Lucy Dias Ramos. Maior que a Vida. Federação Espírita Brasileira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lucy Dias Ramos. Maior que a Vida. Federação Espírita Brasileira"

Transcrição

1 Lucy Dias Ramos Maior que a Vida Federação Espírita Brasileira

2

3 Maior que a Vida Além, muito além de tudo o que é tangível, No horizonte sem contornos, sem limites Perdura a imensidão da vida além da vida... No infinito das horas Liberta das aparentes formas, Maior que a vida que termina, Existe a vida imperecível, real, verdadeira... Retornando ao ciclo evolutivo No turbilhão das vidas sucessivas, A perenidade do ser, maior que a vida, Cumpre seu destino. Perdura a certeza de que viverá além do infinito, Espírito imortal, indestrutível Buscando atingir a perfeição!

4

5 Introdução Há quase um ano, minha filha partiu para o mundo espiritual... É muito doloroso recordar fatos e descrever acontecimentos que feriram minha alma e, neste processo, reviver os momentos de expectativa que nos angustiaram ante sua morte que a cada dia mais se aproximava. Mesmo mantendo viva a chama da fé, elevando o espírito por meio da prece e do conhecimento espírita, compreendendo os desígnios de Deus, sábios e generosos, visando a nosso progresso espiritual, sofremos muito ante tudo o que aconteceu, desde os primeiros anos da enfermidade até sua desencarnação em 23 de agosto de Os últimos meses que antecederam sua partida foram os mais difíceis. Nesta fase, já não alimentávamos mais esperanças de cura e compreendíamos que as lutas e desafios para debelar o câncer, todas as terapias e recursos não deram os resultados esperados. Sendo médica, Sandra sabia melhor do que eu que a luta fora inglória, se analisarmos apenas o aspecto material, entretanto, nós duas compreendíamos, sob a luz da Doutrina Espírita, que, espiritualmente, estávamos vencendo uma batalha difícil que nos conduziria às conquistas imperecíveis do espírito imortal, ensejando-nos o ressarcimento de

6 Ma i o r q u e a Vi d a débitos do passado, curando as lesões da alma e nos fortalecendo pa ra o desenvolvimento moral. A primeira parte deste livro contém narrativas dos últimos meses em que estive ao lado de minha filha, permanecendo em sua residência. Ao retornar ao meu lar, escrevia as ocorrências do dia, nossas conversas, as leituras que fazíamos de obras espíritas, outras sobre sua enfermidade e processos de curas alternativas. Estes capítulos foram desenvolvidos com base nestes apontamentos e recordações de fatos de sua vida, de suas conquistas, no âmbito familiar e profissional. A segunda parte contém mensagens específicas escritas nessa fase e assuntos referentes à morte e à necessária preparação ante a perspectiva da ausência física de um ente querido. Em nossa convivência diária, observando suas reações, o processo de desgaste físico e emocional provocado pela doença, fui conversando com ela, elucidando na visão espírita a importância da preparação de seu espírito para enfrentar a morte, vencer a incerteza e o medo que são comuns em pacientes portadores de doenças incuráveis. Usando os recursos espíritas inestimáveis, conseguimos, as duas, preparar nossas almas para enfrentar a morte física, porque compreendíamos que não haveria ruptura dos elos de amor que sempre nos uniram. Esta preparação foi muito importante para todos nós que constituímos sua família na presente encarnação. Muitos nos ajudaram nesta fase e podíamos sentir, a todo instante, as vibrações de amor e de equilíbrio com que fomos sustentados neste período de sofrimento. Chegavam até nós o apoio familiar, as ações solidárias dos amigos e a assistência constante dos Benfeitores espirituais e familiares que nos confortavam e nos erguiam 6

7 Introdução solícitos para que o desânimo não nos abatesse ou enfraquecesse nossa fé. A motivação deste livro é a tentativa de ajudar a todos os que estejam passando por momentos como este que vivenciamos. Que possam encontrar um pouco de alívio e de esperança, o que me leva a recordar como nós duas enfrentamos, ao lado dos familiares, a gravidade da situação. A primeira parte segue em ordem cronológica, nossas conversas, nossos momentos de silêncio, alguns encontros familiares e com amigos, comentários dos livros que lemos juntas, os momentos de prece e profundas reflexões acerca da vida e da morte... Em meu coração esta seria uma forma mais amena de suportar a dor de vê-la distanciar-se de minha vida, na nova dimensão em que vive agora, até que eu possa partir para nosso reencontro, integrando juntas nossa família espiritual que, certamente, nos aguarda com amor e saudades. Assim como um dia abriguei com ternura sua chegada ao regaço materno, recebendo-a como filha que Deus me confiou, procurei devolvê-la com o mesmo sentimento de gratidão pela confiança em mim depositada, e hoje eu não poderia deixar de externar meu reconhecimento pelos anos que ela viveu ao nosso lado, vendo-a retornar ao mundo espiritual, destinação de todos nós, filhos de Deus. Juiz de Fora (MG), março de

