Explicação BÁSICA e INFORMAL de como funciona o sistema de Tv Digital:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Explicação BÁSICA e INFORMAL de como funciona o sistema de Tv Digital:"

Transcrição

1 Atenção: Se você for iniciante e/ou tem alguma dúvida sobre Tv Digital via Satélite, é recomendado a leitura completa deste Tutorial. Apenas pergunte depois de ter uma noção básica sobre o assunto, conforme descrito abaixo. Explicação BÁSICA e INFORMAL de como funciona o sistema de Tv Digital: -O que é TV Digital via Satélite? R: É um sistema de transmissão igual ao usado pela TVs por assinatura (ex: SKY e DirecTV). A principal vantagem do sistema Digital (DVB - Digital Vídeo Broadcasting - MPEG-2), é a qualidade da imagem, livre de chuviscos. Nesse sistema, a imagem e som do canal entra ou não entra. Porém, quando o sinal de transmissão é fraco, a imagem quadricula ou congela, e o som fica engasgando. No Brasil, atualmente, o sinal mais utilizado pelas parabólicas domésticas é o analógico. Porém, o Brasil é um dos únicos paises do mundo que ainda usa este sistema. As demais emissoras dos outros paises já transmitem nos satélites de forma Digital. -É preciso pagar mensalidades ou usar cartão pré-pago para assistir estes canais? Não. Esses canais transmitem com sinal aberto (FTA Free To Air). Portanto, basta ter um simples receptor compatível com recepção digital (DVB - MPEG-2)para assistir esses canais sem custo. -O que é canal codificado? É um canal bloqueado, que não pode ser sintonizado por receptores digitais comuns. É o caso das operadores de Tv por assinatura, como SKY por exemplo. Porém, existem algumas emissoras que codificam seu sinal sem motivo aparente, outras ficam abrindo e fechando o sinal, e outras sempre mantém o sinal Aberto. -Como desbloquear canais codificados? Isso é algo ilícito, se tratando de Pirataria e é um assunto que não diz respeito á este fórum. -O que é receptor POWERVU? (por Marcos Benni) Os receptores POWERVU só recebem canais codificados nesse sistema se tiverem autorização da programadora (canal de tv), do contrário esse receptor serve apenas para receber canais digitais como qualquer outro receptor digital. Comprar um receptor POWERVU, DIGICIPHER 2, NAGRAVISIOM, CONAX, IRDETO, VIDEOGUARD, BETACRIPTY, etc... não quer dizer que você vai abrir canais nesses sistemas. Para poder ver canais codificados, precisa de um cartão fornecido pelo programador (canal de tv) ou o código de acesso, Id de equipamento, numero da nota fiscal, etc...do receptor (nesse caso Powervu e Digicipher 2). POWERVU é um dos sistemas mais confiáveis de codificação do mercado (os canais do governo Americano utilizam POWERVU ). Cuidado com golpistas:

2 -Quais Antenas servem para captar sinais Digitais? Qualquer antena. No entanto, existem diversos modelos, cada um com sua finalidade. Veja as mais comuns: As Antenas de Tela, Ponto Focal, comumente usadas, são adequadas para receber sinais Analógicos e Digitais na Banda C. Antenas Fechadas Ponto Focal (acima de 1.50mts - de chapa ou fibra) são adequadas para Sinais Digitais na Banda C e Banda KU.

3 Antenas Fechadas (Off-Set) de 90cm, 60cm ou 45cm (tipo SKY) São adequadas para Sinais em Banda KU. -O que é Banda C e Banda Ku? São determinadas faixas de freqüência que existem e são comumente utilizadas em alguns satélites para transmissão de sinais de TV: Banda C: 3.7 á 4.2 Ghz (Antenas Grandes de Tela ou Fechadas) Banda Ku: 10.7 á 12Ghz (Antenas fechadas) Para cada Banda existe um LNBF próprio. Atualmente, a maioria dos canais Digitais Abertos (FTA) estão em Banda C. -O que é LNBF? É uma peça (fotos acima) que fica na ponta de uma haste no centro da antena. Ela serve para captar o sinal enviado pelo satélite, que através do LNBF é enviado para o receptor. Existem vários tipos de LNBF, os mais comuns são: LNBF para Banda C: LNBF Banda C Monoponto Monoponto: Suporta apenas um receptor (Só uma Televisão) Multiponto: Suporta vários receptores (para 1 ou mais Televisores) Dual Monoponto Suporta 2,3 ou 4 Receptores, dependendo da quantidade de saídas

4 no LNBF. Ainda, existe um modelo chamado LNB Polar-Rotor (Ou Servo-Motor) que é apenas para uma TV. Esse modelo de LNB está em desuso. A maioria dos receptores digitais só funcionam com LNBF. Existe também, um LNBF chamado de LNBF Turbinado, que serve para captar todo tipo de transmissão que existem nos satélites de Banda C ( Veja abaixo, * O que é Polarização). LNBF para Banda Ku: LNBF Ku Off-Set Ku Off-Set Suporta apenas um receptor (Só uma Televisão). É utilizado em Antenas off-set. Ku Off-Set 'Twin' Suporta 2,3 ou 4 Receptores, dependendo da quantidade de saídas no LNBF. É utilizado em Antenas off-set. Ku Ponto Focal Suporta apenas um receptor (Só uma Televisão). É utilizado em Antenas Ponto Focal. Ku Ponto Focal 'Twin' Suporta 2,3 ou 4 Receptores, dependendo da quantidade de saídas no LNBF. É utilizado em Antenas Ponto Focal. Ainda, esses LNBFs Ku podem trabalhar em faixas de frequência limitadas. Geralmente se usa LNBF Ku Universal, para todas faixas de frequências. Também existe LNBFs que combinam Banda C e Banda Ku. Para mais detalhes sobre LNBFs, faça uma Pesquisa no fórum AQUI. -Qual é a antena mais indicada pra Banda C? Isso depende da relação custo-benefício-interesse. Depende dos satélites que vai captar, quais emissoras, etc. Porém pra Banda C, considero ideal no mínimo uma antena telada de 2.40mts. Com uma antena dessas, é possível captar tranqüilamente 90% de todos os canais digitais disponíveis em todos os satélites (Região Sul e Sudeste). No entanto, quanto maior a antena, melhor. As antenas fechadas, para Banda C, são geralmente de 1.50mts, que equivale, no máximo, a uma antena telada de 2.10Mts. No entanto,uma antena telada de 1.70mts, já é suficiente para captar vários canais, mas sempre o ideal é quanto maior, melhor -Afinal de contas, o que é um satélite? Como Funciona? Os satélites para transmissão de televisão são Geoestácionarios, isso quer dizer que eles ficam parados com relação a uma antena que está na superfície. Na verdade, os satélites Geoestácionários estão se movendo na mesma velocidade da rotação da Terra. Todos os satélites de televisão estão sobre a linha do Equador, a uma altitude de 36 mil Km. Eles estão enfileirados, um do lado do outro. Existem mais detalhes, porém acho desnecessário dizer aqui, quem quiser mais

