CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE RECEITA BRUTA - PLANO BRASIL MAIOR - Regras Aplicáveis

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE RECEITA BRUTA - PLANO BRASIL MAIOR - Regras Aplicáveis"

Transcrição

1 CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE RECEITA BRUTA - PLANO BRASIL MAIOR - Regras Aplicáveis Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 17/05/2012. Sumário: 1 - Introdução 2 - Objetivo 3 - Regras 4 - Empresas de Serviços - Tecnologia da Informação, Tecnologia da Informação e Comunicação, Call Center e Setor Hoteleiro Empresas que se Dedicam a Outras Atividades Inaplicabilidade da Desoneração - Atividades de Representante, Distribuidor ou Revendedor de Programas de Computador Inaplicabilidade da Regra da Lei nº / Indústrias Têxteis, Calçadistas, de Couros, Plásticos e Outros Produtos Empresas que se Dedicam a Outras Atividades 6 - Receita Bruta - Base de Cálculo da CPRB 7 - Recolhimento da CPRB - Prazo e Forma 8 - GFIP - Preenchimento 9 - Demais Obrigações Previdenciárias 10 - Contribuição Previdenciária sobre o 13º Salário 11 - EFD-Contribuições 12 - DCTF e DIPJ 13 - Disposições Finais 1 - INTRODUÇÃO Neste comentário trataremos sobre a alteração na incidência de contribuição previdenciária patronal para algumas atividades, determinadas pela Medida Provisória nº 540, de 02/08/11, convertida na Lei nº , de 14/12/11 e alterada pela Medida Provisória nº 563, de 03/04/12. As regras a serem analisadas fazem parte de um conjunto de medidas que o Governo Federal implementou através do Plano Brasil Maior, aprovado pelo Decreto nº 7.540, de 02/08/11, objetivando acelerar o crescimento do investimento produtivo e o esforço tecnológico e de inovação das empresas nacionais, e aumentar a competitividade dos bens e serviços nacionais, com redução de tributação para alguns segmentos econômicos. 2 - OBJETIVO A Lei nº /11 e a MP nº 563/12 objetivam desonerar o recolhimento da contribuição previdenciária patronal de 20% sobre a folha de pagamento, prevista nos incisos I e III do art. 22 da Lei nº 8.212/ REGRAS As empresas listadas nos artigos 7º e 8º da Lei nº /11 e suas alterações devem recolher uma contribuição previdenciária sobre a receita bruta - CPRB em substituição a contribuição previdenciária patronal de 20% sobre a remuneração dos empregados e dos contribuintes individuais. Nos itens 4 e 5 e em seus subitens serão explicadas as regras que irão vigorar até a competência dezembro de 2014, conforme o segmento econômico.

2 4 - EMPRESAS DE SERVIÇOS - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO, CALL CENTER E SETOR HOTELEIRO A MP nº 540/11, convertida na Lei nº /11 e a MP nº 563/12 determinam a desoneração da contribuição previdenciária patronal de 20% sobre a folha de pagamento para empresas de serviços em três períodos e situações a seguir. De 1º de dezembro de 2011 até 31 de julho de 2012, a contribuição devida pelas empresas que prestam exclusivamente os serviços de Tecnologia da Informação - TI e de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), referidos no 4º do art. 14 da Lei nº /08, incidirá sobre o valor da receita bruta, excluídas as vendas canceladas e os descontos incondicionais concedidos, em substituição às contribuições previstas nos incisos I e III do art. 22 da Lei nº 8.212/91, à alíquota de 2,5% (dois inteiros e cinco décimos por cento). A lista de serviços de TI e TIC do 4º do art. 14 da Lei nº /08, são os que seguem: I - análise e desenvolvimento de sistemas; II - programação; III - processamento de dados e congêneres; IV - elaboração de programas de computadores, inclusive de jogos eletrônicos; V - licenciamento ou cessão de direito de uso de programas de computação; VI - assessoria e consultoria em informática; VII - suporte técnico em informática, inclusive instalação, configuração e manutenção de programas de computação e bancos de dados; e VIII - planejamento, confecção, manutenção e atualização de páginas eletrônicas. De 1º de abril de 2012 até 31 de Julho de 2012, a contribuição devida pelas empresas que prestam exclusivamente os serviços de TI e de TIC, referidos no 5º do art. 14 da Lei nº /08, incidirá sobre o valor da receita bruta, excluídas as vendas canceladas e os descontos incondicionais concedidos, em substituição às contribuições previstas nos incisos I e III do art. 22 da Lei nº 8.212/91, à alíquota de 2,5% (dois inteiros e cinco décimos por cento). Enquadra-se no 5º do art. 14 da Lei nº /08, as empresas que prestam serviços de call center. De 1º de agosto de 2012 até 31 de dezembro de 2014, contribuirão sobre o valor da receita bruta, excluídas as vendas canceladas e os descontos incondicionais concedidos, em substituição às contribuições previstas nos incisos I e III do art. 22 da Lei nº 8.212/91, à alíquota de 2% (dois por cento), as empresas que prestam os serviços referidos nos 4º e 5º do art. 14 da Lei nº /08, e as empresas do setor hoteleiro enquadradas na subclasse /01 da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE 2.0) EMPRESAS QUE SE DEDICAM A OUTRAS ATIVIDADES De 1º de abril de 2012 até 31 de julho de 2012, as empresas de TI e de TIC que se dediquem a outras atividades, além das previstas nos 4º e 5º do art. 14 da Lei nº /08, o cálculo da contribuição previdenciária será na forma que segue: de 2,5% quanto à parcela da receita bruta correspondente aos serviços relacionados no caput do art. 7º da Lei nº /11; e de 20% sobre a remuneração dos empregados e dos contribuintes individuais, reduzindo-se o valor da contribuição a recolher ao percentual resultante da razão entre a receita bruta de atividades não relacionadas aos serviços de que trata o caput do art. 7º da Lei nº /11 e a receita bruta total.

3 De 1º de agosto de 2012 até 31 de dezembro de 2014, as empresas de TI e de TIC que se dediquem a outras atividades, além das previstas nos 4º e 5º do art. 14 da Lei nº /08, o cálculo da contribuição previdenciária será na forma que segue: de 2% quanto à parcela da receita bruta correspondente aos serviços relacionados no caput do art. 7º da Lei nº /11; e de 20% sobre a remuneração dos empregados e dos contribuintes individuais, reduzindo-se o valor da contribuição a recolher ao percentual resultante da razão entre a receita bruta de atividades não relacionadas aos serviços de que trata o caput do art. 7º da Lei nº /11 e a receita bruta total INAPLICABILIDADE DA DESONERAÇÃO - ATIVIDADES DE REPRESENTANTE, DISTRIBUIDOR OU REVENDEDOR DE PROGRAMAS DE COMPUTADOR Não se aplicará a desoneração da contribuição previdenciária patronal de 20% sobre a folha de pagamento, a empresas que exerçam exclusivamente as atividades de representante, distribuidor ou revendedor de programas de computador INAPLICABILIDADE DA REGRA DA LEI Nº /08 Durante a vigência da desoneração sob análise, as empresas abrangidas não farão jus às reduções previstas no caput do art. 14 da Lei nº / INDÚSTRIAS TÊXTEIS, CALÇADISTAS, DE COUROS, PLÁSTICOS E OUTROS PRODUTOS As indústrias que fabriquem os produtos listados na MP nº 540/11, convertida na Lei nº /11 e na MP nº 563/12 tem a desoneração da contribuição previdenciária patronal de 20% sobre a folha de pagamento em substituição ao recolhimento de um percentual sobre o seu faturamento, nos casos e períodos que seguem: De 1º de dezembro de 2011 até 31 de julho de 2012, contribuirão sobre o valor da receita bruta, excluídas as vendas canceladas e os descontos incondicionais concedidos, à alíquota de 1,5% (um inteiro e cinco décimos por cento), em substituição às contribuições previstas nos incisos I e III do art. 22 da Lei nº 8.212/91, as empresas que fabriquem os produtos classificados na Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados - TIPI, aprovada pelo Decreto nº 6.006/06, conforme quadro a seguir: NCM Descrição Vestuário e seus acessórios (incluídas as luvas, mitenes e semelhantes) Vestuário e seus acessórios (incluídas as luvas, mitenes e semelhantes), de borracha vulcanizada não endurecida, para quaisquer usos Baús para viagem, malas e maletas, incluídas as de toucador e as maletas e pastas para documentos e de estudante, e artefatos semelhantes, com a superfície exterior de couro natural ou reconstituído, ou de couro envernizado Bolsas, mesmo com tiracolo, incluídas as que não possuam alças, com a superfície exterior de couro natural ou reconstituído, ou de couro envernizado Artigos do tipo dos normalmente levados nos bolsos ou em bolsas, com a superfície exterior de couro natural ou reconstituído, ou de couro envernizado Outros com a superfície exterior de couro natural ou reconstituído, ou de couro envernizado Vestuário e seus acessórios, de couro natural ou reconstituído Outras obras de couro natural ou reconstituído Vestuário, seus acessórios e outros artefatos de peleteria (peles com pelo).

4 Vestuário e seus acessórios, de pasta de papel, papel, pasta ( ouate ) de celulose ou de mantas de fibras de celulose. Capítulo 61 Vestuário e seus acessórios, de malha. Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha Cobertores e mantas Roupas de cama, mesa, toucador ou cozinha Cortinados, cortinas, reposteiros e estores; sanefas e artigos semelhantes para camas Outros artefatos para guarnição de interiores, exceto da posição Sacos de quaisquer dimensões, para embalagem Artefatos de matérias têxteis, calçados, chapéus e artefatos de uso semelhante, usados Calçados impermeáveis de sola exterior e parte superior de borracha ou plásticos, em que a parte superior não tenha sido reunida à sola exterior por costura ou por meio de rebites, pregos, parafusos, saliências (espigões) ou dispositivos semelhantes, nem formada por diferentes partes reunidas pelos mesmos processos Outros calçados com sola exterior e parte superior de borracha ou plásticos Calçados com sola exterior de borracha, plásticos, couro natural ou reconstituído e parte superior de couro natural Calçados com sola exterior de borracha, plásticos, couro natural ou reconstituído e parte superior de matérias têxteis Outros calçados Partes de calçados (incluídas as partes superiores, mesmo fixadas a solas que não sejam as solas exteriores); palmilhas amovíveis; reforços interiores e artefatos semelhantes, amovíveis; polainas, perneiras e artefatos semelhantes, e suas partes Vestuário, acessórios de vestuário, calçados e chapéus Outros suportes elásticos para camas (somiês); colchões, edredões, almofadas, pufes, travesseiros e artigos semelhantes, equipados com molas ou guarnecidos interiormente de quaisquer matérias, compreendendo esses artigos de borracha ou de plásticos, alveolares, mesmo recobertos. De 1º de abril de 2012 até 31 de julho de 2012, contribuirão sobre o valor da receita bruta, excluídas as vendas canceladas e os descontos incondicionais concedidos, à alíquota de 1,5% (um inteiro e cinco décimos por cento), em substituição às contribuições previstas nos incisos I e III do art. 22 da Lei nº 8.212/91, as empresas que fabriquem os produtos classificados na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 6.006/06, a seguir: NCM Descrição Couros e peles curtidos ou crust, de bovinos (incluídos os búfalos) ou de eqüídeos, depilados, mesmo divididos, mas não preparados de outro modo Peles curtidas ou crust de ovinos, depiladas, mesmo divididas, mas não preparadas de outro modo Couros e peles, depilados, de outros animais e peles de animais desprovidos de pêlos, curtidos ou crust, mesmo divididos, mas não preparados de outro modo Couros preparados após curtimenta ou após secagem e couros e peles apergaminhados, de bovinos (incluídos os búfalos) ou de eqüídeos, depilados, mesmo divididos, exceto os da posição Couros e peles acamurçados (incluída a camurça combinada); couros e peles envernizados ou revestidos; couros e peles metalizados Grampos, colchetes e ilhoses Rebites tubulares ou de haste fendida Infláveis.

