Principais Problemas Ambientais

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Principais Problemas Ambientais"

Transcrição

1 Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Exatas Departamento de Química Química Ambiental (2017/2) Química Atmosférica (Parte 2) Principais Problemas Ambientais Felipe Dias dos Reis

2 Principais problemas ambientais DEPLEÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO SMOG FOTOQUÍMICO CHUVA ÁCIDA EFEITO ESTUFA INTENSIFICADO 2

3 A camada de ozônio Funciona como um escudo contra os efeitos nocivos dos raios solares Se localiza na estratosfera Tem cerca de 15 km de espessura Figura 1 Camadas da atmosfera 3

4 Mecanismos de formação e consumo Velocidades na estratosfera O 2 + hν O + O O + O 2 O 3 + calor O 3 + hν O + O 2 O + O 3 + hν 2O 2 Lenta Rápida Rápida Lenta A concentração de O 3 na atmosfera deveria ser aproximadamente constante 4

5 Mecanismos de formação e consumo Figura 2 Variação da concentração de ozônio em diferentes altitudes da atmosfera A velocidade da reação de formação do O 3 diminui com o aumento da altitude. A velocidade reação de fotodissociação do O 3 aumenta com a altitude 5

6 Decomposição do ozônio X + O 3 XO + O 2 XO + O X + O 2 O + O 3 2O 2 Global X = espécies radicalares de OH, NO, Cl e Br O átomo X atua como catalisador Teoricamente, sua capacidade de catalisar a decomposição do O 3 é infinita 6

7 Decomposição do ozônio Clorofluorcarbonetos (CFCs) CF 2 Cl 2 + hν CF 2 Cl + Cl UV presente estratosfera O cloro radicalar chega na estratosfera e reage com o O 3 7

8 Decomposição do ozônio Classes: 1. Clorofluorcarbonos (CFCs); 2. Hidroclorofluorcarbonos (HCFCs); 3. Halons (hidrocarbonetos halogenados); 4. Hidrobromofluorcarbonos (HBFCs) 5. Tetracloreto de carbono (CTC); 6. Metil clorofórmio (TCA); 7. Brometo de metila (MeBr). 8

9 Origem dos CFCs Muito utilizados como fluidos de refrigeração, propelentes em aerossóis e solventes para limpeza de circuitos elétricos Os CFCs são atóxicos e não inflamáveis, características que os tornaram muito populares 9

10 Decomposição do ozônio O N 2 O também pode atuar como catalisador N 2 O + O 2NO NO + O 3 NO 2 + O 2 O radical NO é formado quando o óxido nitroso migra da troposfera para a estratosfera, onde colide com um átomo de oxigênio excitado 10

11 A radiação UV Radiação potencialmente prejudicial: UV (50 a 400 nm) E = hc λ UV-A (320 a 400 nm) UV-B (280 a 320 nm) UV-C (200 a 280 nm) 11

12 A radiação UV Radiação UV na região de 50 a 220 nm não atingem a superfície O 2 situado na estratosfera e nas camadas acima absorvem radiação nessa faixa Figura 3 Espectro de absorção do O 2 12

13 A radiação UV Radiação UV na região de 220 a 290 nm O 3 situado na estratosfera média e inferior absorve toda a radiação nessa faixa Figura 4 Espectros de absorção do O 3 nas faixas de (a) 200 a 300 nm e (b) 295 a 325 nm 13

14 A radiação UV Radiação UV na região de 290 a 320 nm (maior parte da faixa de UV-B) O O 3 absorve de 70 a 90% da radiação nessa região De 10 a 30% chega à superfície da Terra Diminuição de 1% no ozônio resulta em 2% de aumento na intensidade de UV-B na superfície Figura 4 Espectros de absorção do O 3 nas faixas de (a) 200 a 300 nm e (b) 295 a 325 nm 14

15 A radiação UV Radiação UV na região de 320 a 400 nm O 2, O 3 e grande parte dos constituintes não absorvem significativamente nessa faixa O dióxido de nitrogênio absorve, mas está presente em concentrações muito baixas A maior parte dessa radiação chega à superfície terrestre 15

16 Consequências da exposição a UV-B Bronzeamento e queimadura na pele humana Superexposição pode levar ao câncer de pele Pode afetar de forma adversa o sistema imunológico humano Pode afetar o crescimento de plantas e animais 16

17 17

18 Diclorometano - CH 2 Cl 2 18

19 O ozônio na troposfera Quando na troposfera, o O 3 é um poluente Smog fotoquímico Smog = smoke (fumaça) + fog (neblina) Inversão térmica que acontece em lugares de pouca altitude, altos índices de poluição no ar e baixas temperaturas 19

20 O ozônio na troposfera

21 O ozônio na troposfera Na troposfera, poluentes provindos principalmente da queima incompleta de motores de combustão, geram átomos de oxigênio livres, que reagem com o O 2 e formam O 3 NO 2 + hν λ 430 nm NO + O O + O 2 O 3 O O 3 juntamente com outros poluentes, formam o smog fotoquímico 21

22 Poluição na troposfera Varia em função da localização e das atividades realizadas na área Principal fonte de poluentes: combustíveis fósseis SO 2 NO x CO Material particulado 22

23 Chuva ácida Refere-se à acidez acentuada produzida na água da chuva por poluentes O termo foi utilizado pela primeira vez por Robert Angus Smith, em um livro publicado em 1852 Termo mais aceito atualmente: deposição ácida Espécies ácidas também podem estar na neve ou em outras formas sólidas 23

24 Chuva ácida A água da chuva já é naturalmente ácida, com ph em torno de 5,5 + CO 2(g) + H 2 O (l) H 2 CO 3(aq) H (aq) + 2HCO 3(aq) O que caracteriza a chuva ácida é a presença de ácidos fortes, podendo fazer o ph variar entre 5,0 e 2,2 24

25 Chuva ácida Reações dos óxidos de nitrogênio 2NO + O 2 2NO 2 2NO 2 + H 2 O HNO 2 + HNO 3 2HNO 2 + O 2 2HNO 3 Reações dos óxidos de enxofre SO O 2 SO 3 SO 3 + H 2 O H 2 SO 4 25

