MEMÓRIA DE EVENTO - CARAÍVA Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MEMÓRIA DE EVENTO - CARAÍVA Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP"

Transcrição

1 Parte integrante do processo de Mobilização Social para Elaboração do Plano de Saneamento Básico Abastecimento de água Esgotamento sanitário Drenagem e manejo de águas pluviais urbanas Limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos MEMÓRIA DE EVENTO - CARAÍVA Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP OFICINA DIAGNÓSTICO DO PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO PARTICIPATIVO DE PORTO SEGURO - PMSBP LEITURA SOCIAL OBJETIVOS: obter uma leitura social concernente aos 04 componentes do saneamento básico, nas comunidades, para estabelecimento do diagnóstico do PMSB dos problemas locais para realizar as melhorias das prestações dos serviços e satisfação dos clientes/usuários; METAS: levantar os problemas locais de saneamento básico, através de oficinas; aplicar questionários de saneamento básico, para ouvir 1% da população, ouvindo a sociedade; DATA: 12/09/2017 LOCAL: Caraíva Escola Municipal Alegria do Saber. FACILITADOR (A): Doris Lins APOIO: Helioenai Alves, Robenildo Bonfim e Marcos Rodrigues NUMERO DE PARTRICIPANTES: 11 DELEGADOS ELEITOS: 11 Nome Contato Paulo Cesar M Carolina Momede Carvalho

2 Gabriel Soares Vanesa R.S. Sismande Jose Jilsan da Silva Dias Jorge Domingos Baião Valdecir Soares dos Santos Helioenai Alves da Silva Robenildo C. Bonfim Adonias Almeida de Melo Helia Dias Correia DESCRIÇÃO - TARJETAS Ausência de continuidade dos projetos planejados; Ausência de projeto sócio ambiental; TEMA: ABASTECIMENTO DE ÁGUA Falta de manutenção na bóia automática na Desperdício de Água (Caixa sem bóia) (rede com vazamento) Ausência de palestras para conscientização; Ausência de bomba reserva nos sistemas; Falta de planejamento de obras e

3 TEMA: ABASTECIMENTO DE ÁGUA caixa d água da Escola Alegria do Saber; ampliações (Fiscalização); Ausência de água potável e racionamento, Ausência Realizar projeto educacional consciência com seu próprio uso, para evitar o desperdício nas casas; contribuir com o próximo. Água salobra nos poços de Caraíva e Nova Ausência Realizar programas e projetos Caraíva; Realizar estudo e controle no abastecimento de água; Tratamento da água; palestras sobre uso da água em Nova Caraíva; Realizar estudos, projetos e implantar obras do abastecimento de água; Ausência de projetos de melhoria do abastecimento de água; ambientais para o uso da água; Ausência de projetos incentivadores ao uso racional da água em Caraíva; Ausência, Levantamento de informações sobre os rios e lençol freático; Problema de desperdício de água em Nova Caraíva. : TEMA: ABASTECIMENTO DE ÁGUA

4 DESCRIÇÃO TARJETAS: TEMA: ESGOTAMENTO SANITÁRIO Falta de serviço de limpa fossa; Falta As fossas atuais contaminam os poços e caminhão para limpar fossa; lençóis freáticos; Falta de palestras sobre como fazer fossa Falta de consciência ou esclarecimentos e séptica; fiscalização; Falta de esgoto e manutenção; Esgotos lançados clandestinamente no rio; Falta de fiscalização e orientação. Perfuração de fossas fora de padrões e (Tamanho da fossa x capacidade); locais inadequados; Ausência de manutenção das fossas; Criar eco fossas (fácil e barato); Ausência de estudos e projetos para a Falta de projeto para manutenção do esgoto comunidade; da comunidade; Falta Tratamento de esgoto individual; Falta de fiscalização na comunidade; Ausência de apoio técnico governamental; : TEMA: ESGOTAMENTO SANITÁRIO DESCRIÇÃO - TARJETAS TEMA: LIMPEZA PÚBLICA E MANEJO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS

5 TEMA: LIMPEZA PÚBLICA E MANEJO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS Falta de fiscalização; Falta de projetos sócio ecológicos; Falta de coleta seletiva; Ausência de programas educacionais; Falta melhoria na coleta do lixo; Falta de Ausência de coleta coletiva; Ausência de mão de obra humana; centro de triagem; Ausência de programas e capacitações Pouca freqüência na coleta de lixo e Falta de de reciclagem e reutilização; estrutura para o atual lixo; Lixo orgânico e seco disposto Falta: Lixo não é selecionado seco e úmido; desordenadamente em local inadequado; Separação de lixo; Ausência de consciência ambiental; Falta de contribuição da comunidade; Falta divulgação de programas ou Ausência de técnicas disseminadas; projetos; Falta de separação de lixo na fonte; Falta lixeiras adequadas; Elaborar um plano de coleta seletiva Falta implementação do programa nacional especifico para a região; de agro ecologia instituindo a compostagem orgânica para melhorar a fertilidade do solo dos agricultores que aderiram ao selo orgânico com ministério da agricultura; TEMA: LIMPEZA PÚBLICA E MANEJO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DESCRIÇÃO - TARJETAS TEMA: DRENAGEM PLUVIAL Ausência de projetos e programas de Usar coletor de água de chuva; Terra na construções sustentáveis; calha, nos rios e nascentes; Falta de energia e acidentes elétricos, alto Captação e reutilização da água da chuva volume de chuvas (cabos subterrâneos); através das calhas das casas; Falta de planejamento para drenagem Falta planejamento devido ao adequada e nas construções publicas escoamento; (UPA); Planejamento para água da chuva; Falta de drenagem nas vias (Estradas) de Falta de projeto Projetos para

6 TEMA: DRENAGEM PLUVIAL acesso e nas vias das comunidades; escoamento da água de chuva e reuso da mesma; Assoreamento dos mangues; : TEMA: DRENAGEM PLUVIAL DESVIOS Presos na estrada por 1h e 15minutos, carro atolado e por se tratar de carro da prefeitura, moradores negligenciaram ajuda.