8

9 Parte 1 Um novo despertar

10

11 Capítulo 1 Recordações de uma vida Gostaria de reter na memória todos os momentos que nós passamos juntas aqui na Terra, na atual encarnação. Nossos planos, nossos sonhos, nossas conversas sobre o mundo transitório em que vivemos, sobre o futuro espiritual que nos aguarda, retorno de todos nós na sucessão das vidas... Suas indagações, o brilho de seu olhar já esmaecido pela enfermidade que ia sugando suas energias, sua voz modulada e firme que já não soava como antes são lembranças que vão se tornando fugidias à medida que o tempo escoa. Recordo, com mais frequência, outros tempos felizes e, como num passe de mágica, com a velocidade do pensamento, revejo o que juntas vivemos no passado... Lembro-me de quando chegou ao nosso lar, naquele mês de abril, tão frágil, aconchegada ao meu coração, quando eu podia sentir as batidas do seu, acariciar suas mãos tão pequeninas, admirando seus olhos que mal se abriam ante a luz, como todos os que chegam assombrados a este mundo de tantas dores e lutas... O tempo ecoa célere e as cenas vão repassando como registros de nossa vida: o primeiro dia da escola, meu co-

12 Ma i o r q u e a Vi d a ração apertado pela separação de algumas horas, vendo-a atravessar a rua em direção ao colégio em nosso bairro. As formaturas, as festas no colégio, as viagens de férias, o primeiro namorado, a primeira decepção amorosa, a conclusão do curso médico e depois o casamento, levando-a para outra cidade, outra vida que se iniciava, realizando seus sonhos no lar que se formava e nas atividades profissionais... Eu sofria com nossa separação e quando ela vinha nos visitar, ao nos despedirmos, ficava um vazio tão grande em meu coração como se minha alma estivesse partida, rompida pela dor da saudade. Hoje me sinto, novamente, assim... Mas era diferente porque podíamos nos falar ao telefone e com pouco mais de duas horas eu, se desejasse, estaria em sua cidade. Hoje a distância é maior, quase imensurável pelos padrões físicos em nossa dimensão de vida. Depois, nasceram seus filhos e, após dez anos morando em outras cidades, seu retorno ao nosso convívio foi possível. A vida prosseguia como todas as vidas que seguem suas diretrizes dentro dos limites da normalidade. Conquistas profissionais, mestrado e doutorado com amplas possibilidades em sua área de trabalho, clientes que iam se tornando, ao longo dos anos, novos amigos em sua vida. Sem nunca ter se afastado das lides espíritas, recomeçou no Centro Espírita a participar dos cursos, da reunião mediúnica e grupos de estudo. À medida que os anos passavam, eu a sentia se distanciando de mim, fisicamente, mas os liames afetivos iam se consolidando cada vez mais, embora não trocássemos nossas confidências como outrora... Parecia que ela desejava poupar-me dos seus problemas, de suas lutas... Até que um dia, não muito distante, ela chegou em nossa casa ao lado de seu marido e nos deu a notícia do câncer de mama. Ficamos preocupados, mas alimentávamos a 12

13 Recordações de uma vida esperança, pois nos dias atuais as estatísticas demonstram que são bem acentuadas as probabilidades de cura, com os novos medicamentos e terapias diversas. Estávamos no final de dezembro de E começamos logo a enfrentar uma luta que se estendeu até nossos dias... Em 2004, a alegria da cura... Sandra retornou às suas atividades médicas, que não haviam sido interrompidas totalmente, passou a viajar com mais frequência, vivendo mais intensamente os momentos de lazer. Construiu uma nova residência num bairro mais afastado da cidade, com área de vegetação mais ampla, cercada de árvores nativas e muito jardim... Estava, sem que soubéssemos, preparando um local mais aprazível para passar seus últimos anos de vida, com tudo o que mais amava seu companheiro, seus filhos, amigos e familiares num ambiente de paz, integrando-se na Natureza, que retribuía sua presença e cuidados com flores, pássaros e uma visão panorâmica que nos encantava a todos... Apenas o acesso era difícil... Para chegar até este local, a estrada era sem conservação adequada e muito estreita. Entretanto, como era linda a chegada ao condomínio onde morava. Assim também nossa vida. Para conquistarmos a paz e a felicidade relativa, quanto de lutas e sacrifícios devemos enfrentar... Em 2006, surgiu novamente o problema e na mesma época seu pai foi internado com o diagnóstico de câncer no pâncreas, com possibilidade de sobreviver apenas poucos meses. Ela reiniciou o tratamento e eu fiquei três meses com seu pai no hospital, até ele desencarnar em julho daquele ano. Mesmo assim, em 2007, nós fomos com sua irmã Valéria ao Congresso Espírita em Brasília. Participamos 13

14 Ma i o r q u e a Vi d a com alegria das comemorações e recordo que, em alguns momentos, apertávamos nossas mãos e chorávamos de emoção, como na abertura do evento, sentindo ao nosso lado os amigos espirituais. Sabíamos que esta seria a última vez, nesta vida terrena, que iríamos participar juntas de um acontecimento igual... O câncer progredia em metástases e, em setembro de 2007, nova cirurgia para retirada de nódulos na região do tórax e pescoço. Novas quimioterapias e novos tratamentos alternativos...mas a esperança foi se apagando à medida que as terapias não iam apresentando o resultado favorável e tudo voltava ao ponto de partida com sérios agravantes em seu estado físico, pelos efeitos colaterais dos medicamentos aplicados. A dor se acentuava, impedindo-a de dormir, de se alimentar corretamente, de andar, e eu ficava condoída ante seu sofrimento, sem saber o que mais poderia fazer para confortá-la e diminuir sua angústia... Estava sempre ao seu lado, procurando amenizar sua solidão, suas dores, orando, comentando sobre livros que a interessavam, falando de nossa Doutrina, das consolações e recursos que ela oferece em momentos assim... Prosseguia a fluidoterapia, as orações a seu favor, as vibrações e o carinho dos familiares, dos amigos, de suas colegas médicas que a visitavam e levavam o calor da amizade e o apoio fraterno. Como sou grata a todos que estiveram ao seu lado nestes momentos tão difíceis para nós! Em meu coração, a dor que eu procurava disfarçar para que ela não se preocupasse comigo, mas a certeza de que Deus não nos desampara e estávamos cercados de todo o suporte espiritual necessário para enfrentar o problema que se agravava a cada dia. 14

