VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. BKR-Lopes, Machado Orientador Empresarial LEX

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. BKR-Lopes, Machado Orientador Empresarial LEX"

Transcrição

1 VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Orientador Empresarial LEX Previdência Social Gratificação de Atividade Médico-Pericial Regulamento DECRETO Nº 5.275, DE 19 DE NOVEMBRO DE DOU (Íntegra) Regulamenta a Gratificação de Desempenho de Atividade Médico-Pericial - GDAMP e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista o disposto na Lei nº , de 2 de junho de 2004, DECRETA: Art. 1º A Gratificação de Desempenho de Atividade Médico- Pericial - GDAMP, instituída pelo art. 11 da Lei nº , de 2 de junho de 2004, é devida aos ocupantes dos cargos de Perito Médico da Previdência Social da Carreira de Perícia Médica da Previdência Social e de Supervisor Médico- Pericial da Carreira de Supervisor Médico-Pericial. 1º A GDAMP tem por finalidade incentivar o aprimoramento das ações médico-periciais no âmbito do Instituto Nacional do Seguro Social - INSS e será concedida de acordo com o resultado das avaliações de desempenho individual e institucional. 2º A avaliação de desempenho institucional visa a aferir o alcance das metas institucionais, podendo considerar projetos e atividades prioritárias e condições especiais de trabalho, além de outras características específicas do INSS. 3º A avaliação de desempenho individual visa a aferir o desempenho do servidor no exercício das atribuições do cargo, com foco na contribuição individual para o alcance dos objetivos organizacionais. Art. 2º A GDAMP será paga com a observância dos seguintes percentuais e limites:

2 I - até trinta por cento, incidente sobre o vencimento básico do servidor, em decorrência dos resultados da avaliação de desempenho individual; e II - até vinte e cinco por cento, incidente sobre o maior vencimento básico constante da Tabela de Vencimento Básico - 40 Horas Semanais dos cargos referidos no art. 1º deste Decreto, em decorrência do alcance das metas de desempenho institucional. Art. 3º Nas avaliações de desempenho institucional e individual, os critérios e procedimentos específicos e os fatores de avaliação deverão ser objeto de regulamentação própria, expedida pelo dirigente máximo do INSS, de acordo com os parâmetros estabelecidos neste Decreto. Art. 4º As metas de desempenho institucional serão fixadas em ato do dirigente máximo do INSS, elaboradas em consonância com as metas previstas no plano plurianual. 1º As metas de desempenho institucional poderão ser revistas na superveniência de fatores que tenham influência significativa e direta na sua consecução. 2º Para fins de pagamento da gratificação de que trata este Decreto, serão definidos, no ato a que se refere o caput, o percentual mínimo de atingimento das metas, em que a parcela da gratificação correspondente à avaliação institucional será igual a zero, e o percentual a partir do qual ela será igual a cem por cento, sendo os percentuais de gratificação distribuídos proporcionalmente nesse intervalo. 3º As metas de desempenho institucional serão fixadas no prazo de até noventa dias, a partir da data de publicação do ato referido no art. 3º deste Decreto. 4º Enquanto não forem fixadas as metas a que se refere o caput deste artigo, será atribuído aos servidores de que trata o art. 1º deste Decreto o percentual de sessenta por cento a título de avaliação institucional. Art. 5º As avaliações de desempenho individual deverão observar o seguinte: I - a média das avaliações de desempenho individual dos ocupantes dos cargos descritos no art. 1º deste Decreto não poderá ser superior ao resultado da avaliação institucional; e II - as avaliações de desempenho individuais deverão ser feitas numa escala de zero a cem pontos, devendo obedecer ao seguinte: a) o desvio-padrão deverá ser maior ou igual a cinco e a média aritmética das avaliações individuais deverá ser menor ou igual a noventa e cinco pontos, considerado o conjunto de avaliações em cada unidade de avaliação; e b) na hipótese de haver unidade de avaliação com apenas um integrante, sua avaliação de desempenho individual não poderá exceder a noventa e cinco pontos. Art. 6º As unidades de avaliação serão definidas em ato do dirigente máximo do INSS. Art. 7º Dentre os procedimentos a serem fixados na forma do art. 3º deste Decreto, deverá constar a ciência do servidor quanto ao resultado de sua avaliação individual e a possibilidade de interposição de recurso dirigido à chefia imediata.

