Siang Wun Song - IME/USP e Universidade Federal do ABC. MAC setembro de 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Siang Wun Song - IME/USP e Universidade Federal do ABC. MAC 412 - setembro de 2010"

Transcrição

1 Evolução da Computação de Alto Desempenho sob a Ótica da Lista TOP500 ou (Se um processador já é rápido, imaginem um sistema com processadores :-) Siang Wun Song - IME/USP e Universidade Federal do ABC MAC setembro de 2010

2 Evolução da Computação O Mark I tinha ciclo de 0,3 segundos; o ENIAC 200 micro-segundos Processador hoje: vários GHz - menos de um nanosegundo de ciclo Processador de hoje é vezes mais rápido que Mark I quase mais rápdio que o ENIAC Computação paralela usa um grande número de processadores, aumentando mais ainda o poder computacional. Veremos a importância da computação paralela e a sua evolução na ótica da lista TOP500.

3 Computação de Alto Desempenho Medida de desempenho: 1 FLOPS = uma operação ponto flutuante por segundo KFLOPS = 2 10 = aprox op/s MFLOPS = 2 20 = aprox op/s GFLOPS = 2 30 = aprox op/s TFLOPS = 2 40 = aprox op/s

4 Lista TOP500 Lista dos 500 computadores mais poderosos do mundo Divulgada duas vezes por ano: em junho e novembro Interesse tanto para fabricantes como para compradores potenciais Benchmark: LINPACK - solução de um sistema linear de n equações a n incógnitas (e.g. n = 1000). Os 500 computadores com melhor desempenho LINPACK entram na lista TOP500. Muito material é disponível no site:

5 O computador mais veloz do mundo - em junho 2010 Cray XT5 Jaguar (DOE) processadores ou cores - Opteron Six Core 2.6 GHz LINPACK: 1,759 PFLOPS - Velocidade de pico: 2,331 PFLOPS O segundo colocado: Dawning TC3600 da China processadores ou cores - Intel X5650 e NVidea C2050 GPUs LINPACK: 1,271 PFLOPS - Velocidade de pico: 2,980 PFLOP Voces verão muitos GPUs nas próximas listas TOP500...

6 O computador mais veloz do mundo - em junho 2010 Cray XT5 Jaguar (DOE) processadores ou cores - Opteron Six Core 2.6 GHz LINPACK: 1,759 PFLOPS - Velocidade de pico: 2,331 PFLOPS O segundo colocado: Dawning TC3600 da China processadores ou cores - Intel X5650 e NVidea C2050 GPUs LINPACK: 1,271 PFLOPS - Velocidade de pico: 2,980 PFLOP Voces verão muitos GPUs nas próximas listas TOP500...

7 Alguns campeões anteriores Blue Gene (IBM) - hoje 38 o lugar Earth Simulator (NEC) - hoje 37 o lugar Roadrunner (IBM) - hoje 3 o lugar

8 Qual será o primeiro colocado... em novembro/2010? Em novembro/2010 sai uma nova lista TOP500 e tudo pode mudar :-)

9 Máquinas no Brasil na TOP500 Posição 86 (Universidade Federal do Rio de Janeiro/COPPE) Galileu - SUN blade x6048 Xeon 2.8GHz processadores (64,63 TFLOPS Linpack) Em listas anteriores, várias máquinas no Brasil já entraram na lista Top500: INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), Petrobrás, USP, Correios e Telégrados. Para entrar na lista TOP500, o último colocado apresenta 24,67 TFLOPS Linpack.

10 Desempenho ao longo do tempo

11 Perguntas Esse foi um exercício de uma disciplina que eu dei em 2007: Pergunta: O que vem depois de TFLOPS? Resposta: PFLOPS (Peta Flops) 1 PFLOPS = 2 50 = aprox op/s Pergunta: Em que ano teremos computadores de desempenho de PFLOPS? O exercício pode ser feito com a próxima figura. Mas com o aparecimento do RoadRunner e do Jaguar esse exercício não faz mais sentido :-)

12 Perguntas Esse foi um exercício de uma disciplina que eu dei em 2007: Pergunta: O que vem depois de TFLOPS? Resposta: PFLOPS (Peta Flops) 1 PFLOPS = 2 50 = aprox op/s Pergunta: Em que ano teremos computadores de desempenho de PFLOPS? O exercício pode ser feito com a próxima figura. Mas com o aparecimento do RoadRunner e do Jaguar esse exercício não faz mais sentido :-)

13 Perguntas Esse foi um exercício de uma disciplina que eu dei em 2007: Pergunta: O que vem depois de TFLOPS? Resposta: PFLOPS (Peta Flops) 1 PFLOPS = 2 50 = aprox op/s Pergunta: Em que ano teremos computadores de desempenho de PFLOPS? O exercício pode ser feito com a próxima figura. Mas com o aparecimento do RoadRunner e do Jaguar esse exercício não faz mais sentido :-)

14 Perguntas Esse foi um exercício de uma disciplina que eu dei em 2007: Pergunta: O que vem depois de TFLOPS? Resposta: PFLOPS (Peta Flops) 1 PFLOPS = 2 50 = aprox op/s Pergunta: Em que ano teremos computadores de desempenho de PFLOPS? O exercício pode ser feito com a próxima figura. Mas com o aparecimento do RoadRunner e do Jaguar esse exercício não faz mais sentido :-)

15 Projeção do Desempenho Podemos perguntar quando aparecerá uma máquina com mais de um EXAFLOPES? e ZETTAFLOPS, YOTTAFLOPS?

