Em estreia, seleção brasileira vence sem convencer

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Em estreia, seleção brasileira vence sem convencer"

Transcrição

1 entrevista tom zé O que pode orgulhar mais uma nação do que brotar coisa nova em todo lugar, de todo jeito? p.8 trabalhadores Greve no Metrô chega ao fim, mas protestos devem continuar p.5 SÃO PAULO 13 a 19 de junho de 2014 /sp distribuição gratuita copa 2014 Neymar Jr marca dois gols e mostra porque é o camisa 10 da Seleção. p.16 Em estreia, seleção brasileira vence sem convencer Mesmo afastando ansiedade, equipe de Felipão ainda não demonstrou todo potencial congresso Decreto que prevê mais participação social é rechaçado por oposição Bloco de dez partidos se opõem à decreto presidencial que cria o PNPS (Política Nacional de Participação Social). A proposta pretende instituir mecanismos de envolvimento direto da população no acompanhamento direto de programas do governo em diversas áreas. p.6 opinião Racionais MCs, 25 anos de rap e identidades p.13

2 2 editorial O número de trabalhadores paralisando suas atividades vem aumentando no Brasil. A greve é o único meio que os trabalhadores têm para obter coletivamente uma vida melhor. E, com a diminuição do desemprego nos últimos anos, abriram- -se oportunidades à luta contra as péssimas condições de trabalho e de remuneração no país. No entanto, os governos e o judiciário vêm fazendo de tudo para suprimir o direito à greve, que está previsto no artigo 9º da Constituição de A repressão à greve dos metroviários de São Paulo é o melhor e mais recente exemplo disso. Antes mesmo Reconquistar o direito de greve de deflagrada a paralisação dos metroviários paulistas, a Justiça do Trabalho decidiu: proibição de greve no horário de pico e manutenção de 70% dos trens em funcionamento nos outros horários, para minimizar os efeitos sobre a população. Os grevistas rebateram propondo liberar as catracas, com funcionamento integral mas o tribunal rechaçou a proposta porque isso causaria prejuízo à empresa. Porém, parece que o tribunal não viu problemas com o prejuízo aos metroviários e à população. Qualquer coisa que os trabalhadores fizessem seria considerado abuso de um direito, que, no final das contas, foram impedidos de exercer. Assim, põe-se um dilema à classe trabalhadora: ou aceita calada a proposta dos patrões - amparada pelos tribunais - ou luta pela reconquista do direito de greve. Os metroviários decidiram lutar e a reação foi digna da Ditadura Os metroviários decidiram lutar e a reação foi digna da Ditadura. O judiciário, conhecido por sua morosidade, resolveu abrir uma exceção: julgou em pleno domingo a greve abusiva como um todo, ignorando o texto constitucional que restringe o julgamento a atos individuais de eventual abuso. O governo anunciou demissões. As multas ao sindicato já chegam a quase R$ 1 milhão. Sendo esse dinheiro sujo, pois roubado ao suor dos trabalhadores e à custa de seu direito de greve, o tribunal busca maquiá-lo, destinando-o a um hospital. A mesma mídia que tenta jogar a população contra os grevistas em nome do direito de ir e vir silencia que o PSDB está há décadas no governo estadual sem investir na ampliação do Metrô e nos demais serviços públicos como no caso da crise no abastecimento de água. A população sabe que a qualidade dos serviços depende fundamentalmente dos trabalhadores que os executam e por isso a greve dos metroviários é também uma luta em defesa do Metrô. É hora do povo brasileiro prestar solidariedade aos grevistas, resistindo junto com eles. E de toda a classe trabalhadora levantar a bandeira da reconquista do direito de greve. Essa é a questão mais urgente colocada neste momento para a construção de um país democrático e igualitário. foto da semana: Chuvas afetam mais de 420 mil pessoas no Paraná vitor teixeira - facebook.com/vitortegom Arnaldo Alves / ANPr dahmer - malvados.wordpress.com SÃO PAULO O jornal Brasil de Fato circula semanalmente em todo o país com uma edição nacional e em edições regionais, no Rio de Janeiro, em Minas Gerais e em São Paulo. Queremos contribuir no debate de ideias e na análise dos fatos do ponto de vista da necessidade de mudanças sociais em nosso país. Contato: (11) Conselho Editorial: Aton Fon Filho, Carla Bueno, Gabriel Sollero, Igor Felippe, Igor Fuser, João Paulo Rodrigues, Neuri Rossetto, Ricardo Gebrim, Ronaldo Pagotto e Vitor Polacchini Diretores executivos: Igor Felippe e Ronaldo Pagotto Editora: Vivian Fernandes Repórteres: Luiz Felipe Albuquerque, Mariana Desidério e Rafael Tatemoto Diagramação: Alvise Lucchese Fotógrafo: Rafael Stedile Jornalista responsável: Vivian Fernandes Mtb /MG Coordenação da distribuição: Larissa Sampaio Administração: Ana Karla Monteiro Publicidade: Endereço: Al. Eduardo Prado, 676 Campos Elíseos CEP Tel. (11) / Fax: (11) São Paulo-SP

3 3 copa do mundo Paulistanos aproveitam jogo para se reunir Além de festas em casa, moradores também pintam as ruas para torcer na Copa Celebração da Copa também está nos muros ao redor do Itaquerão Carlos Severo por Mariana Desidério O jogo do Brasil na abertura da Copa do Mundo foi uma ótima desculpa para os paulistanos que quiseram se reunir com a família e os amigos nesta quinta-feira (12). Na casa do taxista Cícero do Santos, morador da zona norte, a festa de abertura foi acompanhada de muito quentão e vinho quente, além dos deliciosos pastéis caseiros de sua mulher, Lúcia. Fizemos uma festa junina com toda a família, dos netos aos cunhados, conta. A festa começou antes da abertura do Mundial e só terminou depois da estreia dos brasileiros em campo. Além de acompanhar o jogo, este foi um momento para botar a conversa em dia e rever os parentes, diz o taxista. Já a estudante universitária Natália Clemente Cordeiro aproveitou o jogo de abertura para conhecer a casa nova de um casal de amigos, na zona oeste. Eles fizeram uma inauguração com samba, feijoada e o jogo do Brasil, conta. Natália afirma que conversou com seus amigos sobre as manifestações que têm ocorrido devido à Copa. Acreditamos que existem reivindicações justas, mas esse também é um momento de confraternização, avalia. Apesar do interesse pela política, na decisão final pesou o gosto pelo futebol: Quando tem o jogo, não tem como não assistir. Faço isso desde que era criança, e agora que é no Brasil não daria para não ver. investimento A Copa em números por Rafael Tatemoto Os grandes protestos de 2013 iniciaram contra o aumento da tarifa do transporte e acabaram reunindo diversos outros temas. A maior parte deles critica a qualidade dos serviços públicos. Nesse contexto, um questionamento surgiu em parte da população: os investimentos que as diversas instâncias governamentais do Brasil fizeram na Copa não faltaram para áreas como saúde e educação? Ainda que exigir maior participação popular nessas decisões seja justo, conhecer os dados referentes ao Mundial é importante. Quando se observa os números relacionados à educação e saúde, vemos que, desde 2010 até hoje, gastou-se cem vezes mais nesses setores do que em construção de estádios. Foram investidos R$ 825 bilhões nessas áreas, ao passo que se gastou R$ 8 bilhões nas arenas de futebol. Desses R$ 8 bilhões destinados à construção de estádios, metade veio de recursos federais, estaduais e municipais. Os outros 50% são empréstimos do BNDES e devem ser restituídos aos cofres públicos. Dos investimentos, ainda há 17,6 bilhões para infraestrutura. Entretanto, essa é a parte mais atrasada. Apenas 50% das obras de mobilidade foram entregues. Dessas, algumas de forma incompleta. E 32 vão ficar prontas somente depois da competição. Outro ponto negativo, é que as construções de infraestrutura geraram remoções e despejos de moradores no entorno de algumas obras. Não existe número confiável das famílias afetadas com perda de moradia. Essa questão, bem como as isenções fiscais dadas aos parceiros comerciais da Fifa, as restrições aos ambulantes nas regiões dos estádios, levantam a dúvida sobre quem realmente sairá ganhando com o evento. números e Mitos das Copa 2014 R$ 17,6 bilhões investidos em turismo aeroporto portos R$ 200 milhões R$ 6,3 bilhões R$ 600 milhões segurança mobilidade telecomunicação R$ 1,9 bilhão R$ 8 bilhões R$ 400 milhões o brasil ganha com a copa R$ 30 bilhões