5 Botões de pressão e suas partes Botões de plásticos, não recobertos de matérias têxteis Botões de metais comuns, não recobertos de matérias têxteis. De 1º de agosto de 2012 até 31 de dezembro de 2014, contribuirão sobre o valor da receita bruta, excluídas as vendas canceladas e os descontos incondicionais concedidos, à alíquota de 1% (um por cento), em substituição às contribuições previstas nos incisos I e III do art. 22 da Lei nº 8.212/91, as empresas que fabricam os produtos classificados na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/11, nos códigos referidos no Anexo a MP nº 563/12, como segue: NCM Descrição Outros - Pastas (ouates), gazes, ataduras e artigos análogos (por exemplo, curativos (pensos), esparadrapos, sinapismos), impregnados ou recobertos de substâncias farmacêuticas ou acondicionados para venda a retalho para usos medicinais, cirúrgicos, dentários ou veterinários Catalisadores em suporte: Tendo como substância ativa um metal precioso ou um composto de metal precioso - Em colméia cerâmica ou metálica para conversão catalítica de gases de escape de veículos Fluidos para freios hidráulicos e outros Desperdícios, resíduos e aparas, de plásticos Monofilamentos cuja maior dimensão do corte transversal seja superior a 1mm (monofios), varas, bastões e perfis, mesmo trabalhados à superfície, mas não trabalhados de outro modo, de plásticos Tubos e seus acessórios (por exemplo, juntas, cotovelos, flanges, uniões), de plásticos Revestimentos de pisos (pavimentos), de plásticos, mesmo autoadesivos, em rolos ou em forma de ladrilhos ou de mosaicos; revestimentos de paredes ou de tetos, de plásticos Chapas, folhas, tiras, fitas, películas e outras formas planas, autoadesivas, de plásticos, mesmo em rolos Outras chapas, folhas, películas, tiras e lâminas, de plásticos não alveolares, não reforçadas nem estratificadas, sem suporte, nem associadas de forma semelhante a outras matérias Outras chapas, folhas, películas, tiras e lâminas, de plásticos Banheiras, boxes para chuveiros, pias, lavatórios, bidés, sanitários e seus assentos e tampas, caixas de descarga e artigos semelhantes para usos sanitários ou higiênicos, de plásticos Artigos de transporte ou de embalagem, de plásticos; rolhas, tampas, cápsulas e outros dispositivos para fechar recipientes, de plásticos Serviços de mesa e outros artigos de uso doméstico, de higiene ou de toucador, de plásticos Artefatos para apetrechamento de construções, de plásticos, não especificados nem compreendidos noutras posições Outras obras de plásticos e obras de outras matérias das posições a Não reforçados com outras matérias nem associados de outra forma com outras matérias - Sem acessórios Não reforçados com outras matérias nem associados de outra forma com outras matérias - com uma pressão de ruptura superior ou igual a 17,3 MPa Outros - Não reforçados com outras matérias nem associados de outra forma com outras matérias Reforçados apenas com matérias têxteis ou associados de outra forma apenas com matérias têxteis - Sem acessórios Reforçados apenas com matérias têxteis ou associados de outra forma apenas com matérias têxteis - com uma pressão de ruptura superior ou igual a 17,3 MPa Outros - Reforçados apenas com matérias têxteis ou associados de outra

6 forma apenas com matérias têxteis Reforçados com outras matérias ou associados de outra forma com outras matérias - Com uma pressão de ruptura superior ou igual a 17,3 MPa Outros - Reforçados com outras matérias ou associados de outra forma com outras matérias Correias de transmissão - Correias de transmissão sem fim, de seção trapezoidal, estriadas, com uma circunferência externa superior a 60cm, mas não superior a 180 cm Correias de transmissão - Correias de transmissão sem fim, de seção trapezoidal, não estriadas, com uma circunferência externa superior a 60cm, mas não superior a 180cm Correias de transmissão - Correias de transmissão sem fim, de seção trapezoidal, estriadas, com uma circunferência externa superior a 180cm, mas não superior a 240cm Correias de transmissão - Correias de transmissão sem fim, de seção trapezoidal, não estriadas, com uma circunferência externa superior a 180cm, mas não superior a 240 cm Correias de transmissão - Correias de transmissão sem fim, síncronas, com uma circunferência externa superior a 60 cm, mas não superior a 150cm Correias de transmissão - Correias de transmissão sem fim, síncronas, com uma circunferência externa superior a 150cm, mas não superior a 198cm Outras - Correias de transmissão Vestuário e seus acessórios (incluídas as luvas, mitenes e semelhantes), de borracha vulcanizada não endurecida, para quaisquer usos Partes de veículos automóveis ou tratores e de máquinas ou aparelhos, não domésticos, 18 dos Capítulos 84, 85 ou 90 De Borracha alveolar Revestimentos para pisos (pavimentos) e capachos Juntas, gaxetas e semelhantes Outras - Outras obras de borracha vulcanizada não endurecida Couros e peles curtidos ou crust, de bovinos (incluídos os búfalos) ou de eqüídeos, depilados, mesmo divididos, mas não preparados de outro modo Peles curtidas ou crust de ovinos, depiladas, mesmo divididas, mas não preparadas de outro modo Couros e peles, depilados, de outros animais e peles de animais desprovidos de pêlos, curtidos ou crust, mesmo divididos, mas não preparados de outro modo Couros preparados após curtimenta ou após secagem e couros e peles apergaminhados, de bovinos (incluídos os búfalos) ou de eqüídeos, depilados, mesmo divididos, exceto os da posição Couros e peles acamurçados (incluída a camurça combinada); couros e peles envernizados ou revestidos; couros e peles metalizados Baús para viagem, malas e maletas, incluídas as de toucador e as maletas e pastas para documentos e de estudante, e artefatos semelhantes - com a superfície exterior de couro natural ou reconstituído, ou de couro envernizado Baús para viagem, malas e maletas, incluindo as de toucador e as maletas e pastas de documentos e para estudantes e artefatos semelhantes - com a superfície exterior - de matérias têxteis Bolsas, mesmo com tiracolo, incluídas as que não possuam alças, com a superfície exterior de couro natural ou reconstituído, ou de couro envernizado Bolsas, mesmo com tiracolo, incluindo as que não possuam alças - Com a superfície exterior - de matérias têxteis Artigos do tipo dos normalmente levados nos bolsos ou em bolsas, com a superfície exterior de couro natural ou reconstituído, ou de couro

7 envernizado Artigos do tipo dos normalmente levados nos bolsos ou em bolsas - Com a superfície exterior de folhas de plásticos ou de matérias têxteis Outros com a superfície exterior de couro natural ou reconstituído, ou de couro envernizado Outros - Com a superfície exterior de folhas de plásticos ou de matérias têxteis Vestuário e seus acessórios, de couro natural ou reconstituído Outras obras de couro natural ou reconstituído Vestuário, seus acessórios e outros artefatos de peleteria (peles com pelo) Outras obras em madeira Outras - Cortiça aglomerada (com ou sem aglutinantes) e suas obras Vestuário e seus acessórios, de pasta de papel, papel, pasta ( ouate ) de celulose ou de mantas de fibras de celulose Fios de seda (exceto fios de desperdícios de seda) não acondicionados para venda a retalho Fios de desperdícios de seda, não acondicionados para venda a retalho Fios de seda ou de desperdícios de seda, acondicionados para venda a retalho; pelo de Messina (crina de Florença) Tecidos de seda ou de desperdícios de seda Fiapos de lã ou de pelos finos ou grosseiros Lã, pelos finos ou grosseiros, cardados ou penteados (incluindo a lã penteada a granel ) Fios de lã cardada, não acondicionados para venda a retalho Fios de lã penteada, não acondicionados para venda a retalho Fios de pelos finos, cardados ou penteados, não acondicionados para venda a retalho Fios de lã ou de pelos finos, acondicionados para venda a retalho Fios de pelos grosseiros ou de crina (incluindo os fios de crina revestidos por enrolamento), mesmo acondicionados para venda a retalho Tecidos de lã cardada ou de pelos finos cardados Tecidos de lã penteada ou de pelos finos penteados Tecidos de pelos grosseiros ou de crina Algodão cardado ou penteado Linhas para costurar, de algodão, mesmo acondicionadas para venda a retalho Fios de algodão (exceto linhas para costurar) que contenham pelo menos 85%, em peso, de algodão, não acondicionados para venda a retalho Fios de algodão (exceto linhas para costurar) que contenham menos de 85%, em peso, de algodão, não acondicionados para venda a retalho Fios de algodão (exceto linhas para costurar) acondicionados para venda a retalho Tecidos de algodão que contenham pelo menos 85%, em peso, de algodão, com peso não superior a 200g/m Tecidos de algodão que contenham pelo menos 85%, em peso, de algodão, com peso superior a 200g/m Tecidos de algodão que contenham menos de 85%, em peso, de algodão, combinados, principal ou unicamente, com fibras sintéticas ou artificiais, com peso não superior a 200g/m Tecidos de algodão que contenham menos de 85%, em peso, de algodão, combinados, principal ou unicamente, com fibras sintéticas ou artificiais, com peso superior a 200g/m Outros tecidos de algodão Fios de linho Fios de juta ou de outras fibras têxteis liberianas da posição Fios de outras fibras têxteis vegetais; fios de papel Tecidos de linho Tecidos de juta ou de outras fibras têxteis liberianas da posição

8 Tecidos de outras fibras têxteis vegetais; tecidos de fios de papel. Capítulo 54 Filamentos sintéticos ou artificiais; lâminas e formas semelhantes de matérias têxteis sintéticas ou artificiais. Capítulo 55 Fibras sintéticas ou artificiais, descontínuas. Capítulo 56 Pastas (ouates), feltros e falsos tecidos; fios especiais; cordéis, cordas e cabos; artigos de cordoaria. Capítulo 57 Tapetes e outros revestimentos para pisos (pavimentos), de matérias têxteis. Capítulo 58 Tecidos especiais; tecidos tufados; rendas; tapeçarias; passamanarias; bordados. Capítulo 59 Tecidos impregnados, revestidos, recobertos ou estratificados; artigos para usos técnicos de matérias têxteis. Capítulo 60 Tecidos de malha. Capítulo 61 Vestuário e seus acessórios, de malha. Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha. Capítulo 63 Outros artefatos têxteis confeccionados; sortidos; artefatos de matérias têxteis, calçados, chapéus e artefatos de uso semelhante, usados; trapos. Capítulo 64 Calçados, polainas e artefatos semelhantes; suas partes. Capítulo 65, Chapéus e artefatos de uso semelhante, e suas partes. exceto código Outras - Obras de asfalto ou de produtos semelhantes (por exemplo, breu ou pez) Amianto trabalhado, em fibras; misturas à base de amianto ou à base de amianto e carbonato de magnésio; obras destas misturas ou de amianto (por exemplo, fios, tecidos, vestuário, chapéus e artefatos de uso semelhante, calçados, juntas), mesmo armadas - De crocidolita Código inexistente na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/ Vestuário, acessórios de vestuário, calçados e chapéus Juntas e outros elementos com função semelhante de vedação Código inexistente na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/ Código inexistente na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/ Guarnições de fricção (por exemplo, placas, rolos, tiras, segmentos, discos, anéis, pastilhas), não montadas, para freios, embreagens ou qualquer outro mecanismo de fricção, à base de amianto, de outras substâncias minerais ou de celulose, mesmo combinadas com têxteis ou outras matérias - Que contenham amianto Pastilhas Outras Disco de fricção para embreagens Outras Código inexistente na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/ Código inexistente na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/ Colméia de cerâmica à base de alumina (Al2O3), sílica (SiO2) e óxido de magnésio (MgO), de depuradores por conversão catalítica de gases de escape de veículos Vidros temperados - De dimensões e formatos que permitam a sua aplicação em automóveis, veículos aéreos, barcos ou outros veículos Vidros formados por folhas contracoladas - De dimensões e formatos que permitam a sua aplicação em automóveis, veículos aéreos, barcos ou outros veículos Espelhos retrovisores para veículos Tubos e perfis ocos, de ferro fundido Construções - Pontes e elementos de pontes Construções - Torres e pórticos Material para andaimes, para armações ou para escoramentos Reservatórios, tonéis, cubas e recipientes semelhantes para quaisquer matérias (exceto gases comprimidos ou liquefeitos), de ferro fundido, ferro ou aço, de capacidade superior a 300 l, sem dispositivos mecânicos ou

