Introdução. Sumários. Objectivos da cadeira. História das linguagens de programação. Classificação das Linguagens de programação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução. Sumários. Objectivos da cadeira. História das linguagens de programação. Classificação das Linguagens de programação"

Transcrição

1 Introdução Sumários Objectivos da cadeira História das linguagens de programação Classificação das Linguagens de programação Aplicação das linguagens de programação Noção de compiladores Software à usar na cadeira 1

2 Objectivos da cadeira Foco principal Aprender a Linguagem C 2

3 História das Linguagens de programação Ano Nome da Linguagem Objectivos, Antes de 1951 Linguagem de Máquina Conjunto de instruções executada directamente pela CPU do PC (códigos) 1951 Assembly Language Ultrapassar os inconvenientes da linguagem de máquina 1954 FORTTRAN Usada para o cálculo científico FORmula TRANslator 1958 LISP Vocacionada à inteligência artificial LISt Processor 1959 COBOL Processamento de registos Common Business Oriented Linguage 1964 BASIC Beginner s All-Prupose Simbolic Instrution Code 1970 Pascal Criada por Niklaus Wirth para fins académicos 1972 C Criada por Dennis Ritchie e Ken Thompson, para o desenvolvimento de sistemas operativos, actualmente muito utilizada na indústria electrónica para programação de micro controladores, 1978 SQL Manipulação de base de dados 1980 C++ Tira vantagens do paradigma orientação por objectos e orientação ao processamento 1988 HTML HyperText Marckup Language, criada por Tim Berners-Lee 1991 Python Usada para o desenvolvimento de softwares 1993 Ruby Usada para o desenvolvimento de softwares 1995 Java Usada para o desenvolvimento de softwares, aplicativos de telemóveis, Web browsers, etc PHP Usada para o desenvolvimento de páginas Web 1998 Visual Basic Usada para o desenvolvimento de páginas Web, aplicativos para bancos, etc C# Usada para o desenvolvimento de páginas Web, aplicativos para bancos, etc. 3

4 Classificação das linguagens de programação Quanto a estrutura Linguagens estruturadas Contêm estruturas de controlo de controlo de execução de instruções, estruturas de repetição, etc. Exemplo: C, Java, Pascal, Python, etc. Linguagens não estruturadas Não contêm estruturas que manipulam conjunto de instruções. Exemplo: Linguagem de Máquina, Linguagem Assembly. Quanto ao nível Linguagens de baixo nível Linguagens baseadas em códigos, Mnemónicas. Exemplo: Linguagem de Máquina, Linguagem Assembly Linguagem de alto nível Linguagens que contêm instruções que se assemelham a linguagem humana. Exemplo: C, C++, Java, Python, Lisp, Pascal, etc. 4

5 Classificação das linguagens de programação Quanto a orientação Linguagens orientadas ao objecto Linguagens de programação cuja estruturas de dados são representadas por objectos e é feito manipulação de objectos tais como herança (aproveitar as características de um objecto), polimorfismo (reutilização de código), etc. Exemplo: Java, C#, Lisp, Python, etc Linguagens não orientadas ao objecto Não usam conceito de polimorfismo, herança presente nas linguagens orientadas ao objecto. Exemplo: C, Pascal, Basic, Fortran, etc. 5

6 Aplicações das linguagens de programação Linguagem C Java Desenvolvida para construção de sistemas operativos. O Unix, o Linux, o Windows, o OSX, são sistemas operativos feitos em linguagem C. Muito utilizada na electrónica, para programação de micro-controladores. usado para o desenvolvimento de softwares. Lisp, Python usados em inteligência artificial. Pascal usada para aprender técnicas de programação. Cobol processamento de registos. Fortran usada para o cálculo científico. 6

7 Noção de Compiladores Inicialmente antes de 1951 existiam linguagens de máquina que consistem em sequência de instruções binárias que são interpretadas directamente pela CPU dos computadores. Mas essa linguagem apresenta um inconveniente, pelo facto de ser bastante difícil de programar. Surgiram as linguagens de programação de alto nível que contêm instruções que se assemelham à linguagem humana. Mas infelizmente essas instruções não são perceptíveis pela CPU, pois a CPU apenas interpreta linguagens de máquina. Os compiladores são programas que traduzem instruções de linguagens de alto nível para instruções em linguagem de máquina. 7

8 Cada linguagem de programação possui um compilador Exemplo de compiladores: Compiladores de linguagem C: DevC++, TurboC, Cygwin, Compiladores standard presentes nos sistemas operativos Unix e Linux. Compiladores para linguagem Java: NetBeans, Eclipse Compilador para linguagem Pascal: TurboPascal 7.0 Noção de Compiladores Compilador de linguagem C++, Visual Basic, C# Microsoft Visual Studio 8