5 informações detalhadas, clique AQUI. A grosso modo, o satélite serve como repetidor ou refletor onde sua função é receber o sinal eletromagnético enviado por uma antena que está na superfície (no caso a emissora de televisão). Esse sinal é recebido pelo satélite e é refletido novamente para a superfície da Terra, cobrindo uma grande área, como toda a América. Um exemplo prático: Uma emissora de TV da Venezuela (Venevision) envia seu sinal para o satélite denominado NSS 806, que por sua vez reflete o sinal para todo o Continente Americano. Isso significa que qualquer antena parabólica em qualquer cidade da América pode captar esse sinal. Na imagem abaixo, um exemplo da área de cobertura (Banda C) do satélite NSS 806. Da-se o nome de Footprint a área de cobertura de um satélite. Conforme mais escuro é a imagem, maior é a potencia (dbw) do sinal que chega na Terra. No entanto, existem em órbita da Terra diversos satélites, com as mais variadas áreas de Cobertura (Footprint). Existem satélites que podem ser captados com facilidade em São Paulo, porém o mesmo satélite não é possível sintonizar em Fortaleza, e tem difícil recepção em Campo Grande. Portanto, é sempre importante observar a cobertura do satélite na sua região e o tamanho de sua antena, antes de tentar sintonizá-lo, além de sua forma de POLARIZAÇÃO. *O que é Polarização? É a posição que o sinal transmitido pelo satélite vai chegar a terra. Existem quatro tipos de Polarização: Horizontal (H) / Vertical (V) e Direita (R.) / Esquerda (L). As Polarizações Horizontal / Vertical, existe apenas nos satélites que transmitem em LINEAR, já as polarizações Direita / Esquerda, só existe nos satélites que transmitem em modo CIRCULAR. ATENÇÃO: Para captar satélites em CIRCULAR, é necessário fazer uma adaptação no LNBF. Veja como no final deste Tutorial!

6 Veja clicando AQUI quais são os satélites disponíveis e captáveis na maior parte do Brasil. Também está disponível todos os canais existentes em cada satélite, suas Polarizações; Bandas C ou KU, etc.. -Como é o Receptor Digital? Como Funciona? O receptor Digital é um aparelho fisicamente parecido com os receptores normais (analógicos) de antena parabólica. No entanto, ele é fabricado para converter sinais digitais de televisão DVB-MPEG-2 em sinais de áudio e vídeo, próprios para TV. Receptores Analógicos NÃO servem para sintonizar canais Digitais, da mesma forma receptores Digitais NÃO servem para sintonizar canais Analógicos, exeto alguns modelos híbridos recentemente lançados no mercado. Basicamente, o receptor (seja p/ Digital ou Analógico) funciona da seguinte forma: O sinal é recebido pela antena (mais precisamente o LNBF) que transforma esse sinal em uma freqüência mais baixa e envia para o receptor através de um cabo (cabo coaxial). O receptor recebe estes sinais e o converte em áudio e vídeo, e envia para a TV através das saídas iguais as existentes em vídeos-cassete ou videogame. (saídas com cabo coaxial ou saídas auxiliares, de áudio e vídeo). Nos receptores Digitais, existem programas (software) e, cada marca e modelo tem um software diferente. Como essa é uma tecnologia em desenvolvimento, ainda existem alguns problemas, como bugs e algumas limitações que podem surgir. É como um computador: Vira e mexe dá problema, e é sempre bom estar atualizado, para a correção desses erros ou bugs. Calma, não se assuste. Geralmente, esses problemas são pequenos e podem ser eliminados ou minimizados com novos softwares de atualização para o receptor, que contem correções para esse problemas. Receptores Digitais para sintonia de canais que transmitem via satélite no padrão DVB MPEG-2 com sinal aberto (FTA), ainda são novidades no Brasil, pouco conhecido pelas pessoas que geralmente conhecem apenas o sistema Analógico no BrasilSat B4. Porém, TV Digital já é realidade e o futuro é esse! Portanto, o investimento num receptor Digital é mais viável que em um Analógico. Atualmente já existem duas empresas que fabricam modelos que suportam os dois sistemas: Analógico e Digital em um só aparelho, conhecidos por ANA/DIG. Com esses aparelhos, é possível captar os canais convencionais analógicos no satélite BrasilSat B1, e outros digitais disponíveis em dezenas de satélites que tem cobertura no Brasil. Também, existem modelos conhecidos por Busca Cega no qual basta a antena estar apontada para um satélite, e o receptor irá fazer uma busca automática e memorizar todas as freqüências que estão ativas no satélite que a antena estiver apontada. Existem as mais variadas marcas e modelos no comércio, com os mais variados recursos e preços. Para saber detalhes sobre receptores, faça uma Pesquisa no fórum AQUI. *Parâmetros básicos de programação dos Receptores Digitais: Praticamente todos os Receptores Digitais, necessitam de algumas informações básicas

7 para serem editadas ou acrescentadas para sintonizar uma determinada emissora. Existem aparelhos mais modernos e importados que são chamados de Busca cega, isso porquê não precisam que o usuário faça inserção manual para sintonia. Eles fazem tudo sozinho... Os Receptores Digitais domésticos são acompanhados de manuais de instrução que explicam claramente como proceder para sintonizar as emissoras. No entanto, veja abaixo quais são os recursos presentes em qualquer receptor digital: FREQUÊNCIA: São os dados numéricos em Megahertz (Mhz) que servem para sintonia de determinada emissora. É uma informação básica, que necessita inserção manual. POLARIDADE: É a posição que o sinal transmitido pelo satélite vai chegar a terra. Existem quatro tipos de Polarização: Horizontal (H) / Vertical (V) e Direita (R.) / Esquerda (L). É uma informação básica. Necessita inserção manual. *Veja o que é Polarização em -Afinal de contas, o que é um satélite? Como Funciona? SIMBOL RATE (SR): É um parâmetro básico, com dados numéricos em KSPS, fundamental para a sintonia de determinada emissora. Informação básica. Necessita inserção manual. FEC: é outro dado importante, porém basta deixar como AUTO no receptor, não necessitado inserção manual. PIDs: Os PIDs são subdivididos em Vídeo PID, Áudio PID e PCR PID. São dados numéricos atribuídos ao sinal de vídeo, áudio e outras informações. Geralmente, não requer inserção manual, bastando deixar no modo AUTO. Portanto, as informações de FREQUENCIA, POLARIDADE e Simbol Rate (SR) são BÁSICAS para a sintonia de uma ou mais emissora. Veja os Exemplos abaixo, primeiro de uma emissora, no caso a TV Paraguaia Telefuturo, no satélite PAS1R que transmite na Banda C em modo LINEAR: 3759 V - SR 2941 Onde, 3759 é a Freqüência, V (Vertical) é a Polarização e o Simbol Rate (SR) é 2941 Outro Exemplo, no caso as TVs Bolivianas ATB e Red UNO, no satélite NSS7, que transmite em Banda C no modo CIRCULAR: 3761 R - SR Onde, 3761 é a Freqüência, R (Direita) é a Polarização e o Simbol Rate (SR) é Nesse último caso, essas emissoras transmitem na mesma freqüência, polaridade e SR, porém são diferentes os dados de PIDs, que são encontrados automaticamente pelo receptor. Quando mais de uma emissora transmite em uma mesma freqüência, essa freqüência é chamada de MUX.