9 térmicos, mesmo com revestimento interior ou calorífugo - Para armazenamento de grãos e outras matérias sólidas Outros Outros recipientes Outros recipientes - Próprios para acondicionar produtos alimentícios Outros Recipientes para gases comprimidos ou liquefeitos, de ferro fundido, ferro ou aço Correntes de rolos Outras correntes - De transmissão Outras correntes - Outras Partes Correntes antiderrapantes Correntes de elos com suporte Outras correntes, de elos soldados Outras Outras partes Âncoras, fateixas, e suas partes, de ferro fundido, ferro ou aço Molas de folhas e suas folhas Molas helicoidais - Cilíndricas Molas helicoidais - Outras Outras Outras obras de ferro ou aço - Outras Outras obras de cobre - Outras Reservatórios, barris, tambores, latas, caixas e recipientes semelhantes (incluindo os recipientes tubulares, rígidos ou flexíveis) para quaisquer matérias (exceto gases comprimidos ou liquefeitos), de alumínio, de capacidade não superior a 300 l, sem dispositivos mecânicos ou térmicos, mesmo com revestimento interior ou calorífugo - Outros Chaves de fenda Ferramentas de embutir, de estampar ou de puncionar Fechaduras dos tipos utilizados em veículos automóveis Outras guarnições, ferragens e artigos semelhantes, para veículos automóveis Grampos, colchetes e ilhoses Rebites tubulares ou de haste fendida Cápsulas de coroa Reatores nucleares Máquinas e aparelhos para a separação de isótopos, e suas partes Partes de reatores nucleares Caldeiras de vapor (geradores de vapor), excluindo as caldeiras para aquecimento central concebidas para produção de água quente e vapor de baixa pressão; caldeiras denominadas de água superaquecida Caldeiras para aquecimento central, exceto as da posição Aparelhos auxiliares para caldeiras das posições ou (por exemplo, economizadores, superaquecedores, aparelhos de limpeza de tubos ou de recuperação de gás); condensadores para máquinas a vapor Geradores de gás de ar (gás pobre) ou de gás de água, com ou sem depuradores; geradores de acetileno e geradores semelhantes de gás, operados a água, com ou sem depuradores Turbinas a vapor Motores de pistão, alternativo ou rotativo, de ignição por centelha (motores de explosão) Motores de pistão, de ignição por compressão (motores diesel ou semidiesel) , exceto Partes reconhecíveis como exclusiva ou principalmente destinadas aos motores das posições ou Turbinas hidráulicas, rodas hidráulicas, e seus reguladores.

10 84.11 Turborreatores, turbopropulsores e outras turbinas a gás Outros motores e máquinas motrizes Bombas para líquidos, mesmo com dispositivo medidor; elevadores de líquidos Bombas de vácuo Bombas de ar, de mão ou de pé Motocompressores herméticos - Com capacidade inferior a frigorias/hora Motocompressores herméticos - Outros Outros - Com capacidade inferior ou igual a frigorias/hora Outros Compressores de ar montados sobre chassis com rodas e rebocáveis - De deslocamento alternativo Compressores de ar montados sobre chassis com rodas e rebocáveis - De parafuso Compressores de ar montados sobre chassis com rodas e rebocáveis - Outros Microventiladores com área de carcaça inferior a 90 cm Outros Compressores de ar - Estacionários, de pistão Compressores de ar - De parafuso Compressores de ar - De lóbulos paralelos (tipo Roots) Compressores de ar - Outros Turbocompressores de ar - Turboalimentadores de ar, de peso inferior ou igual a 50 kg para motores das posições ou 84.08, acionado pelos gases de escapamento dos mesmos Turbocompressores de ar - Turboalimentadores de ar, de peso superior a 50 kg para motores das posições ou 84.08, acionados pelos gases de escapamento dos mesmos Turbocompressores de ar - Outros Compressores de gases (exceto ar) - De pistão Compressores de gases (exceto ar) - De parafuso Compressores de gases (exceto ar) - Centrífugos, de vazão máxima inferior a m3/h Compressores de gases (exceto ar) - Outros compressores centrífugos Compressores de gases (exceto ar) - Outros Outros Partes - De bombas Partes - De ventiladores ou coifas aspirantes Pistões ou êmbolos Anéis de segmento Blocos de cilindros, cabeçotes e cárteres Válvulas Partes - De compressores - Outras Máquinas e aparelhos de ar-condicionado que contenham um ventilador motorizado e dispositivos próprios para modificar a temperatura e a umidade, incluindo as máquinas e aparelhos em que a umidade não seja regulável separadamente - Dos tipos utilizados em paredes ou janelas, formando um corpo único ou do tipo split-system (sistema com elementos separados) - Outros Máquinas e aparelhos de ar-condicionado que contenham um ventilador motorizado e dispositivos próprios para modificar a temperatura e a umidade, incluindo as máquinas e aparelhos em que a umidade não seja regulável separadamente - Do tipo dos utilizados para o conforto dos passageiros nos veículos automóveis - Com capacidade inferior ou igual a frigorias/hora Máquinas e aparelhos de ar-condicionado que contenham um ventilador motorizado e dispositivos próprios para modificar a temperatura e a umidade, incluindo as máquinas e aparelhos em que a umidade não seja

11 regulável separadamente - Do tipo dos utilizados para o conforto dos passageiros nos veículos automóveis - Outros Outros - Com dispositivo de refrigeração e válvula de inversão do ciclo térmico (bombas de calor reversíveis) - Com capacidade inferior ou igual a frigorias/hora Outros - Com dispositivo de refrigeração e válvula de inversão do ciclo térmico (bombas de calor reversíveis) - Outros Outros, com dispositivo de refrigeração - Com capacidade inferior ou igual a frigorias/hora Outros Outros - Sem dispositivo de refrigeração Código inexistente na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/ Queimadores para alimentação de fornalhas de combustíveis líquidos, combustíveis sólidos pulverizados ou de gás; fornalhas automáticas, incluindo as antefornalhas, grelhas mecânicas, descarregadores mecânicos de cinzas e dispositivos semelhantes Fornos industriais ou de laboratório, incluindo os incineradores, não elétricos Congeladores (freezers) Outros Bombas de calor, exceto as máquinas e aparelhos de ar-condicionado da posição Máquinas não domésticas para preparação de sorvetes Resfriadores de leite Unidades fornecedoras de água, sucos ou bebidas carbonatadas - De água ou sucos Unidades fornecedoras de água, sucos ou bebidas carbonatadas - De bebidas carbonatadas Grupos frigoríficos de compressão para refrigeração ou para arcondicionado, com capacidade inferior ou igual a frigorias/hora Resfriadores de água, de absorção por brometo de lítio Outros Outras Aparelhos e dispositivos, mesmo aquecidos eletricamente (exceto os fornos e outros aparelhos da posição 85.14), para tratamento de matérias por meio de operações que impliquem mudança de temperatura, tais como aquecimento, cozimento, torrefação, destilação, retificação, esterilização, pasteurização, estufagem, secagem, evaporação, vaporização, condensação ou arrefecimento, exceto os de uso doméstico; aquecedores de água não elétricos, de aquecimento instantâneo ou de acumulação Calandras e laminadores, exceto os destinados ao tratamento de metais ou vidro, e seus cilindros Desnatadeiras - Com capacidade de processamento de leite superior ou igual a l/h Desnatadeiras - Outras Secadores de roupa - Outros Centrifugadores para laboratórios de análises, ensaios ou pesquisas científicas Outros Aparelhos para filtrar ou depurar líquidos - Para filtrar ou depurar água Aparelhos para filtrar ou depurar líquidos - Para filtrar ou depurar bebidas, exceto água Aparelhos para filtrar ou depurar líquidos - Para filtrar óleos minerais nos 8 motores de ignição por centelha ou por compressão Aparelho de osmose inversa Filtros-prensa Outros Filtros de entrada de ar para motores de ignição por centelha ou por

12 compressão Filtros eletrostáticos Depuradores por conversão catalítica de gases de escape de veículos Concentradores de oxigênio por depuração do ar, com capacidade de saída inferior ou igual a 6 l/min Outros Tambores rotativos com pratos ou discos separadores, de peso superior a 300 kg Outras De aparelhos para filtrar ou depurar gases, da subposição Dos tipos utilizados em linhas de sangue para hemodiálise Cartuchos de membrana de aparelhos de osmose inversa Outras , exceto código , exceto código Máquinas de lavar louça; máquinas e aparelhos para limpar ou secar garrafas ou outros recipientes; máquinas e aparelhos para encher, fechar, arrolhar ou rotular garrafas, caixas, latas, sacos ou outros recipientes; máquinas e aparelhos para capsular garrafas, vasos, tubos e recipientes semelhantes; outras máquinas e aparelhos para empacotar ou embalar mercadorias (incluindo as máquinas e aparelhos para embalar com película termo-retrátil); máquinas e aparelhos para gaseificar bebidas. Aparelhos e instrumentos de pesagem, incluindo as básculas e balanças para verificar peças usinadas, excluindo as balanças sensíveis a pesos não superiores a 5 cg; pesos para quaisquer balanças Aparelhos mecânicos (mesmo manuais) para projetar, dispersar ou pulverizar líquidos ou pós; extintores, mesmo carregados; pistolas aerográficas e aparelhos semelhantes; máquinas e aparelhos de jato de areia, de jato de vapor e aparelhos de jato semelhantes Talhas, cadernais e moitões; guinchos e cabrestantes; macacos Cábreas; guindastes, incluindo os de cabo; pontes rolantes, pórticos de descarga ou de movimentação, pontes-guindastes, carrospórticos e carros-guindastes Empilhadeiras; outros veículos para movimentação de carga e semelhantes, equipados com dispositivos de elevação Outras máquinas e aparelhos de elevação, de carga, de descarga ou de movimentação (por exemplo, elevadores, escadas rolantes, transportadores, teleféricos) Bulldozers, angledozers, niveladores, raspotransportadores scrapers), pás mecânicas, escavadores, carregadoras e pás carregadoras, compactadores e rolos ou cilindros compressores, autopropulsados Outras máquinas e aparelhos de terraplenagem, nivelamento, raspagem, escavação, compactação, extração ou perfuração da terra, de minerais ou minérios; bate-estacas e arranca-estacas; limpaneves Partes reconhecíveis como exclusiva ou principalmente destinadas às máquinas e aparelhos das posições a Máquinas e aparelhos de uso agrícola, hortícola ou florestal, para preparação ou trabalho do solo ou para cultura; rolos para gramados ou para campos de esporte Máquinas e aparelhos para colheita ou debulha de produtos agrícolas, incluindo as enfardadeiras de palha ou forragem; cortadores de grama e ceifeiras; máquinas para limpar ou selecionar ovos, frutas ou outros produtos agrícolas, exceto as da posição Máquinas de ordenhar e máquinas e aparelhos para a indústria de lacticínios Prensas, esmagadores e máquinas e aparelhos semelhantes, para fabricação de vinho, sidra, sucos (sumos) de frutas ou bebidas semelhantes Outras máquinas e aparelhos para agricultura, horticultura, silvicultura, avicultura ou apicultura, incluindo os germinadores equipados com dispositivos mecânicos ou térmicos e as chocadeiras e criadeiras para

