ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR"

Transcrição

1 ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR LEI Nº 6.774, DE 23 DE NOVEMBRO DE CRIA O ESTATUTO DOS SERVIDORES DO QUADRO DE SERVIÇOS AUXILIARES DE APOIO TÉCNICO E ADMINISTRATIVO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE ALAGOAS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DE ALAGOAS Faço saber que o Poder Legislativo Estadual decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º A carreira dos servidores do Quadro de Serviços Auxiliares de Apoio Técnico e Administrativo do Ministério Público do Estado de Alagoas, criado pela Lei Estadual nº , de 12 de abril de 2002 e alterado pela Lei Estadual nº , de 10 de outubro de 2005, seguirá às disposições estabelecidas nesta Lei. Art. 2º O Plano de Carreira, Cargos e Subsídios dos servidores de que trata esta Lei é instituído com base nos seguintes princípios: I profissionalização do servidor; II aferição do mérito funcional, mediante sistema de avaliação de desempenho; III remuneração por subsídio, com perspectiva de mobilidade funcional na respectiva carreira. CAPÍTULO II DA MOBILIDADE FUNCIONAL Seção I Disposições Gerais Art. 3º A movimentação funcional dar-se-á por progressão, por promoção ou, excepcionalmente, em decorrência de graduação, e produzirá efeitos financeiros a partir do mês subseqüente ao da publicação do ato. Art. 4º Progressão é a movimentação do servidor de uma referência para a seguinte, dentro de uma mesma classe. Art. 5º Promoção é a movimentação do servidor da última referência de uma classe para a primeira referência da classe seguinte.

2 Art. 6º A movimentação funcional será concedida por ato do Procurador-Geral de Justiça, a requerimento do servidor, devendo o interessado comprovar o atendimento dos requisitos desta Lei. Art. 7º Ao servidor em estágio probatório não será concedida progressão, promoção ou movimentação excepcional por graduação. Parágrafo único. Cumprido o estágio probatório, o servidor receberá progressão para a referência imediatamente superior à referência inicial da carreira. Art. 8º Somente será válido, para efeito de mobilidade funcional, o tempo de efetivo exercício no mesmo cargo do Quadro de Serviços Auxiliares de Apoio Técnico e Administrativo do Ministério Público do Estado de Alagoas. 1º Não se considera tempo de efetivo exercício, para efeito de mobilidade funcional: I o gozo de licença: a) por motivo de doença em pessoa da família; b) por motivo de afastamento do cônjuge ou companheiro; c) para serviço militar; d) para atividade política; e) para tratamento de saúde, após cento e vinte dias; f) para tratar de interesses particulares; g) para desempenho de mandato classista; h) para exercício de mandato eletivo. II o tempo em que o servidor estiver, a qualquer título, cedido para outro órgão ou entidade pública, da administração direta ou indireta da União, dos Estados, dos Municípios ou do Distrito Federal. 2º Considera-se tempo de efetivo exercício, para efeito de mobilidade funcional, o tempo em que o servidor efetivo estiver ocupando cargo em comissão da estrutura do Ministério Público do Estado de Alagoas. Seção II Da Progressão Art. 9º Será concedida progressão ao servidor estável que acumule os seguintes requisitos: I tenha cumprido vinte e quatro meses de efetivo exercício na referência em que se encontre; II tenha obtido conceito igual ou superior a cinqüenta por cento nas avaliações de desempenho do período;

3 III esteja em efetivo exercício, nos termos do art. 8º desta Lei. IV não tenha: artigo; a) mais de cinco faltas injustificadas no período a que se refere o inciso I deste b) em sua ficha funcional, anotação acerca de punição por crime contra a administração pública, ilícito administrativo ou disciplinar. 1º Cada falta injustificada retardará em trinta dias a concessão da progressão, respeitado o disposto no inciso IV, alínea a, deste artigo. Seção III Da Promoção Art. 10. Será concedida promoção ao servidor estável que acumule os seguintes requisitos: I tenha cumprido trinta e seis meses de efetivo exercício na última referência da classe em que se encontre; II tenha obtido conceito igual ou superior a setenta por cento nas avaliações de desempenho do período; III esteja em efetivo exercício, nos termos do art. 8º desta Lei; IV tenha participado, com aproveitamento, de curso ou programa de qualificação profissional eventualmente oferecido no período. V não tenha: a) mais de sete faltas injustificadas no período a que se refere o inciso I deste artigo; b) em sua ficha funcional, anotação acerca de punição por crime contra a administração pública, ilícito administrativo ou disciplinar. Parágrafo único. Cada falta injustificada retardará em sessenta dias a concessão da promoção, respeitado o disposto no inciso V, alínea a, deste artigo. Seção IV Da Movimentação Excepcional Por Graduação Art. 11. Será concedida movimentação excepcional por graduação ao servidor estável que acumule os seguintes requisitos: I tenha obtido conceito igual ou superior a setenta por cento na última avaliação de desempenho; II não tenha: a) mais de três faltas injustificadas nos últimos doze meses.

