Apresentação ao COMDEFESA/FIERGS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação ao COMDEFESA/FIERGS"

Transcrição

1 Apresentação ao COMDEFESA/FIERGS Ten Cel Marcelo Ribeiro 01 Out 2013, Santa Maria, Brasil.

2 OBJETIVO Apresentar o C I Bld e compreender as principais demandas da tropa blindada

3 1. Introdução 2. Nosso Centro Um pouco da história Missões e atividades Projetos 3. Conclusão ROTEIRO

4 1. Introdução 2. Nosso Centro Um pouco da história Missões e atividades Projetos 3. Conclusão ROTEIRO

5 CRIAR CAPACIDADES INVESTIMENTO EM PESQUISA E CAPACITAÇÃO RH

6 VISITAS DE EMPRESAS DE DEFESA EM 2013

7 1. Introdução 2. Nosso Centro Um pouco da história Missões e atividades Projetos 3. Conclusão ROTEIRO

8

9 ROTEIRO 1. Panorama Estratégico Força Terrestre 2. Nosso Centro Um pouco da história Missões e atividades Projetos 3. Conclusão

10 MISSÃO DO CIBld Especializar oficiais e sargentos das Forças Armadas brasileiras e de nações amigas no emprego técnico e tático de blindados, contribuir para o desenvolvimento da doutrina militar e cooperar com outras organizações nos ramo da defesa, da instrução e do emprego de blindados.

11 PÚBLICO-ALVO DO CIBld (ATUAL E FUTURO) TROPA C Mec 15 RC Mec 10 Esqd C Mec 04 Esqd C/Bda 04 Cia Eng Mec 04 Cia Com Mec 04 B Log FORA DO CMS: AMAN, EsSA, ESAO, EsACosAAe 06 RCMec 01 RCB 06 Esqd C Mec TROPA Bld 4 RCC 4 BIB 6 GAC AP 2 BEC Bld 2 B Log 2 Esqd C Mec 2 Cia Com Bld 4 RCB 2 Bia Art A Ae ESCOLAS EsSA, EASA AMAN, EsAO, EsACosAAe TROPA Inf Mec 10 BI Mec 05 RCC Mec 05 Cia/Bda 05 Cia Eng Mec 05 Cia Com Mec 05 GAC Mec 05 Bia Art AAe Mec 05 B Log COM AS Bda Inf Mec: 06 BI Mec 03 RCC Mec 03 Cia/Bda 03 Cia Eng Mec 03 Cia Com Mec 03 GAC Mec 03 Bia AAe Mec 03 B Log EFETIVO ATUAL: H EFETIVO (2031): H

12 CURSOS E ESTÁGIOS DO CENTRO DE INSTRUÇÃO DE BLINDADOS TÁTICOS DE OPERAÇÃO DE MANUTENÇÃO Combatentes das Armas e Mat Bel Mecânicos

13 PAPEL DAS SEÇÕES DE INSTRUÇÃO DE BLINDADOS (SIBs)

14 ATIVIDADES Preparação de Recursos Humanos no C I Bld ESTÁGIOS EFETIVO Militares Brasileiros 2576 Militares Estrangeiros 37 TOTAL 2613 Argentina Bolívia Colômbia Equador Paraguai Peru Suriname Uruguai

15 ATIVIDADES Simulação e Apoio ao Adestramento

16 ATIVIDADES Apoio à P &D E formação de tecnólogos (UFSM - CTISM)

17 1. Introdução 2. Nosso Centro Um pouco da história Missões e atividades Projetos 3. Conclusão ROTEIRO

18

19 DEFESA ANTIAÉREA RECUPERAÇÃO DA CAPACIDADE OPERACIONAL DEFESA CIBERNÉTICA ASTROS 2020 SISTEMA INTEGRADO DE MONITORAMENTO DE FRONTEIRAS - SISFRON GUARANI PROTEGER

20 PROJETOS 1. UFSM, ULBRA, UFRGS e UNIPAMPA - Apoio à Elaboração de Projetos (SIGUA,Modernização D Set, MBA Defesa) - Palestras RI - Participação em Grupos de Pesquisa Inovação em Defesa 2. Prefeitura Municipal de Santa Maria - Participação na Agência de Desenvolvimento, apoio ao Tecnoparque 3. EME - Guarani - Modernização M113 - Reestruturação das F Bld (Pavilhão Aloj e Sec Ens Mnt) 4. DECEX - Modernização do ensino - Confecção de CBTs e desenvolvimento do Simulador nacional do Leo1A5 - CTISM (Formação de tecnólogos) - Resgate da memória histórica dos blindados, concurso de plastimodelismo 5. COTER - Integração dos Simuladores - Apoio à Instalação das SIB

21 REESTRUTURAÇÃO DO CIBld Pav Adm e Aud 2 Pav Alojamento 3 Pav Guarani 4 Pav Ens Mnt 5 Rampas Lav 6 Adq Almox 7 Biblioteca 8 Palanque 9 Portão 10 Espaço Cultural 4 3

22 QUAIS DISPOSITIVOS SÃO AS DEMANDAS SIMULAÇÃO / OPORTUNIDADES E APOIO À INSTRUÇÃO DE PARCERIA? Nacionalização, Modernização e Desenvolvimento de Suprimentos e Componentes Embarcados de Blindados Torre (Estabilização) Componentes do Leopard 1A5 Sistema Logístico Integrado de Blindados Subsistemas Embarcados (Astros, Guarani), por demanda do cliente Munições para Blindados Conjuntos Completos???

23 QUAIS SÃO AS DEMANDAS / OPORTUNIDADES DE PARCERIA? DISPOSITIVOS DE SIMULAÇÃO E APOIO À INSTRUÇÃO E-Learning Painéis dos sistemas de Vtr Bld Conjuntos e peças seccionados Sistema de Simulação Virtual Dispositivos de Simulação de Engajamento Tático Redutores de calibre

24 DISPOSITIVOS DE SIMULAÇÃO E APOIO À INSTRUÇÃO Sistema de Simulação Virtual Simuladores Virtuais de Blindados (Mockup) VBC Fuz (RCWS UT-30BR); VBTP (RCWS REMAX); VBTP (Mtr.50); VBR (Torre Can 105mm). Simulador Virtual Tático (Lan House)

25 IMERSÃO Pouca abstração FLEXIBILIDADE Treinamento de TTP constituindo grupos de diversas naturezas

26 DISPOSITIVOS DE SIMULAÇÃO E APOIO À INSTRUÇÃO Dispositivos de Simulação de Engajamento Tático (DSET) VBC Fuz (RCWS UT-30BR) VBTP (RCWS REMAX) VBTP (Mtr.50) VBR (Torre Can 105mm) Fuzileiros Armamentos portáteis

