Configurando um Servidor de Arquivos SAMBA. Prof. Armando Martins de Souza

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Configurando um Servidor de Arquivos SAMBA. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com"

Transcrição

1 Configurando um Servidor de Arquivos SAMBA. Prof. Armando Martins de Souza

2 Porque usar o Servidor Samba Server? Compartilhamento de arquivos; Servidor de arquivos; Backup remoto; etc... Alguns exemplos de como se disponibilizar arquivos através da rede: NFS FTP SFTP Armando Martins 2

3 Porque usar o Servidor Samba Server? Protocolo CIFS (Common Internet File System) Mais usado para compartilhamento de arquivos e impressoras em redes Microsoft; Sucessor do protocolo SMB (a windows 2000); partir do Armando Martins 3

4 Histórico protocolo CIFS 1984: A IBM cria o protocolo NetBIOS (Network Basic Input Output); NetBIOS Protocolo criado para troca de mensagens entre micros em uma rede; Originalmente Criado para servir como extenção do BIOS da placa mãe para oferecimento de recursos de rede. Armando Martins 4

5 Histórico protocolo CIFS 1985: Protocolo CIFS foi extendido e deu origem ao protocolo NetBEUI (usado durante muito tempo em redes locais, antes da popularização, antes da popularização das redes TCP/IP) ; SMB (Server Massage Block) Foi utilizado a partir do windows 3.11; Objetivo: Compartilhamento de arquivos e impressoras em redes Microsoft. Armando Martins 5

6 Histórico protocolo CIFS SMB (Server Massage Block) (cont...) Incluia a navegação na rede; O estabelecimento da conexão; Transferência de dados; Utiliza o NetBIOS para troca de mensagens entre os hosts; Inclui uma versão atualizada do protocolo que roda sobre redes TCP/IP. Armando Martins 6

7 Histórico protocolo CIFS Vamos ver se ainda se usa o protocolo NetBIOS!! Armando Martins 7

8 Histórico protocolo CIFS Armando Martins 8

9 Histórico protocolo CIFS Botão direito do mouse na conexão de rede Armando Martins 9

10 Histórico protocolo CIFS Armando Martins 10

11 Histórico protocolo CIFS Armando Martins 11

12 Histórico protocolo CIFS Humm... então podemos dizer que o NetBIOS continua presente, objetivando a compatibilidade com versões anteriores do Windows Armando Martins 12

13 Histórico protocolo CIFS Podemos concluir que: O problema do NetBIOS (dependência do uso intensivo de pacotes UDP) ; CIFS (evolução natural do SMB inclui vários recursos. Ele abandona o uso do NetBIOS e passa a utilizar a porta 445 TCP. O SMB utiliza 3 portas: 137 e 138 UDP e 139 TCP); Armando Martins 13

14 Samba Server Implementação das funções de compartilhamento Microsoft para Sistemas Unix. Quando falamos em sistemas Unix, icluimos o Linux, o BSD, o Solaris, o OS X entre outros. Armando Martins 14

15 Instalando o Samba Server Armando Martins 15

16 Instalando o SAMBA Server como PDC Por nossa topologia o Samba Server é o mesmo server que contém o serviço de DHCP Armando Martins 16

17 Ajustando o Server. Iremos configurar o IP (alias) para o server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) Armando Martins 18

18 Ajustando o Server. Iremos configurar o IP (alias) para o server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) Armando Martins 19

19 Ajustando o Server. Restartar a conf. de rede. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) Armando Martins 20

20 Ajustando o Server. Verificando as conf. de rede. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) Armando Martins 21

21 Configurando o Server. Entrando no diretório de conf. do Samba Server Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 22

22 Configurando o Server. Arquivo principal do Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 23

23 Configurando o Server. Backupeando o smb.conf. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 24

24 Configurando o Server. Limpando o smb.conf. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 25

25 Configurando o Server. Editando o smb.conf. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 26

26 Configurando o Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 27

27 Configurando o Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 28

28 Configurando o Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 29

29 Configurando o Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 30

30 Configurando o Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 31

31 Configurando o Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 32

32 Criando a estrutura organizacional do Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Vamos para dentro do diretório /etc/skel (diretorio de onde são se encontram os arquivos /diretórios copiados para o diretório padrão do usuário no momento de sua criação) Armando Martins 33

33 Criando a estrutura organizacional do Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Criando o diretório que servirá como padrão para os novos usuários do sistema Armando Martins 34

34 Criando a estrutura organizacional do Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Modificando as permissões do diretório modelo Armando Martins 35