15 Recordações de uma vida Em momentos de prece e reflexões mais profundas acerca do que estávamos vivenciando, eu reconhecia que todo o processo desta enfermidade, de seu sofrimento, eram peças importantes no resgate de outras vidas, burilando nossos espíritos e reparando velhos débitos do passado... Certamente, no mundo espiritual a sua compreensão se ampliaria em torno dos reais motivos que a levaram a escolher esta prova tão difícil! 15

16 Sobre a autora Lucy Dias Ramos nasceu em um lar espírita no ano de 1935 e é natural da cidade de Rio Novo (MG). Transferindo-se com a família para Barra do Piraí (RJ), frequentou aulas de evangelização e já aos treze anos exerceu o cargo de Secretária do Centro Espírita Bezerra de Menezes, fundado por seus pais. Passou a residir em Juiz de Fora (MG), a partir de 1954, onde se graduou, em 1957, pela Faculdade de Filosofia e Letras. Com o esposo, Dr. Antonio da Silveira Ramos, já desencarnado, formou uma família com seis filhos, dezesseis netos e cinco bisnetos. Formada também em Administração Hospitalar, durante vinte anos ocupou o cargo de diretora do Hospital Silveira Ramos. Desde 1964 frequenta a instituição denominada Casa Espírita, da qual foi presidente por dois mandatos, além de ter exercido outros cargos na diretoria. Nesta instituição, participou por mais de quarenta anos da reunião mediúnica, e nos dias de hoje exercita a psicografia. Ocupou também cargos na diretoria da Aliança Municipal Espírita de Juiz de Fora, onde atualmente integra o Departamento de Assuntos da Mediunidade. Na área de divulgação da Doutrina Espírita, foi supervisora da revista O Médium até dezembro de 2007, permanecendo no Conselho Editorial desta revista. É autora de artigos publicados em diversos órgãos da imprensa espírita, dentre estes O Médium, Reformador, Revista Internacional de Espiritismo (RIE) e Presença Espírita. Atualmente coordena na Casa Espírita grupos de estudos das obras de Joanna de Ângelis, Manoel Philomeno de Miranda, o Grupo da Terceira Idade e o Tratamento Espiritual da Criança.

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Durante os meus estudos, fiquei me perguntando, o que trazer de muito especial para compartilhar com os irmãos,

Leia mais

Sobre esta obra, você tem a liberdade de:

Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Compartilhar copiar, distribuir e transmitir a obra. Sob as seguintes condições: Atribuição Você deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante

Leia mais

EDUARDO ZIBORDI CAMARGO

EDUARDO ZIBORDI CAMARGO EDUARDO ZIBORDI CAMARGO Dudu era o segundo filho do casal Flávio Camargo e Elza Zibordi Camargo, quando desencarnou, aos sete anos incompletos. Hoje, além de Flávia, a família se enriqueceu com o nascimento

Leia mais

VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO.

VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO. VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO. Qualquer hora é hora de falar sobre doação de órgãos. Pode ser à mesa do jantar, no caminho para o trabalho ou até mesmo ao receber este folheto.

Leia mais

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e Sexta Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e mudou o rumo da vida profissional FOLHA DA SEXTA

Leia mais

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL 1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL LUGAR: EUNÁPOLIS(BA) DATA: 05/11/2008 ESTILO: VANEIRÃO TOM: G+ (SOL MAIOR) GRAVADO:16/10/10 PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL VOCÊ É O BERÇO DO NOSSO PAIS. PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Psicografias Outubro de 2014 Sumário Cavaleiro da Chama-Vermelha.... 2 Dr. Emanuel.... 2 João Augusto... 3 Mago Horax... 3 Caravana de Koré....

Leia mais

Marlon (Espírito) Psicofonia compilada por Maria José Gontijo Revisão Filipe Alex da Silva

Marlon (Espírito) Psicofonia compilada por Maria José Gontijo Revisão Filipe Alex da Silva Comunicação Espiritual J. C. P. Novembro de 2009 Marlon (Espírito) Psicofonia compilada por Maria José Gontijo Revisão Filipe Alex da Silva Resumo: Trata-se de uma comunicação pessoal de um amigo do grupo

Leia mais

Oração. u m a c o n v e r s a d a a l m a

Oração. u m a c o n v e r s a d a a l m a Oração u m a c o n v e r s a d a a l m a 11 12 O Evangelho relata que por diversas vezes, quando ninguém mais estava precisando de alguma ajuda ou conselho, Jesus se ausentava para ficar sozinho. Natural

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Perda dos Entes Queridos. Palestrante: Mauro Operti. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Perda dos Entes Queridos. Palestrante: Mauro Operti. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Perda dos Entes Queridos Palestrante: Mauro Operti Rio de Janeiro 08/05/1998 Organizadores da palestra: Moderador: Macroz (nick:

Leia mais

Parentes de hoje: amigos ou inimigos do passado?

