CENTRO ADMINISTRATIVO DO ESTADO DE MINAS GERAIS ESPECIFICAÇÃO TRATAMENTO ACÚSTICO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRO ADMINISTRATIVO DO ESTADO DE MINAS GERAIS ESPECIFICAÇÃO TRATAMENTO ACÚSTICO"

Transcrição

1 1 / 11 CENTRO ADMINISTRATIVO DO ESTADO DE MINAS GERAIS ESPECIFICAÇÃO

2 2 / 11 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO DESCRIÇÃO GERAL / ABSORÇÃO DOCUMENTOS...10

3 3 / INTRODUÇÃO: Trata-se do Projeto Tratamento Acústico para o Centro Administrativo de Minas Gerais, em Belo Horizonte - MG. As seguintes instalações merecem cuidado especial: condicionamento de ar e ventilação; iluminação e instalações elétricas; hidráulico-sanitárias; elevadores e escadas rolantes; máquinas, em geral e sonorização. 2 DESCRIÇÃO GERAL : Basicamente estão sendo enfocados dois problemas principais: Isolamento acústico : Especificação de materiais, de modo a minimizar a entrada do ruído externo, para dentro dos ambientes. Tratamento acústico : Tratamento das superfícies internas, de modo a melhorar a qualidade do som ISOLAMENTO ACÚSTICO: Com o objetivo de minimizar a entrada do ruído externo, para dentro dos ambientes deverão ser tomados cuidados especiais no que se refere ao isolamento dos mesmos. O projeto acústico de um prédio deve sempre obedecer a um roteiro, sendo que os detalhes mais importantes são aqueles relativos: ao piso

4 4 / 11 às paredes e repartições ; às portas; às janelas; shaft s 2.1 PISOS: Deverá ser adotada a solução do piso elevado tipo monolítico, com opção acústica, a saber, com a utilização de calços de borracha nos pontos de apoio. Com a utilização de carpete como revestimento de piso, a opção do piso acústico não seria imprescindível, entretanto, no caso da utilização de outro tipo de revestimento mais rígido, sua utilização seria fundamental, de forma a minimizar a transmissão do ruído, via estrutura ( vibração). 2.2 PAREDES: No caso da utilização de divisórias em dry-wall, as mesmas deverão possuir características acústicas, de modo a isolar a transmissão do ruído entre os ambientes. Deverão ser constituídas de estrutura metálica, onde se aparafusam uma ou mais chapas de gesso acartonado, que geralmente, são preenchidas com lã-de-vidro ( ou lã-de-rocha). O espaço ente as placas (chapas), alem de aumentar o isolamento acústico, servem como local para conter tubos e eletrodutos, eletro - hidráulicos. Suas juntas devem ser tratadas com massa especial. A parede normal consta de perfis ou montantes em U, com 48 mm (ou 70 e 90), suportando duas chapas de gesso, de 12,5 mm, de espessura, uma de cada lado. Alem dos montantes fixados de 60 em 60 cm, possuem guias apostas ao piso também com 48 mm (ou 70 e 90), para suportar as paredes. Outrossim, utilizam-se massas para juntas, para fixação e para acabamento superficial, conforme cada caso. Aplicam-se fitas para as juntas, para os cantos, para o isolamento e proteção. Entre os acessórios, utilizam-se os conectores de perfil, os multifunção, os suportes de conexão, os suportes niveladores, tirantes, parafusos com bucha e auto perfurantes. Obs.: As paredes das Casas de Máquinas deverão ser construídas em alvenaria.

5 5 / PORTAS ACÚSTICAS : As portas das casas de máquinas deverão ser do tipo corta-fogo e também funcionarão como portas acústicas. Deverão ser assentadas, em todos os lados, com gaxetas de borracha, de modo a permitir vedação total. 2.4 JANELAS ACÚSTICAS: As janelas / esquadrias deverão possuir características acústicas, sendo que o vidro a ser utilizado nas fachadas deverá ser duplo, com atenuação mínima de 34 dba. Obs.: As esquadrias detalhadas pela arquitetura serão avaliadas e aprovada, quanto aos aspectos acústicos. 2.5 SHAFT S: Tanto as tubulações horizontais quanto as verticais, deverão merecer atenção especial. As tubulações deverão fixadas de forma conveniente, colocando sempre calços amortecedores de neoprene, anti-vibratórios. Para evitar o cruzamento de ruído, de um andar para o outro, no nível da laje, deverá ser jateada uma camada de +/- 20 cm de espuma rígida de poliuretano, envolvendo a tubulação, fácil de ser removida e/ou reconstituída, nos casos de manutenção do sistema. NOTAS GERAIS : SONORIZAÇÃO: O projeto de sonorização, principalmente do AUDITÓRIO, deverá ser desenvolvido pela equipe responsável, levando-se em consideração os parâmetros acústicos definidos em projeto e o mesmo deverá ser encaminhado para aprovação pela equipe do Tratamento Acústico ; AMORTECEDORES DE VIBRAÇÃO: Os equipamentos mecânicos deverão ser assentados no piso sobre calços amortecedores de vibração, de modo a minimizar a transmissão da vibração para a estrutura, sendo seu dimensionamento de responsabilidade da empresa instaladora do Sistema de Condicionamento de Ar e Ventilação Mecânica ;

6 6 / 11 3 / ABSORÇÃO : 3.1 PALÁCIO E SECRETARIAS : Foi feita a avaliação do comportamento do som tendo como base os revestimentos previstos no projeto de arquitetura, bem como propostas de materiais, visando uma melhor qualidade interna do som, a saber : Sem tratamento Com tratamento Piso Carpete simples 6 mm Carpete simples 6 mm Teto Gesso Simples Gesso Simples ( 85 % ) + Paredes Alvenaria pintada / Divisórias / Vidro Forro acústico (15% ) Alvenaria pintada / Divisórias / Vidro com persiana interna Cadeiras Estofadas Estofadas RESUMO / RESULTADOS PALÁCIO Frequência (512 hz) LOCAL DESCRIÇÃO Absorção Sabine 512 Hz Tempo de Reverberação seg Sem tratamento 169,0 2,11 Tempo ótimo seg Salão / Escritório Com tratamento 366,5 0,98 0,90 SECRETARIA LOCAL DESCRIÇÃO Absorção Sabine 512 Hz Frequência (512 hz) Tempo de Reverberação seg Sem tratamento 380,4 2,81 Tempo ótimo seg Salão / Escritório Com tratamento 992,7 1,08 1,0