4 4 são paulo Em criança não se bate, educar requer afeto por dora martins Mais uma nova lei apareceu alardeando coisa que não é novidade: em criança não se bate, nem por raiva, nem por amor. Educar é coisa trabalhosa, exige paciência, afeto e dedicação. Nada que combine com tapas, socos e humilhação. Pai ou mãe violento também apanhou um dia, foi vítima, e está reproduzindo o mal que sofreu. O projeto de lei 58/2014, aprovado pelo Senado, recebeu o nome de menino Bernardo, em homenagem a Bernardo Boldrini, 11 anos, que foi vítima fatal de violência e maus tratos, provavelmente causados pela madrasta e pelo pai. Crimes como o que vitimou Bernardo deixam todos comovidos e indignados. E acabamos não nos reconhecendo nessa triste história. Mesmo o pai ou a mãe que já deu uns tapinhas na bunda do filho pensa, e tem certeza, que jamais mataria seu filho. Por certo, a nova lei não quer dizer que quem dá uns tapinhas quer matar ou poderá vir a ser um agressor mais violento. Mas ela cumpre o papel de lembrar que» A lei menino Bernardo cumpre o papel de lembrar que violência não combina com o papel da educação violência não combina com educação, que violência gera violência e que do tapinha até o soco, pode ser um passo. A lei dá ferramentas para a sociedade atuar no sentido de proteger crianças que sejam vítimas de agressores que, muitas vezes, estão dentro de casa. Com ela, o Conselho Tutelar poderá agir quando tiver conhecimento de que alguma criança é vítima de violência. Família e agressores deverão ser encaminhados para programas de proteção. Deverá ser oferecido ao agressor tratamento psicológico ou psiquiátrico, bem como se dará à vitima tratamento especializado. A discussão que o projeto de lei trouxe foi positiva e mostra que o Brasil precisa discutir a violência doméstica, que começa na família, mas afeta a todos. Esse é um grande desafio para este Brasil que é do samba, do futebol, mas ainda de muita injustiça. Dora Martins é juíza da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de SP abastecimento Promotoria investiga crise da água em SP O Ministério Público está investigando o racionamento de água em São Paulo. O inquérito foi instaurado há duas semanas pelo promotor Mauricio Antonio Ribeiro Lopes, que decidiu abrir a investigação após receber relatos de interrupções no abastecimento feito pela Sabesp, especialmente na zona norte da capital. Os cortes no fornecimento teriam ocorrido sem qualquer esclarecimento por parte da empresa ou do governo estadual. O promotor pediu à Sabesp informações detalhadas sobre o abastecimento de água, inclusive com as datas e horários em que houve interrupção nos últimos 90 dias. Dentre os dados solicitados estão número de pessoas afetadas, atual situação do fornecimento de água e prognóstico para os próximos seis meses. O Ministério Público também solicitou informações à gestão do governador Geraldo Alckmin sobre o tema. Os cortes no fornecimento foram noticiados pelo Brasil de Fato SP em maio. Famílias que vivem na periferia da cidade relataram falta de água sem qualquer aviso ou explicação. Segundo especialistas, o nível dos reservatórios é extremamente preocupante. O que vem ocorrendo é um racionamento informal e seletivo, atingindo principalmente as periferias. O governo estadual tinha prometido que não haveria corte no abastecimento, e não quer voltar atrás publicamente, afirmou à época o coordenador da Frente Nacional pelo Saneamento Ambiental, Edson Aparecido da Silva. (Da Redação) Os cortes no fornecimento de água vêm atingindo a zona norte da capital, como na casa de Ágata Lima Rafael Stedile habitação Haddad vai comprar prédios no centro para moradia popular Ocupação Mauá, na Luz, se tornará moradia definitiva A gestão do prefeito Fernando Haddad (PT) quer adquirir prédios no centro de São Paulo para transformá-los em moradias populares, de acordo com o secretário municipal de Habitação, José Floriano. Queremos adquirir 41 prédios, muitos estão ocupados de forma organizada há muito tempo, disse o secretário. Ele afirma que a prefeitura considera legítimos os protestos e a forma de organização dos movimentos de moradia. Há movimentos muito organizados, que realmente conseguem fazer um papel social importante ao acolher pessoas de baixa renda sem casa para morar, afirmou. As informações são do jornal O Estado de São Paulo. Dez prédios na região central, quatro deles ocupados por sem-teto, estão sendo comprados ou já pertencem ao governo municipal. A ocupação Mauá, na Luz, e a ocupação Prestes Maia, na mesma região, vão virar moradia definitiva para os sem-teto, adiantou o secretário. Outros dois prédios tombados pelo patrimônio histórico, o Hotel Lorde, na Santa Cecília, e o Hotel Cambridge, na Bela Vista, serão revitalizados e transformados em conjuntos populares. (Da Redação) FLM Lixo Cidade recebe nova central de reciclagem São Paulo inaugurou na semana passada uma central de triagem de lixo na zona norte. A unidade terá grande importância na ampliação da coleta seletiva na capital paulista ali serão processadas 250 toneladas diárias de resíduos recicláveis. Anualmente, serão 80 mil toneladas. Orçada em R$ 26 milhões, a central de triagem vai empregar 50 catadores cooperados. A estimativa de receita líquida mensal é de R$ 1,6 milhão. Uma das metas do prefeito Fernando Haddad (PT) é aumentar a coleta seletiva na cidade de 2% para 10% até (Da Redação) Objetivo: aumentar a reciclagem

5 são paulo 5 paralisação Metroviários encerram greve, mas prometem manter mobilização Trabalhadores pedem solidariedade aos demitidos pelo governo vereadores Wikicommons Metroviários protestaram na estação Ana Rosa, na última segunda-feira (9) por Vivian Fernandes Após paralisação intensa, os metroviários decidiram pelo fim da greve, mas seguem mobilizados. Na noite da última quarta-feira (11), em assembleia da categoria, a proposta da diretoria do sindicato foi aceita pela maioria. Assim, a greve terminou e uma manifestação aconteceu na quinta-feira (12), dia de abertura da Copa do Mundo. Com o ato, os metroviários deram início a uma campanha de solidariedade e arrecadação de recursos para manter o salário dos 42 demitidos, bem como para o pagamento da multa aplicada ao Sindicato. Nós vamos trazer os demitidos ainda neste mês. Se o Metrô ousar não nos atender, nós paramos São Paulo de novo, disse o diretor do sindicato, Paulo Pasin, durante a assembleia. A greve durou cinco dias. O momento de maior tensão foi na segunda-feira (9), quando a Tropa de Choque da PM atacou com bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta um grupo de 60 metroviários na estação Ana Rosa. Na ocasião, 13 trabalhadores acabaram detidos e acusados de participação em uma greve tida como abusiva. Além disso, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) demitiu 42 trabalhadores por justa causa, e anunciou que não irá rever a decisão. Para o advogado Ricardo Gebrim, que atua com os metroviários, a jurisprudência trabalhista define que a mera participação em greve não seja [demissão por] justa causa, mesmo que a greve tenha sido considerada abusiva. Ele afirma ainda que o governo quer aplicar o máximo de punição para intimidar os metroviários. Mídia Ninja DECISÕES No domingo (8), o Tribunal Regional do Trabalho determinou que o reajuste salarial, principal pauta, se desse no índice oferecido pelo governo, 8,7%; além de multa de meio milhão de reais a cada novo dia de paralisação. Durante a greve, as linhas funcionaram parcialmente. Segundo o Sindicato, funcionários administrativos que não possuíam preparo estavam sendo direcionados pela empresa para operar nas plataformas e no controle dos trens, o que gerou riscos à população. O projeto que orienta o crescimento da cidade é rejeitado pela oposição Votação do Plano Diretor na Câmara é adiada Prevista para ocorrer antes do início da Copa do Mundo, a votação do novo Plano Diretor de São Paulo foi adiada pela Câmara. Inicialmente, a discussão ocorreria na terça-feira (10), mas não houve quórum. O texto já passou pela primeira votação em abril e precisa ser aprovado uma segunda vez pelo plenário. O projeto irá orientar o crescimento da cidade pelos próximos 16 anos. Contrários a algumas propostas do Plano, como a inclusão de mais espaço para moradia popular na cidade, vereadores da oposição não querem a votação. Na terça-feira, líderes dos partidos se reuniram com o prefeito sem-teto Após protestos, MTST e governo federal chegam a acordo Depois de várias rodadas de negociação, o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) entrou em acordo com o governo federal e conseguiu que fossem atendidas as três principais demandas que motivaram uma série de protestos nas últimas semanas. O acordo prevê a construção de moradias populares no terreno onde atualmente está a ocupação Copa do Povo, em Itaquera, na zona leste de São Paulo. O governo federal se comprometeu ainda a propor a ampliação do limite do Minha Casa, Minha Vida voltado para entidades. Fernando Haddad (PT) para buscar um acordo. De acordo com o presidente da Câmara, José Américo (PT), um dos impasses é a inclusão no Plano Diretor de dois terrenos ocupados por movimentos de moradia, que seriam transformados em ZEIS (Zonas Especias de Interesse Social): um em Itaquera e um na zona sul. Outras lideranças também pressionam o governo a incluir a construção de um novo aeroporto em Parelheiros, no extremo da zona sul, onde há uma área de proteção ambiental. Haddad e o Ministério Público já se manifestaram contra o empreendimento. (Da Redação) Ficou acertado também que conflitos urbanos serão acompanhados pelo Ministério das Cidades e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência. Para o MTST, o acordo é uma vitória conseguida a partir da mobilização nas ruas. Entendemos que esta grande vitória foi resultado de nossa aposta no poder popular. As conquistas alcançadas não trarão benefício somente para as famílias organizadas pelo MTST, mas também para as milhões que sofrem com o problema da moradia no Brasil, afirma o comunicado do movimento. (Da Redação)

6 6 brasil O que está em jogo no Brasil? Não é só o título mundial de futebol que está em disputa no Brasil. Mesmo após a abertura da Copa, o jogo da política parece estar mais acirrado do que a competição esportiva. Desde as Jornadas de Junho, temos visto uma efervescência crescente na sociedade brasileira. Ser a favor ou contra a Copa do Mundo tornou-se mais um elemento de polarização política. Há muitas contradições na Copa, mas este evento não é causa explicativa de nenhum problema estrutural do Brasil. Assim, devemos nos eximir de criticar os impactos da Copa? Claro que não. Devemos deixar de apoiar os trabalhadores que estão reivindicando aumento salarial? Também não. No entanto, não podemos perder de vista o embate central: contra um projeto econômico e social neoliberal que prejudica os trabalhadores. Sem falar do conservadorismo ideológico que ronda o Brasil. Se observarmos outros países, veremos que esse enfrentamento também está na Europa e na América Latina, onde cresce a extrema-direita.» Há muitas contradições na Copa, mas ela não é causa de nenhum problema estrutural do Brasil A grande mídia já se posicionou e vem agindo para conduzir as insatisfações sociais para seus objetivos: desestabilizar o atual governo federal, para tentar derrotá-lo nas eleições de outubro. Portanto, o que está em jogo no Brasil é muito maior do que a Copa. Estamos vivendo um importante dilema. Ou avançamos na construção de reformas estruturais que dêem vazão às necessidades populares de trabalhadores, juventude, movimentos por lúcio centeno sociais. Ou vamos retroceder para um cenário de velhas fórmulas econômicas que não funcionaram e de mais conservadorismo cultural. Mas atenção, este segundo cenário pode acontecer mesmo com a reeleição do atual governo federal, caso este não avance em reformas estruturais. Para realizar essas reformas é fundamental que se alterem as regras do jogo do poder e isso só se dá com a instauração de uma Assembleia Constituinte que possibilite dar respostas às pressões populares. Lúcio Centeno é militante do Levante Popular da Juventude decreto Oposição ameaça participação popular na política brasileira Parlamentares querem derrubar norma que prevê o envolvimento da população em programas de governo ; um bloco de dez partidos opositores pretende levar o tema ao STF Manifestações em 2013 pediam mais participação política por Pedro Rafael Vilela, de Brasília Uma forte pressão dos partidos que fazem oposição ao governo federal quer derrubar o Decreto nº 8243/14, assinado pela presidenta Dilma Rousseff há duas semanas. A medida cria a PNPS (Política Nacional de Participação Social), que prevê o envolvimento direto da população no acompanhamento dos programas de governo em diversas áreas. Na prática, a norma fortalece o papel de organismos com a participação de cidadãos e organizações da sociedade civil, como coletivos e movimentos sociais. Segundo o decreto, órgãos da administração pública devem levar em conta essas instâncias na formulação, execução e avaliação dos programas de governo. O que o decreto faz é cumprir o que já está previsto na Constituição Federal. Esses espaços de participação popular foram criados por demanda da sociedade, afirma José Antônio Moroni, do Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos). Esse aumento da participação social vai fazer com que a população seja mais escutada. As manifestações de junho do ano passado trazem claramente a demanda do povo de ser mais escutado pelos governos, defende ABr Pedro Pontual, diretor de participação social da Secretaria-Geral da Presidência da República. Apesar dessas características, partidos de oposição articulam a derrubada do decreto. Uma proposta foi apresentada pelo deputado Mendonça Filho (DEM-PE) para suspender seus efeitos. [Foi] uma invasão à esfera de competência do Parlamento. A democracia se dá por meio dos seus representantes no Congresso, criticou o parlamentar. Um bloco de dez partidos quer levar o tema ao STF. O cientista político e professor da FGV/SP, Francisco Fonseca, classifica de histérica e sem sentido a oposição ao decreto. Foi uma medida importante, uma resposta às manifestações de rua, que cobram uma democracia mais participativa, aponta. Para José Antonio Moroni, do Inesc, o decreto não viola o papel do Poder Legislativo. O que está em jogo é o direito da população participar das decisões como sujeito e não apenas como espectador, como acontece nas eleições, afirma. poder Mídia está contra o decreto O decreto presidencial que institui a participação social nas decisões de governo também sofreu críticas dos meios de comunicação. Alguns dos maiores jornais do país, como O Estado de S. Paulo, O Globo e Correio Braziliense, dedicaram editoriais e reportagens para ir contra a proposta. É uma mudança de regime por decreto, chegou a classificar o texto opinativo do Estadão nos últimos dias. Para José Antônio Moroni, do Inesc, é interessante para esses veículos que a população não participe das decisões políticas do país. Eles [elite econômica] querem manter esse modelo de democracia baseado apenas na representação, porque assim eles dominam as decisões por meio do financiamento privado de campanha, afirma. Para Altamiro Borges, presidente do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, a campanha midiática contra o decreto mostra que os meios de comunicação empresariais nunca toleraram a democracia e são contra qualquer iniciativa de democratizar o poder. Eles transmitem um discurso de liberdade, mas trata-se da mesma mídia que apoiou o golpe em 1964, argumenta.(prv)