3 1º No caso de interposição de recurso pelo servidor, a chefia imediata poderá reconsiderar totalmente sua decisão, deferir parcialmente ou indeferir o pleito. 2º Na hipótese de deferimento parcial ou de indeferimento do recurso, a chefia imediata deverá encaminhar o processo, devidamente motivado, ao seu superior imediato, que apreciará de forma fundamentada os argumentos expostos por ambas as partes, modificando total ou parcialmente a decisão anterior ou mantendo-a. 3º Sendo mantida ou modificada parcialmente a decisão da chefia imediata, na forma do 2º, o servidor poderá encaminhar, no prazo de até dez dias a partir da ciência, recurso ao comitê referido no art. 8º, que o julgará em última instância. Art. 8º Serão instituídos comitês de avaliação de desempenho, no âmbito da Diretoria de Recursos Humanos e de cada Gerência Executiva, com a finalidade de julgar os recursos interpostos quanto ao resultado da avaliação individual. 1º A composição e a forma de funcionamento dos comitês serão definidos em ato do dirigente máximo do INSS. 2º A pontuação final atribuída à avaliação de desempenho, resultante do julgamento do comitê, deverá atender aos critérios estabelecidos no art. 5º deste Decreto. 3º Cabe, ainda, ao comitê de avaliação de desempenho propor alterações consideradas necessárias para sua melhor aplicação, especificamente quanto aos critérios e procedimentos estabelecidos para a avaliação de desempenho individual, observado o disposto neste Decreto. 4º Os recursos interpostos por servidores avaliados em unidades distintas das Gerências Executivas serão analisados pelo comitê instituído no âmbito da Diretoria de Recursos Humanos. Art. 9º As avaliações de desempenho individual e institucional serão realizadas semestralmente e processadas no mês subseqüente ao da realização. 1º O servidor que tiver permanecido em exercício por período inferior a dois terços, dentro de um ciclo de avaliação, não será avaliado individualmente, devendo ser observado para fins de pagamento da gratificação o disposto nos arts. 11 e 12 deste Decreto. 2º O primeiro período de avaliação poderá ser inferior a seis meses, observado o início do segundo ciclo de avaliação, definido pelo dirigente máximo do INSS. Art. 10. O resultado das avaliações terá efeito financeiro mensal, por período igual ao da avaliação, iniciando-se no mês subseqüente ao de processamento. 1º Na hipótese de aplicação do disposto no 2º do art. 9º deste Decreto, os efeitos financeiros do primeiro ciclo de avaliação serão estendidos até o mês anterior ao de início de pagamento do ciclo subseqüente. 2º A partir do mês de início da implementação das avaliações no INSS e até o mês subseqüente à sua conclusão, a gratificação a que se refere o art. 1º deste Decreto será paga no percentual de vinte

4 e cinco por cento, incidente sobre o vencimento básico de cada servidor, devendo a diferença paga, a maior ou a menor, ser compensada no primeiro mês de efeito financeiro desta primeira avaliação. 3º Para fins da compensação referida no 2º deste artigo, será utilizado, como base de cálculo, o resultado do primeiro período de implementação das avaliações. Art. 11. Em caso de afastamento considerado como de efetivo exercício, sem prejuízo da remuneração e com direito à percepção da respectiva gratificação, o servidor continuará percebendo o valor correspondente à pontuação obtida em sua última avaliação, até o início dos efeitos financeiros de sua primeira avaliação após o retorno. Parágrafo único. O disposto no caput deste artigo não se aplica aos casos de cessão. Art. 12. Até que seja processada sua primeira avaliação de desempenho individual, o servidor recém nomeado receberá a respectiva gratificação no valor correspondente a cinqüenta por cento sobre o valor máximo da parcela individual, aplicando-se a avaliação institucional do período. Parágrafo único. Aplica-se o disposto no caput àqueles servidores que retornarem de afastamento não remunerado. Art. 13. Os ocupantes de cargos efetivos referidos no art. 1º deste Decreto que se encontrarem na condição de dirigentes máximos de Superintendência, de Gerência-Executiva e de Agência da Previdência Social, de Chefia de Gerenciamento de Benefícios por Incapacidade ou de titulares de cargos do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores - DAS, níveis 6 e 5, no INSS e no Ministério da Previdência Social perceberão a GDAMP em seu valor integral. Art. 14. O titular de cargo efetivo referido no art. 1º deste Decreto que não se encontre em exercício no INSS ou no Ministério da Previdência Social fará jus, excepcionalmente, à GDAMP nas seguintes situações: I - quando requisitado pela Presidência ou Vice-Presidência da República, perceberá a GDAMP calculada com base nas mesmas regras aplicáveis quando em exercício no INSS; II - o servidor investido em cargo em comissão de Natureza Especial, DAS 6, DAS 5, ou equivalentes, perceberá a GDAMP em valor calculado com base no disposto no art. 13 deste Decreto; e III - o servidor investido em cargo em comissão DAS 4, ou equivalente, perceberá a GDAMP no valor de setenta e cinco por cento do valor máximo para a classe e padrão que se encontre posicionado. Art. 15. O servidor que, no primeiro período de implementação das avaliações, não tiver cumprido o interstício previsto no 1º do art. 9º deste Decreto, em virtude de afastamento sem prejuízo da remuneração e com direito à percepção da GDAMP, fará jus, no período de efeitos financeiros dessa primeira avaliação, à respectiva gratificação no percentual definido no 2º do art. 10 deste Decreto. Art. 16. A GDAMP será concedida aos servidores com carga horária de quarenta horas semanais, salvo os atuais ocupantes dos cargos efetivos de que trata o art. 1º deste Decreto, com jornada de trabalho originária de vinte horas semanais.