7 7 / 11 NOTAS : 1. Para a definição do Tempo Ótimo de Reverberação ( TO ) foi adotado o gráfico ABNT, para Palavra ; 2. Foram feitos cálculos do Tempo de Reberberação para os prédios do Palácio e das Secretarias, adotando-se o conceito da utilização do pavimento como vão corrido, sendo verificados que os valores de reverberação obtidos sem tratamento estão um pouco acima dos previstos pela norma ; 3. Conforme definido pela arquitetura está sendo prevista a utilização de persianas internas ao vidro duplo ; 4. Apesar dos resultados indicarem Tempos de Reverberação acima dos ideais, optou-se pela manutenção apenas do forro de gesso comum e pela especificação de divisórias acústicas, que possuam caracterísiticas que também atendam às necessidades de absorção dos ambientes ; 5. Além do Auditório será indispensável a utilizado de forro acústico absorvente ( forro de gesso acústico perfurado,com manta absorvente) nos seguintes locais: Palácio => Biblioteca, Salão Nobre e Restaurante ; Secretarias 1 e 2 => Salas de Reuniões 9 pavto GERADORES / CO-GERAÇÃO A sala de geradores ( Palácio / Co-geração) deverá ser acusticamente tratada com Isosound 25mm, Ref. ISOVER ou similar, em todas as paredes e teto, a fim de rebaixar o nível de ruído interno, e portanto minorar a transmissão sonora, para os demais ambientes. As máquinas deverão ser assentadas com amortecedores de ruído tipo mola. Para a Sala de Geradores do Palácio está sendo prevista a instalação de atenuadores de ruídos, na tomada de ar ( Ver Projeto de Condicionamento de Ar ). Para a tubulação de escapamento de gases deverá ser tomado o mesmo cuidado no que se refere aos atenuadores, sendo que neste caso o dimensionamento deverá ser feito pelo fabricante do equipamento.

8 8 / CASAS DE MÁQUINAS Para o Sistema de Condicionamento de Ar e Ventilação Mecânica, está sendo previsto o tratamento acústico, com o revestimento interno das paredes e do teto com material absorvente acústico absorvente Isosound ( espessura = 2 ), Ref. ISOVER ou similar. Deverão também ser observados os seguintes pontos: 1-) As passagens dos dutos em lajes, telhados e/ou paredes deverão possuir as juntas vedadas com silicone ; 2-) Todos os dutos de insuflamento, retorno e exaustão / sangria, onde não está prevista a instalação de atenuadores de ruídos, deverão ser revestidos internamente coma material acústico absorvente ( Manta de espuma elastomérica, ARMADUCT 5 mm, Ref. ARMACELL); 3-) As unidades condicionadoras ( evaporadoras, condensadoras e ventiladores) deverão ser instaladas sobre amortecedores de vibração, tipo mola ; 3.4-AUDITÓRIO: Para o prédio do Auditório está sendo desenvolvido um projeto específico de Tratamento Acústico onde foram estudados os materiais de acabamento/ revestimento e as formas, previstos inicialmente pela arquitetura. Foram propostas soluções e/ ou materiais alternativos, para a obtenção de uma melhor qualidade acústica interna, sendo previstos basicamente os seguintes tratamentos: Auditório / Platéia: Forro: Tratamento acústico em gesso perfurado com lã de vidro 75mm 20Kg/m³ Piso: Carpete 8mm alto trânsito. Paredes laterais: Painel em madeira com tecido (acabamento da madeira e cor do tecido conforme definição da arquitetura) Parede fundo (Hall entrada): Painel em MDF folheado 15mm com Lã de vidro 75mm 20Kg/m³, afastado da parede + acabamento em carpete. Parede de fundo (sobre cabines): Forro em gesso perfurado com lã de vidro 75mm 20Kg/ m³. Absorção de baixas freqüências. Paredes Hall escada/ elevador e antecâmara: Painel acústico em tecido com lã de vidro, tipo Lady Acoustics ou Isover Sonare. Ver maiores informações com fornecedor.

9 9 / 11 Auditório / Palco: Forro: Tratamento acústico em gesso perfurado com lã de vidro 75mm 20Kg/ m³ e Espuma acústica Sonex Roc preta 50mm fixada no teto sobre iluminação cênica. Piso: Madeira Paredes de fundo: Pintura texturizada com ranhuras verticais. Paredes laterais palco: Pintura texturizada com ranhuras verticais. Painel frontal palco - divisória acústica: Ambas as faces em tecido tipo Lady Acoustis (100% lã natural) + lã de vidro 75mm 30Kg/ m³. Paredes fundo Hall escada/ elevador: Painel acústico em tecido com lã de vidro, tipo Lady Acoustics ou Isover Sonare. Ver maiores informações com fornecedor. Painéis laterais inclinados: Face voltada para a platéia em pintura acrílica lisa. Face voltada para escada e elevador de deficiente em painel acústico com tecido e lã de vidro, tipo Lady Acoustics ou Isover Sonare. Cabines: Forro: Isolamento em 3 camadas de gesso 1.25cm cada, com lã de vidro 75mm 20Kg/m³ + forro interno Thermacoustic db Knauf AMF 24mm. Ver maiores informações com fornecedor. Piso: Carpete 8mm alto trânsito. Paredes laterais e de fundo : Tratamento em painel em tecido, tipo Lady Acoustics ou Isover Sonare. Ver maiores informações com fornecedor. Paredes laterais e de fundo: Isolamento com paredes duplas, com 3 camadas de gesso 1.25cm cada + lã de vidro 75mm 20Kg/m³. Parede frontal: Isolamento com parede simples, com 3 camadas de gesso 1.25cm cada + lã de vidro 75mm 20Kg/m³. Foyer e Estar / Governador: Forro: Gesso perfurado com lã de vidro 75mm 20Kg/m³. Parede fundo Foyer: Painel em réguas de MDF 15mm com e lã de vidro 75mm 20Kg/m³ + acabamento em carpete.

10 10 / 11 Parede antecâmara Foyer: Ambos os lados em pintura acrílica sobre argamassa, conforme projeto arquitetônico. Salas Ar Condicionado: Forro: Gesso perfurado com lã de vidro 75mm 20Kg/m³. Paredes: revestimento interno com espuma acústica Sonex Roc 50mm fixado na parede. Ver maiores informações com fornecedor. Portas acústicas / AUDITÓRIO : Todas as portas de acesso ao auditório deverão possuir alto índice de isolamento. Sendo que as portas laterais do auditório (onde não existem antecâmaras), terão STC > 50 (Classe de Transmissão Sonora). A porta principal de acesso ao auditório terá STC > 40. E as portas de acesso ao Foyer e Estar Governador terão STC > 35. Todas as portas citadas acima serão corta fogo e com barra antipânico. Ver maiores informações com fornecedor.

