1. T~TULOS E CONTRATOS ELETRONICOS. 0 Advento da Informatica e seu lmpacto no Mundo Juridico. Newton De Lucca...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. T~TULOS E CONTRATOS ELETRONICOS. 0 Advento da Informatica e seu lmpacto no Mundo Juridico. Newton De Lucca..."

Transcrição

1 PREFACIO. Maria Helena Dink T~TULOS E CONTRATOS ELETRONICOS. 0 Advento da Informatica e seu lmpacto no Mundo Juridico. Newton De Lucca... I. Consideracoes introdutorias: a importancia do tema II. 0 problema da reflexao jusfilosofica sobre o novo... Ill - Reflexos da nova realidade digital nos diversos dominios do Direito... IV - As relacbes entre o Direito e a Cibernetica pensamento de Wiener A Jurimetria de Lee Loevinger A Juscibernetica de Mario Losano... V - A lnformatica bancaria e os Titulos de Credito Direito comparado: a Lettre de Change-Releve em Franca e a Lastschriftverkehr na Aleman ha A duplicata escritural no Brasil A nocao tradicional de documento e a nova nocao de documentos eletronicos... VI - Contratos eletronicos Contratos pela Internet e via computador A Lei modelo sobre o comercio eletrbnico da UNCITRAL [Comissi30 das Nacbes Unidas para o Direito Comercial International] A assinatura digital e a analise das principais questdes a respeito damateria... 54

2 8 DlRElTO & INTERNET VII - Alguns aspectos juridicos relevantes na elaboracao contratual pela Internet As partes Agentes intervenientes: A figura do provedor Local do estabelecimento Meios de prova e legislacao aplicavel Projetos de Lei em tramitacao no Congress0 Nacional Surgimento do chamado direito do espaco virtual... Vlll - Legislacao comparada sobre a documentacao eletrhica Alemanha Argentina ColBmbia Estados Unidos Franca ltalia Portugal IX - Tendencias doutrinarias e jurisprudenciais sobre a materia no Brasil X - A Protecao aos Consumidores da Internet - A criacao, no Brasil, do lnstituto Brasileiro de Protecao e Defesa dos Consumidores de Internet (IBCI]... XI - Bibliografia DAN0 A0 CONSUMIDOR POR INVASAO DO SITE OU DA REDE - lnaplicabilidade das Excludentes de Caso Fortuito ou Forca Maior - Adalberto SimBo Filho II - A Invasao do site... Ill - A doutrina do caso fortuito e forca maior NdcBes introdutorias Elementos gerais... IV - A conjugacao dos elementos doutrinarios ao fato da invasao Breves aspectos sobre a seguranca do site A postura do consumidor em assuntos de invasao A necessaria informacao ao consumidor sobre aspectos de seguranca... V - Notas conclusivas... VI - Bibliografia......

3 DlRElTO & INTERNET 9 3. CYBERCRIMES. Alexandre Jean Daoun e Renato M. S. Opice Blum INTERNET E SEGURANCA SAO COMPAT~VEIS?. Arthur Jose Concerino Introducao Seguranca das informacoes na Internet Nem so de hackers se alimenta a inseguranca A criatividade dos intrusos: meios de ataque [virus, worms e Cavalos,. de Tro~a] DDoS: a recente invasao de sites considerados seguros s ataques de hackers brasileiros dentro e fora do pais Seguranca da urna eletrhica Cartdes de credito: clonagem e as novas solucoes seguras Alguns meios para se proteger A normatizaca~ como instrumento de seguranca Conclusao DlRElTO A INTIMIDADE EM AMBIENTE DA INTERNET. Fabio Henrique Podesta Aspectos gerais A problematica envolvendo uma relacao de consumo Necessidade de discyplina legal. seguranca aos usuarios [consumidores] e colisao dos d~reitos Um caso pratico que aponta para a problematica da defesa da intimidade. A tutela inibitoria como novo instrumento processual cabivel Conclusdes ASPECTOS JUR~DICOS DA NEGOCIACAO DE VALORES MOBI- LIARIOS VIA INTERNET. Ilene Patricia de Noronha A CRlMlNALlDADE INFORMATICA. lvette Senise Ferreira I. IntroducBo II - Aspectos Criminologicos e Conceituais Direito Penal da lnformatica IV - 0s Crimes da lnformatica e os Sistemas de Classificacao V - 0s Atos llicitos da lnformatica: Especies

4 10. - OIREITO & INTERNET 1. Atos dirigidos contra um sistema de informatics Atos contra o computador Atos contra os dados ou programas do computador Atos ilicitos cometidos por intermedio de um sistema de infor-,. matlca As infracdes contra o patrimonio As infracaes contra a liberdade individual As infracaes contra a propriedade imaterial VI - 0s Crimes lnformaticos s crimes contra os programas de computador A violacao de direito de autor de programa de computador Formas qualificadas do delito de violacao crime de interceptacao inforrnatica Outras possibilidades VII - Consideracdes Finais: Aspectos Juridicos e ~ticos CONFLITOS ENTRE NOMES DE DOMINIO E OUTROS SlNAlS DlSTlNTlVOS. Jacques Labrunie... Introducao Breve Historic0 da Internet Funcao dos Nomes de Dominio Formacao do Nome de Dominio Regras do Registro de Nomes de Dominio Conflitos gerados por Nomes de Dominio Marcas Registradas... A) Pirataria... B] Coincidencia Nome Empresarial Nome Civil, Pseudonimo Personagem, Titulo de Obra Indicacao Geografica Proposta de Solucdes Juridicas dos Conflitos Marca... A) Pirataria B] Colncld&xia...

5 OIREITO & INTERNET I I 6.2. Nome Empresarial Nome Civil. Pseuddnimo Personagem. Titulo de Obra lndicacdes Geograficas Decisdes dos Tribunais Procedimento Revisional lnformacdes Recentes Projetos de Lei Estatisticas Como Registrar urn Novo Nome de Dominio junto a FAPESP Como Transferir um Nome de Dominio para outra Entidade Conclusdes Bibliografia ASPECTOS DA VALORACAO DO ESTABELECIMENTO COMER- ClAL DE EMPRESAS DA NOVA ECONOMIA. Jose Olinto de Toledo Ridolfo Notas Introdutorias Estabelecimento Comercial Classico e o Digital Elementos do Estabelecimento Comercial Digital Estabelecimento Comercial no ~mbito da Universalidade DinGmica aviamento digital A clientela s Bens Valoraveis na Empresa de Internet Elementos complementares Conclusdes Bibliografia EFICACIA PROBATORIA DOS CONTRATOS CELEBRADOS PELA INTERNET. Jose Rogerio Cruz e Tucci Introducao Estrutura juridica dos negocios via Internet Seguranca do E-Commerce Natureza e forca probante dos contratos eletrbnicos Conclusao Bibliografia......