7 LISTA DE PRESEÇA:

MEMÓRIA DE EVENTO TRANCOSO Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP

MEMÓRIA DE EVENTO TRANCOSO Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP Parte integrante do processo de Mobilização Social para Elaboração do Plano de Saneamento Básico Abastecimento de água Esgotamento sanitário Drenagem e manejo de águas pluviais urbanas Limpeza urbana e

Leia mais

MEMÓRIA DE EVENTO VERA CRUZ Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP

MEMÓRIA DE EVENTO VERA CRUZ Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP Parte integrante do processo de Mobilização Social para Elaboração do Plano de Saneamento Básico Abastecimento de água Esgotamento sanitário Drenagem e manejo de águas pluviais urbanas Limpeza urbana e

Leia mais

MEMÓRIA DE EVENTO ARRAIAL D AJUDA Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP

MEMÓRIA DE EVENTO ARRAIAL D AJUDA Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP Parte integrante do processo de Mobilização Social para Elaboração do Plano de Saneamento Básico Abastecimento de água Esgotamento sanitário Drenagem e manejo de águas pluviais urbanas Limpeza urbana e

Leia mais

MEMÓRIA DE EVENTO Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP

MEMÓRIA DE EVENTO Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP Parte integrante do processo de Mobilização Social para Elaboração do Plano de Saneamento Básico Abastecimento de água Esgotamento sanitário Drenagem e manejo de águas pluviais urbanas Limpeza urbana e

Leia mais

MEMÓRIA DE EVENTO BAIANÃO Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP

MEMÓRIA DE EVENTO BAIANÃO Leitura Social do Diagnóstico em Oficina do PMSBP Parte integrante do processo de Mobilização Social para Elaboração do Plano de Saneamento Básico Abastecimento de água Esgotamento sanitário Drenagem e manejo de águas pluviais urbanas Limpeza urbana e

Leia mais

twitter.com/funasa

twitter.com/funasa FUNDAÇÃO NACIONAL DE SÁUDE Fundação pública vinculada ao Ministério da Saúde Missão Institucional: Promover a saúde pública e a inclusão social por meio de ações de saneamento e saúde ambiental. Área de

Leia mais

PLANEJAMENTOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO: UMA METODOLOGIA DE APOIO À GESTÃO PÚBLICA LOCAL E UM ESTUDO DE CASO

PLANEJAMENTOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO: UMA METODOLOGIA DE APOIO À GESTÃO PÚBLICA LOCAL E UM ESTUDO DE CASO PLANEJAMENTOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO: UMA METODOLOGIA DE APOIO À GESTÃO PÚBLICA LOCAL E UM ESTUDO DE CASO Programa Desenvolvimento Econômico e Social Sustentável da Região Oeste do Paraná Prefeituras

Leia mais

1ª Conferência Pública

1ª Conferência Pública REVISÃO DO PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE MIRACATU / SP 1ª Conferência Pública 09/03/2016 14h00 Câmara Municipal de Vereadores Política Nacional de Saneamento Básico Lei nº 11.445 /2007 ÁGUA ESGOTO

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA. Prospectiva, Planejamento Estratégico e Prognóstico do PMSB e PMGIRS

AUDIÊNCIA PÚBLICA. Prospectiva, Planejamento Estratégico e Prognóstico do PMSB e PMGIRS AUDIÊNCIA PÚBLICA Prospectiva, Planejamento Estratégico e Prognóstico do PMSB e PMGIRS Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) e Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS) de

Leia mais

OUTRAS MEDIDAS DE IMPORTÂNCIA SANITÁRIA

OUTRAS MEDIDAS DE IMPORTÂNCIA SANITÁRIA OUTRAS MEDIDAS DE IMPORTÂNCIA SANITÁRIA MANEJO DE ÁGUAS PLUVIAIS Processo de expansão urbana sistema de drenagem é o mais destacado pois seus transtornos são imediatos INUNDAÇÕES ALAGAMENTO MANEJO DE ÁGUAS

Leia mais

Fontes de Recursos Ação. Curto Médio Longo (1 a 4 anos) (4 a 8 anos) (8 a 20 anos)

Fontes de Recursos Ação. Curto Médio Longo (1 a 4 anos) (4 a 8 anos) (8 a 20 anos) 3.1 Instituir programa de coleta seletiva no município. 3.2 Realizar campanhas de sensibilização e educação socioambiental da população acerca da temática dos resíduos sólidos, quanto a importância da

Leia mais

GESTÃO SUSTENTÁVEL DE BACIAS HIDROGRÁFICAS NO COMBATE À CRISE HÍDRICA EM NOSSA SOCIEDADE

GESTÃO SUSTENTÁVEL DE BACIAS HIDROGRÁFICAS NO COMBATE À CRISE HÍDRICA EM NOSSA SOCIEDADE GESTÃO SUSTENTÁVEL DE BACIAS HIDROGRÁFICAS NO COMBATE À CRISE HÍDRICA EM NOSSA SOCIEDADE A Importância do Ciclo Hidrológico Prof. Dr. Adacto Ottoni Prof. Dr. Adacto Ottoni Prof. Dr. Adacto Ottoni

Leia mais

REALIZAÇÃO: APOIO TÉCNICO:

REALIZAÇÃO: APOIO TÉCNICO: REALIZAÇÃO: APOIO TÉCNICO: PROGRAMAÇÃO 19:00 RECEPÇÃO E ENTREGA DE MATERIAIS 19:15 INTRODUÇÃO AO SANEAMENTO 19:35 DIAGNÓSTICO BAIRROS 20:00 ESPAÇO PARA COLOCAÇÕES DAS ASSOCIAÇÕES E DAS AUTORIDADES Controle

Leia mais

A PNSB e o Saneamento Rural

A PNSB e o Saneamento Rural A PNSB e o Saneamento Rural Antônio Tadeu Ribeiro de Oliveira Gerente de Estudos e Pesquisas Sociais VI Seminário Nacional de Saneamento Rural João Pessoa, 07.11.2012 A PNSB Pesquisa Nacional de Saneamento

Leia mais

Recursos Hídricos. A interação do saneamento com as bacias hidrográficas e os impactos nos rios urbanos

Recursos Hídricos. A interação do saneamento com as bacias hidrográficas e os impactos nos rios urbanos 74 a Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia Recursos Hídricos A interação do saneamento com as bacias hidrográficas e os impactos nos rios urbanos SECRETARIA DE RECURSOS HÍDRICOS E QUALIDADE AMBIENTAL