13 avicultura Máquinas para limpeza, seleção ou peneiração de grãos ou de produtos hortícolas secos; máquinas e aparelhos para a indústria de moagem ou tratamento de cereais ou de produtos hortícolas secos, exceto dos tipos utilizados em fazendas Máquinas e aparelhos não especificados nem compreendidos noutras posições do presente Capítulo, para preparação ou fabricação industrial de alimentos ou de bebidas, exceto as máquinas e aparelhos para extração ou preparação de óleos ou gorduras vegetais fixos ou de óleos ou gorduras animais Máquinas e aparelhos para fabricação de pasta de matérias fibrosas celulósicas ou para fabricação ou acabamento de papel ou cartão Máquinas e aparelhos para brochura ou encadernação, incluindo as máquinas de costurar cadernos Outras máquinas e aparelhos para o trabalho de pasta de papel, papel ou cartão, incluindo as cortadeiras de todos os tipos Máquinas, aparelhos e equipamentos (exceto as máquinas-ferramentas das posições a 84.65), para preparação ou fabricação de clichês, blocos, cilindros ou outros elementos de impressão; clichês, blocos, cilindros e outros elementos de impressão; pedras litográficas, blocos, placas e cilindros, preparados para impressão (por exemplo, aplainados, granulados ou polidos) Máquinas e aparelhos de impressão, por ofsete, alimentados por bobinas - Para impressão multicolor de jornais, de largura superior ou igual a 900 mm, com unidades de impressão em configuração torre e dispositivos automáticos de emendar bobinas Máquinas e aparelhos de impressão, por ofsete, alimentados por bobinas - Outros Máquinas e aparelhos de impressão, por ofsete, dos tipos utilizados em escritórios, alimentados por folhas em que um lado não seja superior a 22 cm e que o outro não seja superior a 36 cm, quando não dobradas Outras máquinas e aparelhos de impressão, por ofsete Para impressão multicolor de recipientes de matérias plásticas, cilíndricos, cônicos ou de faces planas Alimentados por folhas de formato inferior ou igual a 37,5 cm x 51 cm - Com velocidade de impressão superior ou igual a folhas por hora Alimentados por folhas de formato inferior ou igual a 37,5 cm x 51 cm - Outros Outros Máquinas e aparelhos de impressão, tipográficos, alimentados por bobinas, excluindo as máquinas e aparelhos flexográficos Máquinas e aparelhos de impressão, tipográficos, não alimentados por bobinas, excluindo as máquinas e aparelhos flexográficos Máquinas e aparelhos de impressão, flexográficos Máquinas e aparelhos de impressão, heliográficos - Rotativas para heliogravura Máquinas e aparelhos de impressão, heliográficos - Outros Outros - Para serigrafia Outros Máquinas de impressão por jato de tinta Máquinas copiadoras eletrostáticas - De reprodução da imagem do original sobre a cópia por meio de um suporte intermediário (processo indireto), monocromáticas, para cópias de superfície inferior ou igual a 1 m2, com velocidade inferior a 100 cópias por minuto Máquinas copiadoras eletrostáticas - Outras, por processo indireto Máquinas copiadoras eletrostáticas - Outras Outras máquinas copiadoras Outras Partes de máquinas e aparelhos da subposição

14 Dobradoras Numeradores automáticos Outros Máquinas para extrudar, estirar, texturizar ou cortar matérias têxteis sintéticas ou artificiais Máquinas para preparação de matérias têxteis; máquinas para fiação, dobragem ou torção, de matérias têxteis e outras máquinas e aparelhos para fabricação de fios têxteis; máquinas de bobinar (incluindo as bobinadeiras de trama) ou de dobar matérias têxteis e máquinas para preparação de fios têxteis para sua utilização nas máquinas das posições ou Teares para tecidos Teares para fabricar malhas, máquinas de costura por entrelaçamento (couturetricotage), máquinas para fabricar guipuras, tules, rendas, bordados, passamanarias, galões ou redes e máquinas para inserir tufos Máquinas e aparelhos auxiliares para as máquinas das posições 84.44, 84.45, ou (por exemplo, ratieras, mecanismos Jacquard, quebra-urdiduras e quebratramas, mecanismos troca-lançadeiras); partes e acessórios reconhecíveis como exclusiva ou principalmente destinados às máquinas da presente posição ou das posições 84.44, 84.45, ou (por exemplo, fusos, aletas, guarnições de cardas, pentes, barras, fieiras, lançadeiras, liços e quadros de liços, agulhas, platinas, ganchos) Máquinas e aparelhos para fabricação ou acabamento de feltro ou de falsos tecidos, em peça ou em formas determinadas, incluindo as máquinas e aparelhos para fabricação de chapéus de feltro; formas para chapelaria Máquinas de capacidade, expressa em peso de roupa seca, superior a 10 kg , exceto código , exceto código e Máquinas e aparelhos (exceto as máquinas da posição 84.50) para lavar, limpar, espremer, secar, passar, prensar (incluindo as prensas fixadoras), branquear, tingir, para apresto e acabamento, para revestir ou impregnar fios, tecidos ou obras de matérias têxteis e máquinas para revestir tecidosbase ou outros suportes utilizados na fabricação de revestimentos para pisos (pavimentos), tais como linóleo; máquinas para enrolar, desenrolar, dobrar, cortar ou dentear tecidos. Máquinas de costura, exceto as de costurar cadernos da posição 84.40; móveis, bases e tampas, próprios para máquinas de costura; agulhas para máquinas de costura Máquinas e aparelhos para preparar, curtir ou trabalhar couros ou peles, ou para fabricar ou consertar calçados e outras obras de couro ou de pele, exceto máquinas de costura Conversores, cadinhos ou colheres de fundição, lingoteiras e máquinas de vazar (moldar), para metalurgia, aciaria ou fundição Laminadores de metais e seus cilindros Máquinas-ferramentas que trabalhem por eliminação de qualquer matéria, que operem por laser ou por outro feixe de luz ou de fótons, por ultrassom, por eletroerosão, por processos eletroquímicos, por feixes de elétrons, por feixes iônicos ou por jato de plasma; máquinas de corte a jato de água Centros de usinagem, máquinas de sistema monostático (single station) e máquinas de estações múltiplas, para trabalhar metais Tornos (incluindo os centros de torneamento) para metais Máquinas-ferramentas (incluindo as unidades com cabeça deslizante) para furar, mandrilar, fresar, roscar interior ou exteriormente metais, por eliminação de matéria, exceto os tornos (incluindo os centros de torneamento) da posição Máquinas-ferramentas para rebarbar, afiar, amolar, retificar, brunir, polir ou realizar outras operações de acabamento em metais ou ceramais

15 (cermets) por meio de mós, de abrasivos ou de produtos polidores, exceto as máquinas de cortar ou acabar engrenagens da posição Máquinas-ferramentas para aplainar, plainas-limadoras, máquinasferramentas para escatelar, brochar, cortar ou acabar engrenagens, serrar, seccionar e outras máquinas-ferramentas que trabalhem por eliminação de metal ou de ceramais (cermets), não especificadas nem compreendidas noutras posições Máquinas-ferramentas (incluindo as prensas) para forjar ou estampar, martelos, martelospilões e martinetes, para trabalhar metais; máquinasferramentas (incluindo as prensas) para enrolar, arquear, dobrar, endireitar, aplanar, cisalhar, puncionar ou chanfrar metais; prensas para trabalhar metais ou carbonetos metálicos, não especificadas acima Outras máquinas-ferramentas para trabalhar metais ou ceramais (cermets), que trabalhem sem eliminação de matéria Máquinas-ferramentas para trabalhar pedra, produtos cerâmicos, concreto, fibrocimento ou matérias minerais semelhantes, ou para o trabalho a frio do vidro Máquinas-ferramentas (incluindo as máquinas para pregar, grampear, colar ou reunir por qualquer outro modo) para trabalhar madeira, cortiça, osso, borracha endurecida, plásticos duros ou matérias duras semelhantes Partes e acessórios reconhecíveis como exclusiva ou principalmente destinados às máquinas das posições a 84.65, incluindo os portapeças e portaferramentas, as fieiras de abertura automática, os dispositivos divisores e outros dispositivos especiais, para máquinasferramentas; porta-ferramentas para ferramentas manuais de todos os tipos Furadeiras Rotativas (mesmo com sistema de percussão) - Outras Outras Cortadoras de tecidos Martelos Serras de corrente Outras Partes - De serras de corrente Partes - De ferramentas pneumáticas Outras Maçaricos de uso manual Outras máquinas e aparelhos a gás Outras máquinas e aparelhos - Para soldar por fricção Outras máquinas e aparelhos - Outras Partes - De maçaricos de uso manual Partes - De máquinas ou aparelhos para soldar por Fricção Outras Máquinas de tratamento de textos Máquinas de franquear correspondência Outras Outras unidades de máquinas automáticas para processamento de dados Leitores ou gravadores - Outros Outros Duplicadores Máquinas para selecionar, dobrar, envelopar ou cintar correspondência, máquinas para abrir, fechar ou lacrar correspondência e máquinas para colar ou obliterar selos - Outras Distribuidores (dispensadores) automáticos de papéis-moeda, incluindo os que efetuam outras operações bancárias Máquinas do tipo das utilizadas em caixas de banco, com dispositivo para autenticar - Outras.

16 Máquinas para selecionar e contar moedas ou papéis-moeda Máquinas para apontar lápis, perfuradores, grampeadores e desgrampeadores Máquinas para imprimir endereços ou para estampar placas de endereços Outros Partes e acessórios das máquinas da posição De máquinas para tratamento de textos Máquinas e aparelhos para selecionar, peneirar, separar, lavar, esmagar, moer, misturar ou amassar terras, pedras, minérios ou outras substâncias minerais sólidas (incluindo os pós e pastas); máquinas para aglomerar ou moldar combustíveis minerais sólidos, pastas cerâmicas, cimento, gesso ou outras matérias minerais em pó ou em pasta; máquinas para fazer moldes de areia para fundição Máquinas para montagem de lâmpadas, tubos ou válvulas, elétricos ou eletrônicos, ou de lâmpadas de luz relâmpago (flash), que tenham invólucro de vidro; máquinas para fabricação ou trabalho a quente do vidro ou das suas obras Máquinas automáticas de venda de produtos (por exemplo, selos, cigarros, alimentos ou bebidas), incluindo as máquinas de trocar dinheiro Máquinas e aparelhos para trabalhar borracha ou plásticos ou para fabricação de produtos dessas matérias, não especificados nem compreendidos noutras posições deste Capítulo Batedoras-separadoras automáticas de talos e folhas Outros Partes Máquinas e aparelhos mecânicos com função própria, não especificados nem compreendidos noutras posições deste Capítulo Caixas de fundição; placas de fundo para moldes; modelos para moldes; moldes para metais (exceto lingoteiras), carbonetos metálicos, vidro, matérias minerais, borracha ou plásticos Válvulas redutoras de pressão Código inexistente na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/ Válvulas para transmissões óleohidráulicas ou pneumáticas - Rotativas, de caixas de direção hidráulica - Com pinhão Válvulas para transmissões óleohidráulicas ou pneumáticas - Rotativas, de caixas de direção hidráulica - Outras Válvulas para transmissões óleohidráulicas ou pneumáticas - Outras Válvulas de retenção Válvulas de segurança ou de alívio Válvulas de expansão termostáticas ou pressostáticas Dos tipos utilizados em refrigeração - Outros Dos tipos utilizados em equipamentos a gás - Outros Válvulas solenoides Válvulas tipo gaveta Válvulas tipo globo Válvulas tipo esfera Válvulas tipo macho Válvulas tipo borboleta Outros Outras Rolamentos de roletes em forma de tonel Rolamentos de roletes cilíndricos - Outros Outros, incluindo os rolamentos combinados Roletes cilíndricos Roletes cônicos Outros Código inexistente na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/ Código inexistente na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/11.

17 84.83 Árvores de transmissão (incluindo as árvores de cames e virabrequins) e manivelas; mancais (chumaceiras) e bronzes ; engrenagens e rodas de fricção; eixos de esferas ou de roletes; redutores, multiplicadores, caixas de transmissão e variadores de velocidade, incluindo os conversores de torque; volantes e polias, incluindo as polias para cadernais; embreagens e dispositivos de acoplamento, incluindo as juntas de articulação Virabrequins Juntas metaloplásticas; jogos ou sortidos de juntas de composições diferentes, apresentados em bolsas, envelopes ou embalagens semelhantes; juntas de vedação mecânicas Máquinas e aparelhos dos tipos utilizados exclusiva ou principalmente na fabricação de esferas (boules) ou de plaquetas (wafers), de dispositivos semicondutores, de circuitos integrados eletrônicos ou de dispositivos de visualização de tela plana; máquinas e aparelhos especificados na Nota 9 C) do presente Capítulo; partes e acessórios Partes de máquinas ou de aparelhos, não especificadas nem compreendidas noutras posições do presente Capítulo, que não contenham conexões elétricas, partes isoladas eletricamente, bobinas, contatos nem quaisquer outros elementos com características elétricas Motores e geradores, elétricos, exceto os grupos eletrogêneos Grupos eletrogêneos e conversores rotativos elétricos De motores ou geradores das subposições , , , ou do item Outras Transformadores de dielétrico líquido - De potência não superior a 650 kva Transformadores de dielétrico líquido - De potência superior a 650 kva, mas não superior a kva Transformadores de dielétrico líquido - De potência superior a kva Transformadores de corrente Outros Transformadores - De potência inferior ou igual a 3 kva - Para frequências inferiores ou iguais a 60 Hz Outros Transformadores - De potência superior a 3 kva - Para frequências inferiores ou iguais a 60 Hz Transformadores - De potência superior a 16 kva, mas não superior a 500 kva Transformadores - De potência superior a 500 kva Retificadores, exceto carregadores de acumuladores - Eletrolíticos Conversores de corrente contínua Conversores eletrônicos de frequência, para variação de velocidade de motores elétricos Outros Ímãs permanentes e artefatos destinados a tornarem-se ímãs permanentes após magnetização - De ferrita (cerâmicos) Acoplamentos, embreagens, variadores de velocidade e freios, eletromagnéticos - Outros Eletroímãs Outros Partes Código inexistente na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/ Acumuladores elétricos e seus separadores, mesmo de forma quadrada ou retangular - De chumbo, do tipo utilizado para o arranque dos motores de pistão - De capacidade inferior ou igual a 20 Ah e tensão inferior ou igual a 12 V Acumuladores elétricos e seus separadores, mesmo de forma quadrada ou retangular - Outros.