8 -Como apontar a antena para um determinado satélite? Passo 1: Procure saber se o satélite pretendido (e as emissoras) tem cobertura (footprint) na sua Região; Passo 2: Informe-se qual é a freqüência mais forte; Passo 3: Verifique se a Freqüência da emissora pretendida está aberta (FTA), e se tem sinal forte suficiente para ser captado pela sua antena; Passo 4: Verifique se é Banda C ou KU (se sua antena é adequada); Passo 5: Qual é a Polarização do Satélite (Linear ou Circular); Passo 6: Procure saber, se possível, se alguém da sua região já captou o satélite pretendido, em especial as freqüências desejadas. Feito isso, o próximo passo é botar a mão na massa e partir para o apontamento da antena. Para apontar a antena, você deve ter em mãos as seguintes informações: -Posição orbital do satélite. -Qual é a elevação e azimute da antena na sua cidade para determinado satélite. A Posição Orbital nada mais é que a localização geográfica em que se encontram os satélites sobre a linha do Equador. Veja: O Satélite BrasilSat B4 tem posição orbital de 70º W, e o Hispasat tem Posição Orbital de 30ºW. Quanto menor é os graus de posição orbital de um satélite, a antena irá ficar apontada mais pra baixo e mais a Leste, e quanto maior for os graus de posição orbital de um satélite, a antena irá ficar apontada mais pra baixo e na direção Oeste. Esse movimento Direita-Esquerda (Leste-Oeste) da antena se chama Azimute, e o movimento mais pra cima e mais pra baixo se chama Elevação. A elevação da antena só fica mais pra cima quanto mais próximo à antena fica apontada para o Norte. A elevação da antena (movimento vertical, apontar mais pra cima ou mais pra baixo) são dados calculados em graus (º), e o azimute (movimento Horizontal, para a direita ou esquerda) calculados em graus ( ) varia de uma cidade para outra, devido a posição geográfica da sua localização (latitude e longitude) em relação com a posição orbital dos satélites. Isso quer dizer que, por exemplo, uma antena que está apontada em São Paulo para o Satélite NSS 806 não terá a mesma posição de uma antena que está em Fortaleza, apontada para o mesmo satélite. Portanto, para saber os graus de elevação e azimute da sua antena para determinado satélite, é necessário saber os dados de Latitude e Longitude da sua cidade, e a posição orbital do satélite. Feito isso, é necessário fazer um cálculo, no qual os receptores geralmente tem esse recurso, explicando como proceder nos respectivos manuais. Clicando AQUI você pode verificar a elevação e azimute das antenas para vários satélites para várias cidades no Brasil.

9 * O Inclinômetro: O inclinômetro é um instrumento muito útil que facilita a localização de um satélite. Ele serve para ajustar com precisão os graus de elevação da antena. Veja: O inclinômetro nada mais é que um transferidor escolar de 0 a 180, onde no ponto zero ou centro dele é colocada a ponta de uma linha (como de costura) e na outra pontada linha é colocado um peso (como uma porca por exemplo). A parte reta do inclinômetro deve ser apoiada na base da parábola (veja a imagem abaixo). Aí, basta ajustar a elevação da antena de acordo com os graus de elevação para o satélite pretendido.

10 Um exemplo: Aqui na minha cidade, a elevação do INTELSAT 1R é de 62,8. Pois bem, basta eu apoiar o inclinômetro na base plana da parábola (veja a imagem acima) ir levantando ou abaixando a antena, até que a linha do inclinômetro fique paralela com o risquinho de 63º do transferidor (imagem abaixo). Pronto! Agora é só travar as porcas que a elevação do INTELSAT 1R já está ajustada, faltando apenas o Azimute. Já ajustada a elevação, para saber em que posição (azimute) a antena deve ficar, o uso de uma bússola auxilia, pois os graus de azimute são de acordo com o Pólo Norte da Terra. Exemplo: Um satélite tem azimute numa cidade de 15, significa que a antena irá ficar apontada a + ou - 15º a DIREITA do Norte indicado pelo ponteiro de uma Bússola. Já um satélite com 340º de azimute, ficara 20º á ESQUERDA do Norte indicado pelo ponteiro de uma Bússola (360º - 340º = 20 ). É bem simples, veja a imagem abaixo:

11 Porém, se você não tiver uma Bússola, também não é difícil fazer o apontamento, pois o fundamental é o ajuste de Elevação, que pode ser feito com precisão usando o inclinômetro. Para achar o Azimute de um satélite sem a Bússola, basta ir virando a antena, lembre-se que quanto menor for os Graus da posição orbital de um satélite, mais para o lado Leste (á direita do Pólo Norte) a antena deve ser virada, e quanto maior for os Graus da posição orbital de um satélite, mais para o lado Oeste (á esquerda do Pólo Norte) a antena deve ser virada. Exemplo: O satélite BrasilSat B3 está na posição orbital de 84ºW, e o satélite NSS7 está na posição de 22 W. Sendo assim, significa que o BrasilSat B3 está á Esquerda (mais para oeste) do Pólo Norte, e o NSS7, está á Direita (mais para Leste) do Pólo Norte. Satélites que estão na posição orbital entre 40 e 50º (como o INTELSAT 1R e NSS806) a antena fica praticamente com o azimute apontado para o Pólo Norte. Durante o apontamento, se possível, veja no televisor o memento em que as barras que indicam quando um sinal está sendo captado. Procure sempre tentar sintonizar a freqüência de um canal forte, o que facilita o apontamento. Assim que notar que as barras de sinal derem sinal de vida, comece a fazer movimentos suaves com a antena, (ajuste fino) até conseguir o melhor sinal. Depois, trave a antena. Dica: Sempre que localizar pela primeira vez um satélite, faça uma marcação no cano e na base móvel da antena, para que se futuramente mudar de satélite e quiser voltar no mesmo, basta recolocar a antena no mesmo azimute (mesmas marcações) que

12 foram feitas quando apontou para este satélite anteriormente, facilitando bastante futuras trocas de um satélite para outro, como no exemplo na foto abaixo: Na parte móvel, faça apenas uma marcação que será a referência, e no 'poste' faca uma marcação correspondente a marcação feita na base móvel para cada posição da antena no respectivo satélite. * Ajuste do LNBF Assim como a antena, o LNBF varia de posição de acordo com a posição orbital dos satélites. A posição Do LNBF é definida comparando-se com a de ponteiros de um relógio. Por exemplo: A maioria das antenas domésticas, estão apontadas para o BrasilSat B4, que está na posição orbital de 70. Os LNBFs (Banda C) para este satélite, ficam na posição 6 horas,visto e LNBF pela frente da Antena (imagem abaixo). Já a mesma antena, apontada para o satélite INTELSAT 1R que está á 45º, o ajuste do LNBF irá ficar + ou na posição 4 horas (imagem abaixo).

