INSS. Prof. Rafael Araújo. Informática. software assim licenciado. A esta versão de copyright, dá-se o nome de copyleft.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSS. Prof. Rafael Araújo. Informática. software assim licenciado. A esta versão de copyright, dá-se o nome de copyleft."

Transcrição

1

2

3 SOFTWARE LIVRE Software Livre é todo programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado, modificado e redistribuído sem nenhuma restrição. O software livre tem seu modelo de desenvolvimento baseado no compartilhamento, ou seja, uma empresa ou desenvolvedor disponibiliza sua solução para a comunidade, que pode usá-la e aprimorála. Dessa forma cria-se um ciclo virtuoso de desenvolvimento, favorecendo, ao criador, em particular, e a todos que quiserem utilizar a ferramenta. O uso e desenvolvimento de software livre é um investimento em tecnologia sobre bases éticas e socialmente responsáveis, já que o compartilhamento do conhecimento permite a socialização do desenvolvimento tecnológico e o combate à privatização do saber. A opção tecnológica por software livre também é estratégica para o desenvolvimento de soluções de governo, já que permite o avanço tecnológico de maneira segura e eficiente, sem o estabelecimento de dependência de fornecedores e conseqüente aprisionamento tecnológico. Mais precisamente, ele se refere a quatro tipos de liberdade, para os usuários do software: A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito (liberdade no. 0) A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades (liberdade no. 1). Acesso ao código-fonte é um prérequisito para esta liberdade. A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo (liberdade no. 2). A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie (liberdade no. 3). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade. Entretanto, certos tipos de regras sobre a maneira de distribuir software livre são aceitáveis, quando elas não entram em conflito com as liberdades principais. Por exemplo, copyleft (apresentado de forma bem simples) é a regra de que, quando redistribuindo um programa, você não pode adicionar restrições para negar para outras pessoas as liberdades principais. Esta regra não entra em conflito com as liberdades; na verdade, ela as protege. Portanto, você pode ter pago para receber cópias do software GNU, ou você pode ter obtido cópias sem nenhum custo. Mas independente de como você obteve a sua cópia, você sempre tem a liberdade de copiar e modificar o software, ou mesmo de vender cópias. Software Livre Não significa não-comercial. Um programa livre deve estar disponível para uso comercial, desenvolvimento comercial, e distribuição comercial. Copyleft A maioria das licenças usadas na publicação de software livre permite que os programas sejam modificados e redistribuídos. Estas práticas são geralmente proibidas pela legislação internacional de copyright, que tenta justamente impedir que alterações e cópias sejam efetuadas sem a autorização do autor. As licenças que acompanham software livre fazem uso da legislação de copyright para impedir utilização nãoautorizada, mas estas licenças definem clara e explicitamente as condições sob as quais cópias, modificações e redistribuições podem ser efetuadas, para garantir as liberdades de modificar e redistribuir o software assim licenciado. A esta versão de copyright, dá-se o nome de copyleft. Código fonte (source code) É o conjunto de palavras escritas de forma ordenada, contendo instruções em uma das linguagens de programação existentes no mercado, de maneira lógica. O Código Fonte de um programa de computador implementa o núcleo de funcionalidades do programa. GNU General Public License (Licença Pública Geral), GNU GPL ou simplesmente GPL, é a designação da licença para software livre idealizada por Richard Stallman no final da década de 1980, no âmbito do projeto GNU da Free Software Foundation (FSF). Esta licença garante todas as liberdades comentadas acima. Kernel Kernel de um sistema operacional é entendido como o núcleo deste ou, numa tradução literal, cerne. Ele representa a camada mais baixa de interface com o Hardware, sendo responsável por gerenciar os recursos do sistema computacional como um todo. É no kernel que estão definidas funções para operação com periféricos (mouse, discos, impressoras, interface serial/interface paralela), gerenciamento de memória, entre outros. Sendo assim, o kernel é um conjunto de programas que fornece para os programas de usuário (aplicativos) uma interface para utilizar os recursos do sistema. Shell Este é um programa que recebe, interpreta e executa os comandos de usuário, aparecendo na tela como uma linha de comandos, representada por um prompt, que aguarda na tela os comandos do usuário. Linux Linux é ao mesmo tempo um kernel (ou núcleo) e o sistema operacional que roda sobre ele, dependendo do contexto em que você encontrar a referência. O kernel Linux foi criado em 1991 por Linus Torvalds, então um estudante finlandês, e hoje é mantido por uma comunidade mundial de desenvolvedores (que inclui programadores individuais e empresas como a IBM, a HP e a Hitachi), coordenada pelo mesmo Linus, agora um desenvolvedor reconhecido mundialmente. O Linux adota a GPL, uma licença livre - o que significa, entre outras coisas, que todos os interessados podem usá-lo e redistribuí-lo. Aliado a diversos outros softwares livres, como o KDE, o GNOME, o Apache, o Firefox, os softwares do sistema GNU e o OpenOffice.org, o Linux pode formar um ambiente moderno, seguro e estável para desktops, servidores e sistemas embarcado. Hoje, Linus Torvalds continua a dirigir o desenvolvimento do kernel, enquanto outros subsistemas (como ferramentas de desenvolvimento, ambientes gráficos e aplicativos) são desenvolvidos independentemente. A tarefa de integrar todos estes componentes para formar um sistema completo é desempenhada pelas empresas e organizações que mantêm distribuições de Linux. O sistema operacional Linux (ou GNU/Linux) Logo que Linus Torvalds passou a disponibilizar o Linux, ele apenas disponibilizava o kernel (núcleo) de sua autoria juntamente com alguns utilitários básicos. O próprio usuário devia encontrar os outros programas, compilá-los e configurá-los e, talvez por isso, o Linux Atualizada 19/02/2008 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1