16 Países Compradores

17 Aplicações

18 Evolução das Fabricantes Área de alta competição. Difícil prever qual melhor rumo a seguir. Algumas empresas permanecem; outras não.

19 Fabricantes

20 Número de Processadores

21 Arquitetura de Computador Um só processador. SMP - Symmetric Multi Processor. MPP - Massively Parallel Processor. Cluster - Um agregado ou uma rede de workstations. Constelation - cluster of clusters.

22 Arquitetura

23 Família de Processadores

24 Sistema Operacional

25 Avanço da Microeletrônica - tecnologia VLSI O avanço do hardware em termos de: Capacidade de processamento e armazenamento. Tamanho. Preço. Esse avanço está relacionado ao avanço da tecnologia de microeletrônica ou VLSI (Very Large Scale of Integration).

26 Avanço da Microeletrônica - pastilhas de silício Processador e memória são feitos de um mesmo material: pastilha de silício. O elemento básico dos circuitos digitais é o transistor MOS (Metal Oxide Semiconductor). Um transistor MOS é uma espécie de chave interruptora minúscula, de ordem de alguns micrômetros quadrados de área. Presença de carga elétrica (voltagem alta) no gate permite a condução de eletricidade entre os pontos D e S, ao passo que a ausência de carga (voltagem baixa) no gate impede a condução.

27 Lei de Moore "O número de transistores em uma pastilha dobra a cada 18 meses".

28 Tamanho de um Transistor MOS Tamanho (largura) de um transistor: µm µm µm ,1 µm Ilustramos a seguir essa evolução, imaginando que um chip contém, ao invés de circuitos, ruas e praças de uma região geográfica.

29 tamanho 24 µm

30 tamanho 5 µm Source: Google Maps

31 tamanho 1 µm

32 tamanho 0,1 µm

33 Um chip com mais de 2 bilhões de transistores Intel Tukwila quad-core chip(2008): mais de 2 bilhões de transistores - Technologia de 65 nm ou 0,065 micrômetro. Processador Intel Core i7 usa CMOS de 45 nm ou 0,045 micrômetro.

34 Comentários finais sobre computação paralela O que já temos ou que está no horizonte: Sistemas de computação maciçamente paralelos serão cada vez mais comuns. Clusters Beowulf baseados em arquiteturas abertas tornam o uso da Computação Paralela cada vez mais popular. Novas arquiteturas de processadors: multi-core: Intel já anunciou o lançamento de um chip com 80 processadores, um trilhão de operações aritméticas por segundo (1 TFLOPS). Médio ou longo prazo: Novas arquiteturas eficientes em energia e tecnologias que não são baseadas em silício.

35 Computação Paralela - Desafios Computação Paralela será regra e não exceção. Necessidade de formar profissionais capazes de projetar algoritmos paralelos eficientes e escaláveis. Descobrir novas aplicações com alta demanda computacional que podem tirar proveito do paralelismo maciço. Criar novos (?) modelos de computação, novos (?) paradigmas de programação paralela ou novas (?) linguagens de programação paralela.

36 Como será daqui a 6-8 anos? No evento Supercomputing de 2009 em Hamburg, falava-se: em 6 a 8 anos, teremos um chip com 50 bilhões de transistores, o que daria para fabricar um chip com cores, o que obviamente parece uma bobagem :-)

37 Como será daqui a 6-8 anos? O desafio é como vamos explorar toda essa capacidade de computação... Fica o desafio. Obrigado pela atenção.

38 Como será daqui a 6-8 anos? O desafio é como vamos explorar toda essa capacidade de computação... Fica o desafio. Obrigado pela atenção.

Evolução da Computação de Alto Desempenho sob a Ótica da Lis. ou (Se um processador já é rápido, imaginem um sistema com 3.120.000 processadores :-)

Evolução da Computação de Alto Desempenho sob a Ótica da Lis. ou (Se um processador já é rápido, imaginem um sistema com 3.120.000 processadores :-) Evolução da Computação de Alto Desempenho sob a Ótica da Lista TOP500 ou (Se um processador já é rápido, imaginem um sistema com 3.120.000 processadores :-) Siang Wun Song IME-USP Evolução

Leia mais

MAC 412 Organização de Computadores

MAC 412 Organização de Computadores MAC 412 Organização de Computadores Agosto de 2005 1/22 Estado da Arte da Computação de Alto Desempenho Siang Wun Song Universidade de São Paulo Evolução da Computação 2/22 Os primeiros processadores (como

Leia mais

Computação de Alto Desempenho na Ótica da Lista TOP500 ou. (Se um computador já é rápido, imaginem um sistema com 131.072 computdores :-)

Computação de Alto Desempenho na Ótica da Lista TOP500 ou. (Se um computador já é rápido, imaginem um sistema com 131.072 computdores :-) Computação de Alto Desempenho na Ótica da Lista TOP500 ou (Se um computador já é rápido, imaginem um sistema com 131.072 computdores :-) MAC 412- Organizãção de Computadores - Siang W. Song Fonte: http://www.top500.org/

Leia mais

Evolução da Computação de Alto Desempenho sob a Ótica da Lis. ou (Se um processador já é rápido, imaginem um sistema com processadores :-)

Evolução da Computação de Alto Desempenho sob a Ótica da Lis. ou (Se um processador já é rápido, imaginem um sistema com processadores :-) Evolução da Computação de Alto Desempenho sob a Ótica da Lista TOP500 ou (Se um processador já é rápido, imaginem um sistema com 10.649.600 processadores :-) Siang Wun Song IME-USP Evolução