6 12. DIREIT0 8 INTERNET / 11. CONSIDERACOES INlClAlS SOBRE A PROTECAO JUR~DICA.... DAS BASES DE DADOS. Manoel J Pereira dos Santos I. lntroducao II - Das Compilacdes as Bases de Dados EletrBnicas... Ill - Bases de Dados EletrBnicas e Programas de Computador... IV - Bases de Dados Originais e Nao Originais... V - A Protec30 do Conteudo das Bases de Dados... VI - A Quest20 da Dupla Protecao das Bases de Dados... VII - A Quest30 da Adequabilidade da Forma de Protecao.... Vlll - 0 regime das Bases de Dados no Direito Brasileiro IX - Conclus3o... X - Referencias Bibliograficas ESTABELECIMENTO TRIBUTARIO E SITES NA INTERNET. Marco Aurelio Greco Introducao Tributacao e conceitos de outros ramos do Direito Limites a liberdade definitoria do legislador tributario "Estabelecimento" - um conceit0 de apoio s sites da Internet Multiplicidade de dimensdes Multiplicidade de pessoas Estabelecimento e Constituicao Conceito de Direito Privado e art do CTN Se o site for estabelecimento Se o site nao for estabelecimento Ser destinatario de servico ou de bem de consumo ou ativo fixo.. 9. Estabelecimento e CTN Estabelecimento no IPI Definicao da LC nw7/96 para fins de ICMS Outros temas correlatos Conclusao ASPECTOS DA CRlSE DAS EMPRESAS DA NOVA ECONOMIA. Marcus Elidius Michelli de Almeida ! 1. NocBes Introdutorias

7 DlRElTO & INTERNET A Estruturacao da Empresa da Nova Economia Aspectos da criacao da empresa Aspectos do capital social da empresa da Nova Economia Aspectos Patrimoniais Esboco da Crise da Empresa Aspectos Falimentares de Relevo Possibilidade de Recuperacao Extrajudicial Possibilidade de Recuperacao Judicial Concordata Preventiva Continuacao de negocios Concordata Suspensiva A Falencia da Empresa e seus Reflexos Quanto aos bens e contratos Quanto a responsabilidade dos socios Conclusoes B~bliografia SlGlLO PROFISSIONAL DO ADVOGADO. 0 SEGREDO DO SEGREDO. E A REALIDADE PUBLICA DA CIBERNETICA. Maria Cristina Zucchi... I - 0 direito ao sigilo constitucionalmente tutelado... II - Nocao nuclear do conteudo do direito ao sigilo sigilo profissional do advogado... IV - A normatividade regente do sigilo profissional no Brasil....:.. V - 0 sigilo profissional do advogado nos Estados Unidos... VI - A Internet e o sigilo profissional do advogado Mensagens por enviadas entre o advogado e o cliente [enviadas e mantidas em confianca] ImplicacBes eticas no uso da lnternet quanto ao sigilo profissional do advogado Par8metros de cuidado no uso da Internet pelo advogado... a] Padrao comum de habilidade e pratica advocaticia... b) A doutrina do consentimento informado... c] Orientacao jurisprudential d) lmprevisibilidade da mensagem por atendimento ao cliente pela Internet... VII. Conclusoes... :

8 14 DlRElTO & INTERNET.. Vlll. Anexos. Legislacao. Sigilo profissional do advogado Constituicao Federal Estatuto da Advocacia e da OAB e Codigo de ~tica e Disciplina Codigo Civil - Codigo de Processo Civil - Codigo Penal - Codigo de Processo Penal IX - Bibliografia COMPETENCIA NO COMERCIO E NO AT0 l~iclt0 ELETRONICO. Paulo Henrique dos Santos Lucon I. Primeira Parte: Premissas Introduc Conceito de competencia II - Segunda Parte: Comercio Eletrcinico Comercio eletronico internacional: lei aplicavel e competencia Relacoes de consumo e seu carater indisponivel Contrato de adesao eletronico e com~etencia nas relacoes de consumo Competencia dos Juizados Especiais Civeis nos processes decorrentes de relacao de consumo ate o valor de quarenta salarios.. mlnlmos Ill. Terceira Parte: Atos llicitos nos Meios EletrBnicos ] 7. Forum delicti commissi Fundamentos da competencia do forum delicti commissi Forum delicti commissi e meios eletronicos IV - Bibliografia ASSINATURA DIGITAL E 0 TABELIAO VIRTUAL. Regis MagalhBes Soares de Queiroz I - Esclarecimento ~n~c~al Il - lntroducao '. Comercio eletronico ". Em busca da seguranca perdida '. Origem da Internet ". 0 problema da desmaterializacao: A inseguranca do suborte magnetic Ill - Documento eletronico: Criptografia, assinatura digital e autoridade certificadora

9 DlRElTO 8 INTERNET '. Documento eletrbnico: Requisitos para a sua validade juridica ". Rapida digressao sobre o direito comparado YCriptografia: 0 algoritmo da seguranca ". Ainda a criptografia: A chave assimetrica ". 0 controle sobre a criptologia Assinatura digital: ldentidade num universo de anonimato certificado digital e autoridade certificadora Validade do documento digitalmente assinado... IV - 0 direito constituendo e as autoridades certificadoras Projeto de Lei n V. 589/99. Conceitos basicos A assinatura digital no Projeto de Lei n". 589/ certificado eletrbnico no Projeto de Lei n V. 589/ A entidade certificadora privada e o tabeliao virtual: A dicotomia do Projeto de Lei nv.589/ V - Bibliografia INFORMATICA. CYBERLA W, *E-COMMERCE. Ricardo Luis Lorenzetti Parte I. Informatics. Cyberlaw. E-Commerce I. Novo direito. nova especialidade. novos conceitos problema da atitude A nova disciplina e a tecnolinguagem A regulamentacao na Internet 4. 0 comercio eletrbnico... II - 0 problema da atribuicao de autoria documento eletrbnico A assinatura digital Oeclaracao de vontade emitida automaticamente por um computador problema da celebracao nos contratos on-line Momento de conclusao do contrato Legislacao aplicavel IV - Protecao da propriedade intelectual e propriedade industrial s problemas autorais na Web Bens protegidos em sites e home pages e contratos de licenca Concorrencia desleal

10 16.- DlRElTO 8 INTERNET V. Protecao do consumidor RelacBes juridicas... I a. Com o provedor de acesso a Internet... I b. Com o provedor de bens e servicos Protecao contratual... 2a. Publicidade b. A aceitacao na pagina da Web (point and click agreements] 2c. As relacbes de consumo: o principio da confianca nos sistemas especializados d. As clausulas gerais e as abusivas Protecao da privacidade A responsabilidade pelo conteudo das home pages... Parte I1 - A lnformatica e a Internet nos Contratos I - A contratacao para a utilizacao de equipamentos e programas de informatica Bens e servicos de informatica a] 0 equipamento de informatica [hardware].... b] 0 programa (sofhn/are] c] A propriedade sobre os programas e dados... d) Servicos de informatica Diferentes tipos de contratos para utilizacao... a] Compra e venda de equipamentos de informatica... b) Cessao de direitos intelectuais sobre programas... c] ElaboracEio de um programa sob medida.... d) Cessao do usufruto de equipamentos e programas... el Locacao e leasing de equipamentos e programas... f) Contratos conexos g] Contrato de manutencao... h] Contrato de Escrow Aplicacao do direito de protecao ao usuario a) Contratos celebrados por adesao e de consumo b] Vicios e defeitos c] Dever de informacao Clausulas de protecao aos bens de informatica Entrega e colocaceio em funcionamento problema da extensao da responsabilidade