4 tenha começado a ter a fama de sistema operacional apenas para técnicos. Foi neste ambiente que surgiu a MCC (Manchester Computer Centre), a primeira distribuição Linux, feita pela Universidade de Manchester, na tentativa de poupar algum esforço na instalação do Linux. Hoje em dia, um sistema operacional Linux completo (ou uma "distribuição de Linux") é uma coleção de softwares criados por indivíduos, grupos e organizações ao redor do mundo, tendo o Linux como seu núcleo. Companhias como a Red Hat, a Novell/SUSE, a Mandriva (união da Mandrake com a Conectiva), bem como projetos de comunidades como o Debian, o Ubuntu, o Gentoo e o Slackware, compilam o software e fornecem um sistema completo, pronto para instalação e uso. No decorrer do tempo várias distribuições surgiram e desapareceram, cada qual com sua característica. Algumas distribuições são maiores outras menores, dependendo do número de aplicativos e sua finalidade. Algumas distribuições de tamanhos menores cabem em um disquete com 1,44 MB, outras precisam de vários CDs, existem até algumas que tem versões em DVD. Cada uma tem seu público e sua finalidade. Super Usuário ROOT O Root ou super-usuário é o Administrador do Sistema LINUX. Responsável em realizar todas as configurações necessárias para o correto funcionamento do Sistema Operacional. Ambiente Gráfico É um software feito para facilitar e tornar prática a utilização do computador através de representações visuais do Sistema Operacional. Para Windows temos apenas o ambiente gráfico padrão. Para Linux temos vários ambientes gráficos, entre eles, o KDE e o Gnome. Figura 1. Interface do KDE A Área de Trabalho do KDE A área de trabalho compreende a área central (com o papel de parede), o painel (ou barra de ferramentas) e os ícones de atalhos para dispositivos e programas. Podem ser adicionados novos itens na área de trabalho, conforme você preferir. Estes itens podem ser tanto pastas de arquivos e aplicativos, quanto dispositivos de sistemas. Na área de trabalho do KDE você também 2 Atualizada 19/02/2008 pode alterar o papel de parede e acessar alguns menus especiais, clicando com o botão direito sobre o papel de parede. Serão explicados agora os itens mais importantes da interface do KDE. Lembre-se apenas que este Desktop é altamente gerenciável, ou seja, o usuário pode deixar o KDE ao seu gosto, trocando praticamente toda a interface dele, ou deixando ela semelhante a interface de outros sistemas operacionais. Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores

5 O Painel ou Barra de Ferramentas Está localizado na parte inferior da janela e é utilizado para gerenciar a sua sessão do KDE. Ele possui menus que possibilitam o gerenciamento da Área de Trabalho na qual o usuário está, e dos aplicativos que estão sendo executados, permitindo que seja alternado entre eles, além de outros comandos. Relembre essa barra na Figura 1.1. Painel do KDE. Figura 1.1. Painel do KDE. escritório estão no atalho de escritório, e assim por diante. Atalhos do Painel Dica Clique com o botão direito sobre o painel para adicionar ou excluir itens e configurá-lo. Gerenciador de área de Transferência (Klipper) Ainda na barra de ferramentas, está o gerenciador da área de transferência, que é um programa que guarda o histórico de cópia e colagem que você faz no seu sistema. É útil, pois você pode colar várias coisas ao mesmo tempo, e não apenas uma coisa de cada vez. Existe a possibilidade de se inserir ícones de atalhos no painel, para agilizar seu acesso a pastas e aplicativos. Este recurso é muito interessante e pode otimizar seu trabalho do dia-a-dia, pois se você usa, por exemplo, o e- mail diariamente e várias vezes ao dia, é interessante colocar um atalho na barra de ferramentas para abrir mais rapidamente sua ferramenta de . Diversas Áreas de Trabalho Na barra de ferramentas estão presentes, ao lado dos atalhos, dois ícones numerados, que representam uma Área de Trabalho do KDE. Você pode usar várias Áreas de Trabalho ao mesmo tempo, para agilizar seu serviço. Para cada nova Área de Trabalho criada, será criado um ícone de número para representá-la. Barra de Tarefas Dica Você pode alternar entre as Áreas de Trabalho no KDE com a seguinte combinação de teclas: Ctrl-Shift-Tab. Você pode escolher qual Área de Trabalho deseja exibir mantendo apertadas as teclas Ctrl-Shift e teclando pausadamente o Tab. A barra de tarefas está localizada ao lado dos botões dos Desktops Virtuais. Cada vez que você abre um aplicativo no Linux, fica um ícone dele na barra de tarefas, indicando que ele está em uso. Dica Para navegar ente aplicativos abertos, sem usar o clique do mouse sobre a barra de tarefas, utilize as teclas Alt-Tab repetidas vezes. Data e Hora É o relógio que aparece no canto direito da sua barra de ferramentas. Com um clique sobre ele, aparecerá um calendário para você. Para ajustar a data e hora, clique com o botão direito sobre ele e depois em Ajustar Data e Hora. O sistema poderá pedir a senha de root, quando for necessário. ÁRVORE DE DIRETÓRIOS DO LINUX O primeiro choque para quem está chegando agora é a estrutura de diretórios do Linux, que não lembra em nada o que temos no Windows. No Windows temos os arquivos do sistema concentrados nas pastas Windows e Arquivos de programas, e você pode criar e organizar suas pastas da forma que quiser. No Linux é basicamente o contrário. O diretório raiz está tomado pelas pastas do sistema e espera-se que você armazene seus arquivos pessoais dentro da sua pasta no diretório /home. Mas, as diferenças não param por aí. Para onde vão os programas que são instalados se não existe uma pasta central como a "Arquivos de programas"? E para onde vão os arquivos de configuração se o Linux não possui nada semelhante ao registro do Windows? A primeira coisa com que você precisa se habituar é que no Linux os discos e partições não aparecem como unidades diferentes, como o C:, D:, E: do Windows. Tudo faz parte de um único diretório, chamado diretório raiz ou simplesmente "/" (BARRA). Dentro deste diretório temos não apenas todos arquivos e as partições de disco, mas também o CD-ROM, drive de disquete e outros dispositivos, formando a estrutura que você vê no gerenciador de arquivos. O Menu K É um menu que contém atalhos para a maioria dos programas do KDE. Estes atalhos são divididos em tipos de programas semelhantes, ou seja, os programas de Atualizada 19/02/2008 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 3