Parentes de hoje: amigos ou inimigos do passado? Parentes de hoje: amigos ou inimigos do passado? Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br Adriana Pizzutti dos Santos Vamos considerar parentes: Família de orientação Família de procriação Colaterais

Leia mais

Não estrague o seu dia

Não estrague o seu dia você é o humor que você tem Não estrague o seu dia Poucas são as mensagens que encontrei e que tratam sobre a problemática do humor, desta forma, não podem ser desperdiçadas neste trabalho. Iniciamos nosso

Leia mais

sinal de tristeza. Sinal de morte!

sinal de tristeza. Sinal de morte! CULTO FAMÍLIA: Reflexão sobre a morte e o luto Acreditamos que todos nós já sofremos a perda de alguém, seja familiar, amigo, vizinho ou apenas conhecido. Nos sentimos impotentes, indefesos, medrosos diante

Leia mais

Encontrando uma tábua de salvação, 13 O exercício do luto, 17 A folha de bordo cor de prata: uma pequena história, 19

Encontrando uma tábua de salvação, 13 O exercício do luto, 17 A folha de bordo cor de prata: uma pequena história, 19 Sumário Introdução, 11 Encontrando uma tábua de salvação, 13 O exercício do luto, 17 A folha de bordo cor de prata: uma pequena história, 19 Vencendo os obstáculos, 27 Pau e pedra, 31 Fortalecendo os laços,

Leia mais

ANDERSON CAVALCANTE. Meu pai, meu herói

ANDERSON CAVALCANTE. Meu pai, meu herói ANDERSON CAVALCANTE Meu pai, meu herói Dedicatória Ao meu pai, Eraldo, meu herói e minha referência de vida. 5 Agradecimentos A Deus, por sempre me ajudar a cumprir minha missão. A todos os pais que são

Leia mais

Vimos rápidamente!!!

Vimos rápidamente!!! , O DEGRÁU PARA ADOTARMOS A CULTURA DA FELICIDADE Alkíndar de Oliveira Em nosso atual estágio evolutivo é mais fácil adotarmos a CULTURA DO SOFRIMENTO TENHAMOS COMO PRINCÍPIO DE VIDA NÃO FAZERMOS PARTE

Leia mais

Sou a nona filha entre dez irmãos. Nasci numa cultura com padrões rígidos de comportamento e com pouco afeto. Quando eu estava com um ano e quatro meses, contraí poliomielite que me deixou com sequelas

Leia mais

Músicos, Ministros de Cura e Libertação

Músicos, Ministros de Cura e Libertação Músicos, Ministros de Cura e Libertação João Paulo Rodrigues Ferreira Introdução Caros irmãos e irmãs; escrevo para vocês não somente para passar instruções, mas também partilhar um pouco da minha experiência

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

14a edição CAMPINAS SP 2012

14a edição CAMPINAS SP 2012 14 a edição CAMPINAS SP 2012 SUMÁRIO Esclarecimentos preliminares... IX PRIMEIRA UNIDADE 1. Radiações ou vibrações...15 2. Deus...21 3. A criação...27 4. Os Espíritos...35 5. Classificação dos Espíritos

Leia mais

Prefácio CÂNCER DE MAMA 7

Prefácio CÂNCER DE MAMA 7 Prefácio Quantas vezes você já não ouviu alguém contar uma experiência difícil que viveu em seu ministério? Quantos já não passaram por situações em que não souberam o que dizer ou fazer? Pastores, líderes

Leia mais

Não é o outro que nos

Não é o outro que nos 16º Plano de aula 1-Citação as semana: Não é o outro que nos decepciona, nós que nos decepcionamos por esperar alguma coisa do outro. 2-Meditação da semana: Floresta 3-História da semana: O piquenique

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA LUZ E AMOR

ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA LUZ E AMOR PSICÓGRAFA A Sessão de 25-01-07 Em nome de Jesus, aqui vim. Em todos nós há algo que nos modifica interiormente, qual seja a convicção da verdade! Mas nem sempre conseguimos pôr para fora nossa verdade

Leia mais

LIÇÕES DE VIDA. Minha mãe Uma mulher fascinante Guerreira incessante Gerou sete filhos Em tentativa pujante De vencer as dificuldades com amor!

LIÇÕES DE VIDA. Minha mãe Uma mulher fascinante Guerreira incessante Gerou sete filhos Em tentativa pujante De vencer as dificuldades com amor! LIÇÕES DE VIDA Regilene Rodrigues Fui uma menina sem riquezas materiais Filha de pai alcoólatra e mãe guerreira. Do meu pai não sei quase nada, Algumas tristezas pela ignorância e covardia Que o venciam

Leia mais

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE É Preciso saber Viver Interpretando A vida na perspectiva da Espiritualidade Cristã Quem espera que a vida seja feita de ilusão Pode até ficar maluco ou morrer na solidão É

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana HINOS DE DESPACHO Tema 2012: Flora Brasileira Estrela D Alva www.hinarios.org 1 2 01 O DAIME É O DAIME O é o Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana O é o O professor dos professores

Leia mais

Pluralidade dos Mundos Habitados. Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF

Pluralidade dos Mundos Habitados. Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF Habitados Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF Jesus referiu-se em algum momento de suas pregações à existência de outros mundos habitados? Qualquer pessoa que pensa, ao

Leia mais

Sites. www.bemestareconhecimento.weebly.com www.universoholisticodoser.weebly.com. Skype: filha.da.mata

Sites. www.bemestareconhecimento.weebly.com www.universoholisticodoser.weebly.com. Skype: filha.da.mata Sites www.bemestareconhecimento.weebly.com www.universoholisticodoser.weebly.com Skype: filha.da.mata Ritual para o Conselho Cármico Todas as pessoas encarnadas, nesta noite de 31 de (março, junho, setembro

Leia mais

Dúvidas mais comuns sobre Almas Gêmeas Alma Gêmea existe?