7 7 inglaterra mundo Pinos antimendigo em Londres geram revolta nas redes sociais Prática lembra a implantada em São Paulo nas gestões de Serra e Kassab 7 Reprodução/Twitter A instalação de dispositivos antimendigos em prédios de alto padrão no centro de Londres tem despertado uma série de protestos nas redes sociais. Esse tipo de alteração arquitetônica posta em prática para afastar moradores de rua e pedintes de certos locais da cidade é questionado pelos internautas, que classificam os dispositivos de monstruosidade e absurdo. A polêmica começou depois que uma foto flagrou os pequenos espetos pontiagudos embutidos na fachada de um conjunto de flats. Compartilhada à exaustão na web, a foto viralizou e instigou o debate das medidas antimendigos. Tinha uma pessoa sem-teto mir na rua no Reino Unido em pleno século 21. Mesmo assim, nos últimos três anos o número de moradores de rua subiu fortemente no país inteiro, chegando a impressionantes 75% em Londres. Por trás desses números, há pessoas reais lutando contra a falta de moradia e cortes em benefícios sociais que os ajudariam a reconstruir suas vidas, assinalou Katharine Sacks-Jones, chefe da Crisis, ONG britânica que cuida de moradores de rua no país. Em São Paulo, as estratégias contra os mendigos também são conhecidas e estão presentes nos pontos de ônibus e canteiros centrais de avenidas, implantadas principalmente Nos últimos três anos, número de moradores de rua subiu 75% em Londres; pinos geraram revolta nas redes sociais dormindo aqui cerca de um mês e meio atrás. Aí, há umas duas semanas, eles instalaram esses objetos. Acho que é para espantá-los, disse ao jornal britânico The Telegraph uma mulher que vive no conjunto de flats. Sob a hashtag #AntiHomelessSpikes ( espetos antimendigos ), usuários do Twitter começaram a compartilhar fotos de outros locais da cidade em que esse tipo de dispositivo pode ser encontrado. Segundo instituições de caridade que atuam na área, a prática não é nova; pelo contrário, vem sendo usada há décadas para afugentar moradores de rua. É um escândalo que qualquer pessoa tenha que dorpelas gestões de Serra (PSDB) e Kassab (DEM). A estrutura mais polêmica foi construída em 2005, pelo então prefeito José Serra, que colocou rampas de concreto no túnel de acesso à avenida Paulista. Cerca de 30 adolescentes moravam no local, além de casais com filhos em outro ponto da passagem subterrânea. (com informações do Opera Mundi) Presidente da Argentina, Cristina Kirchner, criticou, na terça-feira (10), o colonialismo militar britânico durante inauguração do Museu Malvinas, em Buenos Aires. As ilhas Malvinas, próximas ao território argentino, foram palco de uma guerra entre Reino Unido e Argentina, em Até hoje os dois países travam uma disputa sobre o território. Divulgação europa Greve de ferroviários e taxistas paralisa transportes na França Os transportes na França foram parcialmente paralisados na última quarta-feira (11) devido a uma greve dos trabalhadores do setor ferroviário. A paralisação começou na noite de terça, e foi convocada por vários sindicatos para se opor ao projeto de reforma do setor ferroviário que começará a ser examinado pelo parlamento na próxima semana. Os trabalhadores ferroviários dizem que estão preocupados com planos de fusão da agência que opera a rede com a SNCF, responsável pelos trens. Eles também protestam contra planos de abrir as ferrovias para a concorrência. Segundo o sindicato CGT, mais da metade das ferrovias francesas aderiram ao movimento. A paralisação acontece junto com uma manifestação de táxis que abrange toda a Europa. Os taxistas protestam contra a concorrência de aplicativos de celular que oferecem os serviços de motoristas particulares. Greve de ferroviários paralisa trens da capital francesa Divulgação chile Estudantes são contra reforma educacional Milhares de estudantes chilenos marcharam essa semana em Santiago para protestar contra a reforma educacional promovida pelo governo de Michelle Bachelet. Eles consideram a reforma insuficiente. O governo já enviou ao Congresso os primeiros projetos sobre o assunto. A principal mudança é o fim do copago (quando é cobrado um valor por um serviço público). Os estudantes acham que as medidas já adotadas não rompem com o modelo vigente. Querem fazer uma reforma sem escutar ninguém, lamentou Naschla Aburman, presidente da Federação de Estudantes da Universidad Católica. Bachelet assegurou que os próximos projetos de lei que forem enviados ao Congresso considerarão as mudanças solicitadas. (Opera Mundi)

8 8 entrevista Tom Zé por Mariana Desidério fotos André Conti Só virei artista quando vi que era péssimo cantor Depois da Tropicália, a música brasileira passou a falar do presente. Quem diz isso é um dos principais artistas brasileiros e integrante do movimento que mudou o som do Brasil nos anos Estamos falando de Tom Zé. O músico está com 77 anos e continua produzindo incessantemente. Prepara agora um álbum gravado com jovens artistas será o 25 disco de sua carreira. Nesta entrevista ao Brasil de Fato SP, fala sobre forró, funk, tropicalismo e sobre os artistas da nova geração, com quem faz questão de trabalhar e aprender. Para ele, há sempre preconceito com um tipo novo de música. As pessoas têm o costume de dizer até aqui eu vou. Depois daquele limite, a pessoa não quer mais saber, diz que já virou música ruim, afirma. O músico conta ainda como começou o seu interesse pela música, e diz ter descoberto logo cedo que era um péssimo cantor, um péssimo violonista e um péssimo compositor. Só me tornei artista porque descobri isso cedo, diz. Leia a entrevista: Como você começou a se interessar pela música? Eu não tinha nada para fazer música, não tinha em casa ninguém que fosse amante disso. Mas tínhamos a banda da cidade em Irará, no interior da Bahia. E eu me lembro que, quando eu estava com sete anos de idade, na festa da padroeira, eles resolveram fazer uma matinata. A banda foi para a rua de manhã só com os instrumentos de canto, sem muita percussão, e tocou uma coisa bem delicada, caminhando pela rua. De forma que eu acordei e parecia que estava num sonho. Aqui em São Paulo ninguém pode imaginar o que seja isso, mas lá em Irará não tem nenhum motor, nem dentro de casa nem fora de casa, então o silêncio é outro. Uma coisa tocada baixinha de manhã é um grande som, entende? No dia que eu acordei com isso fiquei muito impressionado, não com a música propriamente ainda, mas com a possibilidade de ter essa emoção no mundo. Saudosa Maloca foi uma das primeiras músicas que me impressionou profundamente quando eu era menino De quais músicas você gostava naquela época? A Rádio Nacional tinha uma programação que era uma coisa inacreditável. E, naquele tempo, as coisas que chegavam lá do mundo civilizado e que tinham a ver com a gente eram Luiz Gonzaga e Adoniran Barbosa, tocando principalmente Saudosa Maloca. Foram as primeiras coisas que eu me lembro de terem me impressionado profundamente. Como se tornou músico? Em 1954, quando eu tinha 17 anos, eu pedi para me comprarem um violão em Feira de Santana. Nessa época, eu tinha uma namorada e ela me chamou para tocar. E aí eu levei o violão, cheguei, e passei a tarde toda sem cantar, não conseguia. Travou. Ela ficou quieta, calada. E eu pensei: Agora eu não vou mais fazer música. Nunca mais vou fazer música. E realmente, eu nunca mais fiz música. Como assim? O universo musical daquela época estava delimitado por um certo procedimento no qual eu nunca entrei. Eu sempre fui mais para o limite entre o ruído e o som do que para a permanência no som. Por curiosidade, interesse, e tam- bém por saber que eu era um fracasso com música. Eu só me tornei artista porque descobri logo que eu era um péssimo cantor, um péssimo violonista e um péssimo compositor. Foi isso que me fez virar músico. Se eu não tivesse visto isso, eu nunca me tornaria artista. E aí eu resolvi fazer música sobre o que estava na minha frente. Então, por exemplo, se o prefeito não calçava a rua, eu fazia uma música com queixas ao prefeito, é claro que brincando também, porque em Irará não se pode virar inimigo do prefeito! É claro que de vez em quando alguém me dizia: Isso não é música! Porque realmente não era música. Era o quê? Era alguma coisa feita com música perto! Mas música, não. Mesmo quando era só voz e violão. Porque música naquele tempo era uma coisa que tratava de coisas distantes, com o verbo no pretérito. E uma música com o verbo no presente era uma coisa absolutamente nova. Você ficou conhecido na música brasileira por sua participação no movimento tropicalista dos anos 1960 e 1970, com Caetano e Gil. Como define o tropicalismo?