13 E o satélite BrasilSat B3, que está na posição orbital 84, o ajuste do LNBF irá ficar + ou na posição 8 horas (imagem abaixo). Ou seja, quanto menor (em média 70º) for a posição orbital de um satélite, o LNBF irá ficar numa posição inferior á 6 horas, e quanto maior for a posição orbital do satélite (em média acima de 70 ) a posição será superior á 6 horas. * Polarização Circular: Modificando o LNBF ATENÇÃO: Veja o que é Polarização em -Afinal de contas, o que é um satélite? Como Funciona? Os LNBFs comercializados no Brasil, são próprios para captar sinais dos satélites com Polarização Linear. Apenas alguns LNBFs conhecidos por Turbinados, são compatíveis com as duas polarizações que existem: Linear e Circular. A maioria dos satélites transmitem sinais de forma Linear, no entanto, alguns satélites como o NSS806 e NSS7 transmitem de forma Circular. Para captar sinais destes satélites com LNBF Linear, é necessário a utilização de uma peça chamada Placa Dielétrica, também conhecida por Placa de Teflon ou Placa de Polarização Circular.

14 Basta colocar a placa no LNBF, que já tem um compartimento (tipo uma gaveta) própria para isso. No entanto, é possivel de fazer a placa despolarizadora de diversos materiais isolantes como um pedaço de Cerâmica, Ardósia, etc. Veja clicando AQUI como você mesmo pode fazer uma Placa Dielétrica. [ Veja clicando AQUI quais são os satélites disponíveis e captáveis na maior parte do Brasil. Também está disponível todos os canais existentes em cada satélite, suas Polarizações; Bandas C ou KU, etc.. FIM Edição e Pesquisa: GotardI Jundiaí/SP - Brasil. Fontes de informação, créditos de imagens e links: (site e fórum BrasilSat/2Jovem) (Cleber Lucena)

Luiz Bertini. Antenas Parabólicas

Luiz Bertini. Antenas Parabólicas Antenas Parabólicas Possuem uma alta diretividade o que nos leva a perceber que possui um alto ganho. Uma antena receptora de satélites de 3 metros de diâmetro, por exemplo, tem um ganho de 33dB, ou seja,

Leia mais

Antenas Parabólicas. - Tela de alumínio; - Fibra de vidro; - Alumínio.

Antenas Parabólicas. - Tela de alumínio; - Fibra de vidro; - Alumínio. Antenas Parabólicas Possuem uma alta diretividade o que nos leva a perceber que possui um alto ganho. Uma antena receptora de satélites de 3 metros de diâmetro, por exemplo, tem um ganho de 33dB, ou seja,

Leia mais

Manual de Instalação e Sintonia da TV ESCOLA DIGITAL

Manual de Instalação e Sintonia da TV ESCOLA DIGITAL Prezados(as) professores, coordenadores e diretores de escola: Este manual tem a finalidade de ajudá-los na instalação e funcionamento da Digital. Em decorrência de inúmeros problemas, a empresa contratada

Leia mais

PARA SUA SEGURANÇA 1- DISPLAY. - Indica aparelho em "espera" ( Stand - By) DISPLAY NORMAL- Indica o número do canal, frequência, etc.

PARA SUA SEGURANÇA 1- DISPLAY. - Indica aparelho em espera ( Stand - By) DISPLAY NORMAL- Indica o número do canal, frequência, etc. 1 Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores de sinais de TV via satélite. Estamos certos de que o receptor Century USR 1900 lhe proporcionará a melhor imagem e também bons momentos

Leia mais

Antenas Parabólicas -- Apostila Básica

Antenas Parabólicas -- Apostila Básica Antenas Parabólicas -- Apostila Básica Antenas parabólicas são usadas em UHF e Microondas. Possuem uma alta diretividade o que nos leva a perceber que possuem um alto ganho. Uma antena receptora de satélites

Leia mais

Digital Satellite Receiver DSR 1900s Manual de Instalação

Digital Satellite Receiver DSR 1900s Manual de Instalação Digital Satellite Receiver DSR 1900s Manual de Instalação ÍNDICE 1 - Introdução...3 2 - Conceitos...3 3 - Tipos de LNB...5 4 - Várias antenas ao mesmo tempo...5 5 Entradas e saídas do Receptor...7 5.1

Leia mais

Como melhorar o sinal da rede sem fio mudando o canal Wi-Fi do roteador

Como melhorar o sinal da rede sem fio mudando o canal Wi-Fi do roteador Como melhorar o sinal da rede sem fio mudando o canal Wi-Fi do roteador Em poucos minutos você pode configurar seu roteador para obter mais velocidade e estabilidade durante a transmissão massiva de dados

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO EQUIPAMENTOS Kit necessário para receber o sinal da Escola Satélite: - 01 antena parabólica convencional - 01 receptor digital MPEG4/DVBS2 com suporte para cartão IRDETO - 01 televisão

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TELECOMUNICAÇÕES As telecomunicações referem -se à transmissão eletrônica de sinais para as comunicações, incluindo meios como telefone, rádio e televisão. As telecomunicações

Leia mais

Manual de Operação do SUPER COLOR. A Century se reserva todos os direitos sobre este Manual podendo alterar seu conteúdo sem aviso prévio.

Manual de Operação do SUPER COLOR. A Century se reserva todos os direitos sobre este Manual podendo alterar seu conteúdo sem aviso prévio. Manual de Operação do SUPER COLOR A Century se reserva todos os direitos sobre este Manual podendo alterar seu conteúdo sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores

Leia mais

TV Digital:TV Digital 11/9/07 4:33 PM Page 2. Cuidados e Manutenção

TV Digital:TV Digital 11/9/07 4:33 PM Page 2. Cuidados e Manutenção T V D i g it al :T V D ig it al 11 /9 /0 7 4:33 PM Page 1 1 TV Digital:TV Digital 11/9/07 4:33 PM Page 2 TV Digital Portátil Características e Recursos Cuidados e Manutenção Cuidados ao Usar o Aparelho

Leia mais

Manual de Operação do ROTASAT RTS 1900. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do ROTASAT RTS 1900. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do ROTASAT RTS 1900 O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

www.philips.com/welcome

www.philips.com/welcome Register your product and get support at www.philips.com/welcome SDV1225T/55 PT Manual do Usuário Sumário 1 Importante 4 Segurança 4 Aviso para os EUA 4 Aviso para o Canadá 4 Reciclagem 4 Português 2

Leia mais

Manual de Operação do USR - 1950

Manual de Operação do USR - 1950 Manual de Operação do USR - 1950 A Century se reserva todos os direitos sobre este Manual podendo alterar seu conteúdo sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores

Leia mais

Manual de Operação do Century PR 2010 Áudio Variável

Manual de Operação do Century PR 2010 Áudio Variável Manual de Operação do Century PR 2010 Áudio Variável O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de

Leia mais

Municípios já podem realizar revisão cadastral dos beneficiários do PBF de 2010

Municípios já podem realizar revisão cadastral dos beneficiários do PBF de 2010 Nº 205 28 de janeiro de 2010 Municípios já podem realizar revisão cadastral dos beneficiários do PBF de 2010 Lista dos beneficiários que devem ter o cadastro atualizado já está disponível na Central de

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

Comunicações móveis por Satélite. slide 1

Comunicações móveis por Satélite. slide 1 Comunicações móveis por Satélite slide 1 Satélite de Comunicações São satélites colocados em órbita da terra com a missão de transportarem repetidores de sinais de telecomunicações. Os satélites podem

Leia mais

www.interline.com.br - 49 3444 2530-9994 4335 Queremos ajudar você a usar melhor a sua internet.

www.interline.com.br - 49 3444 2530-9994 4335 Queremos ajudar você a usar melhor a sua internet. www.interline.com.br - 49 3444 2530-9994 4335 Queremos ajudar você a usar melhor a sua internet. A sua internet travou? Calma, o problema pode ser mais simples do que você imagina. Olá! Me chamo Pedro,

Leia mais

Saiba como usar tantas facilidades.