27

28 ROTEIRO 1. Panorama Estratégico Força Terrestre 2. Nosso Centro Um pouco da história Missões e atividades Projetos 3. Conclusão

29 OPORTUNIDADE HISTÓRICA Mudanças de paradigmas no preparo da Tropa Blindada do Brasil 2031 Leopard 1A5 M 60 A3TTS M 41 Leopard 1A1

30 CONCLUSÃO EMPRESAS NACIONAIS EMPRESAS INTERNACIONAIS UNIVERSIDADES SISTEMA S CIBld ÓRGÃOS DE GOVERNO

31

RESERVA ATIVA 15 DEZ 11 BATALHÃO DA GUARDA PRESIDENCIAL BATALHÃO DUQUE DE CAXIAS

RESERVA ATIVA 15 DEZ 11 BATALHÃO DA GUARDA PRESIDENCIAL BATALHÃO DUQUE DE CAXIAS RESERVA ATIVA 15 DEZ 11 BATALHÃO DA GUARDA PRESIDENCIAL BATALHÃO DUQUE DE CAXIAS SUMÁRIO 1. Projetos de Ciência e Tecnologia 2. V Jogos Mundiais Militares / 2011 - Rio de Janeiro 3. Educação e Cultura

Leia mais

Centro de Treinamento de Combate Sul. Santa Maria / RS Brasil.

Centro de Treinamento de Combate Sul. Santa Maria / RS Brasil. Centro de Treinamento de Combate Sul Santa Maria / RS Brasil. OBJETIVO Apresentar aos participantes do de Demandas Logísticas da Guarnição de Santa Maria/RS o projeto do Centro de Treinamento de Combate

Leia mais

Separata ao Boletim do Exército

Separata ao Boletim do Exército Separata ao Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO SEPARATA AO BE Nº 33/205 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PORTARIA N º 35-DECEx, DE DE

Leia mais

Separata ao Boletim do Exército

Separata ao Boletim do Exército Separata ao Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO SEPARATA AO BE Nº 34/204 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PORTARIA Nº 3-, DE 4 DE AGOSTO

Leia mais

20ºBIB recebe primeiros M113BR

20ºBIB recebe primeiros M113BR 20ºBIB M113BR recebe primeiros No dia 11 de dezembro, foi realizada a entrega do primeiro lote de Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal (VBTP) M113BR ao 20º Batalhão de Infantaria Blindado (BIB),

Leia mais

Separata ao Boletim do Exército

Separata ao Boletim do Exército Separata ao Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIAGERAL DO EXÉRCITO SEPARATA AO BE Nº 32/20 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PORTARIA N º 9 DECEx, DE 25 DE

Leia mais

Boletim do Exército Nº 6/2012. Brasília, DF, 10 de fevereiro de 2012. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO

Boletim do Exército Nº 6/2012. Brasília, DF, 10 de fevereiro de 2012. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Nº 6/2012 Brasília, DF, 10 de fevereiro de 2012. BOLETIM DO EXÉRCITO Nº 6/2012 Brasília, DF, 10 de fevereiro de

Leia mais

Boletim do Exército Nº 43/2007. Brasília - DF, 26 de outubro de 2007. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO

Boletim do Exército Nº 43/2007. Brasília - DF, 26 de outubro de 2007. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Nº 43/2007 Brasília - DF, 26 de outubro de 2007. BOLETIM DO EXÉRCITO N º 43/2007 Brasília - DF, 26 de outubro

Leia mais

INÍCIO DA PREPARAÇÃO DO BRABATT 2/14 BRABATT 2/14 REALIZA O EPCOEM NO CCOPAB

INÍCIO DA PREPARAÇÃO DO BRABATT 2/14 BRABATT 2/14 REALIZA O EPCOEM NO CCOPAB Pelotas, RS, 8 de janeiro de 2011 Edição Especial INÍCIO DA PREPARAÇÃO DO BRABATT 2/14 Brasília - DF. No período de 5 a 9 de julho de 2010 ocorreu, no Ministério da Defesa, o estágio para comandantes e

Leia mais

Boletim do Exército Nº 42/2011. Brasília, DF, 21 de outubro de 2011. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO

Boletim do Exército Nº 42/2011. Brasília, DF, 21 de outubro de 2011. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Nº 42/2011 Brasília, DF, 21 de outubro de 2011. BOLETIM DO EXÉRCITO Nº 42/2011 Brasília, DF, 21 de outubro de

Leia mais

SEGURANÇA ALIMENTAR NAS FORÇAS ARMADAS

SEGURANÇA ALIMENTAR NAS FORÇAS ARMADAS SEGURANÇA ALIMENTAR NAS FORÇAS ARMADAS A atuação do QCO na implantação do PROGRAMA DE AUDITORIA E SEGURANÇA ALIMENTAR - PASA do Exército Brasileiro. 01Out15 MINISTÉRIO DA DEFESA EMCFA SEC GERAL CHOC CAE

Leia mais

A Guerra Eletrônica no Mundo

A Guerra Eletrônica no Mundo O ENSINO DE GUERRA ELETRÔNICA NO CIGE Perspectivas para o futuro Pedro Eduardo de Sousa Dias, Cap Com Ch Sec Psq do CIS Flávio Oliveira da Silva Netto, Cap Com Instr CIGE A Guerra Eletrônica no Mundo Nos

Leia mais

Separata ao Boletim do Exército

Separata ao Boletim do Exército Separata ao Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO SEPARATA AO BE Nº 17/2015 PORTARIA Nº 085-EME, DE 14 DE ABRIL DE 2015. Fixa o total de vagas do Planejamento

Leia mais

ERA INDUSTRIAL ERA DO CONHECIMENTO

ERA INDUSTRIAL ERA DO CONHECIMENTO ERA INDUSTRIAL TRANSFORMAÇÃO DO EXÉRCITO Talvez a guerra não vos interesse, mas a -se se por vós. ERA DO CONHECIMENTO - ADAPTAÇÃO e MODERNIZAÇÃO seriam lentas e insuficientes. - Demandava-se um processo

Leia mais

SIMPÓSIO DE EMPREGO DA ARTILHARIA ANTIAÉREA EM OPERAÇÕES DE NÃO GUERRA

SIMPÓSIO DE EMPREGO DA ARTILHARIA ANTIAÉREA EM OPERAÇÕES DE NÃO GUERRA O PRIMEIRO MINUTO Informativo da Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea Berço da Artilharia de Costa e da Defesa Antiaérea Ano 02 - Número 08-4 Trimestre de 2014 SIMPÓSIO DE EMPREGO DA ARTILHARIA ANTIAÉREA