4 b) em sua ficha funcional, anotação acerca de punição por crime contra a administração pública, ilícito administrativo ou disciplinar. Parágrafo único. Cada falta injustificada retardará em sessenta dias a concessão da movimentação excepcional por graduação, respeitado o disposto no inciso II, alínea a, deste artigo. Art. 12. Os servidores ocupantes de cargos de símbolo PGJ-A, serão movimentados excepcionalmente por graduação da seguinte forma: I conclusão do ensino médio: uma referência imediatamente acima; II conclusão de curso de ensino superior: uma referência imediatamente acima; acima; III conclusão de curso de especialização lato sensu: uma referência imediatamente IV conclusão de curso de mestrado: uma referência imediatamente acima; V conclusão de curso de doutorado: uma referência imediatamente acima. Art. 13. Os servidores ocupantes de cargos de símbolos PGJ-B e PGJ-C, serão movimentados excepcionalmente por graduação da seguinte forma: I conclusão de curso de ensino superior: uma referência imediatamente acima; acima; II conclusão de curso de especialização lato sensu: uma referência imediatamente III conclusão de curso de mestrado: uma referência imediatamente acima; IV conclusão de curso de doutorado: uma referência imediatamente acima. Art. 14. Os servidores ocupantes de cargos de símbolos PGJ-D e PGJ-E, serão movimentados excepcionalmente por graduação da seguinte forma: acima; I conclusão de curso de especialização lato sensu: uma referência imediatamente II conclusão de curso de mestrado: uma referência imediatamente acima; III conclusão de curso de doutorado: uma referência imediatamente acima. Art. 15. As referências obtidas com a movimentação excepcional por graduação podem implicar a mudança de classe. 1º Para a movimentação excepcional por graduação não importa a época da obtenção do diploma, que deve ser reconhecido pelo órgão competente. CAPÍTULO III DA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

5 Art. 16. O Ministério Público do Estado de Alagoas desenvolverá cursos de capacitação, reciclagem e aperfeiçoamento para os servidores do Quadro de Serviços Auxiliares de Apoio Técnico e Administrativo. Art. 17. A qualificação dos servidores do Ministério Público do Estado de Alagoas tem por finalidade: cargos; I formação inicial e preparação do servidor para o exercício das atribuições dos II preparação do servidor para o exercício de funções de direção, coordenação e assessoramento; III possibilitar a movimentação funcional por promoção. CAPÍTULO IV DAS DISPOSIÇÕES GERAIS, FINAIS E TRANSITÓRIAS Art. 18. As carreiras do Quadro de Serviços Auxiliares de Apoio Técnico e Administrativo do Ministério Público do Estado de Alagoas são escalonadas em quatro classes, conforme o Anexo Único desta Lei, que estabelece o subsídio de cada referência de cada classe. 1º As carreiras iniciam-se na primeira referência da Classe C, que possui quatro referências. 2º As Classes B e A, respectiva e imediatamente posteriores, possuem quatro referências cada uma. 3º A Classe Especial, imediatamente posterior à Classe A, possui duas referências, sendo o final da carreira. Art. 19. O Ministério Público não receberá servidores cedidos, salvo para o exercício de cargo em comissão ou sem ônus para a Instituição. Parágrafo único. Após a publicação desta Lei, o Procurador-Geral de Justiça terá noventa dias para promover eventuais adequações necessárias ao cumprimento do estabelecido no caput deste artigo. Art. 20. Os servidores do Quadro de Serviços Auxiliares de Apoio Técnico e Administrativo, segundo o interesse da administração, podem ser lotados em qualquer órgão administrativo ou de execução do Ministério Público, na Capital ou no interior do Estado de Alagoas, a critério do Procurador-Geral de Justiça. Parágrafo único. A lotação inicial, após aprovação em concurso público, não gera direito à ajuda de custo. Art. 21. São devidas aos servidores do Quadro de Serviços Auxiliares de Apoio Técnico e Administrativo do Ministério Público do Estado de Alagoas as seguintes verbas indenizatórias: I ajuda de custo; II diárias;

6 III indenização de transporte, para os servidores lotados no interior do Estado de Alagoas, no valor de até vinte e cinco por cento sobre o valor do subsídio relativo à referência I da Classe C do respectivo cargo. 1º O percentual da indenização de transporte será fixado por ato do Procurador- Geral de Justiça, que levará em consideração a distância, entre o local de lotação do servidor e a Capital, e a disponibilidade financeira. 2º As verbas indenizatórias de que trata este artigo: I não geram obrigação de natureza previdenciária ou afim; II serão pagas a título de custeio; III não serão pagas durante férias, licenças ou afastamentos. Art. 22. Aplica-se subsidiariamente a esta Lei, no que couber, o Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis do Estado de Alagoas, Lei Estadual nº /91. Art. 23. As despesas decorrentes da aplicação desta Lei correrão à conta de dotações próprias constantes do Orçamento Estadual e consignadas ao Ministério Público. Art. 24. Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação. Art. 25. Revogam-se as disposições em contrário. PALÁCIO REPÚBLICA DOS PALMARES, em Maceió, 23 de novembro de 2006, 118º da República. LUIS ABILIO DE SOUSA NETO Governador Este texto não substitui o publicado no DOE de

7 ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR LEI Nº 6.774, DE 23 DE NOVEMBRO DE ANEXO ÚNICO SERVIÇOS AUXILIARES DE APOIO TÉCNICO E ADMINISTRATIVO PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SUBSÍDIOS. SÍMBOLO: PGJ-A CLASSE REFERÊNCIA VALOR I 850,00 II 892,50 C III 937,12 IV 983,97 I 1.082,37 II 1.190,61 B III 1.309,67 IV 1.440,63 I 1.584,69 II 1.743,16 A III 1.917,47 IV 2.109,22 I 2.425,61 ESPECIAL II 2.789,45 SÍMBOLO: PGJ-B CLASSE REFERÊNCIA VALOR I 1.050,00 II 1.102,50 C III 1.157,62 IV 1.215,50 I 1.337,05 II 1.470,76 B III 1.617,83 IV 1.779,62 I 1.957,58 II 2.153,34 A III 2.368,67 IV 2.605,54 I 2.996,37 ESPECIAL II 3.445,83 SÍMBOLO: PGJ-C CLASSE REFERÊNCIA VALOR

8 C B A ESPECIAL I 1.300,00 II 1.365,00 III 1.433,25 IV 1.504,91 I 1.655,40 II 1.820,94 III 2.003,03 IV 2.203,34 I 2.423,67 II 2.666,04 III 2.932,64 IV 3.225,91 I 3.709,80 II 4.266,27 SÍMBOLOS: PGJ-D e PGJ-E CLASSE REFERÊNCIA VALOR I 1.700,00 II 1.785,00 C III 1.874,25 IV 1.967,96 I 2.164,75 II 2.381,23 B III 2.619,35 IV 2.881,29 I 3.169,42 II 3.486,36 A III 3.835,00 IV 4.218,50 I 4.851,24 ESPECIAL II 5.578,96