Dúvidas mais comuns sobre Almas Gêmeas Alma Gêmea existe? Dúvidas mais comuns sobre Almas Gêmeas Alma Gêmea existe? 1- Sim! O espírito, ao vir para a Terra, é divido em dois, que evoluem individualmente. 2-Todos nós temos nossa "outra metade"? Sim, a centelha

Leia mais

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP Depressão e Qualidade de Vida Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP 1 Percepções de 68 pacientes entrevistadas. 1. Sentimentos em relação à doença Sinto solidão, abandono,

Leia mais

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13 A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO Romanos 15:13 - Ora o Deus de esperança vos encha de toda a alegria e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo. Só Deus pode nos dar uma

Leia mais

FAZENDO SEXO APÓS O CÂNCER DE PRÓSTATA. Alícia Flores Jardim

FAZENDO SEXO APÓS O CÂNCER DE PRÓSTATA. Alícia Flores Jardim FAZENDO SEXO APÓS O CÂNCER DE PRÓSTATA Alícia Flores Jardim Dedicatórias Dedico este trabalho a meu pai que morreu em janeiro de 2013, após um câncer de próstata descoberto tardiamente. Ao meu marido

Leia mais

By Dr. Silvia Hartmann

By Dr. Silvia Hartmann The Emo trance Primer Portuguese By Dr. Silvia Hartmann Dra. Silvia Hartmann escreve: À medida em que nós estamos realizando novas e excitantes pesquisas; estudando aplicações especializadas e partindo

Leia mais

PRA VIDA PROGRAMA DE APOIO A VIDA

PRA VIDA PROGRAMA DE APOIO A VIDA PRA VIDA PROGRAMA DE APOIO A VIDA Definições Doença crônica: Persiste por períodos superiores a seis meses e não se resolve em um curto espaço de tempo e apresentam efeitos de longo prazo, difíceis de

Leia mais

Doutrina Espírita ESDE

Doutrina Espírita ESDE Federação Espírita Brasileira Orientação ao Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita ESDE Organização e Coordenação: Carlos Campetti Colaboradores: Iracema Fernandes, Maria do Socorro Sousa Rodrigues,

Leia mais

DA TRISTEZA Á DEPRESSÃO

DA TRISTEZA Á DEPRESSÃO Mulher Vitoriosa http://mulher92.webnode.pt/ DA TRISTEZA Á DEPRESSÃO Mente saudável MULHER EM FORMA 1 Querida amiga visitante, o Espírito de Deus levou-me a escrever esta mensagem porque Ele sabe que algumas

Leia mais

Lembro de uma cena em especial, no Hospital Psiquiátrico Cyro Martins, que muito

Lembro de uma cena em especial, no Hospital Psiquiátrico Cyro Martins, que muito UM TÊNUE LIMIAR... 1 Graciella Leus Tomé Lembro de uma cena em especial, no Hospital Psiquiátrico Cyro Martins, que muito me chocou. Foi a internação de uma jovem senhora, mãe, casada, profissão estável,

Leia mais

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo.

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Sonhos Pessoas Para a grande maioria das pessoas, LIBERDADE é poder fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Trecho da música: Ilegal,

Leia mais

As fontes da nossa auto-imagem

As fontes da nossa auto-imagem AUTO IMAGEM O QUE EU ACHO DE MIM MESMO QUEM SOU EU E QUAL E O MEU VALOR? NARCISISMO (deus da mitologia grega que se apaixonou por si mesmo ao ver sua imagem refletida na água) AS FONTES DA NOSSA AUTO -

Leia mais

Modelos de Mensagens para Homenagens Mais Utilizadas

Modelos de Mensagens para Homenagens Mais Utilizadas 1012. Stylo Formaturas Produtora Agenciamento e Produção de Formaturas A jornada pareceu árdua e difícil... O desânimo tentou se apossar por vezes... Entretanto, o lembrar de suas faces preocupadas E tanto

Leia mais

THEREZINHA OLIVEIRA SUICÍDIO? UM DOLOROSO ENGANO. 3 a ed.

THEREZINHA OLIVEIRA SUICÍDIO? UM DOLOROSO ENGANO. 3 a ed. THEREZINHA OLIVEIRA SUICÍDIO? UM DOLOROSO ENGANO 3 a ed. Campinas SP 2006 PARA E PENSA A um passo do ato desesperado, para e pensa: O suicídio não trará solução para o momento aflitivo que atravessas.

Leia mais

PENSAMENTOS DE IRMÃ DULCE

PENSAMENTOS DE IRMÃ DULCE PENSAMENTOS DE IRMÃ DULCE 1. "O amor supera todos os obstáculos, todos os sacrifícios. Por mais que fizermos tudo é pouco diante do que Deus faz por nós." 2. "Sempre que puder, fale de amor e com amor

Leia mais

O Evangelho no Lar. Segundo o espiritismo. Livro de instrução

O Evangelho no Lar. Segundo o espiritismo. Livro de instrução O Evangelho no Lar Segundo o espiritismo Livro de instrução O Evangelho no Lar, Versie 2.1 Produção e publicação: Concelho Espírita Holandês, 2007 website: www.nrsp.nl, email: info@nrsp.nl startpagina:

