O LUGAR DO TECNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O LUGAR DO TECNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO"

Transcrição

1

2 SEGURANCADOTRABALHOBR.COM.BR O LUGAR DO TECNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO Fique por dentro da área de SEGURANÇA DO TRABALHO. O PORTAL SEG BR você irá acessar tudo que ocorre no mercado. Veja notícias do mercado, dicas para técnicos, vagas de empregos, cursos e muitos artigos relacionados à segurança e medicina ocupacional

3 Noções de Segurança e Higiene do Trabalho

4 Sinópse Generalidades. Antecedentes Históricos. Conceitos Básicos: - Acidente do Trabalho; - Atividades e Operações Insalúbres; - Riscos Ocupacionais; - Equipamentos de Proteção; - Atividades e Operações Perigosas. Estrutura de Recursos Humanos. Ferramentas de Apoio a Implementação dos Sistemas. Exercício de Fixação. Conclusão

5 Generalidades

6 Saúde Estado de completo de completo bem estar físico, mental e social. (OMS)

7 Segurança do Trabalho Estudo através de metodologias e técnicas próprias das possíveis causas de acidentes do trabalho, objetivando a prevenção das suas consequências.

8 Medicina do Trabalho Ciência que através de metodologia e técnicas próprias, estuda a causa das doenças ocupacionais, objetivando a prevenção das mesmas.

9 Saúde Ocupacional Estudos sistemáticos em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho, visando promover a saúde e proteger a integridade física do trabalhador no local de trabalho.

10 Antecedentes Históricos

11 1700 Bernadino Ramazzini As Doenças dos Trabalhadores Prevenir é melhor que curar

12 EUA 1877 Lei que obrigava aos empregadores a instalar dispositivos de segurança em máquinas; 1892 Primeira empresa a organizar um Departamento de Segurança; 1913 Criação do National Safety Concil.

13 No Brasil 1943 CLT; Hoje Lei Nº de 12/77; Normas Regulamentadoras aprovadas pela portaria Nº de 06/78; Normas Regulamentadoras Rurais aprovadas pela portaria Nº de 04/88.

14 Acidente do Trabalho Conceito legal; Conceito prevencionista.

15 Acidente do Trabalho - Causas Ato Inseguro; Condição insegura; Fator pessoal de insegurança.

16 Atividade e Operações Insalubres

17 Insalubridade Atividade em que o trabalhador está exposto acima do limite de tolerância a um agente nocivo à sua saúde.

18 Riscos Ocupacionais Físicos; Químicos; Biológicos; Ergonômicos; De acidentes.

19 Riscos Físicos Ruídos; Vibrações; Radiações; Frio; Calor; Pressões anormais; Umidade.

20 Riscos Quimicos Poeiras; Fumos; Névoas; Neblinas; Gases; Vapores; Produtos químicos em geral.

21 Biológicos Vírus; Bactérias; Protozoários; Fungos; Parasitas; Bacilos.

22 Ergonômicos Esforço físico intenso; Posturas inadequadas; Imposição de rítmos excessivos; Jornadas de trabalho prolongadas; Monotonia e repetitividade.

23 Acidentes Arranjo físico inadequado; Máquinas e equipamento sem proteção; Ferramentas inadequadas ou defeituosas; Iluminação inadequada.

24 Doença = Acidente do Trabalho? Doença profissional; Doença do trabalho.

25 Periculosidade

26 Atividades e Operações Perigosas Explosivos; Inflamáveis; Radiações ionizantes; Empregados em operações em contato com energia elétrica.

27 Adicionais de Salário Risco Insalubridade Periculosidade Grau Mínimo Médio Máximo Adicional de Salário 10 % (*) 20 % (*) 40 % (*) 40 % (**) (*) Sobre o salário Mínimo (**) Sobre o Salário-Base

28 Equipamentos de Proteção Objetivo: Evitar o contato / exposição ao risco ambiental; Equipamentos Proteção Coletiva (E.P.C); Equipamentos Proteção Individual (E.P.I).

29 Equipamentos Proteção Coletiva Proteger mais de uma pessoa simultaneamente. Exemplos: Sistema de exaustão; Sistema de enclausuramento; Equipamentos de proteção contra incêndio; Pára-raios; Sinalização de segurança; Aterramento elétrico.

30 Ausência de EPC

31 EPC Cerca de Contenção

32 Equipamentos de Proteção Individual

33 Estrutura de Recursos Humanos

34 Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho Engenheiro de Segurança do Trabalho; Técnico de Segurança do Trabalho; Médico do Trabalho; Enfermeiro do Trabalho; Auxiliares de Enfermagem do Trabalho.

35 Ferramentas de Apoio Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA; Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPRA; Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional PCMSO; Mapas de Riscos.

36 CIPA Objetivos: Observar e relatar condições de risco existentes no ambiente de trabalho; Solicitar medidas com o objetivo de reduzir ou eliminar os riscos; Discutir as causas dos acidentes ocorridos; Solicitar medidas acidentes; Orientar os demais trabalhadores, quanto as medidas de prevenção; Fornecer apoio logístico ao SESMT.

37 PPRA O que é? Elaboração de um programa anual visando a preservação da integridade física dos trabalhadores no seu espaço laboral Objetivos Reconher, antecipar, avaliar e controlar os riscos ambientais; Fornecer elementos de suporte para a elaboração do PCMSO e do(s) Mapa(s) de Riscos;

38 PCMSO O que é? Um conjunto de ações de natureza médica realizadas em caráter anual. Visa a realização de rastreamento, prevenção e diagnóstico precoce dos agravos de saúde relacionados ao trabalho. Objetivos Objetiva rastrear, prevenir e diagnósticar precocemente os agravos de saúde relacionados ao trabalho; Fornecer elementos adicionais para a elaboração do(s) Mapa(s) de Riscos.