Saiba como usar tantas facilidades. Saiba como usar tantas facilidades. O que é o Vivo Copiloto É um serviço que transforma seu Vivo em um navegador com GPS. O Vivo Copiloto calcula a rota, indica o caminho no mapa e ainda dá as instruções

Leia mais

Apresentação. Nossa sugestão é que você experimente e não tenha medo de clicar!!!

Apresentação. Nossa sugestão é que você experimente e não tenha medo de clicar!!! Apresentação Este manual é uma orientação para os participantes de cursos no ambiente Moodle do INSTITUTO PRISMA. Tem como objetivo orientar sobre as ações básicas de acesso e utilização do ambiente virtual

Leia mais

Conectores de Vídeo Radiofreqüência (RF)

Conectores de Vídeo Radiofreqüência (RF) 15 Conectores de Vídeo Existem vários tipos de conexões de vídeo que você pode encontrar no PC e em aparelhos eletrônicos como TVs, aparelhos de DVD e videoprojetores. Apesar de a finalidade geral desses

Leia mais

Transmissor EXT-240 de áudio e vídeo sem fio

Transmissor EXT-240 de áudio e vídeo sem fio Transmissor de áudio e vídeo sem fio Manual de operação Índice I. Introdução... 1 II. Informações de segurança... 1 III. Especificações... 1 IV. Instruções de instalação... 2 1. Opções de posicionamento...

Leia mais

Manual do Usuário. Desenvolvido para

Manual do Usuário. Desenvolvido para Manual do Usuário Desenvolvido para 1 Obrigado por comprar um Produto Comtac Você comprou um produto de uma empresa que oferece alta qualidade e valor agregado. Conheça nossa linha completa através do

Leia mais

AZBOX MANUAL DO USUÁRIO. Funções Básicas do Aparelho AZBOX

AZBOX MANUAL DO USUÁRIO. Funções Básicas do Aparelho AZBOX AZBOX MANUAL DO USUÁRIO Funções Básicas do Aparelho AZBOX 1 Índice: Atualização da Firmware...pág. 03 Como Introduzir uma Lista de Canais do AZBOX...pág. 06 Fabricando um Cabo Null Modem...pág. 08 Limpando

Leia mais

LNBF MULTIPONTO NO SAT HD REGIONAL

LNBF MULTIPONTO NO SAT HD REGIONAL Tutoriais Como configurar: LNBF MULTIPONTO NO SAT HD REGIONAL Receptor: SAT HD Regional Modelo: Tech CONFERIR A VERSÃO DO SOFTWARE Tecle Menu Selecione Informação Menu principal 1 Canais 2 Configurações

Leia mais

Manual de Instruções TV FREE SLIM - CAD 1000 S. Fotos meramente ilustrativas

Manual de Instruções TV FREE SLIM - CAD 1000 S. Fotos meramente ilustrativas Manual de Instruções TV FREE SLIM - CAD 1000 S Fotos meramente ilustrativas IMPORTANTE! LEIA ESTE MANUAL PARA OBTER O MÁXIMO DE TODOS OS RECURSOS DISPONÍVEIS. PRECAUÇÕES Local - Instale seu novo receptor

Leia mais

Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas:

Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas: Redes Sem Fio Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas: Redes sem fio fixa são extremamente bem adequado para implantar rapidamente uma conexão de banda larga, para

Leia mais

TUTORIAL: INSTALANDO O SKYPE (VOIP - VOZ SOBRE IP) - ATUALIZAÇÃO

TUTORIAL: INSTALANDO O SKYPE (VOIP - VOZ SOBRE IP) - ATUALIZAÇÃO TUTORIAL: INSTALANDO O SKYPE (VOIP - VOZ SOBRE IP) - ATUALIZAÇÃO Com a popularização da banda larga, uma das tecnologias que ganhou muita força foi o VOIP (Voz sobre IP). Você com certeza já deve ter ouvido

Leia mais

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE?

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE? Manual do Usuário INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO ON LINE A ATIC Tecnologia do Brasil Ltda. com o objetivo de atender aos seus diversos clientes, oferece treinamentos EAD - Educação a Distância

Leia mais

IRISPen Air 7. Guia Rápido. (Windows & Mac OS X)

IRISPen Air 7. Guia Rápido. (Windows & Mac OS X) IRISPen Air 7 Guia Rápido (Windows & Mac OS X) Este Guia Rápido do Usuário ajuda você a começar a usar o IRISPen Air TM 7. Leia este guia antes de utilizar o scanner e o respectivo software.todas as informações

Leia mais

MiniPENTV ISDB-T USB TV Dongle. Manual do Usuário

MiniPENTV ISDB-T USB TV Dongle. Manual do Usuário MiniPENTV ISDB-T USB TV Dongle Manual do Usuário 1. Instalação 1. Conector USB: Insira o conector a uma porta USB livre do seu computador. 2. Conector da Antena: Conecte a Antena que acompanha o produto

Leia mais

1. Instalei o DutotecCAD normalmente no meu computador mas o ícone de inicialização do DutotecCAD não aparece.

1. Instalei o DutotecCAD normalmente no meu computador mas o ícone de inicialização do DutotecCAD não aparece. 1. Instalei o DutotecCAD normalmente no meu computador mas o ícone de inicialização do DutotecCAD não aparece. Para acessar o programa através do comando na barra de prompt, basta digitar dutoteccad e

Leia mais

Apostila de CmapTools 3.4

Apostila de CmapTools 3.4 Apostila de CmapTools 3.4 Índice Definição do software... 3 Criando um novo mapa... 3 Adicionando um conceito... 3 Alterando a formatação das caixas (Barra de Ferramentas Estilos Paleta Styles)... 7 Guia

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

Como instalar uma impressora?

Como instalar uma impressora? Como instalar uma impressora? Antes de utilizar uma impressora para imprimir seus documentos, arquivos, fotos, etc. é necessário instalá-la e configurá-la no computador. Na instalação o computador se prepara

Leia mais

Transmissão das Ondas Eletromagnéticas. Prof. Luiz Claudio

Transmissão das Ondas Eletromagnéticas. Prof. Luiz Claudio Transmissão das Ondas Eletromagnéticas Prof. Luiz Claudio Transmissão/Recebimento das ondas As antenas são dispositivos destinados a transmitir ou receber ondas de rádio. Quando ligadas a um transmissor

Leia mais

Microsoft Access: Criar relações para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos

Microsoft Access: Criar relações para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos Microsoft Access: Criar relações para um novo banco de Vitor Valerio de Souza Campos Conteúdo do curso Visão geral: relações são essenciais Lição: inclui oito seções Tarefas práticas sugeridas Teste Cartão

Leia mais

Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes.

Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes. Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes. Receba fotos e mensagens deles na TV de sua casa em tempo real e sem custo, não se preocupe mais com a distância! A festa será

Leia mais

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA 1 Banda Estreita A conexão de banda estreita ou conhecida como linha discada disponibiliza ao usuário acesso a internet a baixas velocidades,

Leia mais

Engenheiro Eletrônico pela Unicamp e Mestre em Engenharia Eletrônica pelo INPE.

Engenheiro Eletrônico pela Unicamp e Mestre em Engenharia Eletrônica pelo INPE. Antena Coletiva: Projeto e Cuidados para Receber a TV Digital Este tutorial apresenta considerações para projeto de sistemas de antena coletiva para distribuir sinais de TV digital de alta definição, HD,

Leia mais

RELATÓRIO DO GOMOMETER

RELATÓRIO DO GOMOMETER RELATÓRIO DO GOMOMETER Análise e conselhos personalizados para criar sites mais otimizados para celular Inclui: Como os clientes de celular veem seu site atual Verificação da velocidade de carregamento

Leia mais

Tutorial de animação quadro a quadro

Tutorial de animação quadro a quadro Tutorial de animação quadro a quadro quadro a quadro é uma técnica que consiste em utilizar imagens ou fotografias diferentes de um mesmo objeto para simular o seu movimento. Nesse caso, trata-se de relatar

Leia mais

ANALÓGICA X DIGITAL. Vamos começar essa aula estabelecendo os dois tipos de eletrônica: Eletrônica Analógica. Eletrônica Digital

ANALÓGICA X DIGITAL. Vamos começar essa aula estabelecendo os dois tipos de eletrônica: Eletrônica Analógica. Eletrônica Digital ANALÓGICA X DIGITAL Vamos começar essa aula estabelecendo os dois tipos de eletrônica: Eletrônica Analógica Eletrônica Digital ANALÓGICA X DIGITAL A eletrônica analógica é caracterizada por um sinal que

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto O Ponto Secullum 4 comunica diretamente com os equipamentos de marcação de ponto informatizados de vários fabricantes. Desta forma,

Leia mais

Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo

Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo Transmissão Antes de começar a trabalhar, vamos entender o item do menu transmissão, é nele que se faz atualização dos dados do moinho para o seu computador,

Leia mais

Para montar sua própria rede sem fio você precisará dos seguintes itens:

Para montar sua própria rede sem fio você precisará dos seguintes itens: Introdução: Muita gente não sabe que com o Windows XP ou o Windows Vista é possível montar uma rede sem fio em casa ou no escritório sem usar um roteador de banda larga ou um ponto de acesso (access point),

Leia mais

Teste de interferência de equipamentos WiMax em recepção de satélite banda C

Teste de interferência de equipamentos WiMax em recepção de satélite banda C Teste de interferência de equipamentos WiMax em recepção de satélite banda C Antonio Vivaldi Rodrigues Diretor de Engenharia CelPlan 2/32 Í N D I C E 1. SUMÁRIO EXECUTIVO... 5 2. INTRODUÇÃO... 6 3. SETUP

Leia mais

4 - Layout de Mapas no QGIS 2.0

4 - Layout de Mapas no QGIS 2.0 UPE Campus III Petrolina 4 - Layout de Mapas no QGIS 2.0 GT-Paisagem Prof. Dr. Lucas Costa de Souza Cavalcanti 1 INTRODUÇÃO Este tutorial ensina como elaborar o layout de mapas no QGIS 2.0. O layout é

Leia mais

Como montar uma rede Wireless

Como montar uma rede Wireless Como montar uma rede Wireless Autor: Cristiane S. Carlos 1 2 Como Montar uma Rede Sem Fio sem Usar um Roteador de Banda Larga Introdução Muita gente não sabe que com o Windows XP ou o Windows Vista é possível

Leia mais

WEBCONFERÊNCIAS GUIA PRÁTICO

WEBCONFERÊNCIAS GUIA PRÁTICO WEBCONFERÊNCIAS GUIA PRÁTICO 1 DESCRIÇÃO 1.1 QUE É UMA WEBCONFERÊNCIA? Uma webconferência é uma modalidade de teleconferência que é realizada via internet. Como não necessita de equipamentos especiais,

Leia mais

NESSE MANUAL VÃO SER SOLUCIONADAS AS SEGUINTES DÚVIDAS DE USO:

NESSE MANUAL VÃO SER SOLUCIONADAS AS SEGUINTES DÚVIDAS DE USO: NESSE MANUAL VÃO SER SOLUCIONADAS AS SEGUINTES DÚVIDAS DE USO: Sumário NA AGENDA COMO FAÇO PARA VER PACIENTES COM TRATAMENTO EM ABERTO MAIS SEM AGENDAMENTO?... 2 COMO FAÇO PARA PROCURAR UM PACIENTE E IMPRIMIR

Leia mais

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão Os meios físicos de transmissão são compostos pelos cabos coaxiais, par trançado, fibra óptica, transmissão a rádio, transmissão via satélite e são divididos em duas

Leia mais

Manual de Instruções Receptor Analógico Banda C - GS-3000

Manual de Instruções Receptor Analógico Banda C - GS-3000 Manual de Instruções Receptor Analógico Banda C - GS-3000 Leia todo o manual antes de usá-lo para obter o máximo de todos os recursos disponíveis. FUNÇÕES Controle de canal no painel superior. Função timer

Leia mais

VSR-2900 MANUAL DE OPERAÇÃO RECEPTOR DE SINAIS DE TV VIA SATÉLITE. Seu canal é aqui! FABRICADO POR:

VSR-2900 MANUAL DE OPERAÇÃO RECEPTOR DE SINAIS DE TV VIA SATÉLITE. Seu canal é aqui! FABRICADO POR: FABRICADO POR: ELSYS Equipamentos Eletrônicos LTDA. Avenida Torquato Tapajós, 1052 - Bairro Flores CEP: 69048-660 - Manaus AM - Brasil CNPJ: 34.484.8/0001-02 Indústria Brasileira www.elsys.com.br www.vvision.com.br

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina CAPÍTULO 6 GRÁFICOS NO EXCEL.

Universidade Federal de Santa Catarina CAPÍTULO 6 GRÁFICOS NO EXCEL. CAPÍTULO 6 GRÁFICOS NO EXCEL. Um gráfico no Excel é uma representação gráfica dos números de sua planilha - números transformados em imagens. O Excel examina um grupo de células que tenham sido selecionadas.