Leia mais

Visto. Ch Gab. AGENDA DO DECEx. 36ª Semana 31 de Agosto a 04 de Setembro de 2009

Visto. Ch Gab. AGENDA DO DECEx. 36ª Semana 31 de Agosto a 04 de Setembro de 2009 Visto Ch Gab AGENDA DO DECEx 36ª Semana 31 de Agosto a 04 de Setembro de 2009 2ª FEIRA 31 AGOSTO 2009 - Formatura do Contingente - Reunião Of/Subten/ Sgt ECEME - Viagem de Estudos de Ciência e Tecnologia

Leia mais

O FIM DE UM CICLO: CARROS DE COMBATE LEOPARD 1A1 NO EXÉRCITO BRASILEIRO 1996 2011

O FIM DE UM CICLO: CARROS DE COMBATE LEOPARD 1A1 NO EXÉRCITO BRASILEIRO 1996 2011 O FIM DE UM CICLO: CARROS DE COMBATE LEOPARD 1A1 NO EXÉRCITO BRASILEIRO 1996 2011 A partir do momento em que os Leopard 1 A1 estão sendo definitivamente retirados do serviço ativo, ficando uma quantidade

Leia mais

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento:

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento: Com carga horária de 420 horas o curso de MBA em Gestão de Projetos é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no curso: 04) para avaliação nos diversos pólos,

Leia mais

1. Relatório de Informações Doutrinárias Operacionais RIDOP / COTER 2. Experimentações Doutrinárias 2015 3. Sistema de Lições Aprendidas/COTER 4.

1. Relatório de Informações Doutrinárias Operacionais RIDOP / COTER 2. Experimentações Doutrinárias 2015 3. Sistema de Lições Aprendidas/COTER 4. 1. Relatório de Informações Doutrinárias Operacionais RIDOP / COTER 2. Experimentações Doutrinárias 2015 3. Sistema de Lições Aprendidas/COTER 4. Desafios Doutrinários 5. Portal do Preparo Divisão de Acompanhamento

Leia mais

210 ANOS DO NASCIMENTO DE CAXIAS 70 ANOS DA CRIAÇÃO DA FEB

210 ANOS DO NASCIMENTO DE CAXIAS 70 ANOS DA CRIAÇÃO DA FEB ÓRGÃO DE DIVULGAÇÃO DAS ATIVIDADES DA ACADEMIA DE HISTÓRIA MILITAR TERRESTRE DO BRASIL/RIO GRANDE DO SUL (AHIMTB/RS) - ACADEMIA GENERAL RINALDO PEREIRA DA CÂMARA - E DO INSTITUTO DE HISTÓRIA E TRADIÇÕES

Leia mais

Informativo do 10º Batalhão Logístico

Informativo do 10º Batalhão Logístico Batalhão Marquês de Alegrete MANTER SUPRIR TRANSPORTAR SALVAR Editorial Quartel em Alegrete, RS, 30 de setembro de 2014. O Informativo se propõe a ser um veículo de comunicação das atividades do 10º Batalhão

Leia mais

CFOR MATERIAL BÉLICO PLANO DE DISCIPLINAS. Aprovado pelo BI/DESMil nº 081, de 24 de outubro de 2013.

CFOR MATERIAL BÉLICO PLANO DE DISCIPLINAS. Aprovado pelo BI/DESMil nº 081, de 24 de outubro de 2013. CPOR / NPOR CFOR MATERIAL BÉLICO ELABORADO EM 013 ORGANIZAÇÃO E EMPREGO DO MATERIAL BÉLICO INSTRUÇÕES PECULIARES CARGA HORÁRIA: 7 HORAS PLANO DE DISCIPLINAS Aprovado pelo BI/DESMil nº 081, de 4 de outubro

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO CURSO DE AUTOAVALIAÇÃO NA MODALIDADE DE ENSINO A DISTÂNCIA

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO CURSO DE AUTOAVALIAÇÃO NA MODALIDADE DE ENSINO A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO ORDEM DE SERVIÇO N o 21 - SI.2 / 2ªSCh, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2011. CURSO DE AUTOAVALIAÇÃO NA MODALIDADE DE ENSINO A DISTÂNCIA 1. FINALIDADE

Leia mais

Boletim do Exército Nº 41/2008. Brasília - DF, 10 de outubro de 2008. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO

Boletim do Exército Nº 41/2008. Brasília - DF, 10 de outubro de 2008. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Nº 41/2008 Brasília - DF, 10 de outubro de 2008. BOLETIM DO EXÉRCITO Nº 41/2008 Brasília - DF, 10 de outubro de

Leia mais

MARCO REGULATÓRIO DO TRC. O Custo do Transporte: infraestrutura rodoviária, terminais de carga e descarga, pontos de apoio e pedágios.

MARCO REGULATÓRIO DO TRC. O Custo do Transporte: infraestrutura rodoviária, terminais de carga e descarga, pontos de apoio e pedágios. MARCO REGULATÓRIO DO TRC O Custo do Transporte: infraestrutura rodoviária, terminais de carga e descarga, pontos de apoio e pedágios. TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERNACIONAL DE CARGAS Infraestrutura Rodoviária

Leia mais

Informativo do 10º Batalhão Logístico

Informativo do 10º Batalhão Logístico Batalhão Marquês de Alegrete MANTER SUPRIR TRANSPORTAR SALVAR Quartel em Alegrete, RS, 31 de Dezembro de 2014. MENSAGEM DE FINAL DE ANO É tempo de agradecer a cada Militar integrante do 10º Batalhão Logístico

Leia mais

BRABAT 1/16 embarca para a Missão de Paz

BRABAT 1/16 embarca para a Missão de Paz Informativo Eletrônico do Comando Militar do Planalto 16 a 31 de março - 2012 - ano III - edição 43 C M BRABAT 1/16 embarca para a Missão de Paz P P r o f i s s i o n a l i s m o e E n t u s i a s m o

Leia mais

ANEXO F INFORMAÇÕES PARA O EAS-MFDV/2016

ANEXO F INFORMAÇÕES PARA O EAS-MFDV/2016 ANEXO F INFORMAÇÕES PARA O EAS-MFDV/2016 Concorrerão à seleção para o EAS em caráter obrigatório, inscritos por seus IE e constantes do banco de dados da SSMR/2. 1. os brasileiros natos, do sexo masculino,

Leia mais

º 80 ANIVERSÁRIO DA ESCOLA DE ARTILHARIA DE COSTA E ANTIAÉREA

º 80 ANIVERSÁRIO DA ESCOLA DE ARTILHARIA DE COSTA E ANTIAÉREA O PRIMEIRO MINUTO Informativo da Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea Berço da Artilharia de Costa e da Defesa Antiaérea Ano 02 - Número 07-3 Trimestre de 2014 º 80 ANIVERSÁRIO DA ESCOLA DE ARTILHARIA

Leia mais

Separata ao Boletim do Exército

Separata ao Boletim do Exército Separata ao Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO SEPARATA AO BE Nº 52/2015 ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO PORTARIA Nº 335-EME, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015.