39 Mapa de Risco Representação pictórica das instalações analisadas, com o objetivo de mostrar de forma clara a natureza e a intensidade dos riscos inerentes a aquele setor de trabalho.

40 Modelo Simplificado de um Mapa de Risco Iluminação Inadequada 15 Gases 12 Postura Inadequada 03

41 Exercício de Fixação

42 Com os conhecimentos adquiridos nesta aula, elaborar o Mapa de Riscos simplificado para a instalação detalhada a seguir

43 3 5 Post Inad 01 4 Arr. Inad

44 Conclusão

45 Relevância do tópico; Caráter informativo do enfoque; Leitura complementar para aprofundamento do tema.

46

Noções de Segurança e Higiene do Trabalho

Noções de Segurança e Higiene do Trabalho Noções de Segurança e Higiene do Trabalho Sinópse Generalidades. Antecedentes Históricos. Conceitos Básicos: - Acidente do Trabalho; - Atividades e Operações Insalúbres; - Riscos Ocupacionais; - Equipamentos

Leia mais

Disciplina de Saúde do Trabalho

Disciplina de Saúde do Trabalho Disciplina de Saúde do Trabalho Angelica dos Santos Vianna 10 e 11 fevereiro 2011 NORMAS REGULAMENTADORAS Ministério Trabalho e Emprego - CLT Aprovadas pela Portaria 3214 de 08/06/1978 33 NR Revogadas

Leia mais

PORTARIA N.º 25, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1994

PORTARIA N.º 25, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1994 PORTARIA N.º 25, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1994 O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO, no uso de suas atribuições legais, e CONSIDERANDO o disposto nos artigos 155 e 200, item VI, da Consolidação das

Leia mais

Mapa de Risco da Empresa :

Mapa de Risco da Empresa : Mapa de Risco da Empresa : Questionário auxiliar para elaboração do Mapa de Riscos Objetivos: A - O objetivo deste questionário é de reunir as informações necessárias para estabelecer o diagnóstico da

Leia mais

Disciplina de Segurança do Trabalho e Ergonomia. Aula 204 EPIs e Mapas de Risco

Disciplina de Segurança do Trabalho e Ergonomia. Aula 204 EPIs e Mapas de Risco Disciplina de Segurança do Trabalho e Ergonomia Aula 204 EPIs e Mapas de Risco EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL De acordo com a NR-6 da Portaria Número 3214 de 8 de junho de 1978, do Ministério

Leia mais

LISTA DE EXERCÌCIOS 1

LISTA DE EXERCÌCIOS 1 Faculdade Anhanguera de Guarulhos Rua do Rosário, 300, Centro - Guarulhos SP. Data: / / 2014 Nota: Nome RA Assinatura Ergonomia e Segurança do Trabalho José Jorge Alcoforado Curso/Turma Disciplina Professor

Leia mais

Riscos ambientais empresariais. 4.1 Programa de prevenção de acidentes (PPRA)

Riscos ambientais empresariais. 4.1 Programa de prevenção de acidentes (PPRA) Capítulo 4 Riscos ambientais empresariais Segundo o artigo 9.1.5 da Portaria n 25, de 29.12.94, do Secretário de Segurança e Saúde no Trabalho, considera-se riscos ambientais os agentes físicos, químicos

Leia mais

Avaliação dos riscos e níveis de tolerância dos laboratórios do curso de agronomia do IFC - Campus Rio do Sul

Avaliação dos riscos e níveis de tolerância dos laboratórios do curso de agronomia do IFC - Campus Rio do Sul Avaliação dos riscos e níveis de tolerância dos laboratórios do curso de agronomia do IFC - Campus Rio do Sul Mateus Guilherme de SOUZA, aluno (a) do IFC Campus Rio do Sul, curso Técnico em Agropecuária,

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS

NORMAS REGULAMENTADORAS NORMAS REGULAMENTADORAS APROVADAS PELA PORTARIA 3214 DE 08/06/1978 33 NR REVOGADAS NR RURAIS EM 15/04/2008 http://www.mte.gov.br/legislacao normas regulamentadoras NR 4 - SERVIÇO ESPECIALIZADO EM ENGENHARIA

Leia mais

PPRA: Equívocos Comuns na Elaboração

PPRA: Equívocos Comuns na Elaboração XXXI Jornada Paranaense de Saúde Ocupacional, IV Congresso Paranaense de Medicina do Trabalho II Encontro Iberoamericano II Simpósio Paranaense de Higiene Ocupacional PPRA: Equívocos Comuns na Elaboração

Leia mais

Normas Regulamentadoras. Aline Santos

Normas Regulamentadoras. Aline Santos Normas Regulamentadoras Aline Santos Legislação Trabalhista Aspectos Históricos Decreto Lei nº 5.452 CLT. Neste decreto o capítulo V trata da Higiene e Segurança do Trabalho Portaria nº 3214. Regulamentou

Leia mais

Data: / / Assinatura e carimbo do Diretor do Campus

Data: / / Assinatura e carimbo do Diretor do Campus SOLICITAÇÃO DE CONCESSÃO DE ADICIONAL DE INSALUBRIDADE/PERICULOSIDADE/RADIAÇÃO IONIZANTE E GRATIFICAÇÃO DE RAIOS-X Nome SIAPE Lotação Coordenação Cargo Telefone INFORMAÇÕES DO SERVIDOR Carga horária /