5 Art. 17. As especificações de classes do cargo de Perito Médico da Previdência Social serão estabelecidas em ato conjunto dos Ministros de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão e da Previdência Social. Art. 18. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Brasília, 19 de novembro de 2004; 183º da Independência e 116º da República. LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA Nelson Machado Amir Lando *Nota VERITAE: Íntegra da publicação no Diário Oficial, nesta data. Solicitamos atenção às alterações supervenientes. Um Ótimo Dia para Você! Equipe Técnica VERITAE Fone:

Instrução Normativa INSS nº. 14 de 13/03/07 DOU 14/03/07

Instrução Normativa INSS nº. 14 de 13/03/07 DOU 14/03/07 Instrução Normativa INSS nº. 14 de 13/03/07 DOU 14/03/07 Dispõe sobre diretrizes e critérios de avaliação dos desempenhos individual e institucional, e de concessão da Gratificação de Desempenho de Atividade

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 30, DE 28 DE MARÇO DE 2007 O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 30, DE 28 DE MARÇO DE 2007 O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 30, DE 28 DE MARÇO DE 2007 O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA - INEP,

Leia mais

b) aos demais aplicar-se-á, para fins de cálculo das aposentadorias e pensões, o disposto na Lei n o , de 18 de junho de 2004.

b) aos demais aplicar-se-á, para fins de cálculo das aposentadorias e pensões, o disposto na Lei n o , de 18 de junho de 2004. LEI Nº 12.277, DE 30 DE JUNHO DE 2010. Dispõe sobre a instituição do Adicional por Participação em Missão no Exterior, a remuneração dos cargos de Atividades Técnicas da Fiscalização Federal Agropecuária

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA No- 359, DE 16 DE MARÇO DE 2007 DOU

MEDIDA PROVISÓRIA No- 359, DE 16 DE MARÇO DE 2007 DOU MEDIDA PROVISÓRIA No- 359, DE 16 DE MARÇO DE 2007 DOU 19-03-2007 Altera as Leis nos 10.355, de 26 de dezembro de 2001, 10.855, de 1o de abril de 2004, 8.112, de 11 de dezembro de 1990, 11.457, de 16 de

Leia mais

LEI Nº , DE 2 DE FEVEREIRO DE Seção XXIV. Do Plano de Carreiras e Cargos do Inmetro

LEI Nº , DE 2 DE FEVEREIRO DE Seção XXIV. Do Plano de Carreiras e Cargos do Inmetro LEI Nº 11.907, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2009. Seção XXIV Do Plano de Carreiras e Cargos do Inmetro Art. 147. Os arts. 56, 60, 61, 62 e 63 da Lei n o 11.355, de 19 de outubro de 2006, passam a vigorar com a

Leia mais

Ministério da Justiça

Ministério da Justiça Ministério da Justiça GABINETE DO MINISTRO PORTARIA No 4.040, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2010 O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso das suas atribuições e tendo em vista o disposto no 5º, art. 7º-A da Lei

Leia mais

DECRETO Nº 7.133, DE 19 DE MARÇO DE 2010.

DECRETO Nº 7.133, DE 19 DE MARÇO DE 2010. 1 DECRETO Nº 7.133, DE 19 DE MARÇO DE 2010. Regulamenta os critérios e procedimentos gerais a serem observados para a realização das avaliações de desempenho individual e institucional e o pagamento das

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos file:///e:/legislacao/legislacao008..0d/salario/.htm of 5 //008 :6 AM Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 9.678, DE DE JULHO DE 998. Mensagem de veto Institui a

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta:

O CONGRESSO NACIONAL decreta: Altera dispositivos da Lei nº 11.416, de 15 de dezembro de 2006, que dispõe sobre as Carreiras dos Servidores do Poder Judiciário da União, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art.

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

PROJETO DE LEI CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES PROJETO DE LEI Cria a Carreira de Analista Executivo no âmbito do Poder Executivo e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 o Fica criada, no

Leia mais

Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos ei nº 11.516 1 de 6 28/12/2015 00:13 Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.516, DE 28 DE AGOSTO DE 2007. Conversão da Medida Provisória nº 366, de 2007 Dispõe sobre a criação do Instituto

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 of 152 12/31/2008 1:50 AM Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos MEDIDA PROVISÓRIA Nº 441, DE 29 DE AGOSTO DE 2008. Dispõe sobre a reestruturação da composição remuneratória

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. BKR-Lopes, Machado Orientador Empresarial LEX

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. BKR-Lopes, Machado Orientador Empresarial LEX VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Orientador Empresarial LEX Alteração na Legislação Previdenciária Emenda Constitucional 41/2003 Aplicação LEI Nº 10.887, DE 18 DE JUNHO

Leia mais

PORTARIA Nº 524, DE 15 DE AGOSTO DE 2002

PORTARIA Nº 524, DE 15 DE AGOSTO DE 2002 PORTARIA Nº 524, DE 15 DE AGOSTO DE 2002 Dispõe sobre a regulamentação da Gratificação de Desempenho de Atividade do Ciclo de Gestão - GCG. O SECRETÁRIO EXECUTIVO DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos MEDDA PROSÓRA Nº 166, DE 18 DE FEERERO 2004. Convertida na Lei nº 10.876, de 2004 Cria a Carreira de Perícia Médica da Previdência

Leia mais

BANCO CENTRAL DO BRASIL

BANCO CENTRAL DO BRASIL LEI Nº 8.911 DE 11 DE JULHO DE 1994 Dispõe sobre a remuneração dos cargos em comissão, define critérios de incorporação de vantagens de que trata a Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, no âmbito do

Leia mais

LEI Nº , DE 2 DE FEVEREIRO DE 2009

LEI Nº , DE 2 DE FEVEREIRO DE 2009 LEI Nº - 11.907, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2009 Dispõe sobre a reestruturação da composição remuneratória das Carreiras de Oficial de Chancelaria e de Assistente de Chancelaria, de que trata o art. 2º da Lei

Leia mais

DECRETO Nº 9.366, DE 8 DE MAIO DE 2018

DECRETO Nº 9.366, DE 8 DE MAIO DE 2018 Publicado em: 09/05/2018 Edição: 88 Seção: 1 Página: 27 Órgão: Atos do Poder Executivo DECRETO Nº 9.366, DE 8 DE MAIO DE 2018 Regulamenta os critérios e os procedimentos específicos para o desenvolvimento