11 11 / DOCUMENTOS: O presente memorial é completado pelos seguintes documentos : 4.1- ESPECIFICAÇÕES : Nome do Documento/Arquivo Conteúdo Básico do Documento/Arquivo BHCAMG-EXE-GAS-001-R2- ESPECIFICAÇÃO_TRATAMENTO_ ACUSTICO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA GERAL TRATAMENTO ACÚSTICO DESENHOS O presente memorial é completado pelos seguintes desenhos: Nome do Documento/Arquivo Conteúdo Básico do Documento/Arquivo BHACMG-EXE-ANC-2000_2004-R1 BHACMG-EXE-ANC-2001_2004-R1 BHACMG-EXE-ANC-2002_2004-R1 BHACMG-EXE-ANC-2003_2004-R1 BHACMG-EXE-ANC-2004_2004-R1 AUDITÓRIO PLANTA PLATEIA E CABINE AUDITÓRIO PLANTA TETO PLATEIA CORTES DETALHES DETALHES Belo Horizonte, Julho de Eng o Sandra Ricardo Botrel e Silva Cart D CREA 4a. Região INDICADA-BHCAMG-EXE-GAS-001-R4_ESPECIFICAÇÃO_TRATAMENTO_ACUSTICO SRBS

RELATÓRIO TÉCNICO DE ACÚSTICA revisão 6 nível executivo - PARA O PROJETO DE REFORMA DA SEDE DO BNDES EM SÃO PAULO - SP. 29/06/2012

RELATÓRIO TÉCNICO DE ACÚSTICA revisão 6 nível executivo - PARA O PROJETO DE REFORMA DA SEDE DO BNDES EM SÃO PAULO - SP. 29/06/2012 AMBIENTAL CONSULTORIA LTDA. SP 21 06 12 1131 R1 R06 F.1 RELATÓRIO TÉCNICO DE ACÚSTICA revisão 6 nível executivo - PARA O PROJETO DE REFORMA DA SEDE DO BNDES EM SÃO PAULO - SP. 29/06/2012 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

REF.: RTM 145/13 - RELATÓRIO DA CONSULTORIA ACÚSTICA PARA A RESIDÊNCIA JOÃO BASILIO - JARDIM PERNAMBUCO RIO DE JANEIRO

REF.: RTM 145/13 - RELATÓRIO DA CONSULTORIA ACÚSTICA PARA A RESIDÊNCIA JOÃO BASILIO - JARDIM PERNAMBUCO RIO DE JANEIRO 1 À LAER ENGENHARIA ATENÇÃO : DRA. LAILA CANEDO e-mail : laila@laer.com.br fabio@laer.com.br Rio de Janeiro, 24 de abril de 2013. REF.: RTM 145/13 - RELATÓRIO DA CONSULTORIA ACÚSTICA PARA A RESIDÊNCIA

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL. Miriã Aquino

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL. Miriã Aquino CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL Miriã Aquino Belo Horizonte 2014 1 SUMÁRIO: APLICAÇÕES... 3 Paredes:... 3 Separação de Ambientes internos... 4 Isolamento Acústico Superior... 8 Isolamento

Leia mais

ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO CONCORRENCIA 06/2012 CADERNO 3 - ACÚSTICA

ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO CONCORRENCIA 06/2012 CADERNO 3 - ACÚSTICA 1 DE 5 ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO CONCORRENCIA 06/2012 CADERNO 3 - ACÚSTICA 2 DE 5 CLIENTE CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO OBRA PROJETOS EXECUTIVOS PARA REALOCAÇÃO DE GRUPOS

Leia mais

TRANSMISSÃO. Ao ser atingido por uma onda sonora, o obstáculo vibra, funcionando como uma nova fonte sonora.

TRANSMISSÃO. Ao ser atingido por uma onda sonora, o obstáculo vibra, funcionando como uma nova fonte sonora. TRANSMISSÃO Ao ser atingido por uma onda sonora, o obstáculo vibra, funcionando como uma nova fonte sonora. PAREDES HOMOGÊNEAS obedecem à LEI DA MASSA : o isolamento sonoro aumenta de db a cada vez que

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO PROPRIETÁRIO: Prefeitura Municipal de Carmo de Minas. ENDEREÇO: Rua Luiz Gomes, nº. 150, Bairro: Centro, CEP: 37472-000. CNPJ: 18.188.243/0001-60. ENDEREÇO DA OBRA: Rua Euclides

Leia mais

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil AULA 4 Gesso Acartonado Prof. Dr. Luiz Sergio Franco Escola Politécnica da USP Dep. de Engenharia de Construção Civil Construção

Leia mais

! ESTÚDIO!DE!ARQUITETURA:!SUSTENTABILIDADE!AMBIENTAL!! FERNANDA MOURA !!!!!!!!!!!!!!! PESQUISA' DRYWALL' PORTAS' !!!!!!!!!!!! !!! ! 1!

! ESTÚDIO!DE!ARQUITETURA:!SUSTENTABILIDADE!AMBIENTAL!! FERNANDA MOURA !!!!!!!!!!!!!!! PESQUISA' DRYWALL' PORTAS' !!!!!!!!!!!! !!! ! 1! ! ESTÚDIO!DE!ARQUITETURA:!SUSTENTABILIDADE!AMBIENTAL!! FERNANDA MOURA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! PESQUISA'!!! DRYWALL' E'' PORTAS'! 1! !!! SUMÁRIO!!! PAREDES!DRYWALL! 1. 'FABRICANTE:'KNAUF 1. 1 PAREDE

Leia mais

Gesso Acartonado CONCEITO

Gesso Acartonado CONCEITO CONCEITO As paredes de gesso acartonado ou Drywall, são destinados a dividir espaços internos de uma mesma unidade. O painel é composto por um miolo de gesso revestido por um cartão especial, usado na

Leia mais

Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto

Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Knauf Folheto Técnico 2008 Paredes Knauf Soluções que sustentam a qualidade do seu projeto Estabilidade, resistência a impactos, proteção termoacústica e outras características inovadoras que não dividem

Leia mais

INSTITUTO ALGE DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JANILSON CASSIANO

INSTITUTO ALGE DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JANILSON CASSIANO CONSTRUINDO NO SISTEMA (CES) LIGHT STEEL FRAMING O sistema Light Steel Frame é caracterizado por um esqueleto estrutural leve composto por perfis de aço galvanizado que trabalham em conjunto para sustentação

Leia mais

ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO

ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO Profa. Dr.-Ing. Erika Borges Leão Disciplina ministrada ao IV semestre do curso de Engenharia Civil Universidade do Estado de Mato Grosso Campus Sinop/MT OBJETIVOS DA DISCIPLINA

Leia mais

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos Paredes internas Estrutura leve GESSO ACARTONADO Fixado em perfis de chapa de aço galvanizado (esqueleto de guias e montantes) Parede: chapas de gesso em uma ou mais camadas Superfície pronta para o acabamento