6 Royalty Royalty (Palavra inglesa) - Importância cobrada pelo proprietário de uma patente de produto, processo de produção, marca, entre outros, ou pelo autor de uma obra, para permitir seu uso ou comercialização. Plural: royalties. SHAREWARE Shareware é uma modalidade de distribuição de software em que você pode copiá-lo, distribuí-lo e usá-lo experimentalmente por um determinado período. Passado o tempo de avaliação o software pode parar de funcionar, perder algumas funções ou ficar emitindo mensagens incômodas de aviso de prazo de avaliação expirado. A seguir tem-se uma breve descrição dos principais diretórios e seus conteúdos: / Diretório raiz do sistema de arquivos. É abaixo dele que se situam todos os outros. /bin O diretório bin, contém programas (executáveis) que são necessários durante o boot (inicialização) do sistema, mas que também podem ser usados pelos usuários. /boot /boot" armazena o Kernel e alguns arquivos usados pelo Lilo (o gerenciador de boot do sistema), que são carregados na fase /root Este diretório contém todas as informações e configurações do Super-usuário (Usuário Administrador), os quais os usuários mortais (Comum) não têm acesso. /home Este diretório contém os diretórios pessoais dos usuários finais. Quando este diretório - home - se torna excessivamente grande, ele pode ser subdividido, na forma de grupos de usuários, para facilitar sua manutenção. Exemplos: /home/prof, /home/alunos. SOFTWARE GRATUITO Software gratuito ou freeware é qualquer programa de computador cuja utilização não implica no pagamento de licenças de uso ou royalties. É importante observar que o fato de o licenciamento de um programa ser gratuito não implica na não existência de um contrato de licenciamento para sua utilização. Normalmente, ao instalar um software desse tipo, o utilizador deverá antes concordar com seu contrato de licenciamento que normalmente acompanha o programa. É muito importante ler este contrato e suas limitações, não é porque um software é freeware que ele pode ser usado por qualquer um. Em alguns casos, os softwares são licenciados como freeware apenas para uso pessoal, acadêmico, militar e governamental. Em linhas gerais, um software é considerado freeware quando é usado com programas que permitem a redistribuição mas não a modificação, e seu código fonte não é disponibilizado. Estes programas não são softwares livres. DEMO Considera-se um demo (abreviação de demonstração ou demonstration ) qualquer material promocional que é uma fração de um produto maior, lançado com a intenção de dar a oportunidade de o produto ser avaliado por possíveis clientes. O termo é bastante usado nos contextos da música e dos games. Software em Domínio Público É software sem copyright. Alguns tipos de cópia, ou versões modificadas, podem não ser livres porque o autor permite que restrições adicionais sejam impostas na redistribuição do original ou de trabalhos derivados. Software proprietário É aquele cuja cópia, redistribuição ou modificação são em alguma medida proibidos pelo seu proprietário. Para usar, copiar ou redistribuir deve-se solicitar permissão ao proprietário, ou pagar para poder fazê-lo. Software Comercial É o software desenvolvido por uma empresa com o objetivo de lucrar com sua utilização. Note que 'comercial' e 'proprietário' são conceitos diferentes. A maioria dos softwares comerciais são proprietários mas existem softwares livres que são comerciais, e existem softwares proprietários não-comerciais. 4 Atualizada 19/02/2008 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

16:21:50. Introdução à Informática com Software Livre

16:21:50. Introdução à Informática com Software Livre 16:21:50 Introdução à Informática com Software Livre 1 16:21:50 Hardware & Software 2 16:21:50 Hardware Hardware é a parte física de um computador, é formado pelos componentes eletrônicos, como por exemplo,

Leia mais

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos Partição Parte de um disco físico que funciona como se fosse um disco fisicamente separado. Depois de criar uma partição, você deve formatá-la e atribuir-lhe uma letra de unidade antes de armazenar dados

Leia mais

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Aula 34 Software livre e código aberto Aula 34 2 Gestão em Sistemas

Leia mais

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação.