Leia mais

A Evolução dos Computadores: do ENIAC ao Jaguar

A Evolução dos Computadores: do ENIAC ao Jaguar A Evolução dos Computadores: do ENIAC ao Jaguar Siang Wun Song - IME/USP e Universidade Federal do ABC setembro de 2010 História da Computação - Ábacos antigos Ábaco da Mesopotâmia (2700-2300 A.C.) Ábaco

Leia mais

Como programar um computador com processadores? ou: Oportunidades e Desafios da Computação Paralela

Como programar um computador com processadores? ou: Oportunidades e Desafios da Computação Paralela Palestra para alunos de graduação da USP 1 de abril de 2005 1/26 Como programar um computador com 32.768 processadores? ou: Oportunidades e Desafios da Computação Paralela Siang Wun Song Universidade de

Leia mais

Evolução da Computação de Alto Desempenho na Ótica da Lista. ou (Se um processador já é rápido, imaginem um sistema com 131.072 processadores :-)

Evolução da Computação de Alto Desempenho na Ótica da Lista. ou (Se um processador já é rápido, imaginem um sistema com 131.072 processadores :-) Evolução da Computação de Alto Desempenho na Ótica da Lista TOP500 ou (Se um processador já é rápido, imaginem um sistema com 131.072 processadores :-) MAC 412- Organizãção de Computadores - Siang W. Song

Leia mais

Tecnologia VLSI - Uma Breve Introdução

Tecnologia VLSI - Uma Breve Introdução Tecnologia VLSI - Uma Breve Introdução S. W. Song MAC 412 - Organização de Computadores baseado em parte em Mead and Conway - Introduction to VLSI Systems, Addison-Wesley Tecnologia VLSI Tencologia de

Leia mais

Arquitetura dos Supercomputadores - TOP 500 -

Arquitetura dos Supercomputadores - TOP 500 - Universidade de São Paulo Instituto de Matemática e Estatística Bacharelado em Ciência da Computação Arquitetura dos Supercomputadores - TOP 500 - Steven Koiti Tsukamoto São Paulo 2010 Steven Koiti Tsukamoto

Leia mais

Multi-processamento. Arquitecturas MIMD de memória partilhada Multi-cores heterogéneos Multi-processadores

Multi-processamento. Arquitecturas MIMD de memória partilhada Multi-cores heterogéneos Multi-processadores Multi-processamento Arquitecturas MIMD de memória partilhada Multi-cores heterogéneos Multi-processadores Arquitecturas MIMD de memória distribuída Massive Parallel Computers Sistemas distribuídos Ainda

Leia mais

Prof. Marcelo de Sá Barbosa SISTEMAS DISTRIBUIDOS

Prof. Marcelo de Sá Barbosa SISTEMAS DISTRIBUIDOS Prof. Marcelo de Sá Barbosa SISTEMAS DISTRIBUIDOS 1. Introdução a supercomputação 2. Visão geral de Mainframe 3. Cluster de computadores 4. Cluster Beowulf considerações de projeto 5. Cluster x Grid 6.

Leia mais

A Evolução dos Computadores: do ENIAC ao TianHe2

A Evolução dos Computadores: do ENIAC ao TianHe2 A Evolução dos Computadores: do ENIAC ao TianHe2 Siang Wun Song agosto de 2013 História da Computação - Ábacos antigos Ábaco da Mesopotâmia (2700-2300 A.C.) Ábaco romano (1.o século D.C.)

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores

Arquitetura e Organização de Computadores Arquitetura e Organização de Computadores Aula 01 Tecnologias e Perspectiva Histórica Edgar Noda Pré-história Em 1642, Blaise Pascal (1633-1662) construiu uma máquina de calcular mecânica que podia somar

Leia mais

Capítulo 1 Introdução

Capítulo 1 Introdução Capítulo 1 Introdução Programa: Seqüência de instruções descrevendo como executar uma determinada tarefa. Computador: Conjunto do hardware + Software Os circuitos eletrônicos de um determinado computador

Leia mais

A Evolução dos Clusters frente as demais arquiteturas de Alto Desempenho

A Evolução dos Clusters frente as demais arquiteturas de Alto Desempenho A Evolução dos Clusters frente as demais arquiteturas de Alto Desempenho Rodrigo Santos de Souza, Adenauer C. Yamin Universidade Católica de Pelotas - UCPel {rsouza,adenauer}@ucpel.tche.br, 1 Introdução

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC CPU CPU É um circuito integrado que controla as funções de cálculos e tomadas de decisões de um computador (cérebro). E realizam

Leia mais

Arquitetura de Computadores. por Helcio Wagner da Silva

Arquitetura de Computadores. por Helcio Wagner da Silva Arquitetura de Computadores -Introdução por Helcio Wagner da Silva Histórico da Evolução dos Computadores ENIAC (Eletronic Numerical Integrator and Computer) John Mauchly& John Presper Eckert, Universidade

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Prof. Marcelo Mikosz Gonçalves

Arquitetura de Computadores. Prof. Marcelo Mikosz Gonçalves Arquitetura de Computadores Prof. Marcelo Mikosz Gonçalves Conceitos Básicos Programa: é uma seqüência de instruções que executam uma determinada tarefa. Linguagem de máquina: conjunto de instruções primitivas

Leia mais

grifo04 O maior supercomputador da América Latina

grifo04 O maior supercomputador da América Latina grifo04 O maior supercomputador da América Latina Luiz Rodolpho Monnerat Petrobras TIC/TIC-E&P Agosto/2012 1 Agenda Introdução Supercomputação? O que é isso? Lista dos maiores supercomputadores? Hã? História