Leia mais

INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE

INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE PALESTRA INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE P A L E S T R A N T E : E N G. º S É R G I O B A P T I S T A T A B O S A E N G E N H E I R O D E S E G U R A N Ç A D O T R A B A L H O P E R I T O J U D I C I A

Leia mais

SEGURANÇA DO TRABALHO. Riscos Ambientais

SEGURANÇA DO TRABALHO. Riscos Ambientais SEGURANÇA DO TRABALHO Riscos Ambientais Riscos Profissionais Os riscos profissionais são decorrentes de condições inseguras, ou seja, das condições precárias de trabalho, capazes de afetar a segurança

Leia mais

Data: / / Assinatura e carimbo do Diretor do Campus

Data: / / Assinatura e carimbo do Diretor do Campus SOLICITAÇÃO DE CONCESSÃO DE ADICIONAL DE INSALUBRIDADE/PERICULOSIDADE/RADIAÇÃO IONIZANTE E GRATIFICAÇÃO DE RAIOS-X Nome Fulano de Tal SIAPE 18246987 Lotação Coordenação Cargo Telefone (22)... Campos Itaperuna

Leia mais

MBA em Gestão e Negócio em Saúde Gestão em Serviços Hospitalares Profa. Esp. Kelly Barros

MBA em Gestão e Negócio em Saúde Gestão em Serviços Hospitalares Profa. Esp. Kelly Barros FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ UNIVERSIDADE DE FORTALEZA Vice-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação MBA em Gestão e Negócio em Saúde Gestão em Serviços Hospitalares Profa. Esp. Kelly Barros 09/05/2014 a 10/05/2014

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA MAPA DE RISCOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA MAPA DE RISCOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA MAPA DE RISCOS Autores: Professor: Cláudia Gonçalves de Azevedo Marina Damião Besteti Kallyu Manoel de Souza Luís Cláudio Lopes Outubro,

Leia mais

Segurança no Trabalho

Segurança no Trabalho Apresentação Ronei Vagner Alves Técnico em Segurança no Trabalho 2007 Tecnólogo em Segurança no Trabalho 2012 Supervisor de Trabalho em Altura 2012 Supervisor de Espaço Confinado 2014 Prestador de serviços

Leia mais

Segurança a e Saúde no Trabalho

Segurança a e Saúde no Trabalho Treinamento para membros da CIPA Objetivos: Fornecer aos participantes as noções básicas sobre acidentes e doenças ocupacionais decorrentes da exposição aos riscos existentes nos locais de trabalho CIPA:

Leia mais

Aula 3. Normas Regulamentadoras de Segurança, Medicina e Higiene do Trabalho

Aula 3. Normas Regulamentadoras de Segurança, Medicina e Higiene do Trabalho Aula 3 Normas Regulamentadoras de Segurança, Medicina e Higiene do Trabalho São normas que definem os parâmetros legais de atuação da sociedade sobre as condições de trabalho. Fiscalização Penalidades

Leia mais

Mapa de Riscos Ambientais

Mapa de Riscos Ambientais Sexta-feira, 04 de Setembro de 2015 Segurança do Trabalho Décima aula do professor Marcus Aurélio Segurança é usar de bom senso sempre. Mapa de Riscos Ambientais Inspeção de segurança: São vistorias e

Leia mais

INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE

INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE SUMÁRIO 1. Conceitos...3 2. Embasamento legal e agentes...4 3. Equipamentos de Proteção Individual...8 4. Normas Regulamentadoras...9 5. Sinopse...10 2 1. CONCEITOS ADICIONAL

Leia mais

SEG72 - SEGURANÇA DO TRABALHO. Professor: Gleison Renan Inácio Curso: Tecnólogo Mecatrônica

SEG72 - SEGURANÇA DO TRABALHO. Professor: Gleison Renan Inácio Curso: Tecnólogo Mecatrônica SEG72 - SEGURANÇA DO TRABALHO Professor: Gleison Renan Inácio gleison.renan@ifsc.edu.br Curso: Tecnólogo Mecatrônica NR-4 - SERVIÇOS - Aula ESPECIALIZADOS 02 EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA E EM MEDICINA DO

Leia mais

INFORMATIVO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE

INFORMATIVO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE INFORMATIVO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE 1 - ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES. Segundo a Portaria Ministerial número 3214 de 08 de junho de 1978, na sua Norma Regulamentadora de número

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS BLUMENAU

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS BLUMENAU LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS BLUMENAU ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 2155240 Blumenau, 11 de Abril de 2017. SUMÁRIO

Leia mais

CURSO DE SEGURANÇA DO TRABALHO RISCOS AMBIENTAIS E MAPA DE RISCOS

CURSO DE SEGURANÇA DO TRABALHO RISCOS AMBIENTAIS E MAPA DE RISCOS Sociedade de Ensino Regional Ltda SOER SOCIEDADE DE ENSINO REGIONAL LTDA Rua Ipiranga, 681 Nova York - Araçatuba SP - CEP 16018-305 Fone/Fax (18) 3625-6960/3117-7481/3117-7482 www.colegiosoer.com.br/ contato@colegiosoer.com.br

Leia mais

O Mapa de Riscos deve, então, ser executado pela CIPA. por seus membros, observadas as seguintes etapas:

O Mapa de Riscos deve, então, ser executado pela CIPA. por seus membros, observadas as seguintes etapas: Módulo 7 Mapeamento de risco; Etapas de elaboração; Variações do mapa; Metodologia de investigação e análise de acidentes e doenças no trabalho; Conceitos; Causas; Condição insegura e Exercícios. Mapeamento