Leia mais

15 4 Operação Avançada do Sistema: Inclusão de Nota Fiscal e seus relacionamentos

15 4 Operação Avançada do Sistema: Inclusão de Nota Fiscal e seus relacionamentos 15 4 Operação Avançada do Sistema: Inclusão de Nota Fiscal e seus relacionamentos Agora vamos fazer algo mais complexo, que vai demonstrar várias das facilidades do sistema. Vamos Incluir uma Nota Fiscal

Leia mais

h Cabo de alimentação h Unidade de Disquete Nota: Alguns modelos podem conter itens adicionais que não foram relacionados.

h Cabo de alimentação h Unidade de Disquete Nota: Alguns modelos podem conter itens adicionais que não foram relacionados. Número da Peça: 46P4550 Obrigado por adquirir o computador IBM ThinkPad Série T. Compare os itens desta lista com os itens da caixa. Se algum item estiver faltando ou estiver danificado, entre em contato

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

Manual do Usuário do BUFFALO 1Seg DH-ONE/IP

Manual do Usuário do BUFFALO 1Seg DH-ONE/IP 35012164 ver.01 Manual do Usuário do BUFFALO 1Seg DH-ONE/IP 1Seg Receptor de TV Digital para ipod touch/iphone/ipad Obrigado por adquirir o BUFFALO 1Seg DH-ONE/IP. Este Manual do Usuário fornece informações

Leia mais

Todos os Registros no site referem-se aos momentos em que o equipamento estava conectado (decorrente dos dois eventos acima descritos).

Todos os Registros no site referem-se aos momentos em que o equipamento estava conectado (decorrente dos dois eventos acima descritos). 1. Como funcionado Equipamento? O Rastreador instalado é um equipamento Hibrido que utiliza tecnologia de transmissão de dados por Satélite e via Operadora de Telefone. O Satélite informa ao equipamento

Leia mais

Downloads no EU VOU PASSAR 2.0

Downloads no EU VOU PASSAR 2.0 Downloads no EU VOU PASSAR 2.0 Conteúdo Instalando o Orbit Downloader... 1 Configurando o Orbit Downloader para o EU VOU PASAR 2.0... 8 Realizando os Downloads no Eu Vou Passar 2.0... 12 Fazendo o Download

Leia mais

Play. Guia de uso XBOX 360

Play. Guia de uso XBOX 360 Play Guia de uso XBOX 360 1 Bem-vindo Agora com seu Vivo Play você se diverte na hora que der vontade. São milhares de filmes, séries e shows só esperando você dar um play. Você pausa, volta, avança, assiste

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EAD 1

MANUAL DO ALUNO EAD 1 MANUAL DO ALUNO EAD 1 2 1. CADASTRAMENTO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Após navegar até o PORTAL DA SOLDASOFT (www.soldasoft.com.br), vá até o AMBIENTE DE APRENDIZAGEM (www.soldasoft.com.br/cursos).

Leia mais

Precauções de segurança

Precauções de segurança ANTENA DIGITAL SUPERdigi Modelo DA-618 Amplificada FAZENDO SUA MELHOR IMAGEM PRONTA PARA HDTV Precauções de segurança Aviso! Manusear com extremo cuidado ao instalar ou ao remover uma antena externa que

Leia mais

Tutorial de Conversão Xvid/Divx para DVD com legendas embutidas Versão 1.00 Julho / 2005 por m0l0c0

Tutorial de Conversão Xvid/Divx para DVD com legendas embutidas Versão 1.00 Julho / 2005 por m0l0c0 Tutorial de Conversão Xvid/Divx para DVD com legendas embutidas Versão 1.00 Julho / 2005 por m0l0c0 Este é um tutorial para converter um filme em divx/xvid para DVD, embutindo as legendas, primeiramente

Leia mais

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos.

Manual (Office 365) Para acesso ao sistema de e-mails, os passos iniciais continuam os mesmos. Histórico de Alterações Versão Data Autor Função Descrição 1 14/09/2012 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Criação inicial 2 19/11/2013 Roberto Gouveia Analista de Help Desk Atualização A partir de

Leia mais

Adapti - Technology Solutions www.adapti.net Leonor cardoso nº 331 Fone : (041) 8844-7805 81240-380 Curitiba - PR MANUAL DO USUÁRIO

Adapti - Technology Solutions www.adapti.net Leonor cardoso nº 331 Fone : (041) 8844-7805 81240-380 Curitiba - PR MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO 1 Índice Administração de Documentos...2 Lista de documentos criados...3 Criando um novo documento...3 Barra de ferramentas do editor...4 Editando um documento...7 Administrando suas

Leia mais

Ligação à Internet. Conceitos de Sistemas Informáticos. Grupo de Comunicações por Computador Departamento de Informática Universidade do Minho

Ligação à Internet. Conceitos de Sistemas Informáticos. Grupo de Comunicações por Computador Departamento de Informática Universidade do Minho Grupo de Comunicações por Computador Departamento de Informática Universidade do Minho Maio de 2004 Sumário 1 2 TV Cabo Bragatel Sapo Clix OniNet Telepac Tipos de ligações actualmente disponibilizadas

Leia mais

Auto Gerenciamento utilizando a Web ou Celular

Auto Gerenciamento utilizando a Web ou Celular Auto Gerenciamento utilizando a Web ou Celular O FreeTrack é um sistema inovador de Rastreamento e Monitoramento de Frotas, carros, caminhões e motocicletas onde sua criação propõem uma solução econômica,

Leia mais

Novell. Novell Teaming 1.0. novdocx (pt-br) 6 April 2007 EXPLORAR O PORTLET BEM-VINDO DESCUBRA SEU CAMINHO USANDO O NOVELL TEAMING NAVIGATOR

Novell. Novell Teaming 1.0. novdocx (pt-br) 6 April 2007 EXPLORAR O PORTLET BEM-VINDO DESCUBRA SEU CAMINHO USANDO O NOVELL TEAMING NAVIGATOR Novell Teaming - Guia de início rápido Novell Teaming 1.0 Julho de 2007 INTRODUÇÃO RÁPIDA www.novell.com Novell Teaming O termo Novell Teaming neste documento se aplica a todas as versões do Novell Teaming,

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

Tutorial do Usuário para utilização do Magento e commerce

Tutorial do Usuário para utilização do Magento e commerce Tutorial do Usuário para utilização do Magento e commerce Sumário Introdução...3 Página inicial (Home Page)...3 Criar uma conta ou Entrar (Login)...4 Criar uma Conta...5 Entrar (Login)...6 Minha Conta...7

Leia mais

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB!

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! 7 a e 8 a SÉRIES / ENSINO MÉDIO 15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! Sua home page para publicar na Internet SOFTWARES NECESSÁRIOS: MICROSOFT WORD 2000 MICROSOFT PUBLISHER 2000 SOFTWARE OPCIONAL: INTERNET EXPLORER

Leia mais

Como fazer benchmark do computador

Como fazer benchmark do computador O que é o Índice de Experiência do Windows? O Índice de Experiência do Windows é uma medição que informa como o seu PC funciona com o Windows e usa uma pontuação básica para classificar a experiência que

Leia mais

play Guia de uso Decodificador

play Guia de uso Decodificador play Guia de uso Decodificador Bem-vindo Agora com seu Vivo Play você se diverte na hora que der vontade. São milhares de filmes, séries e shows só esperando você dar um play. Você pausa, volta, avança,

Leia mais

Brasil. Características da VideoCAM GF112. Instalação da VideoCAM GF112

Brasil. Características da VideoCAM GF112. Instalação da VideoCAM GF112 Características da VideoCAM GF112 Botão SnapShot 1 (INSTANTÂNEO) 2 Lente 3 Base ajustável Instalação da VideoCAM GF112 1. Instale primeiro o driver e somente então conecte a VideoCAM GF112 à porta USB.