Leia mais

Divisão Construção Civil PUR/PIR Av. Nações Unidas, 12551 conj. 2404 - WTC 04578-903 São Paulo - SP - Brasil Fone: +55 11 3043-7883 Fax: +55 11

Divisão Construção Civil PUR/PIR Av. Nações Unidas, 12551 conj. 2404 - WTC 04578-903 São Paulo - SP - Brasil Fone: +55 11 3043-7883 Fax: +55 11 1 Por que usar termoisolamento em PUR/PIR? 2 Soluções para canteiro de obra Danica. 3 Premissas construtivas 2.2.2 - COBERTURAS: A cobertura terá telhas termoisolantes com espessura de 30 mm com isolamento

Leia mais

Sistema de Paredes Trevo Drywall

Sistema de Paredes Trevo Drywall Nome da Empresa DADOS DO FABRICANTE Trevo Industrial de Acartonados S/A. Endereço Av.Josias Inojosa de Oliveira 5000 - Distrito Industrial do Cariri Juazeiro do Norte - CE - CEP 63045-010 Tel/Fax (88)

Leia mais

Construção de Edícula

Construção de Edícula Guia para Construção de Edícula Guia do montador Mais resistência e conforto para sua vida. As paredes com Placas Cimentícias Impermeabilizadas e Perfis Estruturais de Aço Galvanizado para steel framing

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Getúlio Vargas RS. telhado do prédio da câmara

MEMORIAL DESCRITIVO. Getúlio Vargas RS. telhado do prédio da câmara MEMORIAL DESCRITIVO 1. DADOS GERAIS 1.1 - Proprietário: Município de Getúlio Vargas - Câmara Municipal de Vereadores Getúlio Vargas RS. 1.2 - Obra: Reforma da Sala das Sessões Eng. Firmino Girardello e

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO Item Código comprasnet Qtde Mínima Qtde Máxima Unidade Descrição do Item Valor Unitário Valor mínimo Valor Máximo 01 295318 450,00 860,00 m² Paredes em gesso acartonado

Leia mais

Imprensa Oficial da Estância de Atibaia Sábado, 7 de setembro de 2013 - nº 1524 - Ano XVII - Caderno C - Volume V de V

Imprensa Oficial da Estância de Atibaia Sábado, 7 de setembro de 2013 - nº 1524 - Ano XVII - Caderno C - Volume V de V Prefeitura da Estância de Atibaia 201 Comércio - Precário Definição: Edificações inacabadas, deficiências aparentes, construídas com tijolos ou blocos. Coberta de telha ou laje pré moldada sem acabamento,

Leia mais

Construção e montagem

Construção e montagem Construção e montagem Paredes com estrutura metálica W11 Construção A paredes consistem de uma estrutura metálica revestida com uma mais s de gesso, aparafusadas de ambos os lados. A estrutura metálica

Leia mais

ANEXO I - Empresarial Italo Renda

ANEXO I - Empresarial Italo Renda ESPECIFÇÃO TÉCICA DATA: 09/11/2006 1) PAVTO. TÉRREO 1º E 2º NÍVEL: 6) Portões: Em alumínio ou gradinese automatizados. Recepção / Hall Social 4) Balcão do atendimento: em madeira, vidro ou granito, com

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires MEMORIAL DESCRITIVO Obra: OBRAS CIVIS, REFORMA E INSTALAÇÕES - PMAT PAVIMENTO TÉRREO E SUPERIOR DA PREFEITURA MUNICIPAL Local: Rua Osvaldo Aranha-nº 634 Venâncio Aires EXECUÇÃO E SERVIÇOS A execução dos

Leia mais

MEMORIAL DE CÁLCULO E MATERIAIS PROJETO DE ACÚSTICA ARQUITETÔNICA TCE/AC ARQ. DAVID QUEIROZ DE SANT ANA CREA PR-82206/D

MEMORIAL DE CÁLCULO E MATERIAIS PROJETO DE ACÚSTICA ARQUITETÔNICA TCE/AC ARQ. DAVID QUEIROZ DE SANT ANA CREA PR-82206/D MEMORIAL DE CÁLCULO E MATERIAIS PROJETO DE ACÚSTICA ARQUITETÔNICA TCE/AC ARQ. DAVID QUEIROZ DE SANT ANA CREA PR-82206/D CURITIBA 2012 1. INTRODUÇÃO Este memorial de cálculo e materiais foi elaborado para

Leia mais

Knauf Folheto Técnico. Knauf Flexboard Porque a mente criativa gera mais que linhas retas.

Knauf Folheto Técnico. Knauf Flexboard Porque a mente criativa gera mais que linhas retas. Knauf Folheto Técnico 01 / 2015 Knauf Flexboard Porque a mente criativa gera mais que linhas retas. Knauf Flexboard Flexboard é a mais delgada chapa Knauf Drywall, desenvolvida especialmente para permitir

Leia mais

Empresa. R. Estado do Amazonas, 609 Jd. Imperador São Paulo SP CEP 03935-000 PABX: (11) 2107-0499 www.isar.com.br

Empresa. R. Estado do Amazonas, 609 Jd. Imperador São Paulo SP CEP 03935-000 PABX: (11) 2107-0499 www.isar.com.br Empresa Com sede própria, construída em uma área de 6.000 m² e localizada estrategicamente próxima ao Pólo Petroquímico da região leste de São Paulo, a Isar é uma das maiores e mais competentes empresas

Leia mais

Acústica em Reabilitação de Edifícios

Acústica em Reabilitação de Edifícios Reabilitação 09- Parte 8 - Desempenho Acústico de - Soluções Construtivas e Problemas típicos na Execução Reabilitação 09- Conteúdo da apresentação: Problemas típicos de soluções construtivas correntes

Leia mais

SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME

SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME GESSO SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME Gesso O gesso é uma substância, normalmente vendida na forma de um pó branco, produzida a partir do mineral gipsita, composto basicamente de sulfato de cálcio hidratado.

Leia mais

Wood Frame CONCEITO. O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis

Wood Frame CONCEITO. O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis CONCEITO O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis estruturais capazes de resistir às cargas verticais (telhados e pavimentos), perpendiculares

Leia mais

Knauf Folheto Técnico 06/2011

Knauf Folheto Técnico 06/2011 Knauf Folheto Técnico 06/2011 Tetos e Forros Removíveis Knauf Soluções à altura de sua criatividade Acabamento impecável, facilidade de uso e rapidez de instalação que elevam a qualidade e o conforto dos

Leia mais

EDIFÍCIO AFONSO PENA 2300

EDIFÍCIO AFONSO PENA 2300 EDIFÍCIO AFONSO PENA 2300 BELO HORIZONTE MG Apresentação: Condomínio Edifício Afonso Pena, 2.300 Endereço: Afonso Pena, 2.300 Bairro: Centro Esquina com Rio Grande do Norte Belo Horizonte BH Localização:

Leia mais

A cobertura pode ser feita com telhas que podem ser metálicas, de barro ou ainda telhas asfálticas tipo shingle.