Leia mais

ANALISE DE SANEAMENTO BASICO EM BAIRROS DE CONCEIÇAO DO ARAGUAIA-PA

ANALISE DE SANEAMENTO BASICO EM BAIRROS DE CONCEIÇAO DO ARAGUAIA-PA 9 ANALISE DE SANEAMENTO BASICO EM BAIRROS DE CONCEIÇAO DO ARAGUAIA-PA Kacieny Sousa Oliveira 1, Jhesse Alves Tavares 2, Vanessa Gomes Monterio 3 e Marcio Aparecido da Costa 4 1,2, 3,4 Graduandos do Curso

Leia mais

1) Conceitos e definições:

1) Conceitos e definições: SANEAMENTO: A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE VIDA - COLETA E TRATAMENTO DE ESGOTOS 1) Conceitos e definições: 1.1) Esgoto: É um sistema destinado a escoar e tratar os dejetos dos diversos

Leia mais

Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos do Consórcio 4 Ambiental: Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Ambiental Sustentável

Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos do Consórcio 4 Ambiental: Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Ambiental Sustentável para o Desenvolvimento Ambiental Sustentável PLANO DE GERENCIAMENTO INTEGRADO DE RESÍDUOS SÓLIDOS DO CONSORCIO INTERMUNICIPAL PARA O DESENVOLVIMENTO AMBIENTAL SUSTENTAVEL - 4AMBIENTAL, COMPOSTO PELOS MUNICÍPIOS

Leia mais

Manejo de Águas Pluviais Urbanas em Porto Alegre - RS

Manejo de Águas Pluviais Urbanas em Porto Alegre - RS Seminário Meio Ambiente e Tecnologias Sustentáveis: Energias Renováveis, Saneamento e Mobilidade Urbana Porto Alegre, 03 de junho de 2016. Manejo de Águas Pluviais Urbanas em Porto Alegre - RS SANEAMENTO

Leia mais

SANEAMENTO BÁSICO PESQUISA NACIONAL DE GESTÃO MUNICIPAL DO SANEAMENTO BÁSICO GMSB BLOCO 02 IDENTIFICAÇÃO DA PREFEITURA

SANEAMENTO BÁSICO PESQUISA NACIONAL DE GESTÃO MUNICIPAL DO SANEAMENTO BÁSICO GMSB BLOCO 02 IDENTIFICAÇÃO DA PREFEITURA Diretoria de Pesquisas - DPE Coordenação de População e Indicadores Sociais - COPIS PESQUISA NACIONAL DE SANEAMENTO BÁSICO - 008 GESTÃO MUNICIPAL DO SANEAMENTO BÁSICO GMSB BLOCO 0 IDENTIFICAÇÃO DO QUESTIONÁRIO

Leia mais

Título: Relação da água da chuva com os poços de abastecimento público do Urumari em Santarém Pará, Brasil. Área Temática: Meio Ambiente

Título: Relação da água da chuva com os poços de abastecimento público do Urumari em Santarém Pará, Brasil. Área Temática: Meio Ambiente Título: Relação da água da chuva com os poços de abastecimento público do Urumari em Santarém Pará, Brasil. Área Temática: Meio Ambiente Responsável pelo trabalho: Iara Lina de Sousa Silva Instituição:

Leia mais

DIAGNÓSTICO DO SANEAMENTO BÁSICO RURAL NO MUNICÍPIO DE PORTO DO MANGUE/RN, SEMIÁRIDO BRASILEIRO

DIAGNÓSTICO DO SANEAMENTO BÁSICO RURAL NO MUNICÍPIO DE PORTO DO MANGUE/RN, SEMIÁRIDO BRASILEIRO DIAGNÓSTICO DO SANEAMENTO BÁSICO RURAL NO MUNICÍPIO DE PORTO DO MANGUE/RN, SEMIÁRIDO BRASILEIRO Allan Viktor da Silva Pereira (1); Gabriela Nogueira Cunha (1); Jose Paiva Lopes Neto (2); Leonardo Almeida

Leia mais

Implantação de Medidas Emergenciais para cessar os danos ambientais pela disposição inadequada de resíduos sólidos nos municípios

Implantação de Medidas Emergenciais para cessar os danos ambientais pela disposição inadequada de resíduos sólidos nos municípios Implantação de Medidas Emergenciais para cessar os danos ambientais pela disposição inadequada de resíduos sólidos nos municípios Ituiutaba Centralina Canápolis Araporã Gurinhatã Monte Alegre de Minas

Leia mais

AVALIAÇÃO SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DA AGENDA 21 NO BRASIL: O CASO DO TEMA AMPLIAÇÃO DO ALCANCE DOS SERVIÇOS QUE SE OCUPAM DE RESÍDUOS

AVALIAÇÃO SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DA AGENDA 21 NO BRASIL: O CASO DO TEMA AMPLIAÇÃO DO ALCANCE DOS SERVIÇOS QUE SE OCUPAM DE RESÍDUOS AVALIAÇÃO SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DA AGENDA 21 NO BRASIL: O CASO DO TEMA AMPLIAÇÃO DO ALCANCE DOS SERVIÇOS QUE SE OCUPAM DE RESÍDUOS Anaxsandra Lima Duarte INTRODUÇÃO Estimativas da Agenda 21 Global: até

Leia mais

Questionário do Programa Bandeira Azul Brasil para Praias

Questionário do Programa Bandeira Azul Brasil para Praias Questionário do Programa Bandeira Azul Brasil para Praias 1. Informações sobre a praia candidata: 1.1 Nome da Praia 1.2 Região da Praia 1.3 Localização Geográfica Latitude: Longitude: 1.4 Nome do responsável

Leia mais

SANEAMENTO SOCIOAMBIENTAL EM COMUNIDADE DE PEQUENO PORTE: UM ESTUDO EM SANTA LUZIA, SIMÕES FILHO, BAHIA

SANEAMENTO SOCIOAMBIENTAL EM COMUNIDADE DE PEQUENO PORTE: UM ESTUDO EM SANTA LUZIA, SIMÕES FILHO, BAHIA SANEAMENTO SOCIOAMBIENTAL EM COMUNIDADE DE PEQUENO PORTE: UM ESTUDO EM SANTA LUZIA, SIMÕES FILHO, BAHIA Aline Linhares Loureiro Clarisse Correia Lima Cardoso de Andrade Luiz Roberto Santos Moraes UFBA