LEI COMPLEMENTAR Nº 1.217, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013

LEI COMPLEMENTAR Nº 1.217, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013 LEI COMPLEMENTAR Nº 1.217, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013 Altera a Lei Complementar nº 1.111, de 25 de maio de 2010, que institui o Plano de Cargos e Carreiras dos servidores do Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 430, DE 1º DE JULHO DE 2010

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 430, DE 1º DE JULHO DE 2010 RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 430, DE 1º DE JULHO DE 2010 Institui o Plano de Cargos, Salários e Carreiras dos servidores da Controladoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte, e dá outras

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 95, DE 4 DE DEZEMBRO DE Publicada no Diário Oficial nº Subseção VI Das Defensorias Públicas do Estado

LEI COMPLEMENTAR Nº 95, DE 4 DE DEZEMBRO DE Publicada no Diário Oficial nº Subseção VI Das Defensorias Públicas do Estado LEI COMPLEMENTAR Nº 95, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2014. Publicada no Diário Oficial nº4.271 O Governador do Estado do Tocantins Cria cargos de Defensor Público do Estado e Reestrutura os Cargos de Provimento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO NORTE DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO NORTE DE MINAS GERAIS REGULAMENTO PARA AFASTAMENTO DE SERVIDORES DOCENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO NORTE DE MINAS GERAIS PARA QUALIFICAÇÃO EM PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU e PÓS-DOUTORADO.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil LEI Nº 17.691, DE 04 DE JULHO DE 2012. Introduz alterações nas Leis nºs 15.397, de 22 de setembro de 2005, e 16.901, de 26 de janeiro de 2010,

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO:

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Lei Complementar nº 1.125, de 1º de julho de 2010 Cria o Quadro de Pessoal da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de do Estado de São Paulo QP-ARTESP e dá providências correlatas. O GOVERNADOR

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 418, DE 31 DE MARÇO DE 2010.

LEI COMPLEMENTAR Nº 418, DE 31 DE MARÇO DE 2010. Governo do Estado do Rio Grande do Norte Gabinete Civil Coordenadoria de Controle dos Atos Governamentais LEI COMPLEMENTAR Nº 418, DE 31 DE MARÇO DE 2010. Institui o Plano de Cargos e Remuneração para

Leia mais

Art. 3º A Carreira dos Profissionais do Serviço de Trânsito é composta por 03 (três) cargos:

Art. 3º A Carreira dos Profissionais do Serviço de Trânsito é composta por 03 (três) cargos: EI N 8.912, DE 27 DE JUNHO DE 2008. Autor: Poder Executivo Reestrutura a Carreira dos Profissionais do Serviço de Trânsito do Estado de Mato Grosso do Departamento Estadual de Trânsito - DETRAN/MT, e dá

Leia mais

LEI N , DE 25 DE AGOSTO DE 2008 O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI N , DE 25 DE AGOSTO DE 2008 O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI N. 2.021, DE 25 DE AGOSTO DE 2008 Institui o Plano de Carreira e Remuneração dos profissionais de nível superior ocupantes dos cargos de engenheiro, tecnólogo, arquiteto, geógrafo, geólogo, médico

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ. FAÇO saber que o Poder Legislativo do Estado decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ. FAÇO saber que o Poder Legislativo do Estado decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I LEI ORDINÁRIA Nº 5.673 DE 1 DE AGOSTO DE 2007 Dispõe sobre o Plano de Cargos e Salários do Quadro Efetivo de Pessoal do Tribunal de Contas do Estado do Piauí. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ FAÇO saber

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RESOLUÇÃO Nº 08/2016 Altera a Lei nº 5.343/2008 e a Lei nº 6.328/2012, para aperfeiçoar a carreira docente da UERJ, e dá outras providências. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, no uso da competência que lhe atribui

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL LEI Nº 3.669, DE 15 DE MAIO DE 2009. Aprova tabelas de vencimento e de subsídio dos servidores das categorias funcionais integrantes das carreiras do Plano de Cargos, Empregos

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº /2015

PROJETO DE LEI Nº /2015 PROJETO DE LEI Nº 21.631/2015 Altera dispositivos da Lei nº 6.677, de 26 de setembro de 1994, da Lei nº 6.932, de 19 de janeiro de 1996, da Lei nº 7.990, de 27 de dezembro de 2001, e dá outras providências.

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais REGULAMENTO DE AFASTAMENTO DOS SERVIDORES TÉCNICO ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DO IFNMG PARA CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO. CAPÍTULO I DOS CONCEITOS Art. 1º. Caracteriza-se como afastamento para capacitação

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 519

LEI COMPLEMENTAR Nº 519 LEI COMPLEMENTAR Nº 519 Dispõe sobre a modalidade de remuneração por subsídio para os servidores dos cargos de padrão 01 a 15 do Quadro Permanente do Serviço Civil do Poder Executivo, para os servidores

Leia mais

LEI N o /2011. Art (...) (...)

LEI N o /2011. Art (...) (...) LEI N o 11.309/2011 Altera dispositivos da Lei Municipal nº 10.679/2008, que Institui as carreiras do grupo de atividades de saneamento do Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DISPOSIÇÃO PRELIMINAR

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DISPOSIÇÃO PRELIMINAR LEI 14.695 / 2003 Data: 30/07/2003 Cria a Superintendência de Coordenação da Guarda Penitenciária, a Diretoria de Inteligência Penitenciária e a carreira de Agente de Segurança Penitenciário e dá outras

Leia mais

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA Cód.: DFG Nº: 44 Versão: 10 Data: 13/07/2016 DEFINIÇÃO Ato de investidura do servidor no exercício de função de confiança integrante do quadro de chefias da

Leia mais

ANEXO I CARGOS DA ÁREA DE ATIVIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA PREFEITURA DE BELO HORIZONTE

ANEXO I CARGOS DA ÁREA DE ATIVIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA PREFEITURA DE BELO HORIZONTE LEI Nº xxxx DE 2016 Institui o Plano de Carreira dos Servidores da Área de Atividades de Assistência Social da Prefeitura de Belo Horizonte, estabelece a respectiva Tabela de Vencimentos e dá outras providências.