A cobertura pode ser feita com telhas que podem ser metálicas, de barro ou ainda telhas asfálticas tipo shingle. CONCEITO Light (LSF estrutura em aço leve) é um sistema construtivo racional e industrial. Seus principais componentes são perfis de aço galvanizado dobrados a frio, utilizados para formar painéis estruturais

Leia mais

ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA E OUTROS SISTEMAS DE VEDAÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I SISTEMAS DE VEDAÇÃO VERTICAL SISTEMA DE VEDAÇÃO Um subsistema

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA Reforma da Câmara dos Vereadores de Jataí GO DADOS DA OBRA OBRA: Câmara Municipal de Jataí LOCAL: Praça da Bandeira S/N SERVIÇOS: Projeto de reforma NÚMERO DE PAVIMENTOS:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre INDICE 1. GENERALIDADES 1.1. OBJETOS E DADOS 1.2. NORMAS 1.3. PLANTAS 2. INTERPRETAÇÃO 3. PRÉDIO 3.1.

Leia mais

Nº 170768. www.ipt.br

Nº 170768. www.ipt.br COMUNICAÇÃO TÉCNICA Nº 170768 Patologia de paredes dry-wall: formas de prevenção Claudio Vicente Mitidiéri Filho Trabalho apresentado no Seminário Patologias Precoces de Obras: o Risco do Passivo Técnico

Leia mais

Artigo. Desempenho acústico de divisórias para escritórios

Artigo. Desempenho acústico de divisórias para escritórios Artigo Desempenho acústico de divisórias para escritórios Raros escritórios comerciais não possuem divisórias para definir ambientes. Trata-se de um elemento arquitetônico versátil, com boas opções de

Leia mais

&216758d 2&,9,/ 3URID7HUH]D'HQ\VH3GH$UD~MR -XOKR

&216758d 2&,9,/ 3URID7HUH]D'HQ\VH3GH$UD~MR -XOKR 81,9(56,'$'()('(5$/'2&($5È '(3$57$0(172'((1*(1+$5,$(6758785$/( &216758d 2&,9,/ 127$6'($8/$6 &216758d 2'((',)Ë&,26, 5(9(67,0(1726'(7(726 3URID7HUH]D'HQ\VH3GH$UD~MR -XOKR &RQVWUXomRGH(GLItFLRV, 5HYHVWLPHQWRVGH7HWRV

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE ECONOMIA E PLANEJAMENTO

SECRETARIA DE ESTADO DE ECONOMIA E PLANEJAMENTO Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano S.A. EMPLASA EMPREENDIMENTO/CLIENTE SECRETARIA DE ESTADO DE ECONOMIA E PLANEJAMENTO LOCAL/MUNICÍPIO BAIRRO CAMPOS ELÍSEOS SÃO PAULO OBJETO CAMPOS ELÍSEOS_1ª

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS PROPRIETÁRIO DATA: 03/08/2012 VERSÃO: 03 ÍNDICE 1- DESCRIÇÃO DOS ACABAMENTOS DAS UNIDADES... 3 1.1. CONJUNTOS DO PAVIMENTO TIPO (5 AO 13 )...

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase Este Memorial Descritivo tem por finalidade especificar os materiais e serviços a serem executados na REFORMA DA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

Introdução...Pg.3. Conceitos...Pg.5 A acústica dentro dos escritórios... Pg.8

Introdução...Pg.3. Conceitos...Pg.5 A acústica dentro dos escritórios... Pg.8 ACÚSTICA ÍNDICE Introdução...Pg.3 Elementos de acústica...pg.4 Conceitos...Pg.5 A acústica dentro dos escritórios... Pg.8 Elementos de acústica aplicados no produto divisória i i piso-teto... t Pg.10 Soluções

Leia mais

ANEXO 01. Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall.

ANEXO 01. Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall. ANEXO 01 Sala MEV DW DW B B Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall. 1 Figura 2 Detalhes das portas em drywall. A porta P11, destinada a acesso à

Leia mais

BASE ZW INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA. MEMORIAL DESCRITIVO

BASE ZW INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA. MEMORIAL DESCRITIVO BASE ZW INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA. MEMORIAL DESCRITIVO SALAS COMERCIAIS E ESTACIONAMENTOS 1 ÍNDICE 1. OBJETIVO...03 1.1. O EMPREENDIMENTO...03 1.2. PROJETOS E ÁREAS...03 1.3. - LOCAÇÃO DA OBRA...04

Leia mais

Paulista Corporate Avenida Paulista, nº 1.636 São Paulo - SP

Paulista Corporate Avenida Paulista, nº 1.636 São Paulo - SP Paulista Corporate Avenida Paulista, nº 1.636 São Paulo - SP Outubro, 2009 Versão Final A. DESCRIÇÃO DO PROJETO Este memorial trata da descrição e especificação básica dos elementos que deverão compor

Leia mais

Para melhorar o conforto acústico das edificações é essencial realizar estudos de avaliação prévia e utilizar produtos submetidos a ensaios

Para melhorar o conforto acústico das edificações é essencial realizar estudos de avaliação prévia e utilizar produtos submetidos a ensaios Esquadrias anti-ruídos Para melhorar o conforto acústico das edificações é essencial realizar estudos de avaliação prévia e utilizar produtos submetidos a ensaios Laboratório de acústica da Divisão de

Leia mais

Memorial Descritivo. Montreal Plaza

Memorial Descritivo. Montreal Plaza Memorial Descritivo Montreal Plaza MEMORIAL DESCRITIVO MONTREAL PLAZA A - INSTALAÇÕES PREDIAIS 1. SISTEMA AUXILIAR DE ENERGIA (GERADOR) Instalação de um grupo de geradores para atender: Área comum: Recepção,

Leia mais

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 MATERIAL CÓDIGO CONTAINER MÓDULO ESCRITÓRIO CONT 05 A 08_10_11_14 A 19 e CT 10 CONTAINER MÓDULO ESCRITÓRIO/MÓDULO HABITACIONAL

Leia mais

Memoria descritivo do Residencial Liguria

Memoria descritivo do Residencial Liguria ESPECIFICAÇÕES BÁSICAS MEMORIAL DESCRITIVO DA CONSTRUÇÃO FUNDAÇÕES As fundações serão do tipo diretas, com utilização de sapatas, calculadas conforme solicitações de carga. ESTRUTURA O prédio terá estrutura