11 DIREITO & INTERNET 17 Parte 111. Anexo a edicbo brasileira Lei nq 9.609, de Dispbe sobre a protecbo da propriedade intelectual de programa de computador. sua comercializacbo no Pais e da outras provid&cias A INVlOLABlLlDADE DE CORRESPONDENCIA NA INTERNET. Roberto Senise Lisboa A sociedade de informacao, a telematica e os direitos da personalidade 2. 0 direito fundamental de intimidade A inviolabilidade de correspondhcia como direito a intimidade A comunicacao entre os usuarios da Internet e a invasao da privacidade A comunicaci30 direta ou sincronizada - os "bate-papos" e as con- -. ferenc~as em grupo A comunicacao nao-sincronizada - s e mensagens em foruns 5. 0 questionario pessoal como pressuposto de acesso ao produto ou servico empregador e a invasao da privacidade do empregado usuario da rede s hackers e a espionagem civil e industrial argument0 da supervisao da informacao transmitida pelo usuario: seguranca da empresa, da rede ou o surgimento do "grande irmao" virtual? Responsabilidade civil pela violacao de Conclus6es finais Bibliografia... POSFACIO INTERNET. ASPECTOS LEGISLATIVOS. Michel Temer... I. Visao Geral... II. integra do Anteprojeto de Lei. Dispbe sobre o comercio eletrbnico. a validade juridica do documento eletr6nico e a assinatura digital. e da outras provid6ncias Titulo I - DefinicBes Gerais [arts. 1 % e2"] Capitulo I - Do Ambit0 de Aplicacao [art. I"]... Capitulo II - Dos Principios Gerais [art Titulo I1 - Comercio EletrBnico [arts. 3% Capitulo I - Da Desnecessidade de Autorizacao Previa [art Capitulo II - Das Informac6es Previas [art. 4"...

12 18 DlRElTO & INTERNET I Capitulo 111. Das InformacBes Privadas do Destinatario [art Capitulo IV. Da Contratacao Eletronica [arts. 6% a8"] Capitulo V. Dos lntermediarios [arts. 9% Capitulo VI. Das Normas de Protecao e de Defesa do Consumidor [art Titulo 111. Documentos EletrGnicos [arts. 14 a 23) Capitulo I. Da Eficacia Juridica dos Documentos EletrBnicos [arts. 14 a Capitulo II. Da Falsidade dos Documentos Eletronicos [arts. 2 1 a 231 Titulo IV. Certificados Eletronicos [arts. 24 a Capitulo I. Dos Certificados Eletronicos Privados [art Capitulo II. Dos Certificados Eletrdnicos Publicos [arts. 25 a Secao I. Das CertificacBes EletrBnicas pelo Tabeliao [arts. 25 e Secao II. Da Revogacao de Certificados EletrBnicos [arts. 27 a 30)... Secao Ill. Do Encerramento das Atividades de Certificacao [arts. 31 e Secao IV. Da Autenticacao EletrGnica [arts. 33 e Secao V. Da Responsabilidade dos Tabeliaes [art. 35)... Secao VI. Dos Registros Eletronicos [art Titulo V. Autoridades Competentes [arts. 37 a Capitulo I. Do Poder Judiciario [art Capitulo II. Do Ministerio da Ciencia e Tecnologia [arts. 38 a Titulo VI. SancBes Administrativas [arts. 41 e 42) Titulo VII. SancBes Penais [arts. 43 a 49) Titulo Vlll. DisposicBes Gerais [arts. 50 e Titulo IX. Disposicdes Finais [arts. 52 e Ill. Just~f~cacao... APENDICE EMENTARIO H~STOR~CO DA LEGISLACAO BRASlLElRA Propriedade Industrial Patente e Desenho Industrial Marcas e Indicacao Geografica... e 4. Transferencia de Tecnologia Programas de Computador Disposicoes Transitorias ResolucBes e Portarias

Universidade de Cruz Alta UNICRUZ Centro de Ciências Agrárias, Exatas e da Terra Curso de Ciência da Computação PLANO DE ENSINO

Universidade de Cruz Alta UNICRUZ Centro de Ciências Agrárias, Exatas e da Terra Curso de Ciência da Computação PLANO DE ENSINO Universidade de Cruz Alta UNICRUZ Centro de Ciências Agrárias, Exatas e da Terra Curso de Ciência da Computação PLANO DE ENSINO Curso: Ciência da Computação Disciplina: Direito Aplicado à Informática Período:

Leia mais

Proteção do Sigilo de Informações e Marco Civil da Internet

Proteção do Sigilo de Informações e Marco Civil da Internet Proteção do Sigilo de Informações e Marco Civil da Internet 2 Não há lei brasileira que regule a atividade de navegação na internet ou traga disposições específicas e exclusivas sobre os dados que circulam

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACADÊMICOS Palestras e Cursos de Atualização. Carga horária: Haverá adequação de carga horária conforme conteúdo contratado.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACADÊMICOS Palestras e Cursos de Atualização. Carga horária: Haverá adequação de carga horária conforme conteúdo contratado. CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACADÊMICOS Palestras e Cursos de Atualização Carga horária: Haverá adequação de carga horária conforme conteúdo contratado. 1. Privacidade Online, Monitoramento eletrônico e Quebra

Leia mais

CONTEÚDOS PARA TREINAMENTOS, CURSOS DE CAPACITAÇÃO, PALESTRAS

CONTEÚDOS PARA TREINAMENTOS, CURSOS DE CAPACITAÇÃO, PALESTRAS CONTEÚDOS PARA TREINAMENTOS, CURSOS DE CAPACITAÇÃO, PALESTRAS Os conteúdos listados abaixo são uma prévia dos temas e podem ser adequados ao cliente de acordo com o perfil e demanda da empresa/instituição.