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. 1.Todo software livre deve ser desenvolvido para uso por pessoa física em ambiente com sistema

Leia mais

Software Livre. Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar

Software Livre. Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar Software Livre Acesso ao código fonte Alterar o código fonte Redistribuir Utilizar como desejar Linux Licença GPL (Licença Pública Geral) Linux Licença GPL (Licença Pública Geral) - A liberdade de executar

Leia mais

Aula 01. Introdução ao Linux

Aula 01. Introdução ao Linux Aula 01 Introdução ao Linux Introdução Objetivos aprender a usar um novo sistema aprender a usar uma nova interface Como no Windows navegar pela internet (e-mails, facebook, etc) criar pastas e arquivos

Leia mais

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS Foram reservados intervalos de endereços IP para serem utilizados exclusivamente em redes privadas, como é o caso das redes locais e Intranets. Esses endereços não devem ser

Leia mais

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS I N F O R M Á T I C A Sistemas Operacionais Campus Itaqui-RS Sistemas Operacionais É o software que gerencia o computador! Entre suas funções temos: inicializa o hardware do computador fornece rotinas

Leia mais

PREPARATÓRIO RIO PARA CAIXA ECONÔMICA

PREPARATÓRIO RIO PARA CAIXA ECONÔMICA PREPARATÓRIO RIO PARA CAIXA ECONÔMICA O que é Software Livre? Software Livre (Free Software) é o software disponível com a permissão para qualquer um usá-lo, copiá-lo, e distribuí-lo, seja na sua forma

Leia mais

Universidade Federal de Goiás. Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG

Universidade Federal de Goiás. Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG Universidade Federal de Goiás Ubuntu Desktop Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG Conpeex / 2010 Agenda Introdução Conceitos Categorias de Software História do Linux Arquitetura do Linux Ubuntu Projeto

Leia mais

Como é o desenvolvimento de Software?

Como é o desenvolvimento de Software? Como é o desenvolvimento de Software? Fases do Desenvolvimento Modelo Cascata Define atividades seqüenciais Outras abordagens são baseadas nesta idéia Especificação de Requisitos Projeto Implementação

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA. Classificação / Licenciamento de Software

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA. Classificação / Licenciamento de Software Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA Classificação / Licenciamento de Software MATERIAL PARA ESTUDO PRIMEIRO BIMESTRE Componentes de um Sistema Computacional

Leia mais

Introdução 12/06/2012. Software Livre

Introdução 12/06/2012. Software Livre Software Livre Introdução Software Livre, software de código aberto ou software aberto é qualquer programa de computador cujo código-fonte deve ser disponibilizado para permitir o uso, a cópia, o estudo

Leia mais

Publicado por brain em Sáb, 2006-03-25 19:35. :: Documentação [http://brlinux.org/linux/taxonomy/term/13]

Publicado por brain em Sáb, 2006-03-25 19:35. :: Documentação [http://brlinux.org/linux/taxonomy/term/13] O que é Linux Publicado por brain em Sáb, 2006-03-25 19:35. :: Documentação [http://brlinux.org/linux/taxonomy/term/13] por Augusto Campos Este artigo responde a diversas dúvidas comuns de novos usuários,

Leia mais

Curso de Linux Básico com o Linux Educacional

Curso de Linux Básico com o Linux Educacional Curso de Linux Básico com o Felipe Buarque de Queiroz felipe.buarque@gmail.com Unidade Gestora de Tecnologia da Informação - UGTI Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Alagoas - FAPEAL Maio de 2009

Leia mais

Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux. Prof. Jefferson Santiago

Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux. Prof. Jefferson Santiago Oficina de ferramentas de Gerência para Redes em Linux Prof. Jefferson Santiago Apresentação Qual seu nome? Já possui experiência na área? Questionário avaliativo Acesse: http://goo.gl/forms/4rfaomufim

Leia mais

Introdução a Sistemas Abertos

Introdução a Sistemas Abertos Introdução a Sistemas Abertos Apresentação filipe.raulino@ifrn.edu.br Sistemas Abertos Qualquer programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado e redistribuído inclusive com seu código fonte

Leia mais

1 / 6. Cartilha O ABC do Software Livre. O que é PcLivre?