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.907, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2009. Dispõe sobre a reestruturação da composição remuneratória das Carreiras de Oficial de Chancelaria

Leia mais

Alterações ao Projeto de Lei Complementar nº 59, de Faço saber que a Assembleia Legislativa decreta e eu promulgo a seguinte lei complementar:

Alterações ao Projeto de Lei Complementar nº 59, de Faço saber que a Assembleia Legislativa decreta e eu promulgo a seguinte lei complementar: Alterações ao Projeto de Lei Complementar nº 59, de 2013 Institui Adicional de Local de Exercício aos integrantes da carreira de Médico, no âmbito da Secretaria da Saúde e nas condições que especifica,

Leia mais

(...) CAPÍTULO II DAS CARREIRAS TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL E DE AUDITORIA-FISCAL DO TRABALHO

(...) CAPÍTULO II DAS CARREIRAS TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL E DE AUDITORIA-FISCAL DO TRABALHO MEDIDA PROVISÓRIA Nº 765, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016. Altera a remuneração de servidores de ex- Territórios e de servidores públicos federais; reorganiza cargos e carreiras, estabelece regras de incorporação

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 112, DE 21 DE MARÇO DE 2003

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 112, DE 21 DE MARÇO DE 2003 MEDIDA PROVISÓRIA Nº 112, DE 21 DE MARÇO DE 2003 Cria cargos na Carreira Policial Federal e o Plano Especial de Cargos do Departamento de Polícia Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LE Nº 11.171, DE 2 DE SETEMBRO DE 2005. Dispõe sobre a criação de carreiras e do Plano Especial de Cargos do Departamento Nacional

Leia mais

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL Orientador Empresarial Tabela de Salários de Contribuição a Partir de Julho/2011-Reajustes de Benefícios- Atualizações-Retificação

Leia mais

LEI Nº , DE 14 DE OUTUBRO DE 2011.

LEI Nº , DE 14 DE OUTUBRO DE 2011. LEI Nº 11.140, DE 14 DE OUTUBRO DE 2011. Institui a Gratificação de Incentivo à Qualidade da Gestão do SUS e a Gratificação de Incentivo à Qualidade da Atenção no SUS e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA Cód.: DFG Nº: 44 Versão: 10 Data: 12/07/2017 DEFINIÇÃO Ato de investidura do servidor no exercício de função de confiança integrante do quadro de chefias da

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil LEI Nº 17.691, DE 04 DE JULHO DE 2012. Introduz alterações nas Leis nºs 15.397, de 22 de setembro de 2005, e 16.901, de 26 de janeiro de 2010,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 6 09/01/2015 11:04 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos MEDIDA PROVISÓRIA Nº 664, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2014. Exposição de motivos Vigência Altera as Leis n o 8.213,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil LEI Nº , DE 06 DE ABRIL DE 2018

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil LEI Nº , DE 06 DE ABRIL DE 2018 GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil LEI Nº 20.033, DE 06 DE ABRIL DE 2018 Altera a Lei estadual nº 17.663/2012, que dispõe sobre a Carreira dos Servidores do Poder Judiciário

Leia mais

Minuta de Projeto de Lei

Minuta de Projeto de Lei Minuta de Projeto de Lei A l t e r a a s L e i s n º 17.663/2012 e nº 16.893/10, que dispõem s o b r e a C a r r e i r a d o s S e r v i d o r e s d o P o d e r Judiciário do Estado de G o i á s e d á

Leia mais

DECRETO Nº , DE 17 DE MAIO DE 2012.

DECRETO Nº , DE 17 DE MAIO DE 2012. DECRETO Nº 17.799, DE 17 DE MAIO DE 2012. Regulamenta a Gratificação de Incentivo ao Desempenho (GID) no âmbito da Secretaria Municipal de Administração (SMA). O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE, no

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES PORTARIA Nº 83, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2009

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES PORTARIA Nº 83, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2009 AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES PORTARIA Nº 83, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2009 Fixa os critérios gerais e específicos para o desenvolvimento na carreira dos servidores do quadro efetivo da Anatel. O PRESIDENTE

Leia mais

LEI Nº , DE 18 DE JUNHO DE 2004 (DOU DE )

LEI Nº , DE 18 DE JUNHO DE 2004 (DOU DE ) LEI Nº 10.887, DE 18 DE JUNHO DE 2004 (DOU DE 21.06.2004) Dispõe sobre a aplicação de disposições da Emenda Constitucional no 41, de 19 de dezembro de 2003, altera dispositivos das Leis nos 9.717, de 27

Leia mais

DECRETO Nº XX DE XX DE XX DE 2015.