Leia mais

Oficina de Formação de multiplicadsores Formulação da Política e Elaboração do Plano Municipal de Saneamento

Oficina de Formação de multiplicadsores Formulação da Política e Elaboração do Plano Municipal de Saneamento Oficina de Formação de multiplicadsores Formulação da Política e Elaboração do Plano Municipal de Saneamento Americana/SP, 13 e 14 de Abril Ministério de 2010 Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental

Leia mais

Seção III. Do Saneamento Básico

Seção III. Do Saneamento Básico Seção III Do Saneamento Básico Art. 1º - Saneamento básico é o conjunto de serviços que compreende o abastecimento de água potável, o esgoto sanitário, a limpeza urbana, o manejo de resíduos sólidos, drenagem

Leia mais

Análise SWOT. Resíduos Sólidos Domiciliares e Comerciais

Análise SWOT. Resíduos Sólidos Domiciliares e Comerciais Análise SWOT Resíduos Sólidos Domiciliares e Comerciais Implantação de associação de catadores, melhorando a coleta seletiva. Disponibilização de quantidade maior de lixeiras na cidade. Geração de empregos

Leia mais

Cronograma. Etapas anteriores:

Cronograma. Etapas anteriores: Etapas do Edital Etapas Inscrição das equipes (FINALIZADA dia 06/09) Elaboração de diagnóstico (Anexo III) Elaboração de plano de atividades (Anexo IV) Busca de parcerias Apresentação dos resultados Cronograma

Leia mais

Educação ambiental. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE. Seminário

Educação ambiental. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE. Seminário Educação ambiental Seminário Qual o nosso desafio? Como utilizar a Educação Ambiental para a conscientização, respeitando valores e diferenças entre as pessoas. Educação Ambiental: pensar GLOBAL e agir

Leia mais

FERRAMENTA DE GESTÃO AMBIENTAL - MUNICÍPIO

FERRAMENTA DE GESTÃO AMBIENTAL - MUNICÍPIO PLANO DIRETOR E SANEAMENTO AMBIENTAL FERRAMENTA DE GESTÃO AMBIENTAL - MUNICÍPIO PLANO DIRETOR O Plano Diretor está definido no Estatuto das Cidades como instrumento básico para orientar a política de desenvolvimento

Leia mais

VI ENCONTRO ESTADUAL DE COOPERAÇÃO TÉCNICA FUNASA/ASSEMAE-SC. PAINEL IV: Soluções locais alternativas para Esgotamento Sanitário ADIR FACCIO

VI ENCONTRO ESTADUAL DE COOPERAÇÃO TÉCNICA FUNASA/ASSEMAE-SC. PAINEL IV: Soluções locais alternativas para Esgotamento Sanitário ADIR FACCIO VI ENCONTRO ESTADUAL DE COOPERAÇÃO TÉCNICA FUNASA/ASSEMAE-SC PAINEL IV: Soluções locais alternativas para Esgotamento Sanitário ADIR FACCIO 01/11/2017 VI ENCONTRO ESTADUAL DE COOPERAÇÃO TÉCNICA 1 Agência

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO E DESCRITIVO

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO E DESCRITIVO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO E DESCRITIVO AÇÕES COMPROBATÓRIAS DAS ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO PERÍODO DE 2011/ 2014 2011 13/06/2011 13/06/2011 SEMANA DE MEIO AMBIENTE, EXPOSIÇÃO DE BRINQUEDOS COM MATERIAIS

Leia mais

UMA REFLEXÃO A PARTIR DO PENSAMENTO DE CICLO DE VIDA

UMA REFLEXÃO A PARTIR DO PENSAMENTO DE CICLO DE VIDA I Congresso Baiano de Engenharia Sanitária e Ambiental - I COBESA UMA REFLEXÃO A PARTIR DO PENSAMENTO DE CICLO DE VIDA Doutoranda em Engenharia Industrial (PEI/UFBA) Pesquisadora do Teclim e do LabMad,

Leia mais

Proteção e recuperação de mananciais para abastecimento público de água

Proteção e recuperação de mananciais para abastecimento público de água Proteção e recuperação de mananciais para abastecimento público de água Proteção e recuperação de mananciais para abastecimento público de água Assegurar água bruta em quantidade e qualidade para o SAA

Leia mais

IV CONGRESSO MINEIRO DOS SERVIÇOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO

IV CONGRESSO MINEIRO DOS SERVIÇOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO IV CONGRESSO MINEIRO DOS SERVIÇOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO REGULAÇÃO NO SETOR DE SANEAMENTO: A BUSCA PELA EFICIÊNCIA E UNIVERSALIZAÇÃO Edilson Eduardo Werneck Machado Engenheiro Divisão de Engenharia

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DA CONTABILIDADE EM EMERGIA

CONTRIBUIÇÕES DA CONTABILIDADE EM EMERGIA Vendrametto, Lilian P. Agustini, Carlos A. Di Projeto de Lei 1.991/2007-5.564564 municípios - Milhões de empresas - Milhões de pessoas Gerador Projeto de Lei 1.991/2007 Das 27 cidades-capital no Brasil,

Leia mais

CONTROLE SUSTENTÁVEL DAS ENCHENTES. Prof. Dr. Adacto Ottoni

CONTROLE SUSTENTÁVEL DAS ENCHENTES. Prof. Dr. Adacto Ottoni CONTROLE SUSTENTÁVEL DAS ENCHENTES Prof. Dr. Adacto Ottoni Prof. Dr. Adacto Ottoni Prof. Dr. Adacto Ottoni Detalhe de um piscinão em São Paulo, totalmente assoreado com lixo, lodo de esgotos

Leia mais

Sustentabilidade econômica da gestão dos Resíduos Sólidos. Carlos Roberto de Oliveira ARES-PCJ

Sustentabilidade econômica da gestão dos Resíduos Sólidos. Carlos Roberto de Oliveira ARES-PCJ Sustentabilidade econômica da gestão dos Resíduos Sólidos Carlos Roberto de Oliveira ARES-PCJ Lei 11.445/2007 DIRETRIZES NACIONAIS PARA O SANEAMENTO BÁSICO ESGOTAMENTO SANITÁRIO LIMPEZA URBANA E MANEJO

Leia mais

Os desafios para a implantação do Plano Nacional de Saneamento.