26 Chuva ácida Figura 5 Formação da chuva ácida 26

27 Chuva ácida Os ventos podem transportar poluentes por grandes distâncias A chuva ácida pode cair em locais distante de onde os poluentes foram emitidos As consequências afetam de forma deslocalizada 27

28 Chuva ácida - consequências Acidificação de solos, lagos e rios Afeta o desenvolvimento de plantas Causa morte de peixes e outros organismos aquáticos Degradação de construções civis e monumentos

29 Chuva ácida - incidência No Brasil, os locais de maiores incidências são nos centros urbanos Atualmente no Brasil: Rio de Janeiro São Paulo Regiões próximas a usinas termoelétricas Cubatão Na década de 80: Vale da morte Liberação de mais de 1000 toneladas por dia de poluentes 29

30 Chuva ácida incidência Figura 6 Distribuição da chuva ácida no mundo 30

31 Efeito Estufa Contenção natural de calor por moléculas específicas Gases absorvem e refletem de volta à superfície radiação na região do infravermelho Figura 7 Esquema do efeito estufa 31

32 Efeito Estufa O efeito estufa mantém a temperatura do planeta em uma faixa conveniente para a vida Sem isso, a temperatura do planeta seria muito baixa O problema é que alguns dos gases responsáveis por esse efeito tem sido emitidos em quantidades alarmantes Aquecimento Global 32

33 Gases do Efeito Estufa CO 2 60% do efeito estufa Utilizado como padrão para determinar o potencial de aquecimento dos demais gases N 2 O 5% do efeito estufa Potencial de aquecimento 300 vezes maior que o CO 2 15% do efeito estufa CH 4 Potencial de aquecimento 25 vezes maior que o CO 2 33

34 Gases do Efeito Estufa O 3 8% do efeito estufa Poluente na troposfera SF 6 Potencial de aquecimento vezes maior que o CO 2 Halons Hidrocarbonetos halogenados Potencial de aquecimento de 120 a vezes maior que o CO 2 34

35 Gases do Efeito Estufa Problemas em potencial: Derretimento das calotas polares Alagamento de regiões costeiras Mudanças climáticas Existem indícios, mas não há dados que comprovem o aquecimento global 35

36 Gases do Efeito Estufa Figura 8 Variação do emissão dos gases do efeito estufa de 1990 a 2010 Reflexão: Como determinar o CO 2 presente na atmosfera? 36

37 Gases do Efeito Estufa Em 2015, o Brasil ocupava a 7ª posição no ranking dos maiores emissores de gases estufa Figura 9 Ranking dos países emissores de gases estufa em

38 38

39 Bibliografia Consultada 1 - BAIRD, C. Química Ambiental, São Paulo, Bookman, 2ª ed., ROCHA, J. C., ROSA, A. H., CARDOSO, A. A. Introdução à Química Ambiental, Porto Alegre, Bookman, Girard, J. E. Princípios de Química Ambiental, Rio de Janeiro, 2ª ed.,

Aula 7. Principais problemas ambientais e as legislações brasileiras. Thalles Pedrosa Lisboa/ Prof. Rafael Arromba de Sousa

Aula 7. Principais problemas ambientais e as legislações brasileiras. Thalles Pedrosa Lisboa/ Prof. Rafael Arromba de Sousa Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Exatas Departamento de Química Aula 7 Principais problemas ambientais e as legislações brasileiras Thalles Pedrosa Lisboa/ Prof. Rafael Arromba

Leia mais

PROBLEMAS AMBIENTAIS INVERSÃO TÉRMICA INVERSÃO TÉRMICA 14/02/2014. Distribuição aproximada dos principais poluentes do ar de uma cidade (SP)

PROBLEMAS AMBIENTAIS INVERSÃO TÉRMICA INVERSÃO TÉRMICA 14/02/2014. Distribuição aproximada dos principais poluentes do ar de uma cidade (SP) PROBLEMAS AMBIENTAIS Distribuição aproximada dos principais poluentes do ar de uma cidade (SP) Liga-se com a hemoglobina impedindo o O2 de ser conduzido INVERSÃO TÉRMICA *Inversão térmica é um fenômeno

Leia mais

Interacção da Radiação com a Matéria

Interacção da Radiação com a Matéria Interacção da Radiação com a Matéria Já sabemos que: As radiações eletromagnéticas têm comportamento ondulatório e corpuscular. Cada radiação apresenta as suas características individuais; Os corpúsculos

Leia mais

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava:

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava: EXERCÍCIOS REVISÃO QUÍMICA AMBIENTAL (EFEITO ESTUFA, DESTRUIÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO E CHUVA ÁCIDA) e EQUILÍBRIO QUÍMICO DATA: 17/11/2015 PROF. ANA 1. Na década de 70, alguns cientistas descobriram quais

Leia mais

Poluição do ar. Tempo de residência: tempo médio de permanência da espécie no ar.

Poluição do ar. Tempo de residência: tempo médio de permanência da espécie no ar. Poluição do ar Para avaliar a extensão de alcance do poluente, deve-se conhecer o tempo de residência da espécie na atmosfera e as condições atmosféricas Tempo de residência: tempo médio de permanência

Leia mais

Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO

Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO I Ocorre de maneira natural; Atividade humana; Década de 1970 preocupação com a biodiversidade e poluição; Esforço global... Substituir civilização

Leia mais

Poluição do ar. Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador. Deu no jornal. Nossa aula

Poluição do ar. Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador. Deu no jornal. Nossa aula A UU L AL A Poluição do ar Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador do laboratório de poluição atmosférica experimental da Faculdade de Medicina da USP, a relação entre o nível de poluição e a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÉ-VESTIBULAR RUMO À UNIVERSIDADE CAMPUS JOÃO MONLEVADE QUÍMICA AMBIENTAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÉ-VESTIBULAR RUMO À UNIVERSIDADE CAMPUS JOÃO MONLEVADE QUÍMICA AMBIENTAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÉ-VESTIBULAR RUMO À UNIVERSIDADE CAMPUS JOÃO MONLEVADE QUÍMICA AMBIENTAL ORIENTADORA: PROF.ª DRA. KARLA VIEIRA P R OF. LUCAS SIQUEIRA O QUE É Parte da química que estuda