Leia mais

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 28/05/2012 14:09 Página: 1 de 6. Colegiado: COLEGIADO DE DIREITO Curso:

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 28/05/2012 14:09 Página: 1 de 6. Colegiado: COLEGIADO DE DIREITO Curso: 1 de 6 Nível:BACHARELADO Início: 20021 01 DIT101 - Introdução ao Direito - Ativa desde: Atividade Pedagógica DIT102 - Filosofia - Ativa desde: DIT103 - Metodologia Científica - Ativa desde: DIT104 - Ciência

Leia mais

Ementário do curso de

Ementário do curso de Introdução ao Estudo de I Fase: I Carga Horária: 60 h/a Créditos: 04 A sociedade. e ordem jurídica. Conceito de justiça. e moral. Fontes do. Positivo. objetivo e subjetivo. Público e Privado. Capacidade

Leia mais

SUGESTÃO PARA O DESENVOLVIMENTO PROGRAMA DE ENSINO DE DIREITO COMERCIAL. Da especificação dos temas do programa proposto para o Semestre (único)

SUGESTÃO PARA O DESENVOLVIMENTO PROGRAMA DE ENSINO DE DIREITO COMERCIAL. Da especificação dos temas do programa proposto para o Semestre (único) Carga Horária Período Semestre (único) SUGESTÃO PARA O DESENVOLVIMENTO PROGRAMA DE ENSINO DE DIREITO COMERCIAL Da especificação dos temas do programa proposto para o Semestre (único) A dicotomia do Direito

Leia mais

Direito Digital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Direito Digital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Direito Digital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Direito Digital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Noções de Direito e Legislação da Informática FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Noções de Direito e Legislação da Informática FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LUIZ GUILHERME JULIANO PIROZZELLI TULIO TSURUDA WISLIY LOPES Noções de Direito e Legislação da Informática GOIÂNIA JUNHO DE 2014 RELACIONAR

Leia mais

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 494, de 2008

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 494, de 2008 1 Disciplina a forma, os prazos e os meios de preservação e transferência de dados informáticos mantidos por fornecedores de serviço a autoridades públicas, para fins de investigação de crimes praticados

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 DIREITO ADMINISTRATIVO...17 Fernando Ferreira Baltar Neto e Ronny Charles Lopes de Torres 1. Direito Administrativo e o Regime Jurídico-Administrativo...17

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA Visão teórica, e tanto quanto possível prática, dos principais temas relacionados à introdução ao estudo do Direito Comercial.

PLANO DE ENSINO EMENTA Visão teórica, e tanto quanto possível prática, dos principais temas relacionados à introdução ao estudo do Direito Comercial. Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Direito Empresarial I Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Empresarial Área: Privado PLANO DE ENSINO EMENTA Visão teórica, e tanto quanto

Leia mais

RESENHA A INTERNET À LUZ DO DIREITO CONSTITUCIONAL E CIVIL 1

RESENHA A INTERNET À LUZ DO DIREITO CONSTITUCIONAL E CIVIL 1 RESENHA A INTERNET À LUZ DO DIREITO CONSTITUCIONAL E CIVIL 1 Fabiana Rikils 2 Elói Martins Senhoras 3 A internet tem produzido uma crescente transformação fática na sociedade global que repercute em diferentes

Leia mais

Direito Administrativo Flávia Cristina Moura de Andrade e Lucas dos Santos Pavione

Direito Administrativo Flávia Cristina Moura de Andrade e Lucas dos Santos Pavione 9 Sumário Autores... 5 Nota à 3ª Edição... 17 Apresentação DA obra... 19 Direito Administrativo Flávia Cristina Moura de Andrade e Lucas dos Santos Pavione Princípios do Direito Administrativo... 23 Poderes

Leia mais

Ementário do curso de

Ementário do curso de Introdução ao Estudo de I Ementário do curso de A sociedade. e ordem jurídica. Conceito de justiça. e moral. Fontes do. Positivo. objetivo e subjetivo. Público e Privado. Capacidade das pessoas. Filosofia

Leia mais

PRIVACIDADE LEGISLAÇÃO BRASILEIRA. Patrícia Schmitt Freitas e Schmitt Advogados

PRIVACIDADE LEGISLAÇÃO BRASILEIRA. Patrícia Schmitt Freitas e Schmitt Advogados PRIVACIDADE LEGISLAÇÃO BRASILEIRA Patrícia Schmitt Freitas e Schmitt Advogados o direito que cada um tem sobre seu nome, sua imagem, sua intimidade, sua honra e sua reputação, sua própria biografia, e

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES PROJETO DE LEI Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 o Esta Lei estabelece princípios,

Leia mais

TERRAS COELHO ADVOGADOS é uma sociedade de

TERRAS COELHO ADVOGADOS é uma sociedade de TERRAS COELHO ADVOGADOS é uma sociedade de advogados voltada para os mais variados ramos do direito, com atuação preventiva e contenciosa em todo o território nacional. Sociedade nascida da união de profissionais

Leia mais

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição SUMÁRIO Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição Apresentação - Marco Antonio Araujo Junior Sobre os autores 1.1 Introdução princípios e poderes 1.2 Ato administrativo 1.3 Organização da Administração

Leia mais

Segurança Cibernética X Segurança Legal. Adriana de Moraes Cansian Advogada OAB/SP 332.517 adriana@cansian.com

Segurança Cibernética X Segurança Legal. Adriana de Moraes Cansian Advogada OAB/SP 332.517 adriana@cansian.com Segurança Cibernética X Segurança Legal Adriana de Moraes Cansian Advogada OAB/SP 332.517 adriana@cansian.com Agenda Introdução: por que devemos nos preocupar? Questões Cíveis. QuestõesTrabalhistas. O

Leia mais

I IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DIREITO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL II EMENTA

I IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DIREITO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL II EMENTA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DEPARTAMENTO DE DIREITO Campus Universitário - Trindade - Caixa Postal 476 88040-900 - Florianópolis - Santa

Leia mais

Evento inédito com enfoque nos principais impactos das implicações legais relacionadas ao universo digital. 8 e 9 de Outubro de 2013 São Paulo SP

Evento inédito com enfoque nos principais impactos das implicações legais relacionadas ao universo digital. 8 e 9 de Outubro de 2013 São Paulo SP Evento inédito com enfoque nos principais impactos das implicações legais relacionadas ao universo digital Conferência Direito Digital e Novas Tecnologias 8 e 9 de Outubro de 2013 São Paulo SP Panorama

Leia mais

Monitoramento Eletrônico. Sugestões para controle de e-mails e recursos tecnológicos

Monitoramento Eletrônico. Sugestões para controle de e-mails e recursos tecnológicos Monitoramento Eletrônico Sugestões para controle de e-mails e recursos tecnológicos Monitoramento Eletrônico Sugestões para controle do uso de e-mails e recursos tecnológicos em benefício da empresa e

Leia mais

Dr. Guilherme Augusto Gonçalves Machado advogado mestrando em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito Milton Campos

Dr. Guilherme Augusto Gonçalves Machado advogado mestrando em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito Milton Campos $ 5(63216$%,/,'$'( &,9,/ '2 3529('25 '( $&(662,17(51(7 Dr. Guilherme Augusto Gonçalves Machado advogado mestrando em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito Milton Campos A Internet se caracteriza