Os desafios para a implantação do Plano Nacional de Saneamento. POLITICA FEDERAL DE SANEAMENTO Os desafios para a implantação do Plano Nacional de Saneamento. Engº civil Gilson Queiroz Maio de 2014 Desafios e Cenários adversos 2 PERFIL DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS www.funasa.gov.br

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPADINHA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPADINHA PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPADINHA Secretaria Municipal de Saúde - SEMUS PROGRAMAS, PROJETOS E AÇÕES NECESSÁRIAS PARA ATINGIR OS OBJETIVOS E AS METAS DO PMSB Chapadinha 2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPADINHA

Leia mais

A INTERFACE ENTRE OS PLANOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO E OS RECURSOS HÍDRICOS

A INTERFACE ENTRE OS PLANOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO E OS RECURSOS HÍDRICOS A INTERFACE ENTRE OS PLANOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO E OS RECURSOS HÍDRICOS Preparatório da Engenharia e da Agronomia para o 8º Fórum Mundial da Água Campinas/SP 22 de Março de 2017 Lei 11.445 de

Leia mais

SANEAMENTO BÁSICO - LEI /07 - ÁGUA

SANEAMENTO BÁSICO - LEI /07 - ÁGUA - LEI 11.445/07 - ÁGUA 1 ESGOTO LIXO 2 CHUVA Lei nº 11.445/07, de 5/1/07 Água potável Esgoto sanitário Tratamento do lixo Drenagem da chuva 3 Lei 8.080/90 (promoção, proteção e recuperação da saúde) Art.

Leia mais

não conforme aos padrões de potabilidade; e, ainda, persistiram carências profundas nos campos da drenagem de águas pluviais e da limpeza urbana.

não conforme aos padrões de potabilidade; e, ainda, persistiram carências profundas nos campos da drenagem de águas pluviais e da limpeza urbana. Parecer sobre o item 6.6.2 Saneamento Básico (p.458 495) do Relatório de Caracterização Atual do Plano Salvador 500 elaborado pela FIPE para a Prefeitura Municipal de Salvador/Secretaria Municipal de Urbanismo/SUCOM

Leia mais

Desenvolvimento Sustentável. Eco = Oikos = Casa

Desenvolvimento Sustentável. Eco = Oikos = Casa Desenvolvimento Sustentável Economia Ecologia Eco = Oikos = Casa Ambiente de Criação do Minas Sustentável Meio Meio Socioambiental Ambiente Negócio Programa Minas Sustentável A FIEMG apoiando as Indústrias

Leia mais

Qualidade e Conservação Ambiental TH041

Qualidade e Conservação Ambiental TH041 Universidade Federal do Paraná Engenharia Civil & Engenharia Ambiental Qualidade e Conservação Ambiental TH041 Parte II - Aula 11: Resíduos Sólidos Profª Heloise G. Knapik 1 Indicadores Melhorias Identificação

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS NA ENGENHARIA

POLÍTICAS PÚBLICAS NA ENGENHARIA POLÍTICAS PÚBLICAS NA ENGENHARIA POLÍTICAS PÚBLICAS SÃO AÇÕES INTEGRADAS DAS TRÊS ESFERAS DE PODER: GOVERNOS: FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL EM CONJUNTO COM A SOCIEDADE CIVIL GERANDO ESFORÇOS ESPECÍFICOS

Leia mais

PMSB PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO

PMSB PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO PMSB PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO Produto J.2 _ Relatório de Atividades 2 Divina Pastora - SE Agosto de 2014 FichaTécnica: EstePlanoMunicipaldeSaneamentoBásicoédesenvolvido comfinaciamentodoministériodassaúde/funasasuest/

Leia mais

TEMA 7. A Qualidade da Água e o Uso do Solo em Áreas Urbanas: problemas e soluções. Grupo: Dina, Jaqueline Raquel e Walter

TEMA 7. A Qualidade da Água e o Uso do Solo em Áreas Urbanas: problemas e soluções. Grupo: Dina, Jaqueline Raquel e Walter TEMA 7 A Qualidade da Água e o Uso do Solo em Áreas Urbanas: problemas e soluções Grupo: Dina, Jaqueline Raquel e Walter INTRODUÇÃO Processo rápido e desordenado de urbanização: Carência de infra-estrutura;

Leia mais

Municípios integrantes do Diagnóstico

Municípios integrantes do Diagnóstico HISTÓRICO O Diagnóstico de saneamento no entorno do Lago de Furnas é uma das ações resultantes do Diálogo de Concertação para o Desenvolvimento Sustentável do Lago de Furnas, iniciado em dezembro de 2003,

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saneamento Básico PNSB /09/2009

Pesquisa Nacional de Saneamento Básico PNSB /09/2009 Pesquisa Nacional de Saneamento Básico PNSB 2008 09/09/2009 HISTÓRICO 1974: o primeiro levantamento estatístico sobre saneamento básico foi realizado, num convênio firmado com o Ministério da Saúde, no

Leia mais

1 Qualificar os serviços de Abastecimento de água potável

1 Qualificar os serviços de Abastecimento de água potável Universalizar o suprimento de água potável nos núcleos rurais com mais de 10 economias nas áreas quilombolas nas áreas indígenas Percentual de economias abastecimento de água /Total de economias existentes

Leia mais

Relatório de Avaliação Anual Ano Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental

Relatório de Avaliação Anual Ano Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental Relatório de Avaliação Anual Ano 2016 Introdução Plano Nacional de Saneamento Básico Plansab Instituído Aprovado Lei nº 11.445/2007 Lei de Diretrizes Nacionais do Saneamento Básico Decreto nº 8.141/2013

Leia mais

Escola Politécnica da Universidade de São Paulo PHD 2537 ÁGUA EM AMBIENTES URBANOS POLÍTICA DE DRENAGEM URBANA NO BRASIL