9 Softwares Recomendados Qualquer compilador standard de linguagem C por exemplo o aluno pode instalar de raiz qualquer Linux no seu computador ou usar uma virtual machine (O VM Ware por exemplo) e instalar o Linux. O Cygwin é um software que contém um compilador de linguagem C standar. O Cygwin é um software que pode ser instalado no sistema operativo Windows. O Cygwin simula uma consola de comandos Unix em ambiente Windows. O Cygwin é bastante simples de operar e é bastante importante para os alunos pois os alunos vão já se familiarizando com comandos Unix tais como rm, cp, mv, ls, ps, etc. Compiladores da Microsoft DevC++ Visual Studio O Software recomendado é o Cygwin 9

10 Para os amantes do Linux No site podem encontrar e fazer download de diferentes versões do Linux tais como: Linux Red Hat Linux Knoppix Linux Fedora Linux Mandrake Linux Ubuntu Linux Slakeware Linux Mandriva Etc. 10

ENIAC. Introdução aos Computadores e à Programação (Noções Básicas)

ENIAC. Introdução aos Computadores e à Programação (Noções Básicas) ENIAC Introdução aos Computadores e à ção (Noções Básicas) Introdução aos Computadores e à ção (Noções Básicas) 1 Introdução aos Computadores e à ção (Noções Básicas) 2 O transistor foi inventado em 1947

Leia mais

Linguagens de Programação. Introdução. Carlos Bazilio bazilio@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~bazilio/cursos/lp

Linguagens de Programação. Introdução. Carlos Bazilio bazilio@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~bazilio/cursos/lp Linguagens de Programação Introdução Carlos Bazilio bazilio@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~bazilio/cursos/lp Motivação Algumas questões filosóficas Por quê existe mais de uma linguagem de programação?

Leia mais

Capítulo 1 Introdução aos computadores, à Internet e à Word Wide Web4. Java Como Programar, 8/E

Capítulo 1 Introdução aos computadores, à Internet e à Word Wide Web4. Java Como Programar, 8/E Capítulo 1 Introdução aos computadores, à Internet e à Word Wide Web4 Java Como Programar, 8/E O Java tornou-se a linguagem preferida para implementar aplicativos baseados na Internet e softwares para

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Programação de Computadores Curso Engenharia Civil Modalidade Superior Professora Michelle Nery Agenda Introdução a Programação Algoritmos VS Programa 2 Algoritmos Um algoritmo pode ser definido como uma

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO

INTRODUÇÃO ÀS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO Capítulo 1 INTRODUÇÃO ÀS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO 1.1 Histórico de Linguagens de Programação Para um computador executar uma dada tarefa é necessário que se informe a ele, de uma maneira clara, como ele

Leia mais

O Windows é um software de sistema, que permite ao utilizador interagir com o computador e com os seus periféricos.

O Windows é um software de sistema, que permite ao utilizador interagir com o computador e com os seus periféricos. Sistema Operativo Windows - Ambiente de trabalho - Janelas - Atalhos - Programas - Gestão de pastas e ficheiros - Menu iniciar O Windows é um software de sistema, que permite ao utilizador interagir com

Leia mais

Linguagens de. Aula 01. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br

Linguagens de. Aula 01. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagens de III Aula 01 Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagens de III Horário das Aulas: 6as feiras das 7h40 às 10h55 Objetivo principal desta disciplina é: utilizar

Leia mais

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS João Gabriel Ganem Barbosa Sumário Motivação História Linha do Tempo Divisão Conceitos Paradigmas Geração Tipos de Dados Operadores Estruturada vs

Leia mais

É uma linguagem portável.(bom... desde de que siga algum padrão: ISO, ANSI)

É uma linguagem portável.(bom... desde de que siga algum padrão: ISO, ANSI) Capítulo 1 Introdução aturalmente, você como leitor, deve estar esperando que eu faça uma intro- repleta de elogios ao C e que justifiquem o tempo gasto com a leitura Ndução desse texto. Bom, infelizmente,

Leia mais

Programação de Computadores. Turma CI-180-B. Josiney de Souza. josineys@inf.ufpr.br

Programação de Computadores. Turma CI-180-B. Josiney de Souza. josineys@inf.ufpr.br Programação de Computadores Turma CI-180-B Josiney de Souza josineys@inf.ufpr.br Agenda do Dia Aula 2 (06/03/15) Como está organizado um computador Computadores antigos Modelo von-neumann Quais suas partes

Leia mais

Curso Técnico em Redes

Curso Técnico em Redes Curso Técnico em Redes Prof. Airton Ribeiro - 2012 Histórico das Linguagens de Programação O que é? É um método padronizado para expressar instruções para um computador. É um conjunto de regras sintáticas

Leia mais

Aula teórica 3. Tema 3.Computadores e linguagens Linguagens de Programação Compilação e linkagem LP Java. Preparado por eng.

Aula teórica 3. Tema 3.Computadores e linguagens Linguagens de Programação Compilação e linkagem LP Java. Preparado por eng. Aula teórica 3 Tema 3.Computadores e linguagens Linguagens de Programação Compilação e linkagem LP Java Preparado por eng.tatiana Kovalenko Linguagens de Programação Para escrever programas é necessário

Leia mais

Introdução a Linguagens de Programação

Introdução a Linguagens de Programação Introdução a Linguagens de Programação Prof a.dra.thatyana de Faria Piola Seraphim Universidade Federal de Itajubá thatyana@unifei.edu.br Dados Importantes O material com todas as informações referentes

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE 1 OBJETIVOS 1. Qual é a capacidade de processamento e armazenagem que sua organização precisa para administrar suas informações e transações empresariais?