Leia mais

UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES JOSÉ DA SILVA CONCEITOS DE INFORMÁTICA

UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES JOSÉ DA SILVA CONCEITOS DE INFORMÁTICA UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES JOSÉ DA SILVA CONCEITOS DE INFORMÁTICA Mogi das Cruzes, SP 2007 UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES JOSÉ DA SILVA CONCEITOS DE INFORMÁTICA Trabalho de Conclusão de Curso apresentado

Leia mais

Evolução das CPUs: Dual e Quad Core

Evolução das CPUs: Dual e Quad Core Evolução das CPUs: Dual e Quad Core Cesar Sposito Mário J. Filho Rodrigo Ferrassa... os computadores sequenciais estão se aproximando do limite físico fundamental em sua energia potencial computacional.

Leia mais

Histórico dos Computadores

Histórico dos Computadores Histórico dos Computadores O mais antigo equipamento para cálculo foi o ábaco (Fig. 1), que era um quadro com arruelas móveis, dispostas em arames paralelos, tendo, portanto, um mecanismo simples. Surgido

Leia mais

ALGORÍTMOS PARALELOS (Aula 2) LCAD. Neyval C. Reis Jr. OUTUBRO/2004. Laboratório de Computação de Alto Desempenho DI/UFES

ALGORÍTMOS PARALELOS (Aula 2) LCAD. Neyval C. Reis Jr. OUTUBRO/2004. Laboratório de Computação de Alto Desempenho DI/UFES ALGORÍTMOS PARALELOS (Aula 2) Neyval C. Reis Jr. OUTUBRO/2004 LCAD Laboratório de Computação de Alto Desempenho DI/UFES Programa do Curso LCAD 1. Introdução 2. Arquitetura de Computadores 3. Arquiteturas

Leia mais

Parte 01. Fundamentos de Arquitetura de Computadores. Prof. Pedro Neto

Parte 01. Fundamentos de Arquitetura de Computadores. Prof. Pedro Neto Parte 01 Fundamentos de Arquitetura de Computadores Prof. Pedro Neto Aracaju Sergipe - 2011 Conteúdo 1. Introdução i. Definição de Computador ii. Máquina Multinível iii. Evolução do Computador Histórico

Leia mais

Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid)

Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid) Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid) Sistemas Distribuídos Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência

Leia mais

Cursos de Computação. Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 01 - História e Funções dos Sistemas Operacionais

Cursos de Computação. Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 01 - História e Funções dos Sistemas Operacionais Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 01 - História e Funções dos Sistemas Operacionais Visão do Sistema Operacional programadores e analistas usuários programas,

Leia mais

Seminário Computador Óptico

Seminário Computador Óptico Universidade Federal de Minas Gerais Belo Horizonte, 23 de Junho de 2008 Seminário Computador Óptico Organização de Computadores I Bruno Xavier da Silva Diego de Moura Duarte brunoxs@dcc.ufmg.br diegomd@dcc.ufmg.br

Leia mais

Sistema de Computação

Sistema de Computação Sistema de Computação Máquinas multinível Nível 0 verdadeiro hardware da máquina, executando os programas em linguagem de máquina de nível 1 (portas lógicas); Nível 1 Composto por registrados e pela ALU

Leia mais

Gerações de Computadores. INF005 - Arquitetura de Computadores e Software Básico Aula 3 Flávia Maristela (flavia@flaviamaristela.

Gerações de Computadores. INF005 - Arquitetura de Computadores e Software Básico Aula 3 Flávia Maristela (flavia@flaviamaristela. Gerações de Computadores INF005 - Arquitetura de Computadores e Software Básico Aula 3 Flávia Maristela (flavia@flaviamaristela.com) Como é formado o meu computador? Computador = hardware + software 1ª

Leia mais

Microprocessadores II - ELE 1084

Microprocessadores II - ELE 1084 Microprocessadores II - ELE 1084 CAPÍTULO III OS PROCESSADORES 3.1 Gerações de Processadores 3.1 Gerações de Processadores Primeira Geração (P1) Início da arquitetura de 16 bits CPU 8086 e 8088; Arquiteturas

Leia mais

Abstrações e Tecnologias Computacionais. Professor: André Luis Meneses Silva E-mail/msn: andreluis.ms@gmail.com Página: orgearq20101.wordpress.

Abstrações e Tecnologias Computacionais. Professor: André Luis Meneses Silva E-mail/msn: andreluis.ms@gmail.com Página: orgearq20101.wordpress. Abstrações e Tecnologias Computacionais Professor: André Luis Meneses Silva E-mail/msn: andreluis.ms@gmail.com Página: orgearq20101.wordpress.com Agenda Introdução Sistemas Computacionais Arquitetura X

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia do Porto Administração de Sistemas Informáticos I Clusters

Instituto Superior de Engenharia do Porto Administração de Sistemas Informáticos I Clusters Instituto Superior de Engenharia do Porto Administração de Sistemas Informáticos I Clusters Trabalho elaborado por: 980368 - Sérgio Gonçalves Lima 1010949 - Nisha Sudhirkumar Chaganlal Clusters O que é

Leia mais

Introdução às arquiteturas paralelas e taxonomia de Flynn

Introdução às arquiteturas paralelas e taxonomia de Flynn Introdução às arquiteturas paralelas e taxonomia de Flynn OBJETIVO: definir computação paralela; o modelo de computação paralela desempenhada por computadores paralelos; e exemplos de uso da arquitetura