Leia mais

CLAYTON LEVY ESPÍRITOS DIVERSOS DIRETRIZES ESPÍRITAS. 4 a EDIÇÃO

CLAYTON LEVY ESPÍRITOS DIVERSOS DIRETRIZES ESPÍRITAS. 4 a EDIÇÃO CLAYTON LEVY ESPÍRITOS DIVERSOS DIRETRIZES ESPÍRITAS 4 a EDIÇÃO CAMPINAS SP 2007 Sumário Mensagem de Bezerra...XI Apresentação...XIII Capítulo I Diretrizes Doutrinárias O papel do Espiritismo...3 Caráter

Leia mais

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL Lembro-me que haviam me convocado para uma entrevista de trabalho no NOVOTEL. Lembro-me de estar ansioso e ter passado a noite anterior preparando a minha entrevista. Como iria

Leia mais

Emmanuel, mentor e amigo

Emmanuel, mentor e amigo Emmanuel, mentor e amigo Durante os vários anos de mediunidade, Chico Xavier sempre pôde contar com a ajuda desse companheiro inseparável para ter forças e prosseguir na missão de levar a palavra espírita

Leia mais

Francisco Cândido Xavier PALAVRAS DE EMMANUEL. pelo Espírito Emmanuel

Francisco Cândido Xavier PALAVRAS DE EMMANUEL. pelo Espírito Emmanuel Francisco Cândido Xavier PALAVRAS DE EMMANUEL pelo Espírito Emmanuel SUMÁRIO Caro leitor... 9 Indicador... 11 1. Às almas enfraquecidas... 13 2. A Ciência do tempo... 15 3. Advertências proveitosas...

Leia mais

Introdução. 1 P ágina

Introdução. 1 P ágina Introdução O estudo do batimento de cabeça é fonte de revelação espiritual profunda, duradoura, de transformação. Todas as coisas que estão sob a terra possuem maior profundidade do que aparentam. Basta

Leia mais

REGIS DE MORAIS ANTE TUA FACE. Para o Evangelho no Lar

REGIS DE MORAIS ANTE TUA FACE. Para o Evangelho no Lar REGIS DE MORAIS ANTE TUA FACE Para o Evangelho no Lar CAMPINAS SP 2010 SUMÁRIO 1. Evangelho no lar (Apresentação)... 1 2. Dores e luzes... 5 3. Aflições... 9 4. Amorização... 15 5. Angústias... 19 6. Conselho

Leia mais

CENTRO ESPÍRITA: MOCIDADE ESPÍRITA:

CENTRO ESPÍRITA: MOCIDADE ESPÍRITA: CENTRO ESPÍRITA: MOCIDADE ESPÍRITA: Curso: O Jovem e a Família Aula 08: Pais e Filhos Instrutores: Data: Duração: 55 minutos Objetivos: Entender que são os membros que compõem a parentela corporal; Valorizar

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br. Tema: Passes e Curas Espirituais. Palestrante: Alexandre Lobato

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br. Tema: Passes e Curas Espirituais. Palestrante: Alexandre Lobato Palestra Virtual Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br Tema: Passes e Curas Espirituais Palestrante: Alexandre Lobato Rio de Janeiro 09/01/2004 Organizadores da palestra: Moderador:

Leia mais

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves CAMINHOS Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves Posso pensar nos meus planos Pros dias e anos que, enfim, Tenho que, neste mundo, Minha vida envolver Mas plenas paz não posso alcançar.

Leia mais

ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL. Roteiro 3

ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL. Roteiro 3 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo I Esperanças e Consolações ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL Roteiro 3 OBJETIVOS

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

Seis dicas para você ser mais feliz

Seis dicas para você ser mais feliz Seis dicas para você ser mais feliz Desenvolva a sua Espiritualidade A parte espiritual é de fundamental importância para o equilíbrio espiritual, emocional e físico do ser humano. Estar em contato com

Leia mais

Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento).

Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento). O Caminho de Emaús Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento). Leitura: Lc 24, 13-35 Todos nós percorremos frequentemente o

Leia mais

Estudo Espírita. Promovido pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Centro Espírita Léon Denis http://www.celd.org.

Estudo Espírita. Promovido pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Centro Espírita Léon Denis http://www.celd.org. Estudo Espírita Promovido pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Centro Espírita Léon Denis http://www.celd.org.br Tema: O Livro dos Espíritos - questões 223 a 232 Expositor: Andreia Azevedo

Leia mais

GEDCC 89 ANOS NOSSA ESPIRITUALIDADE JORNADA DAS ESCOLHAS E DECISÕES SEXTA-FEIRA 04/04/2014

GEDCC 89 ANOS NOSSA ESPIRITUALIDADE JORNADA DAS ESCOLHAS E DECISÕES SEXTA-FEIRA 04/04/2014 SEXTA-FEIRA 04/04/2014 Que haja Paz em vossos corações. As opções que fazemos, no decorrer de nossas vidas, determinam os caminhos para que possamos chegar juntos ao Pai. E a opção do Amor ao próximo,

Leia mais

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 27 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 27 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 27 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 1. TEMA: Obediência e Resignação. PLANO DE AULA 2. OBJETIVO: Levar as crianças

Leia mais

www.ree.org.br Sobre as curas espirituais IEEWFM, 7 de maio de 2013

www.ree.org.br Sobre as curas espirituais IEEWFM, 7 de maio de 2013 Sobre as curas espirituais IEEWFM, 7 de maio de 2013 O diálogo a seguir envolve dois assuntos de grande interesse geral: a proteção oferecida pelos espíritos frente às diferentes situações a que somos

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

Uma narrativa, uma história e um imaginário. Fernanda Cielo* 1

Uma narrativa, uma história e um imaginário. Fernanda Cielo* 1 Uma narrativa, uma história e um imaginário. Fernanda Cielo* 1 Meu nome é Maria Bonita, sou mulher de Vírgulino Ferreira- vulgo Lampiãofaço parte do bando de cangaceiros liderados por meu companheiro.

Leia mais

LEI ROUANET PROJETO ESTÓRIAS

LEI ROUANET PROJETO ESTÓRIAS LEI ROUANET PROJETO ESTÓRIAS Projeto Estórias I. Introdução O projeto Estórias nasceu da necessidade de incluir na literatura infantil personagens com câncer e o ambiente hospitalar. A literatura que contém

Leia mais

ESPIRITA FELIZ - COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA - ESPIRITA FELIZ COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA ESPIRITISMO BENEFÍCIOS

ESPIRITA FELIZ - COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA - ESPIRITA FELIZ COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA ESPIRITISMO BENEFÍCIOS ESPIRITA FELIZ - COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA - ESPIRITA FELIZ COMO FAZER PARA EVOLUIR NA ESCALA ESPIRITA ESPIRITISMO BENEFÍCIOS MENSAGENS ESPIRITAS E-BOOK C.E.S. JOVEM ESPIRITA FELIZ COMO

Leia mais

TROVAS DO CORAÇÃO FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER CORNÉLIO PIRES

TROVAS DO CORAÇÃO FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER CORNÉLIO PIRES TROVAS DO CORAÇÃO FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER CORNÉLIO PIRES ÍNDICE 2 Afirmativa, Alegria, Beneficência, Candeia Viva, Caso Triste, Criação... 03 Desengano, Deserção, Despedida, Destaque, Disciplina, Divino

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE DISCURSO DE AGRADECIMENTO E DESPEDIDA DO CHEFE DO ESTADO EM PRESIDÊNCIA ABERTA E INCLUSIVA 2014 Compatriotas! Caminhamos para o fim do meu mandato de governação como Presidente

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

MENSAGENS RECEBIDAS. Coração a Coração. Grupo Espírita Fé Amor Caridade.

MENSAGENS RECEBIDAS. Coração a Coração. Grupo Espírita Fé Amor Caridade. 1 MENSAGENS RECEBIDAS Coração a Coração Grupo Espírita Fé Amor Caridade. 2 3 4 Há um ano... A migos de minh alma. Quando iniciamos timidamente os primeiros passos em nossos encontros, conversando sobre

Leia mais

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos.

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos. Contos Místicos 1 Contos luca mac doiss Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12 Prefácio A história: esta história foi contada por um velho pescador de Mongaguá conhecido como vô Erson. A origem:

Leia mais

De Educador para Educador COLETÂNEA DE MATERIAL PARA EDUCAÇÃO ESPÍRITA JUVENIL SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 APRESENTAÇÃO... 4. O Bem... 5 Atividade...

De Educador para Educador COLETÂNEA DE MATERIAL PARA EDUCAÇÃO ESPÍRITA JUVENIL SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 APRESENTAÇÃO... 4. O Bem... 5 Atividade... SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 APRESENTAÇÃO... 4 O Bem... 5 Atividade... 6 Como viver?... 7 Atividade... 8 Novas lições... 9 Atividade... 10 Onde está meu problema?... 11 Atividade... 12 O que fazer para ser

Leia mais

MENSAGENS ESPÍRITAS 1

MENSAGENS ESPÍRITAS 1 MENSAGENS ESPÍRITAS 1 O Despertar para luz Psicografia de Paulo Gonçalves Pelo Espírito Tibérius Editora 2012 2 Nada no mundo acontece por acaso, porque o acaso não existe. Se existisse, então teria de

Leia mais

100 FRASES para um dia mais feliz. de Ana Flávia Miziara

100 FRASES para um dia mais feliz. de Ana Flávia Miziara 100 FRASES para um dia mais feliz de Ana Flávia Miziara Você está alegre? A vida está sorrindo para você? Você se lembrou de sorrir hoje? Lembre-se que a alegria é a fartura da vida e da mente. A vida

Leia mais

Um caminho para cuidar daqueles que colaboram no cuidado de outros, com mais serenidade.

Um caminho para cuidar daqueles que colaboram no cuidado de outros, com mais serenidade. APHILAV 10 ENCONTRO DE HIGIENIZAÇÃO E LAVANDERIA HOSPITALAR DA REGIÃO SUL Um caminho para cuidar daqueles que colaboram no cuidado de outros, com mais serenidade. Rejania Guido Dias rejania@terra.com.br

Leia mais

Sumário. Prefácio... 7 Nota do autor... 9. Parte 1: A natureza da depressão 1. A experiência da depressão... 13 2. Causas da depressão...

Sumário. Prefácio... 7 Nota do autor... 9. Parte 1: A natureza da depressão 1. A experiência da depressão... 13 2. Causas da depressão... Sumário Prefácio... 7 Nota do autor... 9 Parte 1: A natureza da depressão 1. A experiência da depressão... 13 2. Causas da depressão... 27 Parte 2: Passado doloroso 3. Entenda o passado... 45 4. Lide com

Leia mais

18º ENCONTRO ESPÍRITA SOBRE MEDIUNIDADE

18º ENCONTRO ESPÍRITA SOBRE MEDIUNIDADE 18º ENCONTRO ESPÍRITA SOBRE MEDIUNIDADE CONCLUSÃO DOS ESTUDOS REALIZADOS COM BASE NAS MENSAGENS DE ANTONIO DE AQUINO E NA ENTREVISTA COM ALTIVO FÉ E MEDITAÇÃO Fé adesão absoluta do espírito àquilo que

Leia mais

Encarte e letras disponíveis em www.encartedigital.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro

Encarte e letras disponíveis em www.encartedigital.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro Encarte e letras disponíveis em www.encartedigital.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro BRUNA KARLA NA ETERNIDADE Eyshila - MK EDIÇÕES ISRC BR MKP 1300644 Quero

Leia mais

A ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL PARTE 01 DE 02

A ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL PARTE 01 DE 02 ALIANÇA ESPÍRITA EVANGÉLICA REGIONAL ABC A ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL PARTE 01 DE 02 COORDENADORIA DE ESTUDOS 01/11/2008 VERSÃO 05/02/2012 A ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL É um conjunto de atividades organizadas

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Mediunidade (Consciência, Desenvolvimento e Educação) Palestrante: Vania de Sá Earp Rio de Janeiro 16/06/2000 Organizadores da palestra:

Leia mais

6ª Aula A Vontade de Deus

6ª Aula A Vontade de Deus 6ª Aula A Vontade de Deus Objetivo do curso: Ajudar cada cristão a orar mais! Ajudar cada cristão a entender que a oração é o meio pelo qual Deus é CONVIDADO a fazer parte de nossas vidas (não há outra

Leia mais

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Introdução: Educar na fé, para a paz, a justiça e a caridade Este ano a Igreja no Brasil está envolvida em dois projetos interligados: a lembrança

Leia mais

14/08/2013. Entender o processo do desdobramento natural e provocado como grande recurso de renovação moral e auxilio aos trabalhos da Casa Espírita.

14/08/2013. Entender o processo do desdobramento natural e provocado como grande recurso de renovação moral e auxilio aos trabalhos da Casa Espírita. Entender o processo do desdobramento natural e provocado como grande recurso de renovação moral e auxilio aos trabalhos da Casa Espírita. 1 Espontâneo * Sono * Cochilo Induzido * Auto induzido * Hipnótico

Leia mais

RESPOSTAS PARA SEREM ESCRITAS NO QUADRO-DE-GIZ, PELO(A) EVANGELIZADOR(A):

RESPOSTAS PARA SEREM ESCRITAS NO QUADRO-DE-GIZ, PELO(A) EVANGELIZADOR(A): ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 18 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 1. TEMA: Reencarnação. PLANO DE AULA 2. OBJETIVO: As crianças deverão tomar conhecimento

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS CENTRO DE LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS CENTRO DE LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS CENTRO DE LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO PRISCILLA DAIANNE GEREMIAS VIDAS REPAGINADAS CAMPINAS 2012 PRISCILLA DAIANNE GEREMIAS VIDAS REPAGINADAS Campinas, Conceito

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Espiritismo e Espiritualismo. Palestrante: Altivo Pamphiro. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Espiritismo e Espiritualismo. Palestrante: Altivo Pamphiro. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Espiritismo e Espiritualismo Palestrante: Altivo Pamphiro Rio de Janeiro 01/08/2003 Organizadores da Palestra: Moderador:

Leia mais

Sumário. Introdução 7

Sumário. Introdução 7 Sumário Introdução 7 Faculdades em estudo 11 Faculdade nativa 23 Reminiscências de vidas passadas 33 Os arquivos da alma 57 Materializações 79 Testemunho 95 Amigo ignorado 111 Complexos psíquicos 125 Premonições

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: O Centro Espírita. Palestrante: Carlos Alberto. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: O Centro Espírita. Palestrante: Carlos Alberto. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: O Centro Espírita Palestrante: Carlos Alberto Rio de Janeiro 04/04/2003 Organizadores da Palestra: Moderador: "_Alves_"

Leia mais

ENTREVISTA. Tonny Robert. Professor universitário e Presidente da ARCAS Associação Ramatís Caridade Amor Sabedoria tonnyr@uol.com.

ENTREVISTA. Tonny Robert. Professor universitário e Presidente da ARCAS Associação Ramatís Caridade Amor Sabedoria tonnyr@uol.com. ANO 1, REVISTA Nº 10, DEZEMBRO/2015 EDITORIAL Nosso convidado deste mês é Presidente de um Centro Espírita bastante eclético e proativo na divulgação do Espiritismo e assistência social. Enfrentou questões

Leia mais

Síndrome do pânico, à luz da doutrina espírita. Adriana Pizzutti dos Santos

Síndrome do pânico, à luz da doutrina espírita. Adriana Pizzutti dos Santos , à luz da doutrina espírita Adriana Pizzutti dos Santos Ao espiritismo cristão... Ao espiritismo cristão cabe, atualmente, no mundo, grandiosa e sublime tarefa. Não basta definir-lhe as características

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 83 Papo Reto com José Junior 12 de junho de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura

Leia mais

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE A Novena de Natal deste ano está unida à Campanha da Fraternidade de 2013. O tema Fraternidade e Juventude e o lema Eis-me aqui, envia-me, nos leva para o caminho da JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE Faça a

Leia mais

Reflexão sobre o espírito do público na arquitetura contemporânea.

Reflexão sobre o espírito do público na arquitetura contemporânea. XX Congresso Brasileiro de Arquitetos Fortaleza, 22 04 14 Reflexão sobre o espírito do público na arquitetura contemporânea. Arquiteto Sérgio Magalhães Muito boa noite. Minha saudação cordial a todos.

Leia mais

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Psicografias Setembro de 2014 Sumário Luciana Pereira da Costa... 2 Luiz Paiva Neto... 2 Comunicado... 3 Debi Godoi Galvão... 3 Sou a criança...

Leia mais