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto APRESENTAÇÃO Os computadores chegaram aos diversos níveis das organizações Nestes contexto: Que linguagem entendem? Que produtos podem usar? Dúvidas

Leia mais

Introdução às Linguagens de Programação

Introdução às Linguagens de Programação Introdução às Linguagens de Programação Histórico de Linguagens de Programação O computador não faz nada sozinho Precisamos informar, de forma clara, como ele deve executar as tarefas Ou seja, o computador

Leia mais

Programação de Computadores III

Programação de Computadores III Programação de Computadores III Introdução a Linguagens de Programação Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2013.1/tcc-00.157

Leia mais

LINGUAGENS E PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO. Ciência da Computação IFSC Lages. Prof. Wilson Castello Branco Neto

LINGUAGENS E PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO. Ciência da Computação IFSC Lages. Prof. Wilson Castello Branco Neto LINGUAGENS E PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO Ciência da Computação IFSC Lages. Prof. Wilson Castello Branco Neto Conceitos de Linguagens de Roteiro: Apresentação do plano de ensino; Apresentação do plano de

Leia mais

Conceitos básicos de programação

Conceitos básicos de programação O QUE É UM PROGRAMA? Para executar uma dada tarefa é geralmente necessário entender o sistema onde ela é realizada. Por exemplo, para fazer um bolo temos um sistema composto por: Ingredientes Cozinheiro

Leia mais

EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS

EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS A ERA DA COMPUTAÇÃO EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS Wagner de Oliveira Década de 40 1946: Konrad Zuze desenvolve a Plankalkul: a primeira linguagem de programação de alto nível, não foi usada. 1949: Aparece a

Leia mais

Introdução. Capítulo 1. 1.1. Breve sinopse

Introdução. Capítulo 1. 1.1. Breve sinopse Capítulo 1 Introdução 1.1. Breve sinopse O C é uma linguagem de programação criada por Dennis Ritchie no início da década de 70 do século XX. É uma linguagem de complexidade baixa, estruturada, imperativa

Leia mais

A Linguagem Algorítmica Estrutura de Repetição. Ex. 2

A Linguagem Algorítmica Estrutura de Repetição. Ex. 2 Estrutura de Repetição. Ex. 2 A ESTRUTURA Enquanto faça{} É MELHOR UTILIZADA PARA SITUAÇÕES ONDE O TESTE DE CONDIÇÃO (V OU F) PRECISA SER VERIFICADO NO INÍCIO DA ESTRUTURA DE REPETIÇÃO.

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Tipos de Software (Básico) Tipos de Software. Curso Conexão Noções de Informática

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Tipos de Software (Básico) Tipos de Software. Curso Conexão Noções de Informática Curso Conexão Noções de Informática Aula 2 Arquitetura de Computadores (Software) Agenda Introdução; Tipos de Software; Básico; Aplicativo; Livre; Proprietário. Pirataria de Software; Demos, Freewares

Leia mais

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 6.1

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 6.1 Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 6.1 6 OBJETIVOS OBJETIVOS ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE 6.1 2003 by Prentice Hall Qual é a capacidade de processamento e armazenagem

Leia mais

Ambientes Visuais. Ambientes Visuais

Ambientes Visuais. Ambientes Visuais Ambientes Visuais Inicialmente, apenas especialistas utilizavam os computadores, sendo que os primeiros desenvolvidos ocupavam grandes áreas e tinham um poder de processamento reduzido. Porém, a contínua

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS EM JAVA*

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS EM JAVA* PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS EM JAVA* Adair Santa Catarina Curso de Ciência da Computação Unioeste Campus de Cascavel PR Fev/2014 *Adaptado de PACHECO, R C S & RIEKE, R N INE UFSC Disponível em: http://wwwstelaufscbr/~pacheco/dsoo/htm/downloadshtm

Leia mais

IB I M B - PC. 1982 ( C ( P C U U

IB I M B - PC. 1982 ( C ( P C U U Microinformática 1981 (CPU 80086 e 80088 8bits/16bits XT) O MS-DOS funciona em um protótipo do IBM- PC. 1982 (CPU 80286 16bits AT) Intel lança chip 286, com 134.000 transistores. Sai a planilha eletrônica

Leia mais

Introdução à Linguagem C/C++ Parte I

Introdução à Linguagem C/C++ Parte I Linguagem de Programação I Introdução à Linguagem C/C++ Parte I Professor Mestre Ricardo Alexandre Carmona SÃO PAULO - 2014 Introdução à Linguagem C/C++ - Parte I 1 - HISTÓRICO A Linguagem de Programação

Leia mais

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C/C++

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C/C++ INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C/C++ História da Linguagem C/C++ Dennis Ritchie, funcionário do Bell Telephone Laboratories, iniciou em 1972 o desenvolvimento da linguagem C. Ele elaborou grande parte de seu trabalho

Leia mais

Nesta aula... Analisamos na ultima aula a evolução e caraterísticas de computadores e linguagens de programação. Nesta aula iremos ver:

Nesta aula... Analisamos na ultima aula a evolução e caraterísticas de computadores e linguagens de programação. Nesta aula iremos ver: Nesta aula... Programação de Computadores Analisamos na ultima aula a evolução e caraterísticas de computadores e linguagens de programação. Nesta aula iremos ver: 1 Programação de Computadores O que é?