Escola Politécnica da Universidade de São Paulo PHD 2537 ÁGUA EM AMBIENTES URBANOS POLÍTICA DE DRENAGEM URBANA NO BRASIL Escola Politécnica da Universidade de São Paulo PHD 2537 ÁGUA EM AMBIENTES URBANOS POLÍTICA DE DRENAGEM URBANA NO BRASIL 2005 Política de Drenagem Urbana no Brasil Alunos: COMPONENTES Fábio Luiz Pereira

Leia mais

PLANO ESTADUAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DO ESTADO DE SANTA CATARINA PERS-SC LEGISLAÇÃO RELATIVA A RESÍDUOS E SUAS IMPLICAÇÕES

PLANO ESTADUAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DO ESTADO DE SANTA CATARINA PERS-SC LEGISLAÇÃO RELATIVA A RESÍDUOS E SUAS IMPLICAÇÕES PLANO ESTADUAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DO ESTADO DE SANTA CATARINA PERS-SC LEGISLAÇÃO RELATIVA A RESÍDUOS E SUAS IMPLICAÇÕES PAUTA DA APRESENTAÇÃO INTRODUÇÃO AO TEMA PROBLEMÁTICA DA GESTÃO DOS RS LEGISLAÇÃO

Leia mais

DIREITO AMBIENTAL. Proteção do meio ambiente em normas infraconstitucionais. Diretrizes Nacionais de Saneamento Básico Lei n de 2007 Parte 2

DIREITO AMBIENTAL. Proteção do meio ambiente em normas infraconstitucionais. Diretrizes Nacionais de Saneamento Básico Lei n de 2007 Parte 2 DIREITO AMBIENTAL Proteção do meio ambiente em normas infraconstitucionais Diretrizes Nacionais de Saneamento Básico Lei n 11.445 de 2007 Parte 2 Prof. Rodrigo Mesquita II - gestão associada: associação

Leia mais

1 Qualificar os serviços de Abastecimento de água potável

1 Qualificar os serviços de Abastecimento de água potável Legenda da priorização das propostas: Ações que já foram iniciadas, devemos MONITORAR o andamento. Articular para 2013 o inicio da execução das Propostas. Sem prazo definido. Articular o inicio a medida

Leia mais

PLANO DE GERENCIAMENTO INTEGRADO DE PGIRSU

PLANO DE GERENCIAMENTO INTEGRADO DE PGIRSU Prefeitura Municipal Consórcio: de Uruguaiana PLANO DE GERENCIAMENTO INTEGRADO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS DE URUGUAIANA PGIRSU A POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS LEI Nº 12.305/2010 Marco histórico

Leia mais

Anexo As atas das reuniões comunitárias;

Anexo As atas das reuniões comunitárias; Anexo 7.02 - As atas das reuniões comunitárias; Ata da Reunião Comunitária n o 1 para a Coleta de Contribuições ao Plano Municipal de Saneamento Básico de Tijucas - 15/09/2015 Local: Salão Paroquial da

Leia mais

Pesquisa sobre serviços e Planos Municipais de Saneamento Básico

Pesquisa sobre serviços e Planos Municipais de Saneamento Básico 16 Pesquisa sobre serviços e Planos Municipais de Saneamento Básico No período de maio a agosto de 2010, a Confederação Nacional de Municípios (CNM), através de sua equipe especializada, realizou levantamento

Leia mais

Eco Universidade Plano Ambiental para uma Universidade Socioambientalmente correta

Eco Universidade Plano Ambiental para uma Universidade Socioambientalmente correta Eco Universidade Plano Ambiental para uma Universidade Socioambientalmente correta Profa. Zuy Maria Magriotis Laboratório de Gestão de Resíduos Químicos Nossa localização Lavras A que distância estamos?

Leia mais

Experiências da Unicamp no saneamento rural

Experiências da Unicamp no saneamento rural Experiências da Unicamp no saneamento rural Adriano Luiz Tonetti Departamento de Saneamento e Ambiente Isabel C. S. Figueiredo Departamento de Saneamento e Ambiente PROSAB PROSAB: Programa de Pesquisas

Leia mais

1ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE SANEAMENTO BÁSICO

1ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE SANEAMENTO BÁSICO 1ª CONFERÊNCIA REGIONAL DE SANEAMENTO BÁSICO DATAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS MUNICÍPIO DATA ÁGUAS DE LINDÓIA 08/06/2015 LINDÓIA 25/06/2015 PEDRA BELA 29/06/2015 PINHALZINHO 01/07/2015 SERRA NEGRA 07/07/2015

Leia mais

AGÊNCIA REGULADORA DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO DAS BACIAS DOS RIOS PIRACICABA, CAPIVARI E JUNDIAÍ (ARES-PCJ)

AGÊNCIA REGULADORA DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO DAS BACIAS DOS RIOS PIRACICABA, CAPIVARI E JUNDIAÍ (ARES-PCJ) AGÊNCIA REGULADORA DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO DAS BACIAS DOS RIOS PIRACICABA, CAPIVARI E JUNDIAÍ (ARES-PCJ) MARCOS LEGAIS CONSÓRCIO PÚBLICO - CONSTITUIÇÃO FEDERAL (Art. 241 - Emenda nº 19/1998) - LEI FEDERAL

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental

MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental 1o. SEMINÁRIO NACIONAL DE SANEAMENTO AMBIENTAL A Lei 11.445/07 e suas implicações na gestão do Saneamento Básico do Brasil. Alexandre

Leia mais

GESTÃO DE ÁGUA EM SERVIÇOS DE SAÚDE. Jonas Age Saide Schwartzman Engenheiro Ambiental Instituições Afiliadas SPDM (11)

GESTÃO DE ÁGUA EM SERVIÇOS DE SAÚDE. Jonas Age Saide Schwartzman Engenheiro Ambiental Instituições Afiliadas SPDM (11) GESTÃO DE ÁGUA EM SERVIÇOS DE SAÚDE Jonas Age Saide Schwartzman Engenheiro Ambiental Instituições Afiliadas SPDM (11)97556-1795 AGENDA GLOBAL HOSPITAIS VERDES E SAUDÁVEIS OS 10 Objetivos da Agenda Global