18 Outros acumuladores de chumbo - De peso inferior ou igual a kg Outros acumuladores de chumbo - Outros Separadores Outros Outros aspiradores Outros - Partes , exceto código , exceto código Aparelhos e dispositivos elétricos de ignição ou de arranque para motores de ignição por centelha ou por compressão (por exemplo, magnetos, dínamos-magnetos, bobinas de ignição, velas de ignição ou de aquecimento, motores de arranque); geradores (por exemplo, dínamos e alternadores) e conjuntores-disjuntores utilizados com estes motores. Aparelhos elétricos de iluminação ou de sinalização (exceto os da posição 85.39), limpadores de pára-brisas, degeladores e desembaçadores elétricos, dos tipos utilizados em ciclos ou automóveis Lanternas elétricas portáteis destinadas a funcionar por meio de sua própria fonte de energia (por exemplo, de pilhas, de acumuladores, de magnetos), excluindo os aparelhos de iluminação da posição Fornos de resistência (de aquecimento indireto) - Industriais Fornos de resistência (de aquecimento indireto) - Outros Fornos que funcionam por indução ou por perdas dielétricas - Por indução - Industriais Fornos que funcionam por indução ou por perdas dielétricas - Por indução - Outros Fornos que funcionam por indução ou por perdas dielétricas - Por perdas dielétricas Outros fornos - De resistência (de aquecimento direto) - Industriais Outros fornos - De resistência (de aquecimento direto) - Outros Outros fornos - De arco voltaico - Industriais Outros fornos- De arco voltaico - Outros Outros Outros aparelhos para tratamento térmico de matérias por indução ou por perdas dielétricas Partes Ferros e pistolas Máquinas e aparelhos para soldadura forte ou fraca - Outros Máquinas e aparelhos para soldar metais por resistência - Inteira ou parcialmente automáticos Máquinas e aparelhos para soldar metais por resistência - Outros Robôs para soldar, por arco, em atmosfera inerte (MIG - Metal Inert Gas) ou atmosfera ativa (MAG - Metal Active Gas), de comando numérico Outros Outros Outras máquinas e aparelhos - Para soldar a laser Outras máquinas e aparelhos - Outros Partes Aquecedores elétricos de água, incluindo os de imersão Aparelhos para preparação de café ou de chá Fritadoras Outros Resistências de aquecimento - Para aparelhos da presente posição Resistências de aquecimento - Partes Outros - Não combinados com outros aparelhos Outros - Outros Estações-base - De telefonia celular Aparelhos para recepção, conversão, emissão e transmissão ou regeneração de voz, imagens ou outros dados, incluindo os aparelhos de comutação e roteamento - Multiplexadores por divisão de tempo, digitais síncronos, com velocidade de transmissão igual ou superior a 155 Mbits/s Centrais automáticas públicas, para comutação eletrônica, incluindo as de

19 trânsito Centrais automáticas privadas, de capacidade inferior ou igual a 25 ramais Centrais automáticas privadas, de capacidade superior a 25 ramais e inferior ou igual a 200 ramais Centrais automáticas privadas, de capacidade superior a 200 ramais Outros Outras centrais automáticas para comutação por pacote Outros aparelhos para comutação - Outros Roteadores digitais, em redes com ou sem fio - Com capacidade de conexão sem fio Roteadores digitais, em redes com ou sem fio - Outros, com velocidade de interface serial de pelo menos 4 Mbits/s, próprios para interconexão de redes locais com protocolos distintos Aparelhos para transmissão ou recepção de voz, imagem ou outros dados em rede com fio - Terminais ou repetidores sobre linhas Metálicas Distribuidores de conexões para redes (hubs) Moduladores/demoduladores (modems) Aparelhos para transmissão ou recepção de voz, imagem ou outros dados em rede com fio - Outros Aparelhos emissores com receptor incorporado de sistema troncalizado (trunking), de tecnologia celular, ou por satélite - De tecnologia celular Outros aparelhos emissores com receptor incorporado, digitais - De frequência inferior a 15 GHz e de taxa de transmissão inferior ou igual a 34 Mbits/s, exceto os de sistema bidirecional de radiomensagens de taxa de transmissão inferior ou igual a 112 kbits/s Outros aparelhos emissores com receptor incorporado, digitais - Outros, de frequência inferior a 15 GHz Outros aparelhos emissores com receptor incorporado, digitais - De frequência superior ou igual a 15 GHz, mas inferior ou igual a 23 GHz e taxa de transmissão inferior ou igual a 8 Mbit/s Outros aparelhos emissores com receptor incorporado, digitais - Outros Tradutores (conversores) de protocolos para interconexão de redes (gateways) Outros Outros Circuitos impressos com componentes elétricos ou eletrônicos, montados Alto-falante (altifalante) único montado no seu receptáculo Alto-falantes (altifalantes) múltiplos montados no mesmo receptáculo Outros Aparelhos de radiotelecomando Combinados com um aparelho de gravação ou de reprodução de som - Com toca-fitas Combinados com um aparelho de gravação ou de reprodução de som - Outros Outros Código inexistente na TIPI, aprovada pelo Decreto nº 7.660/ Receptor-decodificador integrado (IRD) de sinais digitalizados de vídeo codificados - Sem saída de radiofrequência (RF) modulada nos canais 3 ou 4, com saídas de áudio balanceadas com impedância de 600 Ohms, próprio para montagem em racks e com saída de vídeo com conector BNC Outras - De aparelhos das posições ou Aparelhos elétricos de alarme para proteção contra roubo ou incêndio e aparelhos semelhantes - Outros Condensadores fixos concebidos para linhas elétricas de 50/60 Hz e capazes de absorver uma potência reativa igual ou superior a 0,5 kvar (condensadores de potência) Outros.

20 Disjuntores - Para uma tensão inferior a 72,5 kv Seccionadores e interruptores - Outros, com dispositivo de acionamento não Automático Seccionadores e interruptores - Outros, com dispositivo de acionamento automático, exceto os de contatos imersos em meio líquido Seccionadores e interruptores - Outros, com dispositivo de acionamento não automático Seccionadores e interruptores - Outros, com dispositivo de acionamento automático, exceto os de contatos imersos em meio líquido Fusíveis e corta-circuitos de fusíveis Disjuntores Outros aparelhos para proteção de circuitos elétricos Relés - Para uma tensão não superior a 60 V Relés - Outros, Outros interruptores, seccionadores e Comutadores - Outros Suportes para lâmpadas Tomada polarizada e tomada blindada Outros Conectores para cabos planos constituídos por condutores paralelos isolados individualmente Conectores para circuito impresso Outros Controladores programáveis Outros Para uma tensão superior a V - Outros Quadros, painéis, consoles, cabinas, 15 armários e outros suportes, da posição 85.37, desprovidos dos seus aparelhos Outras Outros - Para uma tensão inferior ou igual a 15 V Outros Outros Diodos, transistores e dispositivos semelhantes semicondutores; dispositivos fotossensíveis semicondutores, incluindo as células fotovoltaicas, mesmo montadas em módulos ou em painéis; diodos emissores de luz; cristais piezelétricos montados Aceleradores de partículas Geradores de sinais Máquinas e aparelhos de galvanoplastia, eletrólise ou eletroforese Amplificadores de radiofrequência - Para distribuição de sinais de televisão Máquinas e aparelhos auxiliares para vídeo - Outros Transcodificadores ou conversores de padrões de televisão Outros Partes - Outras Jogos de fios para velas de ignição e outros jogos de fios dos tipos utilizados em quaisquer veículos Outros condutores elétricos, para uma tensão não superior a V - Munidos de peças de conexão Outros condutores elétricos, para uma tensão não superior a V - Outros , exceto código , exceto código Outras. Isoladores elétricos de qualquer matéria De vidro. Peças isolantes inteiramente de matérias isolantes, ou com simples peças metálicas de montagem (suportes roscados, por exemplo) incorporadas na massa, para máquinas, aparelhos e instalações elétricas, exceto os isoladores da posição 85.46; tubos isoladores e suas peças de ligação, de metais comuns, isolados interiormente.

DECRETO Nº 8.224, DE 3 DE ABRIL DE 2014

DECRETO Nº 8.224, DE 3 DE ABRIL DE 2014 CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Documentação e Informação DECRETO Nº 8.224, DE 3 DE ABRIL DE 2014 Estabelece a aplicação de margem de preferência em licitações realizadas no âmbito da administração pública

Leia mais

- 1,0 01/01/2013 31/12/2014

- 1,0 01/01/2013 31/12/2014 Tabela 5.1.1 Código de Atividades, Produtos e Serviços Sujeitos à Contribuição Sobre a Receita Bruta - Atualizada em 0904/2013 Código Descrição do Produto NCM Alíquotas Início de Escrituração Término de

Leia mais

DESONERAÇÃO DA FOLHA - CPRB - ATIVIDADES DO ART. 8º DA LEI Nº 12.546/11, ALTERADA PELA LEI Nº 12.715/12

DESONERAÇÃO DA FOLHA - CPRB - ATIVIDADES DO ART. 8º DA LEI Nº 12.546/11, ALTERADA PELA LEI Nº 12.715/12 DESONERAÇÃO DA FOLHA - CPRB - ATIVIDADES DO ART. 8º DA LEI Nº 12.546/11, ALTERADA PELA LEI Nº 12.715/12 Matéria atualizada com base na legislação vigente em: 20/09/2012. Sumário: 1 - Introdução 2 - Objetivo

Leia mais

ANEXO. Anexo I-A do título IV do Acordo de Associação entre a União Europeia e os seus Estados-Membros, por um lado, e a Ucrânia, por outro

ANEXO. Anexo I-A do título IV do Acordo de Associação entre a União Europeia e os seus Estados-Membros, por um lado, e a Ucrânia, por outro COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 15.5.2013 COM(2013) 290 final Annex II - Part 20/22 ANEXO Anexo I-A do título IV do Acordo de Associação entre a União Europeia e os seus Estados-Membros, por um lado, e a Ucrânia,

Leia mais

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço Capítulo 73 Obras de ferro fundido, ferro ou aço Notas. 1.- Neste Capítulo, consideram-se de ferro fundido os produtos obtidos por moldação nos quais o ferro predomina em peso sobre cada um dos outros

Leia mais

DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO ALTERAÇÕES FEITAS PELA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 601/2012

DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO ALTERAÇÕES FEITAS PELA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 601/2012 CIRCULAR Nº 01/2013 São Paulo, 02 de Janeiro de 2013. DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO ALTERAÇÕES FEITAS PELA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 601/2012 Prezado Cliente, No dia 28/12/2012, foi publicada a Medida Provisória

Leia mais

DIREITOS ADUANEIROS SADC IMP CONS CÓDIGO DO S.H. N.º DE POSIÇÃO DESIGNAÇÃO DAS MERCADORIAS UNIDADE C. IVA TAXA GERAL. Ad. Valorem.