Leia mais

Segurança do Trabalho na Construção Civil. Enga. Civil Olivia O. da Costa

Segurança do Trabalho na Construção Civil. Enga. Civil Olivia O. da Costa Segurança do Trabalho na Construção Civil Enga. Civil Olivia O. da Costa Qual a importância da Segurança do Trabalho na Construção Civil? A construção civil é o quinto setor econômico em número de acidentes

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS ABELARDO LUZ

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS ABELARDO LUZ LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS ABELARDO LUZ ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 1789080 Blumenau, Abril 2017. SUMÁRIO 1

Leia mais

BOAS PRÁTICAS: ÁREA FÍSICA

BOAS PRÁTICAS: ÁREA FÍSICA BOAS PRÁTICAS: ÁREA FÍSICA Ambiente amplo Paredes, teto e chão de materiais de fácil limpeza e antiderrapante Iluminação, Água e voltagem dos aparelhos Bancadas fixas, impermeáveis e resistentes Mobília

Leia mais

INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE. Aspectos Técnicos e Práticos

INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE. Aspectos Técnicos e Práticos INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE Aspectos Técnicos e Práticos 1ª edição 1994 2ª edição 1995 3ª edição 1997 4ª edição 1998 5ª edição 2000 6ª edição 2002 7ª edição 2004 8ª edição 2007 9ª edição 2009 10ª edição

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS SOMBRIO

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS SOMBRIO LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS SOMBRIO ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 1789080 Blumenau,03 de Setembro de 2014. Laudo

Leia mais

Médico de Saúde Ocupacional

Médico de Saúde Ocupacional } NR 3 - Embargo ou Interdição } NR 5 - CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes } NR 6 - EPI } NR 7 - PCMSO - Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional } NR 8 - Edificações } NR 9 - PPRA

Leia mais

SEGURANÇA DO TRABALHO PARA INFORMÁTICA_PROF. MARCUS AURÉLIO. QUESTIONÁRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHO. e) Incidente. e) Incidente

SEGURANÇA DO TRABALHO PARA INFORMÁTICA_PROF. MARCUS AURÉLIO. QUESTIONÁRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHO. e) Incidente. e) Incidente 1. Que ciências, tem como objetivo reconhecer, avaliar e controlar todos os fatores ambientais de trabalho que podem causar doenças ou danos a saúde dos trabalhadores.. 2. Relacione as colunas: (A). NR5

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CAMPUS RIO DO SUL SEDE

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CAMPUS RIO DO SUL SEDE LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CAMPUS RIO DO SUL SEDE ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 1789080 Blumenau, 05 de Maio de 2016.

Leia mais

HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO (60 h)

HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO (60 h) HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO (60 h) AULA 06 CIPA e SESMT Faculdade de Tecnologia e Ciências - FTC Unidade Vitória da Conquista BA Colegiado de Engenharia Civil PREVENÇÃO PREVENIR enxergar o acontecimento

Leia mais

SAÚDE E Segurança do trabalho_sst. Prof. Marcus Aurélio

SAÚDE E Segurança do trabalho_sst. Prof. Marcus Aurélio SAÚDE E Segurança do trabalho_sst Prof. Marcus Aurélio Além da Constituição Federal e das legislações trabalhistas previstas na CLT, a legislação básica que rege a Segurança do Trabalho está contida nas

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS

NORMAS REGULAMENTADORAS NORMAS REGULAMENTADORAS Saúde e Seguranca Ocupacional Prof. Carlos William de Carvalho 1 NR-1 Disposições Gerais Determina a aplicabilidade de todas as normas regulamentadoras, assim como os direitos e

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS VIDEIRA

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS VIDEIRA LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS VIDEIRA ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 1789080 Blumenau, 30 de Setembro de 2015. SUMÁRIO

Leia mais

SAÚDE AMBIENTAL E VIGILÂNCIA SANITÁRIA. CONTEÚDO 13: Saúde e Segurança dos Trabalhadores

SAÚDE AMBIENTAL E VIGILÂNCIA SANITÁRIA. CONTEÚDO 13: Saúde e Segurança dos Trabalhadores SAÚDE AMBIENTAL E VIGILÂNCIA SANITÁRIA CONTEÚDO 13: Saúde e Segurança dos Trabalhadores O TEMPLO DA SAÚDE Nosso corpo é uma máquina perfeita, mas exige manutenção Saúde enquanto patrimônio do trabalhador

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS

NORMAS REGULAMENTADORAS NORMAS REGULAMENTADORAS De que trata cada Norma Regulamentadora (NR), urbanas e rurais. Para conferir o texto original das Normas, direto no site do Ministério do Trabalho e Emprego. NR1 - Disposições

Leia mais

04/03/2011. Normas Regulamentadoras.

04/03/2011. Normas Regulamentadoras. Prof. Palle Grandjean Thomsen AULA 02 (Introdução a ) Normas Regulamentadoras. As Normas Regulamentadoras, também conhecidas por NR, são normas que regulamentam, fornecem parâmetros e instruções sobre

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS ARAQUARI

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS ARAQUARI LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS ARAQUARI ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 2155240 Blumenau, 02 de Fevereiro de 2016.

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS SANTA ROSA DO SUL

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS SANTA ROSA DO SUL LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS SANTA ROSA DO SUL ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 1789080 Blumenau,03 de Agosto de 2015.