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 983

LEI MUNICIPAL Nº 983 LEI MUNICIPAL Nº 983 De 16 de Junho de 2017 INSTITUI O PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO - PMSB DO MUNICÍPIO DE NOSSA SENHORA DA GLÓRIA, DO ESTADO DE SERGIPE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. FRANCISCO CARLOS

Leia mais

Prefeitura Municipal de Laje publica:

Prefeitura Municipal de Laje publica: Prefeitura Municipal de Laje 1 Terça-feira Ano VI Nº 1450 Prefeitura Municipal de Laje publica: Lei Nº 458, de 26 de Junho de 2018 - Fica instituído o Programa Cidade Sustentável Lixo Zero e a coleta Seletiva

Leia mais

Proposta de Plano Nacional de Saneamento Básico PLANSAB

Proposta de Plano Nacional de Saneamento Básico PLANSAB 1º. Seminário Franco-Brasileiro Sobre Saúde Ambiental Água, Saúde e Desenvolvimento Proposta de Plano Nacional de Saneamento Básico PLANSAB Ernani Ciríaco de Miranda Gerente de Projetos Especialista em

Leia mais

Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais

Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais A Questão Hidrológica e as Soluções de Engenharia 2015 Caracterização e Desafios Regionais Vazão de retirada total: 2.373 m 3 /s - 54% Irrigação - 22 % Urbano - 17 % Industrias Área Irrigada: 6,05 milhões

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE BACABEIRA-MA - Plano de Trabalho - PLANO DE TRABALHO. Bacabeira-MA

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE BACABEIRA-MA - Plano de Trabalho - PLANO DE TRABALHO. Bacabeira-MA PLANO DE TRABALHO Bacabeira-MA 2015 1. INTRODUÇÃO O presente Plano de Trabalho refere-se ao contrato firmado entre a Prefeitura Municipal de Bacabeira e a empresa de consultoria especializada de razão

Leia mais

ABORDAGENS METODOLÓGICAS NA ELABORAÇÃO DE PLANOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO

ABORDAGENS METODOLÓGICAS NA ELABORAÇÃO DE PLANOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO ABORDAGENS METODOLÓGICAS NA ELABORAÇÃO DE PLANOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO Eng.ª Gabriela de Toledo, Msc Saneando Projetos de Engenharia e Consultoria Salvador/BA, 17 de Julho de 2015 METODOLOGIA:

Leia mais

O MODELO FPSEEA/OMS NA CONSTRUÇÃO DE INDICADORES DE SAÚDE AMBIENTAL

O MODELO FPSEEA/OMS NA CONSTRUÇÃO DE INDICADORES DE SAÚDE AMBIENTAL O MODELO FPSEEA/OMS NA CONSTRUÇÃO DE INDICADORES DE SAÚDE AMBIENTAL Modelo FPSEEA/OMS Forcas Motrizes Marco conceitual FPSEEA Efeito Pressão Situação Exposição Ambiente Saude Ações preventivas Ações curativas

Leia mais

O PROJETO CIDADE DO POVO. Rio Branco - AC, 26 de julho de 2012

O PROJETO CIDADE DO POVO. Rio Branco - AC, 26 de julho de 2012 O PROJETO CIDADE DO POVO Rio Branco - AC, 26 de julho de 2012 O PROBLEMA O PROBLEMA O PROBLEMA O PROBLEMA O PROBLEMA O PROBLEMA O PROBLEMA O CONTEXTO Sustentabilidade Econômica : ZPE Parque Industrial

Leia mais

32ª COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFESSOR OSMAR POPPE ENSINO MÉDIO POLITÉCNICO EIXO TEMÁTICO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL

32ª COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFESSOR OSMAR POPPE ENSINO MÉDIO POLITÉCNICO EIXO TEMÁTICO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL 32ª COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFESSOR OSMAR POPPE ENSINO MÉDIO POLITÉCNICO EIXO TEMÁTICO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL ECO CASA VIVENDO PRÁTICAS DE SUSTENTABILIDADE, SEMEANDO

Leia mais

ATA I AUDIÊNCIA PÚBLICA DIAGNÓSTICO PMSB DE PALMACIA

ATA I AUDIÊNCIA PÚBLICA DIAGNÓSTICO PMSB DE PALMACIA ATA I AUDIÊNCIA PÚBLICA DIAGNÓSTICO PMSB DE PALMACIA Aos 18 dias de Abril de 2013, às 14:20h, Nas instalações da Biblioteca Pública Municipal, foi realizada a Primeira Audiência Pública sobre Plano Municipal

Leia mais

Panorama Pós Plano Municipal de Saneamento: A Experiência de Alagoinhas BA

Panorama Pós Plano Municipal de Saneamento: A Experiência de Alagoinhas BA Panorama Pós Plano Municipal de Saneamento: A Experiência de Alagoinhas BA Miler Pereira Alves, Urbanista, Especializando em Gestão Ambiental. Nélia Lima Machado, Engenheira Sanitarista, Mestre em Engenharia

Leia mais

Workshop sobre Eleições Municipais: Propostas para o Saneamento. Aparecido Hojaij Presidente Nacional da Assemae

Workshop sobre Eleições Municipais: Propostas para o Saneamento. Aparecido Hojaij Presidente Nacional da Assemae Workshop sobre Eleições Municipais: Propostas para o Saneamento Aparecido Hojaij Presidente Nacional da Assemae Quem Somos A Assemae Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento - Assemae

Leia mais

DIAGNÓSTICO PARTICIPATIVO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CHAPÉU

DIAGNÓSTICO PARTICIPATIVO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CHAPÉU DIAGNÓSTICO PARTICIPATIVO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CHAPÉU CONHECENDO O MEIO AMBIENTE EM QUE VIVEMOS E OS SEUS PROBLEMAS Temos uma bela paisagem, arquitetura e patrimônio cultural (Rodolfo Gedeon, morador

Leia mais

Não rebole seu. eletrônico. Campanha. no mato

Não rebole seu. eletrônico. Campanha. no mato Não rebole seu Campanha lixo eletrônico no mato lixo eletrônico Um problema no mundo O lixo eletrônico vem se tornando foco de preocupação no mundo, os níveis atuais são alarmantes. Segundo a ONU o mundo

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL BANCO DE DADOS REGIONAL VALE DO RIO PARDO. Eixo temático: Infraestrutura

OBSERVATÓRIO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL BANCO DE DADOS REGIONAL VALE DO RIO PARDO. Eixo temático: Infraestrutura OBSERVATÓRIO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL BANCO DE DADOS REGIONAL VALE DO RIO PARDO Eixo temático: Infraestrutura O eixo temático Infraestrutura do Banco de Dados Regional reúne dados estatísticos secundários

Leia mais

ÍNDICE Erro! Indicador não definido.