Leia mais

Introdução aos computadores

Introdução aos computadores Introdução aos computadores Arquitetura de Computadores Introdução aos computadores 1 Primeiro computador eletromecânico 1944 Harvard Mark I Usado no cálculo de tabelas matemáticas e navegação 3 segundos

Leia mais

Organização Básica de computadores e linguagem de montagem

Organização Básica de computadores e linguagem de montagem Organização Básica de computadores e linguagem de montagem Prof. Edson Borin 1 o Semestre de 2012 ~2400 AC Ábaco: 1 a calculadora ~500 AC Introdução do Zero, Índia antiga ~300 AC Matemático Indiano descreveu

Leia mais

A história do Processadores O que é o processador Características dos Processadores Vários tipos de Processadores

A história do Processadores O que é o processador Características dos Processadores Vários tipos de Processadores A história do Processadores O que é o processador Características dos Processadores Vários tipos de Processadores As empresas mais antigas e ainda hoje no mercado que fabricam CPUs é a Intel, AMD e Cyrix.

Leia mais

Tipos de Computadores. Sediane Carmem Lunardi Hernandes

Tipos de Computadores. Sediane Carmem Lunardi Hernandes Tipos de Computadores Sediane Carmem Lunardi Hernandes 1 Introdução Objetivo Apresentar a Lei de Moore e mostrar os vários tipos de computadores 2 a) Lei de Moore Processadores (maioria) são um conjunto

Leia mais

Componentes de um Sistema de Computador

Componentes de um Sistema de Computador Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade responsável pelo processamento dos dados, ou seja, o equipamento (parte física) SOFTWARE: Instruções que dizem o que o computador deve fazer (parte

Leia mais

Portas lógicas e Circuitos. Marcos Monteiro, MBA

Portas lógicas e Circuitos. Marcos Monteiro, MBA Portas lógicas e Circuitos Marcos Monteiro, MBA Cultura Inútil Em 1854, o matemático britânico George Boole (1815 1864), através da obra intitulada An Investigation of the Laws of Thought (Uma Investigação

Leia mais

Introdução Processamento Paralelo

Introdução Processamento Paralelo Introdução Processamento Paralelo Esbel Tomás Valero Orellana Bacharelado em Ciência da Computação Departamento de Ciências Exatas e Tecnológicas Universidade Estadual de Santa Cruz evalero@uesc.br 23

Leia mais

Tópicos da aula. Histórico e Evolução dos Computadores. Noções Básicas de Arquitetura de Computadores

Tópicos da aula. Histórico e Evolução dos Computadores. Noções Básicas de Arquitetura de Computadores Tópicos da aula Introdução Histórico e Evolução dos Computadores Noções Básicas de Arquitetura de Computadores Características gerais dos componentes de um computador digital Objetivos da aula Complementar

Leia mais

Painel: Internet das Coisas e Competitividade em Sistemas de Produtos

Painel: Internet das Coisas e Competitividade em Sistemas de Produtos Painel: Internet das Coisas e Competitividade em Sistemas de Produtos Painel: Internet das Coisas e Competitividade em Sistemas de Produtos Fabio Tagnin Movimat 17 de setembro de 2015 2 1965 Gordon Moore

Leia mais

Microeletrônica. Germano Maioli Penello

Microeletrônica. Germano Maioli Penello Microeletrônica Germano Maioli Penello Contato Site http://www.lee.eng.uerj.br/~germano/microeletronica_2015-2.html gpenello@gmail.com Visão geral do curso Níveis de abstração Introdução CMOS Substrato

Leia mais

Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui

Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui Índice 1 - CPU-Processador 2 - Chipset Intel/AMD 3 - Cache 4 - Núcleo 5 - CISC/RISC 1. CPU / Processador A unidade central de processamento ou CPU (Central Processing

Leia mais

Introdução a Organização e Arquitetura de Computadores

Introdução a Organização e Arquitetura de Computadores ORGANIZAÇÃO E ARQUITETURA DE COMPUTADORES Introdução a Organização e Arquitetura de Computadores Alexandre Amory Edson Moreno Na Aula Anterior 2 Desktop Freqüência e operação está estagnada Como aumentar

Leia mais

Tecnologia da Administração Computador: origem, funcionamento e componentes básicos Parte I Sumário Introdução Origem Funcionamento Componentes Básicos Referências Introdução O objetivo deste material

Leia mais

Organização e Arquitetura de computadores

Organização e Arquitetura de computadores Conteúdo Organização e Arquitetura de computadores Abstrações e Tecnologias computacionais Prof. Dr. Luciano José Senger Falácias e armadilhas Computadores: produto da tecnologia de informação, 10% do

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

AULA4: PROCESSADORES. Figura 1 Processadores Intel e AMD.

AULA4: PROCESSADORES. Figura 1 Processadores Intel e AMD. AULA4: PROCESSADORES 1. OBJETIVO Figura 1 Processadores Intel e AMD. Conhecer as funcionalidades dos processadores nos computadores trabalhando suas principais características e aplicações. 2. INTRODUÇÃO

Leia mais

Introdução à Organização e Arquitetura de Computadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Introdução à Organização e Arquitetura de Computadores. Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Introdução à Organização e Arquitetura de Computadores Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Sumário Introdução; Evolução dos Computadores; Considerações da Arquitetura de von Neumann; Execução de uma instrução

Leia mais

18/03/2010. Os computadores de hoje são dispositivos eletrônicos que, sob direção e controle de um programa, executam quatro operações básicas:

18/03/2010. Os computadores de hoje são dispositivos eletrônicos que, sob direção e controle de um programa, executam quatro operações básicas: Introdução à Computação DSC/CEEI/UFCG Sistemas de Computação O computador é uma máquina eletrônica capaz de receber informações, submetê-las a um conjunto especificado e pré-determinado de operações lógicas

Leia mais

O que é Arquitetura de Computadores?