Leia mais

6 décadas antes (1883) Brasil era uma país escravocrata Após Lei Áurea (1888) condições de trabalho eram deploráveis para ex escravos e imigrantes

6 décadas antes (1883) Brasil era uma país escravocrata Após Lei Áurea (1888) condições de trabalho eram deploráveis para ex escravos e imigrantes 1º maio 1943 (Estádio de São Januário) Getúlio Vargas assina o Decreto Lei n٥5.452, a Consolidação das Leis de Trabalho (CLT) Direitos trabalhistas na legislação brasileira. Pautado na justiça social 6

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA

1. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 1. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA Empresa: CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLOGICA DE GOIAS CEFET GO Endereço: Rua 75, 46 Centro Goiânia/ GO CEP: 74130-010 Telefone: (0xx62) 3227-2700) Atividade: Administração

Leia mais

INTEGRAÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

INTEGRAÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO INTEGRAÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO Vídeos de Integração https://www.youtube.com/ watch?v=wnxyae3zkgc https://www.youtube.com/ watch?v=nzfh56c-ods PREMISSAS BÁSICAS DA SEGURANÇA DO TRABALHO 1- A SEGURANÇA

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS RIO DO SUL UNIDADE URBANA

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS RIO DO SUL UNIDADE URBANA LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS RIO DO SUL UNIDADE URBANA ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 1789080 Blumenau, 22 de Abril

Leia mais

LAUDO DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL ESCOLA DE ENFERMAGEM

LAUDO DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL ESCOLA DE ENFERMAGEM UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA LAUDO DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL Laudo 22-011/2010 2010 ADICIONAL DE INSALUBRIDADE ADICIONAL DE PERICULOSIDADE GRATIFICAÇÃO DE TRABALHOS COM RAIOS-X ii/22 Data Descrição Sumária

Leia mais

SEGURANÇA DO TRABALHO INTRODUÇÃO

SEGURANÇA DO TRABALHO INTRODUÇÃO SEGURANÇA DO TRABALHO INTRODUÇÃO Breve História da Revolução Industrial (1760-1830) Art. 82 Decreto-Lei 7.036 de 10.11.1944 Institucionalização da CIPA Art. 7º da Constituição Federal Promulgada em 05-10-1988

Leia mais

MAPA DE RISCO & PPRA & LTCAT & APOSENTADORIA ESPECIAL

MAPA DE RISCO & PPRA & LTCAT & APOSENTADORIA ESPECIAL MAPA DE RISCO & PPRA & LTCAT & APOSENTADORIA ESPECIAL Gestão Básica dos Principais Processos Trabalhistas e Previdenciários Interfaces técnicas e legais dos principais processos para o cumprimento dos

Leia mais

SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO

SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Professor: Graduação: Valmir Gonçalves Carriço www.professorvalmir.com.br / valmir.carrico@anhanguera.com Engenheiro Industrial Mecânico UNISANTA Universidade Santa Cecília Pós Graduação: Engenheiro de

Leia mais

da manipulação e processamento de matérias-primas. Destacam-se: InformAtivo Edição Extraordinária Abril de 2012

da manipulação e processamento de matérias-primas. Destacam-se: InformAtivo Edição Extraordinária Abril de 2012 InformAtivo Edição Extraordinária Abril de 2012 ---------------------------------------------------- NR 9 PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS ---------------------------------------------------

Leia mais

LAUDO DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL - ESCOLA OFICINA DE SALVADOR-

LAUDO DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL - ESCOLA OFICINA DE SALVADOR- ~) ~ UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA LAUDO DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL - - Laudo 72-002/2011 2011 ADICIONAL ADICIONAL DE INSALUBRIDADE DE PERICULOSIDADE GRATIFICAÇÃO DE TRABALHOS COM RAIOS-X .;\\ ~ Tipo de Documento

Leia mais

Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança

Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança Aula 01 - Definições básicas e legislações Eletromecânica Módulo 1 Professor: Sergio Luis Brockveld Junior Objetivo: Compreender e contextualizar conceitos,

Leia mais

DICAS DE PRÁTICA ACIDENTÁRIA. Normas Regulamentadoras

DICAS DE PRÁTICA ACIDENTÁRIA. Normas Regulamentadoras DICAS DE PRÁTICA ACIDENTÁRIA Normas Regulamentadoras Conteúdo programático Quais as NRś Vigentes NR 6 Equipamento de Proteção Individual EPI PPRA x LTACT LTCAT NR 15 INSALUBRIDADE QUAIS AS NRS VIGENTES

Leia mais

AVALIAÇÃO GLOBAL DO PPRA

AVALIAÇÃO GLOBAL DO PPRA AVALIAÇÃO GLOBAL DO VIGÊNCIA: NOVEMBRO DE 2015 à NOVEMBRO DE 2016. Empresa: P.M.F TRANSPORTES ESPECIAIS LTDA. Responsável Técnico: REGINALDO BESERRA ALVES Engº Segurança no Trabalho CREA 5907-D/ PB Avaliação

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS BLUMENAU

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS BLUMENAU LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS BLUMENAU ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 2155240 Blumenau, 10 de Fevereiro de 2015.