1 / 6. Cartilha O ABC do Software Livre. O que é PcLivre? 1 / 6 Cartilha O ABC do Software Livre O que é PcLivre? O PC Livre é um projeto de iniciativa do PSL-Brasil, coordenado por voluntários e operado por vários parceiros que apoiam a iniciação de novos usuários

Leia mais

Licenças Livres. Terry Laundos Aguiar

Licenças Livres. Terry Laundos Aguiar Licenças Livres Terry Laundos Aguiar "Quando nos referimos a software livre, estamos nos referindo a liberdade e não a preço." Licença GPL Licenças de Softwares Comprar um software, geralmente, é como

Leia mais

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 06/10/2009 10:21 Leite Júnior

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 06/10/2009 10:21 Leite Júnior ÍNDICE SOFTWARE LIVRE / OPEN SOURCE...2 PROPRIEDADE INTELECTUAL...2 GRAUS DE RESTRIÇÃO EM LICENÇAS DE SOFTWARE...2 LICENÇAS DE SOFTWARE...2 OPEN SOURCE...2 SOFTWARE LIVRE...2 GNU GPL...4 GNU LGPL...4 SOFTWARE

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 1 Introdução aos Sistemas Operacionais GNU/Linux. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 1 Introdução aos Sistemas Operacionais GNU/Linux. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 1 Introdução aos Sistemas Operacionais GNU/Linux Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS OPERACIONAIS... 3 Monousuário x Multiusuário...

Leia mais

Informática. Aula 03 Sistema Operacional Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos

Informática. Aula 03 Sistema Operacional Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Prof. Diego Pereira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Informática Aula 03 Sistema Operacional Linux Objetivos Entender

Leia mais

Informática I. Aula 26. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson

Informática I. Aula 26. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson Informática I Aula 26 Baseada no Capítulo 2 do Livro Introdução a Informática Capron e Johnson http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 26-17/07/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de

Leia mais

Software de sistema Software aplicativo

Software de sistema Software aplicativo SOFTWARE O que é Software? Software, logicial ou programa de computador é uma sequência de instruções a serem seguidas e/ou executadas, na manipulação, redireccionamento ou modificação de um dado/informação

Leia mais

São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar.

São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar. São programas de computador utilizados para realizar diversas tarefas É a parte lógica do computador, o que faz o computador realmente funcionar. Quais são eles? Vários outros programas 1 Sistema Básico

Leia mais

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Informática I Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL FUNÇÃO:

SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL FUNÇÃO: SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br FUNÇÃO: GERENCIAR, ADMINISTRAR OS RECURSOS DA MÁQUINA. SISTEMA OPERACIONAL EXEMPLOS MS-DOS WINDOWS 3.1 WINDOWS 95 WINDOWS

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE

SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE Curso Técnico em Redes de Computadores Disciplina de Sistemas Operacionais Livres SISTEMA OPERACIONAL & SOFTWARE LIVRE Professora: Juliana Cristina dos Santos E-mail: professora@julianacristina.com Site:

Leia mais

NÚCLEO DE CIDADANIA DIGITAL Caminho Livre para o novo mundo! Conceitos básicos de Linux. www.ncd.ufes.br

NÚCLEO DE CIDADANIA DIGITAL Caminho Livre para o novo mundo! Conceitos básicos de Linux. www.ncd.ufes.br NÚCLEO DE CIDADANIA DIGITAL Caminho Livre para o novo mundo! Conceitos básicos de Linux www.ncd.ufes.br Licença Este trabalho é licenciado sob a licença Creative Commons Attribution NonCommercial-ShareAlike

Leia mais

Aula 2 Introdução ao Software Livre

Aula 2 Introdução ao Software Livre Aula 2 Introdução ao Software Livre Aprender a manipular o Painel de Controle no Linux e mostrar alguns softwares aplicativos. Ligando e desligando o computador através do sistema operacional Não é aconselhável

Leia mais

Software que fornece uma interface entre o computador e o usuário. É uma coleção de programas que:

Software que fornece uma interface entre o computador e o usuário. É uma coleção de programas que: SISTEMA OPERACIONAL Sistema Operacional Software que fornece uma interface entre o computador e o usuário. É uma coleção de programas que: inicializa o hardware do computador controla os dispositivos Gerencia

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4 Índice Introdução Librix...3 Software Livre...3 Manual Eletrônico...3 Opções de Suporte...3 Dicas para a Instalação Configuração de Dispositivos Básicos...4 Teclado...4 Mouse...5 Vídeo...5 Rede...6 Configuração

Leia mais

História. Sistema Operacional

História. Sistema Operacional História Linux é o termo geralmente usado para designar qualquer sistema operacional que utilize o núcleo Linux. Foi desenvolvido pelo Finlandês Linus Torvalds, inspirado no sistema Minix. O seu código

Leia mais

Administração de Sistemas Livres. Prof. Lais Farias Alves

Administração de Sistemas Livres. Prof. Lais Farias Alves Administração de Sistemas Livres Prof. Lais Farias Alves Administração de Sistemas Livres Software e Suas Licenças O que é um Software Livre? Software Livre x Software Proprietário Software e Suas Licenças

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1 MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1 GDU-FAMELIX e-mail: manuais@fameg.edu.br FACULDADE METROPOLITANA DE GUARAMIRIM MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1 Este manual tem

Leia mais

Salvando arquivos em PDF nos Sistemas Mainframes, utilizando emuladores de terminal