35 Criando a estrutura organizacional do Server. GRUPO geral rh Grupos a serem criados. compras financeiro qualidade Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 36

36 Criando a estrutura organizacional do Server. GRUPO Criando os grupos. geral rh compras financeiro qualidade Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 37

37 Criando a estrutura organizacional do Server. Criando diretórios dando permissões passando propriedade Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 38

38 Criando a estrutura organizacional do Server. Geral RH gertrudes X grogorinho Compras Financeiro X gedilmario penelope Usuários e grupos X X paloma rafael Qualidade X X Podemos analisar através de nossa topologia proposta ester que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) X DC: matriz Armando Martins 39

39 Criando a estrutura organizacional do Server. Criando os usuários colocando no grupo geral. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 40

40 Criando a estrutura organizacional do Server. Colocando os Usuários Nos seus grupos secundários Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 41

41 Criando a estrutura organizacional do Server. Verificando a qual grupo o usuário pertence Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 42

42 Criando a estrutura organizacional do Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Criando o adm. do samba: senha: q1w2e3 Armando Martins 43

43 Criando a estrutura organizacional do Server. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Criando o usuario no samba: senha: q1w2e3 para todos Armando Martins 44

44 Criando a estrutura organizacional do Server. Inserindo segurança. Incluir no arquivo de shells um shell fake /bin/false Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 45

45 Criando a estrutura organizacional do Server. Podemos observar dentre os vários shells o que colocamos. /bin/false Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 46

46 Criando a estrutura organizacional do Server. No samba cada máquina precisa ser Inserida no sistema, funciona mais ou menos como uma conta de usuário comum no samba. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 47

47 Mudando o nome da maquina cliente. na máquina client, vamos nomear a máquina (matriz-01). Armando Martins 48

48 Mudando o nome da maquina cliente. na máquina client, vamos nomear a máquina (matriz-01). Armando Martins 49

49 Mudando o nome da maquina cliente. na máquina client, vamos nomear a máquina (matriz-01). Armando Martins 50

50 Mudando o nome da maquina cliente. na máquina client, vamos nomear a máquina (matriz-01). Armando Martins 51

51 Mudando o nome da maquina cliente. na máquina client, vamos nomear a máquina (matriz-01). após dar o OK, devemos reiniciar a máquina. Armando Martins 52

52 Conferindo Mudança do nome da maquina cliente. Vamos conferir o nome da maquina (matriz-01). Armando Martins 53

53 Conferindo Mudança do nome da maquina cliente. A máquina esta com o nome (matriz-01). Armando Martins 54

54 Incluindo a maquina matriz01 no Server. Incluir a maquina no server, não permitindo que a mesma possa usar senha para logar. A intenção é apenas a aceitação da inclusão da estação no PDC. Podemos analisar através de nossa topologia proposta que: eth0: /24 (interface DHCP Server) eth0: /24 (interface Samba Server) DC: matriz Armando Martins 55

55 Incluindo a maquina matriz01 no domínio. Incluindo o desktop ao domínio. Armando Martins 56

56 Incluindo a maquina matriz01 no domínio. Incluindo o desktop ao domínio. Armando Martins 57

57 Incluindo a maquina matriz01 no domínio. Incluindo o desktop ao domínio. Armando Martins 58

58 Incluindo a maquina matriz01 no domínio. Incluindo o desktop ao domínio. User: root Senha: q1w2e3 Armando Martins 59

59 Incluindo a maquina matriz01 no domínio. Após algum tempo, você receberá a confirmação de entrada da máquina no domínio Armando Martins 60

60 Incluindo a maquina matriz01 no domínio. Agora devemos reiniciar o desktop para efetivar sua entrada no domínio Armando Martins 61

61 Incluindo a maquina matriz01 no domínio. Agora devemos reiniciar o desktop para efetivar sua entrada no domínio Armando Martins 62

62 Incluindo a maquina matriz01 no domínio. Vamos logar com o Usuário: grogorinho Senha: q1w2e3 Armando Martins 63

63 Incluindo a maquina matriz01 no domínio. Se durante o login tivermos essa Saída. Não se preocupe!!! Isso aconteceu, pois o usuário ainda não tem um perfil desponível. Armando Martins 64

64 Incluindo a maquina matriz01 no domínio. Pode demorar um tempo para A criação do perfil do usuário Na rede. Armando Martins 65