Leia mais

SOCIEDADE ENTRE CÔNJUGES

SOCIEDADE ENTRE CÔNJUGES DIREITO SOCIETÁRIO DIREITO SOCIETÁRIO Sociedade empresária/ Empresário individual Distinção entre a sociedade simples e a sociedade empresária objeto social art.982 CC/02 Duas exceções p.único do art.982

Leia mais

CRIMES NA INTERNET. 1. Desenvolvimento

CRIMES NA INTERNET. 1. Desenvolvimento CRIMES NA INTERNET * James Nogueira Bueno ** Vânia Maria Bemfica Guimarães Coelho 1 Resumo Este trabalho apresenta a dimensão ética contida nos espaços e suportes informacionais trazido à realidade do

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL APRESENTAÇÃO EMENTA

DIREITO EMPRESARIAL APRESENTAÇÃO EMENTA EMPRESARIAL NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSORES-AUTORES: Telder Andrade Lage Ana Luisa Coelho Perim Fabiano Eustáquio Zica Silva APRESENTAÇÃO O direito empresarial, ramo do direito

Leia mais

PLANO DE ENSINO - Curso Semestral 2015

PLANO DE ENSINO - Curso Semestral 2015 21/02/2011 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - Curso Semestral 2015 Disciplina DIREITO DE EMPRESA Curso Graduação Período 3º PERÍODO Eixo de Formação EIXO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL Turma A, B e D Código 076

Leia mais

RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br

RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br 1 A INTERNET NÃO É UM MUNDO SEM LEIS!!! 11/7/2014 2 INVASÃO FÍSICA OU ELETRÔNICA? X X 11/7/2014 3 Lei 12.737/12 CRIME DE INVASÃO Violação de domicílio Pena - detenção,

Leia mais

MARCO CIVIL DA INTERNET PROTEÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS E MARCAS. RODRIGO BORGES CARNEIRO rcarneiro@dannemann.com.br

MARCO CIVIL DA INTERNET PROTEÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS E MARCAS. RODRIGO BORGES CARNEIRO rcarneiro@dannemann.com.br MARCO CIVIL DA INTERNET PROTEÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS E MARCAS RODRIGO BORGES CARNEIRO rcarneiro@dannemann.com.br MARCO CIVIL - LEI 12.965/14 Constituição da Internet Estabelece princípios, garantias,

Leia mais

Capítulo III DIREITO DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL

Capítulo III DIREITO DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL Sumário Capítulo I EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO DIREITO COMERCIAL 1. Origens do direito comercial 2. Da definição do regime jurídico dos atos de comércio 2.1. Definição e descrição dos atos de comércio e sua

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO CURSO DIREITO DISCIPLINA DIREITO EMPRESARIAL IV PROFESSOR Ms. TATYANE KAREN DA SILVA

Leia mais

Crimes Cibernéticos - Proteção Legal no Brasil

Crimes Cibernéticos - Proteção Legal no Brasil Combatendo Crimes Cibernéticos Proteção Legal no Brasil André Machado Caricatti Jorilson da Silva Rodrigues Crimes Cibernéticos - Proteção Legal no Brasil Objetivo do Trabalho Utilizar um modelo de referência

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2011

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2011 Minuta PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2011 Altera a Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1990 (Código de Defesa do Consumidor), para dispor sobre o comércio eletrônico. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art.

Leia mais

MARINHA DO BRASIL SECRETARIA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIAE INOVAÇÃO DA MARINHA NORMAS PARA PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL NA MB

MARINHA DO BRASIL SECRETARIA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIAE INOVAÇÃO DA MARINHA NORMAS PARA PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL NA MB Anexo(5), da Port nº 26/2011, da SecCTM MARINHA DO BRASIL SECRETARIA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIAE INOVAÇÃO DA MARINHA NORMAS PARA PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL NA MB 1 PROPÓSITO Estabelecer orientações

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO IMOBILIÁRIO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO IMOBILIÁRIO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO IMOBILIÁRIO OBJETIVO Diante da extraordinária expansão do mercado imobiliário e da maior complexidade jurídica de seus principais mecanismos e contratos, é imperiosa e necessária

Leia mais

PARTE I DO DIREITO PRIVADO

PARTE I DO DIREITO PRIVADO PARTE I INTRODUÇÃO ÍNDICE SISTEMÁTICO AO ESTUDO DO DIREITO PRIVADO O DIREITO ÍNDICE E AS SUAS FONTES Objecto e plano do curso... 21 PARTE I INTRODUÇÂO AO ESTUDO DO DIREITO PRIVADO TÍTULO I O DIREITO E

Leia mais

Políticas de Segurança a da Informação e Aspectos Legais. Qual é o impacto para a sua empresa? Paulo Roberto Runge Filho

Políticas de Segurança a da Informação e Aspectos Legais. Qual é o impacto para a sua empresa? Paulo Roberto Runge Filho Políticas de Segurança a da Informação e Aspectos Legais Qual é o impacto para a sua empresa? Paulo Roberto Runge Filho Qual é o patrimônio mais importante dentro da sua empresa? A informação representa

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO POR MEIO ELETRÔNICO DE CADASTRO DE CURRÍCULO E VAGAS (USUÁRIO GRATUITO)

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO POR MEIO ELETRÔNICO DE CADASTRO DE CURRÍCULO E VAGAS (USUÁRIO GRATUITO) CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO POR MEIO ELETRÔNICO DE CADASTRO DE CURRÍCULO E VAGAS (USUÁRIO GRATUITO) Este Contrato disciplina os termos e condições mediante as quais o Liceu Braz Cubas com sede em

Leia mais

Monitoramento de e-mail corporativo

Monitoramento de e-mail corporativo Monitoramento de e-mail corporativo Mario Luiz Bernardinelli 1 (mariolb@gmail.com) 12 de Junho de 2009 Resumo A evolução tecnológica tem afetado as relações pessoais desde o advento da Internet. Existem

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:55. Centro de Ciências Jurídicas Direito (Noturno)

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:55. Centro de Ciências Jurídicas Direito (Noturno) Curso: DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências Jurídicas Direito (Noturno) Ano/Semestre: 0/ 0/0/0 : s por Curso DIR.000.00.00- DIR.000.00.00- DIR.00.00.00- DIR.00.00.00- ECO.0.00.00- PDE.000.00.000-0

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS. CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS. CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS Orientador Empresarial CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac INSTRUÇÃO NORMATIVA SRF nº 580/2005

Leia mais

Administrativo. Atualidades. Política 53,85 Segurança Pública 30,77 Relações Internacionais 7,69 Educação 7,69. Direito Civil

Administrativo. Atualidades. Política 53,85 Segurança Pública 30,77 Relações Internacionais 7,69 Educação 7,69. Direito Civil INCIDÊNCIA DE QUESTÕES - Delegado Federal Administrativo Organização-Administração Pública 15,79 Ato Administrativo 15,79 Improbidade Administrativa 15,79 Princípios 10,53 Licitação 10,53 Serviço Público