9 9 entrevista 9 O tropicalismo é muito mais marcado pelo que teve contra ele do que pelo que teve a favor. Teve passeata contra a guitarra e vaia contra Caetano É o resultado de Caetano e Gil, que são dois gênios e que por acaso estavam presentes nos anos de 1960 quando São Paulo queria mudar a fisionomia da arte brasileira. Havia um tipo de música no Brasil, aquilo que eu falei de uma música falando de um pretérito, falando de lugares não conhecidos, de amores super românticos, que era uma coisa que o movimento romântico passou para a melodia. Então, em 1962, quando nós nos conhecemos, o Caetano disse uma coisa assim: Agora minha música está deixando de ser uma nostalgia de tempos e lugares. E eu já lhe contei que eu já estava fazendo uma música em que eu não queria isso. Você já estava nessa antes, então? Sim, nós todos fizemos antes de chegar aqui. Chegou aqui quando Gil e Caetano, em 1964 e 1965, estavam vendo essa agitação cultural e participando dela. Minha tese é a seguinte: no cérebro deles estava guardado o lixo lógico do tempo não-aristotélico que educou a nós todos. Quando houve essa agitação cultural, ela serviu de gatilho e liberou aquela visão de mundo que estava guardada com eles, uma visão de mundo que vem da oralidade, que não obedecia à lógica aristotélica, cartesiana. Eles estavam, então, armados com duas visões de mundo, duas concepções de universo. Algo que nenhum dos outros intelectuais, muito melhor formados, tinham. Porque nenhum deles tinha passado por essa experiência do Recôncavo da Bahia. Na época, as músicas de vocês foram muito criticadas. De onde você acha que vem essa resistência ao que é novo? É importante assustar quem vem atrás. Quem veio até ali precisa tomar um susto para poder não gostar. Isso é uma estratégia que parece ser parte da história. O tropicalismo é muito mais marcado pelo que teve contra ele do que pelo que teve a favor. O que estava contra dá muito mais a ideia da força que ele tinha. Todo mundo esqueceu, mas teve a passeata contra a guitarra, teve abaixo-assinado contra programa tropicalista na TV, teve vaia contra o Caetano. Disseram que aquilo não era brasileiro, não era música, foi uma cisão. As pessoas têm o costume de dizer até aqui eu vou. Depois daquele limite, a pessoa não quer mais saber, diz que já virou música ruim. Isso não parece acontecer com você. Eu sempre tive curiosidade. Por exemplo, há um tempo o secretário da Cultura da Paraíba, o Chico Cesar, disse assim: dinheiro público não vai pagar forró matéria plástica. Quando eu soube disso perguntei: o que é isso, forró matéria plástica? Fui ver e achei coisas que me deram muita inspiração. E aí era o caso de dizer assim: Chico, tudo o que aparece é o povo que faz. A gente tem que ouvir para aprender, senão a gente para no tempo. Esse forró universitário tem coisas que eu admiro profundamente, tenho inveja. O que acha do funk que surgiu no Rio de Janeiro? Graças a Deus, o Brasil é o lugar onde fermentam essas coisas. Aqui você descansa e de repente descobre que no Pará tem um tipo de música completamente diferente. Para mim, uma novidade é uma maravilha. Não tenho preconceito. Seja lá onde for, ela nasce porque uma população inteira vai ali colaborar com miligramas de seiva cerebral para a coisa se constituir numa ameba, ameba essa que se desenvolve até se transformar num estilo. O que pode orgulhar mais uma nação do que brotar coisa nova em todo lugar, de todo jeito? Por que acha que isso acontece no país? Para mim, uma das coisas mais importantes é que esse país que foi fundado com educação não-aristotélica. Porque o mundo todo vive em condição de escravidão a Aristóteles. Eu sei que as índias brasileiras nos ensinaram a ser asseados, a tomar banho. As índias gostavam de se lavar. Eu não sei, talvez a mesma coisa que lavou o corpo da índia seja aquela que toda hora lava a cabeça da gente e faça com que possamos admitir coisa nova. É essa metáfora que eu estou querendo trazer. Eu devia ter sido professor, não devia ter sido músico, para poder falar essas coisas de um jeito que uma ou outra pessoa entendesse, do jeito que eu falo ninguém entende! Nos seus últimos discos você tem gravado com muitos músicos jovens. O que te atrai nessa nova geração? Toda geração tem seus representantes no canto, na composição, no teatro, na filosofia. E quando eles aparecem, eu fico interessado em saber quais são as coisas que eles estão escolhendo fazer. E eu passo a ver se posso praticar aquilo também. Eu não posso mais ter 15 anos, mas alguma coisa talvez eu ainda possa lucrar, possa aprender. Como se diz, a aproximação é interesseira! A música brasileira dos anos 60 e 70 tinha uma ressonância política muito forte. Você vê isso hoje? Tem um livro que diz que cada geração que está no poder vai ficar ali uns 15 anos. Uma hora a prática que essa geração repete vai começar a ficar cancerosa e os novos que estão surgindo por baixo vão chegar com uma modificação, que vai tornar a prática ainda útil para a sociedade. E então os mais velhos cairão. Se a classe que está no poder quer manter esses estudantes no subsolo, ela está matando uma geração. E é claro que a geração nova arranja uma forma de furar essa resistência, e surge como uma fonte d água que explode pela terra. E o que é isso? Isso é política, inclusive na música. Tudo o que aparece na música é o povo que faz. A gente tem que ouvir para aprender, senão a gente para no tempo Quais artistas você destacaria? Vou começar por artistas que já são sucesso: Emicida, Criolo. E os rapazes que estão trabalhando comigo, que estão mais verdes, O Terno, Trupe Chá de Boldo, a Filarmônica de Passárgada, o Kiko Dinucci, que está inaugurando um tipo de arranjo para o samba. A qualquer momento, a resistência dos que estão por cima vai ser furada e algum desses vai aparecer. O Tim Bernardes, da banda O Terno, é um negócio, você dá uma música para ele cantar e já vem com uma estética, uma política toda, ele tem guela, tem força! A política também vem nisso muitas vezes. No que está trabalhando agora? Estou terminando um disco com esses rapazes, que é resultado da presença deles me influenciando, tanto que acabaram mudando letras que eu tinha, entraram dentro de mim e falaram pela minha boca. Eu encontrei vazios no meu esôfago, fígado, estômago e botei eles para ajudarem na fabricação dos elementos que vão influenciar meu cérebro.

10 10 fatos em foco previsão do tempo sexta 13/06 Sol o dia todo 13 C min 25 C máx Fonte: CPTEC/INPE combate À aids USP Imagens MP defende trabalho externo Antonio Curz/ABr sábado 14/06 Parcialmente nublado 16 C min 25 C máx domingo 15/06 Sol com possibilidade de chuva 14 C min 24 C máx Foi lançada a campanha Proteja o Gol, do Unaids (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/ Aids). Os promotores querem aumentar a consciência sobre a doença, mobilizar jovens para o uso de preservativo e ampliar o acesso ao tratamento. Haverá distribuição de 2 milhões de preservativos nas cidades-sede e testes rápidos de HIV nas Fan Fests. Cerca de 4,6 milhões de jovens entre 15 e 24 anos de idade vivem hoje com o HIV. O diagnóstico e o tratamento precoce são fundamentais para salvar essas vidas, disse o assessor sênior do Unaids no Brasil, Djibril Diallo. Estima-se que mais de 35,3 milhões de pessoas tenham HIV em todo o mundo. No Brasil, são aproximadamente 718 mil. (Da Rede Brasil Atual) O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal a revogação da decisão do presidente da Corte, Joaquim Barbosa, que cassou os benefícios de trabalho externo do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, e do ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, condenados no caso do mensalão. O parecer foi anexado aos recursos apresentados pelas defesas de ambos. Segundo o procurador, o entendimento de que não é necessário o cumprimento de um sexto da pena, firmado pelo Superior Tribunal de Justiça, é acertado, não havendo previsão legal que exija o cumprimento do lapso temporal. A controvérsia será resolvida somente quando o plenário da Corte julgar os recursos impetrados pela defesa dos condenados. Cotas em concursos A lei que institui cotas para negros em concursos públicos federais foi sancionada pela presidenta Dilma. Uma importante medida no sentido de combater as injustiças sociais e raciais. Inflação desacelerada Alguns anos atrás eu tomei Viagra para ver como é que era. Foi muito incômodo. Entope o nariz. Eu não curti. disse Ronaldo Fenômeno. O novo candidato a maior poeta calado do Brasil relatou sua experiência farmacológica em entrevista à Playboy. USP Imagens Redução do desmatamento USP Imagens Fotos: divulgação geraldo alckmin Essa semana, o picolé de chuchu não quis readmitir 42 metroviários, mesmo após a companhia aceitar a volta dos demitidos. A inflação em São Paulo, calculada pelo Dieese, teve variação de 0,14% em maio, abaixo do mês anterior (0,57%) e de maio do ano passado (0,61%). O Índice do Custo de Vida (ICV) está acumulado em 4,13% no ano e em 6,55% em 12 meses. Os preços da alimentação recuaram em maio para 0,25%, ante 1,18% no mês anterior. Caíram os alimentos in natura e semielaborados (-0,43%) e au- mentaram os produtos da indústria da alimentação (0,93%) e fora do domicílio (0,66%). O grupo saúde teve variação de 0,37%, com aumento nos medicamentos e produtos farmacêuticos (0,13%) e na assistência médica (0,42%). A alta foi consequência de aumentos de exames laboratoriais (0,81%), seguros e convênios (0,46%) e consultas médicas (0,25%). (Da Rede Brasil Atual) Um relatório divulgado na reunião da ONU sobre mudanças climáticas destacou o Brasil como exemplo na redução do desmatamento e das emissões de gases de efeito estufa. O documento intitulado Histórias de sucesso no âmbito do desmatamento: nações tropicais onde as políticas de proteção e reflorestamento deram resultado traz um capítulo dedicado ao Brasil, apresenta- do como o país que fez as maiores reduções do desmatamento no mundo. O relatório indica que o país reduziu o desmatamento na Amazônia, a maior floresta tropical do mundo, por meio da criação de áreas de proteção ambiental, e moratórias acordadas com empresas privadas sobre a compra de soja e carne de áreas desmatadas. (Da Rede Brasil Atual)