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº1148, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011

LEI COMPLEMENTAR Nº1148, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011 1 São Paulo, 121 (176) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I sexta-feira, 16 de setembro de 2011 LEI COMPLEMENTAR Nº1148, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011 Altera a Lei complementar nº 1.044, de 13 de maio

Leia mais

DECRETO /2016 REGULAMENTAÇÃO DA EVOLUÇÃO FUNCIONAL

DECRETO /2016 REGULAMENTAÇÃO DA EVOLUÇÃO FUNCIONAL DECRETO 56.795/2016 REGULAMENTAÇÃO DA EVOLUÇÃO FUNCIONAL Regulamenta o desenvolvimento dos integrantes do Quadro dos Profissionais Técnicos da Guarda Civil Metropolitana QTG na carreira, por meio da promoção

Leia mais

LEI Nº , DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006

LEI Nº , DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006 CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Documentação e Informação LEI Nº 11.416, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006 Dispõe sobre as Carreiras dos Servidores do Poder Judiciário da União; revoga as Leis nºs 9.421, de 24

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 41 DE 26/12/ 2001 ( DOPE 27/12/2001) SALÁRIO FAMÍLIA

LEI COMPLEMENTAR Nº 41 DE 26/12/ 2001 ( DOPE 27/12/2001) SALÁRIO FAMÍLIA LEI COMPLEMENTAR Nº 41 DE 26/12/ 2001 ( DOPE 27/12/2001) SALÁRIO FAMÍLIA NOTA: Ver Lei Complementar nº 43/2002,Lei Complementar nº48/2003.atualizada até Lei complementar nº64, de 20 de dezembro de 2004.

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 TÍTULO IV DA ORGANIZAÇÃO DOS PODERES CAPÍTULO IV DAS FUNÇÕES ESSENCIAIS À JUSTIÇA Seção I Do Ministério Público Art. 127. O Ministério Público é instituição

Leia mais

Procuradoria Geral do Município

Procuradoria Geral do Município LEI Nº 2.461, DE 09 DE ABRIL DE 2012. Institui o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos dos Auditores Fiscais da Fazenda Municipal - PCAFM, carreira específica conforme dispõe os incisos XVIII e XXII,

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE SEROPÉDICA, Estado do Rio de Janeiro, faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono a seguinte Lei.

O PREFEITO MUNICIPAL DE SEROPÉDICA, Estado do Rio de Janeiro, faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono a seguinte Lei. De 14 de dezembro de 2005 LEI N 316/05 Dispõe sobre o Plano de Carreiras e Remuneração dos Profissionais da Educação do Município de Seropédica. O PREFEITO MUNICIPAL DE SEROPÉDICA, Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS LEI COMPLEMENTAR Nº 79, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS LEI COMPLEMENTAR Nº 79, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O Autor: Poder Executivo LEI COMPLEMENTAR Nº 79, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O. 13.12.00. Dispõe sobre o subsídio dos integrantes do Grupo TAF - Tributação, Arrecadação e Fiscalização. O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA PARECER Nº, DE 2003 Redação, para o segundo turno, da Proposta de Emenda à Constituição nº 67, de 2003 (nº 40, de 2003, na Câmara dos Deputados).

Leia mais

DECRETO Nº , DE 01 DE SETEMBRO DE 2006.

DECRETO Nº , DE 01 DE SETEMBRO DE 2006. DECRETO Nº 10.464, DE 01 DE SETEMBRO DE 2006. Regulamenta a concessão de férias aos servidores públicos do Município de Porto Velho e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, usando

Leia mais

LEI Nº , DE 2 DE FEVEREIRO DE Seção XXIV. Do Plano de Carreiras e Cargos do Inmetro

LEI Nº , DE 2 DE FEVEREIRO DE Seção XXIV. Do Plano de Carreiras e Cargos do Inmetro LEI Nº 11.907, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2009. Seção XXIV Do Plano de Carreiras e Cargos do Inmetro Art. 147. Os arts. 56, 60, 61, 62 e 63 da Lei n o 11.355, de 19 de outubro de 2006, passam a vigorar com a

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DECRETO JUDICIÁRIO Nº 1779/ 2013. Dispõe sobre a concessão de férias aos servidores do Quadro Único de Pessoal do Poder Judiciário do Estado de Goiás, o pagamento das vantagens dela decorrentes, sua marcação

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI COMPLEMENTAR Nº 31 O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Faço saber que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei: TITULO I Das Disposições Preliminares Art. 1º - Fica criada

Leia mais

LEI Nº DE 18 DE JUNHO DE 2009 Publicado no Diário Oficial No 25779, do dia 18/06/2009

LEI Nº DE 18 DE JUNHO DE 2009 Publicado no Diário Oficial No 25779, do dia 18/06/2009 Estado de Sergipe Assembléia Legislativa LEI Nº 6.613 DE 18 DE JUNHO DE 2009 Publicado no Diário Oficial No 25779, do dia 18/06/2009 Dispõe sobre a constituição de Quadro Específico de Pessoal, de Natureza

Leia mais

...SINPOL...SINPAP...APO...ADEPOL... PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016

...SINPOL...SINPAP...APO...ADEPOL... PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016 ...SINPOL...SINPAP...APO...ADEPOL... PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016 Dispõe sobre a promoção na carreira da Polícia Civil e da outras providencias. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, faz

Leia mais

Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial

Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial LEI N 991 DE 6 DE MAIO DE 2015. Reajusta os valores constantes dos anexos I a VII da Lei nº 153, de 01 de outubro de 1996, e suas alterações,