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO. Legislação, Regulamentos e Normas sobre Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO. Legislação, Regulamentos e Normas sobre Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Legislação, Regulamentos e Normas sobre Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Prof. Rafael Jassen Gazzolla Aires de Araujo Engenheiro de Segurança

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO REITORIA

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO REITORIA LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO REITORIA ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 1789080 Blumenau, 28 de Abril de 2015. SUMÁRIO 1 IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (OFICINA 02)

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (OFICINA 02) SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (OFICINA 02) Oficina 02 Ganhos Rápidos O que é Ganho Rápido (GR)? Resolução em curto prazo, de uma situação perigosa ou que polua o meio ambiente

Leia mais

LAUDO DE CONCESSÃO DE ADICIONAL - PROCURADORIA FEDERAL JUNTO A UFBA

LAUDO DE CONCESSÃO DE ADICIONAL - PROCURADORIA FEDERAL JUNTO A UFBA - UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA LAUDO DE CONCESSÃO DE ADICIONAL - Laudo 58-006/2011 2011 INSALUBRIDADE PERICULOSIDADE RADIAÇÃO IONIZANTE, GRATIFICAÇÃO DE TRABALHOS COM RAIOS-X OU SUBSTÃNCIAS RADIOATIVAS

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS CONCÓRDIA

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS CONCÓRDIA LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS CONCÓRDIA ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 1789080 Blumenau,03 de Setembro de 2015. SUMÁRIO

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS BRUSQUE

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS BRUSQUE LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS BRUSQUE ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 2155240 Blumenau, 08 de Junho de 2016. SUMÁRIO

Leia mais

FÓRUM LIXO & CIDADANIA RIO DE JANEIRO Os Rumos da Coleta Seletiva Boas Práticas e Indicadores de Sustentabilidade

FÓRUM LIXO & CIDADANIA RIO DE JANEIRO Os Rumos da Coleta Seletiva Boas Práticas e Indicadores de Sustentabilidade FÓRUM LIXO & CIDADANIA RIO DE JANEIRO Os Rumos da Coleta Seletiva Boas Práticas e Indicadores de Sustentabilidade AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO DAS ORGANIZAÇÕES DE CATADORES DOS MUNICÍPIOS DO RIO

Leia mais

Mapa e Mapeamento de Riscos Ambientais

Mapa e Mapeamento de Riscos Ambientais A SIMPLICIDADE DO MAPA DE RISCOS FSP Faculdade Sudoeste Paulista Departamento de Engenharia Civil Mapa e Mapeamento de Riscos Ambientais Docente: Eng. Ana Lúcia de Oliveira Daré, Prof. M.Sc. 1 Histórico

Leia mais

somente a ausência de doença e enfermidade ".

somente a ausência de doença e enfermidade . HIGIENE OCUPACIONAL Segundo a O.M.S.- Organização Mundial de Saúde, a verificação de condições de Higiene e Segurança consiste "num estado de bem-estar físico, mental e social e não somente a ausência

Leia mais

Relatório Trabalhista

Relatório Trabalhista www.sato.adm.br 1987 legislação consultoria assessoria informativos treinamento auditoria pesquisa qualidade Relatório Trabalhista Nº 014 16/02/1995 PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE AMBIENTAIS NR 9 A Portaria

Leia mais

PORTARIA Nº 25, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1994 (D.O.U. DE 30/12/94) O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO, no uso de suas atribuições legais, e

PORTARIA Nº 25, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1994 (D.O.U. DE 30/12/94) O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO, no uso de suas atribuições legais, e PORTARIA Nº 25, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1994 (D.O.U. DE 30/12/94) O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO, no uso de suas atribuições legais, e CONSIDERANDO o disposto nos artigos 155 e 200, Item VI,

Leia mais

1. INTRODUÇÃO parâmetros mínimos PPRA

1. INTRODUÇÃO parâmetros mínimos PPRA 0 1 1. INTRODUÇÃO Olá Pessoal, Como estão os estudos? Hoje vamos estudar sobre a NR 09, que estabelece os parâmetros mínimos e diretrizes gerais a serem observados na execução do Plano de Prevenção de

Leia mais

NRs e NR-34. Sistema de Normas Regulamentadoras do MTE

NRs e NR-34. Sistema de Normas Regulamentadoras do MTE NRs e NR-34 Sistema de Normas Regulamentadoras do MTE NR 01: Disposições Gerais 1.1 As Normas Regulamentadoras - NR, relativas à segurança e medicina do trabalho, são de observância obrigatória pelas empresas

Leia mais

MANUAL PRÁTICO DE HIGIENE OCUPACIONAL E PPRA. Avaliação e Controle dos Riscos Ambientais

MANUAL PRÁTICO DE HIGIENE OCUPACIONAL E PPRA. Avaliação e Controle dos Riscos Ambientais MANUAL PRÁTICO DE HIGIENE OCUPACIONAL E PPRA Avaliação e Controle dos Riscos Ambientais 1ª edição 2006 2ª edição, autor 2006 3ª edição 2011 4ª edição 2013 5ª edição janeiro, 2014 6ª edição outubro, 2014

Leia mais

Segurança do Trabalho Plano de Aula - 32 Aulas (Aulas de 1 hora).

Segurança do Trabalho Plano de Aula - 32 Aulas (Aulas de 1 hora). 5994 - Segurança do Trabalho Plano de Aula - 32 Aulas (Aulas de 1 hora). Aula 1 Capítulo 1 - Introdução a Segurança do Trabalho 1.1. O que é Segurança do Trabalho...27 1.2. Como Surgiu a Segurança do Trabalho

Leia mais

Normas Regulamentadoras

Normas Regulamentadoras Normas Regulamentadoras NORMAS REGULAMENTADORAS O Ministro de Estado do Trabalho, no uso de suas atribuições legais, considerando o disposto no Art. 200 da Consolidação das Leis do Trabalho, com redação