11 serviços 11 União estável e previdência Muitos casais ainda mantêm seus relacionamentos sem colocar no papel a condição de cônjuges. Assim, passam anos e mais anos juntos, sem nunca terem formalizado a relação. As uniões estáveis, que são bastante comuns em toda a sociedade brasileira, merecem tratamento idêntico ao do casamento. Contudo, o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) impõe certos obstáculos que podem e devem ser superados. A Constituição reconhece a união estável e confere a ela a mesma proteção do casamento. Seguindo a mesma linha, a legislação assegura às companheiras e aos companheiros a qualidade de beneficiários na Previdência Social, na condição de dependentes. A lei diz que os companheiros, ao lado dos cônjuges e do filho não emancipado, menor de 21 anos ou inválido, são dependentes de primeira classe. Isso significa que, em caso de morte de um companheiro, a companheira e o filho fazem» A Constituição reconhece a união estável e lhe dá a mesma proteção do casamento jus à pensão em primeiro lugar, antes dos pais e do irmão não emancipado. Além disso, os dependentes de primeira classe não precisam comprovar a dependência econômica do segurado, pois ela é presumida. Apesar de a lei tratar igualmente cônjuges e companheiros, o INSS, na prática, Nosso Direito por julio araújo procurador da República costuma diferenciar as situações. Exige um mínimo de três documentos diferentes para comprovar a união estável, por exemplo, a prova de mesmo domicílio, a prova de encargos domésticos evidentes e a conta bancária conjunta. É comum que o (a) companheiro (a) não tenha, ao mesmo tempo, os três documentos exigidos. Neste caso, ainda é possível fazer uma justificação administrativa, com testemunhas, para demonstrar a união estável. Este procedimento administrativo nem sempre é bem conduzido, se resumindo a um mero procedimento padrão para negar o benefício. O que pode ser uma solução é não desistir da comprovação da união estável e recorrer ao Judiciário, independentemente do número de documentos. Nossa Saúde do leitor Muito boas as matérias, parabéns. Jornal BR de Fato, mostra nossa realidade política objetivamente. Sérgio batista (mensagem recebida no facebook.com/brasildefatosp) Li o jornal Brasil de Fato e achei bastante combativo, mostrando coisas que nós gostaríamos que fosse mostrado a grande maioria da população. Pela linha editorial me situei no perfil, e gostaria se possível fazer parte da equipe de colaboradores; através de fotos e fatos do convívio social de São Paulo. nelson prado (mensagem recebida pelo imposto de renda A Receita Federal abriu na quinta-feira (11) consulta ao 1º lote do Imposto de Renda Pessoa Física de 2014, e de lotes residuais de 2008 a A relação dos beneficiados está no site: victor fernandes - Pôr do Sol na Marginal Tietê A bioquímica da paixão por fiocruz Além do lado emocional, há um lado biológico dos relacionamentos entre indivíduos. Pesquisas apontam que a paixão em si não dura para sempre, ela tem um prazo de 18 a 30 meses de existência. Mas o que todos querem saber é como e porque ocorre esse encontro de interesses entre as pessoas. O corpo humano é um fabricante de hormônios, que atuam como mensageiros, dizendo para o corpo quais são suas necessidades. As substâncias químicas que o corpo produz também estão associadas ao interesse pelo outro. Uma das mais presentes no cérebro de alguém apaixonado é a Feniletilamina, que está, por exemplo, no chocolate, e é responsável pela sensação de prazer e saciedade. Suspeita-se que o início da produção natural dessa substância se dê através de uma mera troca de olhares ou até de um aperto de mão. Todos os apaixonados têm características em comum, como a falta de sono, de apetite e de concentração, tudo isso proveniente de uma fabricação descontrolada de substâncias» Os apaixonados têm características comuns, vindas da produção descontrolada de substâncias como a Norepinefrina, a Serotonina e a Dopamina. A Dopamina traz o sentido de felicidade ao organismo e está diretamente ligada à produção de adrenalina. Já a Serotonina, é a responsável pelos apaixonados ficarem acordados até mais tarde e pela falta de interesse por comida. Enquanto a Norepinefrina atua acelerando os batimentos do nosso coração, mesmo quando apenas pensamos no motivo da paixão. É verdade que ainda há a questão emocional, que agrupa atitudes culturais e familiares. Ou seja, determinar um padrão estético para se relacionar ou até mesmo se envolver apenas com quem se tem maior intimidade, como amigos. O corpo humano ainda produz um perfume natural, o chamado feromônio, exalado pelos milhões de poros que temos na pele, pelo qual há uma comunicação inconsciente entre as pessoas. Então, antes de se arrumar para um encontro, decida se você quer conquistar através daquele seu perfume caro ou pelo cheiro natural que você produz. Participe do jornal Colabore com perguntas, críticas, fotos, sugestões, charges, pautas:

12 12 variedades BOA & BARATA Junho chegou e junto do friozinho inicia a temporada de festas juninas. Para ajudar a baratear as comemorações, a Boa & Barata desse mês vai ensinar receitas fáceis e práticas para as festas. Hoje é dia de preparar as bebidas típicas: vinho quente e quentão. Além de aliviar o frio, essa dupla garante aquele cheirinho típico de festa junina. Então vamos preparar o arraiá! VINHO QUENTE 1 litro de vinho tinto seco 2 xícaras de chá de açúcar 2 xícaras de chá de água 10 cravos da índia 5 pedaços de canela em pau Casca de uma laranja 1 maçã cortada em cubinhos 2 xícaras de abacaxi cortado em cubinhos Modo de Preparo: Em uma panela coloque água, açúcar, cravo, canela, a casca de laranja e os cubinhos de maçã e abacaxi. Misture e deixe no fogo alto até ferver. Em seguida acrescente o vinho e desligue quando levantar fervura para não evaporar todo o o álcool. Deixe descansar por 10 minutos e pode servir! QUENTÃO Horóscopo 13 a 19 de junho de 2014 Reprodução 1 ½ xícara de chá de açúcar 1 ½ xícara de chá de água ½ xícara de chá de gengibre cortado em fatias finas 1 limão cortados em rodelas 4 xícaras de chá de pinga 5 cravos da índia 3 pedaços de canela em pau Modo de Preparo: Coloque o açúcar numa panela e deixe caramelizar, sem mexer para não empelotar. Quando o açúcar derreter, acrescente gengibre, limão, cravo e canela. Em seguida, acrescente a água com cuidado porque pode espirrar. Misture bem e deixe ferver. Desligue o fogo e acrescente a pinga. Ligue o fogo novamente, deixe por mais 10 minutos e está pronto! A semana conta com desafios inesperados, emoções repentinas, imprevistos e tudo que não acontece de forma planejada. Será difícil cumprir horários, metas, compromissos e teremos que ser muito regrados e objetivos em nossas atividades para que a semana seja produtiva. Keka Campos, astróloga PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS O "bacalhau" da Amazônia Apresentador eventual do "Jornal Nacional" Gás usado em consultórios dentários Genérico; universal Defeito de um juiz Azul, em inglês Pele (de jacaré) Página (abrev.) Ninho do (?), centro de treinamento do Flamengo, no Rio Alimento apreciado pelos ursos marrons Microrregião fértil do sertão cearense O encontro "pr", em "prato" (Gram.) A parte do lado de dentro Negro; escuro Átomo eletrizado A cadela de "Vidas Secas" (Lit.) A tecla "apagar" em calculadoras Extraterrestre Que dá sugestões Instinto sexual dos animais Direção de quem vai à Antártida Objetosímbolo do zoom no Word Tonel, em inglês Desinência do plural Garantia de defesa às críticas públicas É de pau, na casa do ferreiro (dito) (?) Rouanet: incentiva a cultura Tecnologia da Informação (abrev.) Tipo de vinho adocicado Pré-(?), área de reserva petrolífera Revistas COQUETEL Sandro Dias, skatista brasileiro Ernesto Nazaré: compôs "Brejeiro" Preparo para a publicação (texto) Neil Armstrong, astronauta dos EUA BANCO 110 3/son vat. 4/blue even. 5/pilot. 6/baleia. 14/heraldo pereira. Material Número aproximado usado na de voluntários fabricação inscritos para a de bolsas Copa de 2014 (fut.) Inês de Castro, dama castelhana Condição da roupa vendida no brechó Unidade hospitalar (sigla) (?)-rise: polêmico método de tratamento do autismo Aqui está Chega; basta (pop.) Piloto, em inglês Mancha na pele "Tudo", em "onipotência" "Quociente", em Q.I. Nivelar, em inglês Solução E T C I L T E N M E P I N T A C P B D C H I L A R I A N T E G E R A L R A N R A E E P O S A R A I D A P D E B L U E E T I C D C C I O U T I C O U R O D S O N P I N R A Q E S S I E D E U U R U B U S U A V E L L U P A E N I A T R O A R I R I S A L M O V A T O N I C O N S O N A N T A L Áries a Sente-se corajoso, enfrenta a vida e age construtivamente e com muita determinação. Tem vontade de descobrir seus limites, invista em competições esportivas, nas quais pode medir as forças com outras pessoas. Câncer a Há conflito entre as vontades reais e as subconcientes, o que pode levar à insatisfação e impedi-lo de descobrir seus talentos criativos. Talvez sua situação familiar o impeça de viver suas particularidades bem próprias. Libra a Sua empatia, estimada por todos, ajuda-lhe em sua carreira profissional e em suas relações íntimas. Também sabe apreciar bem os seus sucessos, de modo que não se deixa engrandecer ou cegar-se por eles. Capricórnio a Você está disposto a assumir muita responsabilidade, pois já se preparou para isso cuidadosamente. De um modo autodidata pode adquirir conhecimentos que o possibilitam entender as estruturas fundamentais da vida. Touro a Tende a ser diplomático e sensível em conflitos entre duas partes, podendo servir de intermediário. Mostra-se amável e muito gentil, podendo fazer amizades ou ter relações íntimas com diferentes tipos de pessoas. Leão a Deve procurar uma maneira de desafogar as irritações que vêm se amontoando. Além disso, você tende a brigar muito, e o hábito de se defender sempre não facilita sua situação. Para mudá-la, reveja sua atitude defensiva. Escorpião a Evite que os seus objetivos sejam exageradamente egoístas, pois há tendência a manipular o seu meio. Em vez disso, deveria considerar neles também os interesses alheios, isso teria efeitos muito positivos em sua vida. Aquário a Você se entusiasma facilmente nessa fase e seu jeito especial atrai as pessoas. Os astros indicam que tanto a sua carreira quanto a busca de sua posição social talvez não sigam o caminho comum e tradicional. Gêmeos a Entende intuitivamente o mundo emocional das pessoas e quando se trata de julga-las, faz isso de modo diplomático. Você está extremamente hábil em harmonizar os seus negócios profissionais e domésticos. Virgem a Hoje, a delicadeza e a diplomacia não são seus pontos fortes. É importante entender que suas opiniões não são as únicas que valem e que é impossível que sejam sempre corretas ou que todos concordem com elas. Sagitário a As relações com pessoas do outro sexo podem proporcionar conhecimentos e experiências novas, mas deve ter cuidado e não abusar das forças, descansando quando necessário. Caso sinta vontade de viajar, ceda ao impulso. Peixes a Embora querer deixar uma boa impressão neste planeta seja elogiável, examine com cuidado se seus empreendimentos realmente servem a fins humanitários ou se são apenas uma ponte para suas satisfações pessoais.