DIREITOS ADUANEIROS SADC IMP CONS CÓDIGO DO S.H. N.º DE POSIÇÃO DESIGNAÇÃO DAS MERCADORIAS UNIDADE C. IVA TAXA GERAL. Ad. Valorem. N.º DE POSIÇÃO CÓDIGO DO S.H. DESIGNAÇÃO DAS MERCADORIAS UNIDADE C. TAXA GERAL DIREITOS ADUANEIROS SADC RSA OUTROS M. CAT. Taxa CAT. Taxa UE IMP CONS Ad. Valorem Valor Minimo IVA 73.01 Estacaspranchas

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 46.999, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2010. (publicado no DOE nº 029, de 12 de fevereiro de 2010) Modifica o Regulamento

Leia mais

8443.32.34 A laser, LED (Diodos Emissores de Luz) ou LCS (Sistema de Cristal Líquido), monocromáticas, 15

8443.32.34 A laser, LED (Diodos Emissores de Luz) ou LCS (Sistema de Cristal Líquido), monocromáticas, 15 84.38 Máquinas e aparelhos não especificados nem compreendidos noutras posições do presente Capítulo, para preparação ou fabricação industrial de alimentos ou de bebidas, exceto as máquinas e aparelhos

Leia mais

ANEXO II Redução da Base de Cálculo (Previsto no artigo 28 deste regulamento)

ANEXO II Redução da Base de Cálculo (Previsto no artigo 28 deste regulamento) ANEXO II Redução da Base de Cálculo (Previsto no artigo 28 deste regulamento) TABELA II DO ANEXO II REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO CONCESSÕES POR TEMPO DETERMINADO 1 - VENCIDO E NÃO PRORROGADO VIDE ITEM 14

Leia mais

Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes

Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Notas. 1.- Este Capítulo não compreende: a) as mós e artefatos semelhantes para moer e outros artefatos

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR Nº 06/2014 Rio de Janeiro, 26 de maio de 2014 Ref.: Linhas de Financiamento dos Produtos BNDES Exim Pré-embarque e BNDES Exim Pós-embarque

Leia mais

DECRETO Nº 52.837, DE 26 DE MARÇO DE 2008

DECRETO Nº 52.837, DE 26 DE MARÇO DE 2008 DECRETO Nº 52.837, DE 26 DE MARÇO DE 2008 (DOE 27-03-2008) Introduz alteração no Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte

Leia mais

"ANEXO I CLÁUSULA PRIMEIRA DO CONVÊNIO ICMS 52/91 MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS

ANEXO I CLÁUSULA PRIMEIRA DO CONVÊNIO ICMS 52/91 MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS "ANEXO I CLÁUSULA PRIMEIRA DO CONVÊNIO ICMS 52/91 MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1 Cabeça de poço para perfuração de poços de petróleo 7307.19.20 2 Ferramentas de

Leia mais

ANEXO 5 AO COMUNICADO: SÃO PAULO E SANTA CATARINA ALTERAÇÃO DE ACORDO DE ST.

ANEXO 5 AO COMUNICADO: SÃO PAULO E SANTA CATARINA ALTERAÇÃO DE ACORDO DE ST. ANEXO 5 AO COMUNICADO: SÃO PAULO E SANTA CATARINA ALTERAÇÃO DE ACORDO DE ST. Abrangência: operações interestaduais originadas do Estado de São Paulo e destinadas ao Estado de Santa Catarina. Produto: materiais

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 722-A, DE 2011 (Do Sr. Jorge Corte Real)

PROJETO DE LEI N.º 722-A, DE 2011 (Do Sr. Jorge Corte Real) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 722-A, DE 2011 (Do Sr. Jorge Corte Real) Estabelece medidas de estímulo ao investimento, altera o art. 1º da Lei nº 11.529, de 22 de outubro de 2007, e dá outras

Leia mais

Gênero do NCM. 03 - Peixes, Crustaceos, Moluscos e outros invertebrados Aquaticos

Gênero do NCM. 03 - Peixes, Crustaceos, Moluscos e outros invertebrados Aquaticos 01 - Animais Vivos Gênero do NCM 02 - Carnes e miudezas 03 - Peixes, Crustaceos, Moluscos e outros invertebrados Aquaticos 04 - Produtos Comestiveis de origem animal 05 - Outros Produtos de Origem Animal

Leia mais

Capítulo 59. Tecidos impregnados, revestidos, recobertos ou estratificados; artigos para usos técnicos de matérias têxteis

Capítulo 59. Tecidos impregnados, revestidos, recobertos ou estratificados; artigos para usos técnicos de matérias têxteis Capítulo 59 Tecidos impregnados, revestidos, recobertos ou estratificados; artigos para usos técnicos de matérias têxteis Notas. 1. Ressalvadas as disposições em contrário, a designação tecidos, quando

Leia mais

Capítulo 68. Obras de pedra, gesso, cimento, amianto, mica ou de matérias semelhantes

Capítulo 68. Obras de pedra, gesso, cimento, amianto, mica ou de matérias semelhantes Capítulo 68 Obras de pedra, gesso, cimento, amianto, mica ou de matérias semelhantes Notas. 1.- O presente Capítulo não compreende: a) os produtos do Capítulo 25; b) o papel e cartão revestidos, impregnados

Leia mais

OFICIAL ANO XXIX PORTO VELHO QUINTA-FEIRA, 07 DE JANEIRO DE 2016 N 03 - CADERNO PRINCIPAL. Atos do Executivo GOVERNADORIA

OFICIAL ANO XXIX PORTO VELHO QUINTA-FEIRA, 07 DE JANEIRO DE 2016 N 03 - CADERNO PRINCIPAL. Atos do Executivo GOVERNADORIA OFICIAL ANO XXIX PORTO VELHO QUINTA-FEIRA, 07 DE JANEIRO DE 2016 N 03 - CADERNO PRINCIPAL www.diof.ro.gov.br SUMÁRIO Governadoria...01 Secretaria Executiva do Gabinete do Governador... Secrestaria de Estado

Leia mais

Portaria CAT 72, de 19-07-2013

Portaria CAT 72, de 19-07-2013 Portaria CAT 72, de 19-07-2013 Estabelece a base de cálculo na saída das mercadorias que especifica, com destino a revendedores que atuam no segmento de vendas a consumidor final pelo sistema porta-aporta.

Leia mais

Capítulo 76. Alumínio e suas obras

Capítulo 76. Alumínio e suas obras Capítulo 76 Alumínio e suas obras Nota. 1. Neste Capítulo consideram-se: a) Barras: os produtos laminados, extrudados, estirados ou forjados, não enrolados, cuja seção transversal, maciça e constante em

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA SRRF 6ª REGIÃO FISCAL Divisão de Tributação Elaboração: Marcelo Almeida SUPERINTENDÊNCIA DA RECEITA FEDERAL EM MINAS GERAIS ABORDAGEM DO TEMA - Aspectos constitucionais

Leia mais

Cód. Rendimento Descrição Beneficiário PJ PF Beneficiários no Brasil 0916 Prêmios obtidos em concursos e sorteios S S Beneficiários no Brasil

Cód. Rendimento Descrição Beneficiário PJ PF Beneficiários no Brasil 0916 Prêmios obtidos em concursos e sorteios S S Beneficiários no Brasil TABELA CÓDIGOS PARA PAGAMENTOS Classificação do Rendimento Cód. Rendimento Descrição Beneficiário PJ PF Brasil 6 Prêmios obtidos em concursos e sorteios S S Brasil Fundos de Investimento Cultural e Artístico

Leia mais

Capítulo 84. Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes

Capítulo 84. Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Notas. 1.- Este Capítulo não compreende: a) as mós e artefatos semelhantes para moer e outros artefatos

Leia mais

4416 BARRIS, CUBAS, BALSAS, DORNAS, SELHAS E OUTRAS OBRAS DE TANOEIRO 5

4416 BARRIS, CUBAS, BALSAS, DORNAS, SELHAS E OUTRAS OBRAS DE TANOEIRO 5 Referência NCM Bens Prazo de vida útil (anos) Capítulo 01 ANIMAIS VIVOS 1 ANIMAIS VIVOS DAS ESPÉCIES CAVALAR, ASININA E MUAR 2 ANIMAIS VIVOS DA ESPÉCIE BOVINA 3 ANIMAIS VIVOS DA ESPÉCIE SUÍNA 4 ANIMAIS

Leia mais

ANEXO AO COMUNICADO: ACORDO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

ANEXO AO COMUNICADO: ACORDO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO ANEXO AO COMUNICADO: ACORDO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO Abrangência: operações interestaduais originadas do estado de São Paulo e destinadas ao estado do Amapá e ao Distrito Federal.

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Relações Económicas Portugal - Filipinas Fevereiro 2010 Relações Económicas Portugal Filipinas (Fevereiro 2010) Índice 1. Relações Económicas Portugal Filipinas 3 1.1. Comércio

Leia mais

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1

CORTE DOS METAIS. Prof.Valmir Gonçalves Carriço Página 1 CORTE DOS METAIS INTRODUÇÃO: Na indústria de conformação de chapas, a palavra cortar não é usada para descrever processos, exceto para cortes brutos ou envolvendo cortes de chapas sobrepostas. Mas, mesmo

Leia mais

Capítulo 84. Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes

Capítulo 84. Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Notas. 1. Este Capítulo não compreende: a) as mós e artefatos semelhantes para moer, e outros artefatos

Leia mais

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço Capítulo 73 Obras de ferro fundido, ferro ou aço Notas. 1. Neste Capítulo, consideram-se de ferro fundido os produtos obtidos por moldação nos quais o ferro predomina em peso sobre cada um dos outros elementos,

Leia mais

Anexo I - Bens relacionados na Nomenclatura Comum do MERCOSUL - NCM. Bens

Anexo I - Bens relacionados na Nomenclatura Comum do MERCOSUL - NCM. Bens INSTRUÇÃO SRF Nº 162, DE 31 DE DEZEMBRO DE 1998 Fixa prazo de vida útil e taxa de depreciação dos bens que relaciona. O SECRETÁRIO DA RECEITA FEDERAL, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto

Leia mais

EMAF. AEP / Gabinete de Estudos

EMAF. AEP / Gabinete de Estudos EMAF AEP / Gabinete de Estudos Janeiro de 2008 1. Variáveis e Indicadores das Empresas 1 A fabricação de máquinas-ferramentas (CAE 294) reunia, em 2004, 126 empresas e 2176 trabalhadores, empregando, cada

Leia mais

Materiais de Construção e Congêneres terão novos IVA-ST a partir de 01/08/2012

Materiais de Construção e Congêneres terão novos IVA-ST a partir de 01/08/2012 CIRCULAR Nº 27/2012 São Paulo, 30 de Julho de 2012. Materiais de Construção e Congêneres terão novos IVA-ST a partir de 01/08/2012 Prezado Cliente, Por meio da Portaria CAT nº 92/2012, publicada na última

Leia mais

PROTOCOLO ICMS 112, DE 29 DE JULHO DE 2010.

PROTOCOLO ICMS 112, DE 29 DE JULHO DE 2010. Publicado no DOU de 10.08.10 PROTOCOLO ICMS 112, DE 29 DE JULHO DE 2010. Altera o Protocolo ICMS 32/09, que dispõe sobre a substituição tributária nas operações com materiais de construção, acabamento,

Leia mais

Protoc. ICMS CONFAZ 24/09 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 24 de 03.06.2009

Protoc. ICMS CONFAZ 24/09 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 24 de 03.06.2009 Protoc. ICMS CONFAZ 24/09 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 24 de 03.06.2009 D.O.U.: 04.06.2009 Dispõe sobre a substituição tributária nas operações interestaduais

Leia mais

Taxas de Depreciação Para Bens do Ativo Permanente

Taxas de Depreciação Para Bens do Ativo Permanente Taxas de Depreciação Para Bens do Ativo Permanente DEPRECIAÇÃO A Resolução CFC 1.027/2005, que aprovou a NBC T 19.5 Depreciação, expediu a seguinte definição: Depreciação é a redução do valor dos bens

Leia mais

DESONERAÇÃO DA FOLHA. Eliane Valcam

DESONERAÇÃO DA FOLHA. Eliane Valcam DESONERAÇÃO DA FOLHA Eliane Valcam DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO O que é a desoneração da folha de pagamento? É a substituição da contribuição patronal previdenciária (20% sobre a folha de pagamento

Leia mais

MVA ALÍQUOTA INTERNA ORIGINAL ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 3917.10.10 17,00% 33,00% 41,01% 53,83%

MVA ALÍQUOTA INTERNA ORIGINAL ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 3917.10.10 17,00% 33,00% 41,01% 53,83% Abrangência: operações interestaduais originadas do Estado de São Paulo e destinadas ao Estado de Goiás. Produtos: materiais de construção, acabamento, bricolagem ou adorno. Conteúdo: acordos de substituição

Leia mais

São Paulo, 10 de outubro de 2011 Departamento Jurídico

São Paulo, 10 de outubro de 2011 Departamento Jurídico São Paulo, 10 de outubro de 2011 Departamento Jurídico Informação. REF.: Protocolo ICMS nº 82, de 30 de setembro de 2011, que dispõe sobre a substituição tributária nas operações com materiais de construção,

Leia mais

TÉCNICO EM MECÂNICA NOME: Nº INSC.: PRRH. Pró-Reitoria de Recursos Humanos

TÉCNICO EM MECÂNICA NOME: Nº INSC.: PRRH. Pró-Reitoria de Recursos Humanos TÉNIO M MÂNI NOM: Nº INS.: PRRH Pró-Reitoria de Recursos Humanos Para a usinagem de uma engrenagem de 55 dentes, de módulo 2 mm, foi utilizada uma barra de seção circular de 5". onsiderando a necessidade

Leia mais

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX MN

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX MN CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre eles, de borracha sintética de elevada resistência a abrasão.