Leia mais

NOVO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES MÉDICOS DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE

NOVO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES MÉDICOS DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE NOVO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES MÉDICOS DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE LEI Nº 10.948, DE 13 DE JULHO DE 2016 (Originária do Projeto de Lei n.º 1.908/2016, da autoria do Executivo) Objetivo da lei

Leia mais

PORTARIA N. 80/2017. Art. 2º São requisitos para participação na segunda edição do Curso de Aperfeiçoamento em Tecnologia Educacional - CATE:

PORTARIA N. 80/2017. Art. 2º São requisitos para participação na segunda edição do Curso de Aperfeiçoamento em Tecnologia Educacional - CATE: PORTARIA N. 80/2017 O SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições que lhes são conferidas pela alínea h, do inciso I, do art. 18, do Regimento da Secretaria da Educação, aprovado

Leia mais

NORMA PARA ALTERAÇÃO DE REGIME DE TRABALHO DO DOCENTE PERTENCENTE À CARREIRA DE MAGISTÉRIO SUPERIOR NA UNIFEI

NORMA PARA ALTERAÇÃO DE REGIME DE TRABALHO DO DOCENTE PERTENCENTE À CARREIRA DE MAGISTÉRIO SUPERIOR NA UNIFEI NORMA PARA ALTERAÇÃO DE REGIME DE TRABALHO DO DOCENTE PERTENCENTE À CARREIRA DE MAGISTÉRIO SUPERIOR NA UNIFEI 1 Norma para alteração de regime de trabalho do docente pertencente à carreira de Magistério

Leia mais

RESOLUÇÃO N 06/2015/CONSUP/IFAP, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015.

RESOLUÇÃO N 06/2015/CONSUP/IFAP, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015. RESOLUÇÃO N 06/2015/CONSUP/IFAP, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015. Aprova o PROGRAMA DE BOLSA-AUXÍLIO À PÓS- GRADUAÇÃO AOS SERVIDORES do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá IFAP. O PRESIDENTE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO N 0 045, DE 02 DE MAIO DE 2012 O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 634/2010

RESOLUÇÃO Nº 634/2010 Publicação: 19/05/2010 DJE: 18/05/2010 RESOLUÇÃO Nº 634/2010 Regulamenta a concessão do Adicional de Desempenho, ADE, aos servidores efetivos dos Quadros de Pessoal da Secretaria do Tribunal de Justiça

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL 1 LEI Nº 5.351, DE 4 DE JUNHO DE 2014 (Autoria do Projeto: Poder Executivo) Dispõe sobre a criação da carreira Socioeducativa no Quadro de Pessoal do Distrito Federal e dá outras providências. O GOVERNADOR

Leia mais

CAPÍTULO I DO DIREITO E DOS REQUISITOS PARA A CONCESSÃO

CAPÍTULO I DO DIREITO E DOS REQUISITOS PARA A CONCESSÃO DECRETO nº 373, de 14 de agosto de 2014. Dispõe sobre a regulamentação de afastamento para gozo de férias-prêmio e de conversão das férias-prêmio em espécie para servidor detentor de cargo de provimento

Leia mais

DECRETO Nº 88, DE 11 DE MAIO DE 2015.

DECRETO Nº 88, DE 11 DE MAIO DE 2015. DECRETO Nº 88, DE 11 DE MAIO DE 2015. M A TO G R O S S O. E STA D O D E T R ANS F O R M A Ç Ã O. Dispõe sobre a contratação por tempo determinado para atender necessidade temporária de excepcional interesse

Leia mais

EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003

EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003 EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003 Modifica os arts. 37, 40, 42, 48, 96, 149 e 201 da Constituição Federal, revoga o inciso IX do 3º do art. 142 da Constituição Federal e dispositivos

Leia mais

FAÇO SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE APARECIDA DE GOIÂNIA APROVOU E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI:

FAÇO SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE APARECIDA DE GOIÂNIA APROVOU E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: LEI MUNICIPAL Nº 2.221, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2001. Dispõe sobre o Plano de Carreira e Vencimentos do Grupo Ocupacional Magistério da Prefeitura Municipal de Aparecida de Goiânia. FAÇO SABER QUE A CÂMARA

Leia mais

Art.2º Esta Resolução entra em vigor na data da sua assinatura.

Art.2º Esta Resolução entra em vigor na data da sua assinatura. RESOLUÇÃO Nº 13, DE 07 DE JULHO DE 2011. Aprova o PROGRAMA BOLSA - AUXÍLIO À PÓS- GRADUAÇÃO AOS SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP, que tem por finalidade prestar

Leia mais

A PREFEITA MUNICIPAL DE PIO IX, ESTADO DO PIAUÍ, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

A PREFEITA MUNICIPAL DE PIO IX, ESTADO DO PIAUÍ, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Lei nº 753 de 16 de outubro de 2013. Autoriza o Pagamento, aos Profissionais das Equipes Lotados na Atenção Básica do Município de Pio IX, do Repasse do Incentivo Financeiro do Programa Nacional de Melhoria

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N 02/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N 02/2013 RESOLUÇÃO N 02/2013 Aprova as normas para avaliação de desempenho funcional dos docentes da Universidade Federal do Vale do São Francisco, para fins de desenvolvimento na carreira.. O DA UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Reorganiza as atribuições gerais e as classes dos cargos da Carreira Policial Federal, fixa a remuneração e dá outras providências.