O que é Arquitetura de Computadores? O que é Arquitetura de Computadores? Forças Coordenação de um conjunto de níveis de abstração de um computador sobre um grande conjunto de forças de mudança Arquitetura de Computadores = Arquitetura de

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL 1 O ábaco romano O ábaco chinês Dispositivo de calcular frequentemente construído como um quadro de madeira com contas que deslizam sobre fios. Esteve em uso séculos antes da adoção do sistema de numeração

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores. Capítulo 0 - Introdução

Arquitetura e Organização de Computadores. Capítulo 0 - Introdução Arquitetura e Organização de Computadores Capítulo 0 - Introdução POR QUE ESTUDAR ARQUITETURA DE COMPUTADORES? 2 https://www.cis.upenn.edu/~milom/cis501-fall12/ Entender para onde os computadores estão

Leia mais

Análise de desempenho de processadores ATmega328 utilizando Benchmark Linpack Marcos S. Morgenstern, Lori R. F. Machado Filho, Edson L.

Análise de desempenho de processadores ATmega328 utilizando Benchmark Linpack Marcos S. Morgenstern, Lori R. F. Machado Filho, Edson L. Análise de desempenho de processadores ATmega328 utilizando Benchmark Linpack Marcos S. Morgenstern, Lori R. F. Machado Filho, Edson L. Padoin Universidade Regional do Noroeste do Estado Do Rio Grande

Leia mais

Introdução à Informática HISTÓRICO E TIPOS DE COMPUTADORES

Introdução à Informática HISTÓRICO E TIPOS DE COMPUTADORES Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Engenharia Civil Prof.: Maico Petry Introdução à Informática HISTÓRICO E TIPOS DE COMPUTADORES DISCIPLINA: Informática Aplicada para Engenharia História

Leia mais

Introdução. Sistemas Computacionais Classificação. Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação

Introdução. Sistemas Computacionais Classificação. Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação Introdução à Computação Sistemas Computacionais Prof. a Joseana Macêdo Fechine Régis de Araújo joseana@computacao.ufcg.edu.br

Leia mais

Curso Técnico em Redes de computadores. Evolução Histórica dos Computadores

Curso Técnico em Redes de computadores. Evolução Histórica dos Computadores Curso Técnico em Redes de computadores Evolução Histórica dos Computadores 1 O conceito de efetuar cálculos com algum tipo de equipamento data pelo menos do século V a.c, com os babilônios e sua invenção

Leia mais

Processamento de dados - Aula I

Processamento de dados - Aula I Fundamentos de computação Paulo R. S. L. Coelho paulo@facom.uuf.br Faculdade de Ciência da Computação Universidade Federal de Uberlândia Organização 1 Conceitos iniciais 2 3 Organização 1 Conceitos iniciais

Leia mais

LABORATÓRIO DE DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS Guia de Experimentos

LABORATÓRIO DE DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS Guia de Experimentos UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA LABORATÓRIO DE DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS Experimento 5 Transistor MOSFET LABORATÓRIO

Leia mais

Introdução à Informática. Introdução à Informática

Introdução à Informática. Introdução à Informática Introdução à Informática Introdução à Informática Generalidades Prof.: Ruy Alexandre Generoso Prof.: Ruy Alexandre Generoso Introdução Computador Máquina eletrônica capaz de receber informações, submetê-las

Leia mais

Aula 26: Arquiteturas RISC vs. CISC

Aula 26: Arquiteturas RISC vs. CISC Aula 26: Arquiteturas RISC vs CISC Diego Passos Universidade Federal Fluminense Fundamentos de Arquiteturas de Computadores Diego Passos (UFF) Arquiteturas RISC vs CISC FAC 1 / 33 Revisão Diego Passos

Leia mais

A Evolução dos Computadores: do Ábaco ao ENIAC ao Sunway

A Evolução dos Computadores: do Ábaco ao ENIAC ao Sunway A Evolução dos Computadores: do Ábaco ao ENIAC ao Sunway Siang Wun Song agosto de 2016 História da Computação - Ábacos antigos Ábaco da Mesopotâmia (2700-2300 A.C.) Ábaco romano (1.o

Leia mais

Máquinas mais rápidas do mundo

Máquinas mais rápidas do mundo Máquinas mais rápidas do mundo Jorge Melegati Instituto de Matemática e Estatística Introdução à Computação Paralela e Distribuída melegati@ime.usp.br Junho de 2015 Jorge Melegati (IME) Máquinas mais rápidas

Leia mais

Unidade 13: Paralelismo:

Unidade 13: Paralelismo: Arquitetura e Organização de Computadores 1 Unidade 13: Paralelismo: SMP e Processamento Vetorial Prof. Daniel Caetano Objetivo: Apresentar os conceitos fundamentais da arquitetura SMP e alguns detalhes

Leia mais

Sumário. Organização de Computadores Módulo 3. Primeira Geração Válvulas (1945 1955) Primeira Geração Válvulas (1945 1955)