Leia mais

BLINDADOS SOBRE LAGARTAS MODERNIZAR, PRODUZIR OU IMPORTAR

BLINDADOS SOBRE LAGARTAS MODERNIZAR, PRODUZIR OU IMPORTAR BLINDADOS SOBRE LAGARTAS MODERNIZAR, PRODUZIR OU IMPORTAR O Exército Brasileiro através do Plano Básico de Estruturação do Exército, cuja execução abrange o período de 2003 a 2007 vem realizando grandes

Leia mais

ESTÁGIO DE NIVELAMENTO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS ESCRITÓRIO DE PROJETOS DO EXÉRCITO

ESTÁGIO DE NIVELAMENTO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS ESCRITÓRIO DE PROJETOS DO EXÉRCITO ESTÁGIO DE NIVELAMENTO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS ESCRITÓRIO DE PROJETOS DO EXÉRCITO 03.11.2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO GESTÃO DE PORTFÓLIO ESTRUTURA DO EPEX ESTRUTURA DA SACI PEE CONCLUSÃO INTRODUÇÃO Port

Leia mais

Art. 1º Distribuir as vagas referentes aos cursos e estágios em órgãos do Ministério da Defesa e nas demais Forças, a serem realizados no ano de 2012.

Art. 1º Distribuir as vagas referentes aos cursos e estágios em órgãos do Ministério da Defesa e nas demais Forças, a serem realizados no ano de 2012. PORTARIA Nº 017-DGP, DE 7 DE FEVEREIRO DE 2012. Distribui as vagas para os cursos e estágios em Órgãos do Ministério da Defesa e nas demais Forças (PCEF), a serem realizados em 2012. O CHEFE DO DEPARTAMENTO-GERAL

Leia mais

Anexo L (MODELOS DE DOCUMENTOS REFERENTES AO PREPARO) à Diretriz de Preparação Específica de Tropa para Missão de Paz

Anexo L (MODELOS DE DOCUMENTOS REFERENTES AO PREPARO) à Diretriz de Preparação Específica de Tropa para Missão de Paz MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COMANDO DE OPERAÇÕES TERRESTRES Anexo L (MODELOS DE DOCUMENTOS REFERENTES AO PREPARO) à Diretriz de Preparação Específica de Tropa para Missão de Paz RELAÇÃO DOS

Leia mais

CFOR INFANTARIA COMBATE E SERVIÇO EM CAMPANHA II INSTRUÇÕES PECULIARES CARGA HORÁRIA: 75 HORAS PLANO DE DISCIPLINA

CFOR INFANTARIA COMBATE E SERVIÇO EM CAMPANHA II INSTRUÇÕES PECULIARES CARGA HORÁRIA: 75 HORAS PLANO DE DISCIPLINA CPOR / NPOR CFOR INFANTARIA ELABORADO EM 013 COMBATE E SERVIÇO EM CAMPANHA II INSTRUÇÕES PECULIARES CARGA HORÁRIA: 75 HORAS PLANO DE DISCIPLINA Aprovado pelo BI/DESMil nº 081, de 4 de outubro de 013. 1.

Leia mais

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL COMANDANTE DO EXÉRCITO ÓRGÃOS DE ASSESSORAMENTO DO COMANDANTE Gabinete do Comandante do Exército Secretaria-Geral do Exército Centro de Inteligência do Exército Centro de Comunicação Social do Exército

Leia mais

Boletim do Exército Nº 8/2015. Brasília-DF, 20 de fevereiro de 2015. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO

Boletim do Exército Nº 8/2015. Brasília-DF, 20 de fevereiro de 2015. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Nº 8/2015 Brasília-DF, 20 de fevereiro de 2015. BOLETIM DO EXÉRCITO Nº 8/2015 Brasília-DF, 20 de fevereiro de

Leia mais

Guia Prático 1 GUIA DO CAC CARTILHA.indd 1 23/12/15 15:17

Guia Prático 1 GUIA DO CAC CARTILHA.indd 1 23/12/15 15:17 Guia Prático GUIA DO CAC CARTILHA.indd 1 1 23/12/15 15:17 GUIA DO CAC CARTILHA.indd 2 23/12/15 15:17 ÍNDICE 1. POSSE E PORTE DE ARMAS DE FOGO POR MILITARES DO EXÉRCITO DA ATIVA, INATIVOS E PENSIONISTAS

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COMANDO MILITAR DO SUL COMANDO DA 3ª REGIÃO MILITAR (Gov das Armas Prov do RS/1821) REGIÃO DOM DIOGO DE SOUZA

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COMANDO MILITAR DO SUL COMANDO DA 3ª REGIÃO MILITAR (Gov das Armas Prov do RS/1821) REGIÃO DOM DIOGO DE SOUZA MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COMANDO MILITAR DO SUL COMANDO DA 3ª REGIÃO MILITAR (Gov das Armas Prov do RS/1821) REGIÃO DOM DIOGO DE SOUZA PRESTAÇÃO DO SERVIÇO MILITAR PELOS MÉDICOS, FARMACÊUTICOS,

Leia mais

Quadros de Lotação de Pessoal Militar (QLPM) ou em outro documento legal semelhante. X Cargos que Independem de QM são cargos que podem ser ocupados

Quadros de Lotação de Pessoal Militar (QLPM) ou em outro documento legal semelhante. X Cargos que Independem de QM são cargos que podem ser ocupados PORTARIA Nº 785, DE 8 DE DEZEMBRO DE 1998 Aprova as Instruções Gerais para a Qualificação Militar das Praças (IG 10-01) O MINISTRO DE ESTADO DO EXÉRCITO, de acordo com o que dispõe o art. 8º da Lei nº