65 Instalando o SAMBA Server como PDC FIM da Configuração Armando Martins 66

Compartilhamento de arquivos e diretórios

Compartilhamento de arquivos e diretórios Compartilhamento de arquivos e diretórios O compartilhamento de arquivos e diretórios foi uma das aplicações que motivou o desenvolvimento inicial da rede de computadores. 19 E xistem dois protocolos de

Leia mais

Configurando DNS Server. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

Configurando DNS Server. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Configurando DNS Server. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Entendendo o DNS É o serviço responsável por: Traduzir nomes em endereços IP (e vice-versa), de um determinado

Leia mais

02-Configurando um Servidor DHCP. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

02-Configurando um Servidor DHCP. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com 02-Configurando um Servidor DHCP. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Entendendo o DHCP Entendendo o DHCP Inserindo Servidor na Infra. Instalação do serviço dhcpd3-server

Leia mais

ATIVIDADE 1. Redes Windows. 1.1 Histórico do SMB

ATIVIDADE 1. Redes Windows. 1.1 Histórico do SMB ATIVIDADE 1 Redes Windows Falar sobre Samba e redes mistas Windows / Linux, sem antes explicar o conceito básico de uma rede não parece correto e ao mesmo tempo, perder páginas e mais páginas explicando

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 INSTALANDO O SAMBA... 3 Verificando a versão... 3 Criando uma cópia do servidor samba original... 3 COMPARTILHAMENTOS

Leia mais

Instalando e configurando o SAMBA no Debian 6.0

Instalando e configurando o SAMBA no Debian 6.0 Instalando e configurando o SAMBA no Debian 6.0 Julio Cesar Vitoria Moraes, Rafael de Figueiredo Rodrigues Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS (FATEC

Leia mais

FPROT. Fonte: www.lcad.icmc.usp.br/~jbatista/sce238/samba.ppt. SENAC TI Fernando Costa

FPROT. Fonte: www.lcad.icmc.usp.br/~jbatista/sce238/samba.ppt. SENAC TI Fernando Costa FPROT Fonte: www.lcad.icmc.usp.br/~jbatista/sce238/samba.ppt SENAC TI Fernando Costa Samba Introdução Fundamentos para criação de um domínio e serviços Windows em um servidor Linux. Motivação: O convívio

Leia mais

Manual. Configuração Samba. tutorial de instalação. Samba - Linux. Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE

Manual. Configuração Samba. tutorial de instalação. Samba - Linux. Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Configuração Samba tutorial de instalação Samba - Linux Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Configuração Samba tutorial de instalação Samba - Linux

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Configuração do Servidor Samba como controlador primário de domínio (PDC). O objetivo desse roteiro é mostrar como configurar um servidor Samba PDC compartilhando o diretório home, impressora e um diretório

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Samba como compartilhador de arquivos & impressora O Samba surgiu da necessidade de integrar redes mistas (Windows com Linux). No Linux, há duas maneiras de se fazer isso, que é pelo uso do NFS e Samba.

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Autor: Alexandre F. Ultrago E-mail: ultrago@hotmail.com 1 Infraestrutura da rede Instalação Ativando o usuário root Instalação do Webmin Acessando o Webmin

Leia mais

O que um Servidor Samba faz?

O que um Servidor Samba faz? O que é o Samba? O Samba é um "software servidor" para Linux (e outros sistemas baseados em Unix) que permite o gerenciamento e compartilhamento de recursos em redes formadas por computadores com o Windows

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores

Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores Prof.: Roberto Franciscatto Introdução Perguntas iniciais O que você precisa colocar para funcionar? Entender a necessidade Tens servidor específico

Leia mais

Suporte de Servidores Linux. Ezequiel Mendes Duque

Suporte de Servidores Linux. Ezequiel Mendes Duque Suporte de Servidores Linux Ezequiel Mendes Duque SAMBA Acidente?? O projeto nasceu no final de 1991, de forma acidental. O criador foi: Andrew Tridgell, um australiano que na época era estudante do curso

Leia mais

Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio

Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio Muitos tutoriais iniciam a explicação do processo em uma fase adiantada, ou seja, considerando que o leitor já sabe algumas

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 INSTALAÇÃO DO SERVIÇOS DE DOMÍNIO DO ACTIVE DIRECTORY (AD DS)

Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 INSTALAÇÃO DO SERVIÇOS DE DOMÍNIO DO ACTIVE DIRECTORY (AD DS) Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 Sumário... 2 Criando as Unidades Organizacionais... 16 Criando Grupos... 17 Criação de Usuários.... 20 Habilitando a Lixeira do AD DS.... 24