Leia mais

ANEXO I-B. Descrição dos Serviços Material Mão de Obra Quant. Unid. Unitário Total Unitário Total PAVIMENTO TÉRREO. Item. Total

ANEXO I-B. Descrição dos Serviços Material Mão de Obra Quant. Unid. Unitário Total Unitário Total PAVIMENTO TÉRREO. Item. Total ANEXO I-B PLANILHA DE PREÇOS, COM OS SERVIÇOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A COMPLETA EXECUÇÃO DO OBJETO, DE ACORDO COM AS ESPECIFICAÇÕES DO MEMORIAL DESCRITIVO Item 1 Descrição dos Serviços Material Mão

Leia mais

REF: Layout Elevadores e Torre Metálica Elaboração de Anteprojeto de torre metálica para instalação de 02(dois) elevadores panorâmicos

REF: Layout Elevadores e Torre Metálica Elaboração de Anteprojeto de torre metálica para instalação de 02(dois) elevadores panorâmicos Porto Alegre, 18 de junho de 2012. A Assembleia Legislativa do RS Porto Alegre, RS REF: Layout Elevadores e Torre Metálica Elaboração de Anteprojeto de torre metálica para instalação de 02(dois) elevadores

Leia mais

ANEXO I REFORMA DO CPD DA SALA 128 DA SEDE DO IMPA MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO I REFORMA DO CPD DA SALA 128 DA SEDE DO IMPA MEMORIAL DESCRITIVO CONVITE Nº 07/2010 PROCESSO Nº 006/2010 ANEXO I REFORMA DO CPD DA SALA 128 DA SEDE DO IMPA MEMORIAL DESCRITIVO OBJETO: REFORMA DO CPD Serão executados os seguintes serviços: Remoção de equipamentos de

Leia mais

Placostil - Ceiling Forros

Placostil - Ceiling Forros 00 ÍNDICE Placostil - Ceiling Forros Especificação Etapas do Sistema de Forro. Especificação Critérios de escolha do sistema Conheça o uso do ambiente projetado Ambiente que necessita de tratamento acústico

Leia mais

Divisórias APRESENTAÇÃO

Divisórias APRESENTAÇÃO DIVDESIGN As divisórias Div Design oferecem classe e beleza preservando o bem estar e o conforto térmico e acústico. Especialista em soluções inteligentes para divisão de espaços corporativos. APRESENTAÇÃO

Leia mais

ESTUDO E ESPECIFICAÇÕES PARA REVESTIMENTO E ISOLAMENTO ACÚSTICO DA SALA DE PENEIRAS DO LABORATÓRIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO DO CTU

ESTUDO E ESPECIFICAÇÕES PARA REVESTIMENTO E ISOLAMENTO ACÚSTICO DA SALA DE PENEIRAS DO LABORATÓRIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO DO CTU ESTUDO E ESPECIFICAÇÕES PARA REVESTIMENTO E ISOLAMENTO ACÚSTICO DA SALA DE PENEIRAS DO LABORATÓRIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO DO CTU Referência PACS: 43.50.Gf Barbosa Miriam Jerônimo; Zeballos Adachi Andrea

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 1.1 - ENDEREÇO: Rua Aurélio Francisco Gomes, nºs. 96/102 - Bairro Flamboyant - Campos dos Goytacazes- RJ.

MEMORIAL DESCRITIVO. 1.1 - ENDEREÇO: Rua Aurélio Francisco Gomes, nºs. 96/102 - Bairro Flamboyant - Campos dos Goytacazes- RJ. MEMORIAL DESCRITIVO CONDIÇÕES GERAIS: Estas especificações fazem parte integrante dos Contratos de Compra e Venda das unidades do Prédio Residencial denominado ARBORETTO. 1- DADOS INICIAIS: 1.1 - ENDEREÇO:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Hall de Acesso: Piso: pedra natural do tipo granito, mármore ou similar; Rodapé: cerâmico e/ou pedra natural;

MEMORIAL DESCRITIVO. Hall de Acesso: Piso: pedra natural do tipo granito, mármore ou similar; Rodapé: cerâmico e/ou pedra natural; MEMORIAL DESCRITIVO A seguir sucintamente descreveremos os materiais de acabamento de cada dependência de uso privativo e de uso comum do Edifício Comercial a ser construído na Rua Dr. Valle, 553, bairro

Leia mais

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS MEMORIAL DESCRITIVO: APRESENTAÇÃO DO EMPREENDIMENTO: LOCALIZAÇÃO: Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS DESCRIÇÃO: Edifício

Leia mais

Conforto Acústico em Escritórios Corporativos

Conforto Acústico em Escritórios Corporativos Primeiro Slide deverá: - Alinhar todo a direita - Se houver Logotipo alinhado a esquerda Conforto Acústico em Escritórios Corporativos Eng. Davi Akkerman Qualidade acústica = produzir mais e melhor Motivação

Leia mais

APÊNDICE "D" Descrição Técnica dos Pequenos Serviços de

APÊNDICE D Descrição Técnica dos Pequenos Serviços de APÊNDICE "D" Descrição Técnica dos Pequenos Serviços de A INTRODUÇÃO Neste apêndice estão discriminados os Serviços de Adequação (PSA) de menor complexidade para atendimento da dinâmica funcional da ECT,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional da 23 ª Região Anteprojeto do novo Edifício-Sede Cuiabá MT Memorial Descritivo Terreno localizado no CPA (Centro Político-Administrativo) da cidade

Leia mais

Soluções Recomendadas

Soluções Recomendadas Cement Wood Board Soluções Recomendadas Fachadas Fichas de Aplicação Fachadas Ventiladas Sistema de s Fachadas Aplicação: Exterior Estrutura de suporte: Madeira ou metal Fixação: s de cabeça externa Espessura:

Leia mais

DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre a atualização do artigo 1º, da Lei da Lei Complementar nº 241 de 24 de Fevereiro de 2015, onde trata da Tabela nº 05, Anexo II - Planta Genérica

Leia mais

Aula 7 : Desenho de Ventilação

Aula 7 : Desenho de Ventilação Aula 7 : Desenho de Ventilação Definições: NBR 10821:2001, Caixilho para edificação: Janela Caixilho, geralmente envidraçado, destinado a preencher um vão, em fachadas ou não. Entre outras, sua finalidade

Leia mais

Acabamentos da SESPORTE DISCIPLINA: ARQUITETURA DOCUMENTO: MEMORIAL DE ACABAMENTO RESPONSÁVEL: SETOR: REVISÃO: DATA:

Acabamentos da SESPORTE DISCIPLINA: ARQUITETURA DOCUMENTO: MEMORIAL DE ACABAMENTO RESPONSÁVEL: SETOR: REVISÃO: DATA: .... Acabamentos da SESPORTE DISCIPLINA: ARQUITETURA DOCUMENTO: MEMORIAL DE ACABAMENTO RESPONSÁVEL: SETOR: REVISÃO: DATA: Cod. Ambiente Cod. Ambiente 0.00 Praça - Setor 1 0.27 Escada 1 0.01 Rampa 0.28

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO JUDIT DOS MARES GUIA DO APARTAMENTO TIPO: Porcelanato 60 cm x 60 cm. Gesso corrido com pintura látex.