Leia mais

Brasil está entre os países que mais utilizam drones

Brasil está entre os países que mais utilizam drones Brasil está entre os países que mais utilizam drones Veículos aéreos não tripulados são usados em missões de vigilância terrestre e marítima de fronteiras, além de varreduras antibomba e perícias de obras

Leia mais

ENTREGAS OCOP SUBPROJETOS: 1.1 VIATURAS

ENTREGAS OCOP SUBPROJETOS: 1.1 VIATURAS ENTREGAS OCOP SUBPROJETOS: 1.1 VIATURAS Qnt Descrição 6.500 Viaturas acima de 1,5 ton 20 Ambulância Operacional 4x4 20 Pickup Militar Hilux 10 Reboque Cisterna Combustível 1.500 Litros 10 Reboque Cisterna

Leia mais

Entrevista com o Chefe do DECEx

Entrevista com o Chefe do DECEx Entrevista com o Chefe do DECEx OGeneral-de-Exército Rui Monarca da Silveira é natural do Rio de Janeiro, onde nasceu no dia 14 de novembro de 1947, tendo sido declarado aspirante-a-oficial da arma de

Leia mais

PORTARIA Nº 76-DECEx, DE 23 DE JULHO DE 2013.

PORTARIA Nº 76-DECEx, DE 23 DE JULHO DE 2013. PORTARIA Nº 76-, DE 23 DE JULHO DE 203. Aprova o Calendário Geral de Cursos e Estágios Gerais no Exército Brasileiro para o ano de 204. O CHEFE DO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO, no uso

Leia mais

HISTÓRICO DE PRÊMIOS DA ÁREA DE GESTÃO RECEBIDOS PELO EXÉRCITO BRASILEIRO CADASTRADOS NO SISPEG-WEB (Atualizado em 21 Jul 08)

HISTÓRICO DE PRÊMIOS DA ÁREA DE GESTÃO RECEBIDOS PELO EXÉRCITO BRASILEIRO CADASTRADOS NO SISPEG-WEB (Atualizado em 21 Jul 08) HISTÓRICO DE PRÊMIOS DA ÁREA DE GESTÃO RECEBIDOS PELO EXÉRCITO BRASILEIRO CADASTRADOS NO SISPEG-WEB (Atualizado em 21 Jul 08) NR OM PRÊMIO RECEBIDO PELA OM TOTAL / ANO ANO - CICLO 1996 1 4º R C C 1 CONCURSO

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA DOUTRINA DE OPERAÇÕES CONJUNTAS PARA A LOGÍSTICA MILITAR TERRESTRE

A INFLUÊNCIA DA DOUTRINA DE OPERAÇÕES CONJUNTAS PARA A LOGÍSTICA MILITAR TERRESTRE MINISTÉRIO DA DEFESA ESTADO-MAIOR CONJUNTO DAS FORÇAS ARMADAS CHEFIA DE OPERAÇÕES CONJUNTAS A INFLUÊNCIA DA DOUTRINA DE OPERAÇÕES CONJUNTAS PARA A LOGÍSTICA MILITAR TERRESTRE 27 Ago 2012 APRESENTAR OS

Leia mais

Informativo do 20º Regimento de Cavalaria Blindado - Campo Grande-MS - Março de 2014 - Ano 2 - Nº 14 EDITORIAL ENTREGA DE DOAÇÕES

Informativo do 20º Regimento de Cavalaria Blindado - Campo Grande-MS - Março de 2014 - Ano 2 - Nº 14 EDITORIAL ENTREGA DE DOAÇÕES Informativo do º Regimento de Cavalaria Blindado - Campo Grande-MS - Março de 14 - Ano 2 - Nº 14 Prezados leitores, O mês de março teve início com a incorporação dos novos soldados recrutas do Regimento

Leia mais

Boletim do Exército N 18/2006. Brasília - DF, 5 de maio de 2006. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO

Boletim do Exército N 18/2006. Brasília - DF, 5 de maio de 2006. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO N 18/2006 Brasília - DF, 5 de maio de 2006. BOLETIM DO EXÉRCITO N 18/2006 Brasília - DF, 5 de maio de 2006. ÍNDICE

Leia mais

F 5 2 90 0 300 62.480.769 2.411.730 NACIONAL F 3 2 90 0 300 2.411.730 TOTAL - FISCAL 64.892.499 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 64.892.

F 5 2 90 0 300 62.480.769 2.411.730 NACIONAL F 3 2 90 0 300 2.411.730 TOTAL - FISCAL 64.892.499 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 64.892. ORGAO : 47000 - MINISTERIO DO PLANEJAMENTO, ORCAMENTO E GESTAO UNIDADE : 47101 - MINISTERIO DO PLANEJAMENTO, ORCAMENTO E GESTAO ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES

Leia mais

Relação SIP/OPIP 1 RM CODOM ENDEREÇO

Relação SIP/OPIP 1 RM CODOM ENDEREÇO 1 RM SIP/1 023176 AMAN 000109 38º BI 006106 56º BI 006312 32º BIMtz 008458 9ª Bia AAAe Es 013094 CRI 016287 2ª CSM 017301 1º Esqd C L 049916 Relação SIP/OPIP Pr Duque de Caxias, 25 - PDC - Centro - Rio

Leia mais

7ª Companhia de Comunicações

7ª Companhia de Comunicações 7ª Companhia de Comunicações O CURUMIM DO SERTÃO Informativo de Janeiro/Fevereiro/Março de 2015 PASSAGEM DE COMANDO Foi realizada no dia 16 de janeiro, a solenidade de Passagem de Comando da 7ª Companhia

Leia mais

Impressões sobre o EXERCÍCIO MAPLE RESOLVE 2015

Impressões sobre o EXERCÍCIO MAPLE RESOLVE 2015 Impressões sobre o EXERCÍCIO MAPLE RESOLVE 2015 Jorge Francisco Souza Junior, Tenente Coronel de Cavalaria do Exército Brasileiro, Mestre em Operações Militares e possui o Curso de Altos Estudos do Exército.

Leia mais

ARTILHARIA DE CAMPANHA DO EXÉRCITO BRASILEIRO

ARTILHARIA DE CAMPANHA DO EXÉRCITO BRASILEIRO ARTILHARIA DE CAMPANHA DO EXÉRCITO BRASILEIRO Cezar Carriel Benetti, Major de artilharia; Aluno do 2º ano do Curso de Comando e Estado-Maior da ECEME. Mestre em Operações Militares (EsAO) e especialista

Leia mais

Boletim do Exército Nº 11/2013. Brasília, DF, 15 de março de 2013. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO

Boletim do Exército Nº 11/2013. Brasília, DF, 15 de março de 2013. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Nº 11/2013 Brasília, DF, 15 de março de 2013. BOLETIM DO EXÉRCITO Nº 11/2013 Brasília, DF, 15 de março de 2013.