ÍNDICE Erro! Indicador não definido. ÍNDICE 1. OBJETIVO... Erro! Indicador não definido. 2. POLÍTICA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO REGIONAL... 3 3. PRÉ-CONDIÇÕES DE ACESSO AO CRÉDITO... 3 4. PROGRAMA POE-PIMES-BADESUL... 3 4.1. Critérios de

Leia mais

Disciplina: Poluição do Solo Aterro Sanitário - Conceito e infraestrutura Métodos de disposição no solo

Disciplina: Poluição do Solo Aterro Sanitário - Conceito e infraestrutura Métodos de disposição no solo Disciplina: Poluição do Solo Aterro Sanitário - Conceito e infraestrutura Métodos de disposição no solo Prof. Dr. Ednilson Viana Aterro Sanitário Técnica de disposição de resíduos sólidos no solo visando

Leia mais

Dois temas, muitas pautas. Saneamento e meio ambiente

Dois temas, muitas pautas. Saneamento e meio ambiente Dois temas, muitas pautas Saneamento e meio ambiente Saneamento básico, os temas Lei 11.445/07 conceitos, princípios e diretrizes 4 serviços básicos: abastecimento de água, esgotamento sanitário, resíduos

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO - PMSB - INDAIAL

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO - PMSB - INDAIAL PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE INDAIAL SC - RELATÓRIO 4 - VERSÃO FINAL MAIO 2011 1 SUMÁRIO 2 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 7 2 ANÁLISE DO PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO... 9 2.1 Plano Diretor... 9 3 METAS

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE. Servidores municipais: Resp. SASB:

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE. Servidores municipais: Resp. SASB: PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE Servidores municipais: Resp. SASB: Tabela Erro! Nenhum texto com o estilo especificado foi encontrado no documento..1 - Checklist para levantamento de informações

Leia mais

1ª Conferência Pública

1ª Conferência Pública REVISÃO DO PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE JUQUIÁ / SP 1ª Conferência Pública 14/03/2016 15h00 Câmara Municipal de Vereadores Política Nacional de Saneamento Básico Lei nº 11.445 /2007 ÁGUA ESGOTO

Leia mais

Estado da Bahia Prefeitura Municipal de Porto Seguro Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Planejamento

Estado da Bahia Prefeitura Municipal de Porto Seguro Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Planejamento Estado da Bahia Prefeitura Municipal de Porto Seguro Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Planejamento Diagnóstico Sócioparticipativo/Mobilização Social/Plano de Saneamento Plano Municipal de Saneamento

Leia mais

REFERENCIA NACIONAL.

REFERENCIA NACIONAL. REFERENCIA NACIONAL. LOCALIZAÇÃO Município: Crateús CE. Semiárido Nordestino Bioma Caatinga. Localizado a 380 km de Fortaleza. Área: 2.985,41 km 2. IDH: 0,675 (IBEG 2000). População: 72 386 habitantes

Leia mais

Plano de Saneamento Básico

Plano de Saneamento Básico Plano de Saneamento Básico Marcelo de Paula Neves Lelis Novo Hamburgo (RS), 04/11/2011 Saneamento Básico A Lei 11.445/07, em seu Art. 3 º, define Saneamento Básico como sendo o conjunto de serviços, infra-estruturas

Leia mais

FOTO: BERNARDO VAZ. tecnologias sociais em saneamento rural

FOTO: BERNARDO VAZ. tecnologias sociais em saneamento rural FOTO: BERNARDO VAZ calendário 2019 tecnologias sociais em saneamento rural calendário 2019 Tecnologias Sociais em Saneamento Rural JANEIRO 2019 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO PREFEITURA MUNICIPAL DE IBIRAÇU Relatório Mensal Simplificado de Andamento das Atividades Desenvolvidas PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO Relatório V PREFEITURA MUNICIPAL DE IBIRAÇU Relatório Mensal

Leia mais

Cenário Atual do Saneamento

Cenário Atual do Saneamento Cenário Atual do Saneamento Conhecimento ainda é privilégio de poucos 31% da população desconhece o que é Saneamento, somente 3% o relacionam à Saúde e 41% não pagaria para ter seu domicílio ligado à rede

Leia mais

Análise situacional a partir da utilização de dados secundários. 12 de dezembro de 2016

Análise situacional a partir da utilização de dados secundários. 12 de dezembro de 2016 Análise situacional a partir da utilização de dados secundários 12 de dezembro de 2016 O saneamento rural em números De acordo com o IBGE o Brasil possui uma população de cerca de 29.800.000 habitantes,

Leia mais

PEGADA ECOLÓGICA A PEGADA DE ALGUNS PAISES. Estados Unidos: 9,7 hectares / pessoa. Brasil: 2,2 hectares / pessoa. Etiópia: 0,47 hectares / pessoa

PEGADA ECOLÓGICA A PEGADA DE ALGUNS PAISES. Estados Unidos: 9,7 hectares / pessoa. Brasil: 2,2 hectares / pessoa. Etiópia: 0,47 hectares / pessoa PEGADA ECOLÓGICA Pegada Ecológica (também denominada de pegada carbônica ) é definida, portanto, como área de território ecologicamente produtivo (cultivos, pastos, florestas ou ecossistemas aquáticos)

Leia mais

12 de dezembro de 2016

12 de dezembro de 2016 PNSR Programa Nacional de Saneamento Rural Panorama delimitado pela pesquisa qualitativa os trabalhos de campo 12 de dezembro de 2016 Política Federal de Saneamento Básico / PLANSAB / PNSR O CONCEITO DE

Leia mais