Leia mais

Colocamos a disposição para melhor orientação a tabela do IPI, onde você irá encontrar as Nomenclaturas referidas de acordo com o seu produto.

Colocamos a disposição para melhor orientação a tabela do IPI, onde você irá encontrar as Nomenclaturas referidas de acordo com o seu produto. Colocamos a disposição para melhor orientação a tabela do IPI, onde você irá encontrar as Nomenclaturas referidas de acordo com o seu produto. Observe que para as Indústrias de Confecções que trabalham

Leia mais

MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS DESTINADOS À UTILIZAÇÃO COMO ATIVO PERMANENTE - BENEFÍCIO DE REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS

MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS DESTINADOS À UTILIZAÇÃO COMO ATIVO PERMANENTE - BENEFÍCIO DE REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS MÁQUINAS, APARELHOS E EQUIPAMENTOS DESTINADOS À UTILIZAÇÃO COMO ATIVO PERMANENTE - BENEFÍCIO DE REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO DO ICMS Matéria elaborada com base na Legislação vigente em 18.12.2012. Sumário:

Leia mais

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1 Cabeça de poço para perfuração de poços de petróleo 7307.19.20 2 Ferramentas de embutir, de estampar ou de puncionar 8207.30.00 3 Brocas 8207.19.00 4 CALDEIRAS DE VAPOR, SEUS APARELHOS

Leia mais

Portaria CAT 92, de 26-07-2012

Portaria CAT 92, de 26-07-2012 Portaria CAT 92, de 26-07-2012 (DOE 27-07-2012) Estabelece a base de cálculo na saída de produtos de materiais de construção e congêneres, a que se refere o artigo 313-Z do Regulamento do ICMS. O Coordenador

Leia mais

DECRETO Nº 874, DE 29 DE OUTUBRO DE 2013

DECRETO Nº 874, DE 29 DE OUTUBRO DE 2013 DECRETO Nº 874, DE 29 DE OUTUBRO DE 2013 Publicado no DOE(Pa) de 30.10.13. Altera dispositivos do Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestação de Serviços

Leia mais

PROTOCOLO ICMS 85, DE 30 DE SETEMBRO DE 2011

PROTOCOLO ICMS 85, DE 30 DE SETEMBRO DE 2011 PROTOCOLO ICMS 85, DE 30 DE SETEMBRO DE 2011 Publicado no DOU de 13.10.11, pelo Despacho 186/11. Ver, quanto à aplicação no Estado de SE, o Despacho 230/11. Ver, quanto à aplicação no Estado de GO, o Despacho

Leia mais

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO PROCESSOS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO PROCESSOS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA PROCESSOS DE FABRICAÇÃO PROCESSOS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA 19/08/2008 1 CONFORMAÇÃO MECÂNICA Em um ambiente industrial, a conformação mecânica é qualquer operação durante a qual se aplicam esforços mecânicos

Leia mais

Máquinas- ferramentas AEP / GABINETE DE ESTUDOS

Máquinas- ferramentas AEP / GABINETE DE ESTUDOS Máquinas- ferramentas AEP / GABINETE DE ESTUDOS MAIO DE 2004 A fabricação de máquinas-ferramentas (CAE 294) reunia, em 2001, 156 empresas e 2323 trabalhadores, empregando, cada unidade de produção, em

Leia mais

Mercadores. Admissão Temporária. Coletânea (Normas Vigentes)

Mercadores. Admissão Temporária. Coletânea (Normas Vigentes) Mercadores Admissão Temporária Coletânea (Normas Vigentes) Versão 2.06 - Agosto de 2015 Atualizada até: nstrução Normativa RFB nº 1566, de 28 de maio de 2015 Paulo Werneck mercadores.blogspot.com www.mercadores.com.br

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MSN

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MSN ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MSN CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX MSN são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido nodular, e um elemento poliuretano alojado entre eles

Leia mais

ACORDOS DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO

ACORDOS DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO ACORDOS DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO Abrangência: operações interestaduais originadas do estado de São Paulo e destinadas ao estado do Rio de Janeiro. Produto: eletrônicos, eletroeletrônicos

Leia mais

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E DO TURISMO GABINETE DO MINISTRO

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E DO TURISMO GABINETE DO MINISTRO MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E DO TURISMO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 368, DE 5 DE DEZEMBRO DE 1995 A MINISTRA DE ESTADO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E DO TURISMO, no uso de suas atribuições,

Leia mais

ANO XXII - 2011-4ª SEMANA DE AGOSTO DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 35/2011 IPI ICMS - DF/GO/TO ICMS - DF ICMS - GO LEGISLAÇÃO - GO ICMS - TO

ANO XXII - 2011-4ª SEMANA DE AGOSTO DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 35/2011 IPI ICMS - DF/GO/TO ICMS - DF ICMS - GO LEGISLAÇÃO - GO ICMS - TO IPI ANO XXII - 2011-4ª SEMANA DE AGOSTO DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 35/2011 CLASSIFICAÇÃO FISCAL DE PRODUTOS - NOTAS DO SISTEMA NESH Introdução - Classificação - Apresentação da Consulta - Notas Explicativas...

Leia mais

Anuário - Tabelas Práticas e Instruções

Anuário - Tabelas Práticas e Instruções APRESENTAÇÃO Este Anuário tem por objetivo principal complementar os Calendários Tributário e Trabalhista/Previdenciário que você recebe mensalmente e auxiliá-lo no cumprimento das obrigações fiscais,

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS)

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS) ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX GR são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre

Leia mais

PORTARIA CAT N 121, DE 27 DE AGOSTO DE 2012. (DOE de 28.08.2012)

PORTARIA CAT N 121, DE 27 DE AGOSTO DE 2012. (DOE de 28.08.2012) PORTARIA CAT N 121, DE 27 DE AGOSTO DE 2012 (DOE de 28.08.2012) Estabelece a base de cálculo na saída de produtos de materiais de construção e congêneres, a que se refere o artigo 313-Z do Regulamento

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 417, DE 27 DE MARÇO DE 1998

RESOLUÇÃO Nº 417, DE 27 DE MARÇO DE 1998 RESOLUÇÃO Nº 417, DE 27 DE MARÇO DE 1998 Dispõe sobre as empresas industriais enquadráveis nos Artigos 59 e 60 da Lei n.º 5.194/66. O CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA, no uso das

Leia mais

Coeficiente de Especializaçao dos Empregos na Industria Região Administrativa de Franca

Coeficiente de Especializaçao dos Empregos na Industria Região Administrativa de Franca Coeficiente de Especializaçao dos Empregos na Industria Região Administrativa de Franca Franca Total da Indústria NA NA Indústria Extrativa 0,157899 0,018606 Indústria de Transformação 99,842101 99,981394

Leia mais

Valor das Importações e das Exportações, nos Açores, por ano

Valor das Importações e das Exportações, nos Açores, por ano Q.10.01 - Resultados Globais, por ano Unidade: 1 000 Euros 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 Importações (CIF) 34 490 773 37 505 656 43 257 180 44 093 881 42 466 265 41 753 699 45

Leia mais

Itens excluídos: Itens incluídos:

Itens excluídos: Itens incluídos: Abrangência: operações interestaduais originadas do estado de São Paulo e destinadas ao estado do Amapá. Produto: eletrônicos, eletroeletrônicos e eletrodomésticos. Conteúdo: alteração do acordo de substituição

Leia mais

RESÍDUOS DE EQUIPAMENTO ELÉCTRICO E ELECTRÓNICO - REEE

RESÍDUOS DE EQUIPAMENTO ELÉCTRICO E ELECTRÓNICO - REEE RESÍDUOS DE EQUIPAMENTO ELÉCTRICO E ELECTRÓNICO - REEE Centro de Recepção de REEE do Concelho da Figueira da Foz: Ecocentro do Aterro Sanitário da Figueira da Foz (EN109) Horário: De 2ª feira a 6ª feira

Leia mais

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX CR (COM CRUZETA)

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX CR (COM CRUZETA) ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX CR (COM CRUZETA) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX CR são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Relações Económicas Portugal Cuba Novembro 2010 Relações Económicas Portugal Cuba (Novembro 2010) Índice 1. Relações Económicas Portugal Cuba 3 1.1 Comércio 3 1.1.1 Importância

Leia mais

ANEXO IV REGIME DE ORIGEM. Apêndice 2 Artigo 5º REQUISITOS ESPECÍFICOS DE ORIGEM PARA PRODUTOS DO SETOR AUTOMOTIVO

ANEXO IV REGIME DE ORIGEM. Apêndice 2 Artigo 5º REQUISITOS ESPECÍFICOS DE ORIGEM PARA PRODUTOS DO SETOR AUTOMOTIVO ANEXO IV REGIME DE ORIGEM Apêndice 2 Artigo 5º REQUISITOS ESPECÍFICOS DE ORIGEM PARA PRODUTOS DO SETOR AUTOMOTIVO REQUISITOS ESPECÍFICOS DE ORIGEM SETOR AUTOMOTIVO Artigo 1. Os requisitos que se estabelecem

Leia mais

TABELA DE MVA AJUSTADA - MATERIAL DE CONSTRUÇÃO - RESOLUÇÃO n 08/2012 ORIGEM. Página 1 de 11

TABELA DE MVA AJUSTADA - MATERIAL DE CONSTRUÇÃO - RESOLUÇÃO n 08/2012 ORIGEM. Página 1 de 11 TABELA DE - MATERIAL DE CONSTRUÇÃO - RESOLUÇÃO n 08/2012 ORIGEM Item NCM/SH Descrição das mercadorias (%) 7% 12% 1. 3816.00.1 Argamassas 37 3824.50.00 2..16 Revestimentos de PVC e outros plásticos; forro,

Leia mais

DECRETO Nº 1.495, DE 22 DE JANEIRO DE 2009

DECRETO Nº 1.495, DE 22 DE JANEIRO DE 2009 DECRETO Nº 1.495, DE 22 DE JANEIRO DE 2009 Publicado no DOE(Pa) de 23.01.09. Acrescenta dispositivos ao Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 20, DE 22 DE AGOSTO DE 2002.

