas a gás industriais A abrangente linha de produtos, de 5 a 50 megawatts www.siemens.com / energy Satisfazendo as suas necessidades, aumentando a sua lucratividade: Turbinas a gás

Leia mais

Há mais de 40 anos desenvolvendo soluções que evoluem o mundo

Há mais de 40 anos desenvolvendo soluções que evoluem o mundo HOME CARE AND I&I Há mais de 40 anos desenvolvendo soluções que evoluem o mundo Para o mercado de Home Care and I&I, a Oxiteno oferece inovações que promovem praticidade, maior detergência e poder de

Leia mais

Viscosímetro Stabinger SVM 3001

Viscosímetro Stabinger SVM 3001 Viscosímetro Stabinger SVM 3001 Mais expectativas Bem-vindo(a) à nova viscosimetria Medir a viscosidade de óleos e combustíveis tem tudo a ver com certeza e conformidade. Para isso, você possui duas alternativas:

Leia mais

Gestão de Água. Soluções de processo orientadas para usinas metalúrgicas e siderúrgicas. Metals Technologies

Gestão de Água. Soluções de processo orientadas para usinas metalúrgicas e siderúrgicas. Metals Technologies Gestão de Água Soluções de processo orientadas para usinas metalúrgicas e siderúrgicas Metals Technologies Gestão de Água Eficiência econômica e ecológica O desafio: As exigências de proteção ambiental

Leia mais

Permasolid HS Speed Clear Coat 8800. aplicação em 1,5 demãos secagem rápida (ao ar e em estufa) muito bons brilho e alastramento rápido para polir

Permasolid HS Speed Clear Coat 8800. aplicação em 1,5 demãos secagem rápida (ao ar e em estufa) muito bons brilho e alastramento rápido para polir Ficha Técnica Permasolid HS Speed Clear Coat 8800. O Permasolid HS Speed Clear Coat 8800 é um verniz Altos Sólidos de secagem muito rápida. aplicação em 1,5 demãos secagem rápida (ao ar e em estufa) muito

Leia mais

OXISMOOTH PERSONAL CARE

OXISMOOTH PERSONAL CARE OXMOOTH PERONAL CARE Evolution by chemistry Há mais de 40 anos desenvolvendo soluções que evoluem o mundo Para o mercado de Personal Care, a Oxiteno oferece formulações que promovem a beleza e o bem-estar

Leia mais

Potencial dos Biocombustíveis

Potencial dos Biocombustíveis Potencial dos Biocombustíveis Mozart Schmitt de Queiroz Gerente Executivo de Desenvolvimento Energético Diretoria de Gás e Energia Petrobras S.A. Belo Horizonte, 17 de outubro de 2007 Evolução da Capacidade

Leia mais

TREINAMENTO CURSO DE LUBRIFICAÇÃO

TREINAMENTO CURSO DE LUBRIFICAÇÃO TREINAMENTO CURSO DE LUBRIFICAÇÃO ABERTURA DO PROGRAMA: - Tempo: 30 minutos APRESENTAÇÃO DO INSTRUTOR: - Nome - Cargo - Tempo de Distribuidor - Experiência Profissional APRESENTAÇÃO DOS PARTICIPANTES:

Leia mais

TAXA GERAL. negro animal esgotado 3802.10.00 Carvões activados KG I 7.5 B21 0 B21 0 0 17. 3805.10.00 sulfato KG I 7.

TAXA GERAL. negro animal esgotado 3802.10.00 Carvões activados KG I 7.5 B21 0 B21 0 0 17. 3805.10.00 sulfato KG I 7. DIREITOS ADUANEIROS IMP CONS N.º DE POSIÇÃO CÓDIGO DO S.H. DESIGNAÇÃO DAS MERCADORIAS UNIDADE C. TAXA GERAL SADC RSA OUTROS M. CAT. Taxa CAT. Taxa Grafite artificial; grafite coloidal ou semicoloidal;

Leia mais

1 OBJETIVO DA POLÍTICA... 1 2 DESCRIÇÃO DA POLÍTICA... 1

1 OBJETIVO DA POLÍTICA... 1 2 DESCRIÇÃO DA POLÍTICA... 1 Política de Resposta a Emergência Ambiental Versão 1 Data 09/2014 SUMÁRIO 1 OBJETIVO DA POLÍTICA... 1 2 DESCRIÇÃO DA POLÍTICA... 1 2.1 O QUE É UM DERRAMAMENTO?... 1 2.2 QUE TIPOS DE DERRAMAMENTOS EXISTEM?...

Leia mais

Broad Base. Best Solutions. SIGRAPREG Prepregs de fibras de carbono, vidro e aramida

Broad Base. Best Solutions. SIGRAPREG Prepregs de fibras de carbono, vidro e aramida Broad Base. Best Solutions. CARBON FIBERS and COMPOSITE MATERIALS SIGRAPREG Prepregs de fibras de carbono, vidro e aramida 2 Fibras de carbono e materiais compósitos fabricados pelo SGL Group. Q Amplo

Leia mais

Módulo do sensor Rosemount 205 MultiVariable

Módulo do sensor Rosemount 205 MultiVariable Folha de dados do produto Rosemount 205 Módulo do sensor Rosemount 205 MultiVariable LÍDER COMPROVADA EM MEDIÇÃO MULTIVARIABLE Precisão na medição de pressão diferencial de ± 0,075% da amplitude Precisão

Leia mais

Soluções Completas para Pequenas Centrais Hidrelétricas

Soluções Completas para Pequenas Centrais Hidrelétricas Soluções Completas para Pequenas Centrais Hidrelétricas Answers for energy. Turbina Francis, gerador síncrono e unidade hidráulica Cubículos de média tensão Transformadores de distribuição Uma completa