Leia mais

O OZONO NA ATMOSFERA. Maria do Anjo Albuquerque

O OZONO NA ATMOSFERA. Maria do Anjo Albuquerque O OZONO NA ATMOSFERA O buraco na camada de ozono é a região sobre Antárctica com um total de 220 ou menos unidades de Dobson A imagem mostra o buraco em outubro de 2004. Imagem obtida pelo satélite Aura

Leia mais

Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1

Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1 Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1 Conteúdo: O efeito estufa. Habilidade: Demonstrar uma postura crítica diante do uso do petróleo. REVISÃO Reações de aldeídos e cetonas. A redução de um composto

Leia mais

Recursos Atmosfericos

Recursos Atmosfericos Recursos Atmosfericos Professor: Neyval Costa Reis Jr. Departamento de Engenharia Ambiental Centro Tecnológico UFES Programa Detalhado Atmosfera Camadas Constituintes Balanço de energia Ventos na atmosfera

Leia mais

Emissões Atmosféricas e Mudanças Climáticas

Emissões Atmosféricas e Mudanças Climáticas CONCURSO PETROBRAS TÉCNICO(A) AMBIENTAL JÚNIOR Emissões Atmosféricas e Mudanças Climáticas Questões Resolvidas QUESTÕES RETIRADAS DE PROVAS DA BANCA CESGRANRIO DRAFT Produzido por Exatas Concursos www.exatas.com.br

Leia mais

ECOLOGIA IMPACTOS ANTRÓPICOS (AR E ÁGUA) - AR

ECOLOGIA IMPACTOS ANTRÓPICOS (AR E ÁGUA) - AR ECOLOGIA IMPACTOS ANTRÓPICOS (AR E ÁGUA) é uma das áreas da biologia que mais cai no ENEM, sendo que, dentro da ecologia, impactos ambientais são pontos bem cobrados. Nessa aula, iremos estudar alguns

Leia mais

Nuvens e o Aerossol Atmosférico. Leonardo Baptista

Nuvens e o Aerossol Atmosférico. Leonardo Baptista Nuvens e o Aerossol Atmosférico Leonardo Baptista Estrutura da atmosfera Massa da atmosfera (ar seco): 5,13 1018 kg Qual a composição da atmosfera? Composição da atmosfera Nitrogênio: 78,084% Oxigênio:

Leia mais

O zono. B uraco do ozono

O zono. B uraco do ozono O zono O ozono (O 3 ) é um gás cuja molécula é formada por três átomos de oxigénio; existente na atmosfera numa percentagem mínima (tem efeitos prejudiciais para os seres vivos quando se encontra junto

Leia mais

Composição da atmosfera terrestre. Fruto de processos físico-químicos e biológicos iniciados há milhões de anos Principais gases:

Composição da atmosfera terrestre. Fruto de processos físico-químicos e biológicos iniciados há milhões de anos Principais gases: Poluição do ar Composição da atmosfera terrestre Fruto de processos físico-químicos e biológicos iniciados há milhões de anos Principais gases: Nitrogênio 78% Oxigênio 21% Argônio 0,9% Gás Carbônico 0,03%

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Problemas Ambientais Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: Problemas Ambientais Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: Problemas Ambientais Prof. Enrico Blota Biologia Ecologia Problemas ambientais Em ecologia, POLUIR é contaminar um ecossistema ou parte dele com fatores prejudiciais ao equilíbrio

Leia mais

Grandes Problemas Ambientais

Grandes Problemas Ambientais Grandes Problemas Ambientais O aumento do efeito de estufa; O aquecimento global; A Antárctica; A desflorestação; A Amazónia; A destruição da camada de ozono; As chuvas ácidas; O clima urbano; Os resíduos

Leia mais

o buraco da camada de ozônio sobre a Antártida está lentamente se curando

o buraco da camada de ozônio sobre a Antártida está lentamente se curando CAMADA DE OZÔNIO O ozônio (O 3 ) é produzido pela ação da luz ultravioleta proveniente do Sol sobre o oxigênio (O 2 ) do ar. A camada de ozônio é uma porção da estratosfera situada a cerca de 22 km do

Leia mais

Derretimento de gelo nas calotas polares Aumento do nível dos oceanos Crescimento e surgimento de desertos Aumento de furacões, tufões e ciclones

Derretimento de gelo nas calotas polares Aumento do nível dos oceanos Crescimento e surgimento de desertos Aumento de furacões, tufões e ciclones O Sr. ROBERTO BRITTO (PP-BA) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, venho a esta tribuna falar sobre o Aquecimento Global. Todos os dias acompanhamos na televisão,

Leia mais

SIMULAÇÃO E AVALIAÇÃO DO EFEITO ESTUFA A PARTIR DA ADIÇÃO DA CO 2 EM UM SISTEMA FECHADO

SIMULAÇÃO E AVALIAÇÃO DO EFEITO ESTUFA A PARTIR DA ADIÇÃO DA CO 2 EM UM SISTEMA FECHADO 1 SIMULAÇÃO E AVALIAÇÃO DO EFEITO ESTUFA A PARTIR DA ADIÇÃO DA CO 2 EM UM SISTEMA FECHADO Diego Oliveira Cordeiro 1 diegoocordeiro@gmail.com Janduir Egito da Silva 1 jaduires@yahoo.com Cláudia Laís Araújo

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

Heitor Remigio Guerra

Heitor Remigio Guerra Poluição do Ar Heitor Remigio Guerra Atmosfera A Atmosfera é uma fina camada que envolve alguns planetas, composta basicamente por gases e poeira, retidos pela ação da força da gravidade. Atmosfera AS

Leia mais

Aula 5 QUÍMICA DA ATMOSFERA - PARTE II. Carlos Alexandre Borges Garcia Elisangela de Andrade Passos