Salvando arquivos em PDF nos Sistemas Mainframes, utilizando emuladores de terminal DIRETORIA DE OPERAÇÕES DO GERÊNCIA DE GESTÃO DE AMBIENTES GGA Salvando arquivos em PDF nos Sistemas Mainframes, utilizando emuladores de terminal Documento Versão 1.0.1 Adaptado por Coordenação Data de

Leia mais

Software Livre. para concursos. Questões comentadas

Software Livre. para concursos. Questões comentadas Software Livre para concursos Questões comentadas Prefácio Hoje, qualquer instituição, seja ela pública ou privada, necessita utilizar programas de computadores para auxiliar os seus processos, gerando

Leia mais

O que é software livre

O que é software livre O que é software livre Publicado por brain em Sáb, 2006-03-25 17:12. :: Documentação [http://brlinux.org/linux/taxonomy/term/13] por Augusto Campos Este artigo responde a diversas dúvidas comuns de novos

Leia mais

Objetivos do Curso. Organização do Curso. Apresentação do Curso. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Objetivos do Curso. Organização do Curso. Apresentação do Curso. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Apresentação do Curso 1 Objetivos do Curso Sistema Operacional Unix/Linux;

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação 08 - Licenças, Tipos de Softwares, Tradutores. Linguagens de Máquina, de Baixo Nível e de Alto Nível Márcio Daniel Puntel marcio.puntel@ulbra.edu.br Software Livre GPL BSD Software

Leia mais

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Instalação e Configuração 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional

Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional Elaboração: Prof. Éverton Loreto everton@uffs.edu.br 2010 Objetivo Conhecer as características e recursos do Sistema Operacional

Leia mais

LINUX. Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker. - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL

LINUX. Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker. - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL LINUX Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL Para que o computador funcione e possibilite a execução

Leia mais

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual Maria Augusta Sakis Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma Máquina Virtual Máquinas virtuais são muito úteis no dia-a-dia, permitindo ao usuário rodar outros sistemas operacionais dentro de uma

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03. Prof. Gabriel Silva

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03. Prof. Gabriel Silva FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03 Prof. Gabriel Silva Temas da Aula de Hoje: Servidores Linux. Conceitos Básicos do Linux. Instalando Servidor Linux.

Leia mais

Curso Introdução ao Linux. Desmistificando o Software Livre. Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com.

Curso Introdução ao Linux. Desmistificando o Software Livre. Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com. Curso Introdução ao Linux Desmistificando o Software Livre Nícholas André - www.iotecnologia.com.br - nicholas@iotecnologia.com.br Índice 1 O que é Software Livre? 2 A história por trás do Software Livre.

Leia mais

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Sistemas Operacionais (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Definições 2. Classificações 3. CPU 4. Memória 5. Utilitários O que se

Leia mais

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) SISTEMA OPERACIONAL APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 ÍNDICE Aula 1 Conhecendo o Linux... 3 Apresentação... 3 Tela de Logon... 4 Área de trabalho... 5 Explorando o Menu

Leia mais

APOSTILA LINUX EDUCACIONAL

APOSTILA LINUX EDUCACIONAL MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO DIRETORIA DE INCLUSÃO DIGITAL DIRETORIA DE GOVERNO ELETRÔNICO APOSTILA LINUX EDUCACIONAL (Conteúdo fornecido pelo Ministério da Educação e pela Pró-Reitoria de Extensão da UNEB)

Leia mais

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço IGV Software Interpretador/ Gerenciador/ Visualizador de dados digitais de projetos CAD-TQS Instalação Versão 4.0 Manual do Usuário

Leia mais

Conteúdo. 1 Introdução 5. 2 Pré-configuração 6. 3 Configurar a Interface do Usuário 7. 4 Configurar as opções internas 9

Conteúdo. 1 Introdução 5. 2 Pré-configuração 6. 3 Configurar a Interface do Usuário 7. 4 Configurar as opções internas 9 Esta documentação foi convertida a partir da página do K3b da Base de Usuários do KDE em 20/01/2011. Atualizada para a versão 2.0 pela equipe de documentação do KDE Tradução: Marcus Gama Tradução: André

Leia mais

V O C Ê N O C O N T R O L E.

V O C Ê N O C O N T R O L E. VOCÊ NO CONTROLE. VOCÊ NO CONTROLE. O que é o Frota Fácil? A Iveco sempre coloca o desejo de seus clientes à frente quando oferece ao mercado novas soluções em transportes. Pensando nisso, foi desenvolvido

Leia mais

Agente Administrativo da Receita Federal

Agente Administrativo da Receita Federal SISTEMA OPERACIONAL Sistema Operacional (S.O.) é um programa ou conjunto de programas cuja a função é servir de interface entre um computador e o usuário. Conclui-se que sistema operacional é um software

Leia mais

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Inicialização Tela de Logon Área de Trabalho Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Área de Trabalho Atalhos de Teclados Win + D = Mostrar Área de trabalho Win + M = Minimizar Tudo Win + R

Leia mais

SOFTWARE LIVRE DISCIPLINA:

SOFTWARE LIVRE DISCIPLINA: SOFTWARE LIVRE DISCIPLINA: Introdução a Ciência da Computação DOCENTE: Ricardo Sant ana DISCENTE: Matheus Vieira e Silva 1º ANO ARQUIVOLOGIA Junho de 2006 Entendendo o que é Software Livre: Liberdade dos

Leia mais

Sistema de Arquivos do Windows

Sistema de Arquivos do Windows Registro mestre de inicialização (MBR) A trilha zero do HD, onde ficam guardadas as informações sobre o(s) sistema(s) operacionais instalados. Onde começa o processo de inicialização do Sistema Operacional.