Leia mais

Internet das Coisas e Privacidade. Ministério Público Federal

Internet das Coisas e Privacidade. Ministério Público Federal Internet das Coisas e Privacidade Ministério Público Federal Ministério Público Federal Órgão de acusação, primordialmente. Peculiaridade no Brasil - Órgão com atribuição para tutela coletiva dos interesses

Leia mais

PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015

PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015 21/02/2011 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL - 2015 Disciplina FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS Código 92 Curso Graduação Série 5º Período Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional

Leia mais

A- SUBPROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA JURÍDICA ATO NORMATIVO Nº 706/2011-PGJ, DE 29 DE JULHO DE 2011 (Protocolado nº 80.329/11)

A- SUBPROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA JURÍDICA ATO NORMATIVO Nº 706/2011-PGJ, DE 29 DE JULHO DE 2011 (Protocolado nº 80.329/11) A- SUBPROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA JURÍDICA ATO NORMATIVO Nº 706/2011-PGJ, DE 29 DE JULHO DE 2011 (Protocolado nº 80.329/11) Texto compilado até o Ato (N) nº 791/2013 PGJ de 11/10/2013 Estabelece normas

Leia mais

Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira Grade Curricular. Faculdade de Ciências Humanas de Itabira

Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira Grade Curricular. Faculdade de Ciências Humanas de Itabira Renovação de Reconhecimento - Portaria Nº 46 de 14/02/13 - DOU - Nº 31 de 15/02/13 - Seção 1, p.17. Emissão: 06/01/15 11:12 Página: 1/5 0 GDIR083 s Humanos () 0 GDIR084 da Criança e do Adolescente () 0

Leia mais

JORNADA DIVERSIDADE CULTURAL E NOVAS TECNOLOGIAS VERA KAISER SANCHES KERR

JORNADA DIVERSIDADE CULTURAL E NOVAS TECNOLOGIAS VERA KAISER SANCHES KERR SOMOS PRIVACIDADE ANÔNIMOS DE NA DADOS INTERNET? VERA KAISER SANCHES KERR SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO Características Redução considerável do custo da transmissão de dados Uso das tecnologias de armazenamento

Leia mais

SEGURANÇA A E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SEGURANÇA A E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Capítulo 14 SEGURANÇA A E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 14.1 2003 by Prentice Hall OBJETIVOS Por que sistemas de informação são tão vulneráveis veis a destruição, erro, uso indevido e problemas de

Leia mais

Lei 9609, Lei 9610, Lei 12.737 e Marco Cívil da Internet

Lei 9609, Lei 9610, Lei 12.737 e Marco Cívil da Internet Faculdade de Tecnologia Lei 9609, Lei 9610, Lei 12.737 e Marco Cívil da Internet Alunos: Anderson Mota, André Luiz da Silva, Misael Bezerra, Rodrigo Damasceno Kaji. GTI 5 Noturno Noções de Direito Prof.

Leia mais

Aspectos Jurídicos no Uso de Dispositivos Pessoais no Ambiente Corporativo. Dra. CRISTINA SLEIMAN. Dra. Cristina Sleiman Diretora Executiva

Aspectos Jurídicos no Uso de Dispositivos Pessoais no Ambiente Corporativo. Dra. CRISTINA SLEIMAN. Dra. Cristina Sleiman Diretora Executiva Comissão de Direito eletrônico E Crimes de Alta Tecnologia Aspectos Jurídicos no Uso de Dispositivos Pessoais no Ambiente Corporativo Dra. CRISTINA SLEIMAN Dra. Cristina Sleiman Diretora Executiva SP,

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: Obra24horas Soluções Web para Engenharia Ltda., com sede na Rua Formosa, 75 1º andar

Leia mais

Curso. Engenharia. Código GH2

Curso. Engenharia. Código GH2 Departamento Curso Formação Geral Engenharia Disciplina Código Engenharia Legal GH2 Docentes Alexandre Belmonte Siphone (Prof. Responsável) Leonardo Henriques da Silva Matéria Ciências Humanas Carga Horária

Leia mais

TERRAS COELHO ADVOGADOS é uma sociedade de

TERRAS COELHO ADVOGADOS é uma sociedade de TERRAS COELHO ADVOGADOS é uma sociedade de advogados devidamente registrada da Ordem dos Advogados do Brasil sob o nº 15.196, e atual nos mais variados ramos do direito, com atuação preventiva e contenciosa

Leia mais

Segurança e Responsabilidade Civil nas Transações via Internet. Copyright Renato da Veiga Advogados, 2005

Segurança e Responsabilidade Civil nas Transações via Internet. Copyright Renato da Veiga Advogados, 2005 Segurança e Responsabilidade Civil nas Transações via Internet Copyright Renato da Veiga Advogados, 2005 Apresentação RENATO DA VEIGA ADVOGADOS início das atividades: 1987; titular: Renato da Veiga, OAB/RS

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Breves comentários aos contratos eletrônicos Alessandro Fonseca* Conceito e Contratação nos dias atuais Conceito de contrato eletrônico Antes de abordar o conceito de contrato eletrônico,

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Regente: Professora Doutora Maria Luísa Duarte Colaboradores: Professora Doutora Ana Gouveia Martins; Mestre Ana Soares Pinto;

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Somos um escritório jurídico que reúne especialistas nos mais diversos ramos do direito empresarial. Priorizamos a ética nas relações com os clientes e nos dedicamos muito ao

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO CURRÍCULO Nº 6 DISCIPLINAS ELETIVAS, SEMINÁRIOS E SELETIVAS. DISCIPLINAS ELETIVAS Código Disciplina C/H Créditos

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO CURRÍCULO Nº 6 DISCIPLINAS ELETIVAS, SEMINÁRIOS E SELETIVAS. DISCIPLINAS ELETIVAS Código Disciplina C/H Créditos MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO CURRÍCULO Nº 6 DISCIPLINAS ELETIVAS, SEMINÁRIOS E SELETIVAS DISCIPLINAS ELETIVAS Código Disciplina C/H Créditos 1700 MEDICINA LEGAL Introdução, conceito e alcance

Leia mais

lumario PARTE 1 Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO 3 1.1 Noções Preliminares 3

lumario PARTE 1 Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO 3 1.1 Noções Preliminares 3 lumario PARTE 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO 3 1.1 Noções Preliminares 3 1.2. Distinção entre Moral e Direito 4 1.3. Os Diversos Usos da Palavra Direito 5

Leia mais

STJ00098933 TARCISIO TEIXEIRA

STJ00098933 TARCISIO TEIXEIRA TARCISIO TEIXEIRA Mestre e doutor em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito da USP. Pós-graduado em Direito Empresarial pela Escola Paulista da Magistratura - EPM. Palestrante e professor universitário

Leia mais

SOCIEDADE VIRTUAL: UMA NOVA REALIDADE PARA A RESPONSABILIDADE CIVIL

SOCIEDADE VIRTUAL: UMA NOVA REALIDADE PARA A RESPONSABILIDADE CIVIL SOCIEDADE VIRTUAL: UMA NOVA REALIDADE PARA A RESPONSABILIDADE CIVIL FABRICIO DOS SANTOS RESUMO A sociedade virtual, com suas relações próprias vem se tornando uma nova realidade para a responsabilidade

Leia mais

DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO Prof. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com Bens jurídicos peculiares à informática Crimes digitais e suas modalidades Relações

Leia mais

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do sinal indicativo de crase Sintaxe da oração e

Leia mais

SEGURANÇA E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SEGURANÇA E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SEGURANÇA E CONTROLE EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 OBJETIVOS 1. Por que sistemas de informação são tão vulneráveis a destruição, erro, uso indevido e problemas de qualidade de sistemas? 2. Que tipos de controles

Leia mais

CULTURA DIGITAL É CULTURA LIVRE?