Aula 5 QUÍMICA DA ATMOSFERA - PARTE II. Carlos Alexandre Borges Garcia Elisangela de Andrade Passos Aula 5 QUÍMICA DA ATMOSFERA - PARTE II META Apresentar o efeito estufa; Apresentar o Protocolo de Kyoto; Apresentar a importância da camada de ozônio; Apresentar a amostragem de material particulado; Apresentar

Leia mais

b) explique duas medidas adotadas pelo poder público para minimizar o problema da poluição atmosférica na cidade de São Paulo.

b) explique duas medidas adotadas pelo poder público para minimizar o problema da poluição atmosférica na cidade de São Paulo. 1. (Fuvest 2013) Observe a imagem, que apresenta uma situação de intensa poluição do ar que danifica veículos, edifícios, monumentos, vegetação e acarreta transtornos ainda maiores para a população. Trata-se

Leia mais

COMO OS LIVROS DIDÁTICOS DE ENSINO MÉDIO ABORDAM O EFEITO ESTUFA

COMO OS LIVROS DIDÁTICOS DE ENSINO MÉDIO ABORDAM O EFEITO ESTUFA COMO OS LIVROS DIDÁTICOS DE ENSINO MÉDIO ABORDAM O EFEITO ESTUFA Elizabeth Cristina Tavares Veloso 1, Juracy Regis de Lucena Junior 2. 1 Departamento de Química, Universidade Estadual da Paraíba -UEPB,

Leia mais

Geografia. Professor: Jonas Rocha

Geografia. Professor: Jonas Rocha Geografia Professor: Jonas Rocha Questões Ambientais Consciência Ambiental Conferências Internacionais Problemas Ambientais Consciência Ambiental Até a década de 1970 o homem acreditava que os recursos

Leia mais

Proteção da Camada de Ozônio

Proteção da Camada de Ozônio Proteção da Camada de Ozônio 1. O que é o ozônio? O ozônio (O 3 ) é um dos gases minoritários mais importantes que, embora encontrado em toda a atmosfera, concentra-se (cerca de 90% do total) na região

Leia mais

CONTROLE DA POLUIÇÃO AMBIENTAL

CONTROLE DA POLUIÇÃO AMBIENTAL CONTROLE DA POLUIÇÃO AMBIENTAL Prof. Eduardo Lucena Cavalcante de Amorim Qual a diferença entre poluição e contaminação? Poluição é qualquer fator que altera o aspecto do sistema original; seja água, ar,

Leia mais

28-02-2015. Sumário. Atmosfera da Terra. Interação Radiação-Matéria 23/02/2015

28-02-2015. Sumário. Atmosfera da Terra. Interação Radiação-Matéria 23/02/2015 Sumário Na : Radiação, Matéria e Estrutura Unidade temática 2. O ozono como filtro protetor da Terra. Formação e decomposição do ozono na atmosfera. Filtros solares. Alternativas aos CFC. Como se mede

Leia mais

Divirta-se com o Clube da Química

Divirta-se com o Clube da Química Divirta-se com o Clube da Química Produzido por Genilson Pereira Santana www.clubedaquimica.com A idéia é associar a Química ao cotidiano do aluno usando as palavras cruzadas, o jogo do erro, o domino,

Leia mais

Tema Energia térmica Tópico 8 O efeito estufa e o clima na Terra

Tema Energia térmica Tópico 8 O efeito estufa e o clima na Terra CECIMIG-FaE/UF Secretaria de Estado da Educação - Tema Energia térmica Tópico 8 O efeito estufa e o clima na Terra Curso de Imersão Física 2007 Eixo II: Transferência, transformação e conservação da energia

Leia mais

1 INTRODUÇÃO 1.1 Conceitos gerais

1 INTRODUÇÃO 1.1 Conceitos gerais 1 INTRODUÇÃO 1.1 Conceitos gerais A atmosfera da Terra é fruto de processos físico-químicos e biológicos iniciados há milhões de anos. Evoluiu, a partir do gás carbônico (CO 2 ) e vapor d água (H 2 O),

Leia mais

Disciplina: Introdução à Engenharia Ambiental. 6 - Poluição do Ar. Professor Sandro Donnini Mancini. Setembro, 2015.

Disciplina: Introdução à Engenharia Ambiental. 6 - Poluição do Ar. Professor Sandro Donnini Mancini. Setembro, 2015. Instituto de Ciência e Tecnologia de Sorocaba Disciplina: Introdução à Engenharia Ambiental Graduação em Engenharia Ambiental 6 - Poluição do Ar Professor Sandro Donnini Mancini Setembro, 2015. POLUIÇÃO

Leia mais

Ar condicionado: Ar que foi aquecido, arrefecido, humidificado ou desumidificado para manter os espaços interiores dentro dos parâmetros de conforto.

Ar condicionado: Ar que foi aquecido, arrefecido, humidificado ou desumidificado para manter os espaços interiores dentro dos parâmetros de conforto. A Aerossol: Liquido ácido ou partículas sólidas que são suficientemente pequenas para ficarem suspensas no ar. Elevadas concentrações destes aerossóis podem ser irritantes para os pulmões e têm sido associados

Leia mais

Os fenômenos climáticos e a interferência humana

Os fenômenos climáticos e a interferência humana Os fenômenos climáticos e a interferência humana Desde sua origem a Terra sempre sofreu mudanças climáticas. Basta lembrar que o planeta era uma esfera incandescente que foi se resfriando lentamente, e

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

CONTROLE DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA

CONTROLE DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA CONTROLE DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA CAPÍTULO V QUIMICA DA ATMOSFERA 5.1 INTRODUÇÃO... 5. PROCESSOS FOTOQUÍMICOS...4 5.3 REAÇÕES ÁCIDO-BASE NA ATMOSFERA...9 5.4 REAÇÕES DO OXIGÊNIO ATMOSFÉRICO E DO OZÔNIO

Leia mais

CAPÍTULO 7 EFEITO ESTUFA

CAPÍTULO 7 EFEITO ESTUFA CAPÍTULO 7 EFEITO ESTUFA Será que o homem já se conscientizou do poder destrutivo das suas mãos? Hoje, é freqüente ouvirmos falar do efeito estufa Mas quem é esse vilão que nos apavora? O efeito estufa