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE Capítulo 6 ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE 6.1 2003 by Prentice Hall OBJETIVOS Qual é a capacidade de processamento e armazenagem que sua organização precisa para administrar suas informações

Leia mais

Processamento de Dados

Processamento de Dados Processamento de Dados Execução de Programas Os computadores não entendem nada além de comandos, dados e endereços escritos em linguagem binária, também chamada de linguagem de baixo nível. Ela utiliza

Leia mais

FERRAMENTAS NECESSÁRIAS PARA O DESENVOLVIMENTO EM C#

FERRAMENTAS NECESSÁRIAS PARA O DESENVOLVIMENTO EM C# FERRAMENTAS NECESSÁRIAS PARA O DESENVOLVIMENTO EM C# Camila Sanches Navarro 1,2, Willian Magalhães 2 ¹Universidade paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil sanchesnavarro@gmail.com wmagalhaes@unipar.br

Leia mais

O Hardware e o Software do Computador

O Hardware e o Software do Computador O Hardware e o Software do Computador Aula 3 Parte 2 Software de Computador Aplicativo Horizontal: tarefas genéricas, para quaisquer organizações Aplicativo Vertical: tarefas específicas, para organizações

Leia mais

Computador Máquina que processa uma grande quantidade de dados com rapidez e precisão.

Computador Máquina que processa uma grande quantidade de dados com rapidez e precisão. Introdução à informática - Noções Básicas de Informática; - O que é software / hardware; - Como funciona um computador; - Componentes de um computador; - Tipos de computador; - Periféricos; - Ligar e desligar

Leia mais

Construção de Compiladores. Construção de Compiladores. Motivação. Motivação. Contexto Histórico. Classificações: Gerações 09/03/2010

Construção de Compiladores. Construção de Compiladores. Motivação. Motivação. Contexto Histórico. Classificações: Gerações 09/03/2010 Construção de Compiladores Prof. Raimundo Santos Moura (http://www.ufpi.br/rsm) Construção de Compiladores Livro-Texto: AHO, Alfred V.; ULLMAN, Jeffrey D.; SETHI, R. Compiladores: princípios, técnicas

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. 2005 by Pearson Education do Brasil

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. 2005 by Pearson Education do Brasil 1 Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web OBJETIVOS Neste capítulo, você aprenderá: Conceitos básicos de hardware e software. Conceitos básicos de tecnologia de objeto, como classes,

Leia mais

Paradigmas de Linguagens de Programação. Aspectos Preliminares

Paradigmas de Linguagens de Programação. Aspectos Preliminares Aspectos Preliminares Cristiano Lehrer Motivação (1/6) Aumento da capacidade de expressar idéias: Difícil conceituar estruturas quando não se pode descreve-las. Programadores são limitados pelas linguagens.

Leia mais

IIH Introdução à Informática e Hardware

IIH Introdução à Informática e Hardware INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO - CAMPUS VOTUPORANGA Técnico em Manutenção e Suporte em Informática IIH Introdução à Informática e Hardware Aula: Linguagens de Programação

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas Linguagem de Programação JAVA Professora Michelle Nery Nomeclaturas Conteúdo Programático Nomeclaturas JDK JRE JEE JSE JME JVM Toolkits Swing AWT/SWT JDBC EJB JNI JSP Conteúdo Programático Nomenclatures

Leia mais

Introdução à Programação. Adair Santa Catarina Curso de Ciência da Computação Unioeste Campus de Cascavel PR

Introdução à Programação. Adair Santa Catarina Curso de Ciência da Computação Unioeste Campus de Cascavel PR Introdução à Programação Orientada a Objetos Adair Santa Catarina Curso de Ciência da Computação Unioeste Campus de Cascavel PR Fev/2014 Histórico das linguagens de programação ENIAC (1944) Programação

Leia mais

Em uma linguagem de programação como C e Pascal, temos a seguinte situação quando vamos compor um programa:

Em uma linguagem de programação como C e Pascal, temos a seguinte situação quando vamos compor um programa: 1 1. Introdução Este manual se propõe a dar uma visão inicial do Java e apresentar os primeiros passos para sua instalação, configuração e usabilidade pelo prompt de comando do Windows. O ideal é que este

Leia mais

LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA - CAMPUS MARQUES DE OLINDA

LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA - CAMPUS MARQUES DE OLINDA LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA - CAMPUS MARQUES DE OLINDA LABORATÓRIO: INFORMÁTICA B101 Processador Dual Core, 2GB de memória RAM, 160GB de disco rígido, Monitor LCD de 15" 21 Windows XP Professional 21 Make

Leia mais

1 - Processamento de dados

1 - Processamento de dados Conceitos básicos sobre organização de computadores 2 1 - Processamento de dados O que é processamento? O que é dado? Dado é informação? Processamento é a manipulação das informações coletadas (dados).