RESOLUÇÃO Nº 20, DE 22 DE AGOSTO DE 2002. RESOLUÇÃO Nº 20, DE 22 DE AGOSTO DE 2002. O PRESIDENTE DA CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR, no exercício da atribuição que lhe confere o 3 o do art. 6 o do Decreto n o 3.981, de 24 de outubro de 2001, e tendo

Leia mais

Correspondência entre a CNAE e a CNAE 1.0 (sintética)

Correspondência entre a CNAE e a CNAE 1.0 (sintética) Correspondência entre a CNAE e a CNAE 1.0 (sintética) A tabela de correspondência, a seguir, indica apenas os códigos que sofreram alterações na CNAE 1.0. Todas as classes não listadas têm o mesmo conteúdo

Leia mais

ANEXO I DO DECRETO Nº 21.379, DE 06 DE NOVEMBRO DE 2009

ANEXO I DO DECRETO Nº 21.379, DE 06 DE NOVEMBRO DE 2009 Alterado pelos Decretos: nº 21.644, de 29/04/10 nº 21.820, de 02/08/10 nº 22.004, de 05/11/10 nº 22.146, de 13/01/11 OBSERVAÇÕES: * Não será exigido o ICMS incidente sobre as operações com os produtos

Leia mais

ACORDO DE COMPLEMENTAÇÃO ECONÔMICA Nº 14 SUBSCRITO ENTRE A REPÚBLICA ARGENTINA E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. Quadragésimo Protocolo Adicional

ACORDO DE COMPLEMENTAÇÃO ECONÔMICA Nº 14 SUBSCRITO ENTRE A REPÚBLICA ARGENTINA E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. Quadragésimo Protocolo Adicional ALADI/AAP.CE/14.40 13 de junho de 2014 ACORDO DE COMPLEMENTAÇÃO ECONÔMICA Nº 14 SUBSCRITO ENTRE A REPÚBLICA ARGENTINA E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Quadragésimo Protocolo Adicional Os Plenipotenciários

Leia mais

PROJETO DE LEI. Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

PROJETO DE LEI. Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: PROJETO DE LEI Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1 o A Taxa de Serviços Metrológicos, instituída pelo art. 11 da Lei n o

Leia mais

LIMAGEM. Introdução Noções de limagem Tipos de Lima

LIMAGEM. Introdução Noções de limagem Tipos de Lima LIMAGEM Introdução Noções de limagem Tipos de Lima Temas a abordar Limagem manual; Classificação de limas; Métodos e regras de trabalho; Materiais industriais; Outros tipos de limagem; Exercícios simples

Leia mais

INFORMAÇÕES METALÚRGICAS (Inox)

INFORMAÇÕES METALÚRGICAS (Inox) Ltda INFORMAÇÕES METALÚRGICAS (Inox) O Aço Sem Manchas (Stainless Steel) Diz a história que os aços inoxidáveis foram descobertos por acaso. Em 1912 o inglês Harry Brearly, estudava uma liga Fe-Cr (13%)

Leia mais

GUIA DE PREENCHIMENTO

GUIA DE PREENCHIMENTO GUIA DE PREENCHIMENTO RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES POTENCIALMENTE POLUIDORAS E UTILIZADORAS DE RECURSOS AMBIENTAIS (RAPP) EMISSÕES ATMOSFÉRICAS EMISSÕES DE POLUENTES ATMOSFÉRICOS VERSÃO 2 IBAMA JANEIRO,

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Desoneração da Folha de Pagamento Cálculo do fator de redução para atividades concomitantes

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Desoneração da Folha de Pagamento Cálculo do fator de redução para atividades concomitantes Desoneração da Folha de Pagamento Cálculo do fator de redução para atividades concomitantes 07/03/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da

Leia mais

Capítulo 76 Alumínio e suas obras

Capítulo 76 Alumínio e suas obras Nota. Capítulo 76 Alumínio e suas obras 1.- Neste Capítulo consideram-se: a) Barras: os produtos laminados, extrudados, estirados ou forjados, não enrolados, cuja seção transversal, maciça e constante

Leia mais

1 ATUADORES HIDRÁULICOS

1 ATUADORES HIDRÁULICOS 1 ATUADORES HIDRÁULICOS Danniela Rosa Sua função é aplicar ou fazer atuar energia mecânica sobre uma máquina, levando-a a realizar um determinado trabalho. Aliás, o motor elétrico também é um tipo de atuador.

Leia mais

Bacharelado em Farmácia. Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração

Bacharelado em Farmácia. Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração Bacharelado em Farmácia Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração FILTRAÇÃO Nas indústrias de alimentos e bebidas, a filtração aparece na produção de suco

Leia mais

Capítulo 90. c) os produtos refratários da posição 69.03; os artefatos para usos químicos e outros usos técnicos, da posição 69.

Capítulo 90. c) os produtos refratários da posição 69.03; os artefatos para usos químicos e outros usos técnicos, da posição 69. Capítulo 90 Instrumentos e aparelhos de óptica, fotografia ou cinematografia, medida, controle ou de precisão; instrumentos e aparelhos médico-cirúrgicos; suas partes e acessórios Notas. 1. Este Capítulo

Leia mais

Corte com jato de água

Corte com jato de água A U A UL LA Corte com jato de água Você certamente já ouviu o ditado água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. Então, furar pedra usando água você já sabe que dá, não é mesmo? Basta um pouco de

Leia mais

ANEXO. Regulamento Delegado da Comissão

ANEXO. Regulamento Delegado da Comissão COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 28.7.2015 C(2015) 5195 final ANNEX 1 PART 2/3 ANEXO do Regulamento Delegado da Comissão que complementa o Regulamento (UE) n.º 952/2013 do Parlamento Europeu e do Conselho com

Leia mais

ANEXO ÚNICO NOMENCLATURA SIMPLIFICADA PARA A CLASSIFICAÇÃO DE MERCADORIAS. Brinquedos, vídeo game, suas partes e acessórios

ANEXO ÚNICO NOMENCLATURA SIMPLIFICADA PARA A CLASSIFICAÇÃO DE MERCADORIAS. Brinquedos, vídeo game, suas partes e acessórios ANEXO ÚNICO NOMENCLATURA SIMPLIFICADA PARA A CLASSIFICAÇÃO DE MERCADORIAS Grupo Brinquedos 9503.9000 9501.0000 a 9504.1099 Brinquedos, vídeo game, suas partes e acessórios Grupo Artigos de Toucador e de

Leia mais

Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria de Política de Informática e Automação. Regime de Origem do Acordo Mercosul-Chile

Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria de Política de Informática e Automação. Regime de Origem do Acordo Mercosul-Chile Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria de Política de Informática e Automação Regime de Origem do Acordo Mercosul-Chile APÊNDICE 4 DO ANEXO 13 DO ACE - 35 REGIME DE ORIGEM PARA O SETOR DE INFORMÁTICA

Leia mais

Acoplamento Altamente Elástico

Acoplamento Altamente Elástico Acoplamento Altamente Elástico Spxpt 04/02 GENERALIDADES Acoplamentos altamente elásticos Speflex modelos SPA e SPG O acoplamento VULKAN SPEFLEX é constituído de um elemento altamente elástico em borracha

Leia mais

Tipos de rebites VANTAGENS E APLICAÇÕES. www.bralo.com

Tipos de rebites VANTAGENS E APLICAÇÕES. www.bralo.com Tipos de rebites VANTAGENS E APLICAÇÕES www.bralo.com Tipos de rebites REBITES CEGOS: é um sistema de fixação cuja finalidade é a de unir duas peças de material igual ou distinto, especialmente nas aplicações

Leia mais

Índice. Características gerais 2. Código de produto 3. Seleção do redutor 4. Fator de serviço 5. Capacidade em cv 6. Dimensões 7-8

Índice. Características gerais 2. Código de produto 3. Seleção do redutor 4. Fator de serviço 5. Capacidade em cv 6. Dimensões 7-8 HELICON HV Redutores Helicoidais de Eixos Vazados Índice Descrição Página Características gerais 2 Código de produto 3 Seleção do redutor 4 ator de serviço 5 Capacidade em cv 6 Dimensões 7-8 Dimensões

Leia mais

AUDITORIA ASSESSORIA CONSULTORIA PERÍCIA TREINAMENTO

AUDITORIA ASSESSORIA CONSULTORIA PERÍCIA TREINAMENTO DESONERAÇÃO PREVIDENCÁRIA DA FOLHA DE PAGAMENTO Instrutor Evarley dos Santos Pereira TRAINEE ASSESSORIA AUDITORIA ASSESSORIA CONSULTORIA PERÍCIA TREINAMENTO Rua Paulo Nunes Vieira, 126, Bairro Cidade Nova

Leia mais

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Cozinha Industrial Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Serviços de alimentação Este tipo de trabalho aparenta não ter riscos, mas não é bem assim, veja alguns exemplos: Cortes

Leia mais

Concurso Público para provimento de cargo efetivo de Docentes. Edital 24/2015 ENGENHARIA MECÂNICA Campus Santos Dumont

Concurso Público para provimento de cargo efetivo de Docentes. Edital 24/2015 ENGENHARIA MECÂNICA Campus Santos Dumont Questão 01 O registro representado na Figura 1 é composto por vários componentes mecânicos, muitos deles, internamente à caraça. Peças com essa característica são difíceis de representar em desenhos técnicos,

Leia mais

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE BINETE DO SECRETÁRIO PUBLICADA NO DOE DE 31-12-2010 SEÇÃO I PÁG 36 RESOLUÇÃO SMA Nº 131 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Altera os artigos 2º, 3,4º e 5º e acrescenta o artigo 5ºA a Resolução SMA nº 24, de 30

Leia mais

Parte 2: Instruçes de montagem classe 806

Parte 2: Instruçes de montagem classe 806 Indice Página: Parte : Instruçes de montagem classe 806 1. Equipamento da máquina de costura............................... 3. Montagem da máquina de costura.1 Dispositivos de segurança para transporte.............................

Leia mais

TEXTO PARA DISCUSSÃO N o 991

TEXTO PARA DISCUSSÃO N o 991 ISSN 1415-4765 TEXTO PARA DISCUSSÃO N o 991 A FORMAÇÃO DA ALCA E SEU IMPACTO NO POTENCIAL EXPORTADOR BRASILEIRO PARA OS MERCADOS DOS ESTADOS UNIDOS E DO CANADÁ João Alberto De Negri Jorge Saba Arbache

Leia mais

Correspondência NCM X CNAE Classe 2.0 dos produtos desonerados pela Lei 12.546/11/2011 - art. 8º com as alterações da MP nº 563/2012.

Correspondência NCM X CNAE Classe 2.0 dos produtos desonerados pela Lei 12.546/11/2011 - art. 8º com as alterações da MP nº 563/2012. Correspondência NCM X CNAE 2.0 dos produtos desonerados pela Lei 12.546/11/2011 - art. 8º com as alterações da MP nº 563/2012. NCM 2007 DESCRIÇÃO NCM 2007 39262000 Vestuario e seus acessorios, de plasticos,

Leia mais

Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes

Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes Notas. Capítulo 84 Reatores nucleares, caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos, e suas partes 1.- Este Capítulo não compreende: a) as mós e artefatos semelhantes para moer e outros artefatos

Leia mais

Diária Imposto sobre a Exportação (IE) 0107 Exportação, cujo registro da declaração para despacho aduaneiro tenha se verificado 15 dias antes.

Diária Imposto sobre a Exportação (IE) 0107 Exportação, cujo registro da declaração para despacho aduaneiro tenha se verificado 15 dias antes. AGENDA TRIBUTÁRIA informativo Dezembro Data de Diária Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) Rendimentos do Trabalho Tributação exclusiva sobre remuneração indireta 2063 FG ocorrido no mesmo dia Rendimentos

Leia mais

Portaria n.º 412, de 24 de outubro de 2011.

Portaria n.º 412, de 24 de outubro de 2011. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 412, de 24 de outubro de 2011. O PRESIDENTE

Leia mais

- FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS PARA INDÚSTRIA DE RAÇÃO E DERIVADOS; - FABRICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS.

- FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS PARA INDÚSTRIA DE RAÇÃO E DERIVADOS; - FABRICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS. - FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS PARA INDÚSTRIA DE RAÇÃO E DERIVADOS; - FABRICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS. Máquinas Para Agroindústrias METALÚRGICA LTDA ME A empresa Metalúrgica Maggisan foi fundada no ano de

Leia mais

Máquinas, Aparelhos e Equipamentos Industriais com alíquota de 12% (Resolução SF 004/1998). Item Descriminação NCM 1 Comportas de represas 7308.90.

Máquinas, Aparelhos e Equipamentos Industriais com alíquota de 12% (Resolução SF 004/1998). Item Descriminação NCM 1 Comportas de represas 7308.90. ANEXO II AO COMUNICADO: AQUISIÇÃO DE ATIVO IMOBILIZADO COM CRÉDITO ACUMULADO INCLUSÃO DE ITENS Abrangência: contribuintes do ICMS do estado de São Paulo que possuem crédito acumulado do ICMS. Conteúdo:

Leia mais