Leia mais

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇO, ENSINO E PESQUISA LTDA - UNISEP CENTRO UNIVERSITÁRIO AMPARENSE UNIFIA

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇO, ENSINO E PESQUISA LTDA - UNISEP CENTRO UNIVERSITÁRIO AMPARENSE UNIFIA Horário do curso de Administração de Empresas 2º semestre/2009 Turma A Horário do curso de Administração de Empresas 2º semestre/2009 Turma B Metodolog. Pesquisa.Científica Horário do curso de Administração

Leia mais

Separata ao Boletim do Exército

Separata ao Boletim do Exército Separata ao Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO SEPARATA AO BE27/2005 DEPARTAMENTO- GERAL DO PESSOAL PORTARIA Nº 086 - DGP, DE 15 DE JUNHO DE 2005.

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA - COMAER

COMANDO DA AERONÁUTICA - COMAER COMANDO DA AERONÁUTICA - COMAER OBJETIVO Apresentar as experiências do Comando da Aeronáutica no gerenciamento de dados de custos ao longo do ano de 2013, com ênfase na utilização do Sistema de Informações

Leia mais

RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO DO PROJETO BRIGADA-PILOTO EM GESTÃO ANO-CALENDÁRIO 2013

RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO DO PROJETO BRIGADA-PILOTO EM GESTÃO ANO-CALENDÁRIO 2013 MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO DO PROJETO BRIGADA-PILOTO EM GESTÃO ANO-CALENDÁRIO 2013 1. FINALIDADE Apresentar os resultados decorrentes do acompanhamento

Leia mais

TESTE DE APTIDÃO FÍSICA Durante o mês de outubro, todo o

TESTE DE APTIDÃO FÍSICA Durante o mês de outubro, todo o Informativo do 20º Regimento de Cavalaria Blindado - Campo Grande-MS - Outubro de 2014 - Ano 2 - Nº 21 Prezados leitores, Como sempre ocorre no ʺVINTE DE CAVALARIAʺ o mês de outubro foi marcado por intensas

Leia mais

TOTAL - FISCAL 4.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 4.000

TOTAL - FISCAL 4.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 4.000 ORGAO : 03000 - TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIAO UNIDADE : 03101 - TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIAO 0910 OPERACOES ESPECIAIS: GESTAO DA PARTICIPACAO EM ORGANISMOS INTERNACIONAIS 4.000 OPERACOES ESPECIAIS 28 212

Leia mais

VII - tenha a seleção e o relacionamento dos militares designados para a matrícula a cargo do DGP, ouvido o CIE; e

VII - tenha a seleção e o relacionamento dos militares designados para a matrícula a cargo do DGP, ouvido o CIE; e VII - tenha a seleção e o relacionamento dos militares designados para a matrícula a cargo do DGP, ouvido o CIE; e VIII - tenha a orientação técnico-pedagógica do DECEx. Art. 3º Determinar que a presente

Leia mais

Substituição da Bandeira Nacional

Substituição da Bandeira Nacional Informativo Eletrônico do Comando Militar do Planalto 1º a 15 de fevereiro - 2013 - ano IV - edição 64 C M Substituição da Bandeira Nacional P Profissionalismo e Entusiasmo CMP Notícias - nº 64-1º a 15

Leia mais

Viatura Blindada Especial Lançadora de Pontes Leopard 1 BR

Viatura Blindada Especial Lançadora de Pontes Leopard 1 BR Viatura Blindada Especial Lançadora de Pontes Leopard 1 BR VBE L Pnt lançando a ponte Fonte: o autor Por Ígor Berta O Exército Brasileiro adquiriu como Carro de Combate as viaturas da família Leopard.

Leia mais

ESCOLA DE APERFEIÇOAMENTO DE OFICIAIS CAP CAV JOÃO ERIBERTO MOTA FILHO

ESCOLA DE APERFEIÇOAMENTO DE OFICIAIS CAP CAV JOÃO ERIBERTO MOTA FILHO ESCOLA DE APERFEIÇOAMENTO DE OFICIAIS CAP CAV JOÃO ERIBERTO MOTA FILHO AS ATIVIDADES FUNDAMENTAIS PARA O EXERCÍCIO DE MOBILIZAÇÃO DA RESERVA NAS OM DE CAVALARIA RIO DE JANEIRO 2002 CAP CAV JOÃO ERIBERTO

Leia mais

A MODERNIZAÇÃO DO COMANDO E CONTROLE DA AAAe

A MODERNIZAÇÃO DO COMANDO E CONTROLE DA AAAe A MODERNIZAÇÃO DO COMANDO E CONTROLE DA AAAe Cap João André França da Silva 1 RESUMO O presente trabalho visa apresentar alguns aspectos relacionados a modernização da artilharia antiaérea. Esta modernização

Leia mais

CICLO DE DEBATES PROMOVIDO PELA COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DEFESA NACIONAL SISTEMA DE MONITORAMENTO DE FRONTEIRAS

CICLO DE DEBATES PROMOVIDO PELA COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DEFESA NACIONAL SISTEMA DE MONITORAMENTO DE FRONTEIRAS CICLO DE DEBATES PROMOVIDO PELA COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DEFESA NACIONAL SISTEMA DE MONITORAMENTO DE FRONTEIRAS S I S F R O N SENSORES SISTEMA INTEGRADO DE MONITORAMENTO DE FRONTEIRAS CONCEPÇÃO

Leia mais

M-60 A3 TTS e LEOPARD 1 A5 APROVEITAR MELHOR O QUE SE TEM

M-60 A3 TTS e LEOPARD 1 A5 APROVEITAR MELHOR O QUE SE TEM M-60 A3 TTS e LEOPARD 1 A5 APROVEITAR MELHOR O QUE SE TEM Os M-60 A3TTS poderiam constituir uma reserva estratégica ou serem enviados para Roraima, reforçando os meios blindados do Exército naquela sensível

Leia mais

O EMPREGO DOS ESQUADRÕES DE FUZILEIROS MECANIZADOS DE FORÇA DE PAZ NO HAITI: CONTRIBUIÇÕES PARA A TROPA MECANIZADA

O EMPREGO DOS ESQUADRÕES DE FUZILEIROS MECANIZADOS DE FORÇA DE PAZ NO HAITI: CONTRIBUIÇÕES PARA A TROPA MECANIZADA ESCOLA DE APERFEIÇOAMENTO DE OFICIAIS - EsAO Cap Cav ARMANDO JOSÉ CRESCENCIO JÚNIOR O EMPREGO DOS ESQUADRÕES DE FUZILEIROS MECANIZADOS DE FORÇA DE PAZ NO HAITI: CONTRIBUIÇÕES PARA A TROPA MECANIZADA Dissertação

Leia mais

Ten Cel Art ANTONIO JOSÉ LEMOS

Ten Cel Art ANTONIO JOSÉ LEMOS 1 Ten Cel Art ANTONIO JOSÉ LEMOS O ATUAL MODELO DE FORMAÇÃO DOS OFICIAIS DA RESERVA DO EXÉRCITO BRASILEIRO - NPOR / CPOR - E PROPOSTAS PARA O SEU APRIMORAMENTO MONOGRAFIA APRESENTADA COMO EXIGÊNCIA CURRICULAR

Leia mais

Entrevista com o Chefe do DECEx

Entrevista com o Chefe do DECEx Entrevista com o Chefe do DECEx OGeneral de Exército Ueliton José Montezano Vaz é natural da Cidade do Rio de Janeiro. Foi declarado aspirante a oficial da Arma de Comunicações em 15 de dezembro de 1973

Leia mais

Sinval Zaidan Gama Superintendente de Operações no Exterior

Sinval Zaidan Gama Superintendente de Operações no Exterior Eletrobrás Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Integração Energética na América Latina Sinval Zaidan Gama Superintendente de Operações no Exterior Fevereiro de 2010 O Sistema Eletrobrás O Sistema Eletrobrás

Leia mais

Raphael Pereira de Morais

Raphael Pereira de Morais Raphael Pereira de Morais Cidade: Brasilia - DF Data de Nascimento: 20/07/1987 Estado Civil: Solteiro Telefone: (61) 3465-1047 (61) 8176-5855 E-mail: rp.morais2013@bol.com.br FORMAÇÃO ACADÊMICA Superior

Leia mais

TELEFONES DAS UNIDADES MILITARES POR REGIÃO MILITAR 1ª REGIÃO MILITAR

TELEFONES DAS UNIDADES MILITARES POR REGIÃO MILITAR 1ª REGIÃO MILITAR TELEFONES DAS UNIDADES MILITARES POR REGIÃO MILITAR 1ª REGIÃO MILITAR 1 Cmdo 1ª RM 02317-6 (21) 2519-5447 RIO DE JANEIRO RJ 2 AMAN 00010-9 (24) 3388-4512 RESENDE RJ 3 38º B I 00610-6 (27) 3340-0979 VILA

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO CMS - 3ª DE COMANDO DA 2ª BRIGADA DE CAVALARIA MECANIZADA (2ª Bda Cav/1908 - Brigada Charrua)

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO CMS - 3ª DE COMANDO DA 2ª BRIGADA DE CAVALARIA MECANIZADA (2ª Bda Cav/1908 - Brigada Charrua) MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO CMS - 3ª DE COMANDO DA 2ª BRIGADA DE CAVALARIA MECANIZADA (2ª Bda Cav/1908 - Brigada Charrua) TOMADA DE CONTAS ANUAL DE 2005 RELATÓRIO DE GESTÃO 1. APRESENTAÇÃO

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Boletim do Exército Nº 14/2014. Brasília, DF, 4 de abril de 2014. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO

Boletim do Exército Nº 14/2014. Brasília, DF, 4 de abril de 2014. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Nº 14/2014 Brasília, DF, 4 de abril de 2014. BOLETIM DO EXÉRCITO Nº 14/2014 Brasília, DF, 4 de abril de 2014.

Leia mais

RELAÇÃO DE OM CLASSIFICADAS POR TIPO E RM

RELAÇÃO DE OM CLASSIFICADAS POR TIPO E RM MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS DIRETORIA DE GESTÃO ORÇAMENTÁRIA RELAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES MILITARES DO COMANDO DO EXÉRCITO, EXCETO OS TIROS-DE-GUERRA E DELEGACIAS

Leia mais

A Mongeral Aegon é a seguradora mais antiga do Brasil em atividade contínua;

A Mongeral Aegon é a seguradora mais antiga do Brasil em atividade contínua; QUEM SOMOS A Mongeral Aegon é a seguradora mais antiga do Brasil em atividade contínua; Especializada em Vida e Previdência, possui portfólio completo para assegurar nossos clientes e seus familiares dos

Leia mais

CHARRUA CARRO BLINDADO TRANSPORTE DE PESSOAL

CHARRUA CARRO BLINDADO TRANSPORTE DE PESSOAL CHARRUA CARRO BLINDADO TRANSPORTE DE PESSOAL Em meados dos anos 80 a Moto Peças S/A em parceria com o Exército Brasileiro iniciou um programa de estudos para a modernização dos M-59 de origem norte-americana,

Leia mais

Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO. Brasília-DF, 20 de março de 2015.

Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO. Brasília-DF, 20 de março de 2015. ' Boletim do Exército MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA-GERAL DO EXÉRCITO Nº 12/2015 Brasília-DF, 20 de março de 2015. BOLETIM DO EXÉRCITO Nº 12/2015 Brasília-DF, 20 de março de 2015.

Leia mais

No dia 3 de janeiro de 2014, foi. realizada a formatura de despedida de

No dia 3 de janeiro de 2014, foi. realizada a formatura de despedida de INFORMATIVO Nº 1-1º TRIMESTRE DE 2014 - LORENA - SP No dia 7 de janeiro de 2014, foi realizada a formatura de despedida de militares da Unidade. Na ocasião deixaram o convívio do Regimento Itororó o 1º

Leia mais

EPO - ALEMÃO - HORÁRIO DE BRASÍLIA

EPO - ALEMÃO - HORÁRIO DE BRASÍLIA EPO - ALEMÃO - HORÁRIO DE BRASÍLIA Cel ANDRÉ GERMER E C E M E 200730JUL09 C E P 1º Ten DIOGO ALVES REIS 3º G A C/Ap 200730JUL09 Cmdo CMS ST SIRIO SEBASTIAO FROHLICH Cia Cmdo 3ª DE 200730JUL09 Cmdo CMS

Leia mais

*A PALAVRA OFICIAL DO EXÉRCITO* INFORMEX NR 005, DE 16 DE MARÇO DE 2016.

*A PALAVRA OFICIAL DO EXÉRCITO* INFORMEX NR 005, DE 16 DE MARÇO DE 2016. *A PALAVRA OFICIAL DO EXÉRCITO* INFORMEX NR 005, DE 6 DE MARÇO DE 206. DISTRIBUIÇÃO: DIFUSÃO: ASSUNTO: TODOS OS COMANDOS, TODAS AS CHEFIAS E DIREÇÕES DE ORGANIZAÇÕES MILITARES A CRITÉRIO DOS DESTINATÁRIOS

Leia mais

INFORMATIVO DO 2º TRIMESTRE DE

INFORMATIVO DO 2º TRIMESTRE DE INFORMATIVO DO 2º TRIMESTRE DE 2015 5º BIL na operação anhanguera-2015 2 EDITORIAL Nesta edição do nosso Informativo O Itororó apresentaremos as principais atividades realizadas pelo 5º Batalhão de Infantaria

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE ENSINO E PESQUISA (Insp G Ens Ex / 1937)

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE ENSINO E PESQUISA (Insp G Ens Ex / 1937) MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE ENSINO E PESQUISA (Insp G Ens Ex / 1937) PORTARIA N o 110 - DEP, DE 06 DE OUTUBRO DE 2008. Aprova o calendário anual, as datas das provas e os valores

Leia mais

1º Seminário Comércio Eletrônico - CDL Rio Grande

1º Seminário Comércio Eletrônico - CDL Rio Grande 1º Seminário Comércio Eletrônico - CDL Rio Grande 20/08/2010 A CDL Rio Grande está promovendo o Primeiro Seminário de Comércio Eletrônico para incentivar, promover e sensibilizar os seus associados a utilizarem

Leia mais

8.504.930 PROJETOS DE INCLUSAO DIGITAL 8.504.930 DE INCLUSAO DIGITAL - NO ESTADO DO ESPIRITO SANTO F 4 2 30 0 100 8.504.930 TOTAL - FISCAL 9.904.

8.504.930 PROJETOS DE INCLUSAO DIGITAL 8.504.930 DE INCLUSAO DIGITAL - NO ESTADO DO ESPIRITO SANTO F 4 2 30 0 100 8.504.930 TOTAL - FISCAL 9.904. ORGAO : 24000 - MINISTERIO DA CIENCIA E TECNOLOGIA UNIDADE : 24101 - MINISTERIO DA CIENCIA E TECNOLOGIA 0750 APOIO ADMINISTRATIVO 1.400.024 19 122 0750 2000 ADMINISTRACAO DA UNIDADE 1.400.024 19 122 0750

Leia mais

ESCOLA DE ARTILHARIA DE COSTA E ANTIAÉREA REGIMENTO INTERNO DE PÓS-GRADUAÇÃO ÍNDICE

ESCOLA DE ARTILHARIA DE COSTA E ANTIAÉREA REGIMENTO INTERNO DE PÓS-GRADUAÇÃO ÍNDICE ESCOLA DE ARTILHARIA DE COSTA E ANTIAÉREA REGIMENTO INTERNO DE PÓS-GRADUAÇÃO ÍNDICE Art. CAPÍTULO I DOS PRECEITOS GERAIS Seção I - Da Finalidade... 1º Seção II - Das Referências... 2º Seção III - Das Generalidades...

Leia mais

Gen Bda Mosqueira Diretor de Fabricação mauroguedes@globo.com EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DIRETORIA DE FABRICAÇÃO

Gen Bda Mosqueira Diretor de Fabricação mauroguedes@globo.com EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DIRETORIA DE FABRICAÇÃO EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DIRETORIA DE FABRICAÇÃO "Ciência, Tecnologia, Inovação e Suporte Logístico: possibilidades, estratégias e reais situações para o Exército Brasileiro

Leia mais

Utilização da Lei de Informática

Utilização da Lei de Informática Utilização da Lei de Informática Índice Digitel S.A. Indústria Eletrônica Produtos Serviços Canais de vendas Principais clientes Administração Informações Gerais Digitel S.A. Indústria Eletrônica Fundada

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO EMPREGO DAS FORÇAS ARMADAS NA SEGURANÇA INTEGRADA AMPARO LEGAL Art 142/CF 88....destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa

Leia mais

Comemoração do Dia da Infantaria

Comemoração do Dia da Infantaria Informativo Eletrônico do Comando Militar do Planalto 1º a 15 de junho - 2012 - ano III - edição 48 C M P Comemoração do Dia da Infantaria Profissionalismo e Entusiasmo CMP Notícias - nº 48-1º a 15 junho

Leia mais

Estágio de Nivelamento de Gerenciamento de Projetos

Estágio de Nivelamento de Gerenciamento de Projetos Estágio de Nivelamento de Gerenciamento de Projetos 2015 EPEx / EME Acompanhamento Orçamentário e Financeiro OBJETIVO Apresentar uma visão geral da sistemática de acompanhamento orçamentário e financeiro

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

pós-graduação lato sensu MBA em Logística Empresarial

pós-graduação lato sensu MBA em Logística Empresarial pós-graduação lato sensu MBA em Logística Empresarial 4ª turma Contexto atual, Competências e Mercado As organizações atuando em um mercado globalizado, cada vez mais dinâmico e competitivo exigem: Profissionais

Leia mais

Brasil Março 2016. Mercado em números

Brasil Março 2016. Mercado em números Março 2016 Mercado em números Guiana Venezuela Suriname Columbia Guiana Francesa Designação oficial: República Federativa do Capital: Brasília Localização: Leste da América do Sul Peru Fronteiras terrestres:

Leia mais

ESTRUTURA ESCRITORIO SEDE CURITIBA, PR. Matriz

ESTRUTURA ESCRITORIO SEDE CURITIBA, PR. Matriz 1 ESTRUTURA ESCRITORIO SEDE CURITIBA, PR. Matriz 2 ESTRUTURA ESCRITÓRIOS OPERACIONAIS Porto Trombetas Belém Porto Franco Altamira São Luís Parauapebas Floriano Posto da Mata Cofins e Sabará Guarapuava

Leia mais

Relevância Tecnológica, Econômica e Estratégica da Computação em Nuvem para a Competitividade Nacional

Relevância Tecnológica, Econômica e Estratégica da Computação em Nuvem para a Competitividade Nacional Relevância Tecnológica, Econômica e Estratégica da Computação em Nuvem para a Competitividade Nacional Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática 24 de Abril de 2012 Câmara dos Deputados

Leia mais

Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Estrutura da UCS Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas A UCS é formada por diferentes unidades de ensino, cada uma relacionada com uma área do conhecimento: CCET Centro de Ciências

Leia mais