Leia mais

Parte II Introdução a Linguagens de Programação

Parte II Introdução a Linguagens de Programação Programação de Computadores III Aula 1 Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2011.1/tcc-03.063 Roteiro da Aula

Leia mais

2. O AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO EM C

2. O AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO EM C 2. O AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO EM C Este capítulo trata de colocar a linguagem C para funcionar em um ambiente de programação, concentrando-se no compilador GNU Compiler Collection (gcc). Mas qualquer outro

Leia mais

Introdução. à Linguagem JAVA. Prof. Dr. Jesus, Edison O. Instituto de Matemática e Computação. Laboratório de Visão Computacional

Introdução. à Linguagem JAVA. Prof. Dr. Jesus, Edison O. Instituto de Matemática e Computação. Laboratório de Visão Computacional Introdução à Linguagem JAVA Prof. Dr. Jesus, Edison O. Instituto de Matemática e Computação Laboratório de Visão Computacional Vantagens do Java Independência de plataforma; Sintaxe semelhante às linguagens

Leia mais

Organização de Computadores

Organização de Computadores Organização de Computadores SUMÁRIO Arquitetura e organização de computadores Hardware Software SUMÁRIO Arquitetura e organização de computadores Terminologia básica Hardware Software Arquitetura e organização

Leia mais

Aula 01: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express

Aula 01: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express Aula 01: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express EMENTA: Introdução ao Visual C#. Fundamentos da Linguagem. Estruturas de decisão e repetição. Modularização de Programas: Funções. Arrays

Leia mais

Sistema Operacional. História Sistema Operacional 1. QI Escolas e Faculdades Apostila de Linux

Sistema Operacional. História Sistema Operacional 1. QI Escolas e Faculdades Apostila de Linux 4 Capítulo 1 Sistema Operacional É uma coleção de programas que inicializa hardwares, fornece rotinas básicas para controle de dispositivos, mantém a integridade de um sistema. Um sistema operacional de

Leia mais

Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br

Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br Programação Estruturada Linguagem C Introdução Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br Sumário Um pouco da história Por que aprender a programar em C Ambiente de Desenvolvimento

Leia mais

Disciplina de Introdução à Computação para Engenharia Ambiental

Disciplina de Introdução à Computação para Engenharia Ambiental USP - ICMC - SSC SSC 0301-2o. Semestre 2013 Prof. Dr. Fernando Santos Osório Disciplina de Introdução à Computação para Engenharia Ambiental LRM - Laboratório de Robótica Móvel do ICMC / CROB-SC Email:

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES. Rogério Spindula Rosa

ARQUITETURA DE COMPUTADORES. Rogério Spindula Rosa ARQUITETURA DE COMPUTADORES 1 Rogério Spindula Rosa 2 EXECUÇÃO DE PROGRAMAS PROGRAMA 3 4 INTRODUÇÃO Hoje é raro escrever um programa diretamente em linguagem de computador em virtude da enorme dificuldade

Leia mais

Fonte (livro-texto): Conceitos de Linguagens de Programação, 4ed. Robert W. Sebesta

Fonte (livro-texto): Conceitos de Linguagens de Programação, 4ed. Robert W. Sebesta 1 Fonte (livro-texto): Conceitos de Linguagens de Programação, 4ed. Robert W. Sebesta Agenda 1. Razões para estudar conceitos de LPs 2. Domínios de programação 3. Critérios de avaliação de linguagens 4.

Leia mais

1 INTRODUÇÃO 1.1 CONCEITO DE PARADIGMAS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO PARADIGMAS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO

1 INTRODUÇÃO 1.1 CONCEITO DE PARADIGMAS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO PARADIGMAS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO 1 INTRODUÇÃO 1.1 CONCEITO DE PARADIGMAS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO Desde o seu surgimento, o manuseio da computação é baseado em linguagens de programação. Ela permite que sejam construídos aplicativos

Leia mais

ALP Algoritmos e Programação. . Linguagens para Computadores

ALP Algoritmos e Programação. . Linguagens para Computadores ALP Algoritmos e Programação Iniciação aos computadores. Linguagens para Computadores. Compiladores, Interpretadores. Ambientes de Programação 1 Linguagens para Computadores. Linguagem binária: Dispositivos

Leia mais

Figura 1 - O computador

Figura 1 - O computador Organização e arquitectura dum computador Índice Índice... 2 1. Introdução... 3 2. Representação da informação no computador... 4 3. Funcionamento básico dum computador... 5 4. Estrutura do processador...