Leia mais

LEI Nº , DE 27 DE MAIO DE Faço saber que a Assembleia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº , DE 27 DE MAIO DE Faço saber que a Assembleia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 14.319, DE 27 DE MAIO DE 2011. Dispõe sobre o Prêmio de Defesa Social - PDS, no âmbito do Estado de Pernambuco, e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE PERNAMBUCO: Faço saber que a Assembleia

Leia mais

b) aos demais aplicar-se-á, para fins de cálculo das aposentadorias e pensões, o disposto na Lei n o , de 18 de junho de 2004.

b) aos demais aplicar-se-á, para fins de cálculo das aposentadorias e pensões, o disposto na Lei n o , de 18 de junho de 2004. LEI Nº 12.277, DE 30 DE JUNHO DE 2010. Dispõe sobre a instituição do Adicional por Participação em Missão no Exterior, a remuneração dos cargos de Atividades Técnicas da Fiscalização Federal Agropecuária

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 002 / 91 de 22 de maio de TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI COMPLEMENTAR Nº 002 / 91 de 22 de maio de TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI COMPLEMENTAR Nº 002 / 91 de 22 de maio de 1991. DISPÕE SOBRE O PLANO DE CARREIRA DO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL DE ERNESTINA. O PREFEITO MUNICIPAL DE ERNESTINA, no uso de suas legais atribuições e

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 0042 DE 15 DE MARÇO DE 2016.

LEI COMPLEMENTAR Nº 0042 DE 15 DE MARÇO DE 2016. LEI COMPLEMENTAR Nº 0042 DE 15 DE MARÇO DE 2016. INSTITUI O PLANO DE CARREIRA, CARGOS E VENCIMENTOS DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL. O PREFEITO MUNICIPAL DE CACHOEIRAS DE MACACU, Estado do Rio de Janeiro, faz

Leia mais

JUSTIFICATIVA DE CRIAÇÃO DA FUNÇÃO DE TÉCNICO- ADMINISTRATIVO - SUBSTITUTO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO SUBSTITUTO.

JUSTIFICATIVA DE CRIAÇÃO DA FUNÇÃO DE TÉCNICO- ADMINISTRATIVO - SUBSTITUTO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO SUBSTITUTO. JUSTIFICATIVA DE CRIAÇÃO DA FUNÇÃO DE TÉCNICO- ADMINISTRATIVO - SUBSTITUTO NOMENCLATURA: TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO SUBSTITUTO. LEGISLAÇÃO CORRELATA: a) Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990,

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016 PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016 Dispõe sobre a promoção na carreira da Polícia Civil e da outras providencias. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, faz saber que a Assembléia Legislativa

Leia mais

MUNICÍPIO DE JUAZEIRO ESTADO DA BAHIA LEI Nº 2.131/2010

MUNICÍPIO DE JUAZEIRO ESTADO DA BAHIA LEI Nº 2.131/2010 Página 1 de 6 LEI Nº 2.131/2010 Estrutura a Gratificação de Produtividade Fiscal atribuída aos titulares dos cargos de Fiscal de Obras, Fiscal de Posturas, Fiscal Sanitário e Fiscal de Transporte do Município

Leia mais

Prefeitura Municipal de Meleiro

Prefeitura Municipal de Meleiro LEI nº 1408-2009 DISPÕE SOBRE A ADMISSÃO DE PESSOAL POR PRAZO DETERMINADO NO ÂMBITO DO FUNCIONALISMO E MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL DE MELEIRO, PARA ATENDER A NECESSIDADE TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo)

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo) PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE 2003 (Do Poder Executivo) Modifica os artigos 37, 40, 42, 48, 96, 142 e 149 da Constituição Federal, o artigo 8º da Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS CONSELHO SUPERIOR

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS CONSELHO SUPERIOR SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 44/CS, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2013. Estabelece normas e procedimentos para reversão voluntária de

Leia mais

DECRETO N.º 3464, DE 30 DE NOVEMBRO DE (alterado pelo DECRETO Nº 3487, DE 20 DE JANEIRO DE 2016)

DECRETO N.º 3464, DE 30 DE NOVEMBRO DE (alterado pelo DECRETO Nº 3487, DE 20 DE JANEIRO DE 2016) DECRETO N.º 3464, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2015. (alterado pelo DECRETO Nº 3487, DE 20 DE JANEIRO DE 2016) "DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DE ADICIONAL DE PERICULOSIDADE AO SERVIDOR PÚBLICO DETENTOR DE CARGO EFETIVO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL DECRETO Nº 85.487, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1980 Dispõe sobre a carreira do magistério nas instituição federais autárquicas e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe

Leia mais

EDITAL N 3/PRES/INSS, DE 25 DE AGOSTO DE 2015 MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE DE REMOÇÃO PARA OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR COM FORMAÇÕES ESPECÍFICAS

EDITAL N 3/PRES/INSS, DE 25 DE AGOSTO DE 2015 MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE DE REMOÇÃO PARA OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR COM FORMAÇÕES ESPECÍFICAS EDITAL N 3/PRES/INSS, DE 25 DE AGOSTO DE 2015 MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE DE REMOÇÃO PARA OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR COM FORMAÇÕES ESPECÍFICAS Considerando que a Portaria n 251, de 26 de junho de 2015,

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.957, DE 15 DE JUNHO DE 2015.

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.957, DE 15 DE JUNHO DE 2015. RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.957, DE 15 DE JUNHO DE 2015. Dispõe sobre a contratação de pessoal, por prazo determinado, para o atendimento de necessidade temporária de excepcional interesse público, no

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR LEI Nº 6.179, DE 8 DE AGOSTO DE 2000. DISPÕE SOBRE A ESTRUTURA DA CASA MILITAR DO PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DE ALAGOAS Faço saber que o Poder Legislativo decreta e

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 241-D, DE 2016

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 241-D, DE 2016 CÂMARA DOS DEPUTADOS PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 241-D, DE 2016 REDAÇÃO PARA O SEGUNDO TURNO DE DISCUSSÃO DA PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 241-C, DE 2016, que altera o Ato das Disposições

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Norte

Governo do Estado do Rio Grande do Norte Governo do Estado do Rio Grande do Norte Em Natal RN, 17 de abril de 2009. Mensagem n.º 093/2009 GE Excelentíssimo Senhor Deputado Robinson Mesquita de Faria M.D. Presidente da Assembléia Legislativa do