CULTURA DIGITAL É CULTURA LIVRE? CULTURA DIGITAL É CULTURA LIVRE? Seminário: A cultura além do digital Recife: 06/12 e Rio:07/12 2 Para começar a debater o assunto, devemos nos lembrar que a questão é ainda muito recente no Brasil, o

Leia mais

Sumário NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 15 NOTA PRÉVIA... 19 PREFÁCIO... 21 APRESENTAÇÃO... 23

Sumário NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 15 NOTA PRÉVIA... 19 PREFÁCIO... 21 APRESENTAÇÃO... 23 Sumário NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 15 NOTA PRÉVIA... 19 PREFÁCIO... 21 APRESENTAÇÃO... 23 CAPÍTULO I... 25 1. Novos riscos, novos danos... 25 2. O Estado como responsável por danos indenizáveis... 26 3.

Leia mais

I Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações

I Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações I Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações OBJETIVO Identificar os aspectos jurídicos e éticos relacionados à Segurança da Informação e Comunicações que impliquem em responsabilidades civil,

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO... 15

Sumário APRESENTAÇÃO... 15 Sumário APRESENTAÇÃO... 15 Capítulo 1 DIREITO EMPRESARIAL... 17 1. Evolução histórica... 17 2. Evolução do Direito Comercial no Brasil... 18 3. Fontes... 21 4. Conceito e autonomia... 22 5. Questões...

Leia mais

Perícia Judicial Contábil: ênfase na nova regulamentação de falências e concordatas

Perícia Judicial Contábil: ênfase na nova regulamentação de falências e concordatas Perícia Judicial Contábil: ênfase na nova regulamentação de falências e concordatas Prof.: Ms. Marcelo Francisco Nogueira 9º Congresso de Iniciação e Produção Científica 8º Seminário de Extensão da Metodista

Leia mais

OAB. 2 a FASE PRÁTICA CIVIL E EMPRESARIAL. Wander Garcia. 3 a Edição 2012. Wander Garcia, Robinson Barreirinhas e Henrique Subi

OAB. 2 a FASE PRÁTICA CIVIL E EMPRESARIAL. Wander Garcia. 3 a Edição 2012. Wander Garcia, Robinson Barreirinhas e Henrique Subi na Wander Garcia Coordenador da coleção Como Passar OAB 3 a Edição 2012 2 a FASE PRÁTICA CIVIL E EMPRESARIAL Wander Garcia, Robinson Barreirinhas e Henrique Subi SUMÁRIO ORIENTAÇÕES AO EXAMINANDO...15

Leia mais

Proteção do consumidor no comércio eletrônico e as limitações do Decreto 7.962/2013

Proteção do consumidor no comércio eletrônico e as limitações do Decreto 7.962/2013 Proteção do consumidor no comércio eletrônico e as limitações do Decreto 7.962/2013 2013 Ivanildo Figueiredo Mestre e Doutorando em Direito (UFPE) Professor de Direito da Informática e Direito Empresarial

Leia mais

LEI DE PROGRAMA DE COMPUTADOR

LEI DE PROGRAMA DE COMPUTADOR LEI DE PROGRAMA DE COMPUTADOR LEI Nº 9.609, de 19 de fevereiro de 1998 Dispõe sobre a proteção de propriedade intelectual de programa de computador, sua comercialização no País, e dá outras providências.

Leia mais

A Internet e o sistema de justiça

A Internet e o sistema de justiça Direito da Comunicação A Internet e o sistema de justiça A questão da prova digital 17 de Maio de 2012 Docente: Doutora Maria Eduarda Gonçalves Discente: Edgar Rodrigues, n.º 001137 nos anos iniciais de

Leia mais

DIREITO FALIMENTAR. Conceito de falência. Direito Falimentar - Prof. Armindo AULA 1 1. Falência (do latim fallere e do grego sphallein ):

DIREITO FALIMENTAR. Conceito de falência. Direito Falimentar - Prof. Armindo AULA 1 1. Falência (do latim fallere e do grego sphallein ): DIREITO FALIMENTAR ARMINDO DE CASTRO JÚNIOR E-mail: armindocastro@uol.com.br Homepage: www.armindo.com.br Facebook: Armindo Castro Celular: (82) 9143-7312 Conceito de falência Falência (do latim fallere

Leia mais

Grade Curricular. Código Disciplina Créditos Carga TR101 FUNDAMENTOS DA CIÊNCIA POLÍTICA 4 04/00 TR109 DIREITO CONSTITUCIONAL II 4 04/00

Grade Curricular. Código Disciplina Créditos Carga TR101 FUNDAMENTOS DA CIÊNCIA POLÍTICA 4 04/00 TR109 DIREITO CONSTITUCIONAL II 4 04/00 Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular Curso : DIREITO - TRÊS RIOS CÓD. REGISTRO INEP: Contato: coord.dir.itr@yahoo.com.br Telefone: (24) 2255-3677 VAGAS 1º Sem.: 45 2º Sem.: 0 TEMPO (Períodos)

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, HOSPEDAGEM DE SITE COMPARTILHADA

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, HOSPEDAGEM DE SITE COMPARTILHADA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, HOSPEDAGEM DE SITE COMPARTILHADA PRESTADORA DNSLINK SOLUÇÕES PARA INTERNET LTDA., inscrita no CNPJ sob o nº. 11.170.163/0001-39, com sede na Av. Jequitibá 685, sala 328,

Leia mais

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação.

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação. 1. Com relação a segurança da informação, assinale a opção correta. a) O princípio da privacidade diz respeito à garantia de que um agente não consiga negar falsamente um ato ou documento de sua autoria.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS CATU

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS CATU MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS CATU Segurança e Desafios Éticos de e-business Profª. Eneida Rios Crimes

Leia mais

TERMO DE USO PORTALRX

TERMO DE USO PORTALRX TERMO DE USO PORTALRX Nossa empresa, SOLLIS Soluções Integradas à Saúde Ltda. ( SOLLIS ), pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o n.11.712.447/0001-00, com sede na Av. professor Lineu

Leia mais

II - os direitos humanos e o exercício da cidadania em meios digitais;

II - os direitos humanos e o exercício da cidadania em meios digitais; 1 TEXTO ORIGINAL PROPOSTA DO RELATOR Projeto de Lei 2.126 de 2011 Substitutivo ao Projeto de Lei 2.126 de 2011 Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. O Congresso

Leia mais

Sumário. Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição...