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Sistemas Operacionais: Software Oculto Introdução a Computação Sistemas Operacionais Serve como um intermediário entre o hardware e os softwares aplicativos. Sistema Operacional Software de sistemas Kernel

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves

Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves 1 Introdução ao Linux e Instalação do Ubuntu Linux História Em 1973, um pesquisador da Bell Labs, Dennis Ritchie, reescreveu todo o sistema Unix numa

Leia mais

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 1) No sistema operacional Microsoft Windows 8, uma forma rápida de acessar o botão liga/desliga é através do atalho: a) Windows + A. b) ALT + C. c) Windows + I. d) CTRL +

Leia mais

OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft

OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft O OneDrive é um serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft que oferece a opção de guardar até 7 GB de arquivos grátis na rede. Ou seja, o usuário pode

Leia mais

Por: Rafael Nink de Carvalho www.linuxeducacional.com www.rafaelnink.com

Por: Rafael Nink de Carvalho www.linuxeducacional.com www.rafaelnink.com L I N2 U0 X0 9 Manual de Instalação do Linux Educacional 3.0 Por: Rafael Nink de Carvalho ü Configurando o SETUP do computador ü Rodando a versão Live CD ü Instalando o Linux www.linuxeducacional.com Educacional

Leia mais

Software Livre Introdução ao Linux

Software Livre Introdução ao Linux Software Livre Introdução ao Linux Instituto Granbery 06/03/2004 Carlos de Castro Goulart Departamento de Informática-UFV goulart@dpi.ufv.br Parte I - Software Livre O que é Software Livre? Vantagens da

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

software livre: a tecnologia que liberta!

software livre: a tecnologia que liberta! software livre: a tecnologia que liberta! conteúdo original de www.cachorrosurtado.blogspot.com www.escolaep.blogspot.com copyleft 2010 (((SLIDE 01))) RELEMBRANDO O CONCEITO DE SOFTWARE SOFTWARE é o mesmo

Leia mais

Introdução ao Linux. Professor Breno Leonardo G. de M. Araújo

Introdução ao Linux. Professor Breno Leonardo G. de M. Araújo Introdução ao Linux Professor Breno Leonardo G. de M. Araújo Sistema Operacional Linux Embora o Sistema Operacional Microsoft Windows ainda seja predominante no mercado de desktops e Notebooks,já é, bastante

Leia mais

Noções de Software. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Software. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Software André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Software; Sistemas Operacionais: Evolução; Conceitos Básicos; Tipos; Exemplos. DEINFO/UFRPE

Leia mais

Introdução 13/06/2012. Software Livre

Introdução 13/06/2012. Software Livre Software Livre Introdução Software Livre, software de código aberto ou software aberto é qualquer programa de computador cujo código-fonte deve ser disponibilizado para permitir o uso, a cópia, o estudo

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMAS OPERACIONAIS Conceitos Básicos Sistema Operacional: Um Sistema Operacional é um programa que atua como intermediário entre o usuário e o hardware de um computador. O Propósito do SO é fornecer

Leia mais

INTRODUÇÃO A LINUX. Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais 26/11/2013

INTRODUÇÃO A LINUX. Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais 26/11/2013 1 2 INTRODUÇÃO A LINUX ADRIANO SILVEIRA ADR_SILVEIRA@YAHOO.COM.BR Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais Kernel núcleo do

Leia mais

CONCEITOS DE SOFTWARE. Prof. Erion Monteiro

CONCEITOS DE SOFTWARE. Prof. Erion Monteiro CONCEITOS DE SOFTWARE Prof. Erion Monteiro PENSAMENTO DO DIA Imagine uma nova história para a sua vida e acredite nela! Paulo Coelho O QUE É SOFTWARE? É o produto que os engenheiros de software projetam

Leia mais

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Gerenciamento de Arquivos e Pastas Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Arquivo Todo e qualquer software ou informação gravada em nosso computador será guardada em uma unidade de disco,

Leia mais

Fundamentos e Prática em Informática Ensino Médio Integrado em Informática. Lara Popov Zambiasi Bazzi Oberderfer

Fundamentos e Prática em Informática Ensino Médio Integrado em Informática. Lara Popov Zambiasi Bazzi Oberderfer Fundamentos e Prática em Informática Ensino Médio Integrado em Informática Lara Popov Zambiasi Bazzi Oberderfer Interface amigável e de fácil instalação; Maior compatibilidade de programas

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 3. Software Prof. Ronaldo Software Formado por um conjunto de instruções (algoritmos) e suas representações para o

Leia mais

Fundamentos de Software Livre

Fundamentos de Software Livre Fundamentos de Software Livre 01 de Agosto de 2011 Augusto Vinhaes Agenda 1) Software Conceitos básicos Tipos: Software básico e aplicativos 2) Sistemas Operacionais Conceitos básicos Estrutura Alguns