Leia mais

Atualizaça o do Playlist Digital

Atualizaça o do Playlist Digital Atualizaça o do Playlist Digital Prezados Clientes, Nós da Playlist Software Solutions empresa líder de mercado no desenvolvimento de software para automação de rádios - primamos pela qualidade de nossos

Leia mais

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar?

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar? 1 Conheça o sistema de Voz sobre IP (ou VOIP) O que é Voz sobre IP / Voz sobre Internet Protocolo? R. Voz sobre IP permite que você faça ligações telefônicas utilizando uma rede de computadores, como a

Leia mais

Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas

Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas O objetivo deste tutorial é conhecer os componentes utilizados em sistemas de distribuição de CATV (TV à cabo) e antenas coletivas, usadas para a recepção

Leia mais

PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL. Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital

PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL. Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital Conteúdo PRIMEIROS PASSOS COM BLOG:... 3 Primeiro:... 3 Segundo:... 4 Terceiro:... 5 Quarto:...

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO FREQÜENCÍMETRO PARA CONTROLE REMOTO MODELO FC-650

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO FREQÜENCÍMETRO PARA CONTROLE REMOTO MODELO FC-650 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO FREQÜENCÍMETRO PARA CONTROLE REMOTO MODELO FC-650 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. REGRAS

Leia mais

Capítulo 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 Apresentação... 3 1.2 Sobre este manual... 3 1.3 Instruções de segurança... 3

Capítulo 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 Apresentação... 3 1.2 Sobre este manual... 3 1.3 Instruções de segurança... 3 Sumário Capítulo 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 Apresentação... 3 1.2 Sobre este manual... 3 1.3 Instruções de segurança... 3 Capítulo 2 COMPONENTES... 4 Capítulo 3 CONTROLE REMOTO... 5 Capítulo 4 CONFIGURAÇÃO...

Leia mais

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual Maria Augusta Sakis Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma Máquina Virtual Máquinas virtuais são muito úteis no dia-a-dia, permitindo ao usuário rodar outros sistemas operacionais dentro de uma

Leia mais

MANUAL DO TSMS ILIMITADO

MANUAL DO TSMS ILIMITADO MANUAL DO TSMS ILIMITADO TSMS Ilimitado é um Software para envio de SMS em Massa, ele utiliza além do programa instalado no computador um modem 3G como este da imagem abaixo. Não são todos modens que mandam

Leia mais

LNBF. www.brasilsat.com.br comercial@brasilsat.com.br Telefone: 55 +41 2103-0511 Catálogo

LNBF. www.brasilsat.com.br comercial@brasilsat.com.br Telefone: 55 +41 2103-0511 Catálogo LNBF Catálogo MODELO PÁGINA Ficha Técnica - LNBF_BS_60226-1 Ficha Técnica - LNBF_BS_60227-1 Ficha Técnica - LNBF_BS_60310-1 Ficha Técnica - LNBF_BS_60339 Ficha Técnica - LNBF_BS_60340 Ficha Técnica - LNBF_BS_60341

Leia mais

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário Cadastramento de Computadores Manual do Usuário Setembro 2008 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Conhecendo a solução...03 Segurança pela identificação da máquina...03 2. ADERINDO À SOLUÇÃO e CADASTRANDO COMPUTADORES

Leia mais

Caro cliente. Guia do cliente. Página 1

Caro cliente. Guia do cliente. Página 1 Caro cliente. Os procedimentos a seguir se destinam somente em resolver problemas referentes á internet, não servindo para resolver qualquer outro problema no computador, como por exemplo, um computador

Leia mais

Medidor de campo para sinais de TV digital HD padrão Brasileiro ISDB-T

Medidor de campo para sinais de TV digital HD padrão Brasileiro ISDB-T Medidor de campo para sinais de TV digital HD padrão Brasileiro ISDB-T LCD 3.5 : Colorido de Alta Resolução Monitor: Sintoniza o canal selecionado com áudio e vídeo Leituras de: Pre BER, Post BER, MER,

Leia mais

Comissão de Ciência e Tecnologia,

Comissão de Ciência e Tecnologia, Seminário de Rádio R Digital Comissão de Ciência e Tecnologia, Informática e Inovação Brasília 22 de novembro de 2007 Ronald Siqueira Barbosa O O pobre e o emergente de hoje são aqueles que no passado,

Leia mais

COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET

COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET Ao mesmo tempo em que hoje se tornou mais fácil falar a longa distância, pela multiplicidade de opções e operadoras de telefonia, também surgem as

Leia mais

Capítulo 1: Informação geral

Capítulo 1: Informação geral Capítulo 1: Informação geral 1.1 Introdução Aviso importante: Todos os canais estão sujeitos a disponibilidade de cobertura e podem mudar periodicamente. A recepção pode variar, dependendo do tipo e estado

Leia mais

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário Cadastramento de Computadores Manual do Usuário Agosto 2006 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Conhecendo a solução...03 Segurança pela identificação da máquina...03 2. ADERINDO À SOLUÇÃO e CADASTRANDO COMPUTADORES

Leia mais

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Telecomunicações Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Satélites Satélite é o elemento comum de interligação das estações terrenas, atuando como estação repetidora. Devido a sua altitude,

Leia mais

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 15/03/2004)

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 15/03/2004) Sistemas de Distribuição de CATV e Antenas Coletivas O objetivo deste tutorial é conhecer os componentes utilizados em sistemas de distribuição de CATV (TV à cabo) e antenas coletivas, usadas para a recepção

Leia mais

PROF.: PAULO GOMES MATÉRIA: STRS2 MOURA LACERDA

PROF.: PAULO GOMES MATÉRIA: STRS2 MOURA LACERDA PROF.: PAULO GOMES MATÉRIA: STRS2 MOURA LACERDA TV por satélite Quando a televisão por satélite chegou ao mercado, as parabólicas domésticas eram unidades metálicas bastante caras, que ocupavam um grande

Leia mais

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS 5. PARTICIPANTES DA DISCIPLINA 6. ENVIAR MENSAGENS 7. PARTICIPAÇÃO NO FÓRUM 8.

Leia mais

Davidson Rodrigo Boccardo flitzdavidson@gmail.com

Davidson Rodrigo Boccardo flitzdavidson@gmail.com Fundamentos em Sistemas de Computação Davidson Rodrigo Boccardo flitzdavidson@gmail.com Camada Física Primeira cada do modelo OSI (Camada 1) Função? Processar fluxo de dados da camada 2 (frames) em sinais

Leia mais