Leia mais

Sistemas Distribuídos Aula-6

Sistemas Distribuídos Aula-6 6 SAMBA Histórico: O Samba foi criado por Andrew Tridgell. Ele precisava montar um espaço em disco em seu PC para um servidor Unix. Esse PC rodava DOS e, inicialmente, foi utilizado o sistema de arquivos

Leia mais

TUTORIAL PARA A INSTALAÇÃO EM AMBIENTE DE REDE WINDOWS DO SERVIDOR FIREBIRD

TUTORIAL PARA A INSTALAÇÃO EM AMBIENTE DE REDE WINDOWS DO SERVIDOR FIREBIRD TUTORIAL PARA A INSTALAÇÃO EM AMBIENTE DE REDE WINDOWS DO SERVIDOR FIREBIRD Este tutorial foi preparado com o objetivo de orientar os passos necessários para a instalação do SGBD relacional Firebird, em

Leia mais

Capítulo 8 - Aplicações em Redes

Capítulo 8 - Aplicações em Redes Capítulo 8 - Aplicações em Redes Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 31 Roteiro Sistemas Operacionais em Rede Modelo Cliente-Servidor Modelo P2P (Peer-To-Peer) Aplicações e Protocolos

Leia mais

CST em Redes de Computadores

CST em Redes de Computadores CST em Redes de Computadores Serviços de Rede Prof: Jéferson Mendonça de Limas Ementa Configuração de Serviços de Redes; Servidor Web; Servidor de Arquivos; Domínios; Servidor de Banco de Dados; SSH; SFTP;

Leia mais

Protocolo FTP. Professor Leonardo Larback

Protocolo FTP. Professor Leonardo Larback Protocolo FTP Professor Leonardo Larback Protocolo FTP O FTP (File Transfer Protocol) é um protocolo de transferência de arquivos. Atualmente, o FTP é definido pela RFC 959 File Transfer Protocol (FTP)

Leia mais

SMB vs NFS. Técnico Integrado em Telecomunicações turma 6080822

SMB vs NFS. Técnico Integrado em Telecomunicações turma 6080822 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA SMB vs NFS Técnico Integrado em Telecomunicações

Leia mais

Após salvar, execute o comando testparm e ele deverá exibir a mensagem Server role: ROLE_DOMAIN_PDC".

Após salvar, execute o comando testparm e ele deverá exibir a mensagem Server role: ROLE_DOMAIN_PDC. Samba como Servidor de Domínio Ubuntu Server 14.04 1. Passo - Instalação do pacote: #apt-get install samba 2. Passo - Edição do smb.conf Após instalar o samba delete o arquivo padrão smb.conf. #rm /etc/samba/smb.conf

Leia mais

Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa)

Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa) Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa) Prof. Roitier Campos Gonçalves Introdução O servidor de arquivos fornece um ponto centralizado na rede para armazenamento e compartilhamento de arquivos

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto

Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 Protocolo de rede... 3 Protocolo TCP/IP... 3 Máscara de sub-rede... 3 Hostname... 3

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY

Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY Conteúdo Programático! Introdução ao Active Directory (AD)! Definições! Estrutura Lógica! Estrutura Física! Instalação do Active Directory (AD)!

Leia mais

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Windows 2003 Server Introdução Nessa Aula: É apresentada uma visão rápida e geral do Windows Server 2003. O Foco a partir da próxima aula, será no serviço de Diretórios

Leia mais

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Introdução: Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Prezados leitores, esta é a primeira parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo

Leia mais

Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free

Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free Introdução Após instalar a versão gratuita do HSC Internet Secure Suite (HSC ISS Free), o cliente adquiriu uma licença de uso Standard ou Enterprise

Leia mais

Como é o Funcionamento do LTSP

Como é o Funcionamento do LTSP Instalação e configuração do LTSP 5 no Ubuntu 11.04 Funcionamento do LTSP e Instalação do Servidor Como é o Funcionamento do LTSP O primeiro requisito para que o LSTP funcione bem é ter uma rede de boa

Leia mais

Instalação do serviço de FTP com o Proftpd

Instalação do serviço de FTP com o Proftpd Tutorial - Proftpd Instalação do serviço de FTP com o Proftpd O Proftpd é um dos mais utilizados servidores de FTP da plataforma Linux. Sua instalação é rápida e fácil. Para instalar o pacote, digite o

Leia mais

Acesso Re sso R moto

Acesso Re sso R moto Acesso Remoto Introdução Em um ambiente de rede, é sempre importante salientar o uso de ferramentas que possam facilitar procedimentos de manutenção, gerenciamento e execução de procedimentos em uma determinada