DECRETO Nº XX DE XX DE XX DE 2015. DECRETO Nº XX DE XX DE XX DE 2015. Regulamenta a carreira de Planejamento e Orçamento e dá outras providências. A PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso IV, da

Leia mais

providências. O Povo do Estado de Minas Gerais, por seus representantes, decretou, e eu, em seu nome,

providências. O Povo do Estado de Minas Gerais, por seus representantes, decretou, e eu, em seu nome, LEI 17351 17-01-2008 TEXTO ATUALIZADO Altera as Leis nº 11.730, de 30 de dezembro de 1994, nº 15.301, de 10 de agosto de 2004, nº 15.470, de 13 de janeiro de 2005, e nº 15.961, de 30 de dezembro de 2005,

Leia mais

PORTARIA MPS Nº 119, DE 18 DE ABRIL DE 2006 DOU DE 19/04/2006

PORTARIA MPS Nº 119, DE 18 DE ABRIL DE 2006 DOU DE 19/04/2006 PORTARIA MPS Nº 119, DE 18 DE ABRIL DE 2006 DOU DE 19/04/2006 O MINISTRO DE ESTADO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, parágrafo único, inciso II, da Constituição Federal,

Leia mais

O VICE-GOVERNADOR, no exercício do cargo de GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS

O VICE-GOVERNADOR, no exercício do cargo de GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS LEI 16676 2007 Data: 10/01/2007 EMENTA: ALTERA A LEI Nº 14.693, DE 30 DE JULHO DE 2003, QUE INSTITUI O ADICIONAL DE DESEMPENHO - ADE - NO ÂMBITO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIRETA, AUTÁRQUICA E FUNDACIONAL

Leia mais

DECRETO Nº, DE DE DE 2017

DECRETO Nº, DE DE DE 2017 DECRETO Nº, DE DE DE 2017 Regulamenta os critérios e procedimentos específicos para o desenvolvimento dos Auditores-Fiscais e dos servidores no cargo das Carreiras Tributária e Aduaneira da Receita Federal

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Direito Administrativo Gratificações Professor Cristiano de Souza www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Administrativo LEI Nº 8.112/90 SERVIDORES PÚBLICOS Gratificações Espécies de gratificações a) Retribuições

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 423, DE 31 DE MARÇO DE 2010

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 423, DE 31 DE MARÇO DE 2010 RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 423, DE 31 DE MARÇO DE 2010 Reajusta o piso remuneratório dos servidores públicos efetivos da Secretaria de Estado da Saúde Pública, contido no Anexo I da Lei Complementar

Leia mais

NORMA DE CESSÃO DE EMPREGADOS - NOR 318

NORMA DE CESSÃO DE EMPREGADOS - NOR 318 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: CESSÃO DE EMPREGADOS COD: NOR 318 APROVAÇÃO: Resolução Nº 14/2010, de 08/10/2010 NORMA DE CESSÃO DE EMPREGADOS - NOR 318 1/6 SUMÁRIO 1. FINALIDADE... 02 2.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 12 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.415, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006. Mensagem de veto Dispõe sobre as Carreiras dos Servidores do Ministério Público

Leia mais

DA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL E NORMAS EM VIGOR

DA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL E NORMAS EM VIGOR DIRETRIZES PARA SOLICITAÇÃO DE AFASTAMENTO DE DOCENTES DA FACULDADE UNB GAMA - FGA PARA LICENÇA PARA CAPACITAÇÃO, PÓS- GRADUAÇÃO, PÓS-DOUTORADO E VISITA TÉCNICA OU ESTÁGIO DA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL E NORMAS

Leia mais

LEI Nº DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012

LEI Nº DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 LEI Nº 12.601 DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 Ver também: Lei nº 13.149, de 04 de abril de 2014 - Altera a estrutura remuneratória dos cargos efetivos, cargos em comissão, funções comissionadas e gratificadas,

Leia mais

lei complementar 1.158, de

lei complementar 1.158, de Página 1 de 11 LEI COMPLEMENTAR Nº 1.158, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2011 Dispõe sobre a reclassificação dos vencimentos e salários dos servidores integrantes das classes regidas pela Lei Complementar nº 1.080,

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 475, DE 17 DE SETEMBRO DE 2012.

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 475, DE 17 DE SETEMBRO DE 2012. RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 475, DE 17 DE SETEMBRO DE 2012. Altera a Lei Complementar Estadual nº 333, de 29 de junho de 2006, que institui o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos servidores

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 634/2010

RESOLUÇÃO Nº 634/2010 Publicação: 19/05/2010 DJE: 18/05/2010 RESOLUÇÃO Nº 634/2010 Regulamenta a concessão do Adicional de Desempenho, ADE, aos servidores efetivos dos Quadros de Pessoal da Secretaria do Tribunal de Justiça

Leia mais

LEI N o /2011. Art (...) (...)

LEI N o /2011. Art (...) (...) LEI N o 11.309/2011 Altera dispositivos da Lei Municipal nº 10.679/2008, que Institui as carreiras do grupo de atividades de saneamento do Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba

Leia mais

DECRETO Data: 10/04/2008

DECRETO Data: 10/04/2008 DECRETO 44775 2008 Data: 10/04/2008 Ementa: Regulamenta a gratificação de escolaridade, desempenho e produtividade individual e institucional aos servidores das carreiras do grupo de atividades de meio

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR DECRETO Nº 2.399, DE 27 DE JANEIRO DE 2005. REGULAMENTA O PRÊMIO DE PRODUTIVIDADE FISCAL DE QUE TRATAM AS LEIS Nºs 6.285, DE 23 DE JANEIRO DE 2002 E 6.520, DE 30 DE SETEMBRO DE 2004. O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 798, DE 10 DE JUNHO DE 2016.