Leia mais

INFLUÊNCIA HUMANA SOBRE O MEIO AMBIENTE. Industrialização. habitat e saúde. Preocupação ambiental

INFLUÊNCIA HUMANA SOBRE O MEIO AMBIENTE. Industrialização. habitat e saúde. Preocupação ambiental INFLUÊNCIA HUMANA SOBRE O MEIO AMBIENTE Industrialização Efeitos sobre habitat e saúde Preocupação ambiental POLUIÇÃO Poluente: substância presente em concentrações maiores que as naturais como resultado

Leia mais

Sequência de Aulas - Ciclos Biogeoquímicos

Sequência de Aulas - Ciclos Biogeoquímicos Sequência de Aulas - Ciclos Biogeoquímicos 1. Nível de Ensino: Ensino Médio 2. Conteúdo Estruturante: Biogeoquímica 2.1 Conteúdo Básico: Matéria, Composição dos elementos químicos. 2.2 Conteúdo Específico:

Leia mais

Problemas Ambientais Urbanos

Problemas Ambientais Urbanos Problemas Ambientais Urbanos INVERSÃO TÉRMICA É comum nos invernos, principalmente no final da madrugada e início da manhã; O ar frio, mais denso, é responsável por impedir a dispersão de poluentes (CO,

Leia mais

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 30 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO E POLUIÇÃO DO AR

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 30 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO E POLUIÇÃO DO AR BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 30 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO E POLUIÇÃO DO AR C ( p f d o m r s a b c d e omo pode cair no enem ENEM) As cidades industrializadas produzem grandes proporções de gases como o

Leia mais

Exercícios de Problemas Ambientais

Exercícios de Problemas Ambientais Exercícios de Problemas Ambientais Material de apoio do Extensivo 1. Observe a imagem, que apresenta uma situação de intensa poluição do ar que danifica veículos, edifícios, monumentos, vegetação e acarreta

Leia mais

Emissões de poluentes e gases de efeito estufa por veículos automotores e motores de combustão. Paulo Romeu Moreira Machado Panambí, RS - 2010

Emissões de poluentes e gases de efeito estufa por veículos automotores e motores de combustão. Paulo Romeu Moreira Machado Panambí, RS - 2010 3:22:03 1 Emissões de poluentes e gases de efeito estufa por veículos automotores e motores de combustão Paulo Romeu Moreira Machado Panambí, RS - 2010 Roteiro 1 Introdução 2 O motor de combustão interna

Leia mais

II - Noções Gerais sobre Poluição Ambiental

II - Noções Gerais sobre Poluição Ambiental ICET Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia Química Geral I - Prof. Barbieri Capitulo I II - Noções Gerais sobre Poluição Ambiental II.1 Histórico Pode-se dizer que a evolução da poluição acompanhou

Leia mais

Ciclos do elementos Carbono, Nitrogênio e Enxofre

Ciclos do elementos Carbono, Nitrogênio e Enxofre Ciclos do elementos Carbono, Nitrogênio e Enxofre Atmosfera Atmosfera é a camada gasosa ao redor da Terra. Hidrosfera é a parte líquida da Terra que corresponde a cerca de 80% da superfície. A água dos

Leia mais

TC Revisão 2 Ano Termoquímica e Cinética Prof. Alexandre Lima

TC Revisão 2 Ano Termoquímica e Cinética Prof. Alexandre Lima TC Revisão 2 Ano Termoquímica e Cinética Prof. Alexandre Lima 1. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas de compostagem, após a reciclagem, obtém-se

Leia mais

MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101

MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101 M.Sc. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br INTRODUÇÃO: Uma das formas mais empregadas para produção

Leia mais

Atmosfera terrestre: Descrição física e química; emissões atmosféricas naturais e antropogênicas; suas transformações. Transporte atmosférico.

Atmosfera terrestre: Descrição física e química; emissões atmosféricas naturais e antropogênicas; suas transformações. Transporte atmosférico. Atmosfera terrestre: Descrição física e química; emissões atmosféricas naturais e antropogênicas; suas transformações. Transporte atmosférico. Por: Vânia Palmeira Campos UFBA IQ -Dpto Química Analítica

Leia mais

Escola Secundária Infante D. Henrique

Escola Secundária Infante D. Henrique Escola Secundária Infante D. Henrique Disciplina: Físico-Química Turma: 8ºA Realizado por: Ana Catarina Guerra nº 1 Ana Raquel Pereira nº 5 Ana Sofia Macedo nº 8 Junho 2006 Índice Buraco de Ozono... 3

Leia mais

QUÍMICA DA ATMOSFERA: CONSTITUINTES NATURAIS, POLUENTES E SUAS REAÇÕES

QUÍMICA DA ATMOSFERA: CONSTITUINTES NATURAIS, POLUENTES E SUAS REAÇÕES QUÍMICA DA ATMOSFERA: CONSTITUINTES NATURAIS, POLUENTES E SUAS REAÇÕES Waldir Nagel Schirmer* 1, Henrique de Melo Lisboa 2 1- Universidade Estadual do Centro-oeste, Departamento de Engenharia Ambiental,Campus

Leia mais

Homem x Ambiente. Homem x Água. Preocupação Ambiental. Água no Planeta. Água no Corpo Humano 09/09/2015

Homem x Ambiente. Homem x Água. Preocupação Ambiental. Água no Planeta. Água no Corpo Humano 09/09/2015 09/09/2015 Homem x Ambiente A dicotomia homem homem--natureza é um paradoxo paradoxo.. A hominização do ser humano humano,, nos distanciou dos ciclos naturais em decorrência do crescimento populacional

Leia mais

Efeitos da poluição do ar

Efeitos da poluição do ar Efeitos da poluição do ar Por: Vânia Palmeira Campos UFBA IQ -Dpto Química Analítica - LAQUAM (Laboratório de Química Analítica Ambiental) Campus Universitário de Ondina, s/n, CEP:40-170-290, Salvador-BA

Leia mais

Variação de entalpia nas mudanças de estado físico. Prof. Msc.. João Neto

Variação de entalpia nas mudanças de estado físico. Prof. Msc.. João Neto Variação de entalpia nas mudanças de estado físico Prof. Msc.. João Neto Processo Endotérmico Sólido Líquido Gasoso Processo Exotérmico 2 3 Processo inverso: Solidificação da água A variação de entalpia

Leia mais

O clima está diferente. O que muda na nossa vida?