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS

CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS Servidor: O servidor é todo computador no qual um banco de dados ou um programa (aplicação) está instalado e será COMPARTILHADO para outros computadores,

Leia mais

Conteúdo do pacote de 05 cursos hands-on Linux

Conteúdo do pacote de 05 cursos hands-on Linux Conteúdo do pacote de 05 cursos hands-on Linux Linux Básico Linux Intermediário Proxy Squid Firewall Netfilter / Iptables Samba 4 C o n t e ú d o d o c u r s o H a n d s - on L i n u x 2 Sumário 1 Linux

Leia mais

Laboratório - Exploração do FTP

Laboratório - Exploração do FTP Objetivos Parte 1: Usar o FTP em um prompt de comando Parte 2: Baixar um arquivo FTP usando WS_FTP LE Parte 3: Usar o FTP em um navegador Histórico/cenário O File Transfer Protocol (FTP) faz parte do conjunto

Leia mais

CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2

CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2 CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2 1. Antes de começar A tabela a seguir lista as informações que você precisa saber antes de configurar um servidor VPN de acesso remoto. Antes de

Leia mais

Como instalar o Active Directory no Windows Server 2003

Como instalar o Active Directory no Windows Server 2003 Como instalar o Active Directory no Windows Server 2003 Po r Artur Higash iyama Primeiro assegure se que o seu servidor e a sua rede estão funcionando conforme o artigo "Requisitos e Recomendações para

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Servidor de Arquivos (NFS) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução ao NFS O NFS (Network File System) é um sistema de arquivos

Leia mais

/LQX[:LQGRZV 6DPED. Para executar os procedimentos abaixo você precisa estar logado como root. $YLVR

/LQX[:LQGRZV 6DPED. Para executar os procedimentos abaixo você precisa estar logado como root. $YLVR /LQX[:LQGRZV 6DPED (GLomR Autor E-mail Home-page Coadjuvante 'DQLHO3HUHLUD*XLPDUmHV WHPS#WHFQRE\WHFRPEU ZZZWHFQRE\WHFRPEU $QW{QLR3HUHLUD*XLPDUmHV,QWURGXomR Não podemos negar que a maior parte dos usuários

Leia mais

Capítulo 9. SMB (Server Message Block) Serviços de ficheiros em rede Microsoft. Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1

Capítulo 9. SMB (Server Message Block) Serviços de ficheiros em rede Microsoft. Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1 Capítulo 9 Serviços de ficheiros em rede Microsoft SMB (Server Message Block) Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1 Introdução Em 1984 a Microsoft fez uma API (Application Programming Interface)

Leia mais

Utilizando o SAMBA - Parte I

Utilizando o SAMBA - Parte I Utilizando o SAMBA - Parte I Por: Victor Zucarino ( 28/03/2001 ) Introdução Antes de começar vamos entender o que é o Samba. Em uma rede é necessário compartilhar dados, por isso temos que pensar em obter

Leia mais

Nesse artigo abordaremos os principais aspectos de instalação e uso do NTOP no Fedora Core 4.

Nesse artigo abordaremos os principais aspectos de instalação e uso do NTOP no Fedora Core 4. Diego M. Rodrigues (diego@drsolutions.com.br) O NTOP é um programa muito simples de ser instalado e não requer quase nenhuma configuração. Ele é capaz de gerar excelentes gráficos de monitoramento das

Leia mais

Um pouco sobre Pacotes e sobre os protocolos de Transporte

Um pouco sobre Pacotes e sobre os protocolos de Transporte Um pouco sobre Pacotes e sobre os protocolos de Transporte O TCP/IP, na verdade, é formado por um grande conjunto de diferentes protocolos e serviços de rede. O nome TCP/IP deriva dos dois protocolos mais

Leia mais

Integração Windows e Linux com Samba

Integração Windows e Linux com Samba Integração Windows e Linux com Samba Session Message Block - SMB Software livre, que permite que máquinas Unix/Linux e Windows convivam harmoniosamente em uma mesma rede Sistemas Windows em geral e OS/2

Leia mais

Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A

Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1 CNC...3 2.1.1. Configuração...3 2.2 PC...6 2.2.1 Configurar a rede Microsoft...6 2.2.2. Inibir o Firewall da rede

Leia mais

EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER

EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER Host On-Demand - HOD Versão 6.0 Fev/2002 Suporte Técnico: Central de Atendimento SERPRO CAS 0800-782323 Gilson.Pereira@serpro.gov.br Marcio.Nunes@serpro.gov.br O que é o serviço