LEI COMPLEMENTAR Nº 798, DE 10 DE JUNHO DE 2016. LEI COMPLEMENTAR Nº 798, DE 10 DE JUNHO DE 2016. Cria a Gratificação por Atividade de Planejamento Estratégico (GAPE), devida a servidores lotados e em efetivo exercício na Secretaria Municipal de Planejamento

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Direito Administrativo Lei 8.112/90 Direitos e Vantagens: Gratificações / Adicionais Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Administrativo LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE

Leia mais

DECRETO Nº 6.114, DE 15 DE MAIO DE

DECRETO Nº 6.114, DE 15 DE MAIO DE DECRETO Nº 6.114, DE 15 DE MAIO DE 2007. Regulamenta o pagamento da Gratificação por Encargo de Curso ou Concurso de que trata o art. 76-A da Lei n o 8.112, de 11 de dezembro de 1990. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA,

Leia mais

Institui Bonificação por Resultados - BR, no âmbito da Secretaria da Educação, e dá providências correlatas

Institui Bonificação por Resultados - BR, no âmbito da Secretaria da Educação, e dá providências correlatas LEI COMPLEMENTAR Nº 1078, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2008 Institui Bonificação por Resultados - BR, no âmbito da Secretaria da Educação, e dá providências correlatas O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Faço

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº. 245 DE 02 DE JULHO DE 2014 PUBLICADA NO DIÁRIO OFICIAL Nº , DE 03/07/2014

LEI COMPLEMENTAR Nº. 245 DE 02 DE JULHO DE 2014 PUBLICADA NO DIÁRIO OFICIAL Nº , DE 03/07/2014 GOVERNO DE SERGIPE Institui o regime de subsídio para os membros da Defensoria Pública do Estado de Sergipe; altera, acrescenta e revoga dispositivos da Lei Complementar nº 183, de 31 de março de 2010,

Leia mais

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA Cód.: DFG Nº: 44 Versão: 10 Data: 13/07/2016 DEFINIÇÃO Ato de investidura do servidor no exercício de função de confiança integrante do quadro de chefias da

Leia mais

Art. 44. A educação superior abrangerá os seguintes cursos e programas: (Regulamento)

Art. 44. A educação superior abrangerá os seguintes cursos e programas: (Regulamento) LDB Lei 9.394/1996 Art. 44. A educação superior abrangerá os seguintes cursos e programas: (Regulamento) I - cursos seqüenciais por campo de saber, de diferentes níveis de abrangência, abertos a candidatos

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 510, DE 10 DE ABRIL DE 2014.

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 510, DE 10 DE ABRIL DE 2014. RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 510, DE 10 DE ABRIL DE 2014. Altera a Lei Complementar Estadual n. o 251, de 7 de julho de 2003, e dá outras providências. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE

Leia mais

COMPILADO. LEI 8112/90 Frequência

COMPILADO. LEI 8112/90 Frequência COMPILADO LEI 8112/90 Frequência LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais. Art. 19.

Leia mais

PORTARIA MPS/MF Nº 333, DE 29 DE JUNHO DE 2010 (DOU )

PORTARIA MPS/MF Nº 333, DE 29 DE JUNHO DE 2010 (DOU ) PORTARIA MPS/MF Nº 333, DE 29 DE JUNHO DE 2010 (DOU 30.06.2010) Dispõe sobre o salário mínimo e o reajuste dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social - INSS e dos demais valores constantes

Leia mais

LEI Nº DE 18 DE JUNHO DE 2009 Publicado no Diário Oficial No 25779, do dia 18/06/2009

LEI Nº DE 18 DE JUNHO DE 2009 Publicado no Diário Oficial No 25779, do dia 18/06/2009 Estado de Sergipe Assembléia Legislativa LEI Nº 6.613 DE 18 DE JUNHO DE 2009 Publicado no Diário Oficial No 25779, do dia 18/06/2009 Dispõe sobre a constituição de Quadro Específico de Pessoal, de Natureza

Leia mais

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA Cód.: DFG Nº: 44 Versão: 12 Data: 11/06/2018 DEFINIÇÃO Ato de investidura do servidor no exercício de função de confiança integrante do quadro de chefias da

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos MEDDA PROSÓRA Nº 359, DE 16 DE MARÇO DE 2007. Altera as Leis n os 10.355, de 26 de dezembro de 2001, 10.855, de 1 o de abril de 2004,

Leia mais

Resumo da Portaria nº 399, de 9 de setembro de Avaliação de Desempenho Individual no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Resumo da Portaria nº 399, de 9 de setembro de Avaliação de Desempenho Individual no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Resumo da Portaria nº 399, de 9 de setembro de 2010 Avaliação de Desempenho Individual no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Capítulo I Disposições Gerais 1. Aprova os critérios e procedimentos

Leia mais

Legislação Federal. ABIN - Agência Brasileira de Inteligência - Sistema Brasileiro de Inteligência - Lei nº de 1999 e Decreto nº 4.