13 cultura 13 cinema Filme traz novo olhar sobre a Ditadura O longa estreou no Espaço Itaú de Cinema da Frei Caneca e Augusta, além do Reserva Cultural Divulgação Uma relação entre pai e filho marca a tônica do filme Avanti Popolo (Brasil, 2012, ficção, 72min) que estreou quinta-feira (12) nos cinemas paulistanos. O longa conta a história de André, interpretado por André Gatti, que após se separar de sua mulher, volta a morar com seu pai, vivido por Carlos Reichenbach. Em uma tentativa de reaproximação, André descobre uns velhos rolos de Super- -8mm, filmados pelo seu irmão, que desapareceu há 30 anos, durante a Ditadura Militar. No entanto, a distância entre os dois ainda permanece. Eu não vejo mais nada, esta tudo cinza, repete o pai. Este prefere manter sua vida de espera e reclusão, tendo uma única amarração de afeto, com sua cachorra, Baleia. Para o diretor do filme, Michael Wahrmann, mesmo com a Comissão da Verdade, instalada em 2012, e outras políticas, a Ditadura Militar permanece tratada como um assunto do passado e não necessariamente do presente. Assim, ele afirma que o projeto nasce do medo do esquecimento. A relevância do tema histórico e cultural cresce ainda mais após o falecimento de Carlos Reichenbach, que personifica o Pai, diz o diretor. (Da Redação) O ator Carlos Reichenbach interpreta o pai no filme Avanti Popolo paróquias Opções de festas juninas Festa na Igreja Nossa Senhora da Consolação - A festa junina da Igreja Nossa Senhora da Consolação é uma grande festas que acontecem no centro da capital. O evento ocorre nos dias 14, 15, 21, 22, 28 e 29 de junho; 5 e 6 de julho, no início da rua da Consolação. Festa na Igreja do Santíssimo Sacramento Esta festa tem tudo o que uma tradicional quermesse deve ter: quadrilhas, comidas típicas e brincadeiras, tudo gratuito. Nos dias 14 e 15 de junho, na Rua Tutóia, 1125, Vila Mariana. Festa na Igreja do Rosário dos Homens Pretos Esta é uma das paróquias mais importantes da Penha e traz em sua festa junina quadrilhas e comidas típicas. Ainda dá para aproveitar nos dias 14 e 28 de junho, na Praça Antonio Prado. Já imaginou como era a economia nas décadas de 70 e 80? Já pensou no que significava ser preto e morador da periferia nessa época? Como o poder público lidava com o povo pobre? E como esse povo desenvolveu estratégias de sobrevivência e enfrentou o descaso dos governantes? A trajetória dos Racionais MCs, grupo que celebra 25 anos de carreira, é uma mescla de experiências que, de certa forma, ajudaram a criar um manual de conduta para os jovens periféricos dos anos Não que este manual fosse algo construído de maneira planejada, mas os integrantes do grupo sabiam que eram e ainda são referências no rap brasileiro. Os Racionais MCs não cantam apenas a vida do outro. Suas próprias vidas também estão em cada verso, compasso e batida. Assim, as músicas contêm amostras em alta resolução do quadro social que ferve e está em transformação a cada dia. Da ponte que liga passado e presente existem demarcações hip-hop e afins geográficas, psicológicas, sociais, raciais e econômicas que moldaram a história de protagonistas e coadjuvantes dos subúrbios do país. A letra do samba Gente por DJ Cortecertu Racionais MCs, 25 anos de rap e identidades Mano Brown, líder do Racionais, marcou geração dos anos 1990 Divulgação da gente, do grupo Negritude Júnior, aborda a importância dos Racionais para o povo menos favorecido. Essa gente já sofre demais, são tratados como animais, e só querem um pouquinho de paz, e precisam ouvir Racionais. Muita gente cresceu curtindo rap e aprendendo com KL Jay, Mano Brown, Ice Blue e Edi Rock. Do primeiro disco aos mais recentes, muita história é contada por quem veio de baixo, mas agora está no topo. Será que algo mudou? Em diferentes áreas do mundo do trabalho, temos uma geração que ouviu e ainda ouve os Racionais MCs. Eles sabem bem o que isso significa. Não importa se, às vezes, durante depoimentos e discursos, parece que os rappers esqueceram o que ensinaram. Nós não esquecemos o que aprendemos. Agradecemos.

14 14 cultura {agenda cultural} zona oeste zona sul BEATLES Para celebrar a primeira turnê do grupo, o Consulado Britânico inaugura a exposição Beatles 50 Anos de História. A mostra conta com alguns objetos que marcaram a história da banda, como o contrabaixo autografado por Paul McCartney. Até 16/07; Seg a Sex das 10h às 19h Entrada Gratuita Centro Brasileiro Britânico - Rua Ferreira de Araújo, 741, Pinheiros Arraial da Lapa Com música ao vivo e bingo, o arraial da Lapa promete levantar muita poeira e animar os paulistanos durante todo o mês do junho. Até 29/06; Sab e Dom a partir das 18h Entrada Gratuita Igreja São João Batista - Rua Tonelero, 967, Vila Ipojuca Fotos: divulgação Tarsila do Amaral A mostra Vontade Construtiva na Coleção traz obras de Tarsila do Amaral, Anita Malfatti e outros artistas. A exposição revela a união entre os movimentos modernos e os modernos que resultaram na construção cultural do Brasil. Até 15/06, Ter a Dom das 10h às 17h R$ 6 Museu de Arte Moderna Parque Ibirapura, s/n portão 3, Parque Ibirapuera Sexta-feira 13 O filme O Exorcista retrata a história de uma família que ao perceber que sua filha tem comportamento estranho pede ajuda a um padre que afirma ser um caso de possessão demoníaca e decide fazer um exorcismo. Sex (13), às 19h Entrada Gratuita Biblioteca Pública Roberto Santos Rua Cisplatina,505, Ipiranga zona leste zona norte Pisa na Fulô O show apresenta a vertente nordestina, com forrós, xotes, xaxados, homengeando Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, João Bá e santos católicos, como São João, São Pedro e Santo Antonio. Sáb (14) às 19h Entrada Gratuita Sesc Santana Avenida Luiz Dumont Villares, 579, Santana A gira da rainha O espetáculo A gira da rainha é uma comédia épico-musical que narra a trajetória de Maria Padilha, que deu origem à mítica personagem Pomba-Gira da umbanda. Dom (15) às 11h Entrada Gratuita Parque Jardim Felicidade Rua Laudelino Vieira de Campos, 265, Pirituba centro Samba A FIFA Fanfest exibirá os jogos da copa, além de uma agenda imensa de shows. No domingo, o grupo Demônios da Garoa promete animar São Paulo. Dom (15); a partir 15h Entrada Gratuita Vale do Anhangabaú Metrô São Bento e Anhangabaú. Oscar Niemeyer A mostra Oscar Niemeyer: Clássicos e Inéditos apresenta, pela primeira vez, o conjunto da obra do arquiteto, exibindo projetos que registram a trajetória, além de muitos inéditos que nunca saíram do papel. Até 27/07; Ter a Sex das 09h às 20h, Sab e Dom das 11h às 20h Entrada Gratuita Instituto Itaú Cultural Avenida Paulista, 149, Bela Vista. Ira! O grupo retoma as atividades artísticas com a nova turnê núcleo base O show lembra os 34 anos da banda. Clássicos como Flores em Você e Eu quero sempre mais estão no repertório. Dom (15), às 15h R$ 7 (inteira), R$ 3,5 (meia) Sesc Itaquera Avenida Fernando Espírito Santos Alves de Mattos, 1000, Parque do Carmo Tiê Tiê se apresenta com músicas de seu trabalho mais recente, A Coruja e o Coração, que misturam ritmos brasileiros de forma contemporânea. Sex (13), às 14h Entrada Gratuita Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes - Rua Henriqueta Noguez Brieba, Fazenda do Carmo, Cidade Tiradentes

15 esporte 15 apostas Quais seleções têm chance de ser campeã da Copa? Saiba quais são os países favoritos a ganhar o 20º mundial da Fifa, uma competição feita para poucos por Bruno Porpetta BRASIL Apostando na fórmula da família Scolari, que já deu certo, somada ao fator casa e contando com a força da torcida brasileira, o escrete canarinho é o grande favorito. O time tem em Neymar sua grande referência, podendo pesar sua pouca idade e a inexperiência do grupo em Copas. Apenas cinco jogadores já estiveram em outras edições. ARGENTINA Os hermanos sempre confiaram seu destino a um camisa 10. Kempes, em 1978, e o genial Maradona, em 86. Hoje, a missão é de Messi, a quem ainda falta este título na estante. Argentina também tem um arsenal de atacantes de respeito, como Lavezzi, Di Maria, Higuaín e Agüero. Porém, preocupa os argentinos a ausência de uma linha de defesa no mesmo nível. ALEMANHA Os tricampeões possuem um meio-campo de dar inveja. Não é fácil reunir no mesmo time nomes como Schweinsteiger, Müller e Götze. O que falta ao time alemão são mais opções de ataque. De ofício mesmo, só o centroavante Klose, de 35 anos, que pode ultrapassar Ronaldo como o maior artilheiro das Copas. ITÁLIA A Squadra Azzurra não vive os seus melhores dias. Mas quando ninguém dá nada pela Itália, ela vem e papa o título. Só nesta brincadeira, já são quatro. Ela vem com sua fórmula tradicional: um grande goleiro, uma zaga forte, um meio-campo marcador, um distribuidor de jogo talentoso e um atacante rompedor. ESPANHA A atual campeã mundial vive um dilema. Seu estilo já não é novidade e a idade de um dos seus pilares o meia Xavi pode comprometer. A seleção espanhola venceu a disputa com o Brasil pelo atacante Diego Costa, que veio para suprir a carência de um homem de área confiável. A instabilidade de Torres e a má fase de outros espanhóis na posição abriram espaço para o brasileiro naturalizado. O meio-campo da Fúria continua espetacular, e com a grande fase de Sergio Ramos na zaga, os espanhóis também são favoritos. O jogador Messi, da Argentina, é a grande esperança de sua seleção Adidas/Divulgação rodados Treinadores com mais experiência Apenas doze dos 32 treinadores que atuarão na Copa já têm experiência de terem dirigido seleções em outros Mundiais. O Brasil leva vantagem nesse quesito, o mais experiente Felipão, que já treinou seleções em duas edições do evento. Em 2002, foi o comandante do penta. Em 2006, ficou em quarto com Portugal. Apenas dois deles já foram campeões. Além de Scolari, Vicente del Bosque venceu em 2010, pela Espanha. Já Klinsmann, hoje no comando dos EUA, além de disputar seu segundo Mundial como técnico, tem um título como jogador, de e Manchester United (ING) têm, ao todo, 14 atletas na competição. Um dos jogadores do Bayern é o zagueiro Dante, da seleção brasileira. Com desempenho muito abaixo do demonstrado em anos anranking Bayern e Manchester são os que mais forneceram jogadores para seleções Dante, zagueiro do Brasil, é um dos atletas do time alemão O campeão da Europa e o campeão inglês na temporada dos anos 2012/2013 são os clubes com mais representantes na Copa do Mundo realizada no Brasil esse ano. Bayern de Munique (ALE) Rafael Ribeiro/CBF teriores, o Barcelona é o terceiro colocado na lista, com 13 jogadores convocados para a Copa. Campeão da Liga dos Campeões este ano, o Real Madrid (ESP) tem 12 jogadores convocados, e está na quarta colocação, posição também ocupada por Chelsea (ING), Juventus (ITA) e Napoli (ITA). Com 113 atletas atuando em sua liga, a Inglaterra é o país com o maior número de jogadores que disputaram seu campeonato na Copa. Juntando com os clubes do País de Gales, a liga inglesa chega a 118 jogadores. Os campeonatos que mais cederam jogadores ao Brasil foram o francês, o italiano e o espanhol, cada um com três atletas. estreia Desfalque na Costa do Marfim Yaya Touré, meio-campista da Costa Marfim, pode não participar do jogo de estreia de sua seleção. O jogador de 31 anos sentiu dores na coxa direita e pode se ausentar da partida contra o Japão, que ocorre neste domingo (15), em Recife. Craque do Manchester City, da Inglaterra, o jogador foi peça importante na conquista do campeonato inglês da temporada passada. Touré foi eleito o melhor jogador africano nos últimos três anos, pela confederação africana. A Costa do Marfim está no grupo C, ao lado de Japão, Grécia e Colômbia.