Leia mais

APOSENTADORIA ESPECIAL INSALUBRIDADE PERICULOSIDADE

APOSENTADORIA ESPECIAL INSALUBRIDADE PERICULOSIDADE APOSENTADORIA ESPECIAL INSALUBRIDADE PERICULOSIDADE RISCOS OCUPACIONAIS MECÂNICOS CAT=60% ERGONÔ- MICOS CAT=30% AMBIENTAIS (F/Q/B) CAT=10% INSS/M.P.S X DRT/M.T.E INSS/M.P.S NFLD Cobrança dos passivos retroativos

Leia mais

ENGENHARIA DE SEGURANÇA

ENGENHARIA DE SEGURANÇA ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA DE SEGURANÇA P R O F. M A. K A R E N W R O B E L S T

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PPRA PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS PRÓ-REITORIA DE COOPERAÇÃO E RELAÇÕES INTERINSTITUCIONAIS UNIFAP-AP CAMPUS MARCO ZERO AP 2016 REITORA Profª. Drª Eliane Superte PRÓ-REITORA DE GESTÃO DE

Leia mais

Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s)

Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s) Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s) http://www.mte.gov.br/ NR 01 Disposições Gerais 02 Inspeção Prévia 03 Embargo ou Interdição TEMA 04 Serviços Especializados em Eng. de Segurança

Leia mais

CST em Processos Gerenciais Gestão de Segurança e Higiene do Trabalho Prof. Luiz Gustavo Saes. Empresa Concreta

CST em Processos Gerenciais Gestão de Segurança e Higiene do Trabalho Prof. Luiz Gustavo Saes. Empresa Concreta CST em Processos Gerenciais Gestão de Segurança e Higiene do Trabalho Prof. Luiz Gustavo Saes Empresa Concreta Daiane Torres, Greice Marques, Lucinara Silveira, Luciano Konrad, Silvia Ferreira e Vera Kruger.

Leia mais

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS LUZERNA

LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS LUZERNA LTCAT LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO CÂMPUS LUZERNA ALAINE SANTANA BARRETO Engenheira de Segurança do Trabalho CREA SC nº 072076-6 SIAPE 2155240 Blumenau, 11 de Agosto de 2015. SUMÁRIO

Leia mais

Avaliação de Atividades e Operações Insalubres e Perigosas nos locais de trabalho. Nome do Servidor: Data de Nascimento: Sexo: Matrícula Siape:

Avaliação de Atividades e Operações Insalubres e Perigosas nos locais de trabalho. Nome do Servidor: Data de Nascimento: Sexo: Matrícula Siape: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Campus: Formulário 001/2017 - CAPAIP Requerimento de Adicionais de Insalubridade e Periculosidade Diretoria de Gestão de

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Insalubridade e periculosidade. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Insalubridade e periculosidade. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Insalubridade e periculosidade Prof. Hermes Cramacon Atividades insalubres art. 189 CLT São consideradas atividades ou operações insalubres aquelas que, por sua natureza, condições

Leia mais

LAUDO DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL

LAUDO DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL ~ ~~ UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA LAUDO DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL - (Centro de Estudos Interdisciplinares para o setor Público) Laudo 37-010/2011 2011 INSALUBRIDADE PERICULOSIDADE RADIAÇÃO IONIZANTE, GRATIFICAÇÃO

Leia mais

SEG72 - SEGURANÇA DO TRABALHO. Professor: Gleison Renan Inácio Tecnólogo Mecatônica

SEG72 - SEGURANÇA DO TRABALHO. Professor: Gleison Renan Inácio Tecnólogo Mecatônica SEG72 - SEGURANÇA DO TRABALHO Professor: Gleison Renan Inácio gleison.renan@ifsc.edu.br Curso: Tecnólogo Mecatônica - Aula 02 NR 6 EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NR 15 ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES

Leia mais

Segurança no trabalho e responsabilidade

Segurança no trabalho e responsabilidade Segurança no trabalho e responsabilidade Introdução A segurança no trabalho é um item de bastante relevância na construção civil, já que este setor apresenta grandes índices de acidentes. O conhecimento

Leia mais

MAPA DE RISCOS AMBIENTAIS. Histórico

MAPA DE RISCOS AMBIENTAIS. Histórico MAPA DE RISCOS AMBIENTAIS Histórico HISTÓRICO CIPA 1921 - primeira CIPA foi formada no Brasil (LIGHT-RJ). 1945 - regulamentação da CIPA. 1964 participação cada vez maior do sindicato dos trabalhadores

Leia mais

Ergonomia: Sinais/sintomas (demanda)

Ergonomia: Sinais/sintomas (demanda) Ergonomia: Sinais/sintomas (demanda) I - Alta incidência de afastamentos ao trabalho (doenças ou acidentes); II- Grande rotatividade de funcionários; III- Necessidade de melhoria de desempenho e produtividade

Leia mais

SAÚDE E Segurança do trabalho_sst. Prof. Marcus Aurélio

SAÚDE E Segurança do trabalho_sst. Prof. Marcus Aurélio SAÚDE E Segurança do trabalho_sst Prof. Marcus Aurélio Conceitos Básicos de SST A Segurança do Trabalho pode ser entendida como o conjunto de medidas adotadas, visando minimizar os acidentes de trabalho,

Leia mais

COMISSÃO TRIPARTITE PERMANENTE DE NEGOCIAÇÃO DO SETOR ELETRICO NO ESTADO DE SP 153 Rediagramação prof. William Inácio, IFFluminense campus Campos

COMISSÃO TRIPARTITE PERMANENTE DE NEGOCIAÇÃO DO SETOR ELETRICO NO ESTADO DE SP 153 Rediagramação prof. William Inácio, IFFluminense campus Campos EMPRESA EMPREGADOS SESMT SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA E EM MEDICINA DO TRABALHO CIPA - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES EMPRESA Conforme o Art. 157 da CLT - Consolidação