O clima está diferente. O que muda na nossa vida? O clima está diferente. O que muda na nossa vida? 06/2011 Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada. 2 SUMÁRIO

Leia mais

ANO LETIVO 2013/2014 PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA CANDIDATOS MAIORES DE 23 ANOS EXAME DE QUÍMICA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

ANO LETIVO 2013/2014 PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA CANDIDATOS MAIORES DE 23 ANOS EXAME DE QUÍMICA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ANO LETIVO 2013/2014 PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA CANDIDATOS MAIORES DE 23 ANOS EXAME DE QUÍMICA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1. MATERIAIS: DIVERSIDADE E CONSTITUIÇÃO 1.1 Materiais 1.1.1 Materiais

Leia mais

ENEM 2009 - Prova resolvida Química

ENEM 2009 - Prova resolvida Química ENEM 2009 - Prova resolvida Química 01. A atmosfera terrestre é composta pelos gases nitrogênio (N 2) e oxigênio (O 2), que somam cerca de 99 %, e por gases traços, entre eles o gás carbônico (CO 2), vapor

Leia mais

Guia do Professor do Objeto Poluição Atmosférica

Guia do Professor do Objeto Poluição Atmosférica 1 Guia do Professor do Objeto Poluição Atmosférica Unidade Curricular: Comportamento dos gases / funções inorgânicas - óxidos Módulo: Poluição atmosférica Atividade: Óxido e poluição atmosférica 1. Introdução

Leia mais

Aula 24 Poluição. Poluição do ar. Os principais poluentes do ar são: compostos sulfurosos, nitrogenados e monóxido de carbono.

Aula 24 Poluição. Poluição do ar. Os principais poluentes do ar são: compostos sulfurosos, nitrogenados e monóxido de carbono. Aula 24 Poluição A poluição é a alteração do equilíbrio ecológico devido à presença de resíduos em quantidade que o ambiente tem de absorver provocando danos ao seu funcionamento. Os resíduos podem ser

Leia mais

MEIO AMBIENTE. I Conferência Mundial Sobre Meio Ambiente.

MEIO AMBIENTE. I Conferência Mundial Sobre Meio Ambiente. GEOGRAFIA MEIO AMBIENTE 1. CONCEITOS FUNDAMENTAIS a) Meio ambiente: conjunto de fatores físicos, químicos e biológicos que integra o ambiente natural e humanizado. b) Ecologia: ramo da ciência que estuda

Leia mais

1. Evolução da atmosfera

1. Evolução da atmosfera 1. Evolução da atmosfera Breve história O nosso planeta está envolvido por uma camada gasosa atmosfera cuja espessura é de aproximadamente 1110 km (+- 1/5 do raio terrestre). Esta camada gasosa tem várias

Leia mais

PRESERVAR O MEIO AMBIENTE UMA MISSÃO DE TODOS NÓS

PRESERVAR O MEIO AMBIENTE UMA MISSÃO DE TODOS NÓS PRESERVAR O MEIO AMBIENTE UMA MISSÃO DE TODOS NÓS Meio Ambiente Tudo que está a nossa volta: todas as formas de vida e todos os elementos da natureza. Ecologia Ciência que estuda a relação dos seres vivos

Leia mais

Sequência Didática: Poluição Atmosférica

Sequência Didática: Poluição Atmosférica UFS Mestrado em Ensino de Ciências e matemática Disciplina: O Ensino Experimental em Ciências Naturais Autores: Thisciane Ismerim Silva Santos e Leiliane Docente: Luiz Adolfo de Mello Sequência Didática:

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015 Informações de Tabela Periódica CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015 Folha de Dados Elemento H C N O F Al Cl Zn Sn I Massa atômica (u) 1,00 12,0 14,0

Leia mais

@ www.cm-pvarzim.pt. Gabinete de Interpretação Ambiental. câmara municipal. melhor(ar) a norte

@ www.cm-pvarzim.pt. Gabinete de Interpretação Ambiental. câmara municipal. melhor(ar) a norte @ www.cm-pvarzim.pt câmara municipal melhor(ar) Gabinete de Interpretação Ambiental a norte @ www.cm-pvarzim.pt câmara municipal umconcelho debomambiente Melhor(Ar) a norte No âmbito do Programa de Melhoria

Leia mais

Plano de aula incluindo recursos multimédia de Química

Plano de aula incluindo recursos multimédia de Química Grupo de Multimédia, Ensino e Fronteiras da Química Centro de Investigação em Química da Universidade do Porto CIQ (U.P.) Plano de aula incluindo recursos multimédia de Química Título: Camada de ozono

Leia mais

In: As era de Gaia, James Lovelock

In: As era de Gaia, James Lovelock EFEITO ESTUFA In: As era de Gaia, James Lovelock ALBEDO Exemplos de albedos de algumas superfícies: - neve fresca 0,80 a 0,95 - neve velha 0,42 a 0,70 - solos arenosos secos 0,25 a 0,45 - solos argilosos

Leia mais

XI OLIMPÍADA REGIONAL DE CIÊNCIAS-2009 O Sistema Solar

XI OLIMPÍADA REGIONAL DE CIÊNCIAS-2009 O Sistema Solar XI OLIMPÍADA REGIONAL DE CIÊNCIAS-2009 O Sistema Solar Gabarito Primeira Fase Cruzadinha 3 6 1 V Ê N U S E 2 L U A 8 1 S N M 3 E S P E C T R O S C O P I A Q 2 R R U T E 4 É I 4 E C L Í P T I C A 7 N R

Leia mais

A Termoquímica tem como objetivo o estudo das variações de energia que acompanham as reações químicas.