MEMORIAL DESCRITIVO JUDIT DOS MARES GUIA DO APARTAMENTO TIPO: Porcelanato 60 cm x 60 cm. Gesso corrido com pintura látex. MEMORIAL DESCRITIVO JUDIT DOS MARES GUIA 1 - DAS UNIDADES AUTÔNOMAS : 1.1 - DO APARTAMENTO TIPO: 1.1.1. SALAS DE ESTAR/JANTAR 60 cm x 60 cm. Gesso corrido com pintura látex 1.1.2. QUARTOS/CLOSET Laminado

Leia mais

Bucha BNK. Bucha Universal. Código da Linha - 740. Código da Linha - 739 TABELA DE PREÇOS. Dimensões (mm) Preço bruto por cento em Real

Bucha BNK. Bucha Universal. Código da Linha - 740. Código da Linha - 739 TABELA DE PREÇOS. Dimensões (mm) Preço bruto por cento em Real Bucha BNK da Linha - 7 TABELA DE PREÇOS (d nom ) (h ) ø 70-3 29,97 730-7 55 3,7 7-5 0 5 0 77,2 Aplicação: Instalacões gerais em concreto, concreto celular, gesso, pedras calcárias, todos os materiais de

Leia mais

ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO

ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO Profa. Dr.-Ing. Erika Borges Leão Disciplina ministrada ao IX semestre do curso de Engenharia Civil Universidade do Estado de Mato Grosso Campus Sinop/MT OBJETIVOS DA DISCIPLINA

Leia mais

Catálogo Geral de Produtos 2012 2013

Catálogo Geral de Produtos 2012 2013 Catálogo Geral de Produtos 2012 2013 01 C 100 M 00 Y 100 K 00 C 100 M 60 Y 00 K 00 Em atividade desde 2004, a Prima Ferragens, empresa especializada na fabricação de peças especiais e vedações acústicas

Leia mais

1 ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

1 ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 1 ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 4.1 APRESENTAÇÃO O presente MEMORIAL DESCRITIVO tem por finalidade determinar os detalhes de acabamento, tipo e a qualidade dos materiais a serem utilizados

Leia mais

Mantas de Isolamento termoacústico

Mantas de Isolamento termoacústico Espessura Manta 5 mm (400gr/m²) Manta 10 mm (500gr/m²) Manta Duto Manta 20 mm (700gr/m²) Capacidade de isolamento térmica elevada. Maior rendimento do ar condicionado. Cinta Duto metálico MANTA DUTO 03

Leia mais

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas 10/11/2009 Carlos Chaves LOG Gestão de Obras Subsistemas Deus está nos detalhes Mies van der Rohe (1886-1969) Pavilhão alemão na Feira Mundial de Barcelona

Leia mais

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE Estúdio de Arquitetura: Sustentabilidade Steel Framing Aluna: Gabriela Carvalho Ávila Maio de 2014 ÍNDICE 1 Introdução... 4 2 Sistema Ligth Steel Framing... 5 2.1

Leia mais

ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS

ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 CANTEIRO DE OBRAS 1.1.1 Construção provisória em madeira -

Leia mais

Placostil - Wall Paredes

Placostil - Wall Paredes 0 0 Placostil - Wall Paredes Conceitos Sistema Placostil Wall Paredes É um sistema de paredes de vedações internas constituídas por uma estrutura metálica de chapa de aço galvanizado, sobre a qual se aparafusam,

Leia mais

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética REVESTIMENTO DE FACHADA Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética Documentos de referência para a execução do serviço: Projeto arquitetônico Projeto de esquadrias NR 18 20

Leia mais

FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO

FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO Rua Rishin Matsuda, 562 Vila Santa Catarina CEP 04371-000 São Paulo SP Tel. 11 5563-6477 Fax 11 5563-3107 www.elevadoreszenit.com.br FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO ORIENTAÇÃO ELEVADORES CARGAS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DE MERITI MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DE MERITI MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DE MERITI MEMORIAL DESCRITIVO Objeto: Reforma e Adequação sem acréscimo de área construída do Posto de Saúde de Eden. End.: Rua Roberto Silveira s/n Éden - São João de

Leia mais

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE 1 Estrutura Acabamento externo: TORRE 5 100% executado 98% executado - Revestimento fachada; 100% concluído - Aplicação de textura; 100% concluído - Execução do telhado; 100%

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO Ampliação E.M.E.I. Manoel dos Santos Ribeiro Bairro José Alcebíades de Oliveira GENERALIDADES Execução por Empreitada Global O presente memorial

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO (SISTEMA DE AR CONDICIONADO TIPO SPLIT)

MEMORIAL DESCRITIVO (SISTEMA DE AR CONDICIONADO TIPO SPLIT) MEMORIAL DESCRITIVO (SISTEMA DE AR CONDICIONADO TIPO SPLIT) FEVEREIRO / 2011 Í N D I C E 1.APRESENTAÇÃO 2.TABELAS E ESPECIFICAÇÕES 3.CONDENSADORES 4.TUBULAÇÕES FRIGORÍFICAS 5.EVAPORADORES APRESENTAÇÃO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS RODRIGUES & AGUINAGA PROJETOS LTDA. Av. Francisco Talaia de Moura, 545 CEP: 91170-090 - Porto Alegre/RS. CNPJ: 09.077.763/0001-05 MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS 1 1.