Leia mais

Introdução à Programação Aula 2 Introdução à linguagem Python

Introdução à Programação Aula 2 Introdução à linguagem Python Introdução à Programação Aula 2 Introdução à linguagem Python Pedro Vasconcelos DCC/FCUP 2015 Pedro Vasconcelos (DCC/FCUP) Introdução à Programação Aula 2 Introdução à linguagem Python 2015 1 / 24 Nesta

Leia mais

Organização de Computadores Software

Organização de Computadores Software Organização de Computadores Software Professor Marcus Vinícius Midena Ramos Colegiado de Engenharia de Computação (74)3614.1936 marcus.ramos@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~marcus.ramos Objetivos: Entender

Leia mais

Linguagens de programação

Linguagens de programação Prof. André Backes Linguagens de programação Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve ser descrito em termos de 1 s ou 0 s

Leia mais

Linguagem de Programação I. Aula 05 Linguagem C

Linguagem de Programação I. Aula 05 Linguagem C Linguagem de Programação I Aula 05 Linguagem C Da Aula Anterior Algoritmos Portugol: aspectos básicos Estruturas repetição e controle Array: vetores e matrizes Nesta Aula Linguagens de Programação A Linguagem

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 05 Estrutura e arquitetura do SO Parte 2. Cursos de Computação

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 05 Estrutura e arquitetura do SO Parte 2. Cursos de Computação Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 05 Estrutura e arquitetura do SO Parte 2 Referência: MACHADO, F.B. ; MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed. LTC,

Leia mais

Capítulo 1 Introdução aos computadores, à Internet e à Word Wide Web4. Java Como Programar, 8/E

Capítulo 1 Introdução aos computadores, à Internet e à Word Wide Web4. Java Como Programar, 8/E Capítulo 1 Introdução aos computadores, à Internet e à Word Wide Web4 Java Como Programar, 8/E 1.1 Introdução O núcleo do livro enfatiza como alcançar clareza no programa por meio de técnicas comprovadas

Leia mais

Unidade de Controlo. Unidade Aritmética e Lógica

Unidade de Controlo. Unidade Aritmética e Lógica Métodos de Programação I Departamento de Matemática, FCTUC 8 Modelo de Organização de um Computador Digital - Modelo de Von Neumann Neste modelo esquemático de organização de um computador digital tradicional

Leia mais

Evolução dos Sistemas de Informação

Evolução dos Sistemas de Informação Evolução dos Sistemas de Informação 2012 1 Sistemas de Informação e Informação de Qualidade Sistema de Informação é a expressão utilizada para descrever sistema automático ou manual, que abrange pessoas,

Leia mais

Introdução a lógica de programação. Aula 02: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express

Introdução a lógica de programação. Aula 02: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express Introdução a lógica de programação Aula 02: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express Roteiro da aula Linguagem de Programação Visual C#: Introdução a C# através de comandos de entrada

Leia mais

Como acompanhar a evolução dos aplicativos? Console >> Desktop >> Web >> Mobile >> Cloud. Como aproveitar o melhor de cada programador?

Como acompanhar a evolução dos aplicativos? Console >> Desktop >> Web >> Mobile >> Cloud. Como aproveitar o melhor de cada programador? Como acompanhar a evolução dos aplicativos? Console >> Desktop >> Web >> Mobile >> Cloud Como aproveitar o melhor de cada programador? Clientes querem tudo pra ontem. Como atender essa necessidade? Microsoft.NET

Leia mais

Paradigmas de Linguagens de Programação

Paradigmas de Linguagens de Programação Paradigmas de Linguagens de Programação Faculdade Nova Roma Cursos de Ciências da Computação (6 Período) Prof. Adriano Avelar - Site: www.adrianoavelar.com Email: edson.avelar@yahoo.com.br Ementa Introdução

Leia mais

Paradigmas e Histórico de

Paradigmas e Histórico de Paradigmas e Histórico de Linguagens de Programação Linguagens de Programação Departamento de Computação Universidade Federal de Sergipe Influências sobre o projeto de linguagens Arquitetura do computador

Leia mais

OOP - Java. Artur Duque Rossi Mestrado em Modelagem Computacional Universidade Federal de Juiz de Fora

OOP - Java. Artur Duque Rossi Mestrado em Modelagem Computacional Universidade Federal de Juiz de Fora OOP - Java Artur Duque Rossi Mestrado em Modelagem Computacional Universidade Federal de Juiz de Fora 1 Sumário Java Aviso! História do Java Programação Orientada à Objetos Os quatro pilares da OOP Abstração

Leia mais

Programação científica C++

Programação científica C++ Programação científica C++ NIELSEN CASTELO DAMASCENO Slide 1 Linguagens de Programação Uma linguagem de programação é um método padronizado para expressar instruções para um computador. É um conjunto

Leia mais

História das Linguagens de Programação

História das Linguagens de Programação História das Linguagens de Programação Na década de 1950 as primeiras três linguagens de programação modernas, cujos descendentes ainda estão em uso difundido hoje foram concebidas: FORTRAN (1954), a "FORmula

Leia mais

Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios

Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios Objetivos Detalhar conceitos sobre o sistema operacional Linux; Operar comandos básicos de sistemas Linux em modo Texto; Realizar a manutenção de arquivos

Leia mais

Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre Linguagens de Programação* (*Mas Tinha Medo de Perguntar) Diego Padilha Rubert FACOM

Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre Linguagens de Programação* (*Mas Tinha Medo de Perguntar) Diego Padilha Rubert FACOM Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre Linguagens de Programação* (*Mas Tinha Medo de Perguntar) Diego Padilha Rubert FACOM Por quê? O aprendizado em Algoritmos e Programação visa lógica de programação

Leia mais

O que é um programa? Programa é uma lista de instruções que descrevem uma tarefa a ser realizada pelo computador.