A Termoquímica tem como objetivo o estudo das variações de energia que acompanham as reações químicas. A Termoquímica tem como objetivo o estudo das variações de energia que acompanham as reações químicas. Não há reação química que ocorra sem variação de energia! A energia é conservativa. Não pode ser criada

Leia mais

O que são resíduos? Os resíduos são substâncias ou objectos de que o Homem se desfaz ou tem intenção ou obrigação de o fazer.

O que são resíduos? Os resíduos são substâncias ou objectos de que o Homem se desfaz ou tem intenção ou obrigação de o fazer. Co-incineração O que são resíduos? Os resíduos são substâncias ou objectos de que o Homem se desfaz ou tem intenção ou obrigação de o fazer. Quando os resíduos não são tratados, perturbam todos os ecossistemas

Leia mais

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS

RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS 1 RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS QUESTÕES ( ) I Unidade ( ) II Unidade ( x ) III Unidade FÍSICA E GEOGRAFIA Curso: Ensino Fundamental Ano: 1.º Turma: ABCDEFG Data: / / 11 009 Física Profs. 1. Resolução I

Leia mais

1.1 Poluentes atmosféricos. 1.2 Principais Poluentes Atmosféricos

1.1 Poluentes atmosféricos. 1.2 Principais Poluentes Atmosféricos 18 1. Introdução Nos últimos anos, o crescimento econômico dos países desenvolvidos provocou o aumento da demanda mundial por energia. Com esta também veio um forte aumento da dependência do petróleo e

Leia mais

República de Angola Ministério do Urbanismo e Ambiente Direcção Nacional do Ambiente Unidade Nacional do Ozono OZONO: A PROTECÇÃO QUE ENVOLVE A TERRA

República de Angola Ministério do Urbanismo e Ambiente Direcção Nacional do Ambiente Unidade Nacional do Ozono OZONO: A PROTECÇÃO QUE ENVOLVE A TERRA República de Angola Ministério do Urbanismo e Ambiente Direcção Nacional do Ambiente Unidade Nacional do Ozono OZONO: A PROTECÇÃO QUE ENVOLVE A TERRA UNIDADE NACIONAL DO OZONO LUANDA-2007 1 FICHA TÉCNICA

Leia mais

AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ)

AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ) Aluno(a) Turma N o 6 o ano - Ensino Fundamental II Data 16 / 05 / 12 AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ) INSTRUÇÕES: PROFESSORES: HELEN, GORRETTI, MAGNO E ROSE I. sua avaliação possui 05

Leia mais

INTRODUÇÃO AO CONTROLE DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Fonte: CETESB

INTRODUÇÃO AO CONTROLE DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Fonte: CETESB INTRODUÇÃO AO CONTROLE DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Fonte: CETESB 1 INTRODUÇÃO A poluição do ar é um fenômeno recorrente principalmente da atividade humana em vários aspectos. Dentre os quais podemos destacar:

Leia mais

POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Profª Eliane C. Gomes Mestranda: Rosangela Colaço

POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Profª Eliane C. Gomes Mestranda: Rosangela Colaço UFPR Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências da Saúde Departamento de Saude Comunitária POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA Profª Eliane C. Gomes Mestranda: Rosangela Colaço 1. POLUIÇÃO

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Instituto de Ciências Biológicas Dep. Ecologia Prof. Adriano S. Melo asm.adrimelo no gmail.com Ecologia de Ecossistemas

Universidade Federal de Goiás Instituto de Ciências Biológicas Dep. Ecologia Prof. Adriano S. Melo asm.adrimelo no gmail.com Ecologia de Ecossistemas Universidade Federal de Goiás Instituto de Ciências Biológicas Dep. Ecologia Prof. Adriano S. Melo asm.adrimelo no gmail.com Ecologia de Ecossistemas www.ecoevol.ufg.br/adrimelo/ecossistemas Aula 9: Poluição

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS As moléculas orgânicas fundamentais que formam a biomassa dos seres vivos são basicamente os átomos de hidrogênio, carbono, nitrogênio e oxigênio. Os organismos usam os compostos

Leia mais

Biofísica 1. Ondas Eletromagnéticas

Biofísica 1. Ondas Eletromagnéticas Biofísica 1 Ondas Eletromagnéticas Ondas Ondas são o modo pelo qual uma perturbação, seja som, luz ou radiações se propagam. Em outras palavras a propagação é a forma na qual a energia é transportada.

Leia mais

Combate à poluição: importante como o ar que você respira.

Combate à poluição: importante como o ar que você respira. Combate à poluição: importante como o ar que você respira. Ar A poluição do ar e a sua saúde O que é poluente atmosférico? É toda e qualquer forma de matéria ou energia em quantidade, concentração, tempo

Leia mais

ENXOFRE: UM POLUENTE EM POTENCIAL NA COMPOSIÇÃO DO ÓLEO DIESEL BRASILEIRO.

ENXOFRE: UM POLUENTE EM POTENCIAL NA COMPOSIÇÃO DO ÓLEO DIESEL BRASILEIRO. Salvador/BA 25 a 28/11/2013 ENXOFRE: UM POLUENTE EM POTENCIAL NA COMPOSIÇÃO DO ÓLEO DIESEL BRASILEIRO. Thiago Emanoel Pereira da Silva (*), David Oliveira de Carvalho, Michelle Juliana Pereira da Silva,

Leia mais

TEXTO DE APOIO I PERCURSO AR

TEXTO DE APOIO I PERCURSO AR TEXTO DE APOIO I PERCURSO AR Todas as atividades econômicas humanas geram poluição Quem vive nas grandes cidades, às vezes, enfrenta dias de pele irritada ou um incômodo nos olhos, sem uma razão aparente.

Leia mais

O que é o ozônio e onde se encontra?

O que é o ozônio e onde se encontra? O que é o ozônio e onde se encontra? Ozônio é um gás naturalmente presente na atmosfera. O Cada molécula contém três átomos de oxigênio e é quimicamente designado por O 3. Raios Ultravioleta Ionosfera

Leia mais

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto Capítulo 21 Meio Ambiente Global Geografia - 1ª Série O Tratado de Kyoto Acordo na Cidade de Kyoto - Japão (Dezembro 1997): Redução global de emissões de 6 Gases do Efeito Estufa em 5,2% no período de

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e necessita de uma constante renovação de energia, que é garantida pelo Sol. Com a matéria inorgânica que participa dos ecossistemas

Leia mais

De onde veio e para onde vai o carbono que faz parte do nosso corpo?