Legislação Federal. ABIN - Agência Brasileira de Inteligência - Sistema Brasileiro de Inteligência - Lei nº de 1999 e Decreto nº 4. Legislação Federal ABIN - Agência Brasileira de Inteligência - Sistema Brasileiro de Inteligência - Lei nº 9.883 de 1999 e Decreto nº 4.376 de 2002 Parte 5 Prof. Karina Jaques Art. 42. Para fins de incorporação

Leia mais

PORTARIA Nº. 152, DE 25 DE AGOSTO DE 2016

PORTARIA Nº. 152, DE 25 DE AGOSTO DE 2016 PORTARIA Nº. 152, DE 25 DE AGOSTO DE 2016 Determina que o Instituto Nacional do Seguro Social estabeleça prazo para a recuperação da capacidade para o trabalho de segurado do Regime Geral de Previdência

Leia mais

Portaria nº 1.095, de 27 de agosto de CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS

Portaria nº 1.095, de 27 de agosto de CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Portaria nº 1.095, de 27 de agosto de 2010. Estabelece critérios e procedimentos específicos de atribuição da Gratificação de Desempenho de Atividades Especializadas e Técnicas de Informações e Avaliações

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.186, DE 27 DE MAIO DE 2010. Regulamenta os arts. 298 a 307 da Lei n o 11.907, de 2 de fevereiro de 2009, que tratam do

Leia mais

Gabinete da Presidência ATO NORMATIVO Nº 18, DE 11 DE MAIO DE 2015

Gabinete da Presidência ATO NORMATIVO Nº 18, DE 11 DE MAIO DE 2015 ATO NORMATIVO Nº 18, DE 11 DE MAIO DE 2015 Dispõe sobre a regulamentação da prestação de serviço extraordinário por servidores do Poder Judiciário do Estado de Alagoas e adota providências correlatas.

Leia mais

CAPÍTULO I DO PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA - PMCMV

CAPÍTULO I DO PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA - PMCMV DECRETO Nº 6819, DE 13 DE ABRIL DE 2009 (DOU DE 13.04.2009 - EDIÇÃO EXTRA) Regulamenta as Seções II, III e IV do Capítulo I da Medida Provisória nº 459, de 25 de março de 2009, que dispõe sobre o Programa

Leia mais

LEI Nº 1.275/2013. CNPJ. nº / Praça Padre Francisco Pedro da Silva, nº 145- Centro CEP: OURICURI-PERNAMBUCO

LEI Nº 1.275/2013. CNPJ. nº / Praça Padre Francisco Pedro da Silva, nº 145- Centro CEP: OURICURI-PERNAMBUCO LEI Nº 1.275/2013 Ementa:Dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos dos Servidores da Prefeitura Municipal de Ouricuri, Estado de Pernambuco e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO MAGISTÉRIO ESTADUAL DO CEARÁ CONHECIMENTOS BÁSICOS ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

CURSO PREPARATÓRIO MAGISTÉRIO ESTADUAL DO CEARÁ CONHECIMENTOS BÁSICOS ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CURSO PREPARATÓRIO MAGISTÉRIO ESTADUAL DO CEARÁ CONHECIMENTOS BÁSICOS ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Decreto nº 25.851/2000 e Leis: 15.009/2009, 15.064/2011 e 15.243/2012 Professor: Reginaldo Pinheiro Tomando por

Leia mais

Lei nº 20592, de 28 de dezembro de 2012

Lei nº 20592, de 28 de dezembro de 2012 Lei nº 20592, de 28 de dezembro de 2012 Altera as Leis n s 15.293, de 5 de agosto de 2004, que institui as carreiras dos Profissionais de Educação Básica do Estado, e 15.301, de 10 de agosto de 2004, que

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA,

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA, LEI COMPLEMENTAR Nº 39, de 09 de setembro de 1991 Publicada no Diário Oficial 14.277 de 12/10/91 (alterada pela LEI COMPLEMENTAR Nº 234, de 19 de julho de 2002) Dispõe sobre normas de ingresso e promoção

Leia mais

DECRETO Nº 5.493, DE 18 DE JULHO DE

DECRETO Nº 5.493, DE 18 DE JULHO DE DECRETO Nº 5.493, DE 18 DE JULHO DE 2005 Regulamenta o disposto na Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso IV, da Constituição,

Leia mais

LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012.

LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012. LEI Nº 20.592, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012. Altera as Leis n s 15.293, de 5 de agosto de 2004, que institui as carreiras dos Profissionais de Educação Básica do Estado, e 15.301, de 10 de agosto de 2004,

Leia mais

RESOLUÇÃO TSE /2008* 1

RESOLUÇÃO TSE /2008* 1 RESOLUÇÃO TSE 22.901/2008* 1 * 1 Resolução alterada pelas Resoluções TSE 23.386/2012, 23.477/2016 e 23.497/2016. PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 18.456 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro

Leia mais

LEI Nº , DE 5 DE JANEIRO DE 2012.

LEI Nº , DE 5 DE JANEIRO DE 2012. LEI Nº 11.192, DE 5 DE JANEIRO DE 2012. Institui Gratificação de Alcance de Metas dos Serviços Públicos de Engenharia, Arquitetura e Afins (GAM) aos servidores municipais detentores de cargos de provimento

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR LEI Nº 6.774, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2006. CRIA O ESTATUTO DOS SERVIDORES DO QUADRO DE SERVIÇOS AUXILIARES DE APOIO TÉCNICO E ADMINISTRATIVO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CONSELHO SUPERIOR

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CONSELHO SUPERIOR SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 42/2014 Fixa as bases de concessão e valores a serem pagos

Leia mais

regulamento gestão de pessoas

regulamento gestão de pessoas regulamento gestão de pessoas Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) REGULAMENTO DE GESTÃO DE PESSOAS Art. 1º O Quadro de Pessoal do CEBRASPE é composto

Leia mais

EXECUTIVO. Prefeitura Municipal de Itaparica. Segunda-Feira 28 de novembro de 2016 Ano V N 367. Publicações deste Diário

EXECUTIVO. Prefeitura Municipal de Itaparica. Segunda-Feira 28 de novembro de 2016 Ano V N 367. Publicações deste Diário Prefeitura Municipal de Itaparica Segunda-Feira Ano V N 367 Publicações deste Diário ATOS OFICIAIS LEI Nº 330, 331/2016 LICITAÇÕES E CONTRATOS EXTRATO DE CONTRATO Nº 72/2016 site: pmitaparicaba.imprensaoficial.org

Leia mais

Portaria nº 301, de 27 de agosto de CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS

Portaria nº 301, de 27 de agosto de CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Portaria nº 301, de 27 de agosto de 2010. Estabelece critérios e procedimentos específicos de atribuição da Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo GDPGPE, no âmbito do Inep.