Sumário. Organização de Computadores Módulo 3. Primeira Geração Válvulas (1945 1955) Primeira Geração Válvulas (1945 1955) Sumário M. Sc. Luiz Alberto lasf.bel@gmail.com www.professorluizalberto.com.br Organização de Computadores Módulo 3 1. História da Arquitetura de Computadores - Continuação 1.1. 1.2. Segunda Geração Transistores

Leia mais

Manifesto Software Livre

Manifesto Software Livre Manifesto Software Livre Histórico iniciou com a elaboração de um documento denominado: " Manifesto GNU " por Richard Stallman 1.984; marco histórico do surgimento de uma nova forma de criação de Software;

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Introdução à Computação Noções básicas sobre arquitetura e organização de computadores Universidade Federal Rural de Pernambuco Professor: Abner Corrêa Barros abnerbarros@gmail.com Funções do computador

Leia mais

Fundamentos da Informática. História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br

Fundamentos da Informática. História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br Fundamentos da Informática História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br História da Computação Hoje em dia, os computadores estão presentes em nossa vida de uma forma nunca vista

Leia mais

Multicomputadores. Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação CECOMP

Multicomputadores. Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação CECOMP Multicomputadores Introdução Vimos que existem dois tipos de processadores paralelos MIMD: Multiprocessadores. Multicomputadores. Nos multiprocessadores, existe uma memória compartilhada que pode ser acessada

Leia mais

INFORMÁTICA BÁSICA AULA 02. Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com

INFORMÁTICA BÁSICA AULA 02. Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 02 Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com 04/06/2014 2 SUMÁRIO O computado Componentes

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Introdução à Computação DCA0800 - Algoritmos e Lógica de Programação Heitor Medeiros 1 Informática x Computação

Leia mais

Introdução a Informática. Colégio "Serrano Guardia" Módulo I Informática Básica William Andrey de Godoy

Introdução a Informática. Colégio Serrano Guardia Módulo I Informática Básica William Andrey de Godoy Introdução a Informática 1 Colégio "Serrano Guardia" Módulo I Informática Básica Introdução a Informática São conjuntos de métodos e equipamentos através do quais podemos armazenar e manipular informações

Leia mais

Exercício Prático 2:

Exercício Prático 2: Exercício Prático 2: 1) Conceito 1: *Computador Um computador é uma máquina eletrônica que receber dados através dos periféricos de entrada, processa esses dados, realizando operações lógicas e aritméticas

Leia mais

Introdução à Computação: História dos computadores

Introdução à Computação: História dos computadores Introdução à Computação: História dos computadores Ricardo de Sousa Bri.o rbri.o@ufpi.edu.br DIE- UFPI 2004 by Pearson Education Objetivos Aprender sobre a história dos computadores. 2004 by Pearson Education

Leia mais

CAP-387(2016) Tópicos Especiais em

CAP-387(2016) Tópicos Especiais em CAP-387(2016) Tópicos Especiais em Computação Aplicada: Construção de Aplicações Massivamente Paralelas Aula 2: Sistemas Massivamente Paralelos Atuais Celso L. Mendes, Stephan Stephany LAC /INPE Emails:

Leia mais

Introdução à Grid e Cloud Computing

Introdução à Grid e Cloud Computing Introdução à Grid e Cloud Computing Alberto Krone-Martins I WCCA 1 Introdução à Cloud Computing para astrônomos jovens (e nem tão jovens assim) 2 Breve histórico da computação astronômica... 3 Breve histórico

Leia mais

IFBA MOSFET. CELET Coordenação do Curso Técnico em Eletrônica Professor: Edvaldo Moraes Ruas, EE. Vitória da Conquista - 2009

IFBA MOSFET. CELET Coordenação do Curso Técnico em Eletrônica Professor: Edvaldo Moraes Ruas, EE. Vitória da Conquista - 2009 IFBA MOSFET CELET Coordenação do Curso Técnico em Eletrônica Professor: Edvaldo Moraes Ruas, EE Vitória da Conquista - 2009 MOSFET s - introdução Semicondutor FET de óxido metálico, ou Mosfet (Metal Oxide

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador 1 Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Curso: Sistemas de Informação Introdução 2 O Computador é uma ferramenta que

Leia mais

Ricardo Gonçalves 2013/2014. Arquitecturas Multicore

Ricardo Gonçalves 2013/2014. Arquitecturas Multicore Ricardo Gonçalves 2013/2014 Arquitecturas Multicore Outline Introdução Processador Multi-core: o que é? Do multi-processador ao multi-core Evolução dos processadores multi-core Arquitecturas multi-core

Leia mais

Unidade Central de Processamento Organização da UCP Execução de instruções em paralelo ("pipeline") Execução de programas

Unidade Central de Processamento Organização da UCP Execução de instruções em paralelo (pipeline) Execução de programas http://www.ic.uff.br/~debora/fac! Dar noções iniciais dos componentes básicos de um sistema de computador, assim também como conceitos fundamentais necessários para a manipulação de informação dentro do

Leia mais

Fundamentos de Informática 1ºSemestre

Fundamentos de Informática 1ºSemestre Fundamentos de Informática 1ºSemestre Aula 1 Prof. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Uma abordagem inicial... o

Leia mais

Imagem retirada de documentações de treinamentos oficiais INTEL

Imagem retirada de documentações de treinamentos oficiais INTEL O que é Hyper-Threading (HT)? Hyper-Threading (HT) é uma tecnologia existe nos processadores que visa explorar com mais eficiência o uso da CPU, o grande foco desta tecnologia é evitar ociosidade de processamento