Leia mais

CONSULTORIA EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO

CONSULTORIA EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Documentos legais: PPRA, LTCAT, PPP, PCMSO, E social; Monitoramento de Ruído, vibração, calor e químicos (NR 15) Emissão de laudos técnicos em atendimento a NR 15 e NR 16 Assistência técnica Pericial;

Leia mais

PERÍCIAS DE INSALUBRIDADE, PERICULOSIDADE E APOSENTADORIA ESPECIAL. Novas Diretrizes para Aposentadoria Especial

PERÍCIAS DE INSALUBRIDADE, PERICULOSIDADE E APOSENTADORIA ESPECIAL. Novas Diretrizes para Aposentadoria Especial PERÍCIAS DE INSALUBRIDADE, PERICULOSIDADE E APOSENTADORIA ESPECIAL Novas Diretrizes para Aposentadoria Especial PREVENRIO - 2004 RISCOS OCUPACIONAIS MECÂNICOS CAT=60% ERGONÔMICOS CAT=30% AMBIENTAIS (F/Q/B)

Leia mais

INTRODUÇÃO... 2 DADOS DA EMPRESA... 5 CONCEITOS E DEFINIÇÕES... 5 ESTRUTURA DO PPRA... 7 DESENVOLVIMENTO DO PPRA... 8 RECONHECIMENTO DOS RISCOS...

INTRODUÇÃO... 2 DADOS DA EMPRESA... 5 CONCEITOS E DEFINIÇÕES... 5 ESTRUTURA DO PPRA... 7 DESENVOLVIMENTO DO PPRA... 8 RECONHECIMENTO DOS RISCOS... SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 INTEGRAÇÃO PCMSO E PPRA... 3 RESPONSABILIDADES DA FLEX VIDA... 3 RESPONSABILIDADES DOS ASSOCIADOS DA FLEXVIDA... 4 DADOS DA EMPRESA... 5 CONCEITOS E DEFINIÇÕES... 5 ESTRUTURA DO

Leia mais

BEM-VINDO a mais um Curso

BEM-VINDO a mais um Curso BEM-VINDO a mais um Curso Saúde e Segurança no Trabalho para Órgãos Públicos Municipais Painel 2 Saúde e Segurança Ações para o Gestor Municipal PROFESSOR INSTRUTOR: RICARDO MARTINS Gerenciamento do Serviço

Leia mais

LAUDO DE CONCESSÃO DE ADICIONAL - UNIDADE - COMISSÃO PERMANENTE DE PESSOAL DOCENTE-CPPD

LAUDO DE CONCESSÃO DE ADICIONAL - UNIDADE - COMISSÃO PERMANENTE DE PESSOAL DOCENTE-CPPD UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA LAUDO DE CONCESSÃO DE ADICIONAL - UNIDADE - COMISSÃO PERMANENTE DE PESSOAL DOCENTE-CPPD Laudo 76/003/2012 2012 INSALUBRIDADE PERICULOSIDADE RADIAÇÃO IONIZANTE, GRATIFICAÇÃO

Leia mais

Uso de catalisador, hexametileno, poeiras, fumos, vapores, gases etc. Arranjo físico inadequado, iluminação inadequada, queda de objeto etc.

Uso de catalisador, hexametileno, poeiras, fumos, vapores, gases etc. Arranjo físico inadequado, iluminação inadequada, queda de objeto etc. AA DE RISCO ESTÃO 2012 AAZON SAND INDÚSTRIAL E COÉRCIO SETOR: LABORATÓRIO SÍBOLO QUÍICO BIOLÓICO ERONÔICO Ruído, calor, umidade etc. Uso de catalisador, hexametileno, poeiras, fumos, vapores, gases etc.

Leia mais

P REQUERIMENTO DE ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE Nº DO PROCESSO:

P REQUERIMENTO DE ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE Nº DO PROCESSO: P REQUERIMENTO DE ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE Nº DO PROCESSO: FUNCIONAL Nome: Siape: Reg. Jur.: Situação Funcional: Classe/Nível/Padrão: Função: Titulação: Cargo/Emprego: Câmpus: Setor:

Leia mais

Programa obrigatório em qualquer empresa que possua funcionários regidos pela CLT, independente da quantidade. Deve ser coordenado por Médico com

Programa obrigatório em qualquer empresa que possua funcionários regidos pela CLT, independente da quantidade. Deve ser coordenado por Médico com Saúde e Segurança no Trabalho Gestão de Segurança na Construção Civil e Seus Pontos Positivos PCMSO Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional O que é? Programa obrigatório em qualquer empresa que

Leia mais

ELABORAÇÃO DE UM MAPA DE RISCO DE UM LABORATÓRIO DE ENSINO DE QUÍMICA: PRATICANDO O CONHECIMENTO APRENDIDO EM SALA DE AULA

ELABORAÇÃO DE UM MAPA DE RISCO DE UM LABORATÓRIO DE ENSINO DE QUÍMICA: PRATICANDO O CONHECIMENTO APRENDIDO EM SALA DE AULA ELABORAÇÃO DE UM MAPA DE RISCO DE UM LABORATÓRIO DE ENSINO DE QUÍMICA: PRATICANDO O CONHECIMENTO APRENDIDO EM SALA DE AULA J. E. S. L. PINTO 1 ; J. J. R. COSTA 2 ; K. M. R. FRAZÃO 3 ; A. N. S. DANTAS 4

Leia mais