Leia mais

Ilustrações Digitais: Artistas Associados. Especificação de Materiais

Ilustrações Digitais: Artistas Associados. Especificação de Materiais Ilustrações Digitais: Artistas Associados Especificação de Materiais UNIDADES PRIVATIVAS E COBERTURAS Sala / Circulação Varanda Cozinha Piso: Porcelanato a ser definido pelo arquiteto da construtora; Parede:

Leia mais

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE 1 Estrutura Acabamento externo SUMÁRIO DO PROJETO TORRE 5: 100% executado 95% executado - Revestimento fachada; - 100% concluído - Aplicação de textura; - 95% concluído -

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO STRIP MALL REAL PARQUE RUA BARÃO DE MONTE MOR, 500 REAL PARQUE SÃO PAULO SP

MEMORIAL DESCRITIVO STRIP MALL REAL PARQUE RUA BARÃO DE MONTE MOR, 500 REAL PARQUE SÃO PAULO SP MEMORIAL DESCRITIVO STRIP MALL REAL PARQUE RUA BARÃO DE MONTE MOR, 500 REAL PARQUE SÃO PAULO SP Este memorial apresenta os materiais e fornecedores propostos para a construção de um empreendimento comercial

Leia mais

Ilustrações Digitais: Artistas Associados :: 12 pavimentos tipo :: 06 Apartamentos por Pavimento. :: Unidade 02: Sala, 02 quartos (sendo 01 suíte), varanda, circulação, banheiro social, W.C., cozinha e

Leia mais

REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC

REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC MEMORIAL DESCRITIVO SISTEMA DE CLIMATIZAÇÃO 1 ÍNDICE 1 Informativos gerais 2 Apresentação 3 Tabelas e especificações

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Teto Teto vazado e pergolado em travessas Z500 de alumínio anodizado

MEMORIAL DESCRITIVO. Teto Teto vazado e pergolado em travessas Z500 de alumínio anodizado Anexo I MEMORIAL DESCRITIVO Trata o presente memorial descritivo da locação de estruturas provisórias e estruturas personalizadas para a montagem da 14ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto, conforme

Leia mais

FORRO DE GESSO. Integrantes: Diogo Godinho Barroso nº Luisa Jorge Garcia nº 104326 Marcella Silva Albino nº 083891. Santos / SP

FORRO DE GESSO. Integrantes: Diogo Godinho Barroso nº Luisa Jorge Garcia nº 104326 Marcella Silva Albino nº 083891. Santos / SP FORRO DE GESSO Integrantes: Diogo Godinho Barroso nº Luisa Jorge Garcia nº 104326 Marcella Silva Albino nº 083891 Santos / SP Forro de Gesso Sistema Gypsum Drywall Base na Norma ABNT NBR 15758 partes 1,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada:

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada: PROJETO Nº 051/2013 Solicitação: Memorial Descritivo Tipo da Obra: Reforma, ampliação e adequação acesso Posto de Saúde Santa Rita Área existente: 146,95 m² Área ampliar: 7,00 m² Área calçadas e passeio:

Leia mais

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO -

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Material elaborado pelo departamento técnico da OfficeBrasil Desenvolvimento de Projetos e Produtos Última atualização: Março de 2013 Belo Horizonte, MG Linha Ohra

Leia mais

Descritivo Básico de Medidas Espaço Infinitto

Descritivo Básico de Medidas Espaço Infinitto Descritivo Básico de Medidas Espaço Infinitto 1. Fachada: Revestido em espelho fosco Decorflou Screen 4mm, fixado em painel cimentício preso à estrutura metálica; Lateral da fachada revestido em Pertech;

Leia mais

Sistema de Construção Rápida, Limpa e Econômica QUALIDADE E RESPONSABILIDADE É O NOSSO COMPROMISSO

Sistema de Construção Rápida, Limpa e Econômica QUALIDADE E RESPONSABILIDADE É O NOSSO COMPROMISSO Sistema de Construção Rápida, Limpa e Econômica Quem somos? A Empresa A Monteky - Especializada em construção a seco Produtos: STELL FRAME e DRYWALL. Atuamos na região da grande Florianópolis, desenvolvendo

Leia mais

Desempenho Térmico de edificações

Desempenho Térmico de edificações Desempenho Térmico de edificações PROFESSOR Roberto Lamberts Unidade deportiva Atanasio Girardot - Medellín ECV 5161 UFSC FLORIANÓPOLIS estrutura intro isolantes cálculos exemplos e testes 2 introdução

Leia mais

Assessoria de Arquitetura e Engenharia MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE REFORMA - EXECUTIVO DOS AUDITÓRIOS 1º PAV.

Assessoria de Arquitetura e Engenharia MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE REFORMA - EXECUTIVO DOS AUDITÓRIOS 1º PAV. Assessoria de Arquitetura e Engenharia MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE REFORMA - EXECUTIVO DOS AUDITÓRIOS 1º PAV. I INTRODUÇÃO UNCISAL Prédio sede. Todo o Complexo da Universidade Estadual de Ciências

Leia mais

ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 4.1 APRESENTAÇÃO O presente memorial descritivo tem por finalidade determinar os detalhes de acabamento, tipo e a qualidade dos materiais a serem utilizados

Leia mais

Adaptam-se a todas as necessidades.

Adaptam-se a todas as necessidades. Knauf Folheto Técnico 03/2014 Tampas de Inspeção Knauf Adaptam-se a todas as necessidades. As Tampas de Inspeção Knauf são de simples manuseio, facilitando o acesso à instalações internas de paredes, tetos

Leia mais

SEDE SPU. Rua Melo e Souza, nº 142 São Cristóvão Rio de Janeiro RJ MEMORIAL DESCRITIVO DE ESPECIFICAÇÃO

SEDE SPU. Rua Melo e Souza, nº 142 São Cristóvão Rio de Janeiro RJ MEMORIAL DESCRITIVO DE ESPECIFICAÇÃO Anexo 3: SEDE SPU Rua Melo e Souza, nº 142 São Cristóvão Rio de Janeiro RJ MEMORIAL DESCRITIVO DE ESPECIFICAÇÃO Emissão 00 de 16/07/2013. A) FACHADAS: FACHADA RUA MELO E SOUZA: Esquadrias em estrutura

Leia mais

Edifícios Consolação I e II

Edifícios Consolação I e II Edifícios Consolação I e II Os edifícios Consolação I e II estão localizados na Rua da Consolação, 2.403/2.411/2387, na quadra delimitada Rua Bela Cintra e Antonio Carlos, Bela Vista - São Paulo, SP. Trata-se

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA COORDENADORIA DE MANUTENÇÃO LISTA DE VERIFICAÇÕES SERVIÇOS PREVENTIVOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA COORDENADORIA DE MANUTENÇÃO LISTA DE VERIFICAÇÕES SERVIÇOS PREVENTIVOS LOCAL: SETOR/ENDEREÇO: PERÍODO: RESPONSÁVEL PELAS INFORMAÇÕES: LISTA DE VERIFICAÇÕES SERVIÇOS PREVENTIVOS SISTEMAS HIDROSSANITÁRIOS PERÍODICIDADE SERVIÇOS PREVENTIVOS STATUS SEMANA 01 DIÁRIO Verificação

Leia mais

Linha para Piso Elevado

Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Calha para piso elevado... 53 Derivações... Caixa para piso elevado... 54 Metálico... 54 Nylon... 56 Latão... 58 54 Sistemas para

Leia mais