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE PERNAMBUCO

O GOVERNADOR DO ESTADO DE PERNAMBUCO LEI Nº 11.200 DE 30/01/1995 (DOPE 31/01/1995) ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO ESTADO NOTA 1: Os cargos em comissão fixados nesta Lei, foram extintos pelo Art. 16 da Lei nº 11.629, de 28 de janeiro de 1999.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE UTINGA C.N.P.J / Rua 15 de Novembro, 08 Centro, CEP Utinga - BA

PREFEITURA MUNICIPAL DE UTINGA C.N.P.J / Rua 15 de Novembro, 08 Centro, CEP Utinga - BA 2 LEI Nº 356, DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DOS ADICIONAIS DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE PARA OS SERVIDORES PÚBLICOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE UTINGA O Prefeito Municipal de UTINGA-BAHIA,

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR ABRE À FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE ALAGOAS - FAPEAL, O CRÉDITO SUPLEMENTAR NO VALOR DE R$ 1.483.628,40 PARA CRIAÇÃO DE DOTAÇÕES CONSIGNADAS NO ORÇAMENTO VIGENTE. O GOVERNADOR DO ESTADO DE

Leia mais

São Paulo, 6 de junho de 2013.

São Paulo, 6 de junho de 2013. São Paulo, 6 de junho de 2013. Ofício nº 1.604/2013-JUR. Protocolo MP nº 23.939/11 Senhor Presidente: Cumprimentando cordialmente Vossa Excelência, tenho a honra de encaminhar para apreciação dessa augusta

Leia mais

Art. 1º - Aprovar as normas que regulamentam os critérios para Promoção e Progressão na Carreira do Magistério Superior.

Art. 1º - Aprovar as normas que regulamentam os critérios para Promoção e Progressão na Carreira do Magistério Superior. Dispõe sobre Normas e Critérios para Promoção e Progressão na Carreira do Magistério Superior. O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso de suas atribuições, de acordo com o

Leia mais

Lei Complementar de Setembro de 2008

Lei Complementar de Setembro de 2008 Lei Complementar 123-09 de Setembro de 2008 Publicado no Diário Oficial nº. 7802 de 9 de Setembro de 2008 Súmula: Institui o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos do Quadro dos Funcionários da Educação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 05-CONSUP/IFAM, de 20 de maio de 2014.

RESOLUÇÃO Nº 05-CONSUP/IFAM, de 20 de maio de 2014. RESOLUÇÃO Nº 05-CONSUP/IFAM, de 20 de maio de 2014. Aprova as Normas de Regulamentação de Movimentação de servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas. O Reitor do Instituto

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº. 4050

PROJETO DE LEI Nº. 4050 PROJETO DE LEI Nº. 4050 Institui o Centro de Especialidades Odontológicas CEO Tipo 2, dispõe sobre a contratação temporária de pessoal, nos termos da Lei Municipal nº. 2.854/2011 e do art. 37, IX, da Constituição

Leia mais

Institui as carreiras do Grupo de Atividades de Saúde do Poder Executivo.

Institui as carreiras do Grupo de Atividades de Saúde do Poder Executivo. Norma: LEI 15462 2005 Data: 13/01/2005 Institui as carreiras do Grupo de Atividades de Saúde do Poder Executivo. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS O Povo do Estado de Minas Gerais, por seus representantes,

Leia mais

lei complementar 1.158, de

lei complementar 1.158, de Página 1 de 11 LEI COMPLEMENTAR Nº 1.158, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2011 Dispõe sobre a reclassificação dos vencimentos e salários dos servidores integrantes das classes regidas pela Lei Complementar nº 1.080,

Leia mais

ANEXO V RESOLUÇÃO PGJ N.º 04, DE 17 DE JANEIRO DE 2012

ANEXO V RESOLUÇÃO PGJ N.º 04, DE 17 DE JANEIRO DE 2012 1 ANEXO V RESOLUÇÃO PGJ N.º 04, DE 17 DE JANEIRO DE 2012 Regulamenta a remoção de servidores ocupantes dos cargos efetivos dos Quadros Permanente e Especial dos Serviços Auxiliares do Ministério Público

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

PROJETO DE LEI CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES PROJETO DE LEI Cria a Carreira de Analista Executivo no âmbito do Poder Executivo e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 o Fica criada, no

Leia mais

* DECRETO Nº , DE 12 DE ABRIL DE 2010

* DECRETO Nº , DE 12 DE ABRIL DE 2010 Governo do Estado do Rio Grande do Norte Gabinete Civil Coordenadoria de Controle dos Atos Governamentais * DECRETO Nº 21.626, DE 12 DE ABRIL DE 2010 Dispõe sobre a concessão de diárias na administração

Leia mais

LEI Nº 384/2003, DE 11 DE JUNHO DE INDICE TITULO I. Disposições preliminares 01 TITULO II. Do servidor do magistério publico municipal 02

LEI Nº 384/2003, DE 11 DE JUNHO DE INDICE TITULO I. Disposições preliminares 01 TITULO II. Do servidor do magistério publico municipal 02 LEI Nº 384/2003, DE 11 DE JUNHO DE 2003. INDICE TITULO I Disposições preliminares 01 TITULO II Do servidor do magistério publico municipal 02 TITULO III Do provimento 04 TITULO IV Da movimentação da carreira

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica PORTARIA N o 582, DE 1 o DE NOVEMBRO DE 2012. Aprova os critérios gerais e os procedimentos específicos para fins de Progressão e Promoção dos servidores

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 8 Brastra (4376 bytes) Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003 As MESAS da CÂMARA DOS DEPUTADOS e do SENADO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS - UFAL Secretaria Executiva dos Conselhos Superiores SECS/UFAL DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS DA METODOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS - UFAL Secretaria Executiva dos Conselhos Superiores SECS/UFAL DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS DA METODOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS - UFAL Secretaria Executiva dos Conselhos Superiores SECS/UFAL RESOLUÇÃO Nº 37/2008-CONSUNI/UFAL, de 11 de junho de 2008. APROVA O PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DO