Leia mais

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA LEI Nº 4.787, DE 26 DE JUNHO DE DELIBERAÇÃO PLENÁRIA

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA LEI Nº 4.787, DE 26 DE JUNHO DE DELIBERAÇÃO PLENÁRIA Altera a Lei nº 4.787, de 26 de junho de 2006, e dá outras providências. O Governador do Estado do Rio de Janeiro, Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono

Leia mais

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA LEI Nº 4.787, DE 26 DE JUNHO DE 2006.

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA LEI Nº 4.787, DE 26 DE JUNHO DE 2006. Altera a Lei nº 4.787, de 26 de junho de 2006, e dá outras providências. O Governador do Estado do Rio de Janeiro, Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono

Leia mais

MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 013, DE 09 DE JANEIRO DE 2015.

MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 013, DE 09 DE JANEIRO DE 2015. MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 013, DE 09 DE JANEIRO DE 2015. Dispõe sobre o reajuste dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS - MF Nº 333, DE

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS - MF Nº 333, DE PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS - MF Nº 333, DE 29-06-2010 DOU 30-06-2010 Dispõe sobre o salário mínimo e o reajuste dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social - INSS e dos demais valores

Leia mais

REPUBLICAÇÃO LEI Nº , DE 4 DE ABRIL DE 2012.

REPUBLICAÇÃO LEI Nº , DE 4 DE ABRIL DE 2012. REPUBLICAÇÃO LEI Nº 11.248, DE 4 DE ABRIL DE 2012. Cria, nos serviços públicos da área das ciências biológicas, a Gratificação de Responsabilidade Ambiental e Alcance de Metas (GRAAM), devida aos servidores

Leia mais

Altera a Lei nº 8.248, 23 de outubro de 1991, e a Lei nº 8.387, de 30 de dezembro de 1991, e dá outras providências.

Altera a Lei nº 8.248, 23 de outubro de 1991, e a Lei nº 8.387, de 30 de dezembro de 1991, e dá outras providências. MEDIDA PROVISÓRIA Altera a Lei nº 8.248, 23 de outubro de 1991, e a Lei nº 8.387, de 30 de dezembro de 1991, e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o

Leia mais

NORMA DE REMUNERAÇÃO DOS DIRETORES E MEMBROS DOS CONSELHOS - NOR 223

NORMA DE REMUNERAÇÃO DOS DIRETORES E MEMBROS DOS CONSELHOS - NOR 223 MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS COD. 200 ASSUNTO: REMUNERAÇÃO DOS DIRETORES E MEMBROS DOS CONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO, FISCAL E CURADOR. APROVAÇÃO: Deliberação CONSAD nº 076, de 12/12/ 2013 VIGÊNCIA:

Leia mais

Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais Prof. Pedro Kuhn

Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais Prof. Pedro Kuhn Técnico Judiciário Área Administrativa Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais Prof. Pedro Kuhn Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais Professor Pedro Kuhn www.acasadoconcurseiro.com.br

Leia mais

LEI N.º 2.146, DE 31 DE JANEIRO DE O povo do Município de Ubá, por seus representantes, decretou, e eu, em seu nome, sanciono a seguinte Lei:

LEI N.º 2.146, DE 31 DE JANEIRO DE O povo do Município de Ubá, por seus representantes, decretou, e eu, em seu nome, sanciono a seguinte Lei: LEI N.º 2.146, DE 31 DE JANEIRO DE 1991. Estabelece normas para a fixação do vencimento básico e da remuneração dos níveis e graus dos cargos e das funções públicas do quadro de Servidores Públicos do

Leia mais

SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI: 68/2017

SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI: 68/2017 SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI: 68/2017 Autoriza alterações na Lei nº 14.660, de 26 de novembro de 2007, visando atender o 4º do art. 2º da Lei Federal nº 11.738, de 16 de Julho de 2008, quanto ao mínimo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.416, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006. Mensagem de veto Dispõe sobre as Carreiras dos Servidores do Poder Judiciário da União; revoga

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DA CARREIRA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DA CARREIRA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROJETO DE LE Dispõe sobre o cargo de Analista em Tecnologia da nformação da Carreira de Tecnologia da nformação, cria o Plano Especial de Cargos de Apoio da Advocacia-Geral da União, estrutura a Carreira

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DECRETO JUDICIÁRIO Nº 1779/ 2013. Dispõe sobre a concessão de férias aos servidores do Quadro Único de Pessoal do Poder Judiciário do Estado de Goiás, o pagamento das vantagens dela decorrentes, sua marcação

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 568, DE 31 DE DEZEMBRO DE DOU DE 03/01/2011

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 568, DE 31 DE DEZEMBRO DE DOU DE 03/01/2011 PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 568, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2010 - DOU DE 03/01/2011 Dispõe sobre o reajuste dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social - INSS e dos demais valores

Leia mais