Leia mais

Folha de dados do produto

Folha de dados do produto Folha de dados do produto GRAXA PARA LAMINADOR TIMKEN (Classe NLGI 1) Graxa lubrificante Números de peça GR180G GR180P GR180K GR180D GR180B Balde de 11 lb (5 kg) Balde de 35,3 lb (16 kg) Barril de 121,3

Leia mais

lubrificantes e combustíveis

lubrificantes e combustíveis lubrificantes e combustíveis Lubrificantes A lubrificação é um dos principais itens de manutenção de máquinas agrícolas e deve ser entendida e praticada para aumento da vida útil das mesmas,devido se tornarem

Leia mais

Manual de Operação e Manutenção ADVERTÊNCIA

Manual de Operação e Manutenção ADVERTÊNCIA Manual de Operação e Manutenção LG958L/LG959 ADVERTÊNCIA Os operadores e o pessoal de manutenção devem ler este manual com cuidado e entender as instruções antes de usar a carregadeira de rodas, para evitar

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-013 Folha: 1/28 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO INSTITUTO LAB SYSTEM DE PESQUISAS E S LTDA. ACREDITAÇÃO N FIOS, CABOS E CORDÕES S MECÂNICOS Ensaio de tração e alongamento

Leia mais

AUMENTA SIGNIFICATIVAMENTE O RENDIMENTO DE ÓLEO E MELHORA A EFICIÊNCIA OPERACIONAL

AUMENTA SIGNIFICATIVAMENTE O RENDIMENTO DE ÓLEO E MELHORA A EFICIÊNCIA OPERACIONAL AUMENTA SIGNIFIATIVAMENTE O RENDIMENTO DE ÓLEO E MELHORA A EFIIÊNIA OPERAIONAL A ENZIMA PURIFINE PL DA VERENIUM É UM PRODUTO ENZIMÁTIO INOVADOR QUE OFEREE UMA FORMA DE MELHORAR O RENDIMENTO TOTAL E GERAR

Leia mais

Válvula Globo de Assento Inclinado 2/2-vias para produtos até +180 C

Válvula Globo de Assento Inclinado 2/2-vias para produtos até +180 C Válvula Globo de Assento Inclinado /-vias para produtos até +1 C O Tipo pode ser combinado com... Altos níveis de vazão Amplo ciclo de vida útil Programa de opção modular universal até os cabeçotes de

Leia mais

POTENCIAL DA BIOENERGIA FLORESTAL

POTENCIAL DA BIOENERGIA FLORESTAL POTENCIAL DA BIOENERGIA FLORESTAL - VIII Congresso Internacional de Compensado e Madeira Tropical - Marcus Vinicius da Silva Alves, Ph.D. Chefe do Laboratório de Produtos Florestais do Serviço Florestal

Leia mais

FISPQ - Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725-4 Leucophor SHRU liq 1100 Página : 1 / 8

FISPQ - Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725-4 Leucophor SHRU liq 1100 Página : 1 / 8 Leucophor SHRU liq 1100 Página : 1 / 8 1 Identificação do produto e da empresa Nome do produto (nome comercial) Leucophor SHRU liq 1100 Código interno de identificação do produto nº Material : 111965 Código

Leia mais

Equipamento para Sistemas de Descoqueamento Hidráulico

Equipamento para Sistemas de Descoqueamento Hidráulico Equipamento para Sistemas de Descoqueamento Hidráulico Experience In Motion Experience In Motion A Flowserve é pioneira em avanços significativos na tecnologia de descoqueamento hidráulico e a transformou

Leia mais

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ÓLEOS E GORDURAS

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ÓLEOS E GORDURAS SOCIEDADE BRASILEIRA DE ÓLEOS E GORDURAS PLANTAS OLEAGINOSAS POTENCIAIS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL Prof. Dr. Gil Miguel de Sousa Câmara USP / ESALQ - LPV Florianópolis - SC Novembro / 2007 O POR QUÊ

Leia mais

20 de maio de 2015. IBM Digital Data Exchange Notas sobre a liberação

20 de maio de 2015. IBM Digital Data Exchange Notas sobre a liberação 20 de maio de 2015 Digital Data Exchange Notas sobre a liberação Observação Antes de usar estas informações e o produto ao qual ela oferece suporte, leia as informações em Avisos na página 5. A documentação

Leia mais

ALKOPON 70 ECO ALKOPON 28 ECO

ALKOPON 70 ECO ALKOPON 28 ECO ALKOPON 70 ECO ALKOPON 28 ECO ALKOPON 70 ECO ALKOPON 28 ECO TM PERSONAL CARE Evolution by chemistry Há mais de 40 anos desenvolvendo soluções que evoluem o mundo Para o mercado de Personal Care, a Oxiteno

Leia mais

Scania Serviços. Serviços Scania.

Scania Serviços. Serviços Scania. Serviços Scania Scania Serviços. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar Tudo bem do o que seu o Scania, você precisa em um para só lugar. cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. SERVIÇOS

Leia mais

BIOCOMBUSTÍVEL O SONHO VERDE PROFª NEIDE REGINA USSO BARRETO

BIOCOMBUSTÍVEL O SONHO VERDE PROFª NEIDE REGINA USSO BARRETO BIOCOMBUSTÍVEL O SONHO VERDE PROFª NEIDE REGINA USSO BARRETO BIOCOMBUSTÍVEL Qualquer combustível de origem biológica, não fóssil. Mistura de uma ou mais plantas como: cana-de-açúcar, mamona, soja, cânhamo,

Leia mais