De onde veio e para onde vai o carbono que faz parte do nosso corpo? De onde veio e para onde vai o carbono que faz parte do nosso corpo? 07/2011 Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não

Leia mais

GABARITO 5 a lista de exercícios/ Data: /09/2014 // gabarito 12/09/2014

GABARITO 5 a lista de exercícios/ Data: /09/2014 // gabarito 12/09/2014 Centro Universitário Anchieta Engenharia Química Físico Química I Prof. Vanderlei I Paula GABARITO 5 a lista de exercícios/ Data: /09/014 // gabarito 1/09/014 1) Alguns fatores podem alterar a rapidez

Leia mais

Causas da mudança do clima

Causas da mudança do clima Sumário Balanço radiativo O ciclo do carbono e os GEE GEE não compreendidos pelo ciclo do carbono Emissão de aerossóis Mudança do albedo planetário Incidência solar e vulcanismo O Balanço radiativo da

Leia mais

POLUIÇÃO DO AR. Composição Atmosférica. Nitrogênio Oxigênio Vapor de água Argônio Dióxido de Carbono Neon Hélio Metano

POLUIÇÃO DO AR. Composição Atmosférica. Nitrogênio Oxigênio Vapor de água Argônio Dióxido de Carbono Neon Hélio Metano PLUIÇÃ Composição Atmosférica Gases % em Volume D AR Nitrogênio xigênio Vapor de água Argônio Dióxido de Carbono Neon Hélio Metano 78.1% 21% varia de 0-4% 0.93% por volta de 0.3% abaixo dos 0.002% 0.0005%

Leia mais

1. A água. 1.1. A água e as atividades humanas

1. A água. 1.1. A água e as atividades humanas 1. A água 1.1. A água e as atividades humanas O homem utiliza a água para os mais determinados fins (Figura 1): consumo doméstico higiene pessoal e da casa, preparar os alimentos; agricultura; indústria;

Leia mais

Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco Física e Química A, 10º ano Ano lectivo 2006 / 2007. Nome: n.º aluno: Turma:

Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco Física e Química A, 10º ano Ano lectivo 2006 / 2007. Nome: n.º aluno: Turma: Ficha de Trabalho nº 7 Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco Física e Química A, 10º ano Ano lectivo 2006 / 2007 Nome: n.º aluno: Turma: 1. Classifique as afirmações que se seguem como verdadeiras

Leia mais

Possibilidade de vida em Planetas

Possibilidade de vida em Planetas Prof. Thiago Formação atmosfera no planeta Terra; Equilíbrio climático; Substância fundamental na manutenção da vida. Possibilidade de vida em Planetas (97%) são água do mar. (3%) são água doce. (1,8%)

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS 3 PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS QUÍMICA 01 - O dispositivo de segurança que conhecemos como air-bag utiliza como principal reagente para fornecer o gás N 2 (massa molar igual a 28 g mol -1

Leia mais

Ciclos Biogeoquímicos

Ciclos Biogeoquímicos Os organismos retiram constantemente da natureza os elementos químicos de que necessitam, mas esses elementos sempre retornam ao ambiente. O processo contínuo de retirada e de devolução de elementos químicos

Leia mais

: fórmula mínima M = (1. 12 + 4. 1) g/mol M = 16g/mol. b) A equação química do processo é: (g) + 2O 2. (g) CO 2. (g) + 2H 2

: fórmula mínima M = (1. 12 + 4. 1) g/mol M = 16g/mol. b) A equação química do processo é: (g) + 2O 2. (g) CO 2. (g) + 2H 2 20 A Bolívia é um grande produtor de gás natural (metano) e celebrou com o Brasil um acordo para a utilização deste importante recurso energético. Para seu transporte até os centros consumidores, há um

Leia mais

Estudo da emissão veicular de Gases de Efeito Estufa (GEE) em veículos movidos à DIESEL. Prof. Dr. Ariston da Silva Melo Júnior

Estudo da emissão veicular de Gases de Efeito Estufa (GEE) em veículos movidos à DIESEL. Prof. Dr. Ariston da Silva Melo Júnior Estudo da emissão veicular de Gases de Efeito Estufa (GEE) em veículos movidos à DIESEL Prof. Dr. Ariston da Silva Melo Júnior INTRODUÇÃO Durante milhões de anos a Terra passou por ciclos naturais de aquecimento

Leia mais

Objetivos. Compreender o planeta como um sistema aberto. Definir clima e seu mecanismo de funcionamento

Objetivos. Compreender o planeta como um sistema aberto. Definir clima e seu mecanismo de funcionamento Introdução 1. A visão sistêmica do planeta 2. O sistema clima 3. Variações climáticas de longa duração (Ciclos de Milankovitch) 4. A questão das mudanças climáticas (o elemento antrópico) 5. A era antropocênica

Leia mais

Indicadores de Sustentabilidade Ambiental. Roberta Bruno S. Carneiro Monsanto Mariana R. Sigrist - BASF

Indicadores de Sustentabilidade Ambiental. Roberta Bruno S. Carneiro Monsanto Mariana R. Sigrist - BASF Indicadores de Sustentabilidade Ambiental Roberta Bruno S. Carneiro Monsanto Mariana R. Sigrist - BASF Indicadores de Sustentabilidade Ambiental Grupo de Trabalho: Fernanda - Solvay Lorena Oxiteno Luis

Leia mais

QUÍMICA. Resolução: a) CH 4 b) Ligações de Hidrogênio. c) 3,3 10 16 L

QUÍMICA. Resolução: a) CH 4 b) Ligações de Hidrogênio. c) 3,3 10 16 L QUÍMICA ª QUESTÃO O aquecimento global é o aumento da temperatura terrestre e tem preocupado a comunidade científica cada vez mais. Acredita-se que seja devido ao uso de combustíveis fósseis e outros processos

Leia mais