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Apresentação da disciplina UFRPE 2014.2 George Valença georgevalenca@deinfo.ufrpe.br Um pouco sobre mim Formação acadêmica Doutorado Tese: Ecossistemas de Software Projeto de Pesquisa

Leia mais

Portas lógicas e circuitos digitais. Sistemas da Computação Prof. Rossano Pablo Pinto, Msc. rossano at gmail com 2 semestre 2007

Portas lógicas e circuitos digitais. Sistemas da Computação Prof. Rossano Pablo Pinto, Msc. rossano at gmail com 2 semestre 2007 Portas lógicas e circuitos digitais Sistemas da Computação Prof. Rossano Pablo Pinto, Msc. rossano at gmail com 2 semestre 2007 Tópicos Portas Circuito somador Circuito subtrator flip-flops (registradores)

Leia mais

UNIBRATEC Ensino Superior e Técnico em Informática DHD Desenvolvimento em Hardware

UNIBRATEC Ensino Superior e Técnico em Informática DHD Desenvolvimento em Hardware UNIBRATEC Ensino Superior e Técnico em Informática DHD Desenvolvimento em Hardware 1 Capítulo 4 Lógica Digital Básica UNIBRATEC Ensino Superior e Técnico em Informática DHD Desenvolvimento em Hardware

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores. Capítulo 0 - Introdução

Arquitetura e Organização de Computadores. Capítulo 0 - Introdução Arquitetura e Organização de Computadores Capítulo 0 - Introdução POR QUE ESTUDAR ARQUITETURA DE COMPUTADORES? 2 https://www.cis.upenn.edu/~milom/cis501-fall12/ Entender para onde os computadores estão

Leia mais

U E S C. Introdução à Ciência da Computação

U E S C. Introdução à Ciência da Computação U E S C Introdução à Ciência da Computação Roteiro Unidades componentes de hardware CPU UC; ULA; Cache; Registradores. Introdução Informática é a ciência que desenvolve e utiliza a máquina para tratamento,

Leia mais

Calculadoras Mecânicas

Calculadoras Mecânicas ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES Evolução e Desempenho de Computadores 1ª Calculadora - séc. V a.c Muitos povos da antiguidade utilizavam o ábaco para a realização de cálculos do dia a dia, principalmente

Leia mais

EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES

EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES 1951/1959 - Computadores de primeira geração Circuitos eletrônicos e válvulas Uso restrito Precisava ser reprogramado a cada tarefa Grande consumo de energia Problemas devido

Leia mais

Introdução à Computação: Arquitetura von Neumann

Introdução à Computação: Arquitetura von Neumann Introdução à Computação: Arquitetura von Neumann Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

A Evolução dos Sistemas Operacionais

A Evolução dos Sistemas Operacionais Capítulo 3 A Evolução dos Sistemas Operacionais Neste capítulo, continuaremos a tratar dos conceitos básicos com a intensão de construirmos, agora em um nível mais elevado de abstração, o entendimento

Leia mais

CPU Unidade Central de Processamento. História e progresso

CPU Unidade Central de Processamento. História e progresso CPU Unidade Central de Processamento História e progresso O microprocessador, ou CPU, como é mais conhecido, é o cérebro do computador e é ele que executa todos os cálculos e processamentos necessários,

Leia mais

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO Wagner de Oliveira SUMÁRIO Hardware Definição de Computador Computador Digital Componentes Básicos CPU Processador Memória Barramento Unidades de Entrada e

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores

Arquitetura e Organização de Computadores Arquitetura e Organização de Computadores Fernando Fonseca Ramos Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros Fundação Educacional Montes Claros 1 Índice 2 1- Conceitos Básicos de AOC 1.1 Processamento

Leia mais

O processador é composto por: Unidade de controlo - Interpreta as instruções armazenadas; - Dá comandos a todos os elementos do sistema.

O processador é composto por: Unidade de controlo - Interpreta as instruções armazenadas; - Dá comandos a todos os elementos do sistema. O processador é composto por: Unidade de controlo - Interpreta as instruções armazenadas; - Dá comandos a todos os elementos do sistema. Unidade aritmética e lógica - Executa operações aritméticas (cálculos);

Leia mais

AUTOMAÇÃO DE ESCRITÓRIOS ADE

AUTOMAÇÃO DE ESCRITÓRIOS ADE Curso: TÉCNICO EM INFORMÁTICA com Habilitação em Programação e Desenvolvimento de Sistemas. AUTOMAÇÃO DE ESCRITÓRIOS ADE NOTA DE AULA 01 Assunto: Introdução a informática. Histórico do computador. Conceitos

Leia mais

PRONATEC FUNDAMENTOS DE HARDWARE. Prof. Kilmer Pereira kilmer_pereira@yahoo.com.br

PRONATEC FUNDAMENTOS DE HARDWARE. Prof. Kilmer Pereira kilmer_pereira@yahoo.com.br PRONATEC FUNDAMENTOS DE HARDWARE Prof. Kilmer Pereira kilmer_pereira@yahoo.com.br 1. EVOLUÇÃO HISTÓRICA DOS COMPUTADORES 1.1 Ábaco (aproximadamente 3500 a.c) Um instrumento para auxiliar nos cálculos.

Leia mais

30/5/2011. Sistemas computacionais para processamento paralelo e distribuído

30/5/2011. Sistemas computacionais para processamento paralelo e distribuído Arquitetura de Computadores Sistemas computacionais para processamento paralelo e distribuído Prof. Marcos Quinet Universidade Federal Fluminense UFF Pólo Universitário de Rio das Ostras - PURO Processamento

Leia mais