Leia mais

APLICAÇÃO REDE APLICAÇÃO APRESENTAÇÃO SESSÃO TRANSPORTE REDE LINK DE DADOS FÍSICA 1/5 PROTOCOLOS DE REDE

APLICAÇÃO REDE APLICAÇÃO APRESENTAÇÃO SESSÃO TRANSPORTE REDE LINK DE DADOS FÍSICA 1/5 PROTOCOLOS DE REDE 1/5 PROTOCOLOS DE O Modelo OSI O OSI é um modelo usado para entender como os protocolos de rede funcionam. Para facilitar a interconexão de sistemas de computadores, a ISO (International Standards Organization)

Leia mais

Wireshark Lab: TCP. Versão 1.1 2005 KUROSE, J.F & ROSS, K. W. Todos os direitos reservados 2011 BATISTA, O. M. N. Tradução e adaptação para Wireshark.

Wireshark Lab: TCP. Versão 1.1 2005 KUROSE, J.F & ROSS, K. W. Todos os direitos reservados 2011 BATISTA, O. M. N. Tradução e adaptação para Wireshark. Wireshark Lab: TCP Versão 1.1 2005 KUROSE, J.F & ROSS, K. W. Todos os direitos reservados 2011 BATISTA, O. M. N. Tradução e adaptação para Wireshark. Neste laboratório, investigaremos o comportamento do

Leia mais

Firewall Primeiros Passos. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

Firewall Primeiros Passos. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Firewall Primeiros Passos. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Topologia de Trabalho Armando Martins 2 Entendendo o Anbiente Firewall Você recebeu duas máquinas virtuais:

Leia mais

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Índice Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter............... 1 Sobre a Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter................ 1 Requisitos de

Leia mais

Capacitação IPv6.br. Serviços em IPv6. Serviços rev 2012.08.07-01

Capacitação IPv6.br. Serviços em IPv6. Serviços rev 2012.08.07-01 Capacitação IPv6.br Serviços em IPv6 Serviços DHCPv6 Firewall DNS NTP HTTP Proxy Proxy Reverso SMB CIFS SSH... Implementações BIND Squid IPv6 desde Julho/2001 IPv6 nativo desde Outubro/2008 BIND 9.1.3

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers OpenVPN Objetivos Entender como funciona uma VPN Configurar uma VPN host to host O que é uma VPN? VPN Virtual Private Network, é uma rede de comunicação particular, geralmente utilizando canais de comunicação

Leia mais

Configuração Definitiva do Samba

Configuração Definitiva do Samba Configuração Definitiva do Samba 1 2 Sumário 1. Vantagens... 5 2. Desvantagem... 5 3. Conclusão Final... 5 4. Vamos botar a mão na massa!... 6 5. Instalação... 6 6. Configuração Parte 1 (Criando os diretórios)...

Leia mais

Curso: Superior Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: Sistemas Distribuídos Professor: Társio Ribeiro Cavalcante

Curso: Superior Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: Sistemas Distribuídos Professor: Társio Ribeiro Cavalcante Curso: Superior Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: Sistemas Distribuídos Professor: Társio Ribeiro Cavalcante Exercício Cluster Implementar um Cluster em ambiente Windows. Recursos:

Leia mais

LIBERAÇÃO DE IP PARA MODULO CEDENTE.

LIBERAÇÃO DE IP PARA MODULO CEDENTE. LIBERAÇÃO DE IP PARA MODULO CEDENTE. Sistema com ERRO DE CONCÇÃO COM O SERVIDOR, esse erro ocorre quando a maquina não consegue estabelecer conexão com o servidor de destino. Nas maiorias das vezes e a

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Acordo Ortográfico no Linux Educacional

Acordo Ortográfico no Linux Educacional Acordo Ortográfico no Linux Educacional Por: Rafael Nink de Carvalho Neste artigo irei abordar como atualizar o Vero - Corretor Ortográfico do BrOffice.org na distribuição Linux Educacional. Mas antes

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

NBT - é o protocolo que faz o mapeamento entre nomes (de computadores ) e IP s.