16 16 copa 2014 Brasil garante vitória contra Croácia Futebol apresentado por seleção de Felipão ainda precisa ser melhorado esporte A Seleção Brasileira venceu a Croácia na abertura por 3 a 1. Ainda que contando com pelo menos um lance polêmico e atuações que não demonstraram todo seu brilho, o Brasil afastou a ansiedade típica do início da competição. O primeiro grande momento ocorreu aos 11 minutos. Em cruzamento da Croácia que resultou em confusão coletiva, Marcelo marcou contra. Apesar do baque, o Brasil reagiu. A seleção manteve o domínio de bola, jogando no campo do adversário e marcando a saída de bola da Croácia. O setor criativo do time de Felipão não correspondeu às expectativas, principalmente nas tentativas formuladas no meio de oscar O camisa 11 marcava a saída de bola do adversário e foi responsável por muitas criações do Brasil. Daniel Alves Sem voltar para marcar, o espaço deixado pelo lateral abria possibilidades para o ataque croata. campo. O Brasil apostava muito em jogadas aéreas sem definição. Além disso, Daniel Alves atuou mal, deixando livre sua área de marcação. No ataque, Fred mal tocou na bola. O primeiro gol, a favor, do Brasil saiu aos 28 minutos pelos pés de Neymar, em jogada elaborada por Oscar. No segundo tempo, toda equipe demonstrou queda no rendimento. Na metade do período, Hernanes entrou no lugar de Paulinho e Bernard no de Hulk. Próximo ao final, Neymar deu lugar a Ramires. O segundo gol do Brasil saiu aos 25 minutos. A arbitragem acreditou no pênalti inexistente cavado por Fred e convertido por Neymar. Aos 45, foi a vez de Oscar marcar o seu, lacrando os 3 a 1. preparação Gramado de Manaus preocupa Imagens do gramado da Arena Amazônia feitas por uma agência de notícias da França causaram polêmica. As fotos mostram quem parte do campo tinha falhas, além de áreas secas e amareladas. A primeira partida no estádio ocorrerá no sábado (14), no clássico entre Itália e Inglaterra. Os representantes da Copa em Manaus afirmaram que as fotos divulgadas na quarta (11), haviam sido tiradas quatro dias antes e que as condições já haviam melhorado desde então. As instalações da Arena também foram motivo de crítica. Nos vestiários, fios desencapados podem ser vistos pendurados nas paredes. E, segundo fontes locais, os funcionários ainda estão colocando a última camada de asfalto no chão, escreveu o jornal britânico The Guardian. Gol contra no início do jogo dá uma sacudida nos meninos de Felipão e Brasil vira com três gols figurões da copa Arjen Robben (Holanda) Nascido em Bedum, o meia-atacante de 30 anos se transferiu do Real Madrid para o Bayern de Munique em Revelado pelo Groningen, com passagens no PSV e Chelsea, Robben teve uma carreira marcada por lesões. Somente no Bayern o holandês conseguiu uma sequência maior na carreira. Assim, Robben foi decisivo na conquista da UEFA Champions League da temporada passada, marcando o gol do título do Bayern, depois de algumas decisões na carreira sem conseguir apresentar seu melhor futebol. Dentre estas decisões, a da última Copa do Mundo, quando a Holanda foi derrotada pela Espanha. Quis o destino que Holanda e Espanha estivessem no mesmo grupo nesta Copa, e, após Robben ter afastado a fama de amarelão, o resultado pode ser outro. Divulgação Mudança Fifa admite possibilidade de usar replay A Fifa encerrou seu 64º congresso, realizado em São Paulo, um dia antes (11) do jogo de abertura da Copa. No discurso de fechamento, Joseph Blatter, atual presidente da entidade anunciou duas propostas: sua candidatura à reeleição e a possibilidade de uso do replay em jogos de futebol. A primeira era esperada. Após votações terem derrotado duas propostas, uma que limitava a idade dos dirigentes da entidade e outra que restringia o número de reeleições possíveis, Blatter anunciou que participará das eleições que ocorrerão ano que vem. A segunda proposta surpreendeu. É a primeira vez que a Fifa admite a possibilidade de uso de replay para rever decisões dos árbitros durante as partidas. A medida ainda deve ser discutida e não valerá na Copa.

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

30/07/2009. Entrevista do Presidente da República

30/07/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com a presidente do Chile, Michelle Bachelet, após encerramento do seminário empresarial Brasil-Chile

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO

5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO 5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO Este e book foi criado após ter percebido uma série de dúvidas de iniciantes em Facebook Ads. O seu conteúdo é baseado na utilização da plataforma

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Conselho Nacional de Controle Interno

Conselho Nacional de Controle Interno Veículo: Site Congresso em Foco Data: 13/07/2012 Editoria: Lei de Acesso Coluna: - Página: - Só 12% das prefeituras dão atenção a transparência Uma mesma pergunta foi feita às administrações de 133 cidades

Leia mais

TOTAL DE RESPONDENTES: 698 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 30 de maio e 01 de junho, nas ruas do centro do Rio de Janeiro.

TOTAL DE RESPONDENTES: 698 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 30 de maio e 01 de junho, nas ruas do centro do Rio de Janeiro. Enquete Um estudo feito por matemáticos da Universidade de Vermont, nos Estados Unidos, mostrou que o dia preferido pelas pessoas é o domingo. Os pesquisadores analisaram 2,4 milhões de mensagens pela

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, com perguntas respondidas pelo presidente Lula Manaus-AM,

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. Eu quero não parar coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - de consigo.o usar que eu drogas f o? aç e Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com TRECHO: A VOLTA POR CIMA Após me formar aos vinte e seis anos de idade em engenharia civil, e já com uma

Leia mais

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião Família Qual era a profissão dos seus pais? Como eles conciliavam trabalho e família? Como era a vida de vocês: muito apertada, mais ou menos, ou viviam com folga? Fale mais sobre isso. Seus pais estudaram

Leia mais

FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO

FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO MOMENTO DE DERRUBAR TABUS As razões podem ser bem diferentes, porém muito mais gente do que se imagina já teve uma intenção em comum. Segundo estudo realizado pela Unicamp,

Leia mais

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS ESTADO DE MINAS 1 2 ESTADO DE MINAS 3 ESTADO DE MINAS http://www.em.com.br PSD de Kassab mira 'órfãos' do PMDB quercista O PSD obteve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na terça-feira e corre

Leia mais

CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO

CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO HQ se lga! i CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO Defender a CONSTITUINTE é um erro! Erro, por que? A direita vai aproveitar uma Constituinte

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio Chapecó-SC, 23 de junho de 2006 Presidente: É um programa, talvez

Leia mais

FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS

FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS Dia dos Surdos 2009 Apresentação No dia 26 de setembro, a Comunidade Surda Brasileira comemora o Dia Nacional do Surdo, data em que são relembradas

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Programa transmitido em 26 de fevereiro

Leia mais

país. Ele quer educação, saúde e lazer. Surge então o sindicato cidadão que pensa o trabalhador como um ser integrado à sociedade.

país. Ele quer educação, saúde e lazer. Surge então o sindicato cidadão que pensa o trabalhador como um ser integrado à sociedade. Olá, sou Rita Berlofa dirigente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Brasil, filiado à Contraf e à CUT. Quero saudar a todos os trabalhadores presentes e também àqueles que, por algum motivo, não puderam

Leia mais

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros A Lição de Lynch O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros Por Laura Somoggi, de Marblehead (EUA) É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo São Paulo-SP, 20 de outubro de 2004 Meus queridos companheiros e minhas queridas companheiras

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 2 TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI* *Artigo 5º da Constituição Brasileira

Leia mais

ENTRE FRALDAS E CADERNOS

ENTRE FRALDAS E CADERNOS ENTRE FRALDAS E CADERNOS Entre Fraldas e Cadernos Proposta metodológica: Bem TV Educação e Comunicação Coordenação do projeto: Márcia Correa e Castro Consultoria Técnica: Cláudia Regina Ribeiro Assistente

Leia mais

coleção Conversas #22 - maio 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #22 - maio 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #22 - maio 2015 - assistente social. agora? Sou E Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning)

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) DISCURSOS 1, 2, 3 e 4 sem mensagem de raça ou classe (o texto do discurso é para ser lido duas vezes por cada ator,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 41 Discurso na cerimónia de celebração

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação.