Leia mais

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 ArpPrintServer Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO SISTEMA... 3 REQUISITOS DE SISTEMA... 4 INSTALAÇÃO

Leia mais

Manual de instalação. Manual de instalação. Liberdade. Liberdade. Versão 1.0.0-31/10/2002. Versão 1.0.0-31/10/2002

Manual de instalação. Manual de instalação. Liberdade. Liberdade. Versão 1.0.0-31/10/2002. Versão 1.0.0-31/10/2002 Liberdade Manual de instalação Liberdade Manual de instalação Versão 1.0.0-31/10/2002 Versão 1.0.0-31/10/2002 Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 3210-3100 http:\\www.procergs.com.br

Leia mais

O que é software livre

O que é software livre CAMPOS, Augusto. O que é software livre. BR-Linux. Florianópolis, março de 2006. Disponível em . Consultado em 16 de Dezembro de 2008. O que é software livre

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RAFAEL D. RIBEIRO, M.SC,PMP. RAFAELDIASRIBEIRO@GMAIL.COM HTTP://WWW.RAFAELDIASRIBEIRO.COM.BR @ribeirord CRIMES DE PIRATARIA DE SOFTWARE Prática ilícita caracterizada

Leia mais

Conhecendo o Sistema Operacional

Conhecendo o Sistema Operacional Prefeitura de Volta Redonda Secretaria Municipal de Educação NTM Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal Projeto de Informática Aplicada à Educação de Volta Redonda - VRlivre Conhecendo o Sistema Operacional

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta

Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta Dailson Fernandes www.dailson.com.br contato@dailson.com.br Facebook: dailson.fernandes Twitter: @dailson_ Habilidades Instalar o sistema operacional; Instalar

Leia mais

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER V14 de BricsCAD vem com um novo sistema de licenciamento, com base na tecnologia de licenciamento de Reprise Software. Este novo sistema oferece um ambiente

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Manual do Remote Desktop Connection. Brad Hards Urs Wolfer Tradução: Marcus Gama

Manual do Remote Desktop Connection. Brad Hards Urs Wolfer Tradução: Marcus Gama Manual do Remote Desktop Connection Brad Hards Urs Wolfer Tradução: Marcus Gama 2 Conteúdo 1 Introdução 5 2 O protocolo do Buffer de Quadro Remoto (Buffer de Quadro Remoto) 6 3 Usando o Remote Desktop

Leia mais

Manifesto Software Livre

Manifesto Software Livre Manifesto Software Livre Histórico iniciou com a elaboração de um documento denominado: " Manifesto GNU " por Richard Stallman 1.984; marco histórico do surgimento de uma nova forma de criação de Software;

Leia mais

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 2007 2012 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

LINUX EDUCACIONAL 3.0

LINUX EDUCACIONAL 3.0 Manual Instalação de Impressora no LINUX EDUCACIONAL 3.0 Instalação da impressora Via CUPS e KDE Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Instalação

Leia mais

Estudar e trabalhar com o Ubuntu Linux 12.04

Estudar e trabalhar com o Ubuntu Linux 12.04 Estudar e trabalhar com o Ubuntu Linux 12.04 2013 1 Estudar e trabalhar com o Ubuntu Linux 12.04 O que é Software Livre Quatro liberdades essenciais Por que usar software livre O que é o Ubuntu Por que

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

SOFTWARES LIVRES PARA TRANSPARÊNCIA PÚBLICA. Nome Expositor: Adriano Almeida Órgão: Secretaria Executiva de Transparência Púbica da PMJP

SOFTWARES LIVRES PARA TRANSPARÊNCIA PÚBLICA. Nome Expositor: Adriano Almeida Órgão: Secretaria Executiva de Transparência Púbica da PMJP SOFTWARES LIVRES PARA TRANSPARÊNCIA PÚBLICA Nome Expositor: Adriano Almeida Órgão: Secretaria Executiva de Transparência Púbica da PMJP 2015 A SETRANSP Criada em 2005, tem como missão estabelecer os fundamentos

Leia mais

Projeto de extensão Linux no Campus

Projeto de extensão Linux no Campus Projeto de extensão Linux no Campus Universidade Federal de Santa Maria Acadêmico do Curso de Sistemas de Informação Evandro Bolzan Contatos: ebolzan@inf.ufsm.br, http://www.inf.ufsm.br/~ebolzan BUG BUG

Leia mais

Soluções em Linux. Linux no Desktop. Ambiente Doméstico e Profissional. Sandro Venezuela sandro@linux2business.com.br

Soluções em Linux. Linux no Desktop. Ambiente Doméstico e Profissional. Sandro Venezuela sandro@linux2business.com.br Linux no Desktop Ambiente Doméstico e Profissional Sandro Venezuela sandro@linux2business.com.br Agenda Introdução Instalação Configuração Gerenciamento de Pacotes Customização do Kernel Introdução ao

Leia mais

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik Sense Cloud Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik, QlikTech,

Leia mais

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1 Sistema Operacional Slide 1 Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos do computador (CPU, dispositivos periféricos). Estabelece

Leia mais