NBT - é o protocolo que faz o mapeamento entre nomes (de computadores ) e IP s. Capítulo 9 Serviços de ficheiros em rede Microsoft (SMB) Introdução Em 1984 a Microsoft fez uma API (Application Programming Interface) para que as suas aplicações pudessem partilhar dados numa rede. Esta

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E ANALISTA (EXCETO PARA O CARGO 4 e 8) GABARITO 1. (CESPE/2013/MPU/Conhecimentos Básicos para os cargos 34 e 35) Com a cloud computing,

Leia mais

Aula 9 Servidor Samba Linux

Aula 9 Servidor Samba Linux 1 Aula 9 Servidor Samba Linux Samba é o protocolo responsável pela integração de máquinas Linux com Windows, permitindo assim a criação de redes mistas utilizando servidores Linux e clientes Windows. Samba,

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Edital 012/PROAD/SGP/2012

Edital 012/PROAD/SGP/2012 Edital 012/PROAD/SGP/2012 Nome do Candidato Número de Inscrição - Assinatura do Candidato Secretaria de Articulação e Relações Institucionais Gerência de Exames e Concursos I N S T R U Ç Õ E S LEIA COM

Leia mais

Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira

Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira Definição O Firewal é um programa que tem como objetivo proteger a máquina contra acessos indesejados, tráfego indesejado, proteger serviços que estejam rodando

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Samba Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br 1 Conhecido também como servidor de arquivos; Consiste em compartilhar diretórios do Linux em uma rede Windows e visualizar compartilhamentos

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 Duração: 02:45 min INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 1. Inicializar o Virtual PC 2007 e criar uma máquina virtual. a. Salvar em C:\Laboratorio b. O nome da máquina virtual será: Linux_Suse_Seunome.vmc

Leia mais

O que é uma rede de computadores?

O que é uma rede de computadores? O que é uma rede de computadores? A rede é a conexão de duas ou mais máquinas com objetivo de compartilhar recursos entre elas. Os recursos compartilhados podem ser: Compartilhamento de conteúdos do disco

Leia mais

Tutorial feito por Michell MGS TI Ensinando e Aprendendo (O Dia de amanhã a Deus pertence).

Tutorial feito por Michell MGS TI Ensinando e Aprendendo (O Dia de amanhã a Deus pertence). 1 - Instalando o Windows Server 2003 Enterprise Edition R1 e R2. 2 - Criando um nome para o Servidor. 3 - Adicionando IP fixo ao servidor. 1 - Insira o CD do Windows Server 2003 no drive de CD ROM e siga

Leia mais

Instalação e Configuração Iptables ( Firewall)

Instalação e Configuração Iptables ( Firewall) Instalação e Configuração Iptables ( Firewall) Pág - 1 Instalação e Configuração Iptables - Firewall Desde o primeiro tutorial da sequencia dos passo a passo, aprendemos a configurar duas placas de rede,

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 04. Prof. André Lucio

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 04. Prof. André Lucio FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 04 Prof. André Lucio Competências da aula 3 Servidor de DHCP. Servidor de Arquivos. Servidor de Impressão. Aula 04 CONCEITOS

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás Segurança da Informação. Guilherme Pereira Carvalho Neto. Portas e Serviços

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás Segurança da Informação. Guilherme Pereira Carvalho Neto. Portas e Serviços Faculdade de Tecnologia Senac Goiás Segurança da Informação Guilherme Pereira Carvalho Neto Portas e Serviços Goiânia 2015 Relatório de portas e serviços na rede Relatório produzido com base em dados colhidos

Leia mais

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição 1 Configurando a Conexão com o Banco de Dados 2 Primeiro Acesso ao Sistema Manutenção de Usuários 3 Parametrizando o Sistema Configura

Leia mais

O B B J E E T T I V V O O S

O B B J E E T T I V V O O S OBJ E T I VOS Conhecer as características e possibilidades do SO Linux, como workstation simples ou elemento componente de uma rede; Analisar a viabilidade de implantação do sistema numa corporação. SU

Leia mais

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Revisão: Seg, 21 de Março de 2011 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4 1.1. Pré Requisitos...4 1.2. Na Prática...4 1.2.1. Download...4

Leia mais

Sistemas Multimédia. Arquitectura Protocolar Simples Modelo OSI TCP/IP. Francisco Maia famaia@gmail.com. Redes e Comunicações

Sistemas Multimédia. Arquitectura Protocolar Simples Modelo OSI TCP/IP. Francisco Maia famaia@gmail.com. Redes e Comunicações Sistemas Multimédia Arquitectura Protocolar Simples Modelo OSI TCP/IP Redes e Comunicações Francisco Maia famaia@gmail.com Já estudado... Motivação Breve História Conceitos Básicos Tipos de Redes Componentes

Leia mais

GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR

GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR 1 - Integra Services Atenção: o Integra Services está disponível a partir da versão 2.0 do software Urano Integra. O Integra Services é um aplicativo que faz parte