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 609, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013

LEI COMPLEMENTAR Nº 609, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 LEI COMPLEMENTAR Nº 609, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 Procedência: Governamental Natureza: PLC/0047.0/2013 DO: 19.729, de 31/12/2013 Fonte: ALESC/Coord. Documentação Fixa o subsídio mensal dos membros da

Leia mais

PROJETO CARREIRA POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - PPGG QUADRO COMPARATIVO: PROPOSTA DO GDF X PROPOSTA SINDIRETA E ASSOCIAÇÕES

PROJETO CARREIRA POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - PPGG QUADRO COMPARATIVO: PROPOSTA DO GDF X PROPOSTA SINDIRETA E ASSOCIAÇÕES PROJETO CARREIRA POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - PPGG QUADRO COMPARATIVO: PROPOSTA DO GDF X PROPOSTA SINDIRETA E ASSOCIAÇÕES PROPOSTA GDF - CARREIRA PPGG PROPOSTA SINDIRETA - CARREIRA PPGG

Leia mais

REITORIA PORTARIA UNESP Nº 488, DE 2 DE AGOSTO DE 2012.

REITORIA PORTARIA UNESP Nº 488, DE 2 DE AGOSTO DE 2012. PORTARIA UNESP Nº 488, DE 2 DE AGOSTO DE 2012. Dispõe sobre a regulamentação do Instituto da Promoção previsto no Plano de Carreira e Sistema Retribuitório para os servidores técnicos e administrativos

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSELHO DIRETOR Nº 021/10 (Processo nºª 9062/08)

RESOLUÇÃO CONSELHO DIRETOR Nº 021/10 (Processo nºª 9062/08) RESOLUÇÃO CONSELHO DIRETOR Nº 021/10 (Processo nºª 9062/08) Dispõe sobre a Estruturação do Plano de Classificação de Cargos e Carreiras do corpo técnico-administrativo da Fundação Santo André, estabelece

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL 1 CÂMARA LEGSLATA DO DSTRTO FEDERAL Texto atualizado apenas para consulta. LE Nº 5.187, DE 25 DE SETEMBRO DE 2013 (Autoria do Projeto: Poder Executivo) Reestrutura a tabela de vencimentos da carreira Atividades

Leia mais

ATOS DO PODER EXECUTIVO MEDIDA PROVISÓRIA Nº 614, DE 14 DE MAIO DE

ATOS DO PODER EXECUTIVO MEDIDA PROVISÓRIA Nº 614, DE 14 DE MAIO DE TOS DO PODER EXECUTIVO MEDID PROVISÓRI Nº 64, DE 4 DE MIO DE 03 ltera a Lei nº.77, de 8 de dezembro de 0, que dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal; altera a

Leia mais

DECRETO Nº , DE 4 DE JANEIRO DE 2013.

DECRETO Nº , DE 4 DE JANEIRO DE 2013. DECRETO Nº 46.125, DE 4 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta dispositivos da Lei nº 15.293, de 5 de agosto de 2004. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, no uso de atribuição que lhe confere o inciso VII

Leia mais

Lei nº , de 28 de dezembro de Carreira do Magistério Superior Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal

Lei nº , de 28 de dezembro de Carreira do Magistério Superior Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal Lei nº 12.772, de 28 de dezembro de 2012 Carreira do Magistério Superior Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal Carreira de Magistério Superior,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Mensagem nº 75, de 2011 Canoas, 13 de outubro de 2011. A Sua Excelência o Senhor Vereador César Augusto Ribas Moreira Presidente da Câmara Municipal de Canoas Canoas - RS Senhor Presidente, Na forma da

Leia mais

AUXÍLIO-ALIMENTAÇÃO DEFINIÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES

AUXÍLIO-ALIMENTAÇÃO DEFINIÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES AUXÍLIO-ALIMENTAÇÃO DEFINIÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES DEFINIÇÃO Benefício de caráter indenizatório concedido ao servidor ativo com a finalidade

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO PARA A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS SERVIDORES

Leia mais

1. SERVIDORES PÚBLICOS ESTATURÁRIOS FEDERAIS. Art. 2º da Lei Conceito de agente público: Juiz e promotor são agentes políticos?...

1. SERVIDORES PÚBLICOS ESTATURÁRIOS FEDERAIS. Art. 2º da Lei Conceito de agente público: Juiz e promotor são agentes políticos?... 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Servidores Públicos Estatutários Federais 1. SERVIDORES PÚBLICOS ESTATURÁRIOS FEDERAIS Art. 2º da Lei 8.429 Conceito de agente público: Art. 2 Reputa-se agente público,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 018/2013

RESOLUÇÃO Nº 018/2013 RESOLUÇÃO Nº 018/2013 Dispõe sobre a concessão e o pagamento de diárias a membros, servidores e colaboradores eventuais, no âmbito do Ministério Público do Estado do Espírito Santo e dá outras providências.

Leia mais

EDITAL DO 7º CONCURSO DE REMOÇÃO DE SERVIDORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS

EDITAL DO 7º CONCURSO DE REMOÇÃO DE SERVIDORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS EDITAL DO 7º CONCURSO DE REMOÇÃO DE SERVIDORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS O Procurador-Geral de Justiça do Estado de Goiás, nos termos do artigo 15, VII da Lei Complementar Estadual n. 25,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Conceição da Feira-BA

Prefeitura Municipal de Conceição da Feira-BA ANO. 2014 DO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DA FEIRA - BAHIA 1 A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. PORTARIAS NºS 138/139/140/141/142/143/144/2014

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL LEI Nº 3.244, DE 6 DE JULHO DE 2006. Dispõe sobre a eleição de diretores, diretores-adjuntos e do colegiado escolar da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul e dá outras

Leia mais