Sumário. Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição... Sumário Agradecimentos... 11 Coleção sinopses para concursos... 13 Guia de leitura da Coleção... 15 Nota dos autores à 3ª edição... 17 Capítulo I OPÇÃO METODOLÓGICA... 19 Parte I DIREITO DAS OBRIGAÇÕES

Leia mais

Dreaming in Digital, Living in Real Time, Thinking in Binary, Talking in IP? Welcome to your wolrd!

Dreaming in Digital, Living in Real Time, Thinking in Binary, Talking in IP? Welcome to your wolrd! Dreaming in Digital, Living in Real Time, Thinking in Binary, Talking in IP? Welcome to your wolrd! Leis de Software U M A V I S Ã O D O S A S P E C T O S R E G U L A T Ó R I O S D A T E C N O L O G I

Leia mais

Pergunta do professor - Qual a diferença entre interceptação telefônica e escuta telefônica?

Pergunta do professor - Qual a diferença entre interceptação telefônica e escuta telefônica? Universidade de Brasília UnB Faculdade de Direito Direito Administrativo 3 Turno: Noturno Grupo 3: Eliane Regis de Abreu 10/0099475 Isabel Rocha 10/0105432 Luisa Mendes Lara 10/0112781 Matheus Coelho 10/0115829

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE. As partes deste Contrato de Prestação de Serviços de Licença de Uso de Software:

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE. As partes deste Contrato de Prestação de Serviços de Licença de Uso de Software: CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE I - DAS PARTES: As partes deste Contrato de Prestação de Serviços de Licença de Uso de Software: a) BOLSASIM LTDA ME, pessoa jurídica de

Leia mais

Quem Somos. Apresentação

Quem Somos. Apresentação Quem Somos O escritório é resultado da união de experiências de seus sócios com o objetivo de criar uma nova maneira de desenvolver e gerir as mais diversas soluções jurídicas. Buscamos sempre a redução

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Empresarial SEMESTRE DE ESTUDO: 7º Semestre. CH total: 72h

DISCIPLINA: Direito Empresarial SEMESTRE DE ESTUDO: 7º Semestre. CH total: 72h DISCIPLINA: Direito Empresarial SEMESTRE DE ESTUDO: 7º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR131 1. EMENTA: Histórico. Conceito. Características. Empresário: qualidade, prerrogativas

Leia mais

QUESTÕES ÉTICAS E SOCIAIS NA EMPRESA DIGITAL

QUESTÕES ÉTICAS E SOCIAIS NA EMPRESA DIGITAL QUESTÕES ÉTICAS E SOCIAIS NA EMPRESA DIGITAL 1 OBJETIVOS 1. Quais são as questões éticas, sociais e políticas relacionadas com os sistemas de informação? 2. Existem princípios específicos de conduta que

Leia mais

5. Bases de dados: as questões de segurança, de criptografia e de proteção de dados

5. Bases de dados: as questões de segurança, de criptografia e de proteção de dados 5. Bases de dados: as questões de segurança, de criptografia e de proteção de dados A proteção jurídica das bases de dados em Portugal é regulada pelo Decreto-Lei n.º 122/2000, de 4 de Julho, que transpõe

Leia mais

Ementas das disciplinas do 3º período

Ementas das disciplinas do 3º período 1 Disciplina: Direito Empresarial I (Teoria Geral) C/H: 080 H/A Teoria Geral. O Direito Comercial. Evolução Histórica. Fontes. Atividade empresarial. Regime Jurídico da livre iniciativa. Registro de empresa.

Leia mais

Autores...15. Uma Breve História da Criação do Marco Civil, 79

Autores...15. Uma Breve História da Criação do Marco Civil, 79 Sumário Autores...15 Parte I Princípios e Fundamentos do Marco Civil Marco Civil da Internet uma Visão Panorâmica dos Principais Aspectos Relativos às suas Disposições Preliminares, 23 Newton De Lucca

Leia mais

TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR

TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR Este site é de propriedade do Banco Daycoval S/A e foi desenvolvido com a finalidade de disponibilizar informações para sua correta utilização e reserva-se

Leia mais

REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE

REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE 1 REGULALMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE CAPÍTULO I DA FINALIDADE Artigo 1º O Núcleo de Prática Jurídica é órgão destinado a coordenar, executar

Leia mais

SUMÁRIO DO CONTRATO: ESTADÃO IMPRESSO, ESTADÃO DIGITAL, ESTADÃO IMPRESSO + DIGITAL; E PRODUTOS ESTADÃO DIGITAL

SUMÁRIO DO CONTRATO: ESTADÃO IMPRESSO, ESTADÃO DIGITAL, ESTADÃO IMPRESSO + DIGITAL; E PRODUTOS ESTADÃO DIGITAL SUMÁRIO DO CONTRATO: ESTADÃO IMPRESSO, ESTADÃO DIGITAL, ESTADÃO IMPRESSO + DIGITAL; E PRODUTOS ESTADÃO DIGITAL I. SUMÁRIO DO CONTRATO APENAS PARA CONTRATAÇÃO DE ESTADÃO IMPRESSO A Assinatura do Estadão

Leia mais

TECNOLOGIA WEB. Segurança na Internet Aula 4. Profa. Rosemary Melo

TECNOLOGIA WEB. Segurança na Internet Aula 4. Profa. Rosemary Melo TECNOLOGIA WEB Segurança na Internet Aula 4 Profa. Rosemary Melo Segurança na Internet A evolução da internet veio acompanhada de problemas de relacionados a segurança. Exemplo de alguns casos de falta

Leia mais

Os participantes da Seção IV do XIX Congresso Internacional de Direito Penal, com sede no Rio de Janeiro, de 31 de agosto a 6 de setembro de 2014;

Os participantes da Seção IV do XIX Congresso Internacional de Direito Penal, com sede no Rio de Janeiro, de 31 de agosto a 6 de setembro de 2014; Projeto de resolução da Seção IV Preâmbulo: Os participantes da Seção IV do XIX Congresso Internacional de Direito Penal, com sede no Rio de Janeiro, de 31 de agosto a 6 de setembro de 2014; Baseados no

Leia mais

TERMO DE ADESÃO AO PROJETO RI

TERMO DE ADESÃO AO PROJETO RI TERMO DE ADESÃO AO PROJETO RI TERMO DE ADESÃO AO PROJETO OBJETIVO Este documento tem por objetivo informar as condições gerais estipuladas e definir os compromissos para com o programa, cabendo às partes

Leia mais