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JANEIRO/2011

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JANEIRO/2011 PROCEDIMENTOS DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR DE BANCO DE DADOS DO PERGAMUM COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JANEIRO/2011 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71)

Leia mais

Linux Networks Servers

Linux Networks Servers FTP O protocolo FTP ( File Transfer Protocol ) é um protocolo para transferências de arquivos amplamente utilizado na internet devido a sua facilidade de implementação e simplicidade de uso. Durante este

Leia mais

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede Entregar um relatório contendo introdução, desenvolvimento e conclusão. A seção desenvolvimento pode conter

Leia mais

Protocolos Telnet e SSH. Professor Leonardo Larback

Protocolos Telnet e SSH. Professor Leonardo Larback Protocolos Telnet e SSH Professor Leonardo Larback Protocolo Telnet O modelo de referência TCP/IP inclui um protocolo simples de terminal remoto: Telnet. O telnet é tanto um programa quanto um protocolo,

Leia mais

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

TUTORIAL INSTALADOR MYMIX

TUTORIAL INSTALADOR MYMIX Sumário Apresentação...1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Instalar Servidor MyMix... 2 3. Instalar Estação de Trabalho... 6 3.1 Carregar Configuração da Estação de Trabalho... 10 4. Instalar PDV... 11

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Realizando Comunicação através do TERMINAL SERVER Windows 2008 (Utilizando a DarumaFramework.dll)

STK (Start Kit DARUMA) Realizando Comunicação através do TERMINAL SERVER Windows 2008 (Utilizando a DarumaFramework.dll) STK (Start Kit DARUMA) Realizando Comunicação através do TERMINAL SERVER Windows 2008 (Utilizando a DarumaFramework.dll) Este STK dividiu-se em três etapas, que são: Configuração do Windows 2008 server;

Leia mais

Rotina de Discovery e Inventário

Rotina de Discovery e Inventário 16/08/2013 Rotina de Discovery e Inventário Fornece orientações necessárias para testar a rotina de Discovery e Inventário. Versão 1.0 01/12/2014 Visão Resumida Data Criação 01/12/2014 Versão Documento

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado)

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) Índice Instruções de Instalação....... 1 Requisitos do sistema........... 1 Código de autorização.......... 1 Instalando...............

Leia mais

Administração de Redes SAMBA

Administração de Redes SAMBA Administração de Redes SAMBA Rafael S. Guimarães IFES - Campus Cachoeiro de Itapemirim Baseado no material de João Paulo de Brito Gonçalves SAMBA SAMBA A finalidade do serviço Samba é permitir que estações

Leia mais

Conteúdo Programático

Conteúdo Programático Conteúdo Programático Introdução ao Active (AD) Definições Estrutura Lógica Estrutura Física Instalação do Active (AD) Atividade Prática 1 Definições do Active Em uma rede do Microsoft Windows Server 2003,

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010 PROCEDIMENTOS DE CONFIGURAÇÃO DO AD, DNS E DHCP COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Equipamento compacto e de alto poder de processamento, ideal para ser utilizado em provedores de Internet ou pequenas empresas no gerenciamento de redes e/ou no balanceamento

Leia mais

SCPIWeb. SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 )

SCPIWeb. SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 ) 2010 SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 ) SCPIWebCotacao Aplicação Web para Cotação de Preços via Internet Resumo de Instruções

Leia mais

Passo a Passo da instalação da VPN

Passo a Passo da instalação da VPN Passo a Passo da instalação da VPN Dividiremos este passo a passo em 4 partes: Requisitos básicos e Instalação Configuração do Servidor e obtendo Certificados Configuração do cliente Testes para saber

Leia mais

COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO.

COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO. COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO. 1. Compartilhar a máquina servidor clicando com o botão direito do mouse em disco local e no menu de contexto não pção Propriedades.

Leia mais

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Capitulo 1

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Capitulo 1 Capitulo 1 Montagem de duas pequenas redes com a mesma estrutura. Uma é comandada por um servidor Windows e outra por um servidor linux, os computadores clientes têm o Windows xp Professional instalados.

Leia mais

Informática. 2 o Período 09/03/2012

Informática. 2 o Período 09/03/2012 Informática 2 o Período 09/03/2012 1 Agenda 1ª Parte Perguntas da aula do dia 28/02/2012 2ª Parte Redes: Protocolos e Serviços 1ª Parte Perguntas da aula do dia 28/02/2012 Grupo de 5 pessoas Perguntas

Leia mais