O que é um programa? Programa é uma lista de instruções que descrevem uma tarefa a ser realizada pelo computador. O que é um programa? Programa é uma lista de instruções que descrevem uma tarefa a ser realizada pelo computador. Linguagem de Programação Uma linguagem de programação é um método padronizado para expressar

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada(s) Rua Óscar da Silva,nº211,3º esq centro 4200-434 Porto Portugal Telefone(s) (+351)225501104 Telemóvel (+351)960144716

Leia mais

Introdução. Paradigmas de Linguagens de Programação. Heloisa de Arruda Camargo. Motivos para estudar os conceitos de linguagens de programação

Introdução. Paradigmas de Linguagens de Programação. Heloisa de Arruda Camargo. Motivos para estudar os conceitos de linguagens de programação Paradigmas de Linguagens de Programação Heloisa de Arruda Camargo Introdução Motivos para estudar os conceitos de linguagens de programação Aumento da capacidade de expressar idéias É difícil para as pessoas

Leia mais

ASP.NET 2.0 e PHP. Autor: Glauber de Almeida e Juarez Fernandes

ASP.NET 2.0 e PHP. Autor: Glauber de Almeida e Juarez Fernandes ASP.NET 2.0 e PHP Autor: Glauber de Almeida e Juarez Fernandes Linguagens pesquisadas ASP.NET 2.0 e PHP. 1 - ASP.NET 2.0 ASP.NET não é nem uma linguagem de programação como VBScript, php, nem um servidor

Leia mais

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Informática I Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Convertendo Algoritmos para a Linguagem C

Convertendo Algoritmos para a Linguagem C onvertendo Algoritmos para a Linguagem Notas de Aula Prof. Francisco Rapchan www.geocities.com/chicorapchan O objetivo deste texto é mostrar alguns programas em, dando uma breve descrição de seu funcionamento

Leia mais

Microsoft.NET. Desenvolvimento Baseado em Componentes

Microsoft.NET. Desenvolvimento Baseado em Componentes Microsoft.NET Lirisnei Gomes de Sousa lirisnei@hotmail.com Jair C Leite jair@dimap.ufrn.br Desenvolvimento Baseado em Componentes Resolução de problemas específicos, mas que podem ser re-utilizados em

Leia mais

Introdução à Computação. Conceitos básicos sobre computadores. ISEP DEI, Angelo Martins 2006 Conceitos básicos sobre computadores - 1

Introdução à Computação. Conceitos básicos sobre computadores. ISEP DEI, Angelo Martins 2006 Conceitos básicos sobre computadores - 1 Introdução à Computação Conceitos básicos sobre computadores ISEP DEI, Angelo Martins 2006 Conceitos básicos sobre computadores - 1 Conteúdo Computadores Apresentação sumária da estrutura interna dos computadores

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMATICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO LINGUAGENS DE APLICAÇÃO COMERCIAL SILAS QUEIROZ SILVA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMATICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO LINGUAGENS DE APLICAÇÃO COMERCIAL SILAS QUEIROZ SILVA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMATICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO LINGUAGENS DE APLICAÇÃO COMERCIAL SILAS QUEIROZ SILVA Mini-Seminário Visual Basic 6.0 Salvador - BA 18/05/2009

Leia mais

FERRAMENTAS PARA DESENVOLVIMENTO EM C#

FERRAMENTAS PARA DESENVOLVIMENTO EM C# FERRAMENTAS PARA DESENVOLVIMENTO EM C# Camila Sanches Navarro 1,2, Wyllian Fressatti 2 ¹Universidade paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil sanchesnavarro@gmail.com wyllian@unipar.br Resumo. Este artigo

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE AULA 1

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE AULA 1 DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE AULA 1 CAMPUS SANTO ANDRÉ CELSO CANDIDO SEMESTRE 2014 1 Características da Plataforma.NET A plataforma.net Framework 4.0 (.NET 4.0) é uma plataforma de softwares que fornece

Leia mais

Paradigmas de Programação

Paradigmas de Programação Paradigmas de Programação Aula I Apresentação Prof.: Edilberto M. Silva http://www.edilms.eti.br Prof. Edilberto Silva / edilms.eti.br Professor EDILBERTO M. SILVA edilms@yahoo.com Bacharel em Ciência

Leia mais

Introdução a Computação. A Primeira Geração. A Segunda Geração. Geração dos Computadores. Geração dos Computadores. Geração de Computadores

Introdução a Computação. A Primeira Geração. A Segunda Geração. Geração dos Computadores. Geração dos Computadores. Geração de Computadores Introdução a Computação Geração de Computadores 1ª Geração: 1950 Circuitos eletrônicos a Válvulas Operações Internas em Milissegundos Programados em Linguagem de Máquina 1 2 A Primeira Geração O UNIVAC