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Introdução Criar um filho é uma tarefa extremamente complexa. Além de amor,

Leia mais

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Entrevista com Ricardo de Paiva e Souza. Por Flávia Gomes. 2 Flávia Gomes Você acha importante o uso de meios de comunicação na escola? RICARDO

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

por ano para trocar o sangue. Page leu todos os livros do Aleister Crowley. Em 1977, eles já tinham se tornado a banda definitiva de iniciação.

por ano para trocar o sangue. Page leu todos os livros do Aleister Crowley. Em 1977, eles já tinham se tornado a banda definitiva de iniciação. O Led Zeppelin sempre foi complicado. Esse era o problema inicial deles. Os shows deles sempre tinham violência masculina. Isso foi um desvio nos anos 1970, que foi uma época muito estranha. Era uma anarquia

Leia mais

Centro de Altos Estudos de Segurança (CAES) da Polícia Militar do Estado de São Paulo DOUTORADO DA PM. Frei David Santos, OFM - out de 2012

Centro de Altos Estudos de Segurança (CAES) da Polícia Militar do Estado de São Paulo DOUTORADO DA PM. Frei David Santos, OFM - out de 2012 Centro de Altos Estudos de Segurança (CAES) da Polícia Militar do Estado de São Paulo DOUTORADO DA PM Frei David Santos, OFM - out de 2012 Dados disponibilizados pelo Sistema de Informações sobre Mortalidade

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30

Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30 1 Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30 Entrevistador- Como o senhor vê a economia mundial e qual o posicionamento do Brasil, após quase um ano da quebra do

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 70 Cerimónia de sanção do projeto

Leia mais

Sebastião Salgado atribui culpa a EUA e Europa por atual crise dos refugiados

Sebastião Salgado atribui culpa a EUA e Europa por atual crise dos refugiados Sebastião Salgado atribui culpa a EUA e Europa por atual crise dos refugiados POR ENTRETEMPOS, JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO, 04.10.2015 Tião, como é chamado pelos amigos, não toma café. Ainda assim, motivado

Leia mais

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para QUAL NEGÓCIO DEVO COMEÇAR? No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para então definir seus objetivos e sonhos.

Leia mais

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL Lembro-me que haviam me convocado para uma entrevista de trabalho no NOVOTEL. Lembro-me de estar ansioso e ter passado a noite anterior preparando a minha entrevista. Como iria

Leia mais

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º 18. DICAS PARA A PRÁTICA Orientação para o trabalho A- Conhecimento de si mesmo Sugestão: Informativo de Orientação Vocacional Aluno Prezado Aluno O objetivo deste questionário é levantar informações para

Leia mais

22/05/2006. Discurso do Presidente da República

22/05/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de assinatura de protocolos de intenções no âmbito do Programa Saneamento para Todos Palácio do Planalto, 22 de maio de 2006 Primeiro, os números que estão no

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial

Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Mato Grosso BOLETIM SEMANAL De 20 a 24 de outubro de 2014 Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial O diretor do SINDIJUFE-MT Pedro

Leia mais

O CAMINHO PARA REFLEXÃO

O CAMINHO PARA REFLEXÃO O CAMINHO PARA REFLEXÃO a 1 Semana EMPREENDER É DAR A SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A SOCIEDADE No mudo dos negócios existe a diferença visível do acomodado que nunca quer aprender a mesma coisa duas vezes e o

Leia mais

Câmara Municipal de Cubatão

Câmara Municipal de Cubatão 2 ATA DA 1ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO 2º ANO LEGISLATIVO DA 16ª LEGISLATURA REALIZADA EM 27 DE MAIO DE 2014 PRESIDÊNCIA - Sr. César da Silva Nascimento. SECRETARIAS - Sr. Fábio Alves Moreira e Sr. Ricardo

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Pedro Carrano e Thiago Hoshino Brasil de Fato (Curitiba (PR)

Pedro Carrano e Thiago Hoshino Brasil de Fato (Curitiba (PR) Nosso déficit não é de casas, é de cidade Raquel Rolnik defende que atualmente não há políticas para moradia, apenas políticas focadas no setor imobiliário e financeiro 22/10/2012 Pedro Carrano e Thiago

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

DADOS. Histórico de lutas

DADOS. Histórico de lutas MULHERES O partido Solidariedade estabeleceu políticas participativas da mulher. Isso se traduz pela criação da Secretaria Nacional da Mulher e por oferecer a esta Secretaria completa autonomia. Acreditamos

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Vocês acham possam a coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - cer d o t t o a r que ga cr ia n y ç a s s? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates 1º ano do Ensino Fundamental I O que você gosta de fazer junto com a sua mã e? - Dançar e jogar um jogo de tabuleiro. - Eu gosto de jogar futebol

Leia mais

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira?

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? - Tem alguém com quem você gostaria de fazer contato? - Porque você não o fez até agora? - Por que é importante aprender a fazer esses contatos?

Leia mais

A deputada Maria José Maninha (PSOL-DF) pronuncia o seguinte discurso: senhor Presidente, senhores Deputados, senhoras Deputadas, senhores e senhoras,

A deputada Maria José Maninha (PSOL-DF) pronuncia o seguinte discurso: senhor Presidente, senhores Deputados, senhoras Deputadas, senhores e senhoras, A deputada Maria José Maninha (PSOL-DF) pronuncia o seguinte discurso: senhor Presidente, senhores Deputados, senhoras Deputadas, senhores e senhoras, Parabenizo a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

Leia mais

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS Desânimo total Acho que minhas forças estão indo abaixo, ando meio desmotivado!!!! Não quero desanimar, mas os fatores externos estão superando minha motivação... cobrança

Leia mais

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014 O que o Brasil já ganhou com a Copa 2 O que o Brasil já ganhou com a Copa Investimentos A Copa do Mundo é um grande investimento para todos brasileiros Os únicos

Leia mais

Associação Lar do Neném

Associação Lar do Neném Criança Esperança 80 Associação Lar do Neném Recife-PE Marília Lordsleem de Mendonça Abraço solidário Todas as crianças são de todos : esse é o lema do Lar do Neném, uma instituição criada há 26 anos em

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II Capítulo II Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo Dois Como uma nota de $10 me deixou mais rico do que todos os meus amigos Das centenas de estratégias de construção de riqueza que

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. não Eu Não r que o f existe coleção Conversas #14 - outubro 2014 - a z fu e r tu r uma fa o para c ul m d im ad? e. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

Indice. Bullying O acaso... 11

Indice. Bullying O acaso... 11 Indice Bullying O acaso... 11 Brincadeira de mau gosto. Chega! A história... 21 O dia seguinte... 47 A paixão... 53 O reencontro... 61 O bullying... 69 9 Agosto/2010 O acaso Terça-feira. O sol fazia um

Leia mais

Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende *

Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende * Voluntariado nas Organizações de Terceiro Setor Marisa Seoane Rio Resende * Voluntariado é a expressão da participação da sociedade na vida pública mais significativa da atualidade. Os movimentos de participação

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt São Paulo-SP, 05 de dezembro de 2008 Presidente: A minha presença aqui

Leia mais

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Brasília, 02 de janeiro de 2015. Ministra Miriam Belchior, demais autoridades, parentes e amigos aqui presentes.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Pronunciamento sobre a questão

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Relatório Analítico PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL PESQUISA SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER DATASENADO SECS PESQUISA SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER Há dois anos, o DataSenado

Leia mais

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO Design & Saúde Financeira para maiores de 50 anos Vera Damazio Laboratório Design Memória Emoção :) labmemo (: O que Design tem a ver com Saúde Financeira para maiores de 50 anos? E o que faz um Laboratório

Leia mais

PRONUNCIAMENTO SOBRE VIGÊNCIA DA PORTARIA 1.220/2007, DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, QUE ATRASA A PROGRAMAÇÃO DA

PRONUNCIAMENTO SOBRE VIGÊNCIA DA PORTARIA 1.220/2007, DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, QUE ATRASA A PROGRAMAÇÃO DA PRONUNCIAMENTO SOBRE VIGÊNCIA DA PORTARIA 1.220/2007, DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, QUE ATRASA A PROGRAMAÇÃO DA TELEVISÃO ABERTA NOS ESTADOS DO AMAZONAS, MATO GROSSO DO SUL, PARÁ, RONDÔNIA, RORAIMA E ACRE

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO AO TRABALHADOR

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO AO TRABALHADOR CARTILHA DE ORIENTAÇÃO AO TRABALHADOR TRABALHADOR Justiniano de Oliveira França APRESENTAÇÃO A Prefeitura Municipal de Feira de Santana, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria

Leia mais

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE Mesmo não acreditando na Educação Criativa, o professor pode fazer uma experiência para ver o resultado. É o caso da professora deste relato. Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

Leia mais

22/6/2014 - das 14h às 18h. Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

22/6/2014 - das 14h às 18h. Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. UNITINS CONCURSO PÚBLICO N 001/2014 NÍVEL SUPERIOR COMISSÃO DE CONCURSO E SELEÇÃO REDAÇÃO 22/6/2014 - das 14h às 18h Número de identidade Órgão expedidor Número da inscrição LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE Resultados da 128ª Pesquisa CNT/MDA Brasília, 21/07/2015 A 128ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 12 a 16 de julho de 2015 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a avaliação dos

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 70 A ONG brasileira está em crise? 06 de fevereiro de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Palestra tudo O QUE VOCE sobre precisa entender Abundância & Poder Pessoal EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Como aprendemos hoje na palestra: a Lei da Atração, na verdade é a Lei da Vibracao. A frequência

Leia mais

População de rua leva cartão vermelho Viviane Tavares - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz)

População de rua leva cartão vermelho Viviane Tavares - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) População de rua leva cartão vermelho Viviane Tavares - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) População de rua aumenta nos últimos anos e a resposta da gestão pública é a violência,

Leia mais

QUERIDO(A) ALUNO(A),

QUERIDO(A) ALUNO(A), LANÇADA EM 15 MAIO DE 2008, A CAMPANHA PROTEJA NOSSAS CRIANÇAS É UMA DAS MAIORES MOBILIZAÇÕES PERMANENTES JÁ REALIZADAS NO PAÍS, COM FOCO NO COMBATE À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E À EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS

Leia mais

MÓDULO 5 O SENSO COMUM

MÓDULO 5 O SENSO COMUM MÓDULO 5 O SENSO COMUM Uma das principais metas de alguém que quer escrever boas redações é fugir do senso comum. Basicamente, o senso comum é um julgamento feito com base em ideias simples, ingênuas e,

Leia mais

Teste sua empregabilidade

Teste sua empregabilidade Teste sua empregabilidade 1) Você tem noção absoluta do seu diferencial de competência para facilitar sua contratação por uma empresa? a) Não, definitivamente me vejo como um título de cargo (contador,

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar www.proenem.com.br INSTRUÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo

Leia mais