Leia mais

Cadeira de Tecnologias de Informação. Ano lectivo 2007/08. Software

Cadeira de Tecnologias de Informação. Ano lectivo 2007/08. Software Cadeira de Tecnologias de Informação Ano lectivo 2007/08 Software Prof. Mário Caldeira Profª Ana Lucas Dr. Fernando Naves Engª Winnie Picoto Engº Luis Vaz Henriques Dr. José Camacho TI2007/08_SW_1 Software

Leia mais

Software Básico (INF1018)

Software Básico (INF1018) Software Básico (INF1018) http://www.inf.puc-rio.br/~inf1018 Noemi Rodriguez (noemi@inf.puc-rio.br) Ana Lúcia de Moura (amoura@inf.puc-rio.br) 1 Objetivo do curso Entender como funciona um computador típico,

Leia mais

INTRODUÇÃO A PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA DE COMPUTADORES EM C

INTRODUÇÃO A PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA DE COMPUTADORES EM C INTRODUÇÃO A PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA DE COMPUTADORES EM C Prof. Msc. Helio Esperidião PROGRAMAS Um computador nada mais faz do que executar programas. Um programa é simplesmente uma seqüência de instruções

Leia mais

UMA ABORDAGEM COMPARATIVA ENTRE AS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO JAVA E C#

UMA ABORDAGEM COMPARATIVA ENTRE AS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO JAVA E C# UMA ABORDAGEM COMPARATIVA ENTRE AS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO JAVA E C# Robson Bartelli¹, Wyllian Fressatti¹. ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil robson_lpbartelli@yahoo.com.br,wyllian@unipar.br

Leia mais

Informação pessoal Rem e oa o l a do d o de d e Ol O iv i ei e r i a, a N el e s l on o n Tiag a o o Experiência profissional Educação e formação

Informação pessoal Rem e oa o l a do d o de d e Ol O iv i ei e r i a, a N el e s l on o n Tiag a o o Experiência profissional Educação e formação Curriculum Vitae Informação pessoal Apelidos / Nomes próprios Remoaldo de Oliveira, Nelson Tiago Morada Rua do Calvário, 623 4415-913 Sandim, Portugal Telemóvel 9198142979814297 Endereço de correio electrónico

Leia mais

Capítulo 8. Software de Sistema

Capítulo 8. Software de Sistema Capítulo 8 Software de Sistema Adaptado dos transparentes das autoras do livro The Essentials of Computer Organization and Architecture Objectivos Conhecer o ciclo de desenvolvimento da linguagem Java

Leia mais

Análise de Sistemas I: Programação em Nuvem. Luiz Filipe Licidonio. Faculdade de Tecnologia Pastor Dohms. Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Análise de Sistemas I: Programação em Nuvem. Luiz Filipe Licidonio. Faculdade de Tecnologia Pastor Dohms. Porto Alegre, Rio Grande do Sul 1 Análise de Sistemas I: Programação em Nuvem Luiz Filipe Licidonio Faculdade de Tecnologia Pastor Dohms Porto Alegre, Rio Grande do Sul luiz_np_poa@hotmail.com 2 Análise de Sistemas I: Programação em

Leia mais

Vitor Diogo Faria Pereira. Programador / Analista de Sistemas e Software

Vitor Diogo Faria Pereira. Programador / Analista de Sistemas e Software Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL Vitor Diogo Faria Pereira Rua da Vista Alegre nº184 1ºdrt, 4815-519 Vizela (Portugal) 936369288 vitor_pereira_16@sapo.pt Skype vitor_pereira_16 Sexo Masculino Data de

Leia mais

Interface Homem Máquina para Domótica baseado em tecnologias Web

Interface Homem Máquina para Domótica baseado em tecnologias Web Interface Homem Máquina para Domótica baseado em tecnologias Web João Alexandre Oliveira Ferreira Dissertação realizada sob a orientação do Professor Doutor Mário de Sousa do Departamento de Engenharia

Leia mais

Algoritmos e Programação Aula 01 Introdução a Computação

Algoritmos e Programação Aula 01 Introdução a Computação Algoritmos e Programação Aula 01 Introdução a Computação Felipe S. L. G. Duarte Felipelageduarte+fatece@gmail.com Baseado no material do Prof. Luis Otavio Alvares e do Prof. Dr. Rodrigo Fernandes de Mello

Leia mais

Codificação da informação. Execução do programa. Codificação binária. Representação de inteiros positivos. Representação binária

Codificação da informação. Execução do programa. Codificação binária. Representação de inteiros positivos. Representação binária Execução do a calcula-se determinada solução (output) para determinado problema (input) usando um a que é executado no dados do problema (informação de entrada) a solução (informação resultante) Codificação

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE

ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE 6 ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS DE HARDWARE E SOFTWARE OBJETIVOS Qual é a capacidade de processamento e armazenagem que sua organização precisa para administrar suas